Issuu on Google+

maio e junho de 2014

Editorial Depois de uma pausa, o Informativo Digital volta a circular. O Dia Mundial do Meio Ambiente é um dos assuntos desta edição, que destaca ainda a posse da nova diretora do Centro de Educação Profissional de Anápolis – CEPA. A edição traz ainda matéria sobre a aula inaugural dos cursos técnicos, a ampliação da Rede de Educação Profissional do Estado, os cursos ofertados pelo CEPA em EaD e ainda a palestra ministrada pelo superintendente do Porto Seco Centro-Oeste aos alunos dos cursos técnicos. A inauguração da Ferrovia Norte-Sul e os reflexos para Anápolis também são abordados. Boa leitura!

Capacitação Pedagógica do Programa Bolsa Futuro, no dia 23 de maio, em Goiânia

CEP de Anápolis tem nova diretora

O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação (Sectec), Mauro Faiad, visitou o Centro de Educação Profissional de Anápolis (Cepa), no último dia 11 de abril. Na visita, ele anunciou a nova diretora da unidade, professora Marla Silva Correia que substituiu Paulo Roberto Paulino Santos, que se desincompatibilizou do cargo no dia 5 de abril. O Cepa de Anápolis oferece educação profissional técnica de nível médio em cursos presenciais. Entre as opções de cursos estão Desenvolvimento de Sistemas, Informática para Internet, Redes de Computadores, Logística e Química. Na modalidade de educação a distância, oferece: Administração, Logística, Multimeios Didáticos, Hospedagem, Informática, Contabilidade e Secretariado. A unidade também coordena e certifica, em mais de 20 polos do Estado, os cursos ofertados pelo Programa Bolsa Futuro.

Disponível em: www.goiasagora.go.gov.br

Página 1 de 6 www.cepa.sectec.go.gov.br


maio e junho de 2014

CEPA recepciona novos alunos dos cursos técnicos “A Expectativa do Mercado de Trabalho para o Profissional Técnico” foi o tema da Aula Inaugural dos Cursos Técnicos em Informática para Internet, Logística, Meio Ambiente e Química, realizada em dois momentos no último dia 29 de abril, no auditório do Centro de Educação Profissional de Anápolis (CEPA), quando os alunos foram recepcionados pela diretora Marla Silva Correia e pelos coordenadores dos cursos. Pela manhã, a palestrante foi a diretora Administrativa da Patrona Construtora e gerente do Departamento de Ação Social da ONG AMAR, Ethienne Montalvão. Ao abordar sobre o perfil profissional que o mercado quer, Ethienne enalteceu as características que os cursistas devem ter para obter sucesso junto às empresas: atitude, autoliderança, atitude emocional, ser multifuncional, ter ética e ser empregável. A palestrante disse que o profissional deve planejar sua carreira e, nela, ser proativo e estar sempre atento às mudanças se quiser crescer na instituição. “Frente à realidade das empresas, o mercado de trabalho necessita de um profissional capaz de nadar contra a correnteza, ser ético e manter a cidadania”, salientou.

explicou que nos últimos dois anos em que esteve à frente da direção do CEPA foram implantados cursos do Bolsa Futuro em 22 municípios e do Pronatec em 35 cidades, além de aumentar o número de cursos técnicos oferecidos em Anápolis. O palestrante ainda falou dos projetos que estão sendo elaborados no sentido de transformar o CEPA em Instituto Tecnológico de Goiás (ITEGO), onde, serão ofertados cursos tecnológicos, como de Produção de Fármacos, cujo vestibular deve acontecer ainda este ano. A construção de mais dois laboratórios de informática e a reforma de outros já existentes são ações que a direção do CEPA está providenciando para atender os novos cursos e também para a certificação da cachaça produzida em Goiás.

Paulo Roberto conclamou os estudantes a se engajarem nos estudos. “O conhecimento é uma das moedas mais fortes que temos. A saída para o Brasil está na qualificação técnica”, destacou. Segundo ele, o mercado de trabalho em Anápolis é promissor e vai se destacar aquele que tiver uma boa formação. “A demanda de mão de obra especializada é grande na cidade e terá espaço aquele que tem uma boa formação, iniciativa, liderança e é otimista”, finalizou. Na sequência, a coordenadora do Curso de Química, professora Élida Cristina Silva França, passou as orientações gerais sobre os cursos aos alunos. Da redação.

Goiás amplia Rede de Educação Profissional Para as turmas do período noturno, o palestrante foi o ex-diretor do CEPA, Paulo Roberto Paulino dos Santos, que representou o empresário e ex-secretário da Indústria e Comércio, Alexandre Baldy. Paulo Roberto

A

rede de educação profissional mantida pelo Governo de Goiás está sendo ampliada com a construção de três novas unidades - em Aparecida de Goiânia, Niquelândia e no Bairro Jardim Curitiba, Região Noroeste da capital informa o secretário de Ciência, Tecnologia e

Página 2 de 6 www.cepa.sectec.go.gov.br


maio e junho de 2014

Inovação (Sectec), Mauro Faiad. As unidades são vinculadas à Sectec e integram os Institutos Tecnológicos do Estado de Goiás (Itegos), uma nova estrutura aprovada e sancionada pela Assembleia Legislativa que incluirá também as unidades dos Centros de Educação Profissional (CEPs) que atuam em diversos municípios do Estado. As escolas já estão sendo construídas e, quando prontas, terão capacidade para atender, cada uma, cerca de 1.200 alunos em três turnos, com cursos e programas de formação inicial e continuada de trabalhadores, educação profissional técnica de nível médio e educação profissional tecnológica de graduação e pósgraduação. A estrutura de cada unidade inclui, além de salas de aula, laboratórios, auditório, biblioteca e quadra de esportes coberta. Segundo Mauro Faiad, o Instituto Tecnológico de Goiás (Itego) vai incrementar de forma significativa o atendimento à crescente demanda dos trabalhadores e das empresas por qualificação profissional.

Os municípios de Santo Antônio do Descoberto, Mineiros e Valparaíso também serão contemplados com unidades do Instituto Tecnológico do Estado de Goiás. Os dois primeiros já estão com as obras licitadas e em fase final de assinatura do contrato com as empresas vencedoras. O processo licitatório para a unidade de Valparaíso aconteceu no dia 30 de maio. Além dessas unidades, que estão em construção ou em processo licitatório, o Itego terá mais duas unidades: uma a ser construída em Catalão e outra com obras de reforma e ampliação no município de Piracanjuba. Dos 15 CEPs já existentes, três deles serão ampliados: em Anápolis, Goiânia (CEP Sebastião Siqueira) e Catalão (Cepac). Nessas obras estão sendo investidos recursos dos governos estadual e federal, em convênio com o MEC, por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Toda essa estrutura irá beneficiar, especialmente, os alunos dos programas Bolsa Futuro, Pronatec e E-Tec Brasil. Além disso, serão implantados 110 Colégios Tecnológicos (Cotecs) em 81 municípios. – Disponível em: www.goiasagora.go.gov.br

Superintendente do Porto Seco ministra palestra a alunos do CEPA

Os alunos do turno noturno dos cursos técnicos em Informática para Internet, Logística, Meio Ambiente e Química tiveram a oportunidade de ouvir o diretorsuperintendente do Porto Seco CentroOeste S/A, Edson Tavares, na noite do último dia 14 de maio, no auditório do Centro de Educação Profissional de Anápolis (CEPA). Edson Tavares abordou sobre a expectativa do mercado de trabalho para o profissional técnico, enfocando ainda temas como motivação, política, economia e logística. O superintendente salientou que atualmente há exigência para que as empresas tenham projetos ambientais, o que, segundo ele, é uma área que cresce e tem espaço para absorver os profissionais de Meio Ambiente. Outra área destacada por Edson Tavares foi a da informática, cujo campo de trabalho também está em franco crescimento. Na área da logística, o superintendente disse que Anápolis terá um aumento na demanda de profissionais, principalmente depois da conclusão das obras do aeroporto de cargas, do centro de convenções e da plataforma multimodal. Os alunos puderam fazer perguntas ao superintendente do Porto Seco que, durante duas horas e meia, ministrou palestra e respondeu a todos os questionamentos de maneira descontraída. Da redação.

Ampliação do CEPA citada em matéria do Diário da Manhã Repórter Welliton Carlos, do Diário da Manhã, cita a ampliação do Centro de Educação

Página 3 de 6 www.cepa.sectec.go.gov.br


maio e junho de 2014

Profissional de Anápolis (CEPA) como um dos investimentos do Governo de Goiás em Anápolis. A cidade foi tema de reportagem da Revista Veja.

Responsável pelo terceiro melhor desempenho no Programa, o Governo do Estado projeta alcançar, até o final de 2014, a marca de 40 mil alunos matriculados, e já disponibiliza 184 cursos em 153 municípios. Na plataforma é possível se informar sobre prazos, cursos, ter acesso a editais, retirar dúvidas, listar escolas ofertantes e acompanhar as notícias sobre o programa. Pronatec O Pronatec é o programa criado pelo Governo Federal, em 2011, com o objetivo de ampliar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica. O aluno recebe de assistência estudantil o valor de R$ 4 por hora/aula para fazer frente a pequenas despesas. Ainda recebe material didático (apostila) e kit aluno (caderno, lápis, borracha, caneta e apontador). E agora terá ainda uniforme para estudar. Os cursos do Pronatec têm como ofertantes o Governo de Goiás (Sectec), Rede Federal de Educação Profissional (Institutos Federais – IFs) e Sistema S (Senai, Senac, Senar, Sest Senat) e duram, em média, três meses, 180 horas (cursos FIC) e 1 ano, 800 horas (cursos técnicos do Sisutec). Disponível em: www.goiasagora.go.gov.br

Cursos a distância, uma opção de estudo no CEPA Sectec lança site exclusivo do Pronatec para Goiás

O Governo de Goiás, por meio da Sectec, anuncia o lançamento do site regional do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) www.pronatec.sectec.go.gov.br.

Dentro da política de atender o maior número possível de pessoas, o Centro de Educação Profissional de Anápolis – CEPA oferta cursos também na modalidade a distância. Atualmente são disponibilizados sete cursos de Formação Inicial e Continuada: Desenvolvimento Pessoal e Profissional; Gestão de Pessoas; Informática Básica; Políticas de Estoque; Português Instrumental; Proatividade e Ética no Desenvolvimento Pessoal e Profissional; e Redação Dissertativa.

Página 4 de 6 www.cepa.sectec.go.gov.br


maio e junho de 2014

Esses cursos têm como objetivo a socialização do conhecimento produzido pelo CEPA, além de atender à necessidade de atualização requerida pelo mercado de trabalho. De acordo com a supervisora de EaD do CEPA, Elisa Maria Gomide, os cursos podem ser realizados por qualquer usuário, gratuitamente, com número de vagas ilimitadas, com início imediato. Elisa explica que os cursos têm a vantagem de serem acessados de acordo com a disponibilidade de tempo, com horário e local sendo automediados pelo aluno. Os certificados emitidos são reconhecidos e podem ser utilizados para a progressão horizontal dos professores da rede pública e como extensão para universitários. Para isso é necessário que o aluno realize as avaliações e atinja a média mínima de 60,0. A supervisora de EaD salienta que mais quatro cursos a distância estão previstos para serem ofertados pelo CEPA: Educação Inclusiva; Tutores; Fundamentos das Políticas de Recursos Humanos; e Inglês Instrumental. Para fazer a inscrição ou obter maiores informações, o interessado deve acessar o site http://ead.go.gov.br/ficead/ ou ainda ligar para (62) 3328-2476/3328-2477. Retorno Os efeitos do aprendizado proporcionado pelos cursos a distância ministrados pelo CEPA são atestados pelos alunos. Altamiro Vieira Primo, dos cursos Políticas de Estoque e Gestão de Pessoas, disse que os cursos representam maior qualificação profissional para sua vida, com fortalecimento do seu currículo. “Estou muito feliz com estes cursos a distância. Estão sendo de grande valia para os meus conhecimentos e eu tenho certeza que irão dar peso forte em meu currículo. Agradeço a oportunidade e quando tiver novos cursos farei, com certeza”, salienta. Da redação.

Meio Ambiente Preservar para viver Por Dirceu Pinheiro Está cada vez mais comum, no noticiário mundial, a divulgação de fatos ligados à destruição do meio ambiente e suas consequências. As estações do ano – primavera, verão, outono e inverno – antes tão certas, na atualidade dá um nó na cabeça de quem programa a vida com base no clima.

Às vésperas do período de chuvas o agricultor prepara a terra e começa o plantio na esperança de ver a água cair do céu como dádiva de Deus para uma colheita farta. Mas, essa previsão, que em tempos passados era quase certeira, atualmente não é tão confiável. Chuvas demais em uma localidade e seca em outra são consequências da ação do homem, que devasta o meio ambiente, levado pela ganância. As matas, inclusive as ciliares, têm sido destruídas e dão lugar a pastagens e à monocultura. Com a redução de diversas espécies de árvores e o crescente aumento da emissão de dióxido de carbono, o Planeta sofre e, em consequência, o próprio homem, que não cuida da preservação do meio ambiente, também se vê numa situação cada vez mais caótica. A falta d’água em várias regiões, por exemplo, é o reflexo da ação devastadora do homem, que precisa, o mais rápido possível, criar uma consciência de preservação que passa por ações simples, como não utilizar água tratada para realizar tarefas como lavar carro ou calçadas. Outras ações como o adensamento populacional em grandes cidades, o aumento do número de veículos e do consumo também são exemplos de como o meio ambiente vem sendo transformado. Por uma questão de sobrevivência, é preciso que a consciência de preservação seja retomada pelo ser humano. Do contrário, estaremos fadados a ver a vida descendo pelo ralo. Dia do Meio Ambiente Para lembrar que o meio ambiente pede socorro, a Organização das Nações Unidas (ONU) comemora todos os anos, no dia 5 de junho, o Dia Mundial do Meio Ambiente, que teve início no ano de 1972, em Estocolmo. O objetivo de criar a data foi promover atividades de proteção e preservação da natureza e alertar o público mundial e governos de cada país para os perigos de negligenciarmos a tarefa de cuidar do meio ambiente. Carreiras Com tantos problemas enfrentados, o Planeta precisa de ações que garantam a sua sobrevivência e da própria humanidade. Nesse contexto, muitas profissões ligadas à área surgiram. Somente no Brasil, de acordo com o Ministério da Educação, são oferecidos mais de dois mil cursos na área ambiental. De técnicos de nível médio a superiores, essas qualificações têm em comum a preocupação com as questões ligadas ao meio ambiente. Com o mercado de trabalho aberto a esses profissionais, a tendência é que eles

Página 5 de 6 www.cepa.sectec.go.gov.br


maio e junho de 2014

sejam cada dia mais valorizados. Uma pesquisa realizada em 2013, em todo o País, pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro, mostrou justamente isso. A pesquisa ouviu 402 empresas que empregam 2,2 milhões de funcionários. Em todo o Brasil, 59% das empresas pretendem aumentar as contratações na área ambiental até 2020. Segundo a pesquisa, os chamados empregos verdes já respondem por quase 7 % (6,6%) de todos os empregos formais do País. De 2006 a 2010, o crescimento foi de quase 27%. Entre as profissões mais valorizadas, estão a de biotecnologista, engenheiro ambiental, técnico ambiental, engenheiro florestal e gestor ambiental. Em Anápolis, o Centro de Educação Profissional (CEPA), ligado à Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, oferece o curso técnico em Meio Ambiente, que teve início em abril, no período noturno.

Em breve:  Cursos Técnicos: Técnico em Enfermagem, Secretariado e Segurança do Trabalho – previstos para segundo semestre de 2014;  Curso Superior de Tecnologia em Processos Químicos, 40 vagas - início previsto para 2015;  Cursos a distância: Educação Inclusiva; Tutores; Fundamentos das Políticas de Recursos Humanos; e Inglês Instrumental;  CEPA será transformado em Instituto Tecnológico do Estado de Goiás (Itego);

Contribua com informações e sugestões, enviando e-mail para informativocepa@cepeduc.com ou ligando para (62) 3328 – 2478. - Departamento de Integração Escola Empresa.

Editor e jornalista responsável: Dirceu Pinheiro Designer e diagramação: Ítalo A. L. Silva Secretário Geral: Nilton Matias Barreto Junior Diretora: Marla Silva Correia Página 6 de 6 www.cepa.sectec.go.gov.br


Informativo cepa mai jun 2014