{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade.

Page 1

FARROUPILHA

|

ANO XII

|

EDIÇÃO 624

|

7 DE FEVEREIRO DE 2020

|

R$ 3,00

Cerca de 11% dos que agendaram consultas médicas pelo sistema público, em 2019, não compareceram, prejudicando todos que aguardam por vaga, como mostra o banner do Posto Central, apontando as ausências de janeiro, um apelo por maior consciência da população

Capa de Saúde e Editorial INSIDE

CIDADE

Autoria vai celebrar a música e a arte neste domingo à tarde, no Muinho Página 5

Portuguesa Cadaval é destino e inscrições, em Estúdio Sattva promove a 2ª edição do cinco áreas de estudo, finalizam nesta sexta evento gratuito no sábado pela manhã Página 10 Página 8

INSIDE

Festival reúne bandas locais Vagas para intercâmbio gratuito Praticando yoga ao alvorecer

Juliana Inês Casa Barbieri

Faltas prejudicam saúde


2

FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020

40º AVN/AM

S.R. 1º de Maio, campeão inaugural Estreante categoria Master aconteceu no último sábado e time caxiense ficou com o primeiro caneco da temporada

C

ampeão por quatro vezes no 1º Quadro (1981, 1982, 1985 e 1987), três no 2º (1982 a 1984) e duas no Veterano (2016 e 2018), a Sociedade Recreativa (S.R.) 1º de Maio fez história ao ser a primeira campeã da catego-

Ramon Cardoso

AVN/AM

ria Master, que estreou nesta temporada no AVN/AM. A equipe caxiense levou a melhor no Quadrangular único. A equipe venceu o Santos por 2 a 1 em seu compromisso inicial, ficou no empate em 1 a 1 contra o São Caetano e, no duelo decisivo, contra o Bevilacqua (que havia triunfado contra os mesmos rivais por 1 a 0 e só precisava de um empate para ficar com o caneco) foi letal e aplicou 3 a 0. O Santos ficou em 3º e o São Caetano em 4º (veja resultados abaixo e a classificação final da disputa ao lado).

Multicampeã A S.R. 1º de Maio chegou ao 10º título no AVN/AM: equipe mais vitoriosa da história do torneio ainda busca a terceira taça na categoria Veterano

Categoria Master (resultados) 1ª rodada São Caetano 0x1 Bevilacqua S.R. 1º de Maio 2x1 Santos 2ª rodada Bevilacqua 1x0 Santos S.R. 1º de Maio 1x1 São Caetano 3ª rodada Santos 1x0 São Caetano S.R. 1º de Maio 3x0 Bevilacqua

Classificação final

Campeão: S.R. 1º de Maio Vice: Bevilacqua 3º lugar: Santos 4º lugar: São Caetano Disciplina: São Caetano Goleiro menos vazado: Person Jaeger, da S.R. 1º de Maio, com dois gols sofridos Artilheiros: Uilson Carvalho e Marcos Magnus (1º de Maio), com dois gols marcados


3

FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020

40º AVN/AM

Farroupilhense contra trio caxiense Canarinho/Identifica Comunicação Visual mede forças contra Bota Chopp, S.R. 1º de Maio e SER Beltrão neste sábado

O

segundo caneco da história 40ª temporada do AVN/AM será levantado neste sábado, na SERC Farrapos. A categoria Veterano conhecerá o campeão em 2020. A disputa envolve um trio caxiense, garantidos de forma direta, com a conquista dos

Divulgação/SERC Farrapos

AVN/AM

Quadrangulares, com o Bota Chopp (vencedor do 1), S.R. 1º de Maio (que triunfou no 2) e SER Beltrão (habilitado no Quadrangular 3) e o farroupilhense Canarinho, que entrou como o 2º melhor colocado. Os duelos ocorrem a partir das 14h (veja rodada inicial abaixo, lembrando que os demais confrontos serão definidos a partir dos resultados inaugurais). Dos finalistas, apenas o estreante Bota Chopp não levantou a taça. O Canarinho foi campeão em 2011, o Beltrão em 2013 e a S.R. 1º de Maio venceu em 2016 e 2018.

Quadrangular 1 Três vitórias: estreante Bota Chopp ficou com primeira vaga

Quadrangular 2 S.R. 1º de Maio derrotou Canarinho nos pênaltis e busca tri

Quadrangular 3 Beltrão tenta repetir feito de 2013, quando ficou com a taça

Repescagem Canarinho venceu a disputa em 2011 e também almeja bi

Veterano (Quadrangular Final)

1ª rodada Canarinho x Bota Chopp (sábado, às 14h) S.R. 1º de Maio x SER Beltrão (sábado, às 14h50min)


4

FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020

40º AVN/AM

Disputa restrita a caxienses No 2º Quadro, apenas equipes do município vizinho se habilitaram ao Quadrangular Final da categoria

O

predomínio de Caxias do Sul entre os suplentes foi absoluto. Tanto que os quatro habilitados são da cidade vizinha. Última equipe a obter a vaga foi o Olaria, que fez dobradinha e foi soberana no Quadrangular

Quadrangular 4 1ª rodada Canarinho 0x0 Olaria G.E. Julieta 1x0 Pôr do Sol 2ª rodada Pôr do Sol 1x0 Canarinho Olaria 1x0 G.E. Julieta 3ª rodada G.E. Julieta 0x0 Canarinho Olaria 3x1 Pôr do Sol Classificado: Olaria

Divulgação/SERC Farrapos

AVN/AM

4 na disputa dominical. A equipe largou enfrentando farroupilhenses. Ficou no 0 a 0 com o Canarinho e venceu o G.E. Julieta por 1 a 0. No duelo decisivo, contra o conterrâneo Pôr do Sol, aplicou 3 a 1 e ficou com a vaga. O Olaria junta-se aos outros habilitados caxienses, o Hawai (Quadrangular 1), Monte Carmelo (2) e União De Zorzi (3). Dos finalistas, apenas o Olaria venceu o 2º Quadro. Ficou com o caneco em 2016. Veja resultados do Quadrangular 4 ao lado e a 1ª rodada abaixo, lembrando que os resultados iniciais definem a sequência.

Quadrangular 1 Hawai ficou com vaga 1 e tenta título inédito na categoria

Quadrangular 2 Monte Carmelo: equipe busca primeiro título no AVN/AM

Quadrangular 3 União De Zorzi é outro que busca uma conquista inédita

Quadrangular 4 Único finalista a já ter vencido, Olaria busca repetir 2016

2º Quadro (Quadrangular Final) 1ª rodada Olaria x Monte Carmelo (domingo, às 9h) Hawai x União De Zorzi (domingo, às 10h30min)


5

FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020

40º AVN/AM

Olaria tenta um inédito tetra Equipe disputa decisão do 1º Quadro contra caxienses Amigos do Gaúcho e Hawai e farroupilhense Vasco da Gama

A

tual tricampeão do AVN/AM, o caxiense Olaria busca fazer história neste domingo. Caso consiga um novo triunfo, se igualará ao conterrâneo Triângulo, maior vencedor em sequência do torneio, que foi tetra de 1989 a 1992.

Quadrangular 4 1ª rodada Lyon 1x3 Santa Bárbara Pôr do Sol 0x2 Olaria 2ª rodada Santa Bárbara 2x3 Pôr do Sol Olaria 2x1 Lyon 3ª rodada Pôr do Sol 3x1 Lyon Olaria 1x0 Santa Bárbara Classificado: Olaria

Divulgação/SERC Farrapos

AVN/AM

A equipe foi a campo no último domingo, no Quadrangular 4 da fase classificatória, e venceu todos duelos, contra os caxienses Pôr do Sol e Santa Bárbara e o farroupilhense Lyon (resultados abaixo), mostrando força para brigar por mais um caneco sequencial. O Olaria mede forças contra o farroupilhense Vasco e os caxienses Amigos do Gaúcho e Hawai, único do trio de desafiantes a ter vencido o torneio, nas edições de 2013 e 2016, antes de iniciar o predomínio do Olaria, que também triunfou em 2015, em parceria com o farroupilhense Mundo Novo.

Quadrangular 1 Hawai fez dobradinha e nos titulares tenta tricampeonato

Quadrangular 2 Amigos do Gaúcho chega à decisão e busca título inédito

'Triangular 3' Vasco avançou ao triunfar em disputa que teve desistência

Quadrangular 4 Atual tricampeão, Olaria chega forte na tentativa do tetra

1º Quadro (Quadrangular Final)

1ª rodada Olaria x Amigos do Gaúcho (9h40min) Vasco da Gama x Hawai (11h10min)


6

FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020

Carência de informação pode gerar o dever de indenizar Thayná Cristina Oliveira *

U

m dos objetivos da Política Nacional das Relações de Consumo é a transparência. Dela, advém o direito básico do consumidor à informação adequada, clara, correta e precisa acerca dos produtos e serviços oferecidos no mercado de consumo. A área da saúde é exemplo de recentes condenações por falhas na comunicação com os consumidores. Trata-se de um direito de suma importância, porquanto visa propiciar ao consumidor elementos suficientes para que, antes da contratação de serviço, ou aquisição de produto, ele possa analisar se tudo está de acordo com suas expectativas e ou necessidades. Para tanto, é dever do fornecedor/ prestador de serviço oferecer informações que assegurem o exercício deste direito. Das medidas estabelecidas pelo Código de Defesa do Consumidor (CDC) para garantir o direito à informação, são exemplos a vedação de execução de serviços sem prévio orçamento, a necessidade de especificação de preço, quantidade, características, composição, riscos dos produtos, vinculação do fornecedor ou prestador de serviço à oferta, o fornecimento de manual de instruções, entre outras. Em 2015, o acesso a estas informações também foi assegurado às pessoas com deficiência, pelo Estatuto da Pessoa com Deficiência. Ele incluiu o parágrafo único do art. 6º do CDC, dispondo que deverão ser acessíveis, à pessoa com deficiência, informações sobre especificação correta de quantidade, características, composição, qualidade, tributos incidentes, preço e os riscos dos produtos e serviços. Nesse sentido, por ausência de informação, o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ/SP), em setembro de 2019, manteve a decisão desobrigando consumidor de pagar despesas hospitalares. Como ocorre em todas as internações, o consumidor foi obrigado a assinar um termo se responsabilizando por todas as despesas do tratamento. Todos assinam, especialmente em internações de emergência, passando um verdadeiro cheque em branco. A justiça entendeu que, embora o consu-

midor tenha firmado termo de responsabilidade, ele não foi informado previamente dos valores das despesas hospitalares. Além disso, reconheceu-se o estado de perigo, ante a situação emergencial e a ausência de informações acerca dos custos do tratamento, que resultaram na onerosidade excessiva. Outro julgamento parecido aconteceu em 2018, em que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) condenou hospital e médico a indenizar paciente que deixou de andar após cirurgia neurológica. O motivo da condenação foi que, nem o paciente, nem sua família, foram informados de alteração do procedimento proposto e dos riscos envolvidos, especialmente de piora no quadro clínico. A defesa alegou ter prestado informações verbais, sem sucesso. A decisão confirmou a necessidade de informação clara e completa, sendo dever do médico comprovar tê-la prestado. Recentemente, o STJ julgou pela necessidade de a operadora do plano de saúde noticiar ao consumidor o descredenciamento de clínica médica, ainda que a iniciativa do descredenciamento tenha partido da própria clínica. O acórdão é relevante porque a Corte registrou que o termo “entidade hospitalar” constante no art. 17, § 1º, da Lei nº 9.656/1998 – que prevê o aviso aos consumidores e à ANS de descredenciamento de entidades hospitalares – deve ser entendido como gênero. Sendo assim, os consumidores também deverão ser notificados do descredenciamento de clínicas, laboratórios, médicos e demais serviços correlatos. Diante disso, a defesa das operadoras de planos de saúde de necessidade de aviso prévio, exclusivamente, de descredenciamento de hospitais foi rejeitada. Por fim, vale reforçar que as relações de consumo devem ser pautadas na transparência, de modo a garantir a qualquer consumidor optar conscientemente, munido de meios que lhe permita constatar se o que está buscando atende às suas expectativas e, principalmente, os riscos envolvidos. Embora os exemplos citados se relacionem à área da saúde, as violações ao direito à informação podem atingir consumidores de todas as áreas. * Advogada cível do Cunha Ferraz Advogados


8

FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020

O “de graça” que custa bem caro Vivemos no Brasil uma cultura de que o Estado é o benfeitor, que está aí para servir o cidadão, zelar pelos mais necessitados e prover serviços públicos de qualidade. Pois bem, ele não faz nada disso. Para não nos estendermos, ficando nos pilares mais básicos, que são Saúde, Educação e Segurança, percebemos de forma clara que vigora o caos absoluto nas três áreas. O sistema de saúde está em colapso, os níveis educacionais são bizarros e a população vive com medo de sair às ruas. Esse discurso serve, e muito, para a classe política, que usa os recursos públicos, nossos, para se locupletar nos cargos públicos, que ajudam a custear suas regalias: salários pomposos, internações em hospitais de excelência, escolas e universidades de ponta para os filhos, seguranças armados e carros blindados. Tudo, absolutamente tudo que os mais necessitados, a quem o Estado diz proteger, não têm. Há uma urgência em se romper com esse ciclo, que consiste em uma verdadeira autofagia de recursos públicos. A matéria na capa do Saúde, Beleza & Estética desta semana dá uma ideia do quanto precisamos nos desprender dessas amarras e ideologias criminosas e evoluirmos como sociedade. Cerca de 11% das pessoas faltaram a consultas e exames na rede pública de saúde do município e sequer fizeram a comunicação do fato, no ano passado. Evidente que imprevistos ocorrem e, em alguns casos, são situações excepcionais, mas 11% é um percentual alto demais. Isso que ele baixou de maneira expressiva a partir de uma campanha de alerta e conscientização, desenvolvida pela Secretaria Municipal da Saúde, já que era de 35% em 2017. Ou seja, um em cada três pacientes se ausentavam do procedimento. Estamos em Farroupilha, um município de elevado Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) que, presume-se, tenha uma população mais

Índice

Editorial

Matéria Especial .................................... Páginas 2 a 5 Editorial ...................................................Página 8 Opinião ......................................................Página 9 Cidade ........................................................ Página 10 Política ..................................................... Páginas 11 e 12 Educação ..................................................Páginas 13 e 14 Esporte ..................................................... Página 15

Inside

Especial..................................................... Capa e página 3 Cinemas ..................................................... Página 2 Crônicas da Redação ............................. Página 4 Agenda....................................................... Página 4 Música ....................................................... Página 5 Social ........................................................ Páginas 6 e 7 Fabrício Oliboni ..................................... Página 8 Bem-Estar ................................................. Páginas 8 e 9 Paulo Roque Gasparetto ..................... Página 9 Sétima Arte .............................................. Páginas 10 e 11 Horóscopo ............................................... Contracapa Saúde, Beleza & Estética...................... 4 páginas

Classificados .......................................... 8 páginas

instruída que a esmagadora maioria das cidades brasileiras. Imaginem o índice verificado em outras localidades. Aqui nem é uma questão de ilação, mas fato. O pensamento que vigora é aquele: “Ah, está chovendo, vou ficar em casa. O serviço é de graça mesmo. Ligo na semana que vem para uma nova consulta”. O serviço não é de graça. Aliás, é caro. O profissional está à disposição, chegue o paciente ou não. E é pago com o dinheiro de todos nós, isso sem contar que a ausência impede outro cidadão de ter acesso aos procedimentos, talvez alguém com uma necessidade muito maior do que o indivíduo que foi relapso e não compareceu ao agendamento. O Sistema Único de Saúde (SUS) custa uma fortuna especialmente por conta disso. É uma realidade preocupante e que só vai mudar a partir do momento em que ocorrer uma penalização. Esse Estado máximo não tem as mínimas condições de suportar o custo de atendimento de uma população que ignora seu papel mais elementar dentro de uma sociedade. O desco-

nhecimento, ignorância e falta de empatia com o próximo, cultivados como virtude pelos desastrados governos que se sucederam no período da redemocratização, geraram o ambiente caótico que estamos vivendo hoje. Em 2019, foram mais de mil pessoas ao mês que ficaram privadas de atendimento por conta da falta de consciência e desídia de quem acha que “o Estado está aí para me servir mesmo, na hora e da forma como eu bem desejar”. Estes são os primeiros a reclamarem da precariedade nos serviços básicos, que eles, com essas atitudes e comportamentos, estão ajudando, de maneira direta, a sucatear. Aos poucos a população, com acesso maior à informação, vai tomando consciência, mas o caminho a percorrer ainda é longo, isso sem retrocessos políticos, onde o risco sempre existe, apesar de hoje, felizmente, ser mínimo. Se o SUS pressupõe gratuidade, caberia algum outro tipo de penalização, como gerar a impossibilidade de marcação de uma nova consulta, por quem não compareceu e nem justificou a falta, por um determinado período, por exemplo. Seria uma alternativa para minorar os danos causados pela situação e que, diante do cenário, certamente obrigaria o usuário a comparecer. A inexistência de qualquer tipo de pena contribui para que a tomada de consciência seja retardada e temos urgência, como sociedade minimamente civilizada, em mudar esse quadro. Não vamos virar um povo consciente e educado da noite para o dia. Viemos de três décadas de aumento progressivo do tamanho do Estado que, combinado com a destruição educacional e dos valores básicos, gerou essa tragédia que estamos presenciando. Porém, é sabido também que algo necessita ser feito para conter os abusos. A sociedade de bem espera que realmente medidas prementes sejam tomadas. Ninguém mais aguenta pagar essa conta.

Redação: redacao@jornalinformante.com.br

Assinaturas: assinaturas@jornalinformante.com.br

Im

ag

em

:R

ep

ro

du

çã

o

Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br Ramon Cardoso ramon@jornalinformante.com.br Yasmin Signori Andrade yasmin@jornalinformante.com.br

Comercial: comercial@jornalinformante.com.br Fabiano Luiz Gasperin gasperin@jornalinformante.com.br Jean Marco Lançarin de Mattos comercial5@jornalinformante.com.br Maria da Graça Potricos Leite maria@jornalinformante.com.br

Anúncios: anuncios@jornalinformante.com.br Marcelo Bortagaray Mello marcelo@jornalinformante.com.br Tiago Rodrigues da Silva tiago@jornalinformante.com.br

Financeiro: financeiro@jornalinformante.com.br Keli de Almeida Maciel keli@jornalinformante.com.br

Assinatura Bienal: R$ 250,00 Assinatura Anual: R$ 150,00

Telefones (54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203

Endereço Rua Dr. Jaime Romeu Rössler, 348, Bairro Planalto

Colunistas Crônicas da Redação Dolores Maggioni Egui Baldasso Fabrício Oliboni

Guilherme Macalossi Lauro Edson Da Cás Paulo Roque Gasparetto

A manifestação dos colunistas é livre e independente e não necessariamente reflete a opinião do Tabloide sobre os temas abordados nas colunas

@PaperInformante www.jornalinformante.com.br

/jornalinformante


9

FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020

CEEE. Battery low Divulgação

Mateus Bandeira * Foi numa longa noite às escuras na minha residência em Porto Alegre que surgiu a inspiração para este artigo. Como muitos gaúchos, vislumbrei na escuridão de meu escritório o quanto ideologias ultrapassadas podem conduzir um País às trevas. A CEEE, hoje, é um monumento à incompetência erguido por governadores e deputados que insistem em deixar serviços essenciais nas mãos ineptas do Estado. Mais do que professar ideologias ultrapassadas, políticos que se opõem às privatizações são mal-intencionados, pois, no fundo, o estatismo é uma forma de controlar a sociedade. A malfadada história começou quando, no final dos anos 90, o PT venceu as eleições e interrompeu a privatização de estatais liderada pelo governador Antônio Britto, que havia conduzido a venda de 2/3 da CEEE. Duas décadas depois, os gaúchos sofrem as consequências de forma distinta. Uma banda é servida pela RGE. Outra, que abrange a Capital, litoral e sul do Estado, permanece presa à ineficiência, ao corporativismo e à politicagem que regem a estatal. Felizmente, para todos os gaúchos, Britto conseguiu se desfazer da CRT. Ou o acesso à internet talvez ainda fosse discado. Criar, pode. Vender, não Desde então ficou mais difícil privatizar. Conduzido pelo anacronismo e pelo intervencionismo estatal petista, a Assembleia Legislativa cedeu e aprovou exigência constitucional de plebiscito antes da venda de estatais. Absurdo, pois os eleitores não são consultados na hora de criar estatais. O governador Ivo Sartori tentou revogar este dispositivo. Foi sabotado pelo PSDB do atual mandatário estadual, que se dizia aliado. Em 2018, finalmente, os deputados ajustaram o texto constitucional e removeram essa “jabuticaba” – uma meia-sola, já que vale apenas para CEEE, Sulgás e CRM, deixando inalterada a exigência infundada para as demais estatais, como Banrisul e Corsan. Nestes 20 anos, enquanto parte do leste asiático, por exemplo, deixou para a iniciativa privada tarefas que ela faz melhor, o Rio Grande inchou a CEEE (com os pelegos sindicais) e destruiu sua gestão (deixando-a nas mãos de apaniguados de políticos).

O resultado era previsível. Na velocidade com que a conta de luz chega à residência dos usuários, a companhia estadual rumou à falência operacional e financeira. De acordo com o Ranking de 2018 da Aneel (https://www.aneel.gov.br/ ranking-2018), a CEEE é a vice-campeã entre as piores distribuidoras de energia elétrica do Brasil. Interrompe o serviço com muita frequência e demora outro tanto para restabelecê-lo. Controlada pelo Governo Gaúcho, a CEEE quase perdeu a concessão em 2015. Num acordo de última hora, a Aneel garantiu sobrevida com a promessa, não cumprida, de que seu controlador injetaria recursos na ineficiente companhia. Pinóquio dos pampas Reféns do populismo estatista, os gaúchos agora dependem das promessas de um governador nada afeito a cumprir compromissos eleitorais.

Pois o governador poderia começar a apagar a fama de Pinóquio e agir conforme o que prega nas redes sociais. Quando o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, em dezembro, que devedores contumazes de ICMS deveriam ser presos, Eduardo Leite comemorou a sentença. Se estava mesmo dizendo a verdade, ele deve se jogar à imolação e, pelo menos uma vez, ser coerente com o que diz. A CEEE, para quem não sabe, deixou de repassar ao Erário Estadual o ICMS que recolhe dos contribuintes. Apropriação dolosa de dinheiro alheio, condenou o STF. A dívida se aproxima dos R$ 3 bilhões. Se o STF está correto, como assentiu o governador, que tal defender a prisão da diretoria da CEEE e de seu controlador, que habita o Piratini? Aliás, para quem não sabe, quando prefeito de Pelotas, Leite não pagava as contas devidas à CEEE. Hoje, o município é um dos maiores devedores

da estatal. Ou seja, o governador ajudou a cavar o buraco negro da CEEE. Battery low Enfim, leitor, eis uma breve história do fracasso de uma estatal. Já são 21h, e a Bela Vista continua às escuras. Ao ligar para a CEEE, depois de responder uma dúzia de perguntas, ouço da atendente que será necessário a poda de árvores e não há previsão para a volta do serviço essencial. Como está acabando minha paciência, minha bateria e o espaço deste artigo, vou parar por aqui. Antes que eu revele o que comentei com um amigo sobre o que penso da CEEE e de seu controlador. Battery low. A de meu celular. A da CEEE já se foi há muito tempo. * CEO da Falconi, foi presidente do Banrisul, secretário de Planejamento do Rio Grande do Sul e candidato ao governo gaúcho pelo Partido Novo


10

FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020

ESTUDOS

Obituário 2 de fevereiro * Arto Augusto Seimetz, 86 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal; * Ines Giacomina Basso Lubison, 90 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade Capela São Vitor Corona de Mato Perso; * Plinio Tonet, 91 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 3 de fevereiro * Enedina da Rocha da Silva, 72 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal; * Marines de Cas da Silva, 59 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade São Marcos (1º Distrito). 4 de fevereiro * Pedro Belegante, 74 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 6 de fevereiro * Airton José Michels, 60 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal.

Alguém quer me adotar? Divulgação

Este é o Boby. Ele é de porte pequeno e tem aproximadamente 4 anos. É muito querido e se dá bem com outros animais. Ele aguarda por adoção ou lar temporário. Interessados podem manter contato pelo fone 999.371.647.

Boa oportunidade para intercâmbio em Cadaval São cinco vagas ofertadas e prazo para se candidatar encerra nesta sexta

M

oradores de Farroupilha com idades entre 18 e 39 anos que atuam nas áreas de Agronomia, Enologia, Administração, Turismo e Gastronomia podem se inscrever em programa gratuito de intercâmbio que foi lançado pela prefeitura. As atividades serão em Portugal, na cidade de Cadaval, que assinou acordo de Geminação com Farroupilha no ano passado. As inscrições encerram nesta sexta, integrando o Programa de Formação Técnica em Inovação no Agronegócio e Enoturismo. Ao total são cinco vagas, sendo duas na categoria Agronomia, Enologia ou Administração, duas para Turismo e

uma para Gastronomia. A inscrição é gratuita e pode ser feita no Centro de Atendimento ao Cidadão (Ceac), na rua 14 de Julho, 710, das 9h às 16h. Para se candidatar é necessário apresentar cópia do documento de identidade e

CPF, comprovante de residência e de escolaridade. A classificação dos candidados será divulgada na segunda, às 15h, na Secretaria Municipal de Turismo e Cultura, resultado que também estará no site do Executivo, o farroupilha.rs.gov.br.

Requisitos para a inscrição

Ser maior de 18 anos e menor de 40 anos; Ser morador de Farroupilha e possuir Ensino Médio completo; Ser agricultor ou filho de agricultor, no exercício da atividade, preferencialmente na área de Enologia e produção de uvas e residir na propriedade agrícola (para categoria Agronomia, Enologia ou Administração); Exercer atividades relacionadas ao Turismo, preferencialmente ao Enoturismo (para os inscritos na categoria Turismo); Exercer atividades relacionadas à Gastronomia (para inscritos na categoria Gastronomia); Não ter sido beneficiado por programa de intercâmbio ofertado pelo município.


11

FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020

TURISMO RURAL

Iniciado asfaltamento ao Salto Ventoso por meio do Prodetur Ordem para o começo da obra no primeiro trecho, que deve ir até a localidade de Linha Ely, foi assinada na terça à noite ao Badesul, cerca de R$ 7 milhões para viabilização desse trecho que liga ao Salto Ventoso, que são duas frentes de trabalho. Paralelo a isso, também vamos buscar R$ 4 milhões para iniciarmos o trecho de São José da Linha Palmeiro, para a rota que leva ao Santuário, dentro do Caminhos de Caravaggio”, destacou o prefeito Claiton Gonçalves. Este trecho inicial de obra deve levar o asfalto até a Linha Ely, que viabilizará a conclusão de praticamente metade do caminho. Conforme destacou o secretário de Turismo e Cultura, Francis Casali, a ideia, depois de encerrada esta primeira etapa, é de iniciar o trecho que vai de Nova Sardenha até

Linha Müller, seguindo com a retomada do trajeto de Linha Ely até o cartão postal e, para encerrar, do Salto Ventoso até à igreja de Linha Müller. Francis destacou que a obra vai, além de incrementar o turismo, melhorar a qualidade de vida dos moradores da localidade. A parceria com a comunidade foi ressaltada também pelo secretário Roque Severgnini, de Desenvolvimento Econômico, e pelo chefe do Executivo. “Muitas mãos participaram deste projeto e nossa intenção é entregar um serviço de qualidade e que atenda as demandas das famílias desta região, que precisam desta estrada todos os dias”, ressaltou Claiton. Durante a assinatura do

Rodrigo Martins/Prefeitura de Farroupilha

C

om cerca de quatro quilômetros de asfalto concluído, viabilizado basicamente por emendas parlamentares, o trecho que liga Farroupilha ao Salto Ventoso pode ter um incremento de execução da obra a partir da inclusão da cidade no Prodetur+Turismo. O Programa Regional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), vinculado ao Ministério do Turismo, permite aos municípios que aderirem à proposta, linhas de crédito para financiamento em instituições financeiras para diversas melhorias relacionadas à área, em especial, o asfaltamento. “Estamos buscando, junto

Melhoria Adesão ao programa do Ministério do Turismo permitirá viabilização do asfalto no restante do trecho que liga município a seu belo cartão postal

documento de início da obra, os líderes das Associações Pró Asfalto das Linhas Müller e Ely, Edson Borsoi e Loreno Fabro, se manifestaram e fizeram

um agradecimento especial às comunidades, através das comissões, pelo esforço e trabalho em conjunto com a administração municipal.


12

FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020

Será um longo ano legislativo Ramon Cardoso

Rodrigo Martins/Prefeitura de Farroupilha

Emenda do PSD para a PD

Acalorada Noite de abertura dos trabalhos foi pautada por muitas discussões, uma tônica do que deve ser o ano eleitoral

Para a educação Mônica, Claiton e Josiane na oficialização do empenho, na sede do Poder Executivo farroupilhense

Uma nota de empenho de emenda parlamentar, no valor de R$ 250 mil, de autoria do deputado federal Danrlei de Deus Hinterholz, do Partido Social Democrático (PSD/RS), foi encaminhada, por intermédio de sua assessora, Josiane Tumelero, à suplente de vereadora Mônica Agazzi, e entregue ao prefeito municipal Claiton Gonçalves, na manhã de segunda, na sala de reuniões anexa ao Gabinete do Prefeito, no Poder Executivo. O valor será destinado à Escola Municipal de Ensino Fundamental Presidente Dutra (PD), localizada no bairro Medianeira, para o fechamento lateral da quadra de esportes, construção de arquibancada, muro e aquisição de materiais para a prática de futsal, vôlei e basquete.

Esboço Prédio da unidade farroupilhense foi apresentado em reunião ocorrida na Capital

A ordem de manifestação

Como ficou Rede, PSD, PDT, PP, PT, MDB e PSB

Como era PT, PP, PSD, PDT, PSB, Rede e MDB Imagem: Reprodução

Parque Zenit tem anteprojeto apresentado

Na Reitoria da UFRGS, em Porto Alegre, foi apresentado, na manhã de terça, o anteprojeto do Parque Tecnológico Zenit Serra Gaúcha, que será construído na cidade, junto ao bairro Cinquentenário (veja imagem ao lado). O reitor, professor Rui Vicente Oppermann, mostrou a projeção da edificação e particularidades do prédio ao prefeito farroupilhense Claiton Gonçalves e ao florense Lídio Scortegagna, que representou a Amesne no encontro. Agora vem a parte mais complicada: a busca de recursos para viabilização da obra (confira matéria na Editoria de Educação, página 14).

A noite de abertura dos trabalhos na Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton mostrou que o ano promete ser quente no Parlamento. Foram quatro horas de sessão, que marcou também a estreia de Fernando Silvestrin como presidente. Como determina o regimento interno, foi colocado em votação a ordem de manifestação das bancadas na tribuna, alterando a sequência que habitualmente vinha sendo adotada. Veja como passa a ser a ordem a partir de agora abaixo.


13

FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020

ENSINO

Nova proposta na Pequenos & Sabidos Instituição de contraturno aposta no aprendizado mediado e nas vivências para que o aluno conquiste maior autonomia Estrutura física Instituição conta com amplo espaço externo e salas para todo o suporte de ensino

Fotos: Divulgação

com Josiane Goularte, também psicopedagoga e docente de Letras. A base segue os preceitos do psicólogo e educador Reuven Feuerstein, que prega a experiência da aprendizagem mediada como o grande estímulo do aprender. “Não é preciso dar respostas prontas, é preciso dar autonomia. Queremos promover novas experiências e conexões para que a criança se sinta provocada a ter autonomia chegando a uma solução no que é proposto”, considera Odair. A instituição conta com 2 mil metros quadrados de área e tem inclusive uma quadra de esportes e muita grama para atividades recreativas. Possui ainda uma horta e o que é cultivado vai direto para a cozinha, servido no almoço e lanches. As matrículas estão abertas e o convite é para que os pais e crianças conheçam as instalações e acompanhem de perto a proposta da equipe especialista no assunto: são psicopedagogos, pedagogos, terapeuta ocupacional e outras áreas da educação. O fone para contato é o 996.144.123.

Juliana Inês Casa Barbieri

C

om amplo espaço localizado no bairro São Luiz, a “Pequenos & Sabidos: Oficina do Saber” está de portas abertas há um mês. Criada para fazer a diferença e com proposta de trabalho que foca nas potencialidades da criança, tem o suporte de profissionais com formação diversificada na área da educação. Localizada na rua Emílio Teodomiro, 15, atende crianças dos 4 aos 12 anos de segunda a sexta, das 6h30min às 19h, sendo que em breve a proposta é atender também aos sábados pela manhã. Oferece reforço escolar, arte, dança, teatro, esporte, musicalização, culinária, horticultura, Inglês, Espanhol, desenvolvimento da psicomotricidade e acompanhamento nutricional. “A ideia foi proporcionar algo novo, com um olhar diferenciado para cada aluno”, destaca Odair Goularte, psicopedagogo, professor de Espanhol e um dos sócios-proprietários juntamente


14

FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020

INOVAÇÃO

Parque Tecnológico Zenit saindo do papel: anteprojeto apresentado Prefeito Claiton Gonçalves esteve reunido com Rui Vicente Oppermann, reitor da UFRGS, na manhã de terça, na Capital (Suinfra) da UFRGS, que destacou características da construção para que o espaço seja um local de inspiração e promoção de novos negócios. Diretora em exercício do Parque Zenit, Daniela Brauner reforçou que a intenção é incentivar a colaboração e fomentar a inovação no novo espaço. O reitor ressaltou o potencial da Serra Gaúcha que vai ao encontro do tipo de projeto que está sendo proposto e que a Universidade vai buscar apoio com todos os segmentos (governos, parlamentares, empresários e sociedade civil) para viabilizar a instalação do Parque Zenit na Serra. O momento, conforme frisou Oppermann, é de mobilização para obtenção dos recursos que viabilizem a obra, sejam eles públicos ou privados. O reitor afirmou que a Unidade Farroupilhense vai permitir disseminar ainda mais a visão empreendedora que tão bem caracteriza a região serrana. “Tivemos uma reunião muito boa. Podemos dizer que foi a primeira apresentação do que vai ser efetivamente o Parque Tecnológico Zenit. Fui convidado pelo fato do terreno estar localizado em Farroupilha, bem como a Amesne. Se avançou muito em relação ao primeiro

Fotos: Gustavo Diehl

A

tendendo convite do reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Rui Vicente Oppermann, o prefeito Claiton Gonçalves esteve, na manhã de terça, em Porto Alegre, na Reitoria da instituição federal de ensino superior, junto com o prefeito de Flores da Cunha, Lídio Scortegagna, que representou a Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne), para conhecer o anteprojeto das instalações do Parque Tecnológico Zenit Serra Gaúcha, que será instalado pela UFRGS em área doada pelo município, no bairro Cinquentenário, em acordo celebrado no final de maio do ano passado. Focado na promoção da inovação e do empreendedorismo, o projeto contempla quatro edificações que somam cerca de 12 mil metros quadrados. O prédio principal terá seis pavimentos com espaços flexíveis, que permitirão a instalação de startups e grupos de pesquisa em áreas privativas ou de coworking. O anteprojeto foi apresentado pela engenheira Magda da Silveira Elkfury, da Superintendência de Infraestrutura

Avançando Apresentação na Reitoria da UFRGS foi coordenada pelo reitor Oppermann e contou com a presença do prefeito farroupilhense Claiton Gonçalves e do florense Lídio Scortegagna (ao lado)

projeto, já que agora temos um físico. É um projeto muito bonito, fantástico, que já contempla, no espaço, na diferença de terreno, toda uma construção de engenharia e arquitetura própria para a edificação”, explicou Claiton.


15

FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020

RUBRO-VERDE

Brasil faz amistoso contra o Guarani Time encara rival neste sábado, às 15h30min, no Edmundo Feix, em Venâncio Aires, no primeiro compromisso da pré-temporada Ramon Cardoso

O

Brasil

primeiro Brasil de 2020 vai a campo neste sábado. Às 15h30min, em Venâncio Aires, o rubro-verde encara o rubro-negro Guarani, no Estádio Edmundo Feix. Concluída a terceira semana de pré-temporada, é o momento ideal para começar a dar ritmo de jogo à equipe, já que a etapa de preparação está justamente na metade, restando três semanas para a estreia na Segundona, dia 1º de março, contra o Igrejinha, fora de casa. “A intenção é de sair jogando com a equipe ideal, até mesmo para dar ritmo de jogo aos atletas que, neste primeiro momento, ocupam a condição de titular, mas também pretendo rodar um pouco o pessoal. Porém, a ideia é de ver o máximo que puder dos atletas sem, claro, forçar uma sobrecarga”, destacou o técnico Rodrigo Bandeira. Iniciados ainda na semana passada, os coletivos foram a tônica dos trabalhos nesta semana. Os atletas estão ainda um pouco ‘presos’ pela carga das atividades físicas, necessárias para suportar a temporada, mas a tendência é que o ritmo seja aos poucos adquirido com os amistosos preparatórios, que passam a ser intensificados nesta metade final de pré-temporada. Após o confronto diante do Guarani, na próxima quinta o Brasil realiza um amistoso contra o Caxias, às 16h, no Centenário, em Caxias do Sul e, no dia 15, o rubro-verde duela contra o Aimoré, às 10h30min, no João Corrêa da Silveira (Cristo Rei), em São Leopoldo.

Para soltar o time Apronte: coletivos realizados ao longo da semana, nas Castanheiras, foram voltados ao primeiro amistoso da temporada, neste sábado

Amistoso preparatório à Segundona Gaúcha

X Quando: neste sábado, às 15h30min Onde: Edmundo Feix, em Venâncio Aires

Preliminar

Atrás de novas gurias rubro-verdes

Buscando reforçar ainda mais o elenco do time feminino, o Brasil realiza uma peneirão no próximo dia 15, às 14h, nas Castanheiras. Gurias a partir dos 16 anos podem participar da avaliação, que será coordenada por integrantes da comissão técnica. A seletiva contará com todo aparato médico e serviço de ambulância. As interessadas devem comparecer com chuteira, caneleira, meião e calção, sendo os demais materiais fornecidos pelo clube. É necessário documento de identificação com foto, ficha de cadastro (fornecida no ato da inscrição), atestado médico (para menores de 18 anos) e taxa de inscrição no valor de R$ 10,00. Informações pelos fones (54) 3261-7020, 991.244.672 ou 999.228.350.


Manuela e a paixão pela Sétima Arte em projeto inovador Arquivo RBSTV

Imagem: Reprodução

Zenit saindo do papel

Ramon Cardoso

Anteprojeto do Parque Tecnológico é apresentado na Reitoria da UFRGS Editoria de Educação, página 14

Primeiro Brasil de 2020

Farroupilhense é fundadora da Lora, curadoria de cinema independente que tem como Rubro-verde vai a Venâncio Aires encarar o Guarani neste sábado à tarde foco a democratização da telona Inside, capa e página 3 Editoria de Esporte, página 15


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020

ATENDIMENTO MÉDICO

Faltas em consultas chegam a 11% São cerca de mil pessoas ao mês que poderiam já estar atendidas pela rede pública e que não comparecem aos agendamentos

I

magine que no último 18 de dezembro estavam agendadas 16 endoscopias e outros procedimentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no Hospital Beneficente São Carlos e, destes, apenas dois pacientes compareceram. Isso mesmo, houve 14 desistências sem comunicado prévio. Esse é um dos cenários que desafia a Secretaria Municipal de Saúde: conscientizar a população sobre a importância de desmarcar em caso de não possibilidade de comparecimento, permitindo que outro paciente seja atendido. “É importante que a população avise porque o médico está disponível, a equipe de atendimento também, estamos investindo. É preciso ter resolutividade”, considera Davi Almeida, responsável interino pela Secretaria Municipal de Saúde, lembrando que desde 2017 era de 35% a falta nas consultas agendadas e, em 2019, após campanha de conscientização, esse índice baixou para 11%. Na Atenção Básica em 2019 foram realizados 100.466 atendimentos e as consultas especializadas foram 31.696, teve ainda 13.242 ausências

registradas. O Posto de Saúde do bairro América é o que mais contabiliza faltantes, com 2.353 em 2019; depois vem o São José com 1.682, o Central com 1.609, o 1º de Maio com 1.494, o Centro Especializado de Saúde (CES) com 1.055 e o Medianeira com 1.007 faltas. “Nos perguntam se há algum tipo de punição para quem agenda e não comparece. Estamos aí para ouvir as pessoas, atender e não penalizar, o SUS é para todos”, sentencia o secretário, mesmo que na maioria das situações as faltas registradas aconteçam por descaso, situações em que a saúde não é prioridade para aquele paciente ou família e até mesmo pelo esquecimento. “O que queremos é ofertar o atendimento e a maior prevenção para isso é o diálogo com a comunidade”, reforça. Com essas faltas, são cerca de mil pessoas ao mês que poderiam já estar atendidas e que acabam na fila de espera. Em casos de serviços especializados fora de Farroupilha, a Secretaria fornece transporte gratuito. Para Caxias do Sul são três horários, cerca de 60 pessoas diariamente. Para Porto Alegre é uma vez ao dia. “Damos transporte, realizamos agendamentos, disponibilizamos toda estrutura e o que precisamos é que as pessoas compareçam”, reforça Davi.

Divulgação

Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br

Faltas em exames e consultas médicas Mesmo com a redução de 35% para 11%, a meta é zerar a ausência de pacientes

Atendimentos em 2020 e orientações da Secretaria

No atendimento odontológico de janeiro deste ano, dos 16 procedimentos agendados no Centro Especializado, sete pacientes não compareceram. No mesmo período, a falta em consultas médicas foi de 7,68% nas básicas e 9,28% nas de especialidade, num total de 1.076 faltantes. Em janeiro também foram realizados 13.099 exames laboratoriais e registradas 801 faltas. Caso o paciente não possa comparecer à consulta/exame deve comunicar imediatamente pelo mesmo sistema que utilizou para o agendamento. É possível avisar a Secretaria Municipal de Saúde ou diretamente na Unidade Básica de Saúde. Essa ação é importante para que a vaga não seja perdida e outro paciente que aguarda na fila seja beneficiado.


Compromisso com a Cidade. Compromisso com Você

FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020

Linha Vegana nos cuid

Aposte nos produtos vega Equipe Espaço da Beleza *

T

odo mundo quer se cuidar, mas, para te auxiliar na rotina de cuidados diários da pele, selecionamos 6 erros muito comuns durante essa rotina. Quer conferir se você está fazendo um deles? Dá uma espiada abaixo. 1º erro Limpar a pele com sabonetes que retiram a camada de proteção da pele. Sabonetes agressivos costumam retirar em excesso a camada de proteção da pele, deixando a pele exposta aos agentes externos. E quanto mais exposição, mais a pele envelhece. Por isso, utilizar sabonetes não agressivos é fundamental para deixar a pele saudável. Nesse quesito, recomendamos os sabonetes livres de sulfato. 2º erro Usar produtos cosméticos com base não adequadas ao seu tipo de pele. Esse erro é muito comum, principalmente no uso de maquiagens. Se sua pele é oleosa, ou mista, os cosméticos que você utiliza precisam ser em base gel, líquido, sérum ou loção suave. Se você aplicar um produto em base creme, sua pele tenderá a ficar mais oleosa. Por isso, atenção aos produtos de tratamento e às maquiagens que você tem aplicado na pele. Se sua pele for normal ou seca, a preferência é por produtos em base creme ou loções. 3º erro Não retirar a maquiagem corretamente. Usar um demaquilante para retirar a maquiagem diariamente é fundamental. Mas na escolha do demaquilante, procure por produtos sem álcool, pois as formulações com álcool geralmente ressecam a pele. 4º erro Achar que a pele oleosa não precisa de hidratação. Esse é um erro muito comum. A pele oleosa precisa de hidratação, o que muda, nesse caso, é a base do produto cosmético utilizado. Nas peles oleosas, indicamos a hidratação com séruns, géis, líquidos ou loções suaves. 5º erro Esfoliar a pele mais de uma vez por semana. A esfoliação é muito boa para a pele, mas deve ser realizada com moderação. Uma vez por semana é a frequência máxima para esfoliar a pele. Nesse passo, dê preferência por esfoliantes com microesferas arredondadas, que não causem arranhaduras na pele. 6º erro Esquecer que protetor solar precisa ser reaplicado durante o dia. Independentemente se você usa protetor solar 25, 30, 40, 50 ou 60, todos os protetores solares precisam ser reaplicados du-


Compromisso com a Cidade. Compromisso com Você

FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020

dados com a pele !!!

anos para tratar diariamente sua pele, eles devolvem viço e luminosidade Imagem: Reprodução

rante o dia. Por isso, a segredo é você ter um protetor solar na bolsa, ou na gaveta do trabalho, e reaplicar o protetor. Saiba mais Gostou das dicas de hoje? Venha conhecer nossa linha de produtos veganos. Avaliamos sua pele e orientamos o produto ideal. Tenha um fim de semana incrível! * Espaço da Beleza Centro Estético Independência, 555 – Centro de Farroupilha Fone (54) 3268-5511 WhatsApp: 981.195.645 Fan Page: Espaço da Beleza Site: www.spabeleza.com.br


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020

LUTA DE TODOS

Dia Mundial de Combate ao Câncer: mudança de hábito é vital para reduzir o impacto da doença Iniciativa da União Internacional para Controle do Câncer, campanha é disseminada no País pela Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama e faz apelo à população para investidas na área de conscientização e prevenção

R

ealizada anualmente, sempre no dia 4 de fevereiro, o Dia Mundial de Combate ao Câncer, a ação chegou, em 2020, à sua 20ª edição. No plano global, a campanha é coordenada pela União Internacional para Controle do Câncer (UICC), com apoio nacional feito pela Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama). Dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) estimam que 600 mil novos casos de câncer surgiram no Brasil no ano passado, mas existe a possibilidade desse número ser maior, já que a base de dados apresenta defasagem em relação a notificações e atraso no repasse de informações sobre a ocorrência da doença. A Femama estimula a população a participar da campanha

que tem como tema “Eu Sou e Eu Vou”, que faz um alerta para que as pessoas avaliem seus hábitos e se conscientizem para fazer reduzir o impacto do câncer em suas vidas, de familiares e amigos. “O movimento tem como objetivo alertar sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer, pois quanto mais cedo ele é descoberto, maiores as chances de cura na grande maioria dos tipos. A campanha trienal quer ressaltar que o esforço de cada um, seja mudando hábitos próprios ou influenciando positivamente as pessoas ao seu redor, contribui para a redução de fatores de risco para o câncer no longo prazo”, explica a presidente voluntária da Femana e chefe do Serviço de Mastologia do Hospital Moinhos de Vento, Maira Caleffi. No Brasil, ainda são muitos os

desafios a serem vencidos. Apesar dos avanços da Medicina para o rastreamento e tratamento, a demora para obter o diagnóstico correto e iniciar o tratamento adequado afasta os pacientes do sistema público da cura. De acordo com dados do Tribunal de Contas da União (TCU), pacientes com câncer esperam em média 200 dias até receber seu diagnóstico. Além disso, quando diagnosticado em estágios mais avanços, o tratamento tende a ter impacto negativo no orçamento do governo e dos planos de saúde. Com o objetivo de mudar essa triste realidade, a Femana e sua rede de apoiadoras, mobilizou o Congresso Nacional durante cinco anos para aprovação da “Lei dos 30 Dias”, que estabelece que os exames necessários para confirmação do diagnóstico de câncer

sejam realizados no Sistema Único de Saúde (SUS) no prazo máximo de 30 dias. A lei foi sancionada em outubro pelo presidente em exercício, Hamilton Mourão, e entrará em vigor em abril deste ano. Vencida esta etapa, é preciso fiscalizar sua regulamentação para garantir sua aplicação na prática. “Nenhuma lei cria infraestrutura de imediato, mas norteia as prioridades e esforços governamentais. Uma doença tão prevalente, com altas chances de cura se estiver em estágio inicial, precisa receber uma atenção maior também no sistema de atenção primária. Nesse cenário, a regulamentação da Lei dos 30 Dias é fundamental para que haja transparência e controle dos esforços para reduzir a demora do diagnóstico no curto e no médio prazo e salvar vidas”, defende Maira.


Música

Autoria Festival reúne Baterya Fox, EntreTantos, The Furniture e TwoTwo, entre outras atrações, no domingo à tarde do Muinho Página 5

Inside

Bem-Estar

Caindo da cama: sábado é dia da 2ª edição do Prática de Yoga ao Amanhecer, do Estúdio Sattva Yoga Shala Página 8

SÉTIMA ARTE

Propagando o cinema independente Farroupilhense Manuela é a responsável pela criação da Lora, empresa que auxilia na democratização do acesso à telona yasmin@jornalinformante.com.br

F

oi percebendo que poderia entender o mundo por meio das telas do cinema que a farroupilhense Manuela Fetter Nicoletti criou a Lora. A empresa é uma curadoria de cinema independente, que seleciona obras do mundo todo que não foram distribuídas no Brasil, licenciam, legendam e apresentam ao público em espaços alternativos, na Capital. A ideia é democratizar o acesso a esses filmes. Formada em Relações Internacionais e Administração, Manuela criou a Lora a partir de seu TCC do curso de Relações Internacionais, que foi selecionado para a Incubadora de Negócios da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM). A ideia saiu do papel em 2017 e, desde então, está ocupando espaços públicos e privados e os revitalizando através das exibições. “Eu gostava muito de cinema, mas percebia que a gente só tinha oportunidade de compreender sobre os fatos históricos e as transformações sociais através da perspectiva norte americana. A gente tem muito acesso

Arquivo RBSTV

Yasmin Signori Andrade

Cinema para todos Manuela na Escadaria da Borges de Medeiros, em Porto Alegre, onde acontecem os maiores eventos da Lora

a filme americano e resulta que eles acabam nos contando a história do mundo”, relata Manuela. Pesquisando filmes em catálogos de festivais de cinema pelo mundo, a fundadora entrava em contato com diretores e produtores. Buscou recursos para legendar e licenciar legalmente e trazer os longas para cá. Filmes húngaros, islandeses, israelenses, iraquianos, africanos, senegaleses, franceses, entre outros, chegam até os porto-alegrenseses de diversas formas. “Começamos a montar programações para museus, galerias, escolas, universidades, e também na rua, e aí entra então o papel da empresa em relação à democratização do acesso a estas obras”, aponta Manuela. Nas ruas, são exibidos gratuitamente. “Desta forma damos acesso a conteúdos que muitas vezes não chegam de forma tradicional para todos”, frisa. Além da fundadora, que faz a curadoria e administração, a Lora conta com Giovani Barbieri, como diretor de produção; Paula Leão, como assistente de produção; Giovana Birck, como cenógrafa e diretora de arte; e Felipe Shorn, como técnico audiovisual. Segue na página 3


Inside

2

FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020

Cinemas Shopping Iguatemi (RST-453, quilômetro 3,5) Cinemas Imagem: Reprodução

GNC 1: Frozen 2 (dublado) - às 14h GNC 1: Minha Mãe é uma Peça 3 - às 16h10min GNC 1: Os Órfãos (dublado) - às 18h40min GNC 1: Jumanji: Próxima Fase (dublado) - às 21h GNC 2: Frozen 2 (dublado) - às 13h10min e 15h20min GNC 2: Aves de Rapina (dublado) - às 17h30min GNC 2: Minha Mãe é uma Peça 3 - às 19h45min e 22h GNC 3: Bad Boys Para Sempre - às 13h50min (dublado) e 21h50min (legendado) GNC 3: 1917 - às 16h25min (dublado) e 19h (legendado) GNC 4: Aves de Rapina - às 14h10min e 19h10min (dublado), 16h40min e 21h40min (legendado) GNC 5: Aves de Rapina - às 13h30min e 18h30min (legendado), 15h50min e 20h50min (dublado) GNC 6: Um Espião Animal (dublado) - às 13h40min GNC 6: Aves de Rapina (dublado) - às 18h50min GNC 6: Jumanji: Próxima Fase - às 16h (dublado) e 21h30min (legendado) Ingressos: segunda e quinta (exceto feriado e Carnaval) a R$ 24,00 e R$ 30,00 (salas 3d); terça e quartas (exceto feriado e Carnaval) todos pagam meia entrada; sexta a domingo e feriado a R$ 28,00 e R$ 34,00 (salas 3d). Meia entrada todos os dias para menores de 18 anos e maiores de 60 (mediante apresentação de identidade), estudantes (mediante apresentação de Carteira de Identificação Estudantil), pessoas com deficiência (com documento que a comprove), cliente Movie Club Preferencial (cartão verde fidelidade GNC).

Shopping San Pelegrino (Avenida Rio Branco, 425) * Obs: o site do Cinépolis traz apenas os horários dos filmes, mas não informa em qual sala serão exibidos Bad Boys Para Sempre - às 13h45min e 19h15min (dublado), 16h30min e 22h10min (legendado) Frozen 2 (dublado) - às 14h Aves de Rapina - às 12h, 12h30min, 14h30min, 15h, 17h, 17h30min, 19h30min, 20h e 22h (dublado), 13h30min, 16h, 18h30min e 21h (legendado) Os Órfãos (dublado) - às 21h45min Minha Mãe é uma Peça 3 - às 16h20min, 19h e 21h30min Jumanji: Próxima Fase (dublado e em 3d) - às 12h45min e 18h15min 1917 - às 15h30min Ingressos: nas salas tradicionais, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 23,00 e R$ 11,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 25,00 e R$ 11,50 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 26,00 e R$ 13,00 (meia). Nas salas 3d, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 14,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 15,00 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 32,00 e R$ 16,00 (meia).

Sala de Cinema Ulysses Geremia (Luiz Antunes, 312) * Programação não informada até o fechamento desta Edição Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (estudantes e sênior)

A grande estreia Também atuando na produção do longa, a bela e talentosa atriz australiana Margot Robbie encarna Arlequina em “Aves de Rapina”. Baseado nos quadrinhos da DC Comics, tem roteiro da inglesa Christina Hodson e direção da chinesa Cathy Yan, ação que monopoliza as atenções neste final de semana nas salas de cinema


FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020

Inside

3

Cinema

Ocupando espaços com a Sétima Arte acontece dia 8 de março e é uma parceria com a UniFrance, e terá exibição de filmes franceses. Este ano contam com patrocínio e realização do Consulado Francês de São Paulo via Aliança Francesa de Porto Alegre. Por ser o Dia Internacional da Mulher, a programação será toda voltada a elas, e a seleção é de curtas com realizadoras mulheres. “Pretendemos ainda realizar exibições em outros locais do Estado. Inclusive acabamos de nos inscrever no FAC (Fundo de Apoio à Cultura), com um projeto de cinema itinerante, que pretende passar por cinco cidades do Estado que não possuem salas de cinema”, projeta Manuela, sempre pensando na democratização do acesso à Sétima Arte.

Prestígio Na 3ª edição do Cine Escadaria da Borges, público ocupou espaço para curtir a exibição da Lora: telona em um símbolo da Capital

Tarde de sol Cine Ar fez parte da programação do Instituto Ling, que explorou os cinco sentidos: um ano do trabalho que foi muito especial

Fotos: Caio Amon

N

os seus três anos, a Lora já atingiu milhares de pessoas. Entre os momentos de destaque está a programação “Cine Sentidos”, que aconteceu início do ano passado, no Instituto Ling, na Capital. Foram cinco meses de cinema sensorial, onde cada exibição trabalhava um dos sentidos. Já neste ano, a Lora fez parte do “Cine Verão”, onde exibiram três curtas brasileiro na orla do Guaíba, com patrocínio na Unimed e realização do Porto Verão Alegre. “Também tivemos a honra de exibir o longa-metragem do Kleber Mendonça Filho, o Bacurau, que já teve grande representatividade fora do País. Foi a primeira vez que exibimos um longa na rua e deu super certo”, lembra Manuela. Dentre as próximas programações da Lora estão o “Cine Linha”, que acontece em fevereiro com data ainda a definir. Também o “Cine Escadaria”, que

Time Lora Giovana, Felipe, Manuela, Giovani e Carlos Machado, que auxilia a empresa, em frente ao Instituto Ling, que recebeu uma programação de exibição

Pyetra Salles

Alice D’Almeida

Obra premiada Bacurau: Lora exibiu o filme que conquistou o Prêmio do Júri no Festival de Cannes na rua Comendador Camargo, em PoA


Inside

4

Crônicas da Redação Ramon Cardoso

ramon@jornalinformante.com.br

Agenda

Tergiversar, uma das SEXTA muitas especialidades que Baile do Helicoca, Funk, Trap e Proibidão Muinho Club (Mal. Floriano pauta a agenda da esquerda Peixoto, 190), às 23h Noites de Verão com Grupo Sem Razão Deck 256 (Gonçalves Dias, 306), a partir das 20h

SÁBADO

DOMINGO Fuzuê! Especial Pré-Carnaval Euro Garden (RSC-453, 2.276), às 16h

ão

lg

vu

Nego Di com show “Inconsequente” Caverna Comedy Club (República, 445, subsolo), às 20h30min Boteco do Chá apresenta Rodrigo Lorenzo e Banda Boteco do Chá (Rômulo Noro, 555), às 23h30min Vinho com Estilo Adega Chesini (Vila Rica), às 15h30min

Saga da Uva: A Experiência Casa Perini (Vale Trentino), às 9h Summer Time com Long John Blend Container (Mal. Floriano Peixoto, 370), às 15h

Di

Nem de perto acho Pedro Bial grande coisa. O respeitava muito como jornalista, um cara que cobriu, in loco, a Queda do Muro de Berlim, um dos episódios mais decisivos da história, até o momento em que se sujeitou a ser um palhaço de circo no BBB, jogando sua reputação no lixo. Porém, Bial concedeu entrevista à Rádio Gaúcha nesta semana e destroçou Petra Costa, uma cineasta que acha que é cientista política e que produziu o surreal “Democracia em Vertigem”. “Eu dei muita risada. Achei muito engraçado o filme. É um non sequitur atrás do outro. É aquela figura de linguagem de que você tira conclusões de que algo leva a algo sem que uma coisa tenha a ver com a outra. Cria uma relação de causa/consequência com coisas que não têm a menor relação causal. O filme dela é todo assim”, sintetizou Bial, chamado ao programa por ter também uma carreira ligada à área cultural e, vale lembrar, por conta da série de entrevistas cretinas dadas pela cineasta nos Estados Unidos, distorcendo fatos e verdades (sua especialidade) em favor da criminosa agenda da esquerda. Seguiu o jornalista. “Acho que a leitura mais interessante do filme é a psicanalítica. É o filme de uma menina querendo dizer para a mamãe que fez tudo direitinho... que somos da esquerda, somos bons, nós não fizemos nada, não temos que fazer autocrítica, foram os maus do mercado, essa gente feia, homens brancos que nos machucaram e nos tiraram do poder... é uma ficção alucinada, uma mentira”. Perfeito. Lembrou o Bial do final dos anos 80, início dos anos 90. Dilma Rousseff, a estocadora de vento, ficou toda atacadinha. Foi ao Twitter e chamou o jornalista de sexista e misógino, embora tenha quase absoluta certeza de que ela não saiba o que isso significa. E não teve nada disso, pra começo de conversa. A crítica foi sobre a obra, que é uma comédia bizarra, de verdade distorcida ao extremo, que tenta se travestir de documentário. Evidente que não consegue. Pois bem, minutos depois da ex-presidente (que permanece solta não sei como, só no Brasil mesmo) esbravejar, José de Abreu, esse ícone esquerdista, em entrevista à Falha, em áudio enviado a Mônica Bergamo (aquela jornalista que via suásticas em todos os lugares desenhadas por eleitores do candidato Jair Bolsonaro no período eleitoral), saiu com a pérola da semana, forte concorrente a pérola do ano. “Vagina não transforma fascista em ser humano”, disparou o ser iluminado, ao criticar a atriz Regina Duarte por ter aceito ingressar no governo Bolsonaro. A baixeza e grosseria, podem ter certeza, não sofrerá nenhuma reprimenda da rainha da mandioca, de sua turma e de feministas. Tempos atrás, Lula questionou “onde estavam as mulheres de grelo duro do partido?”. Maria do Rosário disse que não viu nada de machista no comentário. Ou seja, em resumo, não importa o que é dito, mas quem diz. Pra essa gente, só é ser humano quem gritava “Lula livre” e agora grita “Lula inocente” e “Foi gópi”. Ou seja, chutando alto, uma meia dúzia.

FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020


FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020

Inside

5

Música

Os sons da cidade reunidos Autoria Festival reúne quatro bandas farroupilhenses, arte visual e dança no Muinho, neste domingo à tarde Fotos: Divulgação

C

om o objetivo de construir um evento multicultural e também arrecadar recursos para futuros projetos musicais, quatro bandas independentes de Farroupilha criaram o “Autoria Festival”. Baterya Fox, EntreTantos, The Furniture e TwoTwo são as bandas que uniram forças para, junto com o Muinho Club e a produtora K’Sound, fazer o evento que acontece neste domingo, a partir das 14h. “Ano passado a cidade passou por uma efervescência de bandas locais. Foi algo natural e sinérgico que as bandas se reunissem e começassem a planejar ideias em conjunto. O Autoria Festival é o primeiro passo. Estamos pensando em mais ações durante este ano”, projeta Nícholas Fonseca, da EntreTantos. Os ingressos antecipados para o festival custam R$ 15,00. Podem ser adquiridos na Akústica Musical (Independência, 399), com as bandas ou online no bit.ly/ingressoautoria e dão direito a um chopp. O evento também conta com rodada dupla de chopp das 14h às 16h. “As quatro bandas têm músicas autorais sendo produzidas, portanto a ideia é repartir para cada grupo o que for arrecadado com os ingressos para gravação dos seus singles ou futuros discos”, adianta Nícholas. Além de apresentação das bandas o Autoria reúne mostra de arte

Baterya Fox Segue a linha indie e modern rock e já possuem dois singles lançados: “Tracy’s Blue Cigarettes” e “Devil Might Laugh”

EntreTantos Nasceu como projeto do IFRS Campus Farroupilha e, em 2019, se concentrou na gravação do seu primeriro álbum, o “Interprete!”

The Furniture Com quatro meses de existência, já conta com três músicas autorais: “Stay by the Door”, “Honey” e “Just Another One About the Same Girl”

TwoTwo Surgiu em 2019 e no repertório autoral estão músicas como “Pressure”, “The Cops Never Catch You” e “Come Home” e neste ano querem lançar EP

visual, danças, entre outras atrações, para proporcionar ao público farroupilhense uma tarde cultural agradável. A expectativa é que, além do público fiel das bandas, novas pessoas possam conhecer o trabalho dos artistas.

Programe-se O que: Autoria Festival Quando: domingo, às 14h Onde: Pátio do Muinho Club (Mal. Floriano Peixoto, 190) Quanto: R$ 15,00. Ingressos antecipados na Akústica (Independência, 399), com as bandas ou online no bit.ly/ingressoautoria


O

No Amanhecer

Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio recebe, neste sábado, mais uma edição do evento Prática de Yoga ao Amanhecer. A atividade é realizada pelo Estúdio Sattva Yoga, inicia às 6h e é aberto ao público. Participe!

Pré Carnaval

Rola no Euro Garden, neste domingo, mais uma edição da festa Fuzuê. Na programação está o preview oficial do Bloco da Ovelha, com a presença da bateria completa do grupo, mais discotecagem dos DJs Zinho, Mena e Marcelo Heck. O agito começa às 16h.

No sábado, os pais Felipe Bertoletti e Fernanda Zim aninhos da sua filha, Cecília Zimmer Bertoletti, na ca

Conhecimento

A modelo farroupilhense Camila Grando está fazendo temporada internacional em Kuala Lumpur, na Malásia, e aproveitou seu tempo livre para conhecer as famosas Petronas Twin Towers

Fotos: Arquivo Pessoal

O Espaço Holístico Despertar realiza, no dia 1º de março, o curso de Reiki nível 1. A atividade será ministrada pela facilitadora Adriana de Cesero. Inscrições e informações podem ser obtidas pelo fone (54) 999.748.472.

Letícia Cemin c na festa que a Em família, Fabiano, Ariane e Lisa Feltrin curtem férias em Maceió

Renata Prestes Martins recebendo o carinho da sua filha Rafaela, durante o chá de bebê do Lucas, que está previsto para nascer em março


Daniela De Rocco

Cristiano de Oliveira

curtiu o sábado à noite agitou o Boteco do Chá

Gi Franceschet Fotografia

mmer celebraram os 5 asa de festas Ticabum

A doutora Mariana Nardi celebrou nesta semana um ano de atuação na área odontológica em seu novo espaço, localizado na Rua da República

Os pais Talita Apolinario Hermann e Pompeu José Abel Junior felizes da vida no ensaio que marcou a chegada do seu bebê, que ganhou o mesmo nome do papai, Pompeu

Celebrando

Fique por Dentro

Nesta semana a doutora Mariana Nardi, que atua na área odontológica há mais de 6 anos, celebrou um ano em seu novo espaço de trabalho, na Rua da República, nº 617, sala 41. A profissional atende em diversos segmentos como implantes, próteses, ortodontia e odontopediatria.

Dia Divertido

Para animar a tarde das crianças, no dia 16 desse mês o Sesc promove o Festival de Bolhas Gigantes. A programação é gratuita e não necessita de inscrições antecipadas. Na data, haverá a apresentação com as bolhas de sabão e posteriormente serão entregues baldes e varinhas para quem quiser ter a experiência. O evento começa às 14h30min.


Inside

8

Fabrício Oliboni

Bem-Estar

fabrioliboni@gmail.com

Vida na estrada

* Agente de intercâmbio e bacharel em Relações Internacionais

Dia amanhecendo com Yoga Estúdio Sattva Yoga Shala promove evento aberto ao público e gratuito em Caravaggio Ketlin Kruger

Há um mês eu me mudei para São Paulo capital. Nos primeiros dias fiquei hospedado no apê de um amigo, até que fosse definido onde eu iria morar, pois não saí com isso certo. Foi uma mudança meio abrupta, definida em poucos dias. Visitei algumas opções, e a decisão foi tomada em pouco menos de duas semanas. Nessas duas semanas restantes eu passei apenas três dias no meu apartamento. Em um mês eu já passei por oito cidades diferentes a trabalho. Inclusive hoje, estou em uma que ainda não conhecia, Indaiatuba, ao lado de Campinas. Fazendo as contas aqui, até o final de março eu passarei por mais 10 cidades, em sete Estados diferentes. Se eu chegar a 10 dias em “casa”, será muito. Entre aspas, pois a minha casa tem sido a estrada. Não reclamo dessa rotina, muito pelo contrário. Lutei muito para chegar onde estou e sou grato pelas oportunidades que tenho tido ao longo dos últimos anos. Gosto de estar na estrada, viajando, conhecendo novas pessoas e cidades, aprendendo e buscando ser uma versão melhor de mim a cada dia. Os períodos de viagem são propícios a isso. Levam a muita reflexão e pedem alguns momentos de fuga e análise geral do que vem acontecendo. No entanto, há algumas particularidades curiosas nessa vida de rodoviárias, aeroportos e hotéis. Sem considerar o trabalho, com quem eu mais converso durante essas viagens são os motoristas de aplicativos, como o 99 e o Uber. Os deslocamentos de ida e volta propiciam boas conversas, mesmo que elas sejam um tanto quanto repetitivas para mim, pois de cara a pergunta é para onde vou, cheguei de onde e qual a minha área de atuação. Logo estamos conversando sobre viagens, já que o meu trabalho envolve viagens e, para executá-lo, tenho de viajar muito. Viagens, viagens, viagens. Tem a ilusão de que nessas viagens você conhece muito bem os lugares. Essa é clássica. A maior parte do tempo passo trabalhando, então sobra pouco tempo para isso. Mas dá para ver algumas coisas sim, organizando bem, dormindo pouco e sendo rápido. Contudo, só de estar em outra cidade, pessoas diferentes, culinária que difere da que você está acostumado, outro sotaque... isso tudo já conta como uma experiência muito bacana. Não consigo aproveitar tanto quanto eu gostaria, mas é possível curtir, sim. A cada viagem aprendo mais nesse sentido, de saber extrair muito em pouco tempo, e saber priorizar, assim como concentrar-me no mais importante, manter o foco no local e na proporção correta. Embora sejam curtos e esporádicos, passo a aproveitar cada vez mais os momentos de descanso, em casa. Viajar é ótimo, mas uma pausa nessa rotina incessante vale demais. Valorizar as pequenas coisas é essencial. O equilíbrio é vital e ajuda a administrar a correria com a calmaria. Precisamos dos dois, e sabendo lidar com cada um de forma saudável, a coexistência deles torna tudo muito melhor. Nesse momento me encontro deitado em uma cama de hotel. Jantei algo que pedi pelo Ifood, trabalhei um pouco daqui mesmo e em seguida vou dormir, pois amanhã o dia vai ser puxado. Acordarei cedo para poder dar uma volta na cidade antes do trabalho, pois ainda vi pouco daqui. Adrenalina, correria, descanso, trabalho, turismo... equilíbrio. E assim segue a vida na estrada.

FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020

I

Unidos pelo bem-estar No ano passado 75 pessoas foram até o Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio para o Yoga ao Amanhacer

niciar o fim de semana praticando exercício com uma bela paisagem ao fundo. Essa é a proposta da 2ª edição do Prática de Yoga ao Amanhecer, promovido pelo Estúdio Sattva Yoga Shala. Gratuita e aberta ao público, a atividade acontece neste sábado, às 6h, na Esplanada do Santuário de Caravaggio. “Queremos proporcionar, a quem quiser, um momento de conexão e de muita energia boa em um lugar tão especial como o Santuário. É também uma oportunidade de apresentar a prática a quem ainda não conhece”, aponta Gitana Fernandes, instrutora que irá conduzir a atividade. Para participar não é preciso conhecer a prática, basta ter vontade de aprender algo novo e estar no local e hora marcados. A sugestão é que o praticante leve seu tapete de yoga, colchone-

te, toalha ou canga para ficar confortável. Na 1ª edição do evento, 75 pessoas se reuniram para realizar a atividade ao amanhecer. “No ano passado foi incrível. Tivemos muitos pedidos para que a prática fosse feita novamente. O Santuário nos acolheu com muito carinho”, ressalta Gitana. O evento é um convite a conhecer a prática milenar que auxilia na redução do estresse, melhora a qualidade do sono, o foco e a concentração, além do condicionamento físico.

Programe-se O que: Prática de Yoga ao Amanhecer Quando: sábado, às 6h Onde: Esplanada do Santuário de Caravaggio Quanto: evento gratuito


Inside

FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020

9

Paulo Roque Gasparetto

Bem-Estar

prgasparetto@terra.com.br

Buscando conhecimento e inteligência emocional Empresa de desenvolvimento humano Eleva’ss promove evento gratuito na quinta Fotos: Divulgação

I

nteligência Emocional x Felicidade é o tema da palestra que acontece na próxima quinta, na Câmara de Vereadores, das 19h30min às 21h30min. Promovido pela Eleva’ss, o evento busca auxiliar pessoas a buscarem sua inteligência emocional com o objetivo de melhorar suas relações. Para participar basta doar 1 litro de leite, que será destinado ao Hospital Beneficente São Carlos e se increver pelo link bit.ly/ InteligênciaEmocionalxFelicidade. A Eleva’ss é uma empresa farroupilhense de treinamento e desenvolvimento humano, formada por Eliara Slomp, Jaqueline Perottoni, Kariny Macedo e Simone Onzi. Por meio de treinamentos, palestras, mentorias e coaching, a empresa busca impolsionar pessoas, equipes e negócios para a realização pessoal e profissional. Dentre os conteúdos abordados na palestra de quinta estão os conceitos de inteligência emocional e felicidade, como lidar com as emoções no dia a dia, lei da atração na prática, as crenças que definem os resultados para sua vida e a interferência das emoções na felicidade humana. “O tema surgiu pois é uma demanda da sociedade atual, onde as pessoas estão buscando conhecer melhor suas emoções, bem como saber lidar bem com elas”, aponta Jaqueline, que conduzirá a palestra.

Auxiliando pessoas Eliara, Jaqueline, Kariny e Simone são as promotoras da palestra que vai acontecer na próxima quinta e, juntas, formam o time da Eleva’ss

Programe-se O que: Palestra Inteligência Emocional x Felicidade Quando: próxima quinta, das 19h30min às 21h30min Onde: Câmara de Vereadores (Júlio de Castilhos, 420) Quanto: evento gratuito, mas é necessária a doação de 1 litro de leite. Inscrição pelo link bit.ly/InteligênciaEmocionalxFelicidade

Dia Mundial do Enfermo No dia 11 de fevereiro, próxima terça, a Igreja celebra o Dia de Nossa Senhora de Lourdes e o Dia Mundial dos Enfermos. A data, instituída em 1992, por são João Paulo II, é celebrada anualmente em comunidades, paróquias e dioceses de todo mundo. A finalidade da comemoração é dar visibilidade especial à condição dos doentes e de quem cuida deles. Ao mesmo tempo, convida familiares, profissionais de saúde e agentes de pastoral que acompanha os doentes. Neste sentido, “A vida há de ser acolhida, tutelada, respeitada e servida desde o seu início até à morte”, escreve o Papa Francisco na mensagem para o 28º Dia Mundial do Enfermo. Inspirado nas palavras de Jesus Cristo dirigidas à humanidade aflita e sofredora: “Vinde a Mim, todos os que estais cansados e oprimidos, que Eu hei de aliviar-vos”, retiradas do Evangelho de Mateus 11, 28. O papa chama a atenção para a falta de humanidade na relação com os doentes, quando diz: “ao tratamento, deve-se somar a solicitude, ou seja, o amor, sem esquecer que com o enfermo há uma família que também pede conforto e proximidade”. Quando os profissionais da saúde se deparam com os limites e o possível fracasso da Medicina, são chamados a se abrir à dimensão transcendente, “que pode oferecer o sentido pleno da profissão”. Hoje existem tantas doenças escondidas e tantos doentes sem a merecida atenção em nossa sociedade devido à precariedade do nosso sistema de saúde. Uma vida saudável, na sua dimensão física, psicológica, social e espiritual faz parte do projeto de Deus e também da nossa responsabilidade social. Assim, precisamos dirigir nosso pensamento a tantos irmãos no mundo que não têm acesso aos cuidados médicos porque vivem na pobreza. Permita o Bom Deus, que cada comunidade e grupo de pastoral, possam fazer o mesmo, assim como fez o bom samaritano. Que a nossa fé seja sempre mais verdadeira e forte, a fim de podermos estancar os desgastes de nossa vitalidade física, psicológica e espiritual. Fazei que jamais deixamos de buscar ajuda e de ajudar. Que a perseverança e a determinação nos movam ao encontro da verdadeira vida que está em Jesus. Nosso muito obrigado a todos aqueles que cuidam dos doentes nos hospitais e em nossas famílias; aos ministros que fazem, todos os meses, as visitas às casas; à Pastoral do Idoso e aos voluntários da Pastoral da Saúde que fazem as visitas em nosso hospital. * Pároco da Paróquia Sagrado Coração de Jesus e doutor em Comunicação


Inside

10

Sétima Arte

FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020

Independência financeira De J.C. Chandor, “Operação Fronteira” narra investida de ex-combatentes atrás de fortuna de poderoso traficante

O

policial Santiago “Pope” Garcia (Oscar Isaac) conta com uma aliada importante na guerra contra as drogas. A bela informante Yovanna (Adria Arjona) torna a luta contra o tráfico em território mexicano mais fácil, mas seu envolvimento vai muito além do que se possa imaginar em um primeiro momento. Ele também trabalha para o traficante Gabriel Martin Lorea (Rey Gallegos), que comanda uma bem articulada rede e que se embrenhou em uma fortaleza incrustada no meio da Floresta Amazônica, na fronteira do Brasil com a Colômbia. Pope é recrutado por uma agência governamental para dar um fim no traficante, que é responsável por boa parte da entrada de drogas no território estadunidense. Tudo por baixo dos panos, nada de maneira oficial, já que a ação envolve muitos riscos e estaria agindo, digamos, à margem da lei, de forma que não teria como contar com o aval do Estado por razões óbvias. Para isso, contudo, ele necessitaria de uma equipe altamente qualificada e, para montá-la, recorre a ex-companheiros do período em que serviu as Forças Armadas dos Estados Unidos. William “Ironhead” Miller (Charlie Hunnam), um instrutor do exército, é o primeiro a ser chamado. Ele imediatamente convoca também seu irmão mais novo, Ben Miller (Garrett Hedlund), o piloto Francisco “Catfish” Morales (Pedro Pascal), mas a peça fundamental nesta engrenagem é Tom “Redfly” Davis (Ben Affleck), mas também o mais reticente em aceitar a investida. Responsável pelo desenvolvimento da estratégia

de ação, ele está com a vida virada do avesso após a separação da esposa e atuando em um emprego que odeia para tentar sobreviver. Nesta questão reside justamente a apelo de Pope. Ele mostra aos amigos o quanto fizeram pelo Estado e a miséria que receberam em troca. A investida é arriscada, mas pode render uma boa grana, fora o valor que podem arrecadar roubando o traficante, algo que pouco importa à agência contratante, que está mais interessada em tirar Lorea da parada, ainda que outro assuma seu lugar. E é essa fortuna que acaba motivando todos a participar, até mesmo Tom, salientando que deseja apenas ficar nos bastidores, mas não é bem isso que acontece. Embora o clima de tensão permeie boa parte da trama, há exageros clássicos a partir da metade final, que deixam aquela sensação de ter visto mais do mesmo, uma relação sempre caracterizada pelos laços de companheirismo e fraternidade dos tempos em que o quinteto combateu. Algo que fica bem evidente é a sede de ganância que toma conta de boa parte do grupo, de Tom em especial, que esbarra na ideia inicial de que aceitaria a ação apenas para colocar em ordem sua vida. Algo que vai, inevitavelmente, cobrar seu preço. E será bem alto. O roteiro e a direção de J.C. Chandor chamam a atenção, mas o filme fica bem atrás dos seus antecessores, como “Margin Call” e “O Ano Mais Violento”, que teve Isaac como protagonista. Mark Boal, do fraco “Guerra ao Terror” e do bom “A Hora Mais Escura”, divide com ele o roteiro. Kathryn Bigelow, que dirigiu as duas últimas obras citadas, é a produtora executiva.


FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020

Inside

11

Sétima Arte

Imagem: Reprodução

por conta própria

Divulgação

Os arquitetos Investida proposta por Pope (Oscar Isaac) tem em Tom (Ben Affleck) a principal peça da engrenagem: a tênue linha entre o bom senso e a ganância desenfreada

Título original Triple Frontier Título traduzido Operação Fronteira Direção J.C. Chandor Roteiro Mark Boal J.C. Chandor Gênero Ação Duração 126 minutos País Estados Unidos Ano de produção 2019 Estúdio Atlas Entertainment Distribuição Netflix


12

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

A família vem passando por curas significativas. Se quiser obter resultados, o autoconhecimento e a gratidão aos antepassados se fazem necessários. Você está numa fase de prosperidade e de crescimento, mas tudo começa pela harmonia na família.

Touro - 21/04 a 20/05

A interação com as pessoas do seu convívio é benéfica e curativa. Ótima semana para expressar o que sente e para promover a harmonia entre todos. Os estudos e as viagens seguem em alta e com excelentes oportunidades.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

Você é levado a olhar para as oportunidades profissionais e a movimentar os planos financeiros. Além disso, é uma fase de prosperidade e de crescimento na carreira. O céu colabora com os investimentos e os financiamentos.

Câncer - 21/06 a 20/07

Você está mudando o seu campo de visão sobre as coisas, principalmente no campo filosófico. A experiência lhe permite curar e seguir mais leve. O céu favorece viagens e cursos. O relacionamento passa por uma fase de crescimento e os planos a dois florescem.

Leão - 21/07 a 22/08

Você é levado a limpar os ressentimentos e as culpas que vem carregando. O desapego é imprescindível para o seu desenvolvimento. Com essa postura, você será capaz de desenvolver o trabalho de uma forma próspera e construtiva.

Vírgem - 23/08 a 22/09

Há mudanças em sua percepção sobre um grupo de pessoas, e isso é significativo para o seu desenvolvimento. O céu fala de curas com algumas pessoas e da possibilidade de se comunicar de uma forma verdadeira e justa.

Libra - 23/09 a 22/10

O céu lhe dá a possibilidade de movimentar as suas metas e desenvolver o seu trabalho. É preciso colocar todas as suas competências em ação para obter o progresso que está destinado a você. É positivo focar em soluções para a família e o imóvel.

Escorpião - 23/10 a 21/11

O céu lhe dá condições de resolver pendências com documentos e de realizar os seus sonhos com pessoas que compactuam com as suas ideias. O céu favorece estudos, viagens e contato com outras culturas.

Sagitário - 22/11 a 21/12

Você está em vias de resolver pendências financeiras, principalmente para promover curas para a família. O céu colabora com investimentos, mas pede atenção com gastos e documentos que podem estar envolvidos.

Capricórnio - 22/12 a 20/01

Você é levado a perceber as necessidades de uma outra pessoa. A pessoa tocada pode ser o cônjuge, os sócios e os parceiros. Uma conversa é positiva para curar ressentimentos e possíveis distorções. As relações exigem verdade e ética de ambos.

Aquário - 21/01 a 19/02

É preciso mudar a rotina com foco nas necessidades de todos os que estão inseridos no mesmo ambiente. O céu pede curas e ressignificação de situações que não deram certo no passado. Busque desenvolver todo o seu potencial.

Peixes - 20/02 a 20/03

É um excelente semana para perceber as suas necessidades afetivas. O céu colabora as relações de afetos com os filhos e também no campo afetivo. É imprescindível ser verdadeiro consigo mesmo e com as pessoas que você ama.

Inside

FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020


FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020

VENDE-SE TERRENO DE ESQUINA, com 1.377m², a uma quadra da rodoviária e do Shopping Centro de Compras. Contatar através do telefone: (54) 99118-1642. Vendo terreno. Excelente negócio! BARBADA! Localizado no Bairro Imigrante, medindo 12,00 x 33,00 (396m²). APENAS R$135.000,00. Tratar diretamente com proprietário. (54) 99968-0419. Farroupilha: para você homem discreto, que procura uma boa massagem para relaxar, agora você já tem o local certo! “PRAZER PICANTE”, você encontra as mais BELAS GAROTAS! Local central. Venha conhecer! Fone: (54) 991.430.723. Segunda a sábado. Dani, loirinha de olhos claros! Sempre pronta para o prazer! Disponível das 9h às 16h, com atendimento com local próprio. Contatar pelo fone (54) 996.145.503. Pamela: loira bronzeada, siliconada, 25 aninhos, boca carnuda, pronta para satisfazer suas fantasias e desejos. Contato pelo fone (54) 991.430.723, das 9h às 20h. Está a fim de fugir da rotina com uma gata sensacional? Então venha passar esse momento comigo. Sou a Pati, uma moreninha pronta para te enlouquecer. Atendimento em local central e discreto (54) 996.145.503 ou (54) 991.430.723, das 13h30min às 18h.


2

Lu, morena sensual, para você que quer relaxar. Venha me conhecer, prazer garantido. Atendimento central (54) 996.145.503. Venha me conhecer! Mulatinha cor do pecado, dos teus sonhos! Realizo seus desejos e fetiches, sou carinhosa! Eu sou a Manu! Entre em contato e agende seu horário, atendimento em meu local central e bem discreto! (54) 996.145.503 ou (54) 991.430.723. Quer relaxar e sentir prazer com uma mulher cheirosa e que adora dividir momentos intensos com você? Venha me conhecer! Paula (54) 991.430.723 ou (54) 996.145.503. Flávia, linda acompanhante para seus desejos mais secretos, com a massagem relaxante para seus momentos de tensões! Agende seu horário através do fone (54) 991.430.723 ou (54) 996.145.503. Bianca para você que quer algo diferente, com aquela massagem para seus momentos de estresse. Agende comigo (54) 996.145.503 ou (54) 991.430.723. Oi! Me chamo Manu, tenho 28 anos, sou morena clara com cabelos cacheados! Carinhosa e atenciosa! Para você que está naqueles momentos precisando de uma massagem relaxante e tântrica. Venha se descontrair! (54) 996.145.503, (54) 991.430.723 ou (48) 991.730.233. Renata loira / Ana Paula morena, juntas ou separadas, com aquele atendimento especial! Agende conosco (54) 996.155.503 ou (54) 991.430.723.

FARROUPILHA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020


Profile for Informantef Informantef

Edição 624  

Jornal Informante (Farroupilha/RS)

Edição 624  

Jornal Informante (Farroupilha/RS)

Advertisement