__MAIN_TEXT__

Page 1

Juliana Inês Casa Barbieri

FARROUPILHA

|

ANO XI

| EDIÇÃO 569

| 21 DE DEZEMBRO DE 2018 |

R$ 3,00

Papais Noéis que moram aqui João Luiz Possa e João De Cesaro vivem personagem mais querido do Natal e a missão é espalhar alegria por Farroupilha Caderno Especial

MATÉRIA ESPECIAL

INSIDE

ESPORTE

Legislativo aprova Orçamento e Conquista do selo +Turismo Quadrangulares do tradicional elege Sandro o novo presidente abre frente de bons negócios torneio AVN/AM são definidos Câmara teve longa sessão na terça à noite Farroupilha obtém desejada certificação 39ª edição começa dia 12, no Farrapos Páginas 2 e 3 Página 8 Página 14


2

FARROUPILHA, 21 DE DEZEMBRO DE 2018

GESTÃO PÚBLICA

Orçamento de R$ 272 milhões é aprovado Peça teve considerações da ala oposicionista em relação a gastos com pessoal e repasse de recursos ao Hospital Beneficente São Carlos, mas acabou aprovada por unanimidade

A evolução orçamentária farroupilhense em uma década

R$ 96 milhões

R$ 111 milhões

R$ 127 milhões

2009

2010

2011

D

ebatido ao longo das últimas semanas, o Orçamento Municipal foi aprovado de forma tranquila na terça à noite, na Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton. A prefeitura terá à disposição um valor estimado de R$ 272 milhões para o próximo exercício financeiro, nú-

R$ 160 milhões

R$ 160 milhões

R$ 199 milhões

R$ 210 milhões

2012

2013

2014

2015

mero que ficou um pouco abaixo do projetado para este ano. É a segunda vez em uma década que o orçamento registra estagnação (veja a variação orçamentária do município ao longo da última década acima). Na noite derradeira de debates, a ala oposicionista voltou a demonstrar preocupação com as crescentes despesas com pessoal e encargos

R$ 223 milhões

2016

sociais, que correspondem a 45,73% do total, dado que chega a 51,18% com os valores de pessoal e encargos sociais do Regime de Previdência. Como o custeio é elevado, o montante destinado a investimento é pequeno: representa apenas 5,28%, pouco mais de R$ 14,3 milhões. Sempre no centro da discussão, o Hospital Beneficente São Carlos

R$ 230 milhões

2017

R$ 273 milhões

R$ 272 milhões

2018

2019

(HBSC) também foi alvo de análise. A instituição hospitalar receberá do Executivo R$ 13,365 milhões em 2019, o que atinge 4,91%. A maior parte do orçamento, como de costume, está alocada para Educação e Saúde, respectivamente com R$ 81,5 milhões e R$ 46 milhões. A peça foi analisada pelas Comissões de Constituição e Justiça e Finanças e Orçamento.


3

FARROUPILHA, 21 DE DEZEMBRO DE 2018

PSB ASSUME CÂMARA

Sandro é o novo presidente do Legislativo Ilha (PRB) e de Brunet e venceu por 8 votos a 5 a chapa oposicionista, presidida por Jorge Cenci (MDB) e formada pelos demais vereadores peemedebistas. Assim como havia ocorrido no ano passado, o Progressistas optou por se abster, tanto de integrar as composições quanto de votar. “Inicialmente quero me inteirar sobre as contas da Casa, ver o que podemos enxugar. O Legislativo farroupilhense é um dos mais enxutos, mas se pudermos economizar mais, melhor”, observou o novo presidente, que destacou que também pretende estudar a possibilidade de viabilização de uma sede própria para a Câmara. Outro foco está em fortalecer o Manifesto Popular, que foi criado na gestão Brunet, neste ano, e conseguir aprimorá-lo. “Queremos nos aproximar ainda mais da comunidade. Que a população participe mais do Legislativo”, assegurou Sandro. O professor teve seu nome cogitado para o posto há alguns meses e faz parte do rodízio entre os partidos da base aliada que, nesta Legislatura, teve o PT na presidência no primeiro ano, com Piccoli, e o PDT neste, com Brunet. A boa relação entre os

Ramon Cardoso

P

assava das 23h quando a longa sessão de encerramento dos trabalhos de 2018 na Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton chegou a seu capítulo final. Como era de se esperar, o professor Sandro Trevisan (PSB) foi eleito o novo presidente da Câmara de Vereadores para 2019, sucedendo Thiago Brunet (PDT). “Gostaria de agradecer pelo voto e pela confiança depositada. Podem cobrar de mim coerência, respeito, dedicação e muito trabalho para esta Casa Legislativa”, declarou o presidente logo após o término da votação, que foi prestigiada por integrantes da legenda e pelo vice-prefeito Pedro Pedrozo e esposa Cláudia, que compareceram à Câmara para felicitar o correligionário. A chapa vencedora é ainda composta por Renata Trubian (Rede), que ficou como 1ª vice, Fabiano André Piccoli (PT), o 2º vice, Raul Herpich (PDT), o 1º secretário, e Aldir Toffanin (PDT), o 2º secretário. Ela obteve, além dos votos dos integrantes, ainda o de Odair Sobierai (PSB), Tiago

pares é outra meta a ser mantida. “Vamos conduzir a Câmara de maneira justa, independente do vereador ser de situação ou oposição. Aqui todos são iguais e temos que lutar pelos mesmos objetivos, em prol da comunidade farroupilhense”, finalizou Sandro. O Legislativo está em recesso para o Natal e Ano Novo e período de férias. A retomada dos trabalhos acontece no próximo dia 4 de fevereiro.

No comando A chapa vencedora com Toffanin, Renata, o presidente Sandro, Herpich e Piccoli: na condução dos trabalhos no próximo ano

A gestão para 2019 Presidente: Sandro Trevisan (PSB) 1ª vice: Renata Trubian (Rede) 2º vice: Fabiano André Piccoli (PT) 1º secretário: Raul Herpich (PDT) 2º secretário: Aldir Toffanin (PDT)


4

FARROUPILHA, 21 DE DEZEMBRO DE 2018

Caso Carrefour e as possibilidades de demissão por justa causa Ana Claudia Martins Pantaleão *

R

ecentemente ganhou repercussão na mídia, e principalmente nas redes sociais, o caso do segurança que prestava serviços ao Carrefour, que maltratou de um cachorro e em decorrência de tais atos, o animal veio a óbito. O Carrefour, por meio de suas redes sociais, divulgou nota oficial sobre o caso lamentando o ocorrido, bem cobrando que as autoridades resolvam as investigações com a maior brevidade possível e informando que o funcionário estava vinculado a uma empresa terceirizada, e que este já se encontra afastado de suas atividades para apuração dos fatos ocorridos. Primeiramente, deve ser analisado se o segurança agiu por escolha própria ou se estava obedecendo a ordens de seu superior hierárquico. Caso o empregado tenha agido por escolha própria, ele responderá criminalmente sozinho e ainda será passível de demissão por justa causa, no entanto, se estava cumprindo ordens de alguém que está acima dele, sendo a ordem uma conduta que pode acarretar em algo criminoso, o empregado não está obrigado a obedecer estas ordens. Mas não é demais observar que muitas vezes o funcionário é coagido a cometer atos, e caso isso tenha ocorrido, ele pode responder criminalmente pelo feito, mas pode não ser dispensado por justa causa se foi coagido a cometer o crime. Quanto a quem ordenou os atos e ainda ameaçou o funcionário a praticar estes, a ele, além da possibilidade de responsabilização criminal, também deverá ser dispensado por justa causa. Quanto ao que pode acontecer com o funcionário que realizou os atos ou mesmo a quem ordenou e que ocasionaram a morte do cachorro, tudo deve ser analisado com cautela. Certamente o sujeito será indiciado pelo crime de maus tratos a animais, mas ainda pode haver a de-

missão por justa causa. A legislação trabalhista prevê uma série de hipóteses de demissão por justa causa. A primeira delas que poderia ser aplicada ao caso seria o mau procedimento, que é a hipótese de conduta desagradável que afronta a convivência comum entre o empregado e o ambiente de trabalho, tanto relacionado aos clientes como relacionados à convivência com os demais funcionários. A segunda hipótese em que caberia a dispensa por justa causa do funcionário que praticou os atos ou mesmo a quem ordenou esta prática, é a demissão por ato lesivo à honra e à boa fama, haja vista que é nítido que dado à repercussão do ocorrido na mídia e nas redes sociais, a imagem das empresas envolvidas está prejudicada, tendo inclusive sofrido ameaças por parte da população que se indignou com o que ocorreu. Outra hipótese que poderá ensejar a justa causa do empregado é no caso de condenação criminal, que não caiba mais recursos, sendo certo que, neste caso, o funcionário que realizou ou ordenou os atos que levaram a morte do cachorro poderá responder criminalmente pelos fatos, e caso seja condenado, pode ser dispensado por justa causa, se já não tiver sido dispensado. Desta forma, o caso em questão demonstra tanto à empresa como aos empregados que devem repensar todos os atos, para que qualquer atitude que resolvam tomar não possa ensejar situações como essas. Para as empresas, as medidas cabíveis é promover cursos, palestras e até mesmo normas internas que indiquem aos funcionários que devem adotar formas de agir sempre com respeito a todos que frequentem a empresa e ainda que ela disponibilize canais de conversa com os funcionários, sobre eventuais problemas, como a própria coação de um gerente a um empregado a ele subordinado. * Advogada e especialista em relações do trabalho da Massicano Advogados


6

FARROUPILHA, 21 DE DEZEMBRO DE 2018

Por um 2019 melhor para todos Falar que o ano foi agitado e que passou rápido demais é algo meio clichê, correto? Porém, não há a menor dúvida que 2018 foi um ano pra lá de intenso. Copa do Mundo, corridas eleitorais para os Palácios Piratini e do Planalto, disputas legislativas, trocas de gestão, fake news, informações para todos os lados e a todo instante. Um 2018 vertiginoso e que se aproxima do encerramento com algumas peculiaridades que não ocorreram

em anos anteriores. A perspectiva é para um 2019 de melhora, positivo, especialmente na economia, o que é fundamental. A possibilidade de uma mudança real de cenário talvez nunca tenha sido tão evidente quanto agora. No entanto, é o momento oportuno também para uma avaliação, para balanços e reflexões. Pela primeira vez desde que iniciamos nossa atuação, em 2008, o Jornal Informante fará um breve recesso para poder brindar

as festas de fim de ano e recarregar as energias para um 2019 que aponta no horizonte e que está cercado de grande expectativa e de muitos planos. Esta Edição, a de número 569, como já informado desde a semana passada em anúncio na Capa, encerra 2018. A retomada acontece logo ali, no dia 11 de janeiro, com a Edição 570, a que abre oficialmente o Ano Novo. Nosso tradicional Caderno Especial de Natal, em 40 páginas, eleva a pre-

sente Edição para 80, uma despedida do ano em alto estilo e que já antecipa os votos do início de um novo ciclo. A todos nossos amigos, anunciantes, assinantes, leitores e parceiros só temos que agradecer por terem estado ao nosso lado durante 2018. Estamos preparando muitas novidades para o próximo ano a fim de estreitar ainda mais essa relação que tanto nos orgulha. Que todos tenham um extraordinário período de festas.

OPINIÃO

O esperado “Feliz 2019” Celso Tracco * Mais do que nunca a normal manifestação de fim de ano, bem desgastada e protocolar, este ano se reveste de um sentido bem especial e muito significativo. Precisamos urgentemente, não de um, mas de muitos anos felizes para nossa pátria. Precisamos resgatar nossos valores éticos e morais já há muito desgastados pelos larápios, ladrões, assaltantes do dinheiro público, travestidos de políticos, funcionários públicos, burocratas, executivos de empresas privadas e estatais que tiram o que é do povo em benefício próprio, deixando-o à mingua sem segurança adequada, sem transporte público

decente, sem escolas aparelhadas. Como uma nuvem de gafanhotos insaciáveis, destroem tudo, incluindo a dignidade humana de mais de 50 milhões de brasileiros que vivem abaixo da linha da pobreza. Precisamos ter acesso a empregos qualificados, não sermos uma nação de informais e de subempregados sem nenhuma seguridade social. O emprego é o direito natural de todo cidadão de bem. O trabalho dignifica o homem e a mulher para o necessário sustento de sua família. A corrupção, a má gestão e a desigualdade social ceifaram milhões de cargos de trabalho nos últimos anos. Precisamos olhar o futuro com esperança e acreditar nas boas oportu-

Índice

Editorial

Matéria Especial....................................... Páginas 2 e 3 Editorial e Opinião.................................. Página 6 Economia ..................................................... Página 8 Cidade .......................................................... Página 10 Política ....................................................... Página 12 Educação..................................................... Página 13 Esporte........................................................ Páginas 14 e 15

Inside

Especial ....................................................... Capa Cinema .......................................................... Páginas 2, 3 e 5 Gustavo Pimentel ..................................... Página 4 Agenda ......................................................... Página 4 Guilherme Macalossi .............................. Página 5 Social ........................................................... Páginas 6 e 7 Egui Baldasso............................................ Página 8 Mostra ......................................................... Página 8 Turismo ....................................................... Página 9 Lauro Edson Da Cás ................................. Página 9 Sétima Arte................................................. Páginas 10 e 11 Horóscopo ................................................. Contracapa Saúde, Beleza & Estética...................... 4 páginas Classificados .......................................... 8 páginas Caderno de Natal ................................... 40 páginas

nidades para nossos filhos e netos. O País tem uma riqueza imensa, uma biodiversidade a ser explorada, belezas naturais que poderiam trazer muita felicidade para os que querem trabalhar e colaborar com a grandeza de nossa sociedade. Bastaria que alguns não quisessem tudo para si. Mas, infelizmente, não receberemos nada disso como presente de Natal! Isso precisa ser conquistado, com luta diária e incessante. Precisamos vigiar e afastar de nossa casa comum as ratazanas que infestam nossos órgãos públicos quer sejam federais, estaduais ou municipais, quer sejam do Executivo, do Legislativo ou do Judiciário. Como diz a Bíblia, “a messe é grande e os

Redação - redacao@jornalinformante.com.br Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br Ramon Cardoso ramon@jornalinformante.com.br Yasmin Signori Andrade yasmin@jornalinformante.com.br

Comercial - comercial@jornalinformante.com.br Camila de Lima Alves camila@jornalinformante.com.br Fabiano Luiz Gasperin gasperin@jornalinformante.com.br Maria da Graça Potricos Leite maria@jornalinformante.com.br

Anúncios - anuncios@jornalinformante.com.br Marcelo Bortagaray Mello marcelo@jornalinformante.com.br Tiago Rodrigues da Silva tiago@jornalinformante.com.br

Financeiro - financeiro@jornalinformante.com.br Keli de Almeida Maciel keli@jornalinformante.com.br

trabalhadores são poucos”.... Se os cidadãos e cidadãs de boa vontade e honestidade não se unirem, os canalhas e ladrões continuarão a tomar e roubar, não apenas nosso presente, mas também nosso futuro. O preço da liberdade é a eterna vigilância. Sejamos diligentes e vigilantes porque os ladrões não dormem. Que o Brasil encontre seu grandioso futuro já em 2019. Um Feliz Natal para todos e um 2019 totalmente renovado e próspero. Veremos o que o futuro nos reserva. Forte abraço. * Economista e autor do livro “Às Margens do Ipiranga: A Esperança em Sobreviver numa Sociedade Desigual”

Assinaturas - assinaturas@jornalinformante.com.br Assinatura Bienal: R$ 240,00 Assinatura Anual: R$ 140,00

Telefones (54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203

Endereço Rua Dr. Jaime Romeu Rössler, 348, Bairro Planalto

Colunistas Crônicas da Redação Dolores Maggioni Egui Baldasso Fabrício Oliboni

Guilherme Macalossi Gustavo Pimentel Lauro Edson Da Cás Paulo Roque Gasparetto

A manifestação dos colunistas é livre e independente e não necessariamente reflete a opinião do Tabloide sobre os temas abordados nas colunas

@PaperInformante www.jornalinformante.com.br

/jornalinformante


8

FARROUPILHA, 21 DE DEZEMBRO DE 2018

VINHOS E ESPUMANTES

Premiações no exterior aumentam 80% Medalhas conquistadas pelo setor vitivinícola brasileiro saltam de 168 em 2017 para 302 em 2018 388 distinções, e 2016, com 338. “Este reconhecimento é resultado de muito desenvolvimento e pesquisa. Nós, enólogos, estamos em constante aperfeiçoamento. Este trabalho começa no vinhedo e acompanha todos os processos na vinícola”, observa Edegar Scortegagna, presidente da ABE. Para 2019, outros 20 concursos estão no calendário oficial da entidade.

Jeferson Soldi

A

Associação Brasileira de Enologia (ABE) comemora o reconhecimento dos vinhos e espumantes Made in Brazil no ranking de premiações internacionais. Foram conquistadas 302 medalhas em 2018, um salto de 80% em relação ao ano passado. Essa participação em concursos no exterior é encabeçada pela ABE desde 1995, resultando em 3.943 prêmios obtidos. Apesar de quase 70% das premiações deste ano serem para espumantes, o maior crescimento percentual é entre os vinhos tranquilos, que passaram de 45 para 92 medalhas na comparação com o ano passado, um aumento de 105%. Do total, 55 são tintos e 37 brancos. Os reconhecimentos internacionais do ano vieram de 26 concursos realizados em 12 Países, além do Brasil: Argentina, Canadá, Chile, China, Espanha, França, Grécia, Hungria, Inglaterra, Itália, México e Suíça. Esta é a terceira melhor performance, ficando atrás apenas de 2014, que teve

Premiações ano a ano, de 2007 a 2018 Ano 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018

Condecorações 109 265 202 229 146 251 164 388 143 338 168 302

Fonte: Associação Brasileira de Enologia (ABE)

Brinde à qualidade nacional Setor vitivinícola brasileiro comemora crescimento de premiações no cenário internacional


10

FARROUPILHA, 21 DE DEZEMBRO DE 2018

NATAL E ANO NOVO

O que funciona nas festas de final de ano Confira o horário de atendimento de estabelecimentos para as próximas semanas, que assinalam o encerramento de 2018

C

om a chegada das festas de final de ano, instituições como prefeitura, agências bancárias e Correios alteram os horários de atendimento. Para não se perder é importante manter-se organizado com

os compromissos e conferir o funcionamento desses serviços. As agências bancárias abrem para atendimento ao público na segunda, das 9h às 11h. As atividades retomam a normalidade na quarta. Sexta será o último dia útil do ano para atendimento ao público, com expe-

diente normal para a realização de todas as operações bancárias. Já no dia 31 não haverá expediente. Os Correios atendem das 9h às 13h na segunda, não abrem na terça e retomam o atendimento normal no dia 26, próxima quarta, das 9h às 17h. Já nos dias 31 e 1º não presta-

Alguém quer me adotar?

Obituário Nova, em Trindade do Sul; Alcebides de Jesus, 59 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal; Rosa Alves Varisa, 57 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal; Etelvina Jose Lima, 94 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza. 15 de dezembro Jacira Fernandes, 75 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 16 de dezembro Leondino Niquetti, 89 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 20 de dezembro Lainir Terres, 68 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal.

Salsicha tem 7 meses, é de porte pequeno e está com as vacinas em dia. Será doada castrada. Interessados em adotá-la podem manter contato pelo fone 999.515.440. Importante: a ONG dos Peludos informa que não serão doados cães para ficarem presos em correntes.

ONG dos Peludos

12 de dezembro Luciana de Melo Jardim (Luka), 38 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal; Jéssica Possa Valério, 19 anos. Sepultamento no cemitério da Capela Santo André, de Linha Jacinto (2º Distrito); Natsha Zotis, 22 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal; Cristian Mendes dos Santos, 20 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 13 de dezembro Marina de Cândido Paim, 70 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 14 de dezembro Arlindo Macieski, 68 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de Colônia

rão serviços, com retomada das atividades ocorrendo no dia 2. A prefeitura, conforme decreto 6.498, tem ponto facultativo nos órgãos e entidades da administração pública municipal na segunda e no próximo dia 31, funcionando apenas os serviços essenciais.


12

FARROUPILHA, 21 DE DEZEMBRO DE 2018

RELATÓRIO LEGISLATIVO

Thiago Brunet faz balanço da presidência Em coletiva de imprensa, vereador prestou contas, confirmou devolução de R$ 300 mil aos cofres públicos e avaliou trabalhos pulação comece a participar da política”, justificou o vereador, como base do projeto. Outra ação que destacou como positiva foi a realização do 1º Fórum Municipal da Água, que debateu questões sobre o abastecimento, e o Fórum Lixo Zero. “Tive a oportunidade de aprender muito nesta cadeira, me sinto com o dever cumprido. Foi um ano pesado, mas de muito aprendizado e se houvesse reeleição não me candidataria porque as coisas tem que oxigenar”, considerou. Durante o ano foram 110 projetos apresentados, sendo 18 pelo Poder Legislativo e 92 pelo Executivo. Destes, 88 foram aprovados. Ao total foram realizadas 90 sessões com participação de 5 mil pessoas. Além da economia de R$ 300 mil que serão devolvidos aos cofres públicos, durante o ano também foi repassado R$ 100 mil que seria utilizado na compra de aparelhos de ar condicionado para a Câmara. O valor foi destinado à comunidade de Linha Ely para complementar recursos vol-

Juliana Inês Casa Barbieri

D

o orçamento destinado à Câmara de Vereadores para 2018 cerca de R$ 300 mil serão devolvidos ao Poder Executivo. Esse é o balanço apresentado na tarde de terça pelo presidente do Legislativo Thiago Brunet (PDT). Numa avaliação geral dos trabalhos e sessões realizadas, o presidente considerou que uma das maiores bandeiras foi a implantação do Manifesto Popular, onde as sessões da Câmara de Vereadores eram realizadas, uma vez ao mês, em diferentes localidades. Neste projeto foram atendidos bairros e comunidades do interior como São Francisco, Vila Jansen (2º Distrito), Linha Ely (3º Distrito), América, Rio Burati (3º Distrito), Bela Vista, Monte Bérico (3º Distrito), São José e Industrial. “Se a população não vem até aqui, vamos até ela. Como pode ser a Casa do Povo se o povo não fala? Também é importante para fazer com que a po-

Avaliação positiva Implantação do Manifesto Popular foi uma das principais ações apontadas pelo presidente

tados à pavimentação asfáltica. “Temos uma das Câmaras mais enxutas do Estado. Ninguém tem regalias aqui”, considerou, observando que os vereadores não dispõem de assessores particulares, há apenas os de

bancada, não possuem aparelhos celulares, não recebem vale-refeição e o valor das diárias também foi reduzido neste ano. O Legislativo pode absorver até 7% do orçamento municipal e em Farroupilha se utiliza apenas 1,8%.


13

FARROUPILHA, 21 DE DEZEMBRO DE 2018

LIDERANÇAS

Direções empossadas Equipes foram nomeadas para gestão 2019/2021

A

pós eleições nas escolas da Rede Municipal de Ensino, diretores e vices de 30 instituições, incluindo os Centros de Atendimento Integral (CAI) e as de Educação Infantil, foram nomeados na manhã de segunda para o próximo triênio. A cerimônia ocorreu no salão nobre da prefeitura. “Cidadãos passam pelos bancos escolares, passam por bons professores”, considerou Elaine Giuliato, secretária de Educação, parabenizando os docentes e considerando que o ensino é o propulsor da transformação social. “Os desafios são constantes, mas são eles que nos movem”, reforçou. O prefeito Claiton Gonçalves considerou que o Plano Municipal de Educação é muito aplaudido no Brasil, colocando Farroupilha num patamar de destaque. Afirmou que em 2019 a administração adota-

rá algumas práticas junto às instituições de ensino como a implantação de leitores de face no acesso às escolas, onde os pais receberão uma mensagem de texto confirmando a presença do filho ou avisando sobre a falta no dia letivo. Outra novidade em 2019 é a utilização de uma ferramenta digital na para que o acesso ao mundo virtual seja direcionado de maneira adequada. Será um software para utilização em atividades escolares abrangendo Facebook, Instagram e outras plataformas. “A meta da administração é entregar o governo em 2020 com as melhores condições de aprendizagem do Brasil”, garantiu o prefeito. O evento de posse das direções contou ainda com apresentação do Coral Infanto Juvenil Talentos formado por alunos dos CAIs Odete Zanfeliz e Senador Teotônio Vilela. O projeto é mantido pela Tramontina e Rotary Club, numa parceria com a DM Escola de Música.

Os novos diretores e diretoras 1º de Maio Diretor: Odair José Lavandoski Vices: Ana Maria Suzin Capellari, Elaine Fachini Cherobim e Elisangela Regina Picoli Angelo Chiele Diretor: Fernando Pegoraro Vices: Caroline Borsoi e Paula Ghinzelli Ângelo Venzon Neto Diretor: Zilmar Machado Bittencourt Vices: Muriel Lago e Simone Renata Calábria Antônio Minella Diretora: Daiana Tonin Nunes Vices: Claiton Leandro Danelon e Juceli Pola Carlos Paese Diretora: Naira Bernardete de Barba Cinquentenário Diretora: Vanessa Bonetto Colossi Vices: Aline Soletti, Jones Conculatto e Milena Murayana Cecchin Eugênio Ziero Diretora: Adriana Rubbo Três Ilza Molina Martins Diretor: Mauro Rangel da Silva Vices: Gilson Invernizzi e Sabrina Bortoli João Grendene Diretora: Juliana Zardo Vices: Jaqueline Tem Pahs e Vanderleia Franceschet Rapkiewicz José Chesini Diretora: Marina Martins Barzan Maria Bez Chiele Diretora: Viviane Dalzochio Rostirolla Nossa Senhora das Graças Diretora: Tânia Marisa de Vargas Nossa Senhora de Caravaggio Diretora: Débora Lúcia Fadanelli

Vice: Marinês Fátima Batassini Larentis Nossa Senhora Medianeira Diretora: Cristiane Brambilla de Matos Vice: Ariadne Altieri da Silveira Nova Sardenha Diretor: Rodrigo Menezes Nascimento Vice: Cláudia Zandavalli Simonaggio Oscar Bertholdo Diretora: Cleonice Marília Lovatto Cortelletti Vices: Elisane de Cesero e Tânia Bertol Padre Vicente Bertoni Diretor: Mateus Silveira Vice: Cristiane Varela Matos Presidente Dutra Diretora: Leda Zanella Pancotto Vices: Ana Cláudia Bartelle e Merlim Zanandréa Santa Cruz Diretora: Luciana Zanfeliz Vices: Paula Sonza e Veridiana Brustolin Correa Senador Teotônio Vilela Diretora: Elizete Turcati Kühn Vices: Adriana Danelon, Luci Dal Magro e Miriam Teresa Giacomel Maffei Terezinha Travi Diretora: Maria Elizabete Rizzo Fanton Zelinda Rodolfo Pessin Diretora: Jaqueline de Albuquerque Gonçalves Vice: Mônica Bonetto Anjos Centro Diretora: Isabel Aparecida Haefliger Anjos Industrial Diretora: Carolina Wegner Anjos Pio X Diretora: Marizete Restelatto Anjos São José Diretora: Jussára Biscoli de Pizzol Anjos São Roque Diretora: Tatiana Bettu


14

FARROUPILHA, 21 DE DEZEMBRO DE 2018

TRADIÇÃO EM CAMPO

Sorteados grupos da 39ª edição do Ângelo Venzon Neto/Antônio Minella Tradicional torneio, que acontece na SERC Farrapos, abre o calendário esportivo da Serra Gaúcha a partir do dia 12

C

om predomínio absoluto de times caxienses, que conta com 37 dos 48 participantes, a 39ª edição do tradicional Ângelo Venzon Neto/Antônio Minella (AVN/ AM) definiu, na noite de terça, na Sociedade Esportiva, Recreativa e Cultural (SERC) Farrapos, a divisão dos quatro quadrangulares de cada uma de suas três categorias: Veterano, 1º Quadro e 2º Quadro (veja ao lado). O pontapé inicial do torneio, que também assinala oficialmente a abertura do calendário esportivo da Serra Gaúcha, acontece no próximo dia 12, sábado, com o Quadrangular 1 do Veterano. No dia seguinte começam as disputas entre os titulares e suplentes. O campeão de cada quadrangular avança ao decisivo. O Final está marcado para os dias 9 (Veterano) e 10 (1º e 2º Quadros) de fevereiro.

Categoria Veterano

Quadrangular 1 (dia 12) S.R. 1º de Maio (Caxias do Sul) Amizade (Farroupilha) Atlético Carmelo (Caxias do Sul) Vila Lobos (Caxias do Sul) Quadrangular 2 (dia 19) Saturno (Farroupilha) Bahia (Caxias do Sul) Kaiser (Caxias do Sul) Liga/RG FC (Caxias do Sul) Quadrangular 3 (dia 26) Independente/De Zorzi (Caxias do Sul) Bota Chopp (Caxias do Sul) Atlético Serrano (Caxias do Sul) Santos (Farroupilha) Quadrangular 4 (dia 2/02) Pôr do Sol (Caxias do Sul) São Francisco (Caxias do Sul) Ferroviária (Nova Pádua) E.C. 1º de Maio (Caxias do Sul)

Categoria 1º Quadro

Quadrangular 1 (dia 13) E.C. 1º de Maio (Caxias do Sul) Juventus (Caxias do Sul) Monte Carmelo (Caxias do Sul) Cachoeirinha (Caxias do Sul) Quadrangular 2 (dia 20) União de Zorzi (Caxias do Sul) Cidade Nova (Caxias do Sul) Pôr do Sol (Caxias do Sul) Kaiser (Caxias do Sul) Quadrangular 3 (dia 27) Vasco da Gama (Farroupilha) Lyon (Farroupilha) Amigos do Gaúcho (Caxias do Sul) Gaúcho (Farroupilha) Quadrangular 4 (dia 3/02) Olaria (Caxias do Sul) Bom Pastor (Caxias do Sul) Udinese (Caxias do Sul) Atlético Pollo (Caxias do Sul)

Categoria 2º Quadro

Quadrangular 1 (dia 13) Amizade (Farroupilha) Cachoeirinha (Caxias do Sul) Monte Carmelo (Caxias do Sul) E.C. 1º de Maio (Caxias do Sul) Quadrangular 2 (dia 20) Montreal (Caxias do Sul) G.E. Julieta (Farroupilha) Pôr do Sol (Caxias do Sul) Kaiser (Caxias do Sul) Quadrangular 3 (dia 27) Hawai (Caxias do Sul) Saturno (Farroupilha) Penharol (Farroupilha) SER Beltrão (Caxias do Sul) Quadrangular 4 (dia 3/02) Olaria (Caxias do Sul) Bom Pastor (Caxias do Sul) Udinese (Caxias do Sul) Atlético Pollo (Caxias do Sul)


15

FARROUPILHA, 21 DE DEZEMBRO DE 2018

MEDALHA NO PEITO

Tri do 1º de Maio e penta da Constantecar no encerramento do futsal farroupilhense Equipes venceram, respectivamente, o Citadino Feminino e Masculino, já a BGF ficou com o tetra da Copa da Liga Fotos: Ramon Cardoso

C

anecos no armário. Competições organizadas pela Liga Farroupilhense de Futsal, o Citadino e a Copa da Liga foram encerradas no sábado, no Ginásio de Lourdes, e confirmaram a supremacia dos campeões dos últimos anos, que ampliaram a hegemonia nas disputas. Pela Copa da Liga, a BGF, de Bento Gonçalves, na reedição da final do ano passado, diante do Comando São Paulo, de Caxias do Sul, voltou a vencer, desta vez por 2 a 0, com gols de Karina e Lídia, e faturou o tetracampeonato. O caxiense Santa Catarina/Ótica Farroupilha ficou em 3º e o farroupilhense 1º de Maio/Gráfica Clip fechou em 4º. Gabriela, do Comando, terminou como artilheira com 7 gols. A goleira menos vazada foi Letícia, do Santa Catarina. A Juventus, de Caxias do Sul, encerrou como a equipe mais disciplinada e não levou um cartão sequer. Nas disputas municipais, a Chape venceu a Valente Futsal/Máquinas Sazi por 1 a 0 e ficou com o 3º lugar no Citadino Feminino. Na grande decisão, o 1º de Maio/Gráfica Clip, invicto há três anos na disputa, abriu 2 a 0 na Juventus com gols de Fran e Tuca, levou o gol de desconto com Pati, mas segurou a pressão para ficar com o tricampeonato. Edina, do 1º de Maio, encerrou como artilheira, com 8 gols. Ziza e Silvia, goleiras da Juventus, receberam o prêmio pela defesa menos vazada. Tuca, do 1º de Maio, foi eleita a melhor jogadora. O time levou também a Taça 10 Anos do Jornal Informante. No encerramento da noite de futsal, a Mecânica Constantecar, invicta há quatro anos, segue imbatível. O time teve trabalho para abrir o placar diante da Atômica Futsal no final do 1º tempo com John Lennon. Na volta do intervalo, porém, a equipe não tomou conhecimento do rival. Felipe, John Lennon novamente, Tadeu, Pink e Josuel, em duas oportunidades, ampliaram o placar para 7 a 0. Adriano fez o de honra para a Atômica no minuto final. Os prêmios individuais ficaram com a Constantecar: Pink foi o artilheiro com 11 gols e Tadeu o goleiro menos vazado.

Tricampeão 1º de Maio/Gráfica Clip manteve sua invencibilidade pelo terceiro ano e ficou ainda com prêmios individuais com Edina (artilheira) e Tuca (melhor atleta)

Pentacampeão Constantecar goleou rival e está invicto há cinco anos na disputa: equipe também levou os destaques individuais com Pink e Tadeu

Tetracampeão BGF abriu a noite de celebrações com a vitória sobre o time caxiense Comando São Paulo, em final que havia ocorrido também em 2017: repetição do triunfo


Imagens: Reprodução

CINEMA

A tradicional lista com os melhores do ano da seção Sétima Arte e AFI

O Top 10 dos longas de 2018 resenhados pelo Tabloide e a relação divulgada pelo Instituto Americano de Filmes Inside, capa e páginas 3 e 5

EDUCAÇÃO

Juliana Inês Casa Barbieri

Empossadas direções escolares 2019/2021

Diretores e vices de 30 instituições da Rede Municipal foram nomeados nesta semana para gestão que inicia em janeiro Página 13


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 21 DE DEZEMBRO DE 2018

festejos De DeZeMBRo

Para não cometer exageros no fim de ano É possível ter um Natal e Réveillon mais saudáveis, sem cometer extravagâncias, mudando apenas pequenos comportamentos Divulgação

Q

uem está em busca de uma dieta mais equilibrada e consciente, já fica preocupado em ouvir falar nas festas de fim de ano. Com o Natal e a tão aguardada Ceia chegando, não falta espaço para os excessos. Muita gente relaciona esta época do ano com a hora de extravasar, por isso, é preciso não cair nas tentações e estar atento a alimentação e ao consumo de bebidas alcoólicas, para não passar o Natal e o Réveillon tendo que lidar com as consequências do exagero. Os cuidados devem começar muito antes da ceia, procurando diminuir a ingestão de açúcar e adotando uma alimentação sem muitas calorias alguns dias antes. Evitar ao máximo carnes vermelhas e pães também é uma ótima opção. No dia, é importante não ficar em jejum por muito tempo, para quando chegar o jantar a fome não estar muito grande. Comer um prato de salada antes de partir para os pratos principais também é uma boa estratégia para garantir mais saciedade durante à noite. O cardápio típico da Ceia facilita na escolha de opções mais saudáveis. As carnes magras como peru e frango estão sempre presentes na mesa dos brasileiros nesta época,

Cuidado A fartura à mesa pode ser uma motivação para o exagero e o consequentemente o mal-estar

porém é importante lembrar de retirar a pele, que é rica em gorduras e calorias. Entre todas as opções de carne é melhor dar preferência para as assadas e grelhadas. Para quem quiser substituir a carne a passar um Natal vegetariano, a proteína de soja é a mais aconselhada. Na hora de se servir a dica é pre-

encher o prato com um tipo de carne branca, metade com saladas e o restante com acompanhamentos saudáveis, evitando molhos à base de maionese. No final da festa abuse de frutas frescas como melão, melancia e uva, que além de auxiliarem na hidratação, são uma ótima substituição para as sobremesas mais calóricas.

Durante à noite, é importante lembrar de alternar as bebidas alcóolicas com água. Desta forma, além de se hidratar, é mais difícil cometer grandes exageros. Se o excesso foi inevitável, não existe outra opção, exercícios físicos para eliminar as calorias consumidas a mais e hidratação são essenciais. Boas festas.


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 21 DE DEZEMBRO DE 2018

Crescimento da populaç atenção às doenças crô

Sem acompanhamento, ela é mais perigosa na velhice, quando cris uma série de complicações e, em alguns casos extremos, até le

A

s doenças pulmonares apresentam alguns sintomas comuns, como tosse, catarro e falta de ar. Uma das mais conhecidas é a asma, que atinge cerca de 6,4 milhões de brasileiros. Trata-se de uma doença crônica, que não tem cura, acompanha o paciente durante toda a vida e exige tratamento e cuidados constantes. Para os pacientes da terceira idade, essas crises podem ser ainda mais perigosas se não tratadas adequadamente. Doença crônica e inflamatória, a asma tem, na maioria dos casos, uma relação direta com a alergia, que pode provocar sérios impactos sobre a vida do indivíduo, afetando sua rotina. São comuns, entre os sintomas, a dificuldade para dormir, fadiga, diminuição no nível de atividades, entre outros. Com o envelhecimento, a situação tende a se agravar ainda mais. “É natural que os pulmões tenham sua capacidade de respiração um pouco reduzida ao envelhecer, pois o pulmão envelhece e a capacidade respiratória começa a diminuir após os 40 anos de idade. Além disso, com o passar dos anos, temos um maior tempo de exposição à poluição atmosférica e outras substâncias”, explica o pneumologista José Roberto Megda Filho, da Residência de Clínica Médica do Hospital Universitário de Taubaté. Conforme estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), uma em cada quatro pessoas terá mais de 65 anos em 2060. Com isso, é fundamental que aumente o conhecimento sobre a doença e seus sintomas, os primeiros passos

para que as pessoas estejam a mente as que ingressarem nesta Outra dificuldade verificada e diagnóstico. À medida que a pes dem ser confundidos com os de o mesmo cardíacas. No caso parti avançada, é comum que sofram c o que pode dificultar tanto o diag A partir do momento que doen cadas e tratadas de forma adequ te levar a internações e, em caso óbito. Dados do Sistema de Info 2015, apontam que as enfermi veis foram a causa de cerca de 7 Entre o levantamento, o núm to maior entre a população idos determina que a doença não est apresentar sintomas mais de dua mas para dormir, utilizar medica vezes por semana e ter limitaçõe “Se a pessoa se queixa de to com frequência, é importante pro diagnóstico correto. No caso dos p cados, a consulta ajuda a verifica ficado”, reforça Megda, para em cialista, minha função é explicar o


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 21 DE DEZEMBRO DE 2018

ção idosa exige maior ônicas, como a asma

ses agudas podem gerar evar o paciente ao óbito

atentas aos cuidados, especiala faixa etária. em relação à asma é quanto ao ssoa envelhece, os sintomas pooutras doenças pulmonares e até ticular dos asmáticos com idade com outras doenças pulmonares, gnóstico quanto o tratamento. nças crônicas não são diagnostiuada, elas podem inevitavelmenos mais extremos, até mesmo ao ormações sobre Mortalidade, de idades crônicas não transmissí72,6% das mortes no Brasil. mero de mortes por asma é muisa. A Iniciativa Global para Asma tá controlada quando o paciente as vezes por semana, ter probleamento de resgate mais de duas es na rotina devido à doença. osse, chiado no peito e cansaço ocurar um especialista para ter o pacientes que já foram diagnostiar se o tratamento deve ser modiseguida completar. “Como espeos riscos da falta de tratamento e

Imagem: Reprodução

Olho no futuro Um entre quatro brasileiros terá mais de 65 anos de idade em 2060, o que reforça importância da prevenção e de melhora no sistema de saúde pública

dar todos os passos para fazer esse tratamento constante”. Para identificar a asma, o exame mais indicado é a espirometria, também chamada de teste do sopro. Um dos tipos de tratamento para asma é broncodilatador, fundamental para o alívio dos sintomas. Contudo, o especialista ressalta que é importante também o tratamento de forma preventiva e controlada e não apenas nos momentos de crise, como ocorre com a maioria dos pacientes.


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 21 DE DEZEMBRO DE 2018

VIDA SAUDÁVEL

Frutas vermelhas, Vitamina C e oleaginosas ajudam na prevenção e combate ao câncer de pele Mês que assinala o ingresso do verão, dezembro foi escolhido para conscientizar a população sobre a doença

T

ipo mais frequente de câncer no Brasil, o de pele ganha uma atenção maior justamente em dezembro, quando inicia o verão e, mais recentemente com a disseminação da campanha Dezembro Laranja. Dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) revelam que, até o final do ano, o País deve registrar cerca de 170 mil novos casos da doença. Você sabia que a alimentação pode ser uma poderosa aliada não apenas no combate ao câncer de pele, mas sobretudo na prevenção? “Uma alimentação saudável é um dos fatores de proteção contra o câncer e não é diferente quando falamos do câncer de pele”, destaca Michelle Mendes, nutricionista funcional e oncológica da Aliança Instituto de Oncologia. A profissional destacou uma série de alimentos que podem garantir uma pele mais saudável e evitar o aparecimento da doença. Confira a relação no box ao lado.

Alimentos anti câncer de pele * Frutas vermelhas como morango, framboesa e amora são ricas em antioxidantes que diminuem o excesso de radicais livres no organismo, prevenindo o envelhecimento precoce; * Alimentos ricos em Vitamina C, como laranja, acerola, goiaba e kiwi geram uma série de efeitos benéficos na pele por auxiliarem na imunidade e diminuírem a colonização de micro-organismos danosos; * Fontes de gordura boa como abacate e as oleaginosas (castanhas, por exemplo) possuem Vitamina E, um nutriente importante para a hidratação da pele e foto proteção cutânea; * A Vitamina A, presente na cenoura, auxilia no bronzeamento natural da pele, sem agredi-la;

Divulgação

Recomendável Frutas vermelhas ajudam a prevenir o câncer de pele

* A Vitamina B3, conhecida também como Niacina, é uma grande aliada na saúde da pele, atuando na prevenção do câncer. Está presente em alimentos como aveia, atum, amendoim e frango.


Cinema

Top 10 de 2018 do AFI celebra alguns retornos na direção, mas enaltece, sobretudo, a nova e talentosa safra de cineastas Página 5

Inside

Sociedade

Quem foi notícia na cidade e as boas para o final de semana e Natal na Coluna Social de Valéria Vettorazzi Páginas 6 e 7

MELHORES DO ANO

Muitos problemas para resolver Tradicional Top 10 da seção Sétima Arte (que segue na página 3), mostra personagens centrais das obras envolvidos em questões complexas, mas também a necessidade de resiliência para alcançar os objetivos propostos

3) R om an J.

ost eP

h 2) T Filmes ambientados em Redações de Jornais têm o seu valor. E o Washington Post não foi set somente em “Todos os Homens do Presidente”. Anos antes do Caso Watergate, que levou à renúncia de Nixon, o Tabloide teve uma atuação corajosa ao confrontar o poderoso presidente e revelar documentos secretos do Pentágono sobre a participação americana na Guerra do Vietnã. Isso tudo em um dos momentos mais complexos da história do Post. Um fato que mudou seu status e o elevou a um padrão de excelência na imprensa mundial. Se não bastasse isso, a direção é de Steven Spielberg e na linha de frente estão Meryl Streep e Tom Hanks.

Isra el

1) Blade Runner 2049

Conduzir a sequência de um dos filmes mais cultuados de todos os tempos não é, certamente, tarefa das mais fáceis. O clássico de Ridley Scott não somente ganhou uma ótima continuação como Denis Villeneuve, assessorado pelo brilhante roteiro americano assinado pelo veterano Hampton Fancher e por Michael Green, potencializou a obra original que necessita ser assistida, ou melhor, reassistida (todo mundo viu Blade Runner, vamos combinar) para uma melhor compreensão de sua história. O diretor canadense, de grandes trabalhos como “Incêndios” e “Sicário”, mas também de filmes horríveis como “A Chegada”, teve uma condução sublime em “Blade Runner 2049”. Ryan Gosling, provavelmente o melhor ator de sua geração, é perfeito para o papel principal. E quando ele divide a cena com o lendário Harrison Ford... bom, aí temos disparado o melhor filme de 2018.

Dan Gilroy debutou na direção com “O Abutre”, filme em que também assinou o roteiro. A complexidade do personagem central de Jake Gyllenhaal mostrou sua capacidade na condução do trabalho. “Roman J. Israel”, embora em outra perspectiva, no campo da advocacia e dos tribunais, também vasculha os dilemas da alma humana. Com Denzel Washington em espetacular atuação e Colin Farrell como um talentoso coadjuvante, o diretor americano faz uma pesada crítica ao sistema criminal americano a partir da visão de Roman (papel de Denzel), um idealista advogado que não medirá esforços para colocar em prática aquilo que acredita.


Inside

2

FARROUPILHA, 21 DE DEZEMBRO DE 2018

Cinemas Imagens: Reprodução

Shopping Iguatemi (RST-453, quilômetro 3,5) Cinemas GNC 1: D.P.A. 2: O Mistério Italiano - às 14h, 16h45min, 19h10min e 21h20min GNC 2: Cadáver - às 14h15min (dublado) e 21h50min (legendado) GNC 2: A Vida em Si - às 16h30min (dublado) e 19h20min (legendado) GNC 3: Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald (dublado) - às 13h30min GNC 3: Robin Hood: A Origem - às 16h20min GNC 3: Bohemian Rhapsody - às 18h50min e 21h40min GNC 4: Aquaman - às 13h e 19h (dublado e em 3d), 16h e 22h (legendado e em 3d) GNC 5: Aquaman - às 14h30min e 20h30min (legendado), 17h30min (dublado) GNC 6: O Retorno de Mary Poppins - às 13h10min e 18h40min (dublado), 15h50min e 21h30min (legendado) Ingressos: segunda e quinta (exceto feriado e Carnaval) a R$ 22,00 e R$ 28,00 (salas 3d); terça e quartas (exceto feriado e Carnaval) todos pagam meia entrada; sexta a domingo e feriado a R$ 26,00 e R$ 32,00 (salas 3d). Meia entrada todos os dias para menores de 18 anos e maiores de 60 (mediante apresentação de identidade), estudantes (mediante apresentação de Carteira de Identificação Estudantil), pessoas com deficiência (com documento que a comprove) e para o Movie Club Preferencial.

Shopping San Pelegrino (Avenida Rio Branco, 425) * Obs: o site do Cinépolis traz apenas os horários dos filmes, mas não informa em qual sala serão exibidos Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald - às 18h45min Aquaman - às 12h, 13h, 15h, 16h, 18h e 22h (dublado e em 3d), 18h e 21h (legendado e em 3d) Cadáver - às 21h40min D.P.A. 2: O Mistério Italiano - às 12h, 13h30min, 14h30min, 15h45min, 16h30min, 17h45min, 18h30min, 20h e 20h45min O Grinch (dublado) - às 14h O Retorno de Mary Poppins - às 12h30min, 15h30min e 18h15min (dublado), 21h20min (legendado) Robin Hood: A Origem - às 16h15min Ingressos: nas salas tradicionais, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 23,00 e R$ 11,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 25,00 e R$ 11,50 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 26,00 e R$ 13,00 (meia). Nas salas 3d, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 14,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 15,00 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 32,00 e R$ 16,00 (meia).

Sala de Cinema Ulysses Geremia (Luiz Antunes, 312) Recesso até o dia 10 de janeiro Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (estudantes e sênior)

Seguindo e estreando Romance dramático de Dan Fogelman, “A Vida em Si” continua em cartaz e quem estreia neste fim de semana é “O Retorno de Mary Poppins”, a fábula musical que conta com Rob Marshall na direção


Inside

FARROUPILHA, 21 DE DEZEMBRO DE 2018

3

Cinema

4) O Destino de uma Nação

5) Eu, Tonya

6) Extraordinário

A patinadora Tonya Harding (Margot Robbie) era um talento nato. Porém, para brilhar no esporte a longo prazo seria necessária uma família estruturada, relacionamentos estáveis e vida regrada. Ou seja, tudo que ela não tinha. Primeira a executar o Axel Triplo, poderia ser conhecida pelo difícil salto, mas ganhou fama global por ter sido acusada de mandar quebrar a perna de sua maior rival às vésperas de uma importante competição. O filme do australiano Craig Gillespie, com roteiro do americano Steven Rogers, mescla personagens reais à história, que acaba mostrando que o absurdo foi, de fato, real.

7) A Forma da Água

Outro filme baseado em história real, “Extraordinário”, do americano Stephen Chbosky, levado à telona a partir do livro de R.J. Palacio, é um tão pesado quanto necessário drama. É completamente impossível ficar indiferente, não se compadecer ou não se emocionar com a história de Auggie Pullman.

9) LBJ: A Esperança de uma Nação O assassinato de John Fitzgerald Kennedy foi um dos episódios mais traumáticos na história política americana. Para completar o drama, seu vice, Lyndon Baines Johnson, não tinha carisma algum. Mas a missão de comandar a Casa Branca caiu no seu colo em um período turbulento. LBJ teve a sensibilidade necessária para se reinventar como político e fazer jus ao posto. O filme de Rob Reiner, com roteiro de Joey Hartstone, tira LBJ da sombra da Família Kennedy e reforça a condição de Woody Harrelson como um dos grandes atores de sua geração.

Imagens: Reprodução

Um dos grandes personagens da história, o primeiro ministro britânico Winston Churchill passou poucas e boas durante a II Guerra Mundial. Ele foi um dos primeiros a perceber a real ameaça do nazismo enquanto tentava convencer quem estava à sua volta do perigo que se avizinhava. O filme do cineasta inglês Joe Wright reconstitui as primeiras semanas de Churchill (o lendário Gary Oldman em atuação soberba, que lhe rendeu Globo de Ouro e Oscar de maneira inquestionável) no cargo mais importante do Reino Unido, com seus dilemas, seus históricos discursos e, sobretudo, com sua inabalável confiança na vitória.

8) Lady Bird

O mexicano Guillermo del Toro é perito em misturar fantasia com realidade. “A Forma da Água” é sua obra mais audaciosa e que lhe rendeu a consagração absoluta com Globo de Ouro em Direção e Oscar em Direção e Filme. A mensagem é simples e poderosa: todos podem amar e ser amados.

Uma das gratas surpresas da nova geração de cineastas, Greta Gerwig conquistou projeção com “Lady Bird” (páginas 10 e 11 do Inside). Obra um tanto quanto autobiográfica, ela sintetiza as angústias de uma geração e mostra que nem sempre o futuro projetado é melhor do que o presente desprezado.

10) Três Anúncios para um Crime Martin McDonagh, que roteiriza e dirige “Três Anúncios para um Crime”, poderia ser muito bem classificado como um típico morador do Meio Oeste americano, não fosse o fato de ser britânico. Sua obra é o interior estadunidense na essência, com seus prós e contras. Prova disso é que a trama lhe rendeu o Globo de Ouro em Filme e Roteiro, que também foram conquistados pelos protagonistas Frances McDormand e Sam Rockwell, com direito a dobradinha no Oscar. Impossível ver o trabalho e não lembrar de “Fargo”, pelo qual Frances obteve também a dupla premiação.


Inside

4

Gustavo Pimentel

gustavospimentel@yahoo.com.br

Agenda

Dois pesos e SEXTA duas medidas: Stand up com Gio Lisboa o caso Damares Caverna Comedy Club (República, 445, subsolo), às 22h escancarou a indignação seletiva Elas Comandam o Boteco da esquerda Boteco do Chá (Rômulo

* Advogado

Noro, 555), às 23h59min

Sextaneja com Lucas Rocha e DJ Rodi Saquetti Favorita Beer Store (Ernesto Fetter, 18), às 22h

SÁBADO Stand up com André Santi Caverna Comedy Club (República, 445, subsolo), às 22h

DOMINGO Me Leva Summer com Grupo Sem Razão Favorita Beer Store (Ernesto Fetter, 18), às 18h

SEGUNDA Rolezão de Natal Muinho Club (Mal. Floriano Peixoto, 190), às 23h55min Divulgação

Futura ministra do governo Bolsonaro, Damares Alves trouxe comoção a milhares de pessoas ao tornar pública uma tragédia pessoal sua. Damares revelou que quando tinha apenas 6 anos de idade fora vítima de abusos sexuais, trauma que levou ela, ainda quando criança, a pensar em suicidar-se. A menina, que viria a ser ministra de Estado justamente na pasta da Mulher, Família e Direitos Humanos, somente não pôs fim à própria vida porque, após subir em uma árvore, teve uma revelação da imagem de Jesus Cristo, o que a convenceu a mudar de ideia. Por ser de uma religião cristã e ter uma posição política contrária a várias bandeiras da esquerda, a história de vida da ministra Damares, que deveria servir de exemplo para milhares de mulheres que são vítimas de abusos Brasil afora, acabou sendo alvo de piadas de extremo mau gosto. O escárnio público sofrido por ela, sem qualquer reação por parte da grande mídia e de movimentos políticos de defesa da mulher, certamente desestimulou centenas – senão milhares – de vítimas a procurar a justiça e denunciar os crimes por elas sofridos. Eu tenho certeza que se Damares fosse uma militante de esquerda a repercussão do caso teria sido totalmente diferente. Essa indignação seletiva de alguns grupos políticos e sociais foi muito bem retratada pelo promotor de justiça Ronaldo Lara Resende, em um recente artigo publicado no jornal Gazeta do Povo, onde o autor disse que os “defensores” de plantão não estão preocupados com o crime em si, mas sim com as preferências políticas de quem cometeu e de quem sofreu a ação criminosa. Para quem não lembra, o grupelho de pseudo-paladinos da moral também silenciou quando Paula Lavigne, ex-mulher de Caetano Veloso, revelou que a sua primeira relação sexual com o músico ocorreu quando ela tinha apenas 13 anos, fato que, para a jurisprudência e para a legislação penal vigente à época, já importavam em presunção de violência – posição que foi reforçada pela alteração legislativa promovida em 2009 – que presume em absoluto que um adolescente com menos de 14 anos não tenha discernimento para consentir a prática de um ato sexual. O caso do médium João de Deus é mais um exemplo. O jornalista Fábio Pannunzio, que durante as eleições se declarou fã do invasor Guilherme Boulos, e que costuma fazer propaganda de blogs de esquerda na internet, disse, ao vivo, durante o Jornal da Noite, exibido pela Band na madrugada do último dia 18, ter certeza absoluta que nas denúncias contra o médium há muito joio no meio do trigo, levantando a suspeita de que algumas das mais de 300 denúncias não passariam de uma grande armação. Novamente, um silêncio sepulcral e nenhuma nota contrária ao jornalista. Notem uma curiosa coincidência: todos os casos acima trazidos envolvem mulheres em situação de extrema fragilidade. Vocês viram o sempre barulhento movimento feminista ou algum outro movimento da esquerda identificado com a causa fazer alguma manifestação ou mesmo uma nota de repúdio em defesa dessas mulheres? Eu também não... Isso só reforça a conclusão de que, não importa o que aconteça, desde que você esteja do lado ideologicamente “certo”, terá o salvo-conduto para cometer qualquer atrocidade, contra quem quer que seja.

FARROUPILHA, 21 DE DEZEMBRO DE 2018


FARROUPILHA, 21 DE DEZEMBRO DE 2018

Inside

Cinema Jovens cineastas em destaque Imagens: Reprodução

Se é verdade que Spike Lee, em novo filme com temática racial quase 30 anos após o clássico “Faça a Coisa Certa”, capitaneia o retorno de grandes diretores, o Top 10 de 2018 do AFI abre espaço para a nova geração, que domina a relação

A Favorita Green Book O jovem diretor grego Inspirado em uma Yorgos Lanthimos faz história real, Peter uma sátira sobre a Farrelly traz a turnê do realeza e as formas pianista sul-africano de poder no longa que Don Shirley e seu conta com o trio Olivia motorista pelo Sul dos Colman, Emma Stone Estados Unidos no auge e Rachel Weisz da segregação racial

O Retorno de Oitava Série Mary Poppins O rito de passagem do Mistura de fábula com Ensino Fundamental musical, o longa de para o Ensino Médio Rob Marshall tem Emily protagonizado pela Blunt no papel principal adolescente Elsie Fisher levando um pouco de na trama que é dirigida alegria para a Londres e roteirizada pelo jovem pós Grande Depressão Bo Burnham, 28 anos

Infiltrado na Klan Nasce uma Estrela Também baseado em Bradley Cooper dirige, fatos verídicos, relata roteiriza e protagoniza a história de policial drama musical em que negro que se infiltrou mergulha do estrelato ao na Ku Klux Klan. Filme ostracismo enquanto sua assinala o retorno parceira, interpretada em grande estilo do por Lady Gaga, faz o diretor Spike Lee caminho oposto

No Coração da Escuridão O veterano Paul Schrader assina roteiro e direção do pesado drama em que um pai agoniza num mar de culpa após perder o filho numa guerra que o incentivou a ir

Pantera Negra Se a Rua Beale Falasse Um Lugar Silencioso Revelação recente Jovem Barry Jenkins, Protagonista, roteirista entre jovens cineastas, após vencer Globo de e diretor, o americano Ryan Coogler acabou Ouro e Oscar de Melhor John Krasinski divide a sendo convidado pelos Filme por “Moonlight”, cena com a esposa Emily Estúdios Marvel para volta à cena em drama Blunt no suspense: outro dirigir o blockbuster racial no roteiro e direção jovem a ser destacado de ação estrelado por do best seller literário na lista do Instituto Chadwick Boseman de James Baldwin Americano de Cinema

5

Guilherme Macalossi cisperter@hotmail.com

Ricardo Lewandowski e a coronelização da toga O episódio envolvendo Ricardo Lewandowski e o advogado Cristiano Caiado de Acioli, que o acompanhava em um voo para Brasília, é o mais baixo envolvendo um integrante do Supremo Tribunal Federal. Interpelado pelo cidadão, que expressou seu sentimento de indignação para com a atuação da Corte, o ministro o respondeu com uma ameaça de prisão. Que se ressalte: a manifestação não tinha qualquer ofensa ou ameaça. Tudo o que o homem fez foi dizer: “Ministro Lewandowski, o Supremo é uma vergonha, viu? Eu tenho vergonha de ser brasileiro quando vejo vocês”. Tão logo a aeronave pousou, as ordens do magistrado foram cumpridas. Como um bandido, Acioli foi levado a superintendência da Polícia Federal para prestar esclarecimentos. Se há um crime que fica patente no vídeo é o de abuso de autoridade. Lewandowski usou sua condição para intimidar um anônimo. Como um daqueles antigos coronéis dos grotões do país, o ministro fez de sua autoridade instrumento para a mais descarada censura. O direito de livre expressão, assegurado pela Constituição que Lewandowski deveria proteger, foi solenemente ignorado. Manifestar descontentamento com uma instituição pública virou crime de lesa pátria. Ricardo Lewandowski, assim como seus pares, está acostumado ao mundo paralelo que existe no plenário do STF. Ali não há desemprego e nem problemas com a segurança pública. A Corte é uma torre de marfim de onde seus integrantes, como se fossem iluminados, decidem os desígnios do país. Devem achar que as togas que usam lhes conferem poderes especiais. Não bastando o ato do ministro, quem também se uniu a ópera bufa de autoritarismo foi o presidente do STF, Dias Toffoli, que enviou um ofício para a Procuradoria Geral da República e ao Ministério da Segurança Pública pedindo providências sobre as “ofensas dirigidas” à Corte. Desde quando um sentimento constitui-se em uma ofensa? Desde quando uma instituição pode se sentir ofendida? O comportamento dos integrantes da mais importante instância do Judiciário é acintoso para com o exercício das liberdades públicas. Como funcionários do Estado, eles podem e devem ser cobrados por suas ações. Se Lewandowski mandasse prender os que pensam da mesma forma que Acioli, faltariam cadeias e superintendências para acomodar a todos. * Redator e radialista


A

Cassia

Feliz Natal

Edson Menegat

todos leitores que acompanham a coluna ou irão chegar neste texto, gostaria de desejar um Natal iluminado. Que possa ser um momento de renovação e amor no lar de cada um, junto aos familiares e amigos. É tempo de compartilhar realizações e alegrias! Feliz Natal :)

Pagode no Deck

Neste domingo acontece o último “Me Leva” do ano, a partir das 17h, na Favorita Beer Store. O agito é organizado pelo Grupo Sem Razão, que traz o melhor do pagode no formato de roda de samba. Para fechar com grande estilo participam desta edição o grupo Hoje Tem, o cantor Wendel Rosa e a dupla Chandy & Andrianno. Todos estão convidados a ir de branco, para celebrar de forma especial.

Maria Julia Galafassi Thomasini celebrou seus 15 anos na última sexta, no Parque dos Pinheiros. Na foto, os pais Pedro Thomasini e Marta Galafassi e o irmão Luiz Alfredo Thomasini ladeiam a jovem

Comedy

Cristiano de Oliveira

Daniela De Rocco

O comediante André Santi se apresenta no palco do Caverna Comedy Club neste sábado e promete fazer o púbico dar boas gargalhadas. Os ingressos para o stand-up podem ser adquiridos de forma antecipada pelo site Sympla.

Vitória Boff, filha de Ana Lúc Freisleben e Everaldo Antôn Boff, festejou seus 15 anos n sábado no Clube de Caça e Pe Esportiva Burati. O evento te cerimonial assinado por Aline A

A pequena Gabrieli De Oliveira completou seus 7 aninhos na sexta ao lado dos pais Cláudia De Gaspari e Leandro De Oliveira, e da mana Nicole. A festinha foi realizada na Pilim Pim Pim, onde estiveram familiares e amigos

Giovanni Perottoni curtiu o sertanejo da festa do Boteco do Chá, no sábado

O Núcleo de Jovens Empresários da CICS em seu


Walter Fiminundi

ane Frozzi

cia nio no esca eve Alves

#SELFIEDASEMANA

Claudia Agatti e Daniel Fiametti no dia do casamento que ocupou o Restaurante Caminho do Trem. Os noivos escolheram a cerimônia das areias para selarem a união e após comemoraram com familiares e amigos. A decoração, mesa de doces e organização esteve a cargo de Denise Balbinot Colombo

u último encontro do ano, na sexta

Arquivo Pessoal

Arquivo Pessoal

Daiane, Luísa, Iria Maria e Divo Dal Bem curtiram um passeio em família por Gramado no final de semana passado

Fique por Dentro Edição Festas Rolê

O Muinho prepara festa temática de Natal, para a noite do dia 24. O evento conta com duas pistas comandadas pelos DJ’s Mono, Xexa, Daniel Dalzochio e Geekbass. A entrada é free com as pulseiras que podem ser retiradas no Muinho Café.

Elas

A sexta é da festa Elas Comandam no Boteco do Chá. A partir das 23h30min as mulheres serão recepcionadas com espumante e pizzas. Para animar a noite o casal de DJ’s Índios Sioux comanda a pista. O residente Djonatan Fransa também anima a noite.

Funk

A casa sertaneja caxiense Bulls prepara a festa “Azar, é Verão” para o sábado. A noite traz algumas surpresas como distribuição de picolé para os presentes e open bar de Caipirinha.


Inside

8

Egui Baldasso e.baldasso@gmail.com

Invente suas memórias de Natal

* Jornalista e escritor

Mostra

O essencial à vida em forma de arte Exposição sobre água e conscientização estará na Casa de Cultura até 12 de janeiro

O

bras que já foram expostas em Porto Alegre, Canoas e Montenegro, estão à disposição para serem apreciadas pelos farroupilhenses na Casa de Cultura até o dia 12 de janeiro, de segunda a sexta, das 9h às 12h e das 13h às 17h. Com o tema “Água: Essência da Vida, o olhar sobre a água em seus diversos usos”, a exposição conta com 38 obras que abrangem diversas linguagens como: pintura, ilustração, arte sonora, fotografia, arte têxtil e objeto. A exposição itinerante é resultado da participação de artistas do Estado selecionados por editais e busca chamar atenção para a comemoração das duas décadas e meia de uma das maiores mobilizações da sociedade gaúcha em defesa da água: a XXV Semana Interamericana e XVIII Semana Estadual da Água do Rio Grande do Sul. O objetivo da mostra é sensibilizar a comunidade por meio da arte, para respeitar a água, protegendo assim a vida. Em 2019 a exposição retorna a Porto Alegre, na Galeria de Arte do DMAE, e encerra sua trajetória na Sede da Corsan Porto Alegre, no dia 22 de março de 2019, Dia Mundial da Água.

Programe-se O que: Exposição Água: Essência da Vida Quando: até 12 de janeiro, de segunda a sexta, das 9h às 12h e das 13h às 17h Onde: Casa de Cultura (República, 172) Quanto: entrada franca

Fotos: Adroir Fotógrafo

O Natal sempre foi diferente lá em casa. Há grandes chances dessa história ser sua também. As famílias costumam viver mais abertas nessa época. Fica tudo à flor da pele, inclusive a vida. Esperam esse dia como talvez esperem mais nenhum outro. Para nós faz parte de um ritual que nos dá o ingresso para o próximo ano. Depois que aquilo passar, nada mais segura o janeiro que está por vir. Para isso, a casa precisa estar cheia. De gente. De corações. De esperança. Olhar para o lado e ver, em cada canto, um rosto que traz paz, que nos explica o mundo com um olhar. As vezes rápido, que mal se encontra. Ou de longos segundos, como quem quer dizer: “que bom que você veio esse ano”. Tem alegria um pouco envelhecida. Tem alegria que ainda nem entende o que é o Natal, mas já responde todas as perguntas. E tem as que podem ficar meio distantes por meses, mas voltam a ser a mesma em meio à comida exagerada e a bebida exagerada que todos invariável e insistentemente trazem. Há os presentes, claro. Aquela árvore cercada de pacotes, sejam eles grandes ou pequenos. Com ou sem pomposos recheios. O que vale é o mistério, a curiosidade. Quando pequeno, escancarada. Na chatice do adulto, fingida, mas que não vê a hora de, quem sabe, abri-lo com pressa, nem aí para o aviso para não rasgar. Viver o Natal, lá em casa, foi sempre expectativa. Uma chance de sermos família. Houve vezes em que faltaram grandes ceias. O brinquedo foi bem barato. Nada perto dos Natais em filmes ou novelas inventadas. Mas lá ele é de verdade. Completo, por mais que seja repleto de faltas. Podia ter mais glamour, mais pompa. Mas duvido caber mais amor, mais abraços. É um tempo que pesa também. A vida é também feita de perdas. E as ausências tentam inviabilizar uma felicidade que respeita seu espaço, seu luto, mas mostra que elas podem esperar. Haverá o tempo certo outra hora, entre outras lágrimas. Hoje o choro é de alegria. Quase todas as vezes engolido para fingirmos uma força desnecessária. O Natal em família nos dá exatamente essa oportunidade: sermos nós. À vontade com quem já nos tanto viu chorar. Com quem secou os primeiros prantos. Limpou os joelhos e as testas raladas. Nos ensinou que o importante era reunir, trazer todo mundo. Deixar de lado as dificuldades e sorrir uma noite que nunca mais haverá igual. No ano que vem ela pode até ser parecida. Mas alguns rostos podem estar apenas na memória. As melhores que só o Natal é capaz de inventar.

FARROUPILHA, 21 DE DEZEMBRO DE 2018

Olhares A exposição, composta por 38 trabalhos, sugere refletir sobre a importância da água em nossa vida


FARROUPILHA, 21 DE DEZEMBRO DE 2018

Inside

Turismo

Lauro Edson Da Cás ldacas@hotmail.com

Prioridade ao turismo farroupilhense Cidade conquista selo que facilita análise de propostas e contratação de financiamentos

N

a última sexta, Farroupilha foi aprovada para possuir o selo +Turismo, que dá prioridade às cidades que se enquadram nos requisitos do Plano Nacional de Turismo 2018/2022, com as orientações do Prodetur+Turismo. O secretário de turismo Francis Casali e o prefeito municipal Claiton Gonçalves foram a Brasília na terça para receber a certificação no Ministério do Turismo. Os municípios que possuem o selo têm prioridade na análise e aprovação dos projetos pelo Ministério e prioridade na contratação de financiamentos para infraestrutura turística, tanto do poder público quanto na iniciativa privada, com taxas reduzidas e maior prazo de pagamento por meio de uma linha de crédito, operada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que disponibiliza R$ 5 bilhões a Estados, Municípios e empresários interessados em investir no setor. Segundo Francis, a proposta que foi cadastrada como prioridade é a finalização do asfaltamento para o Salto Ventoso. Também foi cadastrado um valor de incentivo para divulgar o município em feiras de eventos nacionais, internacionais e em mídia, pelo fato da cidade agora ser considerada oficialmente a Capital Nacional do Moscatel. “O selo +Turismo é extremamente importante para Farroupilha pois a coloca com destaque entre os municípios que são destinos turísticos no Brasil. Hoje a cidade é uma das 12 no Rio Grande do Sul que conseguiram este selo até o momento”, ressaltou o secretário.

9

Destaque ao turismo O selo que Farroupilha conquistou abre caminho para a obtenção de recursos para o desenvolvimento do setor turístico local, tanto via esfera pública quanto privada

Preparando a chegada do Natal e também do Novo Ano Natal, festa da vida e da esperança que brotam da mais singela página da História da humanidade: Jesus Menino nasce no presépio vivo (na estrebaria), envolto ao silêncio da noite escura! Neste acontecimento, a demonstração da prova do maior amor e/ou do amor incondicional de Deus para com a humanidade, que em outras palavras significa afirmar que todos são agraciados pela manifestação do mais puro amor de Deus ao mundo! Ah, o amor! Ao nos aproximar do Natal, oxalá possamos nos preparar para receber este Deus Menino que vem nos visitar. Faltam poucos dias para esta chegada, por isso, ainda dá tempo para nos preparar, afinal é a festa da vida! Quanto mais a data se aproxima, mais nos preparamos para deixar tudo arrumadinho, tudo harmonizado, tudo encaminhado para celebrar o aniversariante do dia e, inclusive, para receber familiares e amigos em nossa casa. Na contagem regressiva para o Natal encontramos de tudo: pessoas agitadas e apressadas para ir às compras; gente caminhando e visitando lugares enfeitados; gente se doando e movimentos para recolhimento de doações; entre tantas outras situações. Aparentemente, a beleza, a magia, as luzes, os enfeites e os presentes criam uma atmosfera de festa. Mesmo contendo esse enorme sentido de paz e confraternização, tristemente vemos ao nosso redor crimes bárbaros, mortes trágicas e prematuras, violência sem fim e tantas outras manifestações contrárias à vida. Lamentável. Que nossas crianças guardem as boas lembranças do Natal! Por sinal, logo após o dia de Natal, já se encaminham os preparativos para a despedida de 2018 e, muito mais, se criam expectativas para a chegada do Novo Ano, esse tal de 2019 que, para variar nem chegou, mas que já está sendo aguardado há tempo! Que venha, então, 2019, com sabor de vida e de prosperidade a cada um de nós, bem como, ao nosso País. Curiosamente, nesse período de mudança de ano, há uma situação que nos envolve, pois muitos deslocam as esperanças de um mundo melhor e/ou de uma sociedade mais humana e fraterna para um futuro que ainda não foi, pois, justamente no passado, não se conseguiu dar forma de como se queria (ou se imaginava) fazer. Nesta ânsia, muitos já nem se empenham em querer uma sociedade melhor, já que para conseguir isso, parece ser uma esperança vazia. Assim, bastaria apenas melhorar a posição individual dentro da mesma! Por que o Natal não é todos os dias? Que 2019, não seja apenas a era dos “re”: de reformulações, remisturas, reconstruções, reciclagens, regressos, reedições, retrospectivas. Que a maioria pense o futuro, revendo seu horizonte, repaginando a ideia de futuro, para além do imediato! Feliz Natal e Boas Festas para todos (e todas), especialmente aos que acompanham o Jornal Informante! Obrigado, 2018! Seja bem-vindo, 2019! * Mestre em Letras, Cultura e Regionalidade


Inside

10

FARROUPILHA, 21 DE DEZEMBRO DE 2018

Sétima Arte

Compilando as inquietudes Roteirizado e dirigido pela jovem Greta Gerwig, “Lady Bird” é um retrato apropriado de uma juventude que tem mais dúvidas que certezas

N

ada parece satisfazer Christine McPherson, ou melhor, Lady Bird (Saoirse Ronan), como gosta de ser chamada. A jovem reside em Sacramento, mas odeia a cidade e quer, o quanto antes, sair da Costa Oeste rumo à Leste, de preferência para cursar uma universidade nova-iorquina. Ela estuda em uma escola católica, mas é ateia e faz pouco caso da direção. Mora com os pais, seu irmão e sua cunhada, mas não suporta a família, exceto seu pai Larry (Tracy Letts), com quem tem uma relação de cumplicidade irrestrita. Na verdade, Lady Bird pouco se ajuda. Extremamente instável, a jovem não consegue fazer nada por muito tempo. Seus projetos ficam pelo caminho, suas notas no último ano de Ensino Médio não a habilitam para o ingresso na universidade de seus sonhos e, para completar, a situação financeira familiar é das mais delicadas, fato que torna sua ida e custeio do estudo acadêmico fora de casa algo proibitivo. Porém, esse choque de realidade é ignorado pela jovem e sempre escancarado por sua mãe, a enfermeira Marion (Laurie Metcalf), que

se mata de tanto trabalhar para sustentar a casa. A relação entre mãe e filha é uma montanha russa de emoções. Contudo, a dupla quase sempre vive às turras justamente pelo fato de Marion estar com os pés fincados na realidade e Lady Bird com a cabeça no espaço. A jovem parece procurar uma forma de sempre provocar a mãe, gerando um conflito para fazer valer a sua vontade, mas no fundo é um relacionamento pautado no amor, como deixa claro o filme da jovem diretora e roteirista americana Greta Gerwig em vários momentos. Nada é tão forte e intenso quanto o envolvimento da dupla. Tudo orbita nessa tensão permanente entre mãe e filha e o que orbita essa relação tampouco é algo tranquilo. Lady Bird tem vergonha de morar em um bairro periférico da cidade, sonha em ser famosa e rica e essa obsessão acaba pautando sua existência e comportamento. Na trama, a amizade com Julianne Steffans (Beanie Feldstein) passa de intensa a distante, ao passo que acontece uma aproximação com Jenna Walton (Odeya Rush), a riquinha da turma, justamente pela necessidade da jovem em, pelo menos estar

convivendo com um círculo da elite financeira. Mas outros temas circundam a intensa vida de Lady Bird. A descoberta do amor e do sexo apenas criam uma atmosfera ainda mais nebulosa de uma fase marcada por inúmeras incertezas. A obra compila, na personagem central, toda a insegurança de uma geração que atravessa o ritual de passagem da adolescência para a vida adulta, com seus anseios, dramas e frustrações, com uma grande vantagem: a obra é muito real, justamente por ter sido baseada na própria trajetória de Greta, como ela aponta no material de apoio. “Nada disso aconteceu, mas é tudo verdade”, ressalta a diretora que nasceu em Sacramento com um bom humor peculiar que permeia seu trabalho mais destacado. Extremamente objetivo, os extras contam com 15 minutos em que a cineasta aborda temas essenciais da obra, mostrando sua capacidade de contar uma boa e intensa história e a colocando como um dos novos talentos da safra de jovens roteiristas e diretores. Os atores também comentam o filme, que fala muito sobre a realidade e, justamente por isso, conquistou reconhecimento

nas grandes premiações da temporada (veja Globo de Ouro e Oscar ao lado). “Para mim é inevitável, durante a juventude, renegar suas origens e então

descobrir tarde demais que foi uma época maravilhosa. A maioria das pessoas só enxerga com clareza o lugar onde cresceu quando sai de lá. Temos a certeza que


FARROUPILHA, 21 DE DEZEMBRO DE 2018

Inside

11

Sétima Arte

Imagem: Reprodução

de uma geração Divulgação

Globo de Ouro 2018

Venceu * Filme em Comédia ou Musical * Atriz em Comédia ou Musical (Saoirse Ronan) Concorreu * Atriz Coadjuvante (Laurie Metcalf) * Roteiro (Greta Gerwig) Realidade espelhada Saoirse Ronan tem papel de destaque como Lady Bird, que lhe rendeu um Globo de Ouro, na trama que é baseada na própria trajetória da cineasta Greta Gerwig: aos 35 anos, americana é uma jovem revelação e, da mesma forma que a atriz, também foi indicada às principais premiações

Oscar 2018

Concorreu * Filme * Direção (Greta Gerwig) * Atriz (Saoirse Ronan) * Atriz Coadjuvante (Laurie Metcalf) * Roteiro Original (Greta Gerwig)

a vida acontece lá fora”, declara Greta no material. Essa ideia de que o jardim do vizinho é sempre mais bonito, de que a cidade que vemos no cartão postal é o paraíso

enquanto deixamos de lado ou desprezamos nossa terra é uma mensagem potente que consegue ser muito bem transmitida pela obra. Evidente que a inquietude

de Lady Bird evoca esse conflito permanente, esse choque constante que descarta sua realidade em busca de uma vida perfeita projetada, mas eviscerar essa perspec-

tiva não é fácil e Greta consegue fazer isso com sobras. A obra forja uma análise, forja uma reflexão sobre o que realmente importa na vida, que é viver o momento e as

Lady Bird Direção e roteiro Greta Gerwig Gênero Drama Duração 94 minutos País Estados Unidos Ano de produção 2017 Estúdio Focus Features A24 IAC Films Distribuição Universal Pictures

pessoas que estão ao nosso lado. Em última análise, Lady Bird luta para encontrar a sua essência. Ela é, fundamentalmente, um pouco de todos nós.


12

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Semana para se comunicar utilizando informações que vêm sendo guardadas. O céu lhe permite se libertar de situações e seguir os planos traçados. Escute antes de falar e reflita.

Touro - 21/04 a 20/05

Existem fatores importantes que são acionados e que interferem em seus resultados financeiros. Esses fatores podem se relacionar com documentos e informações que não circulam como deveriam. Existem outros fatores que o liberam emocionalmente.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

Você está em destaque e suas posturas são evidenciadas. Existe a necessidade de se comunicar com uma pessoa importante que lhe traz notícias. Os projetos são impulsionados e trazem novas possibilidades.

Câncer - 21/06 a 20/07

Você está à espera de notícias que se relacionam com o seu trabalho. Semana importante para analisar os sentimentos e as expectativas envolvidas. O planeta Urano lhe permite conduzir os planos com autenticidade e inovação.

Leão - 21/07 a 22/08

Você está em busca de novas oportunidades para manifestar o que pensa em grupo ou com amigos. O namoro e o lazer devem ser promovidos com maior entendimento e sabedoria. Haverá condições de inovar as suas ideias e a interação com todos.

Vírgem - 23/08 a 22/09

Semana para pensar sobre as responsabilidades que você deve assumir neste momento. Uma conversa em família ou com pessoas de sua confiança é necessária. O céu lhe dá novos movimentos e inovações no formato familiar ou com a casa.

Libra - 23/09 a 22/10

Semana importante para divulgar notícias que mobilizam pessoas do seu convívio ou parentes. A informação deve ser encaminhada com entendimento e sabedoria. Atenção com fofocas e comentários desnecessários. Há abertura para uma nova fase no relacionamento.

Escorpião - 23/10 a 21/11

Existem informações importantes que movimentam notícias financeiras ou mobilizam resultados profissionais. É importante articular as ideias com sabedoria; documentos podem ser envolvidos. Há novas oportunidades profissionais e novas fontes de renda.

Sagitário - 22/11 a 21/12

Você sente dificuldades para interagir com o cônjuge ou com uma pessoa importante para a experiência. A pessoa deseja se comunicar, mas adota uma postura neutra. Apesar dos desafios, você encontra um meio de se libertar de situações com autenticidade.

Capricórnio - 22/12 a 20/01

Existem aflições e preocupações que rondam o seu trabalho e as relações com as pessoas. É importante refletir sobre expectativas, tarefas e saúde. Apesar das tensões, existem situações que o levam a se libertar de medos e padrões.

Aquário - 21/01 a 19/02

Semana importante para examinar suas posturas no setor afetivo. Existe a necessidade de expressar o que pensa, mas encontra dificuldades para estabelecer contato. Haverá a possibilidade de mudar o seu ponto de vista e conquistar uma autonomia saudável.

Peixes - 20/02 a 20/03

É importante prestar atenção à forma como você vem lidando com questões pessoais e familiares. Situações internas afetam os seus objetivos. Existe a necessidade de articular informações. Apesar dos conflitos, haverá aberturas para inovar o setor profissional.

Inside

FARROUPILHA, 21 DE DEZEMBRO DE 2018


Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

Natal Especial 2018

O clima de Natal está no ar e para comemorar a data publicamos este Caderno Especial, repleto de boas histórias e muitas informações que vão ajudar você a fazer deste Natal um dia inesquecível. Desejamos a todos os nossos leitores e anunciantes um Feliz Natal !!!


2

Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

Por que comemoramos a Noite de Natal? O brilho do Natal já toma conta das casas, ruas, empresas e comércios. É a magia do Natal tomando forma e trazendo alegria e o sentimento de paz e solidariedade entre todos. Mas por que o mundo inteiro se reúne no dia 25 de dezembro para comemorar esta data? O Natal é uma celebração tradicional entre os cristãos e, apesar de estar presente no presépio, o nascimento de Jesus Cristo, verdadeiro motivo do Natal, nem sempre é lembrado na atual sociedade. Para os cristãos, Jesus é considerado o filho de Deus, enviado dos céus para viver no mundo e morrer em lugar dos homens. Os cristãos acreditam que através de Cristo eles encontram o perdão dos pecados e por isso celebram seu nasci-

mento com grande alegria. Segundo historiadores, o Natal sempre foi comemorado entre as nações, porém, em diferentes datas. Somente no Século IV, quando o Cristianismo tornou-se a religião oficial do Império Romano, é que o dia 25 de dezembro foi estabelecido como data oficial para as comemorações entre os povos da região dominada por Roma. Apesar de ser um feriado cristão, muitos não-cristãos também celebram a data e aproveitam a ocasião para presentear aqueles que amam. E é esta troca de presentes, tão tradicional principalmente na cultura ocidental, que fortalece o comércio e movimenta a economia, fazendo do Natal a principal data comemorativa em vendas de todo o mundo.


4

Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

Países celebram a data com diferentes tradições Engana-se quem pensa que as comemorações natalinas se limitam à montagem do pinheiro, decoração da casa, ceia em família e troca de presentes. Este estilo é comum no Ocidente e é transmitido nos filmes e seriados. Vários Países celebram a data de forma diferente, com suas tradições e culturas próprias. Confira abaixo algumas curiosidades das comemorações natalinas em países como a Itália, Holanda, China, entre outros. Itália Tradição na cultura popular da Itália, a Befana é como uma concorrente do Papai Noel. Ela é uma velhinha que voa numa vassoura. É uma espécie de bruxa, que no dia 5 de janeiro distribui doces para as crianças que foram boas e carvão para as que foram más. Diz a lenda que sua generosidade seria fruto de arrependimento, pois ela teria negado abrigo e comida aos Reis Magos, quando eles seguiam para visitar Jesus, e agora tentaria reparar o mal que fez.

Áustria Uma figura típica das épocas natalinas é o Krampus, uma espécie de demônio que no dia 5 de dezembro visita as crianças más para puni-las. Para manter a tradição, neste dia as pessoas saem às ruas fantasiadas como monstros, simbolizando o Krampus. Tradicionalmente, rapazes se vestem de Krampus nas duas primeiras semanas de dezembro, e vagam pelas ruas assustando crianças e mulheres com correntes e sinos enferrujados.

China A decoração natalina é produzida com lanternas feitas de papel, flores e há também as árvores de Natal. O Papai Noel é chamado pelas crianças de Dun Lhe dao Ren, que significa Velho Natal. Lá, as crianças também são presenteadas e penduram suas meias para que o Velho Natal coloque os presentes na noite do dia 24 de dezembro.

Holanda Zwarte Piet (Pedro Negro), seria o ajudante do Papai Noel que todos os anos, no dia 5 de dezembro, desfila pelas ruas distribuindo doces às crianças boas. A tradição é considerada racista, pois a figura do personagem é representada por pessoas com a cara pintada de preto, lábios vermelhos e peruca black power.

Índia São as plantas nativas do país, como a bananeira e a mangueira, que integram a decoração de Natal nas casas indianas. Lamparinas feitas de argila também fazem parte da decoração.

Iraque O Natal é comemorado apenas pelas famílias cristãs, que se reúnem no quintal para ouvir histórias sobre Jesus. Depois, todos queimam uma pilha de espinhos secos que, segundo a tradição, representa como será o futuro da família. Fonte: www.mundoestranho.abril.com.br


6

Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

Pinheiros dão um colorido especial Uma das principais tradições entre as famílias que celebram o Natal é a montagem do pinheiro. Não importa se a árvore é natural ou artificial, o momento é esperado com ansiedade pelas crianças, que se divertem ajudando os pais, tios e avós a deixarem a árvore colorida e decorada para a data. Além de decorar a casa, as árvores de Natal simbolizam alegria, paz e esperança e também são utilizadas para guardar os presentes que são entregues na noite de Natal, normalmente após a ceia em família. Há algumas décadas, a tradição da montagem do pinheiro ultrapassou as

paredes das residências e ganhou as ruas e comércios das cidades, que utilizam a árvore para decorar os ambientes e dar um clima especial à data. Como tudo começou Acredita-se que a tradição da montagem do pinheiro tenha iniciado com Martinho Lutero, na Alemanha de 1530. Segundo relatos levantados por historiadores, Lutero caminhava em uma linda noite de céu estrelado quando parou para olhar os pinheiros plantados nas ruas e ficou impressionado com a beleza da cena. Cobertos de neve, os pinheiros eram iluminados

pelas estrelas. O alemão quis reproduzir a cena que viu e compartilhá-la com toda a sua família e então teria levado um pinheiro para casa e decorado com algodão para representar a neve, e outros enfeites como velas acesas, para mostrar a iluminação proporcionada pelas estrelas. A tradição teria sido trazida para o continente americano e ao Brasil por alguns alemães durante o período colonial.


8

Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

História do Papai Noel Casaco e calças vermelhas, botinas pretas, barbas brancas e longas, olhos azuis. A figura do Papai Noel é conhecida em todo o mundo e por onde chega o Bom Velhinho encanta a todos com sua simpatia e descontração. Apesar desta imagem tradicional, nem sempre o Papai Noel vestiu roupas vermelhas e brancas. A história revela que a figura foi inspirada em um bispo da Igreja Católica chamado Nicolau. Nascido na Turquia, em 280 D.C., era um homem de bom coração, que costumava ajudar as pessoas pobres, deixando saquinhos com moedas próximo às chaminés das casas. Ele teria sido transformado em santo pela Igreja Católi-

ca após várias pessoas relatarem milagres atribuídos a ele. A associação da imagem de São Nicolau ao Natal aconteceu na Alemanha e espalhou-se pelo mundo em pouco tempo. Nos Estados Unidos, ganhou o nome de Santa Claus, no Brasil de Papai Noel e em Portugal de Pai Natal. Contam os historiadores que a roupa do Papai Noel até o final do século XIX, era uma vestimenta de inverno na cor marrom ou verde escura. Somente em 1886 o cartunista alemão Thomas Nast decidiu criar uma nova imagem para o Bom Velhinho e o traje é popularmente conhecido até os dias de hoje. Sua popularizçaão aconteceu após 1931, quando uma campanha publicitária da CocaCola mostrou o Papai Noel com o mesmo figurino criado por Nast, que também eram as cores do refrigerante. A campanha publicitária fez um grande sucesso, ajudando a espalhar a nova imagem pelo mundo.


10

Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

Ceia deve ser um momento especial para todos convidados A noite de 24 de dezembro costuma ser um momento de confraternização entre amigos e familiares em quase todos os lares brasileiros. Diferente de Países como os Estados Unidos, por exemplo, onde a troca de presentes acontece no dia 25 pela manhã, no Brasil o hábito é organizar uma ceia especial na véspera de Natal e, após este momento, fazer a troca de presentes. Independente da quantidade de convidados, a tradicional Ceia de Natal deve ser um momento especial para os participantes e costuma ser precedida por um momento de orações e agradecimentos, a Deus e às pessoas presentes ao redor da mesa. É também um momento de recordar fatos vividos no decorrer do ano, positivos ou negatios, de repensar os erros e acertos e planejar o novo ano que se aproxima. Preparando a refeição Quando a ceia reúne muitas pessoas, o hábito comum é cada família levar um prato salgado e um prato doce, para servir de sobremesa. Já entre os pequenos grupos, é comum o anfitrião

preparar todos os pratos que serão servidos na noite especial. Por vezes, os convidados levam os pratos doces. O item que não pode faltar na Ceia de Natal, seja para muitos ou para poucos, é o peru ou o chester. Farofa, arroz branco e uma salada

diferenciada também entram na lista dos itens essenciais. Já no caso de uma ceia completa, para servir a vários convidados, é recomendado acrescentar pratos especiais como salpicão de frango, rabanadas de Natal, bolinho de bacalhau e tender.

Como sobremesa, o panetone costuma ser acompanhado de sorvetes especiais, e há também os doces tradicionais como bolo de natal, pavê e mousses. Todas as receitas são facilmente encontradas em livros e sites especializados no tema.


12

Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

Natal sem açúcar é possível? Sim, é possível organizar uma deliciosa Ceia de Natal sem açúcar e com opções saudáveis e saborosas para os familiares portadores do Diabetes. Os pratos tradicionais como peru, chester, tender, lombo ou bacalhau são liberados para diabéticos, o que facilita no preparo das carnes. Já os acompanhamentos precisam de atenção especial. No caso dos pratos tipo “Califórnia”, a dica é utilizar compotas dietéticas de figo, pêssego ou abacaxi. A batata cozida ou purê, o macarrão e o arroz também podem

ser servidos naturalmente, porém, a recomendação é que seja dada preferência aos integrais ou então que os alimentos sejam preparados junto com um pouco mais de verduras, como, por exemplo, arroz com brócolis, ervilhas e cenoura, que são ricas em fibras. O que não pode ser servido são alimentos que levam sacarose em sua preparação, como o açúcar em qualquer forma, mascavo, de merara, invertido, melado, mel, entre outros. Se quiser caramelar algum alimento, use frutose que, em pequenas quantidades, é permitido aos portadores da doença.

Chester com Molho de Iogurte Ingredientes Para o Chester • 1 Chester temperado de aproximadamente 2,5 quilos • 2 laranjas (só o suco) Para o molho • 2 cubos de caldo de galinha • 1 copo de iogurte natural desnatado • 1 cebola • 1 colher (sopa) de salsinha picada • Sal a gosto • ½ litro de água • 2 colheres ( sopa ) de farinha de trigo Para a guarnição • 8 batatas pequenas (bolinha) • 1 colher (sopa) de óleo vegetal

Modo de preparo Do Chester: seguir o modo de preparo da embalagem e regar com o caldo de laranja. Do molho: em uma panela refogar a salsinha, a cebola e o caldo de galinha. Em seguida acrescentar a água, a farinha e o iogurte. Das batatas: cozinhar as batatas sem casca e, em seguida, levar ao forno para gratinar. Montagem: em uma bandeja redonda colocar o Chester já assado e regar com o molho de iogurte. Ao redor dispor as batatas gratinadas. Rendimento: 10 porções


14

Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

Sobremesas são a verdadeira tentação No caso das sobremesas e doces as opções dos diabéticos são mais restritas. As saladas de frutas, sorvetes dietéticos ou com zero açúcar, pudins de leite condensado diet, flãs diets ou qualquer pudim diet são opções. Já os paentones e aqueles tradicionais doces natalinos, confeitados com muito açúcar, são proibidos na dieta do diabético. Porém, há várias opções no mercado que são direcionadas a este público, como os panetones dietéticos ou sem adição de açúcar.

A recomendação é para que os familiares que forem comprar este tipo de alimento sejam cautelosos com os produtos lights, pois eles contém açúcar. Há ainda opções de doces caseiros confeitados para o Natal e inúmeros outros produtos doces sem adição de açúcar que podem ser facilmente encontrados em Associações ou Entidades específicas para diabéticos, que costumam ter uma loja com variados produtos voltados a este público. Panetone Diet

Salpicão Natalino Ingredientes • 2 batatas yacon ralada • 3 maçãs verdes em cubos com casca • 100g de azeitona verde • 500g de frango desfiado • 1 xícara (chá) de cenoura ralada • 1 xícara (chá) de salsão • 1 xícara (chá) iogurte natural • 3 colheres (sopa) castanhas do Pará moídas • 3 colheres (sopa) creme de leite light • Sal e cheiro verde a gosto Modo de preparo Misture todos os ingredientes e leve para gelar.

Ingredientes • 500g de panetone diet cortados em fatias médias • 1 abacaxi inteiro bem maduro cortado em cubos pequenos • 500 ml de creme de leite light gelado • 1 colher (sopa) cheia de adoçante para forno e fogão • 200g de amendoim triturado Modo de preparo Bata o creme de leite com adoçante na batedeira a ponto de chantilly e reserve. Depois, em um refratário, intercale as camadas de fatias de panetone, abacaxi picado, chantilly e amendoim. Repita as camadas e finalize com amendoim. Sirva gelado.


16

Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

Decoração faz toda a diferença na hora de receber os convidados Verde, vermelho, prata ou dourado. Não importa a cor, a decoração é sempre um item que chama a atenção dos convidados na Ceia de Natal. Preparar a casa para receber os familiares e amigos nem sempre é uma tarefa fácil. Algumas vezes faltam ideias para deixar o ambiente de acordo com o gosto do anfitrião ou à altura dos convidados, em outras o tempo é muito curto para deixar tudo em ordem ou ainda é o dinheiro que está em falta e

não há como investir em objetos modernos para deixar o ambiente em clima de festa. Para ajudar você a acertar na decoração, separamos algumas dicas. Veja abaixo e na página ao lado.

Cores O primeiro item a ser definido antes de sair às compras é quais cores você pretende usar na decoração. O verde e vermelho são tradicionais e apostas certeiras. As duas cores combinam muito com marrom, dourado e cobre. Outros tons recomendados são o prata e o azul, que combinam e dão um charme especial ao ambiente. Toalha Depois de definir quais cores você pretende usar, é hora de escolher a toalha da mesa principal. Se for lisa, de cor única, você poderá abusar nos arranjos e também nas louças. Porém, caso opte por uma com temas natalinos, é melhor investir em arranjos de tons mais leves e sem muitos detalhes e louças de cores únicas.


Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

Arranjos

Taças

Frutas, flores, velas, e até pinhos pequenos servem para montar lindos arranjos para a mesa. A dica é coloca-los em vasos de vidro ou cristais. Os castiçais podem dar um toque todo especial, porém, tome alguns cuidados, arranjos muito altos podem tirar a visão dos convidados e atrapalhar os momentos de conversa. Para não errar, a dica é apostar nas velas, que lembram as luzes do Natal e dão um clima aconchegante ao ambiente. Coloque os arranjos com velas próximo ao peru, para dar destaque ao principal prato da ceia.

As taças e copos são itens que merecem destaque na decoração. Como trata-se de uma noite especial, a dica é investir em copos luxuosos, que representem a importância da comemoração e do momento. Invista em cristais e, caso tenha apostado em uma toalha de tom único, é possível utilizar cristais coloridos, com tons que combinem com as cores escolhidas para decorar todo o ambiente.

Talheres Os talheres também merecem atenção na hora de organizar a mesa. Escolha os tradicionais para não complicar a organização dos convidados na hora da ceia. Uma boa dica é colocar os talheres na diagonal e assim criar desenhos sobre a mesa. Outra opção é deixá-los lado a lado, bem próximos aos pratos.

17

Guardanapos A dica dos especialistas é para abandonar os guardanapos de papel na noite de Natal e dar preferência aos de pano, que ajudam a embelezar a mesa e estão à altura da importância da celebração. Eles podem ser de um único tom e podem fazer contraste com a toalha escolhida para a mesa. Por exemplo, para uma toalha vermelha, utilize guardanapos brancos ou verdes.

E para quem não pode investir muito? Se o seu problema é a falta de dinheiro, aproveite tudo o que você já tem em casa e invista em uma decoração personalizada. Para embelezar ainda mais a mesa, coloque os alimentos em refratários brancos, cada um com seu próprio pegador, e deixe-os em uma mesa separada, para que os convidados possam servir-se com facilidade. A mesa dos alimentos pode ter uma toalha branca simples e ser decorada com frutas ou flores do jardim. Algumas dicas simples Toalhas velhas de Natal podem virar lindos guardanapos, basta cortar em quadrados,

costurar as bordas e pronto! Colocados sobre uma toalha branca eles dão um detalhe especial à mesa. Para os arranjos é possível aproveitar as bolas utilizadas para decorar os pinheiros. Elas podem ser colocadas junto com pequenas pinhas e até mesmo alguns galhos verdes, que em vasos ou travessas de vidro ganham um destaque diferenciado. Outro detalhe simples e barato, e que dá um toque especial no ambiente, são as velas, que podem ser colocadas em tigelas de sobremesa de vidro e espalhadas à mesa ou mesmo no balcão de alimentos.


18

Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

A grana tá curta? Invista em presentes personalizados O clima de Natal desperta nas pessoas uma vontade inusitada de presentear a todos com lembranças especiais, porém, nem sempre as vontades e desejos cabem no orçamento, e muitos acabam deixando de presentear a tantos quanto gostariam. É importante comprar algo que caiba em seu orçamento e para isso é preciso saber o quanto se pode gastar. Fundamental

também é comprar algo que seja do agrado do presenteado, ainda que o gosto seja completamente diferente do seu. Para quem precisa economizar ou é dotado de habilidades manuais, os presentes artesanais sempre agradam e trazem consigo um lado mais afetivo. Confira dicas para diferentes idades e aproveite para alegrar e surpreender quem você ama neste Natal.

Para as crianças Uma boa pedida para as crianças é confeccionar uma linda Cesta de Guloseimas. Afinal, qual criança não gosta de doces, balas e pirulitos? A cesta pode ser feita com uma caixa de sapato velha, basta revesti-la com papéis bem coloridos e acrescentar muitos doces e salgadinhos de preferência da garotada. O presente ganha um toque especial quando decorado com peças natalinas como bolinhas, sapatinhos, pinhas e bonecos de Papai Noel. Vale também revestir a caixa com um papel celofane e fechar a embalagem com um lindo laço natalino.

Para adolescentes Adolescentes são um tanto quanto difíceis de agradar, afinal, mudam de ideia e de gosto a cada semana. Mas ainda assim é possível presenteá-los com criatividade e sem gastar muito. Como eles estão no início da vida adulta, uma boa dica é um pequeno cofre, para incentiválos a poupar para o futuro. Latas de leite em pó ou até mesmo de achocolatados podem servir. Basta caprichar na decoração com papéis coloridos e modernos e fazer um corte na tampa, para depositar o dinheiro aos poucos.


Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

Para os avós Ao chegar na terceira idade a pessoa torna-se um tanto quanto saudosista. As lembranças dos anos vividos afloram na memória e muitos gostam de contar como era a vida na infância ou juventude. Este saudosismo torna o idoso uma pessoa mais sentimental e sensível, por isso, uma excelente dica para presentear avós e avôs é escrever uma carta mostrando o que você sente e destacando a importância que ele ou ela teve e ainda tem na sua vida. Para ficar ainda mais encantador, decore o papel com desenhos ou fotos suas ao lado deles. Uma boa dica é fazer uma carta gigante, com cartolina ao invés de papel A4. E, é claro, a carta deve ser escrita a mão, para dar um toque especial.

Para o grande amor

Para pai, mãe, tios e padrinhos As camisetas personalizadas agradam muito a este público. Basta comprar uma camiseta de malha branca para os homens e baby look para as mulheres e decorá-la com um toque especial. Uma opção é o patchwork, uma técnica que une tecidos com infinidade de cores e formatos variados. Você pode pedir restos de tecidos em malharias e confecções ou comprar em lojas especializadas. Também é possível apenas fazer alguns desenhos na camiseta, com tintas para tecidos.

Para a pessoa amada as opções de presentes criativos e baratos são mais variadas. É possível surpreendêlas tanto com um café da manhã na cama quanto com uma saída especial, para um pic-nic, passeio na praia ou até mesmo um passeio de bicicleta. Uma forma de agradá-la neste dia é preparar várias surpresas ao longo do dia, como bilhetes espalhados pela casa, mensagens românticas no celular, almoço especial e encerrar a noite de Natal com um momento especial para o casal. Mas se sentir a necessidade de entregar um presente “físico”, a dica é fazer um calendário personalizado com fotos do casal. É possível fazer a montagem no computador e imprimir em gráficas rápidas.

19


20

Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

Cartinhas são opção para fazer uma boa ação neste Natal Se você não tem tempo para dedicar-se a um trabalho voluntário durante todo o ano, mas gostaria de fazer uma boa ação no Natal, uma boa opção é adotar uma cartinha da campanha Papai Noel dos Correios. A campanha foi desenvolvida há 23 anos em Santa Catarina e adotada pelas agências dos Correios de todo o País desde 1997. É uma das maiores campanhas sociais natalinas do Brasil. O principal objetivo é responder às crianças que escrevem ao Papai Noel e atender, sempre que possível, aos pedidos de presentes dos pequeninos que se encontram em situação de vulnerabilidade social. Para participar, qualquer pessoa pode ir a uma agência dos Correios, escolher uma cartinha e comprar o presente solicitado pela criança. A entrega geralmente é feita pela própria pessoa que adota a carta, porém, em algumas cidades, a própria equipe de colaboradores dos Correios proporciona esta entrega até mesmo com algum integrante devidamente vestido de Papai Noel. As cartas são geralmente escritas por crianças de até 10 anos de idade, matriculadas nas escolas das redes públicas estaduais e municipais de ensino, que encaminham as cartinhas para os Correios. Algumas crianças também tomam a iniciativa de escrever e elas mesmas vão até as agências dos Correios para postar a carta endereçada à casa do Papai Noel, no Polo Norte.


Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

21

Joões: Noéis da vida real Juliana Inês Casa Barbieri

A admiração do pequeno João aos Papais Noéis xarás que dão ainda mais sentido ao Natal de qualquer criança

Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br

Sempre gostei do Natal e daquele misterioso Noel que chegava de repente e transformava qualquer espaço no endereço mais feliz do mundo. Mesmo adulta, continuei a apreciar a conduta desses simpáticos senhores que passam calor com suas roupas incrementadas e que sempre tem uma bala e um sorriso ao alcance. O Noel é assim, único e insubstituível na sua emblemática atuação e quem vive esse papel tem igual valor, praticamente um patrimônio das vivências infantis. Não cabe a mim, de maneira alguma, entregar o paradeiro desse Bom Velhinho e nem denunciá-lo quando estiver à paisana, aguardando a chegada da próxima Noite Feliz. Vou contar apenas um trecho de duas belas histórias que são as dos Joões Noéis. Tudo começou para João De Cesaro, 71 anos, quando o atual vice-prefeito, Pedro Pe-

drozo, se aproximou do então funcionário da prefeitura e deu a dica: “Deixa a barba crescer”. Então Seu João pensou com carinho na proposta e no Natal seguinte já tinha ares de Bom Velhinho. Isso foi há 16 anos. Protagonizou a chegada do Papai Noel em Farroupilha por diversas vezes, se manteve a postos na casinha instalada na Praça da Matriz para receber os pequenos, passou por entidades, empresas, casas de família e interpreta o papel inclusive para os três netos: Nicole, de 19 anos, Vicente, de 2, e Joaquim, de apenas 1 ano. “Gosto de ser Papai Noel e desejo paz a todas as famílias”, exclama De Cesaro. No guardaroupa são quatro trajes natalinos para ir revezando durante o trabalho duro de Papai Noel. Aliás, conseguir um espaço na agenda desses personagens nessa época do ano não foi uma tarefa muito fácil para a reportagem, mas foi possível constatar que os Bons Velhinhos realmente não deixam na mão. Mas esse João tem outro ami-

go que também é Papai Noel e que é João também. Esse é João Luiz Possa, 67 anos, caminhoneiro aposentado e morador do bairro Imigrante. Tendo iniciado há pouco tempo nessa vida de missões natalinas, há apenas quatro anos, não tem folga na agenda e a preparação para a grande figuração acontece durante o ano todo. “Tem que ter a roupa certa, barba branca e comprida, além de bala para distribuir e ter essa alegria das crianças é essencial”, explica o Noel Possa. Achou que levava jeito para o papel quando uma menina de 2 anos o encontrou nas férias, à beira-mar e, pela barba branca, mesmo que curta, o chamou de “Papai Él”. Depois a moça da farmácia perguntou se ele era mesmo esse personagem. Então comprou os trajes adequados e começou. Hoje vai inclusive a Garibaldi, Nova Roma do Sul, em Farroupilha vai em algumas famílias, à Biblioteca Municipal Olavo Bilac e inclusive na sua própria residên-

cia, para as netas Ana Luiza, de 12 anos, e para Júlia que estreia no Natal, aos sete meses. Indispensável comentar que durante essa entrevista e sessão de fotos na Praça da Matriz, na última quarta pela manhã, por inúmeras vezes os trabalhos jornalísticos foram interrompidos por crianças eufóricas ao verem Noéis tão disponíveis. Ganharam balas e afagos. “Desejo a todos saúde e se sobrar um pouco de dinheiro também não faz mal”, brinca Possa. Esse time de Joões Noéis ganhou ainda um reforço com o pequeno João Miguel Colombo, 2 anos, que chegou de mansinho na Praça, atraído pelas figuras vestidas de vermelho e logo exclamou: “Vovô Noel”. Porque para ele, como explica a mãe Gilce Colombo, os de barba branca são mais velhos do que os papais. Quem sabe um futuro protagonista esteja em formação porque, pelo nome e pelo brilho no olhar, esse João já tem talento e com o tempo a barba branca vai chegar.


22

Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

Você sabe o que significam os

ritos de Ano Novo? Quem nunca vestiu branco, comeu lentilhas, pulou sete ondinhas ou fez qualquer outro tipo de ritual quando o relógio marcou 0h do dia 1º de janeiro? Os chamados rituais de Ano Novo são muito comuns no mundo todo e ganham destaque especial entre os brasileiros, que são um povo tradicionalmente religioso.

Mas, você sabe o que significam cada um destes ritos? Ao lado, informações precisas sobre cada uma destas simpatias para ajudar você a escolher os rituais que mais combinam com seu estilo e com seus planos para a chegada de 2019. Confira!

Comer carne de porco

Crença afro-brasileira. O porco cava a terra e onde há porcos, normalmente a terra é fértil. Ele fuça para a frente, ao contrário das galinhas e dos perus, que ciscam para trás, trazendo “retrocesso na vida”.

Comer lentilhas

Acredita-se que comer lentilha traz sorte, pois, como é um alimento que cresce, faz a pessoa crescer também. O costume de comer lentilhas na virada do ano teve sua origem com a deusa grega Deméter, protetora da terra. O nome significa “mãe do grão”, razão pela qual se relaciona à fartura de comida. Com o seu cozimento, os grãos aumentam de tamanho, o que significa crescimento, fartura.


Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

Romãs Uva

Vem de Dionísio, o deus grego do vinho. A uva morre e renasce em forma de vinho. É associada à prosperidade, sorte e renascimento. Deve-se comer a quantidade de grãos correspondente à quantidade de meses do ano, fazendo-se um pedido antes.

Louro na carteira

Uma das simpatias mais comuns feitas no Ano Novo para atrair dinheiro é a da romã. Chupe sete sementes na noite de Réveillon, embrulhe todas num papel e guarde o pacotinho na carteira para ter dinheiro o ano inteiro. A romã é uma fruta ligada à deusa grega Perséfone, que desceu aos infernos, comeu essa fruta e sagrou-se rainha dos mortos. Uns acreditam que atrai dinheiro, outros que dá imortalidade.

Esta simpatia está ligada ao deus grego Apolo. Deve-se colocar uma folha na carteira e conservá-la ali o ano inteiro A folha ajuda a trazer vitórias e lucros. Em Roma e na Grécia Antiga os louros eram usados para coroar os vencedores.

Usar roupa branca

Influência africana que atribui ao branco a representação da luz. Tem o significado de pureza e é a cor mundial da paz. Usá-la na passagem do ano mostra a predisposição para a paz e a purificação. Simboliza o renascimento no Réveillon: algo morre para que o novo renasça.

Pular sete ondas

Tradição africana que se incorporou ao umbandismo e ao candomblé. Na parte rasa do mar saltar sete ondas consecutivas. Significa limpeza e capacidade de vencer obstáculos. Iemanjá, a orixá do mar, fará a limpeza necessária e garantirá a força para superar obstáculos. O sete é um número considerado espiritual, referente aos dias da semana, chacras, etc...

23


24

Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

Árvore

merece atenção muito especial

A Árvore de Natal é uma das principais atrações nesta época do ano e por isso é preciso dar atenção especial na hora de montar este importante objeto de decoração natalina. A data recomendada para montar o pinheiro é dia 6 de dezembro, porém, muitas famílias acabam deixando para preparar a árvore nos dias que antecedem o Natal, para aproveitar as férias escolares e reunir todos: pais, filhos, netos e sobrinhos, para juntos cumprirem a tarefa de “montar o pinheirinho”. A primeira tarefa, e a mais importante, é escolher qual tipo de árvore irá utilizar: artificial ou natural. Se optar pela artificial você ainda pode escolher entre as árvores verdes e as brancas, que remetem ao Natal europeu. Lembramos que, mesmo que escolha uma árvore natural, que requer um recipiente adequado para o seu tronco e água, nada o impede de fazer uma linda decoração com papel de Natal ou com grinaldas. O pinheiro artificial, por sua vez, normalmente vem equipado com pés que o sustentam. Esses pés também podem ser cobertos com um tecido natalício, com musgo ou colocados dentro de um recipiente decorado. Após escolher o tipo de árvore, é preciso prestar atenção em alguns detalhes. Por isso, separamos algumas dicas que vão ajudá-lo a se preparar melhor para este importante momento que vai deixar sua casa muito mais colorida e aconchegante para a aguardada celebração.

Pinheiro passo a passo 1) Monte sua árvore no lugar definitivo, isso vai ajudar pois não precisará ser transportada para outros espaços. Verifique sempre se há tomadas por perto, para garantir que terá onde acender as luzes. 2) Abra bem todos os galhos da árvore antes de começar a colocar os enfeites, isso a deixará mais cheia e encorpada.

3) Comece a decorar colocando primeiro as luzes. A dica para facilitar é colocar de baixo para cima. Se a árvore ficar em algum canto, reforce as luzes na parte da frente, onde todos poderão ver. 4) Os sinos podem ser colocados até a metade da árvore, de baixo para cima. 5) Após os sinos, é a vez de colocar as bolas decoradas. Coloque-as entre os sinos. 6) Com sinos e bolas prontos, é a vez

de colocar os demais enfeites: laços, sapatinhos, flocos de neve, o que mais você tiver para colocar. Espalhe sempre bem os artigos nos espaços livres, equilibrando a decoração por toda a árvore. 7) Para finalizar, coloque um enfeite mais imponente no alto. Pode ser um grande laço ou uma estrela dourada ou prateada, e dê um toque final com um colar metalizado.


Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

Guirlandas

dão verdadeiro charme

Se o pinheiro é o principal atrativo do Natal, a guirlanda é o primeiro elemento a ser visto por todos que chegam ao lar ou passam em frente à porta da casa. É ela que mostra se aquele lar está ou não em clima de Natal. Por isso, a dica é investir sempre em uma guirlanda para a porta da frente. Há diversos modelos fáceis de serem feitos em casa. Elas podem ser feitas com papel de jornal, sacola plástica, tecido e fitas.

O que você precisa * Arame * Jornal * Sacola plástica de supermercado * Juta

* Fitas largas e finas * Fuxico * Cola quente * Fita adesiva

Modo de fazer 1) Faça um arco com o arame. 2) Enrole as folhas de jornal em volta do arame até chegar ao volume desejado. Passe a fita adesiva ao redor, para o jornal não abrir. 3) Abra a sacola de supermercado e passe ao redor do jornal, para proteger o papel. 4) Enrole a juta em toda a guirlanda

para fazer o fundo. 5) Agora passe a fita larga em volta, deixando o espaçamento desejado. 6) Após, cole os fuxicos e laços menores com cola quente. 7) Para finalizar, faça um laço grande e cole com cola quente em cima. Faça a parte de pendurar e pronto!

25


26

Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

Sonhe, planeje e Final de ano, correria para comprar presentes, dar conta do trabalho, dos estudos, da casa, dos filhos e ainda organizar as festas com os familiares e amigos. Todo ano a rotina é a mesma, e depois que esse turbilhão de atividades chega ao fim é hora de parar e planejar o ano que se inicia. Quem nunca fez uma lista de metas a cumprir no próximo ano? Emagrecer, comprar um carro novo, ir para a faculdade, parar de fumar, fazer aquela sonhada viagem para o exterior, ler mais, ter mais lazer, encontrar um grande amor... Não importam quais são os sonhos e planos de cada um, o que é fato é que cada pessoa já traçou, ou ao menos tentou traçar, metas para uma vida diferente com a chegada de um novo ano. Mas muitas delas, muitas mesmo, chegam à metade do ano sem ter colocado em prática nem 10% das metas traçadas. E é para ajudar você a não fazer parte deste percentual que nossa equipe que separamos algumas dicas para que você consiga fazer acontecer cada prioridade que for estabelecida para este ano de 2019.

faça acontecer Anote suas metas

Pegue um bloco de papel e caneta e anote tudo, mas tudo mesmo, que você gostaria de fazer neste novo ano. Descarregue sua mente. Tire as ideias do imaginário e torne-as real. Essa é uma forma de você ter uma visão mais ampla de tudo o que precisa ser feito e facilitar a organização de prioridades.

Separe metas por segmentos

Depois que os objetivos para o novo ano estiverem traçados, separe-os por segmentos. Por exemplo: metas para a vida profissional, metas para a vida pessoal, metas para a vida acadêmica, metas para a vida amorosa. E por aí vai! Coloque cada uma das suas prioridades nos segmentos ou categorias adequadas.


Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

Defina suas prioridades

Com as metas divididas em categorias, é hora de definir o que é prioridade para você. Saber o que deve ser feito primeiro ajudará na hora de colocar os planos em prática. Defina o que é essencial ser executado para que você se sinta realizado quando chegar ao final do ano e olhar para sua lista de metas cumpridas. O que você realmente precisa ou quer fazer?

Execute-as

Separe no máximo três metas de cada segmento da sua lista e mãos à obra. Defina como você vai colocar estas metas em prática. Trace objetivos. Defina quais metas você pretende cumprir até o final do primeiro semestre e quais podem ficar para o segundo semestre. Concentre-se e mantenha o foco em fazer acontecer as metas definidas como prioridade.

Faça uma revisão semanal das metas E para que estas metas sejam realmente executadas, deixe-as em um local visível para que a cada nova semana você lembre que tem metas e prioridades para este novo ano que se inicia.

Consciência e determinação ajudam

na hora da mudança

Para fazer acontecer suas metas de Ano Novo não há fórmulas mágicas. Segundo os psicólogos e especialistas em comportamento humano, a organização ajuda, mas é preciso ter consciência de que realmente quer realizar estas metas e muita determinação para colocá-las em prática. Uma sugestão dos especialistas é dar prêmios a si mesmo a cada vez que uma meta é cumprida. Uma viagem, uma nova roupa, um novo sapato, uma ida ao cinema, qualquer prêmio pode ser motivador para continuar focado nas metas estabelecidas. E se chegar ao final do ano e as metas não tiverem sido alcançadas? Daí então é hora de parar e planejar tudo de novo. O fracasso não deve ser motivo de desânimo, mas de aprendizado. Se o planejamento das metas não ajudar a tirá-las do papel é hora de, novamente, parar para avaliar em que parte do caminho os objetivos ficaram para trás.

27


28

Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

Afonso Henrique Lira Colombo

Agatha Fontoura

Alice B. Barth

Alice Bellaver Rodrigues

Alice Calera

Alice de Oliveira

Alice Poletto dos Santos

Amanda Rambo

Ana Clara Schiavo de Azambuja

Ana Laura Brum Lima Sampaio

Ana Luiza Rodrigues

Andréia C. Balbinot

Angelina de Ramos Crema

Angelo C. Manfroi

Anna Clara S. Dal Magro

Anthony Pereira Roballo

Antonela Bratz Goya

Antônio Rasera Maso

Arthur Auderle

Arthur Baggio

Arthur Bartelle Heineck Borges

Arthur Lunardi Kosvoski

Arthur Mendes Gülden

Arthur R. Borsoi

Arthur S. Sgarabotto

Arthur Trindade dos Santos

Artur Bernardo Dutra

Augusto Busetti Basso

Augusto Haefliger

Aurora Casagrande Martins


Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

29

Beatriz B. Chiarini

Benício Barbieri Tamagno

Benício Cofferri Rodrigues

Benjamin Bogo Picoli

Benjamin Coinaski Gardini

Bernardo Berton Chiomento

Bernardo Consorti

Bernardo Dal-Prá Fagherazzi

Bernardo Knorst Fontanella

Bernardo Maria de Oliveira

Bernardo Soares Machado

Bernardo Zarpelon de Souza

Betina da Silveira Chaves

Bianca Bohm de Cesaro

Blanda Vianna

Bruno B. Maffei

Bryan de Souza

Caetano B. Brunet

Caio Lunardi

Caio Maino Wartha

Carlos Eduardo Bertollo

Carlos Eduardo F. de Lima

Catarina Magnaguagno Ott

Cecília Bonaci Magnabosco

Cecília Cora Licio der Oliveira

Cecília Fabrissio Robaldo dos Santos

Cecília Mantovani

Cecília Pereira Marcon

Cecília W. de Mello

Cecília Z. Silvestri

Clara da Mata Antonio

Cristal Barretti da Silva

Davi Gregolin Balbinotte

Davi Henrique Lemos

Davi Lucas Miranda


Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

30

Davi M. Guilden

Davy Brun Moschetto

Djúlia Rafaela Araldi Soares

Eduarda M. Nicoletto

Eduarda Mendes Andrade

Eduarda S. Dal Magro

Eduarda Spuldaro Capovilla

Eduarda Zanandréa Nunes

Eduardo das M. Konrad

Elisa T. Xavier

Emanuelly De Bona

Enrico V. Balbinot

Enzo C. Teixeira

Enzo de Jesus Kornowski

Enzo Gabriel de Jesus

Enzo Moises Rodrigues

Enzo Ross Brancher

Érika De Conto

Estevan Chiele

Felipe D. M. dos Santos

Felipe S. Carvalho

Fernanda F. Bortolotto

Fernanda Telles Hepper

Fernando Vetorazzi

Flávia Fernandes Lima de Oliveira

Francisco Fedrigo Lisboa

Francisco Turcati Vargas

Franscisco Marchetto de Farias

Gabriel Bondan

Gabriel Dama Lorenzi

Gabriel dos Santos Castro

Gabriel R. Frassetto

Gabriela C. de Cesero

Gabriela F. de Oliveira

Gabriela M. Pegoraro


Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

31

Gabriella S. Debiazi

Germano Portolan Pessin

Germano Rachor

Giovana Padilha Bacchi

Giovana V. de Oliveira

Guilherme Dresch Branco

Guilherme F. Ch. Breda

Guilherme Kaique Sousa Miranda

Guilherme Mantovani Dal Pizzol

Guilherme Ritter Bagatini

Guilherme S. Carvalho

Guilherme Tofolo

Guilherme Zilles

Helena A. Borges

Háila De Pariz

Helena Campanholo Ferrari

Helena Zaffari Sachet

Heloísa Busetti Lottermann

Henrique Penso Faganelo

Henrique Rizzon Sebben

Henrique Spinelli Trevisan

Isabela Calera Puhl

Isabela Tres Arsego

Isabele Donadel Portella

Isabella da Costa Schimitz

Isabella Gasperin

Isadora C. Marques

Isadora Lunelli

Isadora P. P. Dias

Izadora M. Dal Pizzol

Izadora Toledo Costa

Jeferson Krefta Oliveira

João Augusto Louge Benvegnu

João Gabriel Telles Hepper

João Paulo de Castro


Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

32

João Pedro Bortolotto Pedó

João Vitor Noal

João Vitor P. da Silva

Joaquim Bartaioli Dal Pizzol

Joaquim de Oliveira

Joaquim Fagherazzi Bottezini

Joaquim P. Lima

José Antônio Turcati de Souza

Júlia Bettoni Zanchet

Júlia Bonzanini Piaia

Júlia Monteiro Cardoso

Júlia Provensi

Júlia Slaiffer Gadelha

Julia Tomazi Buratti

Júlia Zanchett

Kevin Fanton

Laura C. Basso

Laura Comin Rossetto

Laura Galafassi

Laura Rosin Trevisan

Lauren Tamanini Broch

Lavínia Bortolossi

Lavínia Kömmling Vilela

Leonardo Gael Canziani Lautert

Leonardo Palavro

Leonardo S. Silvestrin

Letícia Mangini Colombo

Lívia Fernandes

Lorenzo Nazário

Lorenzo R. Castaldo

Lorenzo Tamanini Broch

Louise Gambato Soares

Louise Yanni Fabro

Lucas Bianchi

Lucas Somacal Giacomel


Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

33

Luísa K. Tossin

Luiza Corassa

Luiza G. Gracelli

Luiza Girotto Grazziotin Kubiak

Maitê Müller

Manuela Borges de L. Brando

Manuela da Cunha Molon

Manuela Dresch Branco

Manuela Zabot

Manuella S. Mancalossi

Marcos Vinicius Oliveira

Maria Alice G. Cervelin

Maria Antônia Colombo

Maria Berzoini Grossi Matias

Maria Clara Tassotti Gaviraghi

Maria Eduarda Cezar

Maria Eduarda Pasa

Maria Eduarda R. Bressiani

Maria Elisa Peroni

Maria Fernanda R. Ribeiro

Maria Luísa Gervasoni Fransa

Maria Luiza Ferri

Maria Luiza Girelli Capra

Mariana Cagliari Bozzetti

Mariana F. Bellaver

Mariana Prevedello

Mariana Zucco

Marina de O. Dias

Marthina Gobeti

Martim Dupont Turra

Martina B. de Freitas

Martina Bratz Goya

Martina Corá Custódio

Mateus D. B. de Brito

Mateus H. Bosqueiro


Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

34

Matheus Machado Guerra

Miguel Benedetto

Miguel Boldori Guarese

Miguel Cogo Narvaz

Miguel da Silva Nunes

Miguel Eichner

Miguel Tassotti Gaviraghi

Miguel Volpatto

Milena Barbosa Silva

Milena Machado da Silva

Miquéias de Freitas Leal

Miriã Pedroso

Natália G. Bonfanti

Natalia Guilden Boessio

Natália Taschetto Bartnick

Nathália W. de Mello

Nicolas Gabriel Kempka

Nicolas Hendges

Nicolas Machado Guerra

Nicolas Riboldi

Nícolas Walter Machado

Nicolly C. Ribeiro

Pedro Bastos Bark

Pedro Diettrich

Pedro E. Kunzler

Pedro Facchin

Pedro Henrique Chieli Damin

Pedro Henrique F. da Silva

Pedro Lucas Stroeher

Pedro P. S. Cenci

Pedro Schiavo de Azambuja

Rafaela Silvano Celant

Ricardo Pavloski

Rodrigo Cassol Lopes

Rodrigo Kanno Pinheiro


Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

35

Samuel Bohm Gobeti

Saymon Ditadi Miranda

Sofia C. Pegoraro

Sofia Kopp

Sofia V. da S. Cardoso

Sofia Zamboni

Sofie Bossle Macedo Cousseau

Sophia de Pra Meller

Sophia Lorenzi Perosa

Sophia Saqueti de Paula

Stéfani Ballet Zanchet

Tayla Heloise Wouters Gomes

Thayla Vitória Guiel

Théo B. Madalosso

Théo Casanova Hendges

Théo Fim Girelli

Thiago Fontanella Peccin

Valentina Amorem Weber

Valentina Gnoatto

Valentina M. dos Santos

Valentina Peroni Rossi

Valentina Pimenta Constante

Valentina Souza Marchesini

Valentina Tres Peccin

Vicente Bonett

Vicente Colombo Marques

Vicente Riboldi

Victor Gosenheimer

Victória Luiza B. Romani

Vinicíus Guerra Moreira Bedin

Vitor Lima de Oliveira Gomes

Vitor Mussoi Giacomin

Vitória Morello

Wesley Willian D. Ferrari

Yasmin de Lima


Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

36

Alice Ferreira da Silva

Alice Vitoriano Colombo

Allana Teribile Neis

Amanda Dorneles da Silva

Ana Clara Pertile

Ana Cristina Biasoli Fagherazzi

Ana Luísa Lessen

Ana Vitória dos Santos Kich

Anna Laura Lora

Anna Luiza Felicetti Graff

Anthony Pietro do Nascimento

Antonella Barbanti Cemin

Antoni Scarton Cruz

Antônia Soler Caliari

Arthur Cipriane Costa

Arthur de Moura da Silva

Arthur Piccinin

Benjamin Leite

Bernardo Ferreira

Bernardo Maders

Bernardo Possa Tres

Bernardo Rigo Finatto

Bianca Contini

Breno Karczeski Durand

Breno Sosti da Silva

Catarina Onzi

Cecília Possa Tres

Davi Lucas Correia dos Santos

Ellen Teribile Neis

Emanuel Monteblanco

Emily de Ramos de Almeida

Enzo Gabriel da Rosa de Oliveira

Enzo Gabriel de Andrade Antunes

Enzo Guidali

Enzzo Eduardo Leite

Gabriel Leite


Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

37

Gabriel Polesi

Gabriela Minuso Maciel

Guilherme Colussi

Gustavo Henrique Paludo

Helena Benatti

Helena da Silva dos Santos

Henrique Ferreira

Isabela Dorneles Ramires

Isabele Groff

Isabella Pasa Rodrigues

Isabella Pellenz Silveira

Isabelli Cristofoli

Isabelly Menti

Isadora Rocha

Isadora Victória Bassotto Cota

João Pedro de Pontes Pozza

João Vicente Ferreira

João Victor Bugs

Joaquim Bertoldo Richetti

Joaquim De Cesaro

Lara Beatriz Strapazzon

Lívia Tenedini

Lorenza Chiele Bortolozzo

Lorenzo Bengoechea Garibaldi

Luísa Lipreri Araldi

Luna Santa Catarina Zucolotto

Manuela Bellaver

Manuela Bombardeli Casa

Manuela Calderoli da Silva

Manuela Panizzi Gularte

Manuela Prestes

Manuella Soprana Mancalossi

Maria Clara de Oliveira da Rosa

Maria Heloísa Bandeira da Silva

Maria Luiza Lazzari Baggio


Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

38

Maria Sofia Martins Brites

Maria VItória Cardoso Pinheiro

Maria Vitoriano Colombo

Mariana Meggiolaro

Marianne de Moura da Silva

Martin Donati Finimundi

Martina De Cesero Trevisan

Mateus Chesini Rigoni

Mateus José Anselmi Guizzo

Maurício Colombo Perine

Melina Heineck Sobierai

Miguel Donati Finimundi

Miguel Fernando Cecchin

Miguel Rech de Mello

Miguel Ziero

Milena Verona Toffolo

Natália Marchetto

Nicolas Camillo Chieli

Pedro Henrique Bertollo

Pedro Polesi

Pedro Ricci Heineck


Farroupilha, 21 de dezembro de 2018

Rafael Prezzi Soares

Rafaela Karczeski Durand

Sophia Emanuelly B. Santos

Sophia Mendes Schmitz

Vicente Bellaver

Vicente Bertoldo Richetti

Sofia Antohaki Balbinot

ThĂŠo Acosta

Victor Caetano de Fontoura

Sofia Einsfeld Vidal

Theo Contini

Sofia Guidali

Theodora Chiele Bortolozzo

VinĂ­cius Panizzi Gularte

Valentina E. Silva Moreira

Vitor Guerra Carvalho

Sofia Pellenz Silveira

Valentina Hamburgo dos Passos

Yan Mendes Ruchel

39

Sofia Vaccari Trentin

Valentina Ribeiro Marchet

Yasmin dos Santos


Profile for Informantef Informantef

Edição 569  

Edição 569  

Advertisement