Issuu on Google+

Di stri bu i ção G ratu i ta g raças ao apoi o do com érci o l ocal

Janeiro / 201 3

ANO IV − Numero 44

5.000 Exemplares

ilustração: Roger Neves //imagens: divulgação

Francisco Morato - São Paulo Brasil

C o m p o r t a m e n to S o ci e d a d e Cu l tu ra e h i stóri as pra con tar!

Realização:

Be Linux, Be Free!

Na confecção deste material gráfico foram utilizados apenas softwares que atendem a licença GNU/GPL.


1

O informativo Ôxe! é uma iniciativa da Ôxe! Produtora Comunitária que visa propiciar à população de Francisco Morato e região, um veículo de jornalismo cidadão e produção, difusão e divulgação de ideias e informações na área cultural. Todas as informações, ilustrações e imagens são de responsabilidade de seus respectivos autores e obedecem a licença Creative Commons 2.5 Brasil Atribuição-Uso Não-ComercialCompartilhamento pela mesma Licença (acesse o blog para maiores detalhes), salvo indicações do(a) autor(a) em contrário. Para ver uma cópia desta licença, visite http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/2.5/br/ ou envie uma carta para Creative Commons, 171 Second Street, Suite 300, San Francisco, California 94105, USA.

Os números não mentem jamais!!

Ano novo, prefeito novo e um futuro todo novinho para se escrever, faz todo mundo pensar na mesma coisa: o que vai acontecer nesta nova etapa que começa agora para nossa cidade? A gente já tentou perscrutar o futuro em busca de respostas em outras edições do Ôxe!, sem muito sucesso, pra sermos totalmente sinceros. Nossa última tentativa, no final de 2010, com a astrologia não foi totalmente furada (tendo até um pouquinho a ver), mas como queremos mesmo algo que acerte na milhar das adivinhações proféticas, este ano decidimos tentar outra “ciência oculta” (ou pseudociência, se preferir). E a bola da vez é a numerologia e as supostas relações que os números mantêm com nossa vida. Vamos lá? PRA TENTAR ENTENDER A NUMEROLOGIA Segundo as pessoas que acreditam e seguem a numerologia, o universo e todas as coiBe Linux, Be Free! sas têm energias e vibrações que podem ser Na confecção deste material expressas ou identificadas através de símbolos gráfico foram utilizados que pode ser o seu nome ou a data de seu nasapenas softwares que atendem cimento. É mais ou menos assim: no dia em a licença GNU/GPL. que você nasceu, o universo vibrava ou emanacerta energia e por ter nascido naquele dia, ::. O que a gente usou nessa edição va você acaba sendo influenciado por esta vibração ou energia. Do mesmo modo, o nome Programas que seus pais lhe deram e pelo qual todo munUbuntu 10.10 (ubuntu.com) do vai lhe chamar, carrega consigo também BrOffice.org 3.2.1 (broffice.org) uma energia ou vibração que denota algo e inGimp 2.6.10 (gimp.org) fluência em sua personalidade. Sendo assim, Scribus 1.3.3.13 (scribus.net) se conseguirmos saber o que caracteriza esta InkScape 0.48 (inkscape.org) energia ou vibração, conseguiremos definir coMozilla Firefox 3.6.13 (br.mozdev.org) mo é sua personalidade, propósito e até o seu destino. Se pensarmos que cada dia tem uma Banshee 1.8.0 (banshee-project.org) energia diferente, assim como cada ano, então pelas relações entre a energia do ano/dia e a ::. Colaboraram nesta edição: sua própria energia (definida pelo nome e data de nascimento) a gente pode estabelecer coBetto Souza (subjetividadeematividade.blogspot.com.br) mo estas duas energias irão interagir e assim traçar uma tendência para você naquele ano. Danilo Góes Colocado assim, até que faz sentido, né? (surtopsicoticoo@hotmail.com) Ainda segundo quem acredita na numeroloEduardo Nunes gia, sua origem remonta aos primórdios da hu(edununesfr@gmail.com) manidade, em algumas das primeiras grandes Emidio Cesar sociedades como os babilônios e gregos. E é (saramarc2009@hotmail.com) justamente nestes últimos que teríamos o princiMessias Silva pal mestre e colaborador dessa “ciência oculta”: (messiassilva0810@gmail.com) Pitágoras. E realmente ele escreveu em algum Régis Andrade lugar que acreditava que a matemática era simbolicamente o modo como a Natureza havia si(oiceddecio@hotmail.com) do codificada, o que em última análise pode Profª. Índia ser entendido como “se a gente converter tudo (regina.mito@bol.com.br) em número a gente pode entender tudo segunA Equipe Ôxe! é: Fabia Pierangeli, Gilberto do as relações matemáticas desses números”. Araújo, Mari Moura e Roger Neves Mas (pra sermos justos, né) segundo os (digaoxe@gmail.com) principais críticos à numerologia, esta não passa de um catadão de ideias daqui e dali, um pouco dos egípcios, um pouco dos babilônios, mais uma pitada dos Vedas indianos, mais um pouquinho da Cabala dos Hebreus, uma porção generosa e forçada de uma suposta simpatia do Pitágoras e outros grandes nomes da história, misturada bem, levada ao fogo do mediano ser humano, cozida por algumas cen9 tenas de anos em fogo médio e servida por um bando de charlatões. Os cientistas sequer Saiba: blogduoxe.blogspot.com levam ela a sério, classificando como pseudociSiga: @informativo_oxe ência e rejeitando que esta tivesse algo a ver Curta: Produtora Ôxe! com a matemática “de verdade”. Mesmo a relação entre as letras e os números, base dos cálculos da numerologia, é refutada por eles

que entendem ser esta uma adaptação mal feita do fato do alfabeto hebraico apresentar símbolos comuns para números e letras. Até que faz sentido também. 2013 SERÁ O ANO DA COLABORAÇÃO E DA SOLIDARIEDADE De acordo com a numerologia, 2013 será marcado pela influência do número 6 ( 2 + 0 + 1 + 3 = 6), que carrega a simbologia da “união de pessoas dotadas de ideais semelhantes”, o que pode ser a sua família, amigos, clientes ou a sociedade como um todo. Será um momento muito propício para ajudar e ser ajudado, o que irá favorecer os trabalhos assistenciais e de apoio, podendo até aumentar o número de ONGs ou instituições de caridade nesse ano. E como deu pra perceber isso formará um ciclo virtuoso, em que o ano favorece quem ajuda e o ato de ajudar os outros será favorecido também. Então o conselho é que se você tem desejos e aspirações que pretende concretizar, ajude os outros a concretizarem seus desejos e aspirações que indiretamente você estará se ajudando. Mas cuidado! Mantenha sempre o pé no chão, pois o “ano de energia 6 pede serenidade e comprometimento”, então nada de fazer planos mirabolantes demais. Ainda segundo os numerólogos, “o número 6 simboliza o ímpeto de cuidar, aconselhar e melhorar as condições de vida das pessoas”, incluindo as suas próprias; sendo assim será um ano também para cuidar da saúde, de sua aparência e de sua casa. Não só aquela faxinona será bem vinda, como também uma bela reforma irá cair bem. Mas isso não vai se limitar ao material, será a hora de cuidar também de quem mora dentro da casa e de suas relações pessoais e familiares. Essa preocupação se explica pois 2013 vai ser marcado também por muitas divergências e atritos nas mais diferentes esferas, sejam elas “doméstica, profissional, social, governamental ou amorosa”. Isso se deve principalmente ao “caráter” altamente idealizador (e um pouquinho intransigente) desse ano, em que deveremos combater as tentativas de se impor verdades e oprimir o direito de cada um ter sua opinião e crenças. E “o número 6 simboliza justamente a necessidade de entrar em harmonia e promover a paz” e a compreensão. Sem isso, os conflitos irão emergir e, graças a decepção de algumas pessoas por não aceitarem as diferenças e que o mundo não é perfeito, “o número de medicamentos voltados para a depressão poderá aumentar, ou mesmo o consumo de drogas” (pô!). MORATO É... 9! Até porque os numerólogos somente consideram os números de 1 a 9. Na verdade este é, no caso de Morato, apenas um dos números que os numerólogos examinam, o chamado Número da Expressão ou do Destino. Considerar este número (que descreve sua identidade, caráter, natureza, etc.) é importante para considerar como o ano irá influenciálo. Então, vamos lá! Segundo a numerologia, nosso Moratão véio de guerra é independente, original, criativo, sentimental (às vezes até demais), leal e esforçado. Idealista demais, uma de suas principais preocupações é tudo aquilo que não esteja em acordo com suas inspirações. Além

Janeiro / 201 3

Por: Roger Neves disso, tem um carisma e dom especial para compreender as pessoas, além de muitos talentos: “sabe se comunicar muito bem, a expressão artística o interessa”. Do outro lado da moeda, seus principais defeitos é ser desligado, egoísta e bairrista. Por viver no mundo da lua e olhar apenas pro próprio umbigo, perde diversas oportunidades “principalmente no âmbito profissional”. Sendo assim, Morato “precisa aprender a amar o próximo, a livrar-se dos preconceitos e a colocar os interesses dos outros adiante dos seus. Deve, também, ser generoso, bondoso, tolerante e compreensivo”. Ou seja, servir e se cuidar,

tudo o que o ano indica. As profissões com que Morato se dará bem são educador, artista, músico, escritor, professor, sociólogo, reformador, líder de ideologias, missionário ou em trabalhos manuais. 2013 PARA MORATO O “Ano Pessoal” de Morato, ou o número que irá influenciá-lo durante todo o ano, é o 3. Segundo a numerologia, este vai ser um ano propício ao desenvolvimento artístico e pessoal para Morato, havendo na vida profissional possibilidade de crescimento e expansão. Sendo assim o conselho para ele é que “ procure ter pensamentos positivos, seja ambicioso, pense grande” e que saiba aproveitar bem as oportunidades e investir bem seu dinheiro. “O sucesso e a felicidade resultam do fato de se dar vazão à própria criatividade e de se expressar construtivamente através das palavras: escrevendo, lecionando, representando ou cantando” (a gente jura que não tá in-

ventando nada). No entanto, os perigos a serem evitados é a extravagância e perda de oportunidade por conta da sua cabeça de vento e dispersão de suas forças ou “energias”. “No Ano Pessoal 3, a sua felicidade a longo prazo é a questão central”, ou seja, a chave vai ser cuidar bem do presente, pensando no futuro (fica a dica, prefeitão ;-). Além disso, “relacionamentos e projetos importantes poderão florescer e novas oportunidades surgem por toda parte ao seu redor”, então atenção para não deixar passar

nada.

“A sua vontade será de estar perto de outras pessoas cuja vontade também seja livre e dinâmica. As experiências deste ano lhe mostrarão que a evolução humana se mede pelo nível do livre arbítrio da pessoa e que o contato direto com os outros é uma parte essencial da natureza humana que deve ser expandida”. A fase é bastante otimista para

Morato, ainda que peça um maior equilíbrio entre razão e emoção. Olhar para dentro, cuidar de si e de sua casa e ter atenção especial às necessidades das outras pessoas e com isso se esforçar ao máximo para não deixar escapar as oportunidades que pode sumir por falta de atenção ou pelo excesso de agressividade. Até que não tá difícil, né? Agora pra arrematarmos, a cor que irá colaborar com esta energia e ajudar Morato a avançar vai ser o … Advinha só?... Amarelo! (Pensou que eu ia falar verde, né.) E você, o que acha? Essas previsões têm ou não têm a ver? Comente no blogduoxe.blogspot.com e aproveite para ver as outras coisas que aprontamos por lá. E um ótimo 2013 pra você e Francisco Morato! .::


Janeiro / 201 3

2

::. Na Faixa

Por: Fabia Pierangeli 4488-8524 ou pelo e-mail fabia@teatrogirando- ::. Girandolá Recebe... Geraldine Guerrero,

la.com.br, até o dia 25 de janeiro. São só 30 vagas. ::. Sarau CONPOEMA Para conhecer um pouco mais sobre o “Teatro y ComproO Sarau que acontece desde outubro do ano passado miso” é uma realização dos coletivos que integram a Associa- Para: www.teatroycompromiso.com conhecer um pouco mais sobre o trabalho de Geraldição Cultural Confraria Poética Marginal – CON- ne Guerrero: serexpresion.blogspot.com.br POEMA: Ôxe! Produtora Comunitária, Teatro Para conhecer um pouco mais sobre o trabalho de Chuza Girandolá, Teatro em Carne & Osso e Má cia de Tea- Pérez: www.losultimosteatro.com tro; e nesse mês acontecerá no dia 26 de janeiro, a partir das 19h, na Casa de Cultura de Franco da Rocha (antiga Biblioteca Municipal, em frente a estação de trem Franco da Rocha, da CPTM). Prepare uma poesia, uma música, uma cena, uma dança, uma história e participe ou então, se preferir, só apareça e aprecie, troque uma ideia, tome um lanche. O Sarau é um espaço de troca, então aproveite. GRÁTIS!!! Mais informações: 4488-8524 ou conpoema.blogspot.com.br

::. Oficina “Teatro y Compromiso”, em Franco da Rocha Durante o mês de janeiro, o Teatro Girandolá recebe duas ativistas culturais – Geraldine Guerrero e Chusa Pérez para um intercâmbio e nos dias 26 e 27 de janeiro elas ministrarão a oficina “Teatro y Compromiso”, no Centro Cultural Newton Gomes de Sá (Av. Sete de Setembro, s/nº, Centro, Franco da Rocha – SP), onde compartilharão um pouco sobre o “teatro de la escucha”, uma ferramenta criada por Moisés Mato, diretor do Centro de Formação “Teatro y Compromiso”, que fica na Espanha, em Madrid. A oficina acontece nos 2 dias das 14 às 17h, é GRATUITA e para participar é necessário fazer inscrição pelo telefone

::. Oficinas no Espaço Girandolá, em Francisco Morato Ainda como parte do intercâmbio do Teatro Girandolá, no dia 28 de janeiro o grupo realiza 2 oficinas de socialização de processo de criação de seus espetáculos no Espaço Girandolá (Av. São Paulo, 965, Vila Suíça, Francisco Morato, SP). 10 às 12h – Oficina de brinquedos cantados 14 às 17h – Socialização do processo de criação do espe-

táculo “Ara Pyau – Liturgia para o povo invisível” As oficinas são GRATUITAS e para participar é necessário fazer inscrição pelo telefone 4488-8524 ou pelo e-mail fabia@teatrogirandola.com.br, até o dia 25 de janeiro. São só 20 vagas.

::. Ara Pyau em Franco da Rocha

No dia 31 de janeiro às 20h o Teatro Girandolá realiza mais uma apresentação de seu espetáculo “Ara Pyau – Liturgia para o povo invisível” no Centro Cultural Newton Gomes de Sá (Av. Sete de Setembro, s/nº, Centro, Franco da Rocha – SP). São só 50 lugares, a entrada é GRATUITA e os ingressos serão distribuídos no próprio local com 1h de antecedência. Mais informações: www.teatrogirandola.com.br

Confira abaixo a apresentação de Aruê! no Espaço Girandolá, o Sarau CONPOEMA, a festa na Associação do Véio e o M.A.T. na Quilombaque. Com a lente em 201 3, veja como foi o segundo Ato Contra o Aumento da Passagem de ônibus em Franco da Rocha.

"Não sei onde eu tô indo, mas sei que eu tô no meu caminho."

Raul Seixas

com o monólogo “Otrotrabajoclichésobrela

violenciaemMéxico”

A primeira edição de 2013 do projeto “Girandolá Recebe”, do Teatro Girandolá, traz um trabalho vindo direta-

mente de terras espanholas e acontece no dia 1 de fevereiro às 20h, no Espaço Girandolá (Av. São Paulo, 965, Vila Suíça, Francisco Morato, SP). Trata-se do monólogo "Outro trabajo cliché sobre la violência en México", de autoria da atriz Geraldine Guerrero, criado a partir das metodologias teórico-práticas do Teatro y Compromiso, escola e rede da qual é integrante desde 2008 e que aborda de maneira cênica e performática a questão da violência. Para assistir é necessário fazer reserva através do telefone 4488-8524 até o dia 31 de janeiro, pois são só 20 lugares. GRÁTIS!!!

::. Rock na Quilombaque

Mais uma vez a Quilombaque celebra a música, a arte e a diversão, na primeira edição do ROCK EX MACHINA Uma ideia que visa juntar mentes a fim de botar a criatividade pra fora e se expressar independente e livremente. E pra abrir essa jornada, o barulho fica por conta das bandas: THE DUST ROAD, BLUES DRIVE MONSTER, VAPOR e TRY NOW AGAIN. Já a digníssima Lelê Paes fará as honras descendo o dedo nas latas e mandando um Live Painting de classe. Colá lá! ENTRADA GRATUITA. Dia 19/01/2013 a partir das 21h, na Comunidade Cultural Quilombaque, que fica na Travessa Cambaratiba, 05, Beco da Cultura ao lado da estação de trem Perus (Linha 7 Rubi-Luz-Francisco Morato) Mais informações: comunidadequilombaque.blogspot.com.br .::


Janeiro / 201 3

3

“Girandolá Recebe...” é um programa de formação de públi-

imagem: Mari Moura

ilustração: Roger Neves

co para as artes realizado pelo Teatro Girandolá desde 2009 e mensalmente traz espetáculos teatrais gratuitos para nossa região. Esse ano o projeto aconteceu em Franco da Rocha e propiciou 37 apresentações teatrais, 1 apresentação de dança e 2 oficinas culturais, atendendo gratuitamente um público de aproximadamente 2.300 pessoas. A publicação do informativo Ôxe! somou 12 edições, 60.000 exemplares que foram distribuídos gratuitamente em Francisco Morato, Franco da Rocha e Pirituba. E o concurso de Poesias, nessa segunda edição recebeu inscrição até da Suíça. Aí veio o segundo semestre, cheio de novas possibilidades... E escrevemos uma porrada de projetos pra captar recursos pra Por: Fabia Pierangeli realização das atividades em 2013, mas além disso, cuidamos O ano de 2012 foi um ano pra lá de especial, cheio de boas artistas da periferia da região metropolitana de São Paulo e is- da programação de teatro do 10° Inverno Cultural de Franco surpresas e repleto de muitas conquistas, por isso, decidimos so, que parecia estar tão distante da nossa realidade, é algo que da Rocha em agosto, realizamos o 1º Sarau CONPOEMA nessa primeira edição de 2013 fazer uma retrospectiva de tudo nos alegra e nos enche de orgulho. Sabemos que ainda é pou- em outubro, pra comemorar a oficialização da nossa Associao que nos aconteceu. Essa retrospectiva, além de relembrar os co, mas temos orgulho em dizer que hoje, das 10 pessoas que ção CONPOEMA e a ideia deu tão certo que o Sarau passou fatos que marcaram nossa caminhada em 2012, ainda serve de integram a Associação CONPOEMA, 4 se dedicam exclusiva- a ser mensal. Circulamos com o espetáculo “Cordel do Amor balanço e ao mesmo tempo de prestação de contas. Sim, nos mente ao fazer artístico-cultural, criando, gerindo e realizando sem fim”, do Teatro em Carne & Osso por cidades do interior paulista através do projeto Mapa Cultural Paulista, uma sentimos na obrigação de prestar contas a cada um de nossos projetos culturais aqui, na nossa região. da Secretaria de Estado da Cultura que mapeia a atileitores, a cada pessoa que nos acompanhou, nos apoiou, nos Pois bem, chega de enrolação e vamos iniciativa vidade cultural do estado de SP; apresentamos “Macabéa – prestigiou e fez parte de mais um capítulogo pra essa nossa retrospectiva 2012... Um prólogo” da Má Cia de Teatro, sempre com casa cheia; lo dessa história, que vem sendo construída de pouquinho em pouquinho e a Começamos a ano à todo vapor com 3 reestreamos “Aruê!”, espetáculo do Teatro Girandolá inspimuitas mãos. projetos premiados pelo ProAC – Progra- rado no universo mítico das Pombagiras; e apresentamos ma de Ação Cultural da Secretaria de Esta- mais o “Ara Pyau” e o “Conto de todas as cores” também do Começaremos a resgatar essas lemdo da Cultura, que nos encheram de muito Teatro Girandolá. Realizamos a Franco Mostra Teatro 2012 branças por um acontecimento que se trabalho e tambémde muitasatisfação, pos- que completou 10 anos de existência. E pra fechar o ano com oficializou no final do ano mas que na que pudéssemos oferecergratui- chave de ouro, fechamos um intercâmbio com o Centro de verdade foi a concretização de um so- No Oxandolá de 2012 foram 16 variadas atrações sibilitando tamente população uma grande Formação “Teatro y Compromiso”, uma escola que fica lá nho que já vinha sendo sonhado há mui- em 13 dias de evento e esse ano tem mais! variedade deà linguagens artísticas e ativida- em Madrid na Espanha e que se utiliza de uma ferramenta to tempo... A constituição jurídica da des culturais: O projeto “Ara – con- chamada “teatro de la escucha”. A partir do dia 20 de janeiro Associação Cultural Confraria Poética Marginal – Associ- tando histórias, trocando saberes”, desenvolvidoPyau pelo Teatro receberemos 2 ativistas culturais, vindas diretamente da Espaação CONPOEMA, que hoje representa juridicamente nós, da Girandolá e que nos propiciou o contato e aprendizado junto e da Argentina que nos ensinarão um pouco sobre essa Ôxe! Produtora Comunitária, responsáveis dentre outras coisas comunidade Guarani M'Bya das aldeias Tekoa Pyau e Tekoaà nha ferramenta, tem como principal objetivo promover a espela produção, organização, manutenção e distribuição do In- Ytu, localizadas no bairro do Jaraguá-SP, com oficinas e bate- perança em que busca transformação social (confira a prograformativo Ôxe! , assim como o Teatro Girandolá, o Teatro papos a partir da temática indígena e também a criação do es- mação no guia “NadeFaixa!”). em Carne & Osso e a Má Cia de Teatro, quatro iniciativas petáculo “Ara Pyau – Liturgia para o povo invisível”, que esPois é minha gente... Em 2012 trabalhamos culturais da nossa região, que já há algum tempo vem produzin- treou em maio e já foi apresentado imagem: Roger Neves feito gente grande! E 2013 chega prometendo do diversas ações em conjunto, mas que em outubro de 2012 em todas as cidades da nossa região, muito mais... Nesse primeiro semestre, estarepassa a existir oficialmente, juridicamente juntas, respondendo sendo selecionado no final do ano mos empenhados em preparar o “Oxandolá pelo mesmo CNPJ. Esse passo pode até parecer meio peque- para compor a programação 2013 [In] Festa 2013 – Já que o mundo não acano, mas simbolicamente representa nossa independência, nossa do programa “Viagem Teatral” do bou...” que acontecerá durante o mês de juexistência oficial. Passamos da situação de grupo informal pa- SESI-SP. Tivemos também o projeto nho e também em produzir e publicar nosso ra a de pessoa jurídica e junto com essa denominação, conquis- “Axé du Ôxe!”, realizado pela Ôxe! primeiro livro – a Coletânea Ôxe! - que será tamos também uma série de outras responsabilidades. Ao Produtora Comunitária e que reuniu fundar nossa Associação, nos transformamos numa ONG (Or- 14 artistas de nossa região em uma Mais de 2.000 pessoas passaram na exposição Axé lançado dentro da programação do Oxandolá. ganização Não Governamental) e para tanto, nos atribuídos os exposição coletiva de artes visuais, du Ôxe! para prestigiar artistas de nossa região. Vamos continuar produzindo, publicando e distribuindo esse informativo, assim como seguintes objetivos: promover, defender e conservar a memó- aberta à visitação pública durante 30 dias em Franco da Rocha ria histórica, artística e cultural brasileiras; promover poesia, e 15 em Francisco Morato, atendendo a 2.250 pessoas. Por apresentando nossos espetáculos, criando novos espetáculos e cultura e artes em geral; fomentar e realizar atividades de cu- fim, mas não menos importante, o projeto “Oxandolá [In] promovendo arte, cultura, poesia e tudo o mais que nos possinho artístico-culturais; incentivar o desenvolvimento integrado Festa 2012 – uma coisa leva à outra”, festival de artes integra- bilite continuar sonhando e plantando sementes para um e responsável da nossa região; defender, preservar e conservar das que comemora os aniversários do Informativo Ôxe! e do mundo melhor. o meio ambiente e a promoção do desenvolvimento sustentá- Teatro Girandolá que aconteceu durante o mês de junho em E a você que lê o Ôxe!, assiste nossos espetáculos, leva seus vel; e a experimentar novos modelos sócio-produtivos e de sis- Francisco Morato e trouxe 16 atrações em 13 dias de evento, textos, poesias e pensamentos nos saraus, que viu as obras na temas alternativos de produção, comércio, emprego e crédito. propiciando à população atividades de teatro, literatura, músi- exposição de artes que realizamos, foi a um show musical, acompanha nossas notícias e novidades pelo facebook; nosso Alguns desses objetivos, já temos exercitados ao longo des- ca, artes visuais e atendendo cerca de 900 pessoas. ses anos na informalidade, outros, ainda são sonhos que preci- Durante o primeiro semestre ficamos concentrados em reali- muito obrigado. Você é muito importante pra gente e dá signisam ser conquistados. Mas de qualquer forma, seguimos zar e finalizar esses 3 projetos mas paralelamente ainda realiza- ficado para continuarmos nessa luta, fazendo e trazendo arte caminhando e a avaliação que fazemos, diante de nossa pró- mos o projeto “Girandolá Recebe...”, o 2º Concurso de para nossa região. Seu apoio, colaboração, ideias, presença e pria retrospectiva é que a medida que o tempo está passando, Poesias “Prof. Aparecido Roberto Tonelotti” e a continuidade entusiasmo é parte fundamental dessa difícil caminhada que as coisas têm ficado mais sérias e cada passo que damos é um da publicação desse informativo que você tem em mãos. O sabemos não estarmos percorrendo sozinhos. Por isso tudo, principalmente pela companhia, nossa sincera gratidão! .:: passo a mais no caminho da nossa profissionalização enquanto

"Este ano vai ser pior... Pior pra quem estiver em nosso caminho"

Sérgio Vaz


4

ARTE DESTAQU E DE ARTESANATO 201 2 Por: Profª. Índia

Embora com muitas dificuldades na área de cultura, 2012 foi o ano que revelou muitos talentos em artesanato, nas aulas ministradas pela Prof. Índia, na Casa de Cultura Vinícius de Moraes, em Francisco Morato. O curso de artesanato teve como princípio fundamental a formação de cidadãos preocupados com o meio ambiente, descobrindo uma profissão e ajudando os pais no orçamento, o que já acontece, esclarece a professora. Foi neste clima que Vanderlei de Lara foi revelado aluno ARTE DESTAQUE 2012.

Nós estamos muito agradecidas pelo carinho e dedicação com que ele é tratado pelos amigos e principalmente pela Profª. Índia" completa.

imagem: Profª. Índia

imagem: Profª. Índia

Nota de agradecimento: Meus sinceros agradecimentos às pessoas que ofertaram apoio e patrocínio para garantir que alguns trabalhos pudessem ser realizados. Sabedores da importância do trabalho com artesanato, focando a melhoria do indivíduo, a manutenção do "Vanderlei é um meio ambiente e excelente aluno, asao trabalho volunsíduo, caprichoso e tário de inserção persistente; particisocial e bem estar. pou efetivamente Apoio sem o de todas as oficiqual não teríamos nas ministradas, melhorado a condirevelando com maAcima e abaixo, Vanderlei de Lara , aluno da Casa estria a sua sensi- de Cultura, premiado com o Arte Destaque 2012 ção de vida e renovado esperança no bilidade artística, coração de muitos identificando no alunos. material reciclável muito potencial. A Espero que posideia inicial relacisamos continuar onada ao aluno esta corrente de destaque seria proboa vontade nos ver o aluno com próximos anos, inoutro curso no sedependente de onguimento, em algude estivermos. ma escola parceira, oferecendo inclusive Vamos, através do artesanato e cultura, o material necessário, o que não ocorreu cuidar de nossa Pachamama e do nosso por falta de apoio e verba, e que pretende corrigir em 2013, buscando parceria povo. Ahow! junto às novas diretrizes.", sentencia a Srta. Renaura Leandro dos Santos professora. Assistente Administrativo. ( Biblioteca De acordo com a irmã de Vander- Municipal) lei, Vera, o mesmo expõe suas peças Sra. Dalila - Supervisora da Biblioteem casa com esmero, sonhando com ca Municipal a exposição planejada para 2013 e Sr. José - Comerciante quem sabe expor em outros lugares, Izilda Rosa Rocha de Lima - Profesjá que o céu é o limite! " O curso tem sora da rede pública municipal Sra. Josefa Perez - Vice Presidente ajudado meu irmão pois através dele, tem aprendido coisas novas, feito no- do Instituto Vida Viva. Sra. Ana Lúcia Rodrigues - Doadora vas amizades, antes seus contatos se resumiam quase que só com a família. de livros .::

"A persistência é o caminho do êxito."

Charlie Chaplin

im agem : stock. xchng - www. sxc. hu

imagem: stock. xchng - www. sxc. hu

Janeiro / 201 3

VAZIO QU E N ÃO TEM PR EENCH IMEN TO

É Virada de Ano, um dia feliz para muitos, mas me sinto estranho. Já faz um tempo que estou assim, uma sensação de vazio e um mal-estar. Acendo um cigarro e saio para rua. Entre um trago e outro, lembranças: meu pai que saiu para trabalhar e nunca mais voltou, fiquei sabendo que estava lá pelo Ceará. Sento no degrau de um salão, penso na minha ex, por causa dela deixei umas amizades para trás, pois vivia 24 por 48 para ela. Molecada passando com um litro de Vodca, dou uma multa. Copo plástico, um gole. Somos meras vidas, vivemos em coma, penso na Eutanásia. Dizer que a morte é o fim, discordo, eu já sentia o fim faz tempo. Chegando aos 30 anos reflito: eu, o que fiz nesse tempo todo? Só vem na minha mente, os anos em que me hibernei na cachaça, virava altas madrugadas e em casa um coração aflito. Para você estar bem, alguém tem que sofrer. Penso na minha mãe. Um crente passa e diz que Jesus me ama. Lembrei que esse vazio poderia ser preenchido com a igreja, frequentei uns dias, mas as bençãos demoraram a aparecer e todos diziam que deveria ter mais fé. Além do mais, os fiéis na linha da miséria e aquela alegria toda me pareceu forçada. Muita alegria beira a estupidez e o conformismo. Acredito que um psicólogo poderia me ajudar, mas não temos esse hábito na quebrada. Pois aqui o depressivo tem outros nomes: Alcoólatra, evangélico e o nóia. Começa a chover, desço para minha casa.

Por: Dan ilo Góes Começo a brisar. O que leva uma pessoa a matar outra? Indiferença, rebaixar o humano a nada. Os Soldados hitleristas acreditavam que o judeu era escória da humanidade e deveria ser eliminado. Nada do que faço faz sentido para mim, penso que minhas ações não trazem benefícios, sou um estorvo, há tempos desempregado, não sou produtivo, só produzo preocupação para minha mãe. Sou uma escória. Uma doença que não tem cura. Quantos estão na mesma situação, só a matéria, pois já não tem espírito, não tem vivacidade. Se eu fosse Judeu seria enterrado longe da família, se eu fosse árabe estaria defendendo uma causa. Os crentes vão dizer que foi o demônio, as “fifis” vão dizer que foi culpa da droga. - Que movimentação é aquela? Policia e ambulância. - O moleque se matou, bateu a nave. - Ele é louco, na virada do ano, estragou a festa da família, trouxa mesmo. - Parece que é grande o índice de suicídios nessas datas. Creio que nessas datas refletimos nossa vida, nossos sonhos, nossos planos, nossas expectativas e vemos que passaram-se anos e anos e a situação é a mesma, aquilo que você sonhou nunca se realizou, pois todos somos incompletos, pois mesmo que você tenha tudo sempre faltará algo... é tenso. A mente fica a milhão. .::


Janeiro / 201 3

A sua estética me induz a poesia Belas-letras que me promovem ao auge, Conheço a fórmula da magia Dedico a você lindas mensagens; Enfatizo o seu caminhar Faço realidade os pensamentos, Ganho aptidão para expressar Harmonia nos sentimentos; Idílio, devaneios, utopia Jovial gata felina, Know how adquirido, todavia Lancinante paixão que domina; Motivado à você os meus poemas Naturalmente os trechos brotam, O seu aroma me inspira à vários temas Pela sua essência o teor não se esgota; Quando a vejo desfilar Rumo meus sentidos para vê-la, Sua desenvoltura me faz preparar Tapetar sua passarela com estrelas; Utopia, sonhos, ditos, rimas Você; amor ternura que verso o lirismo, Wagneriano mestre da ópera, música, dom e carisma Xodó; afeto por você que muito estimo; Yang emanado por você, calor luminoso do universo... Zelo e poetizo em teu ser, infinitos versos.

ilustração: Roger Neves

Por: Messias Silva

No dia 23 de Dezembro, foi realizada uma grande festa de Natal para as crianças do bairro Jd. Vassouras II. Com a intenção de trazer alegria para as crianças da comunidade, Sara Silva, teve a iniciativa de procurar amigos e colaboradores, para arrecadar brinquedos e realizar a festa de natal, nessa festa as crianças tiveram a presença do Papai Noel distribuindo brinquedos, e elas também pude-

Nesse Natal foi realizada uma grande Festa para as crianças do Bairro Jd. Vassouras II

Por: Emidio Cesar ram saborear algodão doce, lanches e refrigerantes. Todo ano é realizada esta festa, faça você também parte desta ação, para colaborar entre em contato com o e-mail: saramarc2009@hotmail.com. Agradecimento aos amigos do Mercado Municipal de São Paulo e aos amigos de Francisco Morato. .::

imagem: Emidio Cesar

Você é Meu Complemento de A a Z

imagem: Emidio Cesar

5

Oferecimentos especiais: Para Helem Beatriz Zanine, universitária, modelo, mora na cidade de São Carlos-SP.

Em 201 3 estamos novamente oferecendo o que há de melhor para você que deseja adquirir sua habilitação. Venha conhecer nossas instalações e conferir nossos preços!

9 Saiba: blogduoxe.blogspot.com Siga: @informativo_oxe Curta: Produtora Ôxe!


Janeiro / 201 3

E ag ora J os é ?

imagem: EBC - Carlos Humberto/SCO/STF

Por: Eduardo Nunes dimento popular é isso que se espera da última instância de julgamento no país. Não há pra onde correr. Ou há? É de importância suprema, sem trocadilhos, que a sentença seja exemplar e que seja cumprida. Ao custo da completa inversão de valoNunca, na história recente desse país, se as- res. Caso a pena aplicada não obtenha sistiu tanto a TV justiça. Com uma audiência “aprovação” popular, o penalizado poderá ser de causar inveja aos canais imagem: EBC - Nelson Jr./SCO/STF o STF, que cairia em grande abertos, o enfadonho canal descrédito. Seria a oficializade informações judiciais ção do tudo vale, tudo pode. ganhou status de “big O grande penalizado seria o brother”, escancarando as povo brasileiro. entranhas tortuosas dos Além dos quesitos técnicos nossos tribunais com seus jurídicos que devem ser obmaneirismos. Fato que pelos ministros, o vem alterando nosso dia a Ministro Joaquim Barbosa é cumprimentado servados clamor popular por exempladia. Expressões até então pela Presidenta Dilma Rousseff, após sua ridade deverá constar da senapenas usadas e conheciposse como Presidente do STF tença. das por advogados (alguns) e juristas estão na boca do povo. Ouvi, Talvez o mestre Drummond já tenha nos numa sofisticada discussão de bar, um dos de- dado um aviso,.... batedores pedir “vênia” para expor sua contrária opinião sobre a temperatura ideal da "(...) o dia não veio, cerveja, enquanto apontava o garçom como o bonde não veio, parte fundamental na Teoria do Domínio do o riso não veio, Fato. Se por um lado temos um aprimoramen- não veio a utopia to da cultura popular, sem entrar no mérito, te- e tudo acabou mos também o crescimento da expectativa da e tudo fugiu conclusão da novela “O Mensalão”. e tudo mofou, Os ministros do STF adquiriram exposição e agora, José? (...)" .:: nacional e são assediados nas ruas como verdadeiras estrelas de TV. Porém, queremos mui- Eduardo Nunes (professor, músico, ambito mais do que aprender novos jargões ou entalista atento às alterações e interações huteorias. Queremos saber se as pessoas serão re- manas). almente punidas. Serão presas? Pois no enten" (...) A festa acabou, a luz apagou, o povo sumiu, a noite esfriou, e agora, José? (...)"

::. BETTO SOUZA

6



Oxe! - Janeiro de 2013