Page 74

Indústria Linkedin A rede social com jeito corporativo protocolou pedido para IPO que pode levantar até US$ 175 milhões. Deverá ser o primeiro e o termômetro da suposta bolha

Zynga A empresa criadora do

Farmville e outros games sociais valeria entre US$ 7 e US$ 9 bilhões

Quanto valE? US$ 65 bilhões de dólares para uma companhia com 500 milhões de clientes internautas com uma rede de amizades ainda não quantificada é um valor alto? Enquanto o mercado discute isso, relembre alguns dos valores de empresas que mais impressionaram o mercado quando foram adquiridas. • A Procter comprou a Gillette por US$ 54 bilhões • A HP adquiriu a Compaq por US$ 25 bilhões • A Adidas levou a Reebok por US$ 3,8 bilhões • A Alcatel desembolsou US$ 13,4 bilhões pela Lucent • O Google comprou o Youtube por US$ 1,6 bilhão • O J.P. Morgan Chase comprou Bank One por US$59 bi • A Oracle adquiriu a PeopleSoft por US$ 10,3 bilhões • A Exxon comprou a Mobil por US$ 80 bilhões • A IBM comprou a PWC Consulting por US$ 3,5 bilhões • A Daimler-Benz levou a Chrysler por US$ 40 bilhões

Foto: divulgação

groupon O site de compras coletivas estaria valendo entre US$ 3 bilhões e US$ 6 bilhões. Um ano antes, o valor especulado era de US$ 1,3 bilhões Kiso, da Focusnetworks: “O Google tem seu alto valor porque consegue indexar a web, já o Facebook faz isto com a cabeça das pessoas. Quanto vale isto?”

EspEculação E futuro garantido A avaliação de muitos empresários do ramo da internet é que o alerta vermelho em cima do preço do Facebook não passa de um aviso para investidores de risco. Quem pretende comprar ações dessa ou de outras empresas parecidas é que deve se preocupar com a possível bolha. Qualquer esvaziamento dos preços de mercado não seria endêmico como foi em 2000. “Na época havia empresas de servidores, redes e consultorias que planejavam vender muito com as pontocom e viram os planos frustrados”, lembra o consultor de mídias sociais da Direct Labs e cocriador da rede de relacionamento Via6, Diego Monteiro. “Este ambiente não existe mais e estamos falando de meia dúzia de empresas somente”, destaca. O mais importante é que os negócios que giram em torno dos conceitos de redes sociais, levados ao pico da fama pelo Facebook e Twitter,

74 74

INDUSTRIA_bolha_facebook.indd 74

parecem estar garantidos. Mesmo com uma possível desvalorização repentina do preço das principais companhias, em caso de lançamento de ações, os conceitos e as oportunidades que elas apresentaram para o mundo tem garantia de futuro. Grandes empresas de TI como Microsoft, IBM e Cisco tem criado produtos e serviços baseados em redes sociais e colaboração. Nenhuma delas se mostra desiludida com os novos modelos de negócio que se envolveram. “Os nossos clientes que tem adotado plataformas de colaboração não estão tomando essa decisão pelo valor do Facebook”, comenta o gerente de desenvolvimento de colaboração da Cisco, Ricardo Ogata. Para o executivo, uma possível supervalorização de empresas como Facebook, Twitter e GroupOn não irá engavetar projetos de instalação de redes sociais nas empresas ou eliminar investimentos dos gigantes de TI em produtos e serviços com esse aspecto de web 2.0. “O futuro é garantido, porque os usuários sentem necessidade de usar e não é só para conversar com amigos ou trocar fotos, eles ajudam na produtividade”, diz. iwb InformationWeek Brasil | Marçode de2010 2011 InformationWeek Brasil | Janeiro

09/03/11 10:51

Information Week Brasil - Ed. 237  

O VALOR DA TI E TELECOM PARA OS NEGÓCIOS | Março de 2011 - Ano 12 - Ed. 237 EXECUTIVOS DE TI DO ANO 2011 - Décima edição do estudo elege os...

Advertisement