__MAIN_TEXT__

Page 1

FARROUPILHA

|

ANO XI

| EDIÇÃO 565

| 23 DE NOVEMBRO DE 2018 |

R$ 3,00

Espetáculo do Grupo Tholl ocorre MATÉRIA ESPECIAL no último dia de Expo Farroupilha, Grupos culturais reconhecidos levando o encanto do circo para a Fêmina, Leandro Ávila e Família e Nei Tempi del Filó serão homenageados Arena de Shows Inside, página 3 Páginas 2, 4 e 5

SAÚDE

Dieta Mediterrânea para seguir Chef Alexandre Reolon palestra sábado sobre alimentação e longevidade na Expo Capa

Divulgação

Vibrante e mágico Exotique


2

FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018

FÊMINA ESCOLA DE DANÇA

Movimentos que revelam amor pela dança A Fêmina receberá um dos prêmios de Destaque Cultural de Farroupilha, na noite de segunda, na Câmara de Vereadores Arquivo Fêmina Escola de Dança

Reconhecimento Coordenada por Fabiana Corá, a escola, que já se apresentou até nos Estados Unidos e recebeu diversos prêmios, agora possui mais um: Destaque Cultural de Dança em Farroupilha

Yasmin Signori Andrade yasmin@jornalinformante.com.br

A

Fêmina Escola de Dança foi uma das agraciadas com o prêmio de Destaque Cultural, promovido pela Câmara Municipal de Vereadores. Fabiana Corá sempre teve o sonho de ter sua escola de dança. Quando fundou a Fêmina, há 23 anos, e começou a ter suas alunas, Fabiana descreve a conquista como e realização de muito trabalho. Na segunda, às 18h, diretora e alunas subirão no palco para receber o prêmio de Destaque Cultural em Dança

no Plenário do Poder Legislativo. “Dançar é minha vida, é poder ser vários personagens, poder voar, ser quem você quiser apenas trocando a música ou coreografia. É ter o dom de poder emocionar as pessoas que estão à sua volta”, descreve a idealizadora da Fêmina, onde ensina jazz, ballet, jazz fitness e funk jazz. Além dos festivais de fim de ano, apresentando tudo que foi feito durante a temporada, o grupo vai para concurso e apresentações em diferentes locais. Bento Gonçalves, Porto Alegre, Joinville, Salvador e até mesmo as americanas Orlando e Los Angeles foram as cidades em que as bailarinas já levaram sua arte. Além

disso, a escola recebeu diversos prêmios nos concursos que participou, incluindo o de Melhor Escola do Sul em Dança, conquistado quatro vezes. A Fêmina também foi a primeira escola da Serra Gaúcha a ser convidada para dançar nos palcos da Disney, em Orlando. Desde lá, as bailarinas se já apresentaram na Califórnia e, em um futuro próximo, chegarão aos palcos de Hong Kong. “Nunca pensei que fôssemos tão longe. Aqui somos apenas a Fêmina, mas quando chegamos nos concursos fora da cidade e percebemos que estamos no mesmo patamar que as grandes escolas de dança, assusta um pouco. Trabalhamos muito para estar

onde estamos”, declara Fabiana. Atualmente composta por quase 100 bailarinas, de diversas idades, a instituição de dança não ensina apenas movimento e expressão, mas também construção de responsabilidade, de amizades e aprendizados. Disciplina, trabalho em equipe e entender que nada é impossível são algumas das lições aprendidas na academia. “Foi um susto receber o prêmio, não sabia, nem imaginava. Estou muito orgulhosa de ser Destaque Cultural e saber que tudo que fizemos está no caminho certo. Esse prêmio é para as minhas alunas, que amam a dança e fazem tudo de coração”, afirma Fabiana.


4

FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018

LEANDRO ÁVILA E FAMÍLIA

Berço musical dos Ávila Clã, que reside em Caravaggio, também será homenageado com Certificado Destaque Cultural na Câmara de Vereadores Divulgação

Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br

A

família Ávila tem veia musical. O patriarca Leandro (violão e voz) influenciou a esposa, Daiane Peglow Ávila (voz) e os quatro filhos: Mariana, 18 anos (flauta e voz), João Miguel, 12 anos (acordeão Bayan), Maria Ester, 10 anos (violoncelo e canto) e Gabriela, de 7 anos (canto). Pelo trabalho de destaque, a Câmara de Vereadores confere, na próxima segunda, em sessão solene, o Certificado Destaque Cultural para Leandro Ávila e Família, na categoria Música. O casal de músicos é natural do Sul do Estado e há 12 anos está na região. Daiane nasceu em São Lourenço do Sul, já Leandro, Mariana e João Miguel são de Camaquã. Maria Ester e Gabriela nasceram em Farroupilha. O patriarca desde jovem tocava e cantava, mais uma vez herança de família, junto ao avô Marçal Lopes. Envolto pela música tradicionalista, se dedicou também às canções religiosas. Quando o casal já residia em Farroupilha é que Daiane começou a acompanhar o marido nos cantos durante as missas no Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio, depois foi a vez dos filhos. “As coisas foram acontecendo de forma muito natural, a música é algo maravilhoso que nos envolve e nos apaixona, temos esta certeza ao olhar para nossos filhos que foram se envolvendo e gostando”, considera Daiane. A família, junto com amigos, mantém o projeto Entre Céus e Bastos, um

Músicos a postos Família Ávila na sua composição musical que vem recebendo reconhecimentos, desta vez com o Certificado Destaque Cultural

trabalho de música regional, que visa unir a cultura gaúcha e a forma do povo rio-grandense de vivenciar sua fé. Em 2011 foi lançado CD de mesmo nome pela gravadora Vozes, indicado ao Troféu Louvemos o Senhor, no Prêmio Nacional da Música Católica, alcançando projeção nacional. Por este trabalho o grupo se apresentou na Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro, em 2013, sendo o único do Estado. Em 2014 veio a sequência com o CD Herança, resultado de um crescimento poético, musical, tendo participações de artistas de renome como Jairo Lambari Fer-

nandes, Renato Borghetti, Mano Lima, Sueli Façanha, entre outros, parcerias que validam a qualidade e reconhecimento de mais este trabalho. “A música é algo que nasce naturalmente, não é preciso forçar, ela é fluente. Música significa momento de encontro da família, quando estamos ensaiando, estudando, vivemos momentos de aprendizado, de correção, de disciplina, mas também de descontração, de alegria e lazer, nos expressamos através dela”, considera Leandro. “Receber este reconhecimento da Câmara é uma prova da acolhida especial que tivemos desta cidade tão que-

rida e composta por pessoas muito especiais. Somos gratos a Deus por tudo que ele providenciou, nos deu grandes amigos que nos acolheram desde o primeiro dia quando chegamos em Caravaggio e hoje são como nossa família. Foi uma grande surpresa e uma alegria ainda maior”, considera o patriarca músico que é ainda radialista e assessor de comunicação do Santuário Diocesano Nossa Senhora de Caravaggio. Com repertório bem diversificado, os Ávila apreciam ritmos regionais, gauchescos, latino-americanos, católico e Popular Brasileiro. Definitivamente, uma casa com DNA feito de cifras.


5

FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018

NEI TEMPI DEL FILÓ

A marca da alegria e do encontro Grupo recebe homenagem pela perpetuação das tradições, música, dialeto, do folclore e cultura dos imigrantes italianos Divulgação

Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br

E

les não passam despercebidos, a alegria pronuncia-se de longe. Também não são silenciosos, as passadas vem com cantoria, vestimenta típica e a simpatia que conquista o público. Esses são um dos grandes representantes da identidade farroupilhense: Grupo Cultural Nei Tempi del Filó, um dos homenageados na Câmara de Vereadores com o Certificado Destaque Cultural, na categoria Folclore, em sessão solene que será realizada na próxima segunda, às 18h. São 45 associados à entidade e cerca de 25 que efetivamente participam das apresentações do grupo. Fundado pelo radialista Ricardo Ló há 23 anos, com o primeiro encontro em Linha Julieta (1º Distrito), na casa de Antônio Pasa, iniciou de maneira informal, revivendo um hábito dos imigrantes italianos que era promover encontros para cantar e partilhar pratos típicos. Hoje já tem a Associação Cultural Nei Tempi del Filó, fundada oficialmente em 2002. “O propósito é se encontrar, cantar, saborear a gastronomia italiana. Desenvolver ações que valorizem a cultura italiana, a identidade desse povo”, considera o jornalista Leandro Adamatti, presidente do grupo pelo terceiro mandato. A instituição conta com sede própria, no bairro São Luiz, contruída em terreno cedido pela prefeitura em 2005, por meio de permissão de uso, onde promove almoços e jantares para angariar recursos e

Fiéis representantes da cultura italiana Até nos momentos de folga o grupo não deixa a música e a caracterização de lado, como neste passeio, de férias, a Santa Catarina

manter suas atividades. Em comunidades do interior, festas como o Encontro das Tradições Italianas (Entrai), Fenakiwis e agora Expo Farroupilha são presenças marcantes, além de eventos em outras cidades como Arroio do Sal, Gramado, na Festa da Uva, em Caxias do Sul, também já estiveram na Assembleia Legislativa do Estado e no Palácio Piratini, em Porto Alegre. “O princípio do Filó é as pessoas se encontrarem, levar algo para partilhar, cantar, conversar. Somos muito

requisitados aqui em Farroupilha e fora do município e uma das grandes marcas do grupo é a espontaneidade: fazer festa e interagir com as pessoas. Tem o calor humano, a acolhida”, considera Adamatti, lembrando ainda que o primeiro presidente foi Agostinho Basso. Sobre o reconhecimento na Câmara de Vereadores, o grupo recebeu a notícia com entusiasmo e ainda mais animação. Aliás, logo após a cerimônia haverá recepção na sede da entidade (Vitório Dal Monte, 790) para um

grande filó de comemoração. “Muito importante, uma alegria que não dá para dimensionar. Ver o grupo sendo reconhecido, isso não tem preço”, considera o presidente, satisfeito com a distinção que vem para os integrantes, reconhecidos como mantenedores das tradições, afinal, o que é mais legítimo para os italianos do que o encontro, a música e uma mesa farta? Só mesmo a alegria para caracterizar ainda mais esses momentos de filó tão cheios de histórias e sabores.


6

FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018

Cuidados do consumidor na Black Friday Ismael Moisés de Paula Junior *

A

Black Friday, evento varejista de origem norte-americana, famoso pela concessão de descontos vultuosos, ocorrerá no Brasil nesta sexta, tendo por principal cenário o comércio digital. Mesmo que no Brasil os descontos não costumam ser tão atrativos como nos Estados Unidos, a Black Friday tem se expandido em território brasileiro, contando com a adesão maciça das grandes empresas do comércio varejista nacional. Com a proximidade de tal evento, bem como das compras de finais de ano, o consumidor deve redobrar os cuidados com as compras realizadas por meio virtual, pois muito embora o e-commerce já tenha se solidificado ao longo dos últimos anos no Brasil, especialmente pela difusão acentuada da internet e de aparelhos eletrônicos (smartphones, tablets e computadores), em todas as regiões do País, o consumidor deve ficar alerta para não cair em ciladas provenientes do comércio digital. Neste sentido, sugere-se que pesquise antecipadamente o preço dos produtos ou serviços que deseje adquirir no dia do evento, possibilitando, assim, um efeito comparativo para saber se os descontos ofertados na Black Friday realmente são reais. Em se tratando de falsa oferta de desconto, o consumidor deve acionar

os órgãos de proteção do consumo, como o Procon, para denunciar as empresas que estão forjando as benesses que deveriam conceder para participar do evento. Além de verificar a veracidade dos descontos, que em boa parte são ilusórios, o consumidor também deve ficar atento quanto à procedência das lojas virtuais, especialmente para evitar transtornos e ocorrências de fraudes. Vale frisar que qualquer website que promova vendas na internet deve obrigatoriamente disponibilizar informações claras a respeito do produto, serviço e do próprio fornecedor. Exige-se, também, a facilitação do atendimento ao consumidor, bem como respeito ao direito de arrependimento. Em caso de compras realizadas em websites pouco conhecidos, recomenda-se que o consumidor, antes de finalizar a transação, busque referências confiáveis a respeito do fornecedor do produto ou do serviço ofertado, especialmente nos casos de promoções extremamente vantajosas, onde há um risco maior de ocorrências de fraudes. Recomenda-se, ainda, que o consumidor imprima todas as telas e documentos necessários à confirmação da efetividade da operação realizada na internet, visto que tais impressos futuramente poderão ser utilizados para embasar possíveis reclamações ou até mesmo demandas judiciais. * Advogado e especialista em relações de consumo


7

FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018

A visibilidade para a expansão Projeto que gerou uma série de benefícios à população de baixa renda e ao meio ambiente, o Solidare: Farmácia Solidária, idealizado e capitaneado no município pela primeira dama Francis Somensi, foi destaque nesta semana, na Comissão Mista de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, em Brasília. Veja mais na Editoria de Política, página 13. O tema sobre logística reversa de

medicamentos tramita no Congresso Nacional desde 2011, sem que a questão avance a ponto de produzir algo de positivo ou uma legislação que beneficie a sociedade e regulamente a matéria com seus diversos atores envolvidos, da indústria farmacêutica aos governos. Justamente por conta disso, o case da Solidare mereceu destaque. Futura integrante do Palácio Far-

roupilha, Fran já manifestou seu desejo em fazer com que a prática, tão bem-sucedida em Farroupilha, consiga ser ampliada para a esfera estadual e, quem sabe, até mesmo a federal. Sua ida a Brasília certamente abrirá portas para que a questão seja avaliada de uma melhor maneira, ou seja, com foco direcionado aos seus reais beneficiários, via de regra, colocados em último plano no cenário político.

O exemplo farroupilhense é simples, de fácil implementação e com um retorno inestimável para a sociedade. O entrave é a falta de vontade política e interesses escusos pelo caminho. Se eles forem removidos, e a renovação política indica ou pelo menos sugere essa possibilidade, a chance deste e de outros projetos virarem iniciativas de sucesso é enorme. Quem ganha é a população.

OPINIÃO

Uma vida dedicada à política Yeda Crusius * A boa política é a bússola da minha vida. Praticada dia a dia há três décadas. Durante o período da Constituinte, em 1988, criamos um partido que mudaria os rumos do Brasil. Eis a razão da existência do PSDB. Nascemos da sensatez de professores, intelectuais, inquietos e desapontados pela forma irresponsável com que a política nacional era conduzida. Hoje, percebo-me diante do mesmo espírito e cenário: urge a necessidade de reformarmos o País para o resgate da dignidade do brasileiro. Como economista, há tempos estudo teorias sobre a ordem dos ciclos. Condição não somente aplicada à Economia, mas a própria evolução humana que se transforma através deles. O fim de uma etapa cria condições e oportunidades para

o raiar de uma próxima fase. A minha trajetória é exemplo. Em 1992, lembro bem, deixava de ser professora universitária e comentarista de TV para mergulhar de cabeça na política. E nunca me arrependi disso. “Longe das benesses oficiais, mas perto do pulsar das ruas, para fazer germinar novamente a esperança”, era esse o lema tucano desde a sua fundação. Me senti plenamente envolvida com a proposta. Os ideais do partido comungavam com os meus valores. Depois do impeachment de Collor, era preciso assegurar a governabilidade de Itamar Franco. E ele me fez um convite: ser ministra de Planejamento e Orçamento, em 1993. Aceitei sob o compromisso de construir um plano de combate à inflação. Essa era a pauta da época, como hoje é a segurança. Depois, FHC assumiu a Fazenda e nas-

Índice

Editorial

Matéria Especial....................................... Páginas 2, 4 e 5 Editorial e Opinião.................................. Página 7 Economia ..................................................... Página 8 Cidade .......................................................... Páginas 10 e 12 Política ....................................................... Página 13 Educação..................................................... Página 14 Esporte........................................................ Página 15

Inside

Especial ....................................................... Capa Cinemas ........................................................ Página 2 Teatro .......................................................... Página 3 Gustavo Pimentel ..................................... Página 4 Agenda ......................................................... Página 4 Guilherme Macalossi .............................. Página 5 Comportamento ........................................ Página 5 Social ........................................................... Páginas 6 e 7 Egui Baldasso............................................ Página 8 Literatura................................................... Página 8 Música .......................................................... Página 9 Lauro Edson Da Cás ................................. Página 9 Sétima Arte................................................. Páginas 10 e 11 Horóscopo ................................................. Contracapa Saúde, Beleza & Estética...................... 4 páginas Classificados .......................................... 8 páginas

cia o Plano Real. Ali, renascia o Brasil. Foram três mandatos consecutivos como deputada federal. Nunca me calei. Sempre enfrentei desafios, comprei brigas em favor do bem coletivo. Foram temas caros, porém necessários para garantia de um futuro sustentável. Decidi ser candidata ao governo gaúcho. Cheguei na frente no primeiro turno e venci Olívio Dutra no segundo, com 51,5% dos votos. Fizemos história: fui eleita a primeira mulher a governar o Rio Grande do Sul. Foi uma gestão difícil, mas vencemos. Encaramos com coragem os problemas de frente e depois de 38 anos colocamos as contas em dia. Reequipamos toda a polícia, obras históricas de infraestrutura foram entregues, o Rio Grande do Sul figurava no mapa dos mais desenvolvidos do Brasil. Quando retornei à Brasília, em 2016, vi o PSDB rachado ao meio.

Redação - redacao@jornalinformante.com.br Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br Ramon Cardoso ramon@jornalinformante.com.br Yasmin Signori Andrade yasmin@jornalinformante.com.br

Comercial - comercial@jornalinformante.com.br Camila de Lima Alves camila@jornalinformante.com.br Fabiano Luiz Gasperin gasperin@jornalinformante.com.br Maria da Graça Potricos Leite maria@jornalinformante.com.br

Anúncios - anuncios@jornalinformante.com.br Marcelo Bortagaray Mello marcelo@jornalinformante.com.br Tiago Rodrigues da Silva tiago@jornalinformante.com.br

Financeiro - financeiro@jornalinformante.com.br Keli de Almeida Maciel keli@jornalinformante.com.br

Sem unidade e sem paz – não conseguimos chegar ao Planalto e Jair Bolsonaro foi eleito. Ele falou a língua das pessoas. Os votos de antipetismo foram vitoriosos. Fim de ciclo, portanto, para o PT. Com ele, o de outras legendas tradicionais, como o PSDB. É necessário aprender na dor e com serenidade enfrentar a reconstrução. A política sabe que somos um partido necessário para o amadurecimento social. Celebro hoje a vitória de Eduardo Leite, convicta de que seguirá nossos princípios de trabalho, honestidade e resultado. As sementes da recuperação estão na recessão, e vice versa. Eis um novo ciclo para a política, para o Rio Grande e para o Brasil. A mudança está feita. Boto fé no futuro e nas pessoas. O amanhã dirá. * Deputada federal pelo PSDB e ex-governadora do Rio Grande do Sul

Assinaturas - assinaturas@jornalinformante.com.br Assinatura Bienal: R$ 240,00 Assinatura Anual: R$ 140,00

Telefones (54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203

Endereço Rua Dr. Jaime Romeu Rössler, 348, Bairro Planalto

Colunistas Crônicas da Redação Dolores Maggioni Egui Baldasso Fabrício Oliboni

Guilherme Macalossi Gustavo Pimentel Lauro Edson Da Cás Paulo Roque Gasparetto

A manifestação dos colunistas é livre e independente e não necessariamente reflete a opinião do Tabloide sobre os temas abordados nas colunas

@PaperInformante www.jornalinformante.com.br

/jornalinformante


8

FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018

ATUAÇÃO SOCIAL

Bigfer premiada por práticas sustentáveis BigAprendiz e BigBaby foram reconhecidas no Prêmio Supplier Quality Award, ocorrido em São Paulo Prêmio de Sustentabilidade para Fornecedores da Whirlpool Corporation. Nossas escolas BigBaby e BigAprendiz garantiram o destaque, a partir do impacto social intrínsecos ao seu trabalho, pois acreditamos que a educação transforma. Além disso, essas iniciativas estão alinhadas com os objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU. Ficamos imensamente felizes pelo reconhecimento e gratos a toda equipe do Grupo Bigfer que constrói essa história conosco”, considerou Letícia Alexandrini Battisti, gerente de Recursos Humanos. Também a Escola de Educação Infantil BigBaby, criada e mantida pela empresa, recebeu Menção Honrosa. A instituição presta atendimento a filhos de funcionários, crianças de 4 meses a 6 anos. O valor é subsidiado pela Bigfer, sendo cobrada apenas uma co-participação simbólica. “A primeira infância é a base para um futuro melhor. Este projeto é um compromisso assumido voluntariamente em prol da construção de uma sociedade melhor, fruto de uma edu-

Divulgação

A

Bigfer Indústria e Comércio foi reconhecida na nova categoria de Sustentabilidade no prêmio Supplier Quality Award, que premia os fornecedores com as melhores práticas no processo de qualidade, baseado nos critérios de histórico, resolução de problemas e zero defeitos. A premiação foi entregue na última semana, em São Paulo. A iniciativa é da Whirlpool Latin America, detentora das marcas Brastemp, Consul e KitchenAid. A empresa foi destaque pela criação da Escola de Formação Profissional BigAprendiz que, em parceria com Senai e Senac, é voltada para a formação de jovens de 14 a 18 anos na áreas industrial e administrativa. Escolhidos via processo seletivo coordenado pela área de Recursos Humanos da empresa, visa criar mão de obra qualificada e inserida na cultura do Grupo Bigfer. Os alunos recebem bolsa-auxílio, almoço e transporte. “Recebemos, com muita honra, o

cação de qualidade para as crianças e também uma melhor qualidade de vida para as famílias“, ressalta Beatriz Alexandrini, diretora da BigBaby. A escola tem planos de expansão para atender, futuramente, também o Ensino Fundamental.

Premiando as atuações destaques Outorga: Letícia recebeu reconhecimento em nome do Grupo Bigfer no Prêmio Supplier Quality Award, da Whirlpool Latin America


10

FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018

Guia Turístico Bem-Vindo na Expo Farroupilha Anuário do Jornal Informante chega à 7ª edição, começou a ser distribuído no evento durante o último fim de semana e segue neste de encerramento

P

ublicado desde 2012 pelo Jornal Informante, o Guia Turístico Bem-Vindo a Farroupilha está em sua 7ª edição em 2018. O material traz dados atualizados sobre o município, cartões postais e pontos turísticos farroupilhenses, além da lista das casas noturnas, shoppings, hotéis, bares, cafés, restaurantes e vinícolas da cidade. A Expo Farroupilha, que realiza sua estreia neste ano, está em destaque na abertura do material, que traz a beleza do trio de soberanas, a rainha Kelin Francischet e as princesas Jaiana Rauber e Nadiele Martins da Cruz. O evento, aliás, foi o escolhido para a apresentação do material, que

começou a ser distribuído na última sexta, para anunciantes e visitantes da Expo. Quem quiser um exemplar atualizado do anuário, que está sendo disponibilizado gratuitamente, pode obtê-lo visitando o evento farroupilhense. O Informante conta com estande no pavilhão principal da Expo Farroupilha. Aguardamos sua visita neste fim de semana de encerramento da festa/feira. Edição 2018 Bem-Vindo a Farroupilha: o anuário do Informante voltado ao turismo farroupilhense circula na Expo

Imagem: Reprodução

turismo


12

FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018

diversão

Últimas atrações da Expo Farroupilha Veja programação para o final de semana de encerramento da festa, que ocorre no Complexo Esportivo do Parque Cinquentenário Sexta (entrada franca) 14h30min: Grupo de Teatro UEBA com a peça “O Incrível Caso do Sumiço de Letras” 19h30min: Juh Moreira 20h: Grupo Yangos 20h30min: DJ da Favorita Beer, Carlos Pergher 21h: Ziliband Quarteto 21h30min: DJ Bulin Open Format Retrô 23h: Nenhum de Nós Sábado 8h: Campeonato Brasileiro de Skate Downhill Arizona Challenge (Loteamento Felicitá) 14h: Grupo de Dança Sueca Svenska Kulturhuset

14h: Grupo de Dança dos CTGs de Farroupilha 15h: Anderson Augusto 17h: Grupo Sem Razão 17h: Palestra Dieta Mediterrânea x Longevidade (Lounge Tramontina, pavilhão principal) 18h30min: Rock Dance 19h: Robson Gervasoni Acústico 20h30min: Farina Brothers 20h30min: DJ Bulin Open Format Retrô 22h: Léo Pain e Banda Domingo 9h: Campeonato Brasileiro de Skate Downhill Arizona Challenge (Loteamento Felicitá)

Alguém quer me adotar?

Legenda Gastronomia

Arena de Shows Beer Garden

Obituário ONG dos Peludos

Gisele é de porte grande, está castrada e vacinada. Se dá bem com outros animais e gosta de pessoas. Interessados em conhecer essa fofura podem manter contato pelo fone 999.515.440. Importante: ONG dos Peludos informa que não serão doados cães para ficarem presos em correntes.

12h: Grupo Vocal Tramavoz 13h30min: Leonardo Reis 15h: Grupo Eco do Meu Grito 15h30min: Carol Soul Rock 17h30min: Grupo Tholl 18h: Rodrigo Lorenzo 19h: DJ da Favorita Beer Store, Carlos Pergher 19h30min: Coro Canarinhos de Farroupilha

16 de novembro Vilson Canei, 68 anos. Sepultamento no Cemitério da Comunidade de Nossa Senhora de Caravaggio (1º Distrito); Moacyr Agostinho Minossi, 87 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza. 17 de novembro Nemias Rodrigues Batista, 75 anos. Sepultamento no Cemitério Público Mu-

nicipal. 18 de novembro Serenita Dos Santos, 76 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal; Márcio Rodrigo Dias Cunha, 30 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 21 de novembro Milton Ildefonso Martinelli, 70 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal.


13

FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018

NA CAPITAL FEDERAL

Solidare apresentada em Brasília Case de sucesso de logística reversa de medicamentos foi explicado por Francis Somensi em audiência pública buição, antes de ser jogado fora como lixo pode, sim, ajudar milhares de pessoas, evitar o descarte incorreto e proteger o meio ambiente”, explicou Fran. A audiência foi solicitada pela Comissão Mista de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, a pedido do deputado federal Carlos Gomes (PRB/RS), que presidiu o debate que contou com a presença de autoridades, entre elas de representantes dos Ministérios da Saúde e Meio Ambiente. Para Daniela Buosi Roms, a solução começa com pequenas ações como a desenvolvida em Farroupilha. “Nós temos que nos desarmar e pensar coletivamente. Aprender com exemplos como esse da Solidare e entrar nessas discussões com pensamentos e ações positivas”, salientou a representante da pasta da Saúde.

Divulgação

T

ema que tramita no Congresso Nacional desde 2011, a logística reversa de medicamentos teve uma nova audiência pública realizada na terça. Primeira dama e deputada estadual eleita pelo PRB, Francis Somensi levou o bem-sucedido case da Farmácia Solidare à Capital Federal, que foi instituída no município há pouco mais de três anos, já fez o descarte correto de mais de duas toneladas de medicamentos e beneficiou milhares de farroupilhenses. “Nós ficamos muito felizes em representar o nosso Estado e a nossa cidade em Brasília mostrando um exemplo que já deu certo, e que o medicamento tendo um cuidado técnico de armazenamento, triagem e distri-

Plano nacional Projeto desenvolvido no município foi explicado pela primeira dama e futura deputada estadual na Comissão Mista de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável


14

FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018

ARTE

Uma noite para celebrar o cinema CAI 1º de Maio promove evento no próximo dia 30 com música, dança, teatro e exibição de curtas-metragens dos alunos dos grandes destaques é a Orquestra que conta com 40 estudantes que se apresentam com escaletas, clarinetes, flautas, saxofone, violoncelo, violino e instrumentos de percussão. Eduardo Reis Soares é o regente. “É bom poder mostrar o que estamos aprendendo, o que o contraturno ensina. Fico feliz de poder participar”, considera Sandro Luis de Oliveira Thomas, de 10 anos, que toca violino, flauta, escaleta e em casa também gosta do violão. O mesmo sentimento é compartilhado com Lorenzo Lavratti Fabro, de 12 anos, que aprecia a ideia de poder mostrar seu talento, reunir família e amigos para prestigiar o projeto. O CAI 1º de Maio tem 180 alunos com idades entre 6 e 14 anos. Oferece oficinas como música, dança, teatro, Taekwondo, Arte, xadrez, apoio pedagógico, Matemática, Educação Física e Informática no contraturno escolar. Mantido pela prefeitura, todos os serviços são oferecidos gratuitamente.

Juliana Inês Casa Barbieri

O

tema cinema foi explorado em diversas frentes e norteou os trabalhos e oficinas do Centro de Atendimento Integral (CAI) 1º de Maio. A proposta foi estudar a temática e explorá-la nas diversas formas artísticas. É esse resultado que a comunidade poderá conferir na próxima sexta, dia 30, no salão comunitário do bairro 1º de Maio, às 19h30min. A entrada é gratuita e haverá apresentação de dança, das peças teatrais “Dois Mundos” e “Alice no País das Maravilhas”, além da Orquestra 1º de Maio que apresentará trilhas sonoras de grandes produções e exibição de curtas-metragens produzidos pelos estudantes. “Sempre escolhemos um tema anual e neste ano foi cinema porque ele se encaixa em várias atividades e dava para ser bem explorado”, explica Patrícia Lopes de Vargas, que é orientadora educacional da instituição. Um

Na preparação Grupo de dança no ensaio orientado pela professora Amanda Bianca Miranda

Programe-se O que: Encerramento do Projeto Cinema Quando: próxima sexta, dia 30, às 19h30min Onde: salão comunitário do bairro 1º de Maio Quanto: evento gratuito. Aberto à comunidade em geral


15

FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018

MENINAS RUBRO-VERDES

Lógica contrariada, vaga na final Brasil Feminino encara o Internacional, em Porto Alegre, necessitando devolver derrota sofrida nas Castanheiras

N

o domingo, às 11h, no Estádio Universitário da PUC/RS, em Porto Alegre, o Brasil Feminino encara o Internacional, no duelo de volta da semifinal do Gauchão. No confronto de ida, no último domingo, nas Castanheiras, as meninas rubro-verdes endureceram a partida contra as coloradas e venderam caro a derrota por 2 a 0, contra uma das poucas equipes profissionais do País. Adotando uma marcação baixa e muito bem postada defensivamente, as meninas rubro-verdes neutraliza-

Ramon Cardoso

Brasil Feminino

ram a força ofensiva do Inter que, até então, tinha marcado 70 gols em oito jogos, não havia sofrido nenhum em uma campanha com 100% de aproveitamento e com oito goleadas. Para avançar à final de maneira direta, o Brasil necessita de um triunfo por três gols de diferença. Se vencer por dois, provoca decisão por pênaltis. O confronto em Farroupilha foi marcado por uma arbitragem duvidosa. O rubro-verde questiona muito a falta que deu origem ao primeiro gol das coloradas, no 1º tempo, marcado por Shasha, e a não marcação de um gol de Tuca, na sequência, que seria o de empate do Brasil. Na etapa final, em cobrança de pênalti, a volante Katrine marcou o 2 a 0 em rebote, após grande defesa da goleira Gil. “O time foi muito bem. Só tenho que parabenizar por tudo que as meninas fizeram. Uma pena que a arbitragem cometeu alguns equívocos. A falta que originou o primeiro gol delas não ocorreu e no lance da Tuca achamos

Ao ataque Vice artilheira do Brasil no Gauchão com 5 gols, atacante Tuca é esperança do rubro-verde, assim como Bruninha, que entrou no decorrer da partida contra coloradas em Farroupilha

que a bola entrou. Mas realizamos um grande jogo, com marcação perfeita, um sistema defensivo muito bem encaixado, especialmente no 1º tempo”, declarou o técnico Fernando Varani. “O que nos resta é tentar reverter na partida de volta. Ainda não acabou, embora saibamos que nossa tarefa é

muito difícil. Gostaríamos também de agradecer à torcida pelo irrestrito apoio. Ela foi fundamental para que tivéssemos uma boa atuação”, salientou o técnico rubro-verde. No outro duelo semifinal, o Grêmio, que venceu o Estrela por 6 a 1 fora de casa, recebe a rival no Vieirão, em Gravataí.


EDUCAÇÃO

A arte do CAI 1º de Maio Juliana Inês Casa Barbieri

Orquestra da instituição ensaia para noite de espetáculos na próxima sexta Página 14

Resgate de quem ajudou a escrever a história

Jornalista Antonio Carlos Ruschel Gomes publica “Ruas de Farroupilha” Inside, página 8

Imagem: Reprodução

LITERATURA


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018

PALESTRA

Os benefícios da dieta Mediterrânea Temática será apresentada neste sábado, na Expo Farroupilha, pelo chef Alexandre Reolon azeites, creme de leite, manteiga, presunto cru, entre outros. O chef é ainda consultor gastronômico na Vinícola Jolimont, de Canela, e na empresa Pavioli, de Canoas. Também ministra aulas de gastronomia na Escola Sal a Gosto, em Caxias do Sul, e no Espaço Gastronômico Blue Ville, em Porto Alegre. Estudou culinária em Roma, tendo atuado em diversos restaurantes italianos. Também trabalhou no Restaurante Momo’s, que é referência em cozinha marroquina, em Londres. Complementando a sua palestra, falará sobre prevenção de doenças, benefícios ao cérebro e coração, além de emagrecimento seguindo o preceitos desta alimentação. O evento integra a 3ª Settimana dela Cucina Italiana nel Mondo, promovida pelo Consulado Geral da Itália em Porto Alegre, Câmara de Comércio Italiana no Rio Grande do Sul, tendo em Farroupilha o apoio da prefeitura, Secretaria Municipal de Turismo

Programe-se O que: Palestra “Dieta Mediterrânea x Longevidade” Quando: sábado, às 17h Onde: Lounge Tramontina na Expo Farroupilha Quanto: palestra gratuita. Entrada na Expo R$ 5,00 até às 17h e, após, R$ 10,00

e Cultura, RAR e Expo Farroupilha. “Definições finais, explicando que o que se conhece por Culinária Mediterrânea atualmente é muito baseado na alimentação da Ilha de Creta, na Grécia, porém usaremos exemplos de como sua abrangência e influência são muito maiores, de todos os lados do Mediterrâneo”, reforça o chef.

Chef Alexandre Reolon Ensinamentos para ter mais saúde, viver mais e melhor

Divulgação

O

leaginosas, óleos vegetais, derivados de leite cru, verduras, cereais, peixes e crustáceos são ingredientes que compõem a dieta Mediterrânea, estudada em todo o mundo como uma das mais saudáveis. Associada ainda a índices de longevidade, torna-se referência gastronômica. É justamente este assunto que o chef Alexandre Reolon abordará em sua palestra neste sábado, às 17h, no Lounge da Tramontina, no pavilhão principal da Expo Farroupilha e 23ª Fenakiwi. “Culinária Mediterrânea, suas particularidades e demonstração de como esta é muito mais abrangente do que se conhece e imagina. Farei a descrição dos principais benefícios”, adianta o palestrante, que é Chef Executivo da empresa RAR/ Rasip, do Grupo Randon, onde é responsável pela preparação, criação de receitas com o Gran Formaggio,


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018

Tratamentos com Reiki pa Roberta Zulian *

A

s campanhas Outubro Rosa e Novembro Azul alertam a população sobre a prevenção e diagnóstico precoce dos cânceres de mama e de próstata. Pacientes em tratamento dessas doenças podem encontrar também em terapias alternativas uma forma de auxílio. A OMS (Organização Mundial da Saúde) reconhece o Reiki como terapia complementar e, em combinação com quimioterapia, foi utilizada com sucesso em pacientes diagnosticados de câncer. Em 2006, a Anvisa publicou portaria que aprova a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no SUS (Sistema Único de Saúde). O texto recomenda às Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde que utilizem esse tipo de terapias na rede pública. Diversos hospitais particulares também já utilizam o Reiki nos pacientes internados. Caso do Sírio-Libanês e do Albert Einstein. Na Serra Gaúcha, o Hospital Geral (de Caxias do Sul) já conta com um serviço que inclui o Reiki, porém, neste momento, é voltado aos profissionais do hospital, dentro do Programa Cuidando do Cuidador. O que é Reiki? Reiki é uma prática japonesa e seu nome que significa “energia vital universal”. Durante uma sessão de Reiki, o terapeuta toca a pessoa levemente com as duas mãos em forma de concha, ou mantém suas mãos ligeiramente acima do consultante. As sessões de Reiki normalmente duram aproximadamente uma hora. O tratamento é completamente não-invasivo e indolor. Como funciona? Como nosso corpo é energia, quando nossa energia vital é equilibrada pelo Reiki, todos nossos átomos, moléculas e células passam a trabalhar melhor. Assim, nosso sistema imune, circulatório, as eliminações do corpo, a coagulação, a cicatrização e todos os outros processos fisiológicos também se equilibram e

passam a funcionar em favor do Para pacientes com câncer, dar a reduzir a dor associada c também pode reduzir alguns que os pacientes geralmente e mento do câncer, como ansied disso, o Reiki também pode m paciente e perspectivas, o que de e vontade de cumprir com as aos protocolos de tratamento. Como o Reiki ajuda os pacie Estudos indicam que, além de os pacientes, o Reiki também po cura e fornecer outros benefício têm investigado o efeito do Reik sando por tratamento oncológic Embora o Reiki não seja um mentos de câncer, é uma propo que pode melhorar estes trata de benefícios para os pacientes estresses do câncer. Quando realizar o tratament Como o Reiki é uma técnica efeitos colaterais ou complicaç cientes com câncer a qualquer A técnica pode ser recebida ao câncer: desde o diagnóstico, pr for o caso, acompanhamento p a internação e também antes, rapia ou quimioterapias. É impr recuperação física e a estabilid que recebem Reiki ao longo d pode ser eficaz na redução da a to e equilíbrio entre os paciente completar tratamentos de cânc


FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018

ara pacientes oncológicos

o paciente. o Reiki pode ser capaz de ajucom a evolução da doença. Ele dos sintomas desconfortáveis experimentam durante o trataade, fraqueza e náuseas. Além melhorar a saúde emocional do e pode aumentar sua capacidas instruções do médico e aderir

entes com câncer? e promover o relaxamento entre ode ser usado para incentivar a os. Na verdade, alguns estudos ki em pacientes que estão pasco ao mesmo tempo. m substituto para outros trataosta de terapia complementar, amentos e oferecer uma série s, que vivenciam os sintomas e

to com Reiki? a não invasiva que não causa ções, pode ser realizada em par momento após o diagnóstico. longo de todo o tratamento de reparação para cirurgia quando pós-cirúrgico, ao longo de toda durante ou depois de radioteressionante ver a qualidade da dade emocional dos pacientes de seus tratamentos. Também ansiedade e induzir relaxamenes que estão em remissão após cer.

Benefícios do Reiki * Alívio de dores * Equilíbrio emocional e mental * Fortalece o sistema imunológico * Redução dos efeitos colaterais (medicação e quimioterapia) * Reduz ansiedade, estresse e depressão * Melhora a qualidade do sono * Proporciona paz interior e bem-estar * Produz relaxamento profundo * Dissolve bloqueios de energia abrindo o fluxo de energia vital * Desintoxica * Fornece energia vital universal de cura * Aumenta a frequência vibratória do corpo e sistema sutil Vantagens do tratamento O Reiki nos casos de tratamento do câncer proporciona muitos benefícios. Quando o paciente recebe o diagnóstico, é um momento ideal para iniciar a terapia, por ser um período profundamente difícil e cheio de angústias. A prática do Reiki cria a possibilidade de transformar, aos poucos, um momento de dor em um caminho de equilíbrio, esperança e transformação. A partir do momento que enxergamos algo com esperança, leveza e tranquilidade, sentimos gratidão por tudo o que nos acontece e as verdadeiras curas acontecem. Mikao Usui (o mestre que trouxe a prática do Reiki no início do século passado) dizia que “Reiki é um caminho para a felicidade”. Se qualquer desarmonia ou doença é um aviso de que algo vai errado no corpo e na vida, o Reiki pode ser uma nova forma de enxergarmos a vida e consertar rotas. A doença traz em si a oportunidade de muitas mudanças e curas que antes nos eram vistas como impossíveis. São histórias de superação com períodos de renascimento, novas conquistas e transformações! * Psicoterapeuta

Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018

estudo

Idade também afeta a fertilidade masculina Diferente do que ocorre com as mulheres, o processo é mais tardio, mas pode ser acelerado a partir de maus hábitos espermatozoides continuamente, mas essa capacidade começa a ser reduzida a partir dos 60 anos, com diminuição do volume seminal, que está diretamente ligado ao envelhecimento da próstata e com a queda na produção de testosterona, que interfere na fertilidade. “A menor produção do hormônio influencia diretamente a produção de espermatozoides e a qualidade deles. Espermatozoides de menor qualidade têm mais chances de apresentarem alguma alteração e tendem a morrer a caminho do óvulo”, explica o especialista. É muito comum que homens entre 60 e 70 anos notem a

diminuição ou ausência do sêmen na ejaculação e, com isso, a maioria terá uma chance pequena ou praticamente inexistente de ter filhos. O fator idade, contudo, não é o único que pode prejudicar a fertilidade. Estudos apontam que o uso contínuo de álcool e tabaco e de algumas drogas mais pesadas, como cocaína, heroína e ecstasy, estão diretamente relacionadas à infertilidade masculina. Mas não é somente isso. O meio ambiente e os hábitos de vida modernos também podem ter um impacto sobre a questão. “Homens e mulheres estão menos férteis do que há 100 anos e sabe-se que quem vive

Divulgação

É

algo completamente natural vermos homens se tornarem pais com idade mais avançada, mas você sabia que existe uma relação entre envelhecimento e fertilidade masculina? Conforme destaca o urologista Sandro Nassar de Castro, do Hospital Edmundo Vasconcelos, a idade também pesa nos homens quando o assunto envolve a fertilidade, mas as alterações mais expressivas acontecem tardiamente, em geral após os 60 anos. Diferentemente das mulheres, que já nascem com óvulos, os homens produzem

Risco Consumo de cigarro e álcool pode comprometer a fertilidade masculina

em ambientes poluídos, como nas grandes cidades, tem maior risco de ter problemas do que as pessoas que moram no interior. Assim como

quem trabalha em contato com substâncias tóxicas, pois elas também são capazes de comprometer o espermatozoide”, enfatiza o urologista.


Música

Vencedor do “The Voice”, Léo Pain é a atração musical para a noite deste sábado, na Arena de Shows da Expo Farroupilha Página 9

Inside

Sétima Arte

Baseado no livro de memórias de Jeff Bauman, “O que te Faz mais Forte” revisita o atentado ocorrido na Maratona de Boston Páginas 10 e 11

Música

Sexta ao som de Nenhum de Nós A banda fará show apresentando seu novo EP “Double Chapa”, na Expo Farroupilha, às 23h, com entrada gratuita para a pista A formação atual é composta por Thedy Corrêa (vocal, baixo e guitarra), Stein (guitarra), João Vicenti (teclado), Sady Homrich (bateria) e Veco Marques (guitarra), vai subir no palco da Arena de Shows às 22h, levando o melhor do rock gaúcho para o público. A entrada para o espetáculo é gratuita para a pista. “A banda sempre buscou conectar a sua música com a sonoridade característica da música tradicional do Rio Grande do Sul. Temos um gaiteiro na banda e isso dá a medida da importância que damos a isso. Tocar na Serra é sempre uma alegria. É um lugar que enche de orgulho qualquer gaúcho. Tenho certeza que será um grande show”, aposta Stein. A Expo Farroupilha termina no domingo. Confira a programação completa dos últimos dias de feira na Editoria de Cidade, na página 12.

Programe-se O que: show “Double Chapa”, do Nenhum de Nós Quando: nesta sexta, às 23h Onde: Arena de Shows da Expo Farroupilha (Parque Cinquentenário) Quanto: pista com entrada franca; backstage, R$ 30,00; e camarote coletivo, R$ 20,00. Ingressos para os melhores setores podem ser adquiridos na Akústica Musical (Independência, 399)

Divulgação

U

m dos ícones do rock gaúcho nos anos 80 e 90, a Nenhum de Nós vai embalar a noite desta sexta na Expo Farroupilha. Formado em 1986, em Porto Alegre, o quinteto vai apresentar a turnê de lançamento do EP “Double Chapa”. O disco explora a influência do rock latino-americano por meio de parcerias com artistas uruguaios e argentinos. A banda também irá reproduzir músicas que foram sucesso nos 32 anos de carreira. “Estamos ainda aprendendo a lidar com as mudanças radicais que ocorreram no mercado da música nos últimos anos. Mas vemos isso como um elemento a mais para incentivar nossa criatividade. Somos uma banda que gosta de criar novas composições e explorar novas sonoridades”, declara o guitarrista Carlos Stein.

Rock gaúcho Stein, Vicenti, Thedy, Sady e Veco: Nenhum de Nós apresenta nesta sexta, durante a Expo Farroupilha, a turnê de lançamento do disco “Double Chapa”, que traz referências da música latina


Inside

2

FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018

Cinemas Imagens: Reprodução

Shopping Iguatemi (RST-453, quilômetro 3,5) Cinemas GNC 1: O Doutrinador - às 14h15min e 19h10min GNC 1: O Grande Circo Místico - às 16h45min e 21h30min GNC 2: Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald - às 13h40min e 19h20min (legendado e em 3d), 16h30min e 22h (dublado e em 3d) GNC 3: Parque do Inferno - às 13h25min (dublado), 15h30min e 20h (legendado) GNC 3: Refém do Jogo - às 17h45min e 22h10min GNC 4: Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald - às 13h20min e 18h50min (dublado e em 3d), 16h e 21h40min (legendado e em 3d) GNC 5: O Quebra Nozes e os Quatro Reinos (dublado) - às 13h10min GNC 5: O Grinch - às 15h20min (dublado) e 17h20min (dublado e em 3d) GNC 5: Refém do Jogo (dublado) - às 19h30min GNC 5: Operação Overlord - às 21h45min GNC 6: Bohemian Rhapsody - às 13h30min (dublado), 16h10min, 19h e 21h50min (legendado) Ingressos: segunda e quinta (exceto feriado e Carnaval) a R$ 22,00 e R$ 28,00 (salas 3d); terça e quartas (exceto feriado e Carnaval) todos pagam meia entrada; sexta a domingo e feriado a R$ 26,00 e R$ 32,00 (salas 3d). Meia entrada todos os dias para menores de 18 anos e maiores de 60 (mediante apresentação de identidade), estudantes (mediante apresentação de Carteira de Identificação Estudantil), pessoas com deficiência (com documento que a comprove) e para o Movie Club Preferencial.

Shopping San Pelegrino (Avenida Rio Branco, 425) * Obs: o site do Cinépolis traz apenas os horários dos filmes, mas não informa em qual sala serão exibidos Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald - às 12h45min, 13h45min, 15h30min, 19h15min e 21h15min (dublado e em 3d), 16h30min, 18h15min e 22h10min (legendado e em 3d) Bohemian Rhapsody - às 18h30min e 21h30min Chacrinha: O Velho Guerreiro - às 13h e 15h15min De Repente uma Família - às 14h30min Entrevista com Deus - às 21h45min O Chamado vs O Grito (dublado) - às 21h O Grande Circo Místico - às 14h, 16h15min e 18h45min O Grinch (dublado) - às 13h15min, 15h15min, 17h30min e 19h45min Parque do Inferno - às 17h e 19h30min (dublado), 22h (legendado) Ingressos: nas salas tradicionais, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 23,00 e R$ 11,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 25,00 e R$ 11,50 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 26,00 e R$ 13,00 (meia). Nas salas 3d, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 14,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 15,00 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 32,00 e R$ 16,00 (meia).

Sala de Cinema Ulysses Geremia (Luiz Antunes, 312) Uma Noite de 12 Anos - sexta a domingo, às 19h30min Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (estudantes e sênior)

Atrações do fim de semana O nacional “O Grande Circo Místico”, dirigido por Cacá Diegues, entra em cartaz, já “Parque do Inferno”, terror norte americano do cineasta Gregory Plotkin, segue em exibição nas salas


Inside

FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018

3

Teatro

Encante-se com a magia do exótico Espetáculo Exotique do Grupo Tholl será apresentado no domingo, último dia de Expo Farroupilha, às 17h30min Divulgação

O

grupo circense Tholl promete encantar o público no último dia da Expo Farroupilha. A apresentação, que acontece às 17h30min, traz dança, teatro e magia para o palco da Arena de Shows. Os ingressos custam de R$ 5,00 a R$ 30,00 (veja mais no box de serviço abaixo). O sonho de menino do ator João Bachilli era ser artista de circo. Quando adulto, em 1987, em Pelotas, criou o Grupo Tholl. Nos anos 90 foram apenas pequenas performances e, em 2002, surge uma montagem completa com uma linguagem do “novo circo”. Sem picadeiro ou lona, o primeiro espetáculo “Tholl, Imagem e Sonho” viajou por 13 Estados brasileiros. Atualmente são 121 integrantes que misturam técnicas circenses, teatro e dança em seus espetáculos. Considerado Patrimônio Cultural do Rio Grande do Sul, o grupo tem em seu repertório os espetáculos “O Circo de Bonecos”, “Par ou Ímpar”, “Cirquin” e “Exotique”, que será exibido em Farroupilha. Descrito como vibrante, mágico, com imagens marcantes e acrobacias, o Exotique está em cartaz desde 2008. Malabaristas, acrobatas, equilibristas e palhaços enchem o palco com coreografias marcadas por métodos de dança diferenciados, que trazem delicadeza e harmonia. Um figurino requintado e inspirado em Países variados, atribuem um toque mágico à apresentação.

Programe-se O que: espetáculo Exotique do Grupo Tholl Quando: domingo, às 17h30min Onde: Arena de Shows da Expo Farroupilha (Parque Cinquentenário) Quanto: pista, R$ 5,00 (ingresso da entrada do Parque); backstage, R$ 30,00; camarote coletivo, R$ 20,00. Ingressos para os melhores setores podem ser adquiridos na Akustica Musical (Independência, 399)

Vibrante e mágico Espetáculo do grupo pelotense une malabaristas, acrobatas, equilibristas e palhaços e promete encantar o público no domingo


Inside

4

Gustavo Pimentel

gustavospimentel@yahoo.com.br

Há algumas semanas já escrevi sobre Fake News. Vou continuar no assunto, mas agora para falar de uma notícia falsa que insiste em circular nos grupos de WhatsApp e principalmente no Facebook. Tenho certeza que você já leu alguma mensagem falando sobre o absurdo que é o auxílio-reclusão, que só serve para sustentar bandido às custas do salário do trabalhador, não é mesmo? Mas, afinal de contas, será que isso é mesmo verdade? De início, vou pedir para você esquecer tudo o que já leu ou ouviu falar sobre o auxílio-reclusão. Até porque, como se trata de um benefício pago pela Previdência Social, como a aposentadoria, o auxílio-doença, entre outros, de início você já pode imaginar que conseguir esse benefício não é uma tarefa tão fácil... E quem tem direito ao benefício? Em primeiro lugar, aquela estória de que todos os presos têm direito a receber quase R$ 1 mil reais, multiplicado pelo número de filhos, e que esse valor vai se acumulando e formando uma pequena bolada para ser sacada quando o presidiário for posto em liberdade é uma mentira escrachada! O auxílio-reclusão é devido nas mesmas hipóteses da pensão por morte, ou seja, é pago somente aos dependentes (e não ao preso!) e desde que esse preso tenha sido contribuinte da Previdência Social e tivesse a qualidade de segurado no momento da prisão. Portanto, a absoluta maioria dos presidiários, que é formada por delinquentes contumazes, não terá direito ao auxílio-reclusão, já que não tinha trabalho formal e não contribuía para a Previdência. Outra informação importante é que somente terão direito ao benefício os dependentes do preso que estiver recolhido no regime fechado ou no semiaberto – e esse é o grande mérito do auxílio-reclusão. Isso porque, ao ser pago aos dependentes, o auxílio-reclusão dá condições para que os filhos do preso se mantenham enquanto ele estiver recolhido, evitando que muitas crianças e adolescentes ingressem precocemente no mundo do crime. Portanto, a lógica do benefício é bastante simples. Não se trata de privilegiar ou de sustentar o preso às custas da sociedade. Nada disso! O benefício foi pensado para possibilitar que a família do preso, que em tese era mantida por ele e que não tem culpa pelos seus erros, consiga sobreviver dignamente enquanto ele estiver recolhido. O valor do benefício, que é obtido a partir da média das contribuições que o segurado fez à Previdência quando em liberdade, é dividido entre o número de dependentes. Ou seja, como o valor é único, não aumentará de acordo com a quantidade de filhos que o preso tiver. Aliás, é justamente o contrário, quanto mais dependentes, maior será o número de pessoas que dividirão o benefício, diminuindo o valor para cada um. Uma simples leitura da Lei 8.213/91, que é a lei que traz os benefícios pagos pela Previdência Social, pode tirar todas as suas dúvidas sobre o auxílio-reclusão. Lembre-se: em uma era como a nossa, que o acesso à informação está tão facilitado e ao alcance de todos, só se deixa enganar por notícias falsas quem quer. * Advogado

Agenda SEXTA

Ladeira Abaixo com Portuga e Cosma Caverna Comedy Club (República, 445, subsolo), às 22h

às 16h30min Roda de Conversa com Jaque Perottoni Drop’s de Menta (Júlio de Castilhos, 837), às 15h Divulgação

As Fake News sobre o auxílio-reclusão

FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018

Rock in Roll no Armazém Armazém Retrô Pub (Guerino Tartarotti, 162), às 16h

SÁBADO Matheus Breyer, Caciano Kuffel e Lucas Sampaio Caverna Comedy Club (República, 445, subsolo), às 22h La Noche Latina II Boteco do Chá (Rômulo Noro, 555), às 23h30min Farra Solidary Music Beer Farra Pizza Burger (Júlio de Castilhos, 973),

DOMINGO Me Leva Summer com Grupo Sem Razão Favorita Beer Store (Ernesto Fetter, 18), às 18h


FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018

Comportamento

Inside

5

Guilherme Macalossi cisperter@hotmail.com

Para viver de bem com a vida Palestra “Invente uma Vírgula”, de Egui Baldasso, acontece quinta no auditório do CFar

J

ornalista, escritor e colunista do Jornal Informante, Egui Baldasso compartilha sua visão de mundo e incentivos para dias mais leves e positivos, por meio da #vailá, em suas redes sociais. São textos e vídeos que encaminham para a estreia da palestra “Invente uma Vírgula”, que acontece na próxima quinta, às 20h, no Auditório Professor Raul Bampi, do CFar. O bate-papo sugere respirar um pouco da correria do dia a dia e entender que a vida está passando. O poder do otimismo, a busca por dias mais leves, a chance de criar novas oportunidades e a culpa sobre os erros cometidos são temas que Egui abordará. “Durante todo o ano conservei com estudantes da região. Foram mais de 2 mil pessoas com quem pude trocar algumas experiências de vida e passar um pouco da minha maneira de enxergar tudo que acontece nesse mundo”, afirma Egui, que também ressalta que a palestra é uma chance de o público em geral dividir suas experiências. Os ingressos estão sendo comercializados a R$ 30,00, alunos da UCS pagam meia em qualquer ponto de venda, apresentando a carteirinha de estudante. Nesta sexta o Facebook do Jornal Informante abre promoção de cinco cortesias para assistir o bate-papo. Ainda na estreia da palestra, o livro de Egui, Sequência de Rabiscos, será apresentado repaginado, com preço diferenciado, além de outros produtos do escritor.

Divulgação

Para buscar o otimismo Com a intenção de fazer as pessoas buscarem mais leveza em seus dias, o escritor do Sequência de Rabiscos lança a palestra “Invente uma Vírgula”

Programe-se O que: palestra de Egui Baldasso “Invente uma Vírgula” Quando: próxima quinta, às 20h Onde: Auditório Professor Raul Bambi, do Campus Universitário de Farroupilha da UCS (Rodovia dos Romeiros, 567) Quanto: ingressos a R$ 30,00 que podem ser obtidos na Lulu Acessórios (Pinheiro Machado, 350), Livraria Paraná (Júlio de Castilho, 734), no Pip’s Restaurante (Pinheiro Machado, 208, sobreloja), na Akustica Musical (Independência, 399) e no local do evento. Também é possível comprar no dia do evento, mas estará sujeito à disponibilidade. Estudantes da UCS pagam meia

Chargista de ZH retrata BM como racista no aniversário da instituição No último domingo, a Brigada Militar do Rio Grande do Sul completou 181 anos. Ao longo de sua história, teve participação de destaque na Guerra do Paraguai e na Revolução Federalista, dentre outros conflitos importantes. Essa instituição de segurança pública, que é uma das mais antigas e respeitadas do Brasil, foi presenteada no jornal Zero Hora, no exato dia de seu aniversário, com uma charge em que é retratada como uma corporação racista. Na ilustração publicada, dois amiguinhos apostam uma corrida, e um deles, que é negro, se recusa a aceitar o desafio, já que acabaria indo a um lugar onde estaria um policial. Não há margem para outra interpretação: fica claro que o garoto seria preso pela cor de sua pele. Como se a Brigada Militar fosse um órgão oficial de segregação racial. Uma verdadeira SS gaúcha. O autor desse ataque ultrajante é o chargista Alexandre Bech, que, nas redes sociais, costuma postar fotos participando de atos partidários ou de manifestações de movimentos sociais. Suas tirinhas servem de instrumento para a propaganda ideológica. Para gente como Beck, as polícias não combatem o crime, apenas perseguem segmentos sociais supostamente marginalizados: pobres e pretos residentes nas periferias. De modo que serviriam para oprimir os menos favorecidos, atuando como instrumentos de poder à serviço da elite burguesa. A narrativa de esquerda tenta criar a ideia de uma contínua luta de classes. Para tanto, ela ignora aspectos importantes da realidade. Um deles é que são exatamente os pobres aqueles que mais sofrem com a violência. O outro é que os policiais são pobres também. Atualmente, a Brigada Militar do Rio Grande do Sul atua com um efetivo muito abaixo do necessário para realizar suas ações de modo satisfatório. São cerca de 19 mil servidores, número que representaria a metade do considerado ideal. É o menor contingente da história da corporação. Além disso, esses soldados sofrem com a falta de estrutura e com os salários parcelados. A tirinha publicada por Zero Hora é ilustrativa do desprestígio e do desrespeito com que são tratadas as forças policiais no Brasil. Com erros e acertos, com bons e maus elementos, o fato é que elas tentam desempenhar seu papel de assegurar lei e ordem. É triste constatar que, além de enfrentar criminosos armados até os dentes, também estejam na mira de delinquentes intelectuais portando canetas e pincéis. * Redator e radialista


Eduardo de Moraes

O

Rabiscos

escritor Egui Baldasso, que assina o blog e livro Sequência de Rabiscos, leva sua palestra que tem trabalhado com estudantes para o público geral na próxima quinta, no auditório da UCS Farroupilha. O evento que leva o nome Invente uma Vírgula, propõe uma reflexão sobre a vida e sobre o agora. Os ingressos estão à venda pelas redes sociais do escritor.

Solidariedade e Agito

O Farra Pizza Burger promove neste sábado, a partir das 16h30min, o Solidary Music Beer. Na data, haverá show com os grupos Patrick Ferreira e Banda e Gervasoni e Banda para agitar o público. O objetivo da ação é ajudar o Hospital Beneficente São Carlos através da doação alimentos não perecíveis. Quem levar os itens para doação ganhará um copo personalizado do Farra. A entrada franca. Participe e colabore!

Portas Abertas

Fotos: Arquivo Pessoal

Na próxima quarta, os gêmeos Carlo Baretta Santa Helena e Paola Baretta Santa Helena, filhos da psicanalista Rita Rosa Baretta e do administrador Paulo Afonso Santa Helena, celebram 15 anos. Parabéns à dupla!

Candida PhotoArt

No domingo acontece o Beer Garden & Tap Room, organizado pela Cervejaria Guarnieri, localizada na Linha São Miguel. Pela primeira vez a fábrica de cervejas estará aberta para visitação, a partir das 14h30min, com entrada gratuita na primeira hora. No jardim do local haverá show de banda e cervejas selecionadas para compra.

Paula Maciel Correa e André Eduardo Zmozinski celebraram seu casamento no sábado, na Igreja Matriz de Farroupilha. Para o tão esperado sim, a noiva chegou na igreja numa belíssima carruagem. Os convidados foram recepcionados no Clube do Comércio com jantar e decoração assinados por Dirceu Dalla Riva. A recepção e cerimonial foi realizada pela D&C Eventos

#SELFIEDAS

Patrícia Soares curtiu o Popload Festival, em São Paulo, no sábado

Rafael Brunetta e Juliana Paula De Bona confirmaram sua vida a dois no sábado na Igreja Nossa Senhora do Caravaggio. Os festejos ocorreram no Ginásio do Saturno, com cerimonial assinado por Aline Barbosa Alves

Bruna Larissa C na cidade mar


Colares curtiu recente férias ravilhosa do Rio de Janeiro

Cy Severo

As amigas Jennifer Rucks, Tainá Souza, Carol Bortolini, Vanessa Machado e Josiele Girardi marcaram presença no final da tarde de pagode que agitou a Favorita

Promoção

Fique por Dentro

O Centro de Compras Farroupilha promove, desta sexta até a próxima, a Black Week. A ação visa oferecer para os consumidores uma semana inteira de descontos para que os clientes tenham mais tempo de aproveitar as ofertas.

Campeonato

Farroupilha recebe neste final de semana o Campeonato Brasileiro de Skate Downhill, Arizona Chalenge 2018. As inscrições para participação acontecem no local do evento, no bairro São Francisco, a partir das 8h. A realização é da Skape Longboards.

Multifotos Studio

SEMANA

Fábio Campos

A pequena Sofia Mandelli Belegante completou seu 3º aniversário ao lado dos pais Diego Belegante e Taciane Regina Mandelli, na quarta passada, na Ticabum Festas


Inside

8

Egui Baldasso e.baldasso@gmail.com

Que saudades de um alô!

* Jornalista e escritor

Literatura

Um resgate documental e histórico do município Jornalista Antonio Carlos Ruschel Gomes lança o “Ruas de Farroupilha” Ramon Cardoso

Nós não estamos mais nos falando. Nos olhando no olho. Falamos com algo na nossa mão, com o dedo segurando nossa voz. Sem muita expressão, quase nada de paciência. Estamos falando sem alma, apenas com triste urgência. Não se ouve mais a respiração. Nem se aproveita o silêncio, que tanto dizia sobre a pessoa, e o que ela pensava sobre nós. Há poucas coisas nesse mundo que nos entregam mais do que o silêncio. O embaraço dele, a admiração contida ali. A simples vontade de imaginar ao calar. E também isso perdemos sem nos dar conta. A nostalgia que me visita hoje veio depois de ver um senhor carregando seus quase 50 anos em um áudio aleatório. Não prestei atenção no assunto, mas na falta de vontade dele naquilo tudo. Foi uma obrigação. Um dos todos os áudios que mandará ao longo do dia, dos quais jamais se lembrará amanhã. Os telefonemas, além de esperados, eram lembrados depois que acabavam. Às vezes nunca mais iam embora. Não havia a possibilidade de ouvir o que falamos ou o que escutamos mais uma vez. Eram palavras de chance e impacto únicos. E marcavam. Nós sempre nos preparávamos para uma ligação, por mais curta e corriqueira que fosse. Quando era importante, então, se ensaiava até o alô. (Ahhh que saudades do alô. Como tu tá, cara? Como fomos te jogar pra tão longe?). Mas nunca mais nos preparamos para mandar um áudio. Sai o que sair, parece que tanto faz, que pouco importa. Talvez é assim que andamos levando nossa vida por aí. Quando o assunto são os outros. Tanto faz. Se não for um, vai ser outro. Se não for um áudio, vai ser outro. E quando falar já cansar muito, os dedos dão conta de uma mensagem com menos graça ainda. Andamos nos afastando de algo que tanto nos completava. Pessoas. De longe. Que aguçavam nossa imaginação. Brincavam com nossa emoção. Derrubavam nosso planejamento quando faziam o telefone tocar. Parava-se tudo pra atender. Como não se para para ouvir mais um áudio. Pelo contrário, se protela e finge não ver, para que dois alcaguetas traços azuis não criem a obrigação de uma resposta que não se quer dar. Não agora. Talvez em um nunca depois. Eu sei que é caminho sem volta. Eu mesmo faço aqui a mea culpa de não mais ligar, apenas mandar palavras gravadas sem muito zelo. Confesso que tentei por um tempo. Relutei pra aceitar esse novo mundo, velho que sou vindo de outro. Forcei algumas ligações, avancei vozes alheias. Mas foi luta inglória. Estamos fadados aos áudios sem silencia, sem expressão. Ouvidos que convir ao destinatário. Mas me faz falta o papo intercalado, as conversas atravessadas no lugar de pensamentos colocados em ordem. A bagunça do telefonema perdeu pra organização dos áudios do WhatsApp. E que mundo mais chato esse que se finge organizado. “Alô, alô. Que saudades, cara. Pode falar?”.

FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018

Mergulho na história Lançado, “Ruas de Farroupilha” é trabalho de mais de meia década de pequisa feito por Gomes

C

arente de material que conte sua trajetória, o município agora tem parte dessa lacuna preenchida com o livro “Ruas de Farroupilha: Suas Vidas e Histórias”. Lançado pelo jornalista e advogado Antonio Carlos Ruschel Gomes, ele traz um breve perfil de mais de 700 pessoas que dão nome às ruas da cidade, em dados coletados em centenas de entrevistas com familiares. “Comecei a realizar a pesquisa por curiosidade mesmo. Quem foi aquela pessoa? Por que ela é nome de rua em Farroupilha?”, explica Gomes. As biografias vão desde o tempo em que a cidade sequer tinha sido emancipada, e era ainda Nova

Vicenza, até a última lei aprovada em 2016. Muito do material foi obtido junto ao historiador Millo Ornaghi e, após seu falecimento, o material foi repassado a Raul Tartarotti, outro que contribuiu com a obra, dupla citada no agradecimento. O livro tem prefácio do cirurgião cardiovascular Fernando Lucchese, algumas fotos antigas e históricas da cidade e o número da Lei que deu origem ao nome da rua. A obra está sendo comercializada a R$ 50,00 e pode ser obtida diretamente com o autor através do e-mail ruschelgomes@gmail.com. Gomes informou que está doando exemplares para bibliotecas das escolas e que, após a cobertura dos custos de publicação, pretende doar o valor obtido para instituições sociais da cidade.


Inside

FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018

Música

Lauro Edson Da Cás ldacas@hotmail.com

Sertanejo universitário na Expo Show de Léo Pain ocorre sábado, às 22h, em substituição a Milionário & Marciano

O

cantor Léo Pain começou a carreira em 2012, em Santa Maria, mas ganhou visibilidade nacional este ano ao vencer o programa The Voice da Rede Globo. Hoje, o cantor é presença certa nas mais conceituada casas noturnas de sertanejo universitário do Rio Grande do Sul e vai substituir o show Lendas, da dupla Milionário & Marciano, programado para sábado. O show da dupla foi cancelado por motivo de doença de Marciano, que está passando por um tratamento de saúde, e impossibilitado de fazer apresentações. Para quem deseja continuar com o ingresso já adquirido para o show da dupla, este também dará acesso a feira e à performance de Léo Pain. A diferença do valor será ressarcida na bilheteria principal da Expo, somente no dia do espetáculo. Ingressos comprados no cartão de crédito não tem essa opção, apenas o estorno total diretamente com a ticketmais.com.br O ganhador do The Voice se apresenta na Arena de Shows, a partir das 22h. Com um DVD gravado e mais de 14 hits populares, Leonardo Pain vai mostrar na Expo Farroupilha seus maiores sucessos, entre eles: “Jah Óh”, “Perdido e Apaixonado” e “Bebaço”.

9

o

çã

ga

l ivu

D

Animação do sertanejo Léo Pain vai reproduzir seus maiores hits no show deste sábado

Programe-se O que: show Léo Pain e Banda Quando: sábado, às 22h Onde: Arena de Show da Expo Farroupilha (Parque Cinquentenário) Quanto: pista, R$ 5,00 até às 17h, R$ 10,00 depois das 17h (ingresso da entrada do Parque); área vip (1º lote), R$ 20,00; backstage (2º lote), R$ 40,00; camarote coletivo (1º lote), R$ 30,00.

O que mais influi no nível de saúde das pessoas Na vida há perguntas para tudo (que bom!). O trabalho de investigação, a partir de um problema, então, é extraordinariamente fantástico. Do problema surgido, inicia a tentativa de resolução através de pesquisas, de experimentos, etc. Afinal, o que mais se quer e se deseja, de fato, é a resposta. Então, para você, o que mais influi no nível da sua saúde? A questão da saúde, sem rodeios, é sempre uma preocupação constante na vida de qualquer pessoa. Quantas situações, avisos e alertas se fazem necessários para o bem viver! Não se imagina, mas todos os dias, há um bom tempo, sejam em laboratórios ou não, inúmeros pesquisadores de atuação na área da saúde estão constantemente envoltos em estudos e experimentos, desenvolvendo formas, medicamentos, tratamentos para melhorar e/ou aprimorar a saúde. Numa destas tantas e tantas pesquisas, na Universidade de Harvard, há um dos maiores estudos sobre a saúde humana. Este projeto iniciou em 1937 e ainda perdura, acompanhando milhares de indivíduos que se tornaram voluntários (de todas as idades e perfis). Estes têm sua vida analisada, seja por entrevistas ou por exames rotineiros, tentando responder sobre “o que faz uma pessoa ser saudável”? Por mais extraordinário que pareça, a conclusão sobre tal pergunta, é que o fator mais influente no nível de saúde das pessoas não é a riqueza, a genética, a rotina e nem a alimentação. Imagine você, são os amigos! Como é afirmado na pesquisa, “a única coisa que realmente importa é a sua aptidão social – as suas relações com as pessoas”. O psiquiatra George Valliant, que é o coordenador deste vasto e amplo projeto, adianta que “os amigos são o principal indicador de bem-estar na vida de alguém”. Sabemos nós (uns mais e outros ainda nem tanto) que a amizade é sempre significativa para a vida. Criar e ter laços fortes de amizade aumenta, sim, nosso viver. Conforme a pesquisa, isso faz aumentar em até 10 anos nossa existência, bem como é prevenção para uma série de doenças. Evidente que possuir uma quantidade mínima de amigos favorece também tudo isso, ou seja, quanto mais amigos você tiver, menor os riscos. Dimensionando este fenômeno, em outras palavras, ao ter menos de quatro amigos, o sujeito corre risco dobrado de doenças cardíacas. Amigos do peito, eis o dilema! Quantas vezes trocamos os amigos para o trabalho, justamente para ganharmos mais dinheiro! Quanto dinheiro seria preciso para compensar a falta de amigos? Na juventude se passa quase 30% do nosso tempo com os amigos. Com o passar da idade, se dedica menos de 10% do tempo com os amigos. É mais que certo que ter amigos só nos faz bem, seja para o nosso bem-estar mental, seja porque ter amigos, também, faz bem ao coração e ao corpo. E mais, tão importante quanto ter amigos do peito, é fazer novas amizades toda a vida! * Mestre em Letras, Cultura e Regionalidade


Inside

10

FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018

Sétima Arte

Quando aceitar faz toda Baseado na história real de Jeff Bauman, “O Que te Faz Mais Forte” revisita, na ótica do sobrevivente, as consequências do brutal e covarde atentado ocorrido na Maratona de Boston

O

jovem Jeff Bauman (Jake Gyllenhaal) era um americano comum. Trabalhador, vivia na periferia de Boston e, entre idas e vindas, deseja o retorno do relacionamento com Erin Hurley (Tatiana Maslany). Era por quem seu coração pulsava. Jeff faria de tudo para reconquistá-la, embora fosse escancaradamente desaconselhado a desistir por seus amigos mais próximos depois de um novo rompimento proposto pela parceira. Quando a corredora Erin participava da tradicional Maratona de Boston, em 2013, Jeff resolve fazer uma surpresa com um cartaz na linha de chegada. Era sua última cartada na esperança de reatar, agora em definitivo, uma relação que, para ele, era a própria razão de sua existência. Porém, esse simples desejo foi abruptamente interrompido por um atentado que, mais uma vez, expôs o perigo permanente do terrorismo em solo estadunidense. No ensolarado 15 de abril de 2013, um belo dia de primavera, os irmãos chechenos Dzhokhar Tsarnaev e Tamerlan Tsarnaev colocaram em prática seu plano de horror. Eles explodiram duas bombas em uma panela de pressão repletas de pólvora e com alto poder destrutivo, na linha de chegada da prova. Elas mataram três pessoas e feriram outras 264, algumas com séria gravidade,

como Jeff, que teve parte das duas pernas decepadas. Ele foi prontamente socorrido e sobreviveu, mas teve que amputar os dois membros inferiores acima do joelho. Jeff auxiliou o FBI na captura de um dos terroristas, mas sua vida, por óbvio, nunca mais seria a mesma. Uma aproximação com Erin ocorre naturalmente. De certa forma, ela sente-se responsável pela ocorrência, no entanto, não era isso que Jeff gostaria. Para completar o drama, sua mãe Patty (Miranda Richardson) passa a cuidar de sua agenda e expõe o filho à imprensa justamente em um momento em que ele gostaria de ficar recluso. A cada nova investida as trágicas memórias da barbárie vem à tona e isso é tudo que ele não desejava. O pós trauma de Jeff é ainda mais deprimente a partir do momento em que Erin e Patty vivem brigando. Na verdade, o jovem tem dificuldades em aceitar sua nova condição e isso é perfeitamente natural se levarmos em conta sua trágica situação. Porém, é a completa falta de suporte no ambiente doméstico que agrava ainda mais a questão. As semanas vão passando e Jeff inevitavelmente mergulha em uma espiral de desespero que, por tabela, acaba afetando quem está à sua volta. Porém, nem tudo está perdido. Seu reencontro com Carlos Sanz, um americano de origem hispânica,

Tragédia que une Erin Hurley (Tatiana Maslany) e Jeff Bauman (Jake Gyllenhaal) se reaproximam após o atentado ocorrido na Maratona de Boston, mas o processo de amadurecimento de um episódio traumático está apenas no início


Inside

FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018

11

Sétima Arte

Imagem: Reprodução

a diferença

Divulgação

Título original Stronger Título traduzido O Que te Faz Mais Forte

que foi quem primeiro chegou a ele após o atentado e prestou um rápido atendimento, talvez evitando que o pior ocorresse, promove uma mudança significativa na forma como Jeff encara a vida. Acometido por misérias pessoais, Carlos dedica sua trajetória a tentar ajudar os outros, assim como fez com o

jovem, e isso tem um peso tão expressivo na jornada de Jeff que acaba mostrando a ele que é necessário continuar em frente. Baseado no livro de memórias de Jeff Bauman, realizado em conjunto com o escritor Bret Witter, “O Que te Faz Mais Forte” é um drama dos mais pesados, mas que mostra, de manei-

ra inequívoca, a importância da luta, de não se curvar diante das adversidades, por mais terríveis que elas possam se apresentar. Jake Gyllenhaal, sem dúvida, dá peso à história do roteirista John Pollono e do diretor David Gordon Green. Entretanto, é a mensagem que a obra transmite que faz toda a diferença no filme.

Direção David Gordon Green Roteiro John Pollono Gênero Drama Duração 119 minutos País Estados Unidos Ano de produção 2017 Estúdio IDC Lionsgate Bold Films Mandeville Films Nine Stories Distribuição Paris Filmes


12

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

É fundamental assumir o controle profissional. Apesar dos desafios apresentados, é importante manter os propósitos estabelecidos. É uma semana importante para concluir assuntos envolvendo documentos e situações com parentes ou pessoas próximas. Atenção com a irritação e com a impaciência.

Touro - 21/04 a 20/05

Semana para examinar suas crenças e valores e também para tomar decisões assertivas para conquistar um controle saudável. Além disso, a semana evolui para concluir acordos financeiros ou documentos que bloqueiam os trâmites materiais.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

Você é testado em sua força emocional para manter o equilíbrio e a sua paz interior, além de descartar pessoas ou situações que não agregam nada neste momento. A semana evolui para concluir as relações que devem ser mantidas. Você terá a oportunidade de conversar com pessoas que contribuem para essa análise.

Câncer - 21/06 a 20/07

É chegada a hora de avaliar como é possível prosseguir no relacionamento ou na interação com amigos que colaboram com o seu crescimento e progresso. No final da semana, você será levado a examinar os sentimentos, o que lhe proporciona problematizações que viabilizam o autoconhecimento.

Leão - 21/07 a 22/08

Semana para assumir as rédeas do setor profissional e os resultados dependem muito de foco. Seja firme para manter os planos estabelecidos. No final da semana, você será levado a refletir sobre a sua atuação com amigos ou grupos que interferem em suas decisões. Problematize os conflitos.

Vírgem - 23/08 a 22/09

É favorável manter-se firme em seus valores e propósitos, principalmente por meio de estudos e da fé. É o fortalecimento de suas crenças que o manterá de pé. No final da semana, é necessário examinar os passos para conduzir os planos futuros. Você está com diversas situações em sua “mente”.

Libra - 23/09 a 22/10

É importantíssimo assumir o controle da situação familiar. Esteja firme dentro dos seus propósitos, principalmente para garantir uma mudança necessária para o seu desenvolvimento. No final da semana, é possível acontecer conflitos para dialogar com pessoas próximas. Examine as palavras.

Escorpião - 23/10 a 21/11

O cônjuge ou uma pessoa importante para a experiência deve manter uma postura forte para transmitir uma informação. O mesmo ocorre com você, entretanto a experiência vem por meio do “outro”. No final da semana, é preciso dar atenção especial a documentos e trâmites financeiros.

Sagitário - 22/11 a 21/12

Semana importante para assumir o controle e o seu poder no trabalho. Examine com sabedoria qual é o seu papel neste momento atual. No final da semana, será preciso tratar de assuntos com uma pessoa importante, e isso pode evoluir. Atenção com as palavras e os acordos.

Capricórnio - 22/12 a 20/01

Você está sendo levado a assumir o seu poder pessoal e, daqui para frente, não pode permitir que ninguém invada o seu espaço. Seja maduro e forte para entender a experiência. No final da semana, haverá um acúmulo de situações no trabalho ou na rotina; isso pode se apresentar em tom de fofoca. Atenção.

Aquário - 21/01 a 19/02

Semana importante para assumir o controle e transpor desafios em família ou com imóveis. Você está sendo testado em sua força emocional e autoconhecimento. No final doa semana, receberá a oportunidade de avaliar o quanto se sente reconhecido e encaixado com amigos e afetos.

Peixes - 20/02 a 20/03

Você se sente forte e conectado a ideias e pensamentos que devem ser mantidos. ÉSemana para superar desafios, principalmente na interação com pessoas. No final da semana, informações podem conflitar com os planos planos futuros. Não negligencie nada.

Inside

FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018


FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018

VENDE-SE TERRENO DE ESQUINA com 650m², localizado no Bairro Belvedere. R$ 280 mil. Negociação direta com proprietária. Contato (54) 3268-2053 / (47) 9 9136.0575 / (48) 9 9170.8677. ALUGA-SE BOX de GARAGEM, no centro de Farroupilha. Interessados tratar pelo Fone (54) 2109.6588 com Érica ou Sabrina. VENDO TERRENO de esquina com 1.377m² a uma quadra da rodoviária e do Shopping Centro de compras. Valor R$ 650.000,00. F. 9 9118.1642.


2

VENDO TERRENO, localização central em Arroio do Sal a duas quadras do mar. F. 9 9118.1642. OPORTUNIDADE para Investimento! VENDO 4 terrenos de Cooperativa já com área comprada R$ 110.000,00 (pelos quatro) F.: 9 9118.1642. VENDO CASA MISTA localizada no Bairro Pio X, ao lado da Igreja. (A mesma já está alugada através de imobiliária pelos valores de R$ 1.500,00 por mês). R$ 250.000,00 Tratar: (54) 9 9118 1642.

FARROUPILHA, 23 DE NOVEMBRO DE 2018


Profile for Informantef Informantef

Edição 565  

Edição 565  

Advertisement