__MAIN_TEXT__

Page 1

FARROUPILHA

|

ANO XII

|

EDIÇÃO 625

|

14 DE FEVEREIRO DE 2020

|

R$ 3,00

MATÉRIA ESPECIAL

Foco é modernizar o ensino

Secretária Elaine projeta ações e metas para mais um ano de trabalho Páginas 2 e 3 e Editorial

INSIDE

Mega folia no Bloquinho

Neste sábado tem festa especial de Carnaval no Deck 256, a partir das 15h Página 5

Entre latas de cerveja, refrigerante e maços de cigarro, colecionador soma quase 5 mil itens no acervo

Inside, capa e página 3

Yasmin Signori Andrade

As coleções do Seu Jatir


2

FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020

VOLTA ÀS AULAS

Meta do ano letivo: estimulação Secretaria de Educação foca em estratégias de ensino utilizando espaço tecnológico para proporcionar aos alunos maior inovação no aprendizado Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br

C

om a volta às aulas da Rede Municipal na próxima terça e a aposta em utilizar novas plataformas de ensino, a Secretaria Municipal de Educação busca incrementar a aprendizagem a partir de aparato digital e na construção do conhecimento de maneira mais autônoma por parte de cada aluno. São 8,3 mil estudantes atendidos em 22 escolas municipais de Ensino Fundamental, cinco de Educação Infantil (EMEIs) e três Centros de Atendimento Integral (CAIs). Os professores retomam as atividades na segunda, sendo que os docentes e os pequenos das creches já voltaram no início do mês. Tendo como base o Centro de Formação, localizado ao lado da Biblioteca Pública Municipal Olavo Bilac, toda

uma estrutura foi montada para receber os estudantes com contato mais próximo ao mundo virtual, com desenvolvimento de linguagem de programação e outros conceitos da Era Digital. Conta com Espaço Kids, uso de playtables, óculos e impressora 3D, robô, computadores, Sala Maker e outros recursos tecnológicos como ferramentas extensivas do aprendizado. Um cronograma foi montado para que todas as escolas tenham acesso ao novo local. “Estamos indo rumo à Educação 4.0, que é voltada à tecnologia, isso tudo é para que sejam mais autônomos, autores de seu próprio conhecimento. Tudo para que os alunos consigam entender a importância de utilizar de forma adequada a tecnologia, uma ferramenta a serviço da inteligência”, considera Elaine Giuliato, secretária municipal de Educação. Outro conceito que deverá ser alterado ao longo do ano é o uso dos laboratórios de informática das esco-


3

FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020

de novos saberes na Era Digital Juliana Inês Casa Barbieri

las para que sejam locais mais integrados à sala de aula. “Sendo um espaço de uso mais dinâmico, unindo tecnologia e inovação” acrescenta. Reformas nas escolas e outros projetos a caminho

Desafio, apesar da experiência Elaine conduz Secretaria Municipal de Educação desde 2013 e garante que o trabalho é incansável para que o ano letivo transcorra sem percalços

Diversas instituições passaram por reparos neste período de férias, como a Santa Cruz, de Nova Milano, que recebeu troca de telhado, rampa de acesso e outras adequações atendendo exigências do Plano de Proteção Contra Incêndios (PPCI). A Antonio Minella está recebendo pavimentação no pátio. A Zelinda Pessin também está com ampliação e melhorias e a EMEI Industrial passará por obras. A Escola de Educação Infantil do Pio X terá quatro novas salas para atendimento de mais 60 alunos e até maio deverá ser inaugurada a nova instituição no bairro Monte Pasqual para 120 alunos de zero a 3 anos. Outra base de atuação da Secretaria é a formação de professores. Cerca de 700 profissionais que acompanham encontros de acordo com sua

área de atuação para debates e atualização de quesitos norteadores do ensino. A partir da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), o município desenvolveu o seu Referencial Curricular que foi aprovado pelo Conselho Municipal de Educação e, neste ano, cada escola estará finalizando o seu Projeto Político Pedagógico. Expectativa para o início do ano letivo O foco é realmente explorar o aparato tecnológico disponível como recurso extra de aprendizagem. Ofertar aos professores toda a formação para que o ensino em sala de aula seja complementado com experiências da Era Digital e oportunizar aos alunos não somente o contato, mas vivências de integração dos saberes. “A expectativa é alta em função de todo o trabalho já realizado e do planejamento desenvolvido. Será um ano estratégico e de muita produção, de ações integradas que se complementarão, tornando o sujeito autor de seu próprio conhecimento”, complementa Elaine.


4

FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020

Assédio moral e suas implicações no ambiente de trabalho William Grespan Garcia *

D

iversamente do que se pensa, o assédio moral não ocorre apenas do empregador para o empregado, do superior para o subordinado. Na verdade, a cadeia do assédio moral ocorre mais de superiores para subordinados, mas também entre os pares e, em menor grau, contra executivos. O assédio moral, assim, pode ser vertical de maneira descendente (mais comum do superior para o subordinado) ou ascendente (mais raro, do subordinado para o superior); horizontal, quando se dá entre os pares; misto, quando se dá em todas as direções acima, combinadas. Condutas que evidenciam violência psicológica contra o assediado, atos repetitivos caracterizados por ações reiteradas do assediador, boatos, xingamentos, perseguições, punições injustas, condutas agressivas, inferiorização, exposição do assediado a situações humilhantes e vexatórias, exigências de cumprimento de metas inatingíveis, negação de folgas e férias, enquanto os demais são dispensados, rigor excessivo e colocação de apelidos constrangedores são alguns exemplos de assédio moral, dentre os muitos que existem. Pontualmente, neste contexto há que se considerar que acontecimentos comuns e isolados, como uma “bronca” eventual do chefe, uma chamada de atenção esporádica ou não, muitas vezes motivada pela necessidade de se aprimorar a ação, não podem e nem devem ser caracterizadas como assédio moral, embora, muitas vezes, por uma questão de má-fé, fatos como estes possam ser utilizados em processos trabalhistas indevidos, sendo, porém, facilmente derrubados em um Tribunal por não se sustentarem na caracterização do assédio moral. Antes de se levar o caso aos Tribunais, deve-se recorrer ao setor de Recursos Humanos (RH) da empresa para relatar o ocorrido, sempre documentando a conversa/ denúncia. Não havendo solução, no âmbito interno da empresa, passa-se a instâncias superiores, como o Sindicato e até o Ministério Público. Queimar etapas, saltar instâncias, nunca facilita e até pode prejudicar o processo de solução do problema,

seja por qual via possa vir esta solução. Por sua especificidade e pela dificuldade em ser comprovado, o assédio moral deve levar a vítima à busca de ajuda especializada, tanto no âmbito médico quanto no âmbito jurídico, providências que devem caminhar paralelamente, ainda que os passos básicos para a solução dentro da empresa não sejam eficientes e/ou eficazes. As empresas, por sua vez, devem agir de forma preventiva, para que casos de assédio moral não venham a ocorrer intramuros. Tal prevenção pode ser desenvolvida em reuniões periódicas por setores, onde se aborde, de modo direto e/ou indireto o assunto, visando a coibir atitudes negativas entre os funcionários, bem como entre a configuração hierárquica. Além das reuniões, periódicos (os chamados jornais da empresa) podem abordar em suas páginas o assunto, o qual deve ainda constar das diretrizes que costumeiramente são passadas aos funcionários, quando de sua admissão. A criação de um canal que propicie discussões participativas entre chefias e chefiados, onde todos possam ter voz, é sempre um bom início para prevenir que o assédio moral se instale e que isso seja levado às vias de fato. Todos os esforços no sentido de coibir ações de assédio moral, em quaisquer níveis, como acima já se destacou, não prescindem de uma correta e perene assessoria jurídica e, também, para as medidas cabíveis quando um eventual problema já instalado, de modo que, na medida do possível, sejam evitados os confrontos judiciais ou, na impossibilidade disto, para um correto acompanhamento da empresa, face a quaisquer processos que possam advir. Importa, finalmente, dizer que ambos os lados da cadeia produtiva têm a perder com atitudes que induzam à instalação do assédio moral como realidade dentro da empresa. Assediados e assediadores, ambos são a ponta de um intrincado mundo, onde a falta de respeito colabora para a destruição de pessoas físicas e jurídicas, indo na direção inversa das metas pessoais e coletivas propugnadas para o desenvolvimento do ser humano e da empresa. * Advogado e sócio fundador do William Grespan Garcia Sociedade de Advogados


6

FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020

Imagem: Reprodução

A tecnologia como aliada

O ensino, embora haja um certo formalismo nos bancos escolares (afinal de contas, o conteúdo e a absorção de conhecimento não sofreram grandes alterações ao longo dos anos), não é mais o mesmo daquele empregado 50, 30 e até mesmo 20 anos atrás. A matéria e a necessidade de assimilação podem ser as mesmas, mas a forma como ela é repassada precisa estar, indubitavelmente, conectada a novas tecnologias. Há sérios problemas educacionais e sociais na sociedade brasileira e isso é evidente. Basta ver qualquer resultado de testes de avaliação para

verificar a catástrofe que é nosso ensino. Não bastasse isso, pais, que antes delegavam a educação dos filhos à escola, agora a delegam para computadores, tablets e celulares, que acabam criando uma dependência nos pequenos, fora o fato de estarem, com o uso demasiado desses aparelhos, completamente desconectados da realidade e do convívio social. Isso cria uma outra dependência, a de uma necessidade premente de estar vinculado à tecnologia, que acaba tornando enfadonho qualquer tentativa de repasse de conteúdo no quadro negro, por exemplo, onde a esmaga-

Índice

Editorial

Matéria Especial .................................... Páginas 2 e 3 Editorial ...................................................Página 6 Opinião ......................................................Página 7 Economia .................................................. Página 8 Cidade ........................................................ Páginas 9 a 11 Educação ..................................................Página 12 Esporte ..................................................... Páginas 13 a 15

Inside

Especial..................................................... Capa e página 3 Cinemas ..................................................... Página 2 Guilherme Macalossi ............................ Página 4 Agenda....................................................... Página 4 Música ....................................................... Página 5 Social ........................................................ Páginas 6 e 7 Egui Baldasso ......................................... Página 8 Diversão ................................................... Páginas 8 e 9 Lauro Edson Da Cás ............................... Página 9 Sétima Arte .............................................. Páginas 10 e 11 Horóscopo ............................................... Contracapa Saúde, Beleza & Estética...................... 4 páginas

Classificados .......................................... 8 páginas

dora maioria foi educada. É claro que além de adaptar esses conteúdos às novas ferramentas, há também a necessidade dos profissionais que atuam no segmento educacional estarem capacitados, não somente para este repasse, mas para atender as demandas evolutivas do setor. Neste sentido, merece destaque o trabalho desenvolvido na Rede Municipal de Ensino pela Secretaria da Educação (veja mais na Matéria Especial, páginas 2 e 3). A pasta tem se notabilizado em inserir os profissionais de ensino no universo da Era Digital, o que permitirá aos docentes apresentar

Redação: redacao@jornalinformante.com.br Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br Ramon Cardoso ramon@jornalinformante.com.br Yasmin Signori Andrade yasmin@jornalinformante.com.br

Comercial: comercial@jornalinformante.com.br Fabiano Luiz Gasperin gasperin@jornalinformante.com.br Jean Marco Lançarin de Mattos comercial5@jornalinformante.com.br Maria da Graça Potricos Leite maria@jornalinformante.com.br

Anúncios: anuncios@jornalinformante.com.br Marcelo Bortagaray Mello marcelo@jornalinformante.com.br Tiago Rodrigues da Silva tiago@jornalinformante.com.br

Financeiro: financeiro@jornalinformante.com.br Keli de Almeida Maciel keli@jornalinformante.com.br

aos discentes um conteúdo conectado a um ambiente que é mais familiar e, portanto, certamente mais fácil de ser apreciado e, por tabela, assimilado. A próxima semana assinala o retorno aos bancos escolares de cerca de 8,3 mil alunos em 30 instituições de ensino que integram a Rede Municipal. Certamente o início do ano letivo apresentará muitos desafios, mas estar devidamente capacitado para saber o que vem pela frente permitirá minorar dificuldades e gerar bons resultados no campo educacional, algo que Farroupilha vem experimentando há tempo e de forma progressiva.

Assinaturas: assinaturas@jornalinformante.com.br Assinatura Bienal: R$ 250,00 Assinatura Anual: R$ 150,00

Telefones (54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203

Endereço Rua Dr. Jaime Romeu Rössler, 348, Bairro Planalto

Colunistas Crônicas da Redação Dolores Maggioni Egui Baldasso Fabrício Oliboni

Guilherme Macalossi Lauro Edson Da Cás Paulo Roque Gasparetto

A manifestação dos colunistas é livre e independente e não necessariamente reflete a opinião do Tabloide sobre os temas abordados nas colunas

@PaperInformante www.jornalinformante.com.br

/jornalinformante


7

FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020

Entre a liberdade e a servidão Antônio Cabrera Mano Filho * Uma conhecida expressão brasileira apregoa que, às vezes, estamos mais preocupados em quebrar o termômetro do que em socorrer o paciente. É comum encontrar esse tipo de atitude errônea na política. Muitos justificam os problemas do País devido ao nosso sistema presidencialista, asseverando que a mudança para o parlamentarismo seria nossa tábua de salvação. No entanto, já tivemos duas vezes esse modelo: no Império e após a renúncia do presidente Jânio Quadros. O primeiro período durou de 1847 a 1889 e o segundo, de setembro de 1961 a janeiro de 1963. Não deu certo! A Itália está quebrada e vive um parlamentarismo instável, cujo resultado é um governo a cada 11 meses nos últimos tempos. Na realidade, independentemente do sistema político, temos uma distorcida crença universal de que o endividamento do governo aumenta a riqueza do povo, supondo que os burocratas assalariados gastam mais corretamente do que os donos do próprio dinheiro. É o que constatei no Reino Hachemita da Jordânia, que caminha pela mesma bússola da parlamentarista Grécia, com os seus gastos públicos crescendo de modo muito mais rápido do que a inflação. O seu orçamento subiu de dois bilhões de dinares, em 2000, para mais de nove bilhões, em 2018. É o mesmo sol da gastança pública que nasce no Ocidente e está se pondo no Oriente Médio. Ou seja, a Jordânia, como já vinha ocorrendo na Grécia, está vivendo às custas de seus filhos. Sim, toda criança nascida hoje herda uma parte da dívida gerada pelo Estado. O déficit público é uma tremenda injustiça intergeracional, pois se trata, a rigor, de um empréstimo das gerações futuras para a atual. É fácil justificar a presente dívida para pagar os projetos que acreditamos sejam necessários, investindo nos segmentos que os gestores do erário consideram pertinentes. Mas, pergunto, é justo reduzir a capacidade das gerações futuras de pagar por seus programas para que possam financiar nossos desejos atuais? O resultado é que

ag

Im

os habitantes do amanhã terão menos recursos para realizar seus próprios empreendimentos, sejam quais forem, incluindo a meta de cuidar dos pobres e necessitados. Você e eu não podemos corrigir eventuais injustiças cometidas pelos nossos antepassados, mas deveríamos interromper o ciclo que prejudicará nossos filhos e netos. Ou seja, temos de exigir que os políticos parem de gastar um dinheiro que eles não têm, ou pior, recursos que pertencem aos nossos descendentes. O gasto governamental é surdo e mudo, não importando as intenções daqueles

que formulam o orçamento público, mas ele é real e será implacável com os jovens que herdarão as dívidas. Jamais devemos esquecer que todo déficit público, seja de um presidente, de um primeiro-ministro ou de um rei, é um roubo ao futuro de nossos filhos. Thomas Jefferson, o principal autor da Declaração de Independência dos Estados Unidos e terceiro presidente do País, tendo governado de 1801 a 1809, já dizia, há mais de dois séculos, que, “a fim de preservar nossa independência, não devemos permitir que nos sobrecarreguem com a dívida

ep

:R

em

ão

d ro

pública (…). Temos de fazer nossa opção entre economia e liberdade ou confusão e servidão”. Pois bem, não podemos cercear o direito das futuras gerações de brasileiros de viverem numa nação sem os ônus de imensa dívida pública, desenvolvida e, portanto, verdadeiramente livre. * Médico veterinário pela Universidade Estadual Paulista, com MBA em Agroenergia pela Universidade de São Paulo e empresário do setor rural. Foi ministro da Agricultura do Brasil (1990-1992)


8

FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020

DESTAQUE

Design Tramontina é reconhecido Bule da Linha Exata venceu a maior premiação mundial da categoria, unindo beleza, funcionalidade e inovação

P

Imagem: Reprodução

or mais um ano a Tramontina foi destaque internacional. Pela quarta vez um produto da marca está entre os melhores, em premiação que é considerada o Oscar na categoria, a iF Design Awards 2020. Desta vez o reconhecimento foi para o bule da linha Exata, destaque entre os 7.298 projetos inscritos de 56 países. Os produtos foram avaliados por 78 jurados. A Exata Thermal Tea and Coffee Pot foi desenvolvido por Gustavo Giorgi, da empresa Design Único, ao lado de Elisa Tramontina. O Bule da linha Exata tem detalhes únicos, como o exclusivo bico de servir integrado ao corpo do produto, possui um discreto canal embutido e um cortador de gotejamento que, combinados à

Linha Exata Tramontina Bule conta com exclusivo bico de servir integrado ao corpo do produto e com infusor patenteado pela marca

tampa controladora de fluxo, criam um sistema para servir com suavidade e precisão. Tem o corpo feito em aço inox com acabamento texturizado fingertip free, que impede marcas de utilização. Também foi patenteado um infusor que dispensa sua remoção ao servir. Os amantes de chá não precisam retirar as ervas ou folhas, permanecendo presas no interior enquanto a bebida é retirada. Possui uma fina linha vermelha e o design de dois cones invertidos, marca da linha Exata. É possível encontrar o produto nas versões vermelho e branco, com 300 ml, 500 ml, 750 ml e 1 litro. No ano passado a Tramontina também foi premiada no iF Design pela linha de garrafas térmicas Exata Airport e pela Ambifresh Technology, desenvolvido para uso na filtragem de coifas.


9

FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020

infraEstrutura urbana

Asfalto em trecho da Cel. Pena de Moraes

Pavimentação no bairro São Luiz deve ser concluída neste fim de semana

N

Juliana Inês Casa Barbieri

6 de fevereiro * Rogério Perottoni (Djéio), 64 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 7 de fevereiro * Eleandro Perotti, 45 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de São Roque (4º Distrito). 8 de fevereiro * José Antonio Viecceli, 76 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza. 9 de fevereiro * João Antonio Tumelero, 60 anos. Memorial Crematório São José, de

Caxias do Sul; * Rogério Antonio Bartelle, 60 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 10 de fevereiro * Helmuth Patzlaff, 89 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de Desvio Blauth (3º Distrito). 11 de fevereiro * Marta Regina Pinheiro David, 65 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal; * Benami Spilki, 63 anos. Sepultamento no Cemitério Jardim da Paz, em Porto Alegre.

Alguém quer me adotar?

Obras executadas pela Ecofar Trabalhos estão concentrados entre a Papa João XXIII e Emílio Weissheimer

prefeitura. Entre as novas atribuições da Ecofar, que executa a obra, está usinagem de asfalto, execução de pavimentação, obras e serviços de drenagem e rodoviários, serviços de construção civil, elétricos, conservação e

manutenção, apoio operacional, extração e beneficiamento de saibro, basalto e pedras. Terraplenagem, escavações e detonações de rochas, vigilância e zeladoria e projetos e serviços topográficos também competem à empresa.

Sou uma menina resgatada com dois meses num lixão, desnutrida e com mais três irmãs. Todas foram adotadas, mas eu fiquei. Talvez porque minha família não me viu ainda. Vou fazer três anos e estou em lar temporário. Estou castrada e saudável, quero muito uma família. Sou de porte médio e muito amorosa. Me dê uma chance! Contato pelo fone 999.371.647.

Divulgação

esta sexta, o trânsito na Cel. Pena de Moraes, entre a Papa João XXIII e Emílio Weissheimer, no bairro São Luiz, continuará interrompido tendo em vista as obras de asfaltamento que iniciaram nesta quinta. A pavimentação deve ser concluída neste final de semana e estão sendo realizadas pela Ecofar. Os trabalhos de limpeza da via e do meio-fio tiveram início ainda na terça. A melhoria faz parte de um conjunto de ações que visam proporcionar condições de trafegabilidade em ruas dos bairros, Centro e interior. Até o final de 2020, só no interior, 45 quilômetros de asfalto serão concluídos pela

Obituário


10

FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020

TECNOLOGIA

Verificando a acessibilidade na prática Projeto quer mapear locais adaptados para deficientes físicos e informações devem estar disponíveis em aplicativo os quesitos de acessibilidade, assim como os locais públicos. Além disso, existe uma enorme demanda das pessoas com deficiência em saber quais locais têm adaptações e acessibilidade”, considera Débora de Aranha Haupt, presidente da Associação. A ideia é fazer um projeto piloto na área central e após expandir, mas para que se concretize um mapeamento maior será necessário o apoio de uma rede atuando na conscientização, educação, divulgação de normas de acessibilidade e até em mutirão para coleta de informações. Inicialmente esse mapeamento será realizado por profissionais, tendo em vista a necessidade de avaliação das estruturas. Débora aponta ainda que também pode ser feito em parceria com universidades, cursos de Engenharia e Arquitetura.

Divulgação

P

ara debater a possibilidade de Farroupilha ter um mapeamento dos espaços acessíveis para deficientes físicos a serem consultados por aplicativo é que uma reunião está marcada para a próxima segunda. Será às 19h30min, na Faculdade CNEC Farroupilha. O intuito é, por meio do App Biomob, que pode ser baixado gratuitamente, permitir que pessoas com deficiência física verifiquem se determinado local possui acessibilidade. Quem encabeça a ação é a Associação Municipal de Deficientes Físicos (Amdef) e o encontro é aberto a entidades, órgãos públicos e comunidade. “A Amdef e demais entidades vêm há anos pensando em como incentivar o comércio local a melhorar

Programe-se O que: Reunião sobre mapeamento da acessibilidade Quando: segunda, às 19h30min Onde: Faculdade CNEC Farroupilha (14 de julho, 339) Quanto: evento gratuito

Na rota da acessibilidade Mapeamento poderá ser consultado pelo App Biomob


11

FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020

LUTO NO EXECUTIVO

Falece Benami Spilki, secretário de Finanças e ex-colunista do Informante Vítima de câncer, diagnosticado no final de 2019, ele estava afastado das funções no Executivo desde o início do ano tério Jardim da Paz, na Capital, no final da tarde de quarta. Indicado pela advogada Ariane Laura dos Santos, com quem tinha um escritório conjunto, que atendia a área contábil, tributária e jurídica, Benami integrou o primeiro time de colunistas do Jornal Informante e colaborou com quase duas centenas de artigos quinzenais desde o início dos trabalhos do Tabloide, em março de 2008, até agosto de 2014, quando deixou o espaço para assumir a pasta na prefeitura. O PDT farroupilhense emitiu uma nota de pesar e o prefeito Claiton Gonçalves decretou luto oficial na cidade por três dias. Benami deixa a mulher Rosane, dois filhos e três netos. Despedida Benami ocupava o posto de Secretário de Finanças desde a primeira gestão de Claiton

Arquivo Jornal Informante

A

os 63 anos, faleceu no final da tarde de terça o secretário de Finanças, Benami Spilki, em decorrência de um câncer, que havia sido diagnosticado no final do ano passado. Ele estava afastado das funções administrativas desde o mês passado e internado no Hospital da Unimed, em Caxias do Sul, desde o último sábado. Filiado ao Partido Democrático Trabalhista (PDT), passou a ocupar o cargo no Poder Executivo ainda em 2014, na primeira gestão de Claiton Gonçalves. Ele era formado em Direito pela Universidade de Caxias do Sul (UCS). Consultor na área tributária, Benami era membro titular do Conselho de Secretários de Finanças da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs). Natural de Porto Alegre, foi sepultado no Cemi-


12

FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020

OFICINAS

Acolhendo e trabalhando as emoções Projeto de psicóloga e psicopedagoga foca no desenvolvimento das habilidades socioemocionais das crianças

S

da olo

não sabe compreender e descrever suas emoções, não sabe expressá-las de forma mais eficaz, então dispõe da reação que conhece e que entende ser a única possível: chorar, bater, gritar”, explica Maria. Uma oficina, que será a segunda do projeto, está agendada para este mês. Será no próximo dia 29, na Escola de Educação Infantil Meu Cantinho, nos turnos manhã e tarde. O programa também atende diretamente as instituições de ensino em cinco encontros. “Trabalhar no sentido de que as crianças possam reconhecer e administrar suas emoções é o início do processo do desenvolvimento da inteligência emocional que favorecerá, também, a aprendizagem. É uma forma de desenvolver adultos capazes de lidar positivamente com as situações do cotidiano”, reforça Fernanda. Para conhecer mais sobre o trabalho, o contato é pelos fones 999.881.212 ou 999.883.308. É possível ainda acessar as redes sociais das profissionais e acompanhar pelo Instagram @emocoesoficinasterapeuticas.

C ne Ga

abe a raiva, a tristeza, a alegria? Trabalhar essas e outras emoções desde cedo é fundamental para a compreensão do que as diferentes situações despertam, determinando a solução de conflitos com mais facilidade e menos sofrimento. Foi pensando na melhor maneira de abordar o assunto, com linguagem, conteúdo adequado às crianças e profissionalismo que surgiu o Projeto Emoções - Oficinas Terapêuticas. Liderado pela psicóloga e educadora Fernanda Passos Lima e pela psicopedagoga Maria Isabel De Lucca, o objetivo é desenvolver as habilidades socioemocionais de forma lúdica e divertida. O trabalho é desenvolvido em grupos para os pequenos de 4 a 11 anos. Os encontros são mensais e os pais também recebem orientações de como agir diante de diversas situações. “Muitas vezes uma criança chora ou apresenta outro comportamento para conseguir o que quer porque

Olhar de profissionais Maria Isabel e Fernanda encabeçam o Projeto Emoções - Oficinas Terapêuticas para Crianças


13

FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020

TAÇAS NO ARMÁRIO

Campeões inéditos no 40º AVN/AM Histórica edição do tradicional torneio consagra Bota Chopp no Veterano, Hawai no 2º Quadro e Amigos do Gaúcho no 1º

O

último fim de semana foi de festa para novas equipes que inscreveram os nomes na galeria dos campeões do Torneio Ângelo Venzon Neto/Antônio Minella (AVN/AM) que, em sua histórica 40ª edição, registrou três vencedores inéditos e todos de Caxias do Sul. Tudo começou pelo sábado, no Veterano, quando o caxiense Bota Chopp conquistou a taça com uma defesa impecável, que não levou um gol sequer na competição e a finalizou com 100% de aproveitamento. O time era o único do quarteto que ainda não havia vencido a categoria. O vice-campeonato ficou com a Sociedade Recreativa (SR) 1º de Maio, o 3º lugar com o Canarinho/Identifica Comunicação Visual e o 4º com a SER Beltrão, que também levou o Troféu Disciplina. O artilheiro foi Cleverson Kufner, da S.R. 1º de Maio, com 4 gols, e o goleiro menos vazado, claro, Bráulio Bertuol, do Bota Chopp, que não foi vazado. No domingo, o Hawai, campeão no 1º Quadro em 2016, agora também faturou na categoria suplente. Com

Bota Chopp, a campanha do campeão do Veterano Quadrangular 1 Bota Chopp 1x0 Liga FC Bota Chopp 1x0 Vila Lobos Bota Chopp 2x0 Saturno Quadrangular Final Bota Chopp 1x0 Canarinho Bota Chopp 1x0 SER Beltrão Bota Chopp 1x0 S.R. 1º de Maio

Hawai, a campanha do campeão do 2º Quadro Quadrangular 1 Hawai 1x0 Santos Hawai 0x0 Centenário Hawai 3x1 FBI Quadrangular Final Hawai 1x0 União De Zorzi Hawai 3x0 Monte Carmelo Hawai 1x0 Olaria

Fotos: Ramon Cardoso

AVN/AM

defesa sólida, não sofreu um gol no Quadrangular Final e levantou a taça no 2º Quadro derrotando o Olaria, único finalista que já havia vencido o torneio em 2016. Não bastasse isso, os prêmios individuais foram todos do Hawai, que faturou o troféu de goleador, com Felipe Duarte, autor de 3 gols na disputa, e de goleiro menos vazado, com Fernando Cordeiro, que levou somente 1 gol. O Olaria foi vice, o Monte Carmelo ficou em 3º (e também levou o Troféu Disciplina) e o União De Zorzi fechou em 4º. Por fim, na categoria principal, o 1º Quadro, em seu segundo ano de participação, o Amigos do Gaúcho atropelou e também celebrou uma conquista inédita. Chegou às finais pelos pênaltis, com dois empates e uma vitória na fase classificatória, mas no Quadrangular Final ignorou rivais, vencendo seus três jogos sendo dois por goleada. De largada, a equipe derrotou o Olaria, que buscava o pentacampeonato e o tetra em sequência. Destaque para o trio ofensivo com Jean Santos Conceição, Mateus Tomielo e o centroavante Diego Hoffmann, que acabou como artilheiro com 7 gols. Leonardo Peruzzo, também do Amigos do Gaúcho, com apenas 1 gol sofrido, foi o goleiro menos vazado. O vice ficou com o farroupilhense Vasco da Gama, o 3º lugar com o Olaria e o 4º com o Hawai.

Veterano Com defesa sólida, Bota Chopp foi pragmático no ataque e ficou com o caneco

2º Quadro Hawai, que já havia faturado a categoria principal em 2016, agora também tem o título nos suplentes

1º Quadro Com futebol de alto nível, o Amigos do Gaúcho foi soberano no Quadrangular Final e venceu com todos os méritos

Amigos do Gaúcho, a campanha do campeão do 1º Quadro Quadrangular 2 Amigos do Gaúcho 3x0 Monte Carmelo Amigos do Gaúcho 0x0 Gaúcho Amigos do Gaúcho 0x0 Bom Pastor (na decisão por pênaltis, Amigos 2x1) Quadrangular Final Amigos do Gaúcho 1x0 Olaria Amigos do Gaúcho 6x1 Hawai Amigos do Gaúcho 3x0 Vasco da Gama


14

FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020

Ramon Cardoso

Brasil e Sulmeta Medicina do Trabalho, uma parceria renovada por mais uma temporada

Mantendo uma parceria desenvolvida ao longo dos últimos anos, a Sociedade Esportiva, Recreativa e Cultural (SERC) Brasil e a Sulmeta Medicina do Trabalho e Assessoria Ambiental firmaram mais um ano de trabalho conjunto. Ao longo da última semana, os atletas foram submetidos a exames e consultas na sede da empresa, além do admissional, que ocorreu no Estádio das Castanheiras. No final da tarde de terça, o presidente do rubro-verde, Elenir Bonetto, e o proprietário da Sulmeta, o empresário Dilson de Oliveira Amaral, estiveram nas Castanheiras, celebrando a manutenção da parceria para esta temporada que promete ser muito especial, tanto para o Brasil quanto para a Sulmeta. Acerto Bonetto e Dilson: Brasil e Sulmeta reforçam acordo para 2020, que começa a render bons frutos para os envolvidos

Gurias com mais tempo de preparação?

Inicialmente previsto para começar no próximo dia 15 de março, o Brasileirão Feminino Série A2 não tinha, até a tarde de quinta, divulgada a tabela por parte da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a entidade promotora. É possível que a competição sofra um atraso em sua abertura, o que seria benéfico para o Brasil, já que as gurias rubro-verdes fazem a estreia no nacional e se apresentaram para a temporada há quase um mês, em 15 de janeiro.

Peneirão para futuras gurias rubro-verdes

Buscando reforçar ainda mais o elenco do time feminino, o Brasil realiza uma peneirão neste sábado, às 14h, no Estádio das Castanheiras. Gurias a partir dos 16 anos podem participar da avaliação, que será coordenada por integrantes da comissão técnica. A seletiva contará com todo aparato médico e serviço de ambulância. As interessadas devem comparecer com chuteira, caneleira, meião e calção, sendo os demais materiais fornecidos pelo clube. É necessário documento de identificação com foto, ficha de cadastro (fornecida no ato da inscrição) e atestado médico (para menores de 18 anos), além do pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 10,00. Informações podem ser obtidas pelos fones (54) 3261-7020, 991.244.672 ou 999.228.350.

Reta final da pré-temporada rubro-verde

O Brasil fez um jogo-treino contra o Caxias na quarta à tarde, no CT do Centenário (veja mais na página ao lado). A equipe ainda sente os efeitos da alta carga física da pré-temporada, mas aos poucos vai se soltando e adquirindo um entrosamento. Há pelo menos mais dois compromissos agendados antes da estreia, dia 1º, em Igrejinha: contra o Aimoré, neste sábado, em São Leopoldo, e contra o Nova Prata, na próxima sexta, nas Castanheiras.

Sábado de vôlei de areia com duplas mistas

O Torneio de Vôlei de Areia com duplas mistas promete movimentar o Parque dos Pinheiros neste sábado. A disputa ocorre a partir das 9h e deve se estender ao longo de toda manhã e durante a tarde. São 16 duplas, com faixa etária livre, que participarão da competição. Os competidores devem comparecer ao local a partir das 8h, para a revisão da inscrição e a entrega de um quilo de alimento não-perecível, condição para participar do torneio, que será dividido em duas chaves com oito duplas cada. A premiação vai do 1º ao 5º lugar, com direito a medalha e troféu. Importante destacar que o torneio acontece independente da condição climática e que novas competições estão planejadas, no feminino e masculino, para ocorrerem ao longo de 2020.


15

FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020

RUBRO-VERDE

Tirando a pré-temporada do corpo Prestes a completar um mês de trabalho, Brasil começa a atuar de maneira mais solta e faz amistoso contra o Aimoré sábado Ramon Cardoso

A

Brasil

pós a vitória diante do Guarani, em Venâncio Aires, no último sábado, por 2 a 1 (com gols de Puyol e Gil), o Brasil voltou a campo na quarta à tarde, no CT do Centenário, para enfrentar o Caxias. O rival fez uso de jogadores que habitualmente não vêm atuando, equipe reforçada de alguns reservas, em nova etapa de preparação para a semifinal do Gauchão contra o Ypiranga, no domingo. O técnico Rodrigo Bandeira mandou a campo o time considerado ideal, para dar ritmo ao Brasil. O confronto até começou equilibrado, mas aos poucos o melhor preparo físico caxiense, que iniciou os trabalhos em dezembro, fez a diferença em favor dos anfitriões. O volante Marabá recebeu na frente, cortou a marcação e em belo chute no ângulo de Felipe Pedot abriu o placar para o grená aos 27 minutos. Exceção feita aos avanços do lateral esquerdo Puyol, que logo passou a ser marcado, o rubro-verde insistia em jogadas pelo meio e não conseguia vencer a defesa do Caxias. O centroavante Talles volta e meia saia da área para buscar o jogo, o que facilitava o trabalho defensivo dos rivais. A vantagem do Caxias perdurou até o intervalo e Bandeira corrigiu o problema na etapa final, dando mais amplitude ao time.

Artilheiro Centroavante Taquara recebe a bola de Edy e prepara a finalização que resultou no empate: 2º tempo de amplo domínio farroupilhense e de evolução na reta final de preparação

Além de jogar mais pelos lados, o time farroupilhense também fez algumas trocas, que garantiu gás novo à equipe, que começava a pressionar o adversário em busca do gol de empate. E ele veio. Aos 35 minutos, o meia atacante Edy, de boa atuação, chamou a marcação da defesa e ‘pifou’ Taquara, que havia entrado na metade da etapa final. O centroavante acertou um chute cruzado, forte, para vencer o goleiro Eder. Era o empate farroupilhense. O Brasil até teve mais volume de jogo na metade final, mas pecou nas finalizações, quando finalizou. Faltou ao time arriscar mais a gol. O placar final

ficou mesmo no 1 a 1. O próximo compromisso da pré-temporada é sábado, às 10h30min, diante do Aimoré, no Cristo Rei, em São Leopoldo. Na próxima sexta, dia 21, o rubro-verde recebe o Nova Prata, nas Castanheiras. “Foi um bom jogo-treino, movimentado. Foi bom para darmos mais sequência aos atletas. No 1º tempo tentamos muito pelo meio, algo que corrigimos na etapa final, não atuando muito por dentro e abrindo mais o jogo. Tivemos uma evolução, a equipe vai aos poucos assimilando o que eu quero, mas evidente que ainda temos muito o que melhorar”, avaliou Bandeira.

Os próximos amistosos do rubro-verde

X Sábado, às 10h30min Cristo Rei (São Leopoldo)

X Próxima sexta, às 15h30min Castanheiras (Farroupilha)


Ramon Cardoso

ESPORTE

Mais próximo do ideal

Em jogo-treino contra o Caxias, Brasil apresenta evolução e intensifica amistosos na reta final da pré-temporada

Página 15 e Preliminar CIDADE

SAÚDE

CIDADE

Sábado tem vacinação nos Postos de Saúde para público de 5 a 19 anos Capa

Secretário de Finanças e ex-colunista do Jornal Informante faleceu na terça Página 11

Para mapear a acessibilidade

É Dia D contra o sarampo

INSIDE

EDUCAÇÃO

Farroupilha deve integrar projeto da Biomob e definição será na segunda Página 10

Festival de Bolhas e ginástica

Para entender as emoções

Sesc Farroupilha tem muita diversão no Psicóloga e psicopedagoga criam domingo e aulões temáticos terça e quinta projeto especial com oficinas infantis Páginas 8 e 9 Página 12

O adeus de Benami Spilki

ESPORTE

A vez dos campeões inéditos

Bota Chopp, Hawai e Amigos do Gaúcho conquistam o histórico 40º AVN/AM Página 13


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020

IMUNIZAÇÃO

Atenção para a vacina contra o sarampo Quem tem de 5 a 19 anos e não recebeu a tríplice viral deve procurar uma UBS, neste sábado também haverá atendimento tos dos 20 aos 29 anos. “É uma campanha seletiva, sendo necessária a apresentação da carteira de vacinação para avaliação da necessidade ou não de vacinar. É necessário que todas as pessoas de 5 a 19 anos compareçam nas unidades de saúde para que tenham sua situação vacinal avaliada”, explica Juciéli Schiavini, enfermeira da Vigilância Epidemiológica. Neste sábado haverá ainda o Dia de Intensificação, com os Postos de Saúde Central, São José, 1º de Maio, América, Medianeira e Cinquentenário atendendo das 8h às 17h, a fim de facilitar o acesso da população. É importante o comparecimento para verificar a necessidade de recebimento da dose. Vacinar contra o sarampo é importante para evitar complicações como cegueira e infecções generalizadas que podem levar a óbito. As boas taxas de coberturas vacinais haviam propiciado que o Brasil conseguisse, em 2016, o certificado internacional de eliminação da doença. Com a queda desses índices, o País se tornou suscetível e em 2018 houve forte circulação no Estado do Amazonas. Na época foram 10 mil casos em território nacional e 47 no Rio Grande do Sul. Em 2019 a maior concentração foi em São Paulo.

Divulgação

A

vacina continua sendo a melhor prevenção e mais uma Campanha Nacional está acontecendo. Quem tem entre 5 e 19 anos e não está imunizado contra o sarampo deve procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima. É preciso apresentar a carteirinha de vacinação para conferência. A estratégia é destinada a quem não foi imunizado ou que tenha recebido apenas uma das doses necessárias. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, desde agosto do ano passado, 105 casos de sarampo foram confirmados no Rio Grande do Sul. Cerca de um em cada quatro casos registrados no Estado foi em pessoas na faixa etária da campanha. A vacina aplicada é a tríplice viral, contra sarampo, caxumba e rubéola. O atendimento é realizado nos Postos de Saúde de segunda a sexta, das 7h30min às 11h30min e das 13h às 17h, sendo que na UBS 1º de Maio vai até às 20h. A dose é gratuita. A estratégia é a sequência das outras duas campanhas realizadas no ano passado, com foco em crianças acima dos 6 meses a menores de 5 anos que aconteceu em outubro. No mês seguinte foram atendidos adul-

Imunização contra o sarampo É importante que público-alvo compareça para verificar necessidade de recebimento da dose

Programe-se O que: Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo e Dia de Intensificação Quando: campanha segue até 13 de março, de segunda a sexta, das 7h30min às 11h30min e das 13h às 17h. Neste sábado o atendimento será das 8h às 17h Onde: Unidades Básicas de Saúde Quanto: dose gratuita


Compromisso com a Cidade. Compromisso com Você

FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020

Peeling Corporal Equipe Espaço da Beleza *

O

Peeling Corporal tem como objetivo devolver maciez, elasticidade, suavidade e melhorar a textura da pele do corpo. Utilizamos produtos com ativos esfoliantes, hidratantes e tonificantes ricos em vitaminas que potencializam e aceleram a regeneração celular e que atuam através do aumento da síntese do colágeno, propiciando firmeza e elasticidade à pele, além de promover relaxamento da musculatura e aliviar o estresse através da massagem aplicada durante o tratamento. Algumas pessoas não dão importância, mas hidratar a pele é tão importante como fazer higiene bucal todos os dias. A mudança brusca de temperatura e os excessos são os principais agressores da pele. O inverno é a época em que a pele se torna mais ressecada, enrugada, áspera e opaca. Já no verão o sol, como a água do mar e o próprio vento, faz a pele ressecar. A dica, então, é aplicar um creme hidratante depois de tomar sol. Após o banho, é aconselhado o uso do hidratante em todo o corpo e isso deve ser repetido após cada exposição solar. Hidratação é uma questão de saúde, não somente estética, pois além de deixar a aparência saudável e macia, a hidratação evita o aparecimento indesejável de marcas como estrias e manchas. Pode ser feita em qualquer tipo de pele através de massagens manuais ou até mesmo com auxílio de aparelhos e máscaras nutritivas que potencializam e melhoram a textura da pele, trazendo maciez, elasticidade e suavidade. Agende sua sessão de Peeling Corporal e conheça os benefícios desta técnica de rejuvenescimento.

Indicações e benefícios * Devolve a maciez a pele * Previne a formação de estri * Uniformiza a tonalidade da * Libera as toxinas do corpo

Importante destacar Lembrando sempre da impor respeitar os horários para se ex


Compromisso com a Cidade. Compromisso com Você

FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020

ias pele tirando manchas

rtância do uso do protetor solar, xpor ao sol e ingerir água diaria-

Imagem: Reprodução

mente na quantidade ideal, fatores que contribuem muito para hidratação e rejuvenescimento da sua pele. * Espaço da Beleza Centro Estético Independência, 555 – Centro de Farroupilha Fone (54) 3268-5511 WhatsApp: 981.195.645 Fan Page: Espaço da Beleza Site: www.spabeleza.com.br


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020

ARTIGO

População idosa em ascensão Juliana Hoeckele *

O

aumento da população idosa é uma conquista da humanidade, porém, esta realidade traz consigo uma situação extremamente preocupante, pois, na mesma proporção, ocorre um aumento significativo da incidência de doenças crônicas e incapacitantes, que exigem cuidados constantes, pioram com o tempo e não têm cura. Este é o caso das demências, por exemplo. Segundo dados da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), já em 2020, o número de pessoas com 60 anos ou mais será superior ao de crianças com menos de 5 anos. Em 2050, espera-se que a população mundial com 60 anos ou mais chegue a 2 bilhões, em contraponto aos 900 milhões em 2015. Atualmente, 125 milhões de pessoas têm 80 anos ou mais. Segundo dados do Ministério da Saúde, no Brasil, em 2030, o número de idosos ultrapassará o total de crianças entre zero e 14 anos. Uma vida mais longa traz consigo oportunidades, não só para as pesso-

as idosas e suas famílias, mas também para as sociedades como um todo. Anos de vida adicionais fornecem a possibilidade de buscar novas atividades, tais como mais educação, uma nova carreira ou viver uma longa paixão esquecida. As pessoas idosas também contribuem de muitas formas com suas famílias e comunidades. No entanto, a extensão dessas oportunidades e dessas contribuições depende muito de um fator: a saúde. Há, entretanto, poucas evidências para sugerir que as pessoas idosas de hoje estão experimentando sua idade mais avançada melhor que a de seus pais. Se as pessoas puderem experimentar esses anos extras de vida gozando de boa saúde e vivendo em um ambiente de apoio, sua capacidade de fazer as coisas que valorizam seria pouco diferente do que a de uma pessoa mais jovem. Porém, se esses anos adicionais são dominados por declínios na capacidade física e mental, as implicações para as pessoas idosas e para a sociedade são mais negativas. As mudanças que vêm associadas ao envelhecimento não são nem

lineares nem consistentes, apenas vagamente associadas com a idade de uma pessoa. Enquanto algumas pessoas com 70 anos gozam de uma saúde extremamente boa e funcional, outras com a mesma idade são frágeis e requerem uma ajuda significativa de outras pessoas. Além das mudanças biológicas, o envelhecimento também está associado a outras transições de vida, como a aposentadoria, a mudança para uma moradia mais apropriada e a morte de amigos e parceiros. Não há um “estereótipo” da pessoa idosa. Cuidar de uma pessoa idosa vai além da técnica, do procedimento, da intervenção, pois se caracteriza por uma relação de ajuda, no sentido de dar qualidade ao outro ser, respeitando-o, compreendendo-o, tocando-o de forma mais afetiva. Em consonância com o aumento da população de 60 anos ou mais e visando o cuidado integral às pessoas idosas, surge o “concierge de idosos”. Este profissional busca facilitar a vida do idoso, auxiliá-lo em suas atividades diárias e cotidianas, possibilitando companhia, apoio, segurança, confiança, troca de

experiências e maior interação social. O Concierge de Idosos presta cuidados não-médicos, que os próprios familiares fariam se não estivessem limitados por compromissos pessoais e profissionais ou vivendo longe do idoso. O objetivo principal da minha atuação é manter e incentivar o idoso a viver de forma autônoma, independente e digna. Proporcionar à família maior segurança e tranquilidade nos momentos em que não pode estar diretamente em contato com o idoso. Saiba mais Ficou interessado neste novo serviço oferecido na cidade? Quer saber quais são os serviços prestados? Entre em contato e obtenha mais informações. Que você e seus familiares possam ter um envelhecimento saudável! * Psicóloga (CRP 07/28763), pós-graduanda em Saúde do Idoso e Gerontologia e Concierge de Idosos | Júlio de Castilhos, 651, sala 310 | WhatsApp (54) 999.886.642 | E-mail: juli_hoeckele@hotmail.com | Redes Sociais @psicologajulianahoeckele


Música

Entrando no clima da festa mais popular do planeta: Bloquinho do Deck 256 antecipa o agito carnavalesco neste sábado Página 5

Inside

Sétima Arte

O adeus de Kirk Douglas em um de seus papéis mais icônicos, vivendo o jornalista Chuck Tatum Páginas 10 e 11

RELÍQUIAS

As coleções que carregam história Jatir Furlanetto tem como paixão colecionar latinhas de refrigerante, cerveja e carteiras de cigarro há 30 anos yasmin@jornalinformante.com.br

S

ão cerca de 5,9 mil itens que fazem parte das coleções de Jatir Furlanetto, de 73 anos. O bento-gonçalvense que reside em Farroupilha há 40 anos, tem como grande paixão adquirir latinhas de refrigerante, cerveja e maços de cigarro com o intuito de enriquecer sua coleção. “Comecei há 30 anos a guardar latinhas por curiosidade, pois via alguns amigos e conhecidos que também juntavam. E quando parei de fumar, há 15 anos, comecei a guardar os maços de cigarro”, lembra. Hoje possui 4 mil latinhas de cerveja, 900 de refrigerante e mil carteiras de cigarro. Para expor a sua coleção, Jatir confeccionou estantes sob medida, com portas de vidro, que ficam no porão de sua casa. Na exposição, há itens de quase todas as mar-

cas nacionais e muitas internacionais. Há embalagens comemorativas de festas como Oktoberfest de Blumenau e Santa Cruz, de times de futebol, de escolas de samba e até mesmo latinhas estampadas com artistas como Chitãozinho & Xororó. “Consigo as peças de diferentes formas. Uma vez consegui alguns cigarros chineses com uma cliente. O marido dela trabalhava em uma fumageira onde os donos eram chineses”, comenta o colecionador, que também compra alguns itens e recebe presentes de amigos e parentes de diferentes regiões. “Uma vez também cheguei em casa e alguém tinha deixado várias latinhas no meu pátio”, conta Jatir, que é conhecido por sua paixão. Levando as coleções para amigos e conhecidos Em sua maleta que o acompanha nas viagens, seu

Yasmin Signori Andrade

Yasmin Signori Andrade

Jatir leva cópias coloridas de algumas embalagens de cigarro que fazem parte do seu acervo. Desta forma, ele mostra orgulhoso para amigos e conhecidos que encontra nas suas andanças.

“Essa coleção é minha paixão. Muitas vezes coloco uma música no toca disco, me sento numa cadeira com o chimarrão e fico admirando”, relata o colecionador com orgulho. Segue na página 3

Alma de colecionador Jatir gosta de se sentar em frente à coleção para apreciar os itens que adquiriu ao longo dos anos


Inside

2

FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020

Cinemas Imagem: Reprodução

Shopping Iguatemi (RST-453, quilômetro 3,5) Cinemas GNC 1: Jumanji: Próxima Fase (dublado) - às 13h50min GNC 1: Frozen 2 (dublado) - às 16h30min GNC 1: Minha Mãe é uma Peça 3 - às 19h GNC 1: Bad Boys Para Sempre (dublado) - às 21h20min GNC 2: Sonic: O Filme - às 13h50min, 16h10min e 18h50min (dublado), 21h10min (legendado) GNC 3: Minha Mãe é uma Peça 3 - às 14h30min GNC 3: Parasita - às 16h50min GNC 3: Sonic: O Filme (dublado) - às 19h30min GNC 3: 1917 - às 21h40min GNC 4: Aves de Rapina - às 14h10min e 19h10min (legendado), 16h40min e 21h40min (dublado) GNC 5: Aves de Rapina - às 13h30min (dublado) e 16h (legendado) GNC 5: Parasita - às 18h40min e 21h20min GNC 6: O Grito - às 13h40min e 20h (dublado), 18h e 22h (legendado) GNC 6: Sonic: O Filme (dublado) - às 15h40min Ingressos: segunda e quinta (exceto feriado e Carnaval) a R$ 24,00 e R$ 30,00 (salas 3d); terça e quartas (exceto feriado e Carnaval) todos pagam meia entrada; sexta a domingo e feriado a R$ 28,00 e R$ 34,00 (salas 3d). Meia entrada todos os dias para menores de 18 anos e maiores de 60 (mediante apresentação de identidade), estudantes (mediante apresentação de Carteira de Identificação Estudantil), pessoas com deficiência (com documento que a comprove), cliente Movie Club Preferencial (cartão verde fidelidade GNC).

Shopping San Pelegrino (Avenida Rio Branco, 425) * Obs: o site do Cinépolis traz apenas os horários dos filmes, mas não informa em qual sala serão exibidos Bad Boys Para Sempre - às 16h30min (dublado) e 22h (legendado) Aves de Rapina - às 12h30min, 15h, 17h30min e 20h (dublado), 20h45min (legendado) Minha Mãe é uma Peça 3 - às 14h e 19h30min Sonic: O Filme - às 13h15min, 14h15min, 15h45min, 16h45min, 19h e 21h45min (dublado), 18h (legendado) O Grito - às 14h30min, 17h e 19h45min (dublado), 22h10min (legendado) Jumanji: Próxima Fase (dublado e em 3d) - às 13h e 18h45min 1917 - às 16h e 21h30min Ingressos: nas salas tradicionais, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 23,00 e R$ 11,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 25,00 e R$ 11,50 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 26,00 e R$ 13,00 (meia). Nas salas 3d, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 14,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 15,00 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 32,00 e R$ 16,00 (meia).

Sala de Cinema Ulysses Geremia (Luiz Antunes, 312) Vidas Duplas - de sexta a domingo, às 19h30min Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (estudantes e sênior)

Opções para o fim de semana O americano Jeff Fowler conduz a fantasia “Sonic”, o icônico personagem do vídeogame dos anos 90. Vencedor de quatro Oscars (Filme, Direção, Roteiro Original e Filme Estrangeiro), o sul-coreano “Parasita”, de Bong Joon Ho, segue em cartaz no GNC


FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020

Especial

Inside

3

D

entre os quase 6 mil itens espalhados pelo porão, há muita história para ser contada. Das marcas de cerveja e cigarro mais tradicionais até aquelas que não existem mais, Jatir ainda carrega um pouco de sua história em meio ao acervo. “Quando tinha 7 ou 8 anos eu comprava os cigarros para meu pai fumar, e esses itens consegui pôr na minha coleção, ou seja, são maços com 67 anos de história”, explica. Ele também conta que amigos e colegas que vão até sua casa sempre acabam encontrando algum item familiar. E pelo visto a paixão vai ultrapassar gerações, já que o filho, Vinícius, coleciona alguns exemplares de garrafas de vidro.

Já entre os exóticos, há marcas como Eldorado, Tufuma, Presidente, Belmont, Craque, Cruzeiro e Continental, que não existem mais. E também há cigarros da marca Chesterfield com muitos anos de diferença, uma carteira com mais de 10 anos de existência e uma das novas tiragens da marca. O mais curioso é que a maioria das carteiras estão cheias, para não tirar o entusiasmo ao tocá-las. “Eu amo essas coisas. Cada lugarzinho que vou eu compro algum item que um dia acaba virando história”. Jatir está disposto a trocar itens repetidos com outros colecionadores, e também a abrir as portas de sua casa para quem deseja conhecer a coleção. O contato para quem se interessar, pode ser feito pelo fone 996.273.418.

Fotos: Yasmin Signori Andrade

Dos tradicionais aos exóticos

Do mundo O colecionador exibe itens que diferentes Países em seu acervo, como latinhas e garrafas de cerveja da França e Estados Unidos e cigarros da Itália e Inglaterra

Maços especiais Cigarros da China, Itália e Turquia fazer parte do acervo do colecionador Exclusivo A latinha favorita de Jatir é uma edição lacrada da Eagles Beer, apenas para colecionadores


Inside

4

Guilherme Macalossi cisperter@hotmail.com

Descobri que meu amigo Benami Spilki vinha batalhando contra um câncer apenas algumas semanas atrás. A doença, até onde sei, lhe atingiu de forma abrupta e violenta. Não decorreram muitos meses do diagnóstico até sua partida. Benami morreu prematuramente aos 63 anos de idade. No último dia 21 de janeiro, pouco depois de saber de sua saúde, mandei a Benami uma mensagem. Nela escrevi o seguinte: “Meu caro Benami. Faz tempo que não falamos, até por eu estar morando em Porto Alegre. Fique sabendo que está enfrentando um câncer. Espero que fique bem. Te desejo toda a saúde do mundo pra vencer essa. Um fraternal abraço”. Ao qual ele me respondeu: “Oiê. Muito obrigado Guilherme. Continua torcendo por mim que está dando certo. Mas sei que está sendo sincero! Tenho acompanhado tua evolução e sucesso. Saibas que sou um orgulhoso torcedor. Forte abraço”. Em minha tréplica, disse para confiarmos em Deus e lhe prometi que o visitaria na Secretaria de Finanças assim que voltasse de férias. Infelizmente não tivemos tempo para isso. Essa última conversa que tive com Benami reforça o sentido da amizade que tinha com ele desde a época em que fomos colegas no curso de Direito na UCS de Farroupilha. Nos intervalos das aulas, conversamos longamente sobre os temas das cadeiras e também sobre os assuntos da política. Quase sempre concordávamos. Tínhamos uma visão parecida de mundo, ainda que não tivéssemos a mesma postura ao expor essas ideias. Isso ficou ainda mais claro quando passamos de colegas de faculdade a colegas de jornal. Aqui, no Jornal Informante, sempre intercalando colunas entre as edições, íamos, cada um ao seu modo, completando o raciocínio um do outro ao mesmo tempo em que colidíamos em estilo. Eu batia firme, ele amaciava e refletia. Até por ser mais velho e ter um perfil mais comedido, Benami era um analista prudente, cujos textos eu lia com gosto e admiração. Ele sabia expressar uma visão de mundo sem ser visceral, o que é uma qualidade dos conservadores (e não faço a menor ideia se ele assim se considerava). Nas jantas do Jornal, era costumeiro que abordássemos a repercussão do que publicávamos. Ele me chamava de “pit bull”. Era uma forma elogiosa dele descrever o formato agressivo que sempre empreguei em meus artigos. E contar com sua apreciação sempre foi motivo de prestígio para mim. Nos últimos dois anos, pelos compromissos profissionais (eu vindo a Porto Alegre e ele na Secretaria de Finanças) infelizmente diminuímos consideravelmente a frequência de nossas conversas. Agora, não teremos mais nenhuma. Ficarão as lembranças daquelas que me inspiraram a ser mais refletivo. * Redator e radialista

Agenda

SEXTA

Open Mic: Novos Talentos do Stand Up Caverna Comedy Club (República, 445, subsolo), às 22h Ladies Night, com DJ Cris Pacheco Wild Beer (Gonçalves Dias, 73), às 23h

SÁBADO Stand Up Comedy com Thiago Oliveira e Matheus Breyer Caverna Comedy Club (República, 445, subsolo), às 20h30min Exxquenta Carnaval Muinho Club (Marechal Floriano Peixoto, 190), às 23h Sertanejinho com DJ Jonatan Fransa e Junior & Maicon Boteco do Chá (Rômulo Noro, 555), às 23h30min

Divulgação

Minhas conversas com Benami

FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020


Inside

FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020

5

Música

Folia antecipada no Deck Tem Bloquinho de Carnaval neste sábado e a expectativa é de reunir 500 participantes: corra e garanta seu abadá Divulgação

O

Grupo Declarações Time de músicos vai animar os foliões

Cantor Kinhos Uma das atrações do Bloquinho do Deck

para facilitar a compra. A expectativa é reunir 500 participantes nesta edição inaugural. Vale lembrar para caprichar num look confortável porque serão sete horas de folia, com festa até às 22h. Mesmo em caso de chuva o evento está confirmado.

Programe-se O que: Bloquinho do Deck 256 Quando: neste sábado, das 15h às 22h Onde: Deck 256 (Gonçalves Dias, 306) Quanto: abadá custa de R$ 75,00 a R$ 100,00, de acordo com o lote. Venda na Lulu Acessórios, Joalheria & Ótica Calera e no Deck

Pura Curtição Também vai subir ao palco para embalar o Carnaval

Fotos: Jenifer Abreu

Carnaval chega neste sábado com o Bloquinho do Deck 256 e a animação está pra lá de garantida. Grupo Declarações, Cantor Kinhos e Pura Curtição sobem ao palco a partir das 15h. O aviso é para a galera ir com dose extra de disposição porque vai rolar samba, pagode, os melhores hits carnavalescos e muito mais. Ao ar livre, na Gonçalves Dias, em frente ao Deck 256, uma estrutura com food trucks estará disponível ao público, além de banheiros químicos. Quem curtir a festa na rua não terá custo, mas não será permitida entrada com bebidas. Para ter acesso ao bar, estrutura completa do Deck, sanitários e chopp liberado das 15h às 18h, o valor do abadá é R$ 75,00 para o 2º lote e R$ 100,00 para o 3º. Vai ter um help também para quem quiser caprichar na maquiagem, com itens disponíveis e uma profissional para ajudar. “Resolvemos fazer o Bloquinho para dar uma opção diferente aos nossos clientes. Farroupilha perdeu um pouco da cultura de Carnaval e na maioria das vezes as pessoas procuram outra cidade. Queremos que fiquem em Farroupilha”, cita Aline Piccin, proprietária da casa. O abadá pode ser adquirido na Lulu Acessórios, Joalheria & Ótica Calera e no Deck 256 que, nesta sexta, abre das 18h às 20h justamente


Fábio Campos

F

Carnaval de Rua

arroupilha recebe neste sábado o Carnaval de Rua promovido pelo Deck 256. A rua Gonçalves Dias, em frente ao pub, será fechada para que os foliões possam entrar no clima de festa com tranquilidade. O evento terá show do grupo Declarações, Cantor Kinhos e Pura Curtição (veja mais na página 5). Além disso, estão à venda os abadás que acompanham camiseta para personalizar e benefícios no dia da festa.

Palco Aberto

A sexta será de palco aberto no Caverna Comedy Club com o evento Open Mic. A proposta é deixar à disposição o microfone para que os comediantes que estão iniciando possam mostrar seu talento e testar suas piadas. A entrada para os interessados em assistir é apenas R$ 10,00 e haverá muitas ofertas de bebidas.

É Carnaval II

Jéssica Belaver na festa Fuzuê, que aconteceu no EuroGarden, no domingo

Maykol Nack

No domingo rola Carnaval na rua Júlio de Castilhos, a partir das 16h. O movimento é realizado pelo Farra Pizza Burger. A programação contará com show do grupo Tombaiê, copos personalizados e muitas delícias do cardápio do local.

Os amigos Anderson Perin, Vinicius Treviso e Jeffer Nazario estão em trip de carro pela Argentina e Chi visitam o Parque Nacional Radal Siete Tazas, em so

Lucas Rossetti e Vanto Maioli curtiram a baladinha animada do Boteco do Chá, no final de semana

Data Marcada

Fique por Dentro

Nesta semana foram anunciadas as datas da 2ª Expo Farroupilha e 24ª Fes evento acontece de 9 a 26 de julho, nos finais de semana. A feira contará com res e ocupará o Complexo Esportivo do Parque Cinquentenário. A realização é da

Para a gurizada

Os noivos Mikaela Basso e Pedro Henrique Campetti sob as bênçãos do sol e entre os girassóis. A celebração do casamento aconteceu no sábado, na Vinícola Dom Giovanni, em Pinto Bandeira. O cerimonial foi assinado pela profissional Denise Balbinot Colombo

A gurizada terá sua oportunidade de comemorar o Carnaval. No dia 23 deste infantil na Praça da Bandeira. Na data, haverá um trio elétrico com os DJ’s Bu mando a festa. E também serão disponibilizados os pós coloridos, conhecidos n mais diversão para os eventos. A programação é gratuita. Leve a família e partic


Arquivo Pessoal

Multifotos Studio

rson Pasini ile. Na foto olo chileno

Cristiano de Oliveira

sta Nacional do Kiwi. O mais de 100 expositoa Prefeitura Municipal.

e mês rola uma edição ulin e Cris Pacheco aninos festivais por trazer cipe!

Schayane Pereira recebeu o carinho dos seus pais, João Batista Pereira Filho e Márcia França Pereira, e da irmã, Monica França Pereira, em seu aniversário de 15 anos, celebrado no espaço Eventu’AL, no sábado passado

Sierra Studio

Isabela Lucca da Silva Cazanato e Marcos Cazanato Rodrigues confirmaram seu amor em uma bela cerimônia na Igreja Metodista de Caxias do Sul, no dia 2 deste mês. Os convidados foram recepcionados no Salão da Igreja


Inside

8

Egui Baldasso e.baldasso@gmail.com

O elo com a minha avó

* Jornalista e escritor

Diversão

Preparação para o Carnaval Aulões temáticos do Sesc acontecem terça e quinta, no estacionamento da unidade Divulgação

Dia desses, ouvindo uma música que me lembra perdão, eu lembrei da senhora. Deve ser porque o perdão mora no coração das boas pessoas. E, embora há algum tempo eu não aproveite mais o teu colo ou o teu humor sempre prontos para um neto, ainda lembro que o teu era um dos melhores com que já topei. Também lembrei do perdão que só Ele sabe nos dar, e a todo momento. Nos fez falhos, por isso sabe que precisamos de Sua paciência por uma vida inteira. Foi quando me dei conta de que, nesse mesmo tempo inglório que uma parte do mundo anda sem cor, eu não conto mais com as tuas preces. Cada bolinha daquele terço que te trouxe de tão longe perdeu as contas de quantas vezes teus dedos tão leves, apesar de incrivelmente fortes, as tocaram pedindo por mim. Sabe Deus as manhãs, tardes e madrugadas que a senhora invadiu orando pela tua família. E, no meio dela, um para sempre garoto aos teus olhos coube apertado. Trabalho, saúde, dinheiro, amor. A minha própria família. Eu nunca vou saber quais eram os motivos nas tuas preces. Eu sequer perguntei se a senhora tinha gostado do presente. Se gostou do teu papa preferido ou se queria o do momento. Até porque seriam os questionamentos mais inúteis de todos, já que a resposta seria ‘claro’, mesmo se tivesse vindo da loja da esquina. Quando a senhora partiu, ouvi um dos teus filhos brincar que precisávamos começar a pecar um pouco menos, porque não teríamos mais as tuas orações. Nos dias após o teu adeus, eu voltei para o lugar onde aprendi a te chamar de vó e peguei de volta o nosso elo. A casa dos teus fortes e lindos dedos seguirá comigo para onde eu for. Toco nela a cada dor que não evito. Choro, quando outra coisa não consigo. Mas encho o peito de alegria, sabendo que em tantos momentos, sem ao menos saber, eu estive contigo. No teu pensamento, na tua reza. E me conforto sabendo que ela segue aí de cima. Hoje, a senhora não precisa mais do terço e suas bolinhas. Agora, seus pedidos são entregues direto, olho no olho. E, daqui, mesmo atrapalhada, a tua família, e o mesmo pra sempre garoto, viveremos eternamente agradecidos.

FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020

Esquenta para a festa Aulão de Carnaval gratuito e aberto ao público promete animar a terça e a quinta no Serviço Social do Comércio farroupilhense

P

elo terceiro ano consecutivo, a Academia do Serviço Social do Comércio (Sesc) realiza o Aulão Temático do Carnaval. A novidade é que este ano a atividade acontece em dois dias, na próxima terça e quinta. Será no estacionamento da unidade do Sesc Farroupilha (Cel. Pena de Moraes, 320), às 18h. O evento é aberto ao público e gratuito, sem a necessidade de inscrição. A ideia é que todos usem fantasias ou adereços alusivos à tradicional festa popular, mas sempre pensando no conforto para realizar a atividade. A terça inicia com dança mix na a presença do pagodeiro Cirilo Souza e, às 19h, começa uma aula de jump. Já na quinta a atividade começa com dança mix e finaliza às 19h com step. A in-

tenção do Sesc farroupilhense é motivar a prática de exercício físico, acessível a todos. No último Aulão de Carnaval, 60 pessoas se reuniram para participar da atividade com muita animação e alegria. É importante lembrar de levar garrafa de água e toalha para se secar. Em caso de chuva o evento vai acontecer na sala de ginástica da Academia Sesc. Mais informações podem ser obtidas pelo fone 3261-6526.

Programe-se O que: Aulão de Carnaval da Academia Sesc Quando: terça e quinta, às 18h Onde: estacionamento do Sesc Farroupilha (Cel. Pena de Moraes, 320) Quanto: evento gratuito


FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020

Inside

Diversão

Divulgação

Sesc terá atividade especial neste domingo à tarde para garantir diversão da gurizada

Todos viram crianças Quem não se diverte com bolhas de sabão? Então aproveita que terá brincadeira na Cel. Pena de Moraes neste domingo

A

Lauro Edson Da Cás ldacas@hotmail.com

A vez das bolhas de sabão

criançada vai adorar. E os pais também. É que o Serviço Social do Comércio (Sesc) promove para este domingo o Festival de Bolhas Gigantes, a partir das 14h30min. A rua Cel. Pena de Moraes, em frente à unidade farroupilhense, será fechada para a diversão e o convite é para que os participantes tragam suas cadeiras e aproveitem uma tarde animada. A atividade será conduzida por um grupo de bolheiros de Porto Alegre e é a primeira vez que estarão em Farroupilha. A intenção é propor uma programação que vá além da brincadeira, uma experiência de interação para as famílias. A ação é gratuita e também as crianças poderão praticar. O Sesc fornecerá a “poção mágica” e as varinhas, porém serão apenas emprestadas e deverão ser devolvidas ao final do evento. Tudo inicia com

9

apresentação dos bolheiros e depois estarão disponíveis para interagirem com o público. Haverá ainda brinquedos infláveis, pinturinha de rosto e comidinhas. A atividade encerra às 17h30min e a indicação é de que os que forem à brincadeira utilizem roupas leves e confortáveis para aproveitar o programa o máximo possível. Em caso de chuva o evento será cancelado.

Programe-se O que: Festival de Bolhas Gigantes do Sesc Farroupilha Quando: neste domingo, das 14h30min às 17h30min Onde: Cel. Pena de Moraes, 320, em frente ao Sesc Farroupilha Quanto: atividade gratuita

As crianças, as férias e as novas lições Praticamente, na próxima semana, as aulas estarão recomeçando nas escolas, sejam elas públicas e/ou privadas. As férias, de fato, são necessárias para todos. Renovam e reenergizam. As potencialidades se afloram e se tornam mais visíveis neste espaço de tempo, por vezes, mais livre e leve. As crianças, neste contexto, nos surpreendem a cada dia que passa. Talvez, o ‘tempo de criança’, sim, é o momento mais significativo de se perceber o ritmo da vida acontecer de maneira mágica e singela. Ao longo das férias, aquele ritmo do cotidiano que prevalece ao longo dos demais meses do ano é esquecido. Quanta articulação para se ter umas boas férias, hein! É uma arquitetura sem fim, de pensar e calcular os dias para, possivelmente, viajar ou sair de casa; prever os dias para acompanhar as crianças neste ou naquele evento, passeio ou atividade (mesmo sabendo que o período de férias de quem trabalha não é o mesmo para quem ainda é criança). Se ao longo dos meses, a rua onde se vive apenas é percebida por causa daqueles que transitam com seus veículos ou mesmo no movimento diário de pedestres, nas férias parece que aquela mesma rua ganha mais vida, mais brilho e mais intensidade. O barulho dos veículos, em instantes, parece desaparecer diante das brincadeiras das crianças. Inclusive, quem passa caminhando pelo local, se surpreende! A vida, de fato, está mais perceptiva. O dia já começa cedinho por causa da vontade de brincar ‘lá fora’ (e com esses dias intensos de sol e calor), se pode, então, provocar reflexões de tudo, sobre tudo e para todos! Na simplicidade em brincar, onde se destaca a imaginação por parte das crianças, encontramos no ritmo incessante da própria sociedade a busca pelos excessos, isto é, vemos que as crianças estão com aqueles excessos de coisas, opções, informações e de rapidez na sua incipiente rotina. Estudos realizados na Universidade do Texas sobre o comportamento das crianças concluíram que, ao brincarem com esportes já estruturados, elas se tornaram adultos menos criativos, se comparadas com aquelas que tiveram mais tempo livre para criar (imaginar) suas próprias brincadeiras. A própria condição preestabelecida do jogo, se pressupõe, já, o alto desempenho. Nas condições desfavoráveis à criança, como por exemplo, a pressão de tempo em realizar o exercício, seja no fazer aquilo sem poder modificar nada, resulta em frustração, bloqueando, assim, a sua imaginação. De maneira gradual, a sociedade na qual estamos inseridos foi corroendo toda esta magia do tempo de infância, aquele algo mágico, mas próprio desta fase de vida. Psicólogos já definiram isso como ‘guerra contra a infância’ e os pais, mesmo sem intenção por estarem neste redemoinho abrupto, não perceberam que, nas últimas décadas, as crianças perderam, em média, 12 horas por semana de tempo livre. Crianças sobrecarregadas sem condições de se autoconhecerem, de explorarem novas atividades, emoções e, em última análise, de poderem brincar, viver e descobrir a vida. Pasmem, em cada brincadeira, novas lições! * Mestre em Letras, Cultura e Regionalidade


Inside

10

FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020

Sétima Arte

Tudo por um

furo de reportagem Clássico, “A Montanha dos Sete Abutres” foi um dos primeiros filmes a falar sobre Jornalismo e teve, na atuação de Kirk Douglas, falecido na semana passada, uma das mais impactantes em obras que abordaram a temática

E

xpulso de mais de uma dezena de Redações de grandes jornais americanos, da Costa Leste ao Meio Oeste, o jornalista Charles “Chuck” Tatum (Kirk Douglas) não mudou sua postura. Continua seguro de si, vendendo seu peixe e com uma confiança que beira a arrogância. É desta forma que ele se apresenta ao pequeno jornal Sun-Bulletin, de Albuquerque, no Novo México. Oferece seus prestimosos e qualificados serviços ao editor Jacob Boot (Porter Hall) que o contrata meio a contragosto (já que era um tanto cético quanto à propaganda feita), mas por um baixo valor semanal, especialmente se o jornalista cumprir com aquilo que prometeu. A ideia de Chuck é clara: conseguir um grande furo de reportagem e voltar à ativa na Redação de um grande centro, provando para seus ex-chefes que cometeram um equívoco ao demiti-lo. Na chegada ao Sun-Bulletin, uma frase, bordada em um quadro pendurado na parede, o deixa incomodado: “Tell The Truth”. Dizer a verdade nun-

ca esteve entre, digamos, as especialidades do jornalista que, em muitos casos, criava a própria pauta, fato que o levou, em algumas situações, a ser despedido das Redações, problema que só era agravado pelo seu vício em álcool. Porém, de uma coisa Chuck não poderia ser acusado. De omitir seus propósitos. Ele joga às claras com Boot sobre tudo. Sobre a bebida, sobre criar uma pauta e até mesmo sobre usar o pequeno jornal de Albuquerque como um trampolim para voltar à fama. E essa sinceridade, na avalição do editor, vinha ao encontro à filosofia do Tabloide. De resto, era pagar pra ver, mas o risco sempre existe e ele estava ciente disso. Disposto a ficar poucas semanas no local, passa um ano de trabalho e Chuck segue na Redação claustrofóbica, quente e sufocante do Sun-Bulletin, até o dia em que é enviado para cobrir uma pauta de uma cidade que foi infestada por serpentes e que trabalha para capturá-las. Outra cobertura enfadonha, mas que não chega sequer a ser feita porque o destino parece sorrir para o experiente jornalista.

Tell The Truth O cético e meticuloso editor Jacob Boot (Porter Hall) frente a frente com o agitado e confiante jornalista Charles “Chuck” Tatum (Kirk Douglas): essa tal de verdade pode apresentar muitas faces

No caminho, num pequeno povoado isolado no meio do deserto, onde Herbie Cook (Bob Arthur), um jornalista iniciante que servia de motorista parou para abastecer o carro, Chuck descobre, por meio de Lorraine Minosa (Jan Sterling), que seu esposo, Leo Minosa (Richard Benedict), ficou preso em uma mina de carvão abandonada, onde volta e meia se aventurava para buscar relíquias indígenas de um tribo que viveu no local e que foi dizimada no processo de colonização.


Inside

FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020

11

Sétima Arte Divulgação

Filmografia recomendada Fuga do Passado (1947) O Invencível (1949) Êxito Fugaz (1950) Assim Estava Escrito (1952) 20.000 Léguas Submarinas (1954) Sede de Viver (1956) Sem Lei e sem Alma (1957) Glória Feita de Sangue (1957) Duelo de Titãs (1959) Spartacus (1960)

Imagem: Reprodução

Kirk Douglas

Lorraine vai além e lhe fornece os subsídios para romantizar ainda mais sua história, destacando que o que aconteceu foi um acerto de contas dos índios com o homem branco, já que a lenda local era de que a montanha, que nos primórdios havia sido a habitação dos nativos, era amaldiçoada e também serviu de cemitério indígena. Chuck não poderia desejar algo mais apropriado. Ele imediatamente se enfurna na montanha, mesmo com o risco de desabamento, e coleta novas informações com Leo. Faz uma foto, envia por Herbie à Redação do Sun-Bulletin e prepara uma matéria perfumada, sensacionalista ao extremo, em busca de chamar os holofotes para si. Quando isso ocorre, seu carisma, experiência e habilidade se encarregam do resto. A notícia logo corre o território estadunidense e Chuck começa a mexer os pauzinhos para fazer com que o furo de reportagem seja seu. Ele logo faz amizade com o xerife Gus Kretzer (Ray Teal), um incompetente, mas que estava em campanha de reeleição, e com o engenheiro Sam Smollett (Frank Jaquet). O primeiro para blindar o acesso de outros jornalistas ao local, o segundo para fazer o resgate durar o tempo necessário para colocá-lo novamente no epicentro do Jornalismo americano. Um dos primeiros filmes a tratar da imprensa, “A Montanha dos Sete Abutres” escancara a mídia sensacionalista por meio da grande atuação de Kirk Douglas como Chuck Tatum. O estereótipo do profissional arrogante, beberrão, inconsequente, destemido e, claro, mal remunerado, permeou dezenas de papéis ao longo dos anos na atuação de jornalistas em diversos filmes. O que não muda também é uma Redação bagunçada, que foi vista até antes, em “Cidadão Kane”, de 1941, mas também em muitas obras posteriores à produção, de “Todos os Homens do Presidente”, de 1976, a “O Jornal”, de 1994. Contudo, em nenhum outro filme sobre a área uma pauta foi tão manipulada para atender interesses pessoais do que no longa de Billy Wilder. A raiz do Jornalismo sensacionalista. Mas a obra ganhou fama muito graças a Kirk Douglas, sem dúvida. Falecido na semana passada, aos 103 anos, ele pode ser considerado o último remanescente da chamada Era de Ouro do Cinema Americano, que foi dos anos 20 aos 60, com o surgimento dos grandes estúdios e a popularização e domínio da Sétima Arte estadunidense ao redor do mundo. Veja ao lado uma filmografia recomendada do lendário ator no período dourado.

Título original Ace in the Hole Título traduzido A Montanha dos Sete Abutres Direção Billy Wilder Roteiro Billy Wilder Lesser Samuels Walter Newman Gênero Drama Duração 111 minutos País Estados Unidos Ano de produção 1951 Estúdio e distribuição Paramount Pictures


12

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Uma pessoa importante para o seu desenvolvimento passa por uma transição importante e está sendo levado a desapegar-se de planos futuros. Mas o céu também favorece as decisões a dois e a realização de novos projetos a dois.

Touro - 21/04 a 20/05

Existem aspectos complicados no trabalho que devem ser eliminados urgentemente. Mas o céu lhe dá condições de tomar decisões de uma forma mais assertiva, com foco em sua realização profissional.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

Você está em condições de eliminar mazelas emocionais que o impedem de desenvolver o seu verdadeiro potencial. A autoestima é um fator essencial para encontrar o seu caminho. O céu lhe dá condições de se sentir realizado com estudos.

Câncer - 21/06 a 20/07

Você é levado a encarar situações difíceis no relacionamento amoroso e familiar e, dessa forma, eliminar o que não lhe serve mais por meio da maturidade. O céu lhe dá condições de tomar decisões assertivas para promover uma rotina organizada para o seu desenvolvimento.

Leão - 21/07 a 22/08

As decisões que precisa tomar no trabalho ou para a saúde exigem de você novas condutas para se relacionar com as pessoas do seu convívio. Mas o céu lhe traz pessoas boas, que colaboram com parcerias e ampliam novos contatos.

Vírgem - 23/08 a 22/09

O autodesenvolvimento vai ajudá-lo a superar desafios financeiros, principalmente a atuar em parcerias comerciais. É uma semana para tomar decisões com foco na realização profissional.

Libra - 23/09 a 22/10

É preciso eliminar relações que são nocivas para o seu desenvolvimento e soltar aspectos da família que não cabem no novo contexto. É chegada a hora de ser feliz, mas para isso é preciso saber, de fato, quem é você. O céu colabora com a autorrealização.

Escorpião - 23/10 a 21/11

O céu pede que você descarte relações que geram controle e manipulação, principalmente com pessoas do seu convívio e parentes. O autoconhecimento colabora para a realização na família e lhe traz boas decisões financeiras.

Sagitário - 22/11 a 21/12

As atividades em equipe passam por reformulações e o levam a refletir sobre mudanças e novas condutas no setor financeiro. Mas tal percepção vai ajudá-lo a tomar decisões assertivas para desenvolver as suas ideias com pessoas que favorecem os seus projetos.

Capricórnio - 22/12 a 20/01

O céu pede que você reflita sobre o seu comportamento em relação a pessoas e situações que não cabem mais neste novo cenário. A sua mudança vai colaborar com novas decisões e lhe trazer oportunidades e realização no âmbito profissional.

Aquário - 21/01 a 19/02

É preciso vencer-se para interagir com novas ideias e relações. Avalie os seus medos e solte tudo aquilo que colabora para o seu desenvolvimento emocional. O céu favorece decisões assertivas para desenvolver os seus projetos.

Peixes - 20/02 a 20/03

É possível enxergar o que deve ser eliminado dentro de um projeto ou com um grupo de pessoas. O céu colabora com decisões profissionais e traz resultados interessantes, a partir do momento que você estiver disposto a mudar o curso.

Inside

FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020


FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020

Vende-se TERRENO: 500m² em Lagoa Vermelha, nas imediações da casa de máquinas da Prefeitura. Está escriturado e com os impostos pagos. Apenas R$ 80.000,00. Aceito veículo até R$40.000,00) Tratar (54) 984.222.241. VENDE-SE TERRENO DE ESQUINA, com 1.377m², a uma quadra da rodoviária e do Shopping Centro de Compras. Contatar através do telefone: (54) 991.181.642. Vendo terreno. Excelente negócio! BARBADA! Localizado no Bairro Imigrante, medindo 12,00 x 33,00 (396m²). APENAS R$ 135.000,00. Tratar diretamente com proprietário. (54) 999.680.419. Farroupilha: para você homem discreto, que procura uma boa massagem para relaxar, agora você já tem o local certo! “PRAZER PICANTE”, você encontra as mais BELAS GAROTAS! Local central. Venha conhecer! Fone: (54) 991.430.723. Segunda a sábado. Dani, loirinha de olhos claros! Sempre pronta para o prazer! Disponível das 9h às 16h, com atendimento com local próprio. Contatar pelo fone (54) 996.145.503. Pamela: loira bronzeada, siliconada, 25 aninhos, boca carnuda, pronta para satisfazer suas fantasias e desejos. Contato pelo fone (54) 991.430.723, das 9h às 20h Está a fim de fugir da rotina com uma gata sensacional? Então venha passar esse momento comigo. Sou a Pati, uma moreninha pronta para te enlouquecer. Atendimento em local central e discreto (54) 996.145.503 ou (54) 991.430.723, das 13h30min às 18h. Lu, morena sensual, para você que quer relaxar. Venha me conhecer, prazer garantido. Atendimento central (54) 996.145.503. Venha me conhecer! Mulatinha cor do pecado, dos teus sonhos! Realizo seus desejos e fetiches, sou carinhosa! Eu sou a Manu! Entre em contato e agende seu horário, atendimento em meu local central e bem discreto! (54) 996.145.503 ou (54) 991.430.723.


2

Quer relaxar e sentir prazer com uma mulher cheirosa e que adora dividir momentos intensos com você? Venha me conhecer! Paula (54) 991.430.723 ou (54) 996.145.503. Flávia, linda acompanhante para seus desejos mais secretos, com a massagem relaxante para seus momentos de tensões! Agende seu horário através do fone (54) 991.430.723 ou (54) 996.145.503. Bianca para você que quer algo diferente, com aquela massagem para seus momentos de estresse. Agende comigo (54) 996.145.503 ou (54) 991.430.723. Oi! Me chamo Manu, tenho 28 anos, sou morena clara com cabelos cacheados! Carinhosa e atenciosa! Para você que está naqueles momentos precisando de uma massagem relaxante e tântrica. Venha se descontrair! (54) 996.145.503, (54) 991.430.723 ou (48) 991.730.233. Renata loira / Ana Paula morena, juntas ou separadas, com aquele atendimento especial! Agende conosco (54) 996.155.503 ou (54) 991.430.723.

FARROUPILHA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020


Profile for Informantef Informantef

Edição 625  

Jornal Informante (Farroupilha/RS)

Edição 625  

Jornal Informante (Farroupilha/RS)

Advertisement