Page 1

JORNAL

www.jornalinformante.com.br

@PaperInformante

INFORMANTE COMPROMISSO COM A CIDADE

Farroupilha | Ano VI - Edição 277 | 24 de maio de 2013 | R$ 2,00

Economia

Termômetros em queda, Matéria Especial venda de malhas em alta Página 7

Cidade

Uma semana para brindar Fabiano Gasperin

Que tal atividade física na véspera do feriado? Página 8

Cidade e Segurança

Serviço completo para a Romaria de Caravaggio Páginas 9 e 14

Sétima Arte

Adrian Lyne em dose dupla partindo de “Flashdance” Inside, contracapa

Dia do Vinho, que pela primeira vez é celebrado na cidade, tem ampla programação e objetivo de integrar a tradicional bebida serrana com atrações gastronômicas e turísticas, como ficou claro no lançamento ocorrido na prefeitura, na terça à noite, nas manifestações dos integrantes do brinde conjunto, Ricardo Chesini, Fabiano Piccoli, Márcia Ferronato, Fernando Silvestrin e Pedro Pedrozo – Páginas 2 e 3


2 | Sexta-feira, 24 de maio de 2013

Compromisso com a cidade

Matéria EspEcial

Um brinde ao vinho e à vida

Com programação intensa em diversos municípios do Rio Grande do Sul, entidades buscam movimentar o turismo e enaltecer produção da região serrana ara promover o vinho da Serra e integrar os municípios, as vinícolas e as entidades ligadas ao setor, é que desta sexta até o dia 2, o Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (SHRBS) e o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) sob o lema “Viva o Vinho! Brinde a Vida” organizam, junto com prefeituras e entidades, uma programação especial em comemoração ao Dia do Vinho. Farroupilha é uma das cidades que participam com um projeto especial, que promete movimentar o município. As comemorações do Dia do Vinho são realizadas desde 2010 por meio do projeto “Eventos Integrados e Integradores”. Nesta 4ª edição, além de Farroupilha, participam os municípios de Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Flores da Cunha, Garibaldi, Monte Belo do Sul, São Marcos, Pinto Bandeira, Porto Alegre, e região da Campanha Gaúcha, representada por Alegrete, Bagé, Dom Pedrito, Rosário do Sul e Santana do Livramento. A edição celebra os 10 anos da promulgação da lei de 12 de dezembro de 2003, que instituiu o Dia do Vinho no Rio Grande do Sul. Atualmente o Estado é o maior produtor de uva e derivados do Brasil, possuindo 531 vinícolas ativas, e quase 15,4 mil produtores em cerca de 150 municípios. Durante a programação estão previstos descontos de 10% até 50% na compra ou degustação nas vinícolas participantes, promoções em hotéis e cursos de degustação e gastronomia. Nesta edição do evento mais de 200 estabelecimentos participam. Em Farroupilha, muitos aderiram à ideia, com a oferta de produtos a preços diferenciados e atividades alusivas à data.

Dois eventos especiais marcam a programação: a 134ª Romaria de Nossa Senhora de Caravaggio, neste domingo, no Santuário, e o Jantar do Vinho, no dia 1º, no restaurante Caminho do Trem. Secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Fabiano André Piccoli ressalta que esta é a primeira vez que a cidade realmente participa da programação. “O município abraçou a ideia e houve um movimento em torno do assunto. Somos uma das maiores cidades produtoras de uva e vinho da região e este evento serve para promover e enaltecer o que produzimos”, destaca. Piccoli comenta ainda que a programação é uma oportunidade para uma maior comercialização dos produtos de Farroupilha, tais como os moscatéis que são conhecidos internacionalmente. “Esperamos que a programação movimente o turismo da cidade. Como é o primeiro ano que o município participa, acreditamos que, com o passar do tempo e uma exposição maior na mídia, haja um envolvimento da população cada vez maior. Queremos mostrar e divulgar mais nossos produtos e Farroupilha tem um grande potencial”, salienta. A Associação Farroupilhense de Produtores de Vinhos, Espumantes, Sucos e Derivados (Afavin) é uma das entidades engajadas na programação. “Dentre os objetivos está enaltecer esta bebida tão importante para o nosso município e região. Assim, quem ganha com estas promoções é o consumidor, que terá um atrativo a mais para brindar com seus familiares e amigos”, destaca o presidente, Ricardo Chesini. Conforme ele, entre as principais atrações do município, no Dia do Vinho, destacam-se a comercialização

Fabiano Gasperin

P

Nesta semana ocorreu o lançamento oficial da programação especial alusiva ao Dia do Vinho em Farroupilha

de produtos diferenciados com descontos por vinícolas associadas à Afavin. Ele enfatiza também a parceria com o Impperia Shopping, que terá um ponto de venda de vinhos, espumantes, frisantes e sucos farroupilhenses, com descontos entre 20% e 30%. Nos sábados e domingos haverá degustações dos produtos em horários surpresa. “Outros estabelecimentos locais também aderiram à proposta e recepcionarão seus clientes com cortesias ou ofertas que incluem o vinho ou seus derivados”, acrescenta Chesini. De acordo com a diretora executiva do SHRBS, Márcia Ferronato, realizar e apoiar o Dia do Vinho, que integra vários municípios e empreendimentos, é motivo de satisfação para o Sindicato. Segundo Márcia, o evento busca facilitar a promoção da região por meio de atrativos e ofertas de produtos, dando maior visibilidade ao que é feito no Rio Grande do Sul.

“O Dia do Vinho procura unir empresários e parceiros, buscando uma forma de oferecer diversas atrações ao cliente para que ele tenha acesso a uma série de vantagens. Além disso, busca-se valorizar o enoturismo e a cultura da região da Uva e do Vinho”, explica Márcia. Ela ressalta que a tendência é que o fluxo de pessoas na rede hoteleira seja maior, devido aos turistas que já tinham viagem programada para a região participarem também. “Nos últimos anos percebe-se um crescimento no fluxo de pessoas. Sabemos que há ainda muito por fazer, mas cada vez mais há um envolvimento da comunidade e estamos trabalhando para que as pessoas possam se programar para esse período de programação diferenciada, que vai do final de maio a início de junho”, comenta. Gerente de marketing do Ibravin, Diego Bertolini frisa que nesta 4ª edição houve a ampliação da progra-

mação e mais ações em conjunto para potencializar o evento. “O Dia é importante porque é um dos poucos ‘Eventos Integrados e Integradores’ de fato. Além disso, buscamos trabalhar a amplitude de todas as regiões produtoras de vinho e valorizar o enoturismo, com essa ação coletiva promovendo o vinho”, explica. Bertolini salienta que no período o destaque fica por conta dos preços promocionais, com descontos de até 50%. “Ganham destaque também a programação diferenciada, os roteiros e as ações em redes de supermercados, promovendo o vinho nas gôndolas”, complementa. Para ele, a bebida só vem crescendo no mercado consumidor. “O vinho vem ganhando em qualidade. Além de trabalhar a imagem e a divulgação, também há a questão da comercialização não apenas nas vinícolas, mas também em restaurantes e em toda a cadeia de consumo”, evidencia.


Sexta-feira, 24 de maio de 2013 | 3

Compromisso com a cidade

Matéria EspEcial

Programação intensa marca data

Hotel di Capri

Oferecerá vinho de associados da Afavin, brindando seus hóspedes com uma taça de vinho.

Hotel Bem-Te-Vi

Funcionará de segunda ao dia 2, proporcionando aos turistas que solicitarem, vinho da casa de cortesia e demais com 50% de desconto, junto com o cardápio tradicional.

Temperos da Serra

Atendimento de segunda a sábado, das 11h15min às 14h. Em parceria com a Vinícola Cave Antiga, o restaurante servirá, até o dia 1º, além do cardápio tradicional, pratos elaborados com vinhos e espumantes. Terá decoração especial e produtos da Cave Antiga.

Caminho do Trem

No dia 1º, o restaurante proporcionará, em parceria com Afavin e prefeitura, um jantar com cardápio especial alusivo ao Dia do Vinho. Para acompanhar os pratos estarão disponíveis para aquisição, a preços promocionais, vinhos e espumantes da Afavin. Entre as bebidas farroupilhenses estão vinhos tintos finos, vinho branco fino moscato, vinho frisante moscatel, espumante moscatel, espumante brut e suco de uva. O cardápio para o jantar inclui 18 variedades de saladas e frutas, escalopinhos ao molho gorgonzola, frango ao primo canto, carré de ovelha, salmão ao

molho de amêndoas, crepe de morango, batatas torneadas ao parmesão, tortéi ao molho italiano, arroz branco, massa caseira (molho bolognesa e molho de nozes), bolinho de bacalhau, polenta frita e galinhada. Serão servidas também sobremesas como sagu com creme, cheesecake de morango, mousse de chocolate, torta de amendoim, pudim Romeu e Julieta e ambrosia. O jantar terá como atrações as bandas Valer e Neutrons e os ingressos podem ser adquiridos a R$ 55,00.

Divulgação

O Dia do Vinho será comemorado em Farroupilha com uma grande programação, que envolve diversos estabelecimentos tais como hotéis, restaurantes, adegas e vinícolas. Conheça o que cada um deles prepara para as comemorações, desta sexta até o dia 2.

Impperia Galeto & Grill

Terá durante os dias de programação, sempre das 11h às 14h e das 19h às 22h, almoços e jantares com 15% de desconto nos sucos e vinhos da Vinícola Perini. Haverá ainda degustação de produtos da Perini durante o jantar.

Adega Silvestri

Atendimento de segunda a sábado, em horários comerciais, e domingos das 14h às 18h. A comercialização dos produtos terá 15% de desconto.

Vinícola Perini

Terá durante os dias de evento degustação gratuita de cinco itens (com exceção de Perini Champenoise, Perini Nature e Perini Qu4tro). Oferecerá 15% de desconto nos vinhos finos e espumantes e 10% nos vinhos de mesa e sucos de uva (produtos de terceiros e acessórios não estão inclusos na promoção). Os que comprarem mais de R$ 300,00 ganharão um brinde (saca-rolhas, corta gotas e manual do vinho). O atendimento na Vinícola ocorre de segunda a sexta das 8h10min às 12h e das 13h às 18h; nos sábados, das 9h às 17h; e domingos, das 10h às 17h30min.

Destaque da programação é o Jantar do Vinho, que ocorre no dia 1º, no Caminho do Trem

Cooperativa São João

Atendimento de segunda a sexta, em horário comercial, e descontos de 20% em produtos.

Basso Vinhos e Espumantes

Produtos terão 15% de desconto durante o período. O atendimento ocorre de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 17h30min.

Adega Chesini

Produtos com desconto de 20% no período, e atendimento de segunda a sexta, em horário comercial, e nos fins de semana com agendamento.

Cave Antiga

Desconto de 20% no período, com atendimento de segunda a sexta, em horário comercial.

Vinícola Tonini

Produtos com desconto de 20% no período, com atendimento de segunda a sábado, em horário comercial.

Vinícola Don Giusepp

Produtos com até 15% de desconto no período, com atendimento de segunda a sábado, em horário comercial.

Ponto de venda de produtos da Afavin no Impperia Shopping Afavin e Impperia Shopping terão vinhos, espumantes e sucos farroupilhenses a preços promocionais, com descontos que variam de 20% a 30%. Nos finais de semana haverá degustação de produtos em horários surpresa. O shopping funciona de segunda a sábado, das 10h às 22h, e nos domingos, das 11h às 22h.


4 | Sexta-feira, 24 de maio de 2013

Compromisso com a cidade

Editorial

ExpEdiEntE rEdação - redacao@jornalinformante.com.br carolina dallEgraVE carol@jornalinformante.com.br diEVErson colomBo dieverson@jornalinformante.com.br Juliana inês casa BarBiEri juliana@jornalinformante.com.br ramon cardoso ramon@jornalinformante.com.br comErcial - comercial@jornalinformante.com.br andré luiz da silVa andre@jornalinformante.com.br Eduardo stockmanns HEnz eduardo@jornalinformante.com.br FaBiano gaspErin gasperin@jornalinformante.com.br marcEla kuHn marcela@jornalinformante.com.br VandErlEi BortoncEllo vande@jornalinformante.com.br artEs - artes@jornalinformante.com.br marcElo Bortagaray mEllo marcelo@jornalinformante.com.br assinaturas - assinaturas@jornalinformante.com.br JociélE mota dos santos jociele@jornalinformante.com.br assinatura anual: r$ 95,00 assinatura sEmEstral: r$ 50,00 FinancEiro - financeiro@jornalinformante.com.br kEli dE almEida maciEl keli@jornalinformante.com.br logística - logistica@jornalinformante.com.br luiz carlos dE andradE luiz@jornalinformante.com.br Editorias Economia: economia@jornalinformante.com.br cidadE: cidade@jornalinformante.com.br política: politica@jornalinformante.com.br Educação: educacao@jornalinformante.com.br sEgurança: seguranca@jornalinformante.com.br EsportE: esporte@jornalinformante.com.br insidE: inside@jornalinformante.com.br social: social@jornalinformante.com.br sEçõEs EspEciais Boca dE urna: bocadeurna@jornalinformante.com.br prEliminar: preliminar@jornalinformante.com.br sétima artE: setimaarte@jornalinformante.com.br tElEFonEs (54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203 EndErEço rua dr. JaimE romEu rösslEr, 348, Bairro planalto colunistas armando WartHa crônicas da rEdação FláVio lopEs laura cristina nardi callEgari

BEnami spilki dolorEs maggioni guilHErmE macalossi lauro Edson da cás

FEcHamEnto comErcial Quarta, às 12H tiragEm 4.000 ExEmplarEs

ÍndicE

edItorIal

matéria EspEcial .................................páginas 2 E 3 Editorial E opinião ..............................página 4 Economia .............................................página 7 cidadE .................................................páginas 8 E 9 política ...............................................páginas 10 a 12 Educação.............................................página 13 sEgurança ...........................................página 14 EsportE ...............................................páginas 15 a 19

InsIde

EspEcial...............................................capa crônicas da rEdação ..........................página 2 VariEdadEs...........................................página 2, 3 E 7 cinEmas ...............................................página 2 laura cristina nardi callEgari ..........página 3 social..................................................páginas 4 E 5 BEnami spilki .......................................página 6 música .................................................página 6 Horóscopo ..........................................página 7 dolorEs maggioni ................................página 7 sétima artE .........................................contracapa saúdE, BElEza & Estética ....................4 páginas classiFicados ......................................12 páginas noiVas & FEstas...................................12 páginas ctg ronda cHarrua 60 anos .............12 páginas

Por mudanças de fato Entregue pelo Poder Executivo ao Legislativo, no final da tarde de quinta, a Reforma Administrativa começa a ser debatida pelos vereadores. Uma das metas de campanha do então candidato Claiton Gonçalves, ela tinha por objetivo otimizar o serviço público, produzindo melhores resultados à comunidade a um custo mais baixo. Durante os primeiros meses do ano, o estudo foi desenvolvido por técnicos da Universidade de Caxias do Sul e da prefeitura e, enfim, apenas aguarda aprovação na Câmara de Vereadores para ser implementado. O que a sociedade farroupilhense espera é que a Reforma venha, de fato, provocar expressivas e significativas mu-

danças na prestação do serviço público. Não é de hoje que a comunidade reivindica, não somente na esfera municipal, mas também na estadual e federal, um melhor atendimento por parte do funcionalismo. Via de regra, o que ocorre é a prestação de serviços cada vez mais ineficientes a um custo cada vez mais elevado. Alterar essa lógica é a meta da atual gestão. Ninguém tem dúvida da amplitude da medida, até mesmo pela demora na finalização do processo. Resta saber se as propostas alteram de forma substancial a estrutura e atendem os interesses, tanto de munícipes, quanto de servidores. Respostas em breve.

opinião

Romaria da Fé ou do Comércio? Juliano Baumgarten * Todo ano, como de costume ocorre a Romaria ao Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio. Em 2013 neste final de semana, nos dias 25 e 26 de maio. Conhecida por atrair vários fiéis de diversos locais. Mas tem um “porém” no local, tem um pedaço que corresponde a uma faixa de comércio. A pergunta que farei me intriga. Afinal é realizada uma Romaria da Fé ou do Comércio? Se formos recorrer à história da própria religião, Jesus Cristo protagoniza uma cena épica quando entra em um Templo e encontra uma série de banquetas vendendo produtos e recebendo em troca uma moeda com o rosto do Imperador Romano Júlio César. Logo ele se manifestou, chutou as bancas e disse. - Dê a César o que é de César!

- Dê a Deus o que é de Deus! O que podemos tirar com isso? Será que 2.000 anos após a morte dele, as coisas não mudaram? Afinal o povo vem para fazer reflexões acerca do momento de fé, protagonizado pela festa, ou vem para comprar? Não existem lojas na cidade? Não há um respeito à própria Santa? Ou melhor, é a hora de faturar? Posso fazer relações com todas as religiões que deixaram de ver o lado espiritual e afetivo, abraçando o lado financeiro. Basta você ligar a televisão que perceberás o que estou falando. É pastor daqui pedindo ajuda, padre dali e assim vai. O que faremos? Nada? Será que temos que aceitar isso? Não cabe a mim tirar conclusões, apenas questionar. Fica a dica. * Estudante de História

O maior ganho que podemos ter é a manutenção da vida Claiton Gonçalves * Disponibilizar para a comunidade a vacina contra o HPV, um dos principais causadores do câncer de colo de útero, era um sonho antigo, de muito antes de ser prefeito. O papilomavirus humano é um incômodo para o ginecologista, pois não conseguimos estabelecer um padrão de tratamento. Existem os ácidos, as intervenções cirúrgicas, a alta frequência, que dependem muito de custo e influenciam demais a qualidade de vida das pessoas. Além disso, por muitas vezes ele nos pega de surpresa: um dia aparece alguém com uma verruga, outro dia com câncer, lesões nas cordas vocais. Nos últimos 15 anos esse foi meu objeto de trabalho. Por isso, o melhor que poderia ser feito era o processo de prevenção. Até então, por essa vacina ser jovem, assim como a pesquisa sobre ela (cerca de 10 anos), não se tinha muitos dados, informações seguras, mas com o acompanhamento através da Anvisa e Organização Mundial da Saúde acabou se observando que era eficaz, além de um produto de excelente qualidade. Há movimentos por parte do governo federal, do Senado e da Câmara dos Deputados, mas que sempre esbarraram no custo. Há alguns Países com avanço maior, mas nós, por sermos um País em desenvolvimento, temos essas dificuldades de recursos para prevenção. É por isso também que Farroupilha deve se sentir prestigiada e acolhida. Porém, um dos entraves para a implantação desse processo é a dificuldade que as pessoas têm para abordar a sexualidade, ainda mais quando falamos em adolescentes. Cabe aqui uma reflexão. A vacina contra a Hepatite C, doença transmitida excepcionalmente de

forma sexual não é vista dessa maneira e é dada logo na infância. Temos que perceber que a vacinação contra o HPV tem que ser tratada como um desses processos de saúde pública que podem mudar a epidemiologia de uma doença, a história do vírus dentro do contexto de uma população. Isso é relevante. Assim, o sonho de disponibilizar essa tecnologia preventiva à comunidade foi possível através das ações políticas como prefeito. O passo seguinte foi a busca de entendimento legal da situação. Juntamente com a Associação Pró-Saúde, através da previsão de se fazer campanhas de vacinação e projetos de saúde segura, contemplamos também o projeto com reservas financeiras. Buscamos o conhecimento científico com Dr. Edison Fredrizzi, especialista no assunto, para que realizasse o processo formativo dos professores e agentes de saúde. Hoje, a campanha está abraçando crianças de 1999, 2000 e 2001, e que deve seguir nos anos seguintes. Estamos muito felizes pelo resultado alcançado que extrapola qualquer perspectiva no mundo inteiro. É um projeto pioneiro que nos deixa lisonjeado. Temos o controle da vetorização, através da vacinação dos meninos. O controle epidemiológico terá resultados definitivos daqui 10, 20, 50 anos, e o nosso trabalho é uma semente muito boa de germinação assegurada que deve estimular campanhas semelhantes para todo Brasil. Não há a menor dúvida que o gasto em saúde pública em relação ao HPV é muito superior ao gasto com a prevenção deste, levando em conta que o maior ganho que podemos ter é a manutenção da vida. * Prefeito


6 | Sexta-feira, 24 de maio de 2013

Compromisso com a cidade

Alimentos gravídicos Marlise Farias Tarouco *

N

o Brasil é grande o número de famílias cujos chefes são mulheres, solteiras ou separadas, que arcam com todas as obrigações de sustento e educação dos filhos. O número de mães cujos filhos são registrados em Cartórios, sem o devido reconhecimento da paternidade, cresce a cada dia. Essas mulheres, muitas vezes, sem o auxílio do pai de seu filho, não oferecem o mínimo de condições para que a criança nasça de forma saudável e digna. Os encargos da paternidade, decorrentes do poder familiar, surgem com a concepção do filho e não com seu nascimento ou propositura de eventual ação judicial. Portanto, o pai tem obrigação de propiciar ao ser em formação o mínimo de condições de subsistência para o seu desenvolvimento sadio. No ano de 2008, com o propósito de garantir a assistência necessária, tanto ao nascituro quanto à gestante, e assegurar à mulher grávida o direito de pleitear em juízo, do suposto pai, auxílio suficiente para custear as despesas decorrentes da gravidez, entrou em vigor a denominada “Lei dos Alimentos Gravídicos”. Tal regramento veio ao encontro do próprio Código Civil/2002, o qual põe a salvo, desde a concepção, os direitos do nascituro. Anteriormente a essa Lei, a gestante tinha de provar ou o parentesco ou a obrigação alimentar do pai. Com isso, mesmo que o processo de alimentos tramitasse pelo rito especial, a gestante esbarrava na dificuldade e na demora de produzir provas do vínculo e da obrigação do suposto pai. Hoje a Lei 11.804/08 em seu artigo 6º exige unicamente, como requisito para a concessão dos alimentos gravídicos, a

existência de indícios de paternidade, ou seja, elementos que convençam o juiz de ser o réu o possível pai da criança que virá, o que será analisado no caso concreto. Em seu artigo 2º, a Lei determina, ainda, que sejam pagos alimentos à gestante, correspondentes a valores suficientes para cobrir as despesas adicionais do período da gravidez e que sejam dela decorrentes, da concepção ao parto, inclusive referentes à alimentação especial, assistência médica e psicológica, exames complementares, internações, medicamentos e demais prescrições preventivas e terapêuticas indispensáveis, além do próprio parto. Ressalta-se que, para a concessão dos alimentos no decorrer da gravidez, deve-se analisar também o binômio da necessidade da gestante e da possibilidade do suposto pai. Todavia, deve-se levar em conta que os alimentos não são proteção somente para a mãe mas, principalmente, para os interesses da criança que está por vir. A Lei tem por objeto primordial o nascituro, sendo a gestante mera beneficiária da condição protetiva da natalidade. Assim, pode-se concluir que a Lei dos Alimentos Gravídicos veio para amparar as mães que, mesmo certas da paternidade, tinham, em muitos casos, de aguardar até o nascimento de seus filhos para pleitearem em juízo os devidos alimentos do pai omisso, garantindo-se, por via de consequência, um desenvolvimento saudável do bebê ainda no ventre materno e seu nascimento com vida. * Advogada (OAB/RS 64.350), associada ao escritório Colloda & Valentini Advogados Associados


Sexta-feira, 24 de maio de 2013 | 7

Compromisso com a cidade

economia

economia@jornalinformante.com.br

Esperando um inverno rigoroso Divulgação

Ramo malheiro está focado na estação e espera que frio seja intenso

Carolina Dallegrave

Estabelecimentos torcem para queda nos termômetros a fim de garantir bons negócios no período

Malharia Anselmi aposta em tricôs mais versáteis para impulsionar as vendas na estação fria

C

om o inverno chegando, as malharias e lojas que vendem produtos específicos para o frio começam a se preparar para receber seus clientes. Lojistas e empresários do setor estimam vendas acima do ano passado e afirmam esperar que a temperatura baixe ainda mais para elevar as vendas. “A expectativa é boa. Esperamos um aumento de 30% nas vendas em relação ao ano passado”, afirma o empresário e presidente da Associação dos Centro de Compras da Serra Gaúcha (Acecors), Nilton Luiz Bozzetti, o Bobi. A entidade tem como associados os shoppings atacadistas Centro da Pronta Entrega, Farroupilha’s Center, Novo Shopping 585 e Premier, e um shopping de atacado e varejo, o Centro de Compras Farroupilha. Bobi ressalta que seria interessante que a temperatura média fosse de 10ºC, o que elevaria as vendas das peças para esta época. A Associação também promove desfiles com a presença de atores

renomados para divulgar as novas tendências para as estações. Na Anselmi, a expectativa também é positiva e é aguardado mais frio para ter um acréscimo nas vendas. Acreditando no potencial da coleção, a empresa estima crescimento em relação ao último ano, que até o momento já foi constatado. Um dos motivos para isso, segundo a própria empresa, é o lançamento de uma coleção com a presença da atriz global Juliana Paes, aliada às produções de grife e maior investimento em mídia. “Em relação a este ano, as vendas tendem a acontecer com a presença do frio. As condições climáticas estão razoáveis em relação à venda de artigos de inverno”, explica o diretor industrial Eduardo Anselmi. Ele ressalta que este ano a malharia também se preparou para um inverno mais brando e está investindo em tricôs mais versáteis. Luxo e sofisticação também estão entre as opções da malharia para a chegada da nova estação.


8 | Sexta-feira, 24 de maio de 2013

Cidade

Compromisso com a cidade cidade@jornalinformante.com.br

Apronte final para o DDD

Atividades estão sendo programadas pelo Serviço Social do Comércio de Farroupilha para exercitar a população durante a próxima quarta

Empresas, escolas e entidades envolvem-se na promoção e participam de atividades físicas orientadas por profissionais habilitados

Principais atividades propostas pelo Sesc para o DDD

0h01min 0h15min 6h 8h às 18h 9h às 12h 12h às 13h 13 às 18h 14h 15h às 16h 16h 16h às 17h 17h 18h 8h às 18h

Gre-Nal das autoridades e imprensa Passeio Sobre Rodas Acordando com o vôlei Maratona de Revezamento Arrastão no comércio Jogos e brincadeiras Arrastão no Comércio Vôlei de Areia feminino Dança para Maturidade Flash Mob Liga de Combate ao Câncer Dança do Ventre Cãominhada Rali de Jipe Dança, ginástica, bola aquática, etc

Ginásio do Colégio Nossa Senhora de Lourdes Saída do Ginásio de Lourdes Ginásio do Parque Cinquentenário Pista de caminhada do Parque dos Pinheiros Diversos estabelecimentos Restaurantes Diversos estabelecimentos Parque dos Pinheiros Parque dos Pinheiros Praça da Matriz Parque dos Pinheiros Da Praça da Emancipação à da Bandeira Saída em frente ao Sesc Parque dos Pinheiros

A participação da população farroupilhense no Dia do Desafio 2002 – 46,23% 2003 – 47,12% 2004 – 34,02% 2005 – 44,63%

2006 – 53,38% 2007 – 55,31% 2008 – 59,99% 2009 – 58,80%

Alguém quer nos adotar? Seis lindos cachorrinhos estão esperando por um lar. São quatro fêmeas e dois machos, sem raça definida, pelagem curta e porte médio. Os pequenos têm aproximadamente 30 dias de vida. Interessados podem entrar em contato com Siomara pelo fone 9912.7059

Divulgação

uarta acontece a edição 2013 do Dia do Desafio (DDD), quando Farroupilha é convidada a mobilizar-se em atividades físicas competindo com a cidade de Banes, em Cuba. São cerca de 17 atrações promovidas pelo Serviço Social do Comércio (Sesc), promotor da atividade, em todo o município. Caminhadas, jogos, corridas, dança, rally, ginástica, circuito de aventura e muito mais. As atividades iniciarão no primeiro minuto de quarta com o tradicional futebol entre autoridades, imprensa e convidados, que será realizado no ginásio do Colégio Nossa Senhora de Lourdes, seguido pelo passeio sobre rodas também com largada em frente ao complexo. As atividades do DDD encerram às 20h. “A expectativa é de mantermos os índices de participação dos anos anteriores, em média 50% da população, o que já é um número bastante elevado. Se pudermos superar a marca de 2012, que foi de 50,04% de envolvimento do público, melhor ainda. Nossa melhor marca foi em 2008, quando atingirmos 59,99% da população (veja dados ao lado)”, aponta Luciana Stello, gerente do Sesc Farroupilha, ressaltando ainda que, por anteceder o feriado de Corpus Christi, a atividade poderá envolver maior participação da comunidade, que deve estar ainda mais motivada. Luciana explica também que quem praticar qualquer tipo de atividade física, individual ou em grupo, por pelo menos 15 minutos, deverá comunicar ao Sesc até as 20h pelos fones 3268-6950 ou 3261-6526, sendo esta informação fundamental para a computação do resultado final de adesão ao DDD. Os dados serão confrontados com o município concorrente, a fim de analisar quem mobilizou a maior parcela de sua população. A proposta é justamente envolver a comunidade em atividades físicas, buscando conscientizar e chamar a atenção para a importância de exercitar-se e, por meio da ação, promover a qualidade de vida, ao mesmo tempo em que estimula a população a introduzir as rotinas esportivas no seu dia a dia. A iniciativa do Sesc envolve também empresas, escolas e entidades. Como novidades para a edição deste ano acontece a cãominhada com apoio da ONG dos Peludos, o passeio sobre rodas que envolverá skate, roller, bikes, long e cadeirantes, rali de jipe e o circuito no Parque dos Pinheiros que incluirá arvorismo e bola aquática. Outro destaque será o Flash Mob da Liga de Combate ao Câncer, que reunirá um público na Praça da Matriz para uma coreografia montada especialmente para a ação. Como aconteceu nos últimos quatro anos, o Jornal Informante publica um Caderno Especial na próxima semana com a cobertura das atividades promovidas pelo Sesc no DDD. Acompanhe ao lado horários e locais das principais ações da quarta, no Dia do Desafio.

Arquivo Jornal Informante

Q

2010 – 51,39% 2011 – 58,33% 2012 – 50,04% 2013 – ???


Sexta-feira, 24 de maio de 2013 | 9

Compromisso com a cidade

Cidade

cidade@jornalinformante.com.br

Final de semana de fé e celebração

134ª Romaria ao Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio ocorre neste sábado e domingo e são aguardados mais de 260 mil romeiros no evento arroupilha se prepara para o maior evento religioso da Serra Gaúcha. No próximo final de semana, será realizada a 134ª Romaria ao Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio. Em apenas dois dias são esperados pelo menos 260 mil devotos, seja a pé, de carro ou ônibus, em um momento de fé, reflexão e agradecimento. “Já está tudo encaminhado. Contamos com estrutura que está se modernizando, já que o público aumenta a cada ano”, destaca o reitor do Santuário, padre Gilnei Fronza. Segundo ele, nos próximos meses será traçado um Plano Diretor para trabalhar Caravaggio para os próximos 10 anos. É o primeiro ano dele como reitor. Para Gilnei, a Romaria passa a ser vista por outro ângulo. “Vinha como devoto. Agora tenho a responsabilidade que me deixa mais humilde”, avalia, lembrando também da realização das Pré-Romarias, onde enaltece a organização e o grande público que compareceu. “Foram realmente Romarias pautadas pela fé. O pessoal faz sua oração e agradece por mais um ano”, complementa. O reitor ressaltou que não projeta público, mas destaca que sua vontade é de acolher todos, independente de quantos. O que considera importante é que as pessoas estão buscando algo de bom e encontrando em Caravaggio. Como a Romaria ocorre no ano da Jornada Mundial da Juventude no Brasil, que será realizada de 23 a 28 de julho, no Rio de Janeiro, no sábado haverá uma homenagem especial. A missa das 10h30min será feita pelos jovens, que irão animar a missa, coordenar a liturgia e fazer a convocação para a Jornada.

Imagem: Reprodução

F

Prefeitura distribuirá 100 mil exemplares de mapa acima, que sinaliza onde estarão todos os pontos necessários para informação dos romeiros

Haverá um ponto de informações turísticas logo na entrada da Avenida Dom José Barea. A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo irá distribuir 100 mil mapas (como o modelo acima) para os romeiros se localizarem na esplanada. Três grupos de escoteiros e alunos do Educação de Jovens e Adultos (EJA) fazem a distribuição do mapa em frente à Unimed e no ponto de informações turísticas.

Transporte coletivo

Ônibus estarão disponíveis para o Centro da cidade e para Caxias do Sul. A Bento Transportes fará o trajeto de Caravaggio ao Centro e o valor da passagem será de R$ 4,00. Não há horário específico. Cada ônibus partirá conforme a lotação. Quem quiser usar o transporte coletivo para ir até Caxias do Sul, o valor será de R$ 7,20 e o serviço será feito pela Ozelame. Também não há horário definido para a saída dos ônibus. Já é possível comprar passagens antecipadamente nas rodoviárias das cidades e agências do Banrisul de Caxias do Sul e Farroupilha.

Horários das missas

As missas de sábado e do domingo iniciam às 6h e seguem às 7h, 8h, 9h, 12h, 13h, 15h, 16h, 17h e 18h. Às 14h será rezado o terço. As missas das 10h30min serão campais. Neste sábado, será celebrada pelo vigário geral da Diocese de Caxias do Sul, Izidoro Bigolin. No domingo, a celebração será feita pelo bispo Dom Alessandro Ruffinoni.


10 | Sexta-feira, 24 de maio de 2013

Política

Boca de Urna

bocadeurna@jornalinformante.com.br

Reforma concluída

Em duas frentes

O PP estadual acatou, preliminarmente, a solicitação do PP municipal, que pediu a expulsão de Sedinei Catafesta por infidelidade partidária. Após receber a notificação, o vereador irá sustentar a sua defesa, justificando seu posicionamento. Vale ressaltar que Catafesta também busca, junto ao Tribunal Regional Eleitoral, sua desfiliação da sigla. É uma questão que ainda deve se arrastar por um bom período.

Regional do PSD

Recém-fundado em Farroupilha, o Partido Social Democrático (PSD) sedia o Seminário Regional da sigla no próximo dia 8, a partir das 15h30min, no Seminário Apostólico Nossa Senhora de Caravaggio. É a primeira vez que o evento é realizado na região e deve reunir integrantes de 11 municípios. A atividade abre o ciclo de Seminários que ocorrerão em todo o Rio Grande do Sul. Presidente estadual da sigla, o deputado federal Danrlei deve estar presente. Na cidade, Marcelo Piccoli preside a legenda.

Sessão no Ronda

A Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton realiza sessão solene na próxima terça, em homenagem aos 60 anos do CTG Ronda Charrua, na sede da entidade tradicionalista farroupilhense.

politica@jornalinformante.com.br

Catafesta prepara defesa Vereador será notificado pela Executiva Estadual do PP e terá 30 minutos para falar antes da decisão final da sigla

S

edinei Catafesta (PP) foi expulso preliminarmente do Partido Progressista. A informação foi confirmada pelo presidente estadual da sigla, Celso Bernardi. O motivo, segundo Bernardi, foi o vereador não ter apoiado a decisão da sigla para a eleição de Mesa Diretora da Câmara de Vereadores, no início do ano. “Vou convocar o Diretório e encaminhar a notificação para o Catafesta na próxima semana. Como consta no Estatuto, ele terá 30 minutos de direito de defesa antes da decisão final”, ressalta Bernardi, explicando que quando a expulsão for confirmada, o partido buscará a vaga no Legislativo. Ele lembra que a Executiva Estadual recebeu o parecer da Comissão de Ética, que aprovou por unanimidade a exclusão do vereador dos quadros progressistas. Advogado do vereador, Mathias Felipe Gewehr disse que não há nada confirmado e que nenhuma notificação foi recebida. Ele afirma ainda que o processo não está pronto para julgamento e que está sendo conduzido de modo totalmente errôneo, sem o PP estar observando o processo legal e assim ferindo o Estado Democrático de Direito e as garantias legais do vereador. “Quanto à expulsão, ainda há muita água para rolar. Não se pode esquecer que está em trâmite a ação que o vereador move contra o Partido junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e que está na fase de instrução processual”, explica. O advogado ressalta que pode ser garantido para a população que o vereador é detentor de seu mandato e não foi notificado de qualquer decisão por parte do PP estadual. Se for expulso, Catafesta tem ainda direito a recurso. “Quem deve pedir o mandato é o partido, ou seja, o vere-

Arquivo Jornal Informante

O estudo encomendado pelo prefeito Claiton Gonçalves, capitaneado pela Universidade de Caxias do Sul, mas que contou também com a participação de muitos técnicos do Executivo, está finalmente concluído. A Reforma Administrativa foi entregue, no final da tarde de quinta, ao Legislativo, que passa a debater sua aprovação a partir da próxima semana. Essa foi uma das principais metas de campanha de Claiton.

Compromisso com a cidade

Catafesta: futuro do vereador em discussão tanto no PP quanto no TRE

ador não perde o mandato, devendo somente ser declarado pela Justiça Eleitoral depois de toda a tramitação judicial de um processo que vai discutir novamente todas as questões que levaram a uma eventual expulsão do vereador”, explica Mathias, destacando que não será tão simples o PP obter a cadeira. Catafesta confirma que não foi intimado nem notificado, e continua no PP aguardando a decisão onde foi solicitada sua expulsão. Ele acredita que não irá perder seu mandato. “Vão brigar na justiça. Minha posição continua a mesma”, salienta. Caso seja expulso, o vereador pretende fundar um novo partido ou entrar em um já existente até outubro deste ano, já que em 2014 pretende concorrer à deputado estadual.

Relembre a situação que gerou a grande polêmica Em 1º de janeiro, dia em que foi definida a Mesa Diretora e a presidência da Câmara de Vereadores, Catafesta votou em Maria da Glória Menegotto (PDT), que acabou se elegendo presidente. Seu partido apoiou a candidatura de Arielson Arsego (PMDB) e o caso passou a ser tratado como infidelidade partidária, já que integrantes

do PP confirmam que o vereador teria assinado o acordo proposto pelo PP e PMDB para votar em Arsego e as duas siglas intercalarem a presidência, ficando dois anos com cada partido. Catafesta justificou dizendo que não votaria nele devido às denúncias da Secretaria de Obras de pagamento indevido de horas extras e atuação de

funcionários fantasmas na prefeitura. O peemedebista disse depois que o motivo não estava bem explicado, já que foi sugerida a composição de outra chapa, sem ele como presidente, e mesmo assim o progressista não concordou. Procurado pelo Jornal Informante, o presidente municipal da sigla, Nestor Zanonato, não atendeu as ligações.


Sexta-feira, 24 de maio de 2013 | 11

Compromisso com a cidade

Política

politica@jornalinformante.com.br

Pedágio: Justiça concede liminar a favor do Estado Carolina Dallegrave

Assurcon mantém cautela quanto à comemoração, já que Convias pode ingressar com recurso

Parecer favorável foi dado pela desembargadora federal Vivian Josete Pantaleão Caminha e restabelece o prazo de 16 de abril deste ano como término do contrato entre a concessionária e o Estado, mas não suspende a cobrança

F

oi suspensa, nesta semana, a liminar de 1º grau que prorrogava o contrato da Convias para concessão do polo de pedágio entre Caxias do Sul e Farroupilha até 10 de dezembro deste ano. A decisão da desembargadora Vivian Josete Pantaleão Caminha, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), foi publicada na quarta. A decisão restabelece o prazo de 16 de abril de 2013 para término do contrato entre a concessionária e o governo do Estado. A determinação, no entanto, não tem efeito prático imediato uma vez que outra liminar, obtida pela Convias no TRF4, segue em vigor e se sobrepõe a mais recente. A concessionária pode entrar com recurso. Conforme a Procuradoria Geral do Estado (PGE), o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER) pretende extinguir a praça de Farroupilha. De acordo com a desembargadora relatora do processo julgado, não cabe ao Poder Judiciário impor a prorrogação do ajuste às partes sem observância do processo licitatório. Con-

forme a magistrada, o contrato de concessão não pode ser prorrogado sob o pretexto de buscar o equilíbrio econômico-financeiro da empresa, uma vez que a concessionária pode reivindicar indenização por meios próprios. Para o presidente da Associação dos Usuários de Rodovias Concedidas da Serra (Assurcon/Serra), Juarez Colombo, é preciso cautela apesar do parecer favorável. “Estamos comemorando de forma contida, já que há a possibilidade de recurso”, observa. Colombo acrescenta que tal determinação é relevante na medida em que mostra que o Judiciário não tem unanimidade a respeito do assunto. “A partir de agora haverá um trabalho para movimentar as bancadas gaúchas para que façam um esforço, a fim de mostrar o descontentamento do povo gaúcho com a continuidade do contrato”, explica. Colombo ressalta que o argumento do equilíbrio econômico da Convias é descartado com dados divulgados pela Assurcon, de que o valor de arrecadação previsto no contrato para a praça de Farroupilha-Caxias seria de R$ 432.879.170,00, ten-

do ficado nesse período de concessão em R$ 544.622.119,00, o que equivaleria a um ganho a mais de R$ 111.742.949,00. Isso até dezembro de 2012. A Convias é responsável por quatro polos de pedágio na Serra: na ERS-122, entre Flores da Cunha e Antônio Prado (quilõmetro 101), entre Farroupilha e Caxias do Sul (65), na BR-116, entre Nova Petrópolis e Caxias do Sul (171) e entre São Marcos e Ana Rech (126).

Entenda o caso

* Em 16 de abril de 1998 inicia a concessão à Convias para o polo entre Caxias do Sul e Farroupilha; * Atual governador do Estado, Tarso Genro promete que o fim do contrato ocorrerá em 16 de abril de 2013; * A Justiça Federal concede liminar à Convias no começo no ano, pois entende que a concessionária pode explorar a praça até dezembro. * O Estado recorreu no TRF4 e reverteu a decisão com uma liminar. No entanto, uma segunda liminar, no próprio TRF, retira o efeito prático da decisão.


12 | Sexta-feira, 24 de maio de 2013

PolítiCa

Compromisso com a cidade politica@jornalinformante.com.br

Reforma Administrativa é pauta do Legislativo na próxima semana Projeto do Executivo foi entregue pelo prefeito Claiton Gonçalves à presidente da Câmara, Glória Menegotto, e objetiva reduzir custos da máquina pública Carolina Dallegrave

E

m estudo desde o início do ano, a Reforma Administrativa sugerida pela administração municipal, teve o projeto entregue no final da tarde de quinta, no Legislativo. Na próxima semana, os vereadores analisarão a proposta. O objetivo principal da reforma é melhorar e ampliar o serviço público e reduzir gastos. “É uma forma de otimizar o trabalho do servidor. Otimizando e atribuindo mais funções e reduzindo custos. E quem tiver mais funções terá um ganho real”, detalha o secretário de Gestão e Governo Francis Casali. Dentre os objetivos do projeto está o de fornecer um melhor Plano de Carreira para os funcionários, a criação da Guarda Civil Municipal e tornar a Secretaria Municipal de Educação específica para a área, além da criação da Coordenadoria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer. Com isso, a ideia é dar mais atenção às duas frentes de trabalho. Segundo Francis, a otimização do serviço público consiste em fazer com que um funcionário de uma área específica possa exercer outras funções quando não tiver como atuar no setor em que ele foi contratado. O secretário afirma que essa ação reduziria custos consideráveis, além de aumentar o salário desses servidores que teriam mais funções. “Se o servidor tem como função colocar paralelepípedo, quando chove ele fica parado. Nesse projeto, ele poderia auxiliar em outros serviços que fossem necessários e assim economizar dinheiro da máquina pública. Em escolas, por exemplo, o cargo de cozinheiro será transformado em agente de higienização e cozinha. Hoje o cozinheiro não pode limpar a escola. Em instituições peque-

Debate a caminho na Câmara: vereadora Glória recebeu projeto das mãos do prefeito Claiton

nas o que uma pessoa poderia fazer, são necessárias três”, exemplifica. A Guarda Civil, a ser criada pela proposta, terá como função zelar pelos bens, serviços e locais públicos. Para se candidatar à vaga, será necessário ensino médio e, após a aprovação, a prefeitura dará a formação necessária para o concursado. Inicialmente serão abertas 15 vagas. Nesse caso, o secretário disse que não criaria uma disputa com órgãos de segurança pública, já que servidores dessa área não podem usar armas e a função maior seria a de vigilância. O Plano de Carreira agregaria a criação de mais três classes que possibilitariam reajustes aos servidores e faria chegar até os 30 anos a perspectiva de crescimento profissional. Para os professores da rede municipal, mais duas classes seriam criadas para também igualar os 30 anos.

“Também queremos criar incentivos para que os servidores não peçam a aposentadoria tão cedo. Fechou um ano que ele não se aposentou, ganha 2% de aumento. E a cada ano a mais agrega 1%. Ele continua contribuindo para o fundo por mais nove anos e dá vida para a Previdência”, detalha. Segurança, Educação e Cultura também estão na mira da Reforma Uma novidade que será implantada, caso a reforma seja aprovada no Legislativo, é a abertura de editais para contratar professores aposentados. Nesse caso, eles supririam horas de professores que precisam se licenciar por tempo determinado. Ampliar a licença gestante e adotante para 180 dias também está entre as propostas. Na área da Educação, Cultura e Des-

portos, Francis ressalta que o desmembramento das duas será para dar uma dedicação maior aos professores e maior autonomia para a Cultura e o Esporte. Mas não há definição de quem seria o responsável pela Coordenadoria. Outra intenção é de eliminar horas extras dos servidores efetivos que ocupem função gratificada, cargo de confiança (CC) ou gratificação especial. “Quem tem gratificação, além do seu salário normal, não deve ganhar uma hora extra. Tem que trabalhar a mais como CC. O CC não tem hora. Existe um período de 35 horas semanais. Mas se eu precisar chamar ele para trabalhar em Caravaggio, como vou chamar os meus, não tem hora extra, tem que trabalhar”, avalia. O projeto foi entregue à presidente do Legislativo, Maria da Glória Menegotto, na tarde de quinta. Na ocasião, Glória ressaltou que ele certamente melhorará a vida de todos os profissionais da prefeitura. Na entrega, o prefeito Claiton Golçalves destacou que historicamente nenhuma reforma foi tão ampla e profunda quanto a que foi apresentada. “Com toda segurança podemos dizer que o projeto guiará o município para que ele se sobressaia em toda a região”, garante o prefeito. Nesta sexta pela manhã, Francis se reúne com vereadores para detalhar a proposta. Na próxima semana já entrará em discussão a implantação da Reforma na Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton. Tão logo seja aprovada, já será planejada a execução de concurso público, que será obrigatoriamente realizado este ano para preenchimento de vagas em diversas áreas.


Sexta-feira, 24 de maio de 2013 | 13

Compromisso com a cidade

eduCação

educacao@jornalinformante.com.br

Ação educativa pela juventude

Projeto do Estadual Farroupilha envolve alunos do ensino médio num manifesto cultural na próxima semana, mas iniciativas serão realizadas durante todo ano

N

a segunda, a Praça da Matriz receberá uma série de ações desenvolvidas por estudantes, das 9h às 11h30min, integrando o projeto Juventude em Evidência, promovido pelo Colégio Estadual Farroupilha. Serão cerca de 20 apresentações artísticas desde música, teatro, desfiles, exposição de cartazes, trabalhos e outras criações dos alunos referentes à valorização da vida e dos jovens. Engajados com o tema da Campanha da Fraternidade, anualmente a escola promove ações de reflexão e conscientização. Nesta edição serão quatro manifestações no primeiro semestre e outras que ainda estão sendo planejadas a partir de agosto. Cerca de 500 estudantes estarão envolvidos na iniciativa de segunda, sendo que um grupo estará com faixas nos semáforos com mensagens sobre a juventude e distribuição de material confeccionado em sala de aula sobre drogas, violência, gravidez na adolescência, mídia, entre outros. A proposta, segundo a diretora Clarice Baú Porto é promover uma reflexão sobre o papel da juventude em diversos segmentos, como mercado de trabalho, segurança, questões sociais, entre outros aspectos. “Queremos gerar opiniões, posicionamentos, mostrar ações concretas da força da juventude, enfatizando ainda que o que precisam é de orientação, esclarecimentos. Também queremos motivar os jovens a serem multiplicadores de transformações positivas na comunidade, além de contribuir para o desenvolvimento educacional e social”, ressalta Clarice. “Apresentaremos um teatro sobre bullying para chamar atenção sobre o tema, sendo que o texto foi criado por nós. Também percebemos que as pessoas de fora da escola querem ver o jovem se manifestando e esta será uma forma de mostrarmos nossas pro-

Juliana Inês Casa Barbieri

Cartazes falam sobre o futuro, apontam preferências musicais e questionamentos desta geração

Bullying é um dos temas que será tratado em apresentação teatral montada pelos estudantes

duções”, declara a aluna Thainá Junges Costa, que divide com a colega Natálie D’Ávila da Silveira o mesmo sentimento sobre a importância de transpor os limites da sala de aula. “É importante para mostrarmos o lado do jovem, as dificuldades, os sentimentos, nossas expectativas, mostrar isso para a sociedade”, ressalta Natálie. A professora responsável pelo projeto cultural, Caroline Borsoi, enfatiza que o movimento conquistou a simpatia dos alunos porque trata o assunto de maneira lúdica e que os principais eixos trabalhados pelos estudantes foram violência, drogadição, mídia e sexualidade. Após estas manifestações culturais também será realizado, na própria escola, um projeto de terapias alternativas envolvendo psicólogos, musicoterapeutas, nutricionistas, professores de yoga, profissionais holísticos, entre outros, trabalhando a autoestima, repassando informações aos alunos, ouvindo seus questionamentos, ressaltando a importância da vida e da força dos jovens na sociedade. O ponto alto do projeto será um debate público que está programado para 4 de julho, às 19h30min, no auditório do Colégio, com o tema drogadição. Com representantes das áreas de Psiquiatria, dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e de entidades que atuam na área de dependência, a proposta é mobilizar a sociedade enfatizando a prevenção, encaminhamentos e tratamentos oferecidos no município, apontando o assunto como questão de saúde pública. O Estadual Farroupilha tem 1.380 alunos, atendidos nos turnos da manhã, tarde e noite, sendo que as atividades envolverão todos os jovens. Em caso de mau tempo, a iniciativa cultural desta segunda será transferida para o próximo dia 3.


14 | Sexta-feira, 24 de maio de 2013

Compromisso com a cidade

Segurança

seguranca@jornalinformante.com.br

Para ir com tranquilidade à Romaria Polícia Rodoviária Estadual e Brigada Militar planejam trabalho intenso no final de semana para deixar os romeiros em segurança até o Santuário de Caravaggio s repartições de segurança pública de Farroupilha se preparam para o maior evento religioso da Serra Gaúcha, a 134ª Romaria ao Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio, que ocorre neste sábado e domingo. Polícia Rodoviária Estadual (PRE) e Brigada Militar (BM) terão grande número de profissionais voltados para a segurança dos romeiros. “Haverá controle de trânsito no trevo da Santa, na entrada para Nova Roma do Sul e patrulhamento ao longo de toda a rodovia”, detalha o comandante

da PRE, sargento Marcelo Stassak. Mais de 20 profissionais e cerca de 12 viaturas reforçarão o trabalho. No viaduto do Campo dos Bugres, em Caxias do Sul, também haverá intervenção para garantir a segurança dos romeiros. “Na Romaria é sempre despendido um grande aporte de meios. Desta forma são poucas as ocorrências”, ressalta o comandante. A BM trabalhará com 160 homens que atuarão a pé, a cavalo, em viaturas e motos. A intenção é contar também com uma aeronave de apoio. De acordo com o

tenente-coronel do 36º Batalhão da Policia Militar (BPM), Haroldo Knebel, o trânsito será da mesma forma que no ano passado (veja ilustração na Editoria de Cidade, página 9). A Rodovia dos Romeiros será para a chegada dos veículos ao Santuário. A saída será feita pela VRS-448, que liga Caravaggio ao Distrito de São Marcos e a estrada Luiz Victório Galafassi (Busa) será somente para pedestres. A BM dá dicas para quem se dirigir ao Santuário, como levar documento de identidade ou algum que tenha foto,

Cláudia Chiele

A

Órgãos de segurança auxiliarão romeiros para a chegada ao Santuário

portar pouco dinheiro, mulheres evitarem bolsas, não usar objetos que chamem atenção e usar um calçado adequado. Motoristas não devem ir com pressa. “É necessário muita paciência e tranquilidade. Acatar as ordens dos policiais para estacionar. Dando assim maior fluidez para o trânsito”, ressalta Knebel. Outra dica é que os romeiros optem por ir a pé e, para retornar, utilizem o transporte coletivo. O tenente-coronel ressalta que policiais militares à paisana estarão no caminho dos romeiros, interior da igreja e es-

planada buscando evitar furtos. Além do efetivo do 36º BPM, policiais do 10º BPM da região de Vacaria, 12º BPM de Caxias do Sul, 1º Batalhão de Polícia de Áreas Turísticas (BPAT) de Gramado e 3º de Bento Gonçalves integram a equipe que trabalhará no evento. “Nas primeiras horas de sábado já estaremos acompanhando os romeiros. Começamos de madrugada até quando tiver movimentação. É esperado um público superior ao do ano passado, principalmente se as condições climáticas forem favoráveis”, ressalta.

190

Prisão por furto no bairro do Parque

Dois homens foram presos na manhã da quarta no bairro do Parque. Eles são acusados de furtar estepes de carros. Uma pessoa viu os acusados cometendo o furto e avisou a polícia. Eles abandonaram um celta vermelho e fugiram a pé pela mata fechada do Parque dos Pinheiros. Os próprios presos confessaram o crime e o carro, com placas de São Leopoldo, foi apreendido. A Polícia Civil pede que as vítimas desse tipo de roubo compareçam à Delegacia.

Obituário 16 de maio Jose Razzera, 79 anos. Sepultamento na comunidade Capela São João (3º Distrito). 17 de maio Genoefa Casagrande, 83 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 18 de maio Nadir Angela Taschin Menegat, 68 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal; Amélia Rigatti Borsoi, 75 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade Capela Nossa Senhora Rosário de Pompéia, em Linha Müller. 19 de maio Carmela Thereza Frana, 82 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza; Honorina Nunes de Oliveira e Silva, 63 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 20 de maio Pedro Gilmar Carneiro, 47 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza. 21 de maio Adão Adelar Rodrigues Ribeiro, 53 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de Vila Seca, em Caxias do Sul. 23 de maio Paulo Fernando Demore, 58 anos. Cremação no Memorial Crematório São José, em Caxias do Sul.


Sexta-feira, 24 de maio de 2013 | 15

Compromisso com a cidade

EsportE

esporte@jornalinformante.com.br

Bertholdo confirma favoritismo

Piloto farroupilhense vence 16ª edição do Rali Internacional de Erechim, amplia vantagem na liderança do Gaúcho e Brasileiro e encaminha novas conquistas om poeira no sábado e muita lama no domingo, o Rali Internacional movimentou Erechim no último final de semana. Se o piloto paraguaio Gustavo Saba foi soberano no Sul-Americano ao se tornar o primeiro tricampeão da prova, ao lado do navegador Victor Aguilera, o farroupilhense Ulysses Bertholdo, que competiu com o navegador Marcelo Dalmut, atropelou no Gaúcho e no Brasileiro. “Foram provas difíceis, até mesmo pela mudança no traçado. No sábado tivemos trechos com muitas pedras e com estradas estreitas e sinuosas. Os trechos mais rápidos ficaram reservados para o domingo, mas choveu e muitos ficaram intransitáveis. Muitos pilotos bateram”, destacou Bertholdo, que venceu a prova da etapa estadual, disputada no sábado, e as do nacional, que aconteceram no sábado e domingo. Na classificação geral, finalizou com o 4º melhor tempo. As mudanças foram aprovadas pelo farroupilhense. “Foi um dos ralis que mais exigiu dos pilotos, bem seletivo mesmo, com especiais mais longas, uma mescla interessante de trechos travados com rápidos”, comentou. Com o resultado, Bertholdo ampliou ainda mais sua vantagem no

Gaúcho e no Brasileiro, especialmente porque uma mudança no regulamento do nacional é similar ao do Sul-Americano, ou seja, premia os pilotos que pontuarem nos dois dias. Assim, além da conquista na prova de sábado ou de domingo, há uma pontuação extra por todo o evento. Um prêmio para a regularidade. Com a boa performance, a dupla Bertholdo e Dalmut abriu uma vantagem expressiva na competição. A próxima etapa do Brasileiro acontece em Ouro Branco (MG), nos dias 15 e 16. A do Gaúcho ocorre em Estação e está marcada para o dia 20 de julho. Bertholdo e Dalmut competem pela equipe Mitsubishi e contam com o patrocínio da montadora japonesa, da Yokohama e da Oakley. Confira abaixo como ficou a classificação do estadual e nacional após duas etapas disputadas na categoria 4x4.

Edson Castro

C

Multidão: com público recorde, cerca de 80 mil pessoas acompanharam provas no norte do Estado, que registraram a supremacia da dupla Bertholdo e Dalmut, a bordo do Mitsubishi Lancer Evolution X

Gaúcho de Rali de Velocidade

Classificação na Categoria 4x4 1º) Ulysses Bertholdo e Marcelo Dalmut: 58 pontos 2º) Milton Pagliosa e Deco Pagliosa: 40 pontos 3º) Ilo Diehl e Eduardo Silva: 34 pontos 4º) Julio Romi e Eduardo Tonial: 16 pontos 5º) Alexandre Figueiredo e Andrey Karpinski: 14 pontos

Brasileiro de Rali de Velocidade

Classificação na Categoria 4x4 1º) Ulysses Bertholdo e Marcelo Dalmut: 107 pontos 2º) Ilo Diehl e Eduardo Silva: 61 pontos 3º) Milton Pagliosa e Deco Pagliosa: 52 pontos 4º) Fabio Dallagnol e Gabriel Morales: 30 pontos 5º) Alexandre Figueiredo e Andrey Karpinski: 28 pontos


16 | Sexta-feira, 24 de maio de 2013

Compromisso com a cidade

EsportE

esporte@jornalinformante.com.br

Festa dos visitantes no Sênior

Com o clássico 2 a 0, Farrapos e São Paulo vencem em Monte Bérico e no bairro Industrial e empates nos demais duelos deixam competição ainda indefinida Ramon Cardoso

Liga de Futebol de Campo

A

tuar em casa não foi bom negócio no encerramento do turno do Campeonato Municipal Sênior. Os mandantes acabaram surpreendidos em seus domínios e as preliminares da rodada dupla, onde as equipes atuaram em campo neutro, acabaram empatadas, adiando a definição de possíveis favoritos à classificação às semifinais. Pelo Grupo A, em Monte Bérico, o Juventus sofreu novo revés, desta vez para o Farrapos, por 2 a 0, que assumiu a vice-liderança da chave. No jogo que abriu os trabalhos, o líder Canarinho ficou no 1 a 1 com o Penharol. Além de deixar escapar a oportunidade de abrir frente,

Líderes do Grupo A, Nova Vicenza (de verde e amarelo) e Santos ficaram no 0 a 0 e voltam a se enfrentar neste sábado, na abertura do returno, com mando de campo do primeiro

o time do bairro Medianeira recolocou o de Linha Caravaggeto na briga. Pelo Grupo B, o Industrial, a exemplo do Juventus, segue sem pontuar. Foi derrotado em casa pelo São Paulo, que conquistou sua primeira vitória, por 2 a 0, e ainda está no páreo por uma vaga na semi. O confronto entre os líderes Santos e Nova Vicenza, que estavam com 100% de aproveitamento, ficou abaixo das expectativas. Em um duelo em que os cuidados defensivos imperaram, o placar ficou zerado. Com a tabela espelhada, os times voltam a se enfrentar neste final de semana. Pelo Grupo A, o líder Canarinho recebe o Penharol no bairro Medianeira buscando se isolar na liderança. Na preliminar, o Farrapos tenta nova vitória diante do Juventus para se manter na disputa. Pelo B, os líderes Nova Vicenza e Santos voltam a medir forças, mas com o mando do primeiro. São Paulo e Industrial fazem a preliminar.

Sênior – 3ª rodada (resultados) Grupo A (Monte Bérico)

1 x1

Grupo B (Bairro Industrial)

0x2

Penharol

Canarinho

Juventus

0x 0 Farrapos

0x2

Nova Vicenza

Santos

Industrial

São Paulo

Sênior – 4ª rodada (neste sábado) Grupo A (Bairro Medianeira)

Farrapos

x

Juventus

Às 13h30min

Canarinho

x

Grupo B (Nova Vicenza)

Penharol

Às 15h30min

São Paulo

x

Industrial

Às 13h30min

Nova Vicenza

x

Santos

Às 15h30min


Sexta-feira, 24 de maio de 2013 | 17

Compromisso com a cidade

EsportE

esporte@jornalinformante.com.br

Juventus se aproxima dos líderes Com o empate sem gols entre São Paulo e Vasco da Gama, time de Monte Bérico é o grande beneficiado na rodada ao vencer o Industrial fora de casa

Liga de Futebol de Campo

O

final de semana marcou o duelo entre líderes na Copa Farroupilha. Em Nova Sardenha, São Paulo e Vasco, ambos com 100%, se enfrentavam. Quem vencesse tinha a chance de dar um passo significativo em busca de uma vaga na decisão. No entanto, o que tinha tudo para ser o melhor jogo da rodada, ficou com o placar em branco. O 0 a 0 beneficiou, sobretudo, o Juventus. A equipe de Monte Bérico, que só venceu como vi-

sitante, foi ao Industrial, fez 3 a 2 no anfitrião e chegou aos 6 pontos, um a menos que São Paulo e Vasco, e também entrou na briga. O Canarinho, que vinha de vitória fora de casa, decepcionou e acabou surpreendido no bairro Medianeira, para o Santos, que venceu sua primeira por 2 a 1. A rodada deste domingo, a penúltima do turno, oferece uma nova oportunidade para os líderes abrirem vantagem na classificação. São Paulo e Vasco atuam com o mando de campo. O líder recebe, em Nova Sardenha, o lanterna Industrial. Em Nova Milano, o vice-líder encara o Canarinho. Fechando a rodada, o Santos enfrenta, no bairro São José, o Juventus.

Copa Farroupilha – 3ª rodada (resultados)

1x 2

2x 3

Canarinho

Juventus

Industrial

Santos

0x 0 São Paulo

Vasco da Gama

Copa Farroupilha – 4ª rodada (domingo, às 15h)

Vasco da Gama

x

Juventus

Canarinho

Nova Milano

x

Santos

Bairro São José

São Paulo

x

Industrial

Nova Sardenha

Preliminar

Correndo em ‘casa’

Edson Castro

O piloto farroupilhense Ulysses Bertholdo, ao lado do navegador Marcelo Dalmut, novamente foi soberano no Rali Internacional de Erechim. Ele venceu tanto a prova de sábado quanto a de domingo, manteve a liderança no Campeonato Gaúcho e abriu uma frente expressiva no Brasileiro, que pode encaminhar uma nova conquista, a 15ª na categoria. Não custa lembrar que foi na cidade do norte do Estado que Bertholdo voltou às pistas no ano passado, após um longo período de inatividade. Poucos conhecem tão bem os caminhos do tradicional rali como ele, que parece, de fato, estar correndo em casa, como não cansa de destacar.

Ainda mais acirrado

Foi só a rodada de abertura do returno da Segundona, mas ela já forneceu mostras do que vem pela frente. Nenhum visitante saiu com os três pontos. O de melhor performance foi o Farroupilha, que empatou em Santo Ângelo. Os demais seis perderam. O fator local nunca foi tão decisivo.

Quatro contra dois

Se fazer bom uso do mando de campo é uma tendência na metade final da competição estadual, o Brasil larga em vantagem. Depois da partida em Panambi, faz quatro dos seis duelos restantes no Estádio das Castanheiras. Mesmo com o tropeço na estreia, tem tudo para obter uma classificação às quartas de final sem sobressaltos.

Reforços em campo

O Brasil fez novas e conhecidas contratações, como a do lateral Xaro e do meia Fabiano Gadelha. A dupla atuou em Panambi. Deve estar em campo na quarta.

Sub-17 ainda na briga

A equipe farroupilhense foi a Rosário do Sul, saiu perdendo, mas virou para cima do time da casa no encerramento do turno e decide o futuro na Copa FGF com duas partidas na cidade. Precisa de duas vitórias para seguir no páreo por uma vaga na 3ª fase. Duelo deste sábado é em Nova Milano.

Parada providencial?

Leandro Machado chegou ao clube há duas semanas, ainda está em período de readaptação. Por conta disso, o adiamento da rodada de domingo, por conta da Romaria, foi bom. Permite mais tempo de trabalho. Além do mais, o time, derrotado na abertura do returno, enfrentaria um embalado Aimoré, que venceu o São Paulo, que já atingiu a meta com o título do turno e está de ‘sangue doce’.

Campeão na quarta

O time de Rio Grande é o próximo adversário do Brasil nas Castanheiras. Além de vir a Farroupilha com sua missão no ano cumprida, ainda tem o desgaste da partida contra o líder geral Riograndense e a viagem até a Serra.

Gaúcho de Downhill

Disputado no último domingo, em Nova Prata, a 3ª etapa do Campeonato Gaúcho de Downhill teve mais de 200 inscritos e muita chuva na Trilha da Cascata. Confira como foram os farroupilhenses da equipe Bike&Cia/ProDecor Móveis: Rafael Colombo (2º lugar na Rígida e 4º lugar na Master A-1), Denner de Souza (14º na Juvenil), Ernesto de Souza (4º na Master B), Leandro Bariviera (1º na Master A-2), Anderson Zanandrea (5º na Sub-23), Votan Chies (6º na Sub-23), Gustavo Testa (2º na Sub-30), João Vitor Ferronato (4º na Sub-30) e Jacson Bolico (7º na Sub-30), Daniel Cenci (5º na Elite) e Douglas Loss (9º na Elite). A próxima etapa acontece em Sapiranga, nos dias 29 e 30 de junho, na tradicional trilha do Morro Ferrabraz.


18 | Sexta-feira, 24 de maio de 2013

Compromisso com a cidade

tabElõEs

esporte@jornalinformante.com.br

Segundona Gaúcha – Classificação geral

Segundona – Classificação Grupo A Equipe

P

J

V

E

D

GM GS SG

1)

Aimoré

3

1

1

0

0

2

0

2

2)

Riograndense

3

1

1

0

0

1

0

Panambi

3

1

1

0

0

1

Farroupilha

1

1

0

1

0

Santo Ângelo

1

1

0

1

SERC Brasil

0

1

0

Avenida

0

1

São Paulo

0

1

4)

6)

8)

Equipe

P

J

V

E

D

GM GS SG

1)

Riograndense

24

9

8

0

1

18

7

11

1

2)

Glória

18

9

6

0

3

11

9

2

0

1

3)

São Paulo

15

9

4

3

2

15

9

6

1

1

0

4)

GE Brasil

15

8

4

3

1

9

4

5

0

1

1

0

5)

SERC Brasil

15

9

4

3

2

13

9

4

0

1

0

1

-1

6)

Panambi

15

9

4

3

2

7

3

4

0

0

1

0

1

-1

7)

Avenida

15

9

4

3

2

10

7

3

0

0

1

0

2

-2

8)

Aimoré

13

9

4

1

4

15

13 2

9)

Inter-SM

13

9

4

1

4

11

11 0

Segundona – Classificação Grupo B Equipe

P

J

V

E

D

GM GS SG

10)

Riopardense

12

9

4

0

5

14

15 -1

1)

Riopardense

3

1

1

0

0

4

2

2

11)

Ypiranga

12

9

3

3

3

10

10 0

2)

Ypiranga

3

1

1

0

0

2

0

2

12)

Santo Ângelo

11

9

3

2

4

8

8

3)

Glória

3

1

1

0

0

1

0

1

13)

Farroupilha

11

9

3

2

4

9

13 -4

4)

Inter-SM

0

1

0

0

1

0

1

-1

14)

União

5

8

0

5

3

5

11 -6

5)

Gaúcho

0

1

0

0

1

2

4

-2

15)

Guarany

3

9

0

3

6

4

14 -10

6)

Guarany

0

1

0

0

1

0

2

-2

16)

Gaúcho

0

9

0

0

9

8

24 -16

GE Brasil *

x

x

x

x

x

x

x

x

União *

x

x

x

x

x

x

x

x

0

Sênior – Classificação Grupo A Equipe

P

J

V

E

D

GM GS SG

* O duelo entre GE Brasil e União, no Bento Freitas, em Pelotas, foi adiado para o dia 12

1)

Canarinho

7

3

2

1

0

8

1

7

Copa FGF (Sub-17) – Classificação do Grupo J

2)

Farrapos

6

3

2

0

1

4

2

2

3)

Penharol

4

3

1

1

1

6

3

3

4)

Juventus

0

3

0

0

3

0

12 -12

Equipe

P

J

V

E

D

GM GS SG

1)

Grêmio

9

3

3

0

0

14

1

13

2)

São Borja

6

3

2

0

1

5

4

1

3)

Brasil

3

3

1

0

2

3

7

-4

4)

Rosário

0

3

0

0

3

1

11 -10

Copa Farroupilha – Classificação Equipe

P

J

V

E

D

GM GS SG

1)

São Paulo

7

3

2

1

0

6

2

4

2)

Vasco

7

3

2

1

0

4

2

2

3)

Juventus

6

3

2

0

1

8

7

1

4)

Santos

3

3

1

0

2

4

5

-1

5)

Canarinho

3

3

1

0

2

4

7

-3

6)

Industrial

0

3

0

0

3

4

7

-3

Legenda: P (pontos), J (jogos), V (vitórias), E (empates), D (derrotas), GM (gols marcados), GS (gols sofridos) e SG (saldo de gols)

Sênior – Classificação Grupo B Equipe

P

J

V

E

D

GM GS SG

1)

Santos

7

3

2

1

0

9

2

7

2)

Nova Vicenza

7

3

2

1

0

5

0

5

3)

São Paulo

3

3

1

0

2

3

5

-2

4)

Industrial

0

3

0

0

3

1

11 -10

Regulamento Segundona: na 2ª fase os times jogam dentro do grupo. Os quatro melhores avançam: 1º de A x 4º de B, 1º de B x 4º de A, 2º de A x 3º de B e 2º de B x 3º de A. Os vencedores vão à semifinal e depois à decisão. O campeão garante acesso ao Gauchão. O vice disputa a terceira vaga com o GE Brasil, vice do turno Regulamento Copa FGF: o Sub-17 contava com sete grupos. Na 1ª fase, os enfrentamentos ocorreram em turno e returno, dentro de cada chave. Habilitaram-se à 2ª fase campeão e vice dos grupos, além de dois melhores terceiros colocados. Os 16 remanescentes foram redistribuídos em quatro quadrangulares. Regulamento Sênior: as equipes jogam dentro de cada grupo, em turno e returno. Os dois melhores ao final da fase classificatória avançam às semifinais com cruzamento olímpico (1º de A x 2º de B e 1º de B x 2º de A) em partidas de ida e volta. Os vencedores decidem a competição também em dois confrontos. Regulamento Copa Farroupilha: os times jogam entre si em turno e returno. Ao término das 10 rodadas classificatórias, os dois melhores decidem o título. A equipe de melhor campanha faz o jogo final em casa.


Sexta-feira, 24 de maio de 2013 | 19

Compromisso com a cidade

EsportE

esporte@jornalinformante.com.br

A aposta nas Castanheiras

Derrotado na abertura do returno da Segundona Gaúcha, Brasil precisa fazer bom uso do fator local, a começar pela próxima quarta, diante do São Paulo Fotos: Renan Gasparin

Brasil

N

Deivity

Xaro

Nome: Deivity André Cherutti Posição: goleiro Idade: 22 anos

Fabiano Gadelha

Nome: Éverton Cordova Corrêa Posição: lateral esquerdo Idade: 26 anos

Nome: Fabiano Ferreira Gadelha Posição: meia Idade: 34 anos

Reforços para o returno da Segundona Gaúcha

O goleiro Deivity, o lateral esquerdo Xaro e o meia Fabiano Gadelha reforçam o plantel farroupilhense para o restante da competição estadual. O lateral e o meia já realizaram a estreia em Panambi, na quarta. Confira o perfil dos novos contratados acima.

Sub-17 tenta permanecer na briga atuando em casa

X Brasil Rosário Sábado, às 15h Em Nova Milano

5ª rodada

Após primeira vitória, equipe farroupilhense tenta fazer uso do fator local em busca da vaga

4ª rodada

Após a fundamental vitória em Rosário do Sul, diante do time local, no último sábado, o Sub-17 do Brasil volta a campo contra o mesmo adversário neste sábado. Recebe o Rosário, às 15h, em Nova Milano. O duelo era decisivo já que os oponentes ainda não somavam pontos na 2ª fase da Copa Federação Gaúcha de Futebol (FGF). O Rosário saiu vencendo, mas o time farroupilhense virou o placar na metade final e conquistou a primeira vitória. Na quarta, o oponente é o São Borja, também em Farroupilha, adversário que, neste domingo, recebe o Grêmio após ter sido derrotado por 3 a 1 no Olímpico. O time farroupilhense está em 3º lugar no Grupo J. Os dois primeiros avançam à 3ª fase do estadual.

Fábio Carnesella

ão foi bom o começo de returno de Segundona Gaúcha para o Brasil. Atuando em Panambi, a equipe farroupilhense não fez uma boa partida e saiu de campo derrotada do estádio João Marimon Jr. Logo no início do duelo, os mandantes tiveram um pênalti. Porém, Carlão defendeu a cobrança de Amaral. A etapa inicial continuou com o Panambi levando superioridade, mas sem oferecer grandes riscos ao time rubro-verde. O placar em branco permaneceu até o intervalo da partida. Na metade final, o duelo teve disputas ainda mais acirradas e raras oportunidades de gol, mas tudo mudou a partir da expulsão do volante Tiago Renz, aos 20 minutos. Com um a mais, o Panambi passou a pressionar os farroupilhenses que não resistiram muito tempo à superioridade numérica do adversário. Aos 28 minutos, o atacante Jean, que havia acabado de entrar, recebeu lançamento e, cara a cara com o goleiro Carlão, abriu o marcador. A partir daí, os mandantes trataram de administrar a vantagem. O Brasil partiu em busca da igualdade, mas o resultado permaneceu inalterado até o apito final. A equipe farroupilhense enfrentaria o Aimoré neste domingo, no Estádio das Castanheiras, mas a partida foi adiada em virtude da 134ª Romaria ao Santuário de Caravaggio. O confronto foi remarcado para o dia 12. O rubro-verde volta a campo na próxima quarta, quando recebe o São Paulo, campeão do turno. Dos seis duelos restantes, quatro serão em casa. Após o confronto contra o time de Rio Grande, o Brasil encara o Farroupilha, no Nicolau Fico, em Pelotas. Na sequência, três partidas em Farroupilha: Riograndense, Aimoré e Avenida. O encerramento do returno acontece em Santo Ângelo. Mais do que nunca, é fundamental o time fazer bom uso do fator local.

X Brasil São Borja Quarta, às 15h Local a ser definido


Especiais desta semana Imagens: Reprodução

Noivas & Festas, pôster gigante alusivo à 134ª Romaria ao Santuário de Caravaggio e os 60 Anos do Centro de Tradições Gaúchas Ronda Charrua em destaque


Farroupilha, 24 de maio de 2013

Comer bem ajuda a prevenir gripes É importante lembrar que o inverno também exige uma alimentação equilibrada, com ingestão de água e principalmente de alimentos ricos em vitamina C

U

ma boa alimentação é essencial para manter o organismo equilibrado e saudável. No período de inverno os cuidados devem ainda ser redobrados, tanto na ingestão de água quanto no consumo de frutas, verduras e legumes. Não se descuidar é importante para enfrentar gripes e resfriados fortalecendo o sistema imunológico e permitindo a recuperação rápida nos casos de contágio. Alta imunidade e organismo com defesa ativa são imprescindíveis para manter-se afastado de todos os tipos de doenças. “Neste período de frio, bem como em todo o restante do ano, devemos continuar com uma alimentação equilibrada, balanceada e saudável, rica em vitaminas, nutrientes e sais minerais. Devemos ainda aumentar o consumo de alimentos ricos em vitamina C, como laranja, kiwi, bergamota, acerola, tomate, pimentão, espinafre, entre outros, mas sem exagerar na quantidade, já que nosso organismo tem limi-

tes para armazenar estas substâncias”, explica a nutricionista Renata Galvan Fochesato reforçando também que a ingestão de líquidos deve ser mantida no período de frio intenso. “A água é indispensável para nossa vida e, mesmo no inverno, o indicado são dois litros ao dia”, enfatiza. Chás, cafés e chimarrão ajudam a hidratar, mas a indicação é sempre consumir água pura porque não possui caloria alguma. Outra dica são os sucos ricos em vitamina C e sopas de vegetais. Um chá não adoçado também pode ser ingerido, mas sopas e cafés são alimentos e não devem ser consumidos como fontes de hidratação. “O ideal é consumir uma quantidade equilibrada de vitamina C, tanto no inverno, quanto no verão, cerca de duas a três destas frutas ao dia”, reforça a nutricionista que elenca, ao lado, uma tabela com alimentos saudáveis que ajudam a proteger o organismo no frio e turbinam o sistema imunológico.

Vitamina C

Aumenta a produção das células de defesa que tem efeito direto sobre as bactérias e vírus, aumentando a resistência a infecções. Alimentos: goiaba, pitanga, agrião, caju, espinafre, fruta-do-conde, melão, frutas cítricas (kiwi, limão, acerola, bergamota, laranja, abacaxi), couve, brócolis, tomate e pimentão amarelo. Condimentos: açafrão, coentro, cravo-da-índia, gengibre, páprica, salsa e tomilho.

Vitamina E

Atua em conjunto com as vitaminas A e C e com o mineral selênio, agindo como antioxidante (retarda o envelhecimento). Alimentos: gérmen de trigo, óleos de soja, arroz, algodão, milho e girassol, abacate, gema de ovo, vegetais folhosos (rúcula, couve, folha de brócolis, folhas de beterraba), cenoura e chuchu. Condimentos: açafrão, louro, manjericão, manjerona, orégano e pimenta.

Selênio (Se)

Antioxidante, imune estimulante, desintoxicante e anti-inflamatório. Alimentos: frutos do mar, vísceras, alho, cebola, milho, cereais integrais (aveia, quinua) cogumelo, levedo de cerveja, castanha do Pará e ovo caipira. Condimentos: alho, coentro, gengibre e salsa.

Vitamina A

Ação anti-inflamatória. Alimentos: cenoura, abóbora, fígado, espinafre cozido, melão, brócolis, mamão, manga, aspargo, pêssego, beterraba, alho, alho poró, broto de bambu, lentilha, melancia, banana, caqui, gema de ovo, damasco e cereja. Condimentos: alecrim, coentro, cravo-da-índia, louro, manjericão, manjerona, pimenta e sálvia.

Vitamina B6

Aumenta a imunidade geral do organismo. Tem ação protetora contra o câncer e ajuda a controlar alguns tipos de diabetes. Alimentos: levedo de cerveja, lentilha, arroz integral, semente de girassol, soja, germe de trigo, banana, cenoura, abacate, melão, vísceras, peixe, frango, gema de ovo, nozes. Condimentos: alho, cebola, chili, coentro, estragão, gengibre, manjericão, manjerona, orégano, páprica, pimenta e sálvia.

Zinco (Zn)

Atua na reparação dos tecidos e na cicatrização de ferimentos. Alimentos: aveia, ostra, leite, gema, frutos do mar, espinafre, sementes de girassol, cogumelo e gengibre. Condimentos: cominho, gengibre, manjericão e papoula.


Farroupilha, 24 de maio de 2013

A Acupu tratament Aline Schneider *

N

as últimas décadas a dor tem se tornado algo muito comum na população. Quem, nos dias de hoje, não sofre com algum tipo de dor? Seja ela de baixa intensidade ou intensa, todos nós já sofremos desse mal. Muitas vezes a resposta encontrada é angustiante. Passado o exame clínico e exames complementares, o resultado nem sempre é positivo: “você não tem nada”. O que em tese deveria ser bom, ou seja, não ter encontrado nada, leva a outras duas perguntas: “se não tenho nada, por que estou sentindo essa dor?” e “como faço para acabar com ela?”. A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) nos ensina que a dor é um mecanismo de alarme do corpo, nos avisando que algo está errado internamente, utilizando a dor para externalizar o problema. Nem sempre precisamos ter um diagnóstico definido para aquela dor, pois na maioria das vezes a doença ainda não está estruturada, ela ainda está na parte energética, por isso só apresentamos alguns sinais, como a dor, por exemplo. Muitas vezes essa dor não definida afeta o convívio com familiares, com colegas de trabalho, que nem sempre compreendem o processo no qual se encontra o paciente, já que “se ele não tem nada, está apenas querendo chamar a atenção”. Apesar de nada ter sido descoberto no exame clínico ou no exame de imagem, desequilíbrios musculares e posturais e dores miofasciais são causas comuns de queixas álgicas. O fato de não ter sido encontrada a sua origem não significa que a dor não esteja presente. No tratamento da dor, tanto como causa definida (como uma hérnia de disco, por exemplo) ou não, a Acupuntura tem papel de destaque, já que a inserção de agulhas cumpre, pelo menos, quatro objetivos terapêuticos, citados na sequência.

* Alívio do estresse físico e emoc * Ativação e controle dos mecan * Aceleração da cicatrização do t * Alívio da dor. O tratamento é eficaz, pois a A voso Central, particularmente no tálamo, hipotálamo, glândula pitui o próprio organismo da pessoa lib pela modulação da dor, além de digestório, endócrino e cardiovascu Uma das vantagens do tratament do uso de medicamentos, pois estes além de outros efeitos colaterais. O e analgésicos, por exemplo, causa aumentam a excreção de vitamina C K e aumentam a excreção renal de ti Por isso, o uso crônico pode resultar da capacidade de cicatrização, peté fadiga, apatia e etc, outros são altam Os anti-inflamatórios com cortic sos a imunossupressão (ato que r sistema imunológico), catarata, oste distúrbios comportamentais e supr mos ter muito cuidado com o uso c Além da Acupuntura, o tratame nesa dispõe de outras técnicas c tura, massagens, sangrias, ventos buindo ainda mais para a melhora Medicina Tradicional Chinesa trata somente “o ombro dolorido”. Tod


Farroupilha, 24 de maio de 2013

untura no to da dor

cional; nismos imunes e anti-inflamatórios; tecido;

Acupuntura age no Sistema Nero tronco cerebral, mesencéfalo, itária e córtex, fazendo com que bere neuroquímicos responsáveis regular outros sistemas como o ular. to com a acupuntura é a diminuição s acabam intoxicando o organismo, uso contínuo de anti-inflamatórios lesão da mucosa gástrica, alguns C, produzem depleção da vitamina iamina, ácido fólico e aminoácidos. em anemia, hemorragias, redução équias, cãibras nas pernas e pés, mente prejudiciais ao fígado. coides trazem como efeitos adverreduz a ativação ou a eficácia do eoporose, retardo do crescimento, ressão da adrenal. Por isso devecontínuo desses medicamentos. ento da Medicina Tradicional Chicomo auriculoterapia, craniopunsas, moxa e dietoterapia, contria dos sintomas, lembrando que a a o paciente como um todo e não dos os aspectos do paciente são

avaliados, seja o emocional, o físico e o espiritual. A proporção de dor crônica aliviada pela Acupuntura é geralmente na faixa de 55-95%, resultado mais favorável que drogas potentes (a morfina ajuda em até 70% dos casos). Para a Organização Mundial da Saúde, devido aos efeitos colaterais de terapias medicamentosas para dor por longos períodos e o grande risco de dependência, a analgesia pela Acupuntura pode ser considerada a terapia de escolha para o tratamento de várias condições dolorosas crônicas. Para cefaleias tensionais, enxaqueca e outros tipos de dor de cabeça relacionada a várias causas, a Acupuntura se mostrou mais eficaz em estudos que a terapia convencional. O estudo ainda prossegue e diz: “Condições dolorosas crônicas do sistema locomotor, acompanhadas de restrições de movimentos articulares, são frequentemente tratáveis com Acupuntura se a intervenção cirúrgica não se fizer necessária. A Acupuntura não apenas alivia a dor, mas também reduz o espasmo muscular promovendo aumento na movimentação”. Isso demonstra a boa eficácia da Acupuntura no tratamento de dores musculares, dores na coluna e nas articulações. Com relação à artrite reumatoide, uma doença autoimune sistêmica, a Acupuntura promove grande alívio das dores. Suas ações anti-inflamatórias e de regulação do sistema imune também são benéficas. Mas cuidado, procure um profissional com formação acadêmica superior na área da saúde e especializado na técnica. A escolha de um bom profissional também faz diferença no tratamento. O fisioterapeuta é um profissional qualificado para a prática da Acupuntura, sendo a Fisioterapia a primeira profissão da área da saúde, no Brasil, a reconhecer essa técnica milenar como especialidade, em 1985. * Fisioterapeuta (Crefito 99769-F) e especialista em Acupuntura (Medicina Tradicional Chinesa)


Farroupilha, 24 de maio de 2013

Gestão para fisioterapeutas Affisio promove encontro de qualificação em busca de aperfeiçoar o atendimento da categoria Divulgação

Profissionais acompanharam a primeira edição do curso que aconteceu sábado, no salão nobre da prefeitura

C

om o objetivo de melhorar os serviços em Fisioterapia que são prestados nas clínicas e consultórios da cidade, profissionais da categoria estiveram reunidos em curso no último sábado. Foram abordados temas como qualidade do serviço em saúde, motivação no trabalho, questões administrativas, habilidades necessárias a um gestor, diversos assuntos voltados para um melhor atendimento aos pa-

cientes e o desenvolvimento de um olhar empreendedor. A promoção foi realizada pela Associação Farroupilhense de Fisioterapeutas (Affisio) e o curso de Gestão e Empreendedorismo foi ministrado por Airton Kleinowsk e Hamilton Kleinowsk. Nove profissionais participaram da atividade, aberta a todos da área, independente de serem associados à entidade. “A proposta geral da Affisio é a união entre a categoria, a tro-

ca de informações e a melhora da qualidade do atendimento na cidade”, declara o presidente da associação, Carlos Bach, destacando ainda que por meio de cursos busca-se o aperfeiçoamento dos serviços prestados e a qualificação dos profissionais. A Affisio foi fundada no último ano e conta com 21 associados. Este foi o primeiro curso promovido, sendo que outros estão sendo planejados, mas ainda não há definição de datas.


inside@jornalinformante.com.br

Inside

Farroupilha, 24 de maio de 2013

Popcorn é atração do sábado Espetáculo pode ser conferido na UCS Farroupilha, às 20h, numa montagem cômica e reflexiva que já somou mais de 60 apresentações no Rio de Janeiro peça carioca Popcorn estará em Farroupilha neste sábado, numa promoção do Serviço Social do Comércio (Sesc). O elenco conta com os atores, Viétia Zangrandi, Alessandra Colasanti, Mabel Cezar, Ricardo Santos e Vinicius Arneiro. O espetáculo estreou em julho de 2012 e já apresentou duas temporadas no Rio de Janeiro, num total de 60 apresentações. Com texto e concepção de Jô Bilac e direção também de Sandro Pamponet, a montagem apresenta a história de uma dona de casa que oferece um jantar familiar em comemoração ao prêmio que receberá na Noruega pelo seu primeiro livro, que virou um best seller. No jantar também participa uma famosa estrela de TV que pretende comprar os direitos do livro para rodar um filme. A autora não concorda com as ideias para a adaptação do história e a situação vai gerando polêmica. “Vivendo num tempo em que a tecnologia muda as regras do jogo em todos os aspectos de nossas vidas, é hora de questionar os clichês sobre criatividade. O texto suscita esta discussão sem necessariamente tomar partido ou definir uma sentença. Num jogo cênico com referências cinematográficas, a teatralidade dialoga com o público com humor, numa proximidade confessional”, explica o produtor do espetáculo, Giba Ka. A atração chega à cidade

Paula Kossatz

A

Sucesso de crítica: peça com texto de Jô Bilac e direção de Sandro Pamponet tem elenco formado por cinco atores numa montagem que foi destaque no cenário cultural carioca

através do Arte Sesc – Cultura por Toda Parte, na programação do 8º Festival Palco Giratório, numa turnê por nove municípios. Ainda de acordo com o produtor do espetáculo, a recepção no Estado tem sido muito boa, uma grande oportunidade para o elenco conhecer diversas cidades, suas belezas e a diversidade gaúcha. “Estamos cumprindo com o nosso papel de promover a qualidade de vida também através de

ações culturais. Além de fomentar a formação de plateia, trabalhamos o senso crítico, oferecendo à comunidade espetáculos de diversos gêneros. O Popcorn vem respaldado com o texto e direção de Jô Bilac que, para alguns críticos, pode ser encarado como o Nelson Rodrigues da atualidade”, ressalta Luciana Stello, gerente do Sesc Farroupilha. “Aproveitem a chance que o Sesc oferece. Venham conhecer nosso trabalho e se divertir

com a peça que foi sucesso de público e de crítica no Rio de Janeiro”, convida Giba Ka. O espetáculo tem duração de 70

Serviço

minutos e a classificação etária é 16 anos. A próxima turnê do grupo será num circuito por sete cidades do interior fluminense.

O que: espetáculo teatral Popcorn Quando: sábado, às 20h Onde: Auditório da UCS Farroupilha (Rodovia dos Romeiros, 567) Quanto: R$ 5,00 para comerciários, R$ 35,00 para empresários, R$ 20,00 para estudantes e idosos e R$ 40,00 para comunidade em geral. Os ingressos podem ser adquiridos no Sesc Farroupilha (Cel. Pena de Moraes, 320). Informações adicionais pelos fones 3261-6526 ou 3268-6950.


2 | Sexta-feira, 24 de maio de 2013

Crônicas da Redação Ramon Cardoso

ramon@jornalinformante.com.br

Viradão Marginal e outros temas da semana

Compromisso com a cidade

Variedades

Agasalhos para aquecer quem mais necessita O

Grupo Escoteiro Guaracy 78 realizou uma campanha de recolhimento de agasalhos pelas ruas centrais da cidade. Desde o último dia 27, equipes distribuíram pelas residências bilhetes informativos para a comunidade. No dia 11 foi realizada a arrecadação das roupas, que foram entregues ao secretário municipal de Assistência Social e Cidadania, Miguel Ângelo Silveira de Souza, pasta que ficará responsável pela distribuição. “Iniciamos a campanha em julho de 2008, quando a arrecadação foi lançada pelo governo municipal. Fomos um dos primeiros pontos de coleta da cidade e damos continuidade até hoje”, explica o diretor presidente do grupo, Romeu Valandro. A equipe que auxiliou na campa-

Divulgação

É bem chato semana do Crônicas da Redação sem um tema que monopolize a pauta. Os últimos dias foram bem insossos. Mas o senador Eduardo Suplicy (PT/SP) merece uma menção especial. Ele abre a salada de fruta que virou o espaço. Durante o “Viradão Marginal”, que levou o terror ao Centro de São Paulo durante o último final de semana, Suplicy foi furtado. Convenhamos, chega a ser engraçado um integrante da alta cúpula petista reclamando de furto. Bom, o senador reclamou. Tirou o microfone de Daniela Mercury e, antes que falasse algo, todo mundo já estava em casa. Certamente pensaram que Suplicy fosse cantar. Mas não. Ele foi comunicar que lhe afanaram a carteira e que desejava de volta pelo menos os documentos e cartões de crédito. O show começou e, 15 minutos depois, com o público já tendo retomado seu lugar, Suplicy voltou ao palco, pegou novamente o microfone e disse que haviam lhe furtado o celular também. Ou o cara é muito bocó ou queria chamar a atenção. Ou as alternativas A e B, certamente a mais votada pelos leitores. A semana também foi divertida por conta das barrigadas dos jornalistas esportivos após a vexatória e encagaçada eliminação do Grêmio na Taça Libertadores da América. Erraram mais do que previsão do tempo na época que nem existia Instituto de Meteorologia. Teve blogueiro que disse que o problema para a demissão era a multa rescisória, depois disse que ela não era empecilho. Outros demitiram Luxemburgo quatro vezes e mantiveram cinco entre sexta e segunda. Só faltou comentar que estavam certos pelo saldo, ou seja, publicaram uma manutenção a mais que demissão. Isso sem falar no Twitter, um verdadeiro show de horrores. A cada 10 minutos um posicionamento diferente no microblog. Todos querendo antecipar o que aconteceria. Todos fazendo papel de palhaço e se desmoralizando com torcedores. Por fim, muitos disseram que a opção pela manutenção foi a falta de treinadores disponíveis no mercado. Que ótima chance de ficar quieto. Desde quando Mano Menezes e Renato Portaluppi estão empregados? Como a imprensa esportiva é fraca. Mas a correria das últimas semanas teve algumas vantagens. Poucas, mas algumas. Uma delas foi a chegada de “Homem de Ferro 3” aos cinemas. Em um minuto era possível fechar o arquivo de texto da programação, quase sempre disponibilizada no final da tarde de quarta, quando há 2.715 atividades para serem feitas ao mesmo tempo na Redação. Cerca de 80% das salas estava passando essa baboseira (muitas até em versões dubladas, pode? Já deve ser um lixo assistir isso com legenda, imagina com voz de ator global?), o que de certa forma ajuda a explicar um pouco do nosso desprezível nível cultural. Por fim, o tema mais sério do espaço. Gostaria de informar ao colega colunista Guilherme Macalossi que o Serviço Social do Comércio possui identificador de chamadas. Portanto, Macalossi, não vai adiantar nada fazer 80 séries de 15 minutos de exercícios, da 0h às 20h na próxima quarta, durante o Dia do Desafio, para ajudar Farroupilha a derrotar os comunistas cubanos da cidade de Banes, que serviu de palco para o casamento de Fidel Castro, o eterno. A menos que tu ligues de 80 telefones diferentes e arrume 80 nomes diferentes. Muita mão, deixa assim.

Inside

Campanha foi realizada por toda a equipe do Grupo Escoteiro Guaracy 78

nha é formada por lobinhos, escoteiros, guias, chefia, diretoria e Conselho de Pais, e se dividiu em 10 equipes, cada uma responsável por uma rua. Ele lembra que o grupo também recebe óleo de cozinha da comunidade e que a verba é destinada para a Associação Farroupilhense de Deficientes Visuais.

No dia 11 também foi repassado um cheque para a entidade. “Fizemos nosso melhor possível ajudando o meio ambiente e nosso próximo. Com isso queremos sensibilizar a sociedade, mostrando que nossos jovens estão preocupados com o futuro e engajados em diversas causas sociais”, ressalta.

Cinemas GNC Caxias (Shopping Iguatemi, RST-453, quilômetro 3,5)

GNC 1: Reino Escondido (dublado) – às 13h e 15h10min GNC 1: Homem de Ferro 3 (dublado) – às 17h15min e 19h40min GNC 1: A Morte do Demônio – às 22h10min GNC 2: Velozes e Furiosos 6 (dublado) – às 13h20min, 16h, 18h40min e 21h30min GNC 3: Somos tão Jovens – às 14h15min, 16h45min, 19h e 21h10min GNC 4: Reino Escondido (dublado e em 3d) – às 14h, 16h30min e 18h50min GNC 4: Homem de Ferro 3 (dublado e em 3d) – às 21h20min GNC 5: Homem de Ferro 3 – às 13h30min, 16h10min e 19h10min (dublado e em 3d) e às 21h40min (legendado e em 3d) GNC 6: Velozes e Furiosos 6 – às 13h45min, 16h20min, 19h20min e 22h Ingressos: segunda a quinta (exceto feriados): R$ 15,00; Movie Club Preferencial: R$ 12,00; 3D: R$ 22,00; Movie Club Preferencial 3D: R$ 18,00. Sexta, sábado, domingo e feriados: R$ 18,00; Movie Club Preferencial: R$ 15,00; 3D: R$ 24,00; Movie Club Preferencial 3D: R$ 20,00. Meia-entrada todos os dias para Clube do Assinante RBS (para o titular do cartão e acompanhante mediante a apresentação da identidade), menores de 15 anos e maiores de 60 anos (mediante apresentação da identidade) e estudantes (mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil).

Cinépolis San Pelegrino (Avenida Rio Branco, 425)

Cinépolis 1: Velozes e Furiosos 6 – às 12h45min, 15h45min, 18h45min e 21h45min Cinépolis 2: Giovanni Improtta – às 13h e 17h55min (exceto quarta) Cinépolis 2: Somos tão Jovens – às 15h30min e 20h30min (exceto quarta) Cinépolis 2: Faroeste Caboclo – às 17h55min e 20h30min (somente quarta) Cinépolis 3: Reino Escondido (dublado) – às 13h15min e 16h Cinépolis 3: Terapia de Risco – às 18h30min e 21h Cinépolis 4: Velozes e Furiosos 6 (dublado) – às 13h45min, 16h45min, 19h45min e 22h45min (sexta e sábado) Cinépolis 5: Reino Escondido (dublado e em 3d) – às 14h15min, 17h e 19h30min Cinépolis 5: O Último Exorcismo: Parte 2 (dublado) – às 22h Cinépolis 6: Homem de Ferro 3 – às 12h30min e 18h15min (dublado e em 3d) e 15h20min e 21h15min (legendado e em 3d) Ingressos: nas salas tradicionais, segunda, quarta e quinta (exceto feriado) R$ 12,00 (matinê, sessões até as 16h55min) e R$ 14,00 (noite). Terça (exceto feriado), R$ 7,00. Sexta, sábado, domingo e feriado, R$ 16,00. Nas salas 3D, terça (exceto feriado), R$ 11,00. Demais dias, R$ 22,00.

Centro Municipal de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho (Luiz Antunes, 312) Depois de Lúcia – sexta às 19h30min e sábado e domingo* às 20h Ingressos: R$ 8,00 e R$ 4,00 (estudante e sênior). Sessão dominical gratuita e seguida de comentários do psiquiatra Caetano Fenner e da psicóloga Rélim Hahn

Alterações na programação ou nos valores dos ingressos são de responsabilidade das salas


Compromisso com a cidade

Sexta-feira, 24 de maio de 2013 |

Inside

Variedades

Laura Cristina Nardi Callegari

Pagode e fondue no Boteco

lauracnardi@yahoo.com.br

O bom senso nos cuidados com o bebê

S-Unit na sexta e gastronomia diferenciada no sábado garantem boas opções no final de semana Divulgação

A

trações diferenciadas para públicos exigentes. Isso é o que pode ser encontrado neste final de semana no Boteco do Chá. Na sexta, o grupo S-Unit toca um repertório versátil, com várias músicas transformadas no ritmo de pagode. E no sábado ocorre a já tradicional noite do fondue para inspirar o romantismo com um jantar típico de inverno. “Estamos nesta formação nova faz três meses. Será nosso primeiro show oficial. Quisemos fazer no Boteco porque a galera já nos conhece”, explica Andreus Francisco Lopes, o Chiquinho, que toca surdo no grupo. Além dele, o S-Unit é formado por Diego Freitas no pandeiro e Vinicius Opi nos vocais. A banda de apoio conta com Izac Aguiar no baixo, Daniel Antunes no violão, Tiago Heck na bateria, Cristiano Ferreira nos teclados e Gerson Müller na percussão. “Nosso repertório é bem diversificado. Tocamos de Naldo a Gusttavo Lima e sucessos antigos, tudo no ritmo do pagode que somos acostumados”, conta Chiquinho. O trio faz parte também da banda Puracazuah, que agora faz menos shows, já que o vocalista Alan Denis Garcia, o Delão, está no Rio de Janeiro. O grupo toca músicas transformadas para o estilo swing black music e se apresentam com looks do estilo americano swag. No sábado é a vez da noite do fondue. O valor do ingresso é de R$ 45,00 e dá direito a um copo de suco de vinho. É necessário fazer reserva, já que as vagas são limitadas. “Todo ano fazemos a noite especial com fondue. O pessoal já estava pedindo. Essa será a primeira vez no final de semana”, conta a proprietária do Boteco, Simone Osório. Ela explica que ao perceber que Farroupilha não tinha essa opção, resolveu criá-la. “Serra tem tudo a ver com fondue. Aqui é fondue ou café colonial. Aqui foi um diferencial. Co-

3

Banda S-Unit tocará estilos variados no show de sexta

meçamos a fazer e deu certo”, complementa. Serão servidos em duas partes. Primeiro com queijo e chocolate acompanhada por frango, escalopes de carne, brócolis, batata, pãozinho, queijo e goiabada, uma novidade nesta edição. Depois será servida a parte com chocolate e morango, que terá como acompanhante frutas diversas como uva, pêssego e banana. A próxima edição será realizada no Dia dos Namorados. Dependendo do público, mais uma será realizada em julho. Interessados devem ligar para 9179.4929 e falar com Simone ou direto no Boteco do Chá no fone 3261-6128.

Serviço O que: show com a banda S-Unit Quando: nesta sexta Onde: Boteco do Chá (Rômolo Noro, 555) Quanto: R$ 15,00 para elas e R$ 25,00 para eles (valor consumado até a meia noite e meia). Reserva pela Fan Page garante R$ 10,00 de desconto O que: Noite do Fondue Quando: neste sábado Onde: Boteco do Chá (Rômolo Noro, 555) Quanto: R$ 45,00

Na última coluna discorri um pouco sobre a mãe “suficientemente boa”, referindo-me àquela que nos primeiros meses de vida do bebê está inteiramente dedicada a responder às necessidades dele e, pouco a pouco, vai afastando-se desse filho, permitindo-lhe que assim possa, gradativamente, desenvolver a sua independência e conquistar, dessa forma, novos aprendizados. Mas para que novos aprendizados surjam, a mãe precisará dar mais espaço para que seu filho tenha a possibilidade de experimentar as situações por ele mesmo, sem tanta interferência dela. E é incrível como até mesmo o desenvolvimento físico da criança já vai anunciando algumas mudanças importantes e algumas pequenas rupturas nessa ligação tão forte entre uma mãe e um filho. O nascimento dos primeiros dentinhos já anuncia o surgimento de um pequeno ser que logo poderá começar a experimentar alimentos mais sólidos, para além do leite materno. Mamar no peito já não será mais a principal refeição, pois a boquinha, agora com dentinhos, já pode dar conta de alimentos mastigáveis. Os primeiros passos do bebê já falam de uma criança que não precisará mais de tanto colo e que, dali por diante, irá desvendar tudo o que está ao seu redor, a partir da sua própria curiosidade e não apenas aquilo que a mãe lhe apresentava. E muitas serão as descobertas daquelas crianças que tiveram a oportunidade de mexericar aqui e ali. Outra questão interessante de analisarmos é o encerramento da licença-maternidade (para aquelas mamães que exercem trabalhos remunerados). Os primeiros meses são realmente aqueles em que um bebê mais precisa de uma mãe, o que coincide com os meses da licença-maternidade, onde a mãe poderá de fato estar mais tempo com seu filho. Porém, juntamente com o término da licença-maternidade, espera-se que a mãe vá gradativamente retomando a sua vida pessoal e profissional, alternando sua presença e ausência na vida do bebê. Permanecer durante muito tempo em dedicação exclusiva à criança pode ser muito prejudicial à mesma, que poderá sentir-se fragilizada pelo cuidado excessivo. Nem 8, nem 80. O bom senso sempre deve prevalecer. * Psicopedagoga


Valéria Vettorazzi social@jornalinformante.com.br

N

Rita Mendes

Noite Especial

este sábado acontece a Noite do Fondue no Boteco do Chá. O cardápio segue sequência de fondue de queijo e chocolate. A programação faz parte do projeto Delícias do Boteco.

O valor é R$ 45,00 por pessoa e deve ser efetuada reserva pelo fone (54) 3261-6128 ou 9179-4929. Mais informações na página 3.

Anote

No dia 28 de setembro está marcada a 32ª edição do tradicional Baile da Primavera, que acontece no Clube 1º de Maio. Anote na sua agenda e não perca!

Novidade

A banda farroupilhense Retrato Falado Showmédia fará o lançamento do seu novo show e apresentação da nova formação da banda na próxima quarta, dia 29, véspera de feriado, no Boteco do Chá. Na mesma noite será feita a captação de imagens para o Vídeo Release

Lucas Soares Ledur recebeu parabéns por seu primeiro aninho dos pais Claudia e Dilo e da mana Laura no domingo, na Ticabum. O pequeno completou a idade na quarta Diego Frigo

2013. Os ingressos custam R$ 15,00 o feminino e R$ 25,00 o masculino. Ou em consumação R$ 30,00 para elas e R$ 50,00 para eles.

Teste

O colégio Mutirão de Caxias do Sul está com as inscrições abertas para o Termômetro 2013. O teste é um simulado para quem está se preparando para fazer vestibular ou a prova do Exame Nacional do

A pequena Gabriela Zanc aniversário de 5 aninhos n

Ensino Médio, o ENEM. Quem tiver interesse pode se inscrever gratuitamente pelo link www.mutirao.com.br/termometro ou diretamente na sede do colégio, até o dia 9. As provas ocorrem nos dias 15 e 16.

Rock Nesta sexta a banda Pentapolares sobe ao palco do República Beer para agitar os presentes. A entrada custa R$ 10,00 a feminina e R$ 15,00 a masculina. O bar está aberto a partir das 22h. Veja mais na página 6.

Top Ten O Pepsi Club, juntamente com a Big Brother Company, realiza a festa Leo Z and The Top Ten | Line Up, neste sábado. Dez guris dividirão as pick-ups com o DJ residente, entre eles o farroupilhense Carlos Baretta. A entrada custa R$ 25,00 para elas e R$ 50,00 para eles.

Surf Music O cheirinho de mar que vem com o embalo da surf music da banda Long John vai aquecer nosso inverno nesta sexta. A banda se apresenta no Havana Café, em Caxias do Sul. A entrada custa R$ 10,00.

No domingo trocaram alianças Viviane Nervo Pergher e Maicon Bellaver, em cerimônia realizada ao ar livre no Parque dos Pinheiros. Após, recepcionaram os convidados no Restaurante do mesmo local

Jéssica Aline Maciel, Jedoci Cousseau e o espo do Trem, prestigiando o lançamento do Dia do


Cristian Guzzo

co, que comemorou seu na Biokyds, na última sexta

Franco Rodrigues

Edson Pereira

Renato Ratier, proprietário do Club D-Edge, de São Paulo, e DJ residente do Warung Beach Club, de Itajaí, foram as atrações principais no comando das pick-ups na festa Colours, no sábado, realizada pelo farroupilhense Francisco Bortolossi

Fabiano Gasperin

oso Alencar Cousseau, do Restaurante Caminho o Vinho, ocorrido na terça à noite, na prefeitura

As amigas Maristane Soares e Gladiane Freisleben marcaram presença no La Barra, na última sexta


6 | Sexta-feira, 24 de maio de 2013

Benami Spilki benami@benami.adv.br

6.000 médicos? Ou cabos eleitorais?

* Consultor de Empresas

Compromisso com a cidade

xxxxxxx Música

Rock e som acústico Pentapolares na sexta e trio acústico que toca pela primeira vez no sábado garantem o agito

C

om promessa de rock de qualidade e um show inédito, o República Beer assegura mais uma rodada dupla com música de qualidade neste final de semana. Na sexta, a banda Pentapolares toca um rock mais moderno, com covers de bandas como Kaiser Chiefs, Foo Fighters e Cartolas. No sábado, um trio acústico com muita interação com o público e músicas de Armandinho, Seu Cuca e Jack Johnson promete animar a noite dos farroupilhenses. “A banda surgiu da vontade de tocar rock e conseguir evoluir musicalmente. Tocamos rock mais moderno. Acredito que nosso repertório seja diferente das outras bandas e isso pode ser um diferencial para o público”, conta o vocalista do Pentapolares, Rafael Fetter. Além dele, o quinteto é formado por Giovani Ramos no baixo, Lissandro Machado e Guilherme Corá nas guitarras e Alex Schmitz na bateria. “Por enquanto só tocamos covers, mas músicas autorais estão nos nossos planos para este ano. Para esta sexta, tocaremos um repertório com as bandas já citadas e também mais algumas seguindo nesse estilo. O público pode esperar uma banda com muita vontade de tocar e divertir o público, além de uma noite com bastante rock”, acrescenta. No sábado, será realizado um acústico com Luiz Felipe Romagna, o Iche, Gabriel Parisotto, o Cajon (voz e violão), além de Estevan Petrini (guitarra e voz). É a primeira vez que os três tocarão juntos. Eles já são integrantes de outras bandas. Luiz Felipe é vocalista do grupo Os Neutrons, Gabriel é guitarrista e vocalista da Fize e Estevan guitarrista do grupo de pagode Kerendo Zua.

Fotos: Divulgação

Pretendo, neste texto, propor uma outra forma de ver a contratação de seis mil médicos cubanos para que os mesmos trabalhem em localidades afastadas dos maiores centros urbanos. Faço, desde já, uma crítica à grande mídia que, de maneira simplista, analisa se é importante trazer os médicos ou não, deixando, como convém ao governo federal, de fazer uma análise mais profunda do fato. Para começar, onde os seis mil médicos vão trabalhar? Ora, se a queixa é a falta de médicos para ocupar as vagas do interior, então também precisamos nos preocupar com as condições técnicas e de apoio necessárias aos atendimentos médicos, como por exemplo, enfermeiras, técnicos em enfermagem, equipamentos de radiografia, tomografia, entre tantos outros serviços. Imaginem o que um médico cubano vai fazer em uma das nossas cidades do interior que não são servidas nem por um ambulatório. Será que este médico viajará numa das inúmeras ambulâncias, ônibus ou vans que trafegam pelo nosso Estado diariamente transportando doentes necessitados de uma mínima estrutura para serem atendidos e terem, ao menos, uma chance de ser curado? Mirabolante é o adjetivo que me veio à cabeça tão logo tomei conhecimento do fato. Isso porque a lógica do governo federal não é a de atender a população, mas a de se perpetuar no governo. Ora, se assim é, a contratação dos seis mil médicos faz, ainda que minimamente, algum sentido. Porém, se além do argumento acima, adicionarmos que a contratação dos médicos gerará fonte de renda ao governo cubano, aí sim, fica mais compreensível tal absurdo. Antes que me acuses de injusto, pois critico o governo federal, quero propor que os políticos da base de governo analisem a ideia de que a classe médica, ou seja, médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, etc, tenham uma carreira pública. Poderia, inclusive, ser nos moldes da carreira jurídica, onde os profissionais trabalham em localidades longe da Capital e, por mérito ou antiguidade, chegam aos maiores centros. Claro que não sou ingênuo em pensar que o governo federal do nosso País não avaliou esta possibilidade. É claro que, com toda a razão, nosso governo decidiu não adotá-la, pois não poderia, assim, transferir valores para o governo de Cuba. Cabe informar que há mais de 50 anos o governo de Cuba vive de doações ou benesses de outros Países, já que no seu regime político não há como ter uma produção de riquezas. Assim sendo, só posso pensar que o governo federal contrata seis mil cabos eleitorais para, então, tentar o seu principal objetivo que é se perpetuar no poder, patrocinando, ao mesmo tempo, a ditadura cubana.

Inside

Pentapolares toca um rock mais moderno e garante repertório diferenciado

Trio acústico se apresenta pela primeira vez e explorará diversos gêneros

Os três prometem muita diversão nesse novo formato. “Somos três vozes, dois violões, uma guitarra e de vez em quando um Cajon. Vamos fazer um som com músicas atuais do reggae à surf music e até algumas dance transformadas para o acústico”, conta Iche, que lembra que o trio teve pouco tempo para ensaiar, mas garan-

te que o empenho será grande para fazer um bom show. “Vamos tocar uma mistura de reggae, rock, dance e surf music. Gêneros que o pessoal gosta muito por causa da calma e serenidade que transmitem. Teremos surpresas para o público conferir no dia. Mas tudo na mais pura brincadeira e com muita interação”, garante.

Serviço O que: show com Pentapolares Quando: nesta sexta, às 22h Onde: República Beer (República, 445) Quanto: R$ 15,00 o masculino e R$ 10,00 o feminino O que: show com trio acústico Quando: neste sábado, às 22h Onde: República Beer (República, 445) Quanto: R$ 10,00


Inside

Compromisso com a cidade

Sexta-feira, 24 de maio de 2013

Variedades

Dolores Maggioni

Festa para os 85 anos

Jantar dançante para casais é a atração deste sábado

des clubes da nossa região”, comenta Gasperin. São comendadores do evento Airton e Arlete Zanco, Alexandre Silva e Andressa Brisolti, Claudio Cesar Biegelmeyer e Flávia C. Magalhães, Dirceu Chies e Mareci M. Unghero, Jairo Augusto Bezona e Marlene Roman e Marcelo e Mara Gasperin.

Serviço

O que: jantar dançante de 85 anos do Santa Rita Quando: neste sábado, às 21h Onde: Clube Santa Rita (Vêneto, 233) Quanto: R$ 150,00 (casal)

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Semana em que você se depara com a necessidade de superar seus medos e bloqueios, ariano. Questões emocionais e vinculadas à intimidade e às finanças estão enfatizadas esta semana. A consciência da morte é que leva a uma vida mais plena. Reflita a respeito.

Touro - 21/04 a 20/05

Conscientize-se das responsabilidades e maturidade necessária aos relacionamentos. Supere o medo da intimidade e de vínculos emocionais profundos. Seriedade nas relações. Não atribua aos outros as dificuldades que você deve superar em si mesmo, taurino.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

Reveja seus hábitos e rotina cotidiana, a fim de melhorar a qualidade de vida. Momento de ajustes, de aprimoramento, de percepção do que precisa ser curado e aperfeiçoado. Saúde e trabalho são os temas da semana. E como as emoções neles interferem.

Câncer - 21/06 a 20/07

Uma vida afetiva mais plena é o grande desafio e busca canceriana. Percepção da maturidade emocional necessária para lidar com seus sentimentos e desejos. Interesses criativos e questões que envolvem crianças assumem um tom mais sério.

doloresmaggioni@terra.com.br

Solilóquio

Carolina Dallegrave

P

ara comemorar seus 85 anos de história, o Clube Santa Rita organiza para este sábado um jantar dançante de aniversário. O evento que celebra a data inicia às 21h, e terá animação da banda Clave de Prata e show com Fabiano Feltrin. Os ingressos para o casal podem ser adquiridos na secretaria do clube com Gabriela, das 13h às 17h30min, ao preço de R$ 150,00. O baile é uma tradição do clube e sempre é organizado no último sábado de maio. Neste ano, 250 casais são esperados para a festa. Haverá também a coroação das novas soberanas do Santa Rita. Serão coroadas Lauren Cristina Galafassi, como rainha; Paula Cristina Canzan e Andressa Cristina Zanco, como princesas. De acordo com Gilmar Gasperin, secretário do clube, o evento tem o propósito de valorizar a história da tradicional entidade farroupilhense. “Ao longo de seus 85 anos, o Santa Rita se consolidou com o propósito de ser um local para as pessoas poderem se divertir, dançar e jogar futebol, uma tradição que se perpetua ao longo do tempo. Esse é um evento importante porque destaca as pessoas que, durante essa jornada, construíram a história desse que é um dos gran-

Leão - 21/07 a 20/08

Questões familiares, privadas e emocionais dão o tom astrológico desta semana aos leoninos. Perceba como o que você vivenciou na infância tem influência sobre o seu comportamento. Lar, imóveis e intimidade são temas que requerem muita maturidade, leonino.

Vírgem - 21/08 a 20/09

Perceba como tem se comunicado e se está falando o que verdadeiramente sente. Desafios envolvendo o uso inteligente e maduro de conhecimentos e habilidades, virginiano. Cuidado com a tendência à repressão e ao controle excessivo. Saiba fluir.

Líbra - 21/09 a 20/10

Deve utilizar seus recursos materiais com responsabilidade e consciência, libriano. Percepção de talentos adormecidos que requerem expressão. Enfrente seus medos. É necessário agir com cautela nas questões financeiras. Mas isso não significa medo.

Escorpião - 21/10 a 20/11

Lua e Saturno estão conjuntos em seu signo. Maturidade nas questões emocionais é o desafio. Cuidado com repressão e inconsciência dos sentimentos. Intimidade desafiadora. Construção de uma nova identidade. Percepção diferente de si e de suas responsabilidades.

Sagitário - 21/11 a 20/12

Introspecção e reflexão sobre questões emocionais são importantes aos sagitarianos. O que você tem evitado encarar por medo ou por um sentimento de inadequação? Perceba os temas emocionais que se repetem em sua vida e o que eles mostram sobre você.

Capricórnio - 21/12 a 20/01

Semana que enaltece questões vinculadas às amizades, a empresas e a grupos. Percepção do seu papel na sociedade e se tem abraçado as responsabilidades nele envolvidas. Restrições emocionais podem significar a necessidade de repensar as suas atitudes.

Aquário - 21/01 a 20/02

Momento que evoca as responsabilidades aquarianas relacionadas à carreira. Questionamento sobre as realizações, projetos e ambições realmente relevantes a você. Possibilidade de conflitos envolvendo autoridades, poder e chefia, aquariano.

Peixes - 21/02 a 20/03

Como está vivenciando a espiritualidade? Fase de aprimoramento de conhecimentos. Questionamento das verdades, crenças e ideais que norteiam a sua vida, pisciano. Invista em estudos e viagens que lhe dão uma perspectiva mais profunda e madura da vida.

|7

Degusto calmamente a última xícara de chá. Lá fora a noite inunda de negro a rua mal iluminada. Abro a persiana à espreita dos vultos alongados e disformes, pela sombra da lâmpada. Pouco a pouco, crescem sons, vozes, tosses, pigarros, cuspindo em cadência e implodindo a multidão de sombras em frenética e sonora densidade. Sem nenhum aviso prévio, um gigante caleidoscópio invade a sala e começa a jogar imagens nas paredes em rotação alucinante e infinitamente parecidas com um filme expressionista. Os flashes compõem um mosaico e eu posso perceber o inteiro caos desta sociedade em que vivemos. Eu entendo claramente que temos vampiros de carne e osso, e nossos anjos, o que mais podem, é acenar lenços brandos na praça. Como diz o sociólogo Herbert Viana, um dos exageros dos dias atuais é a busca exagerada pela beleza. Uma coisa é saúde, outra é obsessão. O mundo pirou, enlouqueceu. Hoje Deus é a autoimagem. Religião é dieta. Fé só na estética. Ritual é malhação. Amor é cafona, sinceridade é careta, pudor é ridículo, sentimento é bobagem. Gordura é pecado mortal. Ruga é contravenção. Roubar pode, envelhecer não. Estria é caso de polícia. Celulite é falta de educação. Filho da puta bem sucedido é exemplo de sucesso. A sociedade consumidora, a que tem dinheiro, a que produz, não pensa em mais nada além da imagem, imagem, imagem, imagem, estética, medidas, beleza. Nada mais importa. Não importam os sentimentos, não importa a cultura, a sabedoria, o relacionamento, a amizade, a ajuda, nada mais importa. Não importa o outro, o coletivo. Jovens não têm mais fé, nem idealismo, nem posição política. Adultos perdem o senso em busca da juventude fabricada. Uma sociedade de adolescentes anoréxicos e bulímicos, de jovens lipoaspirados, turbinados aos 20 anos. Nada sensato. E principalmente porque nos desperta para algo que somos horrorosamente massacrados e expostos todos os dias. Liga a TV... lá estão os esquálidos. Vemos uma revista de moda... puro osso. Ir a uma loja de departamentos? Se estiver um pouco acima do padrão, nada serve... é realmente horrível o que fazem de nós. Existe, infelizmente, em nossos dias, uma inversão de valores: mais vale morrer de inanição, em virtude de uma visão distorcida do que é beleza, do que fazer amigos andando na praia e de noite encontrar essa turma para comer pizza e jogar conversa fora. Qual a graça de viver de regime, atormentar-se a ponto de mudar os peitos, o traseiro, o nariz... ficar linda de morrer e depois passar horas no consultório de um psiquiatra querendo que ele descubra do onde vem o vazio de sua vida. Como diz Herbert, claro que todo mundo quer ficar legal e caber nas roupas... mas, alto lá! Andar de bicicleta no parque, correr na praia, levar o cachorro para passear vale a pena. As pessoas felizes não são as mais bonitas, mas as que sabem ver o melhor de cada situação. Há que se trazer à tona que existem valores mais importantes do que a beleza, dinheiro ou fama. Se você é rico, bonito, sofre um acidente e perde um membro, o seu dinheiro vai comprar a melhor prótese artificial do mundo... mas continuará sendo artificial. Vale muito mais a pena nos apegarmos às pessoas que nos querem bem, do que se tornar um objeto do desejo de consumo para ser exibido. Conclui Herbert. “Que as pessoas discutam o assunto. Que alguém acorde. Que o mundo mude. Que o amor sobreviva”. Verdade pura e simples. “Se uma mulher tem brilho nos olhos, nenhum homem irá reparar se tem rugas em volta deles. Todo mundo pensando em deixar um planeta melhor para os nosso filhos. Quando é que pensarão em deixar filhos melhores para o nosso planeta?”. * Escritora


Sétima Arte

Ficha Técnica

Flashdance Direção: Adrian Lyne Roteiro: Tom Hedley e Joe Eszterhas Gênero: Romance/Musical Duração: 94 minutos País: Estados Unidos Ano de produção: 1983 Estúdio: Polygram Pictures Distribuição: Paramount Pictures Nota: 8

Flashdance

Embalada por um sonho e alguns hits Ao completar 30 anos, “Flashdance” segue como uma referência musical dos Anos 80, na trama que conferiu notoriedade ao britânico Adrian Lyne e à bela Jennifer Beals Divulgação

F

lashdance não foi seu filme de estreia (seu primeiro trabalho foi Foxes, em 1980), mas é como se tivesse sido. O britânico Adrian Lyne dirigiu, há 30 anos, uma das tramas que marcou os Anos 80, sendo o terceiro mais assistido da década. Muito por conta de Jennifer Beals e Giorgio Modorer. A primeira pela beleza e por protagonizar um papel complexo. O segundo pela grande trilha sonora, até hoje reverenciada. Em Pittsburgh, Alexandra Owens (Jennifer Beals) é uma jovem que tem uma ambição: integrar o elenco do renomado Conservatório de Balé da cidade. Porém, para isso, precisa de um convite do comitê para dançar em frente a alguns membros da Companhia de Repertório. Sem família, tem na ex-bailarina Hanna Long (Lilia Skala) uma espécie de tutora. Foi ela que lhe mostrou os encantos do balé clássico e a incentiva a tentar ingressar neste universo restrito. Mas até lá, Alex precisa se virar. Durante o dia, ela trabalha duro como funileira na construção civil e à noite ganha a vida dançando no Mawby’s Bar. Lá ela encontra suporte para continuar lutando com amigos que têm metas similares. Jeanie Szabo (Sunny Johnson) sonha ser uma patinadora profissional e Richie Blazik (Kyle Heffner) um comediante de sucesso. No entanto, ela trabalha como garçonete no local e ele como cozinheiro. Alex sabe o que deseja, mas se sente intimidada cada vez que tenta se inscrever para ter uma chance de ingressar no Conservatório. É um mundo estranho à sua realidade, incomum à sua rotina. Em pouco tempo, sua beleza acaba

chamando a atenção de Nick Hurley (Michael Nouri), seu chefe. Inicialmente hesitante quanto a qualquer tipo de contato, aos poucos a temperamental Alex acaba se envolvendo com Nick, uma relação um tanto quanto intensa e impulsiva (serviu ela de base para o doentio envolvimento de Mickey Rourke e Kim Basinger em 9 ½ Semanas de Amor, filme mais notório do cineasta, três anos mais tarde?). Embora haja segurança na relação, Alex visivelmente se sente desconfortável. É hora de transformar seu sonho em realidade.

Trilha sonora

No ritmo de Jennifer Beals: em Flashdance jovem tem grande atuação da carreira e será eternamente lembrada pelo papel da batalhadora e idealista Alex, ícone de uma geração

Globo de Ouro Venceu Trilha Sonora Original Canção Original (What a Feeling) Concorreu Filme em Comédia ou Musical Atriz em Comédia ou Musical (Jennifer Beals) Canção Original (Maniac)

Oscar Venceu Canção Original (What a Feeling) Concorreu Canção Original (Maniac) Fotografia Edição

O grande destaque de Flashdance, além de Jennifer Beals, é sem dúvida a trilha, assinada por Giorgio Modorer, especialmente com o trio de hits que remetem à trama: as dançantes “What a Feeling”, de Irene Cara, e “Maniac”, de Michael Sembello (as duas concorreram ao Globo de Ouro e Oscar de Melhor Canção Original, um feito raríssimo), e a balada “Lady, Lady, Lady”, de Joe Esposito. Duas semanas após o lançamento, a trilha sonora já havia vendido mais de 700 mil cópias.

Bem oitentista

Visualmente Flashdance é um clássico filme dos Anos 80. Há componentes comuns aos longas da época que remetem a uma espécie de saudosismo de quem viveu no período. Os mais visíveis na trama são o processo de urbanização progressivo e sem volta e o movimento disco, dois ícones que marcaram a nostálgica década.


YAMAHA YAMAHA FAZER 600 FZ6 S 2006 CINZA .................2.500,00 YAMAHA XT660R 2008 AZUL .................................22.000,00

Veloster 1.6 16V 140cv Automático 12 ....... 72.000 Gol 1.0 8V completo 11 .............................. 27.500 Doblô 1.4 ac/dh 11 .................................... 43.900 C3 Excl 1.4 flex completo 10 ...................... 29.500 Fiesta 1.0 Hatch Completo 09 .................... 25.900 Strada Track 1.4 cab. stend. 09 .................. 27.900 Focus Sedan 1.6 Completo 09 .................... 29.500 Focus Hatch Completo 08 ........................... 29.500 Focus Sedan 2.0 GLX Aut Com. 08 .............. 30.500 Celta 1.0 08 ............................................... 18.500 Punto 1.4 C/ Direção 08 ............................ 27.800 Fiesta 1.0 sedan 08.................................... 27.500 C3 1.6 EXCL completo 07 ........................... 21.500 Palio 1.3 Fire 4p 07 .................................... 18.500 Gol 1.0 4p 06 ............................................. 18.500 Astra Sedan Ele. Multi Power 05 ................. 25.500 KA 1.0 Ar Q, Limp, Desemb 04 .................... 13.800 Siena ELX 1.0 16v c/dh 01 ...........................17.900 Gol GIII 1.6 -Ar C/ Rodas, Trava 00 ...............15.500 Gol 1.0 16v 99 ..............................................11.500 Fiorino IE furgão 98 .................................... 13.000 Courier 1.4 kit gás 98................................. 11.500 Gol 8v 1.0 98 ............................................. 11.500 Parati 1.6 Com Kit Gás 97 .......................... 11.700 Escort 1.8 Com Kit Gás 96 ......................... 7.500 Uno 1.0 ELX 4P Elétrico 94......................... 8.800 Verona 1.6 GLX 90 ..................................... 8.700 Chevette kit gás 88 .................................... 3.500 608 Carroceria 84 ...................................... 37.000 608 Carroceria 82 ...................................... 37.000

YAMAHA XTZ 250 TENERE 2011 PRETA ................11.500,00 YAMAHA XTZ 250 X LANDER 2008 PRETA ..............8.500,00 YAMAHA YBR 125 ED 2009 PRETA ..........................4.700,00 YAMAHA YBR 125E 2002 PRATA ..............................2.900,00 YAMAHA YZF R6 600 2008 DOURADA ..................39.000,00

SUZUKI SUZUKI DL 650 VSTROM 2011 LARANJA ..............29.900,00 SUZUKI GS 500 E 2008 PRETA ..............................15.500,00 SUZUKI GSX R 1000 2009 BRANCA ......................42.000,00

KAWASAKI KAWASAKI NINJA 250R 2009 VERMELHA ............13.500,00 KAWASAKI NINJA 250R 2010 VERMELHA .............13.000,00 KAWASAKI ZX6R 2008 VERDE ...............................35.000,00

HONDA HONDA CB 300R 2011 PRETA ...............................11.000,00 HONDA CB 300R 2012 VERMELHA .......................11.800,00 HONDA CB 600F HORNET 2008 PRETA ................26.500,00 HONDA CB 600F HORNET 2010 PRETA ................28.500,00 HONDA CBR 1000 RR 2008 VERMELHA ...............42.000,00 HONDA CBR 1000 RR 2007 PRETA .......................38.000,00 HONDA CBX 250 TWISTER 2008 PRETA ................. 7.500,00 HONDA CG 125 FAN KS 2007 PRETA ......................3.700,00 HONDA CG 125 KS 2003 VERDE .............................3.000,00 HONDA NX 400 FALCON 2006 CINZA ....................11.000,00

HB20 1.6 pronta entrega

HONDA NXR 125 BROS ES 2003 BRANCA .............4.500,00 HONDA SHADOW 750 2008 PRATA .......................23.000,00

Astra hatch automatic completo preto Astra hatch completo + teto azul Besta GS 12 lug. branca Blazer DLX compl. + GNV preta Brava completo champagne Celta 1.0 VHC 4p branco Celta 1.0 VHC 2p nranco Corsa Hatch 1.0 Maxx VHS comp. -ar branco Corsa Pick Up 1.6 branca Cross Fox 1.6 prata Ecosport XLT 2.0 preta completa + couro Escort SW completo prata F75 Ford aberta 4x4 amarela pronta para trilha Fiesta Hatch 1.0 completo -ar branco Fiesta Sedan 1.6 completo prata Fit LXL mec. completo vermelho Focus GL 1.6 completo prata Focus Sedan completo preto Gol G3 power 1.6 4p prata Gol G4 1.0 4P c/direção hidráulica prata Honda Civic SI completo vermelho Ka GL 1.0 prata Ka Image 1.0 completo -ar preto Kadett GL completo -ar cinza Kangoo passageiro prata L200 GLS 4x4 preta completa Palio 1.6 2p completo -ar Palio Weekend 1.5 Vermelha Parati 1.6 G4 completa -ar branca Ranger cabine dupla diesel completa 4x4 preta RAV 4 completa automática prata S10 cabine dupla 4x4 diesel comp. prata S10 cabine simples gasolina 2.4 prata Scenic expression completa automatic azul Scenic RT 1.6 prata Stilo completo prata Twister CBX 250 vermelha Vectra Elegance completo dourado Mini van towner 8 lugares 12 Corsa sedan 1.0 prata 00 Corsa HatCH wind 1.0 2p verde 99 Ka 1.0 prata 99 Corsa 1.0 2p branCo 96 voyage 1.6 prata 93 Monza sle CoMpleto azul 91 Mini van towner 5 passageiros azul 97 ybr 125e preta 07

03 99 98 98 02 05 04 05 01 08 04 97 77 03 07 08 05 03 03 06 08 06 99 95 04 04 96 97 07 01 05 01 02 06 03 07 08 06

r$ 20.000 r$ 13.900 r$ 10.900 r$ 9.500 r$ 8.900 r$ 8.500 r$ 7.500 r$ 7.500 r$ 2.900


serva. Interessados entrar em contato pelo fone (54) 9968-0419. Vendo Saveiro 1.6, ano 94, IPVA 2013 pago, placas novas refletivas, toda revisada. Excelente estado. Valor R$ 13.500,00. Interessados entrar em contato pelo fone (54) 9937.6804. Vendo topic, cor verde, ano 95 modelo 96. Em 贸timo estado. Interessados entrar em contato pelo fone (54) 9140-4762 ou (54) 3268-0162. Vendo corsa GL 1.4, ano 1995, segundo dono, manual e chave re-

Procura-se ajudante de carga e descarga. Interessados ligar para (54) 9991-8393. Tratar com Charles.


(54)8421-0402.

Vendo Maq. Injetora de Peças Técnicas Van Dorn, 120 tonel 300gr, ano 1993 revisada, e em perfeito estado, ótima oferta! Interessados ligar para o fone (54)3268-2071. Vende-se geladeira Electrolux DF39, 348litros, com frost free embaixo e cozinha completa preta e branca com balcão pia, paneleiro, balcão micro-ondas e aéreo. Interessados entrar em contato pelo fone (54) 9158.4865. Vendo Fiorino 1.5 aberta, ano 1997, revisada, IPVA pago e particular. Valor R$: 9.800,00. Placa IGE 0372. Interessados ligar para o fone (54) 3268-1773,

Vendo Palio Fire Flex, ano 2009, cor cinza, 4 portas. Valor R$ 20.500,00. Interessados entrar em contato pelo fone (54) 9911.6635. Vendo Blazer DLX 4.3 + Gnv, ano 1997, cor branca. Valor R$ 19.000,00. Interessados entrar em contato pelo fone (54) 9911.6635. Vendo zafira CD, ano 2004, cor branca, 7 lugares. Valor R$ 29.000,00. Interessados entrar em contato pelo fone (54) 9911.6635. Vendo S10 2.8, 4x4, diesel, gabinada, ano 2002, cor cinza nobre com 116000 km original. Valor R$ 44.000,00. Interessados entrar em contato pelo fone (54) 9926.8017.

Civic LXS mecânico preto 2009 ..........................R$ 42.900,00 Civic LXS automatic cinza 2008 ........................ R$ 37.900,00

C4 PALLAS 2010 PRETO .......................................A CONSULTAR C3 GLX 1.4 2010 PRATA ............................................ 27.000,00

VOLKSWAGEN JETTA 2.5 2008 CINZA ..................47.000,00

CRV AUTOMÁTICA 2010 PRATA.............................A CONSULTAR NOVA ECOSPORT FREESTYLE 0KM ....................A CONSULTAR ECOSPORT FREESTYLE 2009 PRETA ..................A CONSULTAR

UNO MILLE FIRE 2006 VERMELHO .........................11.800,00

TOYOTA TOYOTA SW4 D 1997 PRETA .................37.000,00

PALIO FIRE 2P 2001 BRANCO ..................................12.300,00 FIESTA SEDAN 2005 PRATA .......................................23.500,00 FIESTA SEDAN COMPLETO 1.6 PRATA..................A CONSULTAR

FUSION CEL 2008 PRETO..........................................43.500,00

FORD ECOSPORT XLS 2008 PRATA ....................34.000,00

VECTRA CD 1997 CHUMBO ......................................15.800,00

FIAT SIENA 1.4 2011 PRATA ....................................33.500,00

CORSA SEDAN 1.0 LIFE 2006 ..................................16.800,00

GOLF FLASH 1.6 2006 PRETO .................................31.000,00

GOL 1.0 16V 4P 1998 BRANCO ...............................12.300,00 AUDI A3 2.0 TURBO 2008 PRATA ..............................64.800,00

Vectra GLS branco 1999 .....................................R$ 14.000,00 Celta verde 2002 .................................................R$ 13.500,00

MITSUBISHI PAJERO GLS V6 1999 BRANCA ......26.500,00

Golf 1.6 cinza 2000 .............................................R$ 22.000,00 Golf 1.6 verde 2001.............................................R$ 20.000,00

GM PRISMA JOY 2009 CINZA ..................................22.500,00

Scenic RXE completa aut. cinza 2002 ...............R$ 19.900,00 Clio Sedan 1.0 completo prata 2006 .................R$ 19.500,00

FORD FOCUS 1.8 2001 MARRON .........................19.500,00

Clio Hatch 1.6 completo prata 2001 .................R$ 13.900,00 Palio EX 4p completo verde 2003 ......................R$ 16.500,00

VOLKSWAGEN SAVEIRO 1.8 2001 PRATA ...........19.500,00

Uno Smart branco 2001...................................... R$ 9.900,00 Mondeo SW verde 1998 .....................................R$ 11.000,00

VOLKSWAGEN GOLF 2000 VERDE ......................18.500,00

Besta GS 12 lug. branca 2001 ...........................R$ 22.900,00 Kadett prata 1993 ...............................................R$ 7.500,00

GOL 1.0 8V COPA 2006 VERMELHA ..................... 17.500,00

Toyota Hilux SW4 branca 1998 ...........................R$ 38.000,00 Voyage CL azul 1991 ............................................R$ 7.500,00

GM CORSA CLAS. 2003 BRANCA .......................... 13.500,00

Parati CL branca 1991 .........................................R$ 7.500,00 Santana CL 4p cinza 1991 .................................. R$ 6.000,00

FORD MONDEO GUIA V 6 1999 AZUL .................. consultar

HONDA CG 150 TITAN MIX EX 2010 LARANJA ............ 6.500,00 HONDA CBX 250 TWISTER 2005 VERMELHA ............. 5.800,00 HONDA CG 150 TITAN ESD 2008 AZUL ........................ 5.500,00 HONDA BIZ 125 ES 2007 PRETA .................................. 4.800,00 HONDA CG 150 TITAN KS 2007 PRATA ........................ 4.700,00 YAMAHA YBR 125 2008 PRETA .................................... 4.300,00 YAMAHA YBR 125K 2008 PRETA ................................. 4.300,00 HONDA CG 125FAN 2007 VERMELHA ......................... 3.900,00 HONDA CG 125 FAN 2008 PRETA ................................ 3.800,00 HONDA CG 150TITAN KS 2004 AZUL ........................... 3.800,00 HONDA XLX 250 1989 BRANCA .................................... 3.500,00

Gol 1.0 4p 16v bordô 2001.................................R$ 13.500,00 Peugeot Partner branca 2008 ............................R$ 18.500,00

VOLKSWAGEN GOLF 2001 PRATA .........................22.000,00

GOLF SPORTLINE 2008 PRETO ...........................A CONSULTAR FOX ROUD 4P 1.0 COMP. -AR 09 VERMELHO ..........25.800,00

Corsa Hatch Max vermelho 2006 .......................R$ 22.000,00 Corsa Pickup 1.6 preta 1999 ..............................R$ 14.000,00

FORD FOCUS 1.6 FLEX 2008 PRATA ...................28.0000,00

CORSA WIND 1.0 C/DIREÇÃO 2001 BRANCO..........13.800,00 PAJERO TR4 4X4 GASOLINA 2007 PRATA ................42.800,00

Audi A3 1.8 T prata 2003 ....................................R$ 25.000,00 Corsa Classic branco 2011 .................................R$ 22.900,00

GM ASTRA SEDAN ADVANTAGE 2007 BRANCA . 28.000,00

ASTRA HATCH CD 2004 PRATA .................................25.500,00 CORSA 1.0 1996 BRANCO .........................................8.500,00

Ecosport XLT freestile prata 2007 ......................R$ 32.000,00 Corola XEI automático prata 2005 .....................R$ 29.900,00

CHEROKEE LIMITED 5.8 4X4 1997 BORDO ............25.300,00 VECTRA EXPRESION 2008 PRATA ............................32.800,00

Focus Sedan 2.0 prata 2011 ..............................R$ 42.000,00 Focus Sedan Guia prata 2001 ............................R$ 19.500,00

FOCUS GLX 2.0 2009 PRETO ....................................42.800,00 FOCUS 2008 1.6 BRANCO.........................................26.800,00

Focus Hatch 1.6 preto 2005 ..............................R$ 21.000,00 Focus Hatch azul 2001........................................R$ 18.900,00

TOYOTA COROLLA XLI16VVT 2007 BEGE ............35.000,00

DOBLO ADVENTURE 2009 PRATA .......................A CONSULTAR PALIO EDX 4P 1999 VERDE ......................................13.000,00

Focus Hatch 1.6 cinza 2012 .............................. R$ 41.900,00 Focus Hatch 1.6 prata 2008 ...............................R$ 26.500,00

ONIX 1.0 BRANCO ................................................A CONSULTAR TOYOTA SW4 4WD 2008 PRATA ...........................A CONSULTAR

HONDA CBR 450 SR 1991 AZUL .................................. 9.800,00

Megane Grand Tour aut preto 2010 .................R$ 39.900,00

CG 150 KS vermelha 2008 ................................. R$ 4.000,00 XTZ 125 branca competa .................................... R$ 4.000,00

SAVEIRO 1.6 CS 2011 VERMELHA ........................ consultar

Neo 115 completa azul 2008 ............................. R$ 4.500,00

FORD NOVA ECOSPORT TIT. 1.6 2013 BRANCA ... consultar

www.bortolinimultimarcas.com.br

YAMAHA YBR 125 K 2008 PRETA ................................ 3.500,00 YAMAHA YBR 125K 2004 PRATA ................................. 3.500,00 HONDA CG 125 TITAN KS 2004 VERDE ....................... 3.300,00 HONDA 2002 VERMELHA .............................................. 3.200,00 YAMAHA YBR/125 E 2004 ROXA ................................ 3.200,00 HONDA CG TITAN KS 2002 AZUL ................................. 3.000,00 HONDA XLX 250 1987 VERMELHA .............................. 2.800,00 HONDA XL 250 1985 PRETA ........................................ 2.700,00 YAMAHA YBR 125 2001 VERMELHA ........................... 2.500,00 HONDA CG 125 TITAN 1998 AZUL ............................... 2.300,00


JUMPER F35 MH 23S 2010 BRANCA .....................53.000,00 BLAZER ADVANTAGE 2006 PRATA ...........................33.000,00 ZAFIRA CD- 7 LUGARES 2004 BRANCA ..................30.000,00 PARATI 1.8 COMF. FLEX/GN 2006 BRANCA ...........24.000,00 PALIO FIRE FLEX 2009 CINZA .................................19.700,00 VECTRA CD 2.2 1998 VERDE ..................................16.500,00 GOL 1.6 C/ D.H 4P 2000 CINZA .............................15.500,00 CORSA SEDAN 2000 CINZA .....................................13.500,00 SANTANA 2.0 2001 CINZA .......................................13.000,00 SANTANA GLSI 2000 1992 BRANCA ......................12.500,00 GOL 16V 2000 BRANCA ..........................................12.000,00 KADETT GSI MPFI 1995 VERMELHA .......................10.500,00 FIESTA 1.0 1998 PRATA .............................................8.700,00 CORSA WIND 1997 BRANCA .....................................8.000,00 KADETT GL 1994 VERMELHA ...................................8.000,00 KOMBI ENVIDRAÇADA 1996 BRANCA ...................... 7.200,00 VOYAGE/ RELÍQUIA 1986 CINZA ...............................6.700,00 CHEVETTE SL 1.6 S 1989 VERMELHA ......................4.800,00 CG 125 FAN 2008 PRETA ..........................................3.500,00


Vendo som automotivo contendo um m贸dulo digital de 2500W RMS est茅reo som com amplificador 2K5, um m贸dulo B.Buster 2400W 600 RMS, dois autofalantes SubWoolfr Hinor Nokaut 2K5 15 polegadas com 1250W RMS cada um, e uma corneteira com 4 cornetas. Valor de R$ 1.600,00, interessados entrar em contato pelo fone (54)-9661-3832. Vende-se Notebook Positivo 3D, 2Gigas, 320HD, Windows 8, dois meses de uso, completo. Valor R$: 600,00. Interessados ligar para (54) 8422-8445. Tratar com Gilberto.


Quer vender, alugar, trocar e fazer um bom negócio? Anuncie nos classificados do Jornal Informante, a melhor alternativa para você sempre fazer um bom negócio. Ligue (54) 3401-3200 e anuncie no melhor semanário do Rio Grande do Sul. Vendo terreno no bairro Imigrante na Rua Plínio Bartelle. Bem localizado, com metragem 14x75m de frente por 26m de comprimento. Ótima posição solar e excelente preço. Interessados entrar em contato pelo fone (54) 9997.1923 ou (54) 9923.1186. Vendo terreno de cooperativa. Contato pelo fone 54-9690-1136.


Compro terreno de cooperativa, mesmo que esteja em atraso. Pagamento à vista. Interessados entrar em contato pelo fone (54) 9925.2068 ou 8419.5688. Vendo casa na praia! Em Torres com 2 dormitórios grandes, cozinha, banheiro, garagem para 3 carros, pátio cercado. Localizado no bairro São Jorge. Valor R$ 80.000,00. Interessados entrar em contato pelo fone (54) 9684.6995. Aluga-se apartamento novo. Para casal. Localizado no bairro São Luiz. Interessados entrar em contato pelo fone (54) 9951.3583. ViaFácil VENDE! Aptos no Splendore Dona Otília, RS122, km62, com ampla estrutura de lazer: Apto térreo c/49m², 2dorm, ág.qte, box privativo: R$ 112 mil. Aptos c/62m², 3dorm, ág.qte, estacionamento coberto, prontos para morar, a partir de R$ 137 mil; Nenhuma unidade se enquadra no Programa MCMV. Fone: 3035 1300 Creci 32292 Vendo terra de 7000m. Localizado em São Vendelino. Lugar calmo e banhado por arroio. Valor R$ 34.000,00. Interessados entrar em contato pelo fone (54) 9971.8990 com Fernando. PROCURO CASA PARA ALUGAR! Com 2 dormitórios direto com proprietário nas mediações dos bairros, São José, São Francisco e São Luiz. Pago um mês adiantado. Interessados entrar em contato pelo fone (54) 9697.0149 com Eliana.


www.jornalinformante.com.br

JORNAL

Noivas & Festas

INFORMANTE COMPROMISSO COM A CIDADE

Parte integrante da Edição 277 do Jornal Informante. Não pode ser vendido separadamente 24 de maio de 2013

Tudo para um casamento ideal Do convite às alianças, da decoração ao vestido e do bolo às fotos, dicas importantes para tornar sua cerimônia matrimonial perfeita e inesquecível Divulgação


Muito trabalho antes do “sim” Sempre levando em consideração o gosto e o orçamento dos noivos, a organização da festa tem papel fundamental para que tudo saia perfeito no dia da festa pedido foi feito e o sim dito. Nesse momento, que traz uma avalanche de emoções, fica a dúvida: como organizar todos os demais pormenores do casamento. É nessa hora que a colaboração de um cerimonialista se torna imprescindível. Seu papel está em auxiliar os noivos nos preparativos, sendo o responsável por contatar fornecedores, estabelecer cronogramas e apresentar orçamentos, ou mesmo organizar a cerimônia e a festa, para que tudo no grande dia funcione. Seja clássica, moderna, rústica ou colorida, nenhum detalhe da festa pode ficar sem atenção. De acordo com Simone Balbinot Colombo, proprietária da D&C Cerimoniais, que atua há seis anos no mercado de festas e eventos, atualmente não há uma tendência na organização do casamento. O que existem são itens que surgem com maior frequência e que se adequam ao

estilo e gosto dos noivos. “O que se vê é uma forma de jogar o buquê e lembrancinhas diferentes, e se aconselha na parte de decoração, principalmente o clássico, porque ele nunca vai envelhecer”, observa. Ela destaca entre os elementos que mais estão aparecendo nas cerimônias, são fotos instantâneas do casal e convidados, reveladas e entregues durante o próprio evento como recordação. “Acrescenta-se a isso a distribuição de buquesinhos ou pulseiras de flores para as madrinhas, jogar um Santo Antônio em vez de um buquê, a distribuição de chinelos durante a festa e árvores de recados onde os convidados podem colocar mensagens de felicitação para os noivos”, enumera Simone. Como pode-se notar, a moda na organização de casamento está em personalizar, deixando Planejamento: tempo ideal para a organização da cerimônia e da festa leva, em média, de oito meses a um ano tudo com a cara dos noivos.

Divulgação

O


Convites mais diferenciados Entre algumas das tendências para este ano estão os modelos mais rústicos, descolados e personalizados, mas os clássicos continuam na moda ofisticados e elegantes ou simples e discretos. Os convites de casamento são uma das peças fundamentais para a cerimônia. Com o avanço da tecnologia, eles se tornaram um dos pontos altos da organização do evento, aparecendo em uma variedade de modelos. A moda é inovar, e não faltam opções para isso. Em 2013, algumas tendências têm se sobressaído. O estilo natureza é um deles. Convites em papel craft e com uma canela ou graveto decorando, que remetem ao meio ambiente. Uma sugestão é embrulhar o envelope em juta, dando um toque rústico, já que o estilo é ideal para festas organizadas ao ar livre, sejam elas no campo ou na praia. O modelo descolado também está em alta. Convites contendo caricaturas do casal ou desenhos dos dois são uma

opção. Criativos e personalizados, não há quem não goste de recebê-los. Para os tradicionais, o estilo clássico e clean continua em voga. Neste modelo incluem-se rendas, laços e monogramas em alto relevo. Tudo para deixar o convite ainda mais sofisticado. A gerente administrativa Amanda Almeida, da D’E Grafia Comunicação Visual, ressalta que os convites não seguem um padrão específico, mas adaptam-se ao gosto de cada cliente. “O que se percebe é uma preferência pelas cores mais claras, pelo papel aspen e enfeites básicos como laços e strass”, informa. A modernidade é outra tendência que aparece com tudo nesse ano. Uma das apostas muito difundidas é um vídeo do casal chamando para a cerimônia. Contudo, antes de pensar no convite, é preciso ficar atento ao Save

Divulgação

S

Tradicional: convites brancos com enfeites com pérolas, laços e rendas estão entre as preferências dos noivos

the Date. Muito propagado em todas as partes do mundo, consiste em um aviso aos convidados para guardar a data. Pode ser um souvenir, um imã

de geladeira, ou mesmo um e-mail. O essencial é que o dia mais especial para os noivos não seja esquecido. Feito isso, é só curtir o mo-

mento. Independente do estilo, seja clássico, descolado ou moderno, o importante é escolher o que se encaixa perfeitamente com você.


Joia, símbolo do casamento As alianças representam a união do casal e entre os modelos mais procurados estão as linhas tradicionais, com gravação dos nomes dos noivos aterialização da união, as alianças representam o laço físico que marca o casamento. Mais simples, mais trabalhadas, com brilhantes, lisas, tudo depende do perfil do casal. O importante é que marque, de fato, o momento que se inicia com a promessa de ser duradouro. Simboliza o compromisso e a união afetiva e por isso mesmo acompanha a trajetória do casal, sendo, na maioria das vezes, usada durante todo o casamento. “As peças mais pedidas são as tradicionais, também as com pedras e as anatômicas por proporcionarem maior conforto no uso”, explica Magali Calera, proprietária da Joalheria Calera, destacando ainda que acontece a personalização em praticamente todas as peças com pequenas gravações internas como o nome dos noivos, a data do casamento, palavras ou sím-

bolos, até mesmo pensamentos podem ser gravados, que se completam quando unidas as alianças. “É difícil vendermos um conjunto sem gravação. A personalização já faz parte das peças”, complementa. O uso da aliança surgiu entre os gregos e romanos, tendo provavelmente por origem um costume hindu de usar um anel para simbolizar o matrimônio. Os romanos acreditavam que no quarto dedo da mão esquerda passava uma veia diretamente ligada ao coração, portanto, representava o amor e, assim, por meio da forma circular, sem começo nem fim, demonstra-se a continuidade deste sentimento. Itens indispensáveis, as alianças são duradouras e exigem uma pesquisa quanto ao modelo ideal, já que, de fato, acompanharão o dia a dia do casal, simbolizanCom pedras, lisas ou os modelos mais tradicionais, o certo é que as alianças não podem faltar na cerimônia do a própria união.

Divulgação

M


Flores que dão requinte à festa A decoração é um atrativo à parte nos casamentos, une elementos que garantem ares de comemoração, tornando a recepção ainda mais especial lores são o grande destaque nas decorações das festas. Apostando em cores mais vibrantes ou em tons mais suaves, são elas que dão toda a delicadeza e elegância à recepção. Flores de campo, alguns tipos de folhagens, arranjos mais simples ou flores pujantes devem traduzir a essência do casal. Vale lembrar ainda que os acessórios como velas, porta-retratos e castiçais garantem um ar romântico e deixam o espaço mais aconchegante. Alguns casais optam por imprimir um ar bem pessoal na decoração utilizando mural de fotos que contam a história do namoro e noivado, até mesmo objetos que têm significado importante podem ser expostos, como cartões de uma viagem, presentes trocados durante a convivência, quadros e outros adornos que buscam dividir com os convidados a trajetória dos noivos.

“Os casamentos voltaram a ter uma cara padronizada, são poucos os noivos que abusam de cores e fogem do tradicional branco. Em relação à utilização de objetos, todos são tão importantes. Tanto as flores, pois a decoração se completa inclusive nos pequenos detalhes, como os usados nos guardanapos. Vidros, taças, cachepôs, castiçais e velas sempre são ótimas opções para a decoração de um casamento e, muitas vezes, surgem alguns objetos que marcam um período, como as gaiolas, lampiões e alguns mobiliários de madeira de demolição que tem sido bastante usados no momento”, destaca Aline Siqueira que há três anos está à frente da Eventu’Al Decorações, empresa com 17 anos de atividades no mercado. Há alguns casais que escolhem ainda flores da estação, muitas vezes por terem melhor

Divulgação

F

Acessórios e flores deixam a decoração mais clássica ou contemporânea, de acordo com o perfil dos noivos

preço e maior oferta no mercado, outros já elegem as que são de sua preferência. De um modo em geral, como lembra

Aline, as rosas brancas são as mais pedidas na decoração da festa. Já na igreja, os adornos são mais contemporâneos, sem

exageros, utilizando poucos tecidos, flores mais delicadas, tudo arrematado pelo tradicional tapete vermelho.


O vestido ideal para marcar o d Uma das maiores preocupações da noiva é justamente encontrar um modelo que ressalte sua beleza, traduza sua personalidade e a deixe elegante e

E

ste é um dos itens do casamento que mais exigem atenção: a busca pelo modelo atual, pelo corte que melhor marca a silhueta, que valoriza os pontos altos, que esconde as imperfeições e que ao mesmo tempo espelha a personalidade. O tomara-que-caia é um dos prediletos, permite uso de volume na parte inferior do vestido, ou ainda tem a opção de uma peça com caimento mais colado ao corpo. Por deixar à mostra os ombros é sempre elegante e contemporâneo. A produção pode ainda ser arrematada com um véu, pequena coroa ou flores no cabelo, dando ares mais clássicos ou jovial, dependendo da festa e do estilo da noiva. Outro elemento geralmente presente nos vestidos e que se mantém em alta são as rendas. Por conferirem ares românticos e elegantes, elas são escolhidas pela delicadeza, pela sensualidade e por utilizarem transparência com pedrarias e outros bordados. Quanto à cor,

a unanimidade é o branco. Tons como pérola também têm vez e como uma das tendências está chegando o “off white”, que são aqueles vestidos não exatamente brancos, mas que não chegam ao tom champagne ou ao rosé, ficam num meio termo. Esta seria uma boa cor para sair do tradicional e diferenciar-se. Acessórios que finalizam o traje como os sapatos, brincos, colares ou luvas são outras peças que exigem cuidado na hora da escolha para que não haja exageros e para que a uso de um não interfira na harmonia do conjunto. Para valorizar a produção e encher ainda mais de história a subida ao altar, pode-se utilizar algum acessório que tenha história na família, tendo sido usado na cerimônia de casamento da própria mãe, como por exemplo uma coroa, um véu ou mesmo uma joia. Modelos com renda nunca saem de moda e os tomara-que-caia são os prediletos das noivas que buscam uma produção mais contemporânea


Fotos: Divulgação

dia dos sonhos segura para assumir um dos compromissos mais importantes de sua vida

Combinação entre a cor do buquê e o sapato da noiva é uma alternativa para alegrar o look

Buquê da noiva

Uma das tendências é o uso do buquê colorido combinando com o sapato, onde a noiva pode misturar azul, bordô, amarelo, vermelho. Como o vestido é claro, o destaque fica ainda maior. Há possibilidades de inovações também como o uso de pérolas junto às flores, pimentinhas, laços e rendas. Os arranjos também podem ser arredondados ou em formato cascata. Na hora de jogá-lo às solteiras, novas brincadeiras estão sendo realizadas como a do buquê com fitas, onde a noiva vai cortando os laços e a última que sobrar ganha o ramalhete. Pode também ser guardado numa caixa com correntes e cadeado, onde cada solteira recebe uma chave e aquela que conseguir abrir é a premiada. Algumas noivas optam ainda por jogar, ao invés das flores, um boneco de Santo Antônio confeccionado em tecido para dar ainda mais sorte às amigas solteiras em busca do par ideal.


Naked Cakes estão em alta Bolos sem cobertura são uma das inovações no mundo da confeitaria, mas os tradicionais e brancos continuam sendo a preferência dos noivos omposos ou delicados, os bolos de casamento são uma atração à parte no dia da festa. Grandes ou pequenos, adornados ou não, eles produzem um charme à decoração dos espaços. Em 2013, formas geométricas mais femininas continuam populares. Bolos dourados e pintados à mão também ganham espaço pelo seu estilo único e sofisticado. Lilian Martins, da Confeitaria Sabor & Arte, ressalta que a tendência atual engloba bolos de casamento mais tradicionais, cobertos com pasta americana. Segundo ela, isso sempre leva em consideração o orçamento dos noivos, procurando-se um modelo que se encaixe em seu perfil. “A tendência é um bolo mais branco e clean. Tudo em busca de um bolo elegante e sofisticado para que o casal possa ousar mais na decora-

ção”, informa. Conforme ela, os noivos buscam agradar a maior parte dos convidados. Por esta razão, a preferência normalmente é pelos sabores mais clássicos que incluem ovos moles, creme de coco e chocolate. Lilian salienta que um dos formatos que têm se evidenciado também é o dos “Naked Cakes”, bolos de casamento sem cobertura que dão uma ideia mais rústica. No local da tradicional decoração de glacê e pasta americana, o bolo recebe frutas, açúcar polvilhado, entre outros ingredientes. Outras tendências que podem ser visualizadas são o degradê e a decoração em relevo, que proporciona um toque moderno e delicado ao bolo. Textura nas coberturas, com adornos como flores, laços e pérolas também são sensação.

Fotos: Divulgação

P

Na confecção dos bolos de casamento, adornos que remetem ao casal e flores continuam fazendo sucesso


Os noivos no topo do bolo Artesã cria bonecos que caracterizam o casal para decorar a torta de casamento, arte que faz sucesso entre os convidados e integra a decoração arte se chama biscuit e é com esta técnica que trabalha Claudia Zucco Mugnol, moradora da Rodovia dos Romeiros. Em certos meses chega a atender encomendas de até 10 casais e assegura que a melhor propaganda é o boca a boca, quando uma noiva gosta e vai dando a dica para as amigas. Além de casamentos, há encomendas ainda para aniversários, Bodas de Ouro, formatura, 15 anos e outras festividades. A artesã também confecciona lembrancinhas tanto para festas quanto as de nascimento, personaliza potes, porta-canetas, porta-retratos e muito mais. A massa que utiliza é feita de maisena, cola, vaselina líquida e vinagre ou limão, que é preparada com todo o capricho, sendo o biscuit também conhecido como porcelana fria. A produção é feita a partir de

fotos e de uma conversa com os noivos que descrevem a situação a ser representada. Daí em diante, é com a artesã, que coloca toda a família envolvida na produção, ajudando na coloração da massa e na modelagem, mas a finalização vem das mãos da própria Claudia, que também é costureira, dona de casa, agricultora e tem como forte característica o seu senso de perfeição. “Se não ficou bom eu desmancho e faço tudo de novo. Tenho que gostar, é um trabalho de paciência que me realiza muito. O melhor é ver a satisfação dos noivos quando olham os bonecos, se reconhecem e gostam”, destaca Claudia, explicando ainda que a maioria dos trabalhos tem um apelo de brincadeira e descontração. “A personalização é o que faz a diferença e é isso que os noivos buscam. Situações e detalhes

Juliana Inês Casa Barbieri

A

Claudia trabalha com biscuit e recebe encomendas para casamentos, aniversários, Bodas de Ouro e outras festividades

que representam a personalidade do casal. Então, os pedidos são desde camisetas de times de futebol, reprodução de carros, cenas da profissão e animais de estimação”, afirma. O trabalho teve início há

12 anos, quando resolveu aprender a técnica para confeccionar as lembrancinhas de aniversário de um ano de sua filha, Camila. Fez cursos e foi pegando o gosto pela arte. Recebeu encomendas de ami-

gos e familiares e logo mais já estava dando aulas de biscuit e conquistando sua clientela. Suas produções podem ser conhecidas na Fan Page da artesã no endereço facebook. com/biscuitclaudia.


Um registro à altura dos sonhos Cada vez mais ousados e diferenciados, os ensaios de casamento têm trazido mais emoção à fotografia, deixando o padrão posado de lado ara que um casamento seja marcante alguns fatores são indispensáveis na sua organização. Não basta o vestido perfeito, uma cerimônia inesquecível, um bolo delicioso e uma festa de arrasar. Um dos momentos mais emocionantes e esperados precisa de um registro à altura. É necessário estar ligado nas tendências em fotografia para não correr riscos nesta ocasião especial. Atualmente os registros são marcados por cliques espontâneos, que lembram muito o estilo do Fotojornalismo. Detalhes inusitados dos momentos clássicos da cerimônia e da festa têm tornado mais criativos os álbuns de casamento. Seja com familiares e padrinhos ou do vestido da noiva, toda foto ganha um novo olhar nas poses que não podem faltar. O cuidado com a composição das fotografias também é

importante. Os ensaios se destacam pela sutileza, trazendo elementos vistos nos editoriais de moda. Antes mesmo da cerimônia, muitos aderem ao “pré-wedding”, com fotos do casal no dia a dia, ou mesmo ao “first look”, estilo bastante difundido nos Estados Unidos, que captura o momento em que os noivos, já prontos, se veem pela primeira vez, horas antes do casamento. “Os ensaios ocorrem normalmente antes do dia da cerimônia, para que os noivos possam compartilhar as fotos com os convidados por meio de um quadro do casal, um painel ou mesmo passando um DVD com o material”, revela o fotógrafo Risclif Spinelli, da Multifotos Eventos e Fotografia Industrial. Ele destaca que a tendência em fotografia de casamento atualmente é a realização de ensaios em ambientes exter-

nos, sendo o estúdio deixado de lado. Spinelli destaca ainda que as fotos posadas têm perdido espaço para ensaios mais soltos e espontâneos, que deixam o resultado melhor. Outra tendência é o chamado “Trash the Dress”. Importado dos Estados Unidos, designa um ensaio que leva em consideração a diversão. Consiste em eternizar momentos descontraídos do casal, com os trajes de casamento, mas depois da cerimônia, em ambientes que variam de fazendas e centros urbanos a praias. Um estilo que também se evidencia é o “bridal session”, com fotos tiradas no dia da prova de maquiagem da noiva. É tanta variedade que fica difícil escolher. O “Trash the Dress”: apenas uma das tendências que têm se evidenciado nos últimos tempos

Divulgação

P


O espaço ideal para a sua festa Um dos primeiros itens para o planejamento do casamento é a escolha de um ambiente adequado que combine conforto, segurança e praticidade ara que tudo funcione no dia do casamento, outro cuidado que os noivos devem tomar é a escolha do salão de festas adequado. Seja em um local convencional, no campo ou no hotel, o casal precisa ficar atento a uma série de fatores para que o evento não se torne um problema. Entre os primeiros que merecem atenção estão o orçamento disponível e o local comportar o número de convidados à festa. Uma das dicas importantes nesse planejamento é checar se a segurança do estabelecimento está em dia, para que nenhum imprevisto surja. Nesse quesito estão inclusos desde cuidados com a questão do alvará de funcionamento até a própria segurança dos convidados. Escolher um salão com boa localização também é um ponto que merece atenção, para facilitar o acesso de todos ao

local. Conferir se o espaço possui ar condicionado e permite a colocação de telões e aparelhos para a exibição de vídeos e imagens também deve estar na lista das exigências. Locais que apresentam ambientes diferenciados, capazes de comportar todos os tamanhos e estilos de festas, são uma boa escolha para os mais contemporâneos. “Um conjunto de elementos fazem a festa ser um sucesso, e incluem um bom atendimento, cardápio, decoração, organização do salão dentre uma infinidade de coisas. Não há algo que se sobressaia, tudo deve trabalhar em harmonia”, comenta Silvio Lucian, administrador do Restaurante Parque dos Pinheiros. Optando pelo salão adequado a cada ocasião e ficando atento a todos os detalhes, a festa de qualquer casal certa- Salões com ambientes diferenciados colaboram para tornar qualquer festa de casamento mais agradável mente será um sucesso.

Divulgação

P


www.jornalinformante.com.br

JORNAL

INFORMANTE

Ronda Charrua 60 Anos

COMPROMISSO COM A CIDADE

Parte integrante da Edição 277 do Jornal Informante. Não pode ser vendido separadamente 24 de maio de 2013

CTG Ronda Charrua

Seis décadas de muita história Entidade tradicionalista farroupilhense completa 60 anos de vida na próxima terça e prepara série de comemorações para celebrar a emblemática data História

Condutores

Ideais preservados ao longo do tempo, uma marca do CTG

Os patrões que ajudaram a construir uma rica história

Página 2

Páginas 6 e 7

Patrão

Memória

Rafael cativa família e segue os passos do pai na patronagem

Cuias relembram fatos expressivos da trajetória

Página 3

Páginas 8 a 10

Família

Celebração

Silvia e Suélen, as Biazoli precursoras do amor à entidade Página 4

Ampla programação para assinalar o 60º aniversário

Invernadas

Orgulho de mostrar a tradição do Ronda Charrua nas competições

Página 5

Página 11


Legado transmitido de geração em geração é base para a trajetória do CTG Ronda Charrua

A

mor a uma causa. É o que explica o que aconteceu em Farroupilha há quase 60 anos. O município, ainda jovem, e que serviu de Berço da Imigração Italiana no Rio Grande do Sul, viu nascer uma entidade que cultuava às tradições gaúchas. Se há certas restrições atualmente, imagina na época. Ângelo Venzon Neto, Benito José Fattori, Wilson Capsi e Genaro Rodrigues tinham o tradicionalismo nas veias. Foram eles que fundaram, no coração da Serra, o primeiro Centro de Tradições Gaúchas (CTG) da região. Foi o quarteto que, com muita luta, manteve viva uma tradição que, ao longo dos

anos, ganhou novos adeptos. O Ronda Charrua nascia tendo o pioneirismo como uma de suas marcas registradas. Uma leitura do livro “Ontem, Hoje e Sempre”, escrito para celebrar a passagem dos 40 anos do CTG, fornece a precisa dimensão da dificuldade dos primeiros passos, do empenho de seus idealizadores, da coragem de seus fundadores que, atualmente, são citados pelos mais jovens com orgulho. Integrantes que sequer tiveram contato com os que iniciaram o trabalho, mas que mantém intacto o respeito e satisfação por compartilhar, ainda que em momentos distintos da história, uma identidade comum. Esse orgulho pôde ser visto pelo Jornal Informante na confecção deste Caderno Especial. Nossa sincera gratidão às irmãs Silvia e Suélen Biazoli, a Marilia Valmorbida, a Elisette Dall

Onder Stockmanns e ao patrão Rafael Tronco, que não mediram esforços em cooperar para a produção deste material. Ele é apenas um simples registro, mas que tem o propósito de contribuir para enaltecer uma entidade tradicionalista que orgulha todos os farroupilhenses. Imagem: Reprodução

O livro “Ontem, Hoje e Sempre” e Ângelo Venzon Neto, o primeiro patrão do Ronda Charrua: história revisitada

Divulgação

Respeito à tradição


Meia vida integrada ao Ronda Patrão mais jovem da história do Centro de Tradições Gaúchas, Rafael Tronco relembra sua trajetória dentro do grupo que está prestes a celebrar 60 anos Carolina Dallegrave

(veja galeria nas páginas centrais deste Caderno Especial) e até sua irmã caçula Gabrieli também integrou o Ronda durante um tempo. Rafael não esconde que sempre alimentou o desejo de ser patrão do CTG. Tinha na experiência paterna um espelho, um exemplo a ser seguido. Ele admite que as circunstâncias fizeram seu sonho se transformar em realidade antes do que esperava. Sem chapa inscrita para concorre à patronagem, o jovem decidiu que havia chegado a hora de seguir os passos paternos. “Desde 2010, iniciamos um processo de retomada na Invernada Adulta e era necessário manter a estrutura, o trabalho, preservar essa reestruturação”, comentou Rafael, que rompeu algumas barreiras ao se tornar o mais jovem patrão da história do Ronda Charrua ao assumir o posto no ano passado, aos 23 anos. Ou seja, hoje aos 24, Rafael tem metade da vida vinculada ao CTG farroupilhense. Não é pouca coisa.

F

oi em 2000, com 12 anos de idade, que o tradicionalismo conquistou Rafael Tronco. Ao ver apresentações de Centros de Tradições Gaúchas durante a Semana Farroupilha, o jovem estudante não teve dúvida de que parte de seu futuro e de sua própria formação seria dentro de um CTG. “Pedi para minha mãe (Liane) comprar uma pilcha. Com a indumentária, solicitei para que me levasse ao CTG. Através do Clair (Israel da Silva), que tinha um filho que dançava, tive meu contato inaugural com o Ronda. O professor já me colocou para dançar no primeiro dia”, relembrou Rafael. Após dois anos na Invernada Mirim, passou um ano na Juvenil e em 2003 fez sua estreia no Enart (Encontro de Arte e Tradição), na Adulta. O interesse pela área foi tamanho que Rafael subverteu uma lógica. Geralmente os filhos acabam ingressando no CTG por influência dos pais. No caso do patrão foi ele que estimulou os pais a terem contato com a entidade. Sua mãe Liane é coordenadora da Adulta, seu pai Nelci foi patrão durante duas gestões

A gestão 2012/2013

Fazendo história: Rafael, o patrão mais jovem do Ronda

Patrão (presidente): Rafael Tronco Capataz (vice-presidente): Segundo Biazoli Capataz (vice-presidente): Alfeu Pontel Sota-capataz (secretário): Rafael Crippa 2ª sota-capataz (vice-secretária): Arlete Zanco Agregada das pilchas (tesoureira): Marília Valmorbida 2ª agregada das pilchas (vice-tesoureira): Miriam Zamboni


Tradição perpetuada em família Franciele Costa

Irmãs Silvia e Suélen Biazoli relembram momentos marcantes do CTG e mostram orgulho de fazer parte da história recente da entidade tradicionalista farroupilhense

O

Ronda Charrua tem sua trajetória intimamente ligada à família Biazoli, mais especificamente por conta das irmãs Silvia e Suélen. Convidadas pelo Jornal Informante para falar sobre o CTG, era visível o orgulho e a satisfação de integrarem a trajetória contemporânea da entidade tradicionalista. Faltou tempo, sobraram boas histórias. Foi Silvia a primeira a manter contato com o Ronda. As irmãs Elenice e Cristiane Girelli convidaram a prima inúmeras vezes para participar de ações e viagens com a entidade. Devilda, mãe de Silvia, era outra incentivadora. A própria Silvia admite que foi complicado, mas quando o contato ocorreu, durante um Rodeio em Capão da Canoa, foi paixão à primeira vista. “Comecei tarde no CTG, aos 16 anos. Entrei em 1991, dancei até o final de 1995 e retornei em 2006, quando a Suélen começou a concorrer nos concursos de prenda e a dançar na Invernada Adulta, que era meu chão”, relembra Silvia, que foi 2ª prenda adulta do Ronda. Esse hiato temporal, contudo, foi insuficiente para enfraquecer seu laço com o CTG. Ela continua vinculada à entidade, embora atue mais nos bastidores atualmen-

As irmãs Silvia e Suélen durante o Encontro de Arte e Tradição, em Santa Cruz do Sul, no ano passado: laços que vão além do sangue e se estendem também pelo tradicionalismo

te. A jornada da irmã caçula começou bem mais cedo. “Praticamente nasci lá dentro. No Fegart de 1992, já estava no meio do pessoal,”, assegura Suélen que, à época, não tinha completado seu primeiro ano de vida. Foi prenda Dente de Leite aos 3 anos, 1ª prenda juvenil e adulta, tanto do Ronda quanto da 25ª Região Tradicionalista. Como estudou no Colégio Nossa Senhora de Lourdes, teve aulas de dança com o professor Rogério da Silva, que ministrava aulas também no CTG.

Suélen passou a integrar o Ronda junto com a colega de classe Gabrieli Tronco, irmã caçula do atual patrão Rafael. As irmãs Biazoli acabaram, a exemplo do que ocorreu com o patrão, incentivando os pais Segundo e Devilda a se integrarem à entidade. O casal recebe o carinho de todos, especialmente dos pequenos. Em 2007, Suélen concorreu no Regional de Prendas e teve que fazer um trabalho sobre a bandeira do CTG. Ou seja, realizou uma imersão cultural na história do Ronda. Poucos compo-

nentes dentro do grupo possuem mais conhecimento sobre a jornada da entidade do que a jovem, que percebeu de forma mais palpável a evolução do CTG ao longo dos anos. “Vi diversos Rondas, mas o mesmo orgulho. Isso é fundamental. As pessoas lembram da entidade com afeto, com carinho. Podem ter participado, não ter ganho nada em competições. Não importa. O sentimento é único, de pertencimento à entidade”, relata Suélen, destacando como o CTG é bem quisto. “Onde quer que a gente vá as pessoas gritam o nosso nome, não hesitam em dizer que são fãs do Ronda. Isso é muito especial”, enfatizou Suélen. Há razões para esse caráter agregador e cativante do Ronda. Ele também aconteceu por conta da entidade não ter, durante muito tempo, uma sede. Suélen revela que, em sua pesquisa, verificou que não teve clube na cidade que não sediou alguma atividade do Ronda. Logo, Farroupilha passou a ser, de fato, a casa do CTG. Um dos motivos para essa aceitação é simples. O Ronda Charrua dança por prazer, para se divertir, por respeito às tradições. Claro, extensivo a quem ajudou a construir essa trajetória. Muitos ex-integrantes do grupo, que moram fora da cidade, já confirmaram presença nas festividades dos 60 anos. Sinal de carinho, prestígio e respeito. Sinal de que o Ronda constituiu, ao longo de sua história, uma verdadeira e numerosa família.


Orgulho de ser Ronda Charrua É

Farroupilhenses no Encontro Internacional de Folclore, em Concepción, no Chile (acima), e no 33º Rodeio Crioulo Internacional de Osório, disputado no final de semana passado Deivis Bueno

visível entre os integrantes do Ronda Charrua, o orgulho em fazer parte da entidade tradicionalista. Porém, em eventos oficiais, como Rodeios e especialmente o Encontro de Arte e Tradição (Enart), em Santa Cruz do Sul, que era o antigo Festival de Arte e Tradição (Fegart), disputado na cidade, esse sentimento aflora de uma maneira evidente. “Procuramos participar dos principais concursos do ano, até mesmo para termos um parâmetro para o Enart, que acontece no terceiro final de semana de novembro”, revela o patrão Rafael Tronco. No ano passado, o Ronda ficou em 6º contando a história do Capitão Rodrigo, o clássico personagem imortalizado por Erico Verissimo na antológica trilogia “O Tempo e o Vento”. A temática

deste ano está escolhida, mas ainda é segredo de Estado. “Temos ela definida, mas não pode ser revelada. Vai ser algo grandioso, isso eu posso garantir. Melhor que a estrutura do ano passado”, assegura o patrão. Para a disputa em Santa Cruz, as 25 danças tradicionais não mudam, o que acontece é a substituição de seis danças por edição do Enart. Ou seja, 19 são ensaiadas, até mesmo porque o sorteio da dança é feito 30 minutos antes da apresentação. Atualmente, compõe a Invernada Adulta 20 peões e 18 prendas, mas o Ronda está aberto a novos integrantes, especialmente de farroupilhenses, já que a maioria dos que participam do grupo são de fora da cidade. Outra característica do CTG é o intercâmbio com outras culturas. No ano passado, o Ronda foi convidado e participou do Festival del Malambo, que ocorreu em Laborde, na Província de Córdoba, na Argentina. Neste ano, foi a Concepción, no Chile, onde se apresentou na 6ª edição do Encontro Internacional de Folclore.

Marilia Valmorbida

Participação em competições tradicionalistas é momento ideal para CTG externar todo sentimento de satisfação em integrar uma entidade histórica


Os que ajudaram a sedimenta

Dentro das festividades de 60 anos do CTG, entidade tradicionalista farroupilhense inaugura a Galeria dos Ex-Patrões, uma forma de prestar uma jus

Ângelo Venzon Neto Patrão 1953/1956, 1959/1961 e 1961/1962

Jacinto Feltrin Patrão 1956/1957

Juarez Silva de Souza Patrão 1957/1959

Dante Sérgio Maccari Patrão 1962/1963

Joaquim da Silva Patrão 1969/1970 e 1970/1971

Ernesto da Patrão 197 e 1981/19

Luiz Antônio Faustino da Silva Patrão 1984/1986

Noivar Pessin Patrão 1988/1989 e 1989/1993

Ernani Moreira Patrão 1994

Edson Luiz Doncatto Patrão 1995

José Alencar Barbosa Patrão 1996/1997

Roberto B Patrão 199

Embora não disponham de registro fotográfico, também integram a grupo de ex-patrões


ar a jornada do Ronda Charrua

sta homenagem e reconhecimento aos que contribuíram para a perpetuação de uma rica trajetória, que chega a seis décadas de vida na próxima terça

a Silva 71 982

Biondo 98/1999

Valdomir Scussel Patrão 1972/1973

Pedro Gaviraghi Patrão 2000/2001

Ricieri Olivio Colferai Patrão 1975/1976, 1976/1977 e 1977/1979

Ildo Fagherazzi Patrão 2002/2003

Ricardo Ló Patrão 1979/1981 e 1982/1983

Nelci José Tronco Patrão 2004/2005 e 2008/2009

s Alziro Inácio dos Santos (patrão em 1962) e João Boeira Duarte (patrão de 1973 a 1975)

Elizario Paim Nery Patrão 1983/1984 e 1986/1988

Arlindo Mendes de Aguiar Patrão 2006/2007

Alvino Cassanta Patrão 1984

Remi Chiele Patrão 2010/2011


Cuias preservam história do CTG Marilia Valmorbida

Principais fatos da trajetória da entidade tradicionalista farroupilhense estão registrados em um dos símbolos máximos de integração da cultura gaúcha

U

m dançarino do Ronda Charrua fez, por conta, uma cuia com o logotipo do CTG. Com a proximidade dos festejos de 60 anos, a diretoria achou a ideia interessante e, de pronto, pensou na possibilidade de fazer uma campanha para comercialização e leilão de cuias. Em alusão à data, 60 cuias materializam os principais fatos que marcaram a jornada do Ronda, não necessariamente uma por ano. “Elas serão vendidas a R$ 60,00. As mais significativas, da fundação (número 1), da conquista do Fegart (34) e dos 60 anos (60), serão leiloadas”, explicou Rafael. A cuia contará com o logotipo alusivo às seis décadas de história, o ano e a atividade específica desenvolvida no período. Junto com a cuia, o adquirente receberá um certificado explicando o fato que foi rememorado (veja lista até a página 10).

Cuias comemorativas dos 60 anos do Ronda Nº 1 – Fundação Em 1953, com o lema “Pelo Rio Grande, o Rodeio das Tradições”, CTG Ronda Charrua é fundado por Ângelo Venzon Neto, Wilson Caspi e Genaro Rodrigues Nº 2 – Congresso Tradicionalista Em 1954, Ronda Charrua participa do 1º Congresso Tradicionalista de Santa Maria Nº 3 – Camperiada Crioula Em 1955, CTG participa da Grande Camperiada Crioula no Festival Campeiro que ocorreu no Cine Guarany Nº 4 – Criação Museu Crioulo Em 1956, foi criado o Museu Crioulo e, durante a Semana Farroupilha, acontece exposição de quadros e objetos nas lojas Bartelle, Merlin, Dalva e Farinon


Nº 5 – Congresso Tradicionalista de Alegrete Em 1957, durante o 4º Congresso Tradicionalista de Alegrete, Benito Fattori apresenta a tese “Os Centros Tradicionalistas e a Difusão das Tradições Gaúchas”, aprovada por unanimidade Nº 6 – Hora da Tarde Em 1958, Ronda inicia participação no programa Hora da Tarde, na Rádio Caxias Nº 7 – Registro dos Estatutos Em 1959, ocorre o Registro dos Estatutos do CTG no Cartório de Registros Nº 8 – Ala Feminina do CTG Em 1960, é criada a Ala Feminina do Ronda Charrua Nº 9 – Flâmulas do Ronda Charrua Em 1961, foram criadas flâmulas do CTG Nº 10 – Museu Ângelo Venzon Neto Em 1962, é criado o museu e batizado com o nome de Ângelo Venzon Neto, primeiro patrão do CTG Nº 11 – Reorganização do Ronda Em 1969, é dado início ao processo de organização do Centro de Tradições Gaúchas

Nº 12 – Busca da Chama Crioula Nº 18 – Rodeio Nacional de Caxias Em 1970, é a realizada a primeira do Sul busca da Chama Crioula em Farroupilha Em 1976, CTG participa do 1º Rodeio e Odila Idalina da Silva, esposa do patrão Nacional de Caxias do Sul e promove a Joaquim da Silva , é a madrinha do CTG e reformulação de seus estatutos também responsável pela confecção da primeira bandeira Nº 19 – 24º aniversário Em 1977, Ronda participa do 2º Nº 13 – 18º aniversário Rodeio Nacional de Caxias do Sul e reEm 1971, CTG celebra 18 anos e aliza a entrega de carteiras de sócios posteiro de Paixão Cortes ensaia a in- permanentes a Ângelo Venzon, Alziro vernada Inácio dos Santos, Benito Fattori e Ernesto da Silva Nº 14 – 19º aniversário Em 1972, um baile realizado na SoNº 20 – Inauguração do Rondinha ciedade Recreativa Rio Burati comemora Em 1978, em alusão aos 25 anos do os 19 anos do Ronda Charrua CTG, é feita a inauguração do Rondinha com Baile Gaúcho Oficial e celebração Nº 15 – Doação de terreno e 20 Anos da emancipação do município Em 1973, o Ronda recebe a doação de um terreno para construir sua Nº 21 – Romaria a Caravaggio sede e o 20º aniversário é celebrado Em 1979, CTG capitaneia a 1ª Rocom um churrasco no Círculo Operário maria dos Cavalarianos ao Santuário de Farroupilhense Nossa Senhora de Caravaggio, com missa crioula, e que teve continuidade até a Nº 16 – 21º aniversário 8ª edição Em 1974, CTG celebra os 21 anos de trajetória Nº 22 – Registro Civil Em 1979 ocorre o Registro de EntidaNº 17 – 22º aniversário de Civil do Ronda sob o nº 6997 Em 1975, Ronda comemora seus 22 anos e promove o Baile da Semana FarroupiNº 23 – Baile do Gaúcho lha, em 20 de setembro, no clube 1º de Maio Em 1980, em alusão ao aniversá-

rio do município, é realizado o Baile do Gaúcho Nº 24 – Mobral Em 1981 foi realizada a fase regional do Mobral em Farroupilha, realizado pelo CTG Ronda Charrua em parceria com a prefeitura e o Movimento Tradicionalista Gaúcho Nº 25 – 29º aniversário Em 1982, em comemoração aos 29 anos do Ronda, é realizado um baile de aniversário Nº 26 – 30 Anos do CTG Em 1983 é comemorada três décadas de história do Ronda, realizada edição do Baile do Gaúcho e promovida uma reforma dos estatutos da entidade Nº 27 – Regimento Interno Em 1984 é criado o Regimento Interno do CTG e realizada a 8ª edição do Mobral, evento itinerante que passa a ser fixo em Farroupilha Nº 28 – 9º Mobral Em 1985 é realizada a 9ª edição do Mobral e tem início a negociação com o prefeito Wilson Cignachi para a construção da nova sede do Ronda


Nº 29 – Fegart Em 1986 é contratado o professor Paulo dos Passos, de Lagoa Vermelha, e acontece a participação da Invernada Artística de Danças no 1º Festival Gaúcho de Arte e Tradição (Fegart), criação do Departamento de Cultura e Tradicionalismo

Nº 36 – Campeão Brasileiro de Danças Gaúchas Em 1991, durante o 2º Rodeio dos Campeões em Soledade, promovido pela Confederação Brasileira de Tradição Gaúcha (CBTG), a Invernada Adulta do Ronda Charrua é campeã brasileira de Danças Gaúchas

Nº 30 – Galeria dos Ex-Patrões Nº 37 – Inaugurada atual sede Em 1986 é criada a Galeria dos ExEm 1991, por meio da lei municipal -Patrões e o Livro-Ouro, que marca o re- 1858/91, é inaugurada a atual sede, gistro das indústrias que colaboraram evento que conta com a presença do para a construção da nova sede presidente do MTG, J. C. Alencastro, ex-patrões e autoridades locais Nº 31 – Reformulação dos Estatutos Em 1987 acontece a Reformulação Nº 38 – Prenda Mirim do RS dos Estatutos da entidade (utilizados Em 1991, Mayra Moreira, represenaté hoje), a participação da Invernada de tando o CTG Ronda Charrua e a 25ª RT, Danças e da Invernada Mirim na abertu- é eleita a 3ª prenda mirim do Rio Grande ra do II Fegart do Sul. No concurso interno de prendas, é a primeira vez na região que um CTG Nº 32 – Sarau de Prendas cria a modalidade Prendinha Dente de Em 1988 ocorre o 1º Sarau de Pren- Leite, vencida por Amanda dos Santos. das em um salão decorado, tendo como Elenice Girelli é eleita 1ª prenda da 25ª motivo a carreata que serviu de palco RT. No concurso Peão Farroupilha Repara a apresentação das prendas jo- gional, o representante é João Carlos da vens. Também acontece o 1º Concurso Fontoura. Por fim, é realizado a 1ª edição de Prendas, realizado nos moldes regio- do “Peraltices”, promoção das primeiras nais (gestão 88/89) e a participação da prendas mirins Invernada Adulta no III Fegart Nº 39 – Lagoa da Canção Nativa Nº 33 – Fandango do Lenço Em 1992, o Ronda participa da 2ª Em 1989 é realizado o 1º Fandango Lagoa da Canção Nativa e o conjunto do Lenço e a troca de faixas do Concur- de Rimas e Cordas se classifica entre so Regional de Prendas sediado pelo os 12 melhores com a música “Alma Ronda: Cláudia Trevisan (1ª prenda da de Pedra”, que foi selecionada para o 25ª Região Tradicionalista), Ariane Lau- CD do Festival. Daiana Garbin ganha o ra dos Santos (2ª prenda mirim da 25ª título de mais prendada prenda do 1º RT). É a primeira vez que o Ronda sedia Rodeio Nacional Piazito do XIX Rodeio o Regional. Também ocorre o 2º Sarau Internacional de Vacaria. Ainda no ano, de Prendas, com decoração de uma Viviane Feltrin é eleita rainha do Enconcasinha típica italiana e presença de tro das Tradições Italianas (Entrai), reAdriana Bitisk (1ª prenda do Rio Grande presentando o CTG do Sul), de Tramandaí Nº 40 – Fandango da Saudade Nº 34 – Campeão do Fegart e 40 Anos Em 1990, a Invernada Adulta do Em 1993, o CTG promove o FandanRonda Charrua é campeã do V Fegart go da Saudade, reunindo o grupo came também conquista o 3º lugar no peão do V Fegart para uma apresentaConjunto Vocal ção, e acontece o lançamento do livro “Ontem, Hoje e Sempre”, alusivo aos 40 Nº 35 – Coluna “Na Ronda do Ronda” anos de fundação do Ronda Charrua Em 1990 é criada a coluna “Na Ronda do Ronda”, no jornal O Farroupilha, Nº 41 – Encontro de Prendas realizada a 1ª Festa do Ginete, promodo Ronda ção do Piquete de Laçadores Peão CharEm 1994, a entidade tradicionalista rua, celebrada a festa de 37º aniversário promove o 1º Encontro das Ex-Primeiras com jantar em homenagem ao fundador Prendas, ocorre ainda a participação no Ângelo Venzon Neto, oficializada a bi- V Semicultur, em Criúva, e no 1º Enconblioteca do CTG, que recebeu o nome do tro Estadual de Prendas Mirins. Juliana primeiro patrão e, por fim, feita a despe- Buttelli, 2ª prenda da 25ª RT, apresenta dida da Invernada dos 10 pares o trabalho “Colonização Italiana no Rio

Grande do Sul”

Em 2002, durante o V Enart, Invernada Adulta leva o prêmio de Melhor Entrada

Nº 42 – Inauguração da cozinha Em 1995 é construída a cozinha, mesmo ano em que Olivo Girelli sagraNº 50 – 50 Anos -se campeão de Gaita de Boca no X FeEm 2003, Ronda chega a meio sécugart e também acontece a participação lo de história e celebra com uma semana no Baile de Integração do Parque Cin- de comemorações, no ano que também quentenário é reinaugurada a Galeria dos Ex-Patrões Nº 43 – Estatuto e Bandeira Em 1996 acontece a alteração de alguns artigos do estatuto e a reformulação da bandeira do Ronda, ano que também marca a participação da entidade no XI Fegart, o último realizado em Farroupilha

Nº 51 – Belendrengue no VIII Enart Em 2004, Belendrengue conquista o 7º lugar no Estado e o 3º em Coreografia de Entrada durante o VIII Enart, dança sob responsabilidade de Robson Cavalheiro e responsabilidade técnica de Rodrigo Gil e Ana Cláudia Morcelli

Nº 44 – 44º aniversário Nº 52 – 52º aniversário Em 1997, o Ronda Charrua chega Em 2005, Ronda celebra os 52 anos aos 44 anos de trajetória e a Invernada Adulta é campeã no XIV Rodeio Nacional do Campo dos Bugres Nº 45 – Inauguração do Museu Em 1998 ocorre a inauguração do Nº 53 – 53º aniversário Museu Ítalo-Gaúcho Campeiro Casa Em 2006, o CTG comemora 53 anos Ronda Charrua com café colonial e par- de existência ticipação das primeiras prendas no VII Encontro da Juventude Gaúcha em MonNº 54 – Bandeira nova tenegro, onde o CTG apresentou a sua Em 2007, seguindo alteração estahistória e as prendas estaduais desen- tutária, novas bandeiras foram confecvolveram projeto que solicita às prendas cionadas regionais conhecerem a jornada do Ronda, o mais antigo da Serra Gaúcha Nº 55 – 55º aniversário Em 2008, entidade tradicionalista Nº 46 – Noites Italianas celebra 55 anos Em 1999, são realizados jantares típicos italianos, denominados “Noites Nº 56 – Serrano Farroupilha Italianas”, com apresentação do Grupo Em 2009 é criada a música do Ronde Filó, coordenado por Ricardo Ló, e do da: “Serrano Farroupilha”, composição teatro Vanti in Drio de Jorge Marino Nº 47 – Melhor Coreografia do Enart Em 2000, durante o III Encontro Gaúcho de Arte e Tradição (Enart), em Santa Cruz do Sul, Invernada Adulta conquista o prêmio de Melhor Coreografia. Há ainda a participação dos membros da campeira no Rodeio Farroupilha, promovido pelo GT Os Farroupilhas, e no IX Festival Internacional do Folclore, realizado no Salão de Atos da UFRGS, em Porto Alegre, no dia 20 de setembro

Nº 57 – Melhor Musical Enart Em 2010, acontece o Encontro Invernada de Ouro (20 anos da conquista do V Fegart da Invernada Adulta) e Suélen Biazoli é eleita a 1ª prenda da 25ª RT. Também ocorre a Galeria de Prendas e Peões Regionais Nº 58 – Festimirim Em 2011, a Invernada Mirim conquista o 2º lugar no Festimirim, em Santa Maria

Nº 48 – Campeão do Planeta Gaúcho Em 2001, o Ronda é campeão, em Nº 59 – 21 anos da nova sede Danças Tradicionalistas, do Planeta Em 2012, entidade celebra 21 anos Gaúcho, realizado em Capão da Canoa, da nova sede e Daiane Zamboni é eleita e participa ainda da abertura da Sema- 1ª prenda da 25ª RT na Farroupilha em Porto Alegre e do IV Enart, onde a Invernada Adulta conquisNº 60 – 60 Anos do Ronda ta a Melhor Saída Em 2013, com série de celebrações, CTG Ronda Charrua comemora os 60 Nº 49 – Melhor Entrada do Enart anos de história


Motivos para celebrar não faltam Na próxima terça, Ronda Charrua completa 60 anos, mas comemorações vão muito além da data e iniciam no dia anterior, com um resgate histórico

A

berta ao público em geral, as celebrações do 60º aniversário do CTG Ronda Charrua estão prestes a iniciar. Elas começam na segunda, véspera do dia de sua fundação, e se estendem até outubro, quando acontece o III Encontro da Invernada de Ouro (veja atividades ao lado). “Na segunda, abriremos a Galeria ‘Ontem, Hoje e Sempre’, que é um resgate de fotos de 1953 até agora. Fizemos uma coletânea que resumisse a história do Ronda Charrua em dois quadros que representarão essa jornada, além de um breve histórico que conta toda a trajetória de uma forma especial”,

adianta o patrão Rafael Tronco. No dia seguinte, data da fundação, a sessão da Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton deixa seu tradicional endereço na Tiradentes, 411, e acontece na Rodovia dos Romeiros, 51, a sede da entidade tradicionalista, onde ocorre a inauguração de uma placa comemorativa das seis décadas de vida do Ronda, seguida de apresentação de Invernadas. As ações seguem com palestras, debates, jantares e bailes, eventos que serão realizados nas dependências do CTG. A organização é da Patronagem, Departamento Cultural e Comissão dos 60 Anos do Ronda Charrua. Mais informações pelo site www.ctgrondacharrua.com.br, pelo e-mail chasque@ctgrondacharrua. com.br ou pelo Facebook na Fan Page da entidade, www.facebook.com/ctgrondacharrua.

Programação 60 Anos do Ronda Charrua Segunda, às 19h30min Inauguração da Linha do Tempo “Ontem, Hoje e Sempre”, com a Exposição 60 Anos de História do CTG Ronda Charrua Terça, às 19h Sessão da Câmara de Vereadores com inauguração da placa dos 60 Anos, parabéns crioulo e apresentação de Invernadas Quarta, às 19h30min Missa Crioula Festiva e homenagens

campanha de combate à corrupção”, com participação de Manoelito Savaris (presidente do CBTG), Pedro Pedrozo (vice-prefeito), Jó Arse (vereador de Caxias do Sul) e Zanildo do Nascimento (tradicionalista), atividade realizada em parceria com a 25ª RT Dia 8/06, às 20h30min Jantar e Baile do Lenço Dia 23/06, às 8h Cfor e Cforzinho MTG, parceria com a 25ª RT

Dia 29/06, às 20h30min Jantar Dançante Regional, troca de faixas e Dia 4/06, às 20h Palestra “Família e tradição: dois contextos crachás prendas e peões 2013/2014, em parcediferentes, um objetivo comum”, proferida por ria com a 25ª RT Jair Lima, conselheiro benemérito do Movimento Tradicionalista Gaúcho, em parceria com a 25ª Dia 19/07, às 20h30min Noite Italiana com leilão das Cuias ComemoRegião Tradicionalista rativas (veja nas páginas 8 a 10) Dia 6/06, às 20h30min Dia 20/10, às 12h Mesa redonda com o tema quinquenal do MTG: “Movimento Tradicionalista Gaúcho engajado na III Reencontro da Invernada de Ouro


edicao_277  

edicao_277