Page 1

Di stri bu i ção G ratu i ta g raças ao apoi o do com érci o l ocal

Dezembro / 201 2

ANO IV − Numero 43

5.000 Exemplares

ilustração: Roger Neves //imagens: divulgação

Francisco Morato - São Paulo Brasil

C o m p o r t a m e n to S o ci e d a d e Cu l tu ra e fog o n a bom ba!

Realização:

Be Linux, Be Free!

Na confecção deste material gráfico foram utilizados apenas softwares que atendem a licença GNU/GPL.


O informativo Ôxe! é uma iniciativa da Ôxe! Produtora Comunitária que visa propiciar à população de Francisco Morato e região, um veículo de jornalismo cidadão e produção, difusão e divulgação de ideias e informações na área cultural. Todas as informações, ilustrações e imagens são de responsabilidade de seus respectivos autores e obedecem a licença Creative Commons 2.5 Brasil Atribuição-Uso Não-ComercialCompartilhamento pela mesma Licença (acesse o blog para maiores detalhes), salvo indicações do(a) autor(a) em contrário. Para ver uma cópia desta licença, visite http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/2.5/br/ ou envie uma carta para Creative Commons, 171 Second Street, Suite 300, San Francisco, California 94105, USA.

Be Linux, Be Free!

Na confecção deste material gráfico foram utilizados apenas softwares que atendem a licença GNU/GPL.

::. O que a gente usou nessa edição

Programas Ubuntu 10.10 (ubuntu.com) BrOffice.org 3.2.1 (broffice.org) Gimp 2.6.10 (gimp.org) Scribus 1.3.3.13 (scribus.net) InkScape 0.48 (inkscape.org) Mozilla Firefox 3.6.13 (br.mozdev.org) Banshee 1.8.0 (banshee-project.org)

::. Colaboraram nesta edição:

Aweté Nhambovy'a (retepoty@gmail.com) Betto Souza

(subjetividadeematividade.blogspot.com.br)

Eduardo Nunes (edununesfr@gmail.com) Messias Silva (messiassilva0810@gmail.com) Régis Andrade (oiceddecio@hotmail.com)

A Equipe Ôxe! é: Fabia Pierangeli, Gilberto Araújo, Mari Moura e Roger Neves (digaoxe@gmail.com)

Saiba: blogduoxe.blogspot.com Siga: @informativo_oxe Curta: Produtora Ôxe!

Há exatamente três anos atrás, seres narigudos baixaram na cidadeDezembro e meteram o n/ar201 iz em2 diversos orgãos públicos, incluindo a câmara de vereadores, onde sentiram "cheiros estranhos".

QU ATRO ANOS ANDANDO PARA TRÁS!

Por: Equipe Ôxe! atual prefeito) nunca saiu do papel; a CultuÉ, chegamos ao final de mais um ano!!! ra foi emancipada e virou uma Superinten2012 foi um ano intenso, ano eleitoral... E dência, mas continuou atuando no mesmo todo mundo sabe que ano de eleição é semformato de sempre, realizando os mesmos pre aquela bagunça, pra conhecermos só em 3 eventos ao logo de todo o ano e ignoranoutubro quem será o escolhido, o novo nodo a atuação dos artistas locais; as ruas do me que terá a responsabilidade de represencentro ficaram praticamente intransitáveis tar nossa cidade pelos próximos 4 anos. Em durante 2012 por causa da bendita revitaliFrancisco Morato, assim como em outros zação do centro, que até agora não acabou municípios da região, perdurava a tradicioe que nos rendeu um meio calçadão, que nal briga entre PT e PSDB, que de mandato até agora não conseguimos entender com em mandato vão se revezando no poder, que objetivo foi construído. Os ônibus saícom campanhas simpáticas e cheias de proram da frente da estação pra dar lugar ao messas para conseguir o maior número de calçadão e foram pro terminal que ainda votos possíveis, mas esse ano foi diferente, não terminou, mas o calçadão ocupou exaaqui em Morato (e em algumas outras cidatamente o mesmo lugar que os ônibus des também) a população deu um ocupavam e ficamos com uma micro chute na bunda dos candidatos que rua na frente da estação, aí o trânsito já tinham ficado no comando e recontinua do mesmo jeito, se é que não solveram mudar, escolhendo um cara ficou pior e os motoristas insistem em novo, sem um passado político pra estacionar em cima do calçadão que governar a cidade. Marcelo Cecchetera pros pedestres andarem, que acatini, do PV, foi eleito com 38.438 bam andando ainda mais pra pegar os votos e deixou muita gente boquiaônibus, no terminal sem banheiro, berta e inconformada. Porém, antes sem escada rolante, sem banco ou ende falarmos sobre as expectativas em tão nos pontos que ficaram bem mais relação ao novo governo, não podedistantes do que eram antes. Vai enmos esquecer das obras, problemas e tender que raio que foi pensado pra promessas, que foram deixados pra revitalização do nosso centro!!! Isso trás pela atual administração de Zezisem falar nas ruas desaparecidas e innho Bressane, que aliás se destacou transitáveis por causa dos buracos, no pelos vexaminosos escândalos, que descaso com os profissionais e usuáriescancararam o descaso com os cios da educação, no desrespeito com dadãos moratenses. Se você não que são tratadas as pessoas que morlembra muito bem desses fatos, varem e são enterradas nos cemitérios da mos refrescar sua memória e citar alcidade, na falta de opções de lazer e guns dos fiascos que esse governo cultura, na Praça do Coreto que é a conquistou. Afinal de contas, o Inúnica da cidade e está completamente formativo Ôxe! nasceu praticamente abandonada, na falta de praças, na esjunto com a administração Zezinho Bressane, acompanhou, comentou, Charge de Betto Souza publicada no Ôxe de Abril de 2010 sobre como os tação de trem que parece que será provisória para sempre e que esse ano foi estilos de governar do PSDB e PT moratenses se parecem. criticou, alertou e divulgou inúmeros até alvo de revolta e queba-quebra. acontecimentos ao longo desses 3 anos e meio de existência e por isso, diante Nenhum investimento em meio ambiente, Ufa, se fossemos citar tudo o que aconteceu da profecia de que o mundo vai acabar no um departamento de trânsito que mudou as e nos gerou problemas e insatisfações nespróximo dia 21, podemos afirmar que aqui direções das ruas do centro umas 500 vezes ses 4 anos, precisaríamos de mais umas 12 em Morato, os desastres começaram bem e só fez confundir a cabeça dos motoristas e edições do Ôxe!. antes... complicar ainda mais a circulação de veícu- E só pra finalizar, deixamos aqui registraZezinho Bressane assumiu seu mandato los e pedestres no centro da cidade, a zona do que continuaremos de olho, trazendo em 2009, maquiado de vermelho, mas usan- azul que só faltou ir para dentro das nossas pras páginas desse nosso informativo os do disfarçadamente um belo bico de tucano. garagens, os aumentos das passagens de ôni- acontecimentos de nossa cidade. Quiçá Sim, é isso mesmo, passados 4 anos, pode- bus que hoje custam quase R$ 3,00, o termi- 2013 traga novos tempos, para que possamos afirmar sem nenhuma dúvida que a ad- nal interminável que foi inaugurado sem ser mos rechear nossas páginas de boas notíciministração PT seguiu exatamente as terminado e que foi até matéria da Globo, as e muita esperança. Que a população mesmas linhas de governo do PSDB. A po- aliás, nos últimos tempos foram várias as moratense não se decepcione mais uma vez pulação que no final de 2008 estava cansada matérias que tiveram como foco aspectos ne- e que o novo prefeito honre com suas proda administração PSDBista da saudosa Dra. gativos e problemáticos de nossa cidade. A messas de lutar por uma Francisco Morato Andréa encheu o coração de esperança e co- Santa Casa ficou fechada por vários dias; o melhor. .:: CIM (uma das bandeiras de campanha do locou no poder um candidato de um partido que historicamente tem seu olhar mais voltado para as questões sociais, mas o tiro saiu pela culatra... Dizem que “cachorro velho não aprende truque novo” e esses últimos 4 anos se passaram pra comprovar a força desse ditado popular. O Zezinho já tinha administrado Morato e seus antecedentes já nos alertavam de que ele nada tinha a ver com a ideologia petista. O resultado foi uma avalanche de pequenas catástrofes. E pra quem não acreditava que isso pudesse acontecer, a passagem do PT pela prefeitura de Morato só fez da cidade um lugar ainda pior do que era até 2008.

imagem: Betto Souza

1


Dezembro / 201 2

2

Por: Fabia Pierangeli O ano está acabando, mas ainda tem muitas atividades culturais acontecendo em nossa região. Programe-se e aproveite o restinho de 2012, antes que o mundo acabe!!!

::. M.A.T. na Quilombaque grama "Música na CPTM" e têm como objetivo oferecer

imagem: Mari Moura

No dia 15 de dezembro, a partir das 20h, acontece a 6ª edição do MAT - Música e Atitude em Transpiração, na Comunidade Cultural Quilombaque. O even::. Sarau CONPOEMA to, idealizado pela banda O Mandruvá em parceria com a 2012 foi um ano intenso, de muitas realizações e conquistas pros coletivos que fazem par- O Mandruvá organiza o M.A.T. e recebe Quilombaque vem abrindo espadiversas bandas na Quilombaque ço para a cena musical em nossa te da Associação Cultural Confraria Poética Marginal – Ôxe! Produtora Comunitária, Teatro Girando- região e fechará a programação de 2012 da comunidade. A lá, Teatro em Carne & Osso e Má Cia de Teatro. E pra co- novidade dessa edição fica por conta dos 2 palcos que recememorar e encerrar esse ano tão especial, a iniciativa berão as bandas Metrô Sertão, O Mandruvá, Johnny Apgar escolheu, pra ser sua última atividade do ano aberta ao públi- Zero, Cartel Central, Xtreme Blues Dog, Fumbica, Audio co, realizar mais uma edição do Sarau CONPOEMA. O Zumbi e Odisséia das flores, numa noite repleta de música Sarau, que nasceu há pouquinho tempo, acontece mensal- boa e muita energia. mente em Franco da Rocha desde outubro de 2012 e tem A Comunidade Cultural Quilombaque fica na Travessa se tornado um importante espaço de troca artística, onde to- Cambaratiba, nº 05, Beco da Cultura, ao lado da estação Pedos os presentes podem se expressar, seja cantando, recitan- rus da CPTM e pra entrar você só paga R$ 5,00. do uma poesia, contando uma história, fazendo seu protesto ou simplesmente trocando uma ideia com quem está por lá. Mais informações: comunidadequilombaque.blogspot.com.br e (11) 3917-3012 Venha participar com a gente dessa grande confraternização. O Sarau CONPOEMA acontecerá no dia 15/12 a par- ::. Concerto de Natal na estação Francisco Motir das 19h, na Casa de Cultura de Franco da Rocha, rato da CPTM antiga Biblioteca Municipal, bem em frente à estação de No dia 18 de dezembro, terça-feira, às 20h, a Orquestra trens Franco da Rocha, da CPTM. A ENTRADA É GRAExperimental Pró-Morato realizará um Concerto de NaTUITA!!! tal na área livre próxima aos bloqueios da Estação FrancisMais informações: conpoema.blogspot.com.br e (11) co Morato, na Linha 7 - Rubi, da CPTM. A apresentação, 4488-8524 que será a última de 2012, é GRATUITA, faz parte do pro-

à população da cidade a oportunidade de conhecer novos estilos musicais, além de permitir o aprimoramento dos jovens músicos locais. Mais informações: 4881-2256 ::. "A Cultura está nos morros", na Associação

Cultural do Véio

Registro especial da Franco Mostra Teatro 201 2, que aconteceu de 20/1 1 a 07/1 2 e foi realizada pelo Teatro Girandolá e Confraria Poética Marginal, com apoio da Prefeitura de Franco da Rocha.

"Se pudesse viver novamente, na próxima vida tentaria cometer mais erros"

Jorge Luis Borges

No próximo dia 16 a Associação Cultural do Véio realiza a última grande festa do ano, com a manifestação “A Cultura está nos morros”.

imagem: Roger Neves

::. Na Faixa

Associação Cultural do Véio promove confraternização em sua sede em Dezembro

A partir das 11h, roda de capoeira com os mestres Veio e Pezão e Professor Tico do Grupo Yorubá. A partir das 15h apresentações com os grupos: A's Trinca, Di Mandê, Kuca D'sabre, 7Souls, Odisseia das Flores, Leandro Rasta, Diony Roots, AudioZumb e O Mandruvá. TUDO GRÁTIS!!! Leve sua bebida e participe dessa confraternização cultural. A Associação Cultural do Veio fica na Av. Escócia, nº 41, Vila Bela, Franco da Rocha (Próximo a estação de trem Baltazar Fidelis). Mais informações: 95789-7179 .::


3

imagem: Mari Moura

ilustração: Roger Neves

Então, seguindo uma sugestão que brotou em um dos ótimos Saraus da Quilombaque: que tal fazer algo absolutamente diferente neste 21 de Dezembro, que é quando dizem que o mundo fecha a conta? O hipotético fim do mundo vai rolar numa sexta-feira então não vale coisas como ir pra gandaia em outro lugar, tomar chopp ao invés de cerveja, sair com uma pessoa diferente e demais desculpinhas. Tem que ser diferente mesmo, algo que você comumente não faria ou não tem feito há muito tempo. De preferência algo que seja positivo para você, para seu semelhante, para o mundo. Algo que Por: Roger Neves faça diferença e de quebra consiga marcar uns pontinhos para você lá no céu. Vale fazer piquenique com toda a família, fazer trabalho voluntário, organizar um evento beneficente, um mos mandando doações e tropas para por ordem no mundo, mutirão de limpeza do bairro, ir trabalhar de bicicleta, visitar o Corinthians pode ser campeão mundial e pela primeira vez desconhecidos que estejam enfermos e por aí vai. na história tivemos não-indígenas protestando e se mobilizan- Como no Brasil tem dia de tudo quanto é coisa, exatamendo no centro financeiro do país para ajudar uma etnia indíge- te no dia 21 de Dezembro comemora-se o dia dos Artistas na brasileira a combater a injustiça com que é tratada. É, o Profissionais e que outra maneira melhor de curtir o fim do mundo está realmente mudando. mundo do que com arte? Então fica a dica, vá prestigiar e inParticularmente acredito que essa história do fim da era dos centivar alguma atividade ou evento dos artistas de nossa remaias é uma coisa trivial como é o fim do ano ou o fim de gião ou faça você mesmo alguma Arte: cante pros amigos, um século para nós. Fico imaginando como foi a conversa en- pinte um quadro para um parente ou escreva para aquela mitre os dois maias que faziam as “estelas” que continham o ca- na que você tá de olho, não importa como, desde que seja lendário maia: “E aí, vamos começar a fazer o calendário da original seu, de dentro de você. Agora se você quer um lugar outra era agora?”; “Ah, não! Vamos deixar pra depois. Já esta- onde vai rolar isso tudo e mais um pouco, aproveite para parmos bem adiantados no serviço. Depois que os espanhóis fo- ticipar e/ou prestigiar o nosso Sarau CONPOEMA que estarem embora a gente começa. Tá?”; “Tá bom, mas será que remos realizando no dia 15 de Dezembro a partir das 19h, na eles vão demorar?”; “Que nada! Esses branquelos aí rapidi- antiga biblioteca de Franco da Rocha (atual Casa de Cultura, em frente a estação de trem da CPTM). Lá, além de enconnho vão embora...”. Pois é, quem diria... espaço para expor suas criações, você também poderá De qualquer modo, mesmo sem perceber, todos os anos trar ver artistas e amadores de nossa região se aprenós todos nos preparamos para o fim de uma era e o começo sentando e profissionais mostrando um de seus trabalhos, além de de uma outra nova (segundo o dicionário Priberam, “era” po- poder contribuir para manterpouco as atividades da Confraria Poéde significar “2. Período de tempo, geralmente longo, que cor- tica Marginal e fazer sua doação para os Guarani-Kaiowá de responde a uma nova organização ou disposição das coisas. Iguatemi-MS. Além de se inspirar, você vai ter ainda uma se= ÉPOCA”). E cada um tem seus “rituais”: reformar a casa, mana para se preparar para a data fatídica. viajar, prometer que vai emagrecer, que vai parar de beber, enfeitar a árvore de Natal, encher o caneco e dar vexame na vira- Independente de como você escolha passar a data, espero da, etc. Somos temporais e precisamos destes marcos. Pensar que você possa terminar em grande estilo e inaugurar uma que um período se encerra e que vai dar lugar para algo novo nova era para você e seu próximo, onde a necessidade de sempre nos motiva a planejar e querer coisas novas. Pensar juntar coisas caras ou baratas seja infinitamente menor do que teremos um ano todinho novo pela frente sempre é um que a real e imediata necessidade de ser plenamente feliz. Febom motivador para nos reinventarmos e tentarmos ser dife- liz sem a necessidade de maquiagem, sem precisar seguir parentes. Em geral é assim e mesmo aquele que da boca pra fo- drão algum, sem modelos a seguir e sem limites para o que ra diz não se importar, também faz seus planos quando o ano você desejar. Uma felicidade simples, sem aditivos ou penduricalhos, mas por isso mesmo assustadonovo vem. ramente enorme. Nesta sua nova era, Mas certamente o mais poderoso espero que você possa comemorar um femotivador que existe é a percepção claliz todo dia, todos os dias de sua vida e ra da chegada do fim, de como somos que seu trabalho e a realização de seus insignificantes e finitos. A morte emisonhos sejam a mesma coisa, não que um nente é capaz de transformar e fazer as exista em função do outro. Espero que as pessoas realizarem coisas que jamais juntem-se pelo simples prazer e imaginaram que poderia. E já que nós e O próximo Sarau CONPOEMA vai rolar dia pessoas alegria de companhias, não por qualtodo mundo estamos, mais ou menos, 15/12 e você pode participar gratuitamente. quer tipo desuasobrigação ou contrato. Espena onda do “Já acabou! Já acabou!”, ro que você ame o seu próximo como a si nem mais por que não usarmos esta energia, esta vontade para criarmos nem menos. E que esse amor por si possamesmo, extrapolar-se, uma vida, um dia, uma hora, um segundo que seja melhor? O duzindo-se em preocupação e cuidado com as coisas ao traseu que você tem a perder, afinal? Ainda que o mundo não acabe redor: seu corpo, sua saúde, seus chegados, sua casa, sua rua, em Dezembro, para cada um de nós, um dia ele vai acabar. seu bairro, sua cidade e seu planeta. Mas acima de tudo deseNinguém sai vivo daqui. Com a palavra, Steve Jobs: “Lem- jo que isto seja de todos e de ninguém em particular e que brar que você vai morrer é a melhor maneira que eu conheço dure muitas e muitas eras seguidas. Faça um feliz 2013! Só para evitar a armadilha de pensar que você tem algo a perder. depende da gente e, pode crer, todos nós merecemos. .::

ESBOÇO PARA UM NOVO MUNDO No começo deste ano publicamos em nossa capa um texto falando sobre o tão alardeado fim do mundo que, dizem as más línguas, foi previsto pelos maias. Naquele texto falávamos um pouco sobre este burburinho virtual e um pouquinho de como ele surgiu das escavações das cidades maias. Com a chegada do fim do ano e a proximidade da temida data, como diria Adoniran Barbosa: “olha nóis aqui traveis!” no assunto que ainda tá rendendo. Na oportunidade também lançamos uma sugestão (ou desafio, se preferir) do que fazer nesta data para você aí que lê e curte o Ôxe!. Se você pensava que a gente ia esquecer, dançou, queridão! Voltamos para botar mais lenha na fogueira. Segundo consta, os maias foram uma civilização muito avançada para a sua época e localização: possuíam o único sistema de escrita do novo mundo pré-colombiano que podia representar completamente o idioma falado no mesmo grau de eficiência que o idioma escrito no velho mundo (Europa) e foi uma civilização notável também por sua arte, arquitetura, matemática e sistemas astronômicos. Mas ninguém nunca deu muita bola pra isso e, em geral, o interesse por esta civilização costumava ser categorizado como “coisa de bicho grilo”. Mas isso até alguém falar em “fim do mundo” no calendário maia. Daí a coisa tomou outra proporção. Gerou livros, surtos de maluquice, filmes, turismo, documentários e até série de televisão. Enquanto algumas pessoas vão seriamente se preparando para o fim do mundo, construindo bunkers, estocando comida e treinando artes marciais; os especialistas nas chamadas ciências alternativas vão tentando explicar e encaixar a previsão dos maias em suas teorias. Astrólogos, numerólogos, terapeutas holísticos, ciganos e até os pais de santo concordam que o fim da era previsto pelos maias se dará muito mais no nível de consciência do planeta como um todo, na energia e vibrações de nossa época, do que num real cataclismo físico mundial. Segundo eles, todo o modo de ser e pensar, os acontecimentos e rumos que nosso planeta vem tomando vão mudar profundamente e essa visão de mundo vai ser deixada para trás em troca de outra bem diferente. Basta ver o que anda acontecendo no mundo para, ainda que você não acredite neles, dizer que eles não estão totalmente errados. O capitalismo anda em crise, na Europa as pessoas vão às ruas quase que diariamente protestar e exigir um sistema mais justo e humano, até os Estados Unidos entraram na dança e por lá pela primeira vez um negro foi eleito e re-eleito presidente, cada vez mais as pessoas pelo mundo vão se preocupando com a conservação do planeta, o consumismo saiu de moda e agora ser natureba e eco-friendly é ser totalmente In, o over caiu e deu lugar ao clean life, nosso Brasilzão véio de guerra passou de ajudado a ajudador internacional, esta-

Dezembro / 201 2 Você já está nu. Não há razão para não seguir seu coração”.

"Você não pode escolher como vai morrer ou quando, você só pode decidir como vai viver agora"

Joan Baez


Por: Mari Moura

imagem: Mari Moura

essa mudança na vida da população e na conta bancária dos poderosos. E pra você que perdeu o primeiro ato contra o aumento, aproveite para comparecer na próxima sexta-feira, dia 14, em frente à estação de trem de Franco da Rocha, a concentração acontecerá às 16h e a manifestação começará às 17h. Sua presença é muito importante para que esse movimento dê certo e traga bons resultados para todos!! .::

A manifestação, formada principalmente de jovens, fechou ruas no centro de Franco e chamou a atenção da população para o absurdo aumento da passagem

imagem: Mari Moura

A cidade de Franco da Rocha, vem passando por um momento difícil, nesse final de ano, que era pra ser tranquilo como todos os outros anos, nós recebemos um presente de grego, a partir do início de Dezembro, o preço da passagem aumentou de 2,80 para 3,20, mais de 14% de aumento de uma vez só, para deixar o bolso do francorrochense bem furado para as festas de final de ano. O prefeito de Franco da Rocha, Márcio Cecchettini, se vestiu do pior tipo de papai-noel e nos entregou esse “belo” presente, que já está gerando péssimas lembranças aos trabalhadores que precisam pegar ônibus todo santo dia. A empresa Viação Caieiras, que não tem a miníma qualidade para cobrar a segunda tarifa mais cara do país, adora aumentar o preço da passagem, eles aumentam praticamente de ano em ano, e estavam acostumados com uma população passiva e que não abria a boca diante desse tipo de absurdidade. Mas agora parece que esse cenário está mudando, no dia 07/12, aconteceu no centro da cidade, um ato contra o aumento das passagens, os cidadãos foram às ruas demonstrar sua indignação diante dessa atitude covarde por parte da prefeitura da cidade, que autorizou esse aumento. É uma tremenda falta de respeito com o consumidor, e a população respondeu cantando, parando o trânsito e mostrando que essa cidade pode ser considerada dormitório, mas nem todos estão aqui só pra dormir, a intenção foi acordar os outros munícipes que por ali passavam e recolher assinaturas para uma petição pública que irá impedir

Por q u e Org u l h o d e S e r H é t e ro ? Por: Tiago Henrique O movimento Orgulho de Ser Hétero nasceu em um contexto onde as demandas da militância LGBT estavam acentuadas. A conquista da aprovação da união estável homoafetiva, em maio de 2011, e a tramitação da PLC 122 acarretaram a revelia da grande camada conservadora da população — destacando, sobretudo, os religiosos conservadores cristãos. Em resposta à luta da LGBT, o vereador Carlos Apolinário propôs à Câmara Municipal de São Paulo o projeto de lei que estabelecia o Dia do Orgulho Hétero, com o fim de “conscientizar e estimular a população a resguardar a moral e os bons costumes”. A lei foi aprovada pela Câmara no dia 1° de agosto de 2011, embora, posteriormente, foi vetada pelo prefeito Gilberto Kassab. Obviamente, os sujeitos a favor da tal proposta, que repercutiu o país inteiro, inauguraram nas diversas redes sociais da internet o grupo Orgulho de Ser Hétero, segundo qual a heterossexualidade está sendo reprimida pela influência midiática e pela militância gay. Pelo contrário — é justamente por prezar a diversidade, que a LGBT defende uma lei que combata a intolerância, tanto no âmbito da identidade sexual, como no racial, étnico, religioso etc, e não estabelecer padrões. Assim como em outrora foram os negros e as mulheres, os homossexuais lutam pela sua dignidade social, a qual não pode ser negada, já que somos todos da mesma espécie: a humana! Longe disso, o Brasil é marcado pela existência de uma ideologia opressora que ainda é tão naturalizada em nossos meios. Ela se manifesta desde as evocações pejorativas, como “veado”, até nos drásticos homicídios por ódio que matam centenas de pessoas por elas serem homossexuais. De an-

4 imagem: stock. xchng - www. sxc. hu

Q U E B E LO PR ESEN TE DE N ATAL. . .

imagem: Mari Moura

Dezembro / 201 2

temão, é interessante lembrar que boa parte dos homofóbicos se orienta pelo moralismo religioso cristão, segundo o qual a homossexualidade é produto do mal. Muitas igrejas disseminam a ideia antiquada que a homoafetividade se trata de um distúrbio comportamental viciante e aprendido. O próprio psicólogo e pastor evangélico, Silas Malafaia, da Igreja Vitória em Cristo, considera a homossexualidade uma patologia. Consequentemente, milhares de pessoas no Brasil que se relacionam com essas instituições acabam aderindo o conceito de demonização da figura gay. Isso não ocorre diferente com o grupo Orgulho de Ser Hétero — tanto no seu blog quanto na comunidade do Facebook, não são raras as postagens que rechaçam os homossexuais, sob mensagens e fotos que revelam o pleno desprezo contra gays, lésbicas, transexuais e travestis. Fomentar a inferiorização do próximo é violar os artigos I e II da Declaração Universal dos Direitos Humanos, os quais declaram que todas as pessoas são livres e iguais, e devem tratar umas às outras com espírito de fraternidade. Infelizmente, no entanto, o Brasil ainda não aprovou uma lei que condene a violência moral e ideológica que a camada gay tanto sofre. Até então, não é surpreendente que podemos encontrar evidências de homofobia em muitos lugares que visitamos, nas ruas, nas escolas, no trabalho, na internet, etc... Devemos, entretanto, não aceitarmos a segregação e o preconceito como processos naturais da sociedade. Está na hora de exigirmos do Estado e de nós mesmos uma postura de equidade, e adotarmos a concepção de que a homofobia, ainda que banalizada, não é legal. .::

Saiba: blogduoxe.blogspot.com Siga: @informativo_oxe Curta: Produtora Ôxe!

"Todos estão morrendo um pouco neste instante"

Vedanta


Dezembro / 201 2

ESTUDA ZÉ

SUPERAÇÃO

Querida por nós amigos, amigas, filha, mamãe, vovó os netinhos sua vida; Entusiasta por eles presentes dos céus, feliz com eles Mariane, Clara, Maria Eduarda e Miguel; Sempre contente vida e calor, pelos netos presente linhagem, nova vida, amor; Na ciência dessa geração ela é a raiz, a provedora, em contemplação Nenê vencedora; A guerra derrotou superação, barreiras, dificuldades, jamais desanimou com amigos unidos nas adversidades; Amigos de fé juntos aos filhos à crescer, amparada à Maria e José emoção ao vê-los nascer; Duras turbulências perseverança, trabalho, reerguer, paciência neblina, madrugadas, orvalhos; Marcelo, Douglas, Núbia caros tesouros, preciosidades sem dúvida Núbia o simbolo do ouro; Se viu desamparada sem onde morar, não se viu derrotada ignorou a palavra "desanimar"; Aura viva e forte energia com direito a chorar, sua fé indicou a estrela-guia

chorou muitas vezes mais;

Estuda Zé, estuda, para o Brasil melhorar Estuda Zé, estuda, só assim podemos lutar.

Célula de um povo sofredor não quis ver sua prole à fome, muitas vezes sentindo dor encorporou a "mulher-homem";

Pela igualdade social E a corrupção acabar aplicando as leis e eliminando a imunidade parlamentar Quero saber se o poder tem coragem De se explicar à sociedade

Corte-costura, tecelã rematadeira, cesta de café da manhã chocolate, concurso, ex-marreteira;

No investimento que fazer nos políticos e no retorno que irão obter. enquanto o povo está aflito Tentando arrumar o que comer. veja só que sacanagem com o dinheiro do povo se faz lavagem.

Deixaria a clientela do café em sua vida sempre lembraria, Deus recompensou sua fé e não mais com fiscais debateria; "-Sem alvará não pode!... implorava...diziam: -estamos obedecendo ordens! reincidente...dia-a-dia!..." Enfrentou a fiscalização que "autuava" obedecendo a lei, estava no fim a situação após o concurso mudou de vez; Nascida em Venceslau deseja saber de um marco histórico em 1960, pesquisei via: internet, revistas e jornais encontrei sua essência presente; Nenê filha de Wilson Pires e Joana se orgulha de Giovani ser irmã, os pais deram ao mundo uma filha bacana Venceslau sua cidade, de Franco da Rocha é cidadã;

Em 201 2 estamos novamente oferecendo o que há de melhor para você que deseja adquirir sua habilitação. Venha conhecer nossas instalações e conferir nossos preços!

Por Franco da Rocha tem gratidão pelas coisas boas que conquistou, pelos amigos "moradores" do seu coração à Deus que suas estradas iluminou; Vem realizando muitos sonhos é feliz no amor e vida social, baila, viaja, agradece os ganhos flutua a alma em poesia no Centro Cultural.

Oferecimentos: Lidia, amiga pessoal da personagem; Donato Milillo, idem; às colegas de trabalho da área de assistência social e à todos familiares da personagem desta poesia.

imagem: stock.xchng - www.sxc.hu

A mulher em nosso mundo simboliza a vida, enaltecimentos profundos à nossa querida:

Por: Régis Andrade

Por: Messias Silva

imagem: stock.xchng - www.sxc.hu

5


Por: Eduardo Nunes Lembro-me de discussões políticas onde as argumentações tinham lado. Direita ou esquerda. As coisas corriam de uma maneira, digamos mais ordenada. Quase previsível. Pessoas com mais idade eram de direita. Pessoas mais novas eram de esquerda. Uma cisão clara entre o conservadorismo e o novo. O esforço da direita, para manter as coisas como estão, era diretamente proporcional ao empenho da esquerda pelas mudanças. A direita era pela manutenção da ordem. A esquerda anárquica. A direita era militar. A esquerda subversiva. Reconheço que a tranquilidade e conforto gerados pelo pensamento conservador são atraentes, afinal, em time que está ganhando não se mexe. Porém, no Brasil, a corrente conservadorista ficou atrelada a não evolução. Engessamento do estado. Criou-se uma visão coronelista de se governar, onde senhores de engenho exerciam poder sobre tudo e todos. A TV nos mostrou claramente isso na série global Gabriela – adaptação do romance Gabriela, cravo e canela de Jorge Amado. Vimos coronéis, de dedo em riste, afrontando juízes e delegados de polícia. Tudo é valido para a manutenção do poder. A esquerda vinha com um discurso novo. Mexendo com as bases da sociedade. Vertendo para baixo as antigas estruturas de poder. Um pensamento igualitário onde todos poderiam ascender socialmente. Uma tentação para a mocidade que adentrava ao mercado de trabalho com sede de crescer e realizar seus sonhos. Assim tivemos um grande engajamento. Mas o tempo passou, as ideias mudaram, os jovens esquerdistas passaram para o centro e a direita praticamente desapareceu. Não vejo um

::. BETTO SOUZA

partido que possa ser apontado com genuinamente de direita. A antiga ARENA – Aliança Renovadora Nacional – maior representante da direita gerou o PDS depois o PFL que virou DEMOCRATAS, que alimentou a criação do PSD que sustenta uma ideologia de centro/direita. O antigo MDB – Movimento Democrático Brasileiro – fundado por opositores a ARENA, ou seja, de esquerda, gerou o PMDB que alimentou o PSDB que sustenta uma ideologia de centro/esquerda. O PT – Partido dos Trabalhadores – um dos maiores movimentos de esquerda da América do Sul, com uma ideologia social democrata, ligado a dirigentes sindicais a católicos da Teologia da Libertação, rompe antigas disputas e posiciona-se como principal legenda de esquerda. Mas como disse acima, o tempo passou as ideias mudaram e o PT passou para centro/esquerda. Enfim, todas as legendas têm em suas bases preceitos centristas. Nada de radicalismos, exceção ao PSTU e Psol – este, aliás conseguiu eleger dois prefeitos Itaocara (RJ) e Macapá (AP). Antigos discursos ideológicos foram “deixados” de lado em função dos resultados a serem alcançados. Vivemos, então, uma crise ideológica pela falta de sua definição. As legendas evoluíram já as práticas nem tanto. Ministros do Supremo Tribunal Federal tem sido assediados nos moldes do romance do mestre Jorge Amado, por novos coronéis, hoje no banco dos réus. Bem, se trouxerem de volta hábitos e personagens da trama global, melhor que venha só a Gabriela. Eduardo Nunes (professor, músico, ambientalista atento às alterações e interações humanas).

EXTRANJERA imagem: AwetéNhambovy'a

or vontade de perguntar, de onde eram aquelas pessoas que cantavam aquelas palatao diferentes, em tão grande quantidaPor: Aweté Nhambovy'a vras de... Inclusive os portugueses... Não entendia O relato de uma brasileira na Espanha, em meio ao turbilhão de protesto que o que falavam e comecei aí a descobrir de tomam conta da Europa. Confira a versão completa do texto e mais fotos no mim, de nós: me enganaram em mais essa blogduoxe.blogspot.com.br coisa na escola, não falo português, falo brasiSempre soube que viajar é uma maneira de vim, porque tenho certeza que o que vou leiro! O cérebro estonteado tentando identifide burlar o tempo, de construir outro tempo, contar, com muitas pessoas aconteceu muito car aquelas falas tantas, se esgotava e pedia arrego... Eu percebi ende aprender mais sobre o mundo e sobre nós diferente... tão que falei sozinha pra mesmos. Mas nunca tinha tido a oportunida- Entrei na Europa por escutar o brasileiro! de de sair do Brasil e descobrir o que é ser Portugal... A primeira brasileiro. Conversando com Darci Ribeiro coisa que me chamou Em Portugal descobri quem sabe poderia nos dizer outra coisa... atenção, porque sou que sou um tanto portuNão sei se Darci Ribeiro saiu do Brasil nas muito auditiva, foi a guesa. Foi quando ouvi mesmas condições que eu: filha de mãe nor- música das línguas... o fado e vi no sentimendestina e pai mineiro, com genética de ho- Viajei muito pelo Brato dos cantores sentimem gabiru e muita nordestinidade em sil, conheci mais de 20 Em toda a Europa, quase que diariamente a mento nosso de oalguma população protesta contra o sistema capitalista mim, conheci o que é ser uma pessoa na peri- etnias indígenas com fortemente repreferia de São Paulo desde a infância, mais pre- quem convivi e aprendi muito, mas nunca ti- sentado, com aquelaforma cara tao e tao cisamente quando meu pai morreu, aos 9 nha escutado a cantiga das línguas do mundo familiar... Fomos a um espaçodiferente sugerido por anos de idade e minha mãe teve que assumir de fora... Aqui é a Babilônia, num espaço de uma pessoa numa farmácia, não era também as contas da casa sem ter escolaridade, sendo terra tão pequeno, tantas línguas, tantas sono- um lugar qualquer, era um lugar onde as pesmulher e alagoana valente. Não precisava ir ridades na palavra. Queria ter feito disso mú- soas que gostam de fado e gostam de cantar tão longe para conversar sobre como é estar sica. Ao final do dia representava um peso e fado vão. Cada cantor canta mais ou menos hoje aqui na Espanha, mas comecei contan- cansaço que não seria só da diferença de fu- três canções e assim passamos noite adentro do isso para contextualizar quem sou e de on- so... No metrô tentava identificar, com a mai- ouvindo mulheres e homens falando sobre

6

imagem: Andréa Amorim

Que venha só a Gabriela.

imagem: stock.xchng - www.sxc.hu

imagem: stock.xchng - www.sxc.hu

Dezembro / 201 2

como nós brasileiros somos também portugueses. Quando vimos um mendigo comendo e bebendo deliciosamente um vinho, perguntamos onde comprar e nos entusiasmamos... Se pode beber vinho nas ruas de Lisboa (não é todo lugar que se pode). O vinho Português é maravilhoso. Sentados na calçada, conhecemos Bruno, um francês morador de rua em Lisboa. Foi Bruno que me instigou nessa busca de mim: ao conversar com meus amigos sobre com quem se pareciam, perguntei sobre mim. Ele pensou, me olhou profundamente e analisou o fundo da minha alma. Depois disse com ar de obviedade: “Ameríndia, você é ameríndia”. É o que sou: ameríndia! Parece que tudo ficou então mais claro, minha dificuldade com os caixas eletrônicos, com o metrô, com as torneiras, tudo explicado em uma só palavra: ameríndia. Que bem poderia também ser traduzida como bicho do mato, a paulistana nascida em São Paulo SP, que viveu em todo fundão do brasil, campo – mato - favela, agora diagnosticada pelo mendigo francês em Lisboa: ameríndia. Somos todos ameríndios? .::


Oxe! - Dezembro 2012  

Façam suas apostas que a sorte está lançada! No Ôxe! desse mês, o fim do mundo (de novo) e o que você pode fazer para aproveitar melhor essa...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you