__MAIN_TEXT__

Page 1

Ramon Cardoso

FARROUPILHA

|

ANO XII

| EDIÇÃO 598

| 26 DE JULHO DE 2019 |

R$ 3,00

Lições de dedicação e amor à terra Ao lado do filho Diego, Sérgio Sachet recebe o Certificado Agricultor Destaque, honraria máxima do Setor Primário, que foi concedida na segunda à noite, na Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton Matéria Especial, páginas 2 e 3, e Editorial

INSIDE

CIDADE

EDUCAÇÃO

“O Lugar Onde Vivo” em cena Olhar atento contra hepatites Boas opções para se qualificar Mostra reúne documentários produzidos Nesta sexta a Praça da Matriz recebe por alunos do IFRS Farroupilha, na terça ação de prevenção e conscientização Página 3 e Editorial Página 12

Senac Farroupilha oferta diversos cursos técnicos em sete áreas de conhecimento Página 14


2

FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

SETOR PRIMÁRIO

Sachet: pioneirismo, dedicação e uma Premiado com o Certificado Agricultor Destaque 2019, produtor contou sua trajetória na solene sessão legislativa de segunda do Silvestrin, secretário de Desenvolvimento Rural, também teceu elogios ao empenho do homenageado. “É um exemplo de dedicação, profissionalismo e liderança. Hoje, o agricultor tem que pensar como empresário, tem que profissionalizar sua produção se quiser sobreviver e competir no mercado. É uma distinção muito merecida e o Sérgio é uma referência para toda a comunidade”, salientou Silvestrin. O encerramento de seu discurso foi o momento para a entrega do Certificado, recebido pelas mãos do vice Pedro Pedrozo, prefeito em exercício, e do presidente do Legislativo, vereador Sandro Trevisan. Ao subir à tribuna, Sachet relembrou sua trajetória de vida e reforçou seu compromisso com uma produção, sobretudo, de qualidade. “Fico emocionado com esta homenagem porque sei que muitos também poderiam estar aqui, recebendo este prêmio. Estou muito orgulhoso por ter sido reconhecido. Eu e meu filho (Diego, estudan-

Fotos: Ramon Cardoso

A

semana começou reconhecendo quem vive da terra e põe alimento na mesa. O Dia do Agricultor é no próximo domingo, mas na última segunda foi conferido o Certificado Agricultor Destaque 2019, repassado às mãos de Sérgio Sachet, na sessão solene da Casa Legislativa Livodino Antônio Fanton, aprovado por unanimidade por vereadores, por meio da indicação do Conselho de Desenvolvimento Rural, Secretaria de Desenvolvimento Rural e escritório local da Emater-RS/Ascar. Após as manifestações dos parlamentares, um por bancada, foi a vez de Márcio Ferrari, presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e do Sindicato dos Trabalhadores e Agricultores Familiares de Farroupilha (Sintrafar), que destacou o trabalho pioneiro de Sachet, o precursor na utilização da plasticultura nas parreiras, ainda no final dos anos 90. Na sequência, Fernan-

Reconhecido Representando o Executivo e o Legislativo, Pedrozo e Sandro repassam distinção a Sachet


3

FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

conquista alicerçada na qualidade te de Agronomia) amamos a terra. A melhor sensação é quando um cliente elogia o teu produto. Acho que a agricultura necessita visar a qualidade e esse é um compromisso que temos”, assegurou. Produtor da Linha Vicentina, Sachet planta uvas, tomates, morangos orgânicos e pretende expandir sua frente de trabalho com figueiras. Sua produção média é de 10 mil quilos de uva orgânica e outros 20 mil de uva de mesa, além de 13 mil pés de morango, as principais culturas a que se dedica. Um dos diferenciais é a venda direta aos consumidores. Representando o Executivo, Pedrozo usou a tribuna parabenizando o contemplado com a outorga. Sachet também recebeu uma placa pela conquista da Agência Sicredi Agro, entregue pelo gerente Clair Pedro Bertuzzo e pelo gerente de Negócios Rodrigo Favaron. Referência Sandro acompanha homenagem da Agência Sicredi Agro a Sachet, prestada por Bertuzzo e Rodrigo

Agricultor Destaque

Foi a Lei Municipal nº 2.698, de 2002, de autoria do então vereador Orlando Pegoraro, que instituiu o Certificado Agricultor Destaque, que enaltece e reconhece bons exemplos do Setor Primário farroupilhense. A distinção é conferida anualmente, a partir de indicação do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural. Relembre a lista dos contemplados com a honraria. Os agraciados José Pasa (2002) Ricardo e Maria Haupt (2003) Carlos e Mário Massignan (2004) Dolorindo Pozza (2005) Orlando Tang (2006) Plínio Tonet (2007) Pedro Antonio Cappelletti (2008) Marcos Antonio Zucco (2009) Olmar Pasa (2010) Nelson Bortolanza (2011) Paulo Cesar Perini (2012) Paulo José De Cezaro (2013) Claudete Casagrande Merlin (2014) Alexandre Henrique Bazzo (2015) Jandir Baggio (2016) Marcelo Bicca Ferrari (2017) Clemente Valandro (2018) Sérgio Sachet (2019)


4

FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

Foi sancionada a Lei que cria a Autoridade Nacional de Proteção de Dados. O que isso impacta na sua vida? Marcelo Chiavassa de Mello *

T

erça, dia 9 de julho de 2019, foi publicada no Diário Oficial a Lei 13.853/2019, que cria a Autoridade Nacional de Proteção de Dados no Brasil. Referida lei vem complementar a Lei 13.709/2018 (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, a LGPD), que estava capenga desde que o então presidente Michel Temer havia vetado a criação da ANPD por vício de propositura do Legislativo. Estes primeiros anos do século XXI são marcados pelo Big Data, ou seja, a utilização de Dados Pessoais espalhados pela sociedade para a extração de informações, criação de serviços e produtos individualizadas, classificação de grupos sociais, perfis virtuais de cada pessoa humana, vigilância e monitoramento constante. Os dados pessoais são o combustível que move a sociedade atual. Há, até mesmo, quem já duvide da ideia de proteção à privacidade, na medida em que nossos celulares gravam as conversas ao nosso redor e os assistentes pessoais de nossas casas armazenam informações de todo tipo. A LGPD foi sancionada exatamente com a finalidade de criar regras para coleta e tratamento destes dados pessoais por parte das empresas e do Estado. Ela veio com a ideia de proteger a privacidade da população, na es-

teira do que determina o art. 5° da Constituição Federal. Pois bem. A ANPD será o órgão da administração pública responsável por fiscalizar – em benefício da população e da privacidade – a adoção das corretas práticas de coleta, tratamento e compartilhamento de dados pessoais. Sua criação, portanto, é fundamental para se pensar em eficácia e eficiência da LGPD. A ANPD terá papel importantíssimo nas nossas vidas, ainda que, em muitos casos, só descobriremos sobre ela quando quisermos fazer alguma reclamação sobre como a empresa A, B ou C estão violando nossa privacidade. Isto se a privacidade ainda for um valor jurídico que entendemos que deva ser protegido. O jeito mais simples de extinguir um direito fundamental é fazer com que a sociedade deixe de prestar atenção nele; deixe de acreditar nele. Enfim, deixe de vê-lo como fundamental. E aí será tarde demais para reclamar daquilo que não teremos mais. Comemoremos, então, a criação da ANPD e aguardemos as futuras resoluções e diretivas que virão dela, a fim de tentarmos explorar o novo mundo que se abre com o processamento de dados pessoais, mas sem tirar o olho da privacidade. Já dizia o provérbio: “um olho no peixe e outro no gato”. * Advogado, professor de Direito Civil, Digital e da Inovação da Universidade Presbiteriana Mackenzie


INFORME COMERCIAL

Busca por um imóvel facilitada Ligue Imóveis promove 1º CasaFar para esclarecer dúvidas e proporcionar condições exclusivas em um final de semana único e diferente para toda família A cidade vai receber neste fim de semana a 1ª edição do feirão imobiliário CasaFar. Ele ocorre no sábado e domingo, das 10h às 17h, na Imobiliária Ligue Imóveis, rua Marechal Deodoro da Fonseca, 71, esquina com a República. O feirão, além de oferecer casas, apartamentos, sobrados e terrenos com condições especiais, traz diversas atividades para toda família. “O CasaFar foi criado para as pessoas que estão buscando imóveis ou que tenham dúvidas referentes ao processo. Além disso, vai movimentar Farroupilha e criar um final de semana diferente”, aponta o diretor comercial da Ligue, Anderson Goldschmidt. Toda a família está convidada para o evento que terá sessão tira dúvidas, correspondente imobiliário, espaço kids, espaço chimarrão, espaço conforto, cerveja artesanal,

pet stop, entre outras atrações. A ideia é justamente facilitar a vida de quem busca um imóvel, com uma equipe qualificada, e ainda proporcionando momentos de lazer. O propósito da Ligue Imóveis, idealizadora do CasaFar, é de ajudar pessoas, entendê-las e então encontrar o imóvel que mais se encaixa ao que a pessoa está buscando. A imobiliária atua desde 2015 e, além de Farroupilha, possui uma sede em Caxias do Sul. Já ganhou três certificados de excelência em atendimento em Farroupilha, se consolidando cada vez mais no mercado, sempre com inovação e qualidade. Além de garantir a casa própria ou esclarecer dúvidas recorrentes, o evento vai ajudar o Hospital Beneficente São Carlos: para cada pessoa que comparecer ao evento, será feita uma doação de alimento.

Yasmin Signori Andrade

Diego e Anderson convidam os farroupilhenses para o 1º feirão imobiliário CasaFar, que acontece neste final de semana

“A Ligue Imóveis em todos os projetos e eventos que cria, sempre busca ajudar alguma instituição. Para o 1º CasaFar escolhemos o

Hospital pois ele precisa muito da ajuda da sociedade”, declara Diego Winterhalter, Diretor Executivo da Ligue Imóveis.

Confira todas as atrações do feirão de imóveis Casafar Sessão tira dúvidas: esclarecimentos sobre a compra, locação ou regularização de um imóvel, financiamento imobiliário, entre outras.

Cerveja Artesanal: enquanto você analisa o imóvel é possível degustar uma boa cerveja artesanal.

Correspondente Imobiliário: para você que está buscando um imóvel e gostaria de saber qual o seu potencial de financiamento, o evento contará com a correspondente imobiliária da Caixa. Espaço Conforto: conheça a verdadeira felicidade em forma de colchão.

Espaço Make Up: demonstração de maquiagem com consultoras Mary Kay.

Espaço Kids: brinquedos com monitoras para as crianças se divertirem com segurança enquanto os pais olham os imóveis.

Móveis e Decoração: showroon com dicas de decoração, bônus e condições especiais.

Espaço Chimarrão: você leva cuia, térmica e bomba, a água quente e a erva mate são por conta do CasaFar.

PetStop: como o evento é pensado na família, o seu pet é muito bem-vindo.


6

FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

A dificuldade faz a oportunidade Farroupilha não ostenta o título de “Cidade Empreendedora” por acaso. Embora a grife esteja muito vinculada ao Setor Secundário, e foi sedimentada com o passar dos anos, a partir da criação do primeiro Distrito Industrial do Brasil, que permitiu a expansão de empresas que se tornaram potências e de outras, que foram criadas em decorrência deste processo, esse empreendedorismo também encontra ressonância e excelentes exemplos dentro do Setor Primário. Nos anos 80 e princípio dos 90, a uva era a cultura que praticamente monopolizava a produção agrícola farroupilhense. Uma sequência de safras ruins, problemas com fungos e baixo preço pago pela fruta comprometiam o orçamento e inviabilizavam a cultura, que exige muitos cuidados e elevada mão de obra. Aos poucos, ocorreu uma variação produtiva e hoje o município talvez seja o que apresenta a fruticultura mais rica do Estado quem

sabe até mesmo do Brasil, liderando ou ponteando inclusive a produção de muitas dessas culturas. Mas não foi somente isso que garantiu ao Setor Primário destaque. A plasticultura foi a forma encontrada para manter a viticultura e o agricultor Sérgio Sachet foi o pioneiro na introdução da técnica no município, que permitiu que continuasse com sua produção. Na segunda à noite, ao lado do filho Diego, que estuda Agronomia, recebeu com justiça o Certificado Agricultor Destaque. Capitaneado pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural, em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural e Emater-RS/Ascar, a distinção busca premiar quem muito faz no segmento, um reconhecimento que enaltece a própria origem farroupilhense. Essa ideia de não se curvar diante das dificuldades, de persistir, de trabalhar de sol a sol é um dos motivos que tornam o município uma referência empreendedora, e a regra vale independente do

segmento a ser analisado. Seja na lida do campo ou no piso da fábrica, o Setor Primário e o Secundário bebem da mesma fonte justamente porque a cultura de dedicação, empenho e trabalho está incorporada ao DNA farroupilhense e hoje ainda mais, já que com o avanço tecnológico é possível fazer muito mais com menos, o que também exige que o agricultor se torne, como bem citou o secretário Fernando Silvestrin, um empresário. A junção dessas duas frentes é que permite que o Setor Primário responda por mais de 10% da economia farroupilhense, mesmo o município sendo uma potência industrial. Para quem acompanha regularmente as homenagens prestadas no Legislativo (veja a deste ano na Matéria Especial, páginas 2 e 3), é fácil perceber o orgulho e, sobretudo, a gratidão manifestada pelos contemplados. Esse reconhecimento é oportuno e permite que o interior siga ocupando papel de destaque na economia local.

Farroupilha talvez tenha sido, há algumas décadas, entre a metade dos anos 80 e até o final dos anos 90, o município com o maior número de migrantes do Rio Grande do Sul. A criação do Distrito Industrial, pioneiro no País, por parte do prefeito Avelino Maggioni, mudou o eixo de desenvolvimento farroupilhense e havia uma demanda absurda, por parte da indústria, por mão de obra. E ela veio, de praticamente todos os cantos do Estado. Como havia emprego em profusão e, mais tarde, como o município ampliou seu parque fabril, com outras empresas se instalando na cidade, essa lógica permaneceu e, diante das boas possibilidades e melhoria da qualidade de vida dos que aqui vieram em uma leva inicial, familiares desses primeiros migrantes deixaram suas terras de origem, em especial o Planalto Médio e Fron-

teira Sul, em busca de um recomeço em Farroupilha, que oferecia boas condições para quem realmente desejasse prosperar. Isso, de certa forma, fez com que a população de migrantes se equiparasse à de nativos e a primeira não tinha um laço afetivo com o município, o que é natural. Porém, à medida que essa população fincou raízes na cidade e teve seus descendentes, esses filhos passaram a ser farroupilhenses, o que inverteu o peso nesta balança. É provável que, nos dias atuais, o município talvez seja um dos que mais possui nativos e o momento é oportuno para fortalecer esse laço de pertencimento à terra, o que pode ser feito de muitas formas. As instituições de ensino cumprem, neste contexto, um papel decisivo. O IFRS Campus Farroupilha apresenta, na próxima terça, em evento aberto

à comunidade, um trabalho feito pelos estudantes dos primeiros anos, para a Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa. Serão 18 documentários com o tema “O Lugar Onde Vivo”, em que alunos retratam particularidades do município, o que não deixa de ser uma forma de estreitar ainda mais os laços com o berço (veja mais na página 3 do Inside). Há uma célebre frase atribuída ao escritor russo Leon Tolstói, autor do clássico “Guerra e Paz”, que diz o seguinte: “Se queres ser universal, cante a tua aldeia”. É justamente esse o propósito do IFRS Farroupilha. Uma ótima escolha da instituição de ensino, mérito das professoras Minéia Frezza e Cinara Fontana Triches, que coordenam o projeto, e uma forma apropriada de estreitar ainda mais o vínculo dos “novos” farroupilhenses com sua terra natal.

Redação - redacao@jornalinformante.com.br

Assinaturas-assinaturas@jornalinformante.com.br

Uma geração de farroupilhenses

Índice

Editorial

Matéria Especial .................................... Páginas 2 e 3 Editorial ...................................................Página 6 Opinião...................................................... Página 7 Economia .................................................. Páginas 8 e 9 Cidade ........................................................ Páginas 10 a 12 Política ..................................................... Página 13 Educação .................................................. Página 14 Esporte ..................................................... Página 15

Inside

Especial..................................................... Capa Cinemas ..................................................... Páginas 2 e 3 Crônicas da Redação ............................. Página 4 Agenda....................................................... Página 4 Literatura ................................................ Página 5 Paulo Roque Gasparetto ..................... Página 5 Social ........................................................ Páginas 6 e 7 Fabrício Oliboni ..................................... Página 8 Tradicionalismo ..................................... Páginas 8 e 9 Dolores Maggioni .................................. Página 9 Sétima Arte .............................................. Páginas 10 e 11 Horóscopo ............................................... Contracapa Saúde, Beleza & Estética...................... 4 páginas Classificados .......................................... 8 páginas

Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br Ramon Cardoso ramon@jornalinformante.com.br Yasmin Signori Andrade yasmin@jornalinformante.com.br

Comercial-comercial@jornalinformante.com.br Fabiano Luiz Gasperin gasperin@jornalinformante.com.br Maria da Graça Potricos Leite maria@jornalinformante.com.br

Anúncios - anuncios@jornalinformante.com.br Marcelo Bortagaray Mello marcelo@jornalinformante.com.br Tiago Rodrigues da Silva tiago@jornalinformante.com.br

Financeiro-financeiro@jornalinformante.com.br Keli de Almeida Maciel keli@jornalinformante.com.br

Assinatura Bienal: R$ 240,00 Assinatura Anual: R$ 140,00

Telefones (54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203

Endereço Rua Dr. Jaime Romeu Rössler, 348, Bairro Planalto

Colunistas Crônicas da Redação Dolores Maggioni Egui Baldasso Fabrício Oliboni

Guilherme Macalossi Gustavo Pimentel Lauro Edson Da Cás Paulo Roque Gasparetto

A manifestação dos colunistas é livre e independente e não necessariamente reflete a opinião do Tabloide sobre os temas abordados nas colunas

@PaperInformante www.jornalinformante.com.br

/jornalinformante


7

FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

Quer aumentar sua lucratividade? Previna as perdas! Rodrigo Castro * A prevenção de perdas de estoque no ambiente dos negócios pode significar a sobrevivência da empresa. Dados divulgados pela Associação Brasileira de Prevenção de Perdas (Abreppe) revelam que as perdas no varejo em 2017 atingiram R$ 19,5 bilhões no Brasil. Para muitos varejistas, reduzir perdas se tornou muito mais que uma prioridade. Antes, em um cenário econômico diferente que do que vivemos hoje, aumentar o preço e a base de consumidores eram estratégias aplicáveis que geravam resultados positivos e equilibravam a balança das perdas. Atualmente, a realidade é outra. Com a redução da inflação, o aumento da concorrência e a crescente maturidade do mercado consumidor, aumentar o preço não é mais uma opção. Então, para garantir e manter resultados positivos, a saída é somente uma: reduzir custos. E no mercado de bens de consumo, a linha de estoques é a que chama mais atenção. As perdas são danosas para qualquer empresa, independente do seu tamanho. Prevenir perdas de estoque é garantir que o investimento na compra de mercadoria seja revertido em receita para a companhia e, ao contrário do que pensa o senso comum, furtos e roubos, apesar de representativos, não são as principais cau-

sas das perdas. Os grandes violões são a avaria, o vencimento e a maturação dos produtos, e esses devem ser controlados. A conversão de receitas maiores com o mesmo Custo de Mercadoria Vendida (CMV) aumenta as margens e, para perenizar este resultado, são necessários quatro componentes básicos: apuração, governança, cultura e execução. O primeiro componente, de apuração, refere-se basicamente em garantir que os processos de contagem periódica do estoque sejam realizados de forma acurada e recorrente. A diferença entre o estoque computado no sistema e o estoque físico dimensiona o quanto deste foi desviado do seu objetivo final, que é gerar receita. Para garantir um melhor registro de perdas, algumas empresas possuem também instrumentos para segregar os desvios em perdas não identificadas (furtos e roubos) e perdas identificadas (avaria, vencimento e maturação). O segundo componente, que é a governança das perdas, consiste em criar mecanismos para dar transparência aos resultados de perdas e comunicar todas as camadas do negócio periodicamente sobre estes resultados para que a tomada de decisão e a remoção de barreiras seja feita tempestivamente. Comitês corporativos multidisciplinares, com participação de diversas áreas do negócio, são fundamentais, pois a perda ocorre por motivos sistêmicos e interconectados.

O terceiro componente para redução de perdas é a mudança de cultura que consiste em evoluir o modelo da “venda a qualquer custo” pela “venda com rentabilidade”. A mudança de cultura passa pela disseminação de campanhas de comunicação interna sobre o tema prevenção de perdas, aplicação de treinamentos teóricos e práticos para as camadas de operação e planos de incentivo diretamente ligados aos resultados de perda do negócio. O quarto componente, mas não menos importante, é a execução de ações para redução de perdas, considerando melhorias nos processos, nos sistemas, nas tecnologias e na infraestrutura do negócio. Investimentos para aprimoramento das ferramentas visando prevenir perdas são importantes para garantir resultados eficazes e perenes no negócio. Prevenir que as perdas aconteçam é um esforço constante e contínuo com começo, meio e fim, ou seja, é preciso identificar, reduzir e controlar as perdas. É muito comum observar empresas que, ao tirarem seu foco de algum desses pontos, acabam vendo seu lucro virar prejuízo. O que significa que não basta investir apenas em um dos pilares. É preciso manter a energia constante ao longo da caminhada para que os resultados sejam perenizados. * Diretor de Riscos e Performance na ICTS Protiviti

Entenda como a tecnologia pode ajudar na relação com fornecedores Helmuth Hofstatter * Com as mudanças tecnológicas dos últimos anos, a relação entre empresas e fornecedores tem se transformado, indo além da troca de serviços e oferta de produtos ou matérias-primas resultantes de um bom negócio. Cada vez mais, a performance de novos projetos depende da confiança mútua entre as partes, na qual a tecnologia é uma excelente aliada para ajudar neste cenário. O processamento de dados e o acesso a uma fonte atualizada de informações possibilita, através do uso de ferramentas digitais, o empoderado de diferentes agentes logísticos, otimizando o processo operacional e oferecendo uma relação mais transparente. Um exemplo disso é o monitoramento de cargas, que elimina a dependência no processo e da autonomia na prestação de serviços como controle de prazos e SLA dos fornece-

dores. E a tecnologia entra como grande aliada na gestão desse relacionamento. A administração de serviços com os fornecedores, além de ser uma atividade operacional, também pode ser uma estratégia interessante para a empresa. Isso permite realizar um planejamento a longo prazo, com metas e ações a serem cumpridas visando a confiança mútua. Há outros benefícios da gestão como redução de falhas ao longo dos processos, cumprimento do prazo de entrega junto aos clientes, diminuição de danos e problemas em produtos e serviços, realização de um serviço de qualidade, redução de custos operacionais e definição de melhores preços e prazos. Além do uso de mecanismos de controle e gestão, a construção de uma boa relação entre empresa e fornecedor depende algumas práticas a serem realizadas a longo prazo para o alcance

de bons resultados, aos quais podemos afirmar que é o contato mais próximo e boa comunicação permitindo assim um melhor alinhamento de objetivos, metodologia para alinhamento de processos, estruturação de um plano de ação e avaliação periódica de fornecedores. Entender a importância da troca entre empresa e fornecedores é essencial uma vez que a cadeia produtiva começa com o acesso a matéria prima ou serviço para executar um serviço. Além disso, os fornecedores têm um impacto direto na qualidade e na entrega dos trabalhos. Assim, criar um ambiente de trabalho saudável envolve sensibilizar o fornecedor quanto a importância do seu trabalho, realizar visitas periódicas, acompanhar o nível de entregas e aplicar um plano de melhorias. * Fundador da LogComex


8

FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

NETWORKING EMPRESARIAL

Ainda dá tempo de participar do B2B e mostrar sua empresa Destinado a associadas à CICS Farroupilha, 3ª edição do Business to Business ocorre no dia 7 de agosto, no CFar ampla e diversificada cadeia produtiva farroupilhense. E o mais importante: sem custos para os associados à CICS. A 3ª edição se aproxima e ainda há tempo para se associar à entidade de classe empresarial e, para quem já é sócio, se inscrever de forma gratuita e expor no evento, que ocorre no próximo dia 7, das 17h às 20h, novamente no CFar. A iniciativa é capitaneada pela CICS Farroupilha, por meio do presidente Daniel Bampi, diretor do Núcleo de Desenvolvimento Empresarial, Vinícius Pessin, e vice da Indústria, José Carlos Trujillo.

Programe-se O que: 3ª edição do Business to Business Quando: próximo dia 7, das 17h às 20h Onde: CFar (Rodovia dos Romeiros, 567) Quanto: gratuito para associados à CICS Farroupilha Informações: na CICS Farroupilha, pelo fones (54) 3261-3460 e (54) 991.225.160 ou e-mail cics@cicsfarroupilha.com.br

Arquivo Jornal Informante

A

1ª edição do Business to Business aconteceu em novembro de 2017 e revelou uma demanda: a necessidade das empresas farroupilhenses em conhecer seus conterrâneos, seus vizinhos de negócio. O evento inaugural, realizado no Parque dos Pinheiros, lotou o espaço, fez sucesso e, a partir daí, a Câmara da Indústria, Comércio, Serviços e Agronegócio (CICS) de Farroupilha percebeu que a atividade não só poderia, como deveria ser realizada anualmente. No ano passado, com mais interessadas, o local mudou para o Campus Universitário de Farroupilha (CFar) da UCS, onde 64 empresas, entre expositores e patrocinadores, apresentaram produtos e serviços, estabeleceram contatos e trocaram informações em um ambiente de negócios, networking e propício ao relacionamento entre a

Visibilidade Direto, objetivo e informal: na edição passada do Business to Business, 64 empresas estiveram presentes no evento coordenado pela CICS


9

FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

MÓVEIS SEGUROS

Fechadura com chave multiponto, mais uma inovação da Soprano Empresa farroupilhense lança novidade neste mês e produto busca atender nicho específico de mercado

P

rocurando suprir a necessidade de clientes que buscam fechaduras com alta segredagem, a Soprano, líder do mercado em fechaduras para móveis, apresenta uma novidade que amplia ainda mais seu portfólio no segmento, com o lançamento da fechadura com chave multiponto. Comercializada pela Unidade de Componentes para Móveis, ela tem entre seus atributos, funcionalidade, praticidade e segurança. O lançamento, que ocorre neste mês, atende a um nicho específico do mercado, o que faz uso de um modelo de fechaduras com vários segredos. A chave

multiponto permite a utilização de 4 mil segredos diferentes, além do ajuste de rotação da chave para 90º ou 180º, um outro diferencial do produto. Prestes a completar 65 anos de história, a farroupilhense Soprano oferece soluções e produtos para os mercados da Construção Civil, Materiais Elétricos, Moveleiro e Utilidades Domésticas. Além da sede no município, mantém filiais em Caxias do Sul, Cidade do México e San Salvador. A empresa conta com sete unidades de negócios: Fechaduras e Ferragens, Materiais Elétricos, Utilidades Térmicas, Componentes para Móveis, Smart, México e Centro América, além de um escritório na chinesa Xangai.

Sop

rano

/Div

ulga

ção

Proteção Novidade da Soprano que chega ao mercado neste mês: fechadura com chave multiponto garante muita segurança aos usuários


10

FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

Gastronomia

Ainda dá tempo de fazer o bem Tradicional Feijoada do Grupo de Apoio à Adoção DNA da Alma chega à 7ª edição e acontece no próximo dia 4

M

ais uma Feijoada do DNA da Alma, Grupo de Apoio à Adoção, está chegando. A 7ª edição do evento acontece no domingo, dia 4, no Salão do Bairro São Luiz. Anualmente a ação gastronômica beneficente acontece para arrecadar fundos utilizados pelo Grupo durante o ano, de diferentes formas. Os valores para participar custam

R$ 45,00, para adultos; R$ 20,00, para crianças de 6 a 12 anos; e até 5 anos a entrada é franca. No ano passado foram 600 pessoas que prestigiaram a Feijoada e devido à grande procura, é recomendável garantir o ingresso antecipadamente. É possível adquirir as entradas no Cartório Kunzler (Cel. Pena de Moraes, 661), com Jorge Bonalume. Também é possível entrar em contato para outras informações nos fones 999.776.864, com Jorge, ou no 981.081.471.

Cardápio

Tradicional feijoada (com opção sem carne), arroz, couve cozida, farofa, carne de porco, laranja fatiada, pão, saladas e sagu com creme.

Programe-se O que: 7ª Feijoada Beneficente do DNA da Alma, Grupo de Apoio à Adoção Quando: domingo, dia 4, às 12h Onde: Salão do Bairro São Luiz (13 de Maio, 908) Quanto: adulto, R$ 45,00; de 6 a 12 anos, R$ 20,00; até 5 anos, cortesia.

Alguém quer me adotar?

Obituário 22 de julho * Iry Vitorino Zancan (Alemão), 69 anos. Sepultamento no CPM; * Francieli Bondan Ulian, 34 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal de Flores da Cunha; * Leandro Carlos Ulian, 35 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal de Flores da Cunha. 23 de julho * Manuel Bernardi, 70 anos. Sepultamento no CPM. 24 de julho * Adão Jovenal de Oliveira, 81 anos. Sepultamento no CPM.

O cão Valdivia tem 5 anos, já está castrado e vacinado. Ele foi recolhido há quatro anos e desde então vive em abrigos e lares temporário sempre com um olhar triste. Busca um lar para chamar de seu. Ele tem porte médio e se dá bem com outros cães. Interessados em adotar podem manter contato pelo fone 999.371.647.

Divulgação

18 de julho * João Batista Guerra, 58 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal (CPM). 20 de julho * Allan Calloni, 34 anos. Sepultamento no CPM; * Alice Joanna Scarabotto, 90 anos. Sepultamento no CPM. 21 de julho * Jonatan de Cândido Oliveira, 20 anos. Sepultamento no CPM; * Ana Paula Lange Benvegnu, 41 anos. Sepultamento no CPM; * Valdir Censi, 68 anos. Sepultamento no cemitério de Nova Milano (4º Distrito).


11

FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

MELHOR A CADA ANO

Novo recorde quebrado: 14ª Seleção de Vinhos tem 190 amostras inscritas Concurso cadastra os concorrentes à penúltima fase, da Análise Sensorial, que avaliará produtos de 6 a 8 do próximo mês

A

conquista do título de Capital Nacional do Moscatel, por parte do município, parece ter estimulado ainda mais as vinícolas farroupilhenses. A 14ª Seleção de Vinhos teve, neste ano, um recorde de amostras inscritas: foram 190, superando com folga as 178 cadastradas em 2015, na 10ª edição, e em 2017, na 12ª. “Isso demonstra que a cada ano o nosso setor fica mais fortalecido e o vitivinicultor se preocupa em fazer um produto de excelência para o consumidor”, destacou Rosane Meggiolaro Cappelletti, presidente da Associação Farroupilhense dos Produtores de Vinhos, Espumantes, Sucos e Derivados (Afavin). Em seu ano de estreia como presidente e sendo a primeira mulher a comandar a entidade, ela não esconde o orgulho pelo resultado, que deve render uma expressiva premiação aos participantes Os produtos estão sendo cadastrados para a penúltima fase do concurso, a mais importante, em que eles serão avaliados na Análise Sensorial. Ela ocorre nos dias 6 a 8, pela manhã, no Seminário Apostólico Nossa Senhora de Caravaggio. A revelação dos premiados acontece no dia 30 de agosto, às 19h30min, no Centro Municipal de Eventos Má-

Fabiano Gasperin

rio Bianchi, seguida de jantar de confraternização. A realização da Seleção de Vinhos é da Afavin e Prefeitura, por meio das Secretarias Municipais de Desenvolvimento Rural e Turismo e Cultura, e conta com o patrocínio da Amazon Group, Tutto Vino, Tramontina, Irmãos Luvison, Vêneto Mercantil, BiotecSul e Guaresi Tombadores Hidráulicos.

Amostras inscritas ano a ano

Para celebrar Presidente Rosane comemora expressivo número de inscritos

1ª Seleção (2006): 120 amostras 2ª Seleção (2007): 132 amostras 3ª Seleção (2008): 136 amostras 4ª Seleção (2009): 156 amostras 5ª Seleção (2010): 172 amostras 6ª Seleção (2011): 153 amostras 7ª Seleção (2012): 167 amostras 8ª Seleção (2013): 163 amostras 9ª Seleção (2014): 174 amostras 10ª Seleção (2015): 178 amostras 11ª Seleção (2016): 171 amostras 12ª Seleção (2017): 178 amostras 13ª Seleção (2018): 174 amostras 14ª Seleção (2019): 190 amostras Total das 14 Seleções: 2.264 amostras


12

FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

ConsCientização

Prevenção de hepatites na Praça da Matriz

A

Praça da Matriz irá se tornar, nesta sexta, um centro de prevenção e conscientização sobre hepatites. Será das 8h às 11h30min e das 13h às 16h. A ação feita pela Secretaria Municipal de Saúde e pela Associação Farroupilhense Pró-Saúde, será em proveito ao Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais, realizado no domingo, e conta também com a participação do Rotary Nova Vicenza, que disponibilizará, gratuitamente, 100 doses para o teste. Entre as ações estão a distribuição de preservativos, orientação de prevenção e tratamen-

to, realização dos testes rápidos e aplicação da vacina contra Hepatite B. Também serão feitos testes para HIV e sífilis. “As hepatites são conhecidas por serem doenças silenciosas. Na maioria das vezes os portadores não apresentam sintomas. Precisamos estar atentos, pois se detectada, podemos buscar logo o tratamento”, alerta Rosane da Rosa, secretária municipal de Saúde.

Marcelo Camargo/ABr

Ação terá testes gratuitos, vacinação e orientação sobre a doença nesta sexta Cansaço excessivo, febre, mal-estar, tontura, enjoo, dor abdominal, pele e olhos amarelos e fezes claras podem ser alertas. “A prevenção e a proteção são sempre o melhor remédio”, lembra Rosane. Para evitar contaminação, use camisinha, não compartilhe agulhas, seringas, lâmina de barbear, instrumentos de manicure e pedicure e exija materiais esterilizados ou descartáveis.

Importante saber

Está disponível em todas as UBS de Farroupilha, a vacinação contra Hepatite A em dose única, para todas as crianças de 1 a 2 anos; e para Hepatite B para menores de 49 anos e público de maior vulnerabilidade como gestante, manicures, bombeiros, policiais, profissionais do sexo e portadores de HIV. Contra a Hepatite C, ainda não há vacina.

Para garantir a saúde Ação vai disponibilizar testes rápidos e vacinas contra hepatite

Programe-se O que: ação sobre orientação e prevenção das hepatites Quando: nesta sexta, das 8h às 11h30min e das 13h às 16h Onde: Praça da Matriz Quanto: gratuito


13

FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

IMPOSTO EM DISCUSSÃO

IPTU pauta audiência pública ocorrida na Câmara de Vereadores Projetos de lei 036 e 037, que estão em tramitação na Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton, foram alvo de debate na noite de quarta

O

Legislativo sediou, na quarta à noite, uma audiência pública que apresentou propostas de alteração do IPTU. De autoria do Executivo, as medidas tratam, respectivamente, da criação do IPTU Sustentável e do reajuste anual do imposto através do IGP-M. O encontro foi mediado pelo vereador Fabiano André Piccoli, presidente da Comissão de Finanças e Orçamento. A audiência contou com a presença do arquiteto Pablo Uez, que tratou da modalidade de IPTU Sustentável, o projeto 036. Ele visa estimular a construção de empreendimentos que valorizem os recursos naturais, tendo como contrapartida o incentivo fiscal por parte da Administração Pú-

blica, em descontos que podem chegar até 15% do valor do imposto, se atendidos os 10 itens elencados, que vão de captação e reutilização da água da chuva, passam pela geração de energias renováveis, além de permeabilidade do solo e arborização adequada. Quanto ao projeto 037, o secretário municipal de Finanças, Benami Spilki, defendeu a mudança no formato de reajuste do IPTU e da Taxa de Lixo. Hoje, o cálculo tem como base a Unidade Municipal de Referência (UMR) e, se aprovada a alteração, ele passa a ser reajustado pelo Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M), o que permitiria uma correção mais adequada à realidade, já que o Índice é um indexador utilizado por boa parte das tarifas públicas.

Boca de Urna Pres... prefeito Sandro

De segunda a quarta da próxima semana, o vereador Sandro Trevisan (PSB), presidente da Câmara de Vereadores, assume o Executivo. O requerimento que autoriza a licença do professor para ocupar o posto foi concedido na sessão de terça.

No aguardo da defesa

A Subcomissão de Ética do Legislativo, que analisa o caso envolvendo o vereador suplente Raul Herpich (PDT), apresentou nesta semana a representação contra o investigado. Agora está em curso o período de defesa, que pode ser feita em um prazo de três semanas, conforme determina a Resolução 390, do Código de Ética Parlamentar. A Subcomissão é composta pelo relator Odair Sobierai (PSB), revisor Jonas Tomazini (MDB) e é presidida por Fabiano André Piccoli (PT).

Recursos para o HBSC

A recente ida a Brasília do vereador Piccoli (PT), realizada no início do mês passado, rendeu bons frutos, uma espécie de colheita da viagem feita em abril, quando, junto aos vereadores Tadeu Salib dos Santos (PP) e Herpich (PDT), visitou o gabinete de vários deputados federais. O parlamentar Nereu Crispim (PSL/ RS) destinou R$ 150 mil para o Hospital Beneficente São Carlos (HBSC). O recurso já está no Fundo Municipal de Saúde e, nos próximos dias, deve ser repassado à instituição de saúde. Crispim deve visitar o HBSC em breve e pretende estar presente no Festival do Moscatel.


14

FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

EAD

Qualificações técnicas com flexibilidade Senac oferece novo ciclo de turmas a distância em diferentes áreas e as inscrições podem ser feita a partir do dia 5

T

er uma formação profissional técnica para agregar ao currículo e possibilitar uma rápida inserção no mercado de trabalho é o desejo de muitas pessoas. Porém, a falta de tempo para aulas presenciais dificulta o processo. Por isso, para quem deseja se qualificar podendo ter flexibilidade no estudo, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) está promovendo cursos técnicos EAD, em diferentes áreas. As inscrições para o próximo ciclo de turmas iniciam no dia 5 e devem ser feitas pelo site www.ead.senac.br/polos/ rs/farroupilha, ou presencialmente no Senac (República, 617). A modalidade EAD está sendo ofertada pelo Senac desde 2016. E para este novo ciclo os alunos poderão escolher entre as áreas de Comércio, Design, Gestão, Informática, Meio Ambiente, Segurança e Turismo. “Os cursos de qualificação técni-

ca, têm a vantagem de serem mais rápidos, com a aplicação direta dos conhecimentos realizados na prática. O curso EAD respeita o ritmo de cada aluno e ainda ajuda no desenvolvimento de competências muito importantes: organização, proatividade e disciplina”, aponta a diretora do Senac Farroupilha, Evandra Scottá. As qualificações disponibilizam diversos recursos tecnológicos para facilitar a aprendizagem com orientação e acompanhamento online. Para o ensino ser mais interativo os materiais didáticos são compostos por podcasts, vídeos, animações, simuladores, games, objetivos de aprendizagem, e-books e outros recursos. “Além disso, em nosso polo ofertamos além da modalidade técnica, cursos de graduação e pós-graduação a distância”, lembra Evandra, para quem está em busca de diferentes especializações sem deixar de lado a flexibilidade no estudo. Para consulta de preços e outras informações basta entrar em contato pelo fone 3268-3500.

Confira os cursos disponíveis em cada área Comércio Técnico em Transações Imobiliárias. Pré-requisito: idade mínima 18 anos e ter concluído ou estar cursando o 3º ano do Ensino Médio. Design Técnico em Design de Interiores. Pré-requisito: idade mínima 16 anos e ter concluído ou estar cursando o 2º ano do Ensino Médio. Gestão Técnico em Administração. Pré-requisito: idade mínima 16 anos e ter concluído ou estar cursando o 2º ano do Ensino Médio; Técnico em Logística. Pré-requisito: idade mínima 16 anos e estar cursando o Ensino Médio; Técnico em Qualidade. Pré-requisito: idade mínima 16 anos e ter concluído ou estar cursando o 2º ano do Ensino Médio; Técnico em Recursos Humanos. Pré-requisito: idade mínima 16 anos e ter concluído ou estar cursando o

2º ano do Ensino Médio. Informática Técnico em Programação de Jogos Digitais. Pré-requisito: idade mínima 15 anos e ter concluído ou estar cursando o 2º ano do Ensino Médio; Técnico em Informática para Internet. Pré-requisito: idade mínima 16 anos e ter concluído ou estar cursando o 2º ano do Ensino Médio. Meio Ambiente Técnico em Meio Ambiente. Pré-requisito: idade mínima 16 anos e ter concluído ou estar cursando o 2º ano do Ensino Médio. Segurança Técnico em Segurança do Trabalho. Pré-requisito: idade mínima 16 anos e ter concluído ou estar cursando o 2º ano do Ensino Médio. Turismo Técnico em Guia de Turismo: Pré-requisito: idade mínima 18 anos e ter concluído ou estar cursando o 3º ano do Ensino Médio.


15

FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

MENINAS RUBRO-VERDES

Gauchão oferta vaga no Brasileirão A2 Com o acesso do Grêmio e permanência do Internacional, melhor do interior disputa competição nacional em 2020 Arquivo Jornal Informante

O

Brasil

Grêmio ficou no 0 a 0 com o América-MG, no último sábado, no Vieirão, e, com o resultado, assegurou não somente na semifinal do Brasileirão A2 como abriu vaga gaúcha na disputa nacional para a edição 2020. E ela ficará com a melhor colocada na competição estadual, tirando a Dupla Gre-Nal, que já está garantida no Brasileirão A1 da próxima temporada. Ou seja, é a chance das meninas rubro-verdes conseguirem uma projeção além do Mampituba. O Brasil, que ficou em 4º no Gauchão na temporada passada, em sua participação de estreia, mede forças na disputa com o Atlântico, de Erechim; o João Emílio, de Candiota; e o Oriente, de Canoas; além do atual campeão Grêmio e atual vice-campeão Internacional. O Gauchão será disputado em turno e returno, habilitando os quatro melhores à fase semifinal com cruzamento olímpico (1º x 4º e 2º x 3º). Quem vencer a etapa, briga pelo caneco. A estreia da equipe farroupilhense é contra o detentor do título. As meninas rubro-verdes encaram as tricolores em menos de um mês, no dia 25 de agosto, nas Castanheiras. Até o momento, a FGF divulgou apenas as três primeiras rodadas (veja duelos iniciais do Brasil Feminino ao lado).

Gauchão Feminino (equipes participantes)

Sonho nacional Melhor gaúcho no estadual assegura a participação no Brasileirão Série A2 e o Brasil Feminino está de olho na vaga

Os duelos iniciais das meninas rubro-verdes na competição estadual 1ª rodada

X Dia 25/08, às 15h Castanheiras (Farroupilha)

2ª rodada

X Dia 1º/09, às 15h 20 de Setembro (Candiota)

3ª rodada

X Dia 22/09, às 15h Eucaliptos (Canoas)


TRADICIONALISMO

Aldeia e Ronda: prontos para o FestMirim

Manoelle Busetti

Letícia da Rosa

ECONOMIA

Mostre sua empresa no B2B

CICS recebe inscrições para a 3ª edição do evento empresarial, que acontece no dia 7 Página 8 CIDADE

Seleção de Vinhos registra recorde

14ª edição do concurso contabiliza inscrição de 190 amostras que concorrem em 14 categorias Página 10

Gi Schimidt Fotografia

CTGs farroupilhenses levam Invernadas Mirins para disputar final da 25ª edição do festival, neste fim de semana, em Santa Maria Páginas 8 e 9 do Inside

INSIDE

Bateria como protagonista Evento conduzido por Marcos Mangoni vai abordar diversos aspectos do instrumento e da música, neste sábado, na Akustica Capa


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

luta contra a balança

O metabolismo pode influenciar no ganho ou perda de peso? Relação existe, mas não é determinante, já que representa o menor percentual do total liberado de energia para o corpo o gasto energético, que está longe de ser somente a perda de peso. A médica ressalta que o total liberado de energia é dividido em três ações: gasto energético basal, efeito térmico do exercício e termogênese alimentar. “A maior parte desse processo, ou seja, cerca de 70% a 75%, é gasto energético basal, ou seja, o utilizado pelo organismo para manter funções vitais como respiração e batimentos cardíacos. Outros 15% a 20% estão relacionados ao gasto de energia provocado pela atividade física, que varia de acordo com o tipo, intensidade, tempo e frequência. E por fim, os últimos 10%, estão ligados à digestão e metabolização dos alimentos, que também sofre interferência dependendo da quantidade, composição e temperatura do que é ingerido”, esclarece a endocrinologista. O ritmo não é o mesmo para todos e pode mudar con-

Divulgação

Q

uem não ouviu falar que questões de perda e, especialmente, de ganho de peso estão associadas ao metabolismo e genética? Essa associação é muito comum, mas será que isso realmente influencia o processo? Tenille Battistella Rodrigues, endocrinologista do Hospital Edmundo Vasconcelos, revela que a interferência, de fato, existe, mas ela, por si só, não impede bons resultados na conquista de objetivos na luta contra a balança, principalmente para quem deseja perder peso. Com a incumbência de reger o funcionamento do organismo, o metabolismo é o responsável pela produção de substâncias do corpo e liberação de energia. Tenille explica que essas atividades são definidas, respectivamente, como anabolismo e catabolismo. Neste contexto, está

Vida saudável Boa e equilibrada alimentação, prática de atividade física de maneira regular e períodos de sono adequados ainda são os principais pilares para quem deseja perder peso

forme a idade, sexo, quantidade de massa magra, função tireoideana e genética. “A partir dos 30 anos já se inicia uma queda que tende a piorar com o envelhecimento. No caso das mulheres, a menopausa intensifica este processo, pois há uma perda da massa muscular que é

substituída por tecido adiposo, que tem menor valor metabólico”, explica. A questão genética é responsável por 80% do metabolismo, porém, Tenille assegura que é possível ter bons resultados quando a intenção é, por exemplo, buscar a perda de peso. A melhor forma para alcançar

o objetivo é praticar atividade física regular, ter alimentação saudável, sobretudo evitando o consumo de açúcar e alimentos industrializados, e não esquecer da ingestão de proteínas. Dormir bem e evitar o estresse também são aliados importantes para se atingir o objetivo.

xxxxxx xxxxxxxx


Compromisso com a Cidade. Compromisso com Você

FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

Quais são as vantagens Um método seguro e eficaz de remoção de Equipe Espaço da Beleza * 1) Você economiza tempo ma das vantagens da depilação a laser – e, obviamente, um dos principais motivos para a alta procura pelo procedimento – é que você precisa de apenas algumas sessões para alcançar os resultados desejados, ou seja, a redução de pelos ao máximo! Isso quer dizer que, após o tratamento, você não perde mais tempo se depilando no chuveiro várias vezes por mês. Além disso, os adeptos de outros métodos – como quem utiliza cera quente – precisam esperar que os pelos cresçam para poder removê-los, o que não é nada conveniente quando se tem um compromisso ou uma viagem marcada e os fios ainda não chegaram ao comprimento ideal. Com a depilação a laser, não existe esse problema. 2) Você economiza dinheiro Outra vantagem da depilação a laser é que você acaba economizando dinheiro. Isso mesmo! Embora uma sessão seja mais cara que um pacote de lâminas de barbear ou que a remoção dos pelos com cera, o método é muito mais rentável a longo prazo. 3) Você fica livre dos pelos por muito tempo Essa vantagem é tida como a principal da depilação a laser. Ao contrário dos outros métodos de remoção dos fios – com uso da cera quente ou lâmina, que levam dias ou semanas para que os pelos reapareçam, os que são removidos efetivamente não voltam a crescer por vários meses, até mesmo, anos ou de forma definitiva. E se crescem, voltam mais finos, claros e menos visíveis do que antes. 4) Você fica com a pele mais lisa e macia A depilação a laser é simplesmente a melhor opção para

U

aqueles que são propensos a Também é uma ótima opção par usados nos métodos tradiciona rios e lâminas. O resultado da lisinha, macia e sem fios encrav 5) Você se livra dos pelos em regiões de maneira indolor É natural sentir um pouco d mente nas primeiras aplicaçõe No decorrer do tratamento as s te menos dolorosas à medida nos. A intensidade do desconfor sensibilidade da pessoa, da áre mais fina doem mais) e da fase res – geralmente, quanto mais sensível a pele fica. O Light She ras, dependendo da região a s gia de refrigeração na ponteira que ajuda a resfriar a área trata ardência. Dependendo da sens também amenizar o desconfort anestésicas antes do procedime 6) Você elimina os pelos sem Lâmina de barbear e cera que te agressivos, que danificam a mento de depilação a laser tem os folículos pilosos e, por isso, é mais precisos de remoção dos manchas e pelos encravados. 7) Você se depila com um eq adequado às suas caracterís Com o avanço da tecnologia


Compromisso com a Cidade. Compromisso com Você

FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

s da depilação a laser? pelos que vai deixar a sua pele lisinha e macia por muito mais tempo Divulgação

desenvolver pelos encravados. ra quem é sensível aos produtos ais, como cera, cremes depilatóutilização do laser é uma pele vados. m algumas

de ardência no local. Principales há um pequeno desconforto. sessões ficam progressivamenque os fios se tornam mais firto pode variar de acordo com a ea tratada (locais onde a cútis é e do ciclo menstrual das mulhepróximo da menstruação, mais eer Duet conta com duas ponteier tratada, e tem uma tecnolopor onde o laser é direcionado, ada e a diminuir a sensação de sibilidade do cliente, é possível to com a aplicação de pomadas ento. m danificar a pele ente são produtos extremamenestrutura da pele. Já o procedim a vantagem de atingir apenas é considerado um dos métodos s fios, sem o risco de alergias,

quipamento sticas a, a depilação a laser se tornou

um método de remoção de fios totalmente democrático: já existem no mercado de estética diversos equipamentos que permitem a aplicação em todos os tipos de pele e pelo. Além de tempo, você economiza dinheiro e a não causa danos à saúde da sua pele, que fica livre dos produtos agressivos usados nos métodos tradicionais. Cuidamos de você com equipamentos de ponta e profissionais experientes. Está pronto para desfrutar de uma pele suave e macia para se libertar do incômodo da lâmina e da cera? Fique pronta para o verão. * Espaço da Beleza Centro Estético Independência, 555 – Centro de Farroupilha Fone (54) 3268-5511 WhatsApp: 981.195.645 Fan Page: Espaço da Beleza


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

AUMENTO DA DEMANDA

Beneficiários de planos de saúde realizaram 1,57 bilhão de procedimentos em 2018 Número divulgado neste mês, pela ANSS, integra a publicação Mapa Assistencial da Saúde Suplementar

O

ano passado registrou 1,57 bilhão de procedimentos feitos pelos beneficiários dos planos de saúde, entre consultas, exames e internações. O número representa um aumento de 4,1% em relação ao total de procedimentos registrados em 2017, que foi de 1,51 bilhão. Os dados, divulgados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANSS) integram parte do Mapa Assistencial da Saúde Suplementar. Dentro do segmento de assistência médica, a realização de exames complementares somou o maior número de procedimentos no ano, totalizando 861,4 milhões, o que representou um aumento de 5,45% em relação a 2017. Logo abaixo vieram consultas, com 274,3 milhões, incremento de 1,49% em comparação ao mesmo período do ano passado. Ou-

tros atendimentos ambulatoriais somaram 164,2 milhões, uma majoração de 4,61% no quadro comparativo com o ano retrasado. Um dado que chama a atenção é o expressivo aumento de terapias, que totalizaram 93,4 milhões (20,97% a mais que em 2017). As internações tiveram um leve aumento, de 1,67%, contabilizando 8,1 milhões de ocorrências. Os procedimentos odontológicos, por sua vez, somaram 176,1 milhões e único em que foi verificada redução em relação ao ano anterior, uma queda de 5,34%. A análise do Mapa Assistencial também informa o número de procedimentos que foram realizados por beneficiário ou por grupos de beneficiários, possibilitando, assim, uma comparação mais fiel sobre o sistema de uso de um ano para outro. De acordo com essa avaliação, o número de consultas e de internações apresentou re-

dução em relação ao ano anterior. Em 2018 foram realizadas 5,8 consultas por beneficiário, contra 5,9 em 2017, e 179 internações por grupo de mil beneficiários no último ano, enquanto foram 180 por mil em 2017. Por outro lado, foi registrado um aumento no quantitativo de outros atendimentos ambulatoriais realizados por beneficiários: foram 3,5 procedimentos por beneficiários em 2018 e 3,4 em 2017. No número de terapias, também ocorreu majoração. O ano passado registrou 2 procedimentos por beneficiário contra 1,7 no ano retrasado. O número total de exames e de procedimentos odontológicos não contempla análise por beneficiário. Diretor de Normas e Habilitação dos Produtos, Rogério Scarabel destaca que o Mapa Assistencial contribui para dar maior transparência aos dados da saúde suplementar, ressaltando que a informação de boa

qualidade sobre os procedimentos e eventos realizados pelos beneficiários de planos de saúde é fundamental para a promoção e coordenação das ações de saúde e para a sustentabilidade do setor. “Com o aumento da incidência de doenças crônicas não transmissíveis, o envelhecimento da população e mudanças nos hábitos de vida, há uma necessidade de melhor acompanhar a condição de saúde dos beneficiários. Para que ações reestruturantes sejam implementadas, é imprescindível o conhecimento epidemiológico e demográfico da população que utiliza plano de saúde. Dessa forma, o Mapa Assistencial possibilita que as operadoras analisem sua própria atuação de forma comparada e tracem metas capazes de melhorar a saúde da população e o funcionamento do sistema suplementar como um todo”, ressalta o diretor.


Literatura

Biblioteca Olavo Bilac segue com programação intensa na última semana de férias escolares de inverno Página 5

Inside

Sétima Arte

Ron Shelton assina roteiro e direção em filme que reúne Morgan Freeman, Tommy Lee Jones e Rene Russo Páginas 10 e 11

Música

Guiado por Marcos Mangoni, evento aberto ao público acontece sábado na Akustica

Q

uem tem interesse em entender sobre o universo da música a oportunidade é neste sábado, às 17h, na Akustica Musical. O evento “Compartilhar Experiências” com o profissional Marcos Mangoni, busca levar aos participantes conhecimentos sobre a bateria e tudo que a envolve. Marcos começou a tocar aos 12 anos e tem experiência de sobra para compartilhar. Para participar, o ingresso é um 1 quilo de alimento não perecível. “O foco é a bateria, mas o evento envolve tudo relacionado à música. Equipamentos, bateria eletrônica e acústica, produção em estúdio, as diferenças entre tocar em gravação e ao vivo estarão entre os assuntos abordados”, adianta Marcos sobre o bate-papo de duas horas. A parceria com a Akustica Musical foi estabelecida justamente pela gama de equipamentos que a loja possui, podendo mostrar diferentes opções. O convite se estende para pessoas que não têm contato com o instrumento, mas querem aprender, até aqueles que buscam aperfeiçoar suas técnicas, sem restrição de idade. O músico tam-

bém irá tocar quatro músicas para mostrar como funciona a teoria na prática. Experiência guiada por profissional que entende do assunto tratado Marcos Mangoni tem 47 anos e está na música desde os 6. O contato com a bateria veio aos 12 anos, somando 35 anos de experiência. Começou como profissional em 1990 e já tocou em vá-

rias bandas, do heavy metal ao samba. Hoje dá aulas de bateria e trabalha no estúdio de gravação Jardim Elétrico, com produção musical e engenharia de som. Além disso, toca com a cantora Laura Dalmás, dá assessoria a bandas que estão começando e conduz cursos. “Para participar do evento basta ter vontade. É sempre legal conversar com alguém que tem bagagem para compartilhar”, ressalta o músico.

Dividindo o conhecimento Marcos Mangoni conduz o evento no sábado

Programe-se O que: “Compartilhar Experiências”, com Marcos Mangoni Quando: neste sábado, às 17h Onde: Akustica Musical (Independência, 399) Quanto: um quilo de alimento

Alexandra Ungaratto

Bateria: entendendo o instrumento


Inside

2

FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

Cinemas Imagens: Reprodução

Shopping Iguatemi (RST-453, quilômetro 3,5) Cinemas GNC 1: Toy Story 4 (dublado) - às 13h20min, 15h30min e 19h50min GNC 1: Pets: A Vida Secreta dos Bichos 2 (dublado) - às 17h45min GNC 1: Annabelle 3: De Volta Para Casa - às 22h GNC 2: O Rei Leão - às 14h, 16h30min e 19h (dublado), 21h40min (legendado) GNC 3: Turma da Mônica: Laços - às 13h35min GNC 3: O Rei Leão - às 15h45min (dublado) e 18h30min (legendado) GNC 3: Homem-Aranha: Longe de Casa (dublado) - às 21h10min GNC 4: O Rei Leão - às 13h10min, 16h e 18h50min (dublado e em 3d), 21h30min (legendado e em 3d) GNC 5: Homem-Aranha: Longe de Casa - às 13h30min e 19h10min (dublado), 16h15min e 21h50min (legendado e em 3d) GNC 6: O Rei Leão - às 14h30min e 20h (dublado), 17h10min (legendado) Ingressos: segunda e quinta (exceto feriado e Carnaval) a R$ 24,00 e R$ 30,00 (salas 3d); terça e quartas (exceto feriado e Carnaval) todos pagam meia entrada; sexta a domingo e feriado a R$ 28,00 e R$ 34,00 (salas 3d). Meia entrada todos os dias para menores de 18 anos e maiores de 60 (mediante apresentação de identidade), estudantes (mediante apresentação de Carteira de Identificação Estudantil), pessoas com deficiência (com documento que a comprove), cliente Movie Club Preferencial (cartão verde fidelidade GNC).

Shopping San Pelegrino (Avenida Rio Branco, 425) * Obs: o site do Cinépolis traz apenas os horários dos filmes, mas não informa em qual sala serão exibidos Toy Story 4 (dublado) - às 13h e 18h30min O Rei Leão - às 11h45min, 13h15min, 14h30min, 16h, 18h45min, 20h e 21h30min (dublado), 11h, 12h45min, 13h45min, 15h30min, 16h30min, 18h15min, 19h e 22h (dublado e em 3d), 17h e 22h45min (legendado), 21h (legendado e em 3d) Homem-Aranha: Longe de Casa (dublado) - às 15h45min e 21h15min Turma da Mônica: Laços - às 14h45min Pets: A Vida Secreta dos Bichos 2 (dublado) - às 12h15min e 17h Ingressos: nas salas tradicionais, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 23,00 e R$ 11,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 25,00 e R$ 11,50 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 26,00 e R$ 13,00 (meia). Nas salas 3d, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 14,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 15,00 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 32,00 e R$ 16,00 (meia).

Sala de Cinema Ulysses Geremia (Luiz Antunes, 312) A Espiã Vermelha - sexta a domingo, às 19h30min Sociedade dos Poetas Mortos - próxima quinta, às 15h Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (estudantes e sênior)

Última chance e para rever “Homem-Aranha: Longe de Casa” entra em sua derradeira semana em cartaz nas salas de cinema. Já no Matinê às 3, agosto abre com o clássico do australiano Peter Weir, “Sociedade dos Poetas Mortos”, um dos grandes trabalhos do saudoso ator americano Robin Williams


FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

Inside

3

Cinema

Produções retratam “O Lugar Onde Vivo” Documentário feitos por alunos do Campus Farroupilha do IFRS serão exibidos em mostra na terça, aberta ao público

S

ão 18 produções que compõem a Mostra de Documentários, que vai acontecer terça, às 18h30min. Realizados por alunos dos primeiros anos dos Cursos Técnicos Integrados ao Ensino Médio em Administração e Informática, do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS), Campus Farroupilha, o evento é resultado de um projeto que tem como ação final a inscrição na Olimpíada Nacional de Língua Portuguesa. Toda a comunidade está convidada a participar da exibição que será no auditório do Campus. “A participação dos discentes no concurso possibilita um maior engajamento entre nossa instituição e a comunidade externa. Além do vínculo gerado pelas pesquisas e filmagens para a realização dos documentários”, aponta Minéia Frezza, profes-

sora de Língua Portuguesa e Inglesa, que junto com Cinara Fontana Triches, professora de Português e Espanhol, coordenam o projeto. As produções partiram do tema “O Lugar Onde Vivo”, e renderam incríveis obras audiovisuais de diferentes interpretações que vão desde Farroupilha como Capital Nacional do Moscatel até a preservação do Meio Ambiente. Os estudantes colocaram em prática tudo o que foi estudado em aula e buscaram um maior conhecimento sobre a cidade. “O tema das produções propicia aos alunos estreitar vínculos com a comunidade e aprofundar o conhecimento sobre a realidade local, contribuindo para o desenvolvimento de sua cidadania”, declara a professora Minéia. O ingresso para ser espectador da Mostra será soli-

dário: um quilo de alimento não-perecível ou um quilo de ração, para atender uma demanda dos discentes que se solidarizaram com dois contextos abordados nos seus curtas: a aldeia de índios Kaingang e o grupo de proteção aos animais Anjos sem Asas. O que for arrecadado no evento será doado para esses grupos.

Programe-se O que: Mostra de Documentários da Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa Quando: terça, às 18h30min Onde: auditório do IFRS Campus Farroupilha (São Vicente, 785, bairro Cinquentenário) Quanto: ingresso solidário, um quilo de alimento não perecível ou um quilo de ração

Confira os 18 documentários que serão exibidos no IFRS Campus Farroupilha Escola Nossa Senhora Medianeira Alunos: Amanda da Silva, Gabriel da Silva e Lucas Dutra Cidade do Moscatel Alunos: Ana Laura Jum, Lucas Zanella e Mateus Zucco Charrua, Uma História Alunos: Ângela Reginatto Benvenuti, Cassiano Sobierai e Nícolas Bottin MATA: cuidar do meio ambiente para preservar a vida Alunos: Arthur Zanetti, Bryan Ribeiro Melo, Guilherme Thomas da Costa e Leonardo Lovatto Biasuz Seminário Alunos: Augusto Carrer, Rafael Graunke e Pedro Zazike Romagna Seguros Alunos: Bruna Simonetto, Suelen Gonçalves e Luana Skieresz

Muito Além de uma Mansão Alunos: Camile Ferreira Pedrolo, Camile Weber e Júlia dos Santos da Silva Prefeitura Municipal de Farroupilha Alunos: Carlos Eduardo Dal Monte, Yander Bampi de Matos e João Reups Vida Escolar de Nova Vicenza Alunos: Eduarda Portella Gallina, Marina Alves Cavinato e Thalya dos Santos dos Santos Tradicionais e Exóticas, as comidas do Rio Grande do Sul Alunos: Érick Matos, Lucas de Cesero e William Filippi CTG Rancho de Gaudérios Alunos: Gabriela Molleri, Kauhana Paz e Pedro Garbin Escola, Mais do que Pegadas Alunos: Jadina B. Cabrera, Maria Eduarda C. Har e Murilo B. Dutra

Forqueta: uma cultura antiga que permeia os dias atuais Alunos: Eduarda Bristot, Rayan Oliveira e Thiago Barros Por Trás da Cortina Alunos: Ana Carolina Amaro, Helena Messinger, Anne Freitas Bittencourt e Jesiane Lutz de Carvalho Oculto e Evidente Alunos: Larissa Lazaron, Natália Abich e Vitória Medeiros Um Dia Alunos: Lucas Guggiana, William Abdalag e Alysson Deeter Nós Alunos: Marcella Souza Lopes, Rafaela Mirailh Zanin e Pamela Maria da Silva Asas Invisíveis aos Olhos Alunos: Jennifer Faber, Luana Klein e Thaís Ferraz


Inside

4

Crônicas da Redação Ramon Cardoso

ramon@jornalinformante.com.br

Futuros partidos satélites do PT

Quando o presidente Jair Bolsonaro falou sobre a possibilidade de indicação do filho à Embaixada Brasileira em Washington achei que era mais uma declaração intempestiva. Não foi. O que mais impressiona é que ninguém do staff mais próximo tentou dissuadi-lo da bizarrice. Embora seja uma questão menor, ela ofusca uma série de conquistas porque monopoliza as atenções da extrema imprensa que martelará o tema até não poder mais. O governo cometeu poucos deslizes até agora, mas esse é dos mais surreais. Se o Senado tiver bom senso, vetará a indicação.

SEXTA

Novo Stand Up de Rodrigo Marques Caverna Comedy Club (República, 445, subsolo), às 22h Sertanejo com Eduardo Moraes Deck 256 (Golçalves Dias, 306), a partir das 18h

Pré Oktober do Boteco, Open de Chopp Boteco do Chá (Rômulo Noro, 555), às 23h30min

SÁBADO Sabadão Sertanejo com Vitor Henrique & Gabriel Armazém Retrô Pub (Guerino Tartarotti, 162), às 22h Stand Up Entre Risos e Perrengues, de Hallorino Jr. Caverna Comedy Club (República, 445, subsolo), às 22h

ção

x-x-x-x-x-x

Agenda

Divulga

Há quem pense que a Reforma da Previdência colocou, em lados contrários, situação e oposição. Bobagem. Ela colocou em lados opostos quem é a favor e quem é contra o Brasil. Felizmente, quem é a favor venceu de lavada. Damos o primeiro passo para sair do fundo do poço onde a esquerda nos enfiou. Embora não houvesse dúvida sobre a necessidade de se aprovar o texto, surgiram alguns pontos conflitantes quando se analisou questões pontuais, que deveriam ser rechaçadas de pronto. Justamente por isso, é muito difícil fechar questão sobre a votação, ainda mais quando se é contra a reforma e a favor de que políticos se aposentem com R$ 33 mil ao invés de R$ 5 mil, além de centenas de outras regalias e privilégios. O PDT, que prova a cada dia ser o PT com um D no meio, e o PSB, fecharam questão contra a reforma, usando a narrativa da extrema esquerda, ou seja, querem se colocar como a “nova esquerda”, mas não passam de massa de manobra da velha, retrógrada e radical esquerda, que é absolutamente contra tudo que é feito em favor do Brasil. Pois bem, evidente que, nas duas siglas, ocorreram defecções. Nem todo mundo é burro de padeiro. Logo as legendas, especialmente o PDT, com Ciro Gomes (isso mesmo, com Ciro, que disse que abandonaria a política caso Bolsonaro vencesse, mas que segue aí enchendo o saco de todo mundo), sinalizou que promoveria a expulsão dos “infiéis”. Entre eles está Tabata Amaral, deputada federal por São Paulo, uma espécie de nova Manu. Ela votou a favor da Reforma Previdenciária e merece ser aplaudida por isso. Não concordo com a maioria dos pensamentos da deputada, muito utópicos e que se chocam frontalmente com a realidade nacional, mas nesse caso, é óbvio que utilizou o bom senso. Enfim, virou persona non grata na esquerda, como era de se esperar. Eu estou numa torcida fervorosa para que tanto PDT quanto PSB cumpram o que prometeram: expulsem sumariamente quem votou a favor da Previdência. No PDT isso é um grande problema, porque quando Ciro diz que vai fazer uma coisa, aí mesmo é que não faz. Pois bem, se isso ocorrer, a tendência natural é que essas legendas, que tentam se colocar como alternativa ao PT, em breve sejam apenas partidos satélites, apêndices do PT, como PCdoB, Psol e Rede, por exemplo. Como o PT já tem um cartaz ótimo em termos de ética, honestidade, moral e sensatez, será mais um passo importante para a esquerda sumir definitivamente do mapa eleitoral. Aos poucos, isso vai acabar acontecendo e o Brasil só correrá risco de um retrocesso caso haja fraude no processo de totalização, o que não é pouca coisa, já que na última eleição presidencial, a fraude na apuração só ocorreu no 1º e no 2º turno.

FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

DOMINGO Café Filosófico, Poder e Dominação: Que Papo é Esse? Muinho Café (Mal. Floriano Peixoto, 190), às 15h


FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

Inside

5

Paulo Roque Gasparetto

Literatura

prgasparetto@terra.com.br

Tempo para explorar Atividades de férias escolares da Biblioteca Pública Municipal seguem até dia 2

C

om as férias escolares, crianças e adolescentes estão com tempo livre e, pensando nisso, a Biblioteca Olavo Bilac fez uma programação especial para o período de recesso, que vai até dia 2, na próxima sexta. A ideia é atrair mais leitores para dentro do espaço público, localizado na rua 13 de Maio, 10. As atividades tiverem início na segunda pas-

Destaque das férias

sada e diversas pessoas já desfrutaram da programação que tem como objetivo incentivar a leitura. Na quinta, Dia Nacional do Escritor, a Biblioteca recebeu Roque Jr., para lançamento de seu novo livro: “A Importância da Psicologia da Luta Antimanicomial”. A programação ainda conta com as tradicionais campanhas que são desenvolvidas durante o ano, além de roda de leitura com café e contação de histórias. Silvana Balbinot

Ação Sabor das Palavras: sorteio dos leitores que frequentarem a Biblioteca no período, para participar de uma roda de amigos, com o objetivo de promover momentos de leitura e troca de experiências, degustando um delicioso café, em data a ser confirmada. Estação Leitura, Trilhando Histórias: contação de histórias para as crianças, nas terças, quartas e quintas, às 15h30min, com Patricia Thomasini, integrante do Comitê Jovem. As escolas deverão agendar horário. Ação Conta uma História?: familiares serão convidados a usufruírem do Espaço Infantil Via Láctea para contar histórias para as crianças, além de incentivar o cadastro, para fomentar o hábito da leitura nos pequenos.

Atividades que permanecem durante o ano Troca-Troca: “Troque Livros, Leia Sempre” Doação de livros “Prazer em Ler” Sala de Leitura: espaço para leitura de jornais e revistas Campanha Livro Lido: doação de livros de Literatura de diversos gêneros, em bom estado de conservação

Exemplo a ser seguido Pais Thaile do Amaral Dall’lgna e Rafael Dall’lgna aderiram a ação e contaram uma história para a pequena Sofia

Ação “Quando se Abre um Livro”: apresentar aos leitores vários livros esquecidos nas estantes. Estes foram selecionados e embrulhados em papel pardo com palavras que representam a história. O desafio do leitor é levar um livro sem julgá-lo pela capa, título ou autor.

Somos aquilo que escolhemos Estamos terminando o mês julho e iniciamos o mês de agosto, que nas nossas comunidades lembramos como o Mês das Vocações. Vocação é acolhida de um chamado. O chamado provém sempre da iniciativa de Deus. Apenas Deus pode entrar na vida humana. A vocação se, por um lado, é uma proposta de Deus, por outro, exige, por parte da pessoa humana, uma resposta a Deus que chama e se manifesta como amor e liberdade. A resposta, por sua vez, é dada mediante uma atitude de fé. Em outras palavras, responder ao chamado é mais do que simples resposta a uma pergunta. É acolhida. É abertura ao amor de Deus. Significa dispor-se a trilhar o caminho com Deus. É adesão fiel à proposta de Deus. É verdade! Somos aquilo que escolhemos. Saber escolher é decisivo na vida. A vida é uma escolha permanente. Quando escolhemos algo, com certeza precisamos renunciar a outras escolhas que não ajudam a viver as nossas opções feitas. Uma outra coisa que é fundamental em nossas escolhas, e que precisamos estar atentos, é de que cada dia temos que renovar a escolha feita. A escolha maior deixa no caminho outros desejos a que se deve renunciar para a escolha definitiva. Sempre escolher a vida. Numa sociedade em que a vida se tornou tão descartável, em que se mata por qualquer motivo, precisamos escolher aquilo que ajuda a viver. Somos feitos para viver. Saber escolher a vida é escolher a Deus. É escolher o amor e a tolerância. Onde o ódio se faz presente, a vida é sufocada. Feridas são abertas, esperanças são enterradas, a alegria desaparece. A mensagem da Bíblia nos convida a vivenciar as boas escolhas quando diz: “todas as vossas ações sejam feitas com amor”. Fico pensando nisso quando olho a sociedade que que vivemos e pergunto: “amor ou ódio no trânsito, no encontro com pessoas, na vida familiar, no lugar de trabalho, nas redes sociais?”. A escolha entre amor ou ódio na vida vai fazer grande diferença para todos nós. A escolha do amor nos chama para viver, já odiar nos leva à morte. Pensemos nisso: somos aquilo que escolhemos. * Pároco da Paróquia Sagrado Coração de Jesus e doutor em Comunicação


Cristiano de Oliveira

N

Café

o domingo acontece mais um Café Filosófico no Muinho, a partir das 15h, com o tema “Poder e Dominação: Contribuições da Filosofia e da Psicanálise”. Esta edição do evento contará também com o projeto Cine Debate, com a exibição do filme “A Onda”. E após, rola uma rodada de conversa entre o grupo e a convidada Rosana Rossato, que é bacharel em Psicologia. A entrada é franca!

Baile

O tradicional baile anual da Associação de Estudantes Intermunicipais (AFEI) movimenta os jovens da cidade e já teve sua data anunciada. A edição 2019 acontece no dia 14 de setembro e terá “No País das Maravilhas” como tema. Os ingressos estão à venda na entidade por R$ 25,00.

Oktober

Os amigos Rodolfo Deimomi, Eduardo Molon, Deivid Argenta Mikael Campeol em recente viagem de férias pela Bolívia. N

Cristiano de Oliveira

Arquivo Pessoal

Antecipando as comemorações do mês de outubro, o Boteco do Chá promove a Pré-Oktober neste sábado. Na noite haverá open bar de chopp Schin e animação de Adriano Vidal, com sua banda. Os ingressos antecipados já estão à venda.

Lucas Manoel foi presença confirmada no Boteco do Chá, no sábado

A farroupilhense Renata De Bona Roveda, ao lado do marido Bruno Laurino e do enteado Arthur Laurino, no sábado, no Chá de Bebê que registrou à espera do Valentim, previsto para nascer no final de setembro

Vitalia Lisimenko e Anderson Pietrobelli em noite animada no Boteco do Chá, no final de semana

A farroupilhense Déb conquistou o título d Grande do Sul 2019 realizado no último


Arquivo Pessoal

Dai Ricci

Os pais Diana Sgarabotto e Ismael Sgarabotto, com o mano Arthur ao lado do pequeno Augusto, que celebrou um aninho, na Cupcake Casa de Festas, no final de semana

Acústico

Nesta sexta rola o evento Sextou, no Deck 256. Para animar o público haverá acústico com o músico Eduardo Moraes, trazendo o melhor do repertório sertanejo.

a, Eduardo Pizoni, Luciano Zatti e Na foto, visitam o Salar de Uyuni

Preparativos

Romário Marques

bora Tobias, 19 anos, de Nova Garota Rio 9, concurso que foi sábado, em Osório

Fique por Dentro

Os irmãos e empreendedores Alisson Marques e Cristiane Marques Colombo estão a mil com os preparativos para a abertura da Casa da Panqueca. O espaço tem previsão para inaugurar no dia 9 de agosto, no Centro da cidade.

Seminário

Arquivo Pessoal

A ADI, Associação de Design de Interiores, organizada por arquitetos da Serra Gaúcha, promove um seminário no dia 7 de agosto, no Auditório da CIC, em Caxias do Sul. O profissional Waldir Junior, especializado na área de iluminação, será o convidado da noite e abordará o tema “Luz é Sensibilidade”. Os ingressos já estão à venda com os participantes da entidade.

Guilherme Possa e Daiane Dal Bem em clique da viagem ao Marrocos, na semana passada


Inside

8

Fabrício Oliboni fabrioliboni@gmail.com

Mufasa e Simba Todo mundo já assistiu “O Rei Leão”. Eu sinceramente acredito nisso, principalmente depois do lançamento do “novo” filme. Todos sabem que tudo que o sol toca faz parte do reino e que não se deve ir a um cemitério de elefantes, obviamente. Essa versão mais realista, digamos assim, que está nos cinemas, é um Game of Thrones com Animal Planet. Mas sim, é o mesmo filme, com algumas pequenas diferenças. Minúsculas, e muita gente pode até não percebê-las. Segue sendo O Rei Leão, e isso eu considero como um baita elogio. Creio que é praticamente impossível alguém assistir ao filme e ficar indiferente. A trama mexe com todo mundo de alguma forma particular, ou de muitas maneiras. Responsabilidades, destino, amizade, família, drama, culpa, luto, medos, superação, desapego, é Shakespeare, é Hamlet... isso tudo em uma história muito divertida, mas que é igualmente pesada, e ao meu ver bate muito forte pra mim, principalmente na questão de pai e filho, entre Mufasa e Simba. Eu fui para o cinema pensando em como seria a cena da morte do Mufasa. Como eu reagiria, como seria. Ninguém fica impassível a isso. Ninguém! Aliás, qualquer cena do Mufasa com o Simba são muito fortes para mim. Ao meu ver, é uma das melhores relações entre pais e filhos da história do cinema. É muito representativa. É algo breve, mas magistralmente bem desenvolvido e que causa um impacto enorme. Como eu falei antes, já assisti O Rei Leão muitas vezes. No entanto, acredito que ainda não havia visto o filme como adulto. É algo que a grande maioria das pessoas tem muito fresco na memória. Aposto que qualquer um pode citar com riqueza de detalhes as principais cenas do filme, inclusive sabendo toda a letra de Hakuna Matata. Não ter visto o filme há um bom tempo foi positivo, pois o impacto que o filme me causou foi mais forte. Nada ali era surpresa para mim, mas rever aquilo tudo e de maneira tão realista agora foi algo especial. Há pouco menos de um ano eu perdi o meu Pai, e em razão disso a relação Mufasa e Simba foi potencializada pra mim. Tem outro peso, e encarar isso é diferente agora. Mufasa e Simba têm cenas sublimes no filme. São bonitas, refletem diversas facetas da conexão entre pai e filho. A rebeldia do filho, querer se provar, o receio de não estar à altura de quem você mais admira, as lições passadas, como lidar com a perda, o peso da responsabilidade e as suas consequências, a “passagem de bastão”... há muitas outras coisas que nos conectam ao filme, situações e personagens. Contudo, ninguém nunca sabe se está preparado para ver a debandada dos guinus novamente. Toda a cena é linda, mas forte demais. Depois disso seguimos com Timão e Pumba, e tudo passa a mudar para uma cor mais alegre, como um pedido de desculpas, além de ser uma fase transitória fundamental na jornada do Simba. Para mais além, aí sim, nos recuperarmos plenamente do baque sofrido naquela queda, com o olhar do Simba para o seu reflexo na água/pai, seguido do 1° rugido do novo rei. Nesse momento vemos o triunfo de Mufasa, a certeza de Simba que ele sempre esteve e sempre estará com ele. E assim o círculo da vida segue. Sempre. * Agente de intercâmbio e bacharel em Relações Internacionais

FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

Tradicionalismo

Bem representado no FestMirim CTGs Aldeia Farroupilha e Ronda Charrua levam o nome do município para a 25ª edição do festival, que acontece neste final de semana, em Santa Maria Yasmin Signori Andrade yasmin@jornalinformante.com.br

S

ábado será um dia especial para dois Centros de Tradições Gaúchas (CTGs) da cidade, o Aldeia Farroupilha e o Ronda Charrua se apresentam com sua invernada mirim na Força A do 25º Festival Estadual Tradicionalista Mirim (FestMirim). O evento, que está acontecendo em Santa Maria desde quinta e segue até domingo, reúne jovem dançarinos de até 13 anos de todo o Estado. “As crianças estão muito ansiosas, na expectativa de fazer uma boa apresentação. Ensaiaram bastante nos últimos dias”, declara Manoelle Busetti, instrutora do Aldeia Farroupilha junto com Diego Laidens da Costa. O grupo, que já obteve um 8º lugar em 2016, escolheu retratar o tema “O Fantástico Mundo de Sonhos e Sons das Crianças”. A coreografia de entrada chega para representar o imaginário infantil mostrando o mundo fantástico das crianças, com bonecas recheadas de magia e soldadinhos batucadores de sonhos. Na saída, o grupo busca retratar os sons, dando foco ao instrumento cajon e evidenciando a alegria de tocar. “A escolha do tema foi retratar dois personagens que todos crianças adoram: os soldadinhos de bandas marciais e as bonecas de pano. Tra-

zemos isso de um jeito folclórico e foi o grupo que criou os brinquedos de forma reciclável”, revela Manoelle sobre a apresentação que promete encantar o público do evento no sábado. No mesmo dia o Ronda se apresenta no tablado do festival com o tema “Linguagem Musical”. A mirim do grupo participa do festival todos os anos desde 2011. “É o maior evento do Estado na categoria e conquistamos o posto de 2º e 3º melhor grupo em 2011 e 2017, respectivamente”, lembra o instrutor Mateus Tadei Dal Magro, à frente do grupo junto com Aline Siqueira. O tema fará uma homenagem à música, um tema cheio de possibilidades que não se resume apenas a entretenimento, mas que também é capaz de auxiliar no desenvolvimento cognitivo e motor do ser humano, principalmente na infância. É a partir daí que o grupo começa sua apresentação. A coreografia de entrada retrata a música na infância, onde ocorre a familiarização com os movimentos corporais. Já na saída, o grupo se inspira na importância das notas musicais para o aprendizado musical infantil. “Achamos muito interessante falar sobre a música, que é o que nos move enquanto dançarinos”, declara Mateus, sobre os ritmos e sons que embalam todos os amantes da dança, que não medem esforços para fazer bonito no tablado do FestMirim.


FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

Inside

Dolores Maggioni doloresmaggioni@terra.com.br

Manoelle Busetti

Tradicionalismo

9

Elegia para o abatimento da Flor

Divulgação

Prontos para a competição Aldeia Farroupilha e Ronda Charrua levam pequenos da Invernada Mirim para maior evento da categoria no Estado, neste sábado

O vento enfurecido guarda a volúpia do canto das panteras e vai magoando a epiderme. O dia, suspenso na memória, sobe montanhas num bonde de lembranças que parecem adormecidas em seus pijamas listrados de saudades. Desde o terraço da vida, observo a tarde embrulhada na sensação do despetalar de um mal-me-quer. Há todo um mistério escondido no apertado colete desta hora, onde eu vejo desabar todo o angélico de um conto de fadas. Infecundo, igual a um palhaço sem aplausos, o abraço protege o vazio com as meias de lã de quando a calmaria era. Saltimbanco, o coração dança sarcástica poeira na sinuosa geometria do vento enfurecido. Configuro o imaginário para que a poesia não desapareça. Já não sei mais planejar o sublime, nesta tarde rendida e selvagem. Despenca uma flor amarela. Flutua desde a verde trepadeira, agarrada ao muro desbotado. Seu corpo perfumado ruma a viagem sem retorno. Por minúsculos instantes, plana a aragem como em tormentos sensuais e irreversíveis. Tão entregue e indefesa, se deixa descansar no ardente colchão do estéril caxambu, com seu sonhar de pedra. Minha piedade apanha a flor caída, onde não mais irá cantar a alegria do beija-flor. A agonia da flor vai construindo o estertor do seu perfume, na jaula da minha mão em concha. O amarelo aveludado da tombada flor já não fremirá nos inexatos passos da ginga da folhagem. Com seus olhos cerrados, deita seus dedos de seda na catástrofe sombria de uma partitura interrompida. A flor vê desbotar seu amarelo encanto, no desencontro do amor do vento. Uma cantiga de dor entoa com seus temas cruzados, chorando a flor caída no vasto chão do acaso. Verão e seus torvelinhos, espelhando instantes onde a vida se reflete em momentos de pirâmides e outros mais de calabouço. Observo o colóquio entre a flor e a morte, em um adeus sem pressa. Passam as flores. Tudo passa. Mas permanecem nas sarjetas da poesia, versos sentidos, como barcos de papel buscando reinos fantásticos. Uma chuva comovida molha a última estrofe desta tarde incomum. O vento enlouquecido carrega a nuvem medonhamente escura. Reboam os trovões. Espantam-se os pássaros. Os relâmpagos, fotógrafos do absoluto, iluminam o funeral da flor tombada. E a chuva que começa a inundar a varanda, junta-se à elegia tristonha para o abatido reino da agonizante flor e seu interrompido idílio com a ave pontual que sempre vinha se abrigar em seu coração de mel. Tento deter a dor. Assim como quem puxa as rédeas de um cavalo arisco. No rastilho da chuva que corre na sarjeta e, com ares de jogral, fico a compactuar com fadas e duendes, num patético linguajar de nuvens e a inconcreta arquitetura que os ventos esculpem na folhagem. Acaba de morrer a flor. Junta suas pétalas como mãos em contrição, no derradeiro sono da Bela Adormecida. * Poetisa


Inside

10

FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

Sétima Arte

Uma disputa ferrenha entre egos inflados “Apenas o Começo” mostra uma doentia rivalidade entre dois lendários atores na trama roteirizada e dirigida pelo veterano Ron Shelton

O

Villa Capri é um luxuoso resort encrustado no meio do deserto de Palm Springs que tem em Duke Diver (Morgan Freeman) um animado e extrovertido gerente. Ele tem total controle sobre tudo e não mede esforços para bem atender seus hóspedes, formados basicamente por idosos endinheirados. Duke sabe aproveitar a vida e, justamente por isso, flerta com suas namoradas em um clima de permanente farra. Porém, a realidade está prestes a mudar. Logo chega ao local o visitante Leo McKay (Tommy Lee Jones), um ex-militar e agora megaempresário, que não faz nenhuma cerimônia. Folgado, não demora nada para tirar o anfitrião do sério com sua postura

desafiadora. Ou seja, Duke, que reinava absoluto no local, inclusive apoiado por um séquito de amigos, logo vê sua autoridade contestada, o que acaba ferindo seu ego e colocando em xeque sua irrestrita idolatria. As disputas entre os dois vão se acirrando à medida que os dias passam. No entanto, a maior rivalidade acaba aflorada com a chegada de Suzie Quince (Rene Russo), uma atraente mulher de meia idade que desperta o interesse da dupla e é constantemente alvo de flerte, tanto de Duke como de Leo, que na verdade parecem dois adolescentes brigando pela mesma garota. A situação termina por mobilizar todos os moradores do Villa Capri, como se a guerra deflagrada entre os dois fosse a principal diversão do resort.

Mas há uma outra história por trás. Duke tem um passado misterioso e ele logo acaba revelado, bem como a visita de Suzie e Leo também não são obras do acaso. Aos poucos, os propósitos são revelados o que acaba por embaralhar ainda mais a questão. Antes mesmo que esse triângulo amoroso tenha êxito ou seja resolvido, há necessidade de uma união entre os três para resolver um problema maior, que deixa o romance um pouco de lado. “Apenas o Começo” é uma trama simples, com nada de especial, que vale mais a pena justamente por ver em cena um trio de protagonistas de respeito, com os lendários Morgan Freeman e Tommy Lee Jones e com Rene Russo, uma atriz que não chega a ter o currículo de seus pretendentes

na trama, mas sempre tem atuações seguras. Ao lado, destacamos uma filmografia básica do trio, que sustenta o longa por sua história na Sétima Arte.


Inside

FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

11

Sétima Arte Divulgação

Imagem: Reprodução

Título original Just Getting Started Título traduzido Apenas o Começo

Direção e roteiro Ron Shelton Gênero Comédia Duração 93 minutos País Estados Unidos Ano de produção 2017 Estúdio Entertainment One Broadgreen Pictures Endurance Media Distribuição Sony Pictures

Filmografia recomendada

Triângulo (quase) amoroso Leo McKay (Tommy Lee Jones), Duke Diner (Morgan Freeman) e Suzie Quince (Rene Russo): aproximação imediata e interesses difusos ao longo da trama

Morgan Freeman Armação Perigosa (1987) Tempo de Glória (1989) Conduzindo Miss Daisy (1989) Um Sonho de Liberdade (1994) Seven (1995) Amistad (1997) Beijos que Matam (1997) Menina de Ouro (2004) Antes de Partir (2007) Invictus (2009) Rene Russo Justiça sob Tutela (1991) Na Linha de Fogo (1993) Epidemia (1995) Tudo por Dinheiro (2005) O Abutre (2014) Tommy Lee Jones O Horóscopo de Eliza (1975) Os Olhos de Laura Mars (1978) O Destino Mudou sua Vida (1980) O Fugitivo (1993) O Cliente (1994) MIB: Homens de Preto (1997) Três Enterros (2005) Onde os Fracos não têm Vez (2007) Lincoln (2012) Um Divã para Dois (2012)


12

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Tenha atenção com a agitação para lidar com investimentos. O céu pede urgência para fazer algum tipo de investimento. Ainda há o efeito da Lua Minguante. Mas você vai conseguir resolver tudo. É necessário agir com cautela e consciência das responsabilidades.

Touro - 21/04 a 20/05

A semana vem carregada de ansiedade e vontade de tomar decisões com urgência. Tenha atenção, porque você está vulnerável à situação e deve preservar a sua imagem e suas posturas. Tome decisões com consciência, para que possa seguir mais seguro e pleno.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

Você está muito ansioso e precisa avaliar o campo emocional, porque a sensação é de que não vai dar conta das decisões que precisa tomar e gerenciar. Busque silenciar e avaliar a melhor forma de transitar a experiência com tranquilidade.

Câncer - 21/06 a 20/07

Os projetos devem ser reformulados. Você vai perceber que as coisas estão saindo de ordem e do seu controle. Tenha atenção com a impulsividade para lidar com investimentos. Uma pessoa o ajuda a dar ordem às suas ideias e aos seus planos.

Leão - 21/07 a 22/08

Semana caótica e com definições fortes para dar movimento às suas. O cenário aponta cortes e afastamentos. Tenha atenção com a ansiedade e com a impulsividade. Busque preservar a sua imagem e o seu físico. Você vai perceber que o trabalho e a rotina seguem sólidos.

Vírgem - 23/08 a 22/09

As ideias ousadas são movimentadas, entretanto, vale a pena avaliar o que deve ser finalizado para que o novo realmente entre. Busque refletir sobre as suas atitudes de uma forma mais silenciosa. Usando a sua sabedoria, você saberá exatamente o que deve ser feito.

Libra - 23/09 a 22/10

É importante avaliar as condições financeiras, principalmente as de outras pessoas que se relacionam com as suas ideias. O cenário apresenta-se em colapso e muitas coisas fogem do seu controle. Se souber usar a sabedoria, será possível realizar tudo com estrutura.

Escorpião - 23/10 a 21/11

Há mudanças consideráveis no relacionamento. Você precisa entender o momento atual para permitir que novas situações e circunstâncias se aproximem. Ambos estão sendo levados a refletir sobre mudanças e afastamentos podem ocorrer.

Sagitário - 22/11 a 21/12

É importante se abrir para as mudanças que vêm para inovar o seu trabalho. Por isso é natural que haja cortes e afastamentos de coisas e pessoas que não funcionam mais. Você está confiante e com os caminhos abertos e sólidos para conquistar estrutura financeira.

Capricórnio - 22/12 a 20/01

O campo afetivo passa por inovações e você deve estar aberto para permitir que o novo entre. Por isso é importante observar se o cenário está receptivo. Os filhos também passam por mudanças consideráveis. Tenha atenção com a ansiedade. Você está se sentindo mais sólido.

Aquário - 21/01 a 19/02

Uma notícia afeta consideravelmente a família. É preciso dar atenção à ansiedade para lidar com fatores que não estão sob o seu controle. As mudanças afetam todos, mas você está sendo amparado para lidar com a situação de uma forma resiliente e madura.

Peixes - 20/02 a 20/03

O seu ambiente próximo segue caótico e com imprevistos. É preciso dar atenção a desligamentos no trabalho e com o trânsito. É importante estar desperto a novas ideias e a novas formas de trabalhar. Com sabedoria, você será levado a tomar decisões maduras e congruentes.

Inside

FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019


FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019

VENDO LOJA DE AUTOMÓVEIS: RSC 453 próximo ao trevo Santa Rita; com clientela e nome consolidados. Tratar (54) 9 9118.1642. VENDE-SE TERRENO DE ESQUINA, com 1.377m², a uma quadra da rodoviária e do Shopping Centro de Compras. Contatar através do telefone (54) 9 9118.1642.


2

FARROUPILHA, 26 DE JULHO DE 2019


Profile for Informantef Informantef

Edição 598  

Jornal Informante (Farroupilha/RS)

Edição 598  

Jornal Informante (Farroupilha/RS)

Advertisement