Issuu on Google+

JORNAL

www.jornalinformante.com.br

@PaperInformante

INFORMANTE

Farroupilha Ano V - Edição 243 4 de outubro de 2012 R$ 2,00

COMPROMISSO COM A CIDADE

Cidade

Legislativo homenageia os 50 anos da Coplane Página 14

Política

Serviço completo sobre a eleição farroupilhense

Matéria Especial

Claiton lidera pesquisa Estimulada

Se a eleição fosse hoje, em quem você votaria para prefeito de Farroupilha?

Editorial, Opinião e páginas 15 a 28

Inside

Baile da AFEI é atração do Clube do Comércio Capa

Claiton Gonçalves (PDT)

50 40

47,3%

Ademir Baretta (PMDB)

36,8%

30 20 10 0

Glacir Gomes (PV)

1,5%

Branco ou nulo

4,3%

Não sabe

10,3%

No segundo levantamento feito pelo Instituto Methodus e encomendado pelo Jornal Informante, candidato da Farroupilha Quer, Pode e Merece abre expressiva vantagem tanto no cenário estimulado (gráfico ao lado) quanto no espontâneo, além de manter a rejeição mais baixa entre os concorrentes ao Poder Executivo Páginas 2 a 7


2 | Quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Compromisso com a cidade

Matéria EspEcial

A segunda pesquisa eleitoral

Contratada pelo Jornal Informante junto ao Instituto Methodus, novo levantamento mostra alterações em relação ao primeiro cenário, publicado no dia 24 de agosto

A

nova pesquisa eleitoral encomendada pelo Jornal Informante, realizada pelo Instituto Methodus, de Porto Alegre, mostra um cenário eleitoral muito diferente do levantamento anterior, publicado no dia 24 de agosto. Se no primeiro havia um empate técnico com vantagem nos levantamentos para o situacionista Ademir Baretta, no atual, quem lidera, tanto na espontânea quanto na estimulada, é o oposicionista Claiton Gonçalves. A pesquisa científica é baseada em dados censitários do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e seu registro foi efetuado junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no último sábado (confira ficha técnica na página 7). Na Matéria Especial desta semana, assim como a realizada na Edição 237, apresentamos os dados do trabalho. Começamos com o perfil dos 400 entrevistados, que pode ser conferido ao lado, e seguimos com os cenários da pesquisa espontânea (página 3), da estimulada (página 4), da rejeição (página 5) e dos quadros comparativos em relação à primeira pesquisa nas três frentes analisadas (páginas 6 e 7).

Perfil dos 400 entrevistados Sexo

60 50

50,3%

35%

40

50,5% 49,5% Feminino

Escolaridade

30

Masculino

13,8%

20 10 0

40

1% Ensino Fundamental

35,5%

20

25

10

Analfabeto

Idade 22,3%

17,8%

20,8%

15

14,8% 9,3%

11,8%

11,8%

10

3,5%

5

5 0

24%

25

28,8%

30

15

Ensino Superior

Renda Familiar

35

20

Ensino Médio

Até De R$ 1.245,00 De R$ 3.111,00 De R$ 6.221,00 Acima de R$ 1.244,00 até R$ 3.110,00 até R$ 6.220,00 até R$ 9.330,00 R$ 9.330,00

0

Menor de 25 anos

De 25 a 34 anos

De 35 a 44 anos

De 45 a 54 anos

De 55 a A partir 64 anos de 65 anos


Quinta-feira, 4 de outubro de 2012 | 3

Compromisso com a cidade

Matéria EspEcial

Na pesquisa espontânea, a liderança é de Claiton com 42%

Candidato da Farroupilha Quer, Pode e Merece é seguido por Ademir Baretta, da Farroupilha Mais, que aparece com um terço dos votos dos entrevistados

A

partir da confirmação de que o entrevistado tem domicílio eleitoral no município, os pesquisadores do Instituto Methodus verificaram, de forma espontânea, a preferência de voto dos eleitores farroupilhenses. Eles responderam a seguinte pergunta: “Se as eleições fossem hoje, em quem você votaria para prefeito de Farroupilha?”. Claiton Gonçalves, candidato da oposição pela coligação Farroupilha Quer, Pode e Merece (PDT/PSB/PT/PCdoB/DEM), lidera o levantamento. Ele foi citado por 168 pessoas, o que corresponde a 42% dos consultados. A seguir, aparece Ademir Baretta, candidato à reeleição pela coligação situacionista Farroupilha Mais (PMDB/PP/PSDB/PR/PTB/PPS/PRB/PSL), que recebeu a intenção de voto de 133 pessoas, ou seja, 33,3%. Glacir Gomes, da oposicionista Pela Vida (PV), contou com 5 citações (1,3%). O candidato Claiton aparece com uma vantagem expressiva na liderança da aferição. Sua distância para Baretta é de 8,7 pontos percentuais. Os votos em branco ou nulo totalizaram 16 (4% do total) e o de eleitores indecisos ainda se mantém elevado. Setenta e oito (19,5%) não sabem ainda para quem destinarão o voto em 7 de outubro. Veja quadro comparativo em relação à primeira pesquisa na página 6.

Espontânea 50 40

Claiton Gonçalves (PDT) 42%

Se as eleições fossem hoje, em quem você votaria para prefeito de Farroupilha? Ademir Baretta (PMDB) 33,3%

30 Não sabe 19,5%

20 10 0

Glacir Gomes (PV) 1,3%

Branco ou nulo 4%


4 | Quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Compromisso com a cidade

Matéria EspEcial

Na pesquisa estimulada, vantagem de Claiton é ainda mais expressiva No levantamento, candidato oposicionista abre frente de 10,5% pontos para o situacionista Ademir Baretta, praticamente o mesmo número de eleitores indecisos

A

vantagem verificada na espontânea pelo cabeça de chapa da coligação Farroupilha Quer, Pode e Merece (PDT/PSB/ PT/PCdoB/DEM) é ampliada na pesquisa estimulada. No levantamento foram apresentadas as opções dos três candidatos para apurar a preferência do eleitorado farroupilhense. Ele respondeu a seguinte indagação: “Se a eleição fosse hoje, em quem você votaria para prefeito de Farroupilha?”. Claiton Gonçalves recebeu 47,3% das intenções de voto, o que corresponde a 189 escolhas. Candidato à reeleição pela coligação Farroupilha Mais (PMDB/PP/ PSDB/PR/PTB/PPS/PRB/PSL), o prefeito Ademir Baretta contou com 36,8% da preferência do eleitorado, totalizando 147 votos. Glacir Gomes, da chapa pura Pela Vida (PV) obteve 6 menções (1,5%). O percentual de votos em branco ou nulo foi de 4,3% (17 opções) e o de eleitores indecisos alcançou 10,3% (41 escolhas). A vantagem do candidato Claiton ultrapassa os dois dígitos no percentual, chegando a 10,5%, que supera o número de indecisos em um voto. Ele obteve a citação de 42 eleitores a mais do que o candidato Baretta. Na página 6, veja quadro comparativo em relação ao primeiro levantamento.

Estimulada

Se a eleição fosse hoje, em quem você votaria para prefeito de Farroupilha?

Claiton Gonçalves (PDT)

50 40

47,3%

Ademir Baretta (PMDB)

36,8%

30 20 10 0

Glacir Gomes (PV)

1,5%

Branco ou nulo

4,3%

Não sabe

10,3%


Quinta-feira, 4 de outubro de 2012 | 5

Compromisso com a cidade

Matéria EspEcial

Com rejeição mais baixa, Claiton também é beneficiado na análise Candidato tem maior potencial eleitoral do trio e possui pouco mais da metade da rejeição de Baretta e praticamente um terço da contabilizada por Glacir Gomes

U

m quesito importante considerado em qualquer pleito eleitoral é a rejeição. Ou seja, uma questão que transcende o partido e é personificada na figura do candidato. Quanto menor a rejeição do postulante, maior é seu potencial eleitoral. Os pesquisadores perguntaram aos farroupilhenses: “Em qual ou quais destes candidatos você não votaria de jeito algum para prefeito de Farroupilha?”. A resposta, cumpre destacar, poderia ser múltipla, ou seja, o eleitor podia rejeitar um, dois ou até mesmo os três concorrentes ao cargo de chefe do Executivo. Na avaliação, Claiton Gonçalves novamente leva vantagem sobre seus oponentes. O candidato da Farroupilha Quer, Pode e Merece (PDT/PSB/PT/ PCdoB/DEM) tem a rejeição mais baixa do trio. Ele recebeu 51 menções (12,8%). O candidato Ademir Baretta, da Farroupilha Mais (PMDB/PP/PSDB/ PR/PTB/PPS/PRB/PSL) contou com 92 citações (23%). Quem liderou o indesejado quesito foi Glacir Gomes, da Pela Vida (PV), ao receber a rejeição de 149 entrevistados (37,3%). O número de eleitores que não rejeita nenhum candidato chegou a 36,8%, ou seja, 147 pessoas não hesitariam em votar em Claiton, Baretta ou Glacir. Um por cento dos consultados (4 farroupilhenses) não soube responder. Na página 7, você confere a comparação da rejeição com a primeira pesquisa realizada.

Rejeição Em qual ou quais destes candidatos você não votaria de jeito algum para prefeito de Farroupilha? Opção de resposta múltipla

37,3% (Glacir PV) 23% Baretta (PMDB) 12,8% Claiton (PDT) 36,8% Não rejeita nenhum 1% Não sabe

0

5

10

15

20

25

30

35

40


6 | Quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Compromisso com a cidade

Matéria EspEcial

Na comparação das pesquisas, Claiton avança e Baretta desce

Oposicionista faz quase o dobro da evolução do situacionista na espontânea e, apesar de contar com avanço menor na estimulada, conta com declínio do oponente

60 50

Comparação Espontânea 53,5%

42%

40

33,3%

30 20

22,3% 21,3%

19,5%

0

40

2,8% 0% Pesquisa 1 Dias 14 e 15 de agosto

4% 1,3% Pesquisa 2 Dias 24 e 25 de setembro

47,3%

43,8% 41,5%

36,8%

30 20 10

10

Comparação Estimulada

50

0

10,3%

6,8% 6,3% 1,8%

4,3% 1,5%

Pesquisa 1 Dias 14 e 15 de agosto

Pesquisa 2 Dias 24 e 25 de setembro

Legenda Ademir Baretta (PMDB)

O

s cenários comparativos entre as duas pesquisas contratadas pelo Jornal Informante junto ao Instituto Methodus mostra um avanço considerável da candidatura de Claiton Gonçalves, da Farroupilha Quer, Pode e Merece (PDT/ PSB/PT/PCdoB/DEM), superior ao do

Claiton Gonçalves (PDT) candidato Ademir Baretta, da Farroupilha Mais (PMDB/PP/PSDB/PR/PTB/PPS/ PRB/PSL), que evolui na espontânea, mas retrocede na estimulada. Com o primeiro levantamento realizado antes do início da propaganda no rádio, os indecisos dominavam a pesquisa espontâ-

Glacir Gomes (PV) nea, com 53,3%. Mesmo assim, ainda somam 19,5% dos consultados. Claiton avançou praticamente o dobro de Baretta no cenário: 20,7% contra 11%. Glacir Gomes, da Pela Vida (PV), que não havia sido citado na pesquisa de agosto, aparece com 1,3%. Na estimulada, a curva ascendente

Indecisos

Branco e nulo

de Claiton é menor, salta de 41,5% para 47,3%, e Baretta apresenta queda de sete pontos: 43,8% para 36,8%. Glacir manteve-se praticamente estável no levantamento. O número de brancos e nulos caiu 2,5%, já o de indecisos subiu 4%, chegando à casa dos dois dígitos.


Quinta-feira, 4 de outubro de 2012 | 7

Compromisso com a cidade

Matéria EspEcial

Rejeição de Claiton estabiliza, de Baretta e Glacir aumentam

Candidato da Farroupilha Quer, Pode e Merece praticamente mantém índice, da Farroupilha Mais tem crescimento no percentual e da Pela Vida lidera quesito

N

a pesquisa efetuada em agosto, o índice de rejeição dos candidatos ao Executivo era muito próximo e baixo. A partir do início da propaganda no rádio, dos debates, os números se alteraram e de forma substancial. Apenas Claiton Gonçalves, da Farroupilha Quer, Pode e Merece (PDT/PSB/PT/PCdoB/DEM) praticamente manteve seu percentual inalterado em relação ao primeiro levantamento. Glacir Gomes, da Pela Vida (PV), que aparecia com a segunda maior rejeição,

Ficha técnica

saltou para a liderança do indesejado quesito, avançando mais de 20 pontos percentuais e superando inclusive o número de entrevistados que não rejeita nenhum concorrente, dado que teve queda expressiva de 28 pontos. Ademir Baretta, da Farroupilha Mais (PMDB/PP/PSDB/PR/PTB/PPS/PRB/ PSL), que liderava no cenário inaugural deixou o posto, mas sua rejeição saltou de 16,3% para 23%. O de eleitores indecisos caiu de 3,3% para apenas 1%.

Período de realização da pesquisa Dias 24 e 25 de setembro de 2012 Margem de erro Cinco pontos percentuais, para mais ou para menos, sobre os resultados obtidos em um intervalo de confiança de 95% Número de entrevistados: 400 Nome do contratante Editora Jornal Informante Ltda Nome da empresa que realizou a pesquisa Instituto Methodus Análise de Mercado SS Ltda Número do registro: RS-00417/2012 Data para divulgação Dia 4 de outubro de 2012

Comparação Rejeição

80 70 60

64,8%

50 40

37,3% 36,8%

30 20 10 0

16,3% 15% 12,5% 3,3% Pesquisa 1 Dias 14 e 15 de agosto

Legenda

23% 12,8% 1% Pesquisa 2 Dias 24 e 25 de setembro

Ademir Baretta (PMDB)

Não rejeita nenhum

Claiton Gonçalves (PDT)

Não sabe

Glacir Gomes (PV)


8 | Quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Editoriais

ExpEdiEntE rEdação - redacao@jornalinformante.com.br Elisa rossi KEMMEr elisa@jornalinformante.com.br raMon cardoso ramon@jornalinformante.com.br thaís ZiMMEr Martins thais@jornalinformante.com.br vitória lovat vitoria@jornalinformante.com.br coMErcial - comercial@jornalinformante.com.br Fabiano gaspErin gasperin@jornalinformante.com.br MarcEla Kuhn marcela@jornalinformante.com.br vandErlEi bortoncEllo vande@jornalinformante.com.br artEs - artes@jornalinformante.com.br bruno gaspErin bruno@jornalinformante.com.br MarcElo bortagaray MEllo marcelo@jornalinformante.com.br assinaturas - assinaturas@jornalinformante.com.br JociélE Mota dos santos jociele@jornalinformante.com.br assinatura anual: r$ 95,00 assinatura sEMEstral: r$ 50,00 FinancEiro - financeiro@jornalinformante.com.br KEli dE alMEida MaciEl keli@jornalinformante.com.br logística - logistica@jornalinformante.com.br luiZ carlos dE andradE luiz@jornalinformante.com.br Editorias EconoMia: economia@jornalinformante.com.br cidadE: cidade@jornalinformante.com.br política: politica@jornalinformante.com.br Educação: educacao@jornalinformante.com.br sEgurança: seguranca@jornalinformante.com.br EsportE: esporte@jornalinformante.com.br insidE: inside@jornalinformante.com.br social: social@jornalinformante.com.br sEçõEs EspEciais boca-dE-urna: bocadeurna@jornalinformante.com.br prEliMinar: preliminar@jornalinformante.com.br sétiMa artE: setimaarte@jornalinformante.com.br tElEFonEs (54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203 EndErEço rua dr. JaiME roMEu rösslEr, 348, bairro planalto colunistas arMando Wartha crônicas da rEdação Flávio lopEs lauro Edson da cás

Compromisso com a cidade

bEnaMi spilKi Fabrício oliboni laura cristina nardi callEgari

FEchaMEnto coMErcial Quarta, às 12h tiragEM 4.000 ExEMplarEs

ÍndicE

edItorIal

Matéria EspEcial .................................páginas 2 a 7 Editoriais E opinião..............................páginas 8 E 9 EconoMia .............................................página 12 cidadE .................................................página 14 política ...............................................páginas 15 a 28 Educação.............................................página 30 sEgurança ...........................................página 32 EsportE ...............................................páginas 33 a 35

InsIde

EspEcial...............................................capa Flávio lopEs ........................................página 2 Música .................................................páginas 2, 3, 6 E 7 cinEMas ...............................................página 2 arMando Wartha .................................página 3 social..................................................páginas 4 E 5 crônicas da rEdação ..........................página 6 lauro Edson da cás ...........................página 7 horóscopo ..........................................página 7 sétiMa artE .........................................contracapa saúdE, bElEZa & Estética ....................4 páginas dEscolado 25 ......................................8 páginas classiFicados ........................................12 páginas

Um dia para quatro anos Neste domingo, 51.572 farroupilhenses estão aptos a decidir o futuro dos cargos para o Executivo (prefeito e vice) e para o Legislativo (15 vereadores). As escolhas para os dois Poderes são para um período de quatro anos, ou seja, vão de 1º de janeiro de 2013 a 31 de dezembro de 2016. Se não é um período ideal, muitos defendem um mandato de seis anos, é possível realizar muita coisa. A eleição dominical é a maior da história de Farroupilha. Maior em número de eleitores e em número de candidatos. São seis à prefeitura e 132 à Câmara de Vereadores, que totalizam 138 postulantes para 17 cargos em disputa: 8,11 para cada vaga. Ao longo do período eleitoral, o Jornal Informante acompanhou não somente a rotina dos candidatos à eleição majoritária, mas também traçou um perfil, que é reproduzido em parte nesta edição (veja nas páginas 20 a 24), dos candidatos à proporcional. Especialmente nos dois últimos meses, quando a campanha ganhou às ruas e iniciou o período de propaganda e de debates, a cobertura foi ainda mais incisiva. Nesta quinta, ela é finalizada de forma ampla, com uma nova pesquisa eleitoral feita pelo Instituto Methodus

(confira na Matéria Especial, páginas 2 a 7), passando pela opinião dos três candidatos ao Executivo (página ao lado) e entrevistas (páginas 16 a 18), local das seções eleitorais (página 25), esclarecimentos sobre a eleição (página 27), entrevistas com a juíza eleitoral Claudia Bampi e as advogadas Eliane Trevisol Dal Ponte e Fernanda Camargo da Silva (veja artigo da dupla abaixo), do Subcomitê 9840, da OAB Farroupilha, o movimento de combate à corrupção eleitoral, para um voto consciente e limpo, que trouxe dicas aos eleitores durante as últimas semanas. Embora o espaço tenha sido reduzido, cumpre destacar a importância do Subcomitê 9840. A corrupção eleitoral é a maior chaga que acomete o País. Ela frauda, desvia R$ milhões, assalta os cofres públicos e penaliza toda a população. Não vote em candidato que compra voto, que esteja envolvido em irregularidades, que pense muito mais em si do que no bem estar da coletividade, que não tenha um passado limpo. Para um futuro melhor para todos os farroupilhenses, siga as orientações do Subcomitê e reflita bastante a respeito de sua escolha. Ela terá efeitos pelos próximos quatro anos. Boa eleição a todos.

Foco voltado à Edição Extra Um dos motivos que levou o Jornal Informante a antecipar a publicação desta edição foi a próxima, que não circula na quinta, dia 11, mas na segunda, dia 8. Assim como fizemos em 2008, teremos uma Extra, a de número 244, circulando no dia seguinte ao pleito municipal. Não é uma tarefa fácil, ainda mais porque contamos com um time reduzido no momento e boa parte do material tem de ser produzido após o resultado das urnas. Para que o trabalho saia de maneira adequada, há necessidade de um minucioso planejamento, que não seria possível de ser feito caso esta edição circulasse na sexta. A definição do dia, infelizmente, não pôde ser feita

até a última edição, o que causou alguns transtornos, especialmente para nossos anunciantes. Queremos agradecer a compreensão deles e dos leitores. Seria muito bom poder circular um Jornal na sexta, outro na segunda e um terceiro na quinta, dia 11, mas por conta da importância do período e da sobrecarga de trabalho, aumentaríamos o risco de cometer algum equívoco e, em época de eleição, esse tipo de erro é potencializado. Esperamos que aproveitem essa edição pré-pleito, a maior que realizamos no Editorial (36 páginas), bem como a Extra e a do dia 11, na agitada semana que já iniciou.

opinião

Voto não tem preço, tem consequências! Eliane Trevisol Dal Ponte e Fernanda Camargo da Silva * Às vésperas do exercício da nossa democracia, escolha de nossos candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereadores que, dentro de suas atribuições irão, nos próximos quatro anos, administrar nossa amada Farroupilha, cabe-nos tecer alguns tópicos referentes ao voto consciente! Em 1999, mais precisamente no dia 28/09, foi publicada a Lei nº 9840, intitulada popularmente como a “Lei de Combate à Corrupção Eleitoral”. Esta lei foi de iniciativa popular, ou seja, criada com a força da população brasileira, coletando mais de 1 milhão de assinaturas. Assim, no ano de 2002, a OAB gaúcha, juntamente com as demais OABs brasileiras e entidades da sociedade civil, integraram-se ao Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) para assegurar, através de atividades de orientação e conscientização, o cumprimento da Lei 9840. Para dar andamento a essas atividades, em prol do voto limpo, foram criados Comitês e Subcomitês 9840, demonstrando a vontade popular em dar um basta à corrupção em nosso País, especialmente, em nosso sis-

tema político, no que tange a compra de votos e o uso eleitoral da máquina administrativa. Dessa forma, o Subcomitê 9840 de nossa cidade, instalado em 18/08/2010, é mais uma iniciativa da nossa OAB local, que sempre está identificada com a defesa do Estado Democrático de Direito e presta um serviço educativo e preventivo no combate à corrupção eleitoral. Possui o dever de conscientização, orientação ao eleitor para que este fique atento na escolha dos seus candidatos, para que não aceite vender seu voto por vantagem alguma, pois se, ao contrário o fizer, estará ajudando o administrador corrupto no mau uso da máquina administrativa, favorecendo alguns em detrimento de tantos outros. Por isso, ao final de mais um pleito eleitoral, no próximo domingo, dia 7 de outubro, amigo eleitor, cumpra seu dever de cidadania votando consciente, de forma limpa, sem qualquer vantagem ilícita. Vote pelo bem de nossa cidade, escolhendo candidatos pautados pela ética, respeito e honestidade, em prol de uma sociedade mais justa e livre da corrupção. Boa eleição a todos! * Coordenadoras do Subcomitê 9840 da OAB Farroupilha


Quinta-feira, 4 de outubro de 2012 | 5

Compromisso com a cidade

OpiniãO

Um agradecimento aos farroupilhenses Ademir Baretta * Estamos vivendo um dos mais importantes momentos da vida de nossa comunidade. A escolha do prefeito, do vice-prefeito, dos vereadores marca o momento maior da cidadania. Através da livre escolha, da livre opção, pelo voto secreto e inviolável, nós farroupilhenses diremos quem vai nos governar nos próximos quatro anos, qual o modelo de governo preferido. Ao longo de toda esta campanha levei à maioria dos farroupilhenses as nossas propostas de governo. Dialoguei com amplos setores de nossa

comunidade, trocando ideias, recebendo sugestões. Fiz uma campanha de respeito a todos os eleitores. A nossa campanha foi marcada por este tom de elevado clima, de firmeza, de serenidade. A vida pública, a educação que recebi de meus pais, me ensinou a ser assim, a respeitar a todos, inclusive os que pensam diferente de mim. A política para mim é a arte de construir, de dialogar, de avançar, de convencer, de propor, de ouvir. Faço política com paixão, não com ódio, rancor. Faço política com o coração, não com o fígado. Diferente de alguns adversários

que fazem de uma campanha eleitoral o momento para destilar ódios e rancores contra mim. Muitos deles aliam a este ódio mentiras, agressões verbais desmedidas, que são na realidade ofensas. Eu sempre respeitei os adversários. Aceito as críticas. Mas não posso me calar diante de tantas mentiras e boatos que inventaram sobre mim. Tentaram me transformar naquilo que não sou. Mas os farroupilhenses sabem distinguir bem a crítica da ofensa, a verdade da mentira, do boato maldoso. Por isso a maioria nos apoia. Lamento que adversários tenham perdido tem-

po com este procedimento errado, me atacando, me ofendendo. Mas ressalto que, embora estes procedimentos agressivos de opositores, esta campanha eleitoral me foi extremamente gratificante. Chego ao final dela estimulado por tantos apoios recebidos, apoios estes que com certeza significam a eleição de uma proposta voltada para o futuro, de construção, de muitas realizações e vitórias para a nossa comunidade. Por todo este apoio, meu muito obrigado. * Candidato a prefeito pela coligação Farroupilha Mais

Uma campanha de paz e entendimento Claiton Gonçalves * Estamos confiantes. Nossa campanha não se limitou aos trabalhos dos últimos três meses. Foram três anos de reuniões e preparação intensa. Primeiro ocorreu a definição dos partidos que comporiam a coligação Farroupilha Quer, Pode e Merece: PDT, PSB, PT, PCdoB e DEM. Depois, o programa mínimo para unificar o discurso. Finalmente, as candidaturas a prefeito, vice e vereadores. O local do comitê, a coordenação, as diversas comissões, a infraestrutura, tudo isso veio ao natural. Iniciou-se a campanha, no começo um pouco tímida, mas com o passar do tempo foi pegando o jeito. Aos domingos, as reuniões da coordenação

antecediam a reunião geral com todos os candidatos a vereador e militância. Nestas reuniões, além do alto astral, sempre tínhamos a palavra animadora de todos os candidatos. Fazíamos a avaliação da semana que havia passado, discussão de assuntos prioritários, agenda, sugestões de correção de rumo e implementação de novas estratégias. Neste domingo, vamos colher os frutos de tão intenso trabalho. Foi uma caminhada alegre, propositiva, sem ataques pessoais, sem compra de votos, sem problemas de nenhuma ordem. Temos uma militância aguerrida, com candidaturas a vereadores e vereadoras qualificadas. Foram caminhadas de bairro em bairro, de casa em casa, reuniões com diversas famílias e em salões comunitários

Por que renovar? Glacir Gomes * Temos nesta eleição, a exemplo da anterior, três candidatos à prefeitura da cidade. Porém, surgiu um fato novo na política local: o Partido Verde, PV 43, que está em 120 Países e foi criado no dia 05/06/2011 em Farroupilha, no Dia Mundial do Meio Ambiente. Portanto, um partido com apenas um ano e quatro meses desde a sua criação. Nesta eleição, já firmou sua posição sozinho contra adversários por demais enraizados na política local, como é o caso do PMDB, que está há 12 anos contínuos no poder e nesta eleição está coligado com mais sete partidos, com a clara inten-

ção de se manter no poder. Temos na oposição também o PDT, que já foi governo e está coligado com mais quatro partidos. O eleitor terá como opção: 1) Renovação com Glacir Gomes, 43 do PV (sem nenhum compromisso com os políticos); 2) Mudança com Claiton, 12 do PDT + PSB + PT + PCdoB + DEM (trocaremos seis por meia dúzia. Saem os políticos do Baretta, entram os do Claiton; 3) Continuísmo com Baretta, 15 do PMdB + sete partidos (quer continuar gastando R$ 13 milhões por mês e não se vê onde e não sabemos no que, tem ainda um processo com quatro fatos onde está sendo pedida a cassação de sua candidatura). Esperamos que todas as pessoas que

no interior, etc. Fizemos uma prestigiada festa de lançamento e de consolidação da campanha. Tivemos o apoio de todas as direções partidárias estaduais e de inúmeros deputados federais e estaduais. Inclusive ministros estiveram aqui nos apoiando. Foi uma campanha nunca vista em Farroupilha. Para finalizar dizemos com enorme satisfação que fomos muito bem recebidos em todos os locais e que temos um programa de governo inovador e viável. Teremos ainda um Conselho Político formado pela representação de todos os segmentos da nossa sociedade. Vamos implantar o Orçamento Participativo para as pessoas de nossa cidade e interior terem finalmente voz e vez. Estamos convictos, temos fundadas razões para acreditar que o resultado

não poderá ser outro se não nossa vitória, a ser confirmada até a divulgação do último voto. Mudança com segurança. Dr. Claiton prefeito, Pedrozo vice e uma bancada representativa e qualificada de vereadores. Gosto de dizer olho no olho, um aperto de mão e passo firme. Faremos um governo de entendimento e teremos um profundo respeito pelos poderes constituídos: Ministério Público, Poder Judiciário e Câmara de Vereadores. Obrigado por tudo e saberemos retribuir no momento e na forma mais justa possível a todos. Até a vitória, meus queridos e minhas queridas farroupilhenses.

estão gostando do que estão vendo e ouvindo do PV 43, com Glacir Gomes, que nos dê o voto. Assim mostraremos que quem diz a verdade, e quer trabalhar pelo cidadão e não para os políticos, merece a confiança do seu voto. Nossa votação precisa ser expressiva e vencedora. Com isto, estaremos incentivando mais pessoas a aderirem a seguir esta nova forma de fazer política. Na maioria das caminhadas feitas pela cidade, do Centro ao bairro, as pessoas dizem que querem a mudança e que 12 anos de um mesmo grupo de políticos já é demais. Temos recebido muitos elogios pela coragem de dizer verdades nunca antes ditas em uma campanha. De criar um partido e já iniciar uma candidatura a prefeito. De lançar candidato com apenas um partido contra oito partidos da chapa lide-

rada pelo PMDB e cinco partidos da chapa liderada pelo PDT. De trazer propostas e soluções diferentes para a campanha política. De não ficar prometendo isso e aquilo, como se quem mais promete fosse quem vencesse a eleição. Que a campanha não seria a mesma se não tivesse a nossa participação. E ainda, que as eleições em Farroupilha nunca mais serão a mesma depois da candidatura de Glacir Gomes! Enfim, as pessoas nos elogiam dizendo que ganhei o respeito e a admiração delas. Só que neste momento preciso é do voto de todos. Para poder governar esta cidade com uma proposta nova. Aposte e vote em 43 PV, Glacir Gomes para prefeito de Farroupilha.

* Candidato a prefeito pela coligação Farroupilha Quer, Pode e Merece

* Candidato a prefeito com a chapa pura Pela Vida


10 | Quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Compromisso com a cidade

A importância de um departamento de cobrança Franciele Boschetti Reche (OAB/RS 79.537) * Gerusa Calera da Silva (OAB/RS 81.500) *

A

cada dia cresce ainda mais a preocupação das empresas para superar os desafios diários, tais como: concorrência, custos operacionais e treinamento de pessoal, com o objetivo de se manter no mercado e fidelizar seus clientes, visto que a concorrência se torna cada vez maior e competitiva. Dentro deste contexto, existe uma grande preocupação voltada para a área comercial, que envolve: departamento de vendas, marketing e para o departamento de custos, que age como um sinalizador junto à contabilidade para diagnosticar a saúde da empresa. Podemos observar que a cobrança é vista pela maioria das pessoas como uma atividade indesejada, que todos tratam de evitar, porém não temos para onde correr, ela é indispensável em qualquer ramo. A cobrança é uma atividade como outra qualquer, que exige do profissional o mesmo que se espera dentro de qualquer área de atuação: “foco e paixão”. Exige estratégia, profissionais qualificados e cordiais, que façam o meio de campo entre a empresa e o devedor, contudo deve visar não só o recebimento dos clientes inadimplentes, mas sobretudo, a recuperação deste cliente para sua carteira de clientes ativos. Isto sim é ter foco. O mundo dos negócios exige parcerias onde todos têm que lucrar. É a operação ganha-ganha e, neste sentido, a cobrança extrajudicial é a mais adequada, lembrando sempre que o mundo dá muitas voltas e quem nunca passou por momentos difíceis na vida? O seu cliente inadimplente, hoje, poderá vir a ser seu maior parceiro amanhã. Sabemos que lidar com reclamações ou desculpas do devedor, fazem parte da rotina da área de cobrança, mas é sempre possível adotar um padrão para parecer completamente profissional e ganhar o respeito do cliente. Vale observar que os dados da cobrança devem ser rigorosamente exatos, não deixando brechas para o devedor questionar o débito, não reconhecê-lo ou até abrir ação indenizatória por estar sendo cobrado por algo não devido. A precisão das informações devem se estender à manutenção de registros precisos de cada ligação telefônica, podendo-se monitorar o progresso da negociação com o cliente, ou total insucesso, a irrecuperabilidade da dívida por meios amigáveis. O departamento de cobrança de um empresa deve ser apreciado como uma continuidade do setor de vendas. Os dois setores re-

presentam um processo contínuo de ganhos, nenhum é mais importante que o outro, por este motivo, ambos devem andar em sintonia. As pessoas que trabalham no departamento de cobrança nada mais são do que vendedores, que têm por objetivo captar o primeiro dinheiro disponível do cliente. O cobrador deve negociar com o cliente a ideia de efetivar o pagamento da dívida no prazo pactuado ou o quanto antes após o vencimento da dívida. É uma função de convencimento, por este motivo, pode-se dizer que o departamento de cobrança é uma extensão do departamento de vendas. A cobrança tem início a partir do momento em que a empresa possui um bom processo de concessão de crédito. A função da cobrança é participar de todos os momentos da venda, desde a decisão do potencial de compra do cliente, como também na conservação do cliente e na continuidade das vendas, pois os setores de vendas e de cobranças estão permanentemente vendendo a imagem da empresa. A função do cobrador é sensível à empresa. A abordagem ao cliente para cobrar contas vencidas não tem reflexo apenas no fluxo de caixa, mas nas vendas e, consequentemente, nos lucros que virão. É visto e sabido que muitas empresas de cobrança abordam seus clientes de forma indevida, em desacordo com o Código de Defesa do Consumidor, coagindo-as a efetuar o pagamento e, na maioria das vezes, este objetivo é realmente alcançado, mas a fidelização deste cliente, jamais. Podendo até gerar maiores custos e indenizações para a empresa. Respeito, simpatia e cordialidade são bons moderadores para qualquer relação, principalmente para uma cobrança que anda no limiar entre o sucesso e o fracasso no recebimento de uma dívida, na imagem da empresa e na relação de negócios. Nos dias atuais, onde são muitas as dificuldades financeiras encontradas pelas empresas, não se pode deixar para segundo plano a organização de um setor de cobrança ou até mesmo a contratação de uma empresa que realize este processo pois, somente com organização e uma rotina eficiente, o equilíbrio entre os créditos cedidos e o fluxo de caixa serão obtidos. Saiba que o devedor pagará primeiro aquele que for mais eficiente e prontamente efetuar a cobrança. Bons lucros! * Advogadas


12 | Quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Economia

Compromisso com a cidade economia@jornalinformante.com.br

Trino Polo busca avanço pela cidade Meta é integrar empresas farroupilhenses que atuam com Tecnologia da Informação Ramon Cardoso

A jornalista Cíntia Hecher, da Chris Finger Informação&Conteúdo, acompanhou o presidente Tessari, da Trino Polo, na visita à Redação, na quarta à tarde

P

restes a completar 10 anos de atuação, a Trino Polo celebra uma importante conquista. Ela foi reconhecida, pela Secretaria de Desenvolvimento e Promoção do Investimento do Estado como o primeiro Arranjo Produtivo Local (APL) de Tecnologia da Informação (TI) do Rio Grande do Sul. A entidade, sediada em Caxias do Sul, conta com 76 filiadas que totalizam cerca de 3 mil profissionais. São empresas de diversos segmentos do setor de informática, desde desenvolvimento de softwares a treinamento. O requisito para ingressar na Trino Polo é ter uma atividade ligada à TI. Realizando parcerias com instituições de ensino superior e técnico, o novo APL trabalha basicamente para a capacitação e qualificação das associadas. “Temos empresas muito qualificadas na Serra e que têm total condição de atender a demanda regional”, ressalta Antônio Augusto Tessari, presidente da entidade.

Uma das metas imediatas é ampliar o campo de abrangência da Trino Polo para outras cidades, como Farroupilha e Garibaldi. Das 76 associadas, 72 são de Caxias e quatro de Bento Gonçalves. Outra vantagem percebida a partir de agora é a possibilidade da entidade se cadastrar em editais, por exemplo, de investimento em capacitação, junto aos governos estadual e federal. A divulgação da Trino Polo em diversas feiras de TI também ajuda a garantir visibilidade das empresas que integram o grupo. “Somos uma referência como um polo importante de tecnologia, mas temos como avançar. Certamente nos reuniremos com empresários farroupilhenses que passarão a integrar a Trino Polo”, aposta Tessari. Uma das metas da entidade consiste na criação de um parque com incubadora para novas empresas, trabalho que iniciou ainda em 2007 e que deve ser acelerado a partir do reconhecimento como APL.

Finanças

Basso e Perini entre os mais representativos

Os vinhos de Farroupilha ficaram entre os 16 mais representativos da safra de 2012 na 20ª edição da Avaliação Nacional de Vinhos. O Chardonnay, da Basso Vinhos e Espumantes, e o Moscato Bianco R2, da Vinícola Perini foram destaques, após serem degustados por 850 apreciadores, no último sábado, no Parque de Eventos de Bento Gonçalves. As amostras farroupilhenses se destacaram entre as 387 unidades inscritas por 70 vinícolas. Entre os 30% mais representativos, três vinhos são da Basso e 11 da Perini. Ambas vinícolas integram a Associação Farroupilhense de Produtores de Vinho, Espumantes, Sucos e Derivados (Afavin).


14 | Quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Cidade

Compromisso com a cidade cidade@jornalinformante.com.br

Coplane completa meio século de história Na noite de terça, o Legislativo homenageou a trajetória da empresa fundada em 1962 Daniel Rufatto

Antônio Dotta e Antônio Luís Dotta, diretores do escritório, receberam a honraria na Câmara

H

á meio século, Antônio Dotta iniciou suas atividades contábeis como autônomo. Em 1973 ele fundou o primeiro escritório de contabilidade da cidade, que recebeu a denominação de Conor. O nome Coplane, que é mantido até hoje, foi adotado somente dois anos depois. Para reconhecer a história de Dotta, que se mistura com a de Farroupilha, o Legislativo realizou uma sessão solene comemorativa ao cinquentenário da Coplane Contabilidade e Planejamento Ltda. A homenagem ocorreu na noite de terça, com a entrega de

uma placa alusiva à data de fundação da empresa aos diretores Antônio Dotta e Antônio Luís Dotta. Atualmente, a Coplane oferece um conjunto de serviços para seus clientes e parceiros. A entidade atua nas áreas de Contabilidade, Negócios, Medicina do Trabalho e Gestão Empresarial. Em 1988, a Coplane esteve na frente mais uma vez e foi o primeiro escritório contábil da região a se informatizar. Após uma reestruturação interna, que aconteceu em 2003, o local passou a oferecer serviços de contabilidade na própria estrutura empresarial do

Uma cachorrinha de raça Pinscher foi encontrada nas proximidades do trevo de acesso ao bairro Pio X. A cadelinha é adulta, tem porte pequeno e cor preta e caramelo. Qualquer informação, entrar em contato com Carla pelo fone 9103.2232. Caso o proprietário não for encontrado, ela ficará disponível para a doação.

Divulgação

Alguém quer me adotar?

cliente, além de participar de projetos sociais, aumentar os investimentos em tecnologia e investir na formação dos funcionários. Indo além das fronteiras, a empresa expandiu sua área de atuação. Hoje, há escritório da Coplane na cidade de Carlos Barbosa e, neste ano, também foi instalada uma unidade de negócios em São Paulo. Mas a empresa de contabilidade não se preocupa somente com a sua estrutura. Eles investem em qualificação especializada para todos os profissionais, como garantia de um bom atendimento.


Quinta-feira, 4 de outubro de 2012 | 15

Compromisso com a cidade

Política

politica@jornalinformante.com.br

Os últimos dias de campanha

Debates aconteceram e ainda acontecem nesta quinta, e embate de ideias marca o encerramento do período de disputa que antecede a definição nas urnas no domingo pós quase três meses, a campanha eleitoral está prestes a chegar ao fim. Neste domingo, os farroupilhenses escolhem os dois representantes do Poder Executivo (prefeito e vice) e os 15 do Poder Legislativo (vereadores). A semana foi agitada com os últimos debates envolvendo os candidatos à eleição majoritária. Ademir Baretta, da coligação Farroupilha Mais (PMDB/PP/PSDB/PTB/ PPS/PR/PRB/PSL); Claiton Gonçalves, da coligação Farroupilha Quer, Pode e Merece (PDT/PSB/PT/PCdoB/DEM); e Glacir Gomes, da chapa pura Pela Vida (PV), estiveram frente a frente em três oportunidades. No sábado pela manhã, o debate aconteceu na Rádio Spaço FM. Na terça à noite, a TV Farroupilha sediou as discussões. Na quarta à noite, foi a vez da Rádio Viva. Por fim, nesta quinta, na Rádio Miriam, às 9h30min, e Sonora, às 17h, acontecem os últimos debates entre os candidatos. Segurança, saúde e infraestrutura foram os temas que abriram os trabalhos no Canal 14. A partir do segundo bloco, um candidato fazia a pergunta, outro respondia, um terceiro comentava e, por fim, a réplica era realizada pelo autor do questionamento. Educação e sustentabilidade foram assuntos que ganharam ênfase nas discussões. Ao final de duas horas de programa, os trabalhos foram encerrados com uma mensagem de despedida dos candidatos, que agradeceram aos apoiadores de campanha e pediram o voto aos telespectadores farroupilhenses. Pedido que deve se repetir nesta quinta, mas nas ondas do rádio.

Fabiano Gasperin

A

Glacir, da Pela Vida; Claiton, da Farroupilha Quer, Pode e Merece; e Baretta, da Farroupilha Mais durante o debate de terça na TV Farroupilha

O trio que disputa a eleição majoritária

Nome do candidato: Ademir Baretta Nome para urna: Baretta Número: 15

Nome do candidato: Claiton Gonçalves Nome para urna: Claiton Número: 12

Nome do candidato: Glacir Gomes Nome para urna: Glacir Número: 43


16 | Quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Compromisso com a cidade

Política

politica@jornalinformante.com.br

“A maioria dirá sim à continuidade” D

o trio que concorre ao Executivo, Ademir Baretta é o único que já passou por uma campanha à prefeitura. Saiu vitorioso no pleito de 2008 e conta com seu mandato e a experiência de uma corrida eleitoral como trunfos para ser reconduzido ao cargo de chefe do Poder Executivo por mais quatro anos. Na entrevista abaixo, o candidato da coligação Farroupilha Mais (PMDB/PP/ PSDB/PTB/PPS/PR/PRB/PSL) fala da campanha deste ano, traça um paralelo com a de 2008, aponta aspectos positivos e negativos do período de disputa e comenta sobre sua expectativa para o pleito dominical. Jornal Informante: Que balanço pode ser feito da campanha? Ademir Baretta: O balanço é muito positivo. Uma campanha eleitoral é sempre um bom momento na vida de todos nós. É uma oportunidade em que toda a comunidade debate, analisa, questiona e escolhe propostas dos candidatos. Nesse aspecto, para mim, esta jornada foi muito boa. Pude debater, conversar com centenas e centenas de eleitores. Senti nesses contatos um grande calor humano, um apoio muito forte às nossas propostas. Ouvi muito, aprendi muito, conheci muita gente, reencontrei outros tantos conhecidos, enfim, foi tudo muito bom.

Arquivo Jornal Informante

Ademir Baretta, candidato à reeleição pela coligação Farroupilha Mais, aposta na experiência como grande trunfo para vencer a eleição deste domingo

Para Baretta, eleitor está mais interessado nesta eleição: discussão no campo das propostas

Informante: Que diferenças são perceptíveis em relação à sua última campanha? Baretta: A grande diferença que notei entre as campanhas de 2008 e 2012 é que aumentou o interesse da população sobre os aspectos que envolvem a nossa cidade. Nossos cidadãos estão mais informados, sabem mais e, assim, questionam mais, exigem mais dos candidatos e isso é muito bom. Com isso, passa-se a discutir mais sobre propostas, sobre plano de go-

verno e deixa-se de lado questões pessoais. É um grande avanço, mais um grande passo em nossa democracia esse aumento do grau de interesse dos eleitores. Informante: É possível destacar um aspecto positivo e um negativo da campanha? Baretta: O aspecto positivo é o carinho e a atenção com que sempre fomos recebidos por todos. Como já disse anteriormente, contatamos com milhares de

farroupilhenses. Sempre num clima muito cordial. O aspecto negativo é a campanha de mentiras e ofensas que lançaram sobre minha pessoa. Tentaram me destruir moralmente com essas mentiras, mas isso não deu resultado. A verdade sempre prevalece. E o farroupilhense sabe distinguir bem a verdade da mentira. Informante: Qual a expectativa para o pleito? Baretta: A melhor possível. A vitória está consolidada. Domingo, a maioria dos farroupilhenses vai confirmar isso através do voto. Levamos a campanha em alto nível, apresentamos as melhores propostas, muito bem recebidas pelos farroupilhenses. Domingo, a maioria dirá sim à continuidade de uma proposta de governo realizadora, inovadora, voltada para uma Farroupilha ainda melhor. Informante: Por fim, deixe um recado aos eleitores farroupilhenses. Baretta: Meu muito obrigado a todos. Agradeço por todo este grande apoio, este carinho de todos vocês. Eu sempre tratei a todos com respeito. Todos, com exceção de alguns poucos, me trataram da mesma forma. Vamos seguir juntos até a vitória. Vá lá na urna e confirme o seu voto no 15, seu voto num futuro seguro, seu voto numa Farroupilha ainda melhor para você e sua família.


Quinta-feira, 4 de outubro de 2012 | 17

Compromisso com a cidade

Política

politica@jornalinformante.com.br

“Confiamos que a vitória será nossa” Candidato da Farroupilha Quer, Pode e Merece, Claiton Gonçalves acredita que o sentimento de mudança verificado na campanha terá reflexo nas urnas ma das novidades no pleito deste ano no lado oposicionista foi Claiton Gonçalves. Em pouco tempo, ele virou unanimidade na frente e indicado a encabeçar a chapa da coligação Farroupilha Quer, Pode e Merece (PDT/PSB/PT/ PCdoB/DEM). Na entrevista abaixo, ele avalia sua estreia em uma campanha eleitoral, os aspectos positivos e negativos vivenciados no período e a expectativa para o pleito deste domingo. Jornal Informante: Que balanço pode ser feito da campanha? Claiton Gonçalves: Muito bom. Tem sido um trabalho profícuo. Contamos com uma equipe muito qualificada que nos forneceu a segurança necessária para nossa caminhada. Recebemos da comunidade uma grande atenção. Os farroupilhenses têm nos recebido, recebido nossas propostas de braços abertos, com um interesse em se inteirar das nossas ideias e metas e percebemos que há um sentimento de mudança e é o que propomos. Essa mudança passa por uma alteração na forma de fazer política, de administrar, de utilizar o dinheiro público, que é sagrado. Achamos que é hora de um enxugamento urgente da máquina pública para a cidade ter novamente fôlego para crescimento. A confiança que a comunidade prestou no meu trabalho durante mais de

Ramon Cardoso

U

Trunfos: Claiton fez questão de destacar a força da militância e o carinho recebido na campanha

20 anos, mesmo eu não tendo a faculdade de prefeito, eu quero retribuir para termos a condição de fazermos um governo justo e de crescimento. Informante: Tinhas uma expectativa diferente da campanha ou a jornada ficou dentro do esperado? Claiton: Eu nunca estive muito por dentro de uma campanha. Sempre acompanhei do lado do eleitor. Deste, tu avalias as peças, as propostas. Do lado do candidato, tu tens que criar as peças, as pro-

postas. É muito diferente, mas tem sido uma ótima experiência. Trabalhar com uma equipe grande requer uma minuciosa organização e muito planejamento. Informante: É possível destacar um aspecto positivo e um negativo da campanha? Claiton: O ponto positivo é a força da nossa militância. A disposição do pessoal que nos acompanha. Isso é que nos garantiu a energia necessária para chegarmos até aqui, além do carinho da popula-

ção. O negativo é que ganhei mais alguns cabelos brancos (risos), envelheci. Mas por outro lado, amadureci bastante. Informante: Qual a expectativa para o pleito? Claiton: Nossa expectativa é muito boa. Temos um sentimento de que a vitória será nossa, confiança de que a vitória será nossa. Vamos continuar trabalhando, mantendo contato com as pessoas até o último momento permitido. Daremos visibilidade maior ao nosso projeto nesses últimos dias. A proposta é de avançar. Informante: Por fim, deixe um recado aos eleitores farroupilhenses. Claiton: Queria agradecer a todos os eleitores que abriram suas casas, empresas, escritórios, escolas, maternais, unidades de saúde, hospital, enfim, a todos que nos acompanharam nessa caminhada. Queria dizer que mais do que abrir casas, abrir o coração para uma proposta nova é fundamental e nós agradecemos essa confiança. Vamos honrar cada voto depositado no nosso projeto. Assim como sempre honramos nosso trabalho privado, agora vamos honrar o trabalho dentro da administração pública. Precisamos que a comunidade, além de votar no 12, que é uma escolha de mudança, também vote nos nossos candidatos à Câmara de Vereadores. Precisamos de uma renovação também no Legislativo.


18 | Quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Política

Compromisso com a cidade politica@jornalinformante.com.br

“Mudamos a forma de pensar política” Último a entrar na disputa ao Executivo, candidato Glacir Gomes, da Pela Vida, ressalta que maneira como expôs suas ideias alterou a eleição farroupilhense

P

artido novo, candidato novo. A eleição municipal deste ano marca a estreia do PV e de Glacir Gomes. Com uma proposta de ‘desprofissionalizar’ a política, o candidato da chapa pura Pela Vida fala, na entrevista abaixo, um pouco sobre a campanha, suas ideias, destaca pontos positivos e negativos do período e projeta a disputa dominical. Jornal Informante: Que balanço pode ser feito da campanha? Glacir Gomes: Muito positivo. Desde o começo do partido o que sempre dizíamos era que as eleições nunca mais seriam as mesmas. Não que iríamos fazer grande diferença, mas iríamos tentar mudar a forma de fazer política. Hoje, os políticos trabalham para eles e nós achamos que os impostos têm que ser revertidos à população. Falamos isso desde o início e não mudamos o nosso discurso. Queremos reduzir 70% dos CCs, acabar com os políticos de profissão, romper esse círculo de poder, sempre com as mesmas pessoas. Esse é o nosso recado. Se vamos fazer boa votação eu não sei. O que eu vejo é um sentimento de mudança muito forte na cidade. Informante: Tinhas uma expectativa diferente da campanha ou a jornada ficou dentro do esperado? Glacir: Tudo que eu fiz na vida sempre foi bem planejado. Sei que me expus, mas é gratificante quando tu recebes a manifestação de pessoas que vêm te cumprimentar e destacar que eu falei a verdade, que falei coisas que elas gostariam de ter falado. Quero que essas pessoas votem em mim, para que eu faça uma votação expressiva, vencedora e que também faça mais pessoas, que não são políticos como eu, ingressarem na política. Desejo que a população avalie este momento como um

Ramon Cardoso

Glacir encara a disputa com a chapa pura do PV, a Pela Vida

oportuno para uma mudança, para uma virada. Se o Dr. Claiton vencer, saem os políticos do Baretta e entram os do Claiton. Haverá mudança de pessoas e não da forma de fazer política, que é o que propomos. Informante: É possível destacar um aspecto positivo e um negativo na campanha? Glacir: O negativo é que muitas pessoas dependem financeiramente da política e levam a questão para o lado pessoal. Desde o princípio, imaginei que campanha era como uma gincana, um Gre-Nal. Que os ânimos se elevam, mas que na segunda tudo volta ao normal. Não tinha a noção dessa dependência econômica que faz com

que as pessoas levem tudo para o pessoal. Eu, pessoalmente, não tenho nada contra ninguém. Política é uma disputa. Uma disputa de ideias, democrática. Não foi isso que eu vi. Essa é a parte ruim. A parte boa é o contato com o povo, saber que temos o mesmo pensamento da maioria, que não se expõe por medo de represália, para não comprar briga. Fui muito bem recebido, inclusive em residências que tinham placas e adesivos do Baretta e do Claiton. Muitos podem achar que o povo não pensa, que é massa de manobra. Não é. Acho que a população está mais consciente, esclarecida, e o PV teve muita sorte em entrar neste momento na política farroupilhense. Informante: Qual a expectativa para o pleito? Glacir: Se todas as pessoas que estão gostando do que estão ouvindo votarem em mim, eu ganho a eleição. O problema é que tem muitas pessoas achando que o Baretta ainda é um forte candidato e, por isso, vão votar no Claiton para tentar tirar o Baretta. Essa é uma eleição de difícil prognóstico. Porque há muitos fatores novos. O fator novo do PV, que está dizendo a verdade. O fator novo do Dr. Claiton, que também não tem passivo político. Informante: Por fim, deixe um recado para os eleitores. Glacir: Gostaria que todos que apreciaram o que eu falei, seja pelas verdades ou pelas propostas novas, que votem em mim. Eu posso fazer a diferença. O Baretta já provou que não pode fazer e o Dr. Claiton é só uma promessa, que não vai cumprir, em função dos cinco partidos da sua coligação. É um candidato que está com boas intenções, mas que colocou no papel um plano de governo que não é possível ser cumprido, tenho certeza. O recado final é votem em mim, no PV 43, que eu tiro o Baretta e faço a diferença.


20 | Quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Política

Compromisso com a cidade politica@jornalinformante.com.br

Os 132 candidatos ao Legislativo Confira, a partir desta página até a 24, todos os postulantes às 15 cadeiras em disputa para os próximos quatro anos na Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton

Nome do Candidato Adelar Francisco Borges Nome para urna Bombachinha Número: 15625

Nome do Candidato Ademir Colombo Nome para urna Chem Número: 15628

Nome do Candidato Adriano Nichetti Nome para urna Rúspia Número: 40000

Nome do Candidato Alberto Maioli Nome para urna Beto Maioli Número: 12369

Nome do Candidato Aldérico Bonez de Matos Nome para urna Dedé Número: 40010

Nome do Candidato Aldir Toffanin Nome para urna Aldir Toffanin Número: 12615

Nome do Candidato Alessandro da Silva Nome para urna Professor Alessandro Número: 15609

Nome do Candidato Alexandre Broilo Nome para urna Alexandre Broilo Número: 11555

Nome do Candidato Ana Elisa Tartarotti Todesco Nome para urna Ana Tartarotti Todesco Número: 11777

Nome do Candidato André Policarpo Pezzi Nome para urna André Pezzi Número: 11898

Nome do Candidato Antônio Girardi Nome para urna Antônio Girardi Número: 40190

Nome do Candidato Antônio Luiz Chiele Nome para urna Antônio Chiele Número: 15614


Quinta-feira, 4 de outubro de 2012 | 21

Compromisso com a cidade

Política

politica@jornalinformante.com.br

Nome do Candidato Antônio Valdeci Lemos Bisuti Nome para urna Deco Número: 40127

Nome do Candidato Ari José Rodrigues Júnior Nome para urna Ari Júnior Número: 25025

Nome do Candidato Arielson Arsego Nome para urna Gasolina Número: 15602

Nome do Candidato Aristides Tofolo Nome para urna Aristides Número: 15600

Nome do Candidato Ataíde Tadeu Flores Pereira Nome para urna Ataíde Pereira Número: 14123

Nome do Candidato Avelino Tarigo Nome para urna Avelino Tarigo Número: 45451

Nome do Candidato Beatriz Gelatti Mancalossi Nome para urna Prof Bea Número: 12211

Nome do Candidato Carla Cristiane Gomes Rech Nome para urna Carla Cristina Número: 45012

Nome do Candidato Carlos Alberto Sandoval Nome para urna Sandoval Número: 15678

Nome do Candidato Carmen Fagundes Brand Nome para urna Carmen Brand Número: 11131

Nome do Candidato Cíntia Franken Nome para urna Cíntia Número: 11100

Nome do Candidato Cipriano Miranda Nome para urna Cipriano Miranda Número: 40140

Nome do Candidato Clair Israel da Silva Nome para urna Clair Israel Número: 11133

Nome do Candidato Claudenir Antônio Cearetta Nome para urna Cearetta Brigadiano Número: 43043

Nome do Candidato Clézio Gabrielli Nome para urna Gabrielli da Auto Escola Número: 15654

Nome do Candidato Cristiano Marcolino Secco Nome para urna Cristiano Secco Número: 12812

Nome do Candidato Daniel Augusto Mandelli Nome para urna Daniel Mandelli Número: 11180

Nome do Candidato Deivid Argenta Nome para urna Deivid Número: 12140

Nome do Candidato Diego Dartagnan da Silva Tormes Nome para urna Professor Diego Número: 45145

Nome do Candidato Dirceu Chies Nome para urna Chies Número: 11011

Nome do Candidato Dolores Salete Zanonato Maggioni Nome para urna Dolores Maggioni Número: 11700

Nome do Candidato Éder Sandro da Silva Nome para urna Éder Número: 40123

Nome do Candidato Edson Roberto Barbosa Nome para urna Barbosa Número: 25888

Nome do Candidato Elário Wagner Nome para urna Elário Número: 15655

Nome do Candidato Eleonir José Pelicioli Nome para urna Pelicioli Número: 65653

Nome do Candidato Elio Luis Hoff Nome para urna Elio Luis Hoff Número: 14140

Nome do Candidato Eloi Martinho Guasselli Nome para urna Eloi Guasselli Número: 45123

Nome do Candidato Eloiva Weirich da Silva Nome para urna Loiva Número: 40444

Nome do Candidato Ezequiel Pereira da Veiga Nome para urna Ezequiel “Pijama” Número: 65000

Nome do Candidato Fabiano André Piccoli Nome para urna Fabiano Piccoli Número: 13000


22 | Quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Política

Compromisso com a cidade politica@jornalinformante.com.br

Nome do Candidato Fernanda Vetorazzi Nome para urna Fernanda Número: 12112

Nome do Candidato Fernando Bonamigo Tecchio Nome para urna Tecchio Número: 11888

Nome do Candidato Firmino Paulino Sousa Nome para urna Firmino P. Sousa Número: 10300

Nome do Candidato Flávio Patrício Ribeiro de Souza Nome para urna Boca Número: 12250

Nome do Candidato Franciele Benacchio Nome para urna Fran Benacchio Número: 11088

Nome do Candidato Geni Lumbieri Nome para urna Geni Lumbieri Número: 15623

Nome do Candidato Geni Maria Triches Nome para urna Geni Triches Número: 13313

Nome do Candidato Giovanna Brutomesso Salton Farinon Nome para urna Giovanna Número: 12600

Nome do Candidato Hortêncio Francisco Mendes do Amaral Nome para urna Hortêncio do Amaral Número: 13333

Nome do Candidato Ildo Dal Soglio Nome para urna Ildo Carteiro Número: 13213

Nome do Candidato Itacir Vieira de Matos Nome para urna Queixinho Número: 13613

Nome do Candidato Ivone do Carmo Junges Nome para urna Ivone Junges Número: 11615

Nome do Candidato Ivone Foletto Vendrúsculo Nome para urna Ivone Vendrúsculo Número: 45111

Nome do Candidato Jefferson Paim Nome para urna Jefferson Paim Número: 65065

Nome do Candidato Joanete Maria Delazeri Nome para urna Joanete Maria Delazeri Número: 45999

Nome do Candidato João Carlos Reolon Nome para urna João Carlos Reolon Número: 45678

Nome do Candidato João Daneli Sudarte Nome para urna João Daneli Número: 13513

Nome do Candidato João Juares Pereira Dias Nome para urna João Juares Número: 15620

Nome do Candidato João Reinaldo Arrosi Nome para urna Nego Arrosi Número: 15603

Nome do Candidato Joel Pereira Nome para urna Joel Pereira Número: 15604

Nome do Candidato Jonas Tomazini Nome para urna Jonas Tomazini Número: 45100

Nome do Candidato Jorge Cenci Nome para urna Cenci Número: 15680

Nome do Candidato José Mário Bellaver Nome para urna José Mário Bellaver Número: 15613

Nome do Candidato José Roberto Calábria Nome para urna Beto Calábria Número: 15688

Nome do Candidato Josué Paese Filho Nome para urna Kiko Paese Número: 11111

Nome do Candidato Juelci de Souza Nome para urna Juelci de Souza Número: 25170

Nome do Candidato Júlia Monzon Zilio Nome para urna Júlia Número: 65651

Nome do Candidato Juvelino Ângelo De Bortoli Nome para urna Juvelino Número: 15633

Nome do Candidato Kely Milani Nome para urna Kely Milani Número: 23000

Nome do Candidato Leandro Nath Nome para urna Leandro Nath Número: 12223


Quinta-feira, 4 de outubro de 2012 | 23

Compromisso com a cidade

Política

politica@jornalinformante.com.br

Nome do Candidato Leandro Somacal Nome para urna Leandro Somacal Número: 25222

Nome do Candidato Lenice Dama Nome para urna Nice Número: 15605

Nome do Candidato Lino Ambrósio Troes Nome para urna Lino Troes Número: 12123

Nome do Candidato Lourdes Viega Nome para urna Lourdes Viega Número: 40400

Nome do Candidato Lucília Alvino do Amaral Nome para urna Lucília (Lú) Número: 15601

Nome do Candidato Luís Henrique Werner Nome para urna Yke Werner Número: 22222

Nome do Candidato Luis Henrique Corá Salamão Nome para urna Zico Número: 15610

Nome do Candidato Maicon Ricci Nome para urna Maicon Ricci Número: 11123

Nome do Candidato Márcio Guilden Nome para urna Márcio Guilden Número: 13123

Nome do Candidato Márcio Rossi Sgarabotto Nome para urna Márcio Sgarabotto Número: 11600

Nome do Candidato Marco Antônio da Silva Nome para urna Marquinho Número: 11222

Nome do Candidato Maria da Glória Menegotto Nome para urna Glória Menegotto Número: 12500

Nome do Candidato Maria Isabel Rossetti Nome para urna Professora Isabel Número: 15612

Nome do Candidato Maristela Rodolfo Pessin Bridi Nome para urna Tetella Número: 15650

Nome do Candidato Mariza de Fátima da Silva Nome para urna Mariza Número: 10301

Nome do Candidato Marlice Ana Meotti Miranda Nome para urna Marlice A Itchê Número: 15607

Nome do Candidato Miguel Ângelo Silveira de Souza Nome para urna Professor Miguel Número: 12604

Nome do Candidato Neuza de Fátima Barboza de Souza Nome para urna Neuza Barboza Número: 40700

Nome do Candidato Odair José Sobierai Nome para urna Oda Sobierai Número: 40640

Nome do Candidato Osvaldo Dal Santo Nome para urna Seu Osvaldo Número: 45222

Nome do Candidato Paula Graziela Heafliger Nome para urna Paulinha Número: 25123

Nome do Candidato Paulo Fabiano da Silva Nome para urna Paulo Fabiano Número: 40990

Nome do Candidato Paulo Fraron Nome para urna Paulo Fraron Número: 14578

Nome do Candidato Paulo Roberto Dalsochio Nome para urna Paulinho Número: 12614

Nome do Candidato Pedro Luiz Trevisan Nome para urna Pedro Luiz Trevisan Número: 11608

Nome do Candidato Primo Marmentini Nome para urna Primo Marmentini Número: 15611

Nome do Candidato Protásio Cagliari Nome para urna Professor Protásio Número: 11120

Nome do Candidato Raul Herpich Nome para urna Raul Herpich Número: 11000

Nome do Candidato Renata Trubian Fritsch Nome para urna Advogada Renata Trubian Número: 15630

Nome do Candidato Rennan Bondan Nome para urna Rennan Bondan Número: 11188


24 | Quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Política

Compromisso com a cidade politica@jornalinformante.com.br

Nome do Candidato Rogério Domingues Flores Nome para urna Rogério Número: 12555

Nome do Candidato Rogir Centa Nome para urna Rogir Centa Número: 13713

Nome do Candidato Romeu Mützemberg Nome para urna Romeu Mützemberg Número: 14789

Nome do Candidato Roque Alcides Colombo Nome para urna Roque Colombo Número: 11610

Nome do Candidato Roque André Tomazini Nome para urna Tomazini Número: 12345

Nome do Candidato Rosane Bernardi Nome para urna Rosane Bernardi Número: 13113

Nome do Candidato Roselane Silveira Belaver Nome para urna Rose Belaver Número: 12800

Nome do Candidato Rudmar Elbio da Silva Nome para urna Rudi Número: 40111

Nome do Candidato Sandro Luiz Boessio Nome para urna Boessio Número: 40040

Nome do Candidato Santino Luiz Hahn Nome para urna Santino Hahn Número: 13610

Nome do Candidato Sedinei Catafesta Nome para urna Catafesta Número: 11130

Nome do Candidato Sérgio Pedro Cousseau Nome para urna Sérgio Cousseau Número: 13013

Nome do Candidato Silmar Guilherme Mantovani Nome para urna Kiko Mantovani Número: 43000

Nome do Candidato Silvio José Marchetto Nome para urna Silvio Marchetto Número: 25000

Nome do Candidato Silvio Roberto Ferreira de Souza Nome para urna Silvio Souza Número: 40500

Nome do Candidato Simone Gasperin Nome para urna Simone Gasperin Número: 40300

Nome do Candidato Sirlei Maria do Amaral Nome para urna Sirlei do Amaral Número: 13655

Nome do Candidato Sirlei Soares Pinto Guaragni Nome para urna Sirlei Guaragni Número: 14100

Nome do Candidato Sueli da Silva Alves Nome para urna Teka Número: 40073

Nome do Candidato Tainá Tarelli Gientorski Nome para urna Tainá Número: 40440

Nome do Candidato Tânia Maria Lunardi Nome para urna Tânia Maria Número: 11428

Nome do Candidato Terezinha Aparecida Pinto Delfes Nome para urna Terezinha Delfes Número: 14313

Nome do Candidato Valdemar Ferreira Nome para urna Valdemar Ferreira (Borracha) Número: 15666

Nome do Candidato Valdicir Augusto Colognese Nome para urna Valdicir Colognese Número: 14567

Nome do Candidato Valdirene Tomazini Paim Nome para urna Val Paim Número: 13444

Nome do Candidato Valmor Vargas dos Santos Nome para urna Valmor dos Santos (PC) Número: 15670

Nome do Candidato Vandré Fardin Nome para urna Vandré Fardin Número: 40200

Nome do Candidato Vanucci Baierle Azambuya Nome para urna Vanucci Azambuya Número: 12577

Nome do Candidato Vinicius Grazziotin de Cezaro Nome para urna Prof. Vini Número: 13678

Nome do Candidato Zulmir Possa Nome para urna Zulmir Possa Número: 40940


Quinta-feira, 4 de outubro de 2012 | 25

Compromisso com a cidade

Política

politica@jornalinformante.com.br

Confira o seu local de votação Veja a lista das 161 seções eleitorais espalhadas em 56 pontos do município e o número de eleitores que cada uma concentra

Local

Seção

Eleitores

Local

Seção

Eleitores

Vivian Maggioni

1, 17, 60, 65, 74, 84, 110, 126 e 155

3024

Salão Comunitário Rio Burati

36 e 159

430

Salão da Igreja São Vicente

2, 52, 70, 78, 86, 92 e 167

2409

Seminário Apostólico

37, 40, 103, 135 e 166

1654

Escola Carlos Fetter

3, 55 e 62

1182

Salão Linha Boêmios

38

275

Estadual Farroupilha

4, 19, 59, 63, 75, 81, 96 e 101

2848

Salão Nova Sardenha

39 e 156

450

Sindicato Rural

5, 64 e 89

811

Salão da Igreja Evangélica

42

378

Salão Comunitário Pio X

6, 54 e 87

1005

Nossa Senhora de Lourdes

7, 35, 57, 71, 83, 104, 115 e 146

2725

Salão Santo André Avelino

43

95

Salão Comunitário Salete

8 e 146

410

Salão Distrito São Luiz

48

155

Escola Teresinha Travi

9

301

Salão Capela da Saúde

49

211

Clube Juvenil

10 e 82

720

Salão Igreja São José

50

220

CTG Rancho de Gaudérios

11, 53, 66 e 79

1361

Salão Caravaggeto

51

96

Escola Júlio Mangoni

13 e 15

644

Escola Presidente Médici

102

226

Escola Isabel Venzon

14 e 100

648

Salão do 1º de Maio

105, 114, 120, 124, 152 e 162

2332

Salão Linha Jacinto

16

307

Escola José Chesini

107

332

Escola Santa Cruz

18, 44, 68 e 98

1191

Salão Linha Paese

108 e 165

407

CNEC

20, 58, 76 e 99

1577

Escola Medianeira

109, 143 e 164

831

Escola Ângelo Chiele

21 e 72

788

Escola Ilza Molina Martins

111, 123, 145 e 151

1587

Escola Presidente Dutra

22, 32, 56, 61, 67, 77, 91, 97 e 153

3169

Salão São João

112

128

Salão Linha Alencastro

23

325

Salão Monte Bérico

113

171

Escola Senador Teotônio Vilela 24, 73, 106, 116, 149,160 e 169

2407

Escola Cinquentenário

117, 133, 137 e 157

1401

Santuário de Caravaggio

25 e 94

586

Salão das Graças

119

287

Escola José Fanton

26, 46, 80, 85 e 118

1849

Escola Ângelo Venzon Neto

125 e 144

774

Escola Ângelo Rigatti

27

217

Escola João Grendene

134, 142, 148 e 161

1567

Escola Pio X

28, 69 e 147

944

Escola Oscar Bertholdo

136 e 171

408

Capela de Todos os Santos

29

357

Escola Zelinda Rodolfo Pessin

138 e 163

446

Salão do Monte Bérico

30

320

Escola Padre Rui Lorenzi

139 e 150

756

Salão Comunitário da Sertorina 31

343

Salão São Francisco

140 e 170

404

CESF

33, 41, 47, 90, 95, 121, 122 e 141

2474

Salão América

158 e 168

427

Salão Comunitário das Dores

34

182

Número total de eleitores

51572


26 | Quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Boca-de-Urna

Compromisso com a cidade bocadeurna@jornalinformante.com.br

Continuidade ou novidade para os próximos quatro anos? Fotos: Arquivo Jornal Informante

Assim como já havia ocorrido em 2008, a cidade conta com três candidatos ao Executivo. Ademir Baretta, da coligação Farroupilha Mais, tenta a reeleição e ocupa o posto desejado por Claiton Gonçalves, da coligação Farroupilha Quer, Pode e Merece, e Glacir Gomes, da chapa pura Pela Vida. No princípio da noite de domingo já saberemos quem comandará o Executivo pelos próximos quatros anos.

Baretta (à esquerda) busca reeleição, enquanto Claiton e Glacir estreiam no pleito

Renovação e mais vagas

Uma disputa acirrada deve acontecer na Câmara de Vereadores. Afinal de contas, são 132 concorrentes para 15 vagas, uma média de 8,8 candidatos para cada cadeira. Como na próxima legislatura há incremento em cinco postos, era esperado um aumento de pretendentes aos cargos.

Pesquisa Methodus

O Instituto Methodus, segundo informou o diretor José Carlos Sauer, realizou cerca de um terço das pesquisas eleitorais do Estado. Foram registradas 85 pesquisas em 75 cidades desde maio, sem qualquer tipo de impedimento, em diversos veículos do Estado. Foram mais de 35 mil pessoas ouvidas durante os levantamentos.

Serviço completo

O maior Editorial (caderno principal) da história do Jornal Informante, com 36 páginas, circula nesta quinta. Totalmente voltado à eleição municipal. Opinião dos candidatos, lista completa dos postulantes às vagas no Executivo e Legislativo, entrevista com a juíza eleitoral, com as representantes do Subcomitê 9840 da OAB Farroupilha, locais de votação, a segunda pesquisa do Instituto Methodus na Matéria Especial com os cenários espontâneo, estimulado e de rejeição, além de matérias relacionadas ao pleito na Editoria de Segurança, Descolado 25 e até mesmo na seção Sétima Arte, com um filme sobre política. Edição mais tematizada que essa, impossível.

As surpresas da vez

A eleição para o Legislativo, via de regra, sempre registra uma que outra surpresa. Neste ano, então, com o número elevado de candidatos e vagas, a chance de uma composição inesperada é ainda maior. Uma outra disputa é para ver quem faz a maioria na Câmara de Vereadores. A situação atual dominou as vagas nos últimos pleitos e tem uma perspectiva melhor. Mas com 15 vagas, é arriscado fazer qualquer prognóstico. Alguém arrisca?

Sai ou não sai pesquisa?

No domingo à noite, o Tribunal Regional Eleitoral (TSE) acusou um registro de pesquisa do Instituto Gaúcho de Pesquisas de Opinião, contratada pela coligação Farroupilha Mais. No entanto, na segunda, a informação havia sido retirada do site do Tribunal.

Subcomitê 9840

Lembre: a amizade é muito maior que a política

No encerramento dos trabalhos do Subcomitê 9840, da OAB Farroupilha, as advogadas Eliane Trevisol Dal Ponte e Fernanda Camargo da Silva deixam, na conclusão das atividades pré-eleitorais, uma recomendação oportuna para o período. “Defenda sua opinião respeitando a do seu amigo(a). A política vai passar, a amizade continua. Não brigue por política, só quem perde é você”. Recado dado. Bom voto a todos.


Quinta-feira, 4 de outubro de 2012 | 27

Compromisso com a cidade

Política

politica@jornalinformante.com.br

Mais sobre a eleição Esclareça algumas dúvidas sobre o pleito municipal que acontece neste domingo

Qual o horário de votação? As seções eleitorais funcionam das 8h às 17h.

Quais os locais de votação?

No município existem 56 locais de votação e 161 seções eleitorais. Confira a relação completa na página 25.

Quantos votam na cidade?

Farroupilha conta, para este pleito, com 51.572 eleitores aptos a participarem da eleição deste domingo.

Quem deve votar?

O voto é obrigatório para todos os brasileiros com mais de 18 anos e menos de 70 anos. Para quem possui entre 16 e 18 anos e para quem tem mais de 70 anos, o voto é facultativo, assim como para os analfabetos. Estrangeiros naturalizados brasileiros também são obrigados a votar.

O que é preciso para votar?

Título de eleitor ou, caso tenha perdido o título é possível votar com qualquer documento com foto (CNH, Carteira de Trabalho) desde que o comparecimento ocorra na seção eleitoral onde o eleitor está cadastrado.

Como justifico o voto?

Para os eleitores que estiverem fora de seu domicílio eleitoral no domingo, a justificativa pode ocorrer em qualquer seção eleitoral, entregue junto com o documento de justificativa eleitoral (obtido nos Cartórios Eleitorais ou sites do TRE, o www.tre-rs.gov.br, ou TSE, www.tse.gov.br) preenchido, título de eleitor ou documento com foto. Caso não seja possível realizar a ação no dia do pleito, a justificativa pode ser realizada em qualquer Cartório Eleitoral até 60 dias após a eleição, desde que a motivação venha acompanhada de documentos que comprovem a impossibilidade de comparecimento às urnas no dia 7.

Qual a ordem da votação?

O primeiro voto é para a eleição proporcional, ou seja, para vereador. São cinco dígitos (dois em caso de voto na legenda). Na tela deve aparecer a foto, o nome, o número e o partido do candidato escolhido. Se as informações estiverem corretas, aperte a tecla verde para confirmar o voto, momento em que a urna emitirá um sinal sonoro. Caso tenha ocorrido algum erro de digitação, aperte a tecla laranja para corrigir e o procedimento volta ao início. Em seguida, a escolha é para a eleição majoritária, para prefeito. São apenas dois dígitos. Após o procedimento, a urna emitirá um sinal sonoro prolongado e a palavra fim. Para evitar problemas, faça uma cola abaixo. Divulgação

Vereador

Prefeito

Voto em branco ou nulo

Para votar em branco basta apertar a tecla branco e em seguida a tecla confirma. Já para anular o voto é necessário digitar um número de candidato ou partido inexistentes e a tecla confirma na sequência.


28 | Quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Política

Compromisso com a cidade politica@jornalinformante.com.br

Guardiãs do voto limpo e da lei

Fotos: Arquivo Jornal Informante

Advogadas Eliane Trevisol Dal Ponte e Fernanda Camargo da Silva, do Subcomitê 9840 da OAB Farroupilha e juíza Cláudia Bampi fazem avaliação da campanha

As estreantes: advogadas Fernanda e Eliane, do Subcomitê 9840, e a magistrada Cláudia tiveram uma participação ativa durante toda a campanha que entra definitivamente na contagem regressiva

E

las não estão concorrendo nesta eleição, no entanto, também tiveram uma rotina atribulada. A juíza eleitoral Cláudia Bampi e as advogadas Eliane Trevisol Dal Ponte e Fernanda Camargo da Silva, do Subcomitê 9840, serviram de guardiãs, não somente da lei, especificamente no caso da magistrada, mas também da ética, moral e combate à corrupção eleitoral, na condição das integrantes da OAB Farroupilha. “O início foi bem tranquilo. Em julho

tivemos apenas uma representação. O trabalho foi intensificado em agosto e setembro. Eleição municipal não costuma ser calma e Farroupilha não fugiu à regra”, ressaltou Cláudia. Porém, neste ano em especial, o número de representações aumentou. Até quarta à tarde, ele chegou a 34, contra 21 durante todo o período de 2008. Três processos seguem em tramitação na 61ª Zona Eleitoral. Magistrada há quase 11 anos, foi a primeira oportunidade que Cláudia teve

de participar de uma eleição municipal. Apesar da alta carga de trabalho, a juíza destaca que é gratificante atuar diretamente e de forma efetiva em um momento importante da cidade. O trabalho de Eliane e Fernanda é muito mais informativo e até mesmo preventivo. Estreantes, porém na condição de defensoras do voto limpo, a dupla de advogadas também apreciou o período. “Sabíamos que a meta era de esclarecer eleitores e cidadãos em geral sobre a

importância do voto consciente, mas sabemos que o Subcomitê pode fazer muito mais nos pleitos futuros”, observa Eliane, que viu uma campanha normal. “Os candidatos que utilizem os últimos dias para ganharem de forma limpa a confiança do eleitor e este que faça muito bom uso do voto, com uma escolha consciente e pautada pela importância de escolher representantes que tenham ética, moral e que sejam ficha limpa”, recomendou Fernanda.


30 | Quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Educação

Compromisso com a cidade educacao@jornalinformante.com.br

Mudando a realidade dos adolescentes O Instituto Adelino Miotti comemora um ano de fundação na quarta, cumprindo o objetivo de qualificar e humanizar jovens em situação de vulnerabilidade social á um ano, a Soprano decidiu realizar o sonho de seu fundador, Adelino Miotti, que faleceu em 23 de julho de 2010. Então, no dia em que ele completaria 70 anos, o Instituto que carrega o seu nome foi criado. O desejo de Miotti era poder devolver para a comunidade farroupilhense o que foi feito para a empresa prosperar. Desde quando foi fundado, o Instituto Adelino Miotti já conta com uma biblioteca interna, que é mantida em parceria com o Serviço Social da Indústria (Sesi), e é voltada para os funcionários. A empresa também iniciou o seu primeiro ciclo de palestras para a comunidade. Até o momento, foram realizados três encontros, no auditório do Colégio Estadual Farroupilha, com assuntos como a construção de valores na sociedade, os limites na adolescência e bullying. Os próximos, que ainda acontecerão neste ano, terão como temas drogadição e sexualidade. Mas o projeto que mais tem repercutido e realmente está fazendo cumprir o sonho de Miotti, é o Recriar. O programa trabalha com adolescentes de 16 a 18 anos em situação de vulnerabilidade social. Conforme a coordenadora pedagógica do Instituto, Simone Onzi, os 19 participantes do programa cursam gratuitamente Mecânica de Usinagem no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) pela manhã. “Durante a tarde, os adolescentes ficam no Instituto, onde eles têm atividades de formação para a vida, inglês,

Elisa Rossi Kemmer

H

Os alunos frequentam o Instituto durante a tarde, tendo formação com profissionais voluntários no programa, sendo que muitos são cedidos por parceiros

informática, reforço pedagógico, português instrumental e prática esportiva”, relata Simone. Para que isso seja possível, a entidade possui parcerias com a Skill, Amiga Informática e Sesi, que disponibilizam seus funcionários de forma gratuita para o projeto. Ela salienta que, sem essas parcerias, não seria possível manter esses jovens no Recriar, pois a Soprano arca com to-

dos os custos de manutenção, inclusive com transporte e alimentação. No turno da noite, os jovens frequentam a escola regular. Simone afirma que nesses oito meses do programa, já dá para notar uma diferença positiva nos alunos, tanto em casa como na escola. “Agora eles se preocupam mais com o amanhã, com o seu futuro e são mais comprometidos. O objetivo do proje-

to não é somente formar profissionais, mas humanizá-los”, diz a coordenadora. O educando Vinícius Conte Soares, 16 anos, reafirma as palavras de Simone, sobre os benefícios do Recriar. “O programa desafia e apoia os primeiros passos da escolha profissional, proporcionando conhecimentos e habilidades que são ferramentas que abrem um universo de possibilidades”, garante.


32 | Quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Segurança

Compromisso com a cidade seguranca@jornalinformante.com.br

Efetivo será reforçado no domingo A Brigada Militar espera que os candidatos colaborem com a segurança pública no dia da eleição, já que todos têm ciência das condutas permitidas e vedadas Arquivo Jornal Informante

P

ara garantir a segurança nas eleições, a Brigada Militar (BM) irá trabalhar com a sua capacidade máxima no município. Segundo o comandante do 36º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Farroupilha, tenente-coronel Haroldo Edison Knebel, até mesmo os policiais que atuam no setor administrativo do Batalhão irão às ruas. Conforme Knebel, o Poder Judiciário não comunicou a BM sobre a implementação da Lei Seca, que proíbe o comércio de bebidas alcoólicas no dia da eleição. O comandante afirma que até agora não houve nenhuma ocorrência policial envolvendo os candidatos. Portanto, a expectativa é de que o domingo seja de um pleito tranquilo. “Os candidatos e colaboradores das campanhas eleitorais devem contribuir para que não ocorra nenhum incidente, pois todos têm ciência das condutas permitidas e proibidas tanto no

Knebel alerta: bandeiras, broches e adesivos são permitidos, desde que a manifestação seja feita de forma silenciosa

dia da eleição como nas horas anteriores”, esclarece o tenente-coronel. O comando do Batalhão já se reuniu com a promotora eleitoral Cláudia Formolo

190

POE prende três foragidos

Na tarde da última sexta, em operação que vem sendo realizada com uma série de cumprimento de mandados de busca e apreensão, três indivíduos que se encontravam na situação de foragidos da Justiça foram presos pelo Pelotão de Operações Especiais (POE). A primeira prisão foi de um homem de 34 anos e ocorreu no Centro da cidade, já no início da tarde. Logo depois, no bairro Industrial, foi identificado e detido um indivíduo de 28 anos. A terceira prisão aconteceu no por volta das 17h, no bairro São Francisco, onde a guarnição localizou outro procurado, de 29 anos. Os três foram encaminhados à Delegacia e depois para a Penitenciária Industrial de Caxias do Sul.

Obituário 1º de outubro Maria de Lourdes Czarbonai, 80 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza.

Hendler Balbinot e com a juíza eleitoral Cláudia Bampi para a troca de informações sobre as atitudes que são vedadas e as ações que devem ser tomadas

caso elas ocorram. A promotora, inclusive, irá palestrar para todos os policiais do Batalhão para a troca de ideias. A conduta que

mais preocupa o comandante é a distribuição de material impresso na hora da votação, que deverá ser apreendido e o caso encaminhado ao Ministério Público (MP). “A BM, o MP e o Judiciário irão trabalhar em conjunto no dia, inclusive, um oficial de justiça servirá de elo entre a tropa e os outros dois poderes”, relata o tenente-coronel. Ele alerta os eleitores para que no dia só faça sua manifestação partidária de forma silenciosa e individual. Outro fato importante é de que, até terça, eleitores e candidatos não podem ser presos, a menos em situações de flagrante delito ou se existir uma sentença condenatória final no processo penal. O comandante diz que o fato não vai interferir no trabalho da BM. Knebel avisa a população de que se alguém tiver alguma denúncia deve fazê-la através do fone 190.

Mobilização pela segurança Em uma iniciativa de empresários farroupilhenses, que uniram recursos, o presidente do Movimento de Combate à Violência (Mocovi), Luiz Pedro Piano, entregou uma nova viatura para o titular da Delegacia de Polícia Civil de Farroupilha, delegado Mário Mombach Jaworoski. O ato solene foi feito na noite da última segunda, no auditório da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CICS) de Farroupilha. Foram cerca de

30 proprietários de empresas que realizaram doações, mas eles preferem manter o nome em sigilo. Na oportunidade, Piano destacou a importância de manter os policiais na cidade e o auxílio da comunidade e empresários para que isso ocorra. Segundo ele, o Mocovi sempre possui novas demandas e elas são prontamente atendidas pelos farroupilhenses, mesmo que o dever de manter a segurança

da população seja do Estado. O delegado salientou a necessidade desse novo veículo para a Civil, principalmente para monitorar e combater o tráfico de drogas, já que a viatura vai ser usada na investigação policial. Mário afirma que se surpreende cada vez mais com a colaboração da comunidade de Farroupilha junto aos órgãos de segurança pública. Para ele, o fato serve de estímulo e motivação para o trabalho policial.


Quinta-feira, 4 de outubro de 2012 | 33

Compromisso com a cidade

EsportE

esporte@jornalinformante.com.br

Mau começo em casa Sub-17 do Brasil não tem a estreia ideal nas Castanheiras, mas pode se recuperar neste sábado Ramon Cardoso

Chance de recuperação: Sub-17 do Brasil volta a atuar em casa em busca da primeira vitória na competição estadual

Bate-Pronto

Cinquentenário e Santa Cruz dominam JEF de Handebol

Escolas que chegaram com mais times às semifinais dos Jogos Estudantis de Farroupilha (JEF) na categoria Handebol, Cinquentenário e Santa Cruz dividiram as conquistas, porém, por contar com um semifinalista a mais, quatro contra três, o educandário do bairro triunfou sobre o do 4º Distrito. As equipes se enfrentaram em duas decisões, com uma vitória para cada lado. Confira abaixo os resultados das finais e o geral. O JEF 2012 será encerrado com o Vôlei, que acontece de 7 a 13 de novembro.

Infantil Feminino

Santa Cruz 6x2 Cinquentenário

Infantil Masculino

Cinquentenário 8x2 Santa Cruz

Mirim Feminino

Santa Cruz 4x3 Zelinda Pessin

Mirim Masculino

Cinquentenário 5x2 Antônio Minella

Classificação final geral

Brasil

E

steve longe de ser a estreia em Farroupilha que o Sub-17 do Brasil imaginava. Encarando o líder do Juvenil B, no último sábado, nas Castanheiras, a equipe farroupilhense acabou goleada pelo 15 de Novembro, de Campo Bom, mas tem a possibilidade de se recuperar neste sábado. Porém, o duelo é contra o outro líder do estadual, o Americano, de Novo Hamburgo. Logo no início do duelo, o 15 saiu na frente. O Brasil empatou na sequência, com um gol de cabeça do zagueiro Alan, após cobrança de escanteio. Quando partiu para cima em busca da virada, o time local acabou oferecendo muitos espaços. Com um maior entrosamento, o visitante de Campo Bom finalizou a etapa inicial ven-

cendo por 3 a 1. No 2º tempo, tratou de tocar a bola e ainda conseguiu ampliar a vantagem para 4 a 1, dando números finais ao duelo. “Precisamos reconhecer que não fizemos uma boa partida. Tivemos muitas falhas e contra um time de qualidade isso é fatal. Mas serve de aprendizado. Vamos corrigir os erros nos treinamentos e entrar em campo mais atento neste sábado”, ressaltou o técnico Renato Teixeira. Neste sábado, o Brasil encara o Americano, que lidera a competição ao lado do 15 de Novembro com 9 pontos, ambos com 100% de aproveitamento. A partida inicia às 15h30min, nas Castanheiras, com entrada franca.

Juvenil B (4ª rodada) Sábado, às 15h30min Castanheiras (Farroupilha)

X Brasil

Americano

1º) Cinquentenário: 15 pontos 2º) Santa Cruz: 13 pontos 3º) Zelinda Pessin: 5 pontos 4º) Antônio Minella: 4 pontos 5º) Nova Sardenha: 3 pontos 6º) Presidente Dutra: 2 pontos 7º) Ângelo Chiele e Presidente Médici: 1 ponto

Voleio e Elástico lideram Farra

A 2ª rodada do Farra da Bola, disputado na Sede Campestre do Clube Santa Rita, assim como a inicial, não registrou nenhum empate. O Carrinho se recuperou e venceu o Finta por 3 a 2. Na sequência, o Elástico fez 2 a 1 no Firula. No encerramento da tarde de futebol, o Voleio aplicou 6 a 1 no Chaleira. A 3ª rodada acontece neste sábado, a partir das 14h, o Chaleira enfrenta o Elástico, o Carrinho encara o Firula e, por fim, o Finta mede forças com o Voleio. Os líderes da competição são Voleio e Elástico, com 4 pontos. Finta e Carrinho têm 2. Os lanternas, que ainda não pontuaram, são Firula e Chaleira.


34 | Quinta-feira, 4 de outubro de 2012

EsportE

Preliminar

preliminar@jornalinformante.com.br

Pontaria calibrada

Peso da estreia

O Sub-17 do Brasil acabou derrotado para o 15 de Novembro, de Campo Bom, por 4 a 1. O adversário é líder da disputa estadual e tem uma bela equipe, muito entrosada, mas o que também pesou para o time farroupilhense foi o fato de realizar a primeira partida diante do torcedor. E foi boa a presença de público nas Castanheiras. A equipe sentiu. Em certos momentos estava ansiosa e precipitava algumas ações que, em situações normais, não aconteceria. Neste sábado, o Brasil volta a atuar nas Castanheiras, porém, sem o peso da estreia. Embora o oponente seja o Americano, de Novo Hamburgo, o outro líder do Juvenil B, a expectativa é para o primeiro triunfo farroupilhense.

esporte@jornalinformante.com.br

Ainda mais líderes Ulysses Bertholdo e Marcelo Dalmut vencem uma etapa em Atibaia e ampliam vantagem no Campeonato Brasileiro de Rally

B

eneficiada pela ausência de muitos adversários, inclusive dos oponentes mais próximos na pontuação, a dupla Ulysses Bertholdo e Marcelo Dalmut ampliou ainda mais a folga na liderança do Campeonato Brasileiro de Rally (CBR), que teve prova disputada em Atibaia, interior paulista. Piloto e navegador participaram apenas da 5ª etapa, realizada no sábado, e venceram na categoria 4x4 Turbo. “Realizamos uma boa prova. Foi uma etapa de alta velocidade. Pena que, por motivos particulares, não corremos no domingo. Mesmo assim, consolidamos ainda mais nossa posição”, declarou o piloto farroupilhense. Com o resultado, Bertholdo e Dalmut alcançaram os 52 pontos, mais que o dobro do que a dupla que está em 2º lugar, os irmãos Juliano e Rafael Sartori (veja pontuação abaixo). Apesar da vantagem confortável, Bertholdo ressalta que não está nada decidido na competição. Neste ano, a prova final, que registra a 7ª e 8ª etapas do Brasileiro, terá pontuação dobrada e deve contar com presença de todos os sete carros que integram a categoria. Ela acontece em Curitiba, nos dias 15 e 16 de dezembro.

Classificação do CBR (categoria 4x4 Turbo) 1º lugar: Ulysses Bertholdo e Marcelo Dalmut (38 pontos) 2º lugar: Juliano Sartori e Rafael Sartori (25 pontos) 3º lugar: Júlio Romi e Eduardo Tonial (21 pontos)

Márcio Machado

A 4ª rodada do Farroupilhão teve amplo predomínio dos sistemas ofensivos sobre os defensivos, diferente do verificado na anterior. O Penharol aplicou um impiedoso 7 a 2 sobre o Nova Vicenza na maior goleada da competição até o momento. Mérito também para Monte Pasqual e São Paulo, que conseguiram vitórias duplas. Por fim, destaque para dois times nos suplentes, que já se garantiram na semifinal: o Vasco na Chave A e o Monte Pasqual na B, com uma impressionante campanha de 100% de aproveitamento. Pena que teremos uma parada para a eleição justamente quando a competição esquenta e se aproxima dos momentos de definição. Porém, nada que deva atrapalhar a sequência de um Farroupilhão que parece ter voltado aos velhos tempos.

Compromisso com a cidade

Firmes na liderança: Bertholdo e Dalmut venceram prova e ampliaram frente na competição

Bate-Pronto

Copa Brasil de Kart a partir da próxima terça

Competição que encerra um ano movimentado no Kartódromo Municipal César Francischini, a Copa Brasil de Kart chega à sua 14ª edição e agita o circuito farroupilhense a partir da próxima terça. As disputas ocorrem em 11 categorias: Júnior Menor, Júnior, Novatos, Graduados, Sênior A, Sênior B, Super Sênior, F-4, Mirim, Cadete e Super Cadete. São esperados mais de 100 pilotos na etapa que se estende até o domingo, dia 14.

Dobradinha de Marques no final de semana

Rudinei Marques competiu em duas provas durante o final de semana e obteve destaque, tanto no sábado quanto no domingo. No primeiro dia, o atleta competiu na 8ª Rústica Rural, em Caxias do Sul, conquistando a primeira colocação na categoria G e a 8ª posição no quadro geral. No segundo dia, ele percorreu os seis quilômetros na 1ª Caminhada e Corrida Pela Doação, em Farroupilha, e ficou com o 4º lugar.


Quinta-feira, 4 de outubro de 2012 | 35

Compromisso com a cidade

EsportE

esporte@jornalinformante.com.br

Show de gols e do Penharol

Equipe de Linha Caravaggeto atropela Nova Vicenza e lidera Chave A no 1º quadro, no 2º, Monte Pasqual segue como único 100% e garante vaga, assim como o Vasco Ramon Cardoso

Liga de Futebol de Campo

Quatro triunfos em sequência e liderança dupla: Monte Pasqual (de branco e verde) atuou em casa, voltou a vencer o Santos nos dois quadros e está classificado à semifinal nos suplentes

S

e faltaram gols na 3ª rodada do Farroupilhão, sobraram na 4ª. Disputada no último domingo, ela registrou 33 em oito partidas, média superior a quatro gols por jogo, a maior até o momento. O destaque no quesito ficou por conta do Penharol no 1º quadro. Atuando em casa, a equipe de Linha Caravaggeto aplicou 7 a 2 no Nova Vicenza. Na preliminar, perdeu por 2 a 1. Lidera a Chave A na categoria principal, em compensação é lanterna na secundária. O Penharol foi beneficiado pelo empate sem gols entre Vasco e Industrial, em Nova Milano, no 1º quadro. No 2º, o Vasco fez 2 a 1. Na A, apenas o Nova Vicenza não tem mais chances nos titulares. Nos suplentes, o Vasco está classificado, ten-

do em vista que Nova Vicenza e Industrial se enfrentam na próxima rodada. O Penharol tem chances remotas. Pela Chave B, os mandantes fizeram a festa. O Monte Pasqual conquistou novo duplo triunfo diante do Santos: 6 a 4 no 1º quadro e 3 a 1 no 2º. Em Nova Sardenha,

o São Paulo fez o mesmo diante do Canarinho, obtendo vitórias por 1 a 0 nos titulares e 3 a 0 nos suplentes. No 1º quadro, a disputa na B está bem equilibrada. No 2º, o Monte Pasqual segue com 100% e já está classificado. O São Paulo está próximo da vaga e Canarinho e Santos duelam

Classificação Chave A – 1º quadro

Classificação Chave A – 2º quadro

Equipe

P

J

V

E

D

GM GS SG

1)

Penharol

9

4

3

0

1

11

4

7

1)

2)

Vasco da Gama 8

4

2

2

0

6

2

4

3)

Industrial

5

4

1

2

1

5

5

4)

Nova Vicenza

0

4

0

0

4

4

15

Equipe

J

V

E

D

GM GS SG

Vasco da Gama 10

4

3

1

0

7

3

4

2)

Industrial

5

4

1

2

1

7

5

2

0

3)

Nova Vicenza

5

4

1

2

1

5

6

-1

-11

4)

Penharol

1

4

0

1

3

5

10

-5

Classificação Chave B – 1º quadro Equipe

por uma sobrevida. Por conta das eleições, não haverá rodada do Farroupilhão neste domingo. A disputa será retomada no dia 14, com a penúltima rodada da fase classificatória. Confira abaixo a classificação da disputa nas Chaves A e B nos titulares e suplentes.

P

Classificação Chave B – 2º quadro

P

J

V

E

D

GM GS SG

Equipe

1)

Monte Pasqual 7

4

2

1

1

9

7

2

1)

2)

Canarinho

5

4

1

2

1

4

4

0

3)

São Paulo

5

4

1

2

1

2

2

4)

Santos

4

4

1

1

2

7

9

P

J

V

E

D

GM GS SG

Monte Pasqual 12

4

4

0

0

10

4

6

2)

São Paulo

7

4

2

1

1

9

5

4

0

3)

Canarinho

2

4

0

2

2

1

6

-5

-2

4)

Santos

1

4

0

1

3

1

6

-5

Legenda: P (pontos), J (jogos), V (vitórias), E (empates), D (derrotas), GM (gols marcados), GS (gols sofridos) e SG (saldo de gols)


Basso e Perini entre os mais representativos

Arquivo Vinícola Perini

Daian Longui/Intervene

Economia

Chardonnay e Moscato Bianco R2 ficam entre os 16 melhores da 20ª edição da Seleção Nacional de Vinhos – Finanças, página 12

Assista antes de ir à urna

Grupo de Farroupilha na rede social é um canal que tem feito os jovens se interessar em debater o tema – Descolado 25

Com um elenco estelar, “A Grande Ilusão”, de Steve Zaillian, disseca a política expondo todas suas mazelas – Inside, contracapa

Imagens: Reprodução

Política no Facebook


Farroupilha, 4 de outubro de 2012

Observe a fala do seu filho Os pais devem cuidar se a criança troca sons ou letras na hora de falar ou escrever e, caso haja necessidade, precisam encaminhar o pequeno para um profissional comum que muitas crianças, quando estão aprendendo a falar, troquem o som das letras, como o p pelo b, por exemplo. Mas os pais devem prestar atenção se o erro é recorrente quando o filho já está em fase de alfabetização, pois como o som da palavra interfere na escrita dos pequenos, a troca dos fonemas pode ocasionar erros ortográficos. “Alguns fatores irão determinar o desenvolvimento da comunicação infantil, como exemplo o querer falar, o que falar, a língua falada, o ouvinte, as condições favoráveis e a compreensão. Também o processo da percepção auditiva é importante para o desenvolvimento da fala que depende diretamente da percepção dos seus sons”, afirma a fonoaudióloga Vera Lúcia Santana. Segundo ela, quando alguma via desse caminho estiver danificada, o indivíduo perde sua capacidade de expressão e entendimento à sua volta. Mas Vera lembra que, muitas vezes, problemas de aprendizagem podem estar relacionados também com o emocional, não só com patologias. A condição para a alfa-

betização se dará quando a criança apresentar consciência fonológica, ou seja, consciência do som dentro da palavra. A fonoaudióloga alerta para o fato de que é através da linguagem que a criança adquire múltiplos fatores de maturação. “Ela aprende a conhecer o nome dos objetos, a nomeá-los e fixá-los no seu pensamento. Por intermédio da linguagem é que se torna possível as noções de abstração e generalização”, conta a profissional. Conforme Vera, os problemas mais comuns são a fala infantilizada, colocação da ponta da língua entre os dentes, omissão ou troca do r pelo l, trocas sonoras do t pelo d, do p pelo b e do f pelo v, omissão de grupos consonantais, e troca de x por s ou s por t, na hora da escrita. Ela recomenda os pais observarem seu filho, como ele se comunica, a relação social, o brincar, se tem amigos, se sabe dividir e do que ele gosta. Quando perceberem que a criança não está se comunicando adequadamente dentro da idade, como quando aponta para o objeto e não fala o nome, fica nervoso, chora, grita e não expressa suas necessidades, devem procurar a ajuda de um especialista.

Divulgação

É

Principais patologias da fala que acometem crianças

Distúrbio articulatório: é um desvio do padrão articulatório da criança, diferente do padrão aceito pela comunidade linguística adulta. É natural que a criança, durante o seu desenvolvimento, vá adquirindo gradualmente o domínio do seu sistema fonético-fonológico em função da maturação de todo o seu processo de desenvolvimento, desde o motor até o sensório-motor, estando esta maturação relacionada com a maturação das funções de respiração, sucção, mastigação, deglutição e fala; Distúrbio articulatório orgânico: se deve à dificuldade na produção da fala por alterações orgânicas ou fisiológicas dos órgãos articulatórios, como má oclusão dentária, fissura palatina e de lábio, paralisia facial e de língua; Deglutição atípica: no que diz respeito a movimentos dos músculos da língua, durante a articulação dos sons da fala, podemos encontrar distorção na articulação de fonemas.

Conforme especialista, problemas de aprendizagem podem estar relacionados também com aspectos emocionais


Farroupilha, 4 de outubro de 2012

Reflexologia podal garante equilíbrio para corpo e mente Equipe Espaço da Beleza *

Q

uem não guarda em sua memória a imagem da mãe ou avó fazendo um escalda pés para aliviar o cansaço? Longe de ser uma crendice popular, a receita caseira funciona mesmo, seguindo o princípio de que todos os órgãos do corpo, inclusive o cérebro, estão conectados através de canais de energia ativadas em pontos em nossos pés. Portanto, quando nossos pés estão cansados, assim está nossa mente e corpo. A reflexologia é uma arte suave, uma ciência fascinante e uma forma extremamente eficaz de massagem terapêutica no campo da medicina complementar. En-

tão é uma técnica específica de pressão que atua em pontos reflexos precisos dos pés com base na premissa de que as áreas reflexas dos pés correspondem a todas as partes do corpo. Como os pés representam um microcosmo do corpo, todos os órgãos, glândulas e outras partes estão dispostas num arranjo similar ao dos pés. A meta da reflexologia é o retorno do equilíbrio. O passo mais importante para isso é reduzir a tensão e induzir o relaxamento. A pressão é aplicada nas áreas reflexas com os dedos das mãos e usando técnicas específicas. Isso provoca mudanças fisiológicas no corpo, na medida em que o próprio potencial de equilíbrio do

Os vários benefícios proporcionados pela técnica

Ela relaxa tensões, melhora a circulação sanguínea, oxigena o sistema nervoso e ajuda a equilibrar o organismo naturalmente. Com isso, alivia os efeitos do estresse ao induzir um relaxamento profundo, permitindo que o sistema nervoso funcione normalmente e deixando o corpo livre para procurar sua própria homeostase – um estado de equilíbrio, harmonia e saúde.

organismo é estimulado. A reflexologia ajuda a equilibrar todos os sistemas corporais, estimulando uma área pouco ativa e acalmando uma superativa. Ela é inofensiva para as áreas que estão funcionando adequadamente. Temos que lembrar que nossos pés suportam nosso peso durante todo o dia, portanto estão submetidos a uma pressão muito grande e, sobretudo com sapatos não adequados, fazendo com que haja um desequilíbrio no nosso eixo de sustentação. Mexendo com todos os nossos músculos e articulações, mudando a nossa postura. Assim, podemos compreender melhor o quanto a reflexologia pode ser útil.

Um corpo relaxado pode curar a si mesmo e a reflexologia é um método garantido de relaxar o corpo e equilibrar os sistemas biológicos, visando um bem estar físico, psíquico e emocional. Uma dica que vai além da técnica: reserve um tempo para relaxar, seu corpo agradece e sua mente se fortalece. * Espaço da Beleza Centro Estético Fone (54) 3268-5511 Site: www.spabeleza.com.br E-mail: spabeleza@spabeleza.com.br

Técnica trabalha em áreas específicas dos pés, buscando


Farroupilha, 4 de outubro de 2012

o um equilíbrio permanente entre corpo e mente: objetivo de conseguir o pleno bem estar físico

Divulgação


Farroupilha, 4 de outubro de 2012

Cuidados são essenciais para manter uma pele linda, saudável e livre de manchas E

stações como o outono e inverno afetam demais as características da pele. Como banhos quentes e prolongados removem o revestimento da pele conhecido como o manto hidro-lipídico natural que protege a pele. Com temperatura mais baixa, o corpo se torna deficiente e assim a pele, devido à irrigação sanguínea nas regiões periféricas, por sua vez, tem perda da luminosidade e tonalidade normais. Afetando também a elasticidade, pois as fibras elásticas do tecido conjuntivo têm sua produção diminuída. Podendo aparecer manchas e sardas e ainda a instalação da descamação e ressecamento. É tempo de preparar a pele para mais um verão, época de altíssima exposição à radiação solar. Para isso é fundamental adotar cuidados simples e funcionais, a fim de manter a integridade da pele, o melhor sistema de defesa que o seu corpo possui.

Peeling Sequencial Iluminador: pele renovada, iluminada e uniforme

Cada vez mais tecnológicos e menos invasivos, os tratamentos estéticos para a face já não são mais exclusividade dos meses de outono e inverno. Com certos cuidados e o uso de filtros solares potentes, é possível cuidar da pele o ano todo. Você Já pensou em ter todas as

possibilidades de peelings cosméticos reunidas em um único tratamento? Este peeling possui um conceito inovador de tratamento clareador que emprega uma sequência de peelings físico, químico e enzimático associados a ativos clareadores naturais, capaz de promover resultados bastante superiores quando comparado aos tratamentos convencionais que empregam um único peeling de forma isolada. Com a finalidade de afinar a camada córnea e revelar uma cútis mais jovem e saudável, remove células mortas e toxinas, clareia e retexturiza a pele, deixando-a aveludada e radiante. É a evolução do peeling cosmético. Este tipo de peeling não proporciona desconforto como a ardência, vermelhidão, ressecamento e escamação, típicas dos peelings realizados com agentes químicos. O objetivo do peeling iluminador é rejuvenescer e iluminar a pele. Ele pode ser associado à limpeza de pele ou ao peeling de diamante ou cristal. Um tratamento que oferece segurança e com o resultado que o paciente deseja, indolor, rápido e sem efeitos indesejáveis, permitindo retornar a sua rotina normal imediatamente após a aplicação. Venha conhecer esta novidade na clínica Zarho. Agende sua avaliação gratuita!! * Biomédica Esteta Habilitada (CRBM 14029), responsável técnica da Clínica Zarho Fone 3401-1231 Site www.zarhocorpoeface.com.br

Divulgação

Adalgisa Bassotto *

Técnicas como o Peeling Sequencial Iluminador provocaram uma revolução no campo da estética


Inside

inside@jornalinformante.com.br

Farroupilha, 4 de outubro de 2012

Uma festa, mil e uma diversões Baseado na trama que se passa no Oriente Médio, a 6ª edição do Baile da AFEI promete animar o Clube do Comércio neste sábado à noite Divulgação

A

A Casa Blanca vai embalar o tradicional encontro dos estudantes farroupilhenses com um repertório que promete ser eclético

em eventos sociais, formaturas e casamentos. Além da música, danças e fantasias fazem parte da performance. O repertório, que passa pelas canções mais antigas da década de 90, os hits internacionais e o que toca atualmente nas rádios, deve fazer com que todos os presentem aproveitem a noite. Os ingressos antecipados ainda podem ser adquiridos na AFEI, mas a reserva de mesas já está esgotada.

Serviço

O que: 6º Baile da AFEI Quando: sábado, a partir das 23h59min Onde: Clube do Comércio (Cel. Pena de Moraes, 500) Quanto: R$ 20,00 antecipado e R$ 30,00 na hora

Imagem: Reprodução

o menos uma vez por ano os rapazes da cidade tiram o pó da roupa social e apertam as gravatas. Para as mulheres, a busca pelo vestido perfeito começa ainda um mês antes da festa. O tradicional Baile promovido pela Associação Farroupilhense de Estudantes Intermunicipais (AFEI) está na sua 6ª edição e movimenta um número de pessoas muito além dos associados à instituição. Por se tratar de um final de semana diferente dos tradicionais, é que o sábado a noite está sendo muito aguardado pelos jovens do município. Em primeira mão, organizado para os estudantes universitários, a festa se expandiu e qualquer pessoa pode participar, desde que esteja trajado de acordo e queira se divertir. Após o sucesso dos cinco anos anteriores, sempre com temas diversificados, neste ano, “As Mil e Uma Noites” vão esquentar o Clube em clima do Oriente Médio. A partir das 23h59 quem for vai conferir uma decoração que ainda é surpresa. “De um modo geral, as outras edições do Baile foram satisfatórias para a entidade, levantando lucros e interagindo com um bom número de estudantes. Este ano, as expectativas são as maiores até então, porque a procura de ingresso está grande. Acreditamos no recorde de público de todos os eventos já realizados pela entidade”, afirma Mikael Campeol, presidente da Associação. Ele, juntamente com os outros integrantes da gestão 2012, decidiu os últimos detalhes e afirma que tudo está pronto para receber o público. “O show vai ser proporcionado pela banda Casa Blanca, além da decoração temática do conto e muita gente bacana dividindo um momento de alegria da Associação, que é proporcionar o evento aos associados”, destaca o presidente. O Baile também é uma forma de fazer com que a comunidade tenha mais proximidade com a AFEI. Uma das maiores curiosidades é quem vai embalar a noite, e os estilos musicais que podem ser conferidos. A Casa Blanca vai dar conta do recado tocando um repertório eclético para agradar tanto os que gostam de sertanejo, como aqueles que curtem o rock. O grupo aposta na inserção de diversos atrativos na apresentação que transforma um mero show em um espetáculo. Vindo de Taquari, o grupo é especializado em tocar


2 | Quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Flávio Lopes flaviolopes1978@ibest.com.br

Começo com uma pergunta: Onde se iniciam as carreiras políticas da maioria dos políticos que hoje ocupam cargos em nível nacional como deputados, senadores, ministros e outros? Exatamente! É aqui, nos municípios que eles engatinham suas trajetórias. Como vereadores e prefeitos eles se projetam e vão se alçando através do poder, para voos mais altos. Aqui eles começam a ficar conhecidos a ganhar espaço dentro dos partidos e dentro da política. Onde eu quero chegar com essa introdução? Desejo chegar ao entendimento de que este é o primeiro filtro pelo qual eles passam, é o primeiro teste. Somente analisando dessa forma, vamos nos dar conta da responsabilidade que teremos nesse domingo: teremos a oportunidade de começarmos aqui, a melhorarmos a política do País inteiro. De que forma? Tirando de cena através do voto, aqueles que já estão começando do jeito errado, aqueles que estão usando meios não democráticos ou ilegais para chegarem ao poder. O poder vicia, inebria, quem o tem não deseja perdê-lo, e fará o máximo para mantê-lo ou ampliá-lo. Dessa forma, os políticos ampliam suas carreiras, utilizando-se muitas vezes de meios ilegais, inescrupulosos e desonestos. É a chance que temos de cortarmos o mal pela raiz. De começarmos pelo nosso quintal, a limpeza que o Brasil tanto precisa. A maior contribuição que podemos dar para termos um País de Ficha Limpa é através do nosso voto. Naquele momento em que estamos sozinhos em frente à urna, fazermos a coisa certa, não votando em pessoas que sabidamente têm ou tiveram atitudes não dignas do nosso voto. Mas que atitudes são estas? A principal delas é a compra do voto. Comprar votos é uma forma de corrupção, onde corruptor e corrupto associam-se para um ato ilegal e desonesto. No cenário nacional, estamos em meio a um julgamento, em que compradores e vendedores de votos estão sendo condenados, e todos nós torcemos pela condenação dos culpados. E nós? Quem vai nos julgar se vendemos secretamente o nosso voto? É a nossa consciência. Ela nos acusará de estarmos contribuindo para a corrupção, para todas as sacanagens que acontecem, inclusive em nosso município. Quando vendemos nosso voto somos integrantes da mesma quadrilha que rouba o dinheiro dos nossos impostos, que lesa o patrimônio público de diversas formas, das quais temos tido conhecimento. A primeira e a pior de todas as fraudes é enganar a si mesmo, achando que votando em político comprador de votos está tendo alguma vantagem. Vote contra! Contribua para a limpeza da política! Na hora que estiver em frente à urna, pense no peso que o teu voto tem com o País inteiro, com todas as pessoas que você conhece e gosta. Ouça a sua consciência, ela sabe distinguir o bom do mau político. Solte as amarras que te prendem ao velho jeito de fazer política e vote limpo. Comprou votos: vote contra! Teve algum desvio de caráter ou de conduta: vote contra! Agiu de má fé ou em beneficio próprio: vote contra! Usou do poder político para ameaçar, coagir, intimidar: vote contra! Foi conivente com a corrupção: vote contra! Comece a limpeza agora. Vote em pessoas íntegras, honestas, sinceras. Vote em pessoas que você conhece e está certo do seu caráter e integridade. Na dúvida, vote contra! Faça isso e ajude a banir os maus políticos da vida pública e, dessa forma, durma tranquilo por ter usado o seu direito como cidadão para cumprir o seu dever como pessoa de bem. Façam boas escolhas! * Líder de Equipe de Produção

Compromisso com a cidade

Música

Gomaz estreando

D

epois de tocar em festivais e casamentos, pela primeira vez, no República Beer, a banda Gomaz promete um repertório animado para a noite da sexta. Tocando canções nacionais e internacionais, os rapazes buscam colocar no palco as músicas dos artistas que têm como referência. Ainda não muito conhecida na cidade, o grupo que investe no rock alternativo e pop rock, promete também a reprodução de músicas próprias. O guitarrista e vocalista Gean Prestes e o baterista Djonat Testolin trazem o sonho da música desde os 15 anos e, ao longo da adolescência, tentavam encontrar pessoas com os pensamentos similares, para formar uma banda. Prestes comenta que vários músicos já passaram por eles, mas nenhum com a mesma ideia de projeto. Há dois anos, os integrantes da Gomaz se uniram e a formação se completou com o baixista Cristian Ribeiro e o guitarrista Allan Marchetto “Kings Of Leon, Foo Fighters, RPM, MGMT e até The Beatles integram o nosso set list internacional. Quando se trata de músicas nacionais, tocamos bastante Cazuza, Legião Urbana ou Vera

Divulgação

Voto: qual o peso dele para o País e para a sua consciência?

Inside

A banda, que atua há dois anos, inicia trajetória nos bares farroupilhenses

Loca”, enumera o vocalista. Ele ressalta que tem uma faixa gravada que o público já conhece e deve cantar junto, a “Esquecer”. Quem estiver presente no República vai conferir um repertório eclético que deve agradar a todos os gostos. “Esperamos que o pessoal aprecie. Ainda estamos com

outras seis composições que podem rolar durante a apresentação, uma delas é ‘A Hora de Voltar’”, antecipa. Os rapazes estão com pretensão de investir ainda mais em um trabalho autoral para que, futuramente, possam gravar um CD e expandir ainda mais o seu público.

Serviço

O que: show da banda Gomaz Quando: sexta, a partir das 22h Onde: República Beer (República, 455) Quanto: R$ 10,00

Cinemas GNC Caxias (Shopping Iguatemi, RST-453, quilômetro 3,5)

Programação válida para esta quinta. A da próxima semana não havia sido informada até o fechamento desta edição GNC 1: À Beira do Caminho – às 13h20min GNC 1: A Era do Gelo 4 (dublado) – às 15h30min e 17h30min GNC 1: Um Divã para Dois – às 19h30min e 21h30min GNC 2: Os Mercenários 2 – às 14h15min e 16h30min (dublado) e às 19h e 21h10min (legendado) GNC 3: E a Vida Continua... – às 15h, 17h, 19h20min e 21h20min GNC 4: Tinker Bell: O Segredo das Fadas (dublado e em 3d) – às 13h30min e 15h20min GNC 4: Looper: Assassinos do Futuro – às 17h15min (dublado) e às 19h40min e 22h (legendado) GNC 5: Abraham Lincoln: Caçador de Vampiros – às 13h45min (dublado e em 3d) GNC 5: Resident Evil 5: Retribuição – às 15h50min e 18h (dublado e em 3d) e às 20h e 22h10min (legendado e em 3d) GNC 6: Ted – às 14h30min, 16h50min, 19h10min e 21h40min Ingressos: sexta, sábado, domingo e feriados: R$ 14,00; meia entrada, menores de 12 anos e sênior (a partir dos 60 anos): R$ 7,00; Movie Club Preferencial: R$ 12,00 e Clube do Assinante RBS R$ 10,50. Segunda, quarta e quinta (exceto feriados): R$ 12,00; meia entrada, menores de 12 anos, sênior e Clube do Assinante RBS: R$ 6,00 e Movie Club Preferencial: R$ 10,00. Terças (exceto feriados): ingresso único: R$ 7,00.

Centro Municipal de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho (Luiz Antunes, 312) A Guerra dos Botões – quinta e sexta às 19h30min e sábado e domingo às 20h Matinê: Casamento Silencioso – nesta quinta às 15h (entrada franca) Ingressos: R$ 5,00 e R$ 2,00 (estudante e sênior)

Alterações na programação ou nos valores dos ingressos são de responsabilidade das salas


Quinta-feira, 4 de outubro de 2012 |

Inside

Compromisso com a cidade

Música

Armando Wartha

Noite de vários estilos

armandowartha@yahoo.com

Cinquenta anos com cara de um milênio

O grupo Sul Mania vai agitar o Boteco do Chá com músicas que vão do sertanejo ao pop rock Divulgação

Reis, Calmon, Tainã, Soares, Fontana, Baptista e Bernardo prometem uma festa diferenciada

Q

uem faz a festa na noite desta sexta no Boteco do Chá é Sul Mania. O grupo formado por Crystiano Soares na bateria, Kauê Calmon no contrabaixo, Éder Baptista na guitarra, Lucas Bernardo e Sonei Reis nas sanfonas e teclados e Juliano Fontana e Tainã Calmon nos vocais. A banda caxiense já possui sete anos de estrada. Fontana era integrante do grupo tradicionalista “Os Bertussi”, mas sentia necessidade de um que não tocasse somente um tipo de música, foi quando ele resolveu montar o Sul Mania. Os músicos não ficam restritos a um som específico. O repertório deles é eclético e montado conforme o público de cada local da performance. “Antes de nos apresentarmos

em algum lugar, fazemos um estudo do público e procuramos sempre tocar o que eles querem ouvir. Nossas músicas vão do sertanejo ao pop rock”, relata o vocalista. Conforme ele, a festa que recebeu o nome de Grande Baladão Sertanejo, não vai ficar somente neste estilo. “Quem comparecer no Boteco não vai enjoar, porque preparamos um repertório bem diversificado”, garante Fontana. O grupo já possui três CDs gravados, sendo que 80% das canções

Serviço

são de composições próprias. E é o que a galera pode esperar na apresentação desta sexta. Após a apresentação, a festa continua com o DJ Fran Azevedo. A novidade da noite é o preço diferenciado no ingresso para quem colocar o nome na lista. Para essas pessoas, o valor fica em R$ 8,00 o feminino e R$ 10,00 o masculino. Na hora, a entrada fica em R$ 15,00 para elas e R$ 20,00 para eles. As mulheres que chegarem até a meia noite têm entrada franca.

O que: Grande Baladão Sertanejo Quando: nesta sexta, a partir das 23h30min Onde: Boteco do Chá (Rômolo Noro, 555) Quanto: até a meia noite elas não pagam, após, com nome na lista, o ingresso fica em R$ 8,00 o feminino e R$ 10,00 o masculino e, na hora, o valor é de R$ 15,00 e R$ 20,00, respectivamente

3

Várias foram as mudanças ocorridas em não mais que meio século. Mudanças científicas, religiosas, políticas, filosóficas, etc. Mas uma em especial chama minha atenção. Refiro-me ao modo de como os jovens iniciam seus relacionamentos amorosos, hoje, comparando-os com os de meados do século passado (portanto, ontem). Pretendo usar nomes fictícios, como João e Maria, para retratar a mesma situação em momentos diferentes. Ah! Para não correr o risco de ser interpelado por um pai ou uma mãe enfurecida, afirmando que com sua filha ou seu filho é diferente, não é bem assim, quero lembrar que toda regra tem exceções. Assim sendo, ou diria, feliz daquele pai ou daquela mãe que se sente no direito de me contestar. Mais ou menos, lá pelos anos 60 (1960) a nossa jovem Maria teria pedido aos pais, com bastante tempo de antecedência, para que fosse reservada uma data, em um almoço de domingo, para que ela pudesse apresentar aos dois, seu possível futuro namorado. Certamente aqui já estaria incluída a intenção do rapaz (João) de pedir a mão da jovem em namoro. Caso os pais concordassem, este dia chegaria, e: “Pai! Mãe! Quero lhes apresentar o João. Nós nos conhecemos no baile de gala, do ano passado (essa palavra “baile”, para os jovens pode parecer oriunda de uma língua extraterrestre. Mas não é. É em português e quer dizer local onde se dança). A mãe, normalmente, faria as costumeiras perguntas, durante o respeitoso evento: nome de família, idade, se é estudante ou não, profissão, círculo social e, sem dúvida, quais as reais intenções dele para com Maria, etc, etc, etc. Finalmente, então, a mão de Maria seria, ou não, consentida ao namorado. Importante: este namoro só aconteceria se na presença de alguém. Como aconteceria ou acontece, a mesma situação, hoje, entre João, Maria e os pais? Num belo domingo de sol, o pai da moça, após quase derrubar a porta do quarto da filha de tanto bater, iniciaria o almoço com a esposa (supondo-se que Maria seja filha única). Quando já estariam na sobremesa (2h da tarde), eis que, bocejando e com cabelos estilo touceira, dessem da escada que conduz aos quartos, Paulo abraçado à Maria (Ah! o amor). Sem dizer uma só palavra, sentam-se à mesa e iniciam o almoço (logicamente, requentado). O pai, sem entender nada, pergunta à filha: “Esse moço é seu amigo?”. Maria, com ares de não enche meu saco, responde: “É Paulo. Conheci na balada, ontem, e está morando comigo. Depois ele traz as tralhas”. Prontamente o rapaz contesta: “Não, gata, tu ficou com o Paulo antes de ficar comigo. Eu sou João, lembra?”. A moça retruca: “Pedro, Paulo, João, não importa. São apenas nomes. O que importa, é que estamos juntos e nos amamos!...”. Assim, o almoço acaba silenciosamente feliz, na companhia do mais novo membro da família (até a próxima balada, talvez). Pode parecer ficção aos olhos desatentos, porém, sem entrar no mérito da questão e, tirando algum exagero aqui e ali, trata-se da nossa mais transparente realidade. Concordando ou discordando, pensem nisso! * Escritor


Valéria Vettorazzi valeria@jornalinformante.com.br

E

Arquivo Pessoal

Eleições

sse final de semana vai ser agitado, afinal será de eleições. Apesar de toda esta movimentação acontecendo na cidade, espero que todos os bons cidadãos farroupilhenses votem limpo e com consciência. Independente de partido ou preferência que os representantes eleitos para Farroupilha façam um bom trabalho por todos nós.

Aniversário

Os porto-alegrenses da banda Bidê ou Balde sobem ao palco do The Cavern para comemorar o aniversário de 5 anos da Casa do Rock no dia 13. O repertório já conhecido pelo público promete agitar a noite dos presentes. A festa é imperdível. Os ingressos do 1º lote custam R$ 20,00 e os do 2º R$ 25,00. Não haverá venda na hora. As reservas de mesas estão esgotadas. Você pode adquirir os ingressos na DM Escola de Música, Akustica Musical, Autunno, Livraria Niquetti e Hermelu Esportes.

Jovens Lideranças

Na próxima segunda acontece o evento Seminário de Jovens Lideranças organizado pelo Núcleo de Jovens Empresários da CICS juntamente com a Elo-Psi, o Rotaract Club, a CEJA, a CDL Jovem e a AFEI. A palestra da noite será ministrada por Rossano Foresti Oltramari com o tema Gestão Financeira. Rossano é analista-chefe e sócio da XP Investimentos, maior corretora independente do Brasil. O evento ocorre no auditório da UCS de Farroupilha a partir das 19h40min. A entrada é um quilo de alimento e todos estão convidados a participar.

Ricardo Custodio, Douglas Zanatta Ulian, Mauro Etchepare Machado e Thiago Romagna em Machu Picchu no Peru, durante recente viagem feita pela América do Sul

Rafaela de trocaram alia Nicolas Dalzochio

Campeonato

Com o apoio da Hermelu Esportes e da Folheca acontece o 1º Campeonato Aberto de Ping Pong no Muinho. As inscrições estão abertas e podem ser feitas na Hermelu Esportes. O evento acontece nos dias 18, a 20 no Muinho (Marechal Floriano Peixoto, 190).

Casamento

No último sábado celebraram casamento Rafaela de Godoy e Winicius Cignachi. A cerimônia aconteceu na Igreja Matriz e após os convidados foram recepcionados no Restaurante Julius. A noiva vestia modelito da Vipê Noivas e a organização do dia esteve a cargo da D&C Cerimoniais. Os noivos seguiram para lua de mel na Europa. Entre os destinos, Itália, França e Alemanha. Felicidades aos pombinhos!

Em Família

No dia 14 acontece o 3º Encontro da Família Colombo. A comemoração acontece nos anos pares, e teve sua 1ª edição em 2008 e a 2ª no ano retrasado. Nos dois primeiros encontros, o local foi Nova Milano. Neste ano, o evento acontece no Salão da Comunidade São Vicente, do bairro Nova Vicenza. O cardápio conta com pratos típicos italianos. Todos os Colombos estão convidados!

Matheus Pergher marcou presença no Boteco do Chá, na última sexta, na festa Dose Dupla

Césio Verona Júnior visitou as obras da Arena do Grê


Éder Tondello

D&C Cerimoniais

Diego Yuppa

Elói Carlos Pellizzari, diretor da Amiga Informática, comemorou a conquista do troféu “O Empreendedor” ao lado da esposa Elaine Cristina Dutra de Lima

Godoy e Winicius Cignachi, que anças no sábado, na Igreja Matriz Filipe Colombo Dal Pozzolo

Site OFar/Abraão Corrêa

Alison Salomoni, Nadiéli Brollo e Gabrieli Brollo no Chá das Soberanas, que aconteceu no último domingo, no Restaurante Parque dos Pinheiros

êmio no último domingo Gabriele Galafassi e Cleviane Agnes junto com a atriz Beth Goulart no espetáculo “Simplesmente Eu, Clarice Lispector”, realizado pelo Sesc Farroupilha no sábado


6 | Quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Crônicas da Redação Ramon Cardoso

ramon@jornalinformante.com.br

Compromisso com a cidade

xxxxxxx Música

Noite de Jovem Guarda Remetendo à lembrança dos Anos 60, festa promovida pela banda Os Neutrons acontece no sábado Arquivo Jornal Informante

Voto comprado, promessa rompida

Inside

Uma das músicas de protesto mais inteligentes que ouvi até hoje foi “Luis Inácio”, do Paralamas do Sucesso, que integra o CD bônus do ótimo álbum “Vamo Batê Lata”. Fiz alusão à letra aqui, neste espaço, em diversas oportunidades. O título, claro, está completamente fora de moda. Até Herbert Vianna há de concordar comigo. O Luis Inácio em questão é do ex-presidente Lula, que chegou ao poder com um discurso de que não faria o mesmo que os políticos do passado mas, no final, não só fez o que a maioria da classe já tinha feito em épocas pregressas como refinou esquemas de corrupção e acumulou escândalos como o do “Mensalão”, possivelmente a maior roubalheira realizada na história republicana brasileira. Voltando à música, a parte em análise está abaixo. “(...) Pra fazer justiça uma vez na vida Eu me vali deste discurso panfletário Mas a minha burrice faz aniversário Ao permitir que num país como o Brasil Ainda se obrigue a votar por qualquer trocado Por um par de sapatos, por um saco de farinha A nossa imensa massa de iletrados (...)” A letra é de 1995 e o par de sapatos e o saco de farinha, com o devido progresso experimentado nestes 17 anos, se transformaram em um caminhão de brita ou um aluguel atrasado. Isso dá a dimensão exata de como progredimos. O custo de vida aumentou. O preço do voto também. O político que tentar comprar, hoje, o eleitor corrompível (que já não sei se é uma minoria, mas espero que seja), com um par de sapatos ou um saco de farinha, certamente será espancado por ele. É uma triste constatação e uma realidade atual. Já falei isso para o Flávio Lopes, nosso colunista da página 2 do Inside e externo, neste momento, a manifestação a todos os leitores. A coluna dele da semana retrasada é uma daquelas que eu gostaria de ter escrito. Procurem a Edição 241 e, se não a tiverem, vão até nosso site para conferir na versão flip. Vale a pena. Essa boa inveja é um hábito entre os colunistas do Tabloide e que iniciou com o Benami Spilki, que está conosco desde o início dos trabalhos. Certa vez, ele disse em um jantar de confraternização: “Achei ótima a tua coluna e gostaria de ter sido o autor dela”. Enfim, a observação foi consagrada e virou um hábito em todos os jantares (cada vez mais raros, admito, mas calma pessoal, vamos deixar passar a insanidade das eleições) invejar a coluna do colega. Não falei com outros colunistas, mas aposto que eles partilham do mesmo sentimento que eu tive em relação ao texto do Flávio, que serviu de inspiração para escrever este. Há muitas verdades ali, como por exemplo quando ele cita que os salários dos quatro anos de mandato não são suficientes para cobrir os gastos de campanha. Existiriam outros interesses então? O excerto abaixo também é pra lá de oportuno. “Se algum candidato lhe oferecer algo em troca do seu voto, dê as costas, pois é isso que ele lhe fará depois de eleito, afinal, dívida paga é dívida esquecida”. Perfeito. Eleitor farroupilhense. Você que está apto a participar do pleito, não venda seu voto. Se já vendeu, devolva o benefício. E, se não há como e se arrependeu, destine o voto a outro candidato. Só há corrupção porque, além do corruptor, existe o sujeito que se vende por pouco. Como moralizar a classe política é uma tarefa quase utópica, que tal começarmos moralizando o eleitor? Bom pleito a todos.

Os integrantes da banda vão fazer do Clube Santa Rita uma tradicional discoteca em um evento para toda a família

A

partir das 20h30min de sábado é hora de parar o no tempo e reviver os anos que foram marcantes tanto para a música brasileira, quanto para a sociedade. O Jovem Guarda, programa de televisão exibido pela Rede Record, nos domingos à tarde, no final dos Anos 50, foi determinante para a movimentação cultural artística dos jovens da época. A vanguarda fez história e deixou lembranças naqueles que viveram a época. Nada mais justo do que relembrar as características daqueles anos. Unindo boa música e decoração temática é que a 4ª edição da festa da Jovem Guarda acontece no sábado à noite, no Clube Santa Rita. Os Neutrons, além de promover o baile, animam o encontro com repertório vasto em um evento cheio de novidades. “O público é crescente a cada edição da festa, assim como a variedade de idades. Fico muito feliz ao ver que esta se tornou uma festa para a família. Queremos superar o número de pessoas esperadas, devido às atrações”, afirma Nara Niquetti Maestra, vocalista da banda. Os Neutros iniciam com um repertório nacional

de nomes que marcaram os anos movimentados a lambretas e calhambeques, como Roberto Carlos e Wanderléa. E quem tiver filhos pequenos não vai precisar deixar de ir à festa ou ficar preocupado. “Esperamos lotar o salão. Há capacidade para acomodar 600 pessoas sentadas e também um parquinho para as crianças se divertirem, no mezanino da New Disco, possibilitando que os pais as levem junto”, destaca Nara. Cada ingresso dá direito a um picolé, e a distribuição de pipoca e algodão doce a noite toda, relembrando também quais eram as guloseimas tradicionais do período. Além disso, o restaurante Juliu’s atenderá as mesas com petiscos. Seguindo no repertório da banda, Luiz Felipe Romagna, o Elvinho, faz uma participação especial remetendo os sucessos do rei do Rock and Roll. Uma apre-

Serviço

sentação de dança dos Anos 60 vai agitar quem estiver presente, prometendo uma entrada surpresa. Após o set list com canções de Elvis Presley, Os Neutrons investem em um repertório ainda de músicas de época mas, desta vez, com artistas internacionais, como Creedance e The Beatles. “Para entrar de vez no clima, quem quiser pode ir caracterizado com trajes típicos da época e aproveitar também a decoração da floricultura Dida, que vai montar uma praça, na New Disco”, destaca a cantora. E foi lembrando que os adolescentes se encontravam em praças e parques que a ideia surgiu. O espaço vai ser decorado com bancos e plantas para deixar o mais real possível. Os ingressos antecipados podem ser adquiridos no Restaurante Juliu’s, Livraria Niquetti, Akústica Musical, Clube Santa Rita e com os integrantes do grupo.

O que: 4ª Festa da Jovem Guarda Quando: sábado, a partir das 20h30min Onde: Clube Santa Rita (Vêneto, 233) Quanto: Crianças até 5 anos têm entrada franca. R$ 5,00 para pessoas de 6 a 10 anos, R$ 10,00 de 11 a 15 anos e R$ 25,00 a partir dos 16 anos.


Inside

Compromisso com a cidade

Quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Música

A

Tributo regueiro

banda Sublime vai ser representada no palco do Muinho, nesta sexta, pelas guitarras da Long John. A banda farroupilhense, depois de agitar o Encanta Farroupilha com o Surf Music, vai tocar os clássicos do trio californiano que já tem história nesse estilo. Realizando o tributo pela segunda vez, o vocalista e guitarrista Matheus Capellari, o guitarrista Rafael Dal Bello, o baixista Vinni Biazzus e o baterista Caio Busetti prometem passar por todos os álbuns da banda. “Sublime é uma das nossas principais influências desde o início. Essa levada californiana que mistura o Reggae, Punk, Rap e Ska sempre contagiou a todos nós, então acaba sendo um prazer fazer esse tributo”, destaca o vocalista. Ele ainda completa que a escolha também foi determinante pela pesquisa que realizaram na internet para saber o que o público da banda gostaria de ouvir nos seus shows. “O show vai passear por todos os álbuns da banda e nenhum clássico será esquecido. As expectativas sempre são as melhores possíveis. A Long John tem no seu principal valor a interação com o público. Para nós, de nada adianta a apresentação se quem estiver assistindo não estiver contagiado. Estamos lá para uma troca de energias e pensamento posi-

Divulgação

Vinni, Caio, Mathias e Rafa comandam o Muinho na sexta

tivo”, explica Capellari. O DJ Mono vai comandar as picapes enquanto a banda não estiver no palco. Os ingressos antecipados podem ser adquiridos na Kings Sneakers no Impperia Shopping, Akústica Musical, Di Roma Pizzaria e Hermelu Esportes.

Serviço

O que: Tributo a Sublime com Long John Quando: nesta sexta, a partir das 22h30min Onde: Muinho (Mal. Floriano Peixoto, 190) Quanto: R$ 15,00 antecipado e R$ 20,00 na hora

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Leão - 21/07 a 20/08

Vênus ingressa Virgem, indicando a percepção da saúde e do trabalho como valores essenciais. Cura ocorre pelo afeto, percebendo os fatores emocionais e espirituais que atuam na saúde. Pratique o discernimento, separando o joio do trigo e percebendo o que é essencial.

Favorecimento material, se você agir com discernimento no uso de recursos, leonino. Evite se iludir com aquilo que não tem o valor que aparenta. Concentre-se no essencial. Perceba a importância de valores emocionais e espirituais. Eis o que há de mais precioso.

Touro - 21/04 a 20/05

Vírgem - 21/08 a 20/09

O seu planeta regente, Vênus, passa a atuar em Virgem, favorecendo a vida afetiva. Momento importante para perceber os seus valores emocionais, discernindo ilusões. Vênus e Netuno mostram o ensinamento do afeto incondicional, que não significa papel de vítima.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

Beneficios domésticos e familiares podem ocorrer com o novo movimento de Vênus. Um ambiente doméstico harmonioso pode favorecer a realização de ideais e sonhos profissionais. Importância do clima emocional e espiritual que reina em casa e no trabalho, nativo de Gêmeos.

Câncer - 21/06 a 20/07

O novo movimento de Vênus favorece um ambiente ao seu redor mais belo e produtivo. Benefícios nos contatos interpessoais, nas negociações, na comunicação, no trabalho. Belo momento para harmonizar a perspectiva racional e produtiva com os seus ideais e sonhos.

O planeta do amor e dos relacionamentos, Vênus, passa a atuar em seu signo. Um novo ciclo afetivo e nas relações pode estar iniciando. Magnetismo e sensibilidade. Ensinamento emocional de empatia e afeto incondicional. Mas tendo discernimento.

Líbra - 21/09 a 20/10

O trânsito de Vênus pelo signo anterior ao seu indica o final de uma etapa afetiva. Importante se questionar se os seus relacionamentos são saudáveis. Aprimore-se, libriano. Momento de importantes lições emocionais e espirituais. Cura interior. Autoconhecimento.

Escorpião - 21/10 a 20/11

Importância das relações de amizade e do contato com grupos e instituições. Amizade e amor podem andar juntos. Momento que enfatiza curas emocionais importantes. Favorecimento para projetos que envolvem outras pessoas. Talentos a compartilhar.

Sagitário - 21/11 a 20/12

O novo movimento do planeta Vênus favorece a vida profissional dos sagitarianos. Importante ter equilíbrio entre as questões pessoais e profissionais, nativo de Sagitário. Relações de trabalho favorecidas. Se você gosta do que faz, passará por um belo momento.

Capricórnio - 21/12 a 20/01

O ingresso de Vênus em Virgem promove favorecimento em estudos e viagens. Contato com pessoas e locais distantes. Reflexão sobre a filosofia de vida que rege as relações. Momento de aprimoramento e de expansão de horizontes emocionais, capricorniano.

Aquário - 21/01 a 20/02

Benefícios materiais podem ocorrer, especialmente em recursos compartilhados. Negociações, favorecimentos. Mas se atenha a gastos essenciais, evitando excessos. Momento em que você deve discernir quais os seus valores mais importantes, aquariano.

Peixes - 21/02 a 20/03

O planeta do amor, Vênus, passa a atuar na área astrológica dos relacionamentos piscianos. Benefícios nas relações, desde que se evite excesso de cobranças e de críticas. Atitudes sensíveis, afetuosas e empáticas contribuem para o entendimento nas relações e parcerias.

|7

Lauro Edson Da Cás ldacas@hotmail.com

De ontem, de hoje... Um crime abalou a Serra Gaúcha nestes dias. Evidente que fica complicado caracterizar qual é o crime que não provoca algum abalo, seja em nível social, seja em nível familiar, particular, etc. Mesmo assim, este crime em referência foi da ação de quatro adolescentes que queimaram um ser humano, em plena Caxias do Sul. Este fato lamentável (que envergonha qualquer sociedade e cidadão de bem) foi cometido contra um morador de rua. Este ser humano foi queimado. Sim, foi queimado pelos adolescentes que insistiram em cobrar uma dívida de R$ 2,00 da própria vítima. Se não bastasse, estes mesmos foram comprar, num posto (com R$ 2,00) a gasolina para, em seguida, realizar o tal feito. Com o objetivo alcançado, é óbvio que fugiram. Deixaram o cidadão sem ajuda e nem se importaram com aquela vida em chamas. Cruel. Eis o preço de uma vida: R$ 2,00. Imagine! A partir disso, gostaria, também, de transcrever uma notícia que esteve presente, num jornal, fazendo referências às coisas e fatos registrados há um século. Permita-me: “Hediondo e monstruoso. Duas crianças sacrificadas pelos instinctos bestiais de um scelerado. O crime macabro, conhecido em todos os detalhes, fez vibrar de indignação os moradores da redondeza, que, durante o dia, auxiliaram as diligencias para a descoberta do fascinora. O desenvolvimento da criminalidade [...] vae assumindo um aspecto impressionante e deveras assustador [...]. Dos roubos mais audaciosos, os moradores vão assistindo ao desenrolar de acontecimentos apavorantes e crueis onde a ferocidade satanica de seus autores [...] à bestialidade de seus instinctos, não contenta de saciar abjectos desejos. O crime de que vamos occupar é, por sua natureza e por sua inominável perversidade, raro, no registro da delinquência destes ultimos annos [...]”. Não estranhe a ortografia e nem o vocabulário da notícia acima, pois esta é a transcrição literal, onde se respeita a reportagem. Ressalta-se ainda, que foi um fato acontecido há um século (por isso, com a escrita da época). É impressionante a notícia. Impressionante, ainda mais, é saber que fatos de crueldade contra a vida não são recentes. Se analisarmos estes dois crimes descritos, os requintes de crueldade e de maldade, se confundem. A indignação diante destes episódios também se assemelha. O que dizer disto tudo? A maldade é tamanha que ficamos atônitos, indefesos e incrédulos perante tais atos desproporcionais à racionalidade humana. E saber que, para muitas pessoas, o crime provocado pelos adolescentes, em nada importou e/ou significou. Por falar de ontem, de hoje, estamos em pleno ritmo de eleições e de votação. O que estava pacato deu lugar à efervescência política. Vários debates, fatos e notícias vieram trazer novos ares para esta campanha eleitoral da cidade. Ficamos, então, torcendo para que Farroupilha saia vitoriosa desta eleição, muito mais do que o próprio candidato eleito. O ontem, certamente, é inspirador para o crescimento necessário e pertinente da cidade. Quanto ao hoje, bem, este é o que aguardamos ansiosamente, pois é nesta eleição que podemos pensar e planejar uma cidade para o futuro, condizente com o seu povo e com os interesses de todos. Enfim, eis a cidade de ontem, de hoje... * Mestre em Letras, Cultura e Regionalidade


Sétima Arte

A Grande Ilusão

Ficha Técnica Título original: All the King’s Men Título traduzido: A Grande Ilusão Direção e roteiro: Steve Zaillian Gênero: Drama Duração: 128 minutos País: Estados Unidos Ano de produção: 2006 Estúdio: Phoenix Pictures e Relativity Media Distribuição: Columbia Pictures Nota: 8

A política e seus interesses Às vésperas de uma eleição, “A Grande Ilusão”, dirigido e roteirizado por Steve Zaillian, é uma boa pedida e uma ótima reflexão antes do voto no pleito dominical Divulgação

Ramon Cardoso ramon@jornalinformante.com.br

Q

uanto vale o caráter, a ética e a honestidade de um homem? Certamente não têm preço. Pelo menos esse era o conceito de Willie Stark (Sean Penn) quando atuava como tesoureiro do condado de Mason City, no interior da Louisiana, que o levou a comprar brigas homéricas na pequena localidade. Sua intransigência contra qualquer ato de corrupção chamou a atenção até mesmo do The Chronicle de Nova Orleans. O repórter Jack Burden (Jude Law) foi destacado para cobrir o caso. Mas não era só ele ou o seu jornal que tinham interesse em Stark. Sadie Burke (Patricia Clarkson) e especialmente o marqueteiro Tiny Duffy (James Gandolfini) viam nele um potencial candidato a governador do Estado. A luta travada no local era entre um velho político de situação contra um oposicionista populista. Stark foi incentivado pela equipe do primeiro para sabotar a potencial candidatura do segundo. O grande problema é que o discurso franco e objetivo da terceira via conquistou o eleitorado e Stark acabou se elegendo governador. Jack, que é o narrador da história que se passa entre 1949 e 1954, deixa a Redação quando seu editor o recrimina por dar demasiado destaque ao político em ascensão. Em pouco tempo, é recrutado para integrar a equipe de governo, o que de certa forma afeta sua isenção narrativa, mas ajuda a fazê-lo perceber, da pior forma, os reais propósitos que envolvem a política. É interessante perceber como Jack

O jornalista Jack (Jude Law) e o político Stark (Sean Penn): idealismo perdido em algum momento

inicialmente enxerga Stark como um mero fantoche no cenário, especialmente por sua inabilidade em realizar acordos e pelo embate constante e direto contra um Senado que o repudia e, em pouco tempo, ele próprio vira massa de manobra do governador sem ao menos se dar conta da situação. Rapidamente, o jornalista idealista dá lugar a um capanga político cego, que atende única e exclusivamente aos interesses de Stark, sem medir as consequências ou valorar o impacto que determinadas ações podem desencadear na sua jornada. Quando o juiz Samuel Irwin (Anthony Hopkins), padrinho de Jack, se manifesta a favor do impeachment do governador, Stark coloca-

rá ele contra o magistrado. Inicialmente reticente, aos poucos Jack procurará atender ao pedido de seu chefe. O maior problema na questão, contudo, será reviver alguns fantasmas de seu passado, recheado de culpas e ressentimentos que nunca foram bem

assimilados, especialmente no contado com os irmãos Anne (Kate Winslet) e Adam Stanton (Mark Ruffalo). O que mais impressiona é que tudo faz parte de uma grande trama voltada a beneficiar Stark, que parece ter esquecido os valores que o fizeram ingressar e triunfar na política. O filme é oportuno por estarmos a poucos dias de um pleito municipal. Há muitas verdades ditas ao longo da trama, mas até mesmo para refletir a respeito e estimular o eleitor, ficamos com uma do início da obra. Após revelar um esquema de corrupção que resultou em uma tragédia na sua cidade para o repórter do Chronicle, o idealista Stark é questionado por Jack sobre o que fará no futuro, após a denúncia ganhar as páginas do jornal e ele possivelmente perder o emprego de tesoureiro. “Vou continuar tendo fé. É o que vou fazer. Vou continuar tendo fé nas pessoas. Sabe por quê? O tempo faz tudo vir à tona”, dispara Stark. De fato faz. Seja para o bem ou, no caso mais específico da política, invariavelmente para o mal. Confira trailer no site www.jornalinformante.com.br

Vasto material de apoio disseca a trama Em pouco mais de uma hora, os extras contam com o making of da trama, uma visita pelas locações, a corrupção na política e um perfil do político Huey Long, no qual a obra é inspirada. O ponto de partida dela é o livro homônimo de Robert Penn Warren, que venceu o prêmio Pulitzer de Ficção pelo trabalho. A obra é um clássico americano e ganha um tópico especial, inclusive com observações elogiosas do prestigiado crítico literário Harold Bloom, da Universidade de Yale. Warren é considerado um dos maiores intelectuais americanos de todos os tempos, tendo inicialmente se destacado como poeta. Também venceu um Pulitzer de Poesia.


Blazer DLX compl. + GNV preta 98 S10 2.2 branca + dir GNV cabine simples 96 Corsa Hatch 1.4 2P branco 96 Corsa Hatch 1.0 completo -Ar branco 05 Corsa Hatch 1.0 AQ/DES/LIM/VIDR/TRAV branco 01 Celta 1.0 VHC 4P branco 05 Pick-up Corsa 1.6 branca 01 Fiorino Furgão branca 03 Fiorino Pick Up 1.5 branca 94 Ducatto maxx furgão 2.8 completa branca 04 Escort SW completo prata 97 RAV 4 completa altomatica prata 05 Gol 1.0 4P bordô bolinha 99 Gol G3 power 1.6 4p prata 03 Gol G3 1.0 4p vermelho 00 Gol G3 1.0 4p 8V prata 04 Gol G4 1.0 4P c/Direção Hidráulica prata 06 Gol NOVO Gol 1.0 G5 4P c/ Direção Hidráulica prata 09 Kombi passageiro teto alto branca 95/00 Fox 1.0 completo branco 10 Honda Civic SI completo vermelho 08 Fiesta Hatch 1.0 completo vermelho/prata 03/08 Fiesta Sedan 1.6 completo prata 07 Ka 1.0 com DH prata 09 Ka 1.0 image completo -ar azul 01 08 Ecosport XLT Freestyle 1.6 completa prata Parati Cl 1.8 branco 95 Parati 1.6 G4 completa -AR branca 07 Palio fire 1.0 4P c/ ar cinza 04 Palio Fire 1.0 4p c/direção branco 03 Palio Weekend 1.5 Vermelha 97 Palio Weekend 1.3 ELX completa prata 03 Palio 1.6 2p completo -AR 96 Kadett GL completo -AR cinza 95/96 Kangoo passageiro prata 04 Mini van towner 7 passageiros prata 10 Gran Besta GS azul Motor novo 16 lug 00 R$ 36.000 Montana 1.4 c/ Dir branca 10 R$ 26.500 Corsa sedan 1.0 prata 00 r$ 13.900 Gol G3 1.0 Completo branCo 01 r$ 14.000 Gol 1.6 mI 2p Completo verde 97 r$ 12.500 r$ 10.500 Uno ex 1.0 4p CInza esCort Gl 1.8 Completo - ar vermelho 94 r$ 9.500 loGUs GlI verde 95 r$ 8.500 Kadett lIfe 1.8 vermelho 94 r$ 8.500 Gol 1.0 verde áGUa bolInha 95 r$ 7.500 r$ 6.000 fIesta 1.0 4p CInza 95


Faça a arte de seu Folder, Cartão de Visita, Cartaz, Banner, Encarte, Adesivo, Rótulo, Pasta, Outdoor, catálogos e muitos outros. Contatos E-mail: gasperindesigner@hotmail.com ou Fone: (54) 9924-5559. Procuram-se meninas para dividir casa nas proximidades do centro. Fone (54) 99336586 ou (54) 96032339 e (54) 81399232. Contrata-se atendente de loja, sexo masculino, preferencialmente com vivência na área agrícola. Interessados enviar currículo para: resilves@terra.com.br ou Rua Coronel Pena de Moraes, 118 centro Farroupilha-RS. Cecatto Transportes e Terraplanagem vendem: terra preta peneirada para jardim e serviços de aterros areia e brita. Interessados entrar em contato pelo fone (54)3261.3489 ou (54) 9978.2590. Procura-se Manicure e Cabeleireira. Interessadas entrar em contato (54) 8408.3555 ou (54) 2628.4044.


Vende-se Palio 1.8R com vidros elétricos, interface, rodas de liga leve, computador de bordo, ar condicionado e quente, limpador traseiro, desembaçador traseiro, ano 2007. Interessados ligar fone (54) 9194.9192. Vende-se Rodas de Kadett GSI GS, aro 14 liga leve. Interessados entrar em contato Fone (54) 9924-5559. Vendo loja com ótima localização (calçadão), clientela formada. Interessados tratar pelo fone: (54)3035-2121. Procura-se mecânico com prática, salário a combinar. Interessados enviar currículo por e-mail reisautocenter@hotmail.com . Mais informações ligar (54) 30354846. Vendo 3 terrenos planos juntos, com 1.200m² no Bairro Lindóia. Valor R$650.000,00 entrar em contato (54) 9135.1622. VENDE-SE terrenos escriturados, entrada de 20% a 30% e saldo em até 140 vezes através de consórcio. Interessados ligar para (54)91351622. Vende-se um excelente pavilhão no bairro São Luiz com 250m² construídos e terreno de 442m², já esta pronto para subir mais um andar, vale a pena conferir. Interessados ligar fone (54) 9916.5672.


Vende-se C10 branca ano 1979 valor R$ 9.500,00 e Kombi ano 1991. Interessados entrar em contato: Rua Veneto n° 275 Fone (54) 99906124. Vendo palio elx ano 99, cor cinza, 4 portas, 85.000 km IPVA pago. DH/AQ/TRAV/VIDR/LIM/ DES/ALARME ANTIFURTO. Valor R$11.800,00. Interessados entrar em contato (54) 99642592 falar com Kleber. Vendo Santana Exclusive, ano 97, na cor verde, completo em ótimo estado no valor de R$15.500,00, estudo troca. Interessados ligar para (54) 99552711. Vende-se Mercedes Benz 914, ano 2003, amarelo/vendo Hillux 2008, diesel, prata. Interessados ligar fone (54) 3260.5095 ou (54) 9602.0269. Vendo caminhão 1318 ano 88, turbinado, hidráulico e reduzido, com ou sem serviço. Interessados entrar em contato pelo fone (54)3261.3489 ou (54)9978.2590.


Vende-se uno 1.0, 2008, IPVA 2012 pago valor 18.000,00.Interessados. Fone (54) 9908.5104. Vendo caminhão Ford, cargo 1521, ano 2003, acompanha baú de 9 metros, com chapa de ferro no assoalho, climatizado, com marcha reduzida e direção hidráulica. IPVA 2012 pago. Interessado entrar em contato pelo fone (54) 3268.1062 ou (54) 9951.3583. Impecável vende-se Stilo Sporting completo vermelho 2007 R$ 39.000,00. Interessados ligar fone (54) 3268.6504. BARBADA sem troca Voyage 2009, 26.000km, roda de liga, DH. Interessados ligar fone (54)9189.2404. Vendo uno fire ano 2008 em bom estado, IPVA pago. Valor R$ 13.200,00 entrar em contato (54) 9925.2068. Vende-se Corsa ano 97 verde 1.0 hatch, duas portas, ar quente e frio, desembaçador e limpador traseiro, alarme e tranca elétrica. Ótimo estado, segundo dono. Fone (54) 9985.3808.


Vendo Saveiro ano 2010 GS, C/S, na cor preta. No valor de R$28.500,00 estudo troca. Interessados ligar para (54) 9955.2711. Vende-se: Biz ano 2002 sem partida na cor azul 23.000km valor R$ 2.000,00. Interessados ligar para fone (54)9933.5739.

L200 TRITON V6 FLEX 2010 PRETA ......................77.000,00

HONDA CBR 450 1992 AZUL ....................................... 9.800,00 HONDA CBX 250 TWISTER 2004 VERMELHA ............. 5.900,00 YAMAHA FACTOR YBR 125K 2011 VERMELHA .......... 5.500,00 HONDA CG 150 TITAN 2008 PRETA ............................. 4.800,00 HONDA CG 150 TITAN 2007 VERMELHA ...................... 4.800,00 KASINSKI CRUISE 125 2003 PRETA ............................ 4.500,00 YAMAHA XTZ 125 E 2005 BRANCA.............................. 4.500,00

RENAULT MASTER 2007 BRANCA ........................78.000,00

FORD FOCUS GHIA 2.0 2009 PRETA ...................44.900,00

POLO 1.6 RODAS 17 2006 BRANCO .....................28.900,00

GM SILVERADO D20 2001 VERMELHA ................41.500,00

GM MONTANA 1.4 UNICO DONO 2010 PRETA ....26.990,00 VOLKSWAGEN GOLF SPORT 1.6 2003 PRATA ...26.900,00 BORA 2.0 IMPECAVEL 2001 PRETO .....................23.900,00 CLIO 1.6 PRIVILEGE COMP. TOP 2006 CINZA .....23.500,00 SIENA 1.0 FIRE FLEX 2008 PRATA .........................21.500,00 PALIO CELEB FIRE FLEX 2008 BRANCO ...............20.500,00 CORSA WEGON 1.6 8V RODAS 16 1998 CINZA ...18.900,00 FORD CORCEL 4 P 1969 VERDE ..........................18.000,00 CELTA 4P SUPER IMPECAVEL 2005 BRANCA ......17.900,00

FORD ECOSPORT XLS 1.6 FLEX 2008 PRATA ....34.000,00 AUDI A3 1.8 2003 PRETA .......................................32.000,00 MITSUBISHI PAJERO TR4 2005 VERMELHO .......32.000,00 MITSUBISHI PAJERO GLS V6 1999 BRANCA ......28.000,00

PALIO EDX 4P 1999 VERDE ......................................13.000,00

YAMAHA YBR 125K 2008 PRETA ................................. 4.300,00

GOL GIII 1.0 8V 4 PORTAS 2001 PRATA ................15.900,00

VOLKSWAGEN SAVEIRO 1.6 2008 BRANCA ........25.000,00

YAMAHA NEO 115 2008 AMARELA .............................. 3.900,00 HONDA CG150 TITAN ES 2005 AZUL ........................... 3.800,00

VOLKSWAGEN GOLF 2000 VERDE ......................22.500,00 FIAT SIENA 1.0 ELX FLEX 2006 PRATA ................19.800,00

CHEROKEE LIMITED 5.8 4X4 1997 BORDO ............25.300,00

FORD KA FLEX 2009 VERMELHA .........................19.300,00

VECTRA GT 2009 CHUMBO .................................A CONSULTAR

PARATI 1.0 COMP. -AR 1999 CINZA ........................13.500,00

VOLKSWAGEN SAVEIRO 1.8 2001 PRATA ...........18.800,00

VERSAILES GUIA COMPLETO 1992 BORDO .........12.900,00 FIAT PALIO EX 1.0 2000 VERMELHO .................... 11.800,00

FIAT PALIO WEEKEND ELX 2002 BRANCA ..........18.500,00

VOLKSWAGEN GOL CLI 1.8 1996 VERDE ............ 11.500,00

GM CELTA SPIRIT 2005 PRATA .............................18.000,00

YAMAHA YBR 125K 2004 PRATA ................................ 3.500,00

GM CORSA 1.0 RARIDADE 1996 ROXO ...............10.900,00 VOYAGE TURBO 1.9 RARIDADE 1984 BRANCO . 10.900,00

FORD FIESTA 2003 PRATA ....................................17.000,00

PAJERO TR4 4X4 GASOLINA 2007 PRATA ................42.500,00

SANTANA GLSI 2000 1993 AZUL MET ..................... 9.900,00

VOLKSWAGEN GOLF GLX 2.0 MI 1997 PRETA ....15.900,00

SUNDOWN WEB 100 2007 PRATA ............................... 2.900,00

GOL CL 1.8 AP RODAS ORBITAL 1994 BRANCO ... 8.900,00

HONDA CG 125 TITAN KS 2001 PRATA ....................... 2.700,00

VOLKSWAGEN GOL GL 1.6 GNV 1987 PRATA ...... 7.500,00 TEMPRA 2.0 8V OFERTA 1995 PRATA .................... 6.900,00 VOLKSWAGEN VOYAGE CL 1988 VERDE ............ 6.900,00

FORD FIESTA STREET 2005 BRANCA ................ 15.000,00 FORD KA GL 2003 BRANCA ................................. 14.500,00 FIAT FIORINO IE 2001 BRANCA ........................... 13.800,00

FOX 1.0 2P 04 COMP. -VIDRO FLEX DOURADO ........20.800,00 GOL 2003 1.0 8V 4P BRANCO ..................................18.800,00 GOL CLI 1.6 96 PRATA .................................................9.000,00

GM CHEVETTE SL/E REBAIXADO 1988 AZUL ...... 5.900,00

GM VECTRA GLS 1996 BRANCA ......................... 12.500,00

GOL 1.0 G5 2009 VERMELHO .................................23.800,00

VOLKSWAGEN FUSCA 1300 1980 VERDE ............ 4.900,00

FIAT UNO ELECTRONIC 1995 AZUL ...................... 9.900,00

GOL 1.0 16V 4P 1998 BRANCO ...............................12.300,00

HONDA XL 250 1985 PRETA ........................................ 2.700,00

TRCICLO BIZ C-100 C/PARTIDA 2002 PRETA ........ 3.500,00

HONDA CG 125 TITAN 1998 AZUL ............................... 2.300,00

RODAS 15 ORIGINAL DA BMW 328I 1996 ............. 1.300,00

SUNDOWN/HUNTER 125E 2007 VERMELHA .............. 2.200,00

CELTA 1.0 COMP - AR 2P 2005 AZUL ......................18.900,00 CHEVETTE 1.6 1988 BRANCO ....................................4.800,00

GM VECTRA CD 2.0 1994 BRANCO ....................... 9.900,00

HONDA CG 125 TITAN 1998 AZUL ............................... 2.700,00

ASTRA SEDAN GL 2000 BRANCO .............................19.800,00

HONDA CRF 450 X 2007 VERMELHA ...................18.000,00

VOLKSWAGEN GOL PLUS MI 1997 VERDE ........ 10.900,00

YAMAHA YBR/125 E 2004 ROXA ................................ 3.200,00

SUNDOWN SUNDOWN MAX 125 SE 2007 PRATA ...... 2.800,00

FOCUS 1.6 2004 PRATA ............................................24.800,00

FIAT UNO MILLE FIRE 4P 2004 AZUL ...................13.900,00

HONDA CG 125 FAN 2007 PRETA ................................. 3.500,00

YAMAHA YBR 125 ED 2004 PRETA .............................. 3.500,00

FIESTA SEDAN 2005 PRATA .......................................23.500,00

PALIO 1.6 16V 1997 VERMELHO .............................13.900,00

SUNDOWN SUNDOWM STX 200 2008 PRETA ............. 3.800,00

YAMAHA YBR 125 ED 2003 VERMELHA ...................... 3.500,00

STILO SPORTING COMPLETO 2007 VERMELHO ......39.000,00 UNO ELX 2P 1995 AZUL .............................................. 7.400,00

FIAT PALIO ELX FLEX 2008 PRETA ......................25.000,00

GOL 1.0 MI 4P LEG. BAIXO 1998 CINZA .................13.900,00

COROLLA XEI AUTOMATICO VERDE 2000 ................19.800.00

FORD FOCUS 1.6 FLEX 2008 PRATA ...................27.900,00

GOLF GTI 1995 VERMELHO ....................................16.900,00 UNO FIRE FLEX 1.0 OFERTA 2008 BRANCO ........15.900,00

MEGANE 2.0 COMPLETO 2009 PRETO ...................38.000,00

PEUGEOT 207 HB XR 2010 BRANCA ...................27.900,00

YAMAHA YBR 125 2008 PRETA .................................... 4.300,00

YAMAHA YBR 125K 2007 VERMELHA ......................... 4.000,00

Taxas de juros a parTir de 0,89%. Na compra de um carro usado, TaNque cheio, TraNsferêNcia e ipVa pago.

VOLKSWAGEN GOL 1000 1994 BRANCA .............. 9.800,00 GM CORSA WIND 1996 CINZA ............................... 9.500,00 VOLKSWAGEN SANTANA GLS 1992 PRATA ......... 8.500,00

PARATI 1.6 COMPLETA AZUL 2002 ..........................21.000,00 HONDA CBR 600 S 1999 PRETA...............................24.900,00

GM D20 CUSTOM S 1995 BRANCA .................... Aconsultar

SAVEIRO SUPER SURF 1.8 GNV 2007 PRATA ..........30.800,00

FORD MONDEO GUIA V 6 1999 AZUL ................ Aconsultar

HONDA TITAN 150 2005 PRETA ..................................4.300,00

FIAT PALIO 1.4 ATTRACTIV 2012 PRETA ............ Aconsultar

HONDA CBX 200 2002 PRETA ...................................3.500,00


Compra-se: apartamento com 3 dormitórios e garagem no centro ou proximidades. Preferencialmente com 2 banheiros, elevador e churrasqueira. Tratar (54) 34010490 ou (54) 91653686. Procuro casa de 2 dormitórios para alugar direto com o proprietário. Pago até R$550,00. Fone (54) 8401.2091 ou (54) 9698.3442. Vendo área de terra de 8.2 hectares, em linha Jacinto, com casa, sendo 2 hectares de parreira Moscatel comum, 2.5 hectares de pêssego, 0.5 de caqui, com açude.Valor 310.000,00.Fone: (54) 9135.1622.


Vendo casa de alvenaria, 230m², m a 100 mts do posto Modelo, recebo apartamento de menor valor no negócio. Fone (54) 9949.3234. Vendo apartamento no Bairro Imigrante com piso laminado nos dormitórios, área social, sacada fechada integrada, porcelanato nos pisos e paredes da cozinha, WC e lavanderia. Interessados ligar (54) 3261.2553 com os corretores da Serrana Imobiliária. Vende-se Mini Mercado com açougue e padaria. Motivo doença. Interessados ligar fone (54) 80432780 ou (51) 95531892, falar com Antonio ou Odila. Ótima oportunidade de negócio! Vende-se loja localizada no centro da cidade, com mais de 15 anos no mercado. Interessados ligar Fone (54) 8113.1237. Vendo 2 hectares de terra à 100m mts do asfalto RSC 453, com água e luz, valor R$ 350.000,00 . Vendo chácara com 14.850m² com água e luz a 1.000 mts do asfalto na linha São Marcos . Valor R$330.000,00 entrar em contato (54)9135.1622.


JORNAL

Edição

INFORMANTE

012

COMPROMISSO COM A CIDADE

.br

s

e usa Solta de migos. coloboas acha e ser estições o carro do ainda e pe-

.com ante

form

rnalin o@jo

olad

desc

a, upilh

o Farr

4 de

ou

2012

m.br

te.co orman

linf

orna www.j

Eles podem decidir o futuro pela rede social

o de tubr

ante

form perIn

Fotos: Elisa Rossi Kemmer

ssio e o B a c n Bia ual t r i v ó h c e e o br Página 2

Imagem: Reprodução

ara Parada p avaletes pintar os c Página 3

o tem ã n a d n i A er? um sneak Página 7 Dalla Chiesa, De Bortoli e Pasa são os moderadores do grupo que reúne os farroupilhenses no Facebook, já Frizzo e Maicon começaram a debater e se ligar nos fatos políticos da cidade por causa do espaço – Páginas 4 e 5

te.

an form n I l a n te o Jor 43 d radamen 2 o ã a ç i p d e da E ido s rante ser vend g e t in de Parte Não po

@Pa


2

Farroupilha, 4 de outubro de 2012

Far

Abrindo o guarda-roupas t

Ter a consciência de que ninguém é igual a ninguém ou pensa da mesma forma é o primeiro passo para uma convivência harmônica. Talvez seja um pouco mais dessa ‘consciência’ que está faltando no nosso planeta. O respeito às

va

Elisa Rossi

Lo

Crônicas do

ria

Internet, arte e política. Esses são os assuntos que embalam a 25ª edição do Descolado. A estudante de Moda Bianca Boessio abriu as portas do seu guarda-roupa um dia e percebeu que ali tinham muitas peças que ela já não usava. Nesse momento ela teve uma ideia empreendedora que virou uma fonte de renda: abrir um brechó virtual. Incialmente, a jovem só comercializava suas próprias roupas usadas, mas a loja virtual cresceu e as amigas dela começaram a contribuir com o espaço. Você pode conferir a história e os planos de Bianca ao lado. Na página ao lado há o relato do evento que aconteceu na tarde do último sábado: o Cavalete Parade, que foi baseado em um movimento nacional. Com cavaletes doados e materiais reciclados, o Calçadão da Júlio virou quase uma galeria de arte. O intuito dos organizadores também foi valorizar os artistas da cidade. Seguindo as novidades do Descolado, procuramos os moderadores do grupo “Farroupilha – RS – Brasil” no Facebook. É no local que as discussões do momento, principalmente sobre política, estão fervendo. Juntamente com os criadores do espaço virtual, nas páginas 4 e 5, há história de jovens que começaram a se ligar no que está acontecendo na cidade por causa da rede social. Não deixe de conferir também nossas dicas e a coluna do sempre bem-humorado Fabrício Oliboni.

ó Vit

Política está na moda

“Muitas meninas se enganam quando pensam que brechó é a venda de roupas velhas e estragadas”, cita Bianca Boessio. A Estudante de Moda da Faculdade de Tecnologia (Ftec) tem apenas 17 anos, mas a maturidade vai além disso. Unindo o conhecimento em moda e a vontade de fazer alguma atividade extra, ela teve a ideia de montar um brechó virtual, em uma página do Facebook, o “Free Yourself”. “Abri meu guarda-roupas e vi que tinha muitas peças que eu não usava, então decidi vender. Criei a página e comecei a divulgar para as garotas da cidade”, comenta. Após ver que a ideia estava rendendo bons frutos, ela ofereceu o espaço para outras pessoas que tivessem o interesse em vender. A estudante lembra que a iniciativa a ajudou a ter certeza da carreira que quer seguir. “Com o brechó, eu soube que estava no caminho certo. Me animo cada dia mais com o trabalho e sei que essa vai ser a minha

aq ai re de gu

Com peças próprias e das amigas, Bianca faz do Facebook a sua loja

profissão”, afirma a jovem. Ela se empenha na atividade e oferece também a opção de prova, para que as meninas possam vestir as roupas e decidir se vão comprar ou não. “Sempre frequentei muitos brechós, não é comum em Farroupilha, mas nas cidades vizinhas têm”, explica. Bianca diz que também sempre gostou de escrever,

o que fez com que ela tivesse a ideia de criar um blog de moda. O www.peoplefearless. blogspot.com.br entra no ar a partir de segunda e vai contar com informações gerais, música e entretenimento. Ela convidou outras duas amigas para escrever: Alessandra Manfroi e Larissa Fernanda Lima vão auxiliá-la com o blog e o brechó.

Você está contribuindo para as guerras?

ideias alheias deveria ser maior. Não vivemos mais na ditadura, mas estamos quase lá. As pessoas estão sendo constantemente censuradas ou ficam com medo de falar o que pensam, por causa de uma possível repressão. Se existisse uma pesquisa sobre o respeito aos outros aqui em Farroupilha, aposto que os gráficos iriam estar sempre caindo, principalmente neste período eleitoral, onde as redes sociais se tornam um local para guerrear. Claro que não são to-

dos os farroupilhenses que são assim. Muitos respeitam a opinião do vizinho, porém grande parte desses vizinhos não quer deixar que seu colega se manifeste livremente. A liberdade de expressão é um direito constituído de uma sociedade na qual a democracia reina. Aqui por Farroupilha deveria ser assim, mas muitas vezes não é. Na escola, no trabalho, na rua, na internet... seja onde for, estamos sendo constantemente vigiados. Mas isso

não ocorre só na nossa cidade e sim em todo o País. Pensamos que a guerra nunca vai chegar aqui, mas para onde estamos nos encaminhando? Será que ela não virá mesmo? São muitas perguntas e poucas respostas. Exatamente como acontece no cotidiano, poucas coisas são respondidas. O que grande parte das pessoas faz quando não consegue ter argumentos? Grita, isso mesmo, grita, chora, implora, mas não dá o braço a torcer e não muda de ideia.

Espero que você não seja mais uma pessoa desse nível, que não saiba reconhecer quando errou ou está errado. Tenha paciência para não entrar no ‘clima’ e no nível dessas pessoas sem argumento, mas com muitas pedras na mão. Não entre no jogo dos que se escondem por trás de um nome, mas vivem na mentira. Seja autêntico e não tenha medo de perder, pois só assim a humanidade irá evoluir e as guerras terão a chance de terminar.


2012

ra ue ga uiu na om úlira ias a? raeia ue erser pos briiono

3

Parada obrigatória antes das eleições Fruto da criatividade dos jovens da cidade, no sábado à tarde o Centro de Farroupilha foi palco para o movimento cultural “Cavalete Parade” Para respirar outros ares, quando o assunto do momento, mesmo entre os jovens, são as eleições para prefeito, um movimento artístico foi realizado no sábado. As ruas do Centro ficaram mais coloridas e fizeram parar quem passava na rua. O “Cavalete Parade” reuniu os artistas plásticos da cidade que, além de utilizar material reciclável, descontraiu e deixou a cidade mais bonita. A ideia não é farroupilhense. O movimento já foi realizado nacionalmente, mas com o objetivo de usar apenas os cavaletes que estivessem posicionados de forma irregular, atrapalhando o passeio público. Modificando um pouco as regras, aqui todo o material foi doado por partidos políticos ou ainda restos de placas e banners foram reutilizados. As artes foram feitas na Praça da Bandeira e, após serem finalizadas, eram posicionadas em diferentes pontos das ruas mais movimentadas. Felipe Serafin, um dos idealizadores do projeto, conta que descobriu a ideia dois dias antes da exposição. Ele convidou o grafiteiro Rafael Barbosa e os ilustradores e tatuadores Fruto de uma ideia nacional, os princípios da iniciativa, no município, foram utilizar material reciclável e valorizar os artistas plásticos locais Luciano Marin e Charles Cenci, que aderiram à ideia. Apesar do pouco tempo para a organização, muitas pessoas se envolveram e a ação foi melhor do que o esperado. “Avalio essa primeira experiência com sucesso. Tivemos 12 artistas, 15 artes feitas e aproximadamente 120 pessoas que circularam pelo local ajudando ou aproveitando uma reunião agradável com os amigos”, aponta Serafin. Outra boa ação que completou a importância do movimento foi a valorização dos artistas, grafiteiros e todos que se empenharam em criar. “Retribuímos a população com as peças. Após as 18h, qualquer pessoa poderia levar os cavaletes para casa”, conta. Em cada unidade havia um recado dizendo que, após o horário estipulado, o material poderia ser, de certa forma ‘roubado’, para que ficasse de recordação do dia. Outro atrativo foi a reprodução de uma imagem de Vinni Biazzus, que também participou do evento. A réplica, que foi decoração da sua festa de formatura, fez parte do acervo final e atraiu a atenção de todos.

Fotos: Maurício Belarmino

m o eer

Farroupilha, 4 de outubro de 2012


4

Farroupilha, 4 de outubro de 2012

Os jovens querem decidir o É por meio da política que podemos mudar o futuro da nossa cidade, Estado e País. Quem nos governa tem o poder de interferir nas nossas vidas através de suas decisões. Você já parou para pensar nisso? Mesmo não gostando de política, é importante saber e conhecer os fatos que estão acontecendo em nossa cidade. O voto é um importante instrumento de mudança e de resposta aos governos. É com o Título de Eleitor em mãos que você pode dizer sim ou não para quem está no poder. Aqui na cidade, onde os farroupilhenses se ‘reúnem’ para discutir essas questões é no Facebook. O grupo, que até então não tinha tanta interatividade, se tornou um espaço onde já é difícil acompanhar todas as postagens e seus comentários. Mas além disso os jovens pedem uma política renovada e é pela rede social que eles fazem o seu manifesto. Muitas pessoas que não gostavam de política (algumas que continuam não gostando) passaram a sentir necessidade de lutar pelos seus direitos e expor sua opinião, mesmo que online. O resultado deve refletir nas urnas. Quer saber quem são esses jovens e quem cuida do grupo no Facebook? Você pode conferir tudo isso na matéria ao lado.

Elisa Rossi Kemmer elisa@jornalinformante.com.br

As redes sociais estão em alta. O local é onde os jovens podem se reunir, mesmo que não estejam no mesmo espaço físico, para discutir variadas questões. Aqui na cidade, as atenções estão sendo voltadas para o Facebook, mas especificamente para o grupo Farroupilha – RS – Brasil (http://www.facebook. com/groups/108705795822542/). O criador do espaço foi Joel De Bortoli, de 28 anos. Ele era o dono de uma comunidade ainda no Orkut. O local reunia cerca de 4 mil farroupilhenses. O grupo ainda não atingiu o mesmo número, mas possui mais de 1,2 mil membros. Pelo tempo escasso, De Bortoli não conseguia estar a todo momento online, então Charles Pasa, de 41 anos, e Paulo Dalla Chiesa, de 32, se tornaram moderadores da antiga comunidade e agora do grupo. Com três pessoas gerenciando o espaço, ficou mais fácil monitorar as postagens e interagir com os integrantes. Mas o que mais surpreendeu o trio foi o crescimento da participação com as eleições se aproximando. “Muitas pessoas não interagiam, mas agora, com as questões políticas em alta, tem mais gente comentando

nas postagens. Não estamos mais conseguindo nem ler tudo o que é escrito”, relata Pasa. A expectativa dos moderadores era de que os candidatos a prefeito participassem mais no grupo. “Atualmente, o jovem utiliza as redes sociais para se manifestar. Eles esperam que no futuro a política seja mais justa. A demanda já não é mais a mesma, mas muitas pessoas querem implantar coisas antigas”, afirma Pasa. Segundo ele, o local reúne moradores de todos os bairros da cidade, então ele poderia ser utilizado pelos candidatos para conhecer as demandas dos habitantes do município. O relato do moderador revela o sentimento de jovens como Juliano Ferreira Frizzo e Maicon Douglas Bottker. Eles são membros atuantes do grupo e afirmam que o Facebook faz com que os jovens se liguem mais a assuntos relevantes. A rede também abre o espaço para as pessoas que estão começando a votar conhecerem mais a realidade da política local. Juliano é estudante de Marketing e, aos 19 anos, está votando pela primeira vez. “As redes sociais aproximam as ideias, enquanto, de certa forma, afastam as pessoas. Não só com a política, mas com outras questões também.

A velocidade com que as notícias, as informações e os furos de reportagem correm é impressionante. Claro que rola muita informação furada e aí que vale o alerta: temos de filtrar”, relata o adolescente. Maicon, o acadêmico de Ciências Econômicas de 21 anos, já votou em outras eleições, porém, antes de ingressar no grupo não se interessava por assuntos políticos. “É muito importante os jovens se envolverem, principalmente quando a eleição é municipal. Muitos desses adolescentes vão morar aqui a vida inteira, então essas pessoas têm que pensar no futuro de Farroupilha, em deixar um município melhor para seus filhos e netos”, observa Maicon, salientando que é necessária uma renovação na forma de fazer política, para que os adolescentes se sintam mais atraídos e participem dos debates e discussões na área.

Juliano: “se não pararmo para discutir as questõe que envolvem noss sociedade, não teremos a mudanças que precisamos


5

Farroupilha, 4 de outubro de 2012

o futuro da política farroupilhense Fotos: Elisa Rossi Kemmer

os es sa as s”

Dalla Chiesa, Pasa e De Bortoli estão surpresos com o número de participações no grupo

Maicon: “a internet é uma fonte de informação que deve ser levada em consideração, mas não a única”


6

Farroupilha, 4 de outubro de 2012

Fa

Setembro foi um mês agitado. Sorte daqueles que conseguiram uma folguinha do trabalho para aproveitar uma viagem pelo Nordeste. Francisco Varisco passou os últimos dias do mês no calor de Recife, em Pernambuco, e não deixou a dança típica da região, o Frevo. Enquanto isso, em Farroupilha, as amigas Sáskia de Cesero e Luane Galiazzi se emprenharam na gincana tradicionalista do Instituto Cenecista Ângelo Antonello (ICAA). E as festas não pararam por aqui, o casal Wilian Amaral e Thais Lopes curtiu uma noite de sábado ao som de Rafa Schuler Trio. Quer sua foto aqui? Mande um i-1/2 >>> descolado@jornalinformante.com.br

su são art Ce qu reu alé tra

Francisco Varisco aproveitou as férias para se divertir no clima do Frevo, em Recife

Sáskia de Cesero e Luane Galiazzi participaram do encerramento da gincana gaudéria do ICAA

Wilian Amaral e Thais Lopes curtiram o final de semana de rock no República Beer

Irado A história se passa no final do Século IX, em Bagdá. Um homem traído pela esposa decide vingar-se e casa com uma mulher a cada noite, matando-as na manhã seguinte. Até que uma das noites a sua esposa é a maior contadora de história de todo o reino e para continuar a ouvir os seus belos romances, ele adia a morte da bela dia a dia. O interessante é a adaptação de Daniel Bardet para os quadrinhos, tornando um grande clássico disponível de forma descontraída e divertida de se acompanhar.

O filme “Capitão América: O Herói de Todos” retrata o sonho de qualquer menino: ser um super herói quando crescer. Dennis Sullivan, um homem solitário é designado para trabalhar com uma jovem viúva e seu filho, Jake. Sem pai, Jake utiliza a figura do super herói para preencher o vazio que sente. Dennis resolve surpreender o menino e vai a uma loja de fantasias na busca da fantasia do Capitão América e é aí que começa a aventura.

Lembra da luz que seu colega conseguiu acender na água com sal, na última feira de Ciências da escola? Foi inspirada na ideia que a 4M desenvolveu: um relógio digital que não é ligado em baterias. Como fonte de energia para o objeto, além das batatas, podem ser usados dois tomates, duas frutas ou dois copos de água com sal. A única recomendação da fabricante é que ele seja utilizado por crianças maiores de 10 anos. O artigo pode ser conferido no site http://www.bazarbem.com.br.

to o o est atr um do de tes ser fer

pro an Ra Lu ide ção foi

su tas cir tan go co val qu

Ap cav ha est for ção um pa raç ace


12

7

Farroupilha, 4 de outubro de 2012

Fabrício Oliboni

s

fabrioliboni@gmail.com

Entre na moda você também Você ainda está em dúvida se compra um sneaker ou não? Pois então aqui vão algumas dicas para as meninas que já provaram nas lojas, mas ainda não disseram o sim para o novo modelo de tênis. Com diversas cores, os sneakers já são encontrados em diversas opções, com tachinhas, de couro e até com franjas. E já que o clima está esquentando confira alguns looks que podem acompanhar o calçado nessa primavera.

a

esde ss. r a tar úsinviara ie auó.

Alma Piena Store

si ne log

Bo

g lo

ne

si

Alma Piena Store

Bo

a l, na o sm nns ir, e a

Alma Piena Store

i

gnes

Bolo

O roteirista de sonhos Se tem alguém que eu tenha vontade de conhecer, esse alguém é o tal do “roteirista de sonhos”. Pena que esse cara não existe. Pena mesmo. Claro que não existe nada nem ninguém que seja responsável por roteirizar o que iremos sonhar assim que pregarmos o olho (não literalmente, não literalmente), mas se existisse tal ser, esse cara sim seria... bacana, seria um cara muito bacana. P.S: maldita censura! Sonhos são fascinantes. Sejam eles assustadores, engraçados, bizarros ou de mumu. Os de mumu são unanimidade, mas aí é papo para outra hora. Voltando aos sonhos “não comestíveis”, não há viva alma (acho que até as mortas concordam) que já não tenha se perguntado porque raios sonhou com determinada coisa. Tem cada sonho que... bah, como diria o Luciano Huck, são “Loucura! Loucura”. Resolvi escrever sobre esse assunto, devido a alguns relatos de sonhos de alguns amigos, das quais fiquei sabendo nos últimos dias. Sonho 1: alguns dias atrás, um amigo disse que sonhou que estava caminhando normalmente pela rua, até que, do nada, surgiram os Power Rangers (os primeiros, dos dinossauros e tal, claro). Não bastasse isso, o ranger azul começou a discutir com o preto, ao mesmo tempo em que a ranger amarela fazia polichinelos e os outros dois olhavam o desenrolar da situação com interesse e, com direito a mãozinha no queixo e batendo o pezinho no chão. No momento em que o ranger preto notou que o “sonhador” estava olhando a briga, ele partiu para cima do cara e PUF! (seria esse o som que caracteriza o fim de um sonho?), o cara acordou. Sonho 2: outro amigo dessa vez. O tal cidadão sonhou que estava em um campo de concentração nazista, quando caiu um enorme portão de ferro na frente dele, que mais que depressa tentou levantar o portão. Inutilmente, claro. Então, ele lembrou que tinha uns pregos no bolso, que ajudariam a consertar o portão. Só que, o que ele puxou do bolso não eram pregos, mas um tortéi (?). Sim, um tórtei, daqueles recheados com moranga. Ele não liga para isso e tenta consertar o portão pregando o tortéi no mesmo, até que, PUF!, ele acorda. Sonho 3: esse é meu. Vai saber o motivo, mas no sonho em questão, eu estava em casa, sentado no sofá e assistindo ao “Pequenas Empresas, Grandes Negócios”. Até que, eu levanto e vou até o meu quarto e, assim que volto, a sala está infestada de aliens, os dos filmes da série “Alien” mesmo. Aí eu faço o óbvio, e ataco um dos aliens com uma colher de mexer polenta e um pedaço de lenha. Logo em seguida, ouço o som de um liquidificador ligado e PUF!, fim de sonho; Agora eu pergunto: algum desses três sonhos faz o mínimo possível de sentido? Não, né?! Por isso mesmo que eu queria conhecer o “roteirista de sonhos”. Para encerrar, vai uma frase do Woody Allen, que talvez não faça sentido algum, mas é uma baita frase e até que se encaixa no assunto de hoje: “A loucura é relativa. Quem pode definir o que é verdadeiramente são ou insano?”. That’s all, folks! Tchau!


Ediçã

Contracapa

Farroupilha, 4 de outubro de 2012

Vamos comer juntos?

Vou para a minha casa na árvore!

Quem nunca imaginou em fugir para a sua casa na árvore após brigar com os pais? Pois teve um cara que tornou isso realidade. Horace Burgess não construiu apenas a sua casinha de madeira, mas sim a maior casa na árvore do mundo. O lar doce lar ficar sobre um carvalho de 24 metros de altura junto com outras seis árvores que o sustentam. Construída com materiais recicláveis, a obra tem 10 andares e contou com mais de 258 mil pedaços de madeira para ser construída. Segundo o aventureiro, o custo ficou em torno de R$ 19 mil.

Fotos: Divulgação

A Coca-Cola criou uma campanha promocional para resgatar os valores da família e fazer com que as pessoas sentassem juntas à mesa apara o jantar. Um caminhão da Coca transitou por uma das avenidas mais movimentadas de Nápoles, na Itália, e parou em alguns locais. A novidade é que ele não estava carregado de refrigerantes, mas sim com o chef de cozinha Simone Rugiati, mesas, cadeiras e deliciosos pratos italianos. Uma sala de jantar foi montada em meio à calçada e todos os que transitavam pelo local foram convidados para jantar. A ação foi documentada e está no YouTube. O vídeo pode ser encontrado pela busca “Coca-Cola Happiness Table”.

Minutos de fama

Não é novidade. Quando vemos pessoas sendo fotografadas e rodeadas de seguranças, o que não é comum por aqui, já sabemos: é alguém famoso. Em Nova Iorque, mesmo que as celebridades caminhem pelas ruas diariamente, não é diferente. Brett Cohen, um cidadão anônimo americano, se arrumou, contratou seguranças e fotógrafos e saiu caminhando pela Times Square, um dos locais mais movimentados da Big Apple. O resultado foi uma multidão ao redor dele, pedindo autógrafos e oferecendo bons comentários sobre o seu trabalho. Em alguns metros caminhados, ele já havia conquistado uma legião de fãs. Sem contar a verdade aos presentes, ele seguiu caminhando normalmente e filmou a noite engraçada. O vídeo pode ser conferido no YouTube com a busca “Brett Cohen na Times Square”.

Para trollar os amigos

Você sabe o que é trollar? É a forma que se usa na internet para falar enganar. O site “Vida de Solteiro – Guia Prático Para Solteiros” fez uma lista de 15 maneiras divertidas para enganar os seus amigos. Não garanto que você vai ter muitos amigos se colocar as dicas em prática, mas devem resultar em boas piadas. Passar esmalte no sabonete ou fazer bolacha recheada com creme dental de recheio não deve ser muito legal, principalmente se o amigo trollado estiver de mau humor. No site também aparecem opções como colocar massa de modelar no para-brisa do carro, trocar as teclas do computador ou forrar o carro do colega de post-it. São muitas ideias que podem ainda servir de exemplo para criações próprias, só tente pegar leve se for aderir a uma das brincadeiras.

f

Friz


edicao 243