Page 1

FARROUPILHA

|

ANO XII

| EDIÇÃO 590

| 31 DE MAIO DE 2019 |

R$ 3,00

Equipe do Sesc Farroupilha mobilizou 40,29% da população para praticar atividade física no Dia do Desafio, superando número do ano passado Matéria Especial, páginas 2 e 3

INSIDE

ESPORTE

Lourdes cativando leitores na 26º Feira do Livro Líder, Brasil vai em busca da melhor campanha Tradicional atividade do Colégio acontece na próxima quarta e Rubro-verde venceu Gaúcho em Passo Fundo, assumiu ponta quinta, no Ginásio de Esportes, e comunidade está convidada do Grupo B e recebe o Cruz Alta, domingo, nas Castanheiras Páginas 8 e 9 Página 15

Yasmin Signori Andrade

Grande participação no DDD


2

FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

Dia Do Desafio

Mais farroupilhenses se movimentando Ação promovida pelo Serviço Social do Comércio (Sesc) mobilizou 40,29% da cidade na quarta, superando ano passado Farroupilha compete amistosamente com Moa, em Cuba, para ver quem mobiliza mais cidadãos. No ano passado Moa teve participação de 30%, porém, até o fechamento desta edição a cidade cubana não havia contabilizado o resultado deste ano. “Nos outros anos tivemos chuva durante o Dia do Desafio, então muitas pessoas não participaram. Neste ano o clima impactou no bom resultado. Tivemos grande adesão de escolas e empresas, além de muitas ligação da comunidade nos avisando que praticaram alguma atividade”, aponta a gerente da unidade farroupilhense do Sesc, Grasiela Savi. A iniciativa do DDD se originou no Canadá e acontece anualmente em diferentes lugares do mundo. Dança, musculação, corrida, alongamento, tudo é válido desde que

Juliana Inês Casa Barbieri

O

25º Dia do Desafio (DDD) aconteceu quarta e envolveu 485 municípios no Rio Grande do Sul. O objetivo é conscientizar a população sobre a importância da atividade física. Em Farroupilha, a ação é promovida pelo Serviço Social do Comércio (Sesc), que fez atividades em empresas, escolas, caminhada, aulões de ginástica, Gre-Nal, Arrastão Cultural pelas ruas centrais, além de deixar a academia liberada para a comunidade. Este ano 40,29% da população farroupilhenses foi mobilizada, em relação a 32% do ano passado. Foram 25.636 pessoas que aceitaram o desafio e se movimentem por pelo menos 15 minutos. Pelo segundo ano consecutivo,

sem rivalidade O tradicional jogo de futsal uniu gremistas e colorados para a prática de atividade física na quadra do CNEC Farroupilha

faça o corpo de mexer. “Já tivemos alguns depoimentos de pessoas que começaram a praticar exercícios regularmente após o incentivo do DDD”, relata Grasiela. Assim, a intenção de

conscientizar a população na busca de práticas mais saudáveis está se concretizando. Confira na página ao lado alumas das atividades realizadas pelo Sesc na quarta. Além do incentivo para

sair do sedentarismo, o Sesc também pediu para que a população doasse roupas para a Campanha do Agasalho. Foram arrecadadas 456 peças pela unidade com a ajuda da comunidade farroupilhense.


FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

3

Fotos: Yasmin Signori Andrade

Para o pessoal da musculação Academia do Sesc ficou aberta gratuitamente para a comunidade em geral no Dia do Desafio

Saindo da rotina Malharia Anselmi recebeu a instrutora Rafaela Londero para alongamento durante o trabalho

Dos pequenos aos grande A instrutora Francine de Vargas foi até o Colégio Nossa Senhora de Lourdes desafiar os estudantes

Um tempo na aula para se movimentar Colégio Estadual Farroupilha fez exerícios funcionais e alongamentos com o instrutor Gustavo Gularte


4

FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

Os refugiados do SUS e a José Luiz de Souza Moraes *

E

m estudo recente realizado a pedido do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) foi constatado o aumento de 130% nas ações da chamada judicialização da saúde. Como sempre, números isoladamente não respondem a muitas questões, é preciso analisar alguns fatos para termos a real dimensão do que eles representam. De plano, poderíamos apontar a crescente busca ao Judiciário no maior acesso à Justiça e na maior consciência dos cidadãos de seus direitos, mas será que é só isso? A Constituição da República de 1988 trouxe avanços sociais e jurídicos profundos. Além do seu rico e abrangente rol de direitos previstos no artigo 5º e outros incontáveis avanços protetivos previstos no texto constitucional, o artigo 196 da nossa Constituição elevou o direito à saúde a um patamar até então inédito e o considerou um dever do Estado a ser prestado por todos os seus entes: a União, os Estados e os Municípios. Nossa Constituição também criou o Sistema Único de Saúde (SUS) que, sem margem para dúvidas, é um dos melhores, mais amplos e importantes programas sociais do mundo, atingindo a totalidade da população brasileira, sem a exigência de contraprestações, a um universo de mais de 200 milhões de pessoas. O constituinte de 1988, prevendo as ameaças que se avizinhavam no futuro (que já chegou), marcou essas conquistas com a imutabilidade das cláusulas pétreas, impedindo que fossem reduzidas ou extintas pelas futuras gerações inclusive por meio de Emendas à Constituição, Oxalá! Essa farta previsão de direitos não excluiu a possibilidade de os particulares prestarem serviços de saúde, aumentando o leque da prestação desse direito público à chamada saúde suplementar pelos planos privados de assistência à saúde e pela Medicina privada. De acordo com a Lei 9.656, de 3 de junho de 1998, os planos devem prestar de forma continuada, por prazo indeterminado e sem limite financeiro, a assistência à saúde por meio de profissionais ou serviços de saúde. A lei, que completou seu 20º aniver-

sário, já passou por várias modificações e pode passar por muitas outras mais. Para a fiscalização do correto cumprimento dessa lei foi criada, no mesmo ano, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que teria a finalidade de regulamentar e fiscalizar o setor e, principalmente, proteger os consumidores. Passados 30 anos da constituição e 20 da criação da ANS, qual cenário podemos encontrar no Brasil? Certamente caminhamos muito e devemos continuar no caminho, mas também é certo que não estamos onde sonhava o constituinte dos anos 80. Desde 2014 o número de pessoas com planos de saúde vem diminuindo consideravelmente, a ponto de transformar esse serviço no terceiro maior sonho de consumo da população brasileira, perdendo apenas para educação e casa própria, segundo pesquisa do Ibope, feita a pedido do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) em 2017. A razão da diminuição é de fácil descoberta. A perda do emprego de mais de 14 milhões de brasileiros nos últimos anos que, além de deixar as famílias em situação de maior vulnerabilidade social com a ausência dos salários, retira delas as vantagens conferidas por muitos empregos formais, o acesso à saúde suplementar. Fecham-se as portas do trabalho, abrem-se as do Judiciário. Esses 14 milhões de pessoas deixaram de ter acesso a um serviço pago que, em tese, deveria trazer mais agilidade e conforto do que os serviços públicos. Esses por sua vez, já acostumados a trabalhar nos limites de suas capacidades, em um pequeno espaço de tempo ganharam um grande número de usuários que migraram, de forma não desejada, dos seus planos de saúde privados para o sistema público. São como 14 milhões de refugiados que foram obrigados a sair de onde estavam para um lugar em que não querem ficar. Se por um lado temos mais usuários, por outro temos menos recursos. A mesma crise que retirou os empregos diminui a arrecadação de impostos e com eles os investimentos, criando um ciclo vicioso no qual o maior prejudicado é o cidadão, seja o que acabou de ingressar no SUS, sejam aqueles que lá já estavam e tinham nele o seu único refúgio. Esses “novos usuários”, em regra, possuem um grau muito mais elevado de


5

FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

judicialização da saúde exigência de qualidade e agilidade dos serviços e maior noção de seus direitos, fazendo com que busquem no Judiciário obter primazia dos seus atendimentos e tratamentos, causando um grande aumento das chamadas ações “fura-fila” que visam a passar na frente dos que já aguardavam os mesmos serviços por meio de liminares judiciais, bem como, tratamentos e medicamentos que não fazem parte dos chamados protocolos clínicos padronizados disponíveis a todos os usuários do SUS. Portanto, há maior busca pelo diferente, pelo moderno, pela marca e pelo mais caro. Em outra ponta, aqueles que permaneceram com seus planos de saúde não raro se queixam de negativas infundamentadas de tratamentos e de falta de vagas também nas redes privadas. Problema ainda mais comum e notório são os aumentos das mensalidades em níveis muitos acima dos índices gerais de inflação e dos reajustes salariais em patamares que chegam a até 40% em um único ano. Buscam eles igualmente as portas do Judiciário para obter tratamentos e revisões contratuais que por vezes se mostram abusivas. Nos perguntaremos, e a ANS? Ela foi criada para a regulação de planos individuais, abundantes à época de sua criação, mas raríssimos hoje em dia, pois somente em relação a esses planos há a limitação de aumentos estabelecido por este órgão. Tal fato transformou completamente o mercado da saúde suplementar, fazendo com que as operadoras e seguradoras buscassem nos planos coletivos um oásis de não regulamentação de preços, sendo organizados por poucas empresas de administração e comercialização que dominam o mercado e estabelecem suas próprias políticas tarifárias, relegando a ANS aos minguantes planos individuais e à fiscalização de funcionamento das empresas submetidas à sua competência regulatória. Uma vez mais sofre o cidadão, que busca no Judiciário o controle contra a abusividade que a ANS não regula. E qual a solução? Sim, a criação de empregos, mas só? Certamente não. E a resposta está no SUS, não na sua redução ou morte como pretendem alguns. O SUS nasceu para ser universal e gratuito e somente nele podemos encontrar a solução desejada desde o início pelo constituinte, a melhoria da saúde de toda a população.

O SUS não é aquilo que vemos nos programas dominicais de televisão, com pessoas morrendo pelos corredores, em macas e, não raro, nos chãos e portas de hospitais superlotados; é isso também, mas não só. O SUS é a única porta para serviços de excelência e referência mundial em qualidade e alcance como o programa de transplantes, as campanhas nacionais de vacinação e o tratamento do HIV/Aids. Existe um SUS de excelência que é propositalmente esquecido por muitos. Mas sim, há um outro lado. Além das pessoas em macas e da superlotação, estamos na 112ª posição em lista de 200 Países com relação a saneamento básico, um dos piores no Continente Americano. Pela primeira vez desde 1990 o índice de mortalidade infantil aumentou em 4,8% em relação a 2015. Sofremos de uma grave crise de zika, febre amarela e acabamos de perder o status de País livre do sarampo. Sim, esse é o SUS das mazelas mostradas aos domingos. Quando o sistema falha, uma parcela da população, justamente a que possui maior poder aquisitivo e discernimento a respeito dos seus direitos, busca o Judiciário para a obtenção de seus tratamentos, fazendo com que os mais ricos abocanhem parte cada vez maior dos recursos, já insuficientes, destinados à saúde de toda população. Isso condena os mais pobres a serviços cada vez mais precários, transformando o SUS, que nasceu para ser universal e igualitário, em um sistema com duas portas, uma VIP e outra de excluídos. Sem ampliação e melhoria do SUS, com mais e melhores investimentos públicos, especialmente na atenção básica, a distância entre essas duas portas será cada vez mais abismal. O discurso vazio de um “Novo Estado”, mais dinâmico liberal e enxuto, retira investimentos de direitos sociais protegidos pela Constituição, deixando uma maior parcela dos mais pobres ainda mais miseráveis e doentes e aumenta a busca ao Poder Judiciário para a concessão de tratamentos e medicamentos de forma indiscriminada, cara e acessível a apenas uma parte de nossa população, aquela que conhece e pode percorrer o caminho até o Fórum. * Procurador do Estado de São Paulo, atuante na Coordenadoria Judicial de Saúde Pública


6

FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

Um ensino voltado à inovação O assunto que monopolizou as atenções nesta semana na cidade foi a assinatura de um protocolo de intenções que, muito provavelmente, e assim todos esperam, venha resultar na efetiva instalação de uma unidade da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) em Farroupilha. O Escritório de Inovação do Parque Científico e Tecnológico Zenit será uma espécie de centro de fomento à educação empreendedora e criação de negócios inovadores. É a primeira unidade fora da Capital e o reitor, professor Rui Vicente Oppermann, deixou claro que a esco-

lhe levou em conta a cultura de inovação e empreendedorismo que tão bem caracteriza a Serra Gaúcha. Soma-se a isso a intensa mobilização do Poder Executivo e o fato da UFRGS contar com um terreno no município, o acerto caminhou a passos largos para uma boa resolução e que vai ao encontro de um ensino direcionado a oferecer soluções rápidas em um mercado cada vez mais dinâmico. Com o Centro de Inovação instalado sequer é possível imaginar o alcance e a relevância que ele trará, não somente para o ensino, mas para a in-

dústria, comércio e serviços do município que, por tabela, se beneficiarão da unidade de ensino, desenvolvimento, pesquisa, tecnologia e mercado. Evidente que isso depende de outros fatores dentro da conjuntura, que envolvem, inclusive, o repasse de recursos da União, mas o simples fato de se ter um termo de compromisso assinado já é algo muito palpável perto do que se vislumbrou ao longo de mais de uma década de discussões que avançavam muito pouco na questão (veja mais na Editoria de Educação, página 13). O futuro do ensino em sua ponta fi-

nal, ou seja, de formação para o trabalho, está cada vez mais voltado à eficiência, a ligar os pontos entre a academia e o mercado, gerando riqueza e benefício para a sociedade. Encontrar esse elo, que atalhe caminhos e se traduza em efetiva vantagem para as partes envolvidas e, em última análise, para toda a comunidade, é um desafio diante da estagnação e demasiada formalização que engessou o ambiente acadêmico nacional ao longo dos anos. Há um vasto campo para ser explorado e a parceria com a UFRGS deixa Farroupilha em posição privilegiada neste contexto.

OPINIÃO

Sucesso do cliente é uma filosofia de vida de algumas empresas Renata Baptista *

Clientecentrismo. Já ouviu este termo? É mais do que o conceito de ter o cliente como centro de todas as ações da empresa, é uma exigência de mercado e precisa ser uma obsessão. Ter o cliente como foco em todas as atividades de uma empresa não é para qualquer um. No entanto, para que isso aconteça, é essencial ter uma área dedicada, com um time que entenda e compreenda as suas necessidades. É o que chamamos de Customer Success (CS), que trabalha 100% para o cliente, respira seus problemas e angústias e só se tranquiliza quando tem certeza de que sua dor foi atendida. Entretanto, aqui no

Brasil, muitas empresas ainda não investem neste departamento. Mas as perspectivas são positivas. Um estudo realizado pela MindMiners, em 2018, e que ouviu 300 profissionais de CS, apontou que 86% das empresas que não possuíam a área desejavam desenvolvê-la o quanto antes. Trabalhar com CS envolve empatia, boa energia e capacidade de adotar o negócio do contratante como sendo seu. É o olhar de fora para dentro, que leva organização às necessidades do parceiro, analisa todo o cenário e, em seguida, senta junto à equipe para discutir sobre mudanças e melhorias. Em uma companhia ideal, este valor é tão forte que todas as áreas são consideradas CS. O

Índice

Editorial

Matéria Especial .................................... Páginas 2 e 3 Editorial e Opinião................................ Página 6 Economia .................................................. Página 7 Cidade ........................................................ Páginas 10 e 11 Política ..................................................... Página 12 Educação .................................................. Página 13 Esporte ..................................................... Páginas 14 e 15

Inside

Especial..................................................... Capa Cinemas ..................................................... Página 2 Solidariedade ......................................... Página 3 Crônicas da Redação ............................. Página 4 Agenda....................................................... Página 4 Beleza ........................................................ Página 5 Paulo Roque Gasparetto ..................... Página 5 Social ........................................................ Páginas 6 e 7 Fabrício Oliboni ..................................... Página 8 Literatura ................................................ Páginas 8 e 9 Dolores Maggioni .................................. Página 9 Sétima Arte .............................................. Páginas 10 e 11 Horóscopo ............................................... Contracapa Saúde, Beleza & Estética...................... 4 páginas Classificados .......................................... 8 páginas

mais bacana é que o resultado é imediato: os clientes se sentem acolhidos, aprovam este relacionamento mais próximo e o melhor, não vão embora. Uma empresa não é apenas o produto ou a solução que ela oferece. É um conjunto de metodologias de trabalho apoiadas em boas práticas e experiência de mercado. Nesse sentido, é fundamental estar perto dos seus contratantes, organizando os times de CS para que os visitem periodicamente, ouvindo feedbacks e pedidos dos usuários, e atuando como consultores de negócios, indicando os melhores caminhos e soluções da sua ferramenta que façam sentido para cada grupo. Além disso, é importante definir e acompanhar

Redação - redacao@jornalinformante.com.br Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br Ramon Cardoso ramon@jornalinformante.com.br Yasmin Signori Andrade yasmin@jornalinformante.com.br

Comercial-comercial@jornalinformante.com.br Fabiano Luiz Gasperin gasperin@jornalinformante.com.br Maria da Graça Potricos Leite maria@jornalinformante.com.br

Anúncios - anuncios@jornalinformante.com.br Marcelo Bortagaray Mello marcelo@jornalinformante.com.br Tiago Rodrigues da Silva tiago@jornalinformante.com.br

Financeiro-financeiro@jornalinformante.com.br Keli de Almeida Maciel keli@jornalinformante.com.br

a jornada do cliente, garantindo engajamento, e o mais importante, mensurando os resultados e os impactos no negócio. O Customer Success vai muito além de uma área ou departamento. Não basta ser uma empresa que foca no seu público. É necessário fazer a gestão desse relacionamento. Independentemente do segmento da companhia, ter uma equipe focada em CS é essencial. Afinal, quem não gostaria de ter suas necessidades antecipadas e objetivos alcançados? E o Customer Success Manager é responsável por garantir esse sucesso, com o menor ou nenhum atrito durante a jornada. Pense nisso! * Customer Success da Atlas Governance

Assinaturas-assinaturas@jornalinformante.com.br Assinatura Bienal: R$ 240,00 Assinatura Anual: R$ 140,00

Telefones (54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203

Endereço Rua Dr. Jaime Romeu Rössler, 348, Bairro Planalto

Colunistas Crônicas da Redação Dolores Maggioni Egui Baldasso Fabrício Oliboni

Guilherme Macalossi Gustavo Pimentel Lauro Edson Da Cás Paulo Roque Gasparetto

A manifestação dos colunistas é livre e independente e não necessariamente reflete a opinião do Tabloide sobre os temas abordados nas colunas

@PaperInformante www.jornalinformante.com.br

/jornalinformante


7

FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

CAPACITAÇÃO

Agas reúne supermercadistas e produtores Agência Sicredi Agro Farroupilha sediou, na terça à noie, a 1ª edição do evento que teve 100 participantes Longo, presidente da Agas. Outro ponto em destaque foi promover a aproximação entre os setores, garantindo a qualidade do produto nos supermercados, fomentando ainda toda sua cadeia econômica. Foram três palestras. Uma referente ao Projeto de Qualificação de Fornecedores, ministrada por André Luis Bringhenti Bordignon, do Programa Juntos para Competir, do Sebrae, Senar e Farsul, que orienta mais de 250 produtores rurais em diferentes regiões gaúchas. Por fim, Giampaolo Buso, da Paripassu, gestora operacional do Programa Rama, falou sobre soluções de rastreabilidade e análises de resíduos em hortifrúti. Gervásio Paulus, da Emater, explanou sobre o trabalho de correção de inconformidades com consultorias técnicas a produtores rurais.

Joaquim Oresko

A

Associação Gaúcha de Supermercados (Agas) promoveu evento inédito em Farroupilha com foco nas soluções em gestão de produção, distribuição e venda de frutas, legumes e verduras. Reuniu 100 supermercadistas e produtores, buscando aproximar os segmentos. O evento foi realizado na noite de terça, na agência Sicredi Agro, em Farroupilha. A pauta foi referente às questões de segurança alimentar e exigências de rastreabilidade de frutas, legumes e verduras em supermercados. “Queremos oportunizar que o jovem do campo dê seguimento à atividade de sua família. O setor produtivo gaúcho é referência para o Brasil”, considerou Antônio Cesa

Soluções em gestão Encontro em Farroupilha foi pautado na segurança alimentar e exigências de rastreabilidade


10

FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

Divulgação

São 13 filhotes que aguardam adoção em lares temporários. Todos são de porte pequeno a médio. Já estão desverminados e com as vacinas em dias. Interessados em adotar podem manter contato pelos fones 996.281.878 ou 999.371.647.

SegurAnçA

POE completa oito anos

Pelotão de Operações Especiais realiza cerimônia nesta sexta

Obituário 23 de maio Leonor Arrosi, 90 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de Nova Milano (4º Distrito). 24 de maio Rosalina Fernandes Scariot, 67 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de Linha Caçador (3º Distrito); Romeu Haefliger, 60 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de Desvio Blauth (3º Distrito); Julio Cesar Dutra Melo, 36 anos. Sepultamento no Ce-

mitério Público Municipal. 27 de maio Euclides Rodrigues da Silva, 59 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal; Zita Teresinha Viero, 85 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 29 de maio Angela Margarida Falkowski, 76 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. Francisco Martins da Silva, 76 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal.

Aniversário da Força Tática Pelotão, que toma a frente em operações especiais, completa oito anos de atividade em Farroupilha

O

Pelotão de Operações Especiais (POE) do 36º BPM foi criado em 2011, com o objetivo de atender ocorrências como assaltos a bancos, combate ao tráfico de entorpecentes e armas e no controle de manifestações sociais. Além da atuação em Far-

roupilha, o pelotão trabalha em Flores da Cunha, Nova Pádua, São Marcos, Antônio Prado, Ipê e Nova Roma do Sul. Nesta sexta, será realizada a cerimônia de comemoração aos 8 anos, com confraternização entre os colegas e amigos da Força Tática e homenagem a ex-integrantes. O evento acontece no Boteco do chá, às 20h30min, e é reservado a con-

vidados e autoridades locais. No ano passado, o POE passou a se chamar Pelotão de Força Tática, devido a uma padronização nacional. Atualmente quem está à frente é o 1º tenente Marco Aurélio Souza. No evento de sexta, a nova nomenclatura será oficializada pelo comandante, além de apresentarem um resumo das atividades que o POE exerce.

Divulgação

Alguém quer me adotar?


11

FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

Segurança

Novas viaturas para o 36º BPM Com emenda parlamentar da Bancada Gaúcha, Rio Grande do Sul recebeu 272 veículos, sendo que nove ficaram em Farroupilha rique de Castilhos Alencastro. Os recursos para a aquisição foram obtidos por meio de emenda parlamentar da Bancada Gaúcha em Brasília. A Brigada Militar de Farroupilha recebeu também seis fuzis e 39 coletes à prova de balas. No total, foram R$ 65,8 milhões repassados pela Bancada Gaúcha, além de R$ 9 milhões repassados pelo governo do Estado, que resultaram na aquisição de 272 veículos, além de armas e equipamentos de segurança, distribuídos em 126 municípios gaúchos. “Apenas três cidades do Rio Grande do Sul receberam nove viaturas, sendo que uma é Farroupilha. Isso é resultado de muitos pedidos feitos em Brasília”, destacou o prefeito Claiton Gonçalves, que também agradeceu a todos os deputados que tornaram

Yasmin Signori Andrade

N

a tarde de segunda, o 36º Batalhão de Policia Militar (BPM) recebeu 11 viaturas, sendo duas Toyota Hilux e nove Fiat Palio Weekend. Destas, nove ficam em Farroupilha, as duas Hilux e sete Palio Weekend. Outras duas Weekend serão deslocadas para Flores de Cunha e São Marcos. A entrega foi oficializada em frente ao Centro Administrativo Prefeito Avelino Maggioni. “Agora podemos fazer uma escala de operacionalidade dessas viaturas de emprego na rua, ou seja, a durabilidade dessas viaturas vai ser muito maior. Vamos colocar mais efetivo rodando nessas viaturas, vai ter mais policiamento no município”, declara o tenente coronel Lúcio Hen-

possível a aquisição. “Quando a viatura é acionada sempre temos a questão tempo na resposta, então os carros mais novos, com

tecnologia moderna, proporcionam mais segurança para o policial e para a comunidade”, salienta o subcomandante, major Juliano Amaral.

Mais equipados Major Juliano, Claiton e o tenente coronel Alencastro: frota da Brigada Militar farroupilhense praticamente renovada após entrega na segunda


12

FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

HOMENAGEM

Feltrin: pioneiro de muitas frentes Com o recebimento do Título de Cidadão Emérito, Itacyr é congratulado pela Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton ção foi do filho Fabiano Feltrin, que lembrou dos 60 anos de casamento dos pais, agradeceu aos familiares presentes pelo carinho e pela convivência com Itacyr. “O pai é responsável por tudo o que acontece hoje no Grupo Feltrin, são 12 empresas e 300 pessoas envolvidas direta e indiretamente. Sim, ele é responsável por tudo, por todos nós e ainda fez muito por Farroupilha”, ressaltou Fabiano.

Yasmin Signori Andrade

R

econhecido por ser o primeiro dentista com formação em Farroupilha, introdutor do cultivo do kiwi na cidade, presidente de diversas entidades e responsável pela chegada da rede CNEC no município, Itacyr Luiz Feltrin foi condecorado com o título de Cidadão Emérito. A outorga aconteceu na Câmara de Vereadores, na noite de segunda, com a presença de amigos, familiares e lideranças políticas. “A humildade cabe em qualquer lugar, até mesmo dentro de grandes histórias, como a de Itacyr Feltrin”, considerou o vereador Tadeu Salib dos Santos (PP), da bancada que indicou a homenagem, ressaltando sua conduta de vida, profissionalismo e dedicação à família, seu bem maior. Feltrin tem 88 anos, é casado com Marlene Rozina Feltrin, advogada e ex-vereadora, é pai de Bianca, Giancarlo e Fabiano, avô de Laura, Amanda e Lisa. Uma personalidade muito conhecida por sua atuação política, profissional e social. Pelo homenageado, a manifesta-

Envolvido com o crescimento e com a história da cidade Também o prefeito Claiton Gonçalves prestou sua homenagem à história de vida do Cidadão Emérito, a quem se deve o plantio da primeira muda de kiwi na cidade, que mais tarde originou a maior celebração municipal: a Fenakiwi. “Tua estada aqui é de inspiração, de construção, de vanguarda. Fostes um líder sonhador”, considerou Claiton. A sessão contou ainda com apresentação da Banda Som e Cor. Itacyr formou-se em Odontologia

Justo reconhecimento Filho Fabiano, prefeito Claiton, Itacyr, esposa Marlene e presidente da Câmara, Sandro Trevisan

pela Pontifícia Universidade Católica (PUC/RS), em 1958. Criou a primeira Associação dos Dentistas do Estado e em 1967 fundou o Conselho Regional de Odontologia. Como um dos idealizadores da CNEC, lecionou Biologia, Quí-

mica e Física e auxiliou na direção do colégio. Presidiu os Clubes Santa Rita, do Comércio, 1º de Maio, Círculo Operário e SERC Brasil. Foi um dos fundadores do MDB. Vida de pioneirismo que ajudou a alavancar a história da cidade.


13

FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

ENSINO EMPREENDEDOR

UFRGS aqui, com Centro de Inovação Prefeitura assinou Protocolo de Intenções e Cooperação com Universidade Federal que atenderá Serra Gaúcha

F

arroupilha será o primeiro município a receber um Escritório de Inovação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), replicando o modelo de atuação presente apenas na Capital gaúcha. O Protocolo de Intenções e Cooperação entre o município e a instituição foi assinado na manhã de segunda, junto à área de 6,6 hectares destinada para construção da unidade, no bairro Cinquentenário. O Escritório de Inovação do Parque Científico e Tecnológico Zenit coordenará ações de fomento à educação empreendedora e criação de negócios inovadores, tornando Farroupilha referência para a região da Serra, chancelada pela expertise da UFRGS. “Empoderar os cidadãos para que sejam empreendedores responsáveis pela própria carreira. Empoderar esses jovens é extremamente importante no sentido de capacitá-los, dar vazão à criatividade e transformar suas ideias em geração de riqueza”, ressaltou o diretor do Parque Zenit, Marcelo Lubaszewski. Falou ainda que esta unidade se concretiza pelas parcerias, já que a região tem perfil empreendedor. O prefeito Claiton Gonçalves, anfitrião do evento, destacou a importância do município sediar esta instalação, lembrando que a forma de cidadania mais completa e efetiva só acontece por meio da educação. “Estamos colocando à disposição o nosso tempo e nosso talento para buscarmos recursos junto à Bancada Gaúcha, junto ao governo federal para

esta construção o mais breve possível”, comprometeu-se Claiton. A deputada estadual Fran Somensi ressaltou seu apoio à iniciativa. O vice-presidente da Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne), José Carlos Breda, também acompanhou o ato. Houve ainda assinatura do projeto de lei que autoriza a doação do terreno para a Universidade, que foi entregue ao presidente da Câmara de Vereadores, Sandro Trevisan.

Fotos: Juliana Inês Casa Barbieri

Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br

Reitor projeta UFRGS no cenário da Serra “Nosso lema, enquanto gestores dessa Universidade, é que ela seja plural e inovadora, aberta a qualquer empreendimento que tenha missão de melhorar a qualidade da nossa sociedade”, considerou o reitor Rui Oppermann, lembrando que o Escritório de Inovação será um centro formador, de qualificação, de consultorias e interação com outros municípios. “Viemos para a Serra com o que há de melhor da nossa Universidade: que é a nossa capacidade de empreender, produzir pesquisa e tecnologia”, explicou. O próximo passo é a busca por recursos para a construção da unidade, mas a atuação já terá início por meio de articulações e oferta de formações. “Este espaço na Serra não é somente para alunos da UFRGS, é para pensar e aprender empreendedorismo e inovação”, adiantou o reitor, considerando que a escolha por Farroupilha se deu por questão geográfica, por estar próxima a importantes parques industriais. “Queremos estar presentes e espraiados em toda a Serra com o que temos de melhor”, encerrou Oppermann.

Descerramento da placa “Marco Zero da UFRGS na Serra” Luiz Bombassaro, professor da UFRGS, diretor Lubaszewski, reitor Oppermann, deputada estadual Fran Somensi, prefeito Claiton e vice-prefeito Pedro Pedrozo

O melhor da UFRGS está chegando Reitor considerou ainda o perfil empreendedor da região, característica destacada como fundamental para receber o Escritório de Inovação do Parque Zenit


14

FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

Copa Farroupilha União de Clubes segue no sábado

A competição regional de futebol de campo chega à 11ª rodada neste sábado, com seis jogos, nas rodadas duplas que acontecem em Linha Amadeu, Linha São José e no Bairro Industrial. A 10ª rodada movimentou o último sábado. A zona de classificação às quartas de final é a seguinte: 1º) Gaúcho, com 24 pontos; 2º) Lyon e Titanium, com 22; 4º) Pôr do Sol, com 20; 5º) Industrial, com 18; 6º) Paysandu, com 13; 7º) Los Thicos, com 12; 8º) Trans 2001, com 11. Confira os resultados da última rodada e os confrontos da sequência da disputa abaixo. Resultados da 10ª rodada Titanium 2x1 Atlético Nova Vicenza Lyon 2x1 Industrial Gaúcho 9x2 Sapucaia Los Thicos 7x0 Azulão Trans 2001 2x3 Pôr do Sol Paysandu 4x3 Baile de Monique Duelos da 11ª rodada (sábado) Titanium x Sapucaia Linha Amadeu, às 13h30min Industrial x Paysandu Linha Amadeu, às 15h30min Azulão x Atlético Nova Vicenza Linha São José, às 13h30min Lyon x Pôr do Sol Linha São José, às 15h30min Trans 2001 x Gaúcho Bairro Industrial, às 13h30min Baile de Monique x Los Thicos Bairro Industrial, às 15h30min

Futsal feminino chega à fase de quartas de final

A Copa Farroupilha de Futsal Feminino inicia a fase eliminatória da competição regional, a de quartas de final, neste sábado à noite, no Ginásio de Esportes do Colégio Nossa Senhora de Lourdes, a partir das 19h. O ingresso custa R$ 5,00 e o espectador concorre a uma bike, oferecida pela Lojas Deltasul. Caso ocorra empate no tempo regulamentar, tem início a prorrogação com morte súbita, ou seja, quem marcar primeiro, leva. Se a igualdade persistir, a definição da equipe classificada será na cobrança de pênaltis. Veja abaixo os duelos que valem as quatro vagas na semifinal, com destaque para o embate entre as farroupilhenses 1º de Maio e Valente. Quartas de final Comando SP x Bento FC 1º de Maio x Valente Futsal/Máquinas Sazi Nefel x Damas de Ferro Santa Catarina x AFF

Além do profissional: vitória no Júnior, derrota no Juvenil

Enquanto o time de cima do Brasil vencia o Gaúcho, em Passo Fundo, a base do rubro-verde entrava em campo no mesmo horário para os compromissos do Gauchão Júnior e Juvenil. Na primeira disputa, o time enfileirou a terceira vitória em sequência, ao derrotar o Novo Horizonte, no Complexo Esportivo Santos & Schein, em Porto Alegre, por 2 a 0, com gols do André e Bruno Coimbra. Em casa, pelo Juvenil, a equipe farroupilhense perdeu para o Caxias por 2 a 0. A base do rubro-verde volta a campo neste fim de semana. No domingo, o Júnior vai a Soledade, enfrentar o time local às 15h, na penúltima rodada. Na decisiva, recebe o Brasil de Pelotas, na próxima quarta, também às 15h, nas Castanheiras. O rubro-verde está em 4º na classificação, com 21 pontos, e virtualmente classificado às quartas de final. Pelo Juvenil, o Brasil busca a primeira vitória neste sábado, às 15h, quando recebe a líder Apafut, de Caxias do Sul, nas Castanheiras.


15

FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

SEGUE O LÍDER

Brasil perto da melhor campanha Rubro-verde derrota o Gaúcho, em Passo Fundo, e com vitória diante do Cruz Alta assegura vantagem na fase eliminatória Kleiton Vasconcellos/Jornal Diário da Manhã

P

Brasil

ara retomar a liderança da Terceirona Gaúcha o Brasil necessitava vencer o Gaúcho, em Passo Fundo. O duelo de quarta à tarde, na BSBios Arena, foi faltoso, truncado, em campo embarrado, enfim, o legítimo duelo do interior gaúcho. Aos mandantes o triunfo também interessava, já que com ele garantiam, por antecipação, a liderança do Grupo B. Mas o rubro-verde, único a derrotar o time passo-fundense e um dos dois invictos na disputa (o Guarany de Bagé é outro que ainda não perdeu), estava disposto a estragar a festa dos anfitriões. Bem postado defensivamente, o Brasil chegou ao gol aos 18 minutos. Em cobrança de escanteio, Hiago cruzou para a área e, na segunda trave, Almeida estava livre. Ele dominou e fuzilou William Lago para marcar o 1 a 0 para o rubro-verde. O centroavante teve ainda mais duas oportunidades para ampliar no final do 1º tempo, mas o goleiro do Gaúcho salvou. A pressão do rival após o gol foi muito mais com bolas alçadas na área, quase sempre rebatidas pela segura dupla de zaga Andrion e Renan. O placar da etapa inicial ficou mesmo no 1 a 0. Na volta do intervalo, a ofensiva da equipe mandante foi intensa desde os primeiros segundos. Porém, os

Terceirona (última rodada)

Decisivo Centroavante Almeida comemora gol que assegurou vitória do rubro-verde, retomada da liderança do Grupo B e manutenção da invencibilidade do Brasil na Terceirona

X

Sorteio de ingressos

Domingo, às 15h, nas Castanheiras Ingressos: R$ 15,00 o masculino; R$ 8,00 o feminino, estudantes e idosos; base uniformizada, menores de 12 anos e sócios 2019 com entrada franca

O Jornal Informante sorteia dois ingressos para o duelo contra o Cruz Alta. Para participar basta compartilhar nossa postagem no Facebook, que será realizada nesta sexta. O sorteio acontece no sábado à tarde. Participe e boa sorte.

Terceirona Gaúcha (Classificação do Grupo B) Equipe

P

J

V

E

D

GM GS SG

1)

Brasil

21

9

6

3

0

13

4

9

2)

Gaúcho

19

9

6

1

2

16

6

10

3)

Santo Ângelo

16

9

4

4

1

15

12 3

4)

Santa Cruz

9

9

2

3

4

9

11 -2

5)

Cruz Alta

7

9

2

1

6

8

15 -7

6)

Nova Prata

2

9

0

2

7

7

20 -13

Legenda: P (pontos), J (jogos), V (vitórias), E (empates), D (derrotas), GM (gols marcados), GS (gols sofridos) e SG (saldo de gols)

atacantes do rival cansaram de desperdiçar oportunidades, quase sempre arrematando para fora. Quando as finalizações tiveram direção, o goleiro Douglas, novo titular após a lesão de Diego, foi espetacular. Ele fez duas defesaças: na cabeceada do lateral Boni, aos 33 minutos, e no chute de Rafinha Magalhães, que tinha o ângulo como endereço, aos 37. Na frente, Almeida continuava infernizando a defesa do Gaúcho praticamente sozinho. O tempo passava e a pressão pelo empate aumentava, mas também o nervosismo. O Brasil, apesar de abusar das faltas nas imediações da área, soube segurar o marcador e, com o apito final, comemorou novo triunfo, que o recolocou na ponta da tabela do Grupo B, agora com 21 pontos, contra 19 do Gaúcho. No domingo, na rodada final, o time farroupilhense recebe o Cruz Alta, nas Castanheiras, e com uma vitória garante a melhor campanha. O Gaúcho vai a Nova Prata encarar o lanterna. Santa Cruz e Santo Ângelo duelam nos Plátanos, em Santa Cruz do Sul. “Foi um jogo extremamente difícil, onde conseguimos colocar em prática a estratégia de explorarmos os contra-ataques e assim fizemos. Embora o gol não tenha saído de um contra-ataque, criamos inúmeras situações para marcar. Fizemos o 1 a 0 e fomos competentes para segurar a vantagem”, salientou Alê Menezes, já prevendo o duelo de encerramento da fase classificatória. “Agora é descansar e reunir forças para o jogo de domingo. É mais uma decisão para a gente, mas é bom entrar em campo sabendo que dependemos apenas das nossas próprias forças para fecharmos a fase na liderança”, destacou o técnico rubro-verde.


Fotos: Juliana Inês Casa Barbieri

Serra ganha UFRGS Itacyr, agora Emérito

Reitor Oppermann, deputada Fran e prefeito firmando a parceria Editoria de Educação, página 13, e Editorial

Oito anos de POE

Pelotão de Operações Especiais celebra, nesta sexta, aniversário de instalação em Farroupilha e passará a operar com o nome de Força Tática Página 10

Uma frota renovada

Brigada Militar de Farroupilha recebeu nove viaturas segunda Página 11

Yasmin Signori Andrade

CIDADE

Reconhecimento à trajetória do patriarca do Grupo Feltrin Editoria de Política, página 12


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

DIA MUNDIAL SEM TABACO

Segue luta contra o cigarro Mesmo tendo reduzido percentual de usuários de 35 para 10, tabagismo continua como um dos maiores fatores de risco à saúde co. A cada duas pessoas que fumam, uma irá morrer em consequência do cigarro. Doenças crônicas não transmissíveis são muito relacionadas ao tabaco. Entre elas, as cardiovasculares, cerebrovasculares e pulmonares. Câncer da laringe, da cavidade bucal e de pulmão têm alta prevalência entre fumantes, assim como doenças dos brônquios e enfisema pulmonar.

Divulgação

O

Sul do Brasil possui o maior número de fumantes em comparação com as demais regiões brasileiras. Os levantamentos apontam que o Rio Grande do Sul, especialmente Porto Alegre, apresenta as maiores taxas de tabagismo. “Enquanto em Capitais como Aracaju os índices ficam abaixo de 10%, em Porto Alegre ficam entre 15% e 17%”, aponta o médico Luiz Carlos Corrêa da Silva, pneumologista da Santa Casa de Porto Alegre. Mesmo que as mais recentes pesquisas do Instituto Nacional de Câncer (Inca) apontem que o tabaco teve seu consumo reduzido nas últimas três décadas, passando de 35% para cerca de 10% de usuários entre a população adulta, continua sendo fator de doenças e mortalidade. “Significa que o tabagismo vem encolhendo, isto é importante, mas ainda temos 18 milhões de fumantes, o que é muita gente”, analisa o médi-

Sem o cigarro: melhor qualidade de vida Nesta sexta, Dia Mundial sem Tabaco, as organizações de saúde reforçam os malefícios do hábito e quanto salutar é buscar ajuda para largar o vício. Andréia Volkmer, coordenadora do Programa de Controle ao Tabagismo da Secretaria Estadual da Saúde, informa que Porto Alegre é a terceira Capital do País em número de fumantes, ficando em primeiro lugar entre os que consomem mais de 20 cigarros ao dia. A Organização Mundial da Saúde reforça que se as pessoas abandonassem o vício, es-

Dia Mundial sem Tabaco Número de fumantes cai, mas ainda é preciso reforçar ações de conscientização para mehorar índices de saúde

sas doenças diminuiriam mais de 30%, assim como o câncer de pulmão e as Doenças Pulmonares Crônicas, que teriam queda de 90%. É importante ainda considerar que 80% dos fumantes adquirem o hábito antes dos 18 anos, o que reforça a relevância da educação preventiva e de ações de concientização serem disseminadas entre os jovens.

Onde procurar ajuda em Farroupilha

O Centro de Atendimento Psicossocial em Álcool e Drogas (CAPS-AD) oferece tratamento e acompanhamento clínico para interessados em largar o cigarro, além de grupos de apoio. O atendimento é gratuito, ofertado pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Interessados podem acessar a unidade, localizada na rua Papa João XXXIII, 640, bairro Imigrante. Contato e agendamento de consultas podem ser realizados pelos fones 3261-7924 ou 999.365.395. O atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 18h.


Compromisso com a Cidade. Compromisso com Você

FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

Quais os benefícios da Dr Equipe Espaço da Beleza *

A

Drenagem Linfática Facial é uma técnica de massagem que ajuda a eliminar toxinas, ativar a circulação sanguínea e aumentar a vitalidade. A técnica oxigena a pele, deixando-a mais firme, com mais viço, melhora a sensação de inchaço e é capaz até de reduzir as linhas de expressão. Todos os toques são feitos suavemente, sem pressão. Os movimentos são deslizantes, e têm como objetivo desobstruir os canais linfáticos, causando sensação de bem-estar e provocando maior eliminação do líquido retido no organismo, através da urina. Indicações Indicado para quem sofre de retenção de líquidos, especialmente inchaços pós-cirúrgicos e edemas típicos do período gestacional e pré-menstrual. Benefícios A Drenagem Linfática Facial tem como principais benefícios * Eliminar o líquido retido no organismo; * Melhorar a sensação de inchaço do rosto; * Estimular a circulação sanguínea; * Aumentar a vitalidade; * Combater o estresse. Resultados O tratamento é contínuo e prevê, no mínimo, 10 sessões. Deve ser realizado semanalmente ou conforme recomendação do especialista. Contraindicações Para pessoas que apresentem doenças cancerígenas, principalmente linfomas ou infecções.

* Espaço da Beleza Centro Independência, 555 – Cent Fone (54) 3268-5511 WhatsApp: 981.195.645 Fan Page: Espaço da Belez


Compromisso com a Cidade. Compromisso com Você

FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

renagem Linfática Facial?

Estético tro de Farroupilha

za

Imagem: Reprodução

Técnica Procedimento ajuda a eliminar toxinas, ativa circulação sanguínea e aumenta a vitalidade da pele


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

VIDA SAUDÁVEL

Alimentação adequada à idade Para evitar problemas de saúde, dieta deve respeitar o avanço dos anos e ser encarada como um estilo de cada um

É

perfeitamente natural que, com o passar dos anos, a atividade do metabolismo tende a diminuir, fazendo com que o corpo gaste menos energia e demore mais tempo para eliminar gordura. É um processo comum, mas é possível criar hábitos que equilibrem esse cenário e promovam uma melhora na situação. É sabido que existem dietas que são adequadas para cada tipo de organismo e que facilitam uma boa reeducação alimentar. “Quanto mais jovem, com mais facilidade se perde peso porque o organismo assimila com mais rapidez a mudança. Mas, no geral, independentemente de idade, optar por uma alimentação saudável vai privilegiar o tipo

de cada pessoa”, afirma a nutricionista Sabina Donadelli, ressaltando que não há uma dieta específica para cada idade. A alimentação deve ser encarada como uma escolha pessoal, mas que necessita ser levada a sério. “Antes de mais nada, é preciso pensar no tipo de alimentação que uma pessoa adota dentro do seu estilo de vida e estar em paz e satisfeito com as suas decisões neste sentido. Tudo é questão de adaptação e o primeiro passo começa na cabeça, em decisão pessoal e de amor próprio”, explica Sabina. Não há dicas mágicas, porém, qualquer dieta deve ter como princípio básico o cuidado e respeito com o corpo. Neste caso, conhecimento é fundamental. “Acredito que a consciência vem acompanhada de in-

ão

g ul

v

Di

No cardápio Liberadas para todas as idades: frutas, legumes e verduras são indispensáveis na dieta de quem busca uma alimentação saudável e equilibrada

formação. Se eu sei que um alimento com menor corante, conservante, um alimento embalado é menos saudável do que um alimento preparado com produtos frescos, essa será a minha opção. Se há desistência é porque foi adotado um modelo de dieta incompatível com seu jeito de ser”,

esclarece a nutricionista. No geral, busque sempre por produtos de origem natural. “Em princípio, tudo o que é natural é melhor do que vem embalado. Uma dica que alguns profissionais dão é contar o número de ingredientes que tem no produto, se houver mais de 10 itens

em composição, provavelmente não se trata de algo saudável”, finaliza a profissional. Claro que alimentação é importante, mas a prática de exercícios físicos, sono regular e horários adequados para trabalho, descanso e lazer também contribuem para uma vida saudável.


Literatura

Somos Todos Leitores: as atrações da Feira do Livro do CNSL, que ocorre quarta e quinta e chega à 26ª edição Páginas 8 e 9

Inside

Sétima Arte

“Vice”, de Adam McKay, retrata a ascensão de Dick Cheney como homem mais poderoso do planeta Páginas 10 e 11

ENOTurismO

Caminhada fecha Dia do Vinho Tomaz Graciliano

Tradicional percurso é a última atração em Farroupilha do evento que reúne o melhor da enogastronomia no País

P

ara fechar a programação do Dia do Vinho em Farroupilha, neste domingo acontece a V Caminhada do Dia do Vinho. O trajeto possui cerca de 12 quilômetros, em meio às belas paisagens do interior. O roteiro inicia às 8h, no Centro da cidade, na rua Independência, em frente à Hermelu Esportes, de onde os participantes irão de ônibus até o Parque Salto Ventoso. De lá, eles partem para a Vinícola Cave Antiga, na Linha Rio Burati, no 3º Distrito. No encerramento, os caminhantes vão conhecer um pouco da história da Vinícola e aproveitar um almoço colonial que terá no cardápio radicci com bacon, maionese, macarrão, galeto, sagu com creme e vinhos. Para fazer da atividade o valor é de R$ 65,00, incluindo translado, guia de turismo, carro de apoio e o tradicional almoço italiano. A Caminhada é uma ação do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), com apoio da Prefeitura e da Cave Antiga. O 10º Dia do Vinho Brasileiro iniciou programação dia 17 e segue até domingo. O evento está acontecendo simultaneamente em seis Estados e, em Farroupilha, contou com passeios por vinícolas, jantares, cursos, degustações, além dos descontos oferecidos durante o período. No ano passado 53 aventureiros de diversas cidades do Estado participaram da Caminhada, percorrendo também 12 quilômetros. Informações sobre a 5ª edição podem ser obtidas pelo fone 999.277.418.

Programe-se O que: V Caminhada do Dia do Vinho Quando: domingo, às 8h Onde: saída da rua Independência, em frente à Hermelu Esportes Quanto: R$ 65,00

Para os aventureiros Caminhada pelas belas paisagens do interior farroupilhense possui cerca de 12 quilômetros


Inside

2

FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

Cinemas Imagens: Reprodução

Shopping Iguatemi (RST-453, quilômetro 3,5) Cinemas GNC 1: Vingadores: Ultimato - às 13h50min e 17h20min (dublado), 21h (legendado) GNC 1: Final da UEFA Champions League - às 15h15min (sábado) GNC 2: Godzilla 2: O Rei dos Monstros - às 13h40min (dublado) e 16h20min (legendado) GNC 2: John Wick 3: Parabellum - às 19h20min GNC 2: Hellboy - às 22h GNC 3: Kardec - às 13h20min, 17h35min e 19h45min GNC 3: Pokémon: Detetive Pikachu (dublado) - às 15h30min GNC 3: Brightburn: Filho das Trevas - às 21h55min GNC 4: Aladdin - às 13h30min e 19h (dublado), 16h10min (legendado) e 21h50min (legendado e em 3d) GNC 5: Godzilla 2: O Rei dos Monstros - às 13h15min (legendado e em 3d), 16h (dublado), 18h50min (legendado) e 21h40min (dublado e em 3d) GNC 6: Rocketman - às 14h e 19h10min (dublado), 16h30min e 21h45min (legendado) Ingressos: segunda e quinta (exceto feriado e Carnaval) a R$ 24,00 e R$ 30,00 (salas 3d); terça e quartas (exceto feriado e Carnaval) todos pagam meia entrada; sexta a domingo e feriado a R$ 28,00 e R$ 34,00 (salas 3d). Meia entrada todos os dias para menores de 18 anos e maiores de 60 (mediante apresentação de identidade), estudantes (mediante apresentação de Carteira de Identificação Estudantil), pessoas com deficiência (com documento que a comprove), cliente Movie Club Preferencial (cartão verde fidelidade GNC).

Shopping San Pelegrino (Avenida Rio Branco, 425) * Obs: o site do Cinépolis traz apenas os horários dos filmes, mas não informa em qual sala serão exibidos Godzilla 2: O Rei dos Monstros - às 15h20min, 16h15min, 18h15min, 19h e 22h (dublado e em 3d), 21h (legendado e em 3d) Hellboy - às 21h45min Pokémon: Detetive Pikachu (dublado) - às 13h45min Kardec - às 19h15min John Wick 3: Parabellum - às 16h30min Rocketman - às 14h, 16h45min e 19h30min (dublado), 22h10min (legendado) Vingadores: Ultimato - às 14h15min e 17h50min (dublado), 21h30min (legendado) Aladdin - às 15h e 18h (dublado e em 3d), 21h (legendado e em 3d) Ingressos: nas salas tradicionais, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 23,00 e R$ 11,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 25,00 e R$ 11,50 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 26,00 e R$ 13,00 (meia). Nas salas 3d, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 14,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 15,00 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 32,00 e R$ 16,00 (meia).

Sala de Cinema Ulysses Geremia (Luiz Antunes, 312) A Garota na Névoa - sexta a domingo às 19h30min Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (estudantes e sênior)

Entrando em cartaz Cineasta americano Michael Dougherty dirige a ação/ficção “Godzilla 2: O Rei dos Monstros”. Já o britânico Dexter Fletcher, que assumiu o final das filmagens de “Bohemian Rhapsody”, no lugar de Bryan Singer, comanda a biografia de Elton John em “Rocketman”


Inside

FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

3

Solidariedade

Destinando itens em prol da solidariedade Recolhimento de materiais segue até a próxima sexta, e brechó acontece sábado, dia 8: valor arrecadado vai para FazBem e PATNE Arquivo Jornal Informante

O

5º Brechó Solidário está sendo promovido pela Associação Farroupilhense FazBem em parceria com o Gabinete da Primeira Dama. As doações estão sendo recolhidas até a próxima sexta, dia 7, e o brechó acontece no sábado, dia 8, no Cube do Comércio, das 8h às 16h30min. A ação visa destinar itens que estão sem uso, auxiliando famílias carentes e arrecadando lucro para instituições filantrópicas. As doações dos materiais em bom estado de conservação incluem desde roupas até eletrodomésticos. Eles estão sendo recolhidos em quatro pontos de coleta que podem ser conferidos ao lado. Quem deseja doar e não puder entregar nos postos de coleta, basta entrar em contato por meio do número 997.105.229 e combinar a entrega. A ação acontece anualmente, e este ano, dos recursos arrecadados, 50% serão destinados ao Programa de Apoio ao Toxicômano Nova Esperança (PATNE), e a outra metade será investida em projetos sociais apoiados pela FazBem. “É uma forma de dar cidadania para a comunidade, onde as pessoas adquirem bons produtos com preços acessíveis. Também temos a responsabilidade por meio dessa ação de reutilizar itens que estão

Consciência e filantropia Brechó Solidário, que beneficiou a Liga de Combate ao Câncer no ano passado, recebe doações que irão auxiliar FazBem e PATNE

parados. Estamos muito felizes com as doações”, salienta a presidente do FazBem, Aneli Maria Finimundi. No ano passado a ação teve um apelo de lixo zero e destinou metade do lucro de R$ 25.440,00 para a Liga de Combate ao Câncer.

Pontos de coleta até a próxima sexta, dia 7 Centro de Atendimento ao Cidadão, o Ceac (14 de Julho, 713) Prefeitura Municipal (Praça da Emancipação, s/nº) Casa de Cultura (República, 172) UCSFar (Rodovia dos Romeiros, 567)

Itens que estão sendo recolhidos

Roupas, livros, revistas, objetos de decoração, peças de cama, mesa e banho, brinquedos, utensílios de cozinha, eletrodomésticos, móveis, entre outros, tudo em bom estado de conservação.


Inside

4

Crônicas da Redação Ramon Cardoso

ramon@jornalinformante.com.br

A Liga dos Campeões da Europa, que consagrará seu campeão na temporada 2018/2019 neste sábado à tarde, no gramado do moderno Wanda Metropolitano, caso do Atlético, em Madri, talvez seja a primeira que acompanharei torcendo desgraçadamente para os dois times levarem o caneco. Ficarei exultante com quem ganhar e, por tabela, triste por quem perder. Liverpool e Tottenham sintetizam os últimos resquícios do futebol raiz. São times que contam com grandes estrelas do futebol mundial, sem dúvida, mas que tem no coletivo sua maior força, algo que não se vê nos recentes campeões da disputa. Os títulos do Barcelona tinham a assinatura de Messi, os do Real Madrid a estrela de Cristiano Ronaldo. Se Salah não jogar bem, o Liverpool mesmo assim pode ganhar. Ele não atuou no jogo de volta contra o Barça, em que Messi estava em campo. O argentino não jogou e o time inglês aplicou um 4 a 0 inapelável em Anfiel. Kane, o letal centroavante dos Spurs, está lesionado há algum tempo, mas isso não impediu que os londrinos fossem a Amsterdã e, depois de estar perdendo por 2 a 0 para o Ajax, virassem o duelo em 45 minutos com três gols de Lucas Moura. Isso mostra que a força dessas equipes é o conjunto. Não há dependência demasiada em cima de um atleta. Outra característica de futebol raiz é o comando técnico. Para muitos, as estrelas dos times ingleses estão fora das quatro linhas: o alemão Jürgen Klopp pelo Liverpool e o argentino Mauricio Pochettino pelo Tottenham. Domínio total sobre os elencos e segurança absurda no trabalho. Sem ela, como seria possível virar um 0 a 3 em 90 minutos ou igualar um 0 a 3 em 45 minutos? O Liverpool fez 97 pontos na Premier League e acabou vice-campeão. Perdeu a Liga na temporada passada jogando muito mais que o Real Madrid na final por conta de uma performance desastrada de seu goleiro. Um trabalho assim necessita ser coroado. O Tottenham, por sua vez, largou na competição com duas derrotas e um empate, no grupo que tinha Barcelona e Internazionale. Não bastasse isso, empregou a maior parte de seus recursos na construção do seu novo estádio e derrubou o favorito Manchester City nas quartas em partidas épicas. Chega pela primeira vez à final. Da mesma forma merecia a orelhuda para sua consagração. Porém, o que mais chama a atenção, além do grande futebol, é a entrega. Há beleza na entrega. Quem curte o futebol raiz sabe o valor de um carrinho para evitar um escanteio. Isso tem o mesmo peso que um drible ou uma pifada entre a zaga. Este será um sábado deixar tudo de lado e aproveitar cada instante de uma final que promete ser memorável. E um sábado para aplaudir, sem medo de errar, com o mesmo entusiasmo, vencedores e vencidos. Independente de quem levar o caneco, o futebol saiu campeão e fortalecido.

Agenda

SEXTA

Cara ou Coroa com Gio Lisboa e Thiago Oliveira Caverna Comedy Club (República, 445, subsolo), às 22h

Projeto Mulheres: Simone de Beauvoir, com Rita de Cassia C. Costa Instituto Cultural Taru (La Salle, 911, em Caxias do Sul), às 16h Divulgação

Um sábado para enaltecer o triunfo do futebol raiz

FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

Sexta Rock Nacional e Internacional com Tai Armazém Retrô Pub (Guerino Tartarotti, 162), às 22h Happy Hour Eletrônico Muinho Café (Mal. Floriano Peixoto, 190), às 19h Ladies Night Wild Beer (Golçalves Dias, 73) às 23h

SÁBADO Sabadão Sertanejo com Cristiano Ribeiro Armazém Retrô Pub (Guerino Tartarotti, 162), às 22h

DOMINGO Encontro Coletivo Feminista Entre Elas Associação Cultural Moinho Covolan (Mal. Floriano Peixoto, 190), às 16h


FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

Inside

Beleza

Youtuber com mais de 2 milhões de seguidores fará workshop em Farroupilha Divulgação

Do YouTube para o palco do Sindilojas Com seu jeito descontraído e bem-humorado, a maquiadora Alice Salazar vai ensinar o passo a passo de uma maquiagem que serve para curtir o dia e a noite

A

Paulo Roque Gasparetto prgasparetto@terra.com.br

Lições de Alice Salazar

maquiadora e blogueira Alice Salazar foi uma das primeiras youtubers do Brasil e seu trabalho é reconhecido por mais de 2 milhões de seguidores. Por meio do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), a porto-alegrense estará em Farroupilha no dia 9 de julho, apresentando um workshop de maquiagem prática essencial. O evento acontece no auditório do Sindilojas e os ingressos antecipados com desconto podem ser adquiridos até a próxima sexta (veja valores e formas de aquisição e pagamento no box ao lado). No workshop Alice vai ensinar o passo a passo de uma maquiagem para o dia a dia, e a mesma maquiagem poderá ser transformada para curtir a

5

noite. O evento tem a duração de 2 horas. As vagas são limitadas e as vendas de ingressos seguem até o dia do workshop, conforme disponibilidade.

Programe-se O que: Workshop de Beleza com Alice Salazar Quando: 9 de julho, às 19h30min Onde: Sindilojas (Nataly Valentini, 75) Quanto: R$ 49,00, associados ao Sindilojas Farroupilha têm 20% de desconto. Pelo site http://bit.ly/2JaeaNj, R$ 45,57, parcelado em até 9x ou R$ 41,01, à vista. Comprando à vista no Senac Farroupilha (República, 617) até a próxima sexta, o valor é de R$ 42,34. Depois desta data, R$ 44,10.

Das comunidades de redes sociais à comunidade humana O Dia Mundial das Comunicações, celebrado no dia 2 de junho, data da solenidade da ascensão do Senhor, tem como tema “‘Somos membros uns dos outros’ (Ef 4, 25): das comunidades de redes sociais à comunidade humana”. A mensagem apresenta o convite à reflexão sobre as relações entre as pessoas na internet, ambiente no qual a igreja acredita que deve ser usado para o encontro das pessoas e a solidariedade entre todos. Assim, quando falamos de comunicação sempre nos vem à mente relacionamento, convivência, diálogo e unidade. Por isto celebramos também a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos. De acordo com o papa Francisco, o mundo digital é um importante lugar de encontro, no qual é possível construir relações amistosas ou ser um instrumento muito perigoso que pode resultar na formação de pensamento único, o que empobrece as relações humanas. É nessa perspectiva que podemos situar a sua mensagem quando diz: “Esta tendência alimenta grupos que excluem a heterogeneidade, alimentam no próprio ambiente digital um individualismo desenfreado, acabando às vezes por fomentar espirais de ódio. E, assim, aquela que deveria ser uma janela aberta para o mundo, torna-se uma vitrine onde se exibe o próprio narcisismo”. As redes sociais e as comunidades físicas não são duas realidades em oposição, mas que olham na mesma direção. Como afirma a mensagem do papa nas cinco conclusões sobre o uso das redes em nossas comunidades. Primeira: “A imagem do corpo e dos membros recorda-nos que o uso da social web é complementar do encontro em carne e osso, vivido através do corpo, do coração, dos olhos, da contemplação, da respiração do outro”. Segunda: “Se a rede for usada como prolongamento ou expectação de tal encontro, então não se atraiçoa a si mesma e permanece um recurso para a comunhão”. Terceira: “Se uma família utiliza a rede para estar mais conectada, para depois se encontrar à mesa e olhar-se olhos nos olhos, então é um recurso”. Quarta: “Se uma comunidade eclesial coordena a sua atividade através da rede, para depois celebrar juntos a Eucaristia, então é um recurso”. E a última: “Se a rede é uma oportunidade para me aproximar de casos e experiências de bondade ou de sofrimento distantes fisicamente de mim, para rezar juntos e, juntos, buscar o bem na descoberta daquilo que nos une, então é um recurso”. * Pároco da Paróquia Sagrado Coração de Jesus e doutor em Comunicação


Rafael Sartor

C

Oficina

om o objetivo de ensinar jovens e adolescentes a organizar suas finanças pessoas, a Secretária do Eporte, Lazer e Juventude, em parceria com a UCS, promove a oficina de Educação Financeira. A economista Jacqueline Maria Corá ministrará o evento, na segunda, às 9h, e mostrará aos alunos como ter mais autonomia e focar num consumo consciente. A inscrição é gratuita e pode ser feita pelo WhatsApp (54) 996.373.010.

Happy O Muinho traz mais uma edição do Happy Hour eletrônico para esta sexta. Os DJ’s Fernando Pegoraro, Aka Drumlike e o residente da casa Cris d. comandam a animação do encontro, a partir das 19h. O evento tem entrada free e contará com cardápio especial de hambúrgueres e chopp Blauth Beer.

Encontro

Divulgação

Patrícia Pas que anim Boteco

Fique por Dentro Brechó

No dia 8 de junho acontece o Brechó Solidário da instituição Amafa. A ação ocorre no Salão Comunitário do Bairro São José, a partir das 8h. As peças à venda estarão expostas com valores a partir de R$ 2,00. Participe!

Daniela De Rocco

O Vivere já se tornou um evento confirmado do inverno farroupilhense e já tem data marcada para a próxima edição. O festival de rua será no dia 7 de junho, uma sexta. Na data, restaurantes, vinícolas e cervejarias irão servir suas delícias no Centro da cidade, na rua Júlio de Castilhos. A realização é da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Turismo e Cultura.

Da série família reunida: Elaine Müller Molon celebrou seu aniversário de 60 anos no sábado, no Restaurante Caminho do Trem. Os festejos reuniram seus amigos e familiares, que foram animados pela banda Os Neutrons. Na foto, da esquerda para direita estão: Carine Soares, Nelso Molon Júnior, Elaine Müller Molon, Nelso Molon, Nadiélle Müller Molon e Jackson Pagliarini Vieira

Na vibe

O espaço Casa Milano organiza a 1ª edição da Sexta de Som, neste final de semana, com o show da Long John. A banda sobe ao palco a partir da meia-noite e os ingressos serão vendidos na hora.

Bate-papo

A pequena Nicole celebrou seu aniver de 5 anos no domingo e recebeu o carinho dos pais Leandro de Oliveira e Cláudia De Gaspari e da mana Gabrieli, durante sua festinha no Caverna Comedy Club

Denise Balbinot Colombo participou, nos dias 28 e 29 de maio, do Wedding Planner Master Class, em São Paulo. O congresso reuniu mais de 12 palestrantes e 250 cerimonialistas de todo Brasil, que buscam capacitação e novidades para a área

Neste domingo, a partir das 16h, rola o bate-papo do Coletivo Feminista Entre Elas, no Muinho. O encontro terá como foco o debate sobre Feminismo e Educação e discussão sobre a mulher histórica Malala Yousafzai. O evento é aberto e todos estão convidados a participar.

B no Cap o


Divulgação

Fábio Silvestri

A média dermatologista Dra. Stela Cignachi, buscando trazer novidades no ramo em que atua, participou do curso Face Master Class, em São Paulo, na semana passada. O evento reuniu técnicas de análise da beleza facial objetiva e subjetiva para serem aplicadas aos pacientes

such curtiu o sertanejo mou os presentes no do Chá, no sábado Zignani

Agostinho Luiz Peroni e Roseli De Bairros celebraram seu casamento o sábado. A cerimônia aconteceu na pela São Pedro, em Pinto Bandeira, e os convidados foram recepcionados na Vinícola Don Giovanni

Junior Machado

Eduarda Heineck e Thalia Silva foram presença confirmada da festa Pista Certa do Muinho, no final de semana


Inside

8

Fabrício Oliboni fabrioliboni@gmail.com

Manifestações Estou escrevendo essa coluna no dia 28/04. Pelas minhas contas, neste mês de maio, já vi mais de 15 manifestações diferentes em Buenos Aires. Hoje está rolando uma, e falo isso às 20h10min, pois vai seguir pela madrugada, que é uma que já ocorreu algumas vezes neste e no ano passado, sobre o aborto legal. Junto dessa entram em conflito os que estão protestando contra o aborto, assim já podemos considerar duas manifestações diferentes em um dia. Amanhã todos os transportes públicos param por aqui, assim como bancos fecham, quase nada aberto... um dia morto. No meu trabalho dei folga forçada para a equipe, porque eles nem tem como chegar ao escritório, e eu vou porque posso ir caminhando, e também porque alguém tem que ir, né. Tudo isso é bastante comum em Buenos Aires. Quando eu comento algo sobre isso com alguém que não mora aqui a pergunta inevitável é “mas adiante alguma coisa?”. Bom, sinceramente eu não sei responder com propriedade, mas acho que não, porque muitas das manifestações se repetem com frequência. Se tivesse algum resultado positivo para quem está reivindicando estas coisas, o passo seguinte seria que esses protestos cessassem, mas não é o que acontece. Ao menos não até agora. Motivos para os protestos? São muitos, mas os mais significativos são referentes às tarifas impostas pelo governo do presidente Macri, o desemprego, a inflação altíssima, o dólar disparando, contra o FMI... vai longe, e isso só na seara política, pois grande parte dos protestos pegam questões sociais e culturais também. Entra na conta dos protestos o fechamento de fábricas, algum corte orçamental na educação, políticas de imigração, etc. Assim como no Brasil, motivos não faltam para protestos na Argentina. Conversando com argentinos, a maioria me diz que, realmente, não surtem efeito os protestos, mas eles seguem acontecendo. Talvez não funcionem a contento porque não são tão bem direcionados, não tem o peso que deveriam, e já banalizou. Conversando com um amigo há alguns dias, ele me indagou se Buenos Aires seria como Paris, no que tange a protestos. Discordei, porque em Paris tenho a impressão de que eles são menos frequentes, mas quando ocorrem, são fortes, organizados e surtem efeito. Posso estar enganado, pois ressalto que é só uma visão superficial que eu tenho disso, não olhei nada a fundo, mas certamente tem uma boa diferença nessas duas cidades relacionadas a protestos. Um efeito colateral destes protestos é que eles param a cidade. E isso ocorre com muita frequência. Se fossem mais pontuais e direcionados, tenho certeza que o efeito seria mais efetivo. Muitos já largam de mão porque sabem que atrasa muita gente. O comércio, a locomoção do pessoal, menos trabalho, gastos do governo justamente para proteger a população em meio a essas manifestações, tudo atrasa... tem muita coisa, e a solução tampouco é simples. Encerro esse texto sem uma resposta, malz ae. Lá fora, a manifestação segue noite adentro. Vai funcionar? Talvez. * Agente de intercâmbio e bacharel em Relações Internacionais

Literatura

FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

Todos engajados no Consolidada, 26ª Feira do Livro do Colégio Nossa Senhora de Lourdes acontece na próxima quarta e quinta

A

tradicional Feira do Livro do Colégio Nossa Senhora de Lourdes está chegando. A 26ª edição chega com o slogan “Somos Todos Leitores”, e sugere que todo tenham o hábito da leitura no dia a dia. Todas as atividades acontecem na próxima quarta e quinta no Ginásio de Esportes e a visitação aos estandes das livrarias acontece das 8h às 11h30min e das 13h às 19h30min, na quarta e das 8h às 11h30min e das 13h às 16h, na quinta. A comunidade está convidada a conhecer e participar do evento. “Nossa intenção é incentivar a leitura, e isso envolve todos. Este ano teremos três livrarias parceiras oferecendo muitas novidades com preços promocionais”, explica a auxiliar de biblioteca da escola, Daniele Elisa Dani. A abertura da feira será na quarta, às 9h, com apresentação do Coral do Colégio. As atividades iniciam à tarde e seguem até quinta para os alunos da Educação Infantil até o Ensino Médio. Serão duas autoras que estarão fazendo atividades: Eleonora Medeiros e Marina Solé Pagot, além do Grupo Alfa Teatro. A última edição da Feira aconteceu em abril do ano passado e envolveu cerca de 500 participantes. “Nosso principal foco é o incentivo à leitura e para isso tentamos nos superar trazendo a cada ano opções de autores e livros diferentes para que isso aconteça”, declara Daniele. Como forma de ampliar o conhecimento dos alunos, além da leitura das obras estão sendo desenvolvidos trabalhos práticos que serão expostos no evento.


Inside

FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

Literatura

9

Dolores Maggioni doloresmaggioni@terra.com.br

hábito da leitura

Abraçando uma ausência

Divulgação

Programação

Atividades diversas Eleonora Medeiros, autora de livros trabalhados com os alunos, estará durante toda a quarta participando da Feira do Livro em Lourdes

Quarta, dia 5 9h: Abertura da Feira com apresentação do Coral do Colégio. Aberto à comunidade educativa e autoridades 13h10min às 14h: Atividade com escritora Eleonora Medeiros sobre o livro “Luzia: A Gatinha Pretinha”, para as turmas do 1º ano 14h10min às 14h50min: Atividade com escritora Eleonora Medeiros sobre os livros “Uma Colcha Para Cobrir o Mundo” e “A Princesa Escabelada e o Galante Vendedor de Pentes”, para as turmas do 2º e 3º ano 15h55min às 16h15min: Atividade com escritora Eleonora Medeiros sobre o livro “Uma Aventura Fascinante”, para os alunos da Educação Infantil 16h15min às 17h15min: Atividade com escritora Eleonora Medeiros sobre o livro “Bandele”, para as turmas do 4º ano Quinta, dia 6 9h05min às 9h55min: Bate-papo com Mariana Solé Pagot, autora do livro “Coração de Obsidiana”, para as turmas do 7º e 8º ano 10h15min às 11h05min: Atividade com Marina Solé Pagot, para o 9º ano e Ensino Médio 13h30min às 14h30min: Apresentação do Grupo Alfa Teatro com a peça “Um Dom Quixote Diferente e Uma Doce Menina”. para o 5º e 6º ano 16h: Encerramento da Feira

Renovam-se dentro de mim escavações arqueológicas. Fiz parte do enredo das histórias da meninice... Era eu a princesa adormecida em algum bosque encantado. E adormecida permaneci por longos e longos anos. O tempo se encarregou de me acordar. Minha emoção provoca uma reimersão na alma. Percorro a rua Independência. Onde um dia havia a “Casa Cor de Rosa”. Altos tapumes de madeira abraçam uma ausência. Da casa e das gentes. Estaciono o carro. Observo. A terra revolvida e escavada. Não mais as velhas e generosas nogueiras. Não mais os funchos e as manjeronas. Só a ausência. Só a saudade. Bem ali, onde a casa de número 313 assistiu o evoluir da minha infância, dos meus primeiros sonhos de adolescente, das ilusões fantásticas da juventude... bem ali, mãos obreiras deram nascimento a um novo empreendimento. Assim é a vida! Chegadas e partidas! Início e término. Auroras e crepúsculos. Nascimento e morte. É para ela, a “Velha Casa Cor de Rosa” que ali existiu, este poema, com o amor de quem jamais a esqueceu. “Bem onde um dia havia, a casa cor de Rosa Calou-se silenciosa, como portas cerradas A lua, que então cantava cantigas de amor. Cenário silencioso, sem riso ou alvoroço A noite escura e quieta, ali pousou sua dor. Qual livro sossegado, na sossegada estante, Tombado nas ruínas, um sonho antigo dorme A espera sucumbida prostrou-se de joelhos No ritual tristonho desta saudade enorme. Os braços das nogueiras tombaram despencados. Só o musgo ali cresceu e o trilho das formigas Já não rebentam cores nas palmas cultivadas, Perdidos os aromas da sálvia em mãos amigas. O gato foi embora moído de tristeza Perdeu até a raposa o seu lugar noturno De ir brincar no sótão e incomodar o sono Junto à velha coruja e seu piar soturno. Bem onde um dia havia a Casa Cor de Rosa Os olhos tão castanhos das nozes não espiam Por entre a relva fresca, molhada de orvalho E o olhar afetuoso daqueles que as colhiam. Da velha chaminé de zinco, enferrujada, Nem a fumaça cinza brincando em espiral, Nem o fogão à lenha, com sua chapa brilhando À espera do café, diuturno ritual. Bem onde um dia havia a Casa Cor de Rosa Há o espanto da saudade de um tempo que parou Não mais o cortinado dançando com o vento Só a gigante falta que o tempo emoldurou. Já não existe o Chivas na velha prateleira Nem mesmo a prateleira, tombada com o tudo Não mais a brasa acesa, para o encontro dos domingos, Só o trilho das formigas passeando quieto e mudo. Bem onde um dia havia a Casa Cor de Rosa Murchou o pé de funcho, tão terno e perfumado Nem o velho machado descansa sobre o cepo, Dormido no porão, no entulho abandonado. Já não explodem cravos, vermelhos de carinho No mapa dos canteiros, desfeito, destruído, E os cidrós cheirosos e as verdes manjeronas Cessaram seus perfumes, num chão tão esquecido Bem onde um dia havia a Casa Cor de Rosa Há uma tristeza roxa como o capuz de um monge Só a saudade cresce doída e se agiganta E os olhos se perdem, ao longe... muito longe”. * Poetisa


Inside

10

FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

Sétima Arte

Política

privada

“Vice” aborda a ascensão ao poder de Dick Cheney e como ele ditou os rumos da Casa Branca para atender a seus próprios interesses

Q

uem olhasse para Dick Cheney (Christian Bale), no início da vida adulta, não daria um tostão furado por ele. Após conseguir uma vaga na prestigiada Universidade de Yale, muito por conta do intermédio da namorada, a influente Lynne (Amy Adams). Foi ela que, em certa altura, enquadrou o futuro esposo. Aliás, a carraspana foi tamanha que, anos mais tarde, ele viria a ser o líder político mais influente dos Estados Unidos e, por tabela, do planeta. Deixando a fase de brigas e bebedeira de lado, Cheney se forma na Universidade de Wisconsin e ingressa no Programa de Estágio do Congresso, em 1968. Lá, fica muito impressionado com o discurso do deputado Donald Rumsfeld (Steve Carell), um dos expoentes do Partido Republicano e que assessorava o presidente

Richard Nixon na pauta econômica. Não demora muito para Cheney, com seu estilo calado, mas leal ao extremo, subir em importância nos bastidores da legenda. Porém, estoura o caso Watergate, Nixon cai e Gerald Ford (Bill Camp) assume. Nesta altura, Rumsfeld atuava na OTAN e Cheney já não estava tão ligado à presidência, ou seja, a lama do escândalo não respingou na dupla, que voltou com força assessorando o novo presidente, com Rumsfeld assumindo o cargo de secretário da Defesa e Cheney no posto de Chefe de Gabinete. Mas as estruturas do Partido Republicano tinham sido abaladas, o que ficou visível na eleição seguinte, quando Ford foi derrotado pelo democrata Jimmy Carter. Contudo, a lealdade à sigla era algo que estava fora de discussão e, tão logo houvesse mudança nas cadeiras, os republicanos sabiam que

poderiam contar com a dupla de amigos. O filme de Adam McKay não é uma narração linear. Ele é entrecortado. Fala de Cheney começando por baixo na política, mostra na sequência ele tomando decisões importantes no 11 de setembro e, por fim, sua ascensão ao cargo de vice-presidente, onde conseguiu operacionalizar as mais sórdidas estratégias políticas para atender, sobretudo, seus interesses pessoais. Carter teve uma política externa desastrada e foi facilmente derrotado por Ronald Reagan. Com uma postura altamente agressiva e liberal, o ex-ator foi reconduzido ao posto, período em que Rumsfeld estava alijado do poder e que Cheney ocupava o Parlamento. Quando George Bush assumiu, Cheney virou secretário de Defesa, comandou a Operação Tempestade do Deserto e, digamos, começou a expandir sua visão política para além

dos gabinetes. Mais tarde, conseguiu um emprego de CEO da Halliburton, o que foi determinante para o que viria mais para frente. Fora da política, ele recebe um convite de George W. Bush (Sam Rockwell) para ser seu vice na chapa republicana. Exceção feita à renúncia de Nixon, a posição era altamente figurativa e até certo ponto marginalizada na política americana. Lynne sabia disso, mas Cheney, percebendo a inexperiência e incapacidade de Bush filho, mudou para sempre a forma como o posto passou

a ser encarado. Todos achavam George W. um imbecil, ele era mesmo, por isso ninguém desejava compor a chapa com ele. No entanto, perante algumas condições minuciosamente negociadas e aceitas, Cheney topou. Quando ocorreram os atentados às Torres Gêmeas e ao Pentágono, o vice percebeu que o universo conspirava a seu favor. É justamente neste momento o ponto alto da trama, que de certa forma sintetiza a carreira política de Cheney. É muito interessante ver os bastidores da tentativa de convencer o Congresso


Inside

FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

11

Sétima Arte Divulgação

Imagem: Reprodução

Oscar 2019

Concorreu Filme Roteiro Original (Adam McKay) Direção (Adam McKay) Ator (Christian Bale) Atriz Coadjuvante (Amy Adams) Ator Coadjuvante (Sam Rockwell) Edição Maquiagem e Cabelo

Globo de Ouro 2019

Venceu Ator em Comédia ou Musical (Christian Bale) Concorreu Filme em Comédia ou Musical Direção (Adam McKay) Roteiro (Adam McKay) Atriz Coadjuvante (Amy Adams) Ator Coadjuvante (Sam Rockwell)

Vice Direção e roteiro Adam McKay Gênero Drama Duração 133 minutos País

Sede de poder Donald Rumsfeld (Steve Carell) e Dick Cheney (Christian Bale) brindam a ascensão a postos-chaves na administração Ford: influência seria ainda mais decisiva com a chegada de Bush filho à Casa Branca

Americano de que o Iraque tinha armas de destruição em massa e ligar, de maneira surreal, Saddam Hussein com a Al-Qaeda. Secretário de Estado, Colin Powell (Tyler Perry) é resistente à forçada de barra, mas cede aos interesses e à pressão. É justamente neste momento em que a fraqueza de Bush filho é ainda mais evidente. “Vice” é uma biografia

sem qualquer tipo de concessões ou freio de Dick Cheney. O cineasta, que já havia feito um ótimo trabalho em “A Grande Aposta”, de 2015, em que explica de forma inteligente e bem-humorada a crise hipotecária americana que se refletiu na quebradeira do sistema financeiro no biênio 2007/2008, usa de uma narrativa similar em seu mais recente trabalho,

reeditando a bem-sucedida parceria que teve com Christian Bale e Steve Carell, dois dos maiores atores na atualidade. Bale, por sinal, está irreconhecível no papel, já que engordou 18 quilos para interpretar o cargo e venceu o Globo de Ouro de Ator em Comédia ou Musical (veja premiações acima). Bush filho e Powell também estão muito bem retratados por Sam Rockwell e Tyler Perry, como de resto todos os integrantes da alta cúpula da administração republicana. A obra mostra os bastidores da política externa

norte-americana na conduta de ação do Partido Republicano e como um despreparado como Cheney pôde ascender ao posto de homem mais influente na estrutura administrativa americana, claro, beneficiado pela indicação de um pateta como George W. Bush como cabeça de chapa, e assessorado por um influente Rumsfeld. Mas o maior mérito mesmo é mostrar a política como ela é, despida de pompa e circunstância, e pautada pela objetividade, ainda que o interesse seja mais no âmbito privado do que propriamente público.

Estados Unidos Ano de produção 2018 Estúdio Metro Goldwyn Mayer Annapurna Pictures Gary Sanchez Plan B Entertainment Distribuição Imagem Filmes


12

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Os desafios são altos, principalmente para lidar com a chefia, autoridades ou mesmo assumir posturas maduras para a realização de suas conquistas, mas o céu colabora com a informação e a troca com pessoas que colaboram para o seu desenvolvimento pessoal.

Touro - 21/04 a 20/05

Esteja atento a regras que devem ser colocadas em prática. Sente-se exigido a lidar com situações que bloqueiam a sua atuação, mas o céu colabora com negociações ou investimentos, entretanto está sendo testado em sua ética e aprimoramento emocional.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

É uma semana positiva para lidar com os projetos e organizar situações que dependem de você, mas é necessário prestar atenção aos desafios que se apresentam. Existe a necessidade de selecionar e se esforçar para dar direção aos projetos.

Câncer - 21/06 a 20/07

É uma semana positivo para obter soluções no trabalho ou para realizar metas que esteja empenhado. Uma informação favorece as suas decisões, entretanto o céu aponta dificuldades para lidar com uma pessoa que bloqueia os movimentos.

Leão - 21/07 a 22/08

É uma semana positivo para circular informações que favorecem o desenvolvimento de projetos e um contato mais direto com pessoas que colaboram para o seu progresso. Mas é importante levar em consideração as responsabilidades e limites que se manifestam em seu trabalho.

Vírgem - 23/08 a 22/09

É uma semana positivo para realizar movimentos ousados que o deixam em destaque profissional. Você é lavado a usar o seu conhecimento e expertise para obter crescimento e progresso. Mas é importante interagir com desafios que são necessários para desenvolver a autoestima.

Libra - 23/09 a 22/10

Uma pessoa está aberta e participativa para interagir com informações que impulsionam o seu crescimento. Mas existem responsabilidades altas envolvidas que não podem ser descartadas. A maturidade deve estar aliada aos projetos. Viagens seguem em alta.

Escorpião - 23/10 a 21/11

É uma semana positivo para realizar movimentos ousados para o seu progresso e crescimento no trabalho. Esteja atento às oportunidades e a uma informação que chega a você. Mas é importantíssimo analisar o conhecimento e seu empenho na interação com as pessoas.

Sagitário - 22/11 a 21/12

Apesar dos sentimentos que você vem sendo levado a diluir, é uma semana ótima para o namoro e para promover o bem-estar. Uma conversa é necessária para conduzir a troca com qualidade. O seu maior desafio é lidar com as responsabilidades.

Capricórnio - 22/12 a 20/01

É uma semana positivo para promover o progresso e o crescimento em família. Você vem passando por reformulações emocionais curativas. O seu maior desafio é desapegar-se do passado e interagir com o novo, que bate à sua porta. Solte a rigidez e as amarras.

Aquário - 21/01 a 19/02

É uma semana excelente para desenvolver os projetos e a interação com pessoas que ativam o seu bem-estar e o lazer. O cenário favorece as relações amigas e afetivas. Mas é necessário ficar atento aos medos e bloqueios emocionais.

Peixes - 20/02 a 20/03

As metas vêm sendo desenvolvidas e ampliam as oportunidades. É uma semana positiva para ganhar dinheiro, mas deve analisar as responsabilidades que caminham junto com o seu progresso. As responsabilidades são altas na atuação em equipe.

Inside

FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019


FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

VENDO TERRENO DE COOPERATIVA com 130 parcelas pagas, área já definida (ao lado da BIGFER) R$ 23.000,00; e outro com 72 parcelas pagas R$ 10.500,00. Contato: 9 9978-9897. SOMENTE DUAS QUADRAS DO MAR! Vende-se casa, localização central em Arroio do Sal. F. 9 9118.1642. VENDE-SE TERRENO DE ESQUINA, com 1.377m², a uma quadra da rodoviária e do Shopping Centro de Compras. Contatar através do telefone: 9 9118.1642. VENDE-SE uma CASA MISTA localizada no Bairro Pio X, a mesma já está alugada através de imobiliária por R$ 1.500,00. Tratar: (54) 9 9118.1642. VENDO MERCADO no bairro Santo Antônio, em funcionamento e com clientes fidelizados. Telefone 54 9 9905-4768.


2

FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019


FARROUPILHA, 31 DE MAIO DE 2019

3


Profile for Informantef Informantef

Edição 590  

Edição 590  

Advertisement