__MAIN_TEXT__

Page 1

FARROUPILHA

|

ANO XII

|

EDIÇÃO 615

|

22 DE NOVEMBRO DE 2019

|

R$ 3,00 Juliana Inês Casa Barbieri

Múltiplos talentos Manuela, Victória e Analice, alunas da EPM, expõem desenhos na Casa de Cultura Inside, capa e página 3

MATÉRIA ESPECIAL

INSIDE

EDUCAÇÃO

R$ 330 milhões para 2020 E aí, que tal ‘domingar’ no Sesc? Sala para despertar os sentidos Orçamento recorde está em análise Atrações variadas integram programação Mundo das Sensações é o novo espaço da na Casa Legislativa Lidovino Fanton aberta à comunidade na tarde dominical Amafa, viabilizado com recursos do Sicredi Páginas 2 e 3 e Editorial Página 5 Página 11


2

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

RECEITA RECORDE

Orçamento salta e projeção é Número reflete melhora no cenário econômico, com aumento do PIB, arrecadação tributária, transferências, assinatura

330

272

A evolução da peça orçamentária farroupilhense na última década (valores em R$ milhões)

273

A

230

223

210

199

182

153,5

2010

121,3

109,5

pós um ano de estagnação, o Orçamento Municipal teve um considerável salto na sua projeção para o próximo ano. Ele foi enviado nesta semana, pela Secretaria de Finanças, para a Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton, onde está em análise pelas Comissões de Constituição e Justiça e Finanças e Orçamento. Ele estima um valor de R$ 330 milhões para o último ano da gestão Claiton Gonçalves. A peça representa um incremento expressivo em relação ao início da década, quando foi de R$ 109,5 milhões (veja na tabela ao lado). Titular da pasta, o secretário Benami Spilki aponta uma série de fatores para a majoração. “Chegamos a esse valor considerando a inflação (medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo) de 3,61%, aumento no PIB (Produto Interno Bruto) de 2,08% e da arrecadação tributária acima da inflação, que ficou em 14,11%”, destacou. Ainda de

2011

2012

2013

2014

2015

2016

2017

2018

2019

2020


3

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

de R$ 330 milhões para 2020 de novos convênios e financiamentos e representa um incremento de 21,32% em relação à peça do último ano acordo com o secretário, as transferências constitucionais e legais foram conforme as últimas parcelas. O maior montante, segundo Benami, diz respeito às transferências de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), na ordem de R$ 69 milhões; Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação), que totaliza R$ 45 milhões; e o FPM (Fundo de Participação dos Municípios), responsável por R$ 39 milhões. “Outro valor considerável de crescimento se refere aos convênios da Traumato-Ortopedia, que chegam a R$ 4.810.000,00, celebrado entre o Município com o Estado e a União. Também é representativo o valor de R$ 22.350.000,00 em financiamentos”, apontou Benami. As áreas com maior fatia orçamentária (confira a divisão por pastas ao lado) são as de Educação, com R$ 96,1 milhões (29,73%) e Saúde, com R$ 57,7 milhões (17,15%), acima do mínimo

A divisão orçamentária

Setor Poder Legislativo Gabinete do Prefeito Secretaria de Gestão e Desenvolvimento Humano Secretaria de Finanças Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Infraestrutura e Trânsito Secretaria da Educação Secretaria de Turismo e Cultura Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação Secretaria de Desenvolvimento Rural Secretaria de Saúde Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda Secretaria de Meio Ambiente Secretaria de Planejamento Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude Secretaria de Segurança Pública e Trânsito Total constitucional exigido, que é de 25% e 15%, respectivamente. “Estamos com uma boa situação financeira para este fechamento de 2019. Todos os passivos serão pagos e a previsão é de superávit e mais ou menos R$ 5 milhões, mas ainda é cedo

para asseguramos pois isso depende das transferências de dezembro, que costumam variar”, salientou o secretário de Finanças. Outro ponto a ser destacado é a receita do pré-sal, estimada em R$ 3,6 milhões para o próximo ano. Na próxima quinta, dia 28, a Câ-

Valor (% do total) R$ 3.600.000,00 (1,09) R$ 6.935.495,00 (2,10) R$ 15.683.484,60 (4,75) R$ 62.609.100,00 (18,97) R$ 35.157.100,00 (10,65) R$ 96.125.936,40 (29,13) R$ 7.138.725,00 (2,16) R$ 9.456.500,00 (2,86) R$ 7.236.000,00 (2,19) R$ 57.705.559,00 (17,48) R$ 1.031.300,00 (0,31) R$ 13.304.500,00 (4,03) R$ 5.499.500,00 (1,66) R$ 2.872.000,00 (0,87) R$ 5.644.800,00 (1,71) R$ 330.000.000,00 (100%) mara de Vereadores realiza audiência pública sobre o tema, às 18h. O presidente Sandro Trevisan (PSB) espera que a população participe do encontro e que seja possível dar o encaminhamento necessário para que o orçamento seja votado em tempo hábil.


4

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

A união estável e a Alexandre S. Triches *

E

m matéria de pensão por morte, especialmente quando o pedido é baseado no reconhecimento de união estável, sempre é complexo comprovar o direito ao benefício junto à Previdência Social. As dificuldades começam para saber quais são os documentos que comprovam a relação e terminam por entender quais são os períodos que estes documentos devem corresponder. Outras dificuldades também são corriqueiras: qual a quantidade de documentos exigidos e se ouvir testemunhas é necessário. A pensão por morte é um benefício devido para os dependentes do segurado que faleceu. A Previdência prevê uma regra própria para o enquadramento como dependente, por meio de um sistema de classes. No entanto, sempre que se tratar de um pedido de pensão por morte com necessidade de reconhecimento de união estável, se estará pressupondo o direito a um companheiro ou companheira; mesmo que numa relação homoafetiva o INSS reconhecesse a pensão por morte oriunda deste tipo de relação. Assim, trata-se de um dependente preferencial. A regra para a comprovação do direito desse dependente exige a apresentação de três documentos dentre aqueles elencados no regulamento do INSS. São eles: certidão de nascimento de filho havido em comum; certidão de casamento religioso; declaração do imposto de renda do segurado, em que conste o interessado como seu dependente; disposições testamentárias; declaração especial feita

perante tabelião; prova de mesmo domicílio; prova de encargos domésticos evidentes e existência de sociedade ou comunhão nos atos da vida civil; procuração ou fiança reciprocamente outorgada; conta bancária conjunta; registro em associação de qualquer natureza, onde conste o interessado como dependente do segurado, anotação constante de ficha ou livro de registro de empregados; apólice de seguro da qual conste o segurado como instituidor do seguro e a pessoa interessada como sua beneficiária; ficha de tratamento em instituição de assistência médica, da qual conste o segurado como responsável; escritura de compra e venda de imóvel pelo segurado em nome de dependente; e declaração de não emancipação do dependente menor de 21 anos ou quaisquer outros que possam levar à


5

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

pensão por morte

Divulgação

convicção do fato a comprovar. Os três documentos a serem apresentados podem ser do mesmo tipo ou diferentes, desde que demonstrem a existência de vínculo ou dependência econômica, conforme o caso, entre o segurado e o dependente. Então, por exemplo, posso comprovar a união estável com uma conta bancária conjunta, um comprovante de dependente em plano de saúde e a certidão de filha havido em comum. Da mesma maneira, também posso comprovar a união estável com duas certidões de filho havido em comum e o comprovante da abertura da conta bancária conjunta. Para os casos em que não for possível obter as três provas que o regulamento exige, o critério adotado é verificar se ao menos um documento existe. Havendo um documento daqueles elencados no regulamento, o

que a Previdência denominará de indício de prova documental, será possível ouvir testemunhas para comprovar a união estável, mesmo não possuindo os três documentos. O procedimento para inquirir as testemunhas é denominado de justificação administrativa. A prova documental, portanto, no INSS, é de fundamental importância, e sem ela não será possível o reconhecimento da pensão. Mais do que isso, ela deverá ser corresponder ao período de vida em comum. Eis a razão pela qual a sentença que reconhece a união estável na justiça comum não surte efeitos imediatos junto à Previdência. Sempre será necessário comprovar a condição de dependente na forma prevista no regulamento. * Advogado, especialista em Direito Previdenciário


6

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

Recursos para uma boa gestão O orçamento municipal projetado para o próximo ano é recorde. Após um ano de estagnação, ele teve um incremento expressivo, saltando dos R$ 272 milhões deste ano para R$ 330 milhões, a expectativa para 2020 (veja mais na Matéria Especial, páginas 2 e 3). A peça orçamentária já foi enviada pelo Poder Executivo ao Legislativo e está em análise nas Comissões de Constituição e Justiça e Finanças e Orçamento. Na próxima quinta, dia 28, uma audiência pública na Câmara de Vereadores abordará o tema. De certa forma, a majoração do valor reflete uma boa perspectiva, quem sabe a saída definitiva do período recessivo que mergulhamos nos últimos anos, mas a robustez da peça também fala muito sobre a pujança do Setor Secundário farroupilhense. Contar com uma indústria altamente segmentada e de excelência produtiva permite que o momento de leve melhora econômica seja sentido de maneira mais efetiva até mesmo no orçamento, claro, aliado a convênios e financiamentos feitos pela prefeitura, que aumentam sua capacidade de investimento, embora ela pudesse ser maior. A questão que envolve o orçamento, independente da esfera em que for avaliado, seja ela municipal, estadual ou federal, é sempre muito delicada. Há fragilidade e má vontade de órgãos de fiscalização, que invariavelmente penalizam prefeitos de pequenos municípios por valores irrisórios e quase sempre por ações praticadas muito mais por desconhecimento do

Freepik

que por intenção de lesar o erário e há, sobretudo, má-fé de uma parte expressiva de políticos que fazem uso do cargo para obter benefícios pessoais e que se aproveitam dessa falta de fiscalização efetiva. Foi pensando nisso que nasceu, em 2000, a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Criada na gestão do presidente Fernando Henrique Cardoso, ela foi celebrada como um marco para as finanças públicas, quando na verdade praticamente conferiu uma carta branca para o descontrole dos gastos tendo, entre tantas aberrações, uma que é bizarra. A LRF per-

Índice

Editorial

Matéria Especial .................................... Páginas 2 e 3 Editorial ...................................................Página 6 Opinião...................................................... Página 7 Economia .................................................. Página 8 Cidade ........................................................ Página 9 Política ..................................................... Página 10 Educação .................................................. Página 11 Esporte ..................................................... Páginas 12 a 15

Inside

Especial..................................................... Capa e página 3 Cinemas ..................................................... Página 2 Guilherme Macalossi ............................ Página 4 Agenda....................................................... Página 4 Cultura ..................................................... Página 5 Social ........................................................ Páginas 6 e 7 Egui Baldasso ......................................... Página 8 Patinação .................................................. Página 8 Música ....................................................... Página 9 Lauro Edson Da Cás ............................... Página 9 Sétima Arte .............................................. Páginas 10 e 11 Horóscopo ............................................... Contracapa Saúde, Beleza & Estética...................... 4 páginas Classificados .......................................... 8 páginas

mite que o custeio com pessoal chegue a 50% da receita corrente líquida na União e 60% nos Estados e Municípios. Soma-se a isso os valores mínimos que têm que ser aplicados em Educação (25%) e Saúde (15%), há pouca margem para investimento se um gestor for perdulário. Em Farroupilha, os gastos com pessoal giram em torno de 40%, o que, embora esteja bem abaixo do que permite a LRF, é muito. Nem tudo que é legal vem acompanhado de bom senso. Aliás, no Brasil, geralmente a lei e a sensatez ocupam lados opostos e estão em permanente

Redação - redacao@jornalinformante.com.br Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br Ramon Cardoso ramon@jornalinformante.com.br Yasmin Signori Andrade yasmin@jornalinformante.com.br

Comercial-comercial@jornalinformante.com.br Fabiano Luiz Gasperin gasperin@jornalinformante.com.br Jean Marco Lançarin de Mattos comercial5@jornalinformante.com.br Maria da Graça Potricos Leite maria@jornalinformante.com.br

Anúncios - anuncios@jornalinformante.com.br Marcelo Bortagaray Mello marcelo@jornalinformante.com.br Tiago Rodrigues da Silva tiago@jornalinformante.com.br

Financeiro - financeiro@jornalinformante.com.br Keli de Almeida Maciel keli@jornalinformante.com.br

conflito. Uma lei séria, que buscasse mesmo estabelecer regras importantes na contenção dos gastos públicos, não deveria permitir mais do que 1/3 de sua receita para despesa com pessoal. A LRF permite quase o dobro disso. Um absurdo que fica escancarado quando os cofres públicos estão raspados, como acontece com a esmagadora maioria dos entes municipais e estaduais e da União. Voltando à realidade farroupilhense, os valores previstos para 2020 são representativos. Evidente que demandas de uma cidade que segue crescendo de maneira progressiva são cada vez maiores, mas também não resta a menor dúvida que é possível fazer bom uso da receita estimada, e que fatalmente deve se confirmar. Um dos problemas em se ter um orçamento gordo, e isso é praticamente uma regra na gestão pública brasileira, é que fica fácil empregar recursos sem uma avaliação criteriosa. O fato é que, continuando a atual gestão, caso venha a fazer um sucessor ou sucessora, ou chegando à prefeitura uma nova equipe, é fundamental um enxugamento da máquina e que possibilite, ao Executivo, ter um mínimo de capacidade de investimento sem depender, quase que exclusivamente, de financiamentos, ainda que estes tenham parcelas pequenas e amortizações longas. Partindo de um pressuposto de boa-fé, quem fizer a lição de casa e economizar, certamente terá condição de gerar melhorias à população, função precípua da administração pública.

Assinaturas-assinaturas@jornalinformante.com.br Assinatura Bienal: R$ 240,00 Assinatura Anual: R$ 140,00

Telefones (54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203

Endereço Rua Dr. Jaime Romeu Rössler, 348, Bairro Planalto

Colunistas Crônicas da Redação Dolores Maggioni Egui Baldasso Fabrício Oliboni

Guilherme Macalossi Lauro Edson Da Cás Paulo Roque Gasparetto

A manifestação dos colunistas é livre e independente e não necessariamente reflete a opinião do Tabloide sobre os temas abordados nas colunas

@PaperInformante www.jornalinformante.com.br

/jornalinformante


7

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

Você devolveria uma carteira repleta de dinheiro? Antonio Carlos Hencsey * Um estudo sobre honestidade publicado por acadêmicos americanos e suíços atraiu a atenção social. Ao deixarem, como se tivessem sido perdidas, 17 mil carteiras com diferentes valores financeiros em seu interior ao redor de 355 cidades em 40 países distintos, os pesquisadores tinham como objetivo desafiar a teoria racional econômica que sugere que, não só indivíduos de forma geral teriam uma tendência a se apropriar do bem perdido, como também essa probabilidade seria maior quanto mais elevado o valor contido em seu interior. O resultado do estudo cumpriu seu objetivo. Desbancando o suposto óbvio, as pessoas tiveram uma tendência maior de devolver as carteiras aos seus donos quanto maior o valor contido no bem encontrado. Para muitos, esse comportamento pode parecer estranho e até mesmo duvidoso, mas você pode acreditar nesse resultado. O grande ponto é que para que essa pesquisa faça sentido é importante darmos uns passos atrás a fim de compreendermos melhor porque as pessoas se comportam desta maneira e quem são aqueles que optam por devolver um objeto esquecido ao invés de escolherem um “ganho fácil”. Certamente não são todos os seres humanos que se encaixam neste comportamento. Alguns pensarão que o objeto que “caiu em seus colos” recheados de valor é um “presente divino” ou utilizarão a famosa frase “achado não é roubado” para embolsar os pertences de terceiros. Mas essa não é uma visão geral. De maneira ampla, o ser humano tem a tendência a querer se perceber como correto no seu dia a dia tendo a sua autopercepção de honestidade intacta e, desta forma, não costuma agir de maneira que fira essa identificação. Sentir-se desonesto, neste caso se apropriando de dinheiro que sabe não ser o dono, dificulta a sensação de que é possível encostar a cabeça no travesseiro ao final do dia a fim de dormir o “sono dos justos” e, por essa razão, muitos evitam ficar em posse de algo que não lhes pertence. Essa é uma condição bastante comum quando falamos de dilemas éticos. E esse efeito

Im

ag

certamente se amplia quando falamos de um valor financeiro mais elevado. De forma geral, podemos ver a situação da seguinte forma: achar uma moeda na rua e pegá-la não fere a percepção individual de honestidade da maior parte da população. O baixo valor e a cultura que temos sobre a pouca representatividade das moedas pouco interfere no julgamento moral de alguém que se apropria indevidamente deste objeto. Uma nota de R$ 10,00 já pode levar algumas pessoas a questionarem se devem ou não pegar o papel moeda. Se falarmos de R$ 100,00, por exemplo, muitos já buscarão identificar o dono, pois no pretexto de que esse valor elevado pode fazer falta a alguém já não nos sentimos tão corretos em ficar com o dinheiro.

Imaginem quando falamos de uma carteira, onde é possível a geração de empatia e identificação com o indivíduo prejudicado ao vermos seus documentos. Agora temos um nome, uma foto e sabemos exatamente quem estamos potencialmente lesando. Já não se trata mais de um valor pouco significativo solto no tempo e no espaço. Na mente humana padrão, essa ação passa a ser percebida como uma apropriação indevida. A pesquisa que avaliou diversas culturas mostra o quanto esse efeito é, de forma geral, um fator intrínseco à moralidade humana. Como citei, certamente há indivíduos que com maior flexibilidade analisam economicamente a situação e se apoderam de valores que não lhes pertence, mas de forma geral, como apresen-

em

:R

ep

ro

du

çã

o

tam diversas teorias sobre a construção moral, o ser humano não depende exclusivamente de controles externos para balizar sua conduta. O grande aprendizado que devemos tirar de um estudo, tão rico como esse proposto pelos pesquisadores, é que lembretes éticos que reforçam a autopercepção de honestidade podem ser mais eficazes no controle à ilicitude do que punições. É certo que a contravenção precisa ser condenada e punida quando ocorre, mas como elemento preventivo, gerar consciência e criar esse conflito entre agir errado versus me sentir bem comigo mesmo pode ser uma força ainda muito pouco usada por empresas e sociedade a fim de impedir desvios de conduta. * Psicólogo


8

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

PENSANDO A CIDADE

Imersão para jovens criativos Encontro voltado a universitários, no final do mês, busca projetar ações e alternativas para a Farroupilha do futuro

N

o próximo dia 30 um evento voltado aos universitários farroupilhenses será realizado na Casa de Cultura. A proposta é pensar a cidade a partir da visão e soluções apontadas pelos estudantes. As discussões serão realizadas por meio do projeto Farroupilha 2020-2040 e Conselho Municipal da Juventude. Batizado de 1º Encontro “Imersão Criativa: O Futuro Começa Aqui” terá 12 horas de duração, das 10h às 22h. Na pauta estarão assuntos como saúde mental e física, sociedade e sustentabilidade, desenvolvimento pessoal e profissional. O evento é gratuito e o pedido é para que cada estudante contribua com medicamentos que não usa mais

Programação

10h: Check-in e snack time 10h45min: Abertura 11h: Workshop “Sexualidade e Drogas: Como Estamos?”, com Jorge Luiz Dalsoto 12h: Hora do rango e show 13h30min: Modo avião 14h15min: Momento Estica, com o Sesc 14h30min: Se Liga na Dica: Sustentabilidade, com Vinícius Pessin 15h: Juventude Imersa, com Bruno Silveira Riggon 15h30min: Snack time II 16h: UP Loading, com dinâmica desenvolvida pelo Parque Zenit da UFRGS. Utilização dos diagnósticos dos seis eixos do Projeto 20/40 e busca por soluções 18h: Momento Estica, com o Sesc 18h15min: Hora do UP + snack time III 18h30min: Pitch – Apresentação das soluções 19h15min: Resultados e premiação 19h45min: Hora do Show, momento surpresa e karaokê

ou estão vencidos, para doação à Farmácia Solidare, para distribuição e descarte adequado. As inscrições podem ser feitas pelo https://www.sympla. com.br/imersao-criativa__703330. O ponto alto do encontro serão as atividades em grupo com apontamento de soluções práticas sobre o diagnóstico do Projeto Farroupilha 20202040 que prevê um alinhamento estratégico para solucionar problemas da cidade. A atividade será ministrada pela equipe do Parque Científico e Tecnológico Zenit, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Os inscritos que cumprirem o cronograma receberão certificado de participação. Os melhores projetos apresentados durante as dinâmicas também serão premiados. Um show musical encerra a atividade.


9

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

DOAÇÕES

Para ajudar Papai Noel Campanha coleta brinquedos e alimentos beneficiando famílias de baixa renda Divulgação

A

tradicional campanha “Levando o Natal para Onde Papai Noel Normalmente não Passa” coleta brinquedos novos e usados, desde que em bom estado. Alimentos não perecíveis também são bem-vindos. É possível encontrar caixas de coleta na Faculdade CNEC Farroupilha, Agescon, Otyma Contabilidade, Chocolate & Cia, Cia do Bazar e na EWM. Há outros diversos pontos espalhados pela cidade. No último ano, 12,8 mil brinquedos foram distribuídos em 20 localidades e instituições. A in-

tenção é de aumentar as coletas neste ano, ajudando mais crianças e famílias. A Oficina do Papai Noel, onde os voluntários organizam as doações recebidas, é na rua Tiradentes, 45 A. A equipe também trabalha aos finais de semana. “Os voluntários são fundamentais na ação, além dos pontos de coleta, meios de comunicação e toda a comunidade. Sem a participação de todos não é possível o projeto”, considera Guilherme Goya, um dos coordenadores da campanha junto com Henrique Picoli e Alceu Machado. A ação está em sua 8ª edição.

13 de novembro * Genoveva Boccalon Rosalem, 88 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de Vila Jansen (2º Distrito); * João Vanir Bonifácio, 70 anos. Sepultamento no Cemitério Municipal de Montenegro. 16 de novembro * João Fabrício Alves da Silveira, 81 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal; * Milton Cesar Correa do Nascimento, 49 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 18 de novembro * Terezinha da Silva, 71 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal.

Alguém quer me adotar? De porte médio, tem cerca de 4 anos. Se dá bem com outros animais e é muito querido. Até 12 de dezembro terá que encontrar nova família ou um lar temporário. Ajude! Interessados em adotar podem manter contato pelo fone 999.371.647.

Divulgação

Distribuição Trabalho é realizado por diversos voluntários e ganha maior representatividade a cada ano

Obituário


10

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

Gabriel Venzon

PROJETOS

Tribuna ocupada por sugestões estudantis Alunos do Centro de Atendimento Integral Senador Teotônio Vilela apresentaram propostas aos vereadores nesta semana

P

ropondo ações para Farroupilha com implementação de melhorias e estímulo ao convívio social, estudantes do Centro de Atendimento Integral (CAI) Senador Teotônio Vilela, do bairro Industrial, estiveram na Câmara de Vereadores na terça à noite. A tribuna foi ocupada com sugestões dos jovens

discutidos por meio de trabalho iniciado pelo presidente da Câmara, vereador Sandro Trevisan, com o Projeto Legislativo na Escola. Desta atividade veio o Projeto Legislar, onde os estudantes, por meio de rodas de conversa, fizeram proposições e elegeram seus representantes. As sugestões serão analisadas pelos parlamentares e encaminhadas ao Poder Executivo.

Jovens de voz ativa Estudantes do CAI propõem projetos aos vereadores

Projetos apresentados

Rítmico Para Jovens e Mais Esporte: oportunizar dança no contraturno escolar, formação teórica e prática voltadas ao futsal e handebol Ajudar o Meio Ambiente: fiscalizar o lixo produzido por cada morador Melhorar algumas ruas: manutenção e padronização do calçamento de bairros Grupos de apoio: rodas de conversa visando a troca de experiência entre moradores Implantação de bebedouros e comedouros para pets em locais públicos Cultura para todos: instalação de cinema gratuito de forma itinerante e criação de uma biblioteca comunitária Instituição de subprefeituras para otimizar a comunicação com a comunidade Horta comunitária: oportunizando a complementação alimentar para pessoas em vulnerabilidade social Abrigo no ponto de ônibus do Industrial, instalação de lixeiras na rua Porto Alegre, manutenção no passeio público da rua Artur Perottoni, melhorias na iluminação e segurança pública do bairro Industrial


11

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

Juliana Inês Casa Barbieri

ESPAÇO

Um mundo de sensações para interagir e despertar Amafa conta como nova sala voltada ao desenvolvimento corporal e estimulação sensorial para os 43 autistas da instituição de ensino

U

ma sala pensada para proporcionar aos alunos percepções por meio de luzes, sons, cheiros, imagens, temperatura e desenvolvimento do tato. O novo espaço está sendo utilizado no Centro de Cultura e Arte, da Associação de Pais e Amigos do Autista de Farroupilha (Amafa). Foi construída com recursos repassados pelo Sicredi, por meio do Fundo Social, num total de R$ 10 mil. A intenção, explica Elaine Bartelle, presidente da Amafa, é de implementar o espaço com novos equipamentos, já que o projeto final está orçado em R$ 40 mil.

“Oferece estímulo para auxiliar no processo de desenvolvimento corporal e sensorial”, frisa a professora Anelise de Almeida Gajardo, que há dois anos atua na instituição. Ela explica ainda que pequenos grupos frequentam o local, garantindo o desenvolvimento das atividades e evitando dispersões. Em alguns casos, por exemplo, as crianças não aceitam o banho, então utilizam o som da água e uma cascata de luzinhas para remeter os pequenos a um momento de satisfação que lembre a hora de entrar no chuveiro. O quente e o frio também é abordado a partir da regulação de temperatura. A sala “Mundo das Sensa-

ções” é utilizada pelos 43 alunos da instituição, adaptando as atividades de acordo com a faixa etária. O espaço conta com datashow, aparelho de som, ar condicionado, aromatizador de ambiente, pufes, almofadas, massinha de modelar de areia, tatame, espelho, luminárias e projeção de luzes com movimento, tudo para trabalhar de maneira sensorial com os usuários. A Amafa atende alunos de Farroupilha, Carlos Barbosa e Pinto Bandeira, por meio de convênio com as prefeituras. São crianças a partir dos 4 anos até adultos, sendo que o mais velho do grupo tem 43 anos. São 18 colaboradores e as atividades acontecem no turno da tarde.

Chuva de luzes Professora Anelise interage com a aluna Emanuelly França, de 4 anos


12

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

Fotos: Ramon Cardoso

ANO ENCERRADO

Fim dos JEF

Temporada termina com últimas categorias do Futsal e com supremacia reafirmada da Escola Santa Cruz, campeã geral pelo 4º ano seguido

A

o longo de 2019 foram seis modalidades em disputa (Atletismo, Basquete, Futsal, Handebol, Vôlei e Xadrez), 29 escolas envolvidas e 6 mil atletas participantes. A 35ª edição dos Jogos Estudantis de Farroupilha (JEF) foi encerrada na quinta pela manhã, no Complexo Esportivo do Parque Cinquentenário, com as últimas categorias do Futsal, o Mirim e o Juvenil Masculino (fotos ao lado), e com a entrega dos prêmios às escolas

que integraram o pódio em cada modalidade (veja os melhores nas fotos abaixo). O ponto alto da manhã ficou mesmo com a premiação geral, mas não chegou a apresentar nenhuma novidade em relação aos anos anteriores. A Escola Santa Cruz sagrou-se tetracampeã dos JEF, mantendo uma hegemonia que começou em 2016. A instituição de ensino de Nova Milano foi seguida por outra escola municipal, a Nova Sardenha, que ficou com o vice geral, e por uma estadual, com o Colégio São Tiago fechando o pódio.

Mirim Masculino Título ficou com a Carlos Paese, vice campeonato com a João Grendene e a Santa Cruz fechou o pódio da categoria

Juvenil Masculino Colégio São Tiago levou a categoria, o Estadual Farroupilha ficou em 2º e o Colégio Nossa Senhora de Lourdes foi 3º

Atletismo Quem triunfou na modalidade foi a Santa Cruz, com o São Tiago sendo vice e a Antônio Minella finalizando o pódio Basquete O Colégio Nossa Senhora de Lourdes foi o melhor, seguido pela Santa Cruz e pelo Estadual

Futsal A modalidade que encerrou os JEF teve a Carlos Paese como campeã, seguido pelo São Tiago e Estadual Farroupilha Handebol Quem triunfou foi a Santa Cruz, com a Ângelo Chiele ficando com o vice e o Colégio Nossa Senhora de Lourdes fechando o pódio

Vôlei Com tradição na modalidade, a Nova Sardenha ficou com a taça, a Santa Cruz foi vice e em 3º lugar ficou o São Tiago Xadrez Oscar Bertholdo e Antônio Minella ficaram em 3º, Nossa Senhora de Caravaggio e Nova Sardenha em 2º e a Santa Cruz foi a campeã


13

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

Os farroupilhenses do Centro de Jiu-Jitsu (CJJ) conquistaram resultados expressivos no Sul-Brasileiro, que foi realizado no último fim de semana, na vizinha Bento Gonçalves. Na categoria adulto, medalhas de ouro para Leandro Cordeiro (Pena), Sander Rodrigues (Meio Pesado) e Geovanni Tonin (Médio Master). A equipe também compareceu com as crianças: Emilly Monteiro (faixa amarela, sub-12), Yasmin Quevedo (cinza, sub-12), Kauãn Rodrigues (branca, sub-10), Guilherme Monteiro (cinza, sub12), Lázaro dos Santos (cinza, sub12), Arthur Ribeiro (cinza, sub-8), Isabelle Kurmann (branca, sub-10) e Tayna dos Santos (cinza, sub-12).

Eleição no Brasil na terça

O Conselho Deliberativo da Sociedade Esportiva, Recreativa e Cultural (SERC) Brasil convoca para o novo processo eleitoral do clube, que busca a composição da Diretoria Executiva do rubro-verde para a temporada 2020, assim como do Conselho Fiscal e os nomes que irão integrar o Conselho Deliberativo para o triênio 2020/2022 do rubro-verde. O pleito acontece na próxima terça, no Estádio das Castanheiras, com primeira chamada às 19h e segunda chamada às 19h30min.

Fotos: Divulgação

CJJ bem no Sul-Brasileiro

Conquistas O mestre André Luiz Schenatto com Leandro, Sander e Geovanni, os campeões no pódio, e o professor Cilo Monteiro

Começando Emilly, Yasmin, Kauãn, Guilherme, Lázaro, Arthur, Isabelle e Tayna: o futuro do CCJ

Para definir os finalistas

A última rodada do Farra da Bola movimenta a Sede Campestre do Santa Rita na tarde deste sábado, a partir das 14h, com Milan x Peñarol, Manchester United x River Plate e Ajax x Juventus. Milan e Manchester estão com 8 pontos, Juventus e River contam com 6 e são as equipes que ainda brigam por vaga na decisão. Peñarol, com 3, e Ajax, com 1, estão eliminados. Os dois primeiros avançam à final, que ocorre no próximo dia 8, assinalando também a abertura da Temporada de Verão do Santa.

Definindo as semis

O Citadino de Futsal Feminino tem a última rodada nesta sexta, com jogos a partir das 20h, no Cinquentenário. Lion x Valente, São Roque x Alvorada, BGF x Santa Catarina e 1º de Maio x Monte Pasqual. Semis no dia 30 e finais no dia 7, em Lourdes.


14

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

GURIAS RUBRO-VERDES

Noventa minutos para transformar Brasil encara o Grêmio na semifinal do Gauchão Feminino com a esperança de subverter a lógica que aponta o rival como franco favorito, assegurar posto na final estadual e, com isso, garantir a vaga gaúcha no Brasileirão Série A2 de 2020

Brasil Feminino

J

á dizia aquele clássico samba-enredo da Mocidade que “sonhar não custa nada”. Agora para transformar esse sonho em realidade será preciso muita luta e suor. O Brasil Feminino entra em campo neste domingo, diante do Grêmio, novamente no Vieirão, em Gravataí, no duelo único que define um finalista do Gauchão. Quem vencer, leva. Ocorrendo empate, a definição será nas cobranças de pênaltis. Se o inegável favoritismo está com as gremistas, a esperança farroupilhense se alicerça na partida equilibrada que as gurias rubro-verdes fizeram há uma semana, contra o mesmo rival, no mesmo local, quando quase buscaram um empate após levar um 3 a 0 no 1º tempo. Na metade final,

o Brasil trabalhou melhor a bola, buscou aproximações, fez tabelamentos e foi às redes em duas oportunidades, ambas com Tuca (que havia entrado no intervalo), aos 38 minutos, aproveitando lançamento preciso de Luana e vencendo a zaga gremista na corrida, e de falta, aos 41. Foram os primeiros gols da equipe farroupilhense contra um integrante da Dupla Gre-Nal, no oitavo duelo. “Sentimento de muita realização pelo primeiro gol, algo histórico e, no segundo, aquela sensação de que nada é impossível contra a Dupla. Nosso objetivo era de fazer um bom jogo e aproveitarmos as oportunidades”, destacou Tuca. A atacante lamentou que a equipe não tenha feito uma boa etapa inicial, mas ressaltou o poder de superação nos 45 minutos finais. “Nosso time está treinando muito forte, sabe onde quer chegar. Para o duelo da semifinal vamos nos preocupar mais com a marcação e aproveitar os contra-ataques. Vai ser um grande jogo”, projeta a artilheira rubro-verde no Gauchão com 3 gols. O embate contra o Grê-


15

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

sonho em realidade Ramon Cardoso

mio, no final da fase classificatória, foi marcado por desatenção farroupilhense no começo do jogo, quando o Brasil levou um gol logo no primeiro minuto. A etapa inicial finalizou em 3 a 0 para as gurias gremistas, com gols de Katrine, Pri Back e Eudimilla. A reação farroupilhense foi fulminante e quando a equipe pressionava em busca da igualdade, Karine fez o 4 a 2, mas que deixou no ar a impressão de que é possível fazer um duelo equilibrado com foco desde o pontapé inicial. O modelo está no próprio time. Além da artilheira, a lateral esquerda Adri fez uma partida monstruosa, especialmente ao conter os avanços das gremistas. “Trabalhamos muito a marcação forte para tentar, em cima do nosso modelo de jogo, neutralizar as principais jogadas do Grêmio. Nossa estratégia será de atuar atrás, esperando a rival e buscando agredir nos contra-ataques. Temos também que explorar ao máximo a bola parada. Se fizermos isso, acredito que podemos ter êxito”, projetou o técnico Fernando Varani. Guria gol Atacante Tuca, que passou em branco contra o João Emílio, entrou no 2º tempo contra o Grêmio, infernizou a defesa rival, marcou dois gols e é uma das armas do Brasil para o duelo da semifinal deste domingo

Gauchão Feminino (semifinal)

X Time base Thaís Geo Bicê Ana Alice Gissele Lorena Katrine Pri Back Eudimilla Karina Karol Lins Técnica Patrícia Gusmão

Time base Gil Vick (Tai) Luane Ifi Adri Ana Bianca Bruninha Luana Tuca Pati Técnico Fernando Varani

Local: Antônio Vieira Ramos (Vieirão), em Gravataí Data: Domingo, às 16h

Regulamento das semifinais

A única vantagem das equipes de melhor campanha, no caso, a Dupla Gre-Nal, é atuar em casa. Quem vencer, leva. Ocorrendo empate nos 90 minutos, a definição da classificada à final acontece na disputa de pênaltis.

Na outra semifinal

X Local: Sesc Protásio Alves, em Porto Alegre Data: Domingo, às 15h


Fotos: Ramon Cardoso

Hegemônica, Santa Cruz é tetra nos JEF

ESPORTE

Pé calibrado para fazer história

Com a atacante Tuca, artilheira inédita contra a Dupla e do Gauchão pelo Brasil, gurias rubro-verdes buscam vaga na final estadual e sonho antecipado de disputar o Brasileirão Série A2 no próximo ano Páginas 14 e 15

Escola de Nova Milano foi soberana na temporada 2019 dos Jogos Estudantis de Farroupilha, que encerrou na quinta Editoria de Esporte, página 12

INSIDE

Patinação é atração deste sábado

Espetáculo promovido pelo Rodas da Serra apresenta “O Fabuloso Circo do Mickey Mouse” Página 8 INSIDE

Amor pelos animais motiva show

Dinara Kemmer e Beto Vianna se apresentam no domingo, angariando recursos para a causa Página 9


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

INCLUSÃO

Sobre empoderamento e deficiência Alex Duarte, idealizador do projeto e diretor do filme Cromossomo 21, estará em Farroupilha no próximo dia 30 mental positiva, ver a deficiência como algo que alavanca as oportunidades e não colocá-la como segregadora. Alex apresentará um conteúdo exclusivo sobre a Expedição 21, a 1ª Imersão de Pessoas com Deficiência Intelectual da América Latina, um estudo sobre como o ambiente favorece o desenvolvimento de pessoas com Síndrome de Down e outras deficiências. “O empoderamento passa pelo núcleo familiar e social, onde cada um tem o seu papel frente à inclusão e independência dessas pessoas. O objetivo é dar espaço a um tema tão atual e proporcionar reflexão”, observa Roberta Bernardi, do Pátio. O valor arrecadado será destinado à compra de leite para o Hospital São Carlos. Ingressos a R$ 15,00 no Pátio ou pelo sympla.com.br. Quem possui algum tipo de deficiência paga meia entrada, adquirindo o ingresso pelo site.

Especialista Cineasta, educador social, escritor e palestrante, Alex é referência no assunto e a expectativa é de reunir 300 participantes na palestra

Sobre o palestrante

Alex Duarte é graduado em Comunicação Social, é diretor do filme e projeto “Cromossomo 21”. É também autor do livro “Do Diagnóstico à Independência”. Foi o primeiro jovem no Haiti a documentar a Missão de Paz da Organização das Nações Unidas (ONU), premiado no Festival de Cinema de Gramado. É formado em Coaching em Orlando, nos Estados Unidos, estagiou na Fundação Roberto Marinho e tem experiência em neurociência. Em 2016 foi um dos representantes do Brasil na ONU pelo Dia Internacional da Síndrome de Down. Seu filme “Cromossomo 21” foi premiado em Hollywood e é também criador da série “Geração 21”, que relata histórias de pessoas com deficiência que conquistaram a independência.

Programe-se O que: Palestra “Como Empoderar Pessoas com Deficiência” Quando: no próximo dia 30, às 9h45min Onde: Campus Farroupilha da UCS (Rodovia dos Romeiros, 567) Quanto: R$ 15,00 o ingresso que pode ser adquirido no Pátio (República, 618) ou pelo site sympla.com.br

Divulgação

P

ensando em oportunizar a seus pacientes e à comunidade um momento de aprendizagem, troca de experiências e informação, o Pátio – Centro de Desenvolvimento Humano traz a Farroupilha a palestra “Como Empoderar Pessoas com Deficiência”, proferida por Alex Duarte. Será no próximo dia 30, às 9h45min, no Campus Farroupilha da UCS. O objetivo é vivenciar uma experiência enriquecedora sobre como lidar com as diferenças, julgamentos e fortalecer o estado emocional. Essas atividades já foram ministradas em 18 Estados, com palestras em cerca de 200 cidades brasileiras, e vivências nos Estados Unidos, Inglaterra, Portugal, França e Uruguai. O palestrante abordará o empoderamento pessoal, como buscar atitude


Compromisso com a Cidade. Compromisso com Você

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

Tratamentos expre Equipe Espaço da Beleza *

A

inda dá tempo de ficar com tudo em cima para as tão sonhadas férias que se aproximam. Listamos tratamentos rápidos e eficazes para corpo. Ainda dá tempo de ficar em forma. Destoxi e Redução Proporciona desintoxicação do organismo, reduzindo toxinas e edemas. Muitas vezes sentimos que nosso corpo está em desarmonia, mas não sabemos bem o que está acontecendo. Quando o organismo está “intoxicado”, provoca uma sensação de mal-estar que pode prejudicar as funções fisiológicas, provocando alterações inestéticas e prejudicando os resultados dos tratamentos. É por isso que se ouve tanto falar em temas relacionados a “detox”. Na estética, a Destoxi Redução é indicada para a desintoxicação, tratamento de gordura localizada, celulite e para aumentar a permeabilidade dos princípios ativos presentes nos cosméticos utilizados nos tratamentos. 1) Detoxi Express Verão: trata-se de um intensivo de cinco dias, que combina várias tecnologias, o Lipocav (ultra-som avançado para celulites, ativos e equipamentos que promovem a quebra e remodelagem corpora). Além é claro da drenagem com massomodelagem, para eliminação de toxinas e remodelagem corporal. A sucção realizada pela máquina faz ainda uma drenagem linfática, eliminando as toxinas. Ao mesmo tempo, promove a tonificação e estimula a produção de colágeno. 2) Drenagem linfática manual Reduz edemas (inchaços) ocasionados pelo calor da estação e é um excelente potencializador nos tratamentos para celulite, gordura localizada e flacidez. A drenagem linfática traz melhoras significativas para o organismo como um todo, melhorando a circulação, acelerando o metabolismo e a eliminação do excesso de líquidos e toxinas do corpo, que podem até mesmo interferir em outras alterações estéticas. Para potencializar os resultados, utilize cosméticos com ativos drenantes e descongestionantes. 3) Massagem modeladora Ideal para manter o corpo livre das gordurinhas, a massagem modeladora é uma técnica que, como o próprio nome já diz, utiliza de movimentos de massagem, um pouco mais firmes do que em uma massagem “comum”, e têm como finalidade modelar a região que está sendo trabalhada. Muitos acham que é preciso aplicar muita força, porém é mais uma questão de técnica, pois não pode machucar a cliente. Entre os movimentos mais comuns utilizados na massagem modeladora estão os de deslizamento, amassamento, pinçamento e percussão.


Compromisso com a Cidade. Compromisso com Você

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

ess para o verão

Imagem: Reprodução

4) Tratamentos com Crioterapia Estão entre os melhores procedimentos para redução de gordura e flacidez, com a vantagem de o período de calor ser mais propício por oferecer melhor conforto térmico para a realização, já que a Crioterapia significa, literalmente, terapia pelo frio, oferecendo, assim, inclusive um “refresco” para os dias de verão. Saiba mais Agende sua avaliação e fique em forma com saúde para esperar a chegada do verão. * Espaço da Beleza Centro Estético Independência, 555 – Centro de Farroupilha Fone (54) 3268-5511 WhatsApp: 981.195.645 Fan Page: Espaço da Beleza Site: www.spabeleza.com.br


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

ARTIGO

Menopausa, reposição hormonal, câncer e autoestima

A

menopausa é o nome dado à última menstruação, que geralmente acontece entre 45 e 55 anos, marcando o fim da fase reprodutiva da vida da mulher. A palavra climatério significa “fase crítica” e dá nome a um período que pode ser realmente conturbado da vida feminina, que começa por volta dos 40 anos e se estende até a pós-menopausa. Sua principal característica são as transformações físicas e emocionais decorrentes do desequilíbrio na produção dos hormônios femininos pelos ovários. É preciso entender que embora essas alterações associadas à menopausa e ao climatério sejam comuns elas não são exatamente normais. Entre as populações aborígenes (que vivem segundo costumes milenares) isso pode ser veri-

ficado na prática: é absolutamente incomum que as mulheres sofram os tais sintomas de menopausa. É preciso entender que nosso corpo foi feito divino. Ele “não veio com defeito”, certo? Nós devemos envelhecer – de forma saudável – e não adoecer pelo passar do tempo. Por que estamos falando tudo isso? É preciso ficar atenta para fazer essa transição de maneira saudável e feliz? Como a natureza, a atenção sobre si mesma e alimentação podem nos ajudar? Não estou dizendo que será fácil. Toda transição é difícil (você virou adolescente e depois virou adulto, lembra?) e a menopausa marca uma transição. Mas ela pode ser mais fácil e menos cheia de rótulos do que nos apresenta o “estilo de vida moderno”. Ou o inconveniente “faz parte”. Se você vai passar a viver sem o hormônio ovariano, é bom que todos os demais estejam em ordem. E por “em ordem” entenda-se próximos ao ideal e não apenas den-

mulher entrando no climatério que é normal faz ela se sentir péssima, é uma maneira eficaz de acabar com a autoestima dela. Eu pergunto: é a esse papel que a Medicina vai se reduzir no século XXI? * Nutricionista

Divulgação

Sabina Donadelli *

tro das referências laboratoriais. Mesmo com todo acompanhamento médico, cada vez mais mulheres sofrem de diversos tipos de câncer por conta de reposição de estrogênio. Onde a autoestima entra? Mulheres ligadas à Medicina natural cada vez mais optam por abandonar os anticoncepcionais assim como qualquer tipo de reposição hormonal. São conhecedoras e senhoras do seu próprio corpo, têm poder sobre ele e usam o poder que o corpo lhes confere. Não estarão dispostas a ouvir “é assim mesmo” ou “não tem outro jeito”. Dizer a uma


Música

Beto Vianna e Dinara Kemmer promovem show em prol dos animais neste domingo, às 18h, no Seminário Apostólico Página 9

Inside

Sétima Arte

“Pássaro do Oriente” tem Alicia Vikander carregando uma culpa gigantesca em thriller de Wash Westmoreland rodado em Tóquio Páginas 10 e 11

DESENHOS

Arte além do dom musical

Analice Bonett, Manuela Colombo Rezes e Victória Seimetz expõem obras na Casa de Cultura até o próximo dia 6

juliana@jornalinformante.com.br

T

rês talentosas jovens que se dedicam à música e têm habilidades para o desenho. Analice Bonett, Manuela Colombo Rezes e Victória Seimetz são alunas da Escola Pública de Música (EPM) e o professor Luís Henrique New, coordenador pedagógico da instituição, resolveu reunir esses trabalhos e mostrar para a comunidade o talento múltiplo das alunas. São cerca de 30 desenhos físicos que podem ser apreciados pelo público e outros em formato digital que são projetados em tela. Esta é a primeira exposição das jovens que continuam criando e pensam em seguir carreira na área. “São talentos extras que elas vêm demonstrando. A ideia é continuar no próximo ano, com

novos trabalhos e ainda com artes de outros alunos”, explica o professor. A exposição pode ser apreciada na galeria e auditório da Casa de Cultura, de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 19h. A entrada é franca. “Gosto de desenhar porque é o meu momento, é uma parte de mim. Pretendo entrar na área das Artes, mas ainda não decidi ao certo”, explana Victória, a mais velha do trio, cujo pai, Jair, é músico e a mãe, Milene, também chegou a se dedicar à pintura de quadros. Então o lado artístico realmente está no DNA dos Seimetz. Há releituras de obras como “O Grito”, de 1893, do norueguês Edvard Munch, que foi reproduzido por Analice, e outras inspirações a partir da arte anime, dos games, de situações cotidianas e, é claro, da música que as jovens carregam nas veias. Arte é com elas mesmas, não há dúvida. Segue na página 3

Juliana Inês Casa Barbieri

Juliana Inês Casa Barbieri

Programe-se O que: exposição de desenhos e produções digitais Quando: segue até o próximo dia 6, de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 19h Onde: Casa de Cultura (República, 172, Centro) Quanto: entrada franca

Paixões em comum Victória, Analice e Manuela apresentam primeira exposição que tem curadoria do professor New


Inside

2

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

Cinemas Imagens: Reprodução

Shopping Iguatemi (RST-453, quilômetro 3,5) Cinemas GNC 1: Medo Profundo: O Segundo Ataque - às 13h30min GNC 1: A Grande Mentira - às 15h45min (dublado) e 21h30min (legendado) GNC 1: Ford vs Ferrari - às 18h30min GNC 2: Dora e a Cidade Perdida (dublado) - às 13h10min e 15h20min GNC 2: Medo Profundo: O Segundo Ataque (dublado) - às 17h30min GNC 2: Malévola: Dona do Mal (dublado) - às 19h30min GNC 2: Invasão ao Serviço Secreto - às 22h GNC 3: Ford vs Ferrari (dublado) - às 13h40min GNC 3: Os Parças - às 16h45min e 18h50min GNC 3: Doutor Sono - às 21h10min GNC 4: Coringa (dublado) - às 13h50min GNC 4: As Panteras - às 16h30min e 21h40min (legendado), 19h10min (dublado) GNC 5: A Família Addams (dublado) - às 13h15min e 15h15min GNC 5: Malévola: Dona do Mal (dublado) - às 17h15min GNC 5: Medo Profundo: O Segundo Ataque - às 22h10min GNC 6: A Grande Mentira - às 14h GNC 6: Midway: Batalha em Alto Mar - às 16h15min e 21h50min (legendado), 19h (dublado) Ingressos: segunda e quinta (exceto feriado e Carnaval) a R$ 24,00 e R$ 30,00 (salas 3d); terça e quartas (exceto feriado e Carnaval) todos pagam meia entrada; sexta a domingo e feriado a R$ 28,00 e R$ 34,00 (salas 3d). Meia entrada todos os dias para menores de 18 anos e maiores de 60 (mediante apresentação de identidade), estudantes (mediante apresentação de Carteira de Identificação Estudantil), pessoas com deficiência (com documento que a comprove), cliente Movie Club Preferencial (cartão verde fidelidade GNC).

Shopping San Pelegrino (Avenida Rio Branco, 425) * Obs: o site do Cinépolis traz apenas os horários dos filmes, mas não informa em qual sala serão exibidos Ford vs Ferrari - às 22h Malévola: Dona do Mal (dublado e em 3d) - às 14h, 16h45min e 19h20min Os Parças 2 - às 14h15min e 16h20min Midway: Batalha em Alto Mar - às 18h30min (dublado) e 21h (legendado) Dora e a Cidade Perdida (dublado) - às 12h30min, 14h50min e 17h15min Invasão ao Serviço Secreto - às 19h35min (legendado) e 22h10min (dublado) O Reino Gelado: A Terra dos Espelhos (dublado) - às 13h, 15h e 17h Medo Profundo: O Segundo Ataque (dublado) - às 13h15min, 16h, 18h15min e 20h40min As Panteras - às 19h (dublado) e 21h45min (legendado) Doutor Sono - às 21h30min A Família Addams (dublado) - às 14h30min e 16h30min Coringa - às 18h45min Ingressos: nas salas tradicionais, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 23,00 e R$ 11,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 25,00 e R$ 11,50 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 26,00 e R$ 13,00 (meia). Nas salas 3d, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 14,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 15,00 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 32,00 e R$ 16,00 (meia).

Sala de Cinema Ulysses Geremia (Luiz Antunes, 312) Programação não informada até o fechamento desta Edição Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (estudantes e sênior)

Thrillers marítimos Diretor britânico Johannes Roberts dá sequência ao tenso “Medo Profundo”. Já o cineasta alemão Roland Emmerich conduz ação “Midway: Batalha em Alto Mar”, que rememora uma importante vitória dos Aliados contra a frota naval japonesa na pouco explorada Guerra do Pacífico, durante a II Guerra Mundial


FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

Inside

3

Arte

Conheça um pouco mais das jovens artistas da Escola Pública de Música Juliana Inês Casa Barbieri

Analice Bonett, 16 anos

É aluna do 9º ano da Escola Estadual Carlos Fetter. Participa de dois corais e ainda é flautista, cursa o último ano de Musicalização da Escola Pública de Música. Tem na figura do pai, Lindomar Padilha, o principal incentivador. Utiliza apenas aquarela para colorir as obras e sonha em trabalhar com animação. Começou a se dedicar mais aos desenhos e suas técnicas em 2015. Desde lá vem criando nas aulas de Arte da escola e nas horas vagas. Apresenta também releitura de pinturas famosas, que vão de Munch a Tarsila do Amaral. Tem 10 trabalhos expostos.

Manuela Colombo Rezes, 15 anos

Conta que o pôr do sol é o momento de sua maior inspiração. Cria livremente e ainda escreve, foi até premiada no Concurso Regional de Contos, Crônicas e Poesias Oscar Bertholdo. É aluna do 9º ano da Escola Municipal Angelo Chiele e pensa em seguir carreira como designer de moda, mas nada tão definido ainda. Começou a traçar as primeiras linhas assim mesmo que conseguiu segurar um lápis e, com o tempo, foi criando ainda mais gosto pela prática. Estuda piano há três anos e há quatro é aluna da Escola Pública de Música. Utiliza aquarela e lápis de cor e tem expostos 17 desenhos.

Victória Seimetz, 17 anos

Aluna do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRS), está no 3º ano do Ensino Médio integrado ao Técnico em Informática. Estuda piano e há quatro anos está na Escola Pública de Música. O gosto mesmo está nos desenhos digitais, plataforma em que mais exerce sua criatividade. Aprecia os efeitos, cores e texturas que pode obter por meio do programa MediBang Paint. Começou a desenhar com mais assiduidade há três anos e gosta de ilustrar principalmente mulheres, depois vem os games. Transformar músicas em imagens também é uma prática que aprecia. É autora de sete trabalhos.


Inside

4

Guilherme Macalossi cisperter@hotmail.com

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

Agenda

Caudilhismo de direita Não se enganem. O tal “Aliança Pelo Brasil”, que nasce para acomodar o bolsonarismo, não tem nada de conservador. O manifesto de fundação é explícito ao estabelecer como base fundante não uma cartilha de princípios ou ideias, mas a fidelidade canina ao seu líder. “Muito mais que um partido, é o sonho e a inspiração de pessoas leais ao presidente Jair Bolsonaro, de unirmos o país com aliados em ideais e intenções patrióticas”, diz o texto. Note que Bolsonaro vira a materialização de uma ideologia. De modo que a defesa de valores ou do livre mercado são apenas assessórios de luxo. O que consubstancia o novo partido é o puro e simples personalismo. A história da política latino-americana (e a do Brasil, em particular, não fica fora disso) é marcada pelo caudilhismo. Adoramos um salvador da pátria que instigue as massas e tenha a pretensão de mudar nosso destino. No passado, a Venezuela teve Marcos Pérez Jiménez, a Argentina teve Juan Domingo Perón, e o Brasil teve Getúlio Vargas e João Goulart. Mais recentemente, também podemos mencionar Hugo Chávez, Evo Morales, Rafael Correa, Néstor Kirchner, Nicolás Maduro, Daniel Ortega e Luiz Inácio Lula da Silva. Cada qual com seu estilo, todos tentaram criar movimentos assentados em suas próprias figuras políticas. Até Fidel Castro, ditador de Cuba, agiu dessa forma, ainda que terceirizando a publicidade de seu regime na figura do guerrilheiro Che Guevara. Se há uma característica do conservadorismo é seu ceticismo em relação à política. Autores identificados com essa corrente de pensamento, como Russell Kirk, rejeitam a ideia de utopias terrenas e líderes iluminados. O conservador de verdade não vê com bons olhos o engajamento de massas militantes unidas em nome de uma ação política que busque a realidade social perfeita. Isso serve para contrapor o conservadorismo aos regimes revolucionários ou aos projetos pessoais. Buscando criar um partido de direita, o bolsonarismo vai parindo é um caudilhismo de direita. Qual será a liberdade interna de um partido que não apenas gravita em torno de seu líder, mas que o eleva a condição de princípio fundamental de sua própria unidade interna? É uma coisa tão medonha, incongruente e inviável quanto o tal socialismo democrático. * Redator e radialista

Divulgação

SEXTA

American Pie Party, com Patrick Ferreira, Victor & Rafa e o DJ Marcos Boni Boteco do Chá (Rômulo Noro, 555), às 23h30min

SÁBADO Festa Gás Total a Fantasia, com DJ Bulin e convidados Boteco do Chá (Rômulo Noro, 555), às 23h Espetáculo de Patinação do Centro Rodas da Serra Ginásio de Esportes do Colégio Nossa Senhora de Lourdes (Thomas Edison, 200), às 20h30min

DOMINGO Piquenique Cultural Viva Muinho Muinho Club (Marechal Floriano Peixoto, 190), às 14h

Show musical em prol dos animais, com Dinara Kemmer e Beto Vianna Auditório do Seminário Apostólico Nossa Senhora de Caravaggio (Rodovia dos Romeiros, 1.211), às 18h


Inside

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

5

Cultura

Programa para toda a família no encerramento do fim de semana Daniele Santos

“Domingando no Sesc” promete uma tarde divertida com atrações variadas para pequenos e adultos

O

Serviço Social do Comércio promove programação especial para toda a família domingo, a partir das 14h30min, na unidade local (Cel. Pena de Moraes, 320). O “Domingando no Sesc Farroupilha” conta com atrações diversas, para agradar crianças, jovens e adultos. O evento é gratuito e é recomendável que os interessados levem chimarrão e cadeira para curtir as atrações. Durante toda a tarde, das 14h30min às 17h30min, a “Tenda Brinca Comigo?”, a cargo da psicopedagoga Laura Cristina Nardi, garantirá a diversão para as crianças. Às 15h é a vez do espetáculo teatral “CIRCOlando Por Aí”, da Cia Espicula, com o ator Mikael de Almeida Marques e a atriz Micheli L. de Oliveira dos Santos, assegurar boas risadas para os presentes encarnando os personagens Timbico e Pulguita. Para os pais, um Aulão de Mat Pilates acontece às 16h. Além da programação regular, muita música, comercialização dos produtos da Confetti Bolos no Pote e um espaço destinado ao brincar livre, com folhas, papéis coloridos, tinta, giz, lápis e materiais para soltar a imaginação dos pequenos. A Academia do Sesc também estará aberta, das 14h às 18h, para que o público possa conhecer a Unidade Farroupilhense e os serviços oferecidos nas áreas de Odontologia, Esporte, Lazer e Maturidade Ativa.

Programe-se O que: Domingando no Sesc Quando: domingo, a partir das 14h30min Atrações: Tenda Brinca Comigo?, das 14h30min às 17h30min; espetáculo CIRCOlando Por Aí, às 15h; Aulão de Mat Pilates, às 16h Onde: Sesc Farroupilha (Cel. Pena de Moraes, 320) Quanto: entrada franca

Timbico e Pulguita Dupla garantirá boas risadas aos presentes em tarde dominical repleta de atrações na Unidade Farroupilhense do Sesc


Daniela De Rocco

O

Embaixador TdB

dentista farroupilhense Paulo Roberto Bertocchi foi mais uma vez nomeado embaixador da Turma do Bem (TdB), que tem no Dentista do Bem o projeto de maior visibilidade. São 28 embaixadores e esta é a terceira vez que o farroupilhense é nomeado para a função. Com profissionais parceiros, o projeto visita escolas públicas e presta gratuitamente atendimento dentário a alunos de baixa renda.

Single

A banda EntreTantos, que faz parte de um musical do IFRS, lança nesta sexta, nas redes sociais, seu primeiro single: “Pare, Pense, Interprete”. A composição antecede o lançamento do primeiro disco do grupo. O álbum “Interprete” será laçado no dia 6 de dezembro, em uma festa beneficente no Muinho Club. O ingresso será R$ 10,00 + a doação de um material escolar.

Encontro Positivo

Débora Zandona Fábio Campos

Dai Ricci Fotografia

O Projeto Farroupilha 2020-2040 e Conselho Municipal de Juventude, por meio da Prefeitura Municipal, promovem, no dia 30 de novembro, o 1º Encontro de Imersão Criativa. A iniciativa visa concentrar a energia dos estudantes e usá-las para um dia de atividades dasafiadoras. O evento é completamente gratuito e contará com 12 horas de imersão em uma programação que aborda temas como saúde mental e física, sociedade, sustentabilidade, entre outros. Quem tiver interesse em participar pode obter mais informações pelo WhatsApp (54) 999.315.327.

No dia 8, Sofia de Matos Dalcin comemorou seu aniversário de 7 aninhos ao lado dos pais Rose e Marcelo Dalcin, do mano Vinicius e de amigos, na Park Festa e Folia

A fotógrafa Dai Ricci foi responsável pelos cliques do aniversário da pequena Carmel, que completou seu primeiro aninho no começo do mês ao lado dos pais Daiane Macedo e Jonas Polli, na Pilim Pim Pim

Daniela Bartelle aproveitou o final de semana para curtir o pagode no Deck256

Yuri Scola e Ana Paula Loss no dia da união que aconteceu na Igreja Matriz de Carlos Barbosa. A organização e cerimonial esteve a cargo de Denise Balbinot Colombo


Multifotos Studio

Fábio Silvestri

ai

Maiara Marcelli de Almeida celebrou seu aniversário de 15 anos no sábado, com o carinho do pai Edson Adriano Flores de Almeida, da mãe Elisa Marcelli de Almeida e do irmão Medson Marcelli de Almeida no espaço Paladare Eventos

Fique por Dentro

Save The Date

O Guaraipo Bar e Cozinha está à frente dos preparativos para o Burger Drinks, que acontece no dia 15 de dezembro. Para dar boas vindas ao verão, o evento reunirá no espaço do restaurante muitos drinks, chopp, música e gastronomia. Os ingressos já estão à venda pelo site Sympla e para comprar é só buscar pelo nome 1º Burger and Drinks Guaraipo.

Domigando

Naiara Ussinger em noite animada no Boteco do Chá

O Sesc Farroupilha prepara para este fim de semana o evento “Domingando no Sesc”. A ação será gratuita e terá, entre as atrações, espetáculo teatral e aulão de Pilates (veja mais na página 5 do Inside). Toda comunidade está convidada a participar!


Inside

8

Egui Baldasso e.baldasso@gmail.com

O sonho otimista de estar vivo

* Jornalista e escritor

Patinação

Espetáculo sobre rodas Apresentação será neste sábado, no Ginásio do Colégio Nossa Senhora de Lourdes

U

m espetáculo com 80 patinadores no “Fabuloso Circo do Mickey Mouse” acontece neste sábado. Será no Ginásio de Esportes do Colégio Nossa Senhora de Lourdes (CNSL), às 20h30min, e a atração é do Centro de Patinação Rodas da Serra. Serão 50 alunos de Farroupilha com idade a partir dos 4 anos, tendo participação especial de patinadores de Caxias do Sul e São Vendelino. O Centro Rodas da Serra está na cidade desde 2012. Os ingressos para o show estão sendo comercializados a R$ 25,00 no lote promocional, seguindo com valores até R$ 100,00, que podem ser adquiridos com os alunos, na loja Chocolate & Cia ou ainda pelo link cprs2019-farroupilha.eventbrite.com.br. “É bem grandioso, temos toda uma estrutura de camarim, cenário para lembrar um picadeiro de circo, com som e iluminação. Oferecemos um espetáculo”, destaca Alessandro Oliveira, professor de patinação, salientando ainda que a confecção dos figurinos é um show à parte. O Rodas da Serra atende nove municípios e também são docentes Guilherme Leonhardt e Caroline Geremia. A apresentação será ainda mais especial neste ano porque a escola celebra uma década de atividade.

Divulgação

Eu sempre gostei de sonhar. Apesar de ser perseguido por muitos pesadelos, eu adoro a sensação de viver o inexplicável. Aquilo que acontece sem lógica e sem muita conexão. Pessoas entrando em cena sem sequer serem chamadas, e saindo antes mesmo de eu entender o porquê. Quase nunca há um porquê. Até esses sonhos pesados, nos quais o mesmo personagem sem rosto tenta me matar há uma vida inteira, cada vez de uma maneira diferente, eu gosto. Afinal, ele nunca conseguiu, e eu sigo mais vivo do que nunca também na terra da minha imaginação abraçada pelo travesseiro. Esse recanto maluco, que guarda toda minha consciência, e a falta dela também. Gosto dos sonhos porque neles se vai onde os pés jamais vislumbraram pisar. O olho jamais ousou piscar. E o fôlego nem saberia como rarear. É espaço só meu, em que ninguém ousa interferir. A não ser meu inconsciente, que caminha por onde bem entende, e nunca parou para me pedir licença. Mas, mesmo com tamanha adoração pelo suspense e o incerto das horas de sono, desde pequeno eu preferi viver. Ficar de olhos bem abertos. Belo transgressor juvenil, infrinjo orientações médicas quase todas as noites e ignoro as indicadas oito horas de descanso. Indisciplina que já causam boas olheiras, sempre censuradas por dona Lúcia. Afinal, as mães não cansam de prezar pela nossa boa contagem de carneirinhos. Durmo pouco, penso muito. Vivo mais ainda. Tenho a esperança como companhia. E ela, esperança, muito mais que um sonho inventado, me traz o que nem no melhor deles, os sonhos, caberia: a vida, como ela precisa ser. Como ela me faz ser. Apostando na incerteza do travesseiro ou transformando esperança em sorte. Daqueles que não esperam pela noite. Vivem os seus sonhos dia a dia. Sigo como criança sonhando com um mundo que realize os seus, ajude os outros nos deles. Eu e os que jogam o coração à frente de tudo temos um mundo inteiro para encher de palavras otimistas.

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

Programe-se O que: Espetáculo de patinação “O Fabuloso Circo do Mickey Mouse” Quando: neste sábado, às 20h30min Onde: Ginásio de Esportes do Colégio Nossa Senhora de Lourdes (Thomas Edison, 200) Quanto: ingressos na Chocolate & Cia, a partir de R$ 25,00, com alunos do Rodas da Serra ou pelo link cprs2019-farroupilha.eventbrite.com. br. Crianças até 3 anos não pagam

Equilíbrio, graça e coreografia Centro de Patinação Rodas da Serra promove show com a temática “O Fabuloso Circo do Mickey Mouse” neste sábado


FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

Inside

Música

Show beneficente acontece no Seminário, com Dinara Kemmer e Beto Vianna Beto Vianna

Acústico Dupla prepara o show especial para este domingo

S

Lauro Edson Da Cás ldacas@hotmail.com

Pela arte e pelos animais

e você quer contribuir com o bem-estar animal e aliar essa predileção a um bom show, a pedida é a apresentação dos cantores caxienses Dinara Kemmer e Beto Vianna. O espetáculo musical será neste domingo, às 18h, no Seminário Apostólico Nossa Senhora de Caravaggio. Parte dos recursos serão destinados a protetores de animais de Farroupilha. “Acredito que só evoluímos em comunhão. Como sou cantora e adoro os animais, então resolvi fazer algo para ajudar, assim como o Beto”, explica a artista sobre este primeiro show beneficente pela causa. No repertório estarão músicas populares brasileiras e internacionais. “É um acústico com uma roupagem contemporânea”, frisa Dinara que sobe ao palco com Beto, acompanhados por violão, percussão e teclado, prometendo um show acolhedor, voltado a refle-

9

xões e às famílias. Ingressos podem ser adquiridos a R$ 25,00 no Brechó Looks Store e também haverá unidades disponíveis no dia do evento. A dupla de músicos já projeta um novo show para o ano que vem, pela mesma causa, que deverá acontecer em Caxias do Sul.

Programe-se O que: show musical em prol dos animais, com Dinara Kemmer e Beto Vianna Quando: neste domingo, às 18h Onde: Seminário Apostólico Nossa Senhora de Caravaggio (Rodovia dos Romeiros, 1.211) Quanto: R$ 25,00 o ingresso que pode ser adquirido no Brechó Looks Store (Júlio de Castilhos, 940, sala 12, na galeria do edifício Alfredo). Haverá unidades disponíveis no dia

Ah, esse Bob Dylan... Falta pouco para alcançarmos a meta final do ano de 2019. Certamente, muitos nem concluíram a metade do planejado lá no início deste ano, entretanto, o vento continua sempre soprando! Através de Bob Dylan, que é uma daquelas celebridades referenciais para inúmeras gerações, reflitamos a vida que passa, por vezes, sem nós percebermos! Bob Dylan é cantor-compositor, artista, ator, escritor, um nobre personagem da cultura popular desde os anos 60. Suas obras têm influências políticas, sociais, filosóficas e literárias. Com sua arte e sabedoria, tornou-se a única pessoa do mundo a ser premiado com um Oscar, um Grammy, o Globo de Ouro e o Nobel em Literatura (2016). É nascido em 24 de maio de 1941. Definitivamente, é considerado um dos mais importantes compositores dos tempos atuais. Esses prêmios são consequências do seu trabalho artístico musical, pois suas músicas impactaram milhares de pessoas e a mensagem contida nas suas canções, seriamente, refletem a vida e o próprio viver, tanto em nível social, como pessoal. Um dos motivos extraordinários deste impacto através das suas mensagens está no fato de que a interpretação da letra tem sempre algo a mais, ou seja, nunca é definitiva. Por vezes, ele mesmo nem quer explicar o real significado das letras! Vejamos o que ele afirma sobre o sucesso: “não existe sucesso como fracasso e o fracasso não é sucesso de forma alguma”. Bela e estonteante afirmação! Inúmeros significados, sem dúvida. Mas o que a sociedade prega, diariamente, é que qualquer um que tenha alcançado o sucesso, chegou lá sem ter fracassado várias vezes, por exemplo. Entretanto, para Dylan, o que ele nos diz é o que a maioria não quer dizer, isto é, fracassar em si não é sucesso de forma nenhuma. Para ele, a sociedade não pode conviver e nem valorizar o fracasso. E ter sucesso, é condenável? O fracasso, então, não pode ser glamourizado, como muito se faz. Seguindo, temos esta frase, “aquele que não está se ocupando em nascer, está se ocupando em morrer”. Outra merecedora de reflexão, pois é uma das suas frases mais famosas! Do óbvio ao surpreendente, pois desde que nascemos, começamos a morrer a cada dia! Dylan está convicto de que o medo de morte é menos assustador que o nosso próprio comodismo e/ou da própria estagnação. Por isso, é preciso (re)nascer sempre, evoluir, crescer! Outra afirmação dele é, “você não precisa de um meteorologista para saber para que lado o vento sopra”. Esta frase está contida numa de suas músicas mais famosas, cujo nome é “Blowin’ in the Wind”. Esta canção foi aquela que lhe abriu as portas para o mundo da fama, tornando-o como que um novo profeta e/ou um porta-voz da sua geração (embora nunca se considerasse como tal). Ele simplesmente questiona sobre a condição humana e diz que as respostas estão em você mesmo, sem precisar que outros tragam respostas para você. Enfim, vale a curiosidade e a nossa expertise em buscar formas e atitudes para viver. Pasmem. * Mestre em Letras, Cultura e Regionalidade


Inside

10

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

Sétima Arte

Culpa que dilacera a

alma

“Pássaro do Oriente” relata a história de atormentada jovem sueca que tenta recomeçar a vida no Japão, mas aos poucos tem seus pesadelos revisitados

A

meta de vida de Lucy Fly (Alicia Vikander) é ser invisível. Que local melhor para isso acontecer do que em Tóquio, uma metrópole obcecada pelo trabalho, que respeita a privacidade como uma regra tácita e onde cada um cuida da sua vida sem qualquer tipo de intromissão na de terceiros? Mas essa invisibilidade, embora tenha seus prós, tem também seus contras. Prova disso é que a jovem fica impactada quando um fotógrafo faz uma foto dela na rua. O enigmático Teiji Matsuda (Naoki Kobayashi) deixou Kagashima, sua terra natal, para trás e passou a viver na Capital japonesa, onde trabalha em um pequeno restaurante, mas tem na fotografia seu verdadeiro hobby. Apesar de mais familiariza-

do com o local, já que é japonês, ao passo que Lucy é sueca, ela vê nele uma espécie de busca por um propósito maior na vida, que foi o que fez quando deixou o norte da Europa rumo a Tóquio, onde trabalha como tradutora numa empresa de audiovisual, que traduz filmes americanos para mercado do Japão. O círculo de amigos de Lucy também é muito restrito. Sua ligação mais próxima é com a colega de trabalho Natsuko (Kiki Sukezane), com o músico inglês Bob Johnson (Jack Huston) e com a juíza Katoh (Akiko Iwase), que divide com ela e mais duas mulheres um quarteto de cordas, uma das poucas distrações a que Lucy se permite e que evita que sua rotina seja inteiramente enfadonha e mecanizada. Mas tudo muda a

partir da chegada da americana Lily Bridges (Riley Keough), uma amiga de Bob que procura auxílio para se estabelecer no País e ele acaba indicando Lucy como uma espécie de guia. A esta altura, o relacionamento da jovem com Teiji começa a deslanchar, mas ela pouco sabe da vida do fotógrafo e isso, ao mesmo tempo que a fascina, também acaba por deixá-la insegura. A presença de Lily perturba a

já tênue estabilidade de sua jornada, justamente por ela ser a antítese de Lucy: despreocupada, extrovertida e acreditando que a vida é uma permanente festa. Esse comportamento, de certa forma, chama a atenção de Teiji, o que bagunça o universo instável de Lucy, que fica perturbadoramente afetada a partir de acontecimentos que ocorrem à sua volta, como se o passado insistisse em dar as caras.


Inside

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

Sétima Arte

Relações perigosas A sueca Lucy Fly (Alicia Vikander), o japonês Teiji Matsuda (Naoki Kobayashi) e a americana Lily Bridges (Riley Keough) aproveitam a atraente noite de Tóquio: nem tudo é diversão quando os propósitos são obscuros

trama. É a partir das respostas que a vida da sueca passa a ser relatada, permeada também por episódios perturbadores de seu passado, desde a infância, que a fizeram largar tudo e começar do zero em Tóquio. Baseado no livro homônimo da escritora britânica Susanna Jones, escrito em 2001, seu conterrâneo Wash Westmoreland dirige e roteiriza um longa reflexivo, mas que apesar disso tem uma carga progressiva de tensão, à medida que a história é desvelada em camadas, não somente na narrativa em si, mas na abertura da própria protagonista, com Lucy mostrando que sua introspecção tem muita razão de ser e que seus receios, antes de parecerem alucinação ou paranoia, são reais, a ponto da jovem questionar sua sanidade em muitas passagens do filme. “Pássaro do Oriente” é uma trama habilmente construída, que alimenta o espectador aos poucos, deixando-o tentar desvendar também a teia de mistério que envolve, em especial, a dupla de protagonistas. É um filme que fala sobre dificuldade de recomeços, insegurança, medo e, sobretudo, sobre o pesado sentimento de culpa, que atormenta a alma de Lucy e parece a perseguir como um fantasma do passado que insiste em atormentar sua existência, como se estivesse fadada a sofrer com isso, ainda que esse peso seja relativo. Estreia da semana na Netflix, o trabalho do diretor do ótimo “Para Sempre Alice” tem na mescla entre o trio de protagonistas (Alicia é sueca mesmo, Kobayashi é japonês e Riley é americana) uma mistura bem-acabada de comportamentos, que ajuda a contrapor estilos antagônicos. A Fotografia é exuberante. Adaptado na Tóquio de 1989, mais clássica e fechada, não tão multicultural como seria com a história relatada nos dias atuais, Pássaro do Oriente tem no visual um de seus pontos fortes. Um impacto que ajuda a tecer todo o mistério que envolve a trama.

Imagem: Reprodução

A história não é contada linearmente. Ela começa com o desaparecimento misterioso de Lily e a polícia, por meio dos detetives Kameyuama (Kazuhiro Muroyama) e Oguchi (Ken Yamamura), submetendo Lucy a um interrogatório, tendo em vista que testemunhas relataram um encontro entre as duas pouco antes do sumiço da americana. O filme usa a investida policial como um fio condutor da

Divulgação

11

Título original Earthquake Bird Título traduzido Pássaro do Oriente Direção e roteiro Wash Westmoreland Gênero Suspense Duração 107 minutos País Estados Unidos Inglaterra Japão Ano de produção 2019 Estúdio Scott Free Twenty First City Distribuição Netflix


12

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Você pode ter problemas com uma pessoa do seu ambiente de trabalho. O céu pede ponderação em seu julgamento e uma postura firme para transformar aquilo que lhe causa mal-estar. É importante ter uma atitude consciente e desenvolver a autoestima.

Touro - 21/04 a 20/05

Você precisa assumir as rédeas de sua vida pessoal e afetiva. O céu lhe fornece consciência sobre o que deve ser transformado para garantir sucesso e credibilidade, mas existem excessos e negligências que dificultam uma troca afetiva e lhe causam baixa autoestima..

Gêmeos - 21/05 a 20/06

A forma de interagir com a família pede reparos e uma postura firme para superar traumas e situações que afetam profundamente a vontade de mudar. Pode ser que você sinta desafios para lidar com o relacionamento amoroso ou com uma pessoa importante.

Câncer - 21/06 a 20/07

Você é levado a se posicionar em relação a uma pessoa importante para o seu desenvolvimento. A situação pede atenção na forma como você vem encarando o trabalho e as pessoas que podem dificultar o andamento das coisas por causa de excessos e desperdícios.

Leão - 21/07 a 22/08

O trabalho é uma fonte importante para o autodesenvolvimento, mas o céu alerta para os desperdícios e para a falta de medida para lidar com os recursos materiais. É essencial ter consciência das medidas e dos limites.

Vírgem - 23/08 a 22/09

Fase importante de autodesenvolvimento, o que gera grandes transformações em sua forma de perceber as coisas à sua volta. É preciso analisar as negligências e as situações que geram desperdícios no setor familiar ou para resolver questões do imóvel.

Libra - 23/09 a 22/10

Você está observando as pessoas à sua volta e do seu convívio, o que lhe traz percepções importantes sobre como deve atuar com cada uma delas. É importante assumir as rédeas de sua vida, superando os medos, principalmente em família.

Escorpião - 23/10 a 21/11

O contato com algumas pessoas lhe causa mudanças em sua percepção, e isso é positivo para o seu desenvolvimento. Mas o céu pede atenção com a forma como você vem lidando com projetos aliados ao setor financeiro, porque esta fase vem carregada de desperdícios.

Sagitário - 22/11 a 21/12

É importante olhar para o futuro e para as responsabilidades que vêm sendo apresentadas a você. Você está numa fase de superação e de atuação mais firme para concretizar as metas, entretanto é preciso avaliar os desperdícios e a sua postura para ordenar tudo isso.

Capricórnio - 22/12 a 20/01

Você está consciente do que deve ser transformado, e isso mexe consideravelmente com as suas crenças. É importante analisar como deve atuar com uma pessoa, levando em consideração a baixa autoestima e os julgamentos depositados numa pessoa inserida na experiência.

Aquário - 21/01 a 19/02

Você está numa fase de descarte para lidar com amigos e pessoas próximas. Uma pessoa mexe muito com você, o que pode causar mal-estar. Analise a situação para não sucumbir a ações negligentes na sua atuação em equipe.

Peixes - 20/02 a 20/03

Há superação para interagir com uma pessoa, principalmente com cônjuge, sócios e parceiros, mas o cenário indica exageros e situações que geram excessos por causa de desperdícios financeiros ou direcionados ao afeto, causando ciúme e possessividade.

Inside

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019


FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019

Vendo terreno – Excelente negócio! BARBADA! Localizado no Bairro Imigrante, medindo 12,00 x 33,00 (396m²) APENAS R$135.000,00. Tratar diretamente com proprietário. (54) 9 9968-0419. VENDO TERRENO. Localizado a UMA QUADRA DO MAR, em Arroio do Sal, BALNEÁRIO ATLÂNTICO; próximo a todos os recursos: supermercado, sorveteria, padaria, posto de saúde. Tratar direto com proprietário. (54) 9 9972.6708 – Bento Gonçalves (RS). VENDE-SE TERRENO DE ESQUINA, com 1.377m², a uma quadra da rodoviária e do Shopping Centro de Compras. Contatar através do telefone: (54) 9 9118.1642.


2

Farroupilha: para você homem discreto, que procura uma boa massagem para relaxar, agora você já tem o local certo! “PRAZER PICANTE”, você encontra as mais BELAS GAROTAS! Local central. Venha conhecer! Fone: (54) 9 9143 0723. Segunda a sábado.

FARROUPILHA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019


Profile for Informantef Informantef

Edição 615  

Jornal Informante (Farroupilha/RS)

Edição 615  

Jornal Informante (Farroupilha/RS)

Advertisement