__MAIN_TEXT__

Page 1

FARROUPILHA

|

ANO XII

|

EDIÇÃO 609

|

11 DE OUTUBRO DE 2019

|

R$ 3,00

INSIDE

EDUCAÇÃO

Eventos tradicionalistas ocorrem no fim de semana, no Parque Cinquentenário Capa e página 5

Premiados no “Luz, Câmera, Emoção!” serão conhecidos nesta sexta à noite Página 13

Valorizando a cultura gaúcha

Sétima Arte na João Grendene

Domingo tem Encontro Municipal de Clubes de Mães com 24 grupos da cidade em festejos liderados pelo Esperança do Amanhã, do América Matéria Especial, páginas 2 e 3, e Editorial

Juliana Inês Casa Barbieri

E aí, estão servidos?


2

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

CONFRATERNIZAÇÃO

Mães em festa neste domingo Anfitrião desta edição é o grupo Esperança do Amanhã, do bairro América, e são esperados 400 participantes

A

nualmente uma grande confraternização reúne os Clubes de Mães de Farroupilha. O evento oportuniza a convivência e troca de experiências entre as integrantes com momento de religiosidade, lazer, apresentações artísticas e, claro, mesa farta. A 18ª edição do Encontro Municipal de Clubes de Mães será neste domingo e as responsáveis por receber as participantes é o Esperança do Amanhã, do América. O evento inicia às 9h30min, no Centro Luterano, inclui café da manhã, almoço e lanche da tarde, além de uma recepção calorosa. Cerca de 24 Clubes estarão presentes, reunindo 400 participantes, com o acom-

panhamento de Márcia Georg, representante da Emater e fundadora do evento que acompanhou boa parte da criação dos Clubes da cidade. “Queremos fazer o melhor possível, temos uma grande expectativa e apesar do pouco tempo de fundação do nosso Clube de Mães estamos nos doando ao máximo”, reforça Ilena da Maia, presidente do Esperança do Amanhã e que tem se envolvido da divulgação à produção de biscoitos para a festa. Fundado há menos de um ano, o Clube não ficou com receio e aceitou o desafio de sediar a festa. O resultado poderá ser conferido no evento dominical, carinhosamente batizado de “Encontrão”.

Conheça as integrantes do Esperança do Amanhã

Alda Feliciano, Clair da Silva, Clari Bettu, Elia de Lima, Grasiela Rangel, Ilena da Maia, Iraci Lermenn, Ivete Filimberti, Izabel Wengenovicz, Kerlen Danda, Laci Quadrado, Loceci Gobbi, Marasane Choinaki, Maria Garcia, Marlene Seiffer, Marli Deliberalli, Nelsi Wiater, Onice Thabaldi, Rejane Thabaldi e Salete Wasiak.

Divulgação

Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br

À frente do Encontro Mães do bairro América correm para deixar tudo pronto e bem receber os participantes


3

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

PROGRAMAÇÃO

Grande evento para as mulheres te ano: para arrecadar recursos, já que é uma organização que tem apenas 10 meses de fundação, o Esperança do Amanhã contou com o auxílio dos demais Clubes da cidade que coletaram materiais recicláveis e o valor da venda está sendo aplicado na promoção. O evento é realizado anualmente e, para envolver todos os Clubes de Mães, a organização fica a cargo de um grupo por vez. É o jeito de proporcionar a todas a honraria e o desafio de contribuir com a ação que nasceu para mostrar a importância da atividade comunitária, social e a força que essa união traz às mulheres.

Juliana Inês Casa Barbieri

Q

uem ainda não adquiriu o seu ingresso pode procurar as promotoras e já garantir a sua entrada no Encontrão deste domingo. O valor é R$ 45,00 e inclui recepção da manhã com bolos, chá e café, o cardápio do almoço é carne de porco, galeto, espaguete, pão, maionese e saladas. Já à tarde haverá biscoitos, grostoli, bolos, cuca e salgados. A decoração ficou por conta do grupo anfitrião em parceria com os outros Clubes, aliás, uma mobilização se firmou nes-

Atividades do evento

9h30min: abertura com a chegada dos Clubes de Mães 10h10min: celebração com a pastora Paula Naegele 11h15min: protocolo 12h: almoço 14h: apresentação artística com Claudinho Show 15h: café da tarde 17h: encerramento

Programe-se O que: 18º Encontro Municipal de Clubes de Mães Quando: neste domingo, das 9h30min às 17h Onde: Centro Comunitário Luterano (Reamo Gazzoni, s/nº) Quanto: ingresso a R$ 45,00 e pode ser adquirido até sábado com as integrantes ou pelo fone 996.017.922

Mão na massa Entre os últimos preparativos para o Encontro Municipal, a semana foi de produção de biscoitos


4

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

O recebimento benefício após Alexandre S. Triches *

M

uitas famílias enfrentam complicações perante o INSS por continuarem recebendo benefício previdenciário de pessoa falecida. Isso normalmente acontece porque os familiares desconhecem as regras aplicáveis ao caso, bem como os riscos de permanecer recebendo valores que são indevidos. Contudo, sacar a aposentadoria após o óbito do segurado é uma irregularidade e pode ser configurado como crime, mesmo que os saques feitos sejam destinados para custear as despesas do funeral ou que o estado emocional dos envolvidos esteja prejudicado em face da perda da pessoa querida. Todos os cartórios de registro civil de pessoas naturais, de acordo com o art. 68 da Lei nº 8.212, de 24 de julho de 1991, estão obrigados a comunicar ao INSS, até o dia 10 de cada mês, os óbitos registrados no mês imediatamente anterior ou a inexistência deles no mesmo período, devendo da relação constar a filiação, a data e o local de nascimento da pessoa falecida. Estas informações são de responsabilidade do titular do cartório de registro civil de pessoas naturais e visam a trazer segurança nos pagamentos do INSS. Acontece que, muitas vezes, o pro-

tocolo falha e não ocorre a cessação automática do benefício, de modo que a responsabilidade pela comunicação do óbito é de qualquer pessoa que tome ciência acerca da não cessação dos pagamentos. Estas pessoas, via de regra, serão familiares do falecido: pai, mãe, filhos, irmãos ou qualquer outra pessoa envolvida que deverá comunicar imediatamente a ocorrência do óbito ao INSS. Para fazer a regularização do óbito perante à Previdência Social é necessário contatar o INSS, por meio do fone 135 ou, então, utilizar o portal Meu


5

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

indevido de a morte Divulgação

INSS. Um agendamento presencial na agência pode ser exigido a fim de que seja possível apresentar a certidão de óbito. O mais importante é agir rápido, pois, sendo indevidos os pagamentos, quanto mais parcelas foram recebidas maior será o passivo que, provavelmente, terá que ser devolvido. Outra situação é aquela em que há valores devidos pelo INSS não recebidos até a data do falecimento pelo beneficiário. Neste caso, o benefício foi cessado com o óbito, mas o INSS segue devedor do resíduo para os herdeiros do falecido. Nessa situação é

possível, sim, solicitar o crédito residual por meio do portal Meu INSS. Por fim, é importante referir que a cessação do benefício da Previdência pode se dar por diversas razões, além do óbito: substituição por outro benefício; fim do prazo definido quando da concessão; e suspeita de fraude. No momento de restabelecer o benefício deve ser sempre analisado se o pagamento está correto, não apenas das parcelas mensais, como também dos valores retroativos. * Advogado


6

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

Uma tradição farroupilhense que é reafirmada a cada ano Os Encontros dos Clubes de Mães, que são costumeiramente capitaneados pela Emater no município, fazem parte de uma tradição que se reafirma e consolida a cada ano e, em 2019, não é diferente. Aliás, não apenas consolida uma tradição como também a reforça de maneira bem expressiva. É que o anfitrião da festa, o Esperança do Amanhã, do bairro América, é o caçula da turma e foi fundado há menos de um ano. E coube justamente a ele, o novato do grupo, a incumbência de

sediar o encontro deste ano, que reunirá 24 Clubes. O chamado “Encontrão” acontece neste domingo, no Centro Comunitário Luterano, o que de certa forma foge à rotina, já que a grande maioria dos Clubes de Mães estão sediados no interior do município, onde fica até mais fácil manter viva essa tradição, justamente pelas peculiaridades que notabilizam estas entidades que ratificam uma herança cultural que se perpetua ao longo dos anos. Como tradicionalmente ocorre, o

Jornal Informante sempre procura destacar as ações de confraternização dos Clubes de Mães e, em 2019, não é diferente. Tanto que o grupo anfitrião e as atividades que serão desenvolvidas ao longo deste domingo pra lá de especial estão em evidência na Matéria Especial, páginas 2 e 3. É um congraçamento que merece ser enaltecido, especialmente porque é algo feito com abnegação, desprendimento e dedicação, algo muito raro de se encontrar hoje em dia sem uma devida contrapartida.

E o fato do clube caçula ter assumido a responsabilidade de se envolver no Encontrão é um sinal de que essa ligação, alicerçada e sedimentada ao longo de quase duas décadas, já que estamos na 18ª edição do evento, é densa e procura, a cada nova edição, fortalecer esse vínculo fraterno que se estabeleceu durante as edições que construíram essa destacada história. Que a tradição pregressa sedimente o futuro dos Encontrões e que a festa se perpetue, cada vez mais, como uma bonita e rica tradição farroupilhense.

Nesta semana, uma nova comitiva de prefeitos de cidades mineiras esteve presente ao Centro Administrativo Prefeito Avelino Maggioni para tomar conhecimento sobre ações que estão sendo desenvolvidas no município, especialmente no que se refere às facilidades tecnológicas e de desburocratização que são empregadas pelo Executivo. Aliás, visitas que têm sido constantes (veja mais na Editoria de Economia, página 8). Em momentos como o atual, em que a otimização de tempo e de processos se consolida como um ganho expressivo, Farroupilha tem se notabilizado no segmento, como no caso do Alvará Digital 4.0, que con-

tabilizou, em 60 dias de operação, 122 registros de empresa. No ano, o município totaliza quase mil novos empreendimentos e, muito embora boa parte sejam de Micro Empreendedores Individuais (MEIs), estes têm a condição de se somarem à variada e ampla cadeia produtiva já consolidada no município. O simples fato do poder público ofertar esse tipo de vantagem já tem o poder de atrair novos negócios para a cidade, algo que pode até não ser mensurado em um primeiro momento, mas que pode resultar em benefícios futuros, justamente pelo fato da matriz farroupilhense ser amplamente diversificada.

A semana foi de muitos contatos e de agenda lotada para os vereadores Fabiano André Piccoli (PT), Fernando Silvestrin (PSB), Sedinei Catafesta (PSD) e Thiago Brunet (PDT). Ao quarteto foi destacada a missão de buscar, em Brasília, recursos para o Hospital Beneficente São Carlos (HBSC) que, se não atravessa a crise que foi vivenciada há alguns anos, ainda necessita de muito envolvimento e mobilização para manter a prestação de seus valorosos serviços à comunidade farroupilhense. Uma reunião, ocorrida na Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton, poucas semanas atrás, entre a direção da instituição de saúde e os vereadores, demonstrou de maneira clara a neces-

sidade de engajamento da Câmara de Vereadores na busca e obtenção de recursos para o HBSC. O tempo, ao que tudo indica, foi bem aproveitado pelo quarteto que esteve na Capital federal no meio desta semana (veja na Editoria de Política, página 11). Nos próximos dias, um relatório da viagem da comitiva será apresentado onde será detalhado o que foi feito e as perspectivas de recursos futuros, além dos já apalavrados com os congressistas. Cumpre destacar que a bandeira defendida pelo São Carlos é uma empenhada por toda a comunidade e o Legislativo Farroupilhense sempre foi sensível a essa demanda, como ficou provado mais uma vez.

Referência seguida Mobilização total

Índice

Editorial

Matéria Especial .................................... Páginas 2 e 3 Editorial ...................................................Página 6 Opinião...................................................... Página 7 Economia .................................................. Página 8 Cidade ........................................................ Páginas 9 e 10 Política ..................................................... Páginas 11 e 12 Educação .................................................. Página 13 Esporte ..................................................... Páginas 14 e 15

Inside

Especial..................................................... Capa e página 5 Cinemas ..................................................... Página 2 Espiritualidade....................................... Página 3 Crônicas da Redação ............................. Página 4 Agenda....................................................... Página 4 Guilherme Macalossi ............................ Página 5 Social ........................................................ Páginas 6 e 7 Egui Baldasso ......................................... Página 8 Primeiro Parágrafo............................... Páginas 8 e 9 Lauro Edson Da Cás ............................... Página 9 Sétima Arte .............................................. Páginas 10 e 11 Horóscopo ............................................... Contracapa Saúde, Beleza & Estética...................... 4 páginas Classificados .......................................... 8 páginas Dia das Crianças ..................................... 8 páginas Construção, Decoração & Reforma .....16 páginas

Redação - redacao@jornalinformante.com.br Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br Ramon Cardoso ramon@jornalinformante.com.br Yasmin Signori Andrade yasmin@jornalinformante.com.br

Comercial-comercial@jornalinformante.com.br Fabiano Luiz Gasperin gasperin@jornalinformante.com.br Jean Marco Lançarin de Mattos comercial5@jornalinformante.com.br Maria da Graça Potricos Leite maria@jornalinformante.com.br

Anúncios - anuncios@jornalinformante.com.br Marcelo Bortagaray Mello marcelo@jornalinformante.com.br Tiago Rodrigues da Silva tiago@jornalinformante.com.br

Financeiro - financeiro@jornalinformante.com.br Keli de Almeida Maciel keli@jornalinformante.com.br

Assinaturas-assinaturas@jornalinformante.com.br Assinatura Bienal: R$ 240,00 Assinatura Anual: R$ 140,00

Telefones (54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203

Endereço Rua Dr. Jaime Romeu Rössler, 348, Bairro Planalto

Colunistas Crônicas da Redação Dolores Maggioni Egui Baldasso Fabrício Oliboni

Guilherme Macalossi Gustavo Pimentel Lauro Edson Da Cás Paulo Roque Gasparetto

A manifestação dos colunistas é livre e independente e não necessariamente reflete a opinião do Tabloide sobre os temas abordados nas colunas

@PaperInformante www.jornalinformante.com.br

/jornalinformante


7

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

Um País de Coringas Elton Duarte Batalha * O filme “Coringa” estreou recentemente no Brasil e tem provocado muitos comentários por diversas razões distintas. Seja por questões políticas, sociológicas ou psicológicas, a obra permite uma série de reflexões sobre a humanidade, em geral, e sobre o Brasil, em particular. O desconforto que a película produz em parte da plateia é algo a ser observado com atenção. O protagonista que dá nome ao título é alguém desequilibrado mentalmente que, após ficar muito tempo calado, sendo submetido a situações de humilhação, explode em fúria. Quando isso ocorre, ele passa a apostar no caos, divertindo-se com a balbúrdia e galvanizando a atenção de uma turba ensandecida na cidade. A semelhança com a vida pública brasileira é evidente, independentemente de qual orientação ideológica esteja no poder. Seja à esquerda ou à direita, as figuras políticas estão primando pela adoção de posturas desarrazoadas há mais de 15 anos, sentindo-se legitimadas pelo apoio fanático de parte da população, dado o caráter personalista da comunidade nacional. A espetacularização do mal realizada pelo Coringa, durante uma cena em que é entrevistado na TV, guarda semelhança com a atitude ostensiva de desprezo a certo grau de decoro exigido pelo cargo ocupado por alguns líderes nacionais, fenômeno especialmente observado após o fim da gestão de Fernando Henrique Cardoso. Sob o prisma psicológico, interessa observar a postura do palhaço magistralmente interpreta-

do por Joaquin Phoenix, sob a direção de Todd Phillips. Em certo momento, o ressentimento e a frustração que o protagonista carrega dentro de si explodem em violência, exteriorizada em atos extremos, aceitos por parte da coletividade, a qual o idolatra. Há uma mudança de paradigma em que aquilo que era errado passa a ser o novo certo, dada a influência multiplicadora da ação do Coringa. Tal fenômeno também é observado em território nacional, no campo social e político. Socialmente, a parcela da população que não foi ouvida durante muito tempo em questões econômicas e de costumes assomou no cenário da disputa por poder, vociferando o ressentimento que, até então, reprimira. Assim como o protagonista do filme muda seu comportamento (inclusive fisicamente, pois em vez da postura encurvada, passa a caminhar de modo mais ereto) quando tem acesso ao poder materializado em uma arma de fogo, a chegada ao cume político pela esquerda ou pela direita tem evidenciado a inabilidade em manter um canal de diálogo permanente e com fins republicanos com o interlocutor do campo oposto. Isso não significa que chegarão a um consenso, mas permite a ventilação dos canais democráticos, algo em falta no Brasil há muitos anos. Quando o Coringa pinta não só o rosto, mas a própria língua, ele internaliza a personagem. Esse é o perigo a que está exposta a sociedade, quando solta seus monstros antes reprimidos e veste a máscara do mal, como demonstram as redes sociais e o ambiente político pós-FHC. Último ponto a ser analisado diz respeito à in-

fluência que o filme pode produzir nas pessoas a partir da interpretação sobre a relação entre o personagem principal e o meio no qual está inserido. Diferentemente do que se tem dito, Coringa não é vítima da sociedade, a qual apenas aciona gatilhos para sua explosão, com a imposição de dificuldades severas de sobrevivência, inclusive de modo violento em determinados momentos. Ele não é, de modo algum, inocente, ficando claro desde o início o distúrbio comportamental do protagonista. A ideia de que a película pode fomentar atos ilícitos tem um pressuposto equivocado: que o bom se torna mau meramente pela indução por fatores externos, sem considerar a semente do mal inerente a todos os seres humanos. Não é um ser “do bem” que altera sua essência, mas alguém que não sabe lidar com as dificuldades existenciais. Como consequência preocupante da referida crítica, pode haver tentativa de censura à liberdade de expressão, supostamente pelo efeito que a ficção poderia causar sobre a realidade. Tal fenômeno é típico de uma sociedade que retira a responsabilidade dos seus indivíduos, infantilizando-os. Violência simbólica da arte é catarse, forma de vazar a violência que cada um traz dentro de si, de modo potencial, sem ter que materializá-la. O incômodo, talvez, seja provocado pelo fato de que o espectador é obrigado a ver seu reflexo no espelho. Se a imagem não é boa, a tendência, narcisicamente, é repeli-la. * Advogado, doutor em Direito e professor de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie

Brinquedos de crianças têm carga tributária de gente grande Juciléia Lima Comemorado no dia 12 de outubro, o Dia das Crianças é uma das datas mais importantes quando o assunto é diversão para os pequenos, que aguardam ansiosamente ganhar presentes dos pais, avós, tios e padrinhos. As sugestões de presentes são várias e variam de acordo com o preço e a idade dos pequenos, como os presentes tradicionais (aqueles que nunca saem de moda, tais como: carrinhos, bonecas, bola de futebol); os educativos (que apresentam formas, letras e números comumente destinados às crianças menores) e ainda os presentes tecnológicos (smartphones, ipads, notebooks, jogos, que são os preferidos dos mais crescidinhos).

Entretanto, ser criança pode custar muito caro, dado que em torno de 40% do valor dos brinquedos é representado por tributos. Quando o consumidor compra um brinquedo tradicional como bonecas, carrinhos ou um jogo educativo, 39,7% do preço final é representado por tributos. Sobre a compra de uma simples bola de futebol incide 48,49% de tributos e, de outros produtos que também vendem bastante na época, a carga tributária ultrapassa 50% do preço final como no caso dos jogos (72,18%); tênis importados (58,59%); e patins, patinetes e skates (52,78%). Já sobre os artigos de vestuário e sapatos, incide 34,67%, enquanto que os livros 15,52%, teatro e cinema 20,85%, estes são os que detêm a menor carga tributária.

Por sua vez, sobre a compra de um ipad importado, 59,32% do preço é representado por tributos; smartphone importado o percentual sobe para 68,76; celular vai a 39,80% e de um notebook chega a 24,30%. Todos os dados aqui refletem o levantamento efetuado pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário, o IBPT. Sendo assim, embora o dia 12 de outubro seja destinado às crianças, é evidente que a carga tributária sobre os brinquedos no Brasil é coisa de gente grande. * Advogada, doutora e mestre em Direito Tributário e Financeiro, professora de Direito Tributário na Universidade Presbiteriana Mackenzie Campinas


8

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO

Bom exemplo que se propaga pelo País Prefeitos mineiros visitam Farroupilha e conhecem políticas públicas que trazem agilidade e desburocratização Rodrigo Martins

A

implantação de estratégias que resultam em eficiência nos trâmites legais implantados em Farroupilha vem atraindo o olhar de outras cidades e Estados. Para conhecer a sistemática de trabalho, o município recebeu, nesta semana, uma comitiva de 11 prefeitos de Minas Gerais. O foco foi conhecer as facilidades na abertura de negócios e trâmites adotados nos sistemas de compras. A visita técnica foi organizada pelo Sebrae mineiro possibilitando a troca de experiências, averiguando in loco o trabalho desenvolvido. Os visitantes conheceram a Sala do Empreendedor, na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, tirando dúvidas sobre o Alvará 4.0, foram atendidos ainda pelo prefeito Claiton Gonçalves e pelos secretários de Planejamento, Gabriel Tavares, e de Desenvolvimento Econômico, Roque Severgnini. “Repartir conhecimento é moti-

Missão mineira Grupo foi recepcionado pelo prefeito Claiton e secretariado com explanação das medidas adotadas em Farroupilhan na abertura de negócios

vo de muita alegria e de responsabilidade também, visto que a partir do momento que somos referência para outros municípios e Estados também aumenta nossa responsa-

bilidade em não decepcionar e em manter essa dianteira na agilidade, simplificação, desburocratização e facilitação para abertura de empresas. Hoje somos o município mais

rápido do Brasil para abrir alvará e agora de forma digital, com o 4.0”, destaca Severgnini. Além de Farroupilha, a comitiva visitou Três Forquilhas, Harmonia e Novo Hamburgo.


9

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

ESCOLHIDOS

Divulgados os Destaques Culturais Câmara reconhece talentos e associação local em cinco categorias por suas importantes atuações na comunidade geados foi realizada pela Comissão Parlamentar de Educação, juntamente com a Secretaria e Conselho de Cultura, e os escolhidos receberão o título Destaque Cultural. O intuito é divulgar o fomento da classe artística farroupilhense reconhecendo e valorizando seus produtores culturais. A sessão solene será no próximo dia 4, na Câmara de Vereadores.

Agraciados com o Destaque Cultural

Literatura: Armando Wartha (escritor) Categoria Mista: Associação Cultural Moinho Covolan Música: Calebe Coelho (compositor, músico e professor) Fotografia: Cristian Guzzo (especialista em registros de nascimento) Artes Plásticas: Marinês Busetti (xilogravurista)

Imagem: Reprodução

F

arroupilhenses que propagam a cultura nas áreas de Literatura, Música, Fotografia, Artes Plásticas e em forma de associação foram escolhidos por sua atuação e serão agraciados no próximo mês pela Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton. A escolha dos homena-

Valorizando talentos Escritor, músico, fotógrafo, artista plástica e associação serão recohecidos com o título Destaque Cultural

Esquina Conselheiros tutelares eleitos pelos próximos quatro anos

Foram definidos os novos conselheiros tutelares no último domingo. A votação aconteceu no Centro de Atendimento ao Cidadão (Ceac) e envolveu 3.371 eleitores do município, elegendo: Deise Garbin Romagna, com 564 votos; Claudiomiro da Silva, com 540; Valéria Miranda, com 465; Ivanor Romagna, com 387; e Dilço Batista Rodrigues, com 288. Os conselheiros assumirão em 10 de janeiro e permanecerão por quatro anos no cargo.


10

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

EMPREENDEDORISMO

Obituário

Sucesso no Café com Coaching

3 de outubro * Lida Rossi Provenzi, 95 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de Nova Roma do Sul; * Olga Fontanella Bellaver, 70 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza. 4 de outubro * Ennio Girardi, 72 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal; * Iracema Venzon, 88 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 6 de outubro * Ida Maria Portolan, 91 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de Nova Milano (4º Distrito). 7 de outubro * Gilberto Dutra de Oliveira, 48 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza; * Maria Luiza Piccoli Sebben, 87 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal.

Ação do Instituto Bordin reuniu 600 participantes na Casa Perlage Divulgação

Alguém quer me adotar? Divulgação

Melado é um cão cheio de amor para dar. Ele tem 4 anos e já está castrado. É de porte grande e muito carinhoso. Precisa de um lar seguro, e uma família para chamar de sua. Interessados em adotar podem manter contato pelo fone 999.371.647.

D

Foco nas mulheres Encontro foi beneficente, numa ação voltada a promover o empreendedorismo feminino

e casa lotada, o “Café com Coaching + Networking com Empreendedoras” mostrou que a ação veio para ficar. No palco, o comando da noite foi da coach Thuany Thomé, especialista em mulheres de negócios, e da master coach Jaqueline Perottoni. O evento aconteceu no último dia 3, na Casa Perlage.

“Superou nossas expectativas, tivemos cerca de 600 mulheres inscritas no evento. Mesmo com chuva, a casa estava lotada. Participantes disseram que o Café com Coaching foi um momento de virada em suas vidas”, destaca Thuany. Com o intuito de promover o desenvolvimento pessoal e o empreendedorismo feminino na região, o evento foi beneficente e coletou ain-

da meia tonelada de alimentos destinados à Associação de Prevenção e Combate ao Câncer de Farroupilha. “É sempre um momento de inspiração, dicas e principalmente apoio entre mulheres que querem prosperar e ver resultados nas suas vidas. As pessoas chegam para baixo, muitas vezes desanimadas, e saem com um novo olhar sobre a vida”, comemora a especialista.


11

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

VERBAS PARA A SAÚDE

Viagem a Brasília deve gerar ao menos R$ 1,3 milhão ao HBSC Comitiva de vereadores farroupilhenses esteve em contato com os 31 deputados e três senadores gaúchos nesta semana los que, após algumas tentativas, não obteve o mesmo sucesso conquistado pelos parlamentares que, no final de 2017, garantiram mais de R$ 2 milhões em emendas para a casa de saúde. Na terça, os vereadores visitaram 18 gabinetes e conversaram pessoalmente com alguns deputados. Há o compromisso assumido de alguns e a certeza da destinação de R$ 500 mil de Marlon Santos (PDT), sendo R$ 300 mil para este ano e R$ 200 mil para o próximo, resultado da visita de terça. Na quarta, mais confirmações de R$ 300 mil do senador Lasier Martins (PSD), e R$ 250 mil dos deputados Pompeo de Mattos (PDT) e Danrlei (PSD), totalizando R$ 1,3 milhão.

Divulgação

A

semana foi movimentada e proveitosa para os quatro vereadores farroupilhenses que foram a Brasília em busca de recursos para o Hospital Beneficente São Carlos (HBSC). Na manhã de terça os vereadores Fabiano André Piccoli (PT), Fernando Silvestrin (PSB) e Sedinei Catafesta (PSD) embarcaram rumo à Capital federal para apresentar as demandas da instituição de saúde a deputados e senadores. O vereador Thiago Brunet (PDT) reforçou o grupo na quarta. O tempo foi bem aproveitado. A viagem foi um pedido da administração do São Car-

Peregrinação Brunet, Silvestrin, o senador Lasier, Piccoli e Catafesta: busca de recursos para o São Carlos

“Fomos muito bem recebidos nos gabinetes e esse valor pode aumentar porque, na semana que vem, faremos uma

reunião com a direção do São Carlos já que oito deputados ficaram de dar uma resposta nos próximos dias”, assegurou

Piccoli. O quarteto retornou a Farroupilha na quinta e na semana que vem deve apresentar um relatório da viagem.


12

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

PROJETO EDUCACIONAL

Estudantes comandam Legislativo Nova edição do “Vereador por um Dia”, que aproxima as escolas do Parlamento, aconteceu na segunda à noite

C

omo habitualmente ocorre, a Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton recebeu um grande público na segunda à noite, com o projeto “Vereador por um Dia”. Foram 15 estudantes que representaram suas respectivas instituições de ensino e ocuparam as cadeiras do Parlamento para apresentar seus projetos, reivindicações e sugestões para melhorar a vida comunitária. Os temas foram abordados pelos alunos, que também apresentaram aos presentes um histórico dos educandários. O projeto promovido pela Câmara de Vereadores busca aproximar o ambiente escolar das funções legislativas e inserir os jovens na importância da Câmara na comunidade. Depois da manifestação, cada vereador concedeu ao seu apadrinhado um certificado de participação no projeto.

Os vereadores por um dia, suas escolas e principais reivindicações * Karina Marques Bianchi, da Escola Santa Cruz Solicitou a pavimentação da rua Roque Vítor Barbieri, em Nova Milano * Giovane Salles, da Escola João Grendene Solicitou uma sinaleira entre as ruas Pedro Antonello e Antônio Sachet * Nicolas Gabriel Alves dos Santos, da Oscar Bertholdo Propôs a criação de espaço para discussão sobre a educação, conforme Plano Municipal de Educação * Monica Fernanda de Almeida, do Colégio São Tiago Propôs a alteração do Conjuve, estabelecendo a paridade de gênero entre seus membros * Bernardo Pierozan Rizzatto, do Colégio de Lourdes Sugeriu a ampliação do sentido único na rua 13 de Maio, buscando diminuir o fluxo de veículos no cruzamento com a Paulo Broilo * Juliana Bardemaker, da Escola Oscar Bertholdo Sugeriu eleições diretas para escolha de parte dos membros do Conjuve * Gisele Rodrigues Morello, da Escola Vivian Maggioni Apresentou os 40 anos da instituição de ensino, que estão sendo celebrados neste ano * Maria Carolina Bertoncello, da Presidente Dutra Apresentou os 60 anos da instituição de ensino, que estão sendo celebrados neste ano

* Mateus Bohn Zangalli e Vitória Filipini Worn, ambos da Escola José Fanton Sugeriram a criação da Semana Municipal de Prevenção e Combate ao Bullying nas escolas farroupilhenses * Natália Bortolanza, da Escola Júlio Mangoni Solicitou a implantação de um Posto de Saúde na Vila Jansen, visando o atendimento da população do interior * Heloísa Binda Somacal, da CNEC Ângelo Antonello Apresentou o projeto Jardinagem Permanente, que consiste na manutenção de vias públicas e terrenos baldios e solicitou a análise das águas de poços do interior com base em sua vulnerabilidade de contaminação de agrotóxicos * Pedro Henrique Cobalchini de Oliveira, da Escola Zelinda Rodolfo Pessin Propôs a alteração da lei que institui o Estudante Destaque, para que a ação também permita a inclusão de estudantes com deficiência * Welinton Felipe Ianoski, da Escola Padre Rui Lorenzi Propôs a acessibilidade dos brinquedos em praças públicas para deficientes físicos * Júlia de Matos, da Escola Presidente Dutra Sugeriu adaptação do aplicativo Transit para que também contemple as vans escolares em atividade no município


13

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

PROJETO INÉDITO

João Grendene premia nesta sexta os melhores do “Luz, Câmera, Emoção!” Oito curtas-metragens integram o Festival de Cinema baseado em Lendas Gaúchas e produzidos pelas turmas do Fundamental II

A

noite desta sexta será de congraçamento na Escola João Grendene. O projeto “Curtas Gaúchos”, baseado em lendas do Rio Grande do Sul, premiará Ator Principal, Atriz Principal, Ator/Atriz Coadjuvante, Direção e Edição, Roteiro e Filme, dentro dos oito trabalhos produzidos pelos alunos do Ensino Fundamental II, do turno da manhã (veja ao lado). “Esta é a primeira vez que desenvolvemos o projeto, que iniciou em maio e teve essa temática por conta da Revolução Farroupilha. A ideia inicial era apresentá-lo durante os festejos, em setembro, mas tivemos

que fazer algumas adaptações nos trabalhos para melhor adequá-los à proposta pedagógica”, explicou a diretora, professora Juliana Zardo, que capitaneou a atividade junto com os coordenadores do projeto, os docentes Aline Matté e Lucas Pinto. Ao longo da semana, sete jurados avaliaram os curtas, atribuindo notas às categorias. O resultado foi enviado à direção da João Grendene que pontuou os trabalhos. Nesta sexta, às 19h, ocorrerá a exibição dos curtas para as famílias dos alunos envolvidos nas atividades e, na sequência, ocorrerá a premiação. Projeto inédito, o “Luz, Câmera, Emoção!” integrou todas as disciplinas da escola.

Os curtas concorrentes

A Lenda do Quero-Quero (Turma 601) Boitatá (Turma 602) Sepé Tiaraju (Turma 701) A Lenda do Negrinho do Pastoreio (Turma 702) A Lenda do João de Barro (Turma 801) A Salamanca do Jarau (Turma 802) A Lenda da Erva-Mate (Turma 901) O Gritador: A Lenda (Turma 902)

As categorias premiadas Ator Principal Atriz Principal Ator/Atriz Coadjuvante Direção e Edição Roteiro Filme


14

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

A BOLA VAI ROLAR

Farra da Bola, do Clube Santa Rita, abre 21ª edição no sábado Tradicional disputa contará com seis equipes e apresentação da Banda Municipal Cinquentenário antes do pontapé inicial

O

fim de ano se aproxima e, com ele, mais uma edição do Farra da Bola. O evento, que é organizado desde 1999 pelo Clube Santa Rita, começa neste sábado com atração especial: a Banda Municipal Cinquentenário fará a abertura oficial, a partir das 13h, na Sede Campestre do tradicional clube farroupilhense. Como de costume, são seis equipes que jogam todos contra todos, em rodada tripla sempre disputada aos sábados à tarde. Neste ano, a novidade é que foram convi-

dados atletas não associados para participarem do torneio. A composição dos times será feita por sorteio, considerando posição e idade dos jogadores, ação que aconteceu na quinta à noite, na Sede Social do Santa Rita, após o fechamento desta Edição. Um trio federado apitará as partidas. A grande final está prevista para ocorrer no dia 8 de dezembro, seguida do almoço de confraternização. Com as equipes participantes também seria verificada, na quinta à noite, a possibilidade de realização de uma semifinal, já que há datas sobrando. Da mesma forma seria discutido o adiamento

ou não da 5ª e última rodada, prevista para o dia 16 de novembro, em meio ao feriadão de Proclamação da República. Não haverá rodada no Dia de Finados (veja a fase classificatória ao lado).

Ação social

Durante a competição, a direção do Santa estará, juntamente com as Voluntárias da Saúde, recebendo a doação de alimentos não perecíveis, que serão repassados ao Hospital Beneficente São Carlos, e brinquedos novos e usados, que serão entregues para a campanha Farroupilha Levando o Natal Para Onde o Papai Noel Esquece de Passar.

21º Farra da Bola

(Fase classificatória, jogos a partir das 14h) 1ª rodada (neste sábado) Ajax x River Plate Manchester United x Peñarol Juventus x Milan 2ª rodada (dia 19) Milan x Manchester United River Plate x Juventus Peñarol x Ajax 3ª rodada (dia 26) Juventus x Peñarol Milan x River Plate Manchester United x Ajax 4ª rodada (dia 9/11) Juventus x Manchester United Ajax x Milan Peñarol x River Plate 5ª rodada (dia 16/11) Milan x Peñarol River Plate x Manchester United Ajax x Juventus Final (dia 8/12, às 10h)


15

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

DISPUTA NACIONAL

Pablo, da Afadev, reforça Acergs no Brasileiro Série B de Goalball Equipe de Porto Alegre convidou atleta farroupilhense para competição que será realizada neste fim de semana, em São Paulo Divulgação

Preparado Pablo (à direita) atuará pela Acergs na disputa que inicia nesta sexta e se estende até domingo, na Capital paulista

A

tleta de Goalball desde 2007, Pablo Barretti, da Associação Farroupilhense de Deficientes Visuais (Afadev), esteve competindo com a equipe local no Regional Sul de Goalball, em Foz do Iguaçu, mas o time não conseguiu habilitação para a disputa do Brasileiro da categoria, ficando em 5º lugar. Porém, a Associação de Cegos do Rio Grande do Sul (Acergs) finalizou a participação em 4º lugar e, com isso, assegurou sua vaga para o Brasileiro Série B, ao lado do 3º colocado, sendo que campeão e vice do Regional se habilitavam para a Série A. Tradicionalmente existe a

Brasileiro Série B de Goalball (equipes participantes) Associação de Cegos do Rio Grande do Sul (Acergs/RS) Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Visuais (APADV/SP) Associação do Centro de Treinamento de Educação Física Especial (Cetefe/DF) Associação dos Deficientes Visuais de Belo Horizonte (Adevibel/MG) Associação dos Deficientes Visuais de Guarulhos (Adevig/SP) Associação Maringaense dos Amigos do CAP (Amacap/PR) Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência (Funad/PB) Instituto de Educação e Reabilitação de Cegos do Rio Grande do Norte (IERC/RN) possibilidade do time classificado buscar reforço para a disputa e, com isso, a Acergs não pensou duas vezes: convidou Pablo para integrar a delegação que, desta sexta até domingo, participa da competição nacional no Centro Paralímpico Brasileiro, na Capital paulista. Não chega

a ser uma novidade, já que o atleta farroupilhense chegou a disputar uma etapa da Copa Sul no ano passado e duas neste ano com a equipe de Porto Alegre. “Fui escolhido pela Acergs para integrar o time, mas já conheço o pessoal. Participei da 2ª e 3ª etapas da Copa Sul

com eles, quando terminamos em 4º lugar”, lembrou Pablo. As etapas citadas ocorreram em julho e setembro e, na classificação geral do ano na Copa Sul, a Acergs finalizou em 3º. “Eu atuo preferencialmente como pivô, mas posso jogar como ala também, sem problema”, assegurou o far-

roupilhense, que realizou um treino com o time no último sábado, na Capital. No Brasileiro Série B são oito equipes divididas em dois quadrangulares. Os jogos ocorrem dentro de cada grupo e os dois primeiros avançam às semifinais, com cruzamento olímpico. Os finalistas decidem o caneco e asseguram vaga no Brasileirão Série A da próxima temporada. O Brasileiro Série A reúne 12 equipes e iniciou na quarta. O Feminino também é disputado nas divisões A e B. A principal também começou na quarta e a secundária será aberta nesta sexta. Até o fechamento desta Edição o sorteio dos grupos ainda não havia sido efetivado.


Imagens: Reprodução

Os Cadernos Especiais desta semana Construção, Decoração & Reforma e Dia das Crianças em pauta, além da devoção à Nossa Senhora Aparecida

Mini Parlamento...

Gabriel Venzon

...grandes pleitos Projeto Vereador por um Dia teve nova edição realizada segunda, no Legislativo Editoria de Política, página 12

PRIMEIRO PARÁGRAFO E SÉTIMA ARTE

Críticas ao colonialismo, críticas à arte

Hibisco Roxo, da escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie, e Velvet Buzzsaw, do roteirista e diretor Dan Gilroy, mostram a verdade dos fatos Inside, páginas 8 a 11


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

QUALIDADE DE VIDA

Para debater e ensinar a cuidar da água Farroupilha sedia atividade nesta sexta, no Centro Municipal de Eventos Mário Bianchi, encerrando ciclo estadual de debates 15 escolas de Farroupilha que desenvolvem o Projeto Com-Vida. “Acredito que envolver nossos alunos no tema proposto é ter a certeza da verdadeira preservação ambiental e de uma cidade que pensa no futuro”, considera Tiago Ilha, secretário municipal de Meio Ambiente, que está na organização do evento, etapa farroupilhense, juntamente com as Secretarias de Turismo e Cultura, da Saúde e de Educação. As escolas serão premiadas com equipamentos e utensílios da Tramontina. Os alunos participantes ainda recebem camiseta e jogos educativos, assim como lanches que serão servidos no evento. A programação seguirá até às 16h30min, incluindo shows musicais que abordarão o tema água e meio ambiente. Também haverá apresentações artísticas dos alunos da Escola Pública de Música.

Água: 26ª Semana Interamericana e 19ª Semana Estadual

Anualmente a organização do encontro seleciona dois municípios gaúchos para sediarem os eventos da Semana da Água. A abertura aconteceu no último dia 4, na cidade de Esteio. A Campanha da Semana da Água do Rio Grande do Sul foi lançada durante o 1º Fórum Estadual de Gestão Ambiental, realizado em Farroupilha, em agosto. A ação foi celebrada pela primeira vez em 1994, no Rio Grande do Sul, inspirada no Dia Interamericano da Água, criado em 1992 pela Organização Pan-Americana da Saúde e pela Associação Interamericana de Engenharia Sanitária e Ambiental.

Divulgação

I

ntegrando as Semanas Estadual e Interamericana da Água, o encerramento do evento será em Farroupilha nesta sexta, a partir das 8h30min, no Centro Municipal de Eventos Mário Bianchi. A expectativa é reunir 1,4 mil crianças das escolas públicas da região. A temática da campanha deste ano é “Água Segura = Vida Saudável: para onde vai o seu esgoto?”. A Semana é uma das maiores ações de mobilização da sociedade gaúcha e brasileira em relação à temática. Um dos pontos altos do encontro será a premiação de três escolas que apresentaram os melhores planos de ações ambientais sustentáveis, objetivando a redução do consumo de água e a consciência ambiental dos alunos e comunidade. O concurso acontece entre as

Essencial à vida Foco no debate de políticas de preservação, ações comunitárias e educativas

Programe-se O que: Encerramento da Semana Interamericana da Água e Semana Estadual da Água Quando: nesta sexta, das 8h30min às 16h30min Onde: Centro Municipal de Eventos Mário Bianchi Quanto: evento gratuito


Compromisso com a Cidade. Compromisso com Você

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

Rejuvenescimento Fac Equipe Espaço da Beleza *

O

Lifting Facial recupera a elasticidade da pele, diminuindo a flacidez dos tecidos e as alterações do contorno facial, dando um aspecto mais liso, mais firme e mais jovem. No processo de envelhecimento da pele, algumas pessoas que têm a pele mais fina evoluem para a formação de rugas finas. Outras pessoas, geralmente com a pele mais espessa, evoluem para a flacidez da pele e do músculo adjacente. Com o passar do tempo, ambas, as de pele mais espessa e de pele mais fina, podem apresentar flacidez, excesso de pele e rugas. Tratamento O tratamento com eletrolifting aumenta a produção de fibroblastos, estimula a formação de colágeno que ajuda na reorganização de fibras elásticas e atua diretamente nas áreas mais afetadas por lesões e pelo envelhecimento. Indicação Tratamento de linhas de expressão, rugas finas e flacidez tissular facial. Benefícios É de grande importância no tratamento de revitalização, uma vez que atenua a flacidez e ativa a circulação linfática, trazendo, à pele tratada, uma aparência mais jovem. A corrente alternada é utilizada para enrijecer a musculatura, melhorar a circulação local e auxiliar na eliminação das toxinas. Melhora da autoestima O tratamento também reflete em efeitos psicológicos, pois a prática permite produzir um elevado nível de relaxamento e de bem-estar. O motivo disso se dá em razão da imperceptível sensação de corrente, aliada aos diversos movimentos que os eletrodos realizam sobre a pele. Este efeito específico faz do lifting um tratamento particularmente indicado para pessoas com

elevados níveis de ansiedade, n

Saiba mais Se você deseja recuperar a rurgia plástica, então esse trata segmento, pois traz resultados v


Compromisso com a Cidade. Compromisso com Você

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

cial com Eletrolifting ag em :R ep ro du çã o

aparência da sua pele sem ciamento é um dos melhores no visíveis.

Im

nervosismo e estresse.

* Espaço da Beleza Centro Estético Independência, 555 – Centro de Farroupilha Fone (54) 3268-5511 WhatsApp: 981.195.645 Fan Page: Espaço da Beleza Site: www.spabeleza.com.br


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

ARTIGO

Asma infantil: não é normal ter sintomas Zuleid D. L. Mattar *

A

falta de ânimo para brincar, uma ligeira queda no pique para fazer as atividades diárias ou pedidos de colo muito recorrentes podem ser sinais de que não está tudo bem com a saúde da criança. Se, além desse cansaço frequente, a criança estiver com chiado no peito, tosse e falta de ar, é importante buscar ajuda médica. Pode ser asma. Segundo a Pesquisa Mundial de Saúde, estima-se que 300 milhões de pessoas sofram de asma em todo mundo e há, ainda, a projeção de que esse número chegue a 400 milhões até 2025, levando em conta a urbanização da população. Asma é a doença crônica mais comum na infância e a maior causa de morbidades nesta idade, como mensurado por ausências escolares, hospitalizações ou idas à emergência hospitalar. A asma normalmente tem início precoce: em até metade das pessoas com asma os sintomas começam na infância e a doença ocorre ainda mais cedo em meninos do que em meninas. Atopia está presente na maioria das crianças asmáticas que

possuem 3 anos ou mais, e sensibilidade a algum alérgeno é um dos fatores de risco mais importantes para o desenvolvimento da asma. Na infância, infecções virais que atingem o trato respiratório são muito comuns. Destas infecções, derivam sintomas muito parecidos com a asma, como chiado e tosse. Em crianças com menos que 5 anos, principalmente entre 0 a 2 anos, muitas vezes a distinção entre o agente causador dos sintomas não é fácil, mas é importante para definição do melhor tratamento. Por isso é preponderante diferenciar asma, uma doença inflamatória crônica que não tem cura, de bronquite, que também leva à inflamação dos brônquios, mas tem outras causas, como infecções virais ou bacterianas. Ao contrário da asma, a bronquite normalmente tem duração curta e ambas possuem tratamentos diferentes. Em idades precoces é importante ressaltar que nem todo chiado é sinal de asma. Algumas características que podem sugerir asma são as listadas na sequência. * Tosse com ausência de muco que pode piorar a noite ou acompanhada de chiado ou dificuldade de respirar; * Tosse que ocorre com exercício, riso, choro ou exposição à fumaça do cigarro

na ausência de infecções respiratórias aparentes; * Chiado recorrente, inclusive durante o sono ou com gatilhos como atividade, riso, choro ou exposição à fumaça de cigarro; * Histórico familiar de doenças alérgicas;

* Atividade reduzida, criança que corre, brinca e ri com menor intensidade do que outras ou que pede para ser carregado no colo após pequenas caminhadas; * Dificuldade para respirar ou respiração pesada ocorrendo após exercício, riso ou choro.

Tratamento: a importância da continuidade

A gravidade da doença é dada de acordo com a necessidade de medicamento necessário para o controle dos sintomas. Considerando a diversidade dos tratamentos, que devem respeitar os tipos da doença, a lição número um refere-se à continuidade. Nada de tratar apenas nos picos de crise, que se intensificam no inverno por conta de infecções respiratórias. O objetivo do tratamento da asma em crianças é muito similar aos adultos: atingir o controle dos sintomas e manter níveis normais de atividade. Uma vez confirmado o diagnóstico de asma na criança, esta também deve realizar o tratamento de forma contínua. O avanço da medicina trouxe ganhos consideráveis para pacientes com asma alérgica. Os tratamentos disponíveis hoje no mercado são capazes de controlar totalmente a doença, evitando a utilização de corticoides orais e seus efeitos colaterais, bem como reduzindo significativamente o número de internações. E, o melhor, garantindo a qualidade de vida tanto para as crianças quanto para os adultos. Para ter sucesso no diagnóstico e tratamento, é necessário que a parceria médico e família esteja afinada e que todas as informações sobre a doença estejam precisas e disponíveis. A compreensão da asma, em detalhes, faz diferença e é importante que o paciente e a família saibam que conviver com os sintomas da doença não deve ser considerado uma condição normal. É possível ter controle total dos sintomas e viver uma vida sem limitações. * Médica pediatra e presidente da Associação Brasileira de Asmáticos de São Paulo


Cinemas e Agenda

A estreia nas salas e as boas opções de diversão em Farroupilha para o fim de semana que se aproxima Páginas 2 e 4

Inside

Cidade vira palco para Cultura gaúcha Sábado e domingo o Parque Cinquentenário vai sediar quatro eventos que buscam preservar a tradição

G

randes eventos do tradicionalismo gaúcho vão acontecer em Farroupilha neste final de semana. O Acampamento e Tchêncontro Estadual da Juventude, o Fegadan e o Fegachula, vão acontecer no Parque Cinquentenário e são organizados pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), e tem o apoio da Prefeitura Municipal. No sábado vai acontecer o 18º Acampamento Estadual da Juventude Gaúcha e o tema escolhido pelo Departamento Jovem Central para conduzir é “Jovens de Agora, Valores de Outrora”. O evento tem a intenção de proporcionar interação dos jovens tradicionalistas, por meio de atividades que demonstram a inserção da juventude na cultura gaúcha. No domingo, o 29º Tchêncontro Estadual da Juventude Gaúcha traz como tema “Paixão: Legado Através do Tempo”. O objetivo é homenagear e reapresentar as obras de Paixão

Côrtes aos tradicionalistas, em um momento de reflexão sobre a criação da identidade do gaúcho. Já o 6º Festival Gaúcho de Danças (Fedagan) acontece sábado e domingo, e tem como finalidade a preservação e valorização das danças tradicionais. As apresentações serão baseadas nas obras publicadas por João Carlos Paixão Côrtes e Luiz Carlos Barbosa Lessa. O Festival Gaúcho de Chula (Fegachula), vai acontecer junto ao Fegadan, nos dois dias de evento. Ele tem como diferencial a possibilidade de participação de qualquer pessoa ligada a entidade tradicionalista em todo o Brasil. As apresentações vão acontecer em palco paralelo ao Fedagan. Confira a programação dos eventos na página 5. Paixão côrtes Criador do Movimento Tradicionalista Gaúcho será homenageado em dois dos eventos que irão ocorrer neste fim de semana

Quem foi notícia ao longo desta semana e as boas pedidas para o final dela na Coluna de Valéria Vettorazzi Páginas 6 e 7

Divulgação

Tradicionalismo

Social


Inside

2

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

Cinemas Imagens: Reprodução

Shopping Iguatemi (RST-453, quilômetro 3,5) Cinemas GNC 1: Abominável (dublado) - às 13h10min, 15h20min e 17h25min GNC 1: Coringa - às 19h30min GNC 1: Ad Astra: Rumo às Estrelas - às 22h GNC 2: Angry Birds 2: O Filme (dublado) - às 13h20min, 15h30min, 17h35min e 19h40min GNC 2: Coringa (dublado) - às 21h40min GNC 3: Ela Disse, Ele Disse - às 13h40min e 15h40min GNC 3: Rambo: Até o Fim - às 17h40min (legendado) e 22h10min (dublado) GNC 3: Coringa (dublado) - às 19h45min GNC 4: Projeto Gemini - às 14h e 19h (dublado), 16h30min e 21h30min (legendado) GNC 5: Coringa (dublado) - às 13h30min, 16h, 18h30min e 21h GNC 6: Coringa - às 14h20min, 16h50min, 19h20min e 21h50min Ingressos: segunda e quinta (exceto feriado e Carnaval) a R$ 24,00 e R$ 30,00 (salas 3d); terça e quartas (exceto feriado e Carnaval) todos pagam meia entrada; sexta a domingo e feriado a R$ 28,00 e R$ 34,00 (salas 3d). Meia entrada todos os dias para menores de 18 anos e maiores de 60 (mediante apresentação de identidade), estudantes (mediante apresentação de Carteira de Identificação Estudantil), pessoas com deficiência (com documento que a comprove), cliente Movie Club Preferencial (cartão verde fidelidade GNC).

Shopping San Pelegrino (Avenida Rio Branco, 425) * Obs: o site do Cinépolis traz apenas os horários dos filmes, mas não informa em qual sala serão exibidos Coringa - às 12h45min, 15h30min, 17h15min, 18h15min, 21h e 22h45min (legendado), 13h45min, 14h40min, 16h30min, 19h15min, 20h e 22h (dublado) Ela Disse, Ele Disse - às 16h20min e 20h40min Abominável (dublado) - às 14h e 18h30min Projeto Gemini - às 14h15min e 19h40min (dublado e em 3d), 17h e 22h15min (legendado e em 3d) Angry Birds 2: O Filme (dublado) - às 13h, 15h15min e 17h30min Rambo: Até o Fim (dublado) - às 20h20min Ingressos: nas salas tradicionais, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 23,00 e R$ 11,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 25,00 e R$ 11,50 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 26,00 e R$ 13,00 (meia). Nas salas 3d, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 14,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 15,00 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 32,00 e R$ 16,00 (meia).

Sala de Cinema Ulysses Geremia (Luiz Antunes, 312) Bacurau - sexta a domingo, às 19h30min Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (estudantes e sênior)

Sequência e estreia A comédia/romance adolescente “Ela Disse, Ele Disse”, de Cláudia Castro, ganha mais uma semana nas salas de cinema, que registra também a estreia de “Projeto Gemini”, ação/ficção científica do taiwanês Ang Lee, que conta com Will Smith como protagonista


FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

Espiritualidade

Inside

3

Prestígio de Monja Coen A zen budista conduziu um papo sobre ansiedade para 1.100 pessoas na noite de segunda , no Centro de Eventos Mário Bianchi Fotos: Juliana Inês Casa Barbieri

C

Lotação máxima Público ouviu atentamente a meditação guiada que iniciou a palestra

om os ingressos esgotados ainda na quarta, dia 2, a Monja Coen Roshi fez lotar o Centro de Eventos Mário Bianchi na última segunda, com 1.100 pessoas. A palestra teve como tema central a ansiedade e integrou o circuito Conexão de Ideias do Serviço Social do Comércio, que teve início ano passado e envolveu 39 cidades do Estado e

cerca de 40 palestras. A Monja fundou em 2001 a Comunidade Zen Budista Zendo Brasil, e é missionária oficial da tradição Soto Shu. Foi ordenada monja em 1983 e viveu por 12 anos no Japão antes de retornar para o Brasil, em 1995. Atualmente a Monja orienta diversos grupos e participa de atividades públicas promovendo o princípio da não violência ativa e da cultura de paz.

Lições de vida Cerca de 1,1 mil pessoas ouviram a palestra da zen budista sobre ansiedade

“Acreditamos que Farroupilha estava precisando deste momento para parar, refletir e olhar para dentro. Foi um momento bem representativo para nós, do Sesc. Esperamos que essas 1.100 pessoas que compareceram à palestra, multipliquem a fala dela e coloquem em prática tudo que ela nos ensinou”, destaca Grasiela Savi, gerente do Sesc Farroupilha. Monja Coen é autora de livros

como “Viva Zen”, “Sempre Zen”, “Palavras do Darma”, “A Sabedoria que Transforma”, “O Monge e o Touro” e “Zen Para Distraídos”. No final da palestra fez sessão de autógrafos para os participantes. “Agradecemos muito a todos que prestigiaram o evento. Foi tudo feito com muito carinho. Toda nossa equipe está de parabéns pela organização”, salientou Grasi.


Inside

4

Crônicas da Redação Ramon Cardoso

ramon@jornalinformante.com.br

SEXTA

SÁBADO Stand-Up Comedy Festival Caverna Comedy Club (República, 445, subsolo), às 22h

o

Los Fabulosos Capellaris Casa Milano (RS 122, quilômetro 55), às 23h Pagode com grupo Novo Caso Deck 256 (Gonçalves Dias, 306), às 22h Show Nacional e Nostálgico com a Banda Dejavu Boteco do Chá (Rômulo Noro, 555), às 23h30min Pista Certa Candy Shop, Free Pass até 0h Muinho Club (Mal. Floriano Peixoto, 190), às 23h

lgaçã

Há quase dois meses, no Rio de Janeiro, um criminoso entrou armado em um ônibus, fez os passageiros de reféns, espalhou gasolina pelo veículo e ameaçou atear fogo na condução. O Estado, por meio do governador Wilson Witzel, acionou o BOPE que destacou um sniper para executar o vagabundo e preservar a vida dos inocentes, que estavam à mercê de um desequilibrado. Quando chegou ao local, Witzel celebrou o sucesso da operação, para escândalo da extrema imprensa, da esquerda e, claro, do Psol. Os arautos (dito por eles, evidente) da paz proferiram tudo que é tipo de impropério e ultraje contra o governador, chamando-o de doente, lunático e psicopata, para ficar no básico. Essa turma, na certa, não se importaria de ver um ônibus em chamas e dezenas de corpos carbonizados, desde que a “pobre vítima da sociedade” fosse preservada. Bradaram aos quatro ventos que o governador tinha celebrado a morte. Witzel destacou que estava, na verdade, celebrando a preservação da vida de dezenas de inocentes e que lamentou a morte do sequestrador, fazendo inclusive uma oração para ele junto aos passageiros que foram feitos de reféns. Os psolistas, evidente, não acreditaram. No dia seguinte surgiu um vídeo que comprovava que Witzel realmente havia feito o que disse que fez. Silêncio absoluto entre a esquerda. Lembro da perplexidade da repórter Lívia Torres, do Bom Dia RJ, que estava ao vivo no local, na hora em que apagaram o vagabundo. “A gente acompanha aqui as pessoas comemorando esse tiroteio, muita gente aplaudindo o que acabou de acontecer”. É isso mesmo. Deixa eu explicar, de forma bem didática: no condomínio de luxo no Leblon ou no Projaquistão não tem esse tipo de coisa, certo? Pois bem, 99% da população do Rio de Janeiro não vive no Leblon nem no Projaquistão, mas no meio desse fogo cruzado. Foi por isso que comemoraram mais um CPF cancelado com sucesso. Dias atrás, uma adolescente de 12 anos estava em casa, sozinha no sítio em que vive com a família, no interior de Mato Grosso, quando um outro vagabundo resolveu invadir a propriedade e tomar banho em um açude. Ela pediu que ele se retirasse. Como teve a ordem ignorada, pegou a espingarda e meteu chumbo no imbecil. A extrema imprensa, a esquerda e, claro, o Psol de novo (sempre ele), achou o fim do mundo. Por outro motivo, eu também achei. O tiro, infelizmente, não foi fatal. Treina mais essa mira, minha filha. Se o invasor estuprasse a garota, certamente, diante da repercussão do caso, teria meia dúzia de advogados o defendendo, como um certo Adélio Bispo aí, sabem, né? Aliás, façamos um parênteses: vocês sabem quem mandou matar Jair Bolsonaro? Eu tenho minhas suspeitas. Voltando à pauta, é bem provável que o invasor tivesse a prisão relaxada em tempo recorde, o que permitiria que fosse recebido no programa lacrador da Fátima Bernardes com todas as honras e glórias. Os números de 2019, por óbvio, ainda não estão fechados, mas já apontam para uma redução expressiva nos homicídios e roubos de carga, tanto no Rio como no País, que devem ficar cerca de 25% menores do que os verificados no ano passado. Quem é contra isso só pode ser lesado.

Agenda

Divu

Sempre os mesmos a favor da criminalidade

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

Sertanejo com Patrick Ferreira Iron Beer (Dante Sérgio Macari, 47), às 20h30min

DOMINGO 2º Oktober Farra Farra Pizza Burguer (Júlio de Castilhos, 973), às 16h


Inside

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

Div ulg açã o

Tradicionalismo

29º Tchêncontro Estadual da Juventude Gaúcha Domingo 8h: recepção e credenciamento 8h45min: acolhimento 9h15min: início das apresentações 12h: intervalo para o almoço 13h15min: reinício das apresentações dos trabalhos 18h: encerramento

Um grande CTG Complexo Esportivo do Parque Cinquentenário será palco de um fim de semana dedicado às tradições da terra

Acampamento Estadual da Juventude Gaúcha

Sábado 7h30min: credenciamento 8h30min: menção honrosa “A Juventude e a Propagação da Cultura Gaúcha” e atividade com as gestões de prendas e peões de todos os MTG’s 10h: 2ª Plenárias Simuladas “Jovens Pensantes” 10h30min: 1ª Atividade de Integração Mirim 12h: intervalo 13h45min: retorno das atividades do Acampamento 15h45min: 2ª Atividade de Integração Mirim 17h: encerramento das atividades de integração do Acampamento 18h15min: início do festival “Versos e Cantigas da Juventude Gaúcha” 22h: show de encerramento com Quarteto Coração de Potro 23h15min: divulgação dos resultados do Versos e Cantigas da Juventude Gaúcha e Troféu “Jovens de Agora, Valores de Outrora”

6º Festival Gaúcho de Danças (Fedagan)

Sábado 8h: Eliminatória Danças Tradicionais Mirim e Juvenil por entidade. Na sequência, Eliminatórias Danças Tradicionais Veterano e Adulto por entidade, no palco 1 9h: Eliminatória Fegachula, no placo 2 13h: abertura oficial, no palco 1 13h30min: retorno das Eliminatórias de Danças Tradicionais, no palco 1 * Ao término das Eliminatórias de Danças Tradicionais serão divulgados os finalistas do Fegachula e das Danças Tradicionais, no palco 1 22h: show com Quarteto Coração do Porto Domingo 8h: Fase Final Danças Biriva * Na sequência, a Fase Final de Danças Tradicionais por Categoria (Mirim, Juvenil, Veterano e Adulto), no palco 1 9h: Fase final Fegachula, no palco 2 * Ao término da Fase Final de Danças Tradicionais ocorrerá a Dança de Integração e a entrega de premiações, no palco 1

5

Guilherme Macalossi cisperter@hotmail.com

O que levou Bolsonaro e PSL a se unir e, depois, entrar em conflito? Que ninguém se surpreenda com a briga interna entre Jair Bolsonaro e seus apoiadores com o PSL. Era uma questão de tempo até que as coisas chegassem a esse ponto de ruptura. Para compreender o conflito político, entretanto, é bom desenhar o que levou os dois grupos a se juntarem na eleição presidencial. Antes de tudo, é bom deixar claro que Bolsonaro não é fundador ou militante histórico do PSL. Já estevem diversos outros partidos, incluindo DEM, PP e PTB. Sua entrada no PSL se deu por uma necessidade jurídica. A legislação brasileira, como se sabe, não permite que pessoas sem filiação concorram. Luciano Bivar, o presidente do partido, abriu suas portas ao então pré-candidato também por puro interesse. O dirigente partidário precisava de um nome com viabilidade eleitoral para evitar que sua legenda fosse extinta pela cláusula de barreira. Na época com dois dígitos nas pesquisas, o ex-capitão do Exército atrairia os votos necessários para que o PSL tivesse alguma representação efetiva no Congresso. Foi como um bilhete premiado. Além de obter a vitória com 10 milhões de votos a mais que seu concorrente, Bolsonaro se mostrou um cabo eleitoral imbatível. Mais de 50 parlamentares se elegeram pela simples associação ao nome do candidato à presidência. Com isso, o diminuto PSL ficou anabolizado, formando a maior bancada da Câmara Federal. Com isso, a receita da legenda cresceu exponencialmente na divisão do fundo partidário, que é definido a partir do número de deputados eleitos. A divisão interna entre a antiga direção do PSL e os novos filiados bolsonaristas se aprofundou. Por um lado, o grupo do presidente da República quer ampliar a influência interna dentro do partido, já Luciano Bivar e seus aliados não querem largar o osso, principalmente agora com mais recursos à disposição. O conflito que se vê no PSL não é uma disputa entre puros contra corrompidos. É a velha disputa de poder e influência que dá o tom da política brasileira desde sempre. Nova era, velhos costumes. * Redator e radialista


Rafael Sartor

O

La Fiesta

grupo Los Fabulosos Capellaris se apresentam na Casa Milano, nesta sexta. Com um repertório recheado de músicas latinas, que vão do rock ao reggaeton, o clima promete ser de muita dança e diversão. O valor da entrada é R$ 10,00.

Nostalgia

Como parte da programação dos 6 anos de atuação do Boteco do Chá, neste sábado acontece o show da banda nacional Dejavu. O grupo baiano relembra clássicos dos anos 2000 que conquistaram o Brasil. O DJ Cris Pacheco comanda a festa após a apresentação.

Tributo

Divulgação

O sábado será de muito Pop em Caxias do Sul, com o Tributo ao inesquecível Michael Jackson. Rodrigo Teaser e sua banda se apresentam no palco do UCS Teatro, trazendo os clássicos do Rei do Pop para o público. O show conta com toda estrutura de luzes e efeitos especiais que compunham a produção original do cantor. Os ingressos podem ser comprados pelo site Minha Entrada.

Adriane Broilo, que apresentou os acessórios de sua marca, Dristtefani, e Marelaine Berton Corso, da grife florense Detalhe Básico, durante o evento Le Marché Chic, que aconteceu no Pátio Eberle, em Caxias do Sul, no final de semana

Os sócios Bernardo Felipe do Sacramento S cerca de 40 convidado inauguração da Con Arquivo Pessoal

Fique por Den

Inscrições Aber

A UCS está com inscri até o dia 31 de outubro p UCS de Curtas Estudantil, nos dias 29 e 30 de novem to visa destacar e premiar gens produzidos por equip do Ensino Médio de escol Para obter mais informaçõ sados podem acessar o u

Oktober

Neste sábado o confirm La Birra acontece a parti evento invade a rua Dom em Caxias, trazendo muito mação para os presentes. dão direito a um copo excl

A gerente do Sesc Farroupilha, Grasiela Maria Savi, ao lado da Monja Coen, que fez sua palestra na cidade, na última segunda, em evento realizado pela entidade

Rodrigo Ferrari Zeni marcou presenç festival Rock in Rio, que movimento Maravilhosa nos dois últimos finais d


Hemilly Vieira

Finimundi Oliveira e Soares recepcionaram os na quinta, dia 3, na nverte Escola Digital

ntro

Fotógrafo Fábio Silvestri

Karine Comparin curtiu a festa animada no Boteco do Chá, no sábado

Daniela De Rocco

rtas

ições abertas para o Festival que acontece mbro. O evenr curta-metrapes do 3º ano las da região. ões os interesucs.br/curtas.

mado Oktober ir das 12h. O m José Barea, o chopp e ani. Os ingressos lusivo.

ça no ou a Cidade de semana

O fofo Bernardo festejou seus 3 aninhos no sábado e recebeu o carinho dos pais Claudia Lyra e Gustavo Soares, durante sua festinha na Ticabum


Inside

8

Egui Baldasso e.baldasso@gmail.com

Ficar velho é uma m... Calma! Eu sou um apaixonado por idoso. Embora não raramente fale essa palavra. Eu uso ‘velho’ e ‘velha’ mesmo. E sem um pingo de preconceito, agressividade ou qualquer apontamento que podem me fazer. São velhos mesmo, poxa. Nasceram há muito mais tempo do que eu. Não tem razão para não usar o termo. Somente eu sei o tamanho da admiração e inveja que cabem no meu ‘velho’. Afinal, eu não sei se chegarei lá. É tanta gente que parte sem essa sorte que nada me garante que não serei mais um a sucumbir antes de que alguém possa me chamar do mesmo velho. Idoso também soa muito inocente. Parece faltar alguma coisa. Que a vida me permita ser um baita velho, sim. Idoso é o caramba. Respeita minha história! Maior do que essa inveja que não quer prejudicar ninguém, somente minha admiração. E não bajulo todo e qualquer um que empilha anos sem fim. Gente ruim não se torna boa com a idade. As vezes até piora. Esses que se entendam com o universo. Aqui ou aonde for o momento que Ele irá cobrar. Eu quero falar de gente que deixa o tempo ensinar a serem os velhos fantásticos que tanto nos ensinam. Ensinam a calma, a acreditar no tempo e, mais ainda, aceitar que nem tudo pode ser mudado. Que a vida caminha da forma como precisa caminhar. E que, realmente, joelhos foram feitos para doer. E é preciso cuidado com eles ao longo da vida. Diminuir a fritura pode ser uma outra boa dica, mas que eu ainda prefiro ignorar. Pessoas cheias de histórias. Não importa quão importante foram. Os lugares pomposos que andaram. Ou se a única importância que tiveram ficou dentro de casa, em uma família que tanto os quer para uma eternidade que nunca irá existir, a não ser na saudade sempre inevitável. Burrice é não ouvi-los. Não aproveitá-los. Deixar que se vão sem nos passar tanto que carregam, e vivem loucos para que demos a chance de fazê-lo. Sorte de quem senta e, com paciência, escuta conselhos e causos. Custa tão pouco, e ninguém jamais soube calcular o valor de tanto. Ficar velho é uma m... Pior é não ter a chance de um dia sê-lo. E triste mesmo é não ter o respeito por quem olha pra nós com vontade de ensinar alguma coisa, mas cala, afogado numa pressa que não nos leva a nada, só nos afasta da oportunidade de um dia fazer o mesmo, como um bom velho. * Jornalista e escritor

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

Primeiro Parágrafo

Injusto e não verdadeiro sabendo apenas um lado Sincero manifesto em forma de romance, “Hibisco Roxo” narra o despertar de uma jovem nigeriana contra o colonialismo europeu Sirlei Cardoso Masiero Especial para o Jornal Informante

O

livro “Hibisco Roxo”, da escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie, lançado em 2011, tornou-se um best seller e foi traduzido em 30 línguas. É o primeiro livro de ficção publicado pela autora, revelando-se um dos grandes nomes do movimento feminista contemporâneo, porém sem contaminação ideológica. A obra contém, ao mesmo tempo, duas histórias. Uma delas é sobre a protagonista e narradora Kambili e sua família; a outra é sobre as consequências da colonização inglesa na Nigéria, tendo o catolicismo como um instrumento de dominação devastador das tradições do seu povo. Ao ler as primeiras páginas do Hibisco Roxo, compreendemos que não é um livro comum e que temos nas mãos uma história emocionante sobre as aventuras e desventuras da personagem Kambili e de seus familiares, vivendo no cenário político, social e religioso da Nigéria atual. Buscando a história da Nigéria para melhor penetrar no mundo dos personagens, encontramos que ela foi colonizada pelo Reino Unido e, como no Brasil, sofreu a colonização europeia, entretanto diferente da nossa, o País só con-

seguiu sua independência em 1960, passando por diversos golpes militares. Nesse contexto é possível entender a importância de uma história como Hibisco Roxo que, através dos olhos de uma menina de 15 anos, consegue transmitir um pouco de uma nação quase desconhecida para nós. Na história, o pai de Kambili, Eugene, acreditava que os colonizadores estavam certos e que ser civilizado é falar Inglês. Ele representa a elite negra industrial da Nigéria. É dono de um jornal e de fábricas de produtos alimentícios. Também é um católico fanático, fervoroso e admirado pelos atos de caridade na cidade onde vivem. Em nome da fé cega, reprime os filhos Kambili e Jajá com a ideia de que tudo é pecado. Tanto os filhos como a esposa Beatrice, vivem sob um ambiente de terror, em que não faltam punições violentas. Eugene inferniza e destrói a vida de toda a família. A hipocrisia religiosa é revelada, quando, na história, Eugene, que vive distribuindo dinheiro para o povo, não ajuda financeiramente seu pai, porque ele não se submeteu ao catolicismo e, mais especificamente, ao colonialismo inglês. Também não aceita a vida da irmã Ifeoma, professora universitária, articulada, contestadora e que, por conta da profissão, vive em péssimas condições. Mas a trama muda, quando Kambili e seu irmão viajam


FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

Inside

9

Primeiro Parágrafo

Lauro Edson Da Cás ldacas@hotmail.com

é conhecer uma história da questão

Imagem: Reprodução

para passar as férias na casa da tia. Lá, eles entram em contato pela primeira vez com a realidade nigeriana e com a cultura do seu País. Vão aprender que questionar e duvidar não são características de pecador como seu pai lhes dizia. Então, eles passam a contrapor as regras rígidas impostas e não mais aceitam ficar calados, enquanto a mãe é espancada pelo pai. Ao mesmo tempo, Kambili passa por descobertas da adolescência como o primeiro amor e a necessidade de se sentir incluída em grupos de outras meninas. Jajá passa a conversar com seus primos, a ouvir música alta, a rir e aprende a cultivar flores no jardim: hibiscos roxos, que são flores experimentais, diferentes dos hibiscos vermelhos comuns na sua casa. Depois de vários acontecimentos e de sentirem o choque entre duas realidades tão diferentes, Kambili e Jajá voltam transformados, levando uma muda de hibisco roxo para cultivar na sua casa. Hibiscos que significam liberdade, não de fazer, mas de ser. As mudanças já haviam começado. A autora do livro Hibisco Roxo usa uma linguagem simples com muita habilidade para nos envolver nos questionamentos sobre a intolerância religiosa, sobre a sociedade machista e patriarcal, sobre a violência doméstica e a qualidade da educação. Em alguns momentos da história do livro, a verdade é tão cruel que ficamos horrorizados, como se esses problemas estivessem muito longe de nós, em outro continente apenas.

Hibisco Roxo Autora: Chimamanda Ngozi Adichie Tradução: Julia Romeu Gênero: Drama, Romance Literatura Nigeriana Ano de publicação: 2003 Editora: Companhia das Letras Nº de páginas: 328 Preço médio: R$ 49,00

E agora, pais hiperpassivos ou crianças hiperativas? Cada geração com suas peculiaridades! Se recordarmos dos tempos primórdios da História da Civilização, perguntas e questionamentos permeiam nossa maneira de vida e/ou de viver. O tempo de agora também é desafiador. Desafia-nos em cada instante e sobre tudo. Na esfera familiar, talvez, concentram-se mais questionamentos. Inclusive, você já refletiu como está sendo o viver no ambiente familiar? Independentemente de ser pai/mãe ou filho/ filha, para começo de conversa, esta questão de convivência familiar é (mas sempre foi) desafiante, ou seja, aglutinam-se as relações entre pessoas de mais idade e os novos; concentram-se, no mesmo ambiente, a realidade (de vida) de ontem com os novos modelos e formas de vida do presente; entre tantos outros aspectos que fazem com que múltiplos especialistas desta área sejam procurados para ‘resolver’, orientar e desvendar as angústias familiares. Para o tempo atual, uma das palavras em evidência, de fato, é ‘hiperatividade’, tanto é que a mesma já está se tornando, por exemplo, algo muito presente nas conversas familiares, nos ambientes escolares e, assim, se tornando tão popular. Em voga, por vezes, este termo pode estar sendo empregado como algo que, até mesmo, esteja a encobrir uma série de outros aspectos que envolvem o ritmo, a forma e a condução de vida, principalmente, no seio familiar. Surpreendentemente, muitos pais estão pensando (e afirmando) que seus filhos estão sofrendo desse ‘transtorno’, isto é, que os seus próprios filhos são hiperativos. Vejam como cresceu o número de diagnósticos que têm sido realizados! Da suspeita ao diagnóstico. E quando este diagnóstico não confirma a suspeita? O fato é que os pais saem desolados da consulta (não parece contraditório isso?). Como também (por vezes de maneira equivocada e tão superficial), se conclui que o resultado é real. Casos e casos. Que existe uma séria demanda de Transtornos de Atenção ou Transtornos por Déficit de Atenção com ou sem hiperatividade (TDAH) em crianças, isso é explícito, sim. Motivos: crianças que não fazem seu dever e suas lições; que se mexem demais; que são inquietas; entre tantas outras. Mas, como questionamento, será que as queixas (disfarçadas de sintomas), pelo fato de não se enquadrarem ao sistema prescrito, não estão se afunilando para a hiperatividade? E como é ser rotulado como alguém hiperativo, que por vezes, no pior dos casos, precisa utilizar alguma medicação (ou mais) para ficar tranquilo (hiperpassivo)? Eis o que a realidade nos apresenta: pais extremamente ocupados, inclusive, trabalhando em múltiplas atividades (além das tarefas diárias no lar); não param, sempre com pressa, estressados e sem tempo para com os filhos. E nisso, a hiperpassividade, isto é, já sem energias ao chegarem em casa, dispensam o brincar com os filhos, o conversar e rir com eles, cantar e/ou contar histórias! Então, será que existem tantas crianças hiperativas e tantas crianças com problemas de conduta? Será que não existem muitos pais hiperpassivos, que dispensam o estar presente na vida dos filhos? A vida passa e cá estamos no Dia das Crianças. Pasmem. * Mestre em Letras, Cultura e Regionalidade


Inside

10

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

Sétima Arte

Após o Jornalismo, a Em novo voo solo, roteirista e diretor americano Dan Gilroy explora o restrito universo, expõe hipocrisias e mostra que, na área em análise, tudo é relativo

Ramon Cardoso ramon@jornalinformante.com.br

O

ano é 2005 e, pela primeira vez, Dan Gilroy assina sozinho um roteiro. “Tudo por Dinheiro”, com Al Pacino e Matthew McConaughey, longa dirigido por D.J. Caruso, fala sobre a compulsão em apostas esportivas de um consultor que fornecia dicas para o futebol americano. Era o que bastava. A história mostrava que Gilroy estava preparado para voos mais altos, comandando também a direção. No entanto, ela só veio em 2014, com o impactante “O Abutre”, quando sua esposa, Rene Russo, fez uma ótima dobradinha com Jake Gyllenhaal, numa crítica ácida e devastadora ao Jornalismo sensacionalista. Ainda conduziu, também com roteiro e direção, “Roman J. Israel”, em 2017, uma reflexão pesada sobre o mundo jurídico, mostrando uma evolução constante de seu trabalho que tem em “Velvet Buzzsaw” seu ápice. Produzido para a Netflix, o longa volta a ter a dupla Russo e Gyllenhaal como protagonistas, mas a mira de Gilroy, agora, é voltada à Arte, mais especificamente o que esse universo restrito, autossuficiente, convencido, egocêntrico e esnobe entende ser arte. É, sem sombra de dúvida, sua obra mais sofisticada, até mesmo pelo ambiente que aborda, forrado de roupas de alta grife, carros de luxo e cafés Starbucks. E, claro, por um elenco muito talentoso.

Após uma fracassada exposição de arte em Miami, o mercado passa por um período de reestruturação, mas ele está em busca de algo novo, revigorante, que venha a quebrar conceitos, romper paradigmas e elevar a arte a um outro patamar. Artistas consagrados estão em período de baixa, como Piers (John Malkovich), que passa por um período de bloqueio criativo, sem saco e paciência para nada. Os raros talentos, como Damrish (Daveed Diggs), um ex-artista de rua, integra um coletivo cultural e não está nem um pouco preocupados em faturar fortunas no mercado, fazendo questão de um trabalho mais conceitual do que propriamente comercial. O desespero é grande para quem depende do setor. Rhodora Haze (Russo) comanda a principal galeria de arte de Los Angeles, a Meca da Arte, e duela com Jon Dondon (Tom Sturridge), um ex-pupilo, que tenta de todas as formas romper a parceria de sua mentora com Piers. Rhodora não está muito interessada em mantê-la, já que seu foco de atenção está em Damrish e a tentativa de fazê-lo quebrar sua resistência em relação ao sistema. Mas esse conceito do que é ou não arte é muito tênue e relativo. Quem tem o poder de guindar um artista ao estrelato ou soterrar uma carreira é o respeitado crítico de arte Morf Vandewalt (Gyllenhaal). Ele vive sendo bajulado pelos donos de galeria e até mesmo por curadoras de arte, como Gretchen (Toni Collette), que trabalha no principal museu de Los Angeles.

Tal qual ocorre com o Cinema, a Arte movimenta fortunas e muita gente vive disso, não somente faturando alto, mas tentando buscar uma posição de evidência no setor, como a dedicada Josephina (Zawe Ashton),

a ambiciosa funcionária de Rhodora, e Coco (Natalia Dyer), a jovem aprendiz que é uma espécie de capacho da Galeria Haze e luta por um salário e nada mais, e até mesmo o instalador Bryson (Billy Magnussen), um artista


Inside

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

11

Sétima Arte

vez da crítica à Arte Divulgação

Parceria reeditada A curadora Rhodora Haze (Rene Russo) e o crítico Morf Vandewalt (Jake Gyllenhaal) são duas das estrelas do luxuoso setor: tudo pela arte... e pelo dinheiro, claro

Imagem: Reprodução

que busca inserção no mercado trabalhando na área. Toda essa cadeia será afetada e de forma impactante quando Josephina descobre a obra de Vetril Dease (Alan Mandell), um vizinho recluso de

seu prédio que falece de causas naturais. Ele dá ordens para que sua obra seja destruída, mas a ambição e a ganância da jovem não permitem que isso ocorra. Josephina toma conhecimento do material de Dease e percebe que ele é diferenciado e inovador. Um sopro de frescor e ousadia que o mercado há tempo buscava. Evidente que todos passam a circundar a descoberta. Não somente os que dependem da arte, mas também artistas consagrados, que se rendem à exuberância das pinturas de Dease. A grande maioria, contudo, está em busca do lucro que a coleção deve render, mas a recomendação do pintor era realmente que todo seu trabalho fosse inutilizado e os que não levarem isso a sério acabarão sofrendo consequências terríveis por conta da desobediência. Gilroy expõe de maneira crua esse ambiente de vaidade, de egos inflados, de afetação extrema que orbita o setor, escancarando sua futilidade, um universo de aparências e pautado pelo relativismo, conceitos vagos e, sobretudo, ganância. Um relato tão visceral que encontra paralelo com o feito para o universo da moda pelo cineasta dinamarquês Nicolas Winding Refn em “Demônio de Neon”. Há uma cena ótima que resume o drama. Dondon visita o novo estúdio de Piers e se admira com sacos de lixo no meio do amplo espaço achando que tratava-se de arte quando, na verdade, como informa o artista, era lixo mesmo. O deboche e o escárnio do diretor com o tema ganham contornos hilariantes em certos momentos, de suspense em outros, mas é no drama e nas relações espúrias e interesseiras no segmento que o filme se notabiliza e ganha corpo.

Velvet Buzzsaw Direção e roteiro Dan Gilroy Gênero Drama Suspense Duração 112 minutos País Estados Unidos Ano de produção 2019 Estúdio Jennifer Fox Production Distribuição Netflix


12

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Há curas significativas para promover as metas futuras. O céu colabora com acordos e com negociações comerciais. A fase pede organização e comprometimento total com a carreira. Cuide do emocional e aceite os fatos que não estão sob o seu poder.

Touro - 21/04 a 20/05

Uma pessoa o auxilia a promover os projetos. É importante encarar as responsabilidades com entendimento sobre os efeitos delas em sua vida. Avalie as possibilidades e tome decisões com base na ética e no comprometimento. Há abertura para acordos e resoluções de documentos.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

O foco está em sua carreira e nas metas que exigem comprometimento e empenho. O céu promove acordos e negociações para que seja possível obter a estrutura que você almeja em sua rotina ou na sua forma de produzir. É essencial fazer um planejamento e agir com estratégia.

Câncer - 21/06 a 20/07

A felicidade bate à porta, mas exige de você flexibilidade para perdoar e curar as feridas do passado. É momento para fortalecer a sua fé e ter compreensão de que certos fatos foram necessários para o seu desenvolvimento. O relacionamento pede amadurecimento e comprometimento.

Leão - 21/07 a 22/08

Boa semana para realizar negociações e para resolver recursos compartilhados. O momento pede desapego de recursos materiais que o mantiveram seguro por muito tempo, mas que agora devem ser administrados de outra forma. O céu favorece a venda e a aquisição de bens materiais.

Vírgem - 23/08 a 22/09

Uma pessoa importante para a sua experiência é responsável pelo momento de cura que você vem transitando. É uma excelente semana para expor as suas ideias e para ter uma conversa franca e curativa. Você está em condições de estruturar novas pontes profissionais e administrativas.

Libra - 23/09 a 22/10

É uma excelente semana para promover os projetos profissionais e utilizar recursos financeiros para o local de trabalho ou para as necessidades da família. Você está em condições de perceber melhor os recursos e de tomar decisões com consciência das responsabilidades envolvidas em sua rotina.

Escorpião - 23/10 a 21/11

A fase é de amadurecimento e de consciência das suas competências. O céu favorece as posturas direcionadas aos filhos ou para promover o lazer e o bem-estar. O céu lhe deixa em destaque para avaliar os movimentos. É essencial agir com flexibilidade.

Sagitário - 22/11 a 21/12

Uma pessoa importante conversa com você em particular, e isso gera decisões favoráveis para o seu desenvolvimento financeiro e profissional. Você está numa fase de curas e de compreensão dos efeitos de pessoas muito próximas e de familiares em sua vida. É momento de soltar e ressignificar.

Capricórnio - 22/12 a 20/01

Uma pessoa amiga o ajuda a interagir com decisões significativas para o seu desenvolvimento, principalmente no que se refere a projetos de curto prazo. Você deve olhar mais para as suas necessidades, mas com maturidade e sabedoria. É uma boa semana para se expressar.

Aquário - 21/01 a 19/02

É uma semana para olhar para os planos futuros e para realizar movimentos com flexibilidade, se a intenção é criar oportunidades para o seu desenvolvimento profissional. O céu favorece os investimentos e os acordos comerciais. Você está numa fase nova, então deve ressignificar o que não deu certo no passado.

Peixes - 20/02 a 20/03

É uma semana inspiradora, então você deve levar em consideração a intuição. O céu promove cursos, ideias e crenças. Você stá consciente do que está transitando e de como pode desapegar-se de comportamentos e de situações que bloqueiam os seus planos. É uma semana ótima para promover os projetos.

Inside

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019


FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

VENDO TERRENO. Excelente localização, a UMA QUADRA DO MAR, em Arroio do Sal, próximo a todos os recursos: supermercado, sorveteria, padaria, posto de saúde. Tratar direto com proprietário. (54) 9 9972.6708 – Bento Gonçalves (RS). ALUGUEL: direto com a proprietária SALA COMERCIAL, com dois banheiros, na Independência, com 168m², no Bairro São Luiz. Fones: 9 9951.3583 / 32681062. VENDE-SE TERRENO DE ESQUINA, com 1.377m², a uma quadra da rodoviária e do Shopping Centro de Compras. Contatar através do telefone: (54) 9 9118.1642.


2

Farroupilha: para você homem discreto, que procura uma boa massagem para relaxar, agora você já tem o local certo! “PRAZER PICANTE”, você encontra as mais BELAS GAROTAS! Local central. Venha conhecer! Fone: (54) 9 9143 0723. Segunda a sábado. VENDO LOJA DE AUTOMÓVEIS: RSC 453 próximo ao trevo Santa Rita com clientela e nome consolidados. Tratar (54) 9 9118.1642.

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019


3

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

SG ESTRUTURAS METÁLICAS

Segurança e qualidade nas estruturas A empresa desenvolve soluções completas, com uma equipe capacitada, respeitando as necessidades de cada cliente desde o desenvolvimento do produto até a instalação”, ressalta Samuel. As estruturas são produzidas oferecendo qualidade e durabilidade. Os projetos são desenvolvidos em software 3D, facilitando a visualização do projeto e a montagem é feita por elementos de fixação. O atendimento da SG é realizado das 7h30min às 11h45min e das 13h15min às 18h. O contato é pelos fones 3412-0220 ou 981.284.265. “Nosso foco é entregar o que realmente o cliente precisa, de forma personalizada. Esse ano crescemos muito e pretendemos continuar nesse ritmo. Nos preocupamos com o cliente, suprindo suas necessidades desde a parte estética até a prática”, salienta Kellimar. A empresa atende Farroupilha e todas as cidades da região.

Fotos: Yasmin Signori Andrade

S

empre acompanhando as tendências do mercado, a SG Estruturas Metálicas cria projetos para atender as necessidades de estrutura para ambientes internos e externos. Comandada pelo engenheiro Samuel Almeida Gasperin e por Kellimar Zuanazzi, a SG está no mercado há dois anos e meio. Localizada na rua Marcos Benvenutti, 816, no bairro São Roque, a empresa desenvolve estruturas para construção civil, como corrimões, escadas e portas de rolar; para empresas, como bancadas e mezaninos; e também coberturas em policarbonato. Além disso, trabalham com projetos especiais, respeitando a necessidade do cliente. “Vendemos a solução completa,

O mais moderno para estruturas Time SG é preparado para atender as necessidades da sua casa ou empresa


4

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

STILLU CASA DOS AQUECEDORES

Da venda à assistência técnica Empresa tem 10 anos de fundação e atende região com equipe especializada que dá suporte para instalações e consertos 15 anos de experiência na área. “Tudo num único lugar”, aponta Andréia, como um diferencial da Stillu, que está justamente no atendimento ágil, especializado e os serviços que vão da venda, instalação, assistência e total garantia do produto. São cerca de mil itens na loja, atendendo a demanda do segmento. Localizada na Júlio de Castilhos, 1.327, atende Farroupilha e toda região. Trabalha ainda com venda de pressurizadores, conexões hidráulicas e de gás, válvulas, kit chaminé e registros de água e gás. Possui sifões, flexíveis, torneiras, monocomando, misturadores e duchas. Com os melhores e mais completos serviços, vale a pena conferir o que a Stillu tem para oferecer.

Fotos: Juliana Inês Casa Barbieri

D

o conforto com aquecimento a gás para aquele banho quentinho e revigorante, à certeza de que a Stillu Casa dos Aquecedores tem o que você precisa. Com venda, conserto e instalação de aquecedores de água a gás, é também assistência técnica autorizada das marcas Rinnai, Orbis, Komeco e Inova. “Nossa missão não é somente vender o produto, mas sim prestar um serviço de instalação de qualidade, assim como a assistência técnica quando necessário”, explica Andréia Patrícia Rusczyk, proprietária junto com o pai, José Rusczyk, que é o técnico responsável pelos serviços e que contabiliza

Tudo de aquecedores Trabalhando com as melhores marcas também é assistência técnica autorizada


5

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

FRANCESCATTO

Loja completa para renovar as cores Casa das Tintas tem o melhor quando o assunto é pintura, com orientação técnica e a expertise que confere credibilidade ros, profissionais autônomos e empresas com planos diferenciados de negociação em relação ao mercado. Temos a preocupação em solidificar a parceria com esses profissionais e deixá-los mais aptos a resolver situações das obras”, ressalta Mauro Millezi, gerente comercial da Francescatto. A equipe é formada por 10 colaboradores, todos com alto grau de instrução, formação para orientar e dar suporte técnico aos clientes. O atendimento eficiente é outra marca da Francescatto Casa das Tintas, assim como a entrega ágil, realizada por frota própria que conta com três veículos. Para tornar a experiência ainda mais real, trabalha com simulação de cores, possui ainda estoque para atender a demanda de pequenas a grandes obras.

Fotos: Juliana Inês Casa Barbieri

J

á referenciada na cidade pela qualidade dos produtos, serviços e equipe especializada, a Francescatto Casa das Tintas busca oferecer a solução ideal para cada cliente. Trabalha com cerca de 3 mil itens de diversas marcas, entre elas a Suvinil, Killing, Qualyvinil, Alessi, Brasilux, Atlas e Roma, buscando o que há de melhor e mais moderno no segmento. O foco de atuação são as tintas e soluções para pinturas, impermeabilização de superfícies, restauração e acabamento de ambientes internos e externos, além de complementos em ferragens, atendendo também ao setor automotivo e industrial. São 11 anos de atuação em Farroupilha. “Atendemos a arquitetos, engenhei-

Equipe e produtos de 1ª linha Liderança no segmento faz da Francescatto o endereço mais completo no ramo de pinturas


6

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

KAIADO AREIA E BRITA

A base para a construção civil São oito anos de experiência de empresa que vende os materiais agregados com agilidade e competência Fotos: Arquivo Kaiado Areia e Brita

A

areia e a brita são os principais produtos para a construção civil. Já há 8 anos no mercado, a Kaiado oferece areia lavada, regular, grossa e industrial e todos os tipos de britas para as construções. As vendas são feitas para pessoas físicas e construtoras. A Kaiado fica localizada na rua Arciso Silvestrin, 83, bairro São Francisco, e o horário de atendimentos é das 7h30min às 17h45min, sem fechar ao meio dia. E nos sábados atende das 7h30min às 11h30min. A Kaiado conta com uma equipe de quatro funcionários que atuam na parte administrativa e de transporte. A entrega dos materiais é feita com uma frota de uma carreta e dois caminhões com motoristas capacitados para atender as demandas do cliente, sempre conforme o horário combinado. A empresa oferece agendamento de entrega, além de metragem garantida. Os produtos são de diferentes fornecedores, oferecendo qualidade e variadas opções para os clientes. Atende todas as cidades da região e demais do interior do Estado. O contato para comprar pode ser feito pelos fones 3268-2897 ou pelo WhatsApp 999.161.542.

Agilidade e experiência A Kaiado conta com uma frota de uma carreta e dois caminhões para realizar a entrega dos materiais, sempre respeitando o prazo do cliente


7

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

CONFORTEC TECNOLOGIA E SOLUÇÕES

Gerando energias sustentáveis Empresa consolidada na região realiza venda de soluções para lares e empresas que buscam uma energia limpa e durável Yasmin Signori Andrade

Divulgação

F

Referência em tecnologia e soluções Confortec atende demandas de aquecimento de água e energia elétrica

undada em 2012, a empresa farroupilhense Confortec é especializada em desenvolver as melhores soluções para aquecimento de água e geração de energia fotovoltaica. São soluções sustentáveis que geram satisfação para o cliente e preservação do planeta. Administrada pelos sócios Ademar Angst e Sônia Marques Angst, a Confortec oferece serviço especializado, fruto da experiência de 8 anos da dupla no ramo, do respaldo dos fornacedores e dos conhecimentos da engenharia.

Quem está em busca do melhor custo benefício para aquecer água e produzir energia elétrica de um forma menos invasiva para o meio ambiente vai encontrar na Confortec a melhor solução para a casa ou empresa. As consultorias e vendas podem ser feitas presencialmente na rua Dom Pedro II, 219, bairro Pio X, pelo site confortec. com.br, ou pelos fones 3401-0561 ou 981.121.637, com WhatsApp. A Confortec é credenciada às melhores marcas dentro da linha de atuação. No ramo de energia solar são os pioneiros e trabalham com os maiores

Oferecem a melhor opção As soluções prezam pelo bem do mundo, pela economia e qualidade de vida

fornecedores, tendo o reconhecimento de seus clientes em mais de 50 projetos homologados no Estado. Com experiência para atender projetos urbanos e rurais, a Confortec possui equipamentos para as diferentes linhas de crédito, além de experiência com os diferentes agentes financeiros como Sicredi, Banrisul, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Santander. Além dos produtos e soluções, a empresa oferece treinamento técnico de instalação e manutenção em aquecimento de passagem e aquecimento solar. “Possuímos conhecimento agrega-

do e diferentes soluções que se adaptam às necessidades de cada cliente”, garante Ademar.

Vantagens do sistema de energia solar

Alta taxa de retorno; Utilização de energia limpa, isenção de combustíveis fósseis; Vida útil longa, que dura mais de 25 anos; Independência energética, poucas oscilações na tarifa de energia; Valorização imobiliária.


8

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

CONCEITTO

A imobiliária que mais cresce em Com nova sede, negócios em alta e busca por maior conquista de mercado, firma seu compromisso em ter o cliente em 1º lugar

“N

ossa felicidade, sem dúvida alguma, é a felicidade do nosso cliente em estar conquistando o que sempre sonhou”, é o que considera Cristiano Nery, diretor da Imobiliária Conceitto, apontando o que é primordial para a empresa. Com quase sete anos de atividades na cidade, atua na compra, venda e locação de imóveis. É justamente este bem atender que faz com que a equipe busque as soluções mais personalizadas. A tecnologia também auxilia neste segmento e a Conceitto conta com novo site (imobiliariaconceitto.com.br) e aplicativo onde é possível acessar informações gerais dos imóveis, com fotos em alta qualidade, facilitando esse contato direto entre as oportunidades, os atuais e futuros clientes. Instalada em nova sede, atende na República, 110, ao lado da Igreja Matriz, em amplas acomodações, com Espaço Kids e Ilha Gourmet, projetado para que ser um local de convivência e projeção de bons negócios. Disponibiliza ainda uma sala de reuniões que pode ser utilizada, em sistema coworking, por jovens arquitetos e engenheiros que ainda estão se estabelecendo no mercado. “Nesses sete anos o crescimento da Conceitto foi de 15% até 100% ao ano

e em 2018 tivemos a venda de mais de 100 imóveis, um feito inédito e temos a certeza de que nenhuma outra empresa vendeu algo neste porte. Isso é justamente pela parceria que temos com construtoras da cidade, como as firmadas com a Gasperin Pilatti e a Construfar”, enfatiza Cristiano, lembrando que um dos focos é a exclusividade na venda e locação de imóveis. Para 2020 há empreendimentos engatilhados: um residencial na área central, localizado na rua 13 de Maio, com dois e três dormitórios e venda com valores próximos a R$ 250 mil. Outro lançamento será um residencial no bairro Planalto. Hoje são mais de mil imóveis, 40 sobrados exclusivos, loteamento no bairro Belvedere e muitos terrenos. Tem ainda o Altos do Piemonte, no bairro São Luiz, que está com 80% de vendas realizadas, restando ainda boas oportunidades para quem deseja morar bem. “Agradecemos a comunidade que abraçou a ideia da Imobiliária Conceitto, seus corretores jovens, mas com muita vontade, dedicação e tempo de mercado”, frisa Cristiano. Na expansão de mercados, atua em Bento Gonçalves com a Zero54 Imóveis e renova na região o conceito de se fazer bons negócios. Com seriedade e profissionalismo deixa a marca de quem entende do assunto e tem ousadia para renovar o mercado.

Jeito Conceitto de bem atender Cristiano está à frente da Imobiliária que tem sete anos de atuação em Farroupilha


FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

9

Farroupilha continua inovando Fotos: Juliana Inês Casa Barbieri

Sede moderna para receber toda a família Equipe capacitada faz toda a diferença, além do espaço pensado para oferecer aos clientes o bom atendimento e a costumeira confiabilidade que reforça parcerias no mercado imobiliário


10

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

G5 MONITORAMENTO

Tranquilidade que você merece Alta tecnologia em serviços de monitoramento com uma resposta rápida e eficiente para ter sua segurança garantida e de limpeza e conservação. Localizada na rua Silveira Martins, 201, bairro Pio X, atende 24 horas, todos os dias do ano, a G5 também fornece uma linha completa de sistemas de alarmes, câmeras, controles de acesso e cercas elétricas, atendendo do projeto mais básico, para uma residência ou pequeno comércio, ao que exige a mais alta tecnologia embarcada, para atender grandes empresas, condomínios e indústrias. “O maior diferencial G5 é a dedicação de toda equipe para oferecer um atendimento de extrema qualidade, da venda inicial até a prestação diária total dos serviços, sendo transparente com seus clientes, entregando sempre a melhor tecnologia e trabalhando com as líderes no mercado em equipamentos e software de segurança como Intelbras, Hikivision, JFL e claro, e a Segware”, destaca Jihado. Para a maior comodidade de seus clientes, a empresa disponibiliza o aplicativo G5 My Security, onde é possível tem um controle total do seu patrimônio, integrando alarme, imagens e acionamentos remotos como aberturas de portas e portões de qualquer lugar do mundo. O plano de crescimento da G5 é expandir para mais dois municípios da Serra Gaúcha até 2021.

Fotos: Divulgação

A

G5 Monitoramento foi fundada em 2004, quando iniciou suas atividades no município de Curitiba (PR), sendo líder e referência do segmento no Estado até 2012, quando passou a se dedicar exclusivamente a grandes projetos de segurança eletrônica em todo território nacional. Percebendo uma necessidade do mercado da região, em 2018 iniciou suas atividades em Farroupilha, onde montou uma estrutura de ponta e reuniu os melhores profissionais para ser referência do segmento na região, voltado dessa forma a atender pessoas físicas e jurídicas em sua carteira. A empresa possui atualmente 80 colaboradores diretos e mais de 2 mil cliente, entre os dois Estados. Comandada por Jihado Augusto de Lima Nazário e Kelly Cossiaki, a empresa presta serviços de monitoramento de alarmes e monitoramento de imagens por vídeo analítico, em tempo real do seu patrimônio. Também oferece armazenamento das imagens do local em servidores próprios G5 garantindo a integridade destas imagens. Além disso, presta consultoria, desenvolve e executa projetos de segurança com treinamento para o usuário final. Também dispõe de equipe capacitada para portaria e portaria remota

Segurança garantida Empresa atende 24 horas, todos os dias, com uma estrutura de ponta e profissionais capacitados


11

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

FERRAGENS ZAMIN

As melhores soluções em manutenção industrial, agrícola e mecânica A Ferragens Zamin trabalha ainda com foco em hidráulica industrial, pneumática e parafusos rolamentos, correias e equipamentos de proteção individual. “O que fazemos é solucionar os problemas do cotidiano das indústrias, agricultores e mecânicas na área de manutenção”, consideram Ildo e Lucas Zamin. Conta com uma linha completa de parafusos mecânicos da Ciser, ferramentas Stanley, Belzer, Sata, Nicholson e Dewalt, pneumática da Bel Air, mangueiras hidráulicas e conexões Alfagomma, todas feitas sob medida e na hora. O atendimento da Ferragens Zamin é de segunda a sexta, das 7h às 12h e das 13h às 18h30min, abre também aos sábados, das 7h às 15h.

Juliana Inês Casa Barbieri

C

om a mais completa linha de hidráulica da cidade, a Ferragens Zamin, localizada na avenida Paulo Broilo, 665, bairro São Luiz, é referência no segmento. A empresa tem um ano de fundação, mas a equipe conta com experiência de cerca de 40 anos na área de manutenção industrial, um grande diferencial para quem busca por atendimento especializado. Os serviços se estendem a ferramentas para construção, materiais elétricos, pintura, linha completa de parafusos mecânicos, ferragens e ferramentas, hidráulica, pneumática,

Fazendo a diferença no mercado Ferragens Zamin trabalha com linha completa de ferramentas, itens de hidráulica e pneumática


12

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

MARMO REAL

As melhores rochas para sua construção Empresa oferece mármores, granitos e basalto de acordo com a necessidade de cada cliente, oferecendo agilidade e confiança possível para satisfazer as necessidades do cliente”, aponta a proprietária. As peças são feitas sob medida e instaladas pela equipe, que é capacitada para indicar os melhores produtos que se encaixam com diferentes necessidades, como soleiras, pias, revestimentos em túmulos e churrasqueira e revitalização em mármores e granitos. “O mármore possui um visual mais limpo, porém é mais delicado; já o granito pode ser utilizado em mais locais; e o basalto é indicado para pisos por ser mais rocha mais bruta”, indica Valquíria. O atendimento é das 7h30min às 11h45min e das 13h às 17h45min, de segunda a sexta. Contato pode ser estabelecido pelos fones 3261-1319, 999.535.654 ou 999.876.011, com WhatsApp.

Fotos: Yasmin Signori Andrade

C

om diversas opções de mármores, granitos nacionais e importados e basalto, a Marmo Real atende na rua Coronel Pena de Moraes, 46. Todas as rochas usadas para construção e demais necessidades do cliente, além de um amplo conhecimento no ramo, consolidam a empresa que está em atuação desde 2001. Valquíria Corá e Marguetson da Silva Ramos são os proprietários à frente da loja que oferece alta qualidade nos diferentes produtos. Para o ramo de industrializados importados, a Marmo Real trabalha com o Grupo Consentino, que oferece garantia de 25 anos nos produtos. “Entregamos trabalho com qualidade e agilidade, sempre fazendo o

Pedras para sua construção Localizada em frente ao Cemitério Público Municipal, a Marmo Real está consolidada no mercado


13

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

CZN EMPREENDIMENTOS

Seriedade nos serviços de incorporadora Pioneira na venda de imóvel na planta, tem 18 anos no segmento e atua em toda a Serra Gaúcha Fotos: Juliana Inês Casa Barbieri

Melhores empreendimentos da região Para 2020 projeta lançamentos de alto e médio padrão em Farroupilha e Carlos Barbosa

V

ocê sabe quais as vantagens de adquirir um imóvel na planta? Em primeiro lugar é a confiabilidade em quem executa a obra. Na CZN Empreendimentos você tem essa garantia. Projetar e construir edificações residenciais e comerciais é a atuação da empresa que tem 18 anos de experiência. A CZN atende a padrões de construção de alta qualidade e trabalha com profissionais e fornecedores também referenciados. Tem o propósito de trabalhar com seriedade e

prestar serviços de qualidade para ajudar as famílias na realização do sonho de bem morar. A empresa atua em parceria com a Caixa Econômica Federal (CEF) nas linhas de financiamento para imóveis de padrão médio, sendo esta também uma garantia para o comprador final. Sempre de olho nas tendências da construção civil, acompanha as inovações e exigências do mercado, tendo sido uma das pioneiras em Farroupilha a conquistar a certificação do Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat (PBQP-H),

Marca CZN de qualidade Canziani junto à equipe: profissionalismo e confiabilidade acima de tudo

concedida pelo governo federal na busca por credenciar instituições adequadas aos modernos sistemas produtivos. “Se especializa e se adequa a mudanças, segue as normas padrões de segurança, também nos quesitos ambientais, de engenharia, gestão, oferecendo sempre credibilidade na sua atuação”, considera Francisco Canziani, proprietário da CZN. A empresa também trabalha com o sistema de projetos integrados por meio do Building Information Model (BIM) que leva a uma maior otimização e eficiência

construtiva. Atualmente está atuando em dois projetos: em Farroupilha com o CZN Reserva, localizado no bairro Imigrante, que tem 54 apartamentos, e em Carlos Barbosa com o CZN Splendore, que dispõe de 30 unidades e está em fase de finalização. A empresa atua em toda Serra Gaúcha e para 2020 o planejamento é lançar dois empreendimentos de alto e médio padrão, também em Farroupilha e Carlos Barbosa. A comercialização é feita por parceiros imobiliários de Farroupilha e de toda região.


14

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

GRUPO EWM

Do projeto e construção até a venda Tradição e inovação fazem da empresa, uma referência ao oferecer tudo que você precisa para ser proprietário de um imóvel foi o carro chefe do grupo atuante desde 1972. Após, entrou a incorporada responsável por fazer os projetos e executar a construção civil, além de formalizar o registro imobiliário. As construções são feitas para venda na EWM e também para terceiros, junto à imobiliária, presente no grupo. Desta forma, a empresa possui controle total quanto ao planejamento e execução, garantindo segurança aos clientes. Localizada na Rui Barbosa, 135 A, a empresa também presta assessoramento de vendas e negócios. O contato pode ser estabelecido pelos fones 3261-2691 ou 996.367.700. “Agregamos todo o processo e isso facilita a vida das pessoas, que conseguem se organizar mais fácil para realizarem as obras”, aponta Itamar.

Fotos: Yasmin Signori Andrade

C

om uma bagagem de 47 anos, o que hoje é o Grupo EWM já passou pelas mãos de quatro gerações da família De Faveri. À frente da empresa atualmente estão os irmãos Estevan, William e Murilo De Faveri, e os pais Itamar e Tânia. O grupo conta atualmente com construtora, incorporadora, projetos e imobiliária, entregando o que o cliente precisa em todas as partes do processo de compra de um imóvel. “Por sermos um grupo conseguimos pegar um projeto do início até o final, então o cliente não precisa se preocupar com burocracia pois abrangemos todos os setores”, ressalta Murilo. Na parte da construtora, a empresa presta mão de obra, o que sempre

Família unida nos negócios Irmãos Estevan, William e Murilo De Faveri, juntamente aos pais Itamar e Tânia, estão à frente da EWM


15

FARROUPILHA, 11 DE OUTUBRO DE 2019

PASQUALE ARQUITETURA & CONSTRUÇÕES

O melhor projeto para a sua obra Com endereço central e respeitável experiência na área, visa promover o bem-estar urbano e pessoal de seus clientes “Estamos habilitados e tecnicamente preparados para as demandas dessa instituição. Nos especializamos nos projetos e execução de sobrados geminados, inclusive atendendo a uma imposição do Ministério das Cidades de que todas as obras financiadas pelo sistema de habitação devem ser executadas por empresa de construção civil com responsável técnico habilitado”, reforça o arquiteto Carlos Pasquale, proprietário da Pasquale Arquitetura & Construção. Localizado na Cel. Pena de Moares, 555, o escritório atua em projetos residenciais, comerciais e industriais, reformas, regularizações e execução de obras. Além de estudo de Impacto de Vizinhança, avaliação de edificações, desmembramento e unificação de lotes, orçamento e cronograma de obras.

Fotos: Juliana Inês Casa Barbieri

P

ensando em construir, quem sabe reformar e precisa de um projeto totalmente personalizado? Os arquitetos Carlos Pasquale e Verônica Onzi Peroni são os profissionais que podem te atender com a expertise da Pasquale Arquitetura & Construções, que tem 21 anos de fundação. A empresa apresenta todas as ideias de projeto em plantas baixas, vistas e maquete eletrônica para melhor compreensão dos clientes. Para as incorporadoras disponibiliza material de divulgação dos empreendimentos, com maquetes eletrônicas e plantas humanizadas, dando suporte para a comercialização dos imóveis em imobiliárias. Possui ainda profissional credenciado pela Caixa Econômica Federal.

Projeto e construção Profissionalismo da Pasquale está em evidência no mercado farroupilhense há 21 anos


Farroupilha, 11 de outubro de 2019

Parte da integrante da Edição 609. Não pode ser vendido separadamente


2

Farroupilha, 11 de outubro de 2019

Dia para curtir ao lado dos pequenos Sabe aquele ditado que diz: “Não basta ser pai, tem que participar?”. No Dia das Crianças a participação dos pais é essencial para garantir a alegria e diversão dos pequenos. Não basta dar presentes caros e que seus filhos tanto desejam, é preciso estar com Picnic no parque ou na praia: Basta ter uma cesta de vime, uma toalha xadrez e muitas guloseimas que crianças gostam e pronto! Está armado um picnic pra lá de especial. Caso na sua cidade não tenha praia ou um parque com espaço ao ar livre, você pode escolher uma praça ou até mesmo dar uma volta pelo interior e achar um espaço embaixo de uma bela árvore. Uma bola ou uma pipa podem ser uma boa pedida para garantir a diversão.

eles, curtir momentos especiais e dedicar um tempo exclusivo para dar atenção, carinho e o amor que eles tanto anseiam e que nem sempre é possível dar na correria do dia a dia. Muitas crianças estão presas à rotina de casa para a escola, da escola para as

Passeio de bicicleta: Desbravar espaços desconhecidos pode ser muito divertido ao lado dos filhos. Se vocês têm bicicletas, aproveitem para dar um longo passeio pelos bairros da sua cidade e conhecer pontos nunca observados antes. O passeio pode terminar com um delicioso lanche em um restaurante que seus filhos curtem. Vale passear de patins, caso não tenham bicicletas.

atividades extracurriculares e depois de volta para casa, onde fazem as tarefas e passam tempo em frente à televisão ou ao vídeo game e computador. Faça deste Dia das Crianças um dia diferente. Leve seus filhos a lugares diferentes, faça picnics,

Visita ao zoológico: Seus filhos podem até já ter ido ao zoológico com a escola, mas com você o passeio pode ser muito mais divertido. Escolha um zoológico onde você saiba que os animais são bem tratados e passe o dia no local. Aproveite para ensinar aos pequenos a importância de respeitar os animais e ensine as diferenças entre as espécies. Um bom livro de biologia ou ciências pode ajudar nesta atividade.

passeios, invista em um tempo com eles. Para ajudar a preparar um dia para lá de especial, separamos algumas dicas especiais. Confira a que mais cabe na sua rotina e prepare um momento inesquecível ao lado dos seus pequenos. Boa diversão! Acampamento em casa: Mas, e se chover? Uma boa ideia para um Dia das Crianças com chuva é fazer um acampamento em casa mesmo. Você pode fazer uma tenda na sala ou na sacada do apartamento usando lençóis e panos e transformá-la num espaço muito divertido. Com uma lanterna é possível fazer brincadeiras como mímicas contra a luz e até fingir que tem uma fogueira. Um lanche bem gostoso pode ser servido antes da brincadeira acabar.


Farroupilha, 11 de outubro de 2019

3 Fotos: Divulgação

Brincar livre e autêntico “Brinca Comigo?” é a empresa que tem como propósito conectar adultos à essência da infância dos Grupos (SBDG). Mais de 20 anos de experiência consolidam a profissional que atuou como psicopedagoga clínica, professora, coordenadora e orientadora educacional em escolas de Educação Básica e também de Ensino Superior. “Em um primeiro momento, alguns adultos olham para o espaço de brincar que estruturamos e acham estranho não ter muitas cores, nem brinquedos à disposição das crianças. E esse também é o impacto causado às crianças que chegam ao espaço e começam a procurar pelos brinquedos. Mas quando encontram canetinhas, lápis de cor, folhas de diversos tipos, materiais reciclados, seus olhos brilham”, conta Laura, que vem acompanhando de perto a reação do público em geral a esta proposta que é tão diferente. Laura ainda menciona que quando está juntos às crianças, nestes espaços, sua função é apenas de acompanhar e sustentar esse momento de brincar livre e criativo que segundo ela chega até a ser terapêutico para as crianças que encontram tempo, recursos materiais e um adulto disponível para estar ali inteiro nessa relação que se contrói a partir do brincar. Para contratar os serviços da Brinca Comigo?, basta entrar em contato pelo fone 984.378.814, pelo e-mail laura@ vembrincacomigo.com.br ou pelas redes sociais @vembrincacomigo.

O primeiro espaço “Brinca Comigo?” foi estruturado no Restaurante Chef Antonielle e todas as quartas à noite do mês de outubro contará com presença de Laura para estar junto às crianças Bruna Isotton Fotografia

Visando oferecer momentos de interação de qualidade entre adultos e crianças é que Laura Cristina Nardi criou a empresa “Brinca Comigo?”, a qual oferece serviços de acolhimento a crianças em eventos sociais, criação de espaços de brincar em estabelecimentos comerciais e atividades de orientação quanto ao aprendizado infantil. Nos espaços de brincar estruturados pela Brinca Comigo? destaca-se a utilização de brinquedos não-estruturados, como blocos de madeira, tecidos diversos, pinhas, conchas, entre outros recursos que permitem à criança o livre brincar e a possibilidade de criar o que a sua imaginação permitir, juntamente com a colaboração dos amigos que ali estiverem com ela. “Queremos que a criança tenha acesso a espaços que as acolham em suas especificidades e que contenham também uma estética visual que as convide para um brincar calmo, criativo e de contemplação”, ressalta Laura, que desenvolve essas atividades com as crianças, juntamente com outros profissionais que gostam de brincar, que amam crianças e conhecem as características do desenvolvimento infantil. Laura é Pedagoga, Psicopedagoga, especialista em Gestão de Pessoas e Gestão Educacional, Mestre em Educação e membro da Sociedade Brasileira de Dinâmica

Serviços oferecidos pela “Brinca Comigo?”

Acolhimento: montagem de espaços de brincar em festas de casamento, 15 anos, formaturas, com a intenção de acolher as crianças durante o evento. Além de estruturação de espaços de brincar em restaurantes e estabelecimentos comerciais em geral. Orientação: capacitação para recreacionistas infantis. Consultorias e formação pedagógica para instituições educacionais. Além de orientação a famílias, quanto ao aprendizado infantil (atendimento a domicílio).

Psicopedagoga Laura utiliza brinquedos não-estruturados para proporcionar momentos de brincar diferente do habitual, potencializando a criatividade e a imaginação dos pequenos


4

Farroupilha, 11 de outubro de 2019

Prato colorido e Salgadinho, pizza, biscoito recheado, brigadeiro, chocolate, refrigerante... Hummmmmmm! Deu até fome agora, né?! Mas você sabia que estas comidas que toda criança gosta não são boas para o seu corpo? Apesar de gostosas, elas fazem, via de regra, muito mal para a saúde e podem causar várias doenças, além de deixar as crianças bem gordinhas. Por isso, cuidado! Deixe para comer estas guloseimas nos finais de semana ou nas festinhas de aniversários dos amigos.

DURANTE A SEMANA

Durante a semana escolha comer outras delícias como maçã, banana, melancia, uva, abacaxi e muitas outras frutas coloridas e muito saudáveis! As frutas são docinhas e podem ser servidas de sobremesa todos os dias. Assim você come uma coisa gostosa e ainda cuida da sua saúde! E elas também podem ser usadas para fazer sucos deliciosos para você tomar junto com o almoço ou jantar. E por falar em almoço ou jantar, outra dica para você ficar forte e sau-

FINAIS DE SEMANA

dável é comer muitas verduras e legumes junto com o arroz, o macarrão, a batata e a carne. Elas deixam o prato colorido, divertido, e muito, muito mais saudável. Cenoura, brócolis, pepino, beterraba, tomate, milho. Há

muitas verduras e legumes, de várias cores e com vários gostos. Se você comer um e não gostar, experimente outro até encontrar algum que você goste e queira comer todos os dias!


Farroupilha, 11 de outubro de 2019

Para brincar e

se divertir!

parair color

Separe o lápis de cor, as canetinhas e giz de cera para dar um colorido especial para esta tartaruga radical

caçaas r palav

Marina e Carlos estão na escola e precisam encontrar várias palavras relacionadas à sala de aula. Vamos ajudá-los?

5


6

Farroupilha, 11 de outubro de 2019

Para brincar e se divertir de montĂŁo r i r o l o c para

s a l o b s conte a


Farroupilha, 11 de outubro de 2019

desafio Você consegue encontrar a saída desse labirinto? Ajude os colegas a encontrar o caminho mais rápido!

? a i b a s você O nome desse brinquedo é rolimã. Há muitos anos ele era a maior sensação das crianças. Para brincar era muito fácil, bastava sentar sobre o carrinho e deslizar pelas ruas em alta velocidade. Além de brincar sozinho, o brinquedo servia para muitas competições de velocidade. Converse com os seus pais e pergunte se eles já se divertiram com o rolimã.

7


8

Farroupilha, 11 de outubro de 2019

Criança também pode ajudar em casa Nem só de brincadeira e diversão vivem as crianças. Atividades domésticas simples, como guardar os brinquedos, dobrar a roupa, arrumar a cama, tirar o pó ou regar as plantas, podem e devem fazer parte da rotina diária dos pequenos. Além de ajudar no desenvolvimento motor, estas atividades leves ainda ensinam aos pequenos que eles fazem parte da dinâmica familiar, passam a perceber como funciona a rotina do lar e se veem como responsáveis por fazer as coisas acontecerem. Afinal, uma casa bem arrumada e limpa não fica assim sozinha, não é mesmo?! Por entender a importância da participação dos pequenos nas atividades da casa, conversamos com alguns pediatras que separaram uma lista de atividades que cada criança pode desenvolver a partir de sua idade. Confira em qual fase está seu filho, mostre e ensine a ele como fazer a tarefa e, mãos à obra!

2 a 3 anos

* Arrumar brinquedos e livros * Colocar a roupa suja no cesto * Ajudar a alimentar os animais de estimação * Limpar o pó (em vez de lhes dar um pano normal, coloque uma meia velha nas mãos) * Ajudar a limpar comida espalhada ou bebidas entornadas

4 a 5 anos

* Ajudar a fazer a cama * Arrumar brinquedos e livros * Levar a roupa suja para a área de serviço * Ajudar a alimentar os animais de estimação * Limpar o pó * Ajudar a limpar comida espalhada ou bebidas entornadas * Ajudar a arrumar as compras do mercado * Ajudar no preparo das refeições

6 a 8 anos * Fazer a cama * Arrumar brinquedos e livros * Ajudar a pôr a mesa * Secar a louça e guardar * Levar a roupa suja para a área de serviço * Ajudar a estender e recolher a roupa * Alimentar os animais de estimação * Limpar o pó * Ajudar a limpar comida espalhada ou bebidas entornadas * Ajudar a arrumar as compras do mercado * Ajudar no preparo das refeições * Varrer o chão * Levar o lixo

9 a 12 anos

* Fazer a cama * Arrumar brinquedos e livros * Pôr e retirar a mesa * Lavar e secar a louça * Levar a roupa suja para a área de serviço * Ajudar a estender e recolher a roupa * Arrumar a roupa nos locais apropriados * Alimentar os animais de estimação * Limpar o pó * Limpar comida espalhada ou bebidas entornadas * Varrer ou passar aspirador de pó * Ajudar a arrumar compras do mercado * Ajudar no preparo das refeições * Levar o lixo * Ajudar a lavar o carro * Ajudar na manutenção do jardim

Profile for Informantef Informantef

Edição 609  

Jornal Informante (Farroupilha/RS)

Edição 609  

Jornal Informante (Farroupilha/RS)

Advertisement