Page 34

eXeCutIVos De tI Do ANo MaIores de r$ 1 BIlhão

Revolução Vitor CaValCanti

em andamento Ítalo Flammia | Porto seguro

Desde que assumiu a tI da Porto seguro, Ítalo Flammia busca alinhar processos, criar métodos de trabalho e desenvolver um bom ambiente profissional, tudo dentro de um plano estratégico de cinco anos A promoção de mudanças em um departamento sempre causa desconforto, principalmente, quando elas são lideradas por um novo chefe. A forma como as alterações são propostas e a experiência do executivo em lidar com adversidades e anseios de subordinados podem ser peças fundamentais para garantir o sucesso da operação bem como extrair os melhores resultados possíveis. Há cerca de um ano e meio à frente da TI da Porto Seguro, Ítalo Flammia experimenta a propagação de uma revolução e, até o momento, tudo tem saído conforme o planejado. Em entrevista à InformationWeek Brasil, o diretor de TI explicou que, quando chegou à companhia, se deparou com um departamento subinvestido confrontando com uma empresa em plena expansão. “Muita coisa estava acontecendo, mas tínhamos ferramentas antigas. Tive a felicidade de chegar no momento do planejamento estratégico.” Aproveitando a ocasião, foi estruturado um projeto chamado Plano Efetivo de TI para cinco anos. Assim, ele conseguiria transformar a área de tecnologia da informação, que hoje conta com mil funcionários, fora os colaboradores terceiros, tornando-a realmente parte do papel estratégico da companhia, suportando não apenas o dia a dia como também o surgimento de novos negócios. A operadora móvel virtual (MVNO, na sigla em inglês) acordada entre a TIM e a Porto Seguro recentemente, por exemplo, é liderada por ele. Para conseguir tal façanha, Flammia chamou os gerentes do departamento e propôs uma espécie de gestão compartilhada, com encontros semanais para discutir os principais pontos, como projetos, orçamento, gestão de pessoas e indicadores e, com isso, vem atingindo um grau de maturidade cada vez

34 34

EXECUTIVOSTIDOANO_Italo Flammia_PortoSeguro.indd 34

maior. A experiência tem surtido tanto efeito que garantiu ao executivo dois troféus no prêmio Executivos de TI do Ano 2011 nas categorias gestão financeira e gestão de pessoas. “Fizemos uma grande revisão, criamos a área de governança, outra focada na operação e em projetos, até para manter bem o dia a dia. Organizei também uma área de arquitetura. Fiz uma revolução. Meus colegas de consultoria diziam que estávamos malucos. Mas a equipe é muito boa”, avalia Flammia. No que diz respeito ao orçamento, o executivo explica que ele está atrelado ao plano de cinco anos e é revisado anualmente. Para ajudá-lo no gerenciamento, conta com uma pessoa de finanças alocada na área de governança. “Ela elabora orçamento, controla e puxa nossas orelhas quando saímos dele.” Afora isto, há uma reunião mensal com o InformationWeek Brasil | Marçode de2010 2011 InformationWeek Brasil | Janeiro

04/03/11 10:37

Information Week Brasil - Ed. 237  

O VALOR DA TI E TELECOM PARA OS NEGÓCIOS | Março de 2011 - Ano 12 - Ed. 237 EXECUTIVOS DE TI DO ANO 2011 - Décima edição do estudo elege os...

Advertisement