Page 1

FARROUPILHA

|

ANO XII

| EDIÇÃO 580

| 22 DE MARÇO DE 2019 |

R$ 3,00

Deputada estadual Fran Somensi prestou homenagem aos 60 anos da Coragem que fez a diferença Incantare busca atrair turistas Colombo e aos 30 anos da Bigfer, Corpo de Bombeiros, SAMU, Defesa Civil Idealizado pelo Centro de Compras, projeto e Resgate Voluntário são homenageados mescla comércio e passeios em nova rota representadas pelos diretores Adelino Colombo e Geraldo Alexandrini Páginas 2 a 7 Página 3 Editoria de Política, página 15, e Editorial

MATÉRIA ESPECIAL

INSIDE

Adroir Fotógrafo

Empresas que fazem história


2

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

HOMENAGEM

Coragem como credencial Bombeiros, SAMU, Resgate Voluntário e Defesa Civil são reconhecidos pela brava atuação no incêndio que atingiu edifício Vêneto Yasmin Signori Andrade

Q

uase três meses depois do sinistro no Edifício Vêneto, no Centro, o infortúnio continua a ser lembrado, não somente pelas marcas visíveis que deixou na edificação ou pelo estado de saúde da moradora Maria Ana Zanetti, que continua hospitalizada, mas pelo não esquecimento de quem atuou para salvar vidas. O que fica do último 26 de dezembro, quando ocorreu explosão ocasionada por vazamento de gás, seguido por incêndio, é o exemplo da atuação do Corpo de Bombeiros de Farroupilha e Caxias do Sul, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), do Resgate Voluntário e Defesa Civil. Foi por esta agilidade e competência que os profissionais receberam homenagem com o Certificado de Reconhecimento Público na tarde de segunda, em solenidade no salão nobre da prefeitura. “Veja quantos heróis existem entre

nós, agradecemos pela nobre atuação”, considerou Pedro Pedrozo, vice-prefeito que parabenizou pela excelência durante os desdobramentos da ação que exigiu competência plena no atendimento da ocorrência combatendo chamas e salvando vidas.

Um cenário que poderia ter sido ainda mais desolador se não fosse a atuação desses cerca de 30 profissionais que agiram com rapidez, combateram o incêndio, isolaram a área, evacuaram o prédio e prestaram socorro aos moradores.

Pela atuação exemplar Militares do Corpo de Bombeiros de Farroupilha e Caxias do Sul, SAMU, Defesa Civil e Resgate Voluntário enaltecidos com o Certificado de Reconhecimento Público


3

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

RECONHECIDOS

Certificados pela brava atuação

Pedrozo e deputada estadual Francis Somensi certificam o 2º sargento Ede Nilson Meirelles Carvalho, da corporação local

Fotos: Yasmin Signori Andrade

C

onheça, desta página à 7, os homenageados que receberam o Certificado de Reconhecimento Público entregue pela prefeitura na tarde de segunda, no salão nobre do Centro Administrativo Prefeito Avelino Maggioni. Também foram condecorados, mas não estavam presentes: Sidenei Feliponi, Fernanda Gomes de Ataíde, Jonas Siqueira Soares, Amarildo da Luz e Robson Amaral da Trindade, todos do SAMU; 3º sargento Audrin Schineider Peres Alves, do Corpo de Bombeiros de Caxias do Sul; soldados Leonardo Fenalti Leal e Miguel Roberto da Rosa Lagemann, do Corpo de Bombeiros de Farroupilha.

Pedrozo e Francis Casali, secretário de Turismo e Cultura, entregam certificado ao 1º sargento Alberto de Andrade Lima

Diplomação ao 2º sargento Anderson de Lima Dutra, entregue por Pedrozo e Miguel De Souza, secretário de Meio Ambiente

Pedrozo e Deivid Argenta, secretário de Planejamento, entregam certificado ao 2º sargento Everaldo Vaz de Oliveira

Rosane da Rosa, secretária municipal de Saúde, e Pedrozo conferem distinção ao 2º sargento Ewerton Silveira de Bitencourt


4

Fotos: Yasmin Signori Andrade

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

Condecorado o 2º sargento José Luiz Stradiotti, com certificação entregue pelo vice-prefeito Pedro Pedrozo

Soldado Giovanni Lazzari Tecchio recebe certifcação de reconhecimento público entregue por Pedrozo

Clarice Baú Porto, diretora da Secretaria de Saúde, e Pedrozo entregam certificado ao soldado Ramon Cristiano Barbosa

Nivaldo De Bortoli, síndico do prédio atingido pela explosão, e Pedrozo entregam certificado ao Soldado William Lusa da Silva

Elierson dos Passos, comandante do Corpo de Bombeiros de Farroupilha, recebe certificação entregue por Pedrozo

Major Márcio Muller Batista, reconhecido pelos serviços prestados, recebe certificado do vice-prefeito Pedrozo


5

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

Fotos: Yasmin Signori Andrade

Reconhecimento entegue por Pedro Pedrozo ao 1º tenente Sady Jacintho Filho, do Corpo de Bombeiros de Caxias do Sul

Vice-prefeito Pedrozo entrega outorga ao 1º sargento Nilson Nei Garcia Rebello, da corporação caxiense

Reconhecido também o soldado Eli Nunes Sala Rodrigues com certificado repassado pelo vice-prefeito Pedrozo

Pedrozo reconhece atuação do soldado Erikson De Souza, do Corpo de Bombeiros de Caxias do Sul

Também o soldado Mateus Vinícius Gobatto recebe certificado de reconhecimento entregue pelo vice-prefeito

Pedrozo homenageia o soldado Roger de Anhaia Rizzi, do Corpo de Bombeiros de Caxias do Sul


6

Fotos: Yasmin Signori Andrade

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

Homenagem prestada pelo poder público, com entrega de certificado pelo vice-prefeito, ao soldado Thiago Noller Vieira

Entrega feita por Pedrozo de Certificado de Reconhecimento Público ao soldado Vander Vieira Rodrigues

Tenente-coronel Julimar Fortes Pinheiro recebe homenagem em ato solene, com certificado entregue por Pedro Pedrozo

Reconhecimento ao 1º sargento José Ideraldo Reis dos Santos, com certificação entregue por Pedrozo

Leonardo Rosanelli recebe reconhecimento em nome do Resgate Voluntário, com certificado entregue pelo vice-prefeito

Pedro Pedrozo reconhece atuação da Defesa Civil com entrega de certificado a Gilberto do Amarante


7

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

BOMBEIROS DE FARROUPILHA

Valorosa corporação local mento 102; Eliane Bernardi, do apartamento 402; e Sônia De Bona, do 401. “Foi um trabalho bem feito e são merecedores desse ato público de reconhecimento”, considerou De Bortoli, representando as demais famílias. Foram cinco os apartamentos mais atingidos, onde os moradores não puderem ocupar novamente e estão no aguardo dos laudos dos engenheiros para início de obras de reconstrução. As demais famílias ocupam as instalações do prédio que não foram atingidas. “São seres humanos que escolheram de maneira digna e nobre a difícil missão de serem soldados e salvarem vidas”, reforçou o tenente-coronel no ato que marcou a homenagem do poder público e da comunidade aos heróis de farda e aos anônimos que somaram forças para prestar socorro ajudando as famílias moradoras do Vêneto.

Yasmin Signori Andrade

F

oram 12 profissionais do Corpo de Bombeiros de Farroupilha que atuaram na ocorrência do Edifício Vêneto e que foram homenageados. “Era 7h46min quando o telefone da emergência tocou para mais uma ocorrência a ser atendida pelos combatentes. Era troca de turno”, rememorou o tenente-coronel Julimar Fortes Pinheiro, comandante da corporação na Serra Gaúcha, mencionando que imediatamente os profissionais atenderam ao chamado e efetuaram o combate ao fogo e resgate. “É e sempre será um privilégio ser um soldado do fogo”, reforçou. O ato que entregou Certificados de Reconhecimento Público ainda foi acompanhado por três moradores do Edifício Vêneto: o síndico Nivaldo De Bortoli, do aparta-

Reconhecidos pela excelência Ato certificou Corpo de Bombeiros de Farroupilha que esteve à frente do combate ao incêndio e resgate das famílias


8

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

A Lei Maria a previsão da violência mulher Erika Chioca Furlan *

C

ada vez mais presentes na política, no mercado de trabalho e na chefia da família, as mulheres estão conquistando igualdade em relação aos homens, até mesmo com a conquista de um mês totalmente dedicado a elas: março. No entanto, alguns problemas históricos persistem, como a violência contra as mulheres. Por este motivo, em 7 de agosto de 2006 foi sancionada a Lei Maria da Penha (LMP), uma verdadeira ação afirmativa, que veio para tentar equacionar essa situação. Logo nos primeiros artigos o legislador afirma que toda mulher goza dos direitos fundamentais inerentes à pessoa humana, assegurando-se oportunidades para

viver sem violência, e que a lei cria mecanismos para coibir e prevenir a violência doméstica e familiar contra a mulher, nos termos da Constituição Federal. A lei em agosto completará 13 anos, mas o que podemos pensar sobre a violência contra a mulher nesse mês de março? Houve mudança, melhoria ou diminuição da violência? A primeira afirmação é: não houve diminuição da violência contra a mulher, pelo contrário, os números mostram um aumento de registro de casos de violência. O número 180, por exemplo, registrou 749.024 atendimentos em 2015. Comparando com os atendimentos realizados em 2014 (485.105), são quase 264 mil novos casos em um ano, segundo o Panorama da Violência Contra as Mulheres no Brasil, do Senado Federal. Esse aumento de casos foi esperado na entrada em vigor da LMP,


9

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

da Penha: expressa contra a pois sobre a violência em si sempre há uma cifra negra, ou seja, uma fração de ocorrências que existe mas que não chega ao conhecimento das autoridades. Com o fortalecimento da lei e uma maior confiança das mulheres em buscar a Justiça, essas ocorrências que não seriam apresentadas à autoridade, agora são. Basta analisar o aumento do número de medidas protetivas em favor das mulheres concedidos no Brasil (no ano de 2016, 195.038 medidas, sendo 20.153 somente no Estado de São Paulo). O feminicídio, que é uma qualificadora do crime de homicídio, é um outro indicativo de violência contra a mulher. Trata-se de matar a mulher em razão da sua condição de ser do sexo feminino. Só no Estado de São Paulo, em 2017 foram registrados 508 casos de mulheres vítimas de homicídio, sendo que 108 foram registrados como feminicídio.

Nesses quase 13 anos, portanto, a LMP fez provocar um melhor diagnóstico da violência contra a mulher, especializando o trabalho também estatístico além do judicial. No Poder Judiciário, o maior ganho para as mulheres é poder ter uma justiça especializada somente em violência doméstica – é o juizado de violência doméstica contra a mulher. Nele o trabalho é especializado, o que o torna mais eficiente. Ainda se tem muito a melhorar, em especial para diminuir realmente os índices de violência, a sua causa. Quando esse patamar for atingido, a Lei Maria da Penha ou penas diferenciadas no homicídio contra a mulher não serão mais ações afirmativas, mas sim, casos de inconstitucionalidade por ferir a igualdade. * Mestre em Direito Penal


10

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

Referências farroupilhenses devidamente reconhecidas Antes mesmo da nossa Edição 1, projetamos o Caderno Especial que daria início a uma marca do Jornal Informante. Aproveitamos o Dia Internacional da Mulher, que seria no sábado, seguinte ao dia da publicação inaugural, aliando ele a uma grife da cidade: o empreendedorismo. Nascia então o “Mulheres Empreendedoras”. Nesta semana, por ocasião da passagem do Dia da Mulher Farroupilhense, que foi celebrado na segunda, justamente coincidindo com a sessão solene da Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton, percebemos esse espírito empreendedor nas homenageadas. Não no sentido literal de empreender (em alguns casos, sim), mas de ser exemplo, de liderar, de tomar a frente, de não se conformar com a realidade, de lutar por uma sociedade melhor. Quantos valorosos exemplos tivemos durante a

sessão festiva. Mulheres que tão bem representam seus papéis de mães, esposas, avós, professoras, empresárias, donas de casa, assistentes sociais. Evidente que muitas, na verdade dezenas, centenas, milhares de farroupilhenses poderiam ser contempladas com a distinção, mas as que ali estavam, e muitas delas fizeram questão de dizer isso, sentiam-se representantes das demais, queriam dividir com elas a outorga e, por vezes, iam além: questionavam se eram, de fato, merecedoras da homenagem. Que o modelo de dedicação, empenho e vontade demonstrados nas histórias relatadas no Legislativo, e que integram nosso tradicional Caderno Especial do Dia da Mulher Farroupilhense, sirvam de exemplo e que a cada nova homenagem tenhamos condição de aprender e valorizar ainda mais a trajetória de garra da mulher farroupilhense.

Exemplos de sedimentação de uma grife A deputada estadual Fran Somensi rendeu, nesta semana, um reconhecimento a Lojas Colombo e Bigfer, duas gigantes da cidade, referência em seus ramos de atuação, que tão bem representam Farroupilha e que ajudaram, ao longo de suas jornadas, a sedimentar de maneira ainda mais vigorosa a grife de um município empreendedor. Os empresários Adelino Colombo e Geraldo Alexandrini receberam a distinção pelos 60 e 30 anos de atuação de suas empresas, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul (veja na Editoria de Política, página 15). Ali estavam representando não somente a direção dos grupos, mas também seus familiares e os milhares de co-

Índice

Editorial

Matéria Especial....................................... Páginas 2 a 7 Editoriais e Opinião ................................ Páginas 10 e 11 Economia ..................................................... Página 12 Cidade .......................................................... Página 13 Política ....................................................... Páginas 14 a 16 Educação..................................................... Página 17 Esporte........................................................ Páginas 18 e 19

Inside

Especial ....................................................... Capa Cinemas ........................................................ Página 2 Turismo ....................................................... Página 3 Crônicas da Redação............................... Página 4 Agenda ......................................................... Página 4 Bem-Estar ................................................... Página 5 Paulo Roque Gasparetto ....................... Página 5 Social ........................................................... Páginas 6 e 7 Fabrício Oliboni ....................................... Página 8 Literatura................................................... Páginas 8 e 9 Dolores Maggioni .................................... Página 9 Sétima Arte................................................. Páginas 10 e 11 Horóscopo ................................................. Contracapa Saúde, Beleza & Estética...................... 4 páginas Classificados .......................................... 8 páginas Mulheres Farroupilhenses................. 12 páginas

laboradores que ajudaram a construir as trajetórias de sucesso. Essa cultura enraizada na história da cidade vem de longa data, dos anos 70, quando o então prefeito Avelino Maggioni criou o primeiro Distrito Industrial do País e mudou a jornada farroupilhense. O Setor Secundário ganhou impulso, hoje conduz a economia do município e, por tabela, acabou, ao longo dos anos, alavancando os demais setores que acabaram se beneficiando desse avanço. Reconhecer esse papel é oportuno e Farroupilha tem feito isso bem. Valorizar cada vez mais essa marca de cidade empreendedora só gera benefícios e todos ganham com isso. Redação - redacao@jornalinformante.com.br Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br Ramon Cardoso ramon@jornalinformante.com.br Yasmin Signori Andrade yasmin@jornalinformante.com.br

Comercial - comercial@jornalinformante.com.br Fabiano Luiz Gasperin gasperin@jornalinformante.com.br Maria da Graça Potricos Leite maria@jornalinformante.com.br

Anúncios - anuncios@jornalinformante.com.br Marcelo Bortagaray Mello marcelo@jornalinformante.com.br Tiago Rodrigues da Silva tiago@jornalinformante.com.br

Financeiro - financeiro@jornalinformante.com.br Keli de Almeida Maciel keli@jornalinformante.com.br

Assinaturas - assinaturas@jornalinformante.com.br Assinatura Bienal: R$ 240,00 Assinatura Anual: R$ 140,00

Telefones (54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203

Endereço Rua Dr. Jaime Romeu Rössler, 348, Bairro Planalto

Colunistas Crônicas da Redação Dolores Maggioni Egui Baldasso Fabrício Oliboni

Guilherme Macalossi Gustavo Pimentel Lauro Edson Da Cás Paulo Roque Gasparetto

A manifestação dos colunistas é livre e independente e não necessariamente reflete a opinião do Tabloide sobre os temas abordados nas colunas

@PaperInformante www.jornalinformante.com.br

/jornalinformante


11

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

O discurso de ódio e o ódio do discurso Gerson Leite de Moraes * O atentado cometido em Suzano no dia 13, entrará para a história como mais um ato de selvageria que, em última instância, reflete e evidencia a banalidade do mal que tem acompanhado a sociedade brasileira nos últimos tempos. Em tempos de imagens captadas por câmeras exclusivas de monitoramento assistimos, chocados, uma pessoa que não fazia parte da comunidade escolar entrar naquele espaço, sacar sua arma e, de maneira covarde, começar a atirar a esmo, atingindo pessoas sem nenhum critério. Na sequência, seu comparsa adentra ao recinto para auxiliá-lo naquele estúpido derramamento de sangue inocente. Isso é tão insano e bárbaro que nos remete ao desejo de encontrarmos, pelo viés da razão, alguma explicação plausível para compreendermos minimamente aqueles atos ignóbeis. Diante do caos, necessitamos, urgentemente em meio à dor, pensarmos em saídas razoáveis para a situação tenebrosa da violência que nos assalta e traz desassossego. Precisamos lembrar que o poder nunca é propriedade de um único indivíduo, mas sempre de um grupo, que unido, pode preservá-lo. O poder que almejamos como sociedade unida é manter a vida com dignidade. Hannah Arendt dizia que “a forma

extrema de poder é todos contra um; a forma extrema de violência é um contra todos”. Neste caso, a forma extrema de violência se deu através de um (armado) contra todos desarmados, mas isso não pode nos levar ao enganoso raciocínio de que armando todos os outros a violência seria contida. É neste momento que aparecem os discursos simplistas de políticos perpetradores do discurso de ódio. A simples sugestão que um professor ande armado numa comunidade escolar é uma violência simbólica tão grande e desmedida que coloca em xeque a essência e a finalidade das práticas de ensino-aprendizagem, afinal, um professor carrega e ostenta com orgulho as suas únicas armas: os livros e o desejo insaciável de construir, por meio da juventude, uma

sociedade mais justa e igualitária no contexto em que ele está inserido. Por outro lado, não se pode e não se deve romantizar o espaço da escola como se ele estivesse blindado e não sofresse com as mazelas da urbe. A escola é um espaço de conflitos para onde geralmente escorrem as águas turbulentas da intolerância e da mediocridade que têm assolado a sociedade brasileira num radicalismo infértil, fato que impossibilita a construção de saídas para os problemas reais do nosso tempo. Tragédias como essa, viram pretexto para disputas engalfinhadas entre acólitos beligerantes, de direita e de esquerda, nas múltiplas redes sociais. Neste tipo de ambiente, o ódio do discurso predomina. Alguns têm argumentado que uma pessoa armada poderia ter evitado ou minimizado os

resultados do ataque, isso é verdade. Agora, vale frisar que isso não deveria ser feito por nenhum professor ou agente escolar, mas por um representante do Estado, que através da violência legítima, poderia impedir a propagação do mal banal naquele contexto. Escola não é bunker, não é fortaleza medieval e nem presídio, mas precisa se adaptar ao seu tempo. Na reconfiguração dos pactos sociais em tempos de violência e brutalidade, é necessário responder à altura. Somos obrigados a concordar com Hobbes que dizia que “pactos sem espada são apenas palavras”. Infelizmente, em tempos sombrios como os nossos, a escola não está imune à violência e precisa se defender dentro da legalidade e das possibilidades que estão à sua disposição no momento. Na prática, um agente policial bem treinado poderia dirimir aquela violência toda, gostemos ou não desta ideia. Não se trata, portanto, da glorificação da violência, mas de tentar contê-la dentro das condições do Estado Democrático de Direito. Em suma, não precisamos nem do discurso de ódio e nem o ódio do discurso, o que precisamos é de medidas efetivas e racionais para preservar as vidas das pessoas envolvidas na comunidade escolar como um todo. * Professor da Universidade Presbiteriana Mackenzie e doutor em Filosofia pela Unicamp

Gestão pública: o problema não é dinheiro, é mudança de mentalidade Marcus Granadeiro* Quando temos alguma doença e vamos buscar um médico ou um hospital, optamos sempre pelo melhor que podemos, não pelo mais barato. Isso acontece porque temos entendimento sobre a consequência de um mal atendimento ou de um mal profissional. Quão mais grave a doença, maior nosso empenho na busca da excelência no atendimento. Infelizmente este entendimento não existe quando o assunto é engenharia. Quando se fala em projetos, obras e principalmente em manutenção, tudo é custo. A busca sempre será orientada por menores custos e

a qualidade parece algo supérfluo. O problema é que a má engenharia, o projeto pobre, a obra mal gerenciada e a execução incompetente acabam custando mais e causando graves consequências. Quando este cenário é associado com uma má gestão, a bomba relógio está ativada. É isto que estamos vendo acontecer no Brasil em várias circunstâncias e, como último exemplo, podemos citar o problema que vimos em São Paulo nesses últimos dias, que com apenas uma noite de chuva intensa foram registradas 12 mortes e muitas perdas residenciais e comerciais. Não é falta de tecnologia. O BIM (Building Information Modeling) e

as diversas tecnologias relacionadas ao tema de cidades inteligentes, associadas com geoprocessamento, têm capacidade de prever e evitar tudo que estamos sofrendo. Não é falta de engenharia. Mesmo fazendo na “mão”, temos profissionais e conhecimento para resolver. E não é falta de dinheiro, pois nada custaria mais caro do que todas as vidas perdidas e transtornos que estamos vivendo, além de todos os prejuízos sofridos em acidentes, enchentes e problemas com nossas infraestruturas. É falta de visão, o que endossa a necessidade de mudança de mentalidade. É necessário entender que a enge-

nharia não se compra pelo preço, mas pela qualidade. Entender que fazer bem não é fazer barato, mas fazer direito, e que não se deve improvisar ferramentas e recursos, mas usar os adequados. Vamos olhar os bons exemplos de fora, quão aparelhadas e quantos recursos têm as concessionárias, departamentos de infraestrutura e empresas de engenharia. Temos um desafio muito grande! Nossas cidades têm uma infraestrutura caótica e pouca gestão entre os diversos players, mas com ajuste no modo de encarar e ver a engenharia, muito pode ser feito e em pouco tempo. * Engenheiro civil


12

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

IMPONENTE

Tonin Imóveis lança o Himalaia Empreendimento residencial de alto padrão, no Centro, terá 20 andares e será o mais alto do município destaca Rodrigo Tonin, diretor da Tonin Imóveis. Segurança, facilidade de manutenção, conforto e praticidade são marcas do Himalaia. No que se refere à área de lazer e convivência, o Himalaia contará com mais de 200 metros de circuito de caminhada, quadra de esportes, academia, lounge externo com lareiras, salão de festas e de jogos, brinquedoteca, playground e piscinas adulto e infantil aquecidas. O nome não foi escolhido por acaso.

Fabiano Gasperin

E

mpresa que integra o Grupo Tonin, no ramo da construção civil, a Tonin Imóveis lança o Himalaia, empreendimento residencial de alto padrão. Com localização privilegiada, ele será construído no Centro, entre as ruas Júlio de Castilhos, República e Pinheiro Machado. Com previsão de entrega para abril de 2022, a edificação contará com 20 andares, 3 subsolos, 30 apartamentos (são dois por andar), duas coberturas e sete lojas térreas. Metade dos apartamentos possuirá ambientes com pé direito duplo, com cerca de 200 metros quadrados e três ou quatro vagas de garagem, sendo as duas coberturas duplex de 386 metros quadrados com quatro suítes e piscina. “Este empreendimento segue as tendências mundiais em construção: muito vidro, o que dá sensação de liberdade pela vista deslumbrante do horizonte, arquitetura arrojada e a preocupação com a sustentabilidade, evitando desperdício de recursos”,

Pré-lançamento Reunida, família Tonin apresentou a novidade na quinta à tarde: Bruna, Rodrigo, Mário e Liziane falaram sobre o inovador empreendimento

O novo arranha-céu da cidade: um nome adequado à edificação “Por ser o empreendimento mais alto da cidade, associamos o nome ao Himalaia, cadeia montanhosa mais alta do mundo. A partir deste conceito, o projeto usa o branco da neve e o azul do gelo para remeter à sensação de se chegar ao topo, igual ao sentimento de quem consegue atingir o cume”, explica o empresário, salientando que todo o projeto teve o cuidado de valorizar cada um dos lados

do prédio, pois esse empreendimento será visto de muito longe. “Farroupilha tem o privilégio de ter a economia bem diversificada, o que atrai muitos investidores e empreendedores, além da permanência da comunidade local. Por este motivo, é uma cidade que tem potencial para continuar seu processo de verticalização”, aposta Rodrigo. No mercado desde 2008, a Tonin

Imóveis tem como marca a construção de empreendimentos inovadores e arrojados na Serra Gaúcha. A incorporadora investe em tecnologia e em alto padrão nos acabamentos sem descuidar da sustentabilidade e comodidade. Os empreendimentos, localizados em Caxias do Sul e em Farroupilha, somam mais de 100 mil m² construídos, entre residenciais, comerciais e shoppings de atacado.


13

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

PALESTRA

Alguém quer me adotar? Divulgação

Mel tem sete meses e será de porte pequeno ou médio. Ela é super dócil, comportada e adora ficar dentro de casa. Ainda será castrada e vacinada antes de ser doada. Antes vivia em situação de maus tratos e fugiu de casa em busca de ajuda. Agora procura uma família para amá-la. Interessados em adotar podem manter contato pelo fone 999.371.647.

Obituário 14 de março Francis da Costa Vargas, 27 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal; Arieges Reuss Dutra, 23 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 16 de março Lindianara Vanessa Pereira, 33 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 17 de março Ivone Chiele Bartelli, 71 anos. Memorial Crematório São José, de Caxias do Sul. 18 de março Vanda Ana Trubian Concatto, 77 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza. 20 de março Thereza Telh Todeschini, 79 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza; Ari Neumann, 59 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade do Desvio Blauth (3º Distrito).

Espaços públicos em debate

I

Encontro ocorre nesta segunda, propondo discussão comunitária

ntegrando o Plano Farroupilha 20202040 que prevê ações de planejamento municipais, acontece encontro com o tema “A importância dos espaços públicos para a (re)qualificação urbana das cidades”. O evento será nesta segunda, às 19h30min, no salão nobre da prefeitura. A explanação será de Rafael Brener da Rosa, professor da Universidade de Caxias do Sul (UCS) que é graduado

Programe-se O que: Encontro Público “A importância dos espaços públicos para a (re)qualificação urbana das cidades” Quando: segunda, às 19h30min Onde: salão nobre da prefeitura (Praça da Emancipação, s/nº, Centro) Quanto: gratuito em Arquitetura e Urbanismo, mestre em Arquitetura com especialização em conservação e restauração do patrimônio arquitetônico e urbano. Este será o primeiro encontro público, num ciclo que terá quatro edições mensais

referentes a diversos segmentos. O Projeto Farroupilha 20-40 é um plano estratégico que busca unir governo municipal e sociedade a partir de mobilizações comunitárias, elencando prioridades para os próximos 20 anos.

Esquina Afadev arrecada R$ 10.194,64 em Pedágio Solidário

O Pedágio da Associação Farroupilhense de Deficientes Visuais (Afadev), realizado nas ruas centrais da cidade no último sábado, arrecadou R$ 10.194,64. Os valores serão aplicados na manutenção da instituição, aquisição de materiais de expediente e diversos itens que são necessários para os atendimentos ofertados a 27 associados de Farroupilha e região. A Afadev foi fundada há 14 anos e disponibiliza atendimentos especializados de orientação e mobilidade, atividades da vida diária, alfabetização em braile, atividades desportivas, recreativas, entre outros serviços. O pedágio é realizado uma vez ao ano e esta foi a 8ª edição. Em 2018 a instituição havia arrecadado R$ 3.350,30.


14

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

EM MEMÓRIA

Eternizados: 39 cidadãos indicados Em sessão pautada por relatos emocionados, vereadores falaram sobre os aprovados para serem nomes de ruas

A

terça à noite da Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton foi para render homenagens a quem, em diversos campos e ramos de atuação, ajudou a construir a história de Farroupilha. Após indicação por parte dos vereadores, o projeto de lei do Legislativo, o 03/2019, foi aprovado. São farroupilhenses, nativos ou radicados, que já faleceram e que estão aptos a se tornarem nomes de ruas da cidade. O projeto, assinado por todos os parlamentares, foi um trabalho conjunto onde os vereadores colheram a

Os destacados pela Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton Adolpho Oreste Conterno Álvaro Pessin Angelo Da Cás Angelo Venzon Antônio Dotta Arcizio Veronese Arlindo Peters Cecília Nair Fritsch Dirce Veronese Dirceu Domingos de Cesaro Dulce Tartarotti Elia Annita Sebben Elias Manoel Teixeira Elvira Cambruzzi Francischini Erineu Eusébio Pergher Fidêncio Dalzóchio Firminio Luiz Cecconello Helena Tartarotti Beltrami Ida Faguerazzi Lazzari

João Longues Joarez Freitas da Luz José Cecchin Filho José Jacob Giacomel Leonicio Piaia Loreni de Miranda Tavares Luiz Macario Tonet Maria de Bona Mário Travi Mauricio Bernardi Odete Teresa Da Cás Osmar Heineck Osorio Segundo Farias Gaboardi Paulino Carlos Wartha Messinger Rafael Corrêa Gobbato Rosa Menegotto Rozalina Caprini Bergamin Setembrino José de Césaro Terezinha Regina Bolsoni Giubel Volcir Crocoli

biografia de cada indicado (que foi brevemente lida durante a sessão legislativa) assim como a autorização de familiares para a realização da homenagem póstuma. Foram 39 os indicados que podem virar nomes de ruas à medida que ocorra a expansão urbana do município. A definição será feita pelo Executivo, mas com sugestão do Legislativo para utilização do indicado conforme sua vinculação com bairro ou localidade. Parte dos familiares esteve presente na Câmara de Vereadores e, assim como os parlamentares, em certos momentos não conseguiram conter a emoção. Confira a lista ao lado.


15

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

RECONHECIMENTO

Empresas que fazem a diferença Deputada estadual Fran Somensi homenageia Lojas Colombo pelos 60 anos e a Bigfer pelas três décadas de fundação a oportunidade de falar um pouquinho sobre essas empresas que fazem história em Farroupilha, que geram emprego, desenvolvimento, que mexem na economia do nosso município e, acima de tudo, que tem famílias envolvidas. São empresas que merecem ter suas histórias contadas”, ressaltou a deputada Fran. A rede varejista Lojas Colombo possui 250 unidades no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, sendo destaque no comércio de eletrodomésticos, móveis e tecnologias. Já a Bigfer tem quatro marcas: Bigfer Acessórios para móveis, Lema Embalagens, Hettich, Contatto Puxadores e tem cerca de 2,2 mil colaboradores.

Adroir Fotógrafo

E

m reconhecimento à história de empreendedorismo da Lojas Colombo e Bigfer, ressaltando ainda a passagem dos 60 e 30 anos das empresas, respectivamente, a deputada estadual Fran Somensi (PRB) prestou uma homenagem às duas potências que marcam a história de Farroupilha. A solenidade foi realizada na tarde de quarta, na Assembleia Legislativa, ocupando o Grande Expediente, com participação de Adelino Colombo, diretor-presidente da Lojas Colombo e Geraldo Alexandrini, diretor do grupo Bigfer. “Foi bem importante eu ter

Homenagem aos sólidos empreendimentos Prefeito Claiton Gonçalves, Colombo, deputada Fran, Alexandrini e Daniel Bampi, presidente da CICS Farroupilha


16

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

INFRAESTRUTURA

Aprovado financiamento para asfaltamento ao Salto Ventoso Legislativo autorizou Executivo a viabilizar empréstimo junto ao Badesul para sequência da melhoria que leva ao cartão postal dos valores dos juros a serem cobrados e também sobre a capacidade de endividamento do município. A situação, por sua vez, assegurava que os valores estavam dentro dos padrões para operações de crédito do gênero, que o atual e os próximos gestores têm condição de honrar com a obrigação e que o empréstimo era inevitável para a conclusão das obras no trecho, já que a disponibilidade dos valores foi por meio da habilitação do município ao programa Prodetur + Turismo. Líder do governo no Legislativo, o vereador Fabiano André Piccoli (PT) se empenhou na aprovação do projeto e destacou que há 36 meses de carência (três anos) para o início do pagamento, que será feito em 204 meses (17 anos). Os juros são de 6% ao ano mais a Taxa Referencial (TR). Passava das 20h quando finalmente o projeto foi colocado em votação e

Ramon Cardoso

A

sessão legislativa de terça à noite levou um grande público à Câmara de Vereadores. Comunidades de Linha Ely e Müller e Nova Sardenha, especialmente, compareceram em peso à votação do projeto de lei 01/2019. De autoria do Executivo, ele solicitava a autorização para a prefeitura contrair empréstimo de até R$ 7 milhões junto ao Badesul para o asfaltamento da estrada que leva ao Salto Ventoso. Com o Legislativo lotado, os parlamentares aproveitaram para estender a discussão ao máximo, o que acabou, após mais de duas horas de debates, desagradando parte dos presentes. Os vereadores de oposição, do MDB e PP, reclamaram da falta de informações sobre o projeto, que passou por semanas de debates na Casa,

aprovado de forma unânime por todos os parlamentares. Motivo de celebração entre os presentes, que esperam que as obras no trecho tenham condição de serem finalizadas.

Alívio e comemoração Moradores do 3º Distrito, que lotaram o Legislativo, festejaram a aprovação do projeto e esperam que o trecho até o Salto Ventoso seja completamente asfaltado


17

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

QUALIFICAÇÃO

Oportunidade com o curso Inova Jovem São 50 vagas disponíveis para formação sobre empreendedorismo e as inscrições abrem na próxima segunda Juliano Baumgarten, diretor do Departamento de Juventude da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude. O Inova Jovem oferecerá outras formações ao longo do ano, sendo ainda que a prefeitura está organizando cursos presenciais voltados à juventude e que deverão ser divulgados em breve.

Divulgação

J

ovens com idades entre 15 e 29 anos que querem aprender mais sobre empreendedorismo podem se inscrever no curso gratuito do Programa Inova Jovem. A formação acontece na modalidade de Educação a Distância (EAD). As inscrições abrem na segunda e podem ser feitas em https://centraldoempreendedorismo.com.br/. O prazo segue até o próximo dia 30 e são disponibilizadas 50 vagas. O Inova Jovem é um programa da Secretaria Nacional de Juventude e as aulas deste curso iniciam em 1º de abril. “O programa do curso é sobre estruturação de um negócio e seus principais propósitos. O objetivo maior é oportunizar ao jovem o aprendizado para ser posto em prática”, explica

Programe-se O que: inscrições para curso gratuito de empreendedorismo Inova Jovem Quando: de segunda até o próximo dia 30 Onde: pelo endereço eletrônico https://centraldoempreendedorismo.com.br/ Quanto: curso gratuito, ministrado na modalidade EAD

Oportunidade Programa nacional Inova Jovem disponibiliza curso EAD sobre empreendedorismo


18

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

RUBRO-VERDE

Uma bagunça chamada Terceirona Desistência do Elite às vésperas da competição estadual faz Federação Gaúcha optar pelo adiamento do início da disputa

cenário que se desenhava não era dos melhores. O Elite, de Santo Ângelo, sinalizava que poderia deixar de disputar a Terceirona Gaúcha. Não bastasse o problema com o clube, a grande maioria dos estádios ainda não recebeu autorização do Corpo de Bombeiros para sediar a competição e muitos times sequer conseguiram efetivar a inscrição dos atletas no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.

Ramon Cardoso

O

Brasil

Diante da confirmação da desistência e do caos estabelecido, a Federação Gaúcha de Futebol (FGF) decidiu, na quarta, optar pelo adiamento do início da disputa. Até o fechamento desta Edição, a FGF não havia sinalizado com uma nova data para o começo da competição. A expectativa é que nesta sexta a entidade promotora se manifeste, sob pena de novas baixas.

Júnior confirmado

O Estadual Júnior inicia para o Brasil na próxima terça, às 15h30min, diante do União Harmonia, em Porto Alegre. O Gauchão da categoria reúne 14 equipes que jogam entre si em turno único. Os oito melhores avançam à fase de quartas de final e seguem no sistema eliminatório até a decisão.

Comprometido Trabalho da pré-temporada do rubro-verde foi todo voltado à estreia neste sábado, diante do Cruz Alta, fora de casa: indefinição prejudica ainda mais imagem da Federação Gaúcha de Futebol e da competição

Copa Farroupilha segue com 2ª rodada Iniciada no último final de semana, a Copa Farroupilha União de Clubes tem a disputa da 2ª rodada neste sábado e domingo (veja resultados e projeção dos jogos ao lado). A competição reúne 14 equipes e é toda sediada no município, em seis sedes (Bairro e Linha São José, Nova Vicenza, Industrial, Linha Sertorina e Nossa Senhora da Salete). Farroupilha conta com seis representantes: Atlético Nova Vicenza, Gaúcho, Industrial, Lyon, Titanium e Trans 2001; Bento Gonçalves com quatro: Baile de Monique, Olimpíacos da Serra, Paysandu e Los Thicos; e Caxias do Sul também participa com quatro times: Apollo, Azulão, Pôr do Sol e Sapucaia. Os duelos ocorrem no sistema de todos contra todos e em turno único. Ao final da etapa classificatória, os oito primeiros se habilitam para a fase eliminatória, que segue no sistema até a decisão.

Copa Farroupilha União de Clubes Resultados da 1ª rodada Atlético Nova Vicenza 0x3 Pôr do Sol Bairro Nova Vicenza Sapucaia 2x1 Los Thicos Bairro Nova Vicenza Industrial 3x2 Baile de Monique Bairro Industrial Trans 2001 3x1 Paysandu Bairro Industrial Azulão 1x3 Gaúcho Linha São José Lyon 6x3 Apollo Bairro São José Titanium 3x2 Olimpíacos da Serra Bairro São José

Confrontos da 2ª rodada Lyon x Paysandu Salete, sábado, às 13h30min Titanium x Azulão Salete, sábado, às 15h30min Gaúcho x Baile de Monique Sertorina, sábado, às 13h30min Trans 2001 x Los Thicos Sertorina, sábado, às 15h30min Atlético Nova Vicenza x Apollo Nova Vicenza, sábado, às 13h30min Olimpíacos da Serra x Sapucaia Nova Vicenza, sábado, às 15h30min Industrial x Pôr do Sol Industrial, domingo, às 15h


19

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

EM BUSCA DO TRI

Márcio Campos volta às pistas Após um ano sem competir, piloto retorna para sua antiga equipe, a Motortech, na disputa do Brasileiro de Turismo Ramon Cardoso

O

final de 2017 foi de muito impasse para Márcio Campos. Encerrando seu primeiro ano na Stock Car, havia incerteza sobre sua continuidade na categoria e a questão foi levada às últimas consequências pela falta de definição da equipe. Esse atraso fechou algumas portas para o piloto justamente no final da temporada, quando ocorrem os contatos para a próxima. Campos deixou a Stock e as pistas. “Admito que fiquei um pouco desiludido com o que aconteceu, tanto que em dado momento achei que não iria mais correr. Até que recebi uma ligação do Adilson (Morari, presidente da Motortech Competições) na metade do ano passado para retornar à equipe na qual fui bicampeão da categoria em 2015 e 2016. As conversas avançaram e chegamos a um acordo para que eu voltasse às pistas”, revelou Márcio. Ainda assim, o piloto farroupilhense revelava uma certa relutância em competir e não sabia se teria a mesma moti-

Em ação Piloto espera disputa acirrada em temporada de regresso à categoria

O calendário de 2019

1ª etapa: Velopark, em Nova Santa Rita (dias 6 e 7 de abril) 2ª etapa: Ayrton Senna, em Goiânia (dias 18 e 19 de maio) 3ª etapa: Ayrton Senna, em Londrina (dias 8 e 9 de junho) 4ª etapa: Interlagos, em São Paulo (dias 24 e 25 de agosto) 5ª etapa: Internacional de Curitiba (dias 14 e 15 de setembro) 6ª etapa: Zilmar Beux, em Cascavel (dias 19 e 20 de outubro) 7ª etapa: Ayrton Senna, em Goiânia (dias 23 e 24 de novembro) 8ª etapa: Interlagos, em São Paulo (dia 15 de dezembro)

vação do passado. Segundo ele, a questão foi resolvida tão logo entrou no carro e acelerou. Com o ânimo renovado, a perspectiva é de uma grande temporada e, quem sabe, a conquista do tricampeonato da categoria, já que é o detentor do recorde de vitórias na Turismo. “Vai ser um ano bem difícil, com nível técnico alto. As equipes evoluíram muito nos últimos anos. O Guilherme Salas, que foi campeão em 2014, ano em que fui 3º na temporada, compete. O atual campeão Rafael Reis também. Há uma série de novos pilotos surgindo. Acredito que vai ser uma disputa bem acirrada”, aposta Campos, que terá como colega de equipe o paulista André Moraes. O ano começa ‘em casa’, com a disputa no Velopark, em Nova Santa Rita (veja calendário ao lado, que ainda necessita de confirmação da 4ª e 5ª etapas). Serão oito etapas com a última valendo pontuação dobrada. As corridas ocorrem aos sábados e domingos. Na prova dominical, há inversão do grid dos 10 primeiros, o que tornará a temporada ainda mais equilibrada.

CGCTM repete sucesso no Salto Ventoso que teve ponto de apoio no salão comunitário de Linha Müller e a beleza do cartão postal farroupilhense como pano de fundo. A próxima etapa do estadual ocorre no dia 4 de maio, com o Trilhas do Morro Gaúcho, em Arroio do Meio. A postos Expectativa antes da largada para a etapa farroupilhense do estadual: devidamente consolidada no calendário do CGCTM

Samuel Maikel Polli

O sábado de sol colaborou com os cerca de mil atletas que estiveram participando da 2ª etapa do Campeonato Gaúcho de Corrida em Trilhas e Montanhas (CGCTM). A prova Trilhas do Salto Ventoso foi sediada no município, passando por trechos do 3º Distrito, e disputada em três percursos: 7, 15 e 25 quilômetros. Competidores de todo o Rio Grande do Sul e alguns de outros Estados participaram da corrida,


ECONOMIA

Imagens: Reprodução

Nas alturas

SAÚDE, BELEZA & ESTÉTICA

Fórum Municipal da Água é nesta sexta, no Legislativo

No Dia Mundial do recurso essencial, Câmara de Vereadores promove um debate com Afapan, Comam e Corsan Contracapa

ESPECIAL

Exemplos enaltecidos

INSIDE

Casa Perini realiza 2ª edição do Academia do Espumante

Atividade na vinícola farroupilhense acontece neste sábado e promove uma incursão sobre a elaboração da bebida Capa POLÍTICA

Câmara aprova financiamento para asfalto ao Salto Ventoso Legislativo autorizou prefeitura a buscar recursos junto ao Badesul para avançar na infraestrutura até o cartão postal Página 16 ESPORTE

Campos anuncia retorno às pistas nesta temporada Tonin Imóveis realiza pré-lançamento do Himalaia, residencial de alto padrão que será o mais alto da cidade Página 12

Piloto farroupilhense regressa para o Turismo, categoria em que foi soberano com o bicampeonato em 2015 e 2016 Página 19

Dia da Mulher Farroupilhense valoriza trabalho de oito referências da cidade Caderno e Editorial


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

EspEcialização

Expandindo horizontes no ramo da beleza Daiana Vedoi, do Aletiê da Beleza, recebeu certificado em especializações realizadas na Europa tação, agora a profissional possui mais oito diplomas de diferentes técnicas, concedidos por professores renomados do ramo. O curso Permanent Make Up Cruise Experience foi realizado entre os dias 15 e 21 de fevereiro, dentro de um cruzeiro. As novas especializações incluem trigopigmentação, microblading, reconstituição mamária, starbright lábios, olhos shadow delineado, colorimetria, marketing de negócios e tatuagem artística. “Sempre trabalhei com maquiagem e sobrancelhas e atualmente me dedico em aperfeiçoar meus conhecimentos na área das técnicas definitivas”, explica Daiana, que abriu seu espaço no ramo há pouco mais de um ano, e que também oferece manicure, pedicure e cabeleireiro.

Yasmin Signori Andrade

H

á cinco anos se dedicando à área da beleza, Daiana Vedoi, proprietária do Daiana Vedoi Ateliê da Beleza, agora possui especializações realizadas na Europa. Após o curso, a profissional trouxe para seu salão, localizado na rua Pinheiro Machado, 465, sala 5, o que há de mais inovador em estética atualmente. “Fui para a Itália em busca de técnica mais avançadas na área da estética. Meu objetivo foi trazer novas tendências atualizadas sobre os métodos nos quais trabalho. Com isso posso atender melhor meus clientes”, reforça Daiana. Especializada em designer de sobrancelha, harmonização facial, maquiagem e micropigmen-

Mais preparada Daiana Vedoi buscou na Europa conhecimento para trazer as técnicas mais inovadoras e atualizadas para seu salão de beleza em Farroupilha


Compromisso com a Cidade. Compromisso com Você

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

Peeling para os calosidades e re Equipe Espaço da Beleza *

N

ossa pele se renova sozinha todos os dias. O organismo elimina as células mortas para manter a pele saudável. Porém, nem todas as áreas descamam por igual nesse processo diário. Além disso, com o passar do tempo, esse processo se torna mais lento e a produção de colágeno é menor. Para ter pés com pele macia e bem cuidada, sem asperezas, o peeling – que é um processo de esfoliação profunda – é fundamental, pois iguala a descamação e traz benefícios incontáveis, como renovação das células, estímulo à produção de colágeno, diminuição dos sulcos, além de deixar a pele mais fina, suave e potencializar o

poder dos hidratantes. Os pés são justamente os que mais necessitam de esfoliação e hidratação frequentes. Eles são os que mais sofrem com os agentes externos. O fato de aguentar nosso peso o dia todo, suportar calçados nada confortáveis e ser alvo fácil do ressecamento, principalmente no verão, faz com que a pele do pé fique cada vez mais grossa e com a aparência ruim. Calosidades, ressecamentos e áreas endurecidas são alguns dos problemas enfrentados por quem não dá a devida atenção aos pés. E todos esses pormenores podem ser facilmente resolvidos com um bom tratamento e a manutenção diária de um produto hidratante ou regenerador em casa. Desde que não haja feridas ou machucados, o peeling é in-

dicada para todos. Caso haja problemas com alergia ou problemas de saúde graves, como diabetes, é sempre recomendado que a pessoa se consulte com um especialista que pode liberá-la ou não para uma regeneração mais intensa. Outra dúvida bastante comum é quanto tempo dura o resultado. Tudo vai depender do estado do pé e o tipo de produto que se usou para tratar. Pés mais lisos e já frequentemente hidratados vão se beneficiar por mais tempo e os resultados vão durar cerca de três meses. Já a pele mais grossa e com áreas endurecidas precisa de cuidados menos espaçados até atingir seu objetivo. A forma como a esfoliação é feita também interfere na durabilidade dos resultados. Não pode ser um procedimento que dá a impressão de maciez por


Compromisso com a Cidade. Compromisso com Você

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

pés elimina ejuvenesce

apenas umas horas. Um procedimento mais brando só serve se o pé já estiver em um estado de maciez e hidratação visíveis. Mas, se a planta do pé está grossa, o pé está com áreas duras e amareladas e com

calosidades, só um procedimento mais potente resolverá. O peeling para os pés elimina a pele morta, renova as células e garante maciez e pele lisa após o tratamento. Ligue e agende sua avaliação.

Imagem: Reprodução

* Espaço da Beleza Centro Estético Independência, 555 Centro de Farroupilha Fone (54) 3268-5511 WhatsApp: 981.195.645 Fan Page: Espaço da Beleza


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

DEBATE

Situação da água em Farroupilha Câmara de Vereadores promove Fórum Municipal com Afapan, Comam e Corsan nesta sexta (Comam) falará sobre desenvolvimento urbano e recursos hídricos. O encerramento será com Marcus Vinícius Caberlon, diretor de Expansão da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), que explanará sobre as estações de tratamento de esgoto no município. O chamado do encontro é “De uma simples ação até uma grande construção: como manter um retorno sustentável da água no município”. O Dia Mundial da Água foi criado pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) em 1993, com a proposta de alertar a população sobre a preservação dos bens naturais, reforçar a necessidade de conscientização e de promover um debate internacional com relação ao manejo e uso racional deste bem indispensável para a vida.

Divulgação

N

o Dia Mundial da Água, a sociedade farroupilhense terá a oportunidade de debater e repensar formas de uso mais sustentável deste recurso natural. É o 2º Fórum Municipal da Água que acontece nesta sexta, a partir das 18h30min, na Câmara de Vereadores. O evento é aberto à comunidade em geral e terá apresentação de três painéis temáticos com participação de duas instituições locais e uma estadual. Inicialmente, a Associação Farroupilhense de Proteção ao Ambiente Natural (Afapan), por meio de sua presidente, Ângela Silvestrin, apresentará uma reflexão sobre um ambiente sustentável. Também Gustavo Bartelle, presidente do Conselho Municipal de Meio Ambiente

Programe-se O que: 2º Fórum Municipal da Água Quando: nesta sexta, das 18h30min às 20h Onde: Câmara de Vereadores de Farroupilha (Júlio de Castilhos, 420) Quanto: evento gratuito

Reflexão sobre o uso da água Fórum convida comunidade a debater a temática a partir da realidade local


Literatura

Ex-colunista do Informante, jornalista Marcos Kirst lança biografia de Vivita Cartier, no centenário de morte da poetisa Páginas 8 e 9

Inside

Sétima Arte

Claire Foy mantém o padrão de Rooney Mara e revive a hacker justiceira Lisbeth Salander na série Millennium Páginas 10 e 11

GastrOnOmia

Entendendo melhor o espumante Voltado aos amantes da bebida, Casa Perini promove 2ª Academia do Espumante neste sábado e ainda é possível se inscrever e sabor do espumante, métodos de elaboração, técnicas de armazenamento, abertura, entre outros. A 1ª edição do evento aconteceu em 27 de outubro de 2018 e preencheu as 40 vagas disponíveis. Nesta edição está sendo oferecido o mesmo número de vagas e a inscrição pode ser feita até esta sexta com Jamile pelo fone 21097300 ou pelo e-mail cursos@ casaperini.com.br, no valor de R$ 190,00 por pessoa. As próximas ações da Casa Perini serão voltadas aos amantes de vinho, que poderão participar da 3ª edição da Academia do Vinho, programada para 25 de maio.

Programação do curso Visitação à Vinícola Processos de vinificação Degustação Harmonização Serviço do espumante Jantar na Taverna Casa Perini

Arquivo Casa Perini

O

s amantes de espumante vão ter a oportunidade de entender e conhecer um pouco mais da bebida que é símbolo de celebração neste sábado, na Casa Perini. O primeiro curso do ano da vinícola é voltado ao público em geral e acontece das 16h às 23h. O objetivo é mostrar um panorama geral sobre o espumante, desde o cultivo da uva até a harmonização, facilitando o dia a dia do consumo da bebida. “A ideia é mesclar o teórico com o prático, pois junto com o conhecimento mais técnico estaremos oferecendo degustação e jantar na Taverna Perini para finalizar”, revela Bruna Porto Balen, analista de marketing da vinícola. A 2ª edição da Academia será ministrada pela enóloga da Casa, Janice Rubim, que também pretender mostrar aos participantes variações de cor, aroma

Programe-se O que: 2ª Academia do Espumante Quando: neste sábado, das 16h às 23h Onde: Casa Perini (Santos Anjos, s/nº, 4º Distrito) Quanto: R$ 190,00. Inscrições devem ser feitas até essa sexta com Jamile no telefone 2109-7300 ou no e-mail cursos@casaperini.com.br

Oportunidade para conhecer mais da bebida Os cursos promovidos pela Casa Perini são voltados aos apreciadores que pretendem entender sobre processos, variações e harmonização


Inside

2

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

Cinemas Imagens: Reprodução

Shopping Iguatemi (RST-453, quilômetro 3,5) Cinemas GNC 1: Chorar de Rir - às 13h45min (com legenda descritiva), 16h15min, 19h e 21h20min GNC 2: A Cinco Passos de Você - às 14h e 19h10min (dublado), 16h30min e 21h50min (legendado) GNC 3: Nós - às 14h15min e 19h30min (legendado), 16h45min e 22h (dublado) GNC 4: Capitã Marvel - às 13h10min e 18h50min (dublado e em 3d), 16h e 21h40min (legendado e em 3d) GNC 5: Capitã Marvel - às 14h30min e 20h10min (legendado) e 17h (dublado) GNC 6: O Parque dos Sonhos (dublado) - às 13h20min (com legenda descritiva), 15h20min e 17h20min GNC 6: A Caminho de Casa (dublado) - às 19h20min GNC 6: Vingança a Sangue Frio - às 21h30min Ingressos: segunda e quinta (exceto feriado e Carnaval) a R$ 22,00 e R$ 28,00 (salas 3d); terça e quartas (exceto feriado e Carnaval) todos pagam meia entrada; sexta a domingo e feriado a R$ 26,00 e R$ 32,00 (salas 3d). Meia entrada todos os dias para menores de 18 anos e maiores de 60 (mediante apresentação de identidade), estudantes (mediante apresentação de Carteira de Identificação Estudantil), pessoas com deficiência (com documento que a comprove) e para o Movie Club Preferencial.

Shopping San Pelegrino (Avenida Rio Branco, 425) * Obs: o site do Cinépolis traz apenas os horários dos filmes, mas não informa em qual sala serão exibidos A Caminho de Casa (dublado) - às 19h45min A Cinco Passos de Você - às 15h e 20h45min (dublado), 18h (legendado) Capitã Marvel - às 13h15min e 18h45min (dublado), 13h45min, 14h15min, 16h30min, 19h15min, 20h e 22h15min (dublado e em 3d), 16h e 21h30min (legendado) Maligno - às 22h Nós - às 14h e 19h15min (dublado), 16h45min e 21h45min (legendado) O Parque dos Sonhos (dublado) - às 13h, 15h15min e 17h30min Ingressos: nas salas tradicionais, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 23,00 e R$ 11,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 25,00 e R$ 11,50 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 26,00 e R$ 13,00 (meia). Nas salas 3d, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 14,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 15,00 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 32,00 e R$ 16,00 (meia).

Sala de Cinema Ulysses Geremia (Luiz Antunes, 312) Assunto de Família - sexta a domingo às 19h30min Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (estudantes e sênior)

Estreias do fim de semana Oscarizado por Roteiro Original em “Corra!”, o jovem cineasta americano Jordan Peele volta à ativa com o terror “Nós”. Palma de Ouro no Festival de Cannes, o drama japonês “Assunto de Família”, do diretor Hirokazu Kore-eda, entra em cartaz na Sala de Cinema Ulysses Geremia


FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

Inside

3

Turismo

Muito além das compras Iniciativa do Centro de Compras Farroupilha, projeto Incantare é a nova opção para turistas que buscar mais do que o comércio

O

projeto Incantare Farroupilha surgiu através de iniciativa do atual síndico do Centro de Compras Farroupilha, Juliano Settin, que assumiu o posto no ano passado e desde então pensa no turismo como opção para alavancar as vendas. A intenção é colocar o Centro de Compras como um ponto turístico do município, que apesar de já ser muito procurado por turistas da região, não é divulgado como tal. “Criamos um roteiro e estamos divulgando nas cidades vizinhas, nas agências de turismo e também em Porto Alegre”, revela Juliano sobre o pacote que foi oficializado em novembro do ano passado e comtempla visitação da TStore Tramontina, Centro de Compras, Restaurante Ronda Charrua, Salto Ventoso, Caravaggio e o Berço da Imigração Italiana no Rio Grande do Sul, Nova Milano. O passeio custa R$ 160,00 e inclui almoço, translado para Salto Ventoso e degustação de vinhos, espumantes e petiscos na Casa Perini, finalizando o passeio. “Uma mescla de negócio com diversão, para não ficar muito monótono o passeio e nem muito maçante apenas as compras”, comenta o síndico. O roteiro de um dia busca atrair pessoas que visitam Bento Gonçalves, Gramado e outros municípios serranos a permanecerem mais tempo em Farroupilha. O próximo passo é criar um roteiro com mais dias e, para isso, a Câmara de Indústria Comércio e Serviços (CICS) está ajudando a entrar em contato com empresas interessadas em fazer parte do projeto. “Temos que fomentar todo o nosso comércio, indústria, vinícolas, cervejarias e precisamos criar alternativas. O caminho é o turismo”, assegura Settin.

Sugestão aos visitantes Roteiro busca fomentar a economia local com visitação a lojas e pontos turísticos de Farroupilha


Inside

4

Crônicas da Redação Ramon Cardoso

ramon@jornalinformante.com.br

Escancarado o antiamericanismo de araque

Agenda SEXTA

Elas por Elas, Noite das Mulheres Caverna Comedy Club (República, 445, subolo), às 22h Happy Hour com Elim e Caio Busetti Muinho Club (Mal. Floriano Peixoto, 190), às 19h

SÁBADO Gio Lisboa, Mais Sorte que Juízo Caverna Comedy Club (República, 445, subolo), às 22h

Sertanejo com Dênis Braatz e Banda Boteco do Chá (Rômulo Noro, 555),

Sertanejo Universitário com Maicon Rodrigues Armazém Retrô Pub (Guerino Tararotti, 162), às 22h

DOMINGO Beat On Me, Quem Completará Nosso Coração? Muinho Café (Mal. Floriano Peixoto, 190), às 18h Me Leva Summer com Grupo Sem Razão Favorita Beer Store (Ernesto Fetter, 18), às 18h

ão lgaç

Me Solta, Beerpong & Instax Muinho Club (Mal. Floriano Peixoto, 190), às 23h

às 23h30min

Divu

A visita do presidente Jair Messias Bolsonaro aos Estados Unidos, claro, rendeu críticas de todo lado por parte da grande imprensa esquerdista brasileira, que fez de tudo para distorcer informações, pinçar um comentário, tirá-lo do contexto e produzir uma matéria cretina, além de classificar como equivocada qualquer ação tomada durante o encontro. Engraçado que quando alguns governos criminosos iam a Países reconhecidamente corruptos e tirânicos e lá despejavam dinheiro público, nosso, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), não se ouviu um ai na imprensa. Pior, se ouviu aplausos. Mais divertido que isso é ver essa fúria de antiamericanismo que aflorou em parte da população brasileira. É a chamada piada pronta. Temos muitos antiamericanos em território nacional. Antiamericanos que comem Big Mac, bebem Coca-Cola, que usam tênis da Nike, que compram eletrônicos da Apple, que tem perfil no Facebook. É um antiamericanismo tão ferrenho, mas tão vigoroso que ele termina na página 2. É o antiamericanismo tipo Manuela D’Ávila, que fez compras para o enxoval da filha em Miami e Nova Iorque e, entre uma aquisição e outra, fez selfie na Estátua da Liberdade. Hipocrisia pouca é bobagem. O que essa gente custa a entender é que o Complexo de Vira-Latas do genial Nelson Rodrigues não se aplica a todos os contextos e muito menos na atualidade. É uma expressão que perdeu o sentido. Aliás, o jornalista e dramaturgo, não custa lembrar, era um conservador convicto e abominava a esquerda quando ela sequer era algo palpável, tangível. O que também é preciso entender é que esse batido e surrado discurso, de que os Estados Unidos sempre levam a melhor, de que acordo com grande potência só favorece a grande potência, de que se um sai ganhando outro necessariamente sai perdendo, não cola mais. Essa narrativa bizarra perdeu seu prazo de validade e caiu por terra no exato momento em que a esquerda assumiu o poder e escancarou sua sanha criminosa. Parafraseando às avessas a filósofa estocadora de vento (que infelizmente presidiu e quase destruiu o País), nesse acordo com os americanos, os dois lados saem ganhando, diferentemente da bobagem histórica da rainha da mandioca, que disse certa vez: “Não acho que quem ganhar ou quem perder, nem quem ganhar nem perder, vai ganhar ou perder. Vai todo mundo perder”. Nós perdemos, com certeza. Uns 50 anos em uma década e meia de um desgoverno corrupto, criminoso, retrógrado e sujo. Por fim, é necessário e oportuno fazer um reparo à passagem do presidente em solo estadunidense. A primeira declaração de Bolsonaro nos Estados Unidos, convenhamos, causou perplexidade. Ao menos para mim. Ele disse que sua eleição à Presidência da República foi parecida com a que levou Donald Trump à Casa Branca. Fiquei chocado. Não sabia que tinham fraudado o resultado da eleição americana e achatado a diferença na totalização.

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019


FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

Inside

Bem-Estar

Divulgação

Mais um Aulão do Sesc acontece nesta sexta desta vez em alusão ao Carnaval

Mantendo o ritmo Aulão de Carnaval promete animação para o fim da tarde de sexta com músicas de axé, samba e, claro, marchinhas carnavalescas

S

Paulo Roque Gasparetto prgasparetto@terra.com.br

Para não perder o pique carnavalesco

empre pensando no bem-estar da comunidade e incentivando a prática de exercícios físicos, a academia do Serviço Social do Comércio (Sesc) promove mais um Aulão, desta vez para comemorar o Carnaval. O evento gratuito e aberto para a comunidade sem necessidade de inscrição, acontece nesta sexta, a partir das 18h, no estacionamento da unidade farroupilhense. A ideia é que os participantes usem fantasias alusivas à festividade, mas pensando no conforto para a atividade. O ritmo das danças será ditado pelo axé, por marchinhas carnavalescas e pelo samba. Sempre com a intenção de proporcionar uma atividade diferenciada no dia a dia, o último Aulão da Academia foi em homenagem ao Dia Internacional da Mulher e aconteceu na sexta, dia 8.

5

No ano passado o Aulão de Carnaval reuniu 50 pessoas, com muita animação e alegria. Quem irá comandar as atividades nesta sexta são as professoras Vera Lúcia Alves da Silva e Franciane Barbosa de Vargas. É importante também levar garrafa de água e toalha para se secar. Em caso de chuva o evento vai acontecer na sala de ginástica da Academia Sesc Farroupilha. Mais informações podem ser obtidas pelo fone 3261-6526.

Programe-se O que: Aulão de Carnaval da Academia Sesc Quando: nesta sexta, às 18h Onde: estacionamento do Sesc Farroupilha (Cel. Pena de Moraes, 320) Quanto: evento gratuito

Uma realidade difícil Muitas crianças relatam os jogos que experimentaram nas redes sociais. Eles falam de armas poderosas e de alta tecnologia. Contam que no jogo existem cenas que precisam de coragem para eliminar os “inimigos”. Quem não souber usar bem as armas será derrotado. Vencer significa ser rápido no “gatilho” para matar. Já perder significa ser fraco para continuar vivendo. Uma estimulação de armas tecnológicas em que se conquista gratificação instantânea. Sem dúvida, há uma tragédia silenciosa que está se desenvolvendo em nossa sociedade. Será que as crianças de hoje não estão sendo estimuladas com materiais que não acrescentam nada em seu processo educativo. Já por outro lada percebemos uma falta de limites claramente definidos e de responsabilidades em suas atitudes. Uma facilidade de conquistar e de obter todas as coisas sem merecê-las pelo empenho. Hoje, alunos entram na escola com armas de fogo, como assistimos na semana que passou na escola de Suzano, em São Paulo. Estão comprometidos emocionalmente com outros valores que não são o respeito pela vida. Em muitos casos, a escola não consegue mais reeducar esses jovens no seu comportamento psicossocial e espiritual. Neste sentido, sabemos que essa formação está alicerçada nas famílias. As atitudes dos filhos dependem do tipo de convivência familiar que eles têm em casa desde cedo. É preciso redefinir limites e antes de amar é preciso fazer valer o respeito. Não tenhamos medo de dizer “não”, mesmo sabendo que isso vai acarretar explicações. É preciso “gastar tempo”, seja na convivência ou de tarefas de acordo com sua idade. Na caminhada da vida estamos sempre em busca de um lugar seguro e bom para viver. É preciso evitar o uso de tecnologias em alguns momentos do dia, como nas refeições e momentos de convivência, para que o diálogo possa estar presente no cotidiano da família. Ensine a dizer as “palavras mágicas” como: desculpa, quando se reconhece o erro e pede perdão; obrigado, por todas as coisas que recebemos; com licença, porque gentiliza gera gentileza. As pessoas necessitam de um lar. Lugar de convivência e de estar juntos. Os fatos negativos não destroem a verdade do coração humano, que deseja uma família e sempre está a caminho dela. * Pároco da Paróquia Sagrado Coração de Jesus e doutor em Comunicação


Cristiano de Oliveira

O

Vintage

evento cultural Garibaldi Vintage tem sua 11ª edição nesta sexta, no Centro Histórico de Garibaldi, a partir das 19h. Na cidade estará reunido o melhor da gastronomia, espumantes e cervejas artesanais. E a programação conta também com exposição de carros antigos e shows.

Espetáculo

Nesta sexta, no Auditório Professor Raul Bampi, na UCS Farroupilha, o Sesc promove o concerto cênico “Carmen e os Violões” para comemorar o Dia Internacional da Mulher e o Dia da Mulher Farroupilhense. O projeto reúne elementos da cultura espanhola com o swing brasileiro, evidenciando o protagonismo feminino no palco.

Alianças

Acimar Freitas em noite de balada no Pepsi Club, no final de semana

Walter Finimundi

Multifotos Studio

Jacqueline Rodrigues Milan e Gerson Luiz Ferri trocaram alianças na sexta. Os noivos escolheram a cerimônia dos vinhos, presidida por Darci Nunes, para contemplar sua união realizada ao ar livre numa chácara no interior de Farroupilha. Um seleto grupo de amigos e familiares participou dos festejos, com recepção e cerimonial assinados por Denise Balbinot Colombo. Os noivos seguem para lua de mel em Bogotá, Cartagena e San Andrés.

Fashion

Diretora criativa da Dominator, Ritielle Dal Pizzol Coleção Outono/Inverno da grife farroupilhense ao lad fundaram há mais de 36 anos a marca que é referênci a contar também com loja virtual.

Vanessa Silva de Lima formou-se em Química Industrial, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, no sábado, e celebrou com festa no Clube 1º de Maio

Jacqueline Rodrigues Milan e Gerson Luiz Ferri, que celebraram casamento, na última sexta

Felipe Mientkewicz recebeu o carinho dos p Mientkewicz e da namorada Gabrielle Leseux realizada no final de semana, no curso de Pr


Ramon Cardoso

Keller Borges

Chéusli Monteiro comemorou seu aniversário de 15 anos no Villa Festas e Eventos, no sábado. O cerimonial do evento foi assinado por Aline Alves

apresentou o lançamento da do dos pais Luiz e Jandira, que a em couro e que agora passa

10 anos

Fique por Dentro

O empresário e DJ Francisco Bortolossi realiza, no dia 13 do próximo mês, a edição especial de 10 anos da festa Colours. Para marcar a data o evento recebe um line-up de peso. A principal atração da noite será o DJ internacional Joris Voorn. Os ingressos estão à venda na academia Prime Fitness e na Boardstore.

Mônica Baranoski

Acústico

Lidi Pes

No dia 5 de abril o Muinho recebe pela primeira vez o show acústico de Armandinho. O setlist conta com todas as músicas clássicas do cantor, que será acompanhado de Pedro Porto e João Coiote no palco. Os ingressos antecipados já estão à venda no Café do local.

pais Edilia e Roque x pela sua formatura rocessos Gerenciais Rafael Callegari em sua festa de formatura, onde celebrou a conquista do diploma no curso de Engenharia Mecânica, pelo Instituto Federal de Farroupilha


Inside

8

Fabrício Oliboni fabrioliboni@gmail.com

Bettina, 1 milhão de reais

* Agente de intercâmbio e bacharel em Relações Internacionais

Literatura

Centenário de morte é lembrado em livro Jornalista lança biografia da poetisa neste sábado à tarde, com sessão de autógrafos na Galeria Municipal de Arte Gerd Bornheim, em Caxias do Sul

S

ete anos de pesquisa, um de redação e um centenário devidamente reconhecido. Neste sábado, das 14h às 18h, a Galeria Municipal de Arte Gerd Bornheim (Dr. Montaury, 1.333, Centro), junto à Casa de Cultura de Caxias do Sul, sedia o lançamento e a sessão de autógrafos de “O Ocaso da Colombina: A Breve e Poética Vida de Vivita Cartier”. Vigésimo terceiro livro do jornalista e escritor Marcos Fernando Kirst, a obra é repleta de significados. Integrante da Academia Caxiense de Letras, o escritor ocupa a cadeira 11, cuja patrona é a poetisa. Em março de 2019 é lembrado os 100 anos de falecimento de Vivita. Nascida em 12 de abril de 1893, em Porto Alegre, ela teve uma trajetória curta de vida. Em 1913, diagnosticada com tuberculose, fixa residência em Criúva, distrito caxiense, e vem a falecer, vitimada pela doença, em 21 de março de 1919, aos 25 anos. Ainda que breve, sua passagem foi intensa e marcante no cenário literário e cultural do município vizinho. O livro de Kirst, ex-colunista do Informante e atualmente colunista do Pioneiro, conta com 812 páginas e participação especial do escritor José Clemente Pozenato, que traduziu poemas de Vivita do italiano para o português e responde por um ensaio avaliando as nuances e influências literárias da obra poética. O trabalho apresenta, pela primeira vez, a totalidade dos poemas de Vivita, grande parte desconhecida do público, já que a poetisa não publicou

Liliane Giordano

“Oi, meu nome é Bettina! Eu tenho 22 anos e 1 milhão e 42 mil reais de patrimônio acumulado. Desculpa a indiscrição, é que o tempo aqui embaixo não joga ao meu favor e eu precisava chamar a sua atenção. Ninguém acha normal eu ter juntado 1 milhão de reais assim, tão nova e tendo começado com tão pouco. Mas sabe o que chama a minha atenção? O que eu fiz não é nenhum segredo, eu falo pra todo mundo que eu comprei ações, e você pode fazer o mesmo...” segue por aí, sendo que o resto você já deve ter visto ou ao menos ouvido falar da Bettina, a moça da Empiricus, que tem mais de 1 milhão de patrimônio investindo em ações e que deve ter atrapalhado alguns dos vídeos que você viu no YouTube nos últimos dias. Bom, o tal vídeo viralizou e é um dos assuntos mais comentados hoje em dia. Vejo muitas coisas interessantes nesse caso, tanto pelo anúncio em si, a figura da Bettina e as reações que vieram em seguida. Uma das reflexões que levanto é de como o pessoal tem preguiça e interpreta mal as coisas. Isso devido ao fato da leitura de que é simples ganhar dinheiro, que a tal da Bettina enriqueceu facilmente, que ela vende uma fórmula mágica, é tudo mentira, etc. Uma análise bem superficial já evidencia que a empresa para qual a Bettina trabalha quer é chamar a atenção com essa chamada rápida, causar um impacto e fazer com que as pessoas busquem saber mais qual é o caminho trilhado pela Bettina. Soa atrativo, por mais que pareça enganoso e o alerta da desconfiança ressone alto. Mas a curiosidade é atiçada, óbvio. Não é algo tão fácil, mas a isca está ali e eles fizeram muito bem o chamariz. Nenhum mistério nisso. Vi algumas reações que se focavam em dizer que tudo era um teatro, que ela ganhou tudo dos pais, que só estava ali por ser bonita, tem um namorado que banca, que nunca que seria possível ter tal quantia com essa idade, etc. A certeza que tenho é que tais opiniões não são embasadas em nada, mas sim externando machismo, pré conceito baseado na aparência dela e descrença em cases de sucesso. Fácil é focar na crítica, e ela foi tomada como um exemplo de algo negativo, virou o meme do momento. Fiquei sabendo disso essa semana, e procurei me informar mais sobre a Bettina, inclusive em uma entrevista dela, na qual basicamente dá a sua versão sobre a tal propaganda que a tornou conhecida na internet. Me pareceu uma pessoa bastante competente no que faz, onde dá detalhes de como ela direcionou os seus investimentos, que trabalhou bastante, sempre com destaque. Teve privilégios de boa educação e uma ajuda financeira da família? Sim, e isso é um problema? Ela investiu o seu dinheiro, perdeu, ganhou, aprender e foi avançando. No Brasil se tem o costume de diminuir e tentar desmerecer quem tem sucesso. Parece que é errado, ou se você chegou lá foi por meios escusos, porque é impossível. Eu não consigo, logo se alguém conseguiu tem treta aí. Sobre a empresa Empiricus, onde ela trabalha, não sei dizer praticamente nada. Certamente tem muita picaretagem nesse meio, e é importantíssimo ter muito cuidado ao saber onde alocar investimentos, saber com o que se está lidando e estudar sobre isso. Entendo a desconfiança, não é nada fácil ganhar dinheiro com ações e investimentos, mas isso não impede de ir atrás e saber mais. Ah, obviamente que não tem fórmula mágica e de um investimento de 1000 sairá o triplo em 6 meses. Bom senso, paciência e conhecimento ajudam muito a avançar. Por fim, é mais válido aprender com a Bettina e tirar a bunda da cadeira do que seguir reclamando e só focar no meme.

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

Tributo Livro de Kirst rende homenagem à poetisa e eviscera vida e obra de Vivita Cartier, desconhecida para o grande público

livros. Este, aliás, foi um desafio para o biógrafo. “Esse foi meu trabalho mais desafiador, no sentido de conseguir biografar uma personalidade morta há 100 anos, que não casou e não deixou descendentes diretos, tendo morrido muito cedo, aos


FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

Literatura

Inside

Dolores Maggioni doloresmaggioni@terra.com.br

de Vivita Cartier de Marcos Kirst 25 anos de idade. A pesquisa, longa e minuciosa, revestiu-se de ares de busca detetivesca, tamanha a falta de elementos concretos que, no início da jornada, se apresentava. No entanto, consegui, por meio de contatos com parentes correlatos, muita pesquisa, leitura de livros e jornais, montar o quebra-cabeças e produzir uma obra que, espero, assenta Vivita Cartier no lugar que lhe é devido junto às letras gaúchas e nacionais”, comentou Kirst. O Ocaso da Colombina é muito mais que uma biografia. Ele também retrata o contexto histórico, fatos curiosos e formas de vida de uma família tradicional da época, já que Vivita era neta de Rodolfo Félix Laner, um dos pioneiros colonizadores de Caxias do Sul, um dos precursores do comércio na cidade e que contribuiu na fixação de imigrantes italianos. Cartas trocadas pela jovem com familiares no auge da doença é outra particularidade da obra. Viabilizado por meio de apoio cultural da Indústria de Móveis Florense e da Calíope Comunicação, Marketing e Publicações, o evento de lançamento de conta com a parceria das empresas Garibaldi, Aurora, Tudo em Grãos, Sicredi Pioneira, Editora São Miguel e Prefeitura Municipal de Caxias do Sul.

Imagem: Reprodução

9

Programe-se O que: lançamento do livro e sessão de autógrafos de “O Ocaso da Colombina: A Breve e Poética Vida de Vivita Cartier”, do jornalista e escritor Marcos Fernando Kirst Quando: neste sábado, das 14h às 18h Onde: Galeria Municipal de Arte Gerd Bornheim (Dr. Montaury, 1.333, Centro), junto à Casa da Cultura de Caxias do Sul Quanto: a obra é comercializada a R$ 50,00, em valor promocional de lançamento. Depois, nas livrarias, custará R$ 80,00

Orvalho morno de reflexões Sei que despertei e que ainda durmo. O meu corpo diz que é muito cedo ainda. Num torpor lúcido, pesadamente incorpóreo, estagno, entre o sono e a vigília, num sonho que é uma sombra de sonhar. Minha atenção boia entre as coisas do mundo e vê cegamente a profundeza de um mar e a profundeza de um céu; e estas profundezas interpenetram-se, misturam-se, e eu nem sei onde estou nem o que sonho. Cai de um firmamento desconhecido um orvalho morno de reflexões. Observo: a brisa altera o perfil das copas; uma grande ânsia passiva parece espreitar a vida. Gotas irregulares de sonhos marcam horas irreais. Sigo observando: o movimento parado das flores, o sossego inquieto das fontes, o hálito indefinido das seivas, o lento entardecer das tardes, a concordância espiritual de um dar de mãos, o silêncio ruidoso dos céus, o cair compassado e sonoro das folhas, pingos de alheamento que me entristecem como se fora uma pátria recordada. Vida! Horas de desassossego, dias de saudade espacial, séculos de paisagens externas, sonhos cavalgando a linha tortuosa das montanhas, contradições, desejos, expectativas ousadas como uma caverna em terra de supersticiosos, um sentir estranho como o perfil de uma cidade mourisca contra o crepúsculo de um céu outonal. Vida! É inevitável haver coisas assim, com jeito de espera, outro jeito de riso na boca taciturna, mãos aguardando cheias de ternura, conversas que sempre parecem ter sido interrompidas de véspera, lembranças que vão apreendendo até os silêncios, numa calada comunicação que não precisa de palavras Assim é a vida! Muito para contar, muito para ser entendido. A infância, as angústias da adolescência, amores que não eram, apenas imitações, ensaios de um outro que chegaria definitivo, tomadas de posição diante do mundo, solidão em meio a multidões, a precária sensação de eternidade, de driblar o tempo, as distâncias... a morte... os homens com suas paixões, suas mesquinharias e suas lágrimas, corações postos em sossego, peitos compreensivos, palavras de doçura, de paciência, de coragem. Assim somos nós. Barcos ancorados a medo em porto inseguro. Vida! O murmúrio das aves, o sussurro dos arvoredos, o fundo monótono do mar eterno, horas de imperfeição vazia, tão perfeitas por isso, tão diagonais à certeza retângula da vida... horas imperiais, horas vestidas de púrpura gasta, horas caídas no mundo de outro mundo. Nenhum de nós tem um nome ou existência plausível. Somos impessoais; uma passagem esfumada em consciência de si própria... um paraíso de alheamento no qual nos desenganamos da esperança porque trai, da vida porque farta e não sacia, da morte porque traz mais do que se quer e menos do que se espera. Desenganamo-nos do nosso próprio tédio, porque se envelhece de si próprio e não ousa ser toda a angústia que é. Volto a observar o espetáculo do mundo. É o de uma natureza aberta a uma pluralidade de sujeitos pensantes; um grande mundo único, com suas variadíssimas ofertas materiais e transcendentais, com suas lembranças, suas unidades, seus credos, seus valores. Presentes fundindo-se com passados. Tudo é ondulante, transparente, quase irreal. Nossos pensamentos desenham formas singulares que enfeixam fragmentos de espaço sem nenhuma direção, sem nenhum exterior. Nossos espaços estão encerrados nesses fragmentos e todos estamos encerrados entre as pretensas paredes deste espaço. * Escritora


Inside

10

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

Sétima Arte

Rotina mantida, passado revelado

Em novo episódio da saga “Millennium”, “A Garota na Teia da Aranha”, vida de Lisbeth Salander é eviscerada e performance de Claire Foy mantém nível do trabalho de Rooney Mara, na adaptação do uruguaio Fede Alvarez

S

ucesso literário, a série “Millennium”, do jornalista e escritor sueco Stieg Larsson, teve uma bem-sucedida adaptação à telona pelas mãos do talentoso David Fincher com o episódio inaugural da trilogia, “Os Homens que não Amavam as Mulheres”, com Rooney Mara e Daniel Craig nos papéis principais. Seu falecimento, em 2004, não impediu que a saga tivesse continuidade, com o também jornalista e escritor David Lagercrantz. E é seu primeiro livro, “A Garota na Teia da Aranha”, que foi adaptado à telona no trabalho do competente uruguaio Fede Alvarez. Mais adequado, digamos, aos tempos modernos, a saga segue no submundo criminal cibernético, mas suas implicações vão muito além de um problema específico e pontual. Escolhida para o papel principal, Claire Foy tem atuação destacada, a ponto de não dever nada para a antecessora. Vale lembrar que Rooney Mara, que foi indicada ao Globo de Ouro e Oscar pelo papel da hacker justiceira Lisbeth Salander. Mas o thriller de Alvarez, baseado no livro de Lagercrantz, além de avançar no tamanho do imbróglio, também explica melhor

a origem de Lisbeth, desde sua abusiva e traumática infância. Vivendo de maneira reclusa em uma Estocolmo congelante, a hacker volta à ativa a partir do pedido do engenheiro de computação Frans Balder (Stephen Merchant). Ele desenvolve um software que permite ao usuário ingressar em sistemas de defesa de potências nucleares e ter acesso a seus arsenais bélicos. A promessa era de que teria controle sobre o programa, mas não foi o que acabou acontecendo. Ele passa a estar nas mãos da Agência de Segurança Americana, a NSA, sob responsabilidade do agente especial Edwin Needham (Lakeith Stanfield), e Balder contata Lisbeth para retomar o sistema Firefall. Para a hacker, a tarefa está longe de ser complicada, mas há mais pessoas de olho no programa de gerenciamento bélico. Tão logo ela consegue recuperar o arquivo, a NSA, o Serviço de Segurança Sueco (Säpo), comandado pela agente Gabriella Grane (Synnove Macody Lund), e um temido grupo da máfia russa, conhecido como “Os Aranhas”, iniciam uma caçada em busca do software, que é prontamente roubado de Lisbeth. O grande problema é que, para acessá-lo, é necessário um código especial

que apenas o filho de Balder, August (Christopher Convery) conhece. O engenheiro vai ao local previamente combinado para receber o Firefall, mas quando vê que a hacker não comparece, suspeita que ela tenha ficado com o programa. Não demora para ele procurar a Säpo, em busca de retomar o software e atrás de proteção, o que deixa a situação ainda mais confusa. Sem ter como se proteger e procurada pela polícia, Lisbeth recorre ao amigo hacker Plague (Cameron Britton) e ao jornalista Mikael Blomkvist (Sverrir Gudnason), reeditando a parceria de três anos atrás, que deu origem ao filme de estreia da série. O novo personagem, com trânsito livre, mergulha no submundo da corrupção e do crime em uma sombria Estocolmo, buscando encontrar a organização criminosa que roubou o software de Lisbeth. Ele ajuda a ligar alguns pontos que vão da importância de ter o sistema em mãos até um passado remoto da hacker, uma passagem negra de sua jornada, que ela gostaria de deixar soterrada, mas que vem à tona com força a partir do ingresso de sua irmã Camilla (Sylvia Hoeks) na história. Esse vínculo entre a infância das irmãs Salander ajuda a explicar o momento presente e amar-

ra a trama, repleta de reviravoltas e intensa do início ao fim, de maneira ainda mais contundente. Se o filme que iniciou a saga era mais voltado a um crime particular, de repercussão limitada, o atual é moldado aos tempos atuais, muito mais conectado a uma realidade global (embora tenha alguns exageros), mas mantém o tradicional emaranhado de informações que, aos poucos, vão permitindo a montagem do quebra-cabeça. Um thriller bem costurado e habilmente conduzido por Alvarez, que mantém o ambiente noir do trabalho anterior realizado por Fincher. A Literatura nórdica tem ganho certo espaço no Cinema, como a recente adaptação do suspense “Boneco de Neve”, de norueguês Jo Nesbo, à telona. Millennium segue a linha.

Material de apoio

Os extras contam com a opção de conferir o filme na versão comentada por Alvarez e Jay Basu (ambos assinam o roteiro junto com Steven Knight), além dos tópicos “Claire Foy: Tornando-se Lisbeth”, onde a atriz fala do prazer em interpretar o papel da protagonista de uma obra literária que marcou sua juventude, e “Os Segredos das Irmãs Salander”.


FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

Inside

11

Sétima Arte Divulgação Imagem: Reprodução

Título original The Girl in the Spider’s Web Título traduzido A Garota na Teia da Aranha

Padrão de excelência Atriz britânica Claire Foy tem grande atuação como a hacker Lisbeth Salander, papel consagrado por sua antecessora, a americana Rooney Mara: sequência da trama Millennium revela infância traumática da protagonista, o que ajuda a explicar conduta na série

Direção Fede Alvarez Roteiro Fede Alvarez Jay Basu Steven Knight Gênero Ação Suspense Duração 115 minutos País Estados Unidos Suécia Inglaterra Ano de produção 2018 Estúdio Regency Sony Pictures Distribuição Columbia Pictures Metro Goldwyn Mayer


12

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Os recursos financeiros são evidenciados. Você é testado em suas decisões comerciais e financeiras. Mas com medida e ações cooperativas, vai, sim, alcançar os seus objetivos. A experiência exige de você habilidades para se relacionar e negociar.

Touro - 21/04 a 20/05

Semana em que deve ponderar em suas decisões, principalmente as financeiras. O cenário é competitivo e exige de você posturas sábias. Mas o céu também anuncia os caminhos abertos para conduzir suas metas profissionais. É importante se relacionar com estratégia no âmbito comercial.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

O céu pede que examine suas posturas. Pare e olhe para o cenário com entendimento. Deve examinar as possibilidades e executar os planos com calma e reserva. Mas tem a ajuda necessária para conduzir os planos e desenvolver a autoestima.

Câncer - 21/06 a 20/07

Está ansioso para concluir projetos que ditam os resultados financeiros. Está sendo levado a amadurecer os planos, e um grupo de pessoas pode interferir em suas decisões. Busque entender os seus anseios e a forma de lidar com os assuntos familiares.

Leão - 21/07 a 22/08

Olhar para o futuro e tomar decisões maduras é necessário para o seu desenvolvimento. O cenário aponta que está sendo desafiado a interagir com uma pessoa para resolver questões financeiras e sobre o futuro. O céu também aponta a necessidade de ser feliz e se conectar com a sua essência.

Vírgem - 23/08 a 22/09

Busque entender que o passado é forte e interfere em sua forma de se relacionar. O céu pede que tome decisões construtivas para o trabalho e uma rotina adequada para o seu desenvolvimento. Pode sentir um cenário mais competitivo no trabalho, mas os caminhos estão abertos para o seu crescimento.

Libra - 23/09 a 22/10

Você está em destaque e precisa avaliar as suas necessidades e a vontade de ser feliz. Existem experiências que devem ser descartadas porque geram competitividade e são nocivas para o seu desenvolvimento; por outro lado, está ótimo para validar o seu melhor e de fato se sentir mais conectado consigo mesmo.

Escorpião - 23/10 a 21/11

Você vem amadurecendo muito sobre suas ideias ou pensamentos que geram julgamentos nocivos. O céu aponta que está com dificuldades para interagir com a pessoa amada e pode acentuar desafetos por discordâncias. Semana para encontrar um ponto de equilíbrio para ser mais leve.

Sagitário - 22/11 a 21/12

Semana favorável para expressar o que pensa ou receber uma informação positiva que impacta o seu desenvolvimento. Mas deve avaliar as suas decisões no trabalho e averiguar de que forma deve atuar. Semana muito agitada, pautada por decisões importantes.

Capricórnio - 22/12 a 20/01

Semana significativa para tomar decisões financeiras que ativam o reconhecimento e a forma como deseja seguir daqui para frente. A experiência pode se relacionar com filhos ou com o campo afetivo. Mas o céu aponta crescimento e novas oportunidades para gerar recursos.

Aquário - 21/01 a 19/02

Você está passando por uma avalanche de situações que impactam decisões importantes para a família ou para lidar com a sua segurança financeira. O cenário se mostra competitivo e exige de você posturas. Mas um ângulo positivo com Júpiter lhe traz excelentes resultados e oportunidades.

Peixes - 20/02 a 20/03

Vai se sentir desafiado a se expressar com uma pessoa próxima que se sente excluída e com dificuldades emocionais para entender o cenário que se apresenta. Mas um ângulo favorável com Júpiter traz amparo, verdade e oportunidades para identificar soluções para as metas futuras.

Inside

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019


FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

VENDO TERRENO de esquina com 1.377m² a uma quadra da rodoviária e do Shopping Centro de Compras. F. 9 9118.1642. VENDO TERRENO e casa no Litoral, localização central em Arroio do Sal, somente duas quadras do mar. F. 9 9118.1642. VENDO 2 terrenos de Cooperativa já com área comprada. R$ 20.000,00 um, ou dois por R$ 35.000,00. F.: 9 9118.1642. VENDO CASA MISTA localizada no Bairro Pio X, (a mesma já está alugada através de imobiliária por R$ 1.500,00). Tratar: (54) 9 9118 1642. CRÉDITO DE IMÓVEL LIBERADO R$ 160.000,00 com 5 pagas de R$ 1.150,81, estudo carro como entrada: compra/reformas/rural ou capital de giro. Telefone: (51) 3597-1474 ou (51) 99739-6368. CRÉDITO DE IMÓVEL LIBERADO R$ 259.575,00 com 3 pagas de R$ 1.759,34, estudo carro como entrada: compra/reformas/rural ou capital de giro. Telefone: (51) 3597-1474 ou (51) 99739-6368. CRÉDITO DE CAMINHÃO LIBERADO R$ 150.280,78 com 6 pagas de R$ 1.728,23, estudo troca. Telefone: (51) 3597-1474 ou (51) 99739-6368. CRÉDITO DE CAMINHÃO LIBERADO R$ 227.809,88 com 2 pagas de R$ 2.619,81, estudo troca. Telefone: (51) 3597-1474 ou (51) 99739-6368.


2

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019


CRECI 23909 J


Dia da Mulher Farroupilhense

Par te integrante da Edição 580. Não pode ser vendido separadamente

22 de março de 2019

Merecedoras de todo reconhecimento Ramon Cardoso

Tulinha, Maria de Lourdes, Leonilda, Luciana, Neusa, Mari, Doki e Nádia: as homenageadas no Dia da Mulher Farroupilhense

Maria de Lourdes e o exemplo dos pais Página 3

A veia empreendedora Neusa Felicetti com o Leonilda Pessin e sua de Marinês Pagliarini recado de persistência luta por transformação Página 4

Luciana Zanfeliz: fé e a Força de Tulinha que confiança na educação suplanta dificuldades Página 7

Página 8

Página 5

Página 6

Doki: a dedicação ao filho e à comunidade

Nádia e sua atuação na Assistência Social

Página 9

Página 10


2

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

CELEBRAÇÃO ESPECIAL

A noite delas na Casa Legislativa Força feminina foi enaltecida na Câmara de Vereadores na tradicional homenagem ao Dia da Mulher Farroupilhense

C

omo habitualmente ocorre, a Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton lotou para a homenagem ao Dia da Mulher Farroupilhense, ainda mais neste ano, que a sessão solene aconteceu justamente na data. Foram sete as indicadas para receber a distinção (veja nas páginas 3 a 9), além do Certificado Mulher Referência 2019 (página 10), na escolha do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, o Comdim. “Tenho muito orgulho de estar representando o Comdim e falar em nome da Nádia (Gelmini Crippa), que tanto luta para garantir o pleno exercício da cidadania feminina. É uma mulher referência junto à política de assistência social do município. Não conhecia a

Fotos: Ramon Cardoso

Valorizando o papel da mulher Franciele, Fran e Elaine estiveram representando Comdim, Assembleia e Prefeitura na sessão solene do Legislativo

Nádia, mas no primeiro contato ela foi tão receptiva que parecia que nos conhecíamos há muito tempo”, declarou a advogada Franciele Boschetti Reche, presidente do Comdim e que também representou a OAB Farroupilha no ato. Quem também esteve presente à sessão especial foi a primeira dama e deputada es-

tadual Fran Somensi (PRB). Em meio a trechos de canções ela destacou a série de conquistas das mulheres através dos tempos e nos diversos campos de atuação, na luta por igualdade, especialmente na cidadania e política. Ao final de sua apresentação, entregou uma orquídea para cada uma das homenageadas da noite. Quem

representou o Poder Executivo na atividade foi a secretária de Educação, Elaine Giuliato. “Gostaria de agradecer a todas por estarem nessa sessão especial. Com inteligência, sabedoria e dedicação vocês foram protagonistas, destaque porque trabalharam de forma intensa e profunda pela comunidade. Uma sau-

dação muito especial também a todas as mulheres farroupilhenses. Nós temos uma missão, mas também uma glória, que é a de carregar um ser vivo. A data é especial, mas todos os dias as mulheres têm que ser enaltecidas”, declarou Elaine, que se emocionou ao falar da mãe. “A Dona Norma, no meio do 2019, vai completar 94 anos. Ela não está na sessão, mas aprendi muito com ela. Um exemplo de família, de religiosidade, de mulher. Um legado que marcou meu coração”, sentenciou a secretária que, ao final, também entregou um vaso de flor a cada homenageada. Na saída do Legislativo, a OAB Farroupilha entregou um bombom e uma mensagem sobre os direitos das mulheres às presentes à sessão.


3

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

MARIA DE LOURDES ANSELMI

História marcada por determinação Empresária e diretora da Malharia Anselmi, a homenageada discursou sobre os importantes valores passados pelos pais lharia que é símbolo da cidade, Maria de Lourdes participa ativamente do projeto social Voluntárias da Saúde. A homenageada foi descrita pelo vereador como o exemplo da melhor forma de liderar. “A minha história é realmente de muito trabalho e dedicação. Não tive oportunidade de estudar, mas os princípios e os valores que meus pais me passaram foram o que me trouxeram até aqui”. A empresária também agradeceu todos os colaboradores da empresa, os descrevendo como uma equipe maravilhosa, que a orgulha sempre. “Também quero agradecer minhas colegas do Voluntárias da Saúde, que há mais de três anos estão na luta pelo Hospital São Carlos. E quero agradecer minha família, em especial meus filhos. Sou uma mãe realizada pois sei que eles darão continuidade à minha história”, finalizou a homenageada, também reiterando o agradeciGrife que virou referência mento a Piccoli pelo reconhecimento Sandro Trevisan, presidente do Legislativo, Elaine Giuliato, secretária de Educação, entregam homenagem para Maria de Lourdes Anselmi, juntamente com o vereador Fabiano André Piccoli no Dia da Mulher Farroupilhense.

Ramon Cardoso

H

omenageada pela bancada do Partido dos Trabalhadores (PT), por meio do vereador Fabiano André Piccoli, a empresária Maria de Lourdes Anselmi, diretora da Malharia Anselmi, abriu os trabalhos na noite de segunda. A agraciada subiu ao palco para lembrar de sua história e dos princípios ensinados pelos seus pais que a levaram a ganhar o Certificado Mulher Destaque. Nascida em 1958, filha de Segundo Bortolanza e Irma Cecon Bortolanza, aos 13 anos se matriculou em um curso de corte e costura. Mãe de Sandra, Eduardo e Patrícia Anselmi, aos 20 anos começou a costurar para uma malharia e, após três anos, comprou sua primeira máquina de tecer e iniciou seu negócio. Sempre muito curiosa, participa de cursos, workshops, seminários, palestras e busca constantemente o conhecimento. Além de fundar a Ma-


4

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

MARINES DE ROSSI PAGLIARINI

Empresária e também porta-voz Sócia fundadora da Pituchinhus administra, junto com a família, também o Holiday Inn Express e a Casa Perlage das palavras dela. Quero agradecer e homenagear minha mãe também”, enfatizou a empreendedora, lembrando de sua grande inspiração, Honorina Maria de Rossi (in memoriam), figura marcante em sua vida e fundamental em sua formação. Aproveitando a oportunidade, Mari reivindicou ainda junto aos vereadores a ampliação das vagas nas creches, mais espaços públicos para lazer das famílias e melhorias na estrada que dá acesso à sua empresa. Apontamentos que fez ao se colocar como porta-voz de suas colaboradoras, amigas e conhecidas com as quais conversou durante a semana. “Quero aproveitar essa oportunidade para dar voz a outras mulheres que não seriam ouvidas”, considerou Mari, que tem no mundo dos negócios o seu desafio diário, conquista sempre realizada em família. Tem na fé uma de suas fortes marcas e garante que sem Deus o caminho não teria sentido.

Ramon Cardoso

“Q

uero agradecer essa homenagem que Farroupilha me deu”, declarou Marines de Rossi Pagliarini ao ser homenageada com o Certificado Mulher Destaque, na Câmara de Vereadores. O reconhecimento foi prestado pelo vereador Tadeu Salib dos Santos, que falou em nome da bancada do PP. Mari, como é conhecida, fundou a Pituchinhus: Grife Para Princesas em 1993, no bairro Cinquentenário. Em 2000, o marido, Ivo Pagliarini, assumiu junto com a esposa a administração do negócio que hoje conta com cerca de 120 colaboradores diretos. A família também é proprietária do Holiday Inn Express em Farroupilha e da Casa Perlage, abertos no final do último ano. Mari é mãe de Bruna e Giovanni e avó das gêmeas Isabela e Valentina. “Cada passo que dou hoje lembro

Reconhecendo a veia empreendedora Presidente da Casa Legislativa, vereador Sandro Trevisan, Elaine Giuliato, secretária municipal de Educação, a homenageada Mari, o vereador Tadeu e o colega de bancada do PP, Kiko Paese


5

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

NEUSA IGNEZ FELICETTI

Sonho realizado pela persistência Merendeira que se dedicou a estudar Pedagogia, Neusa não mediu esforços para realizar seus sonhos e foi a escolhida do PSB ria Lourdes Loss Felicetti, a homenageada nasceu em 1956. Tem dois filhos, Moacir e Márcia, e a neta Emanueli. Hoje, divide a vida com o companheiro Gilberto Tarouco. “Eu queria primeiramente agradecer por terem me escolhido como representante das mulheres. Sei que muitas delas mereciam estar aqui e com certeza representariam muito bem”, comentou Neusa em sua breve manifestação, agradecendo por lembrarem de seu nome para fazer parte do rol de Mulheres Destaque de Farroupilha. “Gostaria de agradecer minha família e a todos os presentes. Uma mensagem que deixo é que com vontade e determinação a gente chega lá. É difícil, mas desistir nunca”, reforçou a homenageada, lembrando de sua história marcada por força de vontade e determinação, nunca deixando de lado os seus sonhos, independente das barreiras encontradas pelo caminho.

Ramon Cardoso

F

oi Neusa Ignez Felicetti, merendeira escolar por mais de 30 anos, a escolhida pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) para receber a homenagem no Dia da Mulher Farroupilhense. Com amor pelo trabalho e pelos alunos, Neusa mostrou que não há limites para alcançar seus objetivos quando em 2005 realizou o vestibular para Pedagogia, curso no qual se formou em 2009, pela Universidade de Caxias do Sul (UCS). Neste mês Neusa se aposentou como merendeira. Funcionária pública do Estado, em sua trajetória passou por diversas instituições de ensino: Colégio Pio X, Vivian Maggioni e Terezinha Travi. Além da vida pelo ambiente escolar, Neusa também demonstra sua veia empreendedora trabalhando há mais de 30 anos com hortigranjeiros, sendo proprietária do Hortigranjeiro Felicetti. Filha de Amandio Felicetti e Ma-

Força de vontade que virou exemplo Vereador Odair José Sobierai, Elaine Giuliato, secretária de Educação, que representou o prefeito na ocasião e a homenageada Neusa, ao lado do presidente, Sandro Trevisan


6

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

LEONILDA RECH PESSIN

A comunidade virou sua família Com a vida marcada por voluntariado e amor pela docência, professora recebeu a homenagem na noite de segunda pelo PDT meus colegas formei minha segunda família”, declarou a agraciada em seu emocionado discurso. “Na comunidade é necessário que todo ser humano faça algo, pouco ou bastante, mas tem que fazer. Através das entidades filantrópicas, clubes de serviço e pessoas do bem, fizemos tudo o que foi possível para transformar nossa cidade tão querida. Eu amo os farroupilhenses e os transformei em minha terceira família”, enfatizou Leonilda, que é membro do Lions Clube Farroupilha Centro desde 1964, onde auxiliou no desenvolvimento de diversas campanhas voluntárias. “Quanto às minhas colegas homenageadas nesta noite, gostaria de lembrar que hoje somos privilegiadas, mas somos apenas um grão de areia no meio de todas as mulheres farroupilhenses, que com a força do seu amor estão transformando esse mundo”, destacou a professora e voluntária.

Ramon Cardoso

A

escolhida para receber o Certificado Mulher Destaque pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT) foi Leonilda Rech Pessin. Na homenagem, o vereador Raul Herpich lembrou da sua dedicação em transmitir seu conhecimento para os demais. Natural de São Marcos, casou com o farroupilhense Alvaro Augusto Pessin e se mudou para a cidade em 1963. Mãe de Alvaro Júnior, Marcelo e Fabíula Raquel, Leonilda é formada em Magistério e Pedagogia e dedicou grande parte de sua vida à educação. Atuou por 30 anos na direção e docência do CNEC Farroupilha, onde junto com seu esposo e pessoas da comunidade elevaram a escola ao grau de Faculdade. “Há 55 anos, quando casei com Alvaro, formei minha família. Além disso, trabalhei com o produto mais lindo que pode existir na face da Terra, que é o ser humano. Com meus alunos e

Dedicação para transformar a sociedade O vereador Thiago Brunet, Elaine Giuliato, secretária de Educação, vereador Raul Herpich, a agraciada Leonilda, vereador Aldir Toffanin e o presidente do Legislativo, Sandro Trevisan


7

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

LUCIANA ZANFELIZ

Trajetória dedicada à educação Conhecida por sua grande atuação na Escola Santa Cruz, diretora recebeu o reconhecimento pela bancada do PRB lições que me inspiram diariamente. Um obrigado especial também ao meu pai, meu alicerce, minha referência”, declarou a emocionada Luciana. A professora também não poupou elogios e agradecimentos a Escola e aos colegas. “Ninguém constrói nada sozinho. Por esse motivo, compartilho essa homenagem com todos os professores que fazem a diferença na educação desse País. À família Santa Cruz, meu muito obrigada. Com vocês eu compartilho não somente meus dias, mas também meus sonhos”, reforçou a homenageada. “Sinto-me lisonjeada por estar aqui hoje entres essas mulheres inspiradoras. Por fim, agradeço minha alma gêmea, Flávia. Sem ela eu não teria tantas conquistas para comemorar. Somos uma dupla, juntas conseguimos até mais no que sonhamos. A homenagem não é minha, é nossa, Flávia, e de todas as mulheres farroupilhenses”, finalizou Luciana.

Ramon Cardoso

A

professora Luciana Zanfeliz, diretora da Escola Santa Cruz, recebeu o Certificado Mulher Destaque pela bancada do Partido Republicano Brasileiro (PRB), na manifestação de Tiago Ilha. Sua trajetória pela escola é conhecida por toda a comunidade, e em seu discurso lembrou dos pais Odete e Clóvis, da irmã gêmea e de todos os professores e amigos que fazem parte de sua história. Docente há 31 anos, Luciana já atuou na rede privada e municipal de educação. Na Santa Cruz, onde está há 29 anos, atingiu grandes feitos. Em sua gestão como diretora, a Escola atingiu o 1º lugar do IDEB no Rio Grande do Sul e o 17º lugar no País, tornando-se referência na Educação Pública. “Muitas mulheres inspiraram minha vida, mas a primeira e mais importante foi minha mãe, que em sua curta trajetória deixou grandes

Tranformando vidas através da educação Presidente Sandro Trevisan, secretária de Educação, Elaine Giuliato, com a homenageada Luciana, o vereador Tiago Ilha e a deputada estadual Francis Somensi, representando o PRB


8

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

MARILIA TÚLIA GIACOMONI DE OLIVEIRA

Tulinha e sua dedicação à família Pioneira na prestação de serviços no ramo de lavanderia, trabalhou duro para sustentar os filhos e construir sua história Ademir e Adriane. Tulinha, como é carinhosamente chamada, ficou viúva aos 33 anos, vendo-se diante da necessidade de sustentar sozinha a família. Foi então que transformou a pequena banca de loterias, antes comandada pelo marido que possuía ainda uma oficina para conserto de rádios e eletrodomésticos, no primeiro posto de recolhimento da Lavanderia Caxias, tornando-se pioneira no segmento. Aposentou-se aos 60 anos e manteve-se com trabalho na lavanderia até os 70. Continua sua jornada sempre com alegria. Participa de movimentos da terceira idade, bailes e viagens. Querida e bem conhecida na comunidade, é mais um exemplo para os farroupilhenses.

Ramon Cardoso

A

os 81 anos, Marilia Túlia Giacomoni de Oliveira foi reconhecida por sua história de vida que teve como forte pilar a família. A homenagem foi prestada pela vereadora Renata Trubian, da Rede. “Agradeço a todos, minha família em especial e aos amigos. Muito obrigada mesmo”, resumiu a homenageada que é natural de Farroupilha e que desde muito cedo começou a trabalhar para ajudar no sustento da casa. Foi aluna do Grupo Escolar Farroupilha e do Colégio Nossa Senhora de Lourdes. Trabalhou na Colchoaria Bartelle, na Italex e depois dedicou-se ao lar quando casou com Juracy de Oliveira, com quem teve três filhos: Altair,

Certificada como Mulher Destaque Secretária Elaine Giuliato, vereadora Renata Trubian, a homenageada Tulinha e o presidente Sandro Trevisan


9

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

DORLI MARIA TONIN

Realizada por ser mãe do Richard Doki foi a homenageada pelo MDB, reconhecida por sua valorosa atuação comunitária e pelos anos de docência Por oito anos atuou ainda na Secretaria Municipal de Habitação. Uma das marcas de Doki são os trabalhos voluntários, como a participação em movimentos da Igreja Católica (Grupo de Jovens e Emaús) e Rotary Club. Dedicar-se ao próximo foi o que aprendeu desde cedo com sua mãe, Olinda: por menos que se tenha, sempre é possível repartir. Este é um dos preceitos que carrega na vida. “O Richard é um anjo que veio aqui na Terra para nos abençoar, nos deixar maravilhados e eu queria agradecê-lo por ser meu filho”, manifestou Doki, numa homenagem que emocionou a plateia. Foi aqui que veio sua realização maior: não somente pela maternidade, mas por ser mãe de Richard Paese, 37 anos, sua razão de viver. É ainda conhecida por ser

Ramon Cardoso

Q

uem não conhece a mãe do Richard? Sim, a Doki, batizada de Dorli Maria Tonin, a professora e amiga de muitos. Esta foi a homenageada pelo MDB no Dia da Mulher Farroupilhense, em tribuna ocupada pela vereadora Eleonora Broilo. “Nas minhas brincadeiras de infância eu sempre fui a professora”, explicou em seu discurso bem articulado, relembrando que estava predestinada a atuar nas salas de aula. E assim o fez: trabalhou no Colégio Nossa Senhora de Lourdes, no municipal Santa Cruz, nos estaduais Carlos Fetter, Júlio Mangoni, São Tiago e na escola Ângelo Mônaco, em Fagundes Varela. Formou-se em Educação Física e foram 29 anos de magistério.

uma doceira de mão cheia e torna irrecusável qualquer docinho ou pão de mel que saiam de sua cozinha. Esta é a Doki: dada aos feitos culiná-

rios, artesanais, ao voluntariado, a mãe do querido Richard: juntos realmente formam uma dupla fantástica. É o amor elevado à potência máxima.

Jornada reconhecida Sandro Trevisan, Elaine Giuliato, Doki, Richard, Eleonora e demais vereadores do MDB: Arielson Arsego, José Mário Bellaver, Jorge Cenci e Jonas Tomazini


10

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

NÁDIA GELMINI CRIPPA

Nádia, a Mulher Referência de 2019 Homenageada pelo Comdim, a assistente social aposentada acompanhou de perto a evolução das políticas públicas municipais discurso que foi traduzido para a Linguagem Brasileira de Sinais (Libras) por Iegli Terezinha Barbieri Ferronato. “Com muito orgulho represento a luta que muitas de nós participamos em busca da igualdade e do respeito. Passei por muitas mudanças na assistência social, desde quando essa era sinônimo de caridade, até o trabalho em prol da garantia de direitos de cada um”, reforçou Nádia. Além de assistente social, é pós-graduada em Gestão de Projetos e Programas Sociais. Participou da implementação da política de habitação auxiliando na construção dos bairros São José, 1º de Maio, Industrial e Cinquentenário. Contribuiu para a implantação dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS I e II) e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS). Aposentou-se em 2015, após uma caminhada rica e desafiadora que torna Nádia nada mais, nada menos, do que uma referência.

Ramon Cardoso

Q

uando o assunto é assistência social, Nádia Gelmini Crippa é uma importante fonte para referência. Não é por menos. Atuou por 27 anos como assistente social na prefeitura de Farroupilha e acompanhou de perto a evolução da própria profissão, as mudanças de diretrizes, programas e amparos sociais até a formatação das políticas públicas da área. Por esta atuação significativa é que Nádia foi homenageada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim) em sessão solene na Câmara de Vereadores. Aplaudida por toda a comunidade, recebeu o certificado “Mulher Referência 2019”. “Acredito que neste momento represento muitas pessoas que trabalharam e trabalham em prol da política pública de assistência social fazendo a diferença na vida de muitas famílias”, considerou Nádia em seu

Exemplo de atuação profissional Elaine Giuliato, a homenageada Nádia e Franciele Boschetti Reche, presidente do Comdim


11

FARROUPILHA, 22 DE MARÇO DE 2019

NA HISTÓRIA

Na Galeria das Vereadoras Fotos das parlamentares Eleonora Broilo e Renata Trubian foram apresentadas ao final da sessão solene alusiva ao Dia da Mulher Farroupilhense Ramon Cardoso

Novas integrantes Presidente Sandro ao lado das colegas de Legislativo, vereadoras Renata Trubian (Rede) e Eleonora Broilo (MDB), que passam a compor a galeria feminina da Câmara

R

epresentantes femininas do Legislativo, as vereadoras Eleonora Broilo (MDB) e Renata Trubian (Rede) tiveram suas fotos apresentadas ao final da sessão alusiva ao Dia da Mulher Farroupilhense. A dupla agora passa a integrar a Galeria das Vereadoras, que já contava com 16 nomes de mulheres que passaram pela Casa Legislativa (veja ao

lado). A placa com as fotos foi descerrada juntamente com o presidente, professor Sandro Trevisan (PSB), que valorizou o trabalho feminino na Câmara. “Gostaria de destacar não somente a atuação das vereadoras, mas também das assessoras da Casa. As mulheres tornam a sociedade mais consciente, mais sensível e fazem toda a diferença”, ressaltou Sandro, no encerramento dos trabalhos da noite festiva.

Todas as representantes no Legislativo Farroupilhense

Olga Comim Fetter (PL,1960 a 63 – suplente) Elizete Maria Cavalca (Arena, 1977 a 82 suplente; PDS 1983 a 1988 - suplente) Marlene Feltrin (PMDB, 1983 a 88 e 1997 a 2000) Anazilda Theodoro (PMDB, 1989 a 1992 suplente; e 2005 a 2008) Jenny Müller (PTB, 1993 a 1996 e 1997 a 2000) Maria da Glória Menegotto (PDT, 1993 a 1996 - suplente; 1997 a 2000, 2009 a 2012, 2013 a 2019; e Rede, 2017 a 2020) Gessi Prestes Santos Calabria (PMDB, 1993 a 1996 - suplente) Mara Mari Bulla Bertoletti (PPB, 1997 a 2000 - suplente) Maristela Rodolfo Pessin (PMDB, 2001 a 2004, 2005 a 2008 e 2009 a 2012) Clarice Ambrós Toso (PMDB, 2001 a 2004 - suplente) Margarete Paese (PMDB, 2005 a 2008 – suplente) Nailde Josefina Valandro (PT, 2005 a 2008 - suplente) Márcia Inês Berti Georg (PP, 2009 a 2012 - suplente) Elda Brutomesso (PDT, 2009 a 2012 - suplente) Angela Silvestrin (PT, 2009 a 2012 - suplente) Maria Isabel Rosseti (PMDB, 2013 a 2016 - suplente) Eleonora Peters Broilo (PMDB, 2017 a 2020) Renata Trubian (Rede, 2017 a 2020 - suplente)


Profile for Informantef Informantef

Edição 580  

Edição 580  

Advertisement