__MAIN_TEXT__

Page 1

FARROUPILHA

|

ANO XII

| EDIÇÃO 596

| 12 DE JULHO DE 2019 |

R$ 3,00

Carolina Antunes/Presidência da República

Brinde à Capital do Moscatel Acompanhado da primeira dama e deputada estadual Fran Somensi, o prefeito Claiton Gonçalves teve audiência com o presidente Jair Bolsonaro na quarta e, além de agradecer pela sanção da lei que conferiu a Farroupilha o título de Capital Nacional do Moscatel, debateu a questão que envolve a construção do Parque Zenit, da UFRGS Serra, que tem o município como berço Editoria de Política, página 11, e Editorial

MATÉRIA ESPECIAL

CIDADE

INSIDE

Gaúcho x Titanium: quem leva? Auxílio no transporte público Um tributo ao ícone Cazuza Equipes fazem decisão da Copa União de Aplicativo Transit, desenvolvido pela Clubes neste sábado, na Linha Sertorina Olavo Bilac, será lançado nesta sexta Páginas 2 e 3 Página 9

Promoção do Sesc, Valério Araújo abre fim de semana interpretando o cantor e poeta Capa


2

FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

VALE A TAÇA

Gaúcho e Titanium decidem o Equipes lutam pelo título da Copa Farroupilha em duelo neste sábado à tarde, na rodada dupla decisiva em Linha Sertorina

I

niciada em 16 de março, a Copa Farroupilha União de Clubes, organizada pelo trio Luciano Tomé, André Mello e Márcio Marques, movimentou o município ao longo de quatro meses. Neste sábado é a hora de conhecer a equipe campeã da temporada numa luta farroupilhense entre o Gaúcho, da Linha Sertorina, e o Titanium (veja ao lado as campanhas dos finalistas. “Acredito que tenha sido positiva. Tentamos realizar uma compe-

tição organizada, com baixo custo. Das 14 equipes, quero parabenizar o alto nível das farroupilhenses, que estão com um ótimo plantel e contam com jogadores de qualidade. Dos seis times da cidade, cinco se classificaram às quartas de final e duas farroupilhenses chegaram à decisão”, destacou Luciano, reforçando que o objetivo é de fazer justamente renascer o futebol no município, outrora forte. “Só tenho a agradecer a todos os atletas, dirigentes, comunidades, arbitragem e aos apoiadores, por comprarem a ideia de ajudar a resgatar o futebol de Farroupilha. Faremos o possível para realizar uma nova edição em 2020, buscando melhorar em muitos aspectos”, assegurou o organizador da disputa, que coloca frente a frente duas equipes do município que, desde o início, mostraram que tinham condições reais de fazer a final.

Melhor campanha Gaúcho teve apenas uma derrota, justamente para o Titanium, e espera dar o troco na decisão

Campanha Gaúcho

Fase classificatória Gaúcho 3x1 Azulão Gaúcho 7x2 Baile de Munique Gaúcho 1x0 Olimpíacos Gaúcho 5x2 Paysandu Gaúcho 3x2 Los Thicos Gaúcho 4x1 Trans 2001 Gaúcho 8x3 Atlético Nova Vicenza Gaúcho 0x2 Titanium Gaúcho 6x1 Pôr do Sol

Gaúcho 9x2 Sapucaia Gaúcho 1x0 Apollo Gaúcho 2x0 Industrial Gaúcho 2x1 Lyon Quartas de Final Gaúcho 2x1 Los Thicos Semifinal Gaúcho 2x0 Paysandu Resumo 14 vitórias e 1 derrota 55 gols marcados e 18 gols sofridos


3

FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

Fotos: Divulgação

caneco da União de Clubes

Escrita mantida? Titanium foi o único a derrotar o Gaúcho e resultado dá confiança para a equipe na decisão

Campanha Titanium Fase classificatória Titanium 3x2 Olimpíacos Titanium 6x3 Azulão Titanium 0x5 Los Thicos Titanium 5x3 Trans 2001 Titanium 3x2 Lyon Titanium 5x1 Sapucaia Titanium 3x0 Apollo Titanium 2x0 Gaúcho Titanium 1x1 Baile de Munique

Titanium 2x1 Atlético Nova Vicenza Titanium 6x2 Pôr do Sol Titanium 2x3 Industrial Titanium 0x2 Paysandu Quartas de Final Titanium 1x0 Industrial Semifinal Titanium 0x0 Lyon (pênaltis 6x5) Resumo 10 vitórias, 2 empates e 3 derrotas 39 gols marcados e 25 gols sofridos

O Gaúcho fez uma campanha praticamente irrepreensível, tendo perdido apenas um duelo e vencido os demais. A derrota, contudo, foi justamente para o rival da decisão. O time da Linha Sertorina aposta no poderio ofensivo já que foi às redes 55 vezes, e na força de sua defesa, que foi vazada apenas 18 vezes. Atuar em casa também é uma vantagem da agremiação de melhor campanha. O Titanium, por sua vez, sofreu três derrotas e dois empates, e tem 10 vitórias, uma sobre o Gaúcho. A

equipe não fechou bem a classificatória, quando teve duas derrotas e finalizou em 3º. Contudo, seu sistema defensivo não foi vazado nas quartas e semifinal e busca conquistar o caneco nos domínios do rival. A decisão começa às 15h15min deste sábado. Antes da definição do campeão é hora de conhecer quem ficará em 3º, no duelo entre o farroupilhense Lyon e o bento-gonçalvense Paysandu. Não há vantagem nos confrontos. Se eles finalizarem empatados, a disputa segue para as cobranças de pênaltis.

Decisão da Copa Farroupilha 3º lugar Final

X Linha Sertorina Sábado, às 13h15min

X Linha Sertorina Sábado, às 15h15min


4

FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

Cadastro Positivo Pedro Mahin Araujo Trindade *

F

oi sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro, no último dia 8 de abril, a Lei Complementar 166/2019, que altera a Lei do Cadastro Positivo (Lei 12.414/2011), para tornar automática a inclusão do histórico de crédito de consumidores, pessoas físicas e jurídicas, em banco de dados administrado por gestor autorizado a funcionar pelo Banco Central. Essa alteração entrará em vigor em julho de 2019. Até lá, a inscrição no Cadastro Positivo será facultativa, dependendo de autorização prévia de consumidores. O propósito é que, com a possibilidade de uma análise de risco do crédito mais rigorosa, se torne viável o aumento da disponibilidade de crédito e a redução da taxa de juros para os bons pagadores. Isso permitiria a injeção de maior liquidez na economia, com impactos diretos sobre o comércio e sobre a atividade econômica como um todo, fomentando a geração de emprego e renda. Apesar dos possíveis efeitos benéficos da Lei, a guarda das informações de consumidores pelos gestores do banco de dados deve ser objeto de rígido controle, para evitar a utilização de dados pessoais e bancários dos cadastrados para outras finalidades que não a análise de risco e a concessão ou a extensão de crédito. Tal controle torna-se ainda mais necessário porque a Lei Complementar 166 retira da Lei 12.414 a obrigatoriedade de autorização prévia dos dados de consumidores para o compartilhamento de seus dados entre diferentes gestores do banco de dados. Vale recordar que a Lei do Cadastro Positivo veda a anotação de informações sensíveis, como origem social e étnica, estado de saúde, informação genética, orientação sexual, convicções políticas, religiosas e filosóficas, ou quaisquer outras não vinculadas à análise de risco de crédito do consumidor. Trata-se de norma necessária para evitar possível tratamento discriminatório nas operações de concessão de crédito. Por outro lado, as regras para atribuição de nota ou pontuação de crédito deverão ser o mais transparentes e claras pos-

sível, não bastando que as informações armazenadas para a formação do histórico de crédito de consumidores o sejam. Como previsto na Lei, o gestor está autorizado a disponibilizar aos consulentes a nota ou a pontuação de crédito elaborada com base nas informações constantes do banco de dados, porém não há regras sobre como essa nota ou pontuação será atribuída. Além disso, a Lei do Cadastro Positivo contraria as normas de proteção ao consumidor ao estipular que o histórico de crédito dos consumidores será preservado nos bancos de dados por até 15 anos. O Código de Defesa do Consumidor estabelece que cadastros de consumidores não podem conter informações negativas por períodos superiores a 5 anos. Esse lapso temporal é necessário para permitir que iniciativas como a da Lei do Cadastro Positivo não sirvam para ampliar o fosso da desigualdade socioeconômica no Brasil, já um dos 10 Países mais desiguais do planeta, segundo dados da Oxfam. A prorrogação do prazo de preservação dos dados de 5 para 15 anos pode ser determinante para que essas pessoas não acessem o crédito necessário para transformar a sua situação. Apesar de favorecer os bons pagadores, a Lei gera obstáculos ao acesso de maus pagadores ao crédito. Em regra, os maus pagadores são pessoas que se encontram em estratos mais vulneráveis da população, com dificuldades de acesso ao emprego e à renda. Nesse sentido, é significativo que, no Brasil, segundo dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), o ano de 2017 encerrou com 60,2 milhões de pessoas com alguma restrição de acesso ao crédito. Por fim, a criação do Cadastro Positivo não basta, em si, como política pública de acesso ao crédito. É necessário estabelecer a geração de emprego e renda como prioridade da política econômica do governo, em todas as suas esferas, e promover a educação financeira da população, como forma de evitar que os consumidores se endividem em excesso e tenham seu nome negativado. * Advogado especialista em Direito Material e Processual do Trabalho


6

FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

Viabilizando o futuro

Índice

Editorial

Matéria Especial .................................... Páginas 2 e 3 Editorial ...................................................Página 6 Opinião...................................................... Página 7 Economia .................................................. Página 8 Cidade ........................................................ Páginas 9 e 10 Política ..................................................... Página 11 Educação .................................................. Página 12 Esporte ..................................................... Páginas 13 a 15

Inside

Especial..................................................... Capa Cinemas ..................................................... Página 2 Desenho .................................................... Página 3 Crônicas da Redação ............................. Página 4 Agenda....................................................... Página 4 Gastronomia............................................ Página 5 Paulo Roque Gasparetto ..................... Página 5 Social ........................................................ Páginas 6 e 7 Fabrício Oliboni ..................................... Página 8 Enogastronomia..................................... Página 8 Teatro ........................................................ Página 9 Dolores Maggioni .................................. Página 9 Sétima Arte .............................................. Páginas 10 e 11 Horóscopo ............................................... Contracapa Saúde, Beleza & Estética...................... 4 páginas Classificados .......................................... 8 páginas

Divulgação

Na quarta à tarde, em Brasília, o prefeito Claiton Gonçalves, acompanhado da primeira dama e deputada estadual Fran Somensi, esteve em audiência com o presidente Jair Messias Bolsonaro. A prática tem sido constante, diferente de anos anteriores, quando os chefes do Poder Executivo federal se encastelavam no Palácio do Planalto e dificilmente recebiam visitas. Embora é evidente que o presidente não tenha condições de atender as inúmeras reivindicações, é importante que esteja a par das demandas e consiga, a partir das visitas, determinar prioridades. No primeiro momento, o prefeito fez questão de agradecer ao presidente pela sanção da lei que definiu Farroupilha como a Capital Nacional do Moscatel, uma das primeiras ações do governo Bolsonaro e um esforço coletivo, que foi viabilizado a partir de muitas mãos e que, embora aparentemente simples, afinal de contas, consiste apenas em uma nomeação, a outorga pode ser muito bem aproveitada pelo município, que tem condição de fazer uso da distinção como uma grife adicional e explorá-la, tanto no campo da economia como do turismo, algo que já está acontecendo. A reunião com Claiton tratou especificamente do Parque Zenit, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) na Serra, que terá Farroupilha como berço. Há necessidade de se obter, junto ao governo federal, recursos necessários à construção do prédio, que será um centro de inovação e tecnologia e que renderá muitos benefícios para toda a região e, mais diretamente, para o município. O encontro deixa em destaque a importância da unidade para o desenvolvimento da Serra e vai ao encontro da agenda do Palácio do Planalto, que é voltada à pauta. O prefeito citou a possibilidade de avanço, com o Zenit, dos estudos com o nióbio e o grafeno, e foi muito feliz na abordagem (veja mais na Editoria de Política, página 11). Quando Bolsonaro falou sobre o elemento químico e o material, antes

mesmo do início da campanha, foi amplamente ridicularizado. Na certa, se propusesse algo inédito e inovador, como a estocagem de vento, por exemplo, certamente seria aplaudido. O que realmente importa é que o governo tem uma linha de conduta que está focada no desenvolvimento de novas tecnologias e a nova unidade da UFRGS tem justamente esse propósito. Porém, a possibilidade de obtenção desses recursos é potencializada a partir do que ocorreu, também em Brasília, na quarta à noite, poucas horas depois da visita do prefeito ao presidente. A aprovação, em 1º turno, por parte da Câmara dos Deputados, da Reforma da Previdência, é uma vitória do Brasil. Os parlamentares do atraso, que desejam manter as regalias e o sistema que beneficia uma pequena casta de privilegiados, não tiveram força para impedir um triunfo acachapan-

te, não do governo, mas do País. O mercado financeiro já sinalizou de maneira positiva à conquista e isso é um termômetro importante para o restabelecimento da confiança e atração de investidores. É claro que a reforma, por si só, não vai resolver o problema de um Estado corroído pela corrupção desde o período de redemocratização, mas abre uma perspectiva interessante para que outras ações sejam tomadas e, acompanhadas do fechamento dos dutos por onde o dinheiro público era desviado, tenham a condição de assinalar um novo momento para a política nacional, que vai viabilizar não somente o pagamento das aposentadorias no futuro, mas a injeção de investimentos no País e a aplicação pontual de recursos para as áreas que efetivamente vão desenvolver a nação. O Parque Zenit certamente entra nessa conta.

Redação - redacao@jornalinformante.com.br

Assinaturas-assinaturas@jornalinformante.com.br

Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br Ramon Cardoso ramon@jornalinformante.com.br Yasmin Signori Andrade yasmin@jornalinformante.com.br

Comercial-comercial@jornalinformante.com.br Fabiano Luiz Gasperin gasperin@jornalinformante.com.br Maria da Graça Potricos Leite maria@jornalinformante.com.br

Anúncios - anuncios@jornalinformante.com.br Marcelo Bortagaray Mello marcelo@jornalinformante.com.br Tiago Rodrigues da Silva tiago@jornalinformante.com.br

Financeiro-financeiro@jornalinformante.com.br Keli de Almeida Maciel keli@jornalinformante.com.br

Assinatura Bienal: R$ 240,00 Assinatura Anual: R$ 140,00

Telefones (54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203

Endereço Rua Dr. Jaime Romeu Rössler, 348, Bairro Planalto

Colunistas Crônicas da Redação Dolores Maggioni Egui Baldasso Fabrício Oliboni

Guilherme Macalossi Gustavo Pimentel Lauro Edson Da Cás Paulo Roque Gasparetto

A manifestação dos colunistas é livre e independente e não necessariamente reflete a opinião do Tabloide sobre os temas abordados nas colunas

@PaperInformante www.jornalinformante.com.br

/jornalinformante


7

FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

O impacto da abertura de mercado às companhias aéreas estrangeiras A sanção do presidente à Medida Provisória que permite o ingresso de companhias aéreas estrangeiras ao País, certamente impactará o mercado de consumo. Espera-se que o resultado seja observado com mais facilidade nos preços aplicados pelas companhias aéreas. A concorrência é o melhor remédio para incentivar de maneira orgânica a redução de preços. Ainda que existam agências reguladoras de mercado como a ANAC (Agência Nacional da Aviação Civil), sua atuação é mais de regulamentação e fiscalização do que implementação de políticas destinadas à redução de preços ao consumidor. Isso sem contar algo que ocorre com frequência em agências reguladoras ao redor do mundo, isto é, a contaminação de interesses, pois como o mercado regulado pode ser muito especializado, os profissionais das empresas privadas que integram esses órgãos, quando saem desses órgãos, acabam retornando ao mercado, exatamente junto às empresas que meses antes fiscalizavam. Logo, obviamente não em todas as situações, pode haver uma falta de interesse das

Divulgação

Bruno Boris *

agências em fiscalizar efetivamente o mercado. Por isso a concorrência é um mecanismo muito mais eficiente. Em relação ao veto da bagagem gratuita, entendo que a posição do presidente está correta, pois essa é uma regra que o mercado deve regular, seja por sua agência reguladora ou pelas companhias aéreas. O consumidor deve entender que a não cobrança individualizada da bagagem

sempre será incluída no preço médio da passagem, fazendo com que consumidores que não levam bagagem paguem pelos que levam. Entendo ser uma medida adequada. Acompanho muito o mercado de consumo e quando algum órgão público procura obter isenção de valores para determinados serviços privados ofertados no mercado, o único resultado que conseguem obter é tornar

coletivo o custo, e caso o fornecedor não consiga absorver essa redução de lucro, certamente repassará ao consumidor. Mas esse repasse coletivo é algo que muitos dos defensores dos consumidores preferem não debater. * Mestre em Direito Político e Econômico e professor da Universidade Presbiteriana Mackenzie Campinas

Precisamos falar sobre segurança digital Imagem: Reprodução

Marcelo Chiavassa de Mello * O avanço das novas tecnologias vem moldando (e mudando) de forma veloz o comportamento humano. Os espaços públicos de debates não existem mais, sendo substituídos pelas redes sociais. O telefone fixo é uma das vítimas mais recentes dessas mudanças. As pessoas não usam mais o telefone para telefonar (contraditório, sim). Usam para mandar mensagens, áudios, vídeos, emoticons e, agora, stickers. Mais rápido, mais ágil e praticamente instantâneo, os chats (apps de mensagens instantâneas) dominam a comunicação na sociedade atual. A troca de informação sensível também segue o mesmo caminho. Os encontros em ambientes fechados ainda são bastante comuns, porém logisticamente mais difíceis que uma simples ligação ou mensagem. O aprimoramento dos apps de mensagens instantâneas – que agora vendem a ideia da segurança através

da criptografia – fez com que as pessoas passassem a acreditar estarem navegando em algo sempre seguro e protegido, onde poderiam falar o que quiser, sem riscos de exposição. Isso, entretanto, não é verdade. Além dos riscos oferecidos pelos próprios aplicativos, o fato é que nós (humanos) somos alvo fáceis de outros humanos, que nos enganam com a mesma facilidade com a qual enganamos cachorros ao fingir que jogamos uma bolinha na praça. Por mais seguro que seja o aplicativo (mas não infalíveis), boa parte dos problemas nascem de más práticas diárias dos próprios usuários. O mundo digital é seguro? Tanto quanto o mundo analógico: é seguro se soubermos onde andar, quais caminhos seguir, a quem dar ouvidos e não compartilharmos segredos com qualquer pessoa. * Professor de Direito Civil, Digital e da Inovação da Universidade Presbiteriana Mackenzie


8

FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

COMÉRCIO

Nova Farmácia São Lucas na cidade Ampliando o leque de atuação da tradicional rede, quarta unidade abriu as portas na sexta, junto ao Posto Nicoletti Tiago Rodrigues da Silva

U

nidades localizadas em endereços estratégicos, equipe qualificada, variedade de produtos e ainda o melhor preço, tudo isso nas Farmácias São Lucas – Farmácias Associadas que, a partir de agora, conta com mais um empreendimento. Abriu as portas na sexta, na Barão do Rio Branco, 533, junto ao Posto de Combustíveis Nicoletti, a quarta filial. Já tradicional na cidade, sinônimo de confiabilidade, a São Lucas tem 25 anos de atuação e opera com a bandeira de associativismo, por meio da rede Farmácias Associadas. Além de medicamentos, disponibiliza perfumaria, inclusive com marcas importadas, dermocosméticos e artigos infantis. A nova unidade conta com estacionamento privativo, atendimento qualificado, que é uma das marcas da rede, congregando ainda serviços de saúde como aplicação de injetáveis farmacêuticos, verificação de glicose e de pressão arterial. Atende de segunda a sábado, das 7h às 22h, e aos domingos e feriados, das 8h às 20h. Durante todo o mês, o cliente ainda conta com diversas promoções de inauguração. Outras unidades da Farmácia São Lucas estão localizadas na Júlio de Castilhos, 593, que é a matriz, e as filiais na Independência, 567 e na Pinheiro Machado, 514.

Ampliando atuação no mercado farroupilhense Localizada em ponto estratégico e junto ao Posto Nicoletti, a quarta filial da São Lucas - Farmácias Associadas já está em operação


9

FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

Imagem: Reprodução

TransporTe

Transit será lançado Aplicativo mostra paradas de ônibus, trajetos e horários do transporte público farroupilhense

J

á está disponível para download nos sistemas Android e iOS o aplicativo que mapeia o transporte público do município. Gratuito, o serviço mostra paradas de ônibus, trajetos e horários. O lançamento oficial do aplicativo será nesta sexta, às 18h30min, no Salão Nobre da Prefeitura. O Transit foi criado em 2012, no Canadá, e é um dos maiores apps de trânsito do mundo. Farroupilha é a primeira cidade da América Latina a ter o sistema. O processo de elabora-

ção do aplicativo teve início em 2015 com o Projeto Feito na Biblioteca, desenvolvido pela Caravan Studios, da Califórnia, e patrocinado pela Fundação Bill e Melinda Gates. A Biblioteca Pública Municipal Olavo Bilac aderiu ao projeto e, após pesquisas com a comunidade sobre quais aplicativos de celular poderiam beneficiar a cidade, foi decidido por um aplicativo de transporte público. Por meio de coordenação de Richard Abisla, foi definida uma força-tarefa para mapear todas as rotas do transporte coletivo urbano com apoio de

Programe-se O que: lançamento aplicativo Transit Quando: nesta sexta, às 18h30min Onde: Salão Nobre da Prefeitura Quanto: evento gratuito

9 de julho Eduardo Prandini, 74 anos. Sepultamento no CPM. 10 de julho Maria Da Cás Tonin, 84 anos. Sepultamento no cemitério de Nova Vicenza; Tania Maria Baumgaertner, 69 anos. Sepultamento no CPM; Alex Luis Longhi, 52 anos. Sepultamento no Memorial Crematório São José de Caxias do Sul; Alcinila da Silva Alves, 87 anos. Sepultamento no cemitério de Nova Vicenza.

Esse é o Totó. Um cãozinho idoso muito querido, que se dá bem com outros cães e é de porte médio. Totó foi abandonado por ser idoso e aguarda adoção há dois anos em um lar temporário. Interessados em adotar podem manter contato pelo fone 999.371.647.

Já pode baixar Aplicativo, que irá auxiliar quem usa o transporte público, já está disponível para os sistemas Android e iOS

Divulgação

Alguém quer me adotar?

Obituário 7 de julho Nelda Giordani Caregnato, 79 anos. Sepultamento no cemitério da Capela da Glória, em Bento Gonçalves. 8 de julho Luiza Othilia Mauri, 85 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de Linha Boêmios (4º Distrito); Aquilino Reginato, 82 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal (CPM); Altair Gomes da Cunha (Irmã Piquininha), 88 anos. Sepultamento no CPM.

voluntários e uso de aparelhos de GPS. Voluntários do IFRS Campus Farroupilha, coordenados pelo professor Felipe Sampaio, iniciaram o mapeamento, e participantes do Comitê Jovem Conectando Mentes retomaram o processo em 2019, finalizando o aplicativo que agora está disponível para download.


10

FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

DESTAQUE

É de Farroupilha o Prêmio Boas Práticas Município é reconhecido pela Famurs na 3ª edição do evento, nas categorias Fazenda e Agricultura, com 1º e 2º lugar às transferências constitucionais que é o dinheiro do Estado e União que o município tem direito a receber. Tínhamos uma fiscalização insuficiente, então organizamos o setor, nos adequamos às tecnologias e fizemos vários convênios que possibilitaram um aumento significativo nas transferências constitucionais”, considera Benami Spilki, secretário municipal de Finanças, reforçando ainda que as ações possibitaram aumento da arrecadação municipal e o reconhecimento de Farroupilha no Estado. Já na categoria Agricultura, Farroupilha conquistou o 2º lugar com o Programa de Formação Técnica em Inovação no Agronegócio, viabilizando intercâmbio na Itália para cinco jovens agricultores. O foco foi buscar aprendizado de novas técnicas

Divulgação

D

os 374 projetos de 178 prefeituras concorrentes em 10 categorias, Farroupilha faturou dois destaques no 3º Prêmio Boas Práticas da Federação das Associações dos Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs). Os troféus foram entregues junto ao 39º Congresso de Municípios do Estado do Rio Grande do Sul, que foi realizado em Bento Gonçalves. Farroupilha ficou em 1º lugar na categoria Fazenda com o projeto “Sefin 4.0”, que propiciou o aumento da receita municipal por meio de estratégias inovadoras voltadas à fiscalização. “Esse projeto retrata os últimos cinco anos. Antes tínhamos uma posição muito pacífica em relação

e habilidades da produção, processamento e comercialização da uva e do kiwi, também focando na permanência do jovem no campo. A ação aconteceu por meio do Gemellaggio, um acordo de cooperação internacional, firmado entre Farroupilha e a cidade italiana de Latina.

Iniciativas Premiação foi entregue pela Famurs, reconhecendo ações de destaque desenvolvidas pelas prefeituras


11

FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

VISITA AO PLANALTO

Demandas de Farroupilha para Bolsonaro Prefeito Claiton Gonçalves e a primeira dama e deputada estadual Fran Somensi foram recebidos pelo presidente na quarta

E

m agradecimento à nomeação de Farroupilha como Capital Nacional do Moscatel, o prefeito Claiton Gonçalves (PDT) e a deputada estadual Fran Somensi (PRB) estiveram no Palácio do Planalto na tarde de quarta e foram

recebidos pelo presidente Jair Messias Bolsonaro (PSL). Outros assuntos da Serra Gaúcha também foram tratados no encontro. “Apresentamos o projeto da UFRGS na Serra, em avanço com o nióbio e o grafeno. O presidente ficou muito animado com esses assuntos nos quais devemos ter um aplauso

também da Câmara dos Deputados, já que será apresentado para a Bancada Gaúcha, a fim de termos o financiamento necessário para construção do Parque Zenit da UFRGS em Farroupilha”, destacou Claiton. O prefeito, junto à primeira dama, fez ainda a entrega de uma placa de agradecimento produzida pela Tra-

montina, e presentou Bolsonaro com um moscatel e um vinho da Casa Perini. Também deixou convite para que o chefe do Executivo Nacional esteja no 9º Festival do Moscatel, que acontece em Farroupilha dias 31 de agosto, 6, 7, 13, 14, 20 e 21 de setembro. O deputado federal Bibo Nunes (PSL/ RS) também acompanhou a visita.

Comissão de Ética inicia os trabalhos

F

oi criada nesta semana a portaria de designação dos vereadores para comporem o Código de Ética Parlamentar do Poder Legislativo a fim de apurarem as circunstâncias que envol-

vem o então vereador Raul Herpich (PDT), acusado pelo desvio de R$ 1,1 milhão enquanto respondia pela presidência de duas cooperativas habitacionais. Fabiano André Piccoli (PT), que propôs a criação da comissão, está presidindo os trabalhos, junto aos

integrantes Jonas Tomazini (MDB), Tadeu Salib dos Santos (PP), Odair Sobierai (PSB), David Argenta (PDT), Alberto Maioli (Rede), Léo Guth (PRB) e Sedinei Catafesta (PSD). A comissão está no aguardo da representação contra Herpich que será emitida por Sandro Trevisan, presidente do

Legislativo, na próxima semana. “Depois do procedimento, chamo os integrantes da comissão, que são um por bancada, e elegeremos uma subcomissão com relator e revisor para analisar a denúncia e dar sequência aos trabalhos da comissão”, explica Piccoli.


12

FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

FORMAÇÃO JUVENIL

Conversa com quem é bom exemplo Escola Municipal Oscar Bertholdo desenvolve projeto “Sextou”, que atende 50 estudantes do 6º ano neficiando 50 alunos. O primeiro encontro aconteceu com a professora Deisi Noro, que falou sobre planejamento, organização e responsabilidade. Depois foi a vez de Daria Dontsova, intercambista russa, abordando os costumes de seu País e envolvendo a prática da Língua Inglesa. “Como os estudantes do 6º ano passam a ter um professor para cada disciplina e não apenas um docente conduzindo a turma, percebemos que eles ficam um pouco desorganizados e pensamos em oferecer uma

Caravaggio mobiliza comunidade no Dia C

Cerca de 300 pessoas acompanharam atividade especial na Escola Municipal Nossa Senhora de Caravaggio no último sábado. Foi o Dia de Cooperar. Ioga, reiki, zumba, ginástica laboral, orientações sobre higiene bucal, brinquedos infláveis e outras diversas atividades foram ofertadas gratuitamente à comunidade. Teve ainda coleta de alimentos para o Hospital Beneficente São Carlos (HBSC), que arrecadou 240 quilos, além de óleo de cozinha e pilhas usadas, agasalhos e medicamentos. A coordenação foi da professora Maria Evelise Sangalli Rodrigues e esta foi a 2ª edição do evento na escola.

Próximo palestrante Alan conduz bate-papo com alunos nesta sexta Divulgação

g

Aprovação

formação mais ampla neste momento que exige maior responsabilidade e maturidade”, considera Cleonice Cortelletti, diretora. O próximo encontro será nesta sexta, a partir das 7h30min, conduzido pelo bombeiro Geomir Alan Da Cás que abordará a busca pelos sonhos e a disciplina necessária para atingir os objetivos, dividindo um pouco de sua caminhada profissional. Outros temas como direitos e deveres, cyberbullying, saúde e espiritualidade deverão ser abordados nas próximas etapas.

Divulgação

A

intenção é oferecer aos estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental uma formação mais ampla, que ajude a amadurecer as relações dos adolescentes com o mundo e com os próprios colegas. Esta é a proposta do projeto “Sextou” da Escola Municipal Oscar Bertholdo, do bairro Imigrante. Implantado há poucos meses na instituição, oferta diversas palestras durante o ano para duas turmas, be-

Ação comunitária Paralelo ao evento Dia C também foram realizadas campanhas de coleta de alimentos para o Hospital São Carlos e de medicamentos para a Farmácia Solidare


13

FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

ARTES MARCIAIS

Paradesportista em campeonato de Jiu-Jitsu Representando o Centro de Jiu-Jitsu Farroupilha, Paulo Clavijo compete em Santa Catarina nesta sexta e sábado Capital catarinense. “Minha expectativa é de ir bem no campeonato e quem sabe trazer uma medalha para Farroupilha. Estive treinando duas vezes ao dia nesses últimos dois meses, entre treinamento técnico e físico no Centro de Jiu-Jitsu Farroupilha”, explica o paratleta. Ex-policial militar, Paulo possui a Síndrome Machado Joseph, uma doença degenerativa, e por este motivo está afastado de suas funções. “Não será fácil, são muitos atletas que treinam duro e se dedicam mesmo, assim como eu, a maioria já tem uma bagagem maior do que a minha, mas vou para cima dos adversários”, assegura, lembrando que estava afastado do Jiu-Jitsu e retomou os treinos por influência de seu filho Arthur, de 9 anos.

Preparado Clavijo retornou aos treinos por influência do filho e se prepara para o primeiro grande desafio na disputa em Florianópolis

Divulgação

O

atleta Paulo Roberto Arbello Clavijo, 42 anos, é o representante do Centro de Jiu-Jitsu Farroupilha no 1º Brasileiro de Jiu-Jitsu Paradesportivo que acontece nesta sexta e sábado, em Florianópolis, Santa Catarina. O evento será no Hotel Internacional Canasvieiras. Será a primeira vez que Clavijo participa como paradesportista, competindo na categoria N, destinada a atletas com doenças degenerativas. Paulo é Faixa Branca 3 graus e pratica a arte marcial há cerca de um ano, no Centro de Jiu-Jitsu Farroupilha, no bairro Medianeira. É treinado por Cilonei Monteiro, que o acompanhará no campeonato na


14

FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

Projeção

Destaque no Torneio Brasileiro de Pádel De Farroupilha, Henrique Paese Rattis ficou entre os quatro melhores em nível nacional e projeta futuro no esporte Castellón, na Espanha. “Fiquei muito feliz com o resultado. Adoro treinar pádel e agora estou me preparando para a seletiva”, comemora Henrique. A história do garoto com o esporte começou há tempo. Acompanhava o pai, Róbson Rattis, nas quadras desde que começou a andar. Treinou por muitos anos tênis, e neste ano começou a se dedicar ao pádel, já demonstrando seu talento nas primeiras competições. “Queremos propagar e incentivar o esporte na cidade. Praticamente todas as cidades da região têm lugar para treinar e seria muito legal ter uma quadra para o Henrique treinar aqui também”, ressalta o pai, Róbson. O pádel é um esporte praticado em dupla que se assemelha ao tênis, porém de forma mais dinâmica. Henrique treina em Garibaldi, no Padel Team,

Yasmin Signori Andrade

O

maior evento de pádel do País aconteceu no último fim de semana, em Bento Gonçalves. A 3ª etapa do Campeonato Brasileiro reuniu 377 duplas praticantes do esporte, e entre elas uma formada por representante de Farroupilha: Henrique Paese Rattis. O garoto competiu na categoria de 12 anos ao lado de Mateus Leivos, de Porto Alegre, e ficou entre as quatro melhores do Brasil na divisão. O objetivo de Henrique após ficar entre os destaques do torneio é disputar uma etapa seletiva nos dias 2 a 4 de agosto, em Novo Hamburgo, que define os representantes brasileiros para o Mundial. A competição reunindo os melhores do mundo no pádel será realizada em outubro, no município de

duas vezes por semana, para se preparar para as competições e quem sabe representar Farroupilha no Mundial da Espanha.

Futuro do Pádel Depois de ficar entre os quatro melhores do Brasil em campeonato, Henrique sonha em continuar praticando e ser um dos melhores do mundo


15

FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

CAPÍTULO FINAL

Título com reversão da vantagem Derrotado nas Castanheiras, Brasil vai a Bagé encarar o Guarany no confronto que vale o caneco da Terceirona Gaúcha Ramon Cardoso

O

Brasil

primeiro confronto da final da Terceirona Gaúcha não teve o desfecho que o Brasil imaginava. No duelo de invictos, o rubro-verde acabou superado pelo alvirrubro de Bagé no Estádio das Castanheiras. O Guarany conseguiu uma boa vantagem para a decisão do estadual, neste domingo, no Estrela D’Alva. O 1º tempo do duelo foi em clima de amistoso, com os times atuando mais leves, com a sensação do dever cumprido pela conquista do acesso. Aos 40 minutos, o centroavante Itamar, de cabeça, abriu o placar em favor dos visitantes. Na volta do intervalo, logo no início, Willian Guedes aproveitou avanço do Guarany e finalizou de cabeça para marcar o 2 a 0. A considerável vantagem fez o time de Bagé se retrair e, a partir daí, o Brasil dominou completamente o confronto. O ingresso do meia Luizinho melhorou a equipe, que ficou mais agressiva. Ele começou a jogada que foi até a ponta esquerda, onde Wellington Santos cruzou na cabeça do centroavante Almeida, que descontou aos 11 minutos. A partida ficou praticamente em meia linha. Aos 32 minutos, Wellington cruzou e a bola passou raspando a trave. Aos 34, Almeida fez o pivô e escorou para o lateral direito Hiago que chutou forte. A bola explodiu no pé da trave. A pressão seguiu, mas o time bageense soube suportá-la até o apito final, que o deixa jogando por dois resultados no duelo de volta. “Fizemos um 1º tempo muito abaixo. Melhoramos na etapa final e criamos situações para sairmos com um resultado melhor. Não foi o que queríamos, mas a decisão ainda está aberta. Não há gol qualificado na final. A nossa equipe tem atuado bem fora de casa e isso nos dá a confiança de

Sempre ele Centroavante Almeida foi novamente às redes pelo rubro-verde, marcando seu nono gol na competição estadual

que podemos fazer um grande jogo e buscar a vitória e o título em Bagé”, destacou Alê Menezes. Luiz Carlos segue suspenso, mas quanto aos demais, o técnico rubro-verde conta com todos os atletas à disposição. Ele deve repetir o time para o duelo dominical. O Brasil viaja a Bagé no sábado à tarde, na derradeira e mais longa viagem da competição estadual, e na expectativa de voltar a Farroupilha com mais peso na bagagem: com a taça da Terceirona.

Terceirona Gaúcha (segundo jogo da final) Time base Time base Éder Diego Raphinha Hiago Igor Andrion Rocha Darlan Jaime Eduardo Roger Erick Baggio Souza Diego Abreu Romarinho Willian Guedes Wellington Santos Robinho Taquara Itamar Almeida Técnico Técnico Vanderson Pereira Alê Menezes Local | Data: Estádio Estrela D’Alva, em Bagé | Domingo, às 15h

X

Comitê Gestor avalia participação na Copinha

A

Copa Antônio Carlos Verardi pode contar com participação do rubro-verde. O Brasil reservou sua vaga no Congresso Técnico, ocorrido na Federação Gaúcha de Futebol (FGF). O empresário Ivo Amaral, parceiro do clube, e o presidente Elenir Bonetto mostraram interesse em ingressar na disputa, uma forma de preparar o time para a Segundona 2020, mas tudo dependerá de uma reunião com o Comitê Gestor, que

ocorre neste sábado pela manhã, nas Castanheiras, antes da viagem a Bagé. “A ideia é de participar, mas isso envolve uma discussão do investidor com a direção e com o Comitê. Evidente que iremos disputar caso haja disponibilidade de recursos e não ocorra comprometimento das finanças do Brasil. Seria uma oportunidade para iniciarmos uma preparação antecipada para a Segundona do próximo ano”, destacou Bonetto. O presidente acredita que se o ingresso for efetivado, Alê Menezes permaneça à

frente do comando técnico. Pelo sorteio realizado na FGF, o rubro-verde ficou no Grupo C, ao lado de Avenida, Lajeadense, Grêmio e São José. São quatro grupos com cinco times cada. Os duelos seriam em turno e returno dentro de cada chave, avançando à fase de mata-mata os quatro primeiros. Campeões e vices ficariam em um pote e 3º e 4º colocados em outro no sorteio para definir os cruzamentos de oitavas de final. A competição do segundo semestre tem previsão de início em 11 de agosto.


Yasmin Signori Andrade

INSIDE

Felipe Rigatti expõe talento na Casa de Cultura

Ramon Cardoso

Ex-aluno do Colégio Estadual Farroupilha, jovem realiza mostra de desenhos com lápis produzidos ao longo de 10 anos até o dia 27 Página 3

ESPORTE

Pé na estrada em busca do título estadual

Brasil se desloca neste sábado a Bagé, onde tentará reverter vantagem do Guarany para ficar com o caneco da Terceirona Gaúcha Página 15


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

CAMPANHA

Chance de ajudar: doação de sangue Unidade móvel do Hemocentro Regional estará realizando as coletas em Farroupilha, na próxima quarta consciência da importância da participação de cada cidadão. É importante repor os estoques, garantir um quantitativo, tendo em vista a ocorrência de muitos acidentes na região”, considera Rosane da Rosa, secretária municipal de Saúde. O Hemocs é um órgão público, sem fins lucrativos, responsável pela captação de doadores, coleta, processamento, testagem e distribuição do sangue doado. Atende a 49 municípios da região nordeste do Estado e 100% dos leitos do Sistema Único de Saúde (SUS). Para validar a doação e para fazer parte desta corrente do bem alguns cuidados devem ser observados para que o procedimento ocorra com tranquilidade. Veja quem pode colaborar com a causa abaixo.

Divulgação

O

s estoques do Hemocentro Regional de Caxias do Sul (Hemocs) estão em baixa e a comunidade farroupilhense é convocada a colaborar. Em parceria com a Secretaria Municipal da Saúde e Hospital Beneficente São Carlos (HBSC), na próxima quarta a unidade móvel estará na cidade para atender aos doadores de sangue. As coletas serão das 9h às 11h e das 13h30min às 15h, junto ao HBSC. Interessados em realizar sua doação podem agendar atendimento até esta sexta, no Hospital, pelos fones 999.695.454 ou 999.343.800. “Estamos mobilizando a população para a necessidade de ampliar o número de doadores e criar uma

Quem pode doar?

É preciso apresentar documento de identidade, estar em bom estado de saúde, ter entre 18 e 69 anos, pesar mais de 50 quilos, não estar em jejum e evitar a ingestão de alimentos gordurosos nas três horas que antecedem a doação e de bebidas alcoólicas nas últimas 12 horas. Estão impedidos de doarem temporariamente quem está com gripe, febre, faz uso de determinados medicamentos, gravidez, pós-parto ou pessoas que adotaram comportamentos de risco para doenças sexualmente transmissíveis. Já quem teve hepatite após os 11 anos, malária, evidência clínica ou laboratorial de hepatite B e C, aids, doenças associados aos vírus HTLV I e II e Doenças de Chagas não podem fazer doação de sangue.

Hemocs atendendo em Farroupilha Quem tem interesse em doar deve se inscrever até esta sexta, no Hospital São Carlos

Programe-se O que: Doação de sangue na ação entre Hemocs, Secretaria Municipal da Saúde e Hospital Beneficente São Carlos Quando: próxima quarta, das 9h às 11h e das 13h30min às 15h, junto ao HBSC, mas é preciso realizar inscrição com agendamento de horário para a doação pelos fones 999.695.454 ou 999.343.800. Onde: unidade móvel do Hemocentro Regional de Caxias do Sul que estará junto ao Hospital São Carlos

xxxxxx xxxxxxxx


Compromisso com a Cidade. Compromisso com Você

FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

Você quer harmo Equipe Espaço da Beleza *

A

Intradermoterapia Pressurizada Corporal (Aplicação de Enzimas) é indicada para homens e mulheres que desejam reduzir gordura localizada em pequenas regiões do corpo, pois age na redução e destruição das células adipócitas (camada de gordura), agindo na remodelagem corporal na redução da celulite, flacidez e estrias de forma localizada. Como funciona? O mecanismo de funcionamento do tratamento de Intradermoterapia Corporal consiste na aplicação de pequenas quantidades de um complexo lipolítico no tecido subcutâneo (camada de gordura). Confira as áreas tratadas abaixo. * Papada * Abdome superior e inferior * Região interna e posterior dos braços * Flancos e culotes * Interno de coxa Os principais quadros em que a intradermoterapia é utilizada 1) Tratamento da celulite A celulite é uma alteração causada pelo acúmulo de gordura, água e toxinas nas células, fazendo com que elas fiquem inchadas e endurecidas, deixando a região afetada com desníveis, ondulações, retrações e nódulos, deixando a pele, externamente, com aqueles furinhos indesejáveis. Com a Intradermoterapia Pressurizada, os medicamentos injetados na região irão agir diretamente nessas células inflamadas, melhorando significativamente o seu aspecto. 2) Tratamento da flacidez A flacidez cutânea acontece associada ao processo de envelhecimento e devido a outras situações que possam levar à perda de colágeno pela pele, que perde a sua firmeza. Processos rápidos de emagrecimento, com perda da camada de gordura sem o ganho de tônus muscular também levam a esse quadro. Nesses casos, a combinação de medicamentos injetado nas regiões afetadas visa o estímulo da produção de colágeno e de novas fibras de sustentação da pele. 3) Gordura localizada A gordura localizada se forma quando o nosso corpo entende, equivocadamente, que precisa fazer uma “reserva” de energia. Este estoque preferencialmente acumula-se em áreas do nosso corpo que servem como áreas de “depósito”, como os culotes, o abdome e nos flancos, ou seja,


Compromisso com a Cidade. Compromisso com Você

FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

onizar seu corpo?

Imagem: Reprodução

todas as calorias que não gastamos, são convertidas em gorduras e depositadas nessas áreas. Muitas vezes, mesmo pessoas que estão dentro do peso ideal apresentam pequenas áreas de gordura localizada. Nesses casos, a Intradermoterapia se apresenta como uma opção terapêutica, levando ativos capazes de combater diretamente as células gordurosas nessas regiões. Benefícios da Intradermoterapia O tratamento é rápido e praticamente indolor para a maioria das pessoas. A Intradermoterapia oferece a possibilidade de melhorar a definição do corpo sem a necessidade de cirurgia ou longo período de recuperação. As sessões são rápidas e os resultados são visíveis logo após a primeira aplicação. Agende seu horário. Avalição sem custo e esclareça suas dúvidas. * Espaço da Beleza Centro Estético Independência, 555 – Centro de Farroupilha Fone (54) 3268-5511 WhatsApp: 981.195.645 Fan Page: Espaço da Beleza


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

ARTIGO

Lei geral de proteção de dados na saúde: o que muda? Fernando Soares *

N

os últimos meses, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que entra em vigor em agosto de 2020, tem chamado atenção por exigir que empresas adequem o tratamento de dados pessoais dos clientes a regulamentos específicos. Em um contexto marcado por informações vazadas pela internet e a ameaça constante dos hackers, o projeto é considerado um marco na história da cibersegurança no Brasil, trazendo maiores garantias às instituições e — principalmente — aos titulares. No que compete às instituições de saúde, há maiores prerrogativas para que laboratórios, hospitais ou clínicas possam lidar com os dados pessoais dos brasileiros, o que não os exclui de adaptarem seus procedimentos. Atualizar e otimizar seus sistemas de segurança é o ponto de partida. A equipe

que compõe o quadro de prestadores de serviços internos e externos deve ser atualizada, ressaltando-lhes adequação à política interna de segurança, que reforça a importância de informar antes para o paciente qual o uso das suas informações, bem como conferir se eles irão consenti-lo. A solicitação deverá ser feita de maneira clara para que o cidadão saiba exatamente o que vai ser coletado, para que finalidade, se haverá compartilhamento de suas informações e com quem. Em caso de menores de idade ou dependentes, os dados somente poderão ser tratados com o consentimento dos pais ou responsáveis legais. No caso de envio de dados a parceiros, é preciso que novos formulários de consentimento sejam solicitados. O interessante é que os pacientes têm todo o direito de, sempre que quiserem, pedir a correção dos dados, acesso a eles, ou, até mesmo, sua exclusão por parte da instituição.

Além disso, informações relativas a posicionamento político, condições de saúde, vida sexual e características físicas devem ser resguardadas por se tratar de dados sensíveis, sendo proibido seu uso para discriminação. Para guardar a correta aplicação e uso dos dados, talvez seja a hora de investir em um profissional que tem ganho espaço dentro das organizações: o Data Protection Officer (DPO), responsável por gerenciar todo o fluxo de informações dentro das empresas, desde a etapa inicial. Vale lembrar que novas leis significam um bom tempo para se adequar, o que, por sua vez, pode significar eventuais crises de vazamento. Nessas ocasiões, o essencial é contar com uma equipe pronta para administrar o momento, contatando os pacientes afetados sobre o acontecido, além de corrigir o erro o mais rápido possível. Além do DPO, ter advogados que entendem de Direito Digital e crimes cibernéticos pode facilitar – e

muito – as coisas. Também há medidas importantes no processo de adaptação, como o mapeamento do fluxo de dados institucionais, entendendo as zonas de falha de captação desses. É um momento de mudança e que precisa de atenção em vista que, caso a infração seja realmente comprovada, a organização envolvida pode receber advertências simples e multas (equivalentes a 2% do seu faturamento, inclusive) limitadas ao valor de R$ 50 milhões. Corre o risco, ainda, de ter seu acesso aos dados do usuário barrado temporária ou totalmente, assim como pode responder judicialmente, a depender da violação. Não deixar para a última hora é o ideal, mas dá para se adaptar à nova lei até o ano que vem. Reafirmo: a informação do paciente é preciosa, e deve ser respeitada, seguindo os parâmetros mundiais. Elevar o nível e o cuidado é benéfico a todos. * CEO da CM Tecnologia


Gastronomia

Tradição italiana: Reality Eventu’s realiza 2ª edição do Baile das Massas no Santa Rita, neste sábado Página 5

Inside

Enogastronomia

Sucesso comprovado: com procura acima do esperado, restam poucos ingressos para o Festival do Moscatel Página 8

Música

Dando vida ao poeta Cazuza Artista Valério Araújo dá voz ao cantor ícone da Música Popular Brasileira, sexta, às 20h, no auditório do Sindilojas música brasileira. Suas letras poéticas falam de amor, sonhos, empatia, emoção, de uma maneira que se torna atemporal”, assegura Valério sobre o processo de aprendizagem que durou um mês. Trejeitos, voz e aparência foram trabalhados para chegar o mais próximo possível de Cazuza. A banda que acompanha Valério se chama Imortais Rock e é composta por Fábio Pinheiro, no baixo; Phil Braga, na guitarra e vocal; André Beranger, na bateria; e João Pompeu, no teclado. Por conta dos inúmeros sucessos, o show é dividido em duas fases: quando Cazuza era vocalista da Barão Vermelho, e depois os sucessos da carreira solo. “O grande objetivo desse show é resgatar a emoção contida em cada um através de suas poesias, relembrando sua irreverência, afinal, relembrar é viver novamente”, assegura Valério sobre o show que abre o fim de semana.

Divulgação

D

o Rio de Janeiro para o auditório do Sindilojas, Valério Damásio de Araújo faz um tributo a Cazuza no show “Um Poeta Não Morre”. Por meio do Serviço Social do Comério (Sesc), a atração acontece nesta sexta, às 20h, e os ingressos ainda podem ser adquiridos no Sesc Farroupilha, ao longo da sexta, e local do evento, a partir das 19h. Os valores são de R$ 13,00, para comércio e serviço; R$ 14,00, para estudantes, professores, idosos e classe artística; e R$ 28,00, para o público em geral. Valério Araújo não era um fã de Cazuza e não imaginava se tornar cantor. Num karaokê, onde sempre cantava por prazer, foi onde recebeu o convite para fazer parte de uma banda cover. A partir de então, o artista virou fã. “No processo de decorar as letras me deparei com um poeta, então me tornei fã e percebi sua importância na

Tributo ao poeta Voz, trejeitos e aparência fazem os espectadores e fãs relembrarem o grande talento da música brasileira

Programe-se O que: Tributo a Cazuza “Um Poeta Não Morre”, por Valério Araújo Quando: nesta sexta, às 20h Onde: Auditório do Sindilojas (Nataly Valentini, 75) Quanto: comércio, serviço e empresários com cartão Sesc/Senac, R$ 13,00; estudantes, professores, idosos e classe artística, R$ 14,00 e público em geral, R$ 28,00. Ingressos no Sesc (Cel. Pena de Moraes, 320) ou no local, a partir das 19h


Inside

2

FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

Cinemas Imagens: Reprodução

Shopping Iguatemi (RST-453, quilômetro 3,5) Cinemas GNC 1: Toy Story 4 (dublado) - às 13h30min e 20h GNC 1: Pets: A Vida Secreta dos Bichos 2 (dublado) - às 15h40min e 18h GNC 1: Annabelle 3: De Volta Para Casa (dublado) - às 22h10min GNC 2: Annabelle 3: De Volta Para Casa - às 14h20min e 19h20min (dublado), 16h45min e 21h40min (legendado) GNC 3: Turma da Mônica: Laços - às 13h15min (com legenda descritiva), 15h30min, 17h45min e 19h55min GNC 3: Homem-Aranha: Longe de Casa (dublado) - às 22h GNC 4: Homem-Aranha: Longe de Casa - às 13h20min, 16h10min e 19h (dublado), 21h50min (legendado e em 3d) GNC 5: Pets: A Vida Secreta dos Bichos 2 (dublado e em 3d) - às 13h10min e 19h45min GNC 5: Toy Story 4 (dublado e em 3d) - às 15h15min e 17h30min GNC 5: Vingadores: Ultimato - às 21h45min GNC 6: Homem-Aranha: Longe de Casa - às 13h45min e 20h20min (legendado), 17h20min (dublado) Ingressos: segunda e quinta (exceto feriado e Carnaval) a R$ 24,00 e R$ 30,00 (salas 3d); terça e quartas (exceto feriado e Carnaval) todos pagam meia entrada; sexta a domingo e feriado a R$ 28,00 e R$ 34,00 (salas 3d). Meia entrada todos os dias para menores de 18 anos e maiores de 60 (mediante apresentação de identidade), estudantes (mediante apresentação de Carteira de Identificação Estudantil), pessoas com deficiência (com documento que a comprove), cliente Movie Club Preferencial (cartão verde fidelidade GNC).

Shopping San Pelegrino (Avenida Rio Branco, 425) * Obs: o site do Cinépolis traz apenas os horários dos filmes, mas não informa em qual sala serão exibidos Homem-Aranha: Longe de Casa - às 12h, 13h, 15h, 19h e 22h (dublado e em 3d), 18h20min e 21h10min (dublado) e 18h e 20h45min (legendado e em 3d) Toy Story 4 - às 12h15min, 14h30min, 17h, 19h30min e 21h45min (dublado e em 3d), 14h (dublado) Turma da Mônica: Laços - às 13h15min e 15h30min Vingadores: Ultimato (dublado) - às 21h30min Annabelle 3: De Volta Para Casa (dublado) - às 16h15min, 18h40mn e 21h20min Pets: A Vida Secreta dos Bichos 2 (dublado) - às 14h15min, 16h45min e 19h15min Ingressos: nas salas tradicionais, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 23,00 e R$ 11,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 25,00 e R$ 11,50 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 26,00 e R$ 13,00 (meia). Nas salas 3d, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 14,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 15,00 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 32,00 e R$ 16,00 (meia).

Sala de Cinema Ulysses Geremia (Luiz Antunes, 312) A Grande Dama do Cinema - sexta a domingo, às 19h30min Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (estudantes e sênior)

Franquias em despedida Duas sequências de sucesso, a animação “Toy Story 4” e o terror “Annabelle 3” entram possivelmente em sua última semana em cartaz nas salas


Inside

FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

3

Desenho Fotos: Yasmin Signori Andrade

O talento de Felipe Rigatti na ponta do lápis Desenhos produzidos ao longo de 10 anos em exposição na Casa de Cultura até dia 27

A

s férias escolares de inverno estão chegando e com elas a oportunidade de visitar a exposição “Sonhos na Ponta do Lápis”, de Felipe Rigatti. O ex-aluno do Colégio Estadual Farroupilha, hoje com 20 anos, preparou a exposição para mostrar o seu talento à comunidade farroupilhense a convite de Juliano Luiz Baumgarten, seu antigo professor de História, Sociologia e Filosofia e grande incentivador. “O Juliano é um grande amigo e me apoia desde sempre. Ele que buscou o espaço para eu fazer a exposição e me ajudou até na montagem”, declara o artista, que também lembrou de uma antiga professora de Artes, Micheline Zeni, quando o assunto é estímulo. São 21 desenhos feitos a lápis que compõem a mostra de estreia do artista. Os visi-

tantes poderão conferir até dia 27, na Casa de Cultura, os desenhos feitos ao longo de 10 anos, desde que Felipe descobriu o talento e paixão pelas artes. “Sempre desenhei como um hobby. Cheguei a fazer um curso por cerca de um ano, mas é sozinho que aprendo a maioria das técnicas”, assegura. Rostos, personagens de filmes e o ídolo Messi, são os que prevalecem nas obras. A partir de agora Felipe pretende se dedicar cada vez mais aos desenhos e está recebendo encomendas. Basta escolher uma foto, o material e tamanho desejado. O contato pode ser feito pelo WhatsApp 984.087.277, ou pelo Facebook Felipe Rigatti. A mostra para conferir de pertinho as obras, pode ser visitada de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 19h.

Aptidão para a arte Riqueza de detalhes são perceptíveis nos desenhos de Felipe, que podem ser conferidos neste mês na Casa de Cultura

Programe-se O que: exposição “Sonhos na Ponta do Lápis”, de Felipe Rigatti Quando: até o dia 27, das 8h às 12h e das 13h às 19h Onde: Casa de Cultura (República, 172) Quanto: estrada franca


Inside

4

Crônicas da Redação Ramon Cardoso

ramon@jornalinformante.com.br

Até que enfim a Copa América acabou. Não fiquei com abstinência de futebol porque o Brasil de Farroupilha supriu essa carência. E como. Pior que essa naba vai ocorrer de novo ano que vem. Pelo menos será simultaneamente à Eurocopa e teremos a opção: assistir França x Espanha ou Bolívia x Equador? Que dúvida cruel. Quem ganhou esse torneio para o Brasil, vamos combinar, foi a Najila Trindade. Graças a ela, o mimado foi cortado e a Seleção pôde jogar sem ter que tocar toda a maldita bola para o fominha. Tite, por sua vez, fez de tudo para perdê-la. Sua convocação foi algo surreal. Tiago Chorão Silva, Fernandinho Entrega Copas e Philippe Soneca Coutinho foi pra matar, convenhamos. Deve vir a Caravaggio para agradecer. Eu acho que deve mesmo. Jogar com Tiago e Coutinho numa final e ainda vencer, ainda que o rival fosse a Seleção de Guiné-Bissau, é algo pra celebrar mesmo. Não bastasse isso, o gênio ainda sacaneou Éverton Cebolinha em três das seis partidas do torneio. Ainda assim ele foi artilheiro e melhor jogador da competição. Sim, porque Daniel Alves levou o prêmio pela cota de idoso, só pode. Até atuou bem, mas não para tanto. Ainda mais depois que veio com aquele discurso de que “apanhamos muito... ninguém acreditava na gente...”, aquele papo de esquerdista vitimista que já torrou a paciência de todos. Depois, ao falar da presença de Bolsonaro na celebração, se portou como direitista e falou coisa com coisa. Como é difícil acompanhar a Seleção com um Jornalismo puxa-saco. Tirando o pessoal da ESPN, era uma babação de ovo desgraçada. Galera reclamava do Arthur, que tocava 500 vezes na bola e acertava 497 passes. “O Arthur tem que pisar na área, tem que ter o passe mais vertical”. O inútil do Coutinho (esse cara, pra ser ruim, tem que evoluir um bocado), que era meia, tocava 7 vezes na bola e errava 5 passes, não sofria uma crítica. Mas ele é cria do Vaxxxco, né. Fora que a convocação tinha três atletas que atuam no Brasil. Cebolinha, inicialmente sacaneado, Fágner e Cássio, que só pisaram no gramado durante o aquecimento. Que identificação um time desses vai ter com o torcedor brasileiro? Pelo menos uma meia dúzia de atletas que atuam no País tinham condição de serem convocados e alguns para atuar como titular inclusive. Outra, o ingresso mais barato custava 1/3 de salário mínimo. Pra ver esse futebolzinho de várzea eu acho um pouco caro. R$ 50,00 estava muito bem pago. O Brasileirão, que estava uma porcaria, vai se beneficiar com a barbárie que foi essa Copa América. Veremos as partidas com aquela sensação de que foi um jogaço. Se o confronto tiver sete finalizações, três gols e nenhum for de pênalti, já será algo épico perto dos duelos da Copa. A competição sul-americana nivelou o futebol por baixo. Mas que eu já estava com saudades da Copa do Brasil, Brasileirão e Libertadores, isso eu estava. Por fim, vale destacar a falta de educação e grosseria de Tite, que cumprimentou Bolsonaro com a mesma boa vontade que teve com Cebolinha durante a Copa. Mais tarde, destilando toda sua hipocrisia, não participou da foto com o presidente, no gramado Maracanã. Porém, aparecia toda hora em fotos com o criminoso do Lula, que destruiu o Brasil. Isso..., bom, isso fala por si só.

Agenda

SEXTA

Divulgação

Volta, futebol !!!

FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

Especial Dia do Rock com Izzy Louise Armazém Retrô Pub (Guerino Tartarotti, 162), às 22h Locais, com DJ’s Elim e No_Device Casa Milano (RS 122, quilômetro 55), às 23h Final de Semana do Rock Iron Beer (Dante Sérgio Macari, 47), às 20h

SÁBADO Mad Max Festival: Especial Dia do Rock Muinho Club (Mal. Floriano Peixoto, 190), às 23h Wellington Lescano e Gabriel Sampaio Caverna Comedy Club (República, 445, subsolo), às 22h

Sertanejinho Bem Bacana com Lucas Rocha e Banda Boteco do Chá (Rômulo Noro, 555), às 23h30min

DOMINGO Nego Di Auditório Professor Raul Bampi do CFar (Rodovia dos Romeiros, 567), às 19h


FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

Inside

5

Gastronomia Noite para quem gosta de massa 2º Baile com jantar dedicado à clássica italiana ocorre neste sábado, no Santa Rita

A

Reality Eventu’s está promovendo a 2ª edição do Baile da Massa, neste sábado. Serão mais de 10 tipo de massas, além de sopa, galeto assado, saladas e sobremesas. O evento tem início às 20h e o jantar será servida às 20h30min. O ingresso individual está sendo comercializado por R$ 65,00 e pode ser adquirido no Clube Santa Rita ou com os números no serviço abaixo ou na hora do evento, se ainda houver disponibilidade. A animação musical será por conta do grupo Gurizada da Serra, com músicas típicas gauchescas e ainda haverá sorteio de brindes. A 1ª edição reuniu 105 pessoas e a expectativa para este ano é superar este número. O evento será realizado anualmente com o intuito de levar diversão e tradição culinária italiana à comunidade.

Divulgação

Diversão e comida boa O evento deste sábado oferece mais de 10 tipos de massa além de baile para curtir a noite inteira

Programe-se O que: 2º Baile da Massa Quando: sábado, às 20h Onde: Clube Santa Rita (Vêneto, 233) Quanto: R$ 65,00. Ingressos no Clube Santa Rita, ou com Silvia Neis, no fone 999.764.237, ou com Ronaldo Bitencourt dos Santos, no 992.442.672

Cardápio

Sopa de Agnoline Massas (lasanha com carne moída e requeijão; panquecas com recheio de frango, presunto e queijo, creme de brócolis e legumes; tortei ao molho bolognesa; penne ao molho de tomates secos e manjericão; gravatinha ao molho bechamel com champignon; espaguete à carbonara; conchiglione recheado com presunto e queijo ou ricota e espinafre ao molho bechamel; macarrão com ragu de carne; canelones de creme de milho e quatro queijos; espaguete alho e óleo e espaguete integral com molho de legumes) Saladas diversas Galeto assado Buffet de sobremesas

Paulo Roque Gasparetto prgasparetto@terra.com.br

Solidariedade nas dificuldades Todos nós já observamos algumas aves voando em formação de um “V”. É uma estratégia dos animais que nos ajudam a compreender a importância da solidariedade nos momentos de maior dificuldade da vida. Alguns pontos merecem destaque. Primeiro fato: à medida em que cada ave bate suas asas, ela cria uma sustentação para a ave seguinte. Assim, voando em formato de “V” elas conseguem voar pelo menos 71% a mais se cada ave voasse sozinha. Hoje as pessoas que conseguem compartilhar e tem um trabalho em equipe chegam ao seu destino mais depressa. A segunda observação é de que sempre que um ganso sai fora da formação, sente a resistência do vento, de imediato, retorna à formação original para tirar vantagem de sustentação do grupo. Hoje as soluções dos problemas estão com pessoas que compartilham um objetivo comum. Um terceiro fato que ocorre é que quando o ganso líder se cansa, ele se reveza e outros assumem a ponta. Dessa foram é muito importante o revezamento quando se necessita fazer um trabalho que exige muito. Também os gansos de trás grasnam para encorajar os que estão na frente a manterem o ritmo. Podemos dizer que todos necessitamos ser reforçados com palavras positivas. E, por fim, quando um ganso adoece ou se fere, dois outros gansos saem da formação para o ajudar e proteger, mostrando que a solidariedade nas dificuldades é imprescindível em qualquer situação. Não importa qual a colocação que estejamos voando, na frente em “V” ou de trás “grasnando”, o que realmente conta é que nos apoiemos uns nos outros e trabalhemos em equipe na solidariedade. Em tempo, a Diocese de Caxias do Sul já há alguns anos escolheu o mês de julho como o “Mês do Dízimo”. É uma contribuição livre e consciente oferecida com sinceridade, generosidade e gratidão. Dízimo deve ser entendido através de três dimensões: a) Religiosa: para a manutenção do templo; b) Social: auxílio na promoção humana, especialmente em relação aos mais pobres, doentes, crianças e idosos; c) Missionária: auxílio na formação de lideranças, realização de cursos, retiros, ajuda aos seminários e outros investimentos em evangelização. * Pároco da Paróquia Sagrado Coração de Jesus e doutor em Comunicação


Daniela De Rocco

E

Alunos no Palco

studantes farroupilhenses e barbosenses da Maria Carolina Escola de Música e Musicoterapia se apresentam neste domingo, às 11h, no palco da Festiqueijo. É uma superbanda, formada por mais de 10 alunos com repertório baseado no rock e no pop rock, com músicas sendo emendadas, troca constante de integrantes e com arranjos elaborados de forma diferente das canções originais. Quem estiver em Carlos Barbosa, vale a pena conferir.

Inverno

A Vinícola Cave Antiga e o Moinho Burati promovem uma programação típica de inverno neste domingo. O evento conta com tour guiado pela vinícola, a partir das 12h, e depois um almoço especial de inverno. O cardápio é composto de polenta e vinhos, que remete aos sabores da cultura da Serra. Informações para os interessados podem ser obtidas pelo fone (54) 3261-9637.

Sexta de Rock

Os pais Micheli Torres e Nailto Sosnoski Júnior estavam só alegria na festinha de um aninho de seu filho Iago, comemorado no Park Festa e Folia, no sábado

Nicolas Daros de Festa a Fan

Júnior Machado

O Muinho Rock Café tem sua primeira edição nesta sexta, antecipando o Dia Mundial do Rock. O evento conta com acústico de Gabriel Parisotto, trazendo em seu repertório muito Indie, Rock e Pop, para animar o público.

Fique por Dentro Da Casa

Cristiano de Oliveira

Nesta sexta rola festa na Casa Milano comandada pelos DJ’s locais Elim e No_Device. No melhor do formato Beer, Burguers e Music, o espaço estará com seu cardápio de hambúrgueres e cervejas aberto. A entrada é free!

Comédia

Denieli Henz Broilo marcou presença na festa Me Solta, no Muinho, no final de semana

Edigar Caldatto e Nádia Ramos a carater na festa do final de semana, no Boteco do Chá

O recifense Rodrigo Marques pousa no palco do Caverna Comedy Club, no próximo dia 26. O humorista está no stand-up desde 2008, já foi roteirista do Porta dos Fundos e atualmente é um dos apresentadores do programa “A Culpa é do Cabral”.


Cristiano de Oliveira

Arquivo Pessoal

Gabriela Pozza curtiu o calorzinho de Maceió em suas recentes férias. Na foto, visita a Praia do Francês

curtiu a noite divertida ntasia no Boteco do Chá Multifotos Studio

Maria Ester da Silva Dias, ladeada pelos filhos Marcelo, Rodrigo, Fernanda e Kelin Pereira Dias, na sua festa de aniversário de 70 anos, realizada no sábado, no Restaurante Parque dos Pinheiros


Inside

8

Fabrício Oliboni fabrioliboni@gmail.com

Reunião de condomínio

* Agente de intercâmbio e bacharel em Relações Internacionais

Enogastronomia

Corra enquanto é tempo Restam ingressos para o 9º Festival de Moscatel apenas para sextas e no 2º lote Jonas Viega

09/07/2019. Esse foi o dia que participei da minha primeira reunião de condomínio. Não foi um grande momento da minha vida, tampouco algo que eu ansiava por vivenciar. Contudo, rendeu essa coluna aqui, e considerando a trivialidade da ocasião, acho que está de bom tamanho. Obrigado, síndica do prédio. Me mudei para o apartamento na qual vivo agora no domingo. Antes disso, quando já estava confirmado que eu viria morar aqui, havia sido adicionado no grupo de Whats do condomínio. Algo natural, pensei eu. Mas aí vi que estavam todos os condôminos (palavra bonita essa) no grupo, porém ninguém podia enviar mensagens, ao não ser a síndica. Era só para avisos, aí já previ o pior e saberia que logo chegaria o tal dia que a 92,3% das pessoas evitam: reunião de condomínio. Depois disso, talvez o maior receio seja a tal da reunião de pais e mestres. Como eu não tenho filhos, essa vai demorar um pouco mais, então a minha preocupação se limita ao que tange a reuniões condominiais. Quando veio o anúncio da reunião eu já sorri, pois vi que estaria no trabalho nesse horário. Acontece que consegui me liberar um pouco antes, aí na hora que cheguei no apê vi que a reunião seguia, e eles me viram à distância. Xingamento aleatório aqui. Aí pensei que fosse válido dar uma chegadinha ali. Ninguém ainda me conhece no prédio, causar uma impressão legal, saber a quem chamar quando falta algo em casa... e por aí vai. Apareci na reunião como um bom condômino que sou. Aham! Pelas minhas contas, eu era o único sub 30 na reunião. A grande maioria passava das 50 primaveras, e outros eu chuto na casa dos 35/40. E tinha um guri de boné, mas acho que a sua presença era para acompanhar a vó, que estava bem empolgada com o evento. Cheguei de mansinho, tomei uma olhada não muito amistosa da síndica, assinei a ata e sentei para assistir o quebra pau. Sim, porque estava rolando o embate de dois senhores naquele momento. O tema da discussão era o rateio da conta de água, e o senhor de perna cruzada e que ficava balançando o pé compulsoriamente discordava da decisão da maioria. Ao lado dele o senhor “desafiante” passava a mão pelos ralos cabelos tingidos de caju, tentando encontrar a paciência que parecia se esvair rapidamente. Gostei de ver intriga (quem não curte às vezes?) e resolvi estender a minha presença para ver até onde ia a discórdia dos meus amigos condôminos. Uma senhora votava em tudo com um firme “por mim tanto faz”. O guri de boné ficou jogando um joguinho de motocross no celular. Boa pedida para a ocasião. Uma senhora pegou pilha no tema do interfone, reclamando que não vai mais receber encomenda por ninguém. Chega de mamata, dizia ela, e assim todos vão ter que buscar as suas encomendas nos Correios, ou também podem largar os seus trabalhos e ficarem em casa. Geral não curtiu, mas caras feias alimentam uma boa reunião de condomínio, né?! Quando o senhor do pezinho nervoso não entendeu pela 2ª vez a explicação por terem deixado o portão aberto naquela tarde eu aproveitei a deixa e saí do recinto para atender uma ligação imaginária do celular. Fiz um sinal de “desculpa, é muito importante, eu tenho que atender” e fui pro meu apê jantar. Ansioso pela próxima reunião de condomínio.

FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

Excelência na enogastronomia Festival busca promover a Capital Nacional do Moscatel

S

e você ainda não garantiu seu ingresso para o 9º Festival do Moscatel, é melhor correr. O evento enogastronômico, consagrado do município, já está com todos os ingressos esgotados para os sábados, dias 31 de agosto, 7, 14 e 21 de setembro. Para as sextas, dias 6, 13 e 20 de setembro ainda há ingressos disponíveis, mas somente do 2º lote. O evento acontece no Centro de Eventos Mário Bianchi, no Parque Cinquentenário, das 20h à meia noite. No ano passado o evento reuniu cerca de 2,6 mil pessoas e neste ano, com um sábado a mais e a capacidade de cada dia um pouco maior, já foram comercializadas mais entradas que em 2018.

A maioria dos ingressos está sendo adquirido por pessoas de outros municípios e Estados, sendo cumprido o objetivo de promover a Capital Nacional do Moscatel. O valor individual é de R$ 150,00 e é possível adquirir junto à Secretaria de Turismo (Cel. Pena de Moraes, 566), pelo e-mail turismo@farroupilha.rs.gov.br ou pelo fone 3261-6963. A proposta segue a mesma, servindo à vontade cardápio diferenciado e cerca de 40 rótulos de bebidas de excelência fornecidas pelas vinícolas que integram a Associação Farroupilhense de Produtores de Vinhos, Espumantes, Sucos e Derivados (Afavin). O evento é uma realização da Prefeitura Municipal de Farroupilha, por meio da Secretaria de Turismo e Cultura, e Afavin.


FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

Inside

Teatro

9

Dolores Maggioni doloresmaggioni@terra.com.br

Entendendo o coletivo

A alma tem nostalgia das origens

Divulgação

Retiro aconteceu no último fim de semana com alunos da Fábrica dos Sonhos

Experiências Alunos da Fábrica de Sonhos de Farroupilha e Pareci Novo aprenderam a ter confiança e paciência em Retiro ds Sonhos

N

o último final de semana aconteceu a 9ª edição do Retiro dos Sonho, evento promovido pela Marca Produções Culturais. Foi no C.T.G Charla Galponeira e no Parque Municipal de Pareci Novo, e reuniu 36 alunos, de 12 a 14 anos, escolhidos como representantes de seus grupos de Teatro e Dança do projeto Fábrica de Sonho, sendo 32 de Farroupilha e 4 de Pareci Novo. O projeto atua nas cidades realizando oficinas ao longo do ano nas escolas e contraturnos municipais e promove o retiro anualmente, buscando levar aos alunos uma reflexão sobre o coletivo. “Acredito que possibilitar espaços para dialogar e refletir acerca da coletividade são de extre-

ma importância para o desenvolvimento humano de nossas crianças. Sobretudo nesse momento em que a tecnologia vem substituindo o olho no olho por relações cada vez mais virtuais. A proposta do retiro é justamente o contrário, é trabalhar o coletivo”, assegura Gustiele Fistaról, professora de Teatro do projeto. Ao longo do encontro, sob coordenação do professor Cassiano Azeredo, os participantes vivenciaram e refletiram sobre o coletivo, a escuta, o cuidado e a confiança. Os alunos passaram por situações inusitadas onde puderam exercitar a criatividade, organização e lógica, superando medos. O evento busca, por meio de atividades de desenvolvimento humano e artístico, uma maior reflexão e um olhar para o outro com mais sensibilidade.

E eu lembro da “Velha Casa Cor de Rosa”, a outra... que me viu crescer, sonhar e me transformar no que hoje eu sou. Já não escuto o som do piano na pequena sala de assoalho sempre encerado, com suas cortinas esvoaçantes. Mas a alma consegue ouvi-lo em todas as suas nuances. A alma também escuta o canto do galo, o coro das freiras do colégio, as achas de lenha ardendo no fogão movido à lenha, com sua chapa brilhando e a chaleira chiando à espera do aromado cafezinho após a sesta rotineira. Ao final das nossas andanças, nossos olhos estão cheios de ausências. E, o coração, mergulhado no abissal da ausência, devolve tanta infância esquecida naquela Velha Casa Cor de Rosa... os duetos italianos com meu pai que os amava tanto... os chinelos gastos, com a forma já viciada daquele passo calmo... o Chivas importado pra chegada dos amigos... o gato que miava no galpão de tábuas rotas... o cachorro perdigueiro que sequer se importava com a presença do gato... os apetrechos de caça, empilhados na despensa... quanta vida passada a limpo hoje, pela mão desta saudade incrível! “No final das nossas andanças chegamos finalmente ao lugar de onde partimos” (Eliot). E, com os olhos cheios de ausências, volto a visitar minha infância; as tardes de beleza nostálgica, de fantasias, de fragmentos felizes e risonhos do passado. Havia na casa da minha infância dezenas de canteiros; mesclavam-se neles as cores e os cheiros das dálias vermelhas, dos cravos matizados e das palmas coloridas. As flores se constituíam na paixão da minha mãe. Havia também os pés de funcho e as manjeronas sob os limoeiros e os caquis alaranjados. Por vezes corríamos por este jardim (do Éden) fugindo da nossa mãe que teimava em nos fazer beber um intragável óleo de rícino para prevenir as potenciais verminoses infantis. Lembro que muitas vezes eu acompanhava o trilho das formigas imaginando o fardo que carregavam em seus dorsos. Lembro dos figos maduros disputados pelos pássaros e pelas abelhas, pingando mel em nossas travessuras. Era tempo de saia azul marinho e blusa branca. O tempo parecia um brinquedo. As ervas daninhas cresciam sem pedir licença, entre o arco íris daquele jardim do Éden. Alguns morangos espiavam com seu olhar vermelho, por entre as folhas enferrujadas, onde os dias passavam devagar. Na escada de tijolos gastos que conduzia à casa, o musgo estendia um tapete verde como que em reverência à nossa passagem. Havia borboletas e beija-flores brincando na ameixeira e um chão todo bordado de nozes que se desprendiam generosamente de seus inalcansáveis galhos. A gente nascia a cada momento, para a eterna novidade do mundo. Uma trepadeira com cachos lilases brincava de cartão postal. E as festas de aniversário do Joanin... com direito a dedicatórias via rádio... suas famosas “macarronadas” ao molho de perdizes... o sótão e seus mistérios... o porão com nossos ensaios teatrais... Hoje, a vida varreu a Velha Casa Cor de Rosa. Há um vazio enorme em seu lugar. Mas ela existe no abissal de mim como algo que amei... e se amei... ficou eterno. * Poetisa


Inside

10

FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

Sétima Arte

Fantasia que justifica a

vida

Diretor de sucessos que marcaram época, consagrado cineasta americano Robert Zemeckis talvez tenha, em “Bem-Vindos a Marwen”, seu trabalho mais audacioso

U

ma aterrissagem forçada, após ser alvejado por caças nazistas, em solo belga, é o começo da história do Capitão Hogie, da força aérea americana, que combate na II Guerra Mundial. Ele acaba chegando à cidade de Marwen, onde um esquadrão feminino impede que ele seja morto pelas tropas alemãs. É assim o começo de “Bem-Vindos a Marwen”, uma ambiciosa e ousada jornada do consagrado diretor Robert Zemeckis à pureza do espírito humano, na história real de Mark Hogancamp (Steve Carell). Em 2000, ele foi brutalmente espancado por cinco homens ao sair de um bar na cidade de Kingston, nos arredores de Nova Iorque. Ficou em coma por nove dias e no hospital por 43, perdeu a memória e parte de sua capacidade cognitiva e coordenação motora, mas não sua criatividade que parece ter sido aflorada justamente por conta do incidente. Foi a partir daí que Mark criou a cidade fictícia de Ma-

rwen, que era a junção das iniciais de seu nome com os de Wendy, o grande amor de sua vida, quem o socorreu após a agressão sofrida e, na imaginação de Mark, quem o resgatou de ser aniquilado pelos nazistas na Bélgica. Ele usa personagens com que convive para retratá-los em Marwen. Para isso, compra, cria e adapta bonecos em miniatura no seu jardim, onde reproduz o vilarejo belga que resiste à ocupação nazista durante o conflito. Lá estão Wendy (Stefanie von Pfetten) e Carlala (Elza Gonzalez), que trabalham no bar local; Suzette (Leslie Zemeckis), sua atriz favorita; Roberta (Merritt Wever), que possui a loja onde Mark adquire os produtos para dar vida à cidade cenográfica em miniatura; Anna (Gwendoline Christie), sua cuidadora russa, que vive o orientando sobre os horários em que deve tomar seus medicamentos; e GI Julie (Janelle Monáe), sua companheira na clínica de recuperação e que perdeu uma perna em combate no Iraque. Na fábula de Mark, o sexteto de

mulheres é um esquadrão que protege Marwen da invasão alemã, que logo ganha a companhia da bela Nicol (Leslei Mann), sua nova e atraente vizinha, por quem tem despertado um fascínio imediato, e que se junta a turma de guerreiras que atuam na II Guerra. Há, também, uma personagem fictícia: Deja Thoris (Diane Kruger), a bruxa belga de Marwen, que não existe na realidade, mas que faz sumir num toque

de mágica quem tenta se aproximar de Mark no vilarejo que só existe na imaginação dele. Ele criava os cenários e tirava fotografias. Zemeckis quis dar vida à criatividade de Mark, filmando passagens retratadas em seu jardim. “A necessidade de cura emocional pela arte é algo com que me identifico bem. Todos compreendem o poder curador da arte. Todos são artistas e se expressam artisticamente, quer


Inside

FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

Sétima Arte

Divulgação

Material de apoio

seja cantando no coro da igreja, rabiscando ou cuidando de um jardim. Creio que fazemos isso para processar as coisas da vida”, declara o renomado diretor americano nos extras do filme. Ele destacou que se interessou em fazer o longa assim que viu um documentário sobre Mark e ficou impressionado com o realismo das fotos de seus bonecos. A partir daí, teve início uma exaustiva e longa jornada

Em 17 minutos, os extras contam com quatro tópicos: “Cidadãos de Marwen”, onde o diretor e atores falam da inusitada experiência cinematográfica; “Um Diretor Visionário”, onde os atores e equipe de produção rasgam elogios à trajetória de Zemeckis; “Construindo Marwen”, onde o foco está na ambientação da vila e dos bonecos; e, por fim, “Bonecos Vivos”, ícone em que é explicada a forma complexa de filmagem para dar vida às miniaturas dos personagens.

Imagem: Reprodução

para dar vida à cidade em miniatura. Steve Carell está ótimo no papel e é difícil imaginar outro que tivesse a condição de se entregar de forma tão plena à interpretação do personagem central. É um ator que se abre, se revela por inteiro durante a trama, que mescla as passagens da vida real com as de Marwen, a ponto de Mark confundir esses dois mundos. Enquanto em sua cidade ele é retraído e sente-se indefeso e inseguro, na vila belga ele é o centro das atenções. Na ficção, Mark cria um universo que desejaria na realidade e fica difícil para ele fazer essa dissociação em certos momentos, o que deixa a trama mais triste e remete, inevitavelmente, à brutalidade de que foi vítima. Bem-Vindos a Marwen é um filme completamente inovador, esteticamente ousado e puro em sua essência. É comovente ver como Mark busca na ficção um subterfúgio para fugir à realidade e como, em boa escala, sabe que tinha uma vida um tanto quanto errante e como seu comportamento transgressor e suas bebedeiras podem ter tido um impacto na injustificável violência que sofreu. Isso dilacera a alma de Mark, que o leva a se dedicar com ainda mais afinco à sua atividade. Uma obra que mostra a necessidade de se abrir uma porta para a fantasia quando a realidade é dura demais e como isso pode ter, mais do que um sentido terapêutico, na verdade, um sentido redentor.

Além da ficção Mark (Steve Carell) e sua amiga Roberta (Merritt Wever) em momento de reflexão na trama: a realidade às vezes pode ser encarada

11

Título original Welcome to Marwen Título traduzido Bem-Vindos a Marwen Direção Robert Zemeckis Roteiro Robert Zemeckis Caroline Thompson Gênero Drama Fantasia Duração 116 minutos País Estados Unidos Ano de produção 2018 Estúdio DreamWorks Pictures Perfect World Pictures Imagemovers Production Distribuição Universal Pictures


12

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Semana favorável para assumir o controle financeiro e estruturar aspectos da carreira que exigem esforço e dedicação. O desapego é uma condição importante para superar os desafios e construir novas pontes.

Touro - 21/04 a 20/05

Usar bem as palavras e empregar de maneira adequada o seu conhecimento é imprescindível para que seja possível seguir com o planejamento tanto com o cônjuge quanto com sócios. É necessário manter os pés firmes no chão e mudar algumas condutas.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

Semana produtiva no trabalho e com excelentes resultados financeiros. Os projetos tomam forma e lhe dão condições de estruturar mudanças em sua rotina com solidez. O esforço e a dedicação devem ser exercitados diariamente. O céu colabora com mudanças de hábitos.

Câncer - 21/06 a 20/07

É um excelente semana para lidar com projetos futuros que envolvem os filhos e o casamento. A autoestima é um fator que está sendo formado por meio de um novo estado de consciência. Se estiver sozinho, é uma semana ótimo para deixar a porta do coração aberta.

Leão - 21/07 a 22/08

Você está em condições de estruturar assuntos em família para promover curas e superação de fatos que exigem de você maturidade e esforço. Os laços em família devem ser reconstruídos, nesta fase, de uma forma viável para o seu desenvolvimento pessoal.

Vírgem - 23/08 a 22/09

As relações estão sendo guiadas com entendimento e superação. É preciso dar atenção especial às palavras e ao modo como é possível promover relações saudáveis com parentes e pessoas que participam de projetos importantes para o seu desenvolvimento pessoal.

Libra - 23/09 a 22/10

É um excelente semana para promover investimentos e fazer negociações que impulsionem a sua carreira e as suas metas. É preciso ter consciência de processos desafiadores em família, que devem ser superados por meio de um novo estado de consciência.

Escorpião - 23/10 a 21/11

Você está em condições de ampliar a sua visão sobre a vida e, assim, promover novos caminhos filosóficos e estudos. É preciso manter a mente serena e com entendimento das condições que se apresentam com pessoas do seu ambiente próximo.

Sagitário - 22/11 a 21/12

É preciso entender os fatores emocionais que afetam o seu progresso e o seu crescimento profissional. A fase pede maturidade para lidar com investimentos, além de estrutura na administração financeira. O céu deixa muito claro que muito dos resultados depende da superação.

Capricórnio - 22/12 a 20/01

Semana excelente para promover projetos e ideias com o cônjuge ou os sócios. O seu crescimento vem da consciência do esforço que deve ser empregado para mudar a si mesmo, fazendo correções de comportamentos que não são mais viáveis.

Aquário - 21/01 a 19/02

Semana ótima para a carreira e para promover metas futuras. Os caminhos estão abertos para que você encontre realização profissional; a única condição é empregar esforço e dedicação diariamente. O céu lhe dá condição de perceber o melhor caminho e forma.

Peixes - 20/02 a 20/03

É um excelente semana para ampliar o seu campo de visão. O caminho filosófico o ajuda a dar direção ao desenvolvimento pessoal e, assim, fortalecer a autoestima. É preciso manter os passos firmes para estruturar os projetos.

Inside

FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019


FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019

VENDO LOJA DE AUTOMÓVEIS: RSC 453 próximo ao trevo Santa Rita; com clientela e nome consolidados. Tratar (54) 9 9118.1642. ATENÇÃO INVESTIDORES! VENDE-SE TERRENO DE ESQUINA, com 1.377m², a uma quadra da rodoviária e do Shopping Centro de Compras. Contatar através do telefone (54) 9 9118.1642.


2

FARROUPILHA, 12 DE JULHO DE 2019


Profile for Informantef Informantef

Edição 596  

Jornal Informante

Edição 596  

Jornal Informante

Advertisement