Issuu on Google+

JORNAL

www.jornalinformante.com.br

@PaperInformante

INFORMANTE

Farroupilha Ano V - Edição 252 30 de novembro de 2012 R$ 2,00

COMPROMISSO COM A CIDADE

Matéria Especial

36º BPM preocupado com número de prisões no ano Páginas 2 e 3

Estímulo à produção textual Vitória Lovat

Política

Educação

Conheça mais sobre o futuro primeiro escalão Páginas 10 e 11

Segurança

Capitão Juliano e seus planos para a segurança Página 16

Esporte

Felipão despistou, mas acertou com a Seleção Página 17

Jornal criado pela estudante Maria Valentina Zen, que teve auxílio da professora Camila Portela (dupla à frente), é uma das muitas iniciativas desenvolvidas pelo 6º ano do Colégio Nossa Senhora de Lourdes, educandário que incentiva e reforça a importância da boa escrita – Página 12


2 | Sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Compromisso com a cidade

Matéria EspEcial

Farroupilha já registra 582 prisões O número reflete o trabalho que os policiais do 36º Batalhão de Polícia Militar realizaram no decorrer deste ano para garantir a segurança pública do município este ano, os policias do 36º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Farroupilha já efetuaram mais de 101 mil abordagens a pessoas na área da 1ª Companhia, que responde pela cidade e é, atualmente, comandada pelo capitão Juliano Amaral. O número é expressivo e, segundo o comandante do Batalhão, tenente-coronel Haroldo Edison Knebel, é dele que resultaram as 582 prisões feitas no município de janeiro até o final de outubro. Os dados do mês de novembro ainda não estão disponíveis. O 36º BPM também está em outras seis cidades, que são comandadas pela 2ª Companhia do Batalhão, que tem sede em Flores da Cunha e está sob o comando do capitão Márcio Leandro Silva da Silva, onde o número total de detenções ficou em 500. O tenente-coronel aponta os fatos com que fazem a cidade liderar o número de prisões. “Um fator que é muito importante para realizar a prisão do delinquente é o tempo em que a pessoa demora para

fazer a comunicação da Brigada Militar (BM) e o momento no qual aconteceu a ação criminal”, afirma Knebel. Quanto mais rápido a BM for acionada, mais chances os policiais têm de prender o criminoso, por isso a participação da comunidade têm grande importância para a garantia da segurança. “A nossa tropa aqui é excelente. Ela é comprometida com a comunidade, técnica e extremamente profissional. A maior parte dela mora da comunidade, podendo assim vivenciar e conhecer os moradores, além de receber diversas informações que são socializadas entre os integrantes e isso propicia mais detenções”, explica o comandante. Knebel afirma que as parcerias com o Movimento de Combate à Violência (Mocovi), Poder Executivo e Sindilojas também são essenciais para possibilitar mais recursos materiais, que ajudam a incentivar os policiais em suas atividades cotidianas e, assim, colaboram com a segurança pública de toda a área.

Elisa Rossi Kemmer

N

Abordagens realizadas durante o ano Tipo de abordagem Pessoas Veículos de passeio Motocicletas Táxis Transporte coletivo e escolar

Número total 101.432 41.689 6.832 3.108 996

Knebel: sucesso do trabalho policial depende, e muito, das informações recebidas da comunidade


Sexta-feira, 30 de novembro de 2012 | 3

Compromisso com a cidade

Matéria EspEcial

Ações que contribuem para a segurança onforme o comandante do 36º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Farroupilha, tenente-coronel Knebel, o grande número de prisões também é resultado das ações feitas durante o ano. Muitas, como o policiamento nas escolas, o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) e o policiamento ostensivo são voltadas à prevenção dos crimes. Ele cita ações em conjunto com a Polícia Civil como de grande importância para os moradores da cidade. Um exemplo aconteceu no primeiro semestre deste ano, quando o sequestro de um empresário da cidade foi evitado e uma quadrilha foi presa, sem que houvesse troca de tiros, graças ao compartilhamento de informações entre os dois órgãos e o trabalho integrado. “Durante 2012, também realizamos operações em conjunto com o 12º BPM de Caxias do Sul, apoiamos ocorrências das cidades de Caxias, Bento Gonçalves e Garibaldi em roubos

de grande porte. Foram feitas abordagens ao transporte escolar, em bares, bancos, casa noturnas, pedreiras, policiamento em jogos de futebol e patrulhamento em estabelecimentos comerciais”, enumera Knebel, salientando o trabalho intenso da Brigada Militar (BM) no combate ao crime. Conforme o comandante, o Pelotão de Operações Especiais (POE) tem participação efetiva nestes resultados, já que ele age em toda a área do Batalhão, em turnos e ações definidas pelo comando, conforme há necessidade. Ele ressalta que a comunidade auxilia esse trabalho, principalmente para os brigadianos que atuam no policiamento comunitário, já que foram os moradores que conseguiram adquirir, em 2012, oito metralhadoras e viaturas, que posteriormente foram doadas à BM. Knebel afirma que a situação

xxxxxxxxxx

Os futuros soldados devem reforçar o efetivo da corporação ainda em abril, para quando está prevista a formatura

da segurança pública na cidade deve ainda melhorar, já que está sendo formada uma turma de 30 futuros soldados no Batalhão, que devem permanecer aqui após concluírem a formação, que está prevista para abril.

Eles já ingressaram na segunda etapa do curso e podem ser vistos nas ruas, parques e praças da cidade realizando patrulhamento com a supervisão de policias mais antigos na corporação.

Um novo prédio também está sendo construído junto ao Batalhão para incorporar a sala de vídeomonitoramento com a que atende o 190 e despacha viaturas, o que irá potencializar o uso dos recursos humanos do 36º BPM.

Prisões da 1ª Companhia do 36º Batalhão de Polícia Militar em 2012 Janeiro 70

Fevereiro 42

Março 48

Abril 54

Maio 74

Junho 47

Julho 44

Agosto 80

Setembro 63

Outubro 60

Elisa Rossi Kemmer

C


4 | Sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Editorial

ExpEdiEntE rEdação - redacao@jornalinformante.com.br Elisa rossi KEmmEr elisa@jornalinformante.com.br ramon cardoso ramon@jornalinformante.com.br vitória lovat vitoria@jornalinformante.com.br comErcial - comercial@jornalinformante.com.br Fabiano gaspErin gasperin@jornalinformante.com.br marcEla Kuhn marcela@jornalinformante.com.br vandErlEi bortoncEllo vande@jornalinformante.com.br artEs - artes@jornalinformante.com.br bruno gaspErin bruno@jornalinformante.com.br marcElo bortagaray mEllo marcelo@jornalinformante.com.br assinaturas - assinaturas@jornalinformante.com.br JociélE mota dos santos jociele@jornalinformante.com.br assinatura anual: r$ 95,00 assinatura sEmEstral: r$ 50,00 FinancEiro - financeiro@jornalinformante.com.br KEli dE almEida maciEl keli@jornalinformante.com.br logística - logistica@jornalinformante.com.br luiz carlos dE andradE luiz@jornalinformante.com.br Editorias Economia: economia@jornalinformante.com.br cidadE: cidade@jornalinformante.com.br política: politica@jornalinformante.com.br Educação: educacao@jornalinformante.com.br sEgurança: seguranca@jornalinformante.com.br EsportE: esporte@jornalinformante.com.br insidE: inside@jornalinformante.com.br social: social@jornalinformante.com.br sEçõEs EspEciais boca-dE-urna: bocadeurna@jornalinformante.com.br prEliminar: preliminar@jornalinformante.com.br sétima artE: setimaarte@jornalinformante.com.br tElEFonEs (54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203 EndErEço rua dr. JaimE romEu rösslEr, 348, bairro planalto colunistas armando Wartha crônicas da rEdação Flávio lopEs lauro Edson da cás

bEnami spilKi Fabrício oliboni laura cristina nardi callEgari

FEchamEnto comErcial Quarta, às 12h tiragEm 4.000 ExEmplarEs

ÍndicE

edItorIal

matéria EspEcial .................................páginas 2 E 3 Editorial E opinião ..............................página 4 Economia .............................................página 6 cidadE .................................................páginas 7 E 8 política ...............................................páginas 10 E 11 Educação.............................................páginas 12 E 14 sEgurança ...........................................página 16 EsportE ...............................................páginas 17 a 19

InsIde

Compromisso com a cidade

EspEcial...............................................capa Flávio lopEs ........................................página 2 variEdadEs...........................................páginas 2 E 3 cinEmas ...............................................página 2 armando Wartha .................................página 3 social..................................................páginas 4 E 5 crônicas da rEdação ..........................página 6 primEiro parágraFo .............................página 6 música .................................................página 7 horóscopo ..........................................página 7 lauro Edson da cás ...........................página 7 sétima artE .........................................contracapa saúdE, bElEza & Estética ....................4 páginas classiFicados ......................................12 páginas

Dados que levam à prevenção As prisões efetuadas pelo 36º Batalhão de Polícia Militar (BPM), somente em Farroupilha durante os 10 primeiros meses do ano, chegaram ao impressionante número de 582. Ou seja, quase atingiram duas ao dia (veja Matéria Especial nas páginas 2 e 3). E o resultado, em tese, tende a aumentar se levarmos em consideração os indultos de Natal e Ano Novo, que estão próximos. Embora Farroupilha não tenha índices elevados de violência, os crimes contra o patrimônio são um dos grandes problemas verificados na cidade, alimentados pelo tráfico de drogas. São duas questões que estão intimamente ligadas a locais que têm uma alta concentração de renda, como é o caso do município. A situação, contudo, poderia ser pior. Como bem destacou o tenente-coronel Haroldo Knebel, que está prestes a completar um ano de trabalho na cidade, a integração entre os órgãos que têm atuação direta na área de segurança pública (Brigada Militar, Polícia Civil,

Ministério Público e Poder Judiciário), é um modelo para todo o Estado e essa atuação conjunta certamente ajuda a evitar que os índices criminais sejam majorados. Mas não é somente quem está diretamente envolvido com a segurança que leva o mérito da questão. Comandante da 1ª Companhia do 36º BPM, o capitão Juliano Amaral enalteceu o envolvimento da comunidade com a Brigada, especialmente em programas específicos desenvolvidos, como o Cidade Segura, que encerrou as ações de 2012 na última terça à noite, no bairro Imigrante (confira na Editoria de Segurança, na página 16). Embora quem responda constitucionalmente pela área seja o Estado, há necessidade de participação efetiva para conquista de bons resultados. Como isso é feito em Farroupilha, a expectativa é de que a medida sirva de estímulo para que a defasagem no quadro de policiais seja suprida. Foco totalmente voltado à prevenção.

opinião

Apropriação e readaptação de conhecimentos na criação da realidade Max Berkel * Não nascemos com um “saber total” dentro de nós, que vai sendo decodificado ao longo do tempo. Pelo contrário, o conhecimento é adquirido a partir de tudo aquilo que vivenciamos, estando assim, em constante expansão e mutação. Desde o momento em que nascemos somos inseridos em um meio já pré-estabelecido, com suas verdades e bases já pré-concebidas. O fato de nascermos em um lugar, em detrimento de outro, modificará totalmente nossa forma de ver o mundo; nossos pensamentos são moldados pelo meio. Nossas verdades são construídas de acordo com aquilo que queremos acreditar – aquilo que nos parece coerente; e parte dos delimitados caminhos que escolhemos, enquanto existiam outros infinitos caminhos para percorrer. Assim, cada pessoa molda sua realidade de acordo com suas vontades e visões, sendo estas únicas. Como disse Raul Seixas, “cada homem é uma estrela [...] Eu sou meu próprio País”. Tendo consciência de que a formação da nossa concepção da verdade/realidade é, desde o nascimento, moldada através dos meios e de tudo aquilo que escolhemos, torna-se praticamente inverossímil acreditar na possibilidade da criação de algo totalmente original, “uma visão interna” inteiramente própria. De acordo com a famosa Lei de Lavoisier, “nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”. “Todo pensamento que existe provém de outro já preexistente, só que em outra forma”; as pessoas analisam teses, concepções e “verdades”, somam algumas e anulam outras, formando um novo modo de pensar, que não passa de uma readaptação – por vezes melhoramento – de algo já dito. Desde Platão, a Filosofia tem, entre suas bases, o questionamento e a consciência de que não existe verdade absoluta. De acordo com os dicionários, a verdade é “a conformidade com os fatos, à adequação com a realidade”. Desta forma, a verdade é mutável e relativa. “Verdade é verdade em uma única vez e lugar”. Aquilo que consideramos como verdadeiro, é apenas a aceitação de algo que se ajusta à realidade de cada um dentro de determinado momento; o que é certo hoje, não o será amanhã, o que é real para mim, não é necessariamente real para você. “Desconhecemos quem tenha razão”. Desde sempre o homem instintivamente busca respostas para suas grandes dúvidas e questionamentos e,

quando estão cansados de procurá-las, passam a acreditar em uma verdade inaudita que se encaixa relativamente dentro da sua visão do mundo. Quando alguém toma algo como verdade imutável, fica claro sua desistência da dúvida. Ele se fecha para todas as outras possibilidades e toma a sua “verdade” como real. “Quando achamos uma verdade é porque cansamos de procurá-la”. Ao contrário do que diz Arthur Schopenhauer em seu livro “A Arte de Escrever”, não vejo diferença entre criar a nossa realidade com o auxílio da leitura de um livro – a partir das ideias que me aparentam coerentes, escritas por alguém com uma linha de raciocínio semelhante a minha – ou através da vivência, das conversas. De qualquer modo estaremos nos apropriando de conhecimentos externos, para moldar um novo, para dar luz a uma nova alternativa. Também discordo da declaração de que “ler é pensar com a cabeça do outro”, até porque nossa percepção e interpretação de determinado texto difere do pensamento original do autor e da concepção proveniente da leitura de qualquer outra pessoa. O mesmo livro pode ser interpretado de maneiras diversas, e dizer coisas diferentes usando – obviamente – das mesmas palavras, simplesmente por ser lido por outros olhos, analisado por mentes distintas. Todo homem que sabe da importância da dúvida e tem a mente aberta para as infinitas possibilidades, ajusta a realidade a todo o momento, transforma a sua percepção a cada nova descoberta, nunca tem certeza, é consciente da probabilidade de possuir crenças momentâneas e que serão eternamente aprimoradas e substituídas. Aquele que simplesmente está cansado da procura, ou busca um modo de se acomodar, lerá determinado livro ou tese e a credenciará como verdade absoluta, pensando desta forma com a “cabeça alheia” – são estes aqueles citados por Sêneca em sua frase: “qualquer um prefere acreditar a julgar por si mesmo”. Eis um caminho mais curto e menos incômodo – entretanto, aquele ser que busca o conhecimento em sua totalidade, se aprofunda no texto lido, o questiona, o coloca em choque contra outras leituras e modos de pensar. Por fim, se apropria daquilo que acredita de cada obra e molda uma realidade única e que melhor reflete sua visão em determinado momento. Assim como diz o conceito de criação quântica da realidade, do físico Fred Alan Wolf, “nós criamos nossa própria realidade”. * Estudante de Jornalismo


Sexta-feira, 30 de novembro de 2012 | 5

Compromisso com a cidade

A Geração Y de advogados Franciele Boschetti Reche (OAB/RS 79.537) e Gerusa Calera da Silva (OAB/RS 81.500) *

R

ecentemente, em um curso de atualização voltado para jovens advogados, muito se falou da Geração Y de advogados e da necessidade, que tem uma carreira com fama de tradicional, de se reinventar para receber essa nova geração de jovens profissionais. Ansiosas e, diríamos, até um pouco curiosas, resolvemos buscar mais informações sobre essa nomenclatura e resolvemos compartilhar um pouco dessa atualidade dos operadores do Direito. Sempre ouvimos falar da Geração X, aquela geração centrada, onde advogados tinham estantes gigantescas, uma biblioteca maravilhosa com coleções completas de doutrinadores, vestiam ternos, usavam expressões difíceis de entender e escreviam muitas páginas sobre determinado assunto. Quando nos formamos, no início da carreira, nos sentíamos um pouco deslocadas, pois não conseguíamos agir de tal forma. Assim, percebemos que pertencíamos a uma outra geração, de formas mais simples, com linguagem menos robusta, mas com um intelecto tão bom quanto. Foi quando, neste curso acima mencionado, descobrimos a nomenclatura Y. Ser um advogado da Geração Y é ter nascido entre 1980 e 2000 e ter como característica fundamental ser um desafiador. Esse novo profissional do Direito preza a autonomia, faz o uso da tecnologia a seu favor e tem um grande apreço pela meritocracia. Além de estar em constante atualização, se preocupa com a otimização do tempo e está sem-

pre visando uma maior efetividade do serviço prestado. Podemos dizer que é uma geração “multitarefa”. Alguns colunistas chamam esses jovens advogados como a geração do desafio, pois estes não se contentam com o pouco e estão sempre em busca de algo que os desafie e os impulsione em suas carreiras. Estes novos profissionais têm pressa para construir a carreira, porém, ao mesmo tempo buscam equilíbrio entre trabalho e vida pessoal. Esta geração trabalha para viver e não mais vivem para trabalhar. Não queremos, em hipótese alguma, dizer que a Geração X de advogados não gosta de desafios ou de tecnologia, pelo contrário, queremos apenas destacar o quanto um jovem advogado, com vontade e apreço pela profissão, é capaz de fazer para se satisfazer profissionalmente. A vontade que saímos da faculdade, certamente, é a de mudar do mundo, a de fazer justiça, mas sabemos que sentados em nossos escritórios muito pouco será feito, é preciso aperfeiçoar e correr atrás, desafiando a nós mesmos, todos os dias. Essa geração de advogados luta porque acredita que, com o seu trabalho, o Brasil será consolidado como uma potência econômica mundial e, neste momento, teremos o ápice de nossas carreiras com todo o reconhecimento do nosso trabalho, seja por nossos clientes, amigos ou familiares, mas, principalmente, por nós mesmos. * Advogadas


6 | Sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Economia

Compromisso com a cidade economia@jornalinformante.com.br

Decoração dá largada às vendas de Natal Além do colorido típico da época, cores que são tendências, como lilás, rosa e bronze estão decorando os lares dos farroupilhenses Elisa Rossi Kemmer

Os artigos tradicionais ainda são os mais procurados na Brasil Multiloja e na Mil Coisas: procura teve início em setembro

O

espírito natalino já está tomando conta da cidade e quem lucra com ele são as lojas de decoração. Na Brasil Multiloja e na Mil Coisas, as vendas crescem cerca de 20% nesta época do ano. Segundo a sócia-proprietária Rosane Vieira da Silva, os farroupilhenses apresentam uma particularidade: quanto antes a decoração natalina for exposta, mais cedo as compras começam a ser feitas. “Nesse ano, as compras começaram a ser feitas ainda em setembro. Os artigos tradicionais são os que mais saem, como pinheirinhos, guirlandas, bolas, fitas e presépios. Depois disso, sai bastante arranjos de mesas para decoração de ambientes, principalmente para estabelecimentos comerciais”, afirma Rosane. Ela diz que as cores mais procuradas para os enfeites são verde, vermelho e dourado, mas que algumas pessoas procuram inovar comprando o que é tendência. Neste ano os farroupilhenses estão investindo em artigos em tons de lilás, rosa e bronze, que estão em voga no

momento. A rede de lojas realiza uma pesquisa antecipada, para saber o que os consumidores estão procurando e o que vai ser tendência do próximo ano, o que faz com quem pessoas de toda a região procurem o estabelecimento. “O clima natalino também toma conta da área de vendas. Assim, os consumidores sentem-se acolhidos e decoram suas casas com muito amor, já que o Natal promove uma aproximação entre os vendedores e consumidores”, destaca Rosane. Ela diz que os artigos estão com preços acessíveis para todas as classes sociais e há a opção de comprar arranjos prontos ou montar de acordo com o gosto de cada um. Na Brasil Multiloja, as vendas só crescem mais do que nesta época no início do ano letivo, quando a procura por materiais escolares é o que movimenta o local. Conforme a sócia-proprietária, foi preciso contratar mais três pessoas para atender a demanda, mas o número de contratações temporárias deve crescer no próximo mês, quando começa a procura pelos presentes.


Sexta-feira, 30 de novembro de 2012 | 7

Compromisso com a cidade

Cidade

cidade@jornalinformante.com.br

Nova presidência

Associação Farroupilhense de Estudantes Intermunicipais está com o comando para 2013 definido Elisa Rossi Kemmer

N

o sábado, 122 cadastrados foram à Associação Farroupilhense de Estudantes Intermunicipais (AFEI) para elegerem a nova diretoria, que irá presidir a entidade em 2013. Formadas por seis associados cada uma, três chapas estavam concorrendo. A vencedora foi a 2, com 57 votos, com representantes da Universidade de Caxias do Sul (UCS), Universidade do Vale dos Sinos (Unisinos) e do Centro Universitário Feevale. Presidente eleito, Eduardo Pizoni acredita que o diferencial deles foi a transparência com a qual trabalharam pois, durante o período de eleição, sempre procuraram esclarecer aos associados quais eram as suas propostas. Ele comenta os planos da nova gestão para 2013. “Primeiramente queremos continuar com o que vem sendo desenvolvido e aprimorar alguns pontos que consideramos que possuem deficiências, como a

Brentano, Samanta, Pizoni, Benardi e Bellaver integram a nova diretoria

comunicação com o associado. Iremos manter um foco especial nesse aspecto”, garante Pizoni. Ele afirma que pretende preservar o funcionamento da parte administrativa e estudar demandas dos associados para, cada vez mais, tornar a AFEI uma associação para todos.

Aposentados unidos pela fé A 3ª Romaria dos Aposentados acontece neste domingo, com a missa marcada para as 11h com bênção especial para os aposentados. A concentração da caminhada será na frente do Colégio Estadual São Tiago, às 9h30min. Os aposentados que preferirem ir de ônibus terão transporte gratuito, oferecido pela empresa Bento. O ponto de partida dos coletivos será na Praça da Matriz, das 10h às 10h30min. Para garantir a vaga no ônibus é preciso ir até a Associação dos Aposentados e Pensionistas de Farroupilha (Cel. Pena de Moraes, 533, sala 5) e retirar uma autorização. O evento já integra o calendário de eventos oficiais do muni-

cípio. Conforme o presidente da Apopenfar, Raul Herpich, a celebração foi criada pela entidade com a finalidade de mostrar a força dos aposentados e uni-los para um momento de caminhada, descontração e fé. “Aqui em Farroupilha já somos 11 mil integrantes da classe. Nas outras edições, o Santuário ficou lotado. Nesta esperamos que o número de participação cresça ainda mais”, afirma Herpich. Ele diz que virão delegações de Porto Alegre e Caxias do Sul. Diversas autoridades também foram convidadas para participar. Há a opção de almoçar no local e grupos podem efetuar reservas. Mais informações pelo fone 3261-3658.

A nova diretoria

Esquina

Presidente: Eduardo Pizoni

Inscrições para conselheiro tutelar

Vice-presidente: Marcos Bernardi 1ª Tesoureira: Samantha Araujo 2º Tesoureiro: Stevan Merlini 1º Secretário: Eduardo Brentano 2º Secretário: Marlon Bellaver

Estão abertas as inscrições para a eleição complementar do Conselho Tutelar. Quem deseja ser conselheiro deve se inscrever até o dia 12, na Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção Farroupilha (Prefeito Schneider, 326), de segunda a sexta, das 13h30min às 17h. Mais informações pelo fone 3268-1414 com Olivo Morello. A votação ocorre em fevereiro.


8 | Sexta-feira, 30 de novembro de 2012 cidade@jornalinformante.com.br

Golden Center lançado Novo shopping atacadista de Farroupilha tem previsão de inauguração para o início de 2014 sexta foi de expectativa para o Grupo Tonin Imóveis e os agentes de compra que visitam os shoppings de Farroupilha. O novo empreendimento atacadista de Mário e Rodrigo Tonin teve seu projeto lançado e o nome revelado no início da tarde. Após uma promoção, o Golden Center Shopping Atacadista foi escolhido para dar nome ao novo complexo de lojas que vão investir apenas em moda verão. Os agentes de compra que estiveram no Premier do dia 10 de julho a 17 de agosto foram convidados a sugerir um nome para o shopping, sendo que o escolhido ganharia uma Doblò Xingu Adventure 2013. Após o prazo encerrado, mais de 150 nomes foram contabilizados e avaliados pela comissão julgadora. De início, os nomes sugeridos que já possuíam registro foram descartados. O propósito era encontrar um que estivesse de acordo com a proposta de venda no novo empreendimento. A comissão foi composta por membros da sociedade farroupilhense que nenhuma ligação tivessem com os

Vitória Lovat

A

Goulart, com a esposa Marisa, venceu a promoção e faturou a Doblò Xingu Adventure

guias. Adelino Colombo, Nádia Grasseli, Cladir Bono e Fabiano Feltrin fizeram parte do time que optou pelo Golden Center Shopping Atacadista. Aluísio Borges Goulart, de Montenegro, foi o premiado e recebeu a Doblò ao lado da esposa Marisa Loini Kleinschmitt. O casal é proprietário da Goulart Tur. Na ocasião, o diretor Mário, acompanhado da gerente Sabriana Peretti Miranda, citou os benefícios que o Golden Center trará para Farroupilha. O fortalecimento do mercado atacadista e a inovação com peças leves e de verão são os pontos fortes do shopping. A infraestrutura moderna e também com atenção especial

para os guias, tem o projeto assinado pela arquiteta Lisana Maggioni, do escritório de arquitetura Projeto com Estilo. “Viemos para suprir uma carência de Farroupilha e de toda a região Sul, mas mais do que fazer apenas um shopping, queremos encantar os nossos clientes”, enfatiza Mário. A finalização será feita em duas partes. Em março do próximo ano, a primeira etapa será inaugurada e no início de 2014 a finalização vai contar com uma grande inauguração. Após o protocolo, a dupla Claus & Vanessa animou o público presente. Em torno de 800 pessoas estiveram prestigiando o lançamento do mais novo empreendimento comercial.

Esquina

Centro de Convivência promove Mostra de Talentos

Com o objetivo de confraternizar no encerramento do ano e valorizar os talentos, o Centro de Convivência Idosos promove uma Mostra de Talentos dos participantes das oficinas que foram oferecidas no decorrer de 2012. Em parceria com o Grupo de Convivência São José, a tarde de apresentações é na quinta, a partir das 14h, na sede do Centro de Convivência (Rodovia dos Romeiros, nº 440). Toda a comunidade está convidada a particiar e haverá ônibus gratuito às 13h30min em frente à Buba Bazar.

Alguém quer me adotar?

Esta mascote está precisando de um lar. Ela é uma fêmea adulta de porte médio, pelagem curta e cor caramelo com branco. Ela já está castrada e é uma ótima cachorra de guarda para pátio. Interessados entrar em contato com Carla pelo fone 9103.2232.

Divulgação

Cidade

Compromisso com a cidade


10 | Sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Política

Boca-de-Urna

bocadeurna@jornalinformante.com.br

Trabalho integrado

Cargos em discussão

A Procuradoria-Geral de Justiça impetrou uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) contra o Executivo municipal questionando 91 cargos em comissão, no ano passado. A questão será julgada nesta segunda, às 14h, em órgão especial do Tribunal de Justiça do Estado, responsável por atuar nos casos em questão. Até não ocorrer uma decisão, Claiton adiantou que estes cargos não serão preenchidos. A Reforma Administrativa que o futuro prefeito pretende implantar também passa por essa definição.

R$ 179 a 183 milhões

A Secretaria de Finanças trabalha para a finalização da peça orçamentária para o próximo ano. O prazo de prorrogação do envio à Câmara de Vereadores encerra nesta sexta e a intenção, segundo informou o titular da pasta, Jonas Tomazini, é de não solicitar uma nova data para envio, até mesmo por conta da troca de gestão. No final da tarde de quinta, o secretário ainda não tinha os números absolutos, mas antecipou que os valores poderiam chegar até a R$ 183 milhões. Ou, na pior das hipóteses, R$ 179 milhões. Acima da projeção inicial. O salto é expressivo se levarmos em conta a atual gestão, que iniciou com um orçamento de R$ 98,5 milhões.

Repasse ao Executivo

Um dos motivos para o aumento foi uma alteração na gestão da saúde no município. Os valores que antes eram repassados ao Hospital Beneficente São Carlos são agora endereçados à prefeitura. Além disso, Jonas frisou que houve incremento também nas receitas próprias. De 109% do Imposto Sobre Serviços (ISS) e de 0,75% para 0,83% no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que em termos brutos mede a participação da economia farroupilhense no contexto estadual. Os números apresentados referem-se aos últimos quatro anos.

politica@jornalinformante.com.br

Perfis, metas e plano

Uma semana após o anúncio para integrarem a linha de frente do governo de Claiton Gonçalves e Pedro Pedr

E

scolhidos para o primeiro escalão do governo Claiton Gonçalves e Pedro Pedrozo, os 12 nomes nesta e na página ao lado serão responsáveis por auxiliarem o prefeito eleito a conduzir o Poder Executivo a partir do dia 2 de janeiro. Transcorrida uma semana do anúncio da linha de frente da futura gestão municipal, os secretários falam de seus planos na condução dos trabalhos à frente das 10 pastas, e das chefias de Gabinete do Prefeito e da Coordenadoria de Comunicação, cargos criados e elevados ao mesmo patamar do secretariado. Embora as atribuições já existam, há necessidade de uma reformulação em seu alcance e atribuição, que será uma das primeiras ações da próxima gestão. Os novos postos serão ocupados por Ansélio Brustolin e Jorge Fantinel, que trabalharam tanto na campanha de Claiton e Pedrozo ao Executivo, como coordenaram o Conselho Político que definiu o primeiro escalão. Ao longo desta semana, os futuros titulares mantiveram contato com os atuais integrantes das secretarias, em mais um passo para a transição de governo. A partir do encontro, novas ações e planos puderam ser traçados. Parte das iniciativas que pretendem ser implementadas estão destacadas ao lado.

Fotos: Arquivo Jornal Informante

Foi uma manifestação recorrente entre os futuros ocupantes do primeiro escalão do governo Claiton a necessidade de uma atuação articulada entre as diversas secretarias. Como a composição das pastas também atenderá a um critério de transversalidade entre as cinco siglas que integraram a vitoriosa coligação Farroupilha Quer, Pode e Merece (PDT/PSB/PT/PCdoB/DEM), a tendência é que não haja grandes obstáculos para implementação da medida, que seria muito mais complicada no caso de apenas um ou dois partidos estarem vinculados à pasta. A opção serve até mesmo para uma fiscalização entre as legendas.

Compromisso com a cidade

Formado em Direito pela UCS, Fernando Silvestrin (PSB), o novo secretário da Agricultura, tem uma trajetória vinculada ao Setor Primário e trabalhou por sete anos na pasta. Ex-vereador de 2000 a 2004, quando integrava o PDT, foi um dos idealizadores e fundadores do PSB, partido que atualmente preside. “Estamos formando a equipe de trabalho e temos muitos projetos, como o estímulo à agricultura familiar, à agricultura orgânica, ampliação da agroindústria. Teremos técnicos para auxiliar o agricultor. Faremos reuniões no interior para saber as reais demandas do produtor. Outro objetivo, junto com Obras, é facilitar o acesso às propriedades rurais, inclusive com pavimentação asfáltica em algumas, para o escoamento da produção”, ressaltou.

Rogir Centa teve o início de sua trajetória profissional vinculada ao setor calçadista e atualmente é sócio-proprietário da Centurello Assessoria e Representações. Foi um dos fundadores do Sindicato dos Comerciários. Filiado ao PT desde 1985 é o presidente da sigla. Formado em Filosofia Plena, possui pós-graduação em Gestão de Estratégias Empresariais. Ele fala um pouco das ações que pretende implementar na Assistência Social e Cidadania. “Um dos objetivos é de criar cursos de qualificação, especialmente para as pessoas de baixa renda, para que possam ter condição de ascender profissionalmente. Desenvolveremos muitas iniciativas com outras pastas envolvidas com a questão social, como Educação e Saúde, por exemplo”, destacou o secretário.

Luiz Ferdinando Nunes de Aguiar, o Iano, foi vereador em três legislaturas e presidente da Câmara. Atuou como secretário da Habitação por oito anos. Fez sua trajetória política no PMDB e, em 2011, assinou sua filiação ao PDT. Atuou na Organização das Cooperativas do Estado do Rio Grande do Sul (OCERGS) e atualmente trabalha no gabinete do deputado federal pedetista Giovani Cherini. Possui formação de tecnólogo em Cooperativismo e volta a ocupar a pasta da Habitação. “Temos muitas questões a tratar para solucionar o déficit habitacional. Pretendemos organizar cooperativas, buscar a regularização fundiária e criação de novos loteamentos. São temas que estarão na pauta da secretaria”, adiantou Iano.

Silvio Marchetto é formado em Direito pela UCS, foi presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Subseção de Farroupilha, procurador do município por cinco anos e presidente do Movimento de Combate à Violência durante três gestões. Atualmente é conselheiro da OAB e vice-presidente do Democratas (DEM). Seu nome foi escolhido para ocupar a Secretaria do Meio Ambiente. “Vamos traçar uma linha de atuação em conjunto com o governo Claiton e que preze pelo bom senso. Não podemos ser muito rígidos e tampouco benevolentes. Precisamos atender os anseios da comunidade. A questão ambiental é sempre delicada. Não podemos engessar o progresso, mas temos que respeitar o que determina a legislação”, avaliou.

Trabalho orientado pelo Plano de Governo e focado na atuação conjunta Em linhas gerais, os secretários comentaram a observância ao que está definido no Plano de Governo de Claiton, um diálogo aberto com a comunidade e entidades de classe, sem falar em uma atuação integrada entre as pastas em áreas afins. Além da transição, uma outra questão importante passa a ser a composição das equipes para atuação nas secretarias, que está sendo feito da mesma forma que se processou a escolha do primeiro escalão. Ou seja, os partidos dialogam e indicam nomes ao Conselho Político e, a partir daí, eles são levados ao conhecimento do prefeito e do vice para o aval final. Segundo relatou Ansélio, coordenador do Conselho, a intenção é definir todos os nomes na próxima semana. Apenas há uma vedação de Claiton quanto às nomeações para os 91 cargos em comissão que estão em discussão no Tribunal de Justiça, a partir de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) proposta pela Procuradoria-Geral de Justiça. Porém, a questão será julgada nesta segunda, no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ/RS).


Sexta-feira, 30 de novembro de 2012 | 11

Compromisso com a cidade

Política

politica@jornalinformante.com.br

os do novo primeiro escalão

rozo, secretários destacam ações iniciais que pretendem implementar nas pastas e ressaltam que, na medida do possível, trabalho será integrado

Vice-presidente do PT, Fabiano André Piccoli possui licenciatura plena em Física pela Unisinos, é pós-graduado em Marketing Estratégico pelo CESF e está concluindo MBA em Gestão Empresarial pela FGV. Atuou no setor calçadista na Grendene como trader no Continente Africano e nos últimos quatro anos foi coordenador de vendas da Soprano na região Sudeste. É o futuro titular do Desenvolvimento Econômico e Turismo. “Implementaremos as ações previstas no Plano de Governo, como o apoio às pequenas e médias empresas e o fortalecimento do turismo, fazendo uso de atrativos da cidade como Caravaggio, Nova Milano, Salto Ventoso e Santa Rita. Faremos um diálogo com entidades e outras secretarias”, garantiu Piccoli.

Mara Sandra Parlow é a nova secretária de Educação. Possui licenciatura em Ciências Físicas e Biológicas pela Faculdade Dom Bosco (Santa Rosa, atualmente incorporada à Unijuí), bacharelado em Teologia pela Faculdade EST (São Leopoldo), e mestrado e doutorado em Educação pela mesma instituição. “Temos que valorizar a qualidade já alcançada no setor, especialmente em relação ao Ensino Fundamental, e torná-lo ainda melhor. Desenvolveremos ações de forma intersetorial, com as coordenadorias. Um foco também será o da educação não formal ou também chamada de popular, que busca uma qualificação específica para a mulher, o jovem, enfim. Uma iniciativa que fortalece a cidadania”, comentou a secretária.

O pedetista José Henrique Machado dos Santos responderá pela Secretaria de Finanças. Formado em Direito pela Universidade de Caxias do Sul, em 1986, fez carreira na antiga Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), onde trabalhou por 18 anos. Mais tarde, também atuou na Rio Grande Energia (RGE). É cedido para o Sindicato dos Eletricitários do Rio Grande do Sul na função de delegado seccional presidente para a Serra Gaúcha. Preside o Círculo Operário de Farroupilha. “Minha pasta é altamente técnica e o foco está voltado ao controle e seriedade, indispensável quando se trata de um trabalho que envolve diretamente o erário. Zelaremos pelo patrimônio público”, observou José Henrique.

Formado em Educação Física pela Unisinos, Francis Casali atuou como preparador físico na AFF, ACBF e SERC Brasil. Primeiro presidente da Juventude Socialista do PDT, é membro do Diretório Municipal e assessor da bancada pedetista na Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton. Possui pós-graduação no curso de Políticas Públicas pela Faculdade Pitágoras. “Nosso principal objetivo é realizar um estudo para implementar uma ampla Reforma Administrativa, que contemple, fundamentalmente, enxugamento da máquina pública. Com isso, sobrarão recursos para investir em diversas áreas do município. Também pretendemos verificar todos os contratos e convênios mantidos pela prefeitura”, adiantou o futuro secretário de Gestão e Governo.

Eleito vereador em duas legislaturas pelo PT, Roque Severgnini também foi fundador e vice-presidente da Assurcon/ Serra. Em 2006, foi um dos idealizadores do PSB e seu primeiro presidente. Atualmente desempenha a função de chefe de gabinete do deputado federal José Stédile. É formado em Gestão Pública pela UCS e passa a ocupar a Secretaria de Obras, Serviços Públicos e Trânsito. “Vamos trabalhar com planejamento e para os quatro anos, obedecendo o Plano de Governo. Implementaremos melhorias na infraestrutura dos bairros, nos passeios públicos e nas estradas do interior, com pavimentação asfáltica em alguns trechos. Faremos um estudo técnico sobre o trânsito, que já apresenta problemas”, antecipou Roque.

Luís Geraldo Melo é médico formado pela Fundação Faculdade Federal de Ciências Médicas de Porto Alegre e especializou-se em Pediatria no Hospital da Criança Santo Antônio. Trabalha em Farroupilha desde 1985. É concursado do Ministério da Saúde cedido ao município. Filiado ao PT, responderá pela Secretaria da Saúde. “Trabalharemos no tripé expansão, qualificação e democratização dos serviços de saúde ofercidos à população. Vamos melhor a qualidade, não somente do serviço, mas também do atendimento, reduzindo prazos. Daremos uma atenção especial à saúde da mulher e à implementação da UTI Neonatal. Os usuários do SUS poderão relatar suas demandas junto ao Conselho Municipal da Saúde”, comentou o futuro secretário.

Funcionário aposentado do Banco do Brasil, Ansélio Brustolin teve atuação destacada nas áreas da política e da comunicação social. Eleito vereador em Farroupilha pelo MDB, em 1977, participou, dois anos mais tarde, da funcação do PT no Estado. Presidiu o partido em Caxias do Sul e foi chefe de gabinete de Pepe Vargas em seus dois mandatos como prefeito e como deputado federal e ministro. Cargo que ocupará na gestão Claiton. “Nosso trabalho será na organização e articulação das ações do governo municipal, uma representação direta do prefeito com a sociedade e entidades de classe. Também cuidaremos de questões com o Orçamento Participativo e das Coordenadorias da Mulher e da Juventude”, destacou Ansélio.

Jorge Fantinel iniciou suas atividades na área da comunicação em 1970, na Rádio Caxias. Foi coordenador de Jornalismo da RBS em Caxias do Sul e da sucursal da Zero Hora para a Serra. Entre outros veículos, também passou por Rádio São Francisco, Miriam e recentemente foi diretor geral da TV Farroupilha. Ele será responsável pela Coordenadoria de Comunicação do governo municipal. “Iremos atuar na comunicação com os veículos de imprensa, na comunicação externa, na interna e nas ações institucionais. Teremos uma atuação forte em mídias sociais e trabalharemos para prestar informação de qualidade e relevante de forma contínua, destacando as ações desenvolvidas pelo Executivo”, resumiu Fantinel.


12 | Sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Compromisso com a cidade

Educação

educacao@jornalinformante.com.br Vitória Lovat

Escrever para crescer

Como forma de estímulo à produção textual e preparação para o vestibular, o Colégio Nossa Senhora de Lourdes desenvolve projeto onde a criatividade é livre e dá margem para que alguns alunos se destaquem

M

aria Valentina Zen chegou no Jornal Informante decidida e logo soltando o verbo e pedindo dicas para um trabalho da escola. Como uma atitude incomum para uma jovem de 12 anos, ela explicou do que se tratava e disse que gostaria de finalizar seu portfólio de texto em formato de jornal. A estudante do 6º ano do Colégio Nossa Senhora de Lourdes (CNSL) estava disposta a apresentar o melhor resultado possível. Com o objetivo de preparação para a redação do vestibular, o Colégio Nossa Senhora de Lourdes vem realizando a iniciativa de incentivo à produção textual há 11 anos. A partir do 6º ano do Ensino Fundamental e seguindo até a conclusão do Ensino Médio, durante as aulas de Língua Portuguesa, os alunos trabalham semanalmente a produção de textos. Os temas são diversificados, os gêneros são explorados e várias narrativas são construídas, como crônicas, dissertações e até mesmo poemas.

O desafio chega quando o aluno precisa unir todo o material, que já foi conferido pelo professor, e montar um portfólio. Aí é hora da criatividade entrar em ação. Os estudantes de todas as turmas buscam das mais diversas formas, ideias diversificadas para que seu projeto final seja único. Maria Valentina é orientada pela professora Camila Portela, que coordena os alunos juntamente com os outros docentes da disciplina no CNSL. “Eu sou muito comunicativa, não tenho vergonha de chegar e pedir ajuda no que eu precisar. Minha mãe quem sugeriu o jornal. Ela disse que era a minha cara. Depois das dicas, meu portfólio vai ficar como eu espero”, projeta a estudante. Ela ainda adianta que gostaria de atuar na área da Comunicação ou Artes no futuro profissional. Após a entrega, todos os trabalhos são expostos na escola, e já foram realizados inclusive saraus e outras ações.

Teoria e prática: Maria Valentina e a professora Camila uniram esforços para deixar o Jornal da estudante com muitos leitores

Plano Municipal de Educação avaliado Na tarde da quarta, a Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desportos (SMECD) recebeu o Relatório de Avaliação de 2011/2012 do Plano Municipal de Educação. O documento é o resultado de discussões feitas desde agosto de 2011 por uma comissão com 25 profissionais de educação de Farroupilha. Em torno de 30 pessoas participaram da reunião que ocorreu no Centro de Formação de Estudos e Leitura, no Salão Paroquial.

O material é dividido de acordo com os níveis de ensino, apresentando as metas que eram estabelecidas, os projetos realizados e o que foi atingido. Na Educação Infantil, 27 metas foram estabelecidas e no Ensino Fundamental, 40. Os resultados apresentaram que uma minoria das metas foi atingida em sua totalidade, enquanto a grande maioria chegou a ser parcialmente implementada ou não foi realizada. De acordo com a comissão, de nove

objetivos do Ensino Médio, quase todos foram alcançados e uma pequena parcela está em andamento. Devido ao aumento de alunos no Ensino Superior, grande parte do que foi estimado está sendo conquistado. Outros projetos como os desenvolvidos na Educação de Jovens e Adultos (EJA), Educação à Distância, Educação Tecnológica e Educação Especial também foram alvo de avaliação no encontro. Os Temas Relevantes também foram

inseridos na avaliação. Esse nível de ensino abrange o estudo de outras frentes como o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), educação ecológica, de sexualidade, cidadania, trânsito ou cultura. Após a apresentação dos resultados, o Conselho Municipal de Educação vai estudar as sugestões oferecidas para mudanças no plano que está estabelecido desde 2006 e tem previsão de sequência até 2016.


14 | Sexta-feira, 30 de novembro de 2012

eduCação

Compromisso com a cidade educacao@jornalinformante.com.br

Livro farroupilhense é premiado “Conhecendo meu município: História e Geografia de Farroupilha”, de Gabriele Galafassi e Cristina Schneider, foi reconhecido no Prêmio Agente Jovem de Cultura Vitória Lovat

P

ara suprir a carência que Farroupilha tinha em materiais didáticos deste segmento e auxiliar nos estudos relativos ao município é que o livro “Conhecendo meu município: História e Geografia de Farroupilha” foi publicado em março deste ano. A pedagoga Gabriele Galafassi e a historiadora e gestora cultural Cristina Schneider foram autoras da obra que já está distribuída nas escolas da rede pública municipal, para os alunos do 4º ano, público para o qual ele foi escrito. O reconhecimento veio quase um ano depois com a conquista do reconhecimento no Prêmio Agente Jovem de Cultura: Diálogos e Ações Interculturais, por meio da Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura. A premiação foi destinada a jovens com idades entre 15 e 29 anos. No total, 2.463 projetos foram inscritos e 500 iniciativas

Reconhecimento: Gabriele inscreveu o livro no concurso

premiadas em todo o Brasil. Além do livro para as crianças, um manual do professor foi desenvolvido e entregue em formato de CD para os professores. Gabriele ressalta que ele ainda deve ganhar aprimoramentos através de reuniões com o corpo docente, para deixá-lo de acordo com as necessidades de ensino da História e cultura de Farroupilha. “Com o prêmio pretendemos dar continuidade e aplicar melhorias no livro do professor, para que eles possam utilizar as atividades propostas da melhor forma possível, já que o livro é, na sua maior parte, um incentivo à pesquisa, para os estudantes irem além das suas páginas”, revela Gabriele. O valor recebido é de R$ 9 mil e ela ainda prevê a formação de uma comunidade virtual para que discussões sobre as vivências em sala de aula possam ser feitas.

Aprovação

Últimos dias para inscrição do vestibular do CESF

Para quem pretende prestar vestibular no Centro de Ensino Superior de Farroupilha (CESF), é bom ficar atento. O prazo de inscrição termina na segunda e a prova acontece na terça, às 18h30min na faculdade (14 de julho, 339). O teste é único e de redação. As inscrições ainda podem ser feitas pelo site www.cesfar.com.br ou diretamente na secretaria da instituição. Após a prova, ProUni e outros benefícios que o CESF oferece podem ser solicitados. O regulamento também se encontra no portal. Os cursos oferecidos são Administração com formação específica em Empresas, Sistemas de Informação e Meios de Hospedagem, Direito, Pedagogia, além dos cursos superiores sequenciais de dois anos em Finanças Empresariais, Gestão Administrativa e Logística Empresarial.

Calendário escolar é definido

Após reunião no Salão Nobre da prefeitura, na última sexta, com os representantes das diretorias das escolas municipais de Farroupilha, o calendário escolar do próximo ano já está definido. Após o período de férias, os professores retornam às escolas no dia 18 de fevereiro e o início das aulas ficou para o dia 20 do mesmo mês. As férias de inverno são de 22 de julho a 2 de agosto. O ano letivo segue até o dia 13 de dezembro de 2013. As matrículas da rede municipal finalizam nesta sexta e um novo período será aberto de 4 a 8 de fevereiro.


16 | Sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Segurança

Compromisso com a cidade seguranca@jornalinformante.com.br

Foco no Natal, Ano Novo e no envolvimento comunitário

Última reunião do Cidade Segura em 2012 tem pauta diversa e estreia do capitão Juliano Amaral, que passa a responder pelo comando da 1ª Cia do 36º BPM

À

s vésperas de completar um ano na cidade, o tenente-coronel Haroldo Knebel comandou, na terça à noite, no salão comunitário do bairro Imigrante, o último encontro do Cidade Segura no ano. Ele realizou um balanço das ações desenvolvidas ao longo de 2012. Uma das preocupações de momento é o indulto de Natal e Ano Novo. “Repassamos informações importantes para o período e já trabalhamos com um planejamento voltado às festas de final de ano. Esperamos não ter grandes problemas, mas estamos preparados”, garantiu Knebel. O comandante do 36º Batalhão de Polícia Militar (BPM) também avaliou de forma positiva seu primeiro à frente do policiamento do município e destacou a ação conjunta entre os envolvidos com a segurança pública. “Farroupilha é um exemplo. Atuamos em conjunto com a Polícia Civil, com o Poder Judiciário, o Ministério Público, isso sem falar na comunidade, que participa ativamente deste processo, e da cidade, que é muito acolhedora”, considerou Knebel. Há oito anos em Flores da Cunha, o capitão Juliano Amaral passa a responder pela 1ª Companhia e comandou a metade final do encontro. Ele reforçou a importância da otimização de recursos para garantir melhores resultados. “Defendo um planejamento para apurarmos quais as reais necessidades da cidade e, a partir desta avaliação, buscarmos os recursos pontuais para suprirmos estas demandas”, pontuou Juliano. O capitão se colocou à disposição dos presentes para estreitar ainda mais os laços com a comunidade. “Minha escrivaninha será na viatura. Vou despachar da rua”, garantiu. Essa ação mais voltada ao contato com a comunidade farroupilhense é tida como vital para uma melhora no desempenho profissional, fator que, aliado à infraes-

Ramon Cardoso

trutura, pode garantir um policiamento de melhor qualidade. Juliano defendeu o estreitamento deste laço entre BPM e população para um benefício geral. “Integração e mobilização igual a esta desenvolvida em Farroupilha eu não conheço em nenhum município do Estado. É muito difícil construir essa realidade. Se aqui ela já existe, temos que tratar de fortalecê-la”, observou Juliano, que já havia participado, como convidado, de outras edições do Cidade Segura e fez uma avaliação positiva do programa.

Obituário

Capitão Juliano comandou o último encontro do ano: elogios à participação da comunidade no projeto Cidade Segura

22 de novembro Carmela Rosa Grando, 92 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 24 de novembro Jorge Alberto Machado, 79 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal; Olir José Fra, 53 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade da Capela São José. 25 de novembro Névio Domingo Garbin, 69 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 26 de novembro Paulina Angelina Bertollo, 88 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de Linha São João. 27 de novembro Naracy Teixeira, 74 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal; Ariel Silveira da Silveira, 35 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 29 de novembro Sétimo Tamagno, 79 anos. Sepultamento no cemitério de Forqueta.


Sexta-feira, 30 de novembro de 2012 | 17

Compromisso com a cidade

EsportE

esporte@jornalinformante.com.br

Nova pintura e Seleção Brasileira Convidado para conhecer o Santuário revitalizado, Felipão virou centro das atenções pela iminente possibilidade de retornar ao comando canarinho, que se confirmou Ramon Cardoso

P

adrinho do projeto de revitalização do Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio, Luiz Felipe Scolari, o Felipão, esteve na localidade no último domingo pela manhã, na cerimônia que marcou a entrega oficial das igrejas (tanto a nova quanto a antiga) com sua nova pintura. Ela foi feita através do programa “Tudo de Cor pra Você”, da Tintas Coral. Proprietário da Pró-Cor Tintas, o empresário Mauri Demarchi falou sobre o projeto e recapitulou o trabalho desenvolvido, desde o lançamento, em novembro do ano passado, o começo da campanha, em janeiro, quando foi aberta a eleição para escolha pelo site da Pró-Cor, passando pelo início dos trabalhos, em 26 de junho, e sua finalização, no princípio de setembro. Gerente regional da Coral, Vilson Trintinaglia também esteve presente. Antes da missa das 11h, celebrada pelo bispo Dom Alessandro Ruffinoni, Felipão concedeu uma rápida entrevista coletiva que, a partir da demissão de Mano Menezes, ocorrida na sexta, saiu completamente do campo religioso e entrou ainda mais no esportivo. A única exigência do técnico era de responder apenas uma pergunta por veículo. O Jornal Informante pediu a Felipão como se sentia ao ser o nome mais lembrado e solicitado pelo torcedor para voltar ao

Demarchi, Felipão, Koff, Trintinaglia e o vice-prefeito Fabiano Feltrin, um dos incentivadores da campanha: com a opção pelo retorno, que tal uma nova visita a Caravaggio após o hexa?

comando da Seleção. “É bom. Muito melhor do que não ser lembrado ou até mesmo rejeitado. Mas acredito que isso não deve ter influência na escolha dos dirigentes. Há outras questões a serem consideradas: o perfil do técnico, ideia de trabalho, resultado que o profissional pode conseguir”, considerou o comandante do penta, que acabou aceitando o convite e foi oficialmente apresentado como novo técnico na quinta. Felipão revelou que tem viajado muito com o

projeto Segundo Tempo, do governo federal, que atende 2 milhões de crianças em todo o Brasil e comentou que a iniciativa é fantástica, em termos de inclusão social, especialmente. Histórico à frente da Seleção e apelo popular: diferenciais para o retorno “Fiquei feliz com o convite e por onde tenho ido, lugares onde nunca estive, tenho notado que as pessoas gostam muito de mim, não apenas

por ter passado pela Seleção, mas por diversas situações vividas na minha trajetória profissional, seja no Grêmio, no Palmeiras e até mesmo na Seleção Portuguesa. Tenho retribuído esse carinho”, ressaltou Felipão, que aproveitou para brincar no final da coletiva. “Vejam que até isso eu consegui. Trazer o Dr. Fábio para a missa”. Presidente eleito do Grêmio, o multicampeão Fábio André Koff atendeu ao convite do ex-comandado e esteve em Caravaggio prestigiando a cerimônia. Padrinho no projeto de revitalização da igreja de Santa Tereza, em Bento Gonçalves, sua cidade natal, Koff não poupou elogios a Felipão, com quem conquistou, entre outros títulos, a Libertadores da América em 1995 e a Recopa Sul-Americana e o Brasileiro, ambos em 1996. “Todos sabem da minha amizade com o Felipe. Costumo dizer que tenho dois clubes. O primeiro é o Grêmio. O segundo é o time que o Felipe está treinando... claro, contanto que não seja o Internacional”, fez questão de esclarecer Koff, que assume o Grêmio pela terceira vez no dia 21. Com o bispo Ruffinoni, o padre Volmir Comparin, reitor do Santuário, entregou uma placa a Felipão durante a celebração religiosa, em agradecimento pelo apadrinhamento da campanha.

Bate-Pronto

Na última sexta, em Linha Caravaggeto, na sede do Esporte Clube Penharol, aconteceu a entrega dos prêmios aos melhores da temporada 2012 do Campeonato Municipal de Futebol, o Farroupilhão. Além das conquistas individuais, os grandes premiados da noite foram os campeões do 1º quadro, o anfitrião Penharol, e do 2º quadro, o São Paulo de Nova Sardenha.

Fotos: Fabiano Gasperin

Festa do Penharol e do São Paulo

Grandes campeões da noite, Penharol, de Linha Caravaggeto, e São Paulo, de Nova Sardenha, celebraram conquista nesta edição do Farroupilhão


18 | Sexta-feira, 30 de novembro de 2012

EsportE

Preliminar

preliminar@jornalinformante.com.br

Não cair e subir

Justa contrapartida

Muitos são contrários à aplicação de receita municipal no Brasil. Porém, tendo em vista o investimento feito pelo patrocinador nos últimos anos, não seria nada demais a destinação de pelo menos 0,5% do orçamento no clube. A prefeitura jamais teria condição de elevar as Castanheiras a uma subsede da Copa de 2014. Os valores aplicados no local foram expressivos e o benefício é para o clube e a cidade. Não custa lembrar que o Brasil é uma das grifes de Farroupilha, mas tende a cair no esquecimento dada a atual situação. Como bem comentou o presidente Flávio, “o clube é uma instituição mal utilizada pela comunidade”. Tem toda razão.

Tetradecacampeão

A Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) cancelou a última etapa do Campeonato Brasileiro de Rally, que ocorreria neste final de semana, em Curitiba. Com isso, o farroupilhense Ulysses Bertholdo, que voltou à disputa neste ano e fez a estreia ao lado do navegador Marcelo Dalmut, conquistou seu 14º título no Brasileiro de Velocidade, pilotando seu Mitsubishi Lancer Evolution IX. A dupla conta com o patrocínio da Yokohama e da Oakley. Foi também o 10º título de Bertholdo na categoria 4x4 Turbo.

esporte@jornalinformante.com.br

Flávio, por aclamação Presidente segue na SERC Brasil em 2013 e meta agora é a busca de recursos para viabilizar a próxima temporada Fotos: Ramon Cardoso

Diante da falta de recursos para viabilizar uma equipe competitiva na Segundona Gaúcha do próximo ano, até mesmo a participação do Brasil na disputa foi colocada em xeque. Aliás, ainda não está confirmada. Como a chance é grande do Estádio das Castanheiras e do Complexo Esportivo do Parque Cinquentenário serem um Centro de Treinamento (CT) para o Mundial de 2014, seria uma alternativa o clube farroupilhense ingressar na competição sem o foco de subir, mas com o modesto objetivo de se manter na Segundona. Caso uma Seleção escolha as Castanheiras como CT, e a chance é grande, ela será feita no próximo ano, ou seja, aumentaria a visibilidade do Estádio, do clube e da cidade, uma forma de atrair novos investimentos e ter poder de barganha para uma fatia orçamentária maior. Com esse aporte de recursos, o Brasil disputaria a Segundona em 2014 com a meta voltada ao acesso.

Compromisso com a cidade

Brasil

N

o final da tarde de terça, no Estádio das Castanheiras, teve início a Assembleia Geral Ordinária da Sociedade Esportiva, Recreativa e Cultural (SERC) Brasil. Porém, foi somente no princípio da noite que o presidente Flávio Cortiana acabou aclamado pelo Conselho Deliberativo para permanecer mais um ano à frente do clube. Desde o início do encontro, o empresário manifestou o interesse em continuar por mais um mandato no comando do Brasil. Contudo, reforçou por diversas vezes a necessidade da busca de recursos para viabilizar a participação do clube farroupilhense na Segundona Gaúcha em 2013. Até o momento, apenas existem os valores previstos no orçamento para o próximo ano, que será enviado nesta sexta ao Legislativo. Ou seja, R$ 250 mil. “A participação do Brasil na disputa estadual e os demais gastos, neste ano, chegaram a R$ 1 milhão e tivemos uma receita de R$ 336 mil. Permaneço no clube, mas essa responsabilidade tem que ser dividida”, comentou Flávio. O déficit foi, novamente, suportado pela Cortiana Plásticos, principal patrocinador. O mandatário reiterou a necessidade de busca de outras fontes de recursos

Demétrio Cignachi, presidente do Conselho Deliberativo, Flávio e o assessor jurídico Fabiano Ramos Toigo: corrida contra o tempo atrás de recursos para a disputa da Segundona em 2013

para manutenção do Brasil e lamentou o pouco envolvimento da comunidade. “Fora de Farroupilha, todo mundo acredita e vê o Brasil com bons olhos. Infelizmente, isso não acontece na cidade. São poucos que lutam pelo clube”, falou Flávio, em tom de leve desabafo. Até mesmo uma licença não foi descartada, que representaria o descenso automático para a Terceirona. Com 16 participantes, a Segundona segue a fórmula do Gauchão em 2013. A competição inicia em 31 de março e vai até o final de junho. Com um calendário mais enxuto em relação a anos anteriores, o investimento

pode ser menor, mas ele ultrapassa, e muito, os valores disponíveis até o momento. A confirmação do ingresso na disputa deve ser feita até o dia 15. Ou seja, o Brasil tem pouco mais de duas semanas para confirmar seu nome entre os 16 times que brigarão por três vagas no Gauchão em 2014.

Batisti no comando?

Técnico revelação da Copa Hélio Dourado, quando levou o 14 de Julho, de Santana do Livramento, à semifinal, Julio Batisti surge como uma das opções para assumir o Brasil.

Bate-Pronto

Definidos os campeões da temporada no Regional da Serra de Kart O domingo foi de baterias decisivas da 5ª e última etapa do Regional da Serra de Kart. As provas, que aconteceram no Kartódromo César Francischini encerraram a temporada. Mais de 50 pilotos estiveram envolvidos na disputa. Confira os campeões: Henrique Vieira (Cadete), Saulo Ramos Filho (Graduados), Douglas Balardin (Fórmula Sênior), Maurício Stapassola (Speed Kart), Daiane Petry e Rogério Fritsch (Fireball Sprinter), Ricardo Audino (Fireball Master), Rui Perin (Super Tag) e Francesco Ventre (Tag).

Bateria final da Cadete teve disputa acirrada entre o campeão Henrique Vieira, o vice Arthur Vargas e o 3º colocado Gustavo Flores


Sexta-feira, 30 de novembro de 2012 | 19

Compromisso com a cidade

EsportE

esporte@jornalinformante.com.br

Uma vitória para o bicampeonato Triunfo em uma das duas provas da 7ª etapa do Mercedes-Benz Grand Challenge é suficiente para João e Márcio Campos conquistarem a temporada 2012 da categoria Fernanda Freixosa

E

les venceram oito das 12 provas disputadas até o momento no Mercedes-Benz Grand Challenge (MBGC). Por conta do favorável retrospecto e da folgada liderança na categoria, os farroupilhenses João e Márcio Campos podem sacramentar, neste final de semana, no autódromo Zilmar Beux, em Cascavel, o bicampeonato da categoria. O aproveitamento, se levarmos em consideração somente o posto mais alto do pódio, é de 75%. Nas quatro provas finais, ele pode ser o inverso, de apenas 25%. Uma simples vitória garante a nova conquista. Isso se colocarmos na conta somente os êxitos da dupla, ignorando os demais resultados. Na verdade, nem uma vitória é necessária. Conquistando 18 pontos (a vitória vale 20), o bicampeonato estará garantido. Ou seja, um 7º lugar no sábado e outro no domingo bastam, independente do resultado dos oponentes mais próximos. Contudo, claro que o objetivo é coroar a supremacia da temporada com um novo 1º lugar. A tranquilidade atual foi muito bem planejada.

Classificação do MBGC

1º) João e Márcio Campos: 203 pontos 2º) Neto De Nigris: 149 pontos 3º) Fernando Júnior: 147 pontos 4º) Cesare Marrucci: 134 pontos 5º) Rubens Tilkian: 108 pontos

Projeção 1

Retrospecto indica que título deve, de novo, ser antecipado “Essa posição foi fruto de uma postura agressiva que tivemos ao longo da temporada. Atacamos desde o início para chegarmos nesta condição, que é muito confortável, mas nada está ganho”, comenta João, que corre no sábado e pode garantir a conquista. “É a corrida mais importante do campeonato, mas estamos com a planilha de pontuação embaixo do braço. Nosso foco é o título”, observou. O experiente piloto já competiu no autódromo, diferente do filho, que faz a estreia. “A expectativa para a prova é muito boa. Apesar de nunca ter corrido em Cascavel, é uma pista de alta e nosso acerto de carro se comporta muito bem neste tipo de circuito”, garantiu Márcio. No ano passado, ao chegar em 4º no Velopark, em Nova Santa Rita, ele assegurou o inédito título da estreante categoria, mas garante que torce para o pai

selar a conquista no sábado. “Em Campo Grande encontrei um amigo, o Wilson Fittipaldi (consultor técnico da MBGC). Corri com ele na Stock Car em 94 e 95. E ele me disse: ‘De uma vitória ninguém lembra, mas de um título ninguém esquece’. É com esse espírito que vamos para a corrida”, ressaltou João. Resumindo, pronto para ser lembrado, ao lado do filho, como bicampeão da categoria. João e Márcio competem pela equipe Sicredi Racing, que tem o apoio das seguradoras parceiras da Corretora de Seguros Sicredi, a Icatu e a Mapfre. Confira abaixo a classificação dos cinco primeiros, as projeções para o título dos Campos e o serviço completo da etapa que pode definir a temporada 2012 do MBGC.

Em caso de vitória neste sábado, João pode garantir novo título da categoria para a equipe Sicredi

Serviço

O que: 7ª etapa do MBGC Onde: Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel (PR) (extensão de 3.058 metros e sentido anti-horário) Treinos livres: nesta sexta às 9h25min, 11h15min e 14h45min Treino classificatório: sábado às 8h40min Provas: sábado às 13h50min e domingo às 10h50min Na TV: prova dominical ao vivo pela RedeTV! (Sky e parabólica) Na internet: pelo www.PortalGT.com.br

Com uma vitória de João ou Márcio (203 pontos), a equipe Sicredi Racing conquistaria 20 pontos, atingindo 223. Mesmo que o vice-líder Neto De Nigris (149 pontos) ou o 3º colocado Fernando Júnior (147 pontos) venham a conseguir um 2º lugar (17) e três primeiros (20), atingiriam, no máximo, 217 e 218 pontos, respectivamente, contando a prova de descarte.

Projeção 2

Caso a dupla farroupilhense conquiste 18 pontos, ou seja, um 7º lugar no sábado e outro no domingo, chegariam a 221 pontos. Neste cenário, se De Nigris ou Júnior vencerem as quatro provas restantes (contando com o descarte, que é de 9 e 6 pontos, respectivamente), alcançariam 220 e 221 pontos. Mesmo com o empate com João e Márcio, Júnior seria vice por ter menor número de vitórias: cinco contra oito dos pilotos da equipe Sicredi Racing.


JR Produções

Imagem: Reprodução

Donas da cidade

À caça de assassinos, mas também de livros

Em “Edições Perigosas”, John Dunning faz uso do investigador Cliff Janeway e mescla universo policial com o literário - Primeiro Parágrafo, Inside, página 6

Crônicas da Redação

A verdade sobre a demissão de Mano e acerto com Felipão

Rainha Ritielle Dal Pizzol (centro) e princesas Luana Malinverno e Thaíse Benacchio foram coroadas, no sábado, as novas soberanas do município e da 21ª Festa Nacional do Kiwi Inside, página 3

Farroupilhenses João e Márcio Campos, da equipe Sicredi Racing, voltam à pista neste final de semana, no autódromo Zilmar Beux, em Cascavel, na penúltima etapa do Mercedes-Benz Grand Challenge, com grandes chances de sacramentarem uma nova conquista – Esporte, página 19

Fernanda Freixosa

Acelerando para o bicampeonato


Farroupilha, 30 de novembro de 2012

Nova opção de tratamento no SUS Médicos que atuam no sistema público de saúde já podem receitar medicamentos fitoterápicos aos seus pacientes, garantindo uma forma de medicação alternativa s pacientes que utilizam o Sistema Único de Saúde (SUS) tem uma nova opção de tratamento. Os medicamentos fitoterápicos começaram a ser oferecidos através da rede pública de saúde. Eles são fabricados de forma natural, por meio de plantas medicinais, que possuem os benefícios reconhecidos em todo o mundo como elementos importantes na prevenção, promoção e recuperação da saúde. Conforme dados do Ministério da Saúde, atualmente, 12 medicamentos são oferecidos pelo SUS. Entre eles, estão a babosa para o tratamento de psoríase e queimaduras, o salgueiro contra dores lombares e cáscara-sagrada para prisão de ventre. Financiados com recursos da União, Estados e municípios, os medicamentos podem ser manipulados ou industrializados e devem possuir registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Os fitoterápicos desempenham um papel importante em cuidados contra dores, inflamações, disfunções e outros incômodos. Indicado para o alívio sintomático de doenças de baixa gravidade e por curtos períodos de tempo, eles podem ser produzidos a partir de plantas frescas ou secas e de seus derivados, que ganham diferentes formas farmacêuticas, como xaropes, soluções, comprimidos, pomadas, géis e cremes. Além do Rio Grande do Sul, mais 13 Estados disponibilizam os medicamentos através do SUS. Como qualquer outro, os fitoterápicos devem ser utilizados conforme orientação médica. Para ter acesso, o usuário tem que procurar um profissional legalmente habilitado em uma das Unidades Básicas de Saúde (UBS). Nesses locais, pode receber atendimento médico gratuito. Com um documento de identificação e a receita atualizada em mãos, o medicamento pode ser retirado em uma das farmácias das UBS.

Divulgação

O

Novidade no mercado: remédios são fabricados a partir de plantas frescas ou secas e de seus derivados

Os medicamentos oferecidos e suas indicações

Espinheira-santa: auxilia no tratamento de gastrite, úlcera duodenal e sintomas de dispepsias; Guaco: apresenta ação expectorante e broncodilatadora; Alcachofra: tratamento dos sintomas de dispepsia funcional (síndrome do desconforto pós-prandial) e de hipercolesterolemia leve a moderada. Apresenta ação colagoga e colerética; Aroeira: apresenta ação cicatrizante, antiinflamatória e anti-séptica tópica, para uso ginecológico; Cáscara-sagrada: auxilia nos casos de obstipação intestinal eventual; Isoflavona-de-soja: auxilia no alívio dos sintomas do climatério;

Garra-do-diabo: tratamento da dor lombar baixa e como auxiliar nos casos de osteoartrite. Apresenta também ação anti-inflamatória; Unha-de-gato: auxilia nos casos de artrites e osteoartrite. Apresenta ação antiinflamatória e imunomoduladora; Hortelã: tratamento da síndrome do cólon irritável. Apresenta ação antiflatulenta e antiespasmódica; Salgueiro: tratamento de dor lombar baixa aguda. Apresenta ação anti-inflamatória; Plantago: auxilia nos casos de obstipação intestinal habitual. Tratamento da síndrome do cólon irritável.


Farroupilha, 30 de novembro de 2012

Gordura loc tratamento se Adalgisa Bassotto *

O

verão está chegando e, com ele, a busca por um corpo esbelto e livre das gordurinhas localizadas fica mais acelerada. Caminhada, exercícios e dieta colaboram para uma vida saudável e a perder os quilos extras. No entanto, aquele famoso “pneuzinho”, causado pelo acúmulo de gordura na barriga e culotes, teima em resistir aos efeitos da perda de peso proporcionados pelas atividades físicas. Mesmo as mulheres mais magrinhas sofrem com as saliências ao redor do estômago, barriga, costas e quadris, porque a gordura localizada nesta região é uma herança genética e também está ligada a fatores hormonais. A distribuição da gordura localizada nos homens ocorre com menor incidência e somente no abdômen. Mesmo com a perda de peso, existem algumas áreas do corpo que são mais difíceis de diminuir o tecido adiposo e definir os músculos. Felizmente, já estão disponíveis técnicas capazes de acabar com as gordurinhas localizadas, quando associadas

a uma alimentação balanceada e exercícios físicos. Geralmente nas mulheres, a adiposidade costuma aparecer nos quadris, glúteos e barriga. A gordura localizada é causada por fatores genéticos e hormonais. Nos homens a gordura tende a acumular-se no interior do abdômen e pode gerar riscos de doenças cardiovasculares. Os distúrbios hormonais afetam as células de gordura, passando a concentrá-las em regiões específicas do corpo. Para perder a gordura localizada é necessário abaixar o seu percentual de gordura em todo o corpo. Manter uma boa alimentação, reduzindo a quantidade de calorias ingeridas e praticar exercícios que irão ajudar o corpo a queimar a gordura localizada. Mas como nem sempre dá tempo de chegar ao resultado esperado apenas com a academia, os tratamentos estéticos e a tecnologia estão aí para dar aquela ajuda extra na hora de ficar bonita(o) para os dias de sol. Um método seguro, indolor e não invasivo muito eficaz é o ultrassom HIFU (High Intensity Focused Ultrasound ou Ultrassom Focalizado de Alta Inten-

sidade). É o único sistema de total segurança e eficácia para a redução do número de adipócitos (células de gordura) por meio da cavitação. A gordura é atingida de forma concentrada e focada com três tipos de profundidades diferentes (1, 2 e 3 centímetros), garantindo ação específica na gordura protegendo tecidos vizinhos. Para quem não conhece, este é um procedimento não invasivo, seguro e indolor que oferece resultados mensuráveis de redução de medidas, onde rompe-se a membrana dos adipócitos (células de gordura), diminuindo assim a quantidade destas células no local tratado. Um disparo de onda ultrassônica é aplicado nos pontos onde existe gordura localizada, causando uma ativação mecânica das membranas das células gordurosas. O método focalizado permite a seletividade do tecido – somente as células adiposas dentro da área tratada são atingidas, enquanto os tecidos adjacentes, incluindo vasos sanguíneos, nervos e tecidos conectivos, que permanecem inalterados. A lipocavitação ajuda a redu-


Farroupilha, 30 de novembro de 2012

calizada, um em sofrimento

* Biomédica Esteta habilitada (CRBM 14029), responsável técnica da Clínica Zarho / www.zarhocorpoeface. com.br / Fone (54) 3401-1231

Divulgação

zir a gordura localizada que se acumulou em certas partes do corpo ao longo do tempo, sendo indicadas para pessoas que se sentem insatisfeitas com certas áreas do seu corpo, na qual se acumulou gordura, mas não pretendem se submeter a um tratamento de remoção de gordura invasivo, como a lipoaspiração tradicional. Combinado com o módulo de drenagem linfática, e gasto calórico, os resultados são visíveis em poucas sessões. A primeira fase do tratamento visa mobilizar os adipócitos mecanicamente na profundidade da região focal, eliminando a gordura. A segunda fase destinase ao gasto e a eliminação dos resíduos de gordura pelo próprio organismo. O tratamento pode ser realizado praticamente no corpo todo, mas as áreas mais procuradas são abdômen, costas, braços, flancos e coxas. O número de sessões indicadas varia individualmente, de acordo com a quantidade de gordura na região e resposta ao tratamento.

Na medida certa: ingresse no verão em forma e dê adeus às indesejadas gorduras localizadas

Contraindicações

O tratamento não deve ser realizado no período de gravidez, em pacientes com uso de marcapasso, implante eletromagnético, em caso de doenças como hepatite ou outras similares, pacientes com alterações imunológicas ou inflamatórias ou ainda se área a ser tratada possuir implantes, cicatrizes recentes ou feridas. O tratamento com Ultrassom Cavitacional é muito procurado antes do verão, pois em poucas sessões já se tem um resultado satisfatório, permitindo ao paciente ficar com o corpo mais enxuto e bonito. Procure sempre um bom profissional para a realização de procedimentos para redução de medidas. Lembrando que a prática de atividades físicas e dieta só acrescentam ao tratamento.


Farroupilha, 30 de novembro de 2012

Traumatismo dentário e a necessidade de tratamento imediato Imagens: Reprodução

Thais Piazza *

L

esões alveolodentárias são injúrias que acometem os tecidos dentários, nos mais variados graus: desde fraturas coronárias até a avulsão (extração) completa do dente, com ou sem envolvimento dos tecidos moles. As causas mais comuns destes traumatismos são: quedas, acidentes automobilísticos, esportivos e agressões. Com o impacto diretamente na boca, os tecidos bucais, como lábios e gengivas, frequentemente estão envolvidos com lacerações, bem como fraturas dos tecidos duros (osso e dente). O tratamento deve ser rápido e feito por profissionais com experiência comprovada. A hemorragia causada por estas lesões levam o acidentado a procurar ajuda em serviços de pronto atendimento, como hospitais e pronto-socorros, cabendo ao cirurgião bucomaxilofacial o primeiro atendimento, que consiste em reposicionamento dos dentes abalados, suturas e reconstruções dos lábios e gengivas. As fraturas coronárias, quando existentes, devem ser tratadas o mais precocemente possível através de técnicas restauradoras, as quais irão reconstituir a estrutura dentária perdida. * Dentista (CRO 18374)

Esquema de um dente avulsionado pelo trauma

Acidentes esportivos, uma das causas mais comuns de traumatismo: necessidade de tratamento premente para evitar maiores danos e permitir correções à estrutura prejudicada


Inside

inside@jornalinformante.com.br

Farroupilha, 30 de novembro de 2012

Mais uma vez, Alemão Ronaldo O dinossauro do rock e um dos grandes ícones da música gaúcha volta ao palco do The Cavern com um set list prévio do lançamento do CD de 30 anos de carreira le é presença confirmada anualmente na casa de shows e, mais uma vez, o bar lotar. Alemão Ronaldo toca pelo quarto ano consecutivo no The Cavern e promete agitar quem estiver presente com clássicos de sua carreira solo. Além disso, algumas músicas do seu novo CD também vão rolar. O “Alemão Ronaldo: 30 Anos de Rock, Amor e Outras Coisas Imaginárias” tem previsão de lançamento para o próximo ano. O CD estava com lançamento agendado para julho de 2012, mas devido a retomada de Alemão com a sua antiga banda, a Taranatiriça, que fazia sucesso nos anos 80, o projeto de gravação foi adiado. Com identidade já consolidada na sua outra banda da mesma época, a Bandaliera, o músico atualmente serve de inspiração para os iniciantes e é um ícone do Rock and Roll que é produzido no Rio Grande do Sul. Inovando na formação da banda que o acompanha, Alemão vem a Farroupilha em parceria de Edu Meireles no contrabaixo, André Pereira na bateria, Murilo Moura no teclado e Maurício Chaise na guitarra. Com a proposta de reviver as músicas que embalaram a década de 90, ele leva ao palco faixas clássicas. “Me Leva Pra Casa”, “Bye Flowers” e “O Mundo não Vai Acabar” já fazem história nas apresentações do músico e são, normalmente, as mais esperadas.

Garantindo apresentar algumas novas músicas na Caverna, Alemão conta que amadureceu muito seu trabalho desde a última vez que esteve em Farroupilha. Ele optou por uma diversificação na gravação deste último trabalho, com estrutura ainda mais profissional, e experimentando outras vertentes e possibilidades de fazer o seu bom rock. “Estamos com o trabalho focado na gravação do novo CD, que é uma experiência nova após tantos anos de carreira. Neste álbum, outros instrumentos, que eu nunca tinha inserido nas músicas, vão estar presentes. O contato com sopros e metais é muito legal e posso ainda deixar as músicas com uma outra pegada”, antecipa o músico. Apesar da experiência e do reconhecimento, ele se preocupa em agradar a todos os presente de sábado. “Queremos inovar um pouco o repertório, mas sem deixar todas as clássicas de lado. O público nos assiste aí todos os anos, por isso quero apresentar um show diferente a cada ano, para que a ida no The Cavern seja, além de tradição, uma surpresa”, explica. Ele ainda se diverte contando sobre um comentário que recebeu de um fã, onde apontava as três coisas inevitáveis do mês de dezembro: as propagandas de Natal, a música de final de ano da Rede Globo e o show confirmado do Alemão Ronaldo na Caverna.

Adriana Franciosi

E

Serviço

O que: show com Alemão Ronaldo Quando: sábado, a partir das 23h Onde: The Cavern Bar (13 de Maio, 351) Quanto: Antecipados R$ 15,00 e na hora R$ 25,00 Pelo quarto ano consecutivo, o músico vai animar o público da Caverna com um set list diversificado e novidades


2 | Sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Flávio Lopes flaviolopes1978@ibest.com.br

Estamos na última semana de novembro. O fim se aproxima. Fim do semestre, do ano letivo, fim de 2012, fim do mundo? Não creio. O que me chama a atenção nesta época é a correria que nos submetemos. Parece que nosso time está perdendo o jogo e já entramos na casa dos 40 minutos do 2º tempo. Estamos apavorados, precisamos marcar o gol e o tempo é curto. É o que parece. Tudo o que não fizemos nos 11 meses que se passaram, temos que resolver agora. Faltam horas em nosso dia. No meu precisaria de mais umas seis. Falta espaço nas páginas da agenda. Faltam páginas na agenda. E as tradições? Umas natalinas, outras nem tanto. A maioria delas, escravas do consumismo, modismos criados, mas isso não é uma crítica, aliás, já entrei no clima, também estou nessa correria. Mas de que correria falo afinal? As provas do final do semestre, os trabalhos escolares, diversos deles em poucas semanas. No trabalho, desespero dos clientes para receberem as mercadorias antes das férias coletivas, os fornecedores querendo vender e entregar para cobrir os custos. E as comemorações? Aquelas confraternizações dos grupos, da faculdade, da escola, do trabalho, dos amigos, os encerramentos do futebol, a praia com a família, a programação das férias coletivas. Todas elas têm o famoso “amigo secreto”. Aí tem a compra dos presentes, os dos “amigos ocultos” de cada grupo que se integra e vai ser revelado no jantar final. Não falei que faltariam páginas na agenda? Ainda não falei dos presentes da família, a filha que quer um notebook, alguém que quer uma fotográfica, a esposa que espera ser impressionada, os sobrinhos, os afilhados. Isso tudo tem que caber no orçamento. Então é lápis e calculadora, atenção nas promoções, pesquisa de preços e isso tem que caber na agenda. Só citei as consumistas não é mesmo? Não falei da árvore de natal, do presépio, das luzes pisca-pisca, das guirlandas. E o espírito natalino? Está presente com certeza, não na mesma proporção, mas está. De uma forma geral, nesta época, nos sentimos dentro de um tornado que vai nos arremessar para o próximo ano. Mas tudo termina bem, afinal, não é o fim de tudo, é só o fim do ano. Apesar de nos sentirmos dentro de um verdadeiro funil, empurrados gargalo abaixo. A correria passa, vem o novo ano, os novos projetos, as novas promessas, mas isso para depois que as rolhas voarem. Até lá, “se vira nos trinta” até o estouro dos espumantes. * Líder de Equipe de Produção

Compromisso com a cidade

Variedades

Caminhada dos zumbis Imagem: Reprodução

Como administrar o fim do ano?

Inside

A rota da caminhada vai contar com quase 15 quadras e o ponto da chegada será o Parque dos Pinheiros

C

om o objetivo de diversão e promover uma tarde diferente paras os jovens da cidade, no domingo ocorre a 1ª edição da Zumbi Walk de Farroupilha. A organização fica por conta de Aline Zucco, membro do grupo Shenlong, uma comunidade de amigos que tem página de sede no Facebook. Segundo ela, muitos assuntos são discutidos no grupo e eles gostariam de fazer uma comemoração pelos quatro meses de atividade. A passeata estava programada para o feriado de Finados, mas a prefeitura de Farroupilha solicitou que o evento fosse adiado em respeito à data.

“Queremos atrair quem gosta de fantasias, teatro, filmes de terror ou quem vai só por curiosidade mesmo. Queremos movimentar, chamar a atenção e aguçar o interesse das pessoas da cidade”, explica Aline. Ela destaca que mais de 340 pessoas confirmaram presença no evento na rede social, e que os comentários sobre a iniciativa são bons. A concentração começa às 14h na Praça da Emancipação. A caminhada começa às 15h e o roteiro segue pelas ruas mais movimentadas do Centro da cidade até o Parque dos Pinheiros, onde é a parada final. E quem não conseguir produzir

uma fantasia assustadora, de zumbi, também pode participar. “Como o evento é público e acontece na rua não precisa ir de zumbi. As pessoas podem ir com qualquer roupa, mas é interessante entrar na diversão, porque já avisamos que o pessoal está caprichando no look. Lembramos para quem não vai participar que é legal estar disposto a interagir com as pessoas que estão na caminhada”, recomenda. Unindo o útil ao agradável, na prefeitura haverá arrecadação de alimentos, roupas e brinquedos para a campanha “Levando o Natal para Onde o Papai Noel Normalmente não Passa”.

Cinemas GNC Caxias (Shopping Iguatemi, RST-453, quilômetro 3,5) GNC 1: Os Penetras – às 14h30min, 16h50min, 18h50min e 21h GNC 2: Saga Crepúsculo: Amanhecer – às 14h10min, 16h40min, 19h20min e 22h GNC 3: Intocáveis – às 13h50min GNC 3: Até que a Sorte nos Separe – às 16h10min e 18h30min GNC 3: 007: Operação Skyfall – às 21h20min GNC 4: Saga Crepúsculo: Amanhecer – às 13h30min e 16h20min (dublado) e às 19h e 21h40min (legendado) GNC 5: A Origem dos Guardiões – às 13h10min, 15h20min, 17h30min e 19h30min (dublado e em 3d) e às 21h30min (legendado e em 3d) GNC 6: Saga Crepúsculo: Amanhecer (dublado) – às 13h40min, 16h30min, 19h10min e 21h50min Ingressos: sexta, sábado, domingo e feriados: R$ 14,00; meia entrada, menores de 12 anos e sênior (a partir dos 60 anos): R$ 7,00; Movie Club Preferencial: R$ 12,00 e Clube do Assinante RBS R$ 10,50. Segunda, quarta e quinta (exceto feriados): R$ 12,00; meia entrada, menores de 12 anos, sênior e Clube do Assinante RBS: R$ 6,00 e Movie Club Preferencial: R$ 10,00. Terças (exceto feriados): ingresso único: R$ 7,00. Centro Municipal de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho (Luiz Antunes, 312) A Vida de Outra Mulher – sexta às 19h30min e sábado e domingo às 20h Ingressos: R$ 5,00 e R$ 2,00 (estudante e sênior)

Alterações na programação ou nos valores dos ingressos são de responsabilidade das salas


Sexta-feira, 30 de novembro de 2012 |

Inside

Compromisso com a cidade

Variedades Variedades

O trio está definido

As soberanas foram escolhidas no sábado e agora é a hora de definir suas metas de ação Divulgação

F

oram duas semanas intensas de preparação e tensão entre as 19 candidatas a soberanas de Farroupilha. No sábado, as vencedoras foram escolhidas. O título de rainha ficou com Ritielle Dal Pizzol, 18 anos, e as princesas escolhidas foram Luana Malinverno, 16 anos, e Thaíse Benacchio, 19 anos. As meninas contam sobre a emoção de terem sido escolhidas e seus planos, a partir de agora. A rainha diz que as metas devem ser definidas durante o decorrer do reinado, já que elas estão começando a conhecer um pouco mais da realidade da cidade. Elas também pretendem se reunir com o Executivo, para definir o que é possível ser feito. Por enquanto, Ritielle afirma que a ideia principal é divulgar a cidade mais a nível nacional e continuar com o Chá das Soberanas, que deve ter nova edição e em outro formato. Ela também destaca diferenciais para sua coroação. “Acredito que a conquista se deve à determinação que tive durante todo o processo de seleção. Mas, além disso, à humildade, espontaneidade, postura e também da facilidade de me comunicar, um aspecto

Luana, Ritielle e Thaíse: a nova corte de soberanas da cidade e da Fenakiwi

fundamental, já que são qualidades indispensáveis para quem irá representar o município fora daqui”, enumera Ritielle, afirmando que ficou surpresa ao ouvir seu nome ser anunciado, pois não esperava que fosse a grande vencedora. A mesma emoção que a princesa Luana sentiu. “É um orgulho imenso poder representar a cidade onde nasci. Estou muito feliz pela conquista e não esperava, pois todas seriam merecedoras”, conta Luana. Ela diz que, desde que decidiu concorrer se esforçou bastante e o processo

de preparação foi intenso. A princesa Thaíse define o momento em que seu nome foi dito no microfone a todos os presentes no Clube Santa Rita como mágico e sem explicação. “Para ser escolhida eu estudei e me dediquei bastante. Acredito que o fator decisivo foi o meu jeito, a minha humildade e simplicidade”, aponta Thaíse. Ela relata que Farroupilha possui muitos lugares para serem explorados e conhecidos, então é na divulgação das particularidades da cidade que elas irão investir.

3

Armando Wartha armandowartha@yahoo.com

Não gostaria de ser um Santo... Nestes dias em que o egoísmo e o materialismo ultrapassam a estratosfera do aceitável, rumando em linha reta para os confins do absurdo, eu fico aqui, com meus insignificantes pedidos, imaginando como deve ser o dia-a-dia de um Santo. Não me refiro a um santo especialista, como é o caso, por exemplo, de santo de Antônio. Este atende, na maioria das vezes, a mulheres (também a homens) implorando por encontrar um namorado(a). Assim fica mais fácil! Ou então, Santo Expedito que se especializou em solucionar causas impossíveis, desenganadas. Refiro-me a um Santo da espécie “clínico geral”. Aquele que atende a todos sem fazer distinção do problema. Nesse contexto, não há como não lembrar-se da atenciosa e caridosa Nossa Senhora de Caravaggio (não costuma refugar causas e não distribui senhas). Imagino o desespero da nossa Santa, numa segunda pela manhã, em torno de 9h (penso que o horário comercial tenha sido implantado também no céu), abrindo a correspondência recebida durante o final de semana (dias mais propícios a se fazer tais pedidos, pois durante os dias úteis não podemos perder tempo, temos que trabalhar...). Como já foi dito, nossa Santa (Nossa Senhora de Caravaggio) não é especialista nesta ou naquela causa, mas nas entradas e saídas de inverno (como agora) são bastante comuns os pedidos para que Ela interfira nas condições climáticas. Todos querem puxar a brasa (ou o clima) para seu assado (ou para sua horta). O problema é que os pedidos não se entendem entre si. Um pede pelo clima seco e frio, com 24h de sol, por dia... O vizinho quer chuva e frio, mas não mais que uma vez por semana. O terceiro implora por calor de 30ºC para que suas frutíferas floresçam mais cedo (lucro garantido). Um quarto pede por chuva de granizo (na lavoura do outro). E, assim por diante... Mas não é só no interior que uma Santa atenciosa tem problema. A cidade também faz com que Ela perca o sono. Como atender, ao mesmo tempo, à indústria da moda, que quer frio em março e calor em agosto, e a indústria de sorvetes e refrigerantes que pede por calor sufocante o ano todo? Como atender, ao mesmo tempo, ao hoteleiro que pede por neve (hoteleiro da Serra, o do Litoral é diferente) e, ao dono do parque de diversões, que reza por sol todos os dias? Como atender, ao mesmo tempo, ao argumento do afortunado, e ao lamento do desesperado, que não sabe como pagar (peço desculpas pelo lapso poético. Foi irresistível!)? Ah, sim, ia esquecendo. Fiquei sabendo, por uma fonte segura, que a nossa Santa quase desistiu da profissão depois de abrir uma carta, na qual, após o pedido, dizia o seguinte: “sem qualquer intenção de influenciar Vossa Santidade, gostaria que soubesse que aquele volumoso amarrado de cédulas verdes que caiu no cestinho de contribuições, na missa do último domingo, é fruto da minha generosidade. Sendo assim, peço que olhe com carinho ao meu pedido”. Vê se pode? Diante destas (e de muitas mais), eu reforço a minha afirmação: não gostaria de ser um Santo. * Escritor, na reprodução do texto que ficou em 2º lugar na categoria 4 em crônica, no X Concurso Regional de Contos, Crônicas e Poesias Oscar Bertholdo


Valéria Vettorazzi social@jornalinformante.com.br

A

Divulgação

Enlace

farroupilhense Andréia Cardoso e o caxiense Eduardo Corso Gazzi se unem em matrimônio neste sábado, na igreja São Vicente Mártir, no bairro Nova Vicenza. A cerimônia religiosa também contará com apresentação do tenor Dirceu Pastori, acompanhado da soprano Siane Salvador e do tecladista Paulo Johann. Após o sim, o novo casal recepciona familiares e amigos no Santa Rita, onde a celebração continua. Um tapete será estendido da igreja até o clube. A lua de mel ocorre no balneário de Playa del Carmen, no México.

Dinossauro do Rock

Neste sábado sobe ao palco do The Cavern o ícone Alemão Ronaldo. O show já é tradicional da casa em todos finais de ano e é imperdível. Ingressos antecipados do 2º lote por R$ 15,00 na DM Escola de Música, Akústica Musical, Autunno, Livraria Niquetti e Hermelu Esportes. Na hora, a entrada custa R$ 25,00.

No Boteco

O Boteco do Chá promove a festa Baladão Sertanejo nesta sexta. A atração da noite é o cantor Filipe Reis. Antes e a após o show, o DJ Fran Azevedo comanda a festa. A entrada para elas custa R$ 10,00 ou R$ 20,00 em consumação e para eles R$ 15,00 ou R$ 40,00 em consumação. Mais informações e reservas de mesas pelo fone 32616128 ou pelo e-mail botecodocha@hotmail.com.

Formandos da turma de pós-graduação em Gestão de Pessoas 2012 pelo Centro de Ensino Superior de Farroupilha

Positive Vibration

A banda farroupilhense Long John se apresenta no La Barra neste sábado. O quarteto composto por Matheus Capellari, Rafa Dal Bello, Vinni Biazzus e Caio Busetti promete mais uma noite agitada com seu estilo surf music. Os ingressos custam R$ 15,00 o feminino e R$ 30,00 o masculino.

Karla Perin

Sidiane Bol arrocha que a

Ilusionismo

O famoso ilusionista Kronnus se apresenta na cidade neste sábado. O espetáculo é promovido pelo Serviço Social do Comércio e ocorre no auditório da UCS Farroupilha, às 20h. Mais informações sobre ingressos você pode obter pelo fone 3268-6950.

Diva Rememorada

A Sala de Cinema Ulysses Geremia, do Centro de Cultura Ordovás, em parceria com o portal Papo de Cinema, promove, neste sábado, a partir das 14h, um workshop ministrado pelo crítico de cinema Robledo Milani. O tema é um ícone de Hollywood, que teve, neste ano, completado meio século de sua morte. “Marilyn Monroe: Mito Eterno” revisita a trajetória da estrela. Inscrições gratuitas pelo e-mail da saladecinema@caxias.rs.gov.br ou pelo fone (54) 3901-1316.

Dupla Celebração

Como já virou tradição em dezembro, o Concertos Integração, promovido pela Orquestra Sinfônica da Universidade de Caxias do Sul (OSUCS), celebra 45 anos da instituição de ensino e os 78 anos de emancipação política de Farroupilha na próxima quinta, a partir das 20h, na Igreja Matriz. A regência fica a cargo do maestro Manfredo Schmiedt.

Caio Busetti na festa Movment, da qual foi idealizador e participou do line-up, evento que ocorreu no Desvio Blauth

Neste sábado acontece a 12ª edição do Baile da Prend 15 gurias serão apresentadas à sociedade tradicionali de Prendas celebra os 60 anos do Ronda e homenage


Nicolas Dalzochio

JR Produções

Saádila Nascimento de Almeida, eleita a miss simpatia entre as concorrentes a soberanas de Farroupilha, junto com a nova corte: Luana Malinverno, Ritielle Dal Pizzol (rainha) e Thaíse Benacchio Fabiano Gasperin

lis e Gabrielen Pozza curtiram o agitou o Boteco do Chá, na sexta Studio Dal Monte

Fernanda Luiza Sebben, Aline Pereira Santos, Raquel Corá e José Henrique Machado dos Santos na inauguração da Não+Pêlo Karla Perin

da Jovem do CTG Ronda Charrua, onde ista farroupilhense. Neste ano o Sarau eia o histórico baile ocorrido em 1995

Juliane Pimentel e Marina Guisso Tartarotti na festa Movment, no último domingo


6 | Sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Inside

Crônicas da Redação

xxxxxxx Parágrafo Primeiro

Ramon Cardoso

ramon@jornalinformante.com.br

CBF de Teixeira, Mano, Marin... só faltou o Joel

Primeira pessoa do autor John Dunning narra história do policial Janeway, que passa pela realidade dos livreiros de Denver, no Colorado, na busca por assassinos sanguinários que envolvem os personagens da profissão Vitória Lovat

Imagem: Reprodução

O trabalho de Mano Menezes à frente da Seleção Brasileira era pífio. Beirava o ridículo. De um cara que me convoca o Pato (Donald) e o (Incrível) Hulk para o ataque (de riso) não dá pra esperar muita coisa mesmo. Mas sua demissão foi absurda. Não que eu ache que ele não tinha que ser demitido (acho que não devia ter sido contratado, pra começo de conversa). Tinha, mas não agora. Sua bisonha campanha na Copa América do ano passado recomendava uma demissão. A Argentina, que jogava em casa, fez também um papel vexatório e a AFA deu um pontapé na bunda de Sergio Batista. A CBF não fez nada. Então vieram os Jogos Olímpicos de Londres. O Brasil enfrentou potências como Egito, Bielorrússia e Nova Zelândia, chegou à final e um monte de gente disse. “A campanha da Seleção é muito boa, venceu todas as partidas”. Aham. Só faltava empatar com Honduras. E pior que quase empatou. Pegou o México na final e levou uma roda. De novo, a CBF ficou inerte. Entrevistei o Felipão em uma coletiva no último domingo, em Caravaggio, e alguns repórteres não ficaram inertes, mas bem que deveriam. Perguntas diretas se ele seria o novo técnico da Seleção, se essa devoção à Santa teria relação com a escolha. Bah. Questionamentos que primam pela inteligência. Claro que o assunto seria seu possível (à época) convite, mas não se entra de sola desse jeito (quem é louco de entrar de sola contra o Rei da Rosca?), a menos que o objetivo era ferrar com os próximos entrevistadores, o que duvido muito. Ainda bem que Felipão não estava de mau humor. Sorte que era somente uma pergunta por veículo. Se os que fizeram as questões acima tivessem direito a uma segunda, certamente pediriam se ele se achava responsável pelo rebaixamento do Palmeiras. Aí, sim, fim de coletiva. Claro que não pedi sobre fé, Caravaggio, pintura da igreja, enfim, essas baboseiras. Questionei como ele se sentia sendo o nome de preferência do torcedor para assumir a Seleção. Futebol com massagem no ego, receita infalível (vejam a resposta na matéria da página 17). Felipão foi confirmado como técnico do Brasil, oficialmente, na quinta. E acho que tem grandes chances de ganhar a Copa do Mundo. Se vencer, em 2018 concorre a presidente e chega ao Palácio do Planalto com a maior votação da história. Talvez nem eleição tenha. Vence o pleito por aclamação, mas dada a gestão da CBF, acho que o técnico ideal seria Joel Santana. Maravilha uma coletiva de imprensa com Joel falando (tentando, na verdade) em inglês. Já imaginaram? “A equipe pray (ah? Era um missa ou um jogo?) véri uél. This met (não seria match?) is gud for day (sem dúvida). By equipe control the met, inte ruaite, inte léfite, inte midiu. The praier gou to the midiu for berrinde (uma inovação tática interessante essa), end (tá acabando finalmente) the equipe control the met”, diria Joel. Merecia ou não ser o novo técnico da Seleção? A demissão de Mano, na verdade, foi ocasionada pelo fato do presidente da CBF, o mão leve do José Maria Marin, não ter ganho uma mísera medalha no Superclássico das Américas (que de super só teve a vontade de despertar o sono no torcedor). Aposto que se o Mano desse a medalha dele para o Marin (que, pra quem não sabe, furtou a medalha do goleiro Matheus, do Corinthians, na entrega da premiação da Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano), não seria demitido. Pedi a volta de Felipão. Contudo, sua escolha, por parte da CBF, não foi por convicção, já que seus dirigentes entendem tanto de futebol quanto eu de física nuclear (ressuscitaram até o Parreira. Só faltou o banana do Zagallo mesmo), mas por conveniência e apelo popular. Marin pensa assim (se é que pensa). “Como todos querem ele como técnico, vamos chamar o Felipão. Se algo der errado, metemos no r... do torcedor”. Pronto. Felipão voltou. Agora pedirei outro retorno, embora jamais pensei que diria isso. Mas estufo o peito e grito em alto e bom som: Volta Ricardo Teixeira!

Compromisso com a cidade

vitoria@jornalinformante.com.br

N

a primeira linha é citado o primeiro assassinato. Um alfarrabista que ganhava a vida vendendo livros velhos, antiguidade que, aos olhos dos livreiros, são os produtos mais valiosos do mercado da literatura estrangeira. Bobby, o assassinado, é quase um anônimo, sem dinheiro, posses ou ligações com o tráfico. Na narrativa de John Dunning o mundo dos livros é o mesmo dos crimes. Cliff Janeway é quem narra a história em primeira pessoa. O policial do setor de homicídios e bibliófilo amador e percorre a trama na tentativa de desvendar o mistério do assassinato do tal anônimo. O que ele não espera é encontrar um mundo particular alimentado pelo fetiche do livro, onde quem tem as impressões originais possui poder e riqueza. Em um cenário mais do que competitivo, os livreiros e alfarrabistas, que são uma espécie de catadores de livros raros em sebos, são determinados pela ganância e atitudes extremas em uma realidade onde todos estão a um passo da criminalidade. Janeway é apresentado para os leitores como um detetive que não tem medo de jogar o distintivo para longe a qualquer momento e utilizar métodos que infringem a lei para se chegar ao objetivo final: capturar vivos, ou mortos, os assassinos de seus casos. Na trama, ele vai fundo nas investigações conhecendo os grandes nomes dos Estados Unidos quando se trata de compra e venda de livros. Como uma novela, a figura feminina não poderia ficar de fora. O que estimula ainda mais a leitura é a forma com que ela é inserida na história. De uma forma peculiar é como ela rouba a cena, misteriosamente, sem passar por suspeita dos assassinatos. Mesmo como coadjuvante, Rita McKinley é indispensável para o desenrolar da trama e faz com que o lado masculino de Janeway seja apresentado, sem as atitudes politicamente corretas do policial. A propriedade na qual é exposta a literatura estrangeira é profissional, já que o autor também é bibliógrafo e amante dos livros. “Edições Perigosas” também é entendido como uma crítica aos best-sellers do momento que, segundo ele, não sabe explicar como as publicações atuais e fúteis se tornam os mais vendidos das livrarias. Janeway e Dunning comentam grandes autores como Mark Twain, William Faulkner e Stephen King com propriedade de quem entende do assunto. Com uma narração envolvente e inteligente,

Ficha Técnica Edições Perigosas

Autor: John Dunning Gênero: Ficção Policial Literatura Americana Ano de publicação: 1994 Editora: Companhia das Letras Páginas: 344 Preço médio: R$ 40,00 muitas vezes não se pode dizer quem é o autor e quem é o personagem. Dunning desenvolve o texto com tanta entrega que se perguntar, ao longo da trama, quem é mesmo o tira e quem é o autor, é uma ação recorrente. Apesar da escolha de narrativa, o texto não cai no desleixo da linguagem e a trama policial passa longe de clichês como o crime inevitável. O escritor também prova que literatura inteligente não precisa ser escrita com um vocabulário rebuscado. Após a sua apresentação no Edições Perigosas, o autor tem outros quatro livros publicados com o mesmo personagem e outras diferentes jornadas que cercam o cotidiano conturbado do policial.


Inside

Compromisso com a cidade

Música

FALF segue até sábado Festival de Arte Livre de Farroupilha (FALF) está movimentando a cidade com sucesso nas atividades. Com início na quarta, o FALF já contou com apresentações das bandas Fize e A Célula e palestras com o diretor da Revista Noize, Rafa Rocha, e o produtor da Opinião Produtora, Tiago Piccoli. Paralelo às atividades, o grafite ao vivo com Julian Ganzer, Charles Cenci e Rafael Barbosa, exposições de xilogravura da Marinês Busetti, fotografia em cordel de Maurício Belarmino e varal literário de diversos escritores complementam a programação. Na quinta, também teve início a Mostra de Teatro. O evento tem por objetivo aproximar os artistas da cidade e fazer com que mais pessoas saibam que em Farroupilha existe uma boa cena cultural e que ela pode ser explorada de diversas formas. A comissão organizadora é composta por Alexandre Grazziotin, Giovani Comin, Marcelo Fabro, Mateus Brites e Vinícius Biazzus. Os rapazes trabalharam para unir todas as formas de arte. As atividades acontecem na Praça da Matriz, Salão Paroquial e auditório da UCS Farroupilha, a partir das 18h. Nesta sexta e sábado, a programação continua com o bate-papo “Vivências de Estúdio”, com

Adriano Nichetti

O

A banda Fize abriu as atividades do encontro com show na Praça na Matriz, no final da tarde de quarta

Marcos Mangoni, da produtora Jardim Elétrico, além da exibição do filme “Gigante de Ferro: A Ferrovia do Trigo”, de Mateus Piccoli, Felipe Martini e Jorge Fantinel. Quem segue tocando na sexta é Lilly Lancini e Marcelo Wudsson e Crazy Jam. No sábado, Daiana Dietzmann, BJOB, Sambaneles, Kerendo Zua e Forlink encerram as atividades da primeira edição do evento, que deve seguir em 2013.

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Esta semana a Lua está fora de curso e você pode sentir dificuldades na comunicação e nos contatos. Procure ser claro e entenda que se comunicar não envolve apenas palavras. As intenções e as ações devem estar em acordo, pois caso contrário há dubiedade e contradição.

Touro - 21/04 a 20/05

Evite esta semana a realização de negócios ou o início de empreendimentos, taurino. Com a Lua fora de curso, a subjetividade está em evidência. Valorize o que é essencial. Uma boa semana para refletir sobre o que é prioritário, precioso, necessário, nativo de Touro.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

Em seu signo a Lua está fora de curso, geminiano. Tendência à distração e mal-entendidos. Questões importantes envolvendo relacionamentos. A dificuldade pode ser de comunicação. Percepção da diferença de valores que envolve você e os outros.

Câncer - 21/06 a 20/07

Uma semana de reflexão e introspecção aos cancerianos. Muita coisa ocorrendo nos bastidores. Importância de cuidar da saúde, compreendendo que não depende apenas de fatores físicos. Esta semananão é favorável a negociações ou iniciativas. Focalize no que está em andamento.

Leão - 21/07 a 20/08

Reavaliações que envolvem conceitos e atitudes em relação ao amor, leonino. Percepção da importância da liberdade, da amizade, o que não exime o comprometimento profundo. Com a Lua fora de curso esta semana, as questões objetivas e práticas ficam desfavorecidas.

Vírgem - 21/08 a 20/09

Esta semana pode haver dificuldade, hesitação ou distração em questões profissionais. Pode estar se sentindo dividido entre diferentes situações. Não é a melhor semana para optar. A inquietude não é boa conselheira. Silencie a mente. Assim chega a respostas corretas.

Líbra - 21/09 a 20/10

A equação de ganhos e perdas têm se revelado bastante relativa, libriano. O momento atual enfatiza a utilização de recursos e de potenciais anteriormente desconhecidos. Esta semana, como a Lua está fora de curso, estamos mais subjetivos e voltados ao mundo interior.

Escorpião - 21/10 a 20/11

Divisão entre a cabeça e o coração? Trate de harmonizar as contradições. Desaconselhável fazer negócios, iniciar trabalhos, realizar cirurgias. A Lua está fora de curso. Observe. Perceba a multiplicidade de fatores que regem o atual momento, escorpiano.

Sagitário - 21/11 a 20/12

Esta semana a tendência a ruídos na comunicação e mal-entendidos se acentua. Pode se sentir indeciso em como agir em questões que envolvem relacionamentos e parcerias. Semana de ouvir a voz interior, calando um pouco o incessante barulho da mente racional.

Capricórnio - 21/12 a 20/01

Semana em que deve evitar novos projetos de trabalho e discussão com colegas. Questões profissionais estão esta semana desfavorecidas. É interessante refletir e aprimorar. Perceba a importância de cuidar mais da saúde. Mude hábitos e atitudes, capricorniano.

Aquário - 21/01 a 20/02

Esta semana pode haver dificuldade de comunicação afetiva com o parceiro, aquariano. a semana favorece a criatividade e uma atitude mais leve e despreocupada. Descomplique. A Lua fora de curso desfavorece questões práticas, mas enaltece a sensibilidade.

Peixes - 21/02 a 20/03

Questões familiares e emocionais pedem flexibilidade e pontos de vista diferentes. Uma semana em que tende a se sentir inquieto, se não respeitar a necessidade de introspecção. A Lua fora de curso tende a acentuar a importância de fatores subjetivos e emocionais.

Sexta-feira, 30 de novembro de 2012

|7

Lauro Edson Da Cás ldacas@hotmail.com

A vida, a pérola... É fim de novembro. Quantas coisas aconteceram neste mês, neste ano! Dezembro se aproxima com toda a sua magia e seu colorido. Nos próximos dias, parece que todos voltam a ser criança. O som, as cores e as recordações chegam para despertar os sentimentos (talvez, muitos deles, perdidos ou mesmo esquecidos durante este mesmo ano). Porém, é Natal, a festa da vida. O tempo do Natal está conectado com tantos outros acontecimentos sociais, profissionais, particulares, etc. A alegria fica evidente nos gestos, nos rostos e nas mãos de muita gente. Quem não se alegra neste período? Seja com a chegada do 13º salário, seja com os últimos dias de sala de aula, seja pela aproximação das férias, seja por inúmeras situações sociais e pessoais. É festa! Iremos para as festas. Participaremos, quem sabe, de confraternizações no âmbito familiar e, também, profissional. É a vida. Vida que se renova. O Natal é um período de solidariedade, de partilha e de doação. Nota-se, porém, que muito desta vida foi sendo perdida durante o ano. Quantas vezes, a vida não se realizou neste ano? Quantas vidas ficaram para trás, em meio a tantos compromissos e a tantos outros valores que se julgavam mais importantes? Se compararmos a vida como uma pérola rara e mais que valiosa, podemos nos questionar e nos perguntar: você cuida da pérola que é a sua vida? Você jogaria pelo caminho ou por aí a pérola da sua vida (da sua existência)? Então, quantas pérolas, das mais preciosas, foram perdidas neste ano? A juventude (joia de rara beleza, vigor e valor) está se esvaindo por aí. As estatísticas não nos enganam. Há um aumento de criminalidade onde estamos. Agora, o pior: muitos dos crimes e, assim, da própria violência, conta com uma expressiva participação dos jovens. Outra, os acidentes de trânsito: quantos jovens acabaram se envolvendo nos acidentes este ano? Muitos. Enquanto muitos sobreviveram, outros muitos perderam a vida. As estatísticas e as notícias estão aí para quem duvida. Evidente, que tanto nos crimes como no trânsito, existem, também, pessoas mais velhas que se envolvem e são envolvidas (é só para não causar mal-entendido!). Contudo, quantas pérolas são (ou estão) jogadas pelas estradas, ruas e pelas calçadas em Farroupilha? Ah, se soubessem o valor desta pérola! Certamente, muitas pérolas estariam sendo resgatadas, cuidadas e sendo protegidas. Eis a juventude, tão aclamada como conectada, informada, tão ‘descolada’, ‘antenada’! Invariavelmente, o jovem que, juntamente com tantos outros jovens formam a juventude, sofre com inúmeras inquietações e decisões. É carente, tão carente quanto à juventude. O jovem tem seu valor. O jovem, por si só, é uma pérola incomparável. Este jovem, por vezes, com tamanha facilidade de se conectar com seus pares, se perde no mais básico e simples segredo da vida: a vida é para ser vivida. Que nossos governantes olhem para as pérolas que estão sendo perdidas em vão. Que as famílias se comprometam ou quem sabe descubram o tesouro que está escondido dentro de suas casas. Que a vida se renove, a cada Natal. * Mestre em Letras, Cultura e Regionalidade


Sétima Arte

A Delicadeza do Amor

Ficha Técnica Título original: La Délicatesse Título traduzido: A Delicadeza do Amor Direção: David e Stéphane Foenkinos Roteiro: David Foenkinos Gênero: Romance/Drama Duração: 109 minutos País: França Ano de produção: 2012 Estúdio: Studio Canal e 2.4.7. Films Distribuição: California Filmes Nota: 7

Sensível como Audrey Tautou Atriz francesa conduz de forma hábil “A Delicadeza do Amor” e volta a ser protagonista de uma trama 11 anos após surgir como uma grata revelação na Sétima Arte uando retorna para casa após um traumático evento pessoal, Nathalie Kerr (Audrey Tautou) consegue dimensionar de forma precisa o tamanho de sua perda. Impossível ficar indiferente à sua miséria. Tudo corria bem na vida da jovem. Seu relacionamento com François (Pio Marmaï) se consolidava a cada dia, ela conseguia um desejado emprego em um prestigiado escritório de advocacia e planejava a constituição de uma família. A repentina morte do esposo a fez perder o rumo. Ao se livrar de lembranças e objetos de François, ela tenta amenizar seu sofrimento, mas o vazio deixado é expressivo. Sem muitas opções, Nathalie faz uma escolha pragmática: resolve mergulhar a cabeça no trabalho. Ainda que sem intenção, ela acaba atraindo a atenção do chefe Charles Delamain (Bruno Todeschini), mas ainda não está preparada para um novo relacionamento. Os anos vão passando e Nathalie remói cada vez mais seu infortúnio. Um sentimento de comiseração parece ser irradiado pela jovem. Porém, tudo muda quando ela impulsivamente acaba tendo um contato com o esquisito Markus Lundell (François Damiens), seu novo colega de trabalho. Até aí tudo bem, o grande problema é que nenhum dos dois parece estar pronto para um envolvimento, por mais necessário e inevitável que ele seja. Cada in-

Divulgação

Q

Hora de recomeçar, Nathalie: inesperadas reviravoltas deixam a jovem, na grande interpretação de Audrey Tautou, sem saber que direção seguir

vestida de um lado é recebida de forma indiferente (quando não repulsiva) pelo outro, ou seja, há dificuldade da dupla em aceitar a nova situação. A reclusão de Nathalie e Markus são outro grande obstáculo. Ao exporem seu vínculo se submetem, automaticamente, a todo tido de comentário de colegas e amigos. Enfim, mais uma barreira a ser

superada. Caberá aos dois enfrentarem seus próprios traumas e avaliarem se o sentimento que os une é realmente profundo, a ponto de suplantar com folga aparências e convenções sociais, e abrir caminho para uma diferente jornada. Onze anos após “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain”, que projetou seu nome no Cinema, Audrey Tautou volta a

protagonizar uma trama em um papel que possui muitas similaridades com o filme que lhe rendeu notoriedade. Baseado no livro “A Delicadeza”, de David Foenkinos, que também roteiriza e dirige o longa ao lado da irmã Stéphane, “A Delicadeza do Amor” é um romance com alta carga dramática, uma incursão emocional em busca de um sentido para a vida.


TOYOTA HILUX SW4 D 2001 PRATA ....................50.000,00 FORD FOCUS GHIA 2.0 2009 PRATA ...................42.900,00 FORD ECOSPORT XLS 1.6 FLEX 2008 PRATA ....34.000,00 GM ASTRA HB 4P ADVANTAGE 2009 CINZA .......33.900,00 MITSUBISHI PAJERO TR4 2005 VERMELHO ......32.000,00 FIAT IDEA ADVENTURE FLEX 2007 BEGE ........... 29.500,00 MITSUBISHI PAJERO GLS V6 1999 BRANCA ......28.000,00 GM ASTRA HATCH 5P CD 2004 BEGE .................25.800,00 VOLKSWAGEN SAVEIRO 1.6 2008 BRANCA ........25.000,00 GM ZAFIRA 2.0 2001 PRETA ..................................24.800,00 KIA MOTORS SPORTAGE 2.0 2001 ......................23.800,00 VOLKSWAGEN GOLF 2000 VERDE ......................22.500,00 FORD FIESTA FLEX 2008 PRETA ..........................21.500,00 FIAT SIENA 1.0 ELX FLEX 2006 PRATA ................19.800,00 VOLKSWAGEN SAVEIRO 1.8 2001 PRATA ...........18.800,00 GM CELTA SPIRIT 2005 PRATA .............................18.000,00 HONDA CRF 450 X 2007 VERMELHA ...................18.000,00 FIAT UNO MILLE FIRE FLEX 2008 BRANCA .........17.800,00 FORD FIESTA 2003 PRATA ....................................17.000,00 VOLKSWAGEN GOLF GLX 2.0 MI 1997 PRETA ....15.900,00 FORD KA GL 2003 BRANCA ..................................14.500,00 GM CORSA SUPER 1997 VERDE .........................10.800,00 FIAT UNO ELECTRONIC 1995 AZUL .......................9.900,00 VOLKSWAGEN GOL 1000 1994 BRANCA ...............9.800,00 VOLKSWAGEN SANTANA GLS 1992 PRATA ..........8.500,00 GM CORSA SUPER 1999 BRANCA ....................... consultar GM D20 CUSTOM S 1995 BRANCA ...................... consultar FORD FOCUS 1.6L FC 2005 PRATA ...................... consultar TOYOTA HILUX 4CDK SR 2002 VERDE ................ consultar FORD MONDEO GUIA V 6 1999 AZUL .................. consultar HONDA NX-4 FALCON 2001 VERDE ..................... consultar SAVEIRO 1.6 CS 2011 VERMELHA ........................ consultar

Blazer DLX compl. + GNV preta 98 Corsa Hatch 1.0 AQ/DES/LIM/VIDR/TRAV branco 01 Corsa Hatch 1.0 vermelho 05 Celta 1.0 VHC 4P branco 05 Celta 1.0 2P preto 02 Vectra Elite completo prata 06 Vectra Branco GLS 2.2 completo branco 98 Pick-up Corsa 1.6 branca 01 Fiorino Furgão branca 03 Fiorino Pick Up 1.5 branca 94 Ducatto maxx furgão 2.8 completa branca 04 Escort SW completo prata 97 RAV 4 completa altomatica prata 05 Gol 1.0 4P bordô bolinha 99 Gol G3 power 1.6 4p prata 03 Gol G3 1.0 4p vermelho 00 Gol G4 1.0 4P c/Direção Hidráulica prata 06 Kombi passageiro teto alto branca 95/00 Fox 1.0 completo branco 10 Honda Civic SI completo vermelho 08 Ecosport 1.6 completa vermelha 05 Fiesta Hatch 1.0 completo vermelho 03 Fiesta Sedan 1.6 completo prata 07 Ka 1.0 image completo -ar azul 01 ka 1.0 vermelho 03 Parati Cl 1.8 branco 95 Parati 1.6 G4 completa -AR branca 07 Palio fire 1.0 4P c/ ar cinza 04 Palio Fire 1.0 4p c/direção branco 03 Palio Weekend 1.5 Vermelha 97 Palio Weekend 1.3 ELX completa prata 03 Palio 1.6 2p completo -AR 96 Kadett GL completo -AR cinza 95 Kangoo passageiro prata 04 Mini van towner 7 lugares 12 Gran Besta GS azul Motor novo 16 lug 00 R$ 36.000 Montana 1.4 c/ Dir branca 10 R$ 26.500 r$ 13.900 Corsa sedan 1.0 prata 00 r$ 14.500 Gol G3 1.0 4p preto Completo 00 r$ 12.000 BuGGy BranCo r$ 11.900 Gol 1.6 mI 2p Completo verde 97 r$ 9.900 uno ex 1.0 4p CInza r$ 9.500 esCort Gl 1.8 Completo - ar vermelho 94 r$ 8.000 loGus GlI verde 95 Mini van towner 5 passageiros azul 97 R$7.500 r$ 6.500 Gol GlI 1.8 azul 95 BolInha r$ 2.900 yBr 125e preta 02


Procura-se para contratar manicure e cabeleireira. Interessadas entrar em contato pelos fones (54) 8408.3555 ou (54) 2628.4044. Contrata-se atendente de loja, sexo masculino, preferencialmente com vivência na área agrícola. Interessados enviar currículo para: resilves@terra.com.br ou rua Cel. Pena de Moraes, 118, centro de Farroupilha RS. Excelente ponto de trabalho.

Estamos recrutando divulgadores (as) para divulgação externa em Farroupilha. Remuneração compatível + vale transporte. Interessados entregar currículo pessoalmente, na rua Cel. Pena de Moraes, 680, sala 2. Vendo casa de alvenaria, 230m², a 100m do posto Modelo. Recebo apartamento de menor valor no negócio. Fone (54) 9949.3234. Vendo cadeira de ginástica, seminova. Interessados ligar para (54) 9994-5939.


Vendo Vectra CD, 1997, 2.0, completo. Valor R$ 18.000,00. Interessados ligar para o fone (54) 9268.4307. Faรงa a arte de seu folder, cartรฃo de visita, cartaz, banner, encarte, adesivo, rรณtulo, pasta, outdoor, catรกlogos e muitos outros. Contatos: gasperindesigner@hotmail.com ou pelo fone (54) 9924.5559.


Vende-se Uno 1.0, 2008, IPVA 2012 pago. Valor R$ 18.000,00. Interessados ligar (54) 9908.5104. Vendo caminhão Ford Cargo, 1521, ano 2003, acompanha baú de 9 metros, com chapa de ferro no assoalho, climatizado, com marcha reduzida e direção hidráulica. IPVA 2012 pago. Interessado entrar em contato pelo fone (54) 3268.1062 ou (54) 9951.3583. Vendo casa de 2 pisos de alvenaria com 1 sala comercial de 250m² e terreno de 549m² próximo

HONDA CBR 450 1992 AZUL ....................................... 9.800,00

do centro. Valor R$ 1.500.000,00. Entrar em contato pelos fones (54) 9135.1622 e (54) 9146.0203. Vendo: chácara na Linha Burati de Farroupilha a 1800m do asfalto com luz, água, terra semi plana e córrego de água. Iteressados ligar (54) 9135-1622. Impecável: vende-se Stilo Sporting completo, vermelho, 2007, valor R$ 39.000,00. Interessados ligar para o fone (54) 3268.6504. BARBADA: sem troca, Voyage 2009, 26.000km, roda de liga, DH. Interessados ligar para o fone (54) 9189.2404.

Taxas de juros a parTir de 0,89%. Na compra de um carro usado, TaNque cheio, TraNsferêNcia e ipVa pago.

KASINSKI CRUISE 125 2003 PRETA ........................... 4.500,00

NOVA ECOSPORT FREESTYLE 0KM ....................A CONSULTAR

YAMAHA XTZ 125 E 2005 BRANCA ............................. 4.500,00

COROLLA XEI AUTOMATICO VERDE 2000 ................18.900.00

YAMAHA YBR 125 2008 PRETA ................................... 4.300,00

STILO SPORTING COMPLETO 2007 VERMELHO ......39.000,00

YAMAHA YBR 125K 2008 PRETA ................................. 4.300,00

DOBLO ADVENTURE 2009 PRATA .......................A CONSULTAR

YAMAHA YBR 125K 2007 VERMELHA ......................... 4.000,00

PALIO EDX 4P 1999 VERDE ......................................13.000,00

YAMAHA NEO 115 2006 AMARELA .............................. 3.900,00

FIESTA SEDAN 2005 PRATA .......................................23.500,00

HONDA CG 125 FAN 2008 PRETA ................................ 3.800,00

FIESTA SEDAN COMPLETO 1.6 PRATA..................A CONSULTAR

HONDA BIZ 125 KS 2006 PRETA .................................. 3.500,00

FOCUS 1.6 2001 PRATA ............................................20.800,00

HONDA BIZ C 100 2005 PRETA .................................... 3.500,00

KA GL 2006 BRANCO ...............................................16.800,00

HONDA CG 125 FAN 2007 PRETA ................................. 3.500,00

CHEROKEE LIMITED 5.8 4X4 1997 BORDO ............25.300,00

YAMAHA YBR 125 ED 2004 PRETA .............................. 3.500,00

ONIX 1.0 BRANCO ................................................A CONSULTAR

YAMAHA YBR 125 ED 2003 VERMELHA ...................... 3.500,00

VECTRA GT 2009 CHUMBO .................................A CONSULTAR

YAMAHA YBR 125K 2006 VERDE ................................. 3.500,00

VECTRA CD 1997 CHUMBO ......................................16.800,00

YAMAHA YBR 125K 2004 PRATA ................................. 3.500,00 YAMAHA YBR/125 E 2004 ROXA ................................. 3.200,00 SUNDOWN SUNDOWN MAX 125 SE 2007 PRATA ...... 2.800,00 HONDA XLX 250 1987 VERMELHA .............................. 2.800,00 HONDA XL 250 1985 PRETA ........................................ 2.700,00 HONDA HONDA CBX 150 AERO 1992 VERMELHA ..... 2.500,00 HONDA CG 125 TITAN 1998 AZUL ............................... 2.300,00 SUNDOWN SUNDOWN STX 200 2008 PRETA ............. 2.000,00

ASTRA SEDAN GL 2000 BRANCO .............................19.800,00 MONTANA SPORT COMPLETA PRETA 2004 ........A CONSULTAR PAJERO TR4 4X4 GASOLINA 2007 PRATA ................42.500,00 FOX 1.0 2P 04 COMP. -VIDRO FLEX DOURADO ........19.800,00 KOMBI 1.4 BRANCA 2008 ...................................A CONSULTAR KOMBI BRANCA 2005 .........................................A CONSULTAR GOL 2003 1.0 8V 4P BRANCO ..................................18.800,00 GOL 1.0 G5 2009 VERMELHO .................................23.800,00 GOL 1.0 16V 4P 1998 BRANCO ...............................12.300,00 HONDA CBR 600 S 1999 PRETA...............................24.900,00 HONDA CBX 200 2002 PRETA ...................................3.500,00


Vendo Fusca verde ano 81, em bom estado e com motor revisado. Valor R$ 3.500,00. Entrar em contato pelo fone (54) 8414.3591. Vende-se Rodas de Kadett GSI GS, aro 14 liga leve. Interessados entrar em contato pelo fone (54) 9924.5559. Oportunidade para vendedor(a) na área da saúde. Interessados enviar currículo para Email-oportunidadesfarroupilha@gmail.com. Vendo Fiesta Street ano 2003, com manual do proprietário e chave reserva. Veículo em excelente estado. Aceito moto no negócio. Interessados ligar para o fone (54) 9944.0122. Procuro casa de 2 dormitórios para alugar, direto com o proprietário. Pago até R$ 550,00. Fone (54) 8401.2091 ou (54) 9698.3442.


Vendo apartamento no bairro Imigrante com piso laminado nos dormitórios, área social, sacada fechada integrada, porcelanato no piso e paredes da cozinha, WC e lavanderia. Interessados ligar (54) 3261-2553 com os corretores da Serrana Imobiliária. Vendo prédio antigo, central e com terreno de esquina, medindo 20x40m. Pode-se construir até 12 andares. Aceito sala comercial de 400m² como parte do pagamento. Interessados entrar em contato pelos fones (54) 9135.1622 e (54) 9146.0203. Vendo 10 hectares de terra plana com harras e baias para 26 cavalos a 400m da RSC-453 próximo da cidade. Vendo terrenos a partir de R$ 65.000,00. Lot. Monte Verde. Entrar em contato pelos fones (54) 9135.1622 e (54) 9146.0203.


Barbada! Vendo apartamento, 2 dormitórios, mobília mais eletro (completo). Com 80m² e 2 box de garagem. Valor a consultar. Interessados ligar para (54) 8148-4041. Alugo: Apto. novo, 2 dormitórios, sala, cozinha, área de serviço, tanque. Arejado e ensolarado. Piso decorflex, salão de festas, 1 box de garagem, playground e quiosque. Res. Valle Verde, próximo à Polícia Rodoviária. Valor R$ 450,00. Condomínio em torno de R$ 50,00. Int. ligar para (54) 9100-9946. Compro terreno de cooperativa, mesmo que esteja em atraso. Entrar em contato pelo fone (54) 9925.2068. Vendo 2 hectares de terra no bairro Industrial. Vendo 2 hectares com casa, na Vila Jansen a 1.800m do asfalto. A partir de R$ 70,000.00. Entrar em contato pelos fones (54) 9135.1622 e (54) 9146.0203.



edicao 252