Page 1

FARROUPILHA

|

ANO XII

|

EDIÇÃO 608

|

4 DE OUTUBRO DE 2019

|

R$ 3,00

Presidente Daniel Bampi passa o comando da entidade a José Carlos Trujillo, que assume no triênio 2020/2022 Economia, página 9

ECONOMIA

CIDADE

Esperado feirão abre nesta sexta com descontos que podem chegar a 80% Página 8

Entre 16 candidatos, cinco serão eleitos com voto da população neste domingo Página 11

Tramontina realiza Outlet

Pleito para o Conselho Tutelar

POLÍTICA

Últimos meses para biometria Prazo para atualização do título é até 11 de dezembro no Cartório Eleitoral Página 12

Ramon Cardoso

O presente e o futuro da CICS


2

FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

INOVAÇÃO

Desburocratizando para crescer Há dois meses Farroupilha implantou o Alvará Digital, facilitando o processo de obtenção do documento e atraindo novos negócios juliana@jornalinformante.com.br

F

oram 122 empresas que obtiveram Alvará de Localização e Funcionamento em Farroupilha nos últimos 60 dias utilizando um sistema diferenciado: o processo foi encaminhado digitalmente, facilitando os trâmites e desburocratizando os caminhos para abertura de negócios. Desde a última terça o sistema de emissão de alvará em Farroupilha passou a funcionar exclusivamente online, sendo que neste período inicial, tendo em vista as adaptações necessárias, as duas formas ainda eram aceitas. “Poupa tempo, poupa espaço, poupa recurso e moderniza a gestão. É bom para a prefeitura porque dá um ar de modernidade e agilidade. Para as empresas e escritórios de contabilidade gera uma economia de processos, de papéis e recursos humanos”, avalia Roque Severgnini, secretário municipal de Desenvolvimento Econômico. O processo de adaptação foi tranqui-

lo, segundo avalia Roque, já que houve projeto piloto com os escritórios de contabilidade, levando à compreensão sociedade empresarial neste sentido. “Também trabalhamos com número reduzidíssimo de funcionários porque diminuíram os processos, encurtamos caminhos, se compreendeu melhor as coisas”, complementa o secretário. Nesses 60 dias pequenos ajustes foram necessários no sistema do Alvará Digital, acertando numeração dos processos, por exemplo, até itens de formatação para impressão do documento. Esta nova metodologia de trabalho também é uma forma de atrair novos negócios para Farroupilha. O Alvará Digital está presente em outros municípios, mas apenas em parte do processo, já em Farroupilha é em 100% do encaminhamento, até a obtenção do documento que é liberado digitalmente e impresso pelo próprio empresário. A ideia de ser “Alvará Digital 4.0” refere-se à era da desmaterialização, substituindo os itens físicos pelo sistema digital e estabelecendo relações de negócios por meio da conectividade.

Juliana Inês Casa Barbieri

Juliana Inês Casa Barbieri

Modernização Secretário Roque tem gestão que busca enxugar a máquina pública e agilizar os processos

Facilidades do Alvará Digital 4.0

Tirou a necessidade de comparecer pessoalmente à Sala do Empreendedor, já que acontece via sistema. Os documentos são encaminhados de forma digital por meio de um arquivo em PDF que deverá ser protocolado no site da prefeitura (farroupilha.rs.gov.br). No formulário, também deverá ser cadastrado um e-mail e um número de WhatsApp, para onde a versão digital do alvará será encaminhada após análise dos documentos.


3

FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

RESULTADOS

O que facilitou e a projeção nacional do Brasil quando o assunto é abertura de empresas, fruto das diversas iniciativas para fomentar o segmento. Um exemplo é que em 2015 um alvará levava até 400 dias para ser liberado e, em 2019, com o aperfeiçoamento dos sistemas, passou a ser emitido em 12h em cerca de 90% dos casos. Agora ainda é digital. Para conhecer essa forma de gestão otimizada, cerca de 100 prefeituras de diversos Estados brasileiros visitaram a cidade nos últimos cinco anos. Recentemente uma missão de 30 empresários e representantes de entidades mineiras das cidades de Alfenas, Andradas, Jacutinga, Machado, Poços de Caldas e Varginha estiveram por aqui. Inclusive, o secretário Roque foi convidado para palestrar numa conferência em Minas Gerais que será realizada em dezembro. O intuito é propagar o que se faz e ajudar outras prefeituras a implementarem ações facilitadoras.

Juliana Inês Casa Barbieri

M

árcia Montemezzo Barbizan, contadora, aponta que o processo do Alvará Digital contribuiu pontualmente com avanços e facilidades na área. Permitiu agilidade no encaminhamento e retirada dos alvarás, já que o envio dos documentos é totalmente online. “Desburocratiza a necessidade de deslocamento entre contador e repartição pública, também contribui com as políticas de proteção ao meio ambiente”, observa Márcia, do Escritório Contábil Montemezzo, referindo-se a não utilização de papel durante o processo. A profissional ressalta ainda que essa nova plataforma incentiva os empreendedores, trazendo agilidade e colocando Farroupilha à frente de muitos municípios. Aliás, a cidade é apontada pelo Sebrae como a mais ágil

Tecnologia Em 60 dias de implantação do Alvará Digital, 122 documentos já foram emitidos

Indicadores de Farroupilha (dados até setembro) Abertura de empresas em 12h: 91,5% Abertura de empresas em 24h: 90,9% Abertura de empresas em 48h: 100% Empresas abertas em 2019: 924 Das empresas abertas que são microempreendedores (MEIs): 591 Total de empreendimentos ativos em Farroupilha: 9.431


4

FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

A insegurança do por exceção Ana Claudia Martins Pantaleão *

P

ouco comentado pela mídia, que mais falou sobre o trabalho aos domingos que foi retirado do texto da MP da Liberdade Econômica na conversão em lei, foi a alteração aprovada no último dia 21 de agosto, que é a autorização do cartão de ponto por exceção. O cartão de ponto por exceção desobriga a empresa de anotar todos os horários de seus trabalhadores, ou seja, não “batem ponto” diariamente, sendo obrigado apenas a anotação dos horários que excederem a jornada diária do trabalhador, ou ainda atrasos e faltas do empregado, já que se presume o fiel cumprimento da jornada do trabalho. Essa modalidade de cartão de ponto também abre margem à pré-assinalação dos horários de trabalho, ou seja, o cartão de ponto estar previamente preenchido com os horários de trabalho contratados, havendo alterações apenas quando ocorrer faltas, atrasos e horas extras que serão anotados ao lado dos horários pré-estabelecidos. Tudo isso causa uma insegurança tanto à empresa como ao trabalhador, já que a empresa poderá enfrentar alguns problemas ao ter que comprovar o real horário de trabalho do empregado. E a consequência disso pode ser um processo com pedido de horas extras. Como comprovar que o trabalhador não realizou tarefas além de

seu horário, se ele tem a opção de não anotar essas horas? Ou ainda, um empregado que trabalhe fora das dependências da empresa, e venha a sofrer um acidente, mesmo que ele sofra o acidente fora de seu horário de trabalho, poderá alegar que o fato ocorreu no horário de trabalho e pelo exercício da função. Para o trabalhador também há risco quanto à prova de eventuais horas extras, já que em um processo judicial, se a empresa obrigar ele a não anotar os horários extras, ele não terá prova documental sobre o fato, devendo ter boas testemunhas para comprovar os horários realmente trabalhados. A questão da prova testemunhal é um risco para ambas as partes, já que havendo contradição entre os depoimentos das testemunhas da empresa e do empregado, o juiz considerará válido o depoimento daquele que melhor lhe convencer e assim as partes não têm segurança alguma, pois ficam aguardando a avaliação prática do juiz. Certo é que o Tribunal Superior do Trabalho já considerou como válida essa modalidade de cartão de ponto, sob o argumento que essa previsão possibilita melhores negociações entre empresas e seus trabalhadores, sendo certo que ambas as partes fazem concessões. De outro modo, há reiteradas decisões e até mesmo súmula do mesmo TST quanto à invalidade do cartão de ponto britânico, que é aquele que tem o mesmo horário de entrada e saída, sem nenhuma variação de minutos. E é considerado invá-


5

FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

cartão de ponto

Imagem: Reprodução

lido, pois os empregados não são robôs para entrar e sair no horário sem nenhum tipo de atraso, seja na entrada ou na saída. O cartão de ponto por exceção é muito similar ao cartão de ponto britânico, eis que presume que o empregado chegou e saiu da empresa no horário que foi contratado, mas na verdade sempre pode atrasar um pouco. E então qual a segurança que esse cartão de ponto por exceção impõe as partes? Nenhuma, já que pode ser in-

terpretado de muitas formas. Por todo o exposto, considera-se prudente a adoção de anotação regular e diária do cartão de ponto, para evitar a nulidade do cartão de ponto por exceção, que pode ser considerado pela justiça, já que em muitos casos têm se mostrado contra esse tipo de prática, já que ela coloca em xeque a realidade dos fatos. * Especialista em relações de trabalho do Massicano Advogados


6

FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

Riqueza histórica, pobreza de memória A história de Farroupilha é de uma riqueza incomum. Somente o fato de ser o Berço da Imigração Italiana do Rio Grande do Sul ou ter recebido o nome de nossa maior Revolução já seria o suficiente para que o município tivesse um papel de destaque. Todos hão de convir, são marcas identitárias muito fortes. Porém, paradoxalmente a isso, há muito pouca documentação do passado, de aspectos relevantes que contam a evolução da cidade através dos tempos, seja por meio de artigos, fotos, livros... enfim, material que é praticamente inexistente. Por isso, a série “Assim na Serra Como no Céu”, do publicitário, professor universitário e ilustrador Eduardo Luiz Cardoso, o Duda, preenche uma lacuna que sequer pode ser mensurada no presente e que terá condição melhor de ser avaliada, certamente, no futuro, com um distanciamento temporal oportuno que permitirá uma melhor percepção de sua relevância e importância histórica para a memória da cidade. O primeiro volume, “A Chegada dos Imigrantes”, lançado há quatro anos, narra a epopeia das famílias Crippa, Radaelli e Sperafico quando deram início à saga da imigração, deixando para trás uma Itália destroçada em busca do sonho da América, que não se revelou tão dourado como o prometido no início, mas que foi se consolidando aos poucos graças a muito trabalho e fé. O livro em quadrinhos mostra o começo de uma história que, décadas mais tarde, propiciaria o surgimento de Farroupilha.

Imagens: Reprodução

O segundo volume da obra de Duda, “Histórias de Mistério e Fé”, que será lançado neste sábado (veja mais na capa e página 3 do Inside), mergulha em quatro episódios que fazem parte, digamos, das lendas urbanas e do folclore farroupilhense, com a boneca Lenci, do Museu Casal Moschetti, estampando a Capa e compondo uma história, além das polêmicas que envolvem o suposto exorcismo realizado em Caravaggio, a desavença gerada a partir da construção da Igreja Matriz e, mais recentemente, a primeira estátua de Nossa Senhora de Caravaggio, que deu o que falar. Passagens, claro, documentadas a partir da licença poética... ou melhor, ilustrativa do autor. Embora para muitos os quadrinhos possam ser marginalizados em relação à Literatura convencional, essa passa a ser uma discussão completa-

Índice

Editorial

Matéria Especial .................................... Páginas 2 e 3 Editorial ...................................................Página 6 Opinião...................................................... Página 7 Economia .................................................. Páginas 8 e 9 Cidade ........................................................ Páginas 10 e 11 Política ..................................................... Página 12 Educação .................................................. Página 13 Esporte ..................................................... Páginas 14 e 15

Inside

Especial..................................................... Capa e página 3 Cinemas ..................................................... Página 2 Crônicas da Redação ............................. Página 4 Agenda....................................................... Página 4 Música ....................................................... Página 5 Paulo Roque Gasparetto ..................... Página 5 Social ........................................................ Páginas 6 e 7 Fabrício Oliboni ..................................... Página 8 Arte ............................................................ Página 8 Lazer .......................................................... Página 9 Dolores Maggioni .................................. Página 9 Sétima Arte .............................................. Páginas 10 e 11 Horóscopo ............................................... Contracapa Saúde, Beleza & Estética...................... 4 páginas Classificados .......................................... 8 páginas

mente secundária porque é o conteúdo que realmente valoriza uma obra e seu compromisso em reportar, para as gerações futuras, a história. Essa perpetuação da memória tem um valor inestimável e que ganha um papel ainda mais relevante no município, que notoriamente apresenta essa carência. Aliás, o alcance da obra tende ainda a ser maior justamente por atingir crianças e jovens, que serão os responsáveis pela construção da futura memória farroupilhense. O município, cumpre pontuar, talvez tenha sido, ao longo das últimas décadas, um dos que possuía o menor percentual de população nativa, justamente pela transformação que a cidade experimentou quando o então prefeito Avelino Maggioni criou o primeiro Distrito Industrial do País, no início dos anos 70, mudando a matriz econômica do Setor Primário para o

Redação - redacao@jornalinformante.com.br Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br Ramon Cardoso ramon@jornalinformante.com.br Yasmin Signori Andrade yasmin@jornalinformante.com.br

Comercial-comercial@jornalinformante.com.br Fabiano Luiz Gasperin gasperin@jornalinformante.com.br Jean Marco Lançarin de Mattos comercial5@jornalinformante.com.br Maria da Graça Potricos Leite maria@jornalinformante.com.br

Anúncios - anuncios@jornalinformante.com.br Marcelo Bortagaray Mello marcelo@jornalinformante.com.br Tiago Rodrigues da Silva tiago@jornalinformante.com.br

Financeiro - financeiro@jornalinformante.com.br Keli de Almeida Maciel keli@jornalinformante.com.br

Secundário. Farroupilha recebeu milhares de migrantes, mas que não tinham raiz, não tinham uma ligação umbilical com a terra. E a ausência de material sobre o município apenas ampliou esse vácuo. Em contrapartida, talvez na atualidade Farroupilha seja uma das cidades com maior número de nativos, justamente porque esses migrantes aqui se estabeleceram e formaram suas famílias. Justamente por esse aspecto é que fica difícil de classificar o impacto da obra de Duda para o restabelecimento dessa ligação do município com sua própria trajetória. Não bastasse isso, no blog do autor há todo um embasamento documental e teórico (e aqui é facilmente percebido os problemas enfrentados pelo ilustrador em seu trabalho de pesquisa para a elaboração dos episódios), para que o conteúdo não fique restrito às histórias em quadrinhos, mas também possa ser trabalhado pelos professores em sala de aula, sedimentando ainda mais esse resgate divertido e lúdico do passado. Leon Tolstói, o gigante escritor russo, autor de Guerra e Paz e de uma série de romances que se tornaram clássicos da Literatura mundial, disse certa vez: “Quer ser universal? Cante a tua aldeia”. Que o abnegado e meticuloso trabalho de Duda assinale um novo momento na trajetória farroupilhense e que essa jornada, ainda que por meio de um resgate histórico, possa ser revisitada e contada de forma permanente e efetiva a partir de agora.

Assinaturas-assinaturas@jornalinformante.com.br Assinatura Bienal: R$ 240,00 Assinatura Anual: R$ 140,00

Telefones (54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203

Endereço Rua Dr. Jaime Romeu Rössler, 348, Bairro Planalto

Colunistas Crônicas da Redação Dolores Maggioni Egui Baldasso Fabrício Oliboni

Guilherme Macalossi Gustavo Pimentel Lauro Edson Da Cás Paulo Roque Gasparetto

A manifestação dos colunistas é livre e independente e não necessariamente reflete a opinião do Tabloide sobre os temas abordados nas colunas

@PaperInformante www.jornalinformante.com.br

/jornalinformante


7

FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

O que é preciso para promover a recuperação do emprego e do crescimento? Recentemente foi noticiada a intenção do Ministério da Economia de lançar um amplo pacote de medidas de combate ao desemprego. Pacotes de recuperação da atividade econômica e do emprego não são novidades no capitalismo contemporâneo. Assim, enquanto a proposta está sendo estudada pelo governo, cabe o resgate de iniciativas com propósitos similares. No ano de 1933, o presidente norte-americano Franklin Delano Roosevelt lançou o New Deal, um programa de reforma e recuperação da economia norte-americana que vivenciava os anos de depressão após crise de 1929. Em linhas gerais, o New Deal consistiu num conjunto de ações coordenadas do Estado para a reestruturação dos sistemas financeiro e produtivo, do mercado de trabalho e do sistema de proteção social norte-americanos. Em grande medida, o programa possibilitou a expansão econômica estadunidense no período subsequente, assumindo a condição de potência hegemônica a partir da década de 50. O fraco desempenho da economia brasileira nos últimos anos e o aumento expressivo do desemprego nos levam à pergunta: o que podemos aprender com o Neal Deal? Embora não caiba na sociedade brasileira atual uma replicação da experiência pertencente a outro tempo e espaço, é importante considerarmos, em primeiro lugar,

Imagem: Reprodução

Leila Rocha Pellegrino *

a necessidade coordenar ações de promoção do crescimento econômico, de melhora na competitividade à atividade produtiva nacional e de recuperação do mercado de trabalho. Nesse processo, um papel ativo do Estado é essencial para equilibrar os interesses dos agentes econômicos. Adicionalmente é importante que medidas promotoras do crescimento econômico e do empre-

go considerem a quarta Revolução Industrial em curso e possibilitem ciclos futuros de expansão. Pois, a exemplo das experiências pregressas, seu sucesso será medido a posteriori. * Pesquisadora e docente do curso de Administração de Empresas da Universidade Presbiteriana Mackenzie

Inglês para quê? Vivian Correa da Silva * Afinal, para que aprender inglês se eu não vou viajar para o exterior? Para que aprender inglês se eu tenho aplicativos de tradução? Para que aprender inglês se no meu trabalho eu nunca vou utilizar? Essas perguntas cercam docentes e aqueles que trabalham com idiomas com muita frequência. E será que elas têm respostas? Sure! Muitas pessoas acham que não necessitam do idioma pois não costumam viajar. Ledo engano, meu amigo. Você não precisa sair de casa para o mundo vir até você. Você está conectado o tempo todo! O mundo está conectado em você, no seu celular, na sala de sua casa e até no GPS do seu carro. O uso do inglês (mesmo que mínimo) é inevitável. Preste atenção apenas nos nomes de suas redes socias, aplicativos e streamers (viu? É uma palavra inglesa). Sem você perceber, você já lembrou de muitas palavras que nem foram traduzidas ao português

e todo mundo usa no dia a dia, incluindo você. Falando em tecnologia, você pode pensar que os aplicativos de tradução chegaram para acabar com qualquer aula de inglês. Think again! Eu, como docente e tradutora, posso afirmar que os aplicativos de tradução são uma ferramenta de consulta para quem já fala o inglês como segunda língua e, no momento, está longe de ser a salvação de quem não sabe inglês. Um idioma envolve muito mais do que perguntas sobre “Que horas abre o museu?” ou “Onde fica o restaurante mais próximo?”. O idioma é algo vivo, mutante, cultural e cheio de gírias. Erros de interpretação são corriqueiros e divertem os docentes de inglês na hora de corrigir um texto, por exemplo. E, finalmente, a desculpa de que “no meu trabalho eu nunca vou utilizar”. Really? Você pode não estar trabalhando com estrangeiros hoje, porém essa será a realidade do amanhã. Em grandes cidades brasileiras, motoristas de táxis, recepcionistas, porteiros e atendentes estão falando inglês diariamente. Eles

são os primeiros a receber os “gringos”. Além do mais, você já ouviu falar que quem fala inglês ganha mais? Costumo dizer que o mundo é muito maior em inglês. Faça um teste simples: basta digitar a palavra “mesa” no seu buscador online. Agora digite “table”. Veja a quantidade de resultados da mesma palavra em português e inglês. A diferença é enorme. O inglês é a língua da ciência, da tecnologia, da política, do entretenimento. Tudo que acontece, acontece antes em inglês e só depois é traduzido ao português. Por isso, não seria ótimo ter autonomia e segurança ao pesquisar informações em sites estrangeiros e em primeira mão? O estudo do inglês melhora a autoestima e a fluência verbal, ajuda a exercitar o cérebro, estimula a criatividade, proporciona autonomia e oportunidade de se comunicar com o mundo, além de atrair ótimas oportunidades no mundo competitivo do trabalho. * Professora de Inglês do Senac Farroupilha


8

FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

FEIRÃO

Outlet Tramontina começa nesta sexta São 200 mil itens entre panelas, talheres, baixelas e utensílios para cozinha com descontos que podem chegar até a 80%

Hora de boas compras São itens em aço inox com valores a partir de R$ 5,00

Programe-se O que: Outlet Tramontina Quando: nesta sexta, das 9h às 18h, sábado será das 9h às 17h e domingo, das 9h às 16h Onde: TFactory Store Farroupilha (Fernando João Bartelle, 35, Distrito Industrial) Quanto: itens a partir de R$ 5,00 e peças com até 80% de desconto

Arquivo Jornal Informante

C

onsumidores que apreciam as peças da Tramontina têm uma boa oportunidade de compra nesta sexta, das 9h às 18h, no sábado, das 9h às 17h e no domingo, das 9h às 16h. Este é mais um Outlet que acontece na TFactory Store Farroupilha. Cerca de 200 mil itens estarão à venda entre panelas de diversos tamanhos, modelos e acabamentos, mais de 80 mil talheres, 50 mil utensílios de cozinha e 40 mil itens da Linha de Servir, todos em aço inox. “Os outlets da Tramontina são sempre muito esperados pelos consumidores, e esse não está sendo diferente. Nossa expectativa é de um grande público desde a sexta pela manhã”, projeta Cidiana Rita Bée, gerente da TFactory Store Farroupilha, lembrando ainda que o último Outlet realizado pela marca na cidade foi em 2017, já que acontece conforme disponibilidade de mercadoria. A expectativa é de que 10 mil pessoas passem pelo Outlet nos três dias de promoções. As vendas serão no estacionamento da TFactory Store, sendo que a loja continua com funcionamento normal nesses dias, mas as promoções são exclusivas na área restrita ao Outlet.


9

FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

PASSAGEM DE BASTÃO

Trujillo, o futuro presidente da CICS Atual vice da Indústria comandará entidade de classe empresarial, no lugar de Daniel Bampi, no triênio 2020/2022 classe e, além de tudo, havia um consenso, dentro da diretoria, para que ele assumisse e que a linha de atuação fosse mantida”, explicou Bampi. Com isso, Trujillo deve mesmo dar sequência à filosofia implementada pela atual diretoria. “A ideia é de continuarmos com a representatividade dos empresários em seus vários segmentos, fazermos a entidade ser cada vez mais atuante na defesa de seus anseios e necessidades e, de forma muito próxima à classe empresarial, darmos oportunidade e ampliarmos ainda mais o envolvimento de pessoas e empresários para que participem da CICS para que tenhamos, não só uma entidade pujante, mas que apresente resultados efetivos, que façam de Farroupilha cada vez mais uma referência empresarial e de desenvolvimento na Serra”, declarou o futuro presidente.

Maira Valmorbida

A

segunda à noite não foi somente festiva na Câmara da Indústria, Comércio, Serviços e Agronegócio (CICS) de Farroupilha, oportunidade em que reuniu presidentes do passado e celebrou seus 33 anos de vida. Serviu também para olhar para o futuro. José Carlos Trujillo, atual vice-presidente da Indústria e diretor Industrial da ITM, foi eleito o futuro presidente da entidade de classe empresarial, no lugar do atual presidente, Daniel Bampi, que finaliza mandato em 31 de dezembro. “A escolha pelo Trujillo foi pelo fato dele já fazer parte da direção e por sempre ter sido muito ativo dentro da entidade. Ele conduziu muitas pautas na CICS, é muito ponderado, agregador, entendedor de vários assuntos importantes para a

Diretoria da CICS (2020/2022)

Presidente: José Carlos Trujillo Vice da Indústria: Vinicius Pessin Vice do Comércio: Meri Rejane Mognon Vice de Serviços: Charles Da Rocha Paesi Vice do Agronegócio: Clair Pedro Bertuzzo Secretárias: Aline Cantarelli e Marilisa de Almeida Tesoureiros: Luiz Alberto Gaviraghi e Diego Sebben

Nova direção Bertuzzo, Marilisa, Gaviraghi, o presidente Trujillo, Aline, Pessin e Paesi estarão à frente da CICS Farroupilha a partir de 1º de janeiro


10

FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

TRÂNSITO

Obituário 95 anos. Sepultamento no CPM; Gilmar Peruzzo, 57 anos. Sepultamento no CPM. 30 de setembro Ségio Tunkiel, 46 anos. Sepultamento no CPM. 1º de outubro Ivanir Crippa Benvenuti, 91 anos. Sepultamento no CPM. 2 de outubro Loreny Maria Dal Magro, 80 anos. Sepultamento no cemitério de Nova Vicenza; Nórma Guisso Gervasoni, 84 anos. Sepultamento no CPM.

Alguém quer me adotar? Divulgação

Essa é a Linda. Uma menina que foi regatada em um lixão com mais três irmãs. Todas foram adotadas, menos ela. Tem cerca de 3 anos e porte médio. É castrada e saudável. Precisa de um lar seguro, uma cama quentinha e muito amor. Interessados em adotar podem manter contato pelo fone 999.371.647.

Olhar atento para mudanças O processo vai acontecer em ruas importantes da cidade, de forma gradativa

V

isando desafogar e evitar congestionamentos na entrada da cidade e da Barão do Rio Branco, estão ocorrendo mudanças em ruas do município. A proposta enviada pelo Departamento de Trânsito, que prevê as modificações, foi aprovada por unanimidade pelo Conselho Municipal de Trânsito. Os fiscais de trânsito trabalharão em parceria para auxiliar no processo de alteração, que vai acontecer de forma gradativa. As ruas 13 de Maio, Independência e Cel. Pena de Moraes terão maior tempo para adequação das mudanças. Confira as modificações no box ao lado.

Jean Lançarain de Mattos

27 de setembro Rufina Ribeiro da Silva, 88 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal (CPM) de Farroupilha; José Júlio da Conceição Pereira, 86 anos. Sepultamento no cemitério de Nova Vicenza. 28 de setembro Luiz Carlos Maria Gonçalves, 71 anos. Sepultamento no CPM. 29 de setembro Ivan Marciano Viero, 24 anos. Sepultamento no CPM; Albina Oinda Penso,

Agora preferencial Na Mal. Deodoro da Fonseca não é preciso parar a partir da Humberto de Alencar Castelo Branco até a Cel. Pena de Moares

Confira as mudanças

Avenida José Achiles Colombo: proibido parar e estacionar no trecho da rua Bassano até a RSC-453; Rua Barão do Rio Branco: trecho entre a RSC-453 até a rua Humberto de Alencar Castelo Branco fica proibido parar e estacionar em ambos os lados; Rua Humberto de Alencar Castelo Branco: sentido único no trecho da Barão até a Mal. Deodoro da Fonseca; Rua Marechal Deodoro da Fonseca: preferencial a partir da rua Humberto de Alencar Castelo Branco até a Cel. Pena de Moraes; Ruas 3 de Outubro, 13 de Maio e Independência: interrupção de pare nas esquinas com a rua Mal. Deodoro da Fonseca.


11

FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

ELEIÇÕES

Para escolher conselheiros tutelares Dos 16 candidatos, cinco serão eleitos neste domingo, confira quem pode votar e conheça quem está na disputa se em 10 de janeiro com mandato que segue até 2023. A votação tem acompanhamento do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e Ministério Público, acontecendo simultaneamente em todo o território nacional. A organização do processo

eletivo é do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica). São 16 candidatos habilitados, todos passaram por prova escrita e avaliação psicológica, os eleitos terão ainda curso de capacitação antes de assumirem os cargos.

Juliana Inês Casa Barbieri

A

cada quatro anos a comunidade é convidada a eleger os representantes do Conselho Tutelar. A votação será neste domingo, das 8h às 17h, no Centro de Atendimento ao Cidadão (Ceac). Pode votar quem possui título de eleitor, sendo indispensável apresentar documento com foto, valendo Carteira de Identidade ou Carteira Nacional de Habilitação. A votação será realizada com urna eletrônica e cada eleitor poderá escolher apenas um candidato. Serão eleitos cinco conselheiros que tomarão pos-

Candidatos ao Conselho Tutelar Ana Nonemacher: 60 Carmen Brand: 47 Cláudia Soares: 54 Claudiomiro da Silva: 61 Deise Garbin Romagna: 56 Diandra Lopes: 48 Dilço Batista Rodrigues: 44 Gisele Sena: 46

Glaucia Albano: 62 Ivanor Romagna: 78 Magela Dewes: 85 Paula Martins: 37 Rafael Augusto Ames: 67 Tania Schiochet: 68 Valéria Miranda: 59 Vanessa Antunes: 63

Escolha é da comunidade O Conselho Tutelar tem sede no Ceac, mesmo local de votação

Programe-se O que: votação para o Conselho Tutelar Quando: domingo, das 8h às 17h Onde: Ceac (14 de Julho, 713, Centro) Quanto: gratuito, sendo necessário possuir título de eleitor e apresentar documento com foto


12

FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

REGULARIZAÇÃO

Últimas chamadas para a biometria Cartório abre neste sábado e domingo para oportunizar que mais eleitores possam atualizar seus títulos: ainda faltam 7,5 mil juliana@jornalinformante.com.br

A

um ano da próxima eleição, 7.550 eleitores ainda não compareceram ao Cartório Eleitoral para realizar o sistema de biometria. O prazo final é 11 de dezembro e após esta data os títulos não atualizados serão cancelados. Para facilitar ainda mais esse acesso, o Cartório estará aberto neste sábado e domingo, das 13h às 18h. Os atendimentos são realizados com agendamento que pode ser realizado pelo site tre-rs.jus.br. Quem comparecer sem horário marcado também é atendido, mas é preciso aguardar, por ordem de chegada. Para facilitar, a orientação é mesmo agendar e comparecer portando documento de identificação com foto e comprovante de residência atualizado (um dos últimos três meses). A força-tarefa é porque nas próximas eleições, marcadas para 4 de outubro de 2020, a votação será realizada apenas por meio deste novo sistema. “O objetivo do agendamento é organizar os atendimentos ao longo do dia. Não é possível atender 100 pessoas em duas horas. Dessa forma, conseguimos distribuir os atendimentos ao longo do expediente, evitando sobrecarga dos atendentes e permitindo que a população não fique em filas”, considera Alexandre Bohrer, chefe do Cartório Eleitoral. Haverá atendimento ainda em outros finais de semana: 9 e 10 de novembro, 7 e 8 de dezembro, inicialmente das 13h às 18h, mas há possibilidade de ampliação desses horários. Não realizando a biometria,

o eleitor fica sem a quitação eleitoral, inviabilizando a emissão do passaporte, colação de grau em instituições de Ensino Superior, obtenção de financiamentos em instituições públicas, podendo até, em alguns casos, gerar o cancelamento do CPF. “Veio para trazer segurança para o cadastro da Justiça Eleitoral, já que há uma individualização dos eleitores através das impressões digitais. O eleitor é identificado pela biometria também na urna eletrônica”, reforça Bohrer.

Juliana Inês Casa Barbieri

Juliana Inês Casa Barbieri

Biometria começou em Farroupilha em 2015 O Cartório Eleitoral de Farroupilha vem realizando a biometria desde 20 de outubro de 2015 em caráter ordinário e a partir de 11 de março deste ano passou a ser obrigatório. São 55.768 eleitores e destes, 37 mil realizaram a biometria até setembro, representando 66,34% do eleitorado. A meta do Cartório Eleitoral é atingir 80% dos eleitores até a data limite que é 11 de dezembro, os 20% restantes, que representam 11.150 títulos, uma parte refere-se a mudanças de cidade, residentes no exterior e alguns óbitos ainda não contabilizados. “O desafio continua sendo o comparecimento da população”, reforça Bohrer. O atendimento do Cartório é de segunda a sexta, das 12h às 19h. Títulos de eleitores emitidos a partir de 20 de outubro de 2015 já estão inclusos no novo sistema, desde que não tenha sido emitida apenas segunda via. Em caso de dúvida, basta observar no próprio título eleitoral o registro de “Identificação Biométrica”. Quem tiver o cancelamento do título tem ainda o prazo de até 150 dias antes da eleição para regularização.

Regularizada na Justiça Eleitoral Marcília Choinaki estuda em São Paulo, mas aproveitou estada na cidade para realizar biometria

Evolução do cadastramento biométrico em Farroupilha Eleição de 2016 Total: 54.770 eleitores Realização de biometria: 5.647 (10,3% do eleitorado) Eleição de 2018 Total: 55.589 eleitores Realização de biometria: 25.507 (45,9% do eleitorado) Até setembro de 2019 Total: 55.768 eleitores Realização de biometria: 37 mil (66,3%). Faltam 7.550 eleitores para atingir a meta de 80% do eleitorado

Programe-se O que: identificação biométrica do Título Eleitoral Quando: até 11 de dezembro, com atendimento de segunda a sexta, das 12h às 19h. Neste sábado e domingo estará aberto, das 13h às 18h Onde: Cartório Eleitoral (Thomas Edison, 355, Centro). É preciso agendar atendimento pelo site tre-rs.jus.br e comparecer no Cartório Eleitoral na data, com documento de identificação e comprovante de residência

Lei que institui Farmácias Solidárias é sancionada pelo governador Eduardo Leite e pode ser implementada em todo Rio Grande do Sul

Projeto de autoria da deputada farroupilhense Fran Somensi (Republicanos), a lei que institui as Farmácias Solidárias, que havia sido aprovada na Assembleia Legislativa, no último dia 10, foi sancionada pelo governador Eduardo Leite na quarta. Com a medida, qualquer município gaúcho passa a ter amparo legal para a implantação das farmácias, que se torna a Lei Estadual 15.339/2019. “A deputada Fran traz para vida pública essa contribuição técnica, como farmacêutica que é, reduzindo o desperdício e ajudando quem precisa. Agora, com esse projeto, vamos trabalhar ainda com mais afinco nesse desafio que é suprir as necessidades da nossa população por meio da assistência farmacêutica”, ressaltou o governador.

Anderson Barros

Boca de Urna

Enfim, lei Fran e Leite na sanção legislativa: Solidare com respaldo para ser implementada em municípios gaúchos


13

FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

HOMENAGENS

Educadores que são grandes exemplos Divulgados docentes que serão homenageados na Câmara de Vereadores com o título “Professor Destaque do Ano”

Q

uatro docentes farroupilhenses serão agraciados com o título “Professor Destaque do Ano”, outorgado pela Comissão Parlamentar de Educação da Câmara de Vereadores e Conselho Municipal de Educação. Os educadores desenvolvem projetos em suas instituições e foram reconhecidos pela excelência das atividades. A titulação é concedida anualmente, com trabalhos inscritos pelas próprias escolas e submetidos à avaliação de comissão especializada. O intuito é reconhecer as iniciativas que fazem a diferença, valorizar os profissionais da educação e seu protagonismo, lembrando ainda o Dia do Professor, que é celebrado no próximo dia 15. Será homenageado um representante de cada rede de ensino: particular, estadual, municipal e federal. A sessão solene de outorga do título será no próximo dia 21, às 18h, na Câmara de Vereadores.

Homenageados com o Título Professor Destaque do Ano

Rede Estadual Diego Brustolin: Escola Estadual Julio Mangoni, pelo projeto “Rochas no Caminho”, que envolveu estudos de rochas e minerais com alunos do 1º ano do Ensino Médio Rede Federal Ivan Jorge Gabe: IFRS, pelo trabalho “Tempestade Solar”, sobre sistemas fotovoltaicos Rede Particular Kelvin Bianchi: Escola de Educação Infantil Conviver, com o “Mãos: Amigas da Descoberta”, envolvendo atividades como teatro de sombras e brincadeiras Rede Municipal Renata Zilio: Escola Municipal Maria Bez Chiele, com o projeto “Cuidando da Vida” a partir da inteligência emocional, empatia, espiritualidade e emoções trabalhadas com alunos do 4º ano

Aprovação Tormes com pré-lançamento de livro

Empreendedorismo na Feira CNEC

Diego Tormes fará pré-lançamento da obra “ConseNa próxima quinta, o Colégio CNEC Farroupilha Ânlhos Municipais de Educação no RS: Conceitos e Atu- gelo Antonello realiza a Feira do Empreendedorismo, ação” nesta sexta, 9h, na Unisinos, em São Leopoldo. das 17h30min às 19h30min, com venda de produtos O lançamento em Farroupilha será no próximo mês. confeccionados por alunos do 6º ano ao Ensino Médio.


14

FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

RECONHECIMENTO

Mérito Esportivo para Bertholdo Piloto de rali farroupilhense recebeu a honraria máxima do esporte no município na segunda à noite, no Legislativo 19 vezes em que foi campeão Brasileiro de Rali, sendo 17 na Velocidade, uma na Regularidade e uma na Cross CountrY, além de um bicampeonato Sul-Americano. Além do proponente da homenagem, Jorge Cenci (MDB), Tadeu Salib dos Santos (PP), Fernando Silvestrin (PSB), Beto Maioli (Rede), Sedinei Catafesta (PSD) e Thiago Brunet (PDT) se manifestaram pelas respectivas bancadas. Pelo Executivo, o vice-prefeito Pedro Pedrozo representou o prefeito Claiton Gonçalves na sessão legislativa. Todos enalteceram a trajetória de Bertholdo, altamente premiada no automobilismo. “Temos a obrigação de compartilhar com o cidadão farroupilhense o que temos de melhor. Toco levou o nome de Farroupilha aos quatro cantos do mundo e o jeito simples, humilde do home-

nageado, reflete ainda mais a grandiosidade de sua história. Tenho certeza que teu pai, lá de cima, está orgulhoso”, comentou Piccoli, fazendo alusão à memória de Ulysses Bertholdo. Acompanhado da família, o contemplado com o Mérito Esportivo se emocionou e não conseguiu fazer nada além de agradecer à homenagem e à família que estava presente ao ato solene. “Estou muito orgulhoso de receber esse reconhecimento. Tenho uma vida dedicada ao rali. Recentemente fui homenageado pela Mitsubishi também (equipe pelo qual competiu durante a maior parte da carreira). Parei de correr em 2016 e ainda assim ser lembrado mostra que aquilo que a gente fez deixou uma marca”, declarou Bertholdo, que também venceu em duas oportunidades o Rally dos Sertões (1998 e 2005) e foi

Ramon Cardoso

C

om um currículo invejável, Ulysses Bertholdo Filho, o Toco, foi o contemplado com a edição 2019 do Mérito Esportivo. A entrega da distinção, proposta pelo vereador Fabiano André Piccoli, e chancelada pelos colegas de Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton e pelo Poder Executivo, por meio da lei 4.534, aconteceu nesta segunda à noite, na Câmara de Vereadores. “Muitos não sabem, mas o Toco é o maior vencedor da história do automobilismo brasileiro em número de títulos nacionais”, destacou Piccoli, ao subir à tribuna do Poder Legislativo. A maior parte do tempo, o vereador utilizou para destacar o currículo vitorioso de Bertholdo Filho, com destaque para as

Em boas mãos Pedrozo e o presidente do Legislativo, professor Sandro Trevisan, repassam a distinção a Bertholdo Filho: Mérito Esportivo pra lá de inquestionável

nove vezes premiado com o Capacete de Ouro, o Oscar do Automobilismo Brasileiro, na categoria Rali. Os planos, no entanto, seguem. “Estou trabalhando em um curso para formação de novos pilotos. Correr de rali, hoje em dia, é bem diferente de quando comecei (iniciou como profissional em 1997).

A categoria se profissionalizou demais, ficou caro e não temos renovação”, comentou o piloto. Em uma área de terra localizada atrás do Portal dos Coqueiros, em Nova Sardenha, numa pista de 5 quilômetros, Bertholdo pretende ensinar o que aprendeu no esporte e, quem sabe, formar futuros campeões como ele.


15

FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

GAUCHÃO FEMININO

Atenções voltadas ao returno Gurias rubro-verdes encerraram turno com derrota para o Internacional, mas bem posicionadas na tabela e decidindo classificação à semifinal com as rivais do interior nas Castanheiras na metade final da competição estadual Ramon Cardoso

Brasil Feminino

O

domingo de sol e temperatura elevada levou um bom público às Castanheiras no duelo do Brasil Feminino, contra o Internacional, no encerramento do turno do Gauchão. Após uma etapa inicial de muita entrega e que foi finalizada com placar em branco, as gurias rubro-verdes não conseguiram acompanhar o ritmo das coloradas na etapa final, como era de se esperar. O duelo terminou com vitória das rivais por 4 a 0. “Tivemos uma boa atuação no 1º tempo, conseguimos segurar, mas como ficamos boa parte do tempo marcando, acabamos tendo um desgaste maior. Por alguns erros, tomamos os primeiros dois gols. A paralisação, por conta da saída das ambulâncias (uma fez um atendimento e outra levou ao Hospital um torcedor que passou mal), por cerca de 20 minutos, acabou sendo ruim e acabamos desconcentrando um pouco e sofrendo mais dois gols”, avaliou o técnico

Duelos de volta Brasil, do trio Gilvane, Heid e Adri, estreou novo uniforme e fez um grande 1º tempo contra o Internacional no belo e ensolarado domingo: returno com rivais do interior nas Castanheiras e visita à Dupla

Gauchão Feminino (classificação) Equipe

P

J

V

E

D

GM

GS

SG

1)

Internacional *

9

3

3

0

0

24

0

24

2)

Grêmio

6

3

2

0

1

11

4

7

3)

Brasil

6

4

2

0

2

4

7

-3

4)

Oriente

3

3

1

0

2

6

10

-4

5)

João Emílio

0

3

0

0

3

1

25

-24

P (pontos), J (jogos), V (vitórias), E (empates), D (derrotas), GM (gols marcados), GS (gols sofridos) e SG (saldo de gols) * O Internacional venceu o Atlântico por 14 a 0 no único duelo do time de Erechim, mas a desistência está no Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul (TJD/RS) e é provável que o resultado seja anulado a partir da exclusão da equipe. Na tabela acima, o placar já foi suprimido, bem como a participação do Atlântico

Fernando Varani. Com a desistência do Atlântico, de Erechim, a equipe farroupilhense fica praticamente um mês sem atuar, já que os próximos dois jogos seriam contra o rival do norte do Estado. A sequência prevê o duelo do returno contra as coloradas, no dia 27, no Sesc Protásio Alves, em Porto Alegre. O período sem duelos será prejudicial pelo fato da equipe estar em ritmo de competição. A possibilidade de alteração no calendário seria uma alternativa, mas é pouco provável que a Federação Gaúcha de Futebol (FGF) faça um reordenamento das datas. “Temos um mês para trabalhar e é muito tempo para ficar sem atuar, certamente vamos perder ritmo de jogo. Nossa intenção é conseguir realizar algum amistoso no período. O trabalho estará focado na construção de jogadas, já que defensivamente a equipe está bem consistente”, avaliou Varani. No outro jogo da rodada, o Oriente aplicou 6 a 0 no João Emílio, nos Eucaliptos, em Canoas. Neste domingo, os outros quatro rivais do rubro-verde estarão em campo. O líder Internacional recebe o Oriente, no Sesc, na Capital, e o João Emílio, lanterna, é o anfitrião do duelo contra o Grêmio, no 20 de Setembro, em Candiota.


INSIDE

Yasmin Signori Andrade

Memória revisitada

INSIDE

Museu Casal Moschetti como você nunca viu Casa de Cultura promove releitura de oito obras de Lydia Página 8 INSIDE

Tarde Encantada para crianças do município

Evento gratuito ocorre sábado, 13h30min, no Cinquentenário Página 9

ESPORTE

Com todo o mérito Ramon Cardoso

Duda lança obra “Histórias de Mistério e Fé” neste sábado Capa, página 3 e Editorial

MATÉRIA ESPECIAL

Alvará Digital registra abertura de 122 empresas Novo e simplificado sistema iniciou implantação há dois meses Páginas 2 e 3 SAÚDE

Outubro Rosa: mês para falar da saúde da mulher Ações reforçam diagnóstico precoce para a prevenção do câncer Capa

Ulysses Bertholdo Filho e a família: justa distinção esportiva Página 14


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

CONSCIENTIZAÇÃO

Mês rosa para cuidar da saúde feminina Intensificando ações preventivas e de diagnóstico precoce, Secretaria da Saúde organiza programação com foco nas mulheres tivas contra o câncer de mama e de colo uterino, que são os dois tipos que mais afetam as mulheres. O foco está na prevenção e a programação amplia a oferta de exames citopatológicos e de mama”, observa Rosane da Rosa, secretária municipal de Saúde. O câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres, depois do de pele não melanoma, correspondendo a 25% dos casos novos a cada ano. Os apontamentos do Instituto Nacional de Câncer (Inca) reforçam que no Brasil esse percentual é ainda mais alto, chegando a 29%. Já o de colo uterino é o terceiro tumor maligno mais frequente na população feminina.

Atividades do Outubro Rosa

Terça Das 14h às 17h: Palestra “A Saúde da Mulher e a Atenção ao Pré-Natal”, com Claiton Gonçalves, médico e prefeito. Será no Salão Nobre da prefeitura, encontro destinado a médicos e enfermeiros das Unidades Básicas de Sáude (UBS) Dia 16 Das 13h30min às 16h: Oficina de beleza, atividades com psicóloga, nutricionista, médica, enfermeira e fisioterapeuta, além de dança, lazer e confraternização, no salão comunitário do bairro Industrial Dia 19 Das 8h às 17h: Dia de Intensificação de coleta de citopatológico e exame clínico de mamas nas Unidades de Saúde. Prioritariamente para atendimento de mulheres trabalhadoras que têm dificuldades de acessar as UBS durante a semana. Os atendimentos devem ser agendados pelos agentes comunitários de saúde.

Arquivo Jornal Informante

C

hega mais um Outubro Rosa e o tema de saúde pública toma espaço em ações preventivas e de diagnóstico precoce. A informação aliada a serviços de saúde continuam sendo o grande trunfo nesta luta: quanto mais cedo foi diagnosticado o câncer de mama e de colo de útero, maiores são as chances de cura. Divulgar medidas que melhorem a qualidade de vida e permitam hábitos que inibam o surgimento da doença são mais do que fundamentais. “Se reforçam as ações preven-

Mês de alerta De peito aberto para o autoexame: para buscar esclarecimentos e investir na própria saúde

Dia 20 Das 8h30min às 12h: Caminhada Outubro Rosa no Parque dos Pinheiros, com diversas orientações sobre saúde da mulher e outras atividades Dia 23 Das 13h30min às 16h: Jornada Rosa, no salão do bairro Cinquentenário. Oficina de beleza, atividades com psicóloga, nutricionista, médica, enfermeira e fisioterapeuta, além de dança, lazer e confraternização Dia 28 Das 8h às 16h: Ação de saúde na Linha Paese, no salão da comunidade. Coleta de citopatológico, exame clínico de mamas e orientações em geral Dia 30 Das 13h30min às 16h: Jornada Rosa com oficinas de beleza, atividades com profisisonais de saúde, dança e confraternização, no Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Aldeia Farroupilha Das 14h às 16h: Oficina de Ervas Medicinais, com Teresinha Conte, na Unidade de Saúde do Belvedere


Compromisso com a Cidade. Compromisso com Você

FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

Lipo Enzimática Cu Equipe Espaço da Beleza *

N

ada pode ser pior para autoestima de uma mulher do que um corpo tomado pela celulite. O problema costuma atingir glúteos, coxas e pernas. Porém, a boa notícia é que esse problema, que tanto atormenta as mulheres, tem cura sim. O efeito de casca de laranja atinge mulheres de todas as idades e com todos os tipos físicos. As magrinhas, apesar de sofrerem menos com o problema, também não estão livres da celulite. A celulite é basicamente aquelas pequenas ondulações, ou furinhos, que aparecem principalmente na pele do bumbum e das coxas. Existem graus variados de celulite e em cada um deles é recomendado um tratamento diferente para combater o problema. De uma forma geral, a celulite tem como causa as alterações que os tecidos de gordura sofrem no organismo. Elas aparecem quando o tecido de gordura, que fica sob a pele, passa por um processo de formação de tecido fibroso. A celulite é causada por problemas hormonais, excesso de gordura localizada, retenção de líquidos, flacidez, problemas de circulação, entre outros motivos. O acúmulo da gordura é o principal motivo do surgimento da celulite, e isso está diretamente relacionado a uma vida sedentária e uma alimentação inadequada. Com mais gordura sob a pele, o processo de oxigenação nos tecidos se torna mais difícil, levando a uma alteração na microcirculação do sangue. Para combater o problema, as mulheres têm diversos tratamentos à disposição. Como tratar a celulite Com a ajuda da Medicina Estética é possível tratar a celulite e gordura do culote, mas a melhora progressiva do proble-

ma também depende da mudan meiro lugar, é preciso adotar u regular de atividades físicas.

Benefícios do tratamento de Pressurizada 1) Tratamento da celulite: a da pelo acúmulo de gordura, águ com que elas fiquem inchadas e afetada com desníveis, ondulaç xando a pele, externamente, com Com a Intradermoterapia Pressu dos na região irão agir diretame melhorando significativamente o 2) Tratamento da flacidez: a sociada ao processo de envelhe ções que possam levar à perda d a sua firmeza. Processos rápidos da camada de gordura sem o ga levam a esse quadro. Nesses ca mentos injetado nas regiões afe ção de colágeno e de novas fibra 3) Gordura localizada: a gord o nosso corpo entende, equivoca “reserva” de energia. Este estoq -se em áreas do nosso corpo qu sito”, como os culotes, o abdom as calorias que não gastamos sã positadas nessas áreas. Muitas tão dentro do peso ideal apresen localizada. Nesses casos, a Intr apresenta como uma opção tera de combater diretamente as célu


Compromisso com a Cidade. Compromisso com Você

FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

ulote x Celulite

Imagem: Reprodução

nça de hábitos de vida. Em priuma dieta saudável e a prática

e Intradermoterapia

celulite é uma alteração causaua e toxinas nas células, fazendo e endurecidas, deixando a região ções, retrações e nódulos, deim aqueles furinhos indesejáveis. urizada, os medicamentos injetaente nessas células inflamadas, o seu aspecto. a flacidez cutânea acontece asecimento e devido a outras situade colágeno pela pele, que perde s de emagrecimento, com perda anho de tônus muscular também asos, a combinação de medicaetadas visa o estímulo da produas de sustentação pela pele. dura localizada se forma quando adamente, que precisa fazer uma que preferencialmente acumulaue servem como áreas de “depóme e nos flancos, ou seja, todas ão convertidas em gorduras e devezes, mesmo pessoas que esntam pequenas áreas de gordura radermoterapia Pressurizada se apêutica, levando ativos capazes ulas gordurosas nessas regiões.

Saiba mais Agende sua avaliação e surpreenda-se com os resultados em poucas sessões. * Espaço da Beleza Centro Estético Independência, 555 – Centro de Farroupilha Fone (54) 3268-5511 WhatsApp: 981.195.645 Fan Page: Espaço da Beleza Site: www.spabeleza.com.br


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

Artigo

Gestação: mudanças no corpo e o auxílio da Osteopatia Fábio Akiyama *

Div ul

gaç ão

M

uitas coisas mudam no corpo da mulher durante o período da gestação. Além disso, nesse período, os pensamentos e preocupações também sofrem alterações. Esse processo pode ser de difícil adaptação e, em alguns casos, até mesmo doloroso. Pensando nas dores físicas, é possível amenizar o desconforto com a Osteopatia, uma Medicina Alternativa que se baseia na teoria de que o corpo tem desenvoltura para criar seus próprios medicamentos, se alinhado e equilibrado com as condições ambientais e alimentação. Sendo assim, essa prática auxilia o corpo a se organizar e buscar caminhos para que a adaptação a gestação não seja dolorosa. Para tanto, o terapeuta avalia os tecidos do corpo para encontrar os pontos com restrição de mobilidade ou com dificuldade de movimento.

A restrição de movimento não é necessariamente local, às vezes um tecido com menor mobilidade pode influenciar outros tecidos do corpo. Uma pressão aumentada na região lombar, por exemplo, pode tencionar a coluna de tal forma a ocasionar enxaquecas e/ou náuseas. Em qualquer caso, é necessário o acompanhamento de um profissional que irá trabalhar a fim de liberar os tecidos tensionados e, consequentemente, auxiliar a diminuição das dores ou sintomas presentes. Os vícios posturais, e até possíveis encurtamentos, já existentes no corpo da gestante, podem ficar mais evidentes durante o processo da gravidez. Para que nem a mãe, nem o bebê tenha problemas, é preciso fazer os exames e manter os cuidados em dia. As gestantes podem buscar atendimento de Osteopatia a partir do primeiro trimestre. * Fisioterapeuta e especialista em Microfisioterapia


Música

Coral Il Romano comemora 10 anos reunindo coros de Farroupilha e Serra Gaúcha em apresentação no sábado Página 5

Inside

Sétima Arte

“A Premonição” chega aos 20 anos e marca conclusão de década de excelência do cineasta irlandês Neil Jordan Páginas 10 e 11

QUADRINHOS

Mistérios da cidade nos traços de Duda Segundo livro da série “Assim na Serra Como no Céu”, do ilustrador Eduardo Luiz Cardoso, será lançado neste sábado yasmin@jornalinformante.com.br

A

Também uma forma divertida de aprender Ilustrador, publicitário e professor universitário, Duda também tem a intenção de

inserir o livro dentro do ambiente escolar, para que a memória do município possa ser estudada de maneira prazerosa e divertida. “Fiz um livro que eu gostaria de ter lido quando estava na escola. Tudo é feito com um olhar de humor para as situações”, declara o escritor sobre as histórias

Farroupilha nos quadrinhos Duda com os livros da coleção “Assim na Serra Como no Céu”: revisitando a memória da cidade

que não são contadas ao pé da letra, mas formam uma base para o aprendizado das crianças e adolescentes. Segue na página 3

Imagem: Reprodução

pós quatro anos do lançamento da obra “A Chegada dos Imigrantes”, o primeiro da série “Assim na Serra Como no Céu” vem aí o segundo volume: “Histórias de Mistério e Fé”. São quatro lendas que compõe a obra do ilustrador Eduardo Luiz Cardoso, o Duda, que tem como objetivo retratar a memória histórica de Farroupilha. O lançamento será feito neste sábado, das 15h às 18h, na rua Thomas Edison, 38A, antiga casa do avô do autor. O primeiro livro da série foi lançado por meio de recursos do Fundo Municipal de Cultura e contou a história da imigração italiana na Serra Gaúcha e a origem das vilas de Nova Milano e Nova Vicenza. O livro inclusive abriu caminho para que o autor fosse escolhido como patrono da 30ª Feira do Livro, além de ser uma das

obras mais vendidas do evento, realizado em 2015. Já a segunda obra, que será lançada neste sábado, narra histórias que integram o folclore do município, já conhecidas por boa parte dos farroupilhenses. A lenda da boneca Lenci, do Museu Municipal Casal Moschetti; o exorcismo ocorrido no Santuário de Caravaggio; a desavença entre o padre e a comunidade na construção da Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus; e a polêmica estátua de Nossa Senhora de Caravaggio. “Meu objetivo é resgatar essa herança cultural da cidade para que todos possam conhecer um pouco, de forma leve e descontraída”, revela o autor. O livro vai estar sendo comercializado por R$ 40,00.

Yasmin Signori Andrade

Yasmin Signori Andrade


Inside

2

FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

Cinemas Imagens: Reprodução

Shopping Iguatemi (RST-453, quilômetro 3,5) Cinemas GNC 1: Rambo: Até o Fim - às 13h e 22h10min (dublado), 17h45min (legendado) GNC 1: Hebe: A Estrela do Brasil - às 15h10min GNC 1: Ad Astra: Rumo às Estrelas (dublado) - às 19h45min GNC 2: Angry Birds 2: O Filme (dublado) - às 13h20min, 15h30min, 17h35min e 19h40min GNC 2: Coringa (dublado) - às 21h50min GNC 3: Ela Disse, Ele Disse - às 13h10min, 15h20min e 19h50min GNC 3: Coringa - às 17h20min GNC 3: It: Capítulo 2 (dublado) - às 21h45min GNC 4: Coringa (dublado) - às 13h30min, 16h, 18h30min e 21h GNC 5: Coringa - às 14h30min, 17h, 19h30min e 22h GNC 6: Abominável (dublado) - às 13h40min, 15h50min e 20h GNC 6: Predadores Assassinos - às 18h GNC 6: Ad Astra: Rumo às Estrelas - às 22h Ingressos: segunda e quinta (exceto feriado e Carnaval) a R$ 24,00 e R$ 30,00 (salas 3d); terça e quartas (exceto feriado e Carnaval) todos pagam meia entrada; sexta a domingo e feriado a R$ 28,00 e R$ 34,00 (salas 3d). Meia entrada todos os dias para menores de 18 anos e maiores de 60 (mediante apresentação de identidade), estudantes (mediante apresentação de Carteira de Identificação Estudantil), pessoas com deficiência (com documento que a comprove), cliente Movie Club Preferencial (cartão verde fidelidade GNC).

Shopping San Pelegrino (Avenida Rio Branco, 425) * Obs: o site do Cinépolis traz apenas os horários dos filmes, mas não informa em qual sala serão exibidos It: Capítulo 2 (dublado) - às 21h45min Predadores Assassinos (dublado) - às 16h40min Coringa - às 12h45min, 13h45min, 15h30min, 16h30min, 18h15min, 18h45min, 21h e 21h30min (dublado), 19h15min e 22h (legendado) Ad Astra: Rumo às Estrelas (dublado) - às 14h Rambo: Até o Fim (dublado) - às 20h15min e 22h30min Hebe: A Estrela do Brasil - às 22h10min Angry Birds 2: O Filme (dublado) - às 12h30min, 14h45min, 17h e 19h30min Abominável (dublado) - às 13h, 15h15min e 17h45min Ela Disse, Ele Disse - às 14h15min, 16h, 18h e 20h Ingressos: nas salas tradicionais, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 23,00 e R$ 11,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 25,00 e R$ 11,50 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 26,00 e R$ 13,00 (meia). Nas salas 3d, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 14,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 15,00 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 32,00 e R$ 16,00 (meia).

Sala de Cinema Ulysses Geremia (Luiz Antunes, 312) Bacurau - sexta a domingo, às 19h30min Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (estudantes e sênior)

Entrando em cartaz Dirigido pelo americano Thurop Van-Orman, “Angry Birds 2: O Filme” é a boa pedida para a criançada neste fim de semana, que assinala a tão aguardada estreia mundial de “Coringa”, do ex-cineasta de comédias Todd Phillips e com Joaquin Phoenix encarnando nova versão do vilão


FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

Inside

3

Desenho

A

penas um gostinho do que é a obra “Histórias de Mistério e Fé” com um trecho de cada uma das narrativas. Além da obra física, o autor Duda alimenta um blog (blogeduardoluizcardoso. blogspot.com.br) que fornece aos professores materiais referentes aos fatos e sugestões de atividades para uso da história em quadrinhos na sala de aula. Lá também é possível entender um pouco do processo criativo desta série em quadrinhos. “Todas foram muito prazerosas de pesquisar e fazer as ilustrações.

Acabo refazendo várias vezes até ficar de um jeito que gosto”, conta Duda sobre o processo que durou cerca de 2 anos. A intenção agora é fazer mais três livros para completar a série, também resgatando outras histórias farroupilhenses. O livro também será lançado em Caxias do Sul no dia 19, das 15h às 18h, na Galeria Municipal de Arte Gerd Bornheim, junto à Casa de Cultura. Quem não puder comparecer aos lançamentos pode adquirir a obra com o autor pelo fone 999.621.203, pelo e-mail blog.eduardoluizcardoso@gmail.com ou pelo Facebook.

Imagens: Reprodução

Um breve spoiler

A lenda urbana de Lenci Boneca do Museu Casal Moschetti é a história que estampa também a capa da edição

Programe-se O que: lançamento do livro e sessão de autógrafos do “Histórias de Mistério e Fé”, volume 2 da série “Assim na Serra Como no Céu”, de Eduardo Cardoso Quando: neste sábado, das 15h às 18h Onde: Thomas Edison, 38A, Centro Quanto: R$ 40,00 O exorcismo Realizado no Santuário de Caravaggio, aterrorizante episódio, diz a lenda, ocorreu em 1947

O rosto da Santa Polêmica estátua de Nossa Senhora de Caravaggio é a trama mais recente que compõe o livro

Construção da Igreja Matriz A desavença entre o padre e a comunidade ocorreu em meio à emancipação política


Inside

4

Crônicas da Redação Ramon Cardoso

ramon@jornalinformante.com.br

Mais uma semana de surrealidade rotineira

Agenda

SEXTA

Muinho Café, Reggae Vibes Muinho Club (Mal. Floriano Peixoto, 190), às 20h Long John, Summer Music Deck 256 (Gonçalves Dias, 306), às 22h

SÁBADO #Hashtag Comédia em Farroupilha Caverna Comedy Club (República, 445, subsolo), às 22h Rotary Chopp Fest Centro Municipal de Eventos Mário Bianchi (Parque Cinquentenário), às 22h Freedom 9 Anos Casa Milano (RS-122, quilômetro 55), às 16h Amigos do Boteco, 6 Anos Boteco do Chá (Rômulo Noro, 555), às 23h30min

Quintal do Pura Curtição Deck 256 (Gonçalves Dias, 306), às 21h Presence Led Zeppelin no Muinho Muinho Club (Mal. Floriano Peixoto, 190), às 23h Divulgação

Vivemos dias insanos e, sobretudo, tristes no que se refere ao combate à corrupção, essa chaga que destrói o País de maneira avassaladora e progressiva desde que se convencionou acreditar que a redemocratização traria a tão desejada prosperidade que o Brasil demandava. Foi justamente o contrário o que aconteceu. Ela trouxe a bandalheira completa. Nesta semana, o Supremo Tribunal Federal (STF) acolheu uma tese que é sustentada na bizarrice. Alegando prejuízo à ampla defesa, os ministros Dias Toffoli, Alexandre de Moraes, Rosa Weber, Carmen Lúcia, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e Celso de Mello (sempre os mesmos) destacaram que é necessário que as alegações finais do réu delatado devem ser feitas depois do delator. Não surpreende, da mesma forma, que Luís Roberto Barroso, Luiz Fux, Edson Fachin e Marco Aurélio Mello tenham votado contra a bárbara e esdrúxula decisão. Evidente que não há qualquer tipo de prejuízo aos réus e que a tese não passa de uma desavergonhada manobra para tentar anular dezenas de sentenças da Lava-Jato, que faria com que os processos voltassem às fases iniciais e, com a infindável série de recursos que podem ser apresentados, aliado à morosidade com que os trâmites são desencadeados, certamente muitos dos condenados seriam beneficiados com a prescrição de suas penas. Em resumo, uma festa da impunidade com uma maquiagem vagabunda de ampla defesa. Há uma aberta e declarada guerra contra a Lava-Jato no Congresso Nacional, mas isso era algo facilmente perceptível, tendo em vista que a esmagadora maioria dos corruptos que são afetados pela Operação ocupam cadeiras na Câmara dos Deputados e no Senado. Como deixa bem claro a recente e também patética Lei de Abuso de Autoridade, que permite que absolutamente tudo seja enquadrado como excesso e abuso de poder. A novidade é que agora o Supremo, que atuava em casos esporádicos para esvaziar a Lava-Jato, tenha também se posicionado ao lado do Legislativo no caso. São dois Poderes que, antes de se posicionarem contrários à corrupção, agem de forma corporativa. Um se beneficiando dela e outro protegendo os que se beneficiam dela. Foi uma semana trágica, mas também pedagógica. Todos agora sabem qual é a posição da grande maioria da Corte no que diz respeito ao tema. Temos um STF encastelado, que vive numa bolha e cada vez mais distante da realidade brasileira, como deixou muito claro a advogada gaúcha Lílian Velleda Soares. Nesta semana, ela mandou uma carta aberta à ministra Rosa Weber, informando que seu cliente, Celmar Lopes Falcão, 80 anos, faleceu no último dia 16 após aguardar por 11 anos um julgamento da Corte. A advogada escreveu: “Parabéns, ministra, pela demora! Informamos também que as pompas fúnebres foram singelas, sem as lagostas e os vinhos finos que os nossos impostos suportam”. Ah, se o Celmar fosse um investigado da Lava-Jato... certamente teria a demanda atendida na hora.

FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019


FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

Inside

5

Paulo Roque Gasparetto

Música

prgasparetto@terra.com.br

Encontro de coros na cidade Sidonio de Cezaro

Evento acontece neste sábado em homenagem aos 10 anos do Coral Il Romano

Levando a cultura italiana Coral Il Romano comemora seus 10 anos reunindo coros da região

S

ábado será um dia especial para o Coral Il Romano. Em comemoração aos 10 anos, o grupo está promovendo o Festival de Coros. Serão 10 corais da região que irão de reunir na Igreja da Comunidade do Bairro Santo Antônio, a partir das 18h, para se apresentar e festejar. “Hoje o coral conta com a participação de 25 cantores entre homens e mulheres. Procuramos, como nosso canto, mostrar a cidade de Farroupilha, Berço da Imigração Italiana, terra do kiwi e Capital Nacional do Moscatel”, aponta a coordenadora Simone Machado. O grupo ensaia todas as terças à noite na Casa de Cultura e tem, como regente e professor, Rodrigo Ziliotto. Após as apresentações será oferecido um jantar. Os ingressos podem ser adquiridos com componentes do Coral Il Romano, na Casa de Cultura (República, 172), ou com Simone pelo fone 981.237.305. Custam R$ 40,00 (adulto) e R$ 20,00 (6 a 12 anos). Farão parte do evento coros da cidade, de Nova Roma do Sul, Carlos Barbosa, Bento Gonçalves, São Vendelino e Estrela.

Corais que se apresentam

Grupo I Fratelli dei Monti, Coro Infanto Juvenil Canarinhos de Farroupilha, Grupo Vocal São Vendelino, Coral Eco dos Vales, Società Italiana Fiori dei Piani, Coral Carlos Barbosa de Cultura e Arte, Grupo Unidos Pela Amizade, Coral do Centro de Convivência São José, Epílogo Grupo Vocal e o anfitrião Coral Il Romano.

Programe-se O que: Festival de Coros Quando: neste sábado, às 18h Onde: Igreja da Comunidade do Bairro Santo Antônio (Mal. Deodoro da Fonseca, 17) Quanto: R$ 40,00 adulto e R$ 20,00 de 6 a 12 anos. Os ingressos com componentes do Coral Il Romano, na Casa de Cultura (República, 172) ou com Simone pelo fone 981.237.305

Senhor, fazei de mim um instrumento da vossa paz Hoje celebramos o dia de São Francisco de Assis. A data homenageia um dos santos mais admirados em nossas comunidades. São Francisco de Assis, o padroeiro dos animais e da natureza, também conhecido por ser o Santo dos Pobres. Assim, o Pobrezinho de Assis, como era chamado, foi uma criatura de paz e de bem, terno e amoroso. Amava os animais, as plantas e toda a natureza. Poeta, cantava o sol, a lua e as estrelas. Neste sentido, nossa pobreza é nossa salvação. Ser pobre é necessitar do outro e necessitar de Deus, que no seu imenso amor se fez pobre para nos ajudar. É o gesto maior de solidariedade que salva o mundo. Nos condenamos porque não somos solidários e não necessitamos de Deus. O Papa Francisco nos diz que “paredes de hospitais já ouviram preces mais honestas do que igrejas... já viram despedidas e beijos mais sinceros que em aeroportos”. É num hospital que você vê um homofóbico ser salvo por um médico gay. A médica “patricinha” salvando a vida de um mendigo. Na UTI você vê um judeu cuidando de um racista... um paciente policial e outro, presidiário, na mesma enfermaria recebendo ambos os mesmos cuidados. Um paciente rico na fila de transplante hepático pronto para receber o órgão de um doador pobre. A verdade absoluta das pessoas, na maioria das vezes, só aparece no momento da dor ou na ameaça real da perda definitiva. Hospital, local onde os seres humanos se desnudam de suas máscaras e se mostram como são em suas verdadeiras essências. Queremos rezar assim: Senhor, fazei de mim um instrumento da vossa paz. Onde houver ódio, que eu leve o amor. Onde houver ofensa, que eu leve o perdão. Onde houver discórdia, que eu leve a união. Onde houver dúvidas, que eu leve a fé. Onde houver erro, que eu leve a verdade. Onde houver desespero, que eu leve a esperança. Onde houver tristeza, que eu leve a alegria. Onde houver trevas, que eu leve a luz. Ó Mestre, fazei que eu procure mais: consolar, que ser consolado; compreender, que ser compreendido; amar, que ser amado. Pois é dando que se recebe. É perdoando que se é perdoado. E é morrendo que se vive para a vida eterna. Amém! * Pároco da Paróquia Sagrado Coração de Jesus e doutor em Comunicação


Fran Dal Monte/Julio Cesar Dal Monte

O

Novidades

empresário Pena Brambilla, sempre trazendo novidades para a cidade, abriu as portas do Mercado da Cerveja, na terça, na Galeria Merlin. O novo empreendimento conta com cinco torneiras de chopp, um lounge para happy hour e estão à venda insumos e acessórios cervejeiros.

Sunday

No domingo acontece o Ceva Music Festival #3, no Santorini Garden, no Vale dos Vinhedos. O evento contará com show da banda Vera Loca e Tributo ao Queen, pela The Works. Diversas cervejarias e food trucks estarão no local para atender o público, além de lounge de massagem, espaço de flash tattoo e brechó.

Do Bem

As irmãs Denise Balbi Colombo e Katia Regina C na segunda, os 2 anos d que comandam, a

Júnior Machado

Júnior Machado

Acimar Freitas e Guilherme Peçanha estão à frente da Caminhada Beneficente Amigos do Bem. A primeira edição do projeto contará com uma caminhada para Caravaggio e, na chegada, serão oferecidas atividades de alongamento e dança. O evento acontece no dia 26 deste mês, às 14h30min. A inscrição é 1 quilo de alimento não perecível e as doações serão entregues para o Hospital Beneficente São Carlos.

Foi realizada na noite de sábado a festa de aniversário de 15 anos de Andriele Dal Magro Bristot, filha de Adriana Dal Magro Bristot e Gilberto Vitório Bristot, onde mais de 200 convidados, entre amigos e familiares participaram deste momento ímpar na vida da debutante

As amigas Camila Dos Santos, Fabiana Prates e Giovana Somacal curtiram a festa do Muinho, no sábado

Pena Brambilla e Alcides Merlin durante a inauguração do novo empreendimento, o Mercado da Cerveja, na última terça

Caroline Gobbato fez as para a amiga Bruna Schi a coleção Primavera Ver sua marca basic.S, em na loja G.Store, no ú


Arquivo Pessoal

Carolina Brugnera

s vezes de modelo iochet, que lançou rão 2019/2020 da evento realizado último dia 26

Mariana Maggioni recebeu todo carinho dos pais Mário Romano Maggioni e Cláudia Bassanesi Maggioni, e de seus irmãos Júlia e Murilo, durante sua festinha de 5 anos, que aconteceu no sábado, no Park Festa e Folia

Fábio Silvestri

inot Colombo, Sandra Colombo comemoraram, de sucesso da empresa a D&C Brigaderia

Daniela De Rocco

Caroline Cerino e Jean Ribeiro em noite animada no Boteco do Chá, no final de semana

Happy Hour

Fique por Dentro

O Boteco do Lago lançou nesta semana a sua promoção de Happy Hour, onde das 17h às 20h, de segunda a sexta, suas torneiras de chopp estarão com 30% de desconto. E para iniciar a temporada com estilo, rola na próxima quinta um show com o músico Jorge Flores.

Risadas Garantidas

O Caverna Comedy Club confirmou nesta semana a vinda da Youtuber e comediante Bruna Louise para a cidade. O show de stand-up “Desbocada” acontece no dia 27 deste mês e os ingressos estão à venda no site Sympla.


Inside

8

Fabrício Oliboni fabrioliboni@gmail.com

Dark Side of the Moon

* Agente de intercâmbio e bacharel em Relações Internacionais

Arte

Museu criando vida Casa de Cultura promove evento que busca destacar talentos de Lydia Moschetti Vanessa Tartarotti Wisintainer

Sei que não tenho a cancha necessária para escrever com propriedade sobre música. Não toco nenhum instrumento, não sei dos aspectos mais técnicos e por aí vai. Apenas sei dizer o que gosto, às vezes sem mesmo entender o porquê. Dito isso, é meio complicado falar sobre Pink Floyd, que é tido como um grupo de músicos virtuosos que fez tanto pela música, e de formas que eu não nem sei bem como explicar. Mesmo assim, falarei sobre os caras aqui hoje. Certamente já havia ouvido alguma música do Pink Floyd antes, mas não a identificava como deles. Provavelmente era “Another Brick on the Wall”, mas ficava nisso. Comecei a me interessar e gostar de música de fato por volta dos 18 anos. Antes até tinha as minhas preferências, mas ia mais na onda dos meus amigos, que é algo bem natural nessa idade. Não lembro qual foi o gatilho exatamente, mas um amigo na época era bem ligado em música, e coisas que eu não conhecia até então. Pensei em variar um pouco, e também em pegar indicações com quem entendia realmente do assunto, sair um pouco da bolha na qual eu havia me acostumado. E assim foi, começando por Pink Floyd, e mais precisamente o disco “Dark Side of the Moon”. Lembro que o meu amigo deu a dica: “Esse é um disco para se ouvir na horizontal. Deite, feche os olhos e fique apenas curtindo o som, se concentre nisso”. O jovem Fabrício de 18 anos riu e achou besteira isso na hora, mas depois seguiu o conselho. Logo nos primeiros minutos de “Breathe” eu já estranhei. Quatro minutos de música, e o primeiro vocal se ouve com dois minutos e meio. Diferente, pensei. Resolvi ouvir novamente, agora sem o estranhamento inicial. Acredito que repeti isso umas 10 vezes, antes de passar para a próxima música. A cada audição eu gostava mais, percebia algo diferente. Não sabia exatamente o que havia me cativado tanto, mas o que valia é que eu estava curtindo. Ouvi o restante do disco e fiquei maravilhado. Era algo que eu ainda não havia tido contato até então. Me abriu a cabeça para esses sons mais trabalhados, melodias, menos foco nos vocais, letras complexas e com muito a dizer... depois segui ouvindo muito mais discos do Pink Floyd, algo que segue até hoje. Mas a fagulha foi acendida com Dark Side of the Moon. Aliás, li certa vez que a cada cinco casas em Londres, ao menos em uma delas há uma cópia desse disco. Não é pouca coisa. Falando ainda de outras músicas do disco: “The Great Gig in the Sky” é algo que não deixa ninguém indiferente. A potência e beleza dela é algo único; “Time” é uma das minhas músicas preferidas. Todos deveriam ouvi-la ao menos uma vez e prestar atenção na letra. Só digo isso; “Us and Them” é de chorar, acalma a alma; “Money” e aquele som da caixa registradora. Uma baita crítica a... bom, tá implícito; “Eclipse” é a catarse, a apoteose de tudo apresentado até então. E é lindo, cara! O disco fala de loucura, insanidade, a passagem do tempo nas nossas vidas, dualidade, entender o mundo como ele é e como nós o vemos, a lidar com as consequências, início e fim... e a lua é toda escura. Obrigado, Pink Floyd!

FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

C

Original e releitura Pintura feita por Lydia Moschetti e obra produzida pela artista Denise Cavalca e pela fotógrafa Vanessa

om o objetivo de enaltecer os diversos talentos de Lydia Moschetti, a Casa de Cultura, junto ao Museu Municipal Casal Moschetti, está promovendo a primeira edição da Noite no Museu. Foram escolhidas oito pinturas de Lydia para uma releitura com alunos da Oficina de Teatro, visando relembrar e trazer um olhar diferenciado para as obras. Será um evento gratuito, na próxima quinta, às 20h, e contará com uma pequena tour interligando o Museu e a Casa. Os participantes verão ao vivo os alunos reproduzindo as obras além de acompanhar um recital com estudantes da Escola Pública da Música. Após, poderão ver de perto as fotos criadas a partir do projeto, que integrarão a exposição “Museu Vivo” até dia 8 de novembro, das 8h às 12h e das 13h às 22h, de segunda a sexta. “Buscamos resgatar os valores materiais e morais

que a Lydia deixou, além de chamar a atenção para os vários talentos dela”, declara Kuka Anghinoni, um dos idealizadores junto com a fotógrafa Vanessa Tartarotti Wisintainer. A curadoria das obras foi feita por Fabrizio Brustolin, a produção cênica pela professora de teatro Simone de Dordi e direção de luz por Elio Abe. Além disso, teve participação de 10 artistas, alunos da Oficina de Teatro da Casa de Cultura. Lydia nasceu em 14 de setembro de 1888 e faleceu em 5 de agosto de 1982. A ideia é manter a Noite do Museu como um projeto anual, cada ano destacando um dos talentos da ítalo-brasileira.

Programe-se O que: Noite no Museu Quando: na próxima quinta, às 20h Onde: Casa de Cultura (Rui Barbosa, 49) Quanto: entrada franca


FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

Inside

Lazer

9

Dolores Maggioni doloresmaggioni@terra.com.br

Estridente, o vento desnuda a tarde

Diversão para os pequenos Evento comunitário do Dia das Crianças será neste sábado, no Parque Cinquentenário Adroir Fotógrafo

Tarde Encantada Evento gratuito vai proporcionar muita alegria para as crianças do município

N

este sábado, o Parque Cinquentenário vai sediar uma Tarde Encantada. O evento comunitário, com entrada gratuita, é em comemoração ao Dia das Crianças e inicia às 13h30min. Ele é uma parceria entre a Prefeitura Municipal e o Classic Car Club, que já realizavam eventos separados em comemoração à data, e neste ano decidiram unir forças. São muitas as atrações para animar a criançada do município. Brinquedos infláveis, música, distribuição de bolas e sorteio de 15 bicicletas cedidas pelo Classic Car Club. Além disso terá lanches com refrigerante, algodão doce, pipoca, kit doce e cachorro quente. Para facilitar o acesso até o Cinquentenário o transporte será gratuito, com embarque nas linhas urbanas a partir das 12h.

Para além da diversão

Também no sábado, marcando a comemoração do Dia das Crianças, a campanha “Levando o Natal Para Onde o Papai Noel Normalmente Não Passa” estará recolhendo brinquedos. Será das 9h às 16h, em seis carrinhos decorados de coleta espalhados pelo Centro da cidade. Serão recolhidos brinquedos novos e usados, em bom estado de conservação, para posteriormente serem distribuídos para crianças carentes. Os promotores da campanha também estão pedindo auxílio de voluntários para o recolhimento, além de promover uma tarde divertida para as crianças, com pinturas de rosto, pipoca e muito mais.

A ventania enfurecida compõe redemoinhos de sofreguidões magoadas. Sem permissão desnuda a tarde, onde eu guardo o hábito de escrever Poesia. Hoje, no vento que estruge, não sei se em gargalhadas ou soluços, nada atenua seu espectro, que se parece a olhos vazios de sonhos. A lagartixa transtornada cambaleia e os cavalos vão pastando o medo. Estridente, o vento assovia ausências, tão prenhes de presenças. Tudo é vendaval em arquejante transe, espasmo, espantos, sem borboletas momentâneas impedindo a comunhão do que fenece. O vento e sua selvagem eloquência vai sulcando pés descalços em cais entristecidos por solidões de pedra. Indócil, o quase furacão faz descer sobre os vocábulos a astúcia da fala perambulando abismos. Deliberadamente, este vento, sem aromadas intenções, abre assustadoras fendas por entre as nuvens de porcelana... rasga a tarde sem cuidado... é flecha, é febre, é flagelo, é fragmento... Nômade e antípoda das aves e das flores, balouça sílabas de adeuses, arrasta impiedoso um sol desprevenido, varre o chão e as lembranças, como se proibido fosse continuar sorrindo. Intempestivo, o vento é um voo sombrio que se desprende das raízes possessivas. Aturdido, arrasador, carrega destroços daquilo que ontem foi. E por que as aves aos pares já não se atrevem rasgando a embriaguez aérea de hálito tão morno e, assim, tão severo? Por que tanta lembrança se instaurando, como sombras fidedignas em fila indiana? Minto escutar um chamado através do fosso da janela. Mas é só o vento, furioso, enlouquecido, inibindo passos encharcados de saudades. Ciclone quase, cinzel ferindo a pedra, rodopiando desejos inquietos, destelhando sentimentos, cavando subterrâneos angustiados. Nascem saudades machucando o verso. Onde a aragem doce instalou sua morada? Só este vento manchando de desordem a folhagem e estes raios chispando insetos elétricos macerando a tarde. Desaba a chuva. O requebro transparente dança o rio fazendo o céu tremer no seu espelho salpicado. Inunda as calçadas em onda atrevida, igual a um beijo irrevogável. O medo se infiltra como um grilhão inútil tentando sufocar a calma. Entrelaço emaranhadas ânsias e a chuva, abundante agora, lava os poemas amontoados nos telhados. Por sobre a mesa, a taça. O vinho tinto, onde as uvas dormem, vai desnudando as formas guardadas no cristal, despe as sandálias dos meus olhos e oferta a ternura que eu cuido de não conter. Meu sonho redimido compartilha os fragmentos espargido pela revolta líquida que o céu derrama. Sorrio tristemente costurando o nada. O olhar marejado é só poesia. O vento... a chuva... o vinho... o sonho... a hora entreabre os braços como em êxtase de colombina. E a estridência do vento vai acordando saudades que dormiam. * Poetisa


Inside

10

FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

Sétima Arte

Quando o sonho é assustadoramente real “A Premonição” chega aos 20 anos como um suspense muito bem construído na década de excelência do cineasta irlandês Neil Jordan

A

tormentada desde o traumático falecimento da mãe, a ilustradora Claire Cooper (Annette Bening) sofre com sonhos e visões que, assustadoramente, encontram reflexo na realidade. Suas premonições tragicamente acabam se revelando reais quando um assassino em série passa a atacar a pequena cidade onde vive, na Nova Inglaterra. Ele invade os sonhos de Claire, fornecendo pistas sobre suas próximas vítimas. Porém, elas são insuficientes para se chegar à captura do responsável. A situação fica ainda mais complexa quando visões passam a atormentar a ilustradora também durante o dia, fato que leva seu marido, o piloto de avião Paul (Aidan Quinn), a procurar a polícia, já que uma criança estava desaparecida na cidade. O detetive Jack Kay (Paul Guilfoyle) não leva muito a sério Paul e nem poderia ser diferente, já que a premonição de Claire era algo extremamente vago, sem oferecer qualquer tipo de pista que levasse à elucidação do caso. Seu próprio marido ficou muito reticente em ir até o setor de

investigação policial. No entanto, não é só Claire que parece ter visões do assassino. Ele também parece ingressar nos sonhos da artista. Quando uma ocorrência acaba afetando sua filha Rebecca (Katie Sagona), ela percebe que terá que entrar no jogo do serial killer, ao mesmo tempo em que começa a ser levada a sério pelo seu médico, o neurocirurgião Stevens (Dennis Boutsikaris), que indica o auxílio do psiquiatra Silverman (Stephen Rea). O quadro de Claire é cada vez mais preocupante, mas tudo muda quando seus devaneios começam a ser investigados. É neste momento em que é desenhado um prelúdio de mistério que passa a justificar, não somente as visões da ilustradora, como também a veia assassina do criminoso Vivian Thompson (Robert Downey Jr.). Não demora muito para haver uma compreensão de toda a situação que envolve Claire, para suas visões serem cada vez mais claras, recorrentes e precisas e para seu estado de permanente psicose e perturbação ser plenamente justificado. Caberá a ela pôr fim a esse tormento mergulhando no

desejo do assassino e atuando conforme suas regras. Baseado no livro “Doll’s Eyes”, de Bari Wood, escrito em 1993, “A Premonição” é um suspense muito bem construído pelo cineasta irlandês Neil Jordan em sua década mais premiada, quando faturou inclusive um Oscar por

Roteiro Original. Completando 20 anos de lançamento, é uma obra que aos poucos vai sendo formatada, como peças se encaixando em um quebra-cabeça. Algo difícil de se ver nos dias de hoje fato que, até mesmo por isso, torna seu trabalho especial e reverenciado até a atualidade.

Neil Jordan nos anos 90 Traídos Pelo Desejo (1992) Entrevista com o Vampiro (1994) Michael Collins (1996) Nó na Garganta (1997) Fim de Caso (1999)

Consagração Neil Jordan venceu um Oscar por Roteiro Original com a obra que trata da delicada questão do IRA, um tema que é recorrente em sua filmografia

Só na direção Dos filmes citados na lista, este foi o único em que Jordan não assinou o roteiro, escrito por Anne Rice, autora da obra que deu origem ao longa


FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

Sétima Arte

Inside

11

Divulgação Imagem: Reprodução

No limite da sanidade Consumida pela culpa, não resta a Claire Cooper (Annette Bening) outra saída a não ser mergulhar nos sonhos do serial killer na tentativa de pôr um fim a sua psicose e ter um pouco de paz de espírito

Título original In Dreams Título traduzido A Premonição Direção Neil Jordan Roteiro Bruce Robinson Neil Jordan Gênero Suspense Duração 99 minutos País Estados Unidos Ano de produção 1999 Estúdio Stephen Woolley Production Distribuição DreamWorks Pictures


12

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Semana de mergulho nos sentimentos mais profundos para transitar de uma forma mais leve. As relações que movem contratos, parcerias e acordos seguem mais favoráveis, mas é preciso levar em consideração suas percepções.

Touro - 21/04 a 20/05

O cenário que envolve pessoas e principalmente os projetos segue confuso, então é preciso levar em consideração tudo o que não for claro e objetivo. Semana positiva para lidar com o trabalho e com a dinâmica de sua rotina.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

Você é capaz de perceber os sentimentos e as expectativas que envolvem o relacionamento e a pessoa amada. Busque entender os fatores que contribuíram para que se chegasse à situação atual. Semana favorável para entender o que se passa com ele(a).

Câncer - 21/06 a 20/07

Tenha atenção com a falta de foco no trabalho e averigue se está contribuindo da melhor forma. O cenário aponta erros por negligências e situações que se arrastam há algum tempo. Uma pessoa o ajuda a interagir com a experiência e lhe promove uma visão mais ampla.

Leão - 21/07 a 22/08

Semana positiva para explorar as ideias e o lazer. O céu lhe permite enxergar o que é melhor para o desenvolvimento afetivo; tanto o amoroso quanto aqueles que envolvem os filhos. A vida pede que você reflita sobre as expectativas e sobre os ressentimentos do passado.

Vírgem - 23/08 a 22/09

Você que está adquirindo maior consciência sobre as possibilidades de crescimento e de prosperidade. O céu contribui para os investimentos destinados ao lar ou para o imóvel. Busque analisar as expectativas depositadas em uma pessoa importante que atualmente o afeta.

Libra - 23/09 a 22/10

Semana para expor as suas ideias e para avaliar como deseja interagir com pessoas próximas que estão em crescimento e que colaboram para o seu desenvolvimento. Tenha atenção com as expectativas que são depositadas em seu trabalho e em sua rotina.

Escorpião - 23/10 a 21/11

Boa semana para examinar acordos comerciais visando os investimentos e os compromissos. É importante analisar como você deve interagir com os investimentos destinados aos filhos. O momento traz reparos emocionais e sacrifícios.

Sagitário - 22/11 a 21/12

É um excelente semana para expor os projetos e para estreitar relações com pessoas com as mesmas ideias. Os conflitos são sanados, entretanto é preciso levar em consideração a sua situação emocional. É momento de soltar, aceitar e curar os ressentimentos do passado.

Capricórnio - 22/12 a 20/01

Você tem a oportunidade de ressignificar o seu momento atual com curas e com o perdão. O autoconhecimento é a chave para alcançar essa posição. Olhe para dentro e deixe para trás o passado que o consome silenciosamente. É momento de promover novas relações.

Aquário - 21/01 a 19/02

Novas ideias fortalecem os projetos e as relações de amizades. Tenha atenção com as expectativas que você vem nutrindo com investimentos e com retorno financeiro. Tudo tem o seu momento. Busque estudar e colocar em prática as suas ideias sem expectativas.

Peixes - 20/02 a 20/03

Há excelentes oportunidades profissionais, mas é preciso avaliar as parcerias e definições importantes com uma pessoa que é muito relevante para a experiência. Esteja atento a documentos e a regras que não podem ser negligenciadas.

Inside

FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019


FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019

VENDO TERRENO. Excelente localização, a UMA QUADRA DO MAR, em Arroio do Sal, próximo a todos os recursos: supermercado, sorveteria, padaria, posto de saúde. Tratar direto com proprietário. (54) 9 9972.6708 – Bento Gonçalves (RS). ALUGUEL: direto com a proprietária SALA COMERCIAL, com dois banheiros, na Independência, com 168m², no Bairro São Luiz. Fones: 9 9951.3583 / 32681062. VENDE-SE TERRENO DE ESQUINA, com 1.377m², a uma quadra da rodoviária e do Shopping Centro de Compras. Contatar através do telefone: (54) 9 9118.1642.


2

Farroupilha: para você homem discreto, que procura uma boa massagem para relaxar, agora você já tem o local certo! “PRAZER PICANTE”, você encontra as mais BELAS GAROTAS! Local central. Venha conhecer! Fone: (54) 9 9143 0723. Segunda a sábado. ÓTIMA OPORTUNIDADE, carta de crédito contemplada, no valor de R$ 270.000,00 para a compra de IMÓVEIS, construção ou reforma. Entrada R$ 140.000,00 e assumir prestações de R$ 2.000,00 por mês. Já foram pagos R$ 106.000,00. Tratar (54) 9 9175.7744. VENDO LOJA DE AUTOMÓVEIS: RSC 453 próximo ao trevo Santa Rita com clientela e nome consolidados. Tratar (54) 9 9118.1642.

FARROUPILHA, 4 DE OUTUBRO DE 2019


Profile for Informantef Informantef

Edição 608  

Jornal Informante (Farroupilha/RS)

Edição 608  

Jornal Informante (Farroupilha/RS)

Advertisement