Page 1

FARROUPILHA

|

ANO XI

| EDIÇÃO 549

| 3 DE AGOSTO DE 2018 |

R$ 3,00

Rede de apoio para elas Juliana Inês Casa Barbieri

A coach Jaqueline Perottoni e as psicólogas Michele Garcia e Rosane Rech iniciam trabalho voluntário na Coordenadoria da Mulher, em projeto desenvolvido pela advogada Fernanda Camargo Matéria Especial, páginas 2 e 3, e Editorial PROGRAMAÇÃO

Advocacia, Juventude e Arte

OPINIÃO

ESPORTE

Do mau Jornalismo à censura Meninas estreiam em casa

Mês, Semanas e Simpósio das áreas Polêmicas da semana são abordadas por contam com uma série de atividades Gustavo Pimentel e Guilherme Macalossi Páginas 4, 5, 11, 13 e Inside, página 5 Inside, páginas 4 e 5

SERC Brasil Feminino recebe o Estrela às 14h de domingo, nas Castanheiras Página 15


2

FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018

PROTEÇÃO E AUTOESTIMA

Elas por elas: rede de voluntariado Projeto da Coordenadoria da Mulher disponibiliza atendimento psicológico e de coaching às vitimadas pela violência doméstica

A

proposta é bem simples e igualmente eficaz: oferecer às mulheres em situação de violência, vulnerabilidade e risco, além de orientação jurídica, também acompanhamento psicológico e de coaching. Trabalho este que é desenvolvido pela Rede Voluntária, organizado e proposto pela Coordenadoria Municipal da Mulher. Para agilizar esse atendimento que muitas vezes demorava em virtude da demanda da rede pública de saúde, aconteceu o credenciamento de profissionais voluntários por meio de chamada pública. Foi assim que as psicólogas Michele Cruz Garcia, Rosane de Oliveira Rech, Daniela Már-

cia Brunetta e a master coach Jaqueline Perottoni se habilitaram. Os atendimentos já estão em andamento e acontecem diretamente na Coordenadoria da Mulher, no Centro de Atendimento ao Cidadão (Ceac). “Por meio do trabalho voluntário da profissional parceira do projeto está sendo possível acolher a mulher que busca apoio de maneira espontânea ou por encaminhamento de toda a rede, seja Delegacia de Polícia, Ministério Público ou por denúncia anônima, podendo ser através do Disque 180. É para prevenir que ocorram outras violências, e ainda, contribuir para que elas rompam o ciclo da violência e se libertem para a vida como cidadãs de direito que são”, reforça a advogada Fernanda Camargo da Silva, da Coordenadoria da Mulher, vinculada ao Gabinete da Primeira Dama.

Juliana Inês Casa Barbieri

Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br

Linha de frente Jaqueline, Fernanda, Rosane e Michele integram time que efetiva atendimentos

Coordenadoria Municipal da Mulher

Quem necessita de acolhimento, independentemente de gênero, pode buscar a Coordenadoria Municipal da Mulher que atende gratuitamente, de segunda a sexta, das 9h às 16h, no Ceac (14 de Julho, 710, Centro). O fone é 997.105.229. É ofertada orientação e o atendimento pelo Projeto Rede Voluntária. Existindo a necessidade de encaminhamento jurídico, a usuária recebe informações sobre assistência judiciária gratuita. Atualmente o perfil do público atendido são mulheres entre 20 e 40 anos em situação de vulnerabilidade social.


3

FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018

TIME VOLUNTÁRIO

Doação de profissionalismo Juliana Inês Casa Barbieri

M

esmo com as atribulações do dia a dia, doar um pouco de seu conhecimento numa rede de ajuda ao próximo é o que mobiliza as profissionais envolvidas neste projeto. “No Coaching trabalhamos os 12 pilares da vida e um deles é servir. Então, depois do acolhimento, é preciso trabalhar com essas mulheres a questão de sonhar, ter planos, é um incentivo a ter metas e objetivos”, explica Jaqueline. Uma doação que pode mudar a vida da mulher vitimizada que neste momento de fragilidade aceita a situação ou decide buscar ajuda e receber o suporte para seguir em frente. É necessário resolver as questões internas, então num primeiro momento vem a escuta, o trabalho psicológico e depois o coaching para

Apoio feminino Grupo ajuda mulheres a se fortalecerem diante das situações de violência física ou psicológica

Rodas de Conversa

A Coordenadoria participa das Rodas de Conversa que são ações de bate-papo em instituições. O próximo encontro está agendado para terça, às 10h e às 14h, com dois grupos na Grendene, voltado às colaboradoras. A atividade será realizada em parceria com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e a Comissão da Mulher Advogada da OAB. Serão repassadas informações sobre Lei Maria da Penha, empoderamento feminino, autoestima, enfretamento das desigualdades de gênero e outros. Empresas com interesse em disponibilizar aos seus colaboradores esses encontros podem agendar pelo fone 997.105.229, com a Coordenadoria.

o empoderamento. O atendimento é realizado inicialmente de forma individualizada e tem sequência em grupo. “Quem busca a área de Humanas se dispõe a ajudar o outro. Sempre participei de ações voluntárias e com a formação em Psicologia é uma oportunidade para transmitir esse conhecimento e olhar para essas mulheres que muitas vezes não são vistas”, frisa a psicóloga Michele. O mesmo pensa a colega Rosane, considerando que a questão da agressão à mulher é muito séria e que pode ser amenizada por esse trabalho e pela troca de conhecimento. A busca é uma melhor condição de vida social para essas mulheres. Os atendimentos psicológicos acontecem às terças, quartas e quintas à tarde e o de coaching às segundas pela manhã. As profissionais ainda reforçam que as conversas são mantidas em sigilo.


4

FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018

Com ampla e intensa da Advocacia da OAB começa no sábado Reforma do Trabalho Cursos, debates, palestras e congraçamentos integram série de atividades alusivas à data

O

Dia do Advogado é celebrado em 11 de agosto, mas já a partir deste sábado, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Subseção Farroupilha abre as atividades que vão muito além da celebração da classe profissional. Cursos, palestras e eventos integram a programação que inaugura com “Os Efeitos da Reforma Trabalhista no Processo do Trabalho”, neste sábado, e só encerra no próximo dia 30, com o II Jantar Advogadas na Cozinha. Confira na sequência.

Sábado

Curso: Os Efeitos da Reforma Trabalhista no Processo do Trabalho Professora: Valdete Souto Severo Local: Auditório da OAB Subseção Farroupilha (Prefeito Schneider, 321) Horário: das 9h às 15h Investimento: R$ 300,00 (público em geral), R$ 260,00 (magistrados, servidores da Justiça do Trabalho e advogados) Informações: femargs@femargs. com.br / (51) 3231-5199

Terça

Lançamento da Campanha “Voto Consciente” Horário: 19h Local: Auditório do Faculdade CNEC Farroupilha (14 de Julho, 339)

Terça

Palestra: Negócios Jurídicos e o Saneamento do Processo (veja mais na Editoria de Educação, na página 13) Horário: 19h30min Palestrante: professor Darci Guimarães Ribeiro Local: Auditório do Faculdade CNEC Farroupilha (14 de Julho, 339) Investimento: um quilo de alimento não perecível

Quinta

Jantar Comemorativo ao Dia da Advocacia Horário: 19h30min Local: Restaurante Antonielle (Mal. Deodoro da Fonseca, 174) Valor: R$ 48,00 (bebida não inclusa)


5

FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018

programação, Mês Subseção Farroupilha com atividade sobre Dia 16

Arquivo Jornal Informante

Almoçando com a CICS Palestra: Voto Consciente Horário: 12h Palestrante: Ricardo Breier (presidente da OAB/RS) Local: Restaurante Parque dos Pinheiros (Independência, s/nº)

Dia 16

Inauguração Sala da OAB no Fórum Horário: 14h Local: Fórum de Farroupilha (13 de Maio, 21-A)

Dia 29

Evento: Diálogos Institucionais Um olhar da Advocacia, Magistratura e Ministério Público sobre temas polêmicos atuais e de relevante interesse jurídico Realização: Comissão Especial do Jovem Advogado (CEJA) Horário: 18h30min Local: Auditório da OAB Subseção Farroupilha (Prefeito Schneider, 321)

Dia 30

II Jantar Advogadas na Cozinha Horário: 19h30min Local: Salão de Eventos da OAB Farroupilha (Prefeito Schneider, 321) Valor: R$ 60,00 (bebida não inclusa)

Campanha Como estamos às vésperas de eleição, talvez a mais importante desde o período da redemocratização, iniciativa “Voto Consciente” é tema do Almoçando com a CICS do próximo dia 16, que recebe Ricardo Breier, presidente da OAB/RS


6

FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018

Ações efetivas, resultados melhores Ninguém tem dúvida que a violência contra a mulher é um problema dos mais sérios na sociedade brasileira, mas a diminuição dos índices não se fará por meio de medidas inócuas e sem qualquer tipo de sentido, como a inclusão do termo “feminicídio” no rol de crimes ou aumento da pena para casos de violência que tenham a mulher como vítima. Essas iniciativas têm um componente político embutido que não serve para absolutamente nada além do discurso batido e surrado de determinados grupos que se-

quer merecem consideração, pois estão preocupados com a situação tão somente pela conveniência narrativa. O que fará a diferença na construção de uma sociedade melhor, em que a criminalidade não encontre um chão para prosperar, seja contra quem ela for praticada, é, a longo prazo, a educação. Porém, como o problema é efetivo, real e urgente, ações como a desenvolvida pela Coordenadoria Municipal da Mulher, por meio do projeto “Rede Voluntária”, dão perfeitamente conta do

problema ao oferecerem um suporte às vítimas de violência (veja mais na Matéria Especial, páginas 2 e 3). O grupo funciona como uma espécie de alicerce psicológico e jurídico que é imprescindível para que o dano causado tenha seu efeito minorado e, por conta do suporte, talvez até mesmo suprimido. A Rede Voluntária passa a ter uma atuação vinculada a órgãos de segurança, mas é na ideia de amparo em um momento extremamente difícil e delicado, justamente quando a violência é praticada, que

seu papel ganha uma maior importância e relevância no contexto. É de se enaltecer e valorizar o trabalho das profissionais que, de maneira voluntária, prestam esse tipo de atuação no município. Um papel que vai muito além de garantir um conforto após a ocorrência da violência, mas que também pode evitá-la, agindo de maneira preventiva e até mesmo inibindo qualquer tipo de crime praticado contra a mulher pelo simples fato do serviço ser ofertado. Uma ação efetiva no combate à violência.

OPINIÃO

Sorria, seu futuro está sendo roubado Celso Tracco * Começou a temporada das convenções partidárias para definir as chapas e coligações para as próximas eleições de outubro. Em outras palavras, está aberto o balcão de negócios entre os partidos e os candidatos aos cargos eletivos. Uma verdadeira negociata onde tudo é financiado pelo dinheiro de impostos, menos o que realmente interessa ao dono do dinheiro, o povo. Em troca de alguns segundos de programa eleitoral gratuito, o candidato promete: cargos em estatais, em ministérios, na futura mesa diretora e em comissões do Senado e da Câmara Federal, aumentos de salário para servidores, doações de fundos

para a campanha de seus “aliados”, etc, etc. A “criatividade para nos roubar é inesgotável”. Debate de ideias para tirar o Brasil da crise, reduzir déficit público e reduzir desemprego nem pensar, eles nem sabem onde está o “Brasil real”. Eles só sabem onde está Brasília e seu pote de ouro. Ganhar seu quinhão no botim é o que importa. Os piratas do século XVII seriam meros “trombadinhas” perto de nossos “representantes” legitimamente eleitos. Mas, qual é a responsabilidade da população? Total, uma vez que temos a cultura de não discutir política, de achar que nada muda, que política é para quem não presta. Sim, enquanto as pessoas de bem não fizerem política, os aproveitadores e

Índice

Editorial

Matéria Especial....................................... Páginas 2 e 3 Editorial e Opinião.................................. Página 6 Economia ..................................................... Página 8 Cidade .......................................................... Páginas 10 e 11 Política ....................................................... Página 12 Educação..................................................... Página 13 Esporte........................................................ Páginas 14 e 15

Inside

Especial ....................................................... Capa Cinemas ........................................................ Página 2 Tradicionalismo ....................................... Página 3 Gustavo Pimentel ..................................... Página 4 Agenda ......................................................... Página 4 Artesanato ................................................. Página 5 Guilherme Macalossi .............................. Página 5 Social ........................................................... Páginas 6 e 7 Egui Baldasso............................................ Página 8 Literatura................................................... Página 8 Fotografia .................................................. Página 9 Lauro Edson Da Cás ................................. Página 9 Sétima Arte................................................. Páginas 10 e 11 Horóscopo ................................................. Contracapa Saúde, Beleza & Estética...................... 4 páginas Classificados .......................................... 8 páginas

inescrupulosos se locupletarão. Sei que nossas armas, isoladamente, têm baixo poder de fogo, mas, se nos unirmos em algumas causas comuns, creio que podemos incomodar esses verdadeiros faraós mumificados que se julgam divindades inatacáveis. 1) Se o horário “gratuito” na TV e no rádio é tão importante, então não vamos dar audiência. Iniciemos uma campanha via redes sociais propondo não assistir ou ouvir qualquer programa político, obrigatório ou não. 2) Não votar em nenhum político que já tenha ocupado algum cargo público, de qualquer partido. A renovação deve ser ampla, geral e irrestrita. 3) Não votar nos grandes partidos já muito conhecidos e mais comprometidos com esse sistema que gera

Redação - redacao@jornalinformante.com.br Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br Ramon Cardoso ramon@jornalinformante.com.br Yasmin Signori Andrade yasmin@jornalinformante.com.br

Comercial-comercial@jornalinformante.com.br Camila de Lima Alves camila@jornalinformante.com.br Fabiano Luiz Gasperin gasperin@jornalinformante.com.br Maria da Graça Potricos Leite maria@jornalinformante.com.br Rafaella Anhaia Alvarenga comercial3@jornalinformante.com.br

Anúncios-anuncios@jornalinformante.com.br Marcelo Bortagaray Mello marcelo@jornalinformante.com.br Tiago Rodrigues da Silva tiago@jornalinformante.com.br

Financeiro-financeiro@jornalinformante.com.br Keli de Almeida Maciel keli@jornalinformante.com.br

contínuos escândalos. Quanto maior o partido, maior a quantidade de membros envolvidos com a roubalheira. Na divisão do roubo, todos estão irmanados, não importa a cor da bandeira. Para o Brasil mudar, vai depender de pessoas preocupadas com o bem comum. A população precisa ser protagonista de seu destino, assumindo suas responsabilidades. Uma delas é o voto. Pela ação popular, podemos impedir que os maus políticos se reelejam. As redes sociais têm um grande poder e são de todos, use-as para divulgar suas boas ideias sobre política. Ajude a formar um novo Brasil. * Economista e autor do livro “Às Margens do Ipiranga: A Esperança em Sobreviver Numa Sociedade Desigual”

Assinaturas-assinaturas@jornalinformante.com.br Assinatura Bienal: R$ 240,00 Assinatura Anual: R$ 140,00

Telefones (54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203

Endereço Rua Dr. Jaime Romeu Rössler, 348, Bairro Planalto

Colunistas Crônicas da Redação Dolores Maggioni Egui Baldasso Fabrício Oliboni

Guilherme Macalossi Gustavo Pimentel Lauro Edson Da Cás Paulo Roque Gasparetto

A manifestação dos colunistas é livre e independente e não necessariamente reflete a opinião do Tabloide sobre os temas abordados nas colunas

@PaperInformante www.jornalinformante.com.br

/jornalinformante


8

FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018

ÓTIMOS NEGÓCIOS

Segunda edição e já consolidado Promovido pela CICS, Business to Business novamente movimentou setores da indústria, comércio e serviços farroupilhenses Fotos: Ramon Cardoso

U

m local para conhecer a vasta cadeia produtiva da cidade e, por tabela, realizar bons negócios. A 2ª edição do Business to Business aconteceu no final da tarde e início da noite de quarta, no Auditório da UCS Farroupilha e, a exemplo do evento inaugural, realizado em novembro de ano passado, foi um sucesso. “É um ambiente propício aos negócios, mas também de integração, de conversa, de troca de informações. Esse momento, de relacionamento olho no olho, é muito importante e nos sentimos orgulhosos em poder propiciar esses encontros”, citou Daniel Bampi, presidente da CICS. Entre patrocinadores e expositores, mais de 60 empresas estiveram presentes (veja lista abaixo). Na recepção, um coquetel oferecido pela Alameda Pizzaria e Gosto Caseiro. A novidade para esta edição foi a realização de palestras, que ocorreram no Mini Auditório. Quem abriu os trabalhos foi a doutora Maria Carolina Rosa Gullo, da UCS, que trouxe um panorama do cenário econômico, neste e para o próximo ano, sobretudo a partir das implicações do setor com a política, o Judiciário e a chamada IV Revolução Industrial que está em curso. “Só tenho que agradecer a presença de todos. Nós, da CICS, ficamos até emocionados por esse respaldo, pela grande participação no evento. Durante muito tempo o empresário foi criminalizado no Brasil. Esperamos que essa realidade mude. Estamos aqui para mostrar a importância de se valorizar quem empreende”, declarou Bampi, ao lado de Vinícius Pessin, diretor do Núcleo de Desenvolvimento Empresarial, e José Carlos Trujillo, vice da Indústria.

Forte presença O trio Pessin, Trujillo e Bampi agradeceu a participação dos empresários que mostraram seus produtos no Auditório da UCS (foto abaixo, à esquerda), no Business to Business, que nesta 2ª edição também contou com palestras, como a da professora Maria Carolina Rosa Gullo (abaixo)

Patrocinadores Sicredi UCS Gosto Caseiro Casa Perini Alameda Pizzaria Planeta Água Graffar

Expositores

Agência Planum Amiga Informática Banco do Brasil Calçados L’Hombre Comércio de Vidros São Roque Confeitaria Kidelizz Copase Contabilidade Design Churrasqueiras Direção Gestão Empresarial Dup Soluções Visuais Esperienza Exitus Gestão de Processos Fabrita Mineração

Fachini Extintores Faculdade CNEC Feltrin Imóveis Ferrujão Filtros Planeta Água Fratelli Breda G3 Papelaria e Escritório Gráfica Imprell Grupo de Artesãs Helena Imóveis Hotel Di Capri HW Sul IFRS Campus Farroupilha ITM Têxtil Jornal Informante Maltec Manica Comércio de Colchões Maria com Graça Marta Cristina Galafassi Megaserv Movelfar Multinova

Núcleo de Jovens Núcleo RH O Vermelhinho Ótyma Contabilidade Persist Informática Psicóloga Morgana Buratti Raota Colchões Realiza Soluções Refrigeração Calabria Rita Neis Rossler Automação Senac Farroupilha Senai Adelino Miotti Sesi Farroupilha Sicredi Serrana Soprano Sul Serra Estofados Tecnova Uniavanti Informática Virtude Consultoria WTM do Rio Grande do Sul Yang Modeladores


10

FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018

BRINDE AOS MELHORES

À espera da revelação dos premiados Análise Sensorial da 13ª Seleção de Vinhos de Farroupilha encerrou nesta quinta, no Seminário Apostólico

Avaliação concluída Promoção conjunta entre a Afavin e a Prefeitura, evento se aproxima de momento mais aguardado

Juliana Inês Casa Barbieri

A

s 174 amostras que foram coletadas nas 12 vinícolas farroupilhenses, entre os dias 4 e 13 deste mês, começaram a ser avaliadas na terça pela manhã, na Análise Sensorial, que é realizada no Seminário Apostólico Nossa Senhora de Caravaggio, e foi encerrada nesta quinta, seguida de almoço de confraternização com os avaliadores. As amostras estão competindo nas categorias Vinhos de Mesa Tintos e Brancos, Secos e Suaves; Vinhos Finos Secos Tinto e Branco; Vinho Branco Fino Seco Moscatel Tranquilo; Espumantes Moscatel e Brut; Vinho Frisante Moscatel e Suco de Uva Integral/ Natural. Os contemplados com as distinções serão conhecidos em jantar dos premiados, que será realizado no Centro Municipal de Eventos Mário Bianchi, no dia 6 de setembro, véspera de abertura do 8º Festival do Moscatel.


11

FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018

Alguém quer me adotar?

PROGRAMAÇÃO

Ações seguem até dia 12, organizadas pela Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude Segunda 8h30min: apresentação com Douglas Rapkiewicz 8h50min: abertura 9h10min: Palestra com João Carlos Bordin “Saúde e bem-estar na juventude” 10h: Lançamento do Programa “Espaço da Juventude”, na Câmara de Vereadores Terça 14h: Bora agitar? Aula de danças e atividades físicas. Atividades com a Academia Prime Fitness Local: Colégio Estadual Farroupilha Quarta 8h30min, 13h30min e 19h40min: Bate-papo sobre “Depressão: o mal que afeta muitos jovens”, com Jane Pereira, no Auditório da UCS Farroupilha Quinta 8h30min: Primeiros socorros: sabe o que fazer numa emergência?, atividade do curso de Enfermagem da UCS. Aula de Hit com a Academia Prime Fitness. Aferição de pressão arterial e exames rápidos 19h40min: Bate-papo sobre ISTs e gravidez na adolescência, com a professora Daiane Vergani 20h40min: Projeto Festival de Música na Escola,

realização Banda Entre Tantos e IFRS Farroupilha Local: Colégio Estadual Farroupilha Dia 10 (Sexta) 10h: Palestra sobre saúde mental: depressão, Síndrome do Pânico e ansiedade, com o professor João Luiz Almeida Webber. Aula de Hit com a Academia Prime Fitness. Local: Escola São Pio X Dia 11 (Sábado) 9h45min: Copa Estudantil Farroupilha de FIFA Local: Complexo do Parque Cinquentenário Programação nos estabelecimentos parceiros: Favorita Beer Store, Boteco do Chá, Muinho, República Beer, Boteco Antonielle e El Viajero Hamburgueria & Pub Dia 12 (domingo) 14h: Encerramento da Semana da Juventude. Mateada, música, Pista de Skate Móvel, atrações culturais, carro de som, brinquedos infláveis, confecção de carteira de meia entrada, UGES, UEE. Atrações culturais: DJ Cris D, Aulão de Misturado, Juliano Rosa, Entre Tantos, Patrick Ferreira, Douglas Rakpievicz, Vitor Henrique e Gabriel, Veleiro Velho, Baterya Fox. Local: Parque dos Pinheiros

ONG dos Peludos

Semana da Juventude abre na segunda

Abandonado, este cachorrinho precisa de uma família. Bob é de porte pequeno, amigável e gosta muito de passear. Informações pelos fones 999.515.440 ou 981.663.349. Importante: A ONG dos Peludos informa que não serão doados cães para ficarem presos em correntes.

Obituário 26 de julho * Honorio Marino Varaschini, 85 anos. Memorial Crematório São José, em Caxias do Sul; * Juliete Lopes da Silva, 58 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal (CPM); * Otilia Pinto Gobeti, 77 anos. Sepultamento no CPM. 27 de julho * Mafalda Maria Canal, 86 anos. Sepultamento no CPM. 29 de julho * Márcio Kosvoski, 29 anos. Sepultamento no CPM. 30 de julho * Ivone Edela Althaus, 66 anos. Sepultamento no Cemitério de Desvio Blauth (3º Distrito); * Juares de Amaral, 70 anos. Sepultamento no CPM; * Gelair Alves Lopes, 39 anos. Sepultamento no CPM; * Alessandra Fantin de Oliveira, 24 anos. Sepultamento no CPM. 1º de agosto * Sonia Muller, 86 anos. Sepultamento no CPM; * Otilia da Silva Mello, 57 anos. Sepultamento no CPM; * Maria Fátima Barboza Trubian, 63 anos. Sepultamento no CPM.


12

FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018

SoSSego Público

Conscientizar para não perturbar

A

eficaz. Durante a reunião surgiram ideias de produzirem também lixeiras com a marca do projeto e cartazes de conscientização. Por não ser permitido lançar campanhas enquanto está ocorrendo o período eleitoral (agosto, setembro e outubro), o projeto vai ser realizado em novembro. Enquanto isso será feita a produção dos copos, engajamento dos estabelecimentos e estudo da área para a aplicação. O projeto está contando com a participação e apoio dos bares e conveniências do município, da Guarda Municipal, Brigada Militar, Secretaria Municipal de Esporte Lazer e Juventude e do Conselho Municipal da Juventude. Imagem: Reprodução

campanha de Conscientização do Sossego Público foi lançada quinta, em reunião na Câmara Municipal de Vereadores. A iniciativa é do vereador e presidente em exercício Tiago Diord Ilha. A ideia é a distribuição de copos sustentáveis com as mensagens: “O seu direito acaba onde começa o dos outros” e “Divirta-se, mas não perturbe”. Afinal o intuito não é fazer com que os jovens parem de beber, mas que tenham a consciência de que é preciso respeitar. Enquanto ainda está em andamento o projeto da Lei 006/2018, que proíbe o consumo de bebidas alcóolica em local público entre 22h e 6h, a solução é ir atrás de outras alternativas para conscientizar a população. O copo necessariamente está na mão das pessoas que frequentam as conveniências e bares, que são o maior ponto de encontro para jovens atualmente, assim, acabam se interessando e lendo o que está escrito. É a minoria que causa a perturbação com drogadição, vandalismo, deixando lixo no local e urinando em lugares públicos, entregar o copo para o público que frequenta estes locais, acaba atingindo esta minoria, que torna a campanha

Yasmin Signori Andrade

“Projeto Respeitar” pretende mostrar aos jovens farroupilhenses que é possível se divertir, respeitando o espaço do próximo

Prevenção O vereador Tiago Ilha foi quem teve iniciativa do projeto que tem o objetivo maior de conscientizar


13

FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018

TEMAS JURÍDICOS

Sobre Direito e Cidadania Simpósio acontece na próxima semana, na Faculdade CNEC Farroupilha, em comemoração ao Dia do Advogado Divulgação

N

egócios Jurídicos e Direito Penal serão algumas das temáticas que estarão em pauta na próxima semana durante o Simpósio Direito e Cidadania, promovido pela Faculdade CNEC Farroupilha. Abertos para a comunidade e acadêmicos, os encontros acontecem terça, quarta e quinta, no auditório da instituição, a partir das 19h30min. As atividades são gratuitas e lembram o Dia do Advogado, celebrado no próximo dia 11. De acordo com o professor Maurício Sant’Anna dos Reis, um dos organizadores, é importante essa oportunidade para que haja o fomento do conhecimento com profissionais qualificados, capazes de instigar refle-

Negócios Jurídicos Palestrante Darci Guimarães Ribeiro abre Simpósio da Faculdade CNEC Farroupilha

Programação

Terça 19h30min: Palestra “Negócios Jurídicos e o Saneamento do Processo”, com Darci Guimães Ribeiro. Parceria com Escola Superior de Advocacia (Confira nas páginas 4 e 5) Quarta 19h30min: Palestra “Direito Penal e Cidadania”, com Fábio Agne Fayet Quinta 19h30min: Palestra “Democracia e poder punitivo: roteiros cinematográficos”, com Augusto Jobim do Amaral e lançamento do livro “Violência e Cinema: diálogos entre ficção e realidade”

xões críticas sobre o Direito e questões de cidadania. “O curso superior não se resume às aulas dentro da sala, essa troca é importante com o professor, mas para expandir o conhecimento é muito importante que sejam trazidos eventos, palestras ou ações comunitárias”, reforçou ainda o docente, estendendo o convite para a comunidade acompanhar as atividades. Também na quinta acontece lançamento da obra “Violência e Cinema: diálogos entre ficção e realidade”, organizado pelo palestrante Augusto Jobim do Amaral com artigo das egressas da Faculdade CNEC, Daniela Zini e Regiane Cargnin, em conjunto com o professor Maurício. As inscrições para as palestras podem ser realizadas no site faculdadefarroupilha.cnec.br ou pelas redes sociais da instituição.


14

FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018

Hermelu Runners no CGTM

Mais de 800 atletas participaram da 4ª etapa do Campeonato Gaúcho Corrida Trilhas e Montanhas, Trilhas do Morro Gaúcho, em Arroio do Meio. Entre eles, muitos da Hermelu Runners (foto ao lado). As disputas ocorreram nas distâncias de 6, 17, 32 e o desafio Brutus de 50 quilômetros. A competição é organizada pela LeG Eventos. Com muitas subidas e descidas extremas, trilhas no barro, na lama, na água, pedreira e altimetria elevada, a etapa é considera “a mais bruta do Estado”. Uma prova bem técnica e difícil, que ficou pior por conta das chuvas às vésperas da etapa. Confira performance abaixo.

Resultados Hermelu Runners

6 quilômetros Sirlei Meert (1º na Categoria 38 a 42 anos) Viane Moscone (3º na Categoria 53 a 57 anos) Samir Doors (4º na Categoria 38 a 42 anos) Manuela Onzi (5º no Geral) Rafael Dalligna (7º na Categoria 33 a 37 anos) Viviane Vedovelli (8º na Categoria 38 a 42 anos) Daniel Zaballa (11º na Categoria 33 a 37 anos) 17 quilômetros Roque Graff (1º na Categoria 63 a 67 anos) Ronaldo Spinelli (1º na Categoria 33 a 37 anos) Rosalete (2º na Categoria 43 a 47 anos) Daniel Rossi (10º na Categoria 28 a 32 anos) Adriano Vianini (19º na Categoria 28 a 32 anos) 32 quilômetros José de Souza (3º na Categoria 53 a 57 anos) Maria Rosane de Jesus (3º na 48 a 52 anos) Cleonir Simonetti (3º na Categoria 38 a 42 anos) 50 quilômetros Sidenei Feliponi (5º no Geral)

Fotos: Divulgação

BTR Trail Runners no CGTM

Outra equipe farroupilhense, a BTR Trail Runners também participou da prova em Arroio do Meio do Gaúcho de Trilhas e Montanhas, naquela que é considerada a mais difícil do Rio Grande do Sul. Veja resultados e foto de Samuel e Vanessa abaixo.

Resultados BTR Trail Runners

SERC Brasil desiste da Copinha

Direção e Comitê Gestor do Brasil acabaram oficializando, na terça, a desistência da Copa Wianey Carlet. O grupo de investidores interessado em efetivar parceria com o clube farroupilhense não cumpriu com os requisitos pactuados nas conversas iniciais e as tratativas esfriaram no último fim de semana.

Brasileiro de Enduro na cidade

Farroupilha, que depois de 2008 ficou nove anos sem sediar uma etapa do Brasileiro de Enduro, volta a receber a competição, assim como havia ocorrido no ano passado. A disputa da 11ª e 12ª etapas acontece neste sábado e domingo e são esperados cerca de 130 pilotos, de vários Estados da Federação, para 10 categorias em disputa. Serão três trechos cronometrados: na Árvore do Amor, em Caravaggio; no Santa Rita, em frente ao Balneário; e na Linha 30, locais onde o público pode acompanhar as provas. Por dia serão três voltas de 44 quilômetros, conforme destaca o farroupilhense Augusto Benvenutti, organizador da competição no município. Paralelamente à disputa nacional também acontece a 5ª etapa do Gaúcho, que será realizada somente no sábado.

17 quilômetros Felipe Cecconelo (2º na Categoria 33 a 37 anos) Jossemar Gomes (5º na Categoria 33 a 37 anos) 32 quilômetros Samuel Polli (1º na Categoria 33 a 37 anos) Vanessa Borsoi (2º no Geral) 50 quilômetros Clediane Lunardi (5º no Geral) Luciene Mauri (2º na Categoria 43 a 47 anos)


15

FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018

MENINAS RUBRO-VERDES

Brasil Feminino estreia em casa

O

Brasil

peso de encarar uma competição estadual contra a única equipe profissional do Estado ficou para trás. A SERC Brasil Feminino foi a Porto Alegre, no último domingo, encarar o Internacional, atual campeão estadual, no Complexo Esportivo do Sesc. A vitória ficou com o time colorado por 6 a 0, mas nada que abale a confiança no trabalho realizado. “Fizemos um bom papel, dentro das nossas limitações. É difícil encarar uma equipe que atua profissionalmente, que vive disso. Mas saímos de cabeça erguida, conscientes de que fizemos o nosso melhor e que estamos no

caminho certo”, assegurou o técnico Eder Vanzin. No outro jogo válido pelo Grupo A, o Palestra, de Erechim, foi superado em casa, pelo Ijuí, por 14 a 0. Neste domingo, o Brasil Feminino volta a campo, fazendo sua estreia em casa com o time que folgou na rodada de abertura, o Estrela. Uma boa oportunidade para os torcedores rubro-verdes acompanharem e apoiarem as meninas em busca da primeira vitória no estadual. O pentagonal é disputado em turno e returno e as quatro melhores avançam à fase de quartas de final. “Enfrentaremos uma equipe qualificada, mas do nosso nível, que enfrenta as mesmas dificuldades. Diante do nosso torcedor, que espero que compareça, vamos em busca dos três pontos. O Estrela é um dos adversários diretos em nossa briga pela vaga”, ressaltou Eder. O confronto inicia às 14h, nas Castanheiras. O ingresso custa R$ 10,00 o masculino e R$ 5,00 o feminino, estudantes e melhor idade. Sócios 2018 e menores de 12 anos têm entrada franca.

Mariana Capra

Equipe farroupilhense encara o Estrela pela 2ª rodada do Grupo A do Gauchão, domingo, às 14h, nas Castanheiras

Primeira vez Volante Ifhi acompanha zagueira Adri tentanto impedir ataque colorado: peso da estreia passou

Gauchão Feminino (2ª rodada do Grupo A - 1ª fase)

X

Dia/Horário: Domingo, às 14h Local: Castanheiras (Farroupilha) Ingressos: R$ 10,00 (masculino), R$ 5,00 (feminino, estudantes e melhor idade) e entrada franca (sócios e menores de 12 anos)


Fotos: Ramon Cardoso

Força e tradição

farroupilhense no XVI Juvenart

Fabiano Gasperin

Aldeia Farroupilha (foto ao lado) se apresenta no Bloco 1, nesta sexta à noite, já o Ronda Charrua e o Rancho de Gaudérios (fotos abaixo) integram o Bloco 5 e sobem ao palco no domingo pela manhã, na disputa que ocorre em Santa Maria Inside, capa e página 3

ECONOMIA

Receita simples, sucesso repetido Business to Business leva mais de 60 empresas à UCS Farroupilha, reforça acerto da CICS com a proposta e mostra força e diversidade que move a cadeia produtiva do município Página 8


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018

PRIMEIRA INFÂNCIA

Semana para falar de amamentação Campanha reforça exclusividade do aleitamento materno até os seis meses de vida do bebê e seguindo até os 2 anos Divulgação

O

leite materno é fundamental para o desenvolvimento do bebê e a Organização Mundial da Saúde preconiza que seja a alimentação exclusiva nos seis primeiros meses de vida, sem complementos como chás, água ou suco. Num esforço em incentivar essa prática que contribui para a qualidade de vida dos pequenos e de suas mães, anualmente acontece uma campanha com engajamento mundial que abriu na quarta e encerra na próxima terça. O slogan deste ano é “Amamentação é a Base da Vida” e os Postos de Saúde de Farroupilha também estão envolvidos na temática proposta pelo Ministério da Saúde. Durante o mês promovem exposição de cartazes, distribuição de folders, painéis, palestras, abordando o assunto nos Grupos de Gestantes, sendo que cada Unidade Básica de Saúde (UBS) organiza sua programação mobilizando os usuários a apoiarem a causa. É importante considerar que o leite materno é de fácil digestão e funciona como uma vacina para a criança, sendo rico em anticorpos. Estima-se que o aleitamento materno poderia impedir 13% das mortes em crianças menores de 5 anos em todo o mundo por causas evitáveis.

É a base da vida O leite materno protege as crianças de diversas doenças e poderia impedir 13% das mortes em menores de 5 anos por causas evitáveis

Os múltiplos ganhos com a amamentação

* O leite materno protege as crianças contra infecções, diarreias, alergias, algumas doenças crônicas e cânceres infantis. Diminui o risco de hipertensão, colesterol alto e diabetes, além de reduzir a chance de obesidade. Contribui para o desenvolvimento cognitivo. * Para a mãe, a amamentação reduz o peso mais rápido após o parto, ajuda o útero a recuperar o tamanho normal, diminui o risco de hemorragia e anemia, reduz o risco de diabetes e de desenvolver câncer de mama e ovário. * Sugar o peito é um exercício para o desenvolvimento da face da criança, ajuda a ter dentes saudáveis, a desenvolver a fala e a ter uma boa respiração.


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018

Mitos e verdades sobre a extensão de cílios Adeline Stein *

A

extensão de cílios está cada vez sendo mais procurada entre as mulheres para trazer praticidade e embelezar o olhar, porém existem muitos mitos sobre a extensão. Vamos esclarecer algumas dessas dúvidas!

1) Danifica os cílios naturais Mito. A técnica não prejudica em nada o crescimento natural dos cílios. Portanto, os fios naturais só cairão quando estiverem na fase de cair mesmo, ao fim do seu ciclo de crescimento. Os cílios tem um ciclo de mais ou menos 45 dias cada fio. 2) A cola pode causar alergia ou irritação Verdade. As extensões são colocadas sobre os cílios naturais, não na pálpebra. Porém, existem pessoas com maior propensão a alergia ou a alguma substância específica existente na formulação da cola. Então, as chances existem, como com qualquer outro produto. No entanto, é muito difícil alguém ter alergia à cola. 3) Está proibido o uso de máscara para cílios e delineador Mito. O que acontece é que, com as extensões, não há necessidade de usar rímel e de perder tempo com a maquiagem. Porém, o cosmético pode ser usado, desde que não seja continuamente ou na raiz dos cílios. Nunca use máscara de cílios à prova d’água, pois seu uso recorrente diminui a durabilidade das extensões. Delineador pode ser usado normalmente, mas deve ser retirado com água micelar e não demaquilante bifásico. Na técnica de Volume Russo, o uso de máscaras para cílios faz com que ele perca o efeito do volume. 4) Não pode lavar o rosto no banho ou na pia Mito. Nas primeiras 24 horas não se pode molhar as extensões para a cola secar totalmente e o procedimento durar por mais tempo. Porém, a água quente e o vapor faz com que a extensão se descole mais fácil, então temos que evitar um pouco o contato direto da água quente durante o banho. Afinal a higienização das extensões e dos olhos é muito importante e não podemos ficar sem, preci-


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018

Fotos: Divulgação

Técnica Apesar de alguns mitos sobre o procedimento, cuidados básicos são fundamentais para um resultado satisfatório, bem como a escolha de profissional habilitada

samos higienizá-los todos os dias, contudo, com mais cuidado e com água na temperatura ambiente. 5) Quem usa lente de contato pode sentir mais dificuldade para manter os cílios Verdade. Quem usa lente de contato tem mais umidade nos olhos pelo uso do soro e colírio, e a manipulação diária da lente faz com que a durabilidade seja um pouco menor do que o normal. Porém, estas pessoas podem usar as extensões, sim, apenas farão as manutenções em prazos menores para ficarem perfeitas. Se você quer fazer uma extensão de cílios, certifique-se que a profissional escolhida esteja qualificada para fazer as extensões da forma certa. * Micropigmentadora e Designer de Cílios


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018

FINANÇAS

HBSC com consultoria master Profissionais do Hospital Sírio-Libanês iniciam diagnóstico de gestão no São Carlos, por meio do Ministério da Saúde Juliana Inês Casa Barbieri

C

om o objetivo de alavancar de vez a saúde econômica do Hospital Beneficente São Carlos (HBSC), uma consultoria especializada do Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo, iniciou atuação junto à instituição nesta quinta. A ação é do Ministério da Saúde dirigida ao fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) em parceria com hospitais filantrópicos. A consultoria acontece por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional (Proadi) do SUS. “O objetivo é fazer um diagnóstico e avaliar possíveis oportunidades para melhor aproveitamento do equipamento público”, considerou Bruno Barreto, gerente de consultoria, explicando que o processo terá duração de um mês. A busca por essa consultoria foi encabeçada pela Câmara de Indústria, Comércio, Serviços e Agronegócios (CICS). O trabalho inicia pela análise do perfil e porte da instituição, diagnóstico econômico e financeiro, de operação e gestão. Terá envolvimento direto de quatro profissionais, podendo ser ampliado, de acordo com a necessidade apurada durante as análises. Janete Toigo, superintendente do São Carlos, destaca que o mais importante é o elo que vem sendo fortalecido com o Ministério da Saúde, buscando qualificar e ampliar os serviços prestados pelo HBSC.

Diagnóstico para implementar melhorias Barreto, Janete e o consultor Paulo Malabarba alinhavando detalhes para início dos trabalhos que terão duração de um mês


Fotografia

Vanessa Wisintainer representa Farroupilha na Bienal Brasileira de Arte Fotográfica, que realiza 30ª edição em Caxias do Sul Página 9

Inside

Sétima Arte

Wim Wenders volta à ativa em filme simples, mas reflexivo sobre a vida, com dupla Alicia Vikander e James McAvoy Páginas 10 e 11

TRADICIONALISMO

Força farroupilhense no Juvenart Futuro da dança tradicionalista, 16ª edição inicia a partir desta sexta e vai até domingo, em Santa Maria, com 58 grupos, entre eles o Ronda Charrua, o Rancho de Gaudérios e o Aldeia Farroupilha Ramon Cardoso

A

s últimas semanas têm sido intensas para três Centros de Tradições Gaúchas da cidade. Ronda Charrua, Rancho de Gaudérios e Aldeia Farroupilha intensificam os ensaios para a apresentação no XVI Concurso Estadual de Danças Tradicionais Categoria Juvenil (Juvenart), que realiza sua fase final a partir desta sexta até domingo, em Santa Maria. “Vamos apresentar a história de Rodrigo Cambará e Bibiana Terra e o duelo entre Rodrigo e Bento Amaral. Trabalhamos dentro do contexto histórico do Erico Verissimo (da obra O Tempo e o Vento), mas sempre apresentando uma releitura da obra com a cara do Ronda”, ressaltou a instrutora Aline Siqueira, que há cinco anos é responsável pelo grupo ao lado de Mateus Dal Magro.

A apresentação do Ronda está no último Bloco, o 5, que acontece no domingo pela manhã. O CTG farroupilhense é o segundo a subir ao palco. A temática para a 16ª edição foi definida tão logo encerrou a

participação no ano passado, quando o Ronda foi até a fase decisiva, e finalizou em 9º lugar. Em 2016, eles obtiveram um 6º lugar, a melhor colocação no Juvenart. Os ensaios, que ocorriam três vezes por se-

mana, passaram a ser diários no último mês e se estendiam das 19h30min à 1h30min, tudo para fazer bonito na disputa santa-mariense. Segue na página 3

Últimos ajustes Ensaio de terça à noite movimentou o Ronda Charrua com sua tradicional Invernada Juvenil, que se apresenta no domingo pela manhã


Inside

2

FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018

Cinemas Imagens: Reprodução

Shopping Iguatemi (RST-453, quilômetro 3,5) Cinemas GNC 1: Uma Quase Dupla - às 14h45min, 17h20min, 19h40min e 21h45min GNC 2: Mamma Mia! Lá Vamos Nós de Novo - às 14h e 19h20min (dublado), 16h30min e 21h40min (legendado) GNC 3: Jurassic World: Reino Ameaçado (dublado) - às 14h10min e 21h10min GNC 3: Todo Dia (dublado) - às 16h30min GNC 3: Homem-Formiga e a Vespa (dublado) - às 18h40min GNC 4: Os Incríveis 2 - às 13h20min (dublado), 16h e 18h50min (dublado e em 3d) GNC 4: Jurassic World: Reino Ameaçado (dublado) - às 21h30min GNC 5: Hotel Transilvânia 3: Férias Monstruosas - às 13h (dublado e em 3d), 15h (dublado) e 17h (dublado e em 3d) GNC 5: Missão Impossível: Efeito Fallout - às 19h10min (dublado e em 3d) e 22h (legendado e em 3d) GNC 6: Missão Impossível: Efeito Fallout - às 13h15min e 21h50min (dublado), 16h10min e 19h (legendado) Ingressos: segunda e quinta (exceto feriado e Carnaval) a R$ 22,00 e R$ 28,00 (salas 3d); terça e quartas (exceto feriado e Carnaval) todos pagam meia entrada; sexta a domingo e feriado a R$ 26,00 e R$ 32,00 (salas 3d). Meia entrada todos os dias para menores de 18 anos e maiores de 60 (mediante apresentação de identidade), estudantes (mediante apresentação de Carteira de Identificação Estudantil), pessoas com deficiência (com documento que a comprove) e para o Movie Club Preferencial.

Shopping San Pelegrino (Avenida Rio Branco, 425) * Obs: o site do Cinépolis traz apenas os horários dos filmes, mas não informa em qual sala serão exibidos Hotel Transilvânia 3: Férias Monstruosas (dublado) - às 13h, 15h30min, 17h40min e 20h40min Hotel Transilvânia 3: Férias Monstruosas (dublado) - às 14h, 16h20min e 18h30min Hotel Transilvânia 3: Férias Monstruosas (legendado) - às 19h40min Jurassic World: Reino Ameaçado (dublado) - às 21h40min Mamma Mia! Lá Vamos Nós de Novo - às 14h20min, 17h e 19h30min (dublado), 22h10min (legendado) Missão Impossível: Efeito Fallout (dublado e em 3d) - às 13h, 15h, 18h e 21h Missão Impossível: Efeito Fallout - às 16h e 19h (dublado e em 3d), 22h (legendado e em 3d) Ingressos: nas salas tradicionais, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 23,00 e R$ 11,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 25,00 e R$ 11,50 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 26,00 e R$ 13,00 (meia). Nas salas 3d, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 14,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 15,00 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 32,00 e R$ 16,00 (meia).

Sala de Cinema Ulysses Geremia (Luiz Antunes, 312) O Insulto - sexta a domingo, às 19h30min Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (estudantes e sênior)

Estreia e despedida Uma década depois do original, Mamma Mia retorna, agora na direção do britânico Ol Parker, mas ainda com Meryl Streep capitaneando o elenco. Já “O Insulto”, que trata da sempre tensa relação no Oriente Médio, exibe últimas sessões na Sala de Cinema do Ordovás


Inside

FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018

3

Tradicionalismo

Amor, dedicação e empenho: CTGs intensificam ensaios “Tivemos pouco tempo para preparar o grupo e optamos por uma homenagem à Nossa Senhora de Caravaggio, algo bem característico de Farroupilha, um tema religioso e que mostra de onde viemos. Sempre procuro, nos grupos de dança, abordar uma temática que caracterize o município de origem”, salientou Moisés Fraga Júnior, instrutor do Rancho, que obteve um 16º lugar em 2005 e no ano passado como resultados mais expressivos. O primeiro grupo farroupilhense a subir no palco, contudo, é o Aldeia Farroupilha. Ele se apresenta no Bloco 1, nesta sexta à noite, e é o sétimo de 12 que estão na

divisão. Destes, três avançam à fase final. Diretor Artístico e fundador do Aldeia, Ataíde Pereira destacou que a primeira transmissão televisa a cores, que ocorreu na Festa da Uva de 1972, pautou o tema da apresentação. “Uma Festa em Cores” é o tema de entrada e “Uma Festa de Porão” o de saída, que mescla a tradição italiana com a gaúcha. No ano passado, que foi de estreia para o Aldeia, o grupo finalizou sua participação no Juvenart na 26ª posição. Guilherme Dallegrave e Carla Ribeiro são os instrutores que há anos trabalham com o time, desde o Fest Mirim, com destaque para um 8º lugar obtido em 2016. Parte dos que participaram da conquista subiram de categoria e agora integram a Invernada Juvenil, o que aprimora e facilita o trabalho dos instrutores. “A dança é como futebol. Quanto mais tempo o pessoal se conhece, melhor a harmonia e o entrosamento. Estamos em um Bloco com três campeões que é considerado o grupo da morte, mas estamos confiantes em fazer um bom trabalho para avançar às finais”, salientou Guilherme. Os ensaios, que ocorriam duas vezes por semana, aumentaram a frequência nos últimos dias e, na semana passada, de férias escolares, eles aconteciam diariamente, das 14h às 22h.

Fotos: Ramon Cardoso

Quem também ultima preparativos para a competição é o Rancho de Gaudérios, que reestruturou sua Invernada Mirim em março deste ano e caiu, na fase classificatória, no mesmo Bloco 5 do Ronda, sendo o terceiro a se apresentar no domingo pela manhã, logo após o conterrâneo. Coordenadora da Invernada, Ana Paula Saldanha destacou que os ensaios, que ocorriam duas vezes por semana, passaram a acontecer com maior frequência à medida que a disputa se aproximava e nas últimas semanas foram realizados todas as noites.

Caravaggio Homenagem à Nossa Senhora foi o tema escolhido pelo Rancho de Gaudérios em sua apresentação no Juvenart

Raiz italiana Cultura da terra pauta performance do Aldeia Farroupilha, primeiro do município a subir ao palco em Santa Maria


Inside

4

Gustavo Pimentel

gustavospimentel@yahoo.com.br

Eu não tenho a pretensão de fazer uma análise política acerca das eleições presidenciais que se aproximam, tampouco dos candidatos ao Planalto. Esse Jornal tem, bem aqui na página ao lado, um colunista extremamente capacitado para isso. Porém, eu não poderia deixar passar em branco o show de horrores que o Roda Viva apresentou na última segunda à noite, quando da entrevista com o candidato Jair Bolsonaro. Se a área jurídica não vive a sua melhor fase – e isso é um consenso entre todos –, o jornalismo brasileiro também não está nos seus melhores dias e o Roda Viva deixou isso bem claro. Não que precisasse. Basta abrir um jornal, ligar o rádio ou a televisão para ver que nitidamente falta preparo a muitos dos jornalistas que diariamente trazem informações e buscam formar opinião. No entanto, o que aconteceu na última segunda ultrapassou os limites do razoável. Os jornalistas que compuseram a bancada do programa, que mais pareciam membros do DCE de uma universidade pública, esqueceram-se que o seu papel, naquele momento, era destinado ao esclarecimento de toda população brasileira e não apenas a um grupelho de militantes de cabelo azul que não conseguem articular uma ideia sequer. Da forma como foi feito o programa, o resultado só poderia ter sido um: vitória para ambos os lados. Para aqueles que são simpatizantes de Bolsonaro, o desempenho do candidato foi excelente. Para os seus opositores, o candidato foi muito mal. E sabem por que aconteceu isso? Muito simples: as perguntas abordaram temas como índios, quilombolas, a sucessão de João Goulart, ditadura militar, escravidão e refugiados, que são solenemente ignorados por mais de 90% da população brasileira. Sobre esses temas, que são muito caros à esquerda, o candidato Bolsonaro sabe se expressar muito bem. Fala exatamente aquilo que seus eleitores querem ouvir e, ao mesmo tempo, o que os seus opositores odeiam ouvir. Resumo da ópera: ambas as partes saíram felizes. Contudo, aqueles assuntos que realmente interessam a todos os brasileiros, como saúde, educação, economia, reforma da previdência social, etc., não foram abordados no programa – e não foram por culpa exclusiva dos pseudojornalistas que deveriam conduzir a entrevista. Vimos elogios à forma física do candidato, descobrimos que a Wikipédia se tornou uma confiável fonte de informações, descobrimos até mesmo que Jesus Cristo foi um refugiado, mas não conseguimos descobrir qual é a política econômica que Bolsonaro, se eleito, pretende implementar no Brasil para retirar-nos da estagnação econômica, por exemplo. E eu que pensava que apenas a área jurídica estivesse em maus lençóis, depois de ter assistido ao Roda Viva de segunda cheguei à conclusão que, se o Direito está beirando a morte, o Jornalismo já morreu há bastante tempo, infelizmente. * Advogado

Agenda SEXTA

Sertaneja da Favorita, com Victor e Rafa e DJ Carlos Pergher Favorita Beer Store, às 22h

SÁBADO Dênis Braatz e Banda Boteco do Chá, às 23h30min Latinidad com Los Fabulosos Capellaris República Beer, às 23h Acústico Play Favorita Beer Store, às 22h

DOMINGO Super After, com RODWY Hunter Club, às 6h

Divulgação

O espetáculo dantesco do jornalismo brasileiro

FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018


FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018

Inside

Artesanato

Grupo de artesãs vai promover, de segunda ao dia 11, oficinas ensinando diversas técnicas Núcleo Artesão Empreendedor – CICS Farroupilha: Atelier Arte das Gurias está promovendo a Semana do Artesanato. Estão sendo oferecidas oportunidades de aprendizado de várias técnicas por meio de 20 oficinas (veja mais abaixo), que iniciam na próxima segunda e se estendem até o dia 11, na Câmara Indústria Comércio, Serviços e Agronegócio (CICS) de Farroupilha (República, 425, Edifício Firenzi, 6º andar, na sala 601). As oficinas variam entre R$ 35,00 e R$ 60,00 e estarão inclusos os materiais para realização. Cada participante levará para casa a peça que produzir. O grupo das artesãs foi formado por meio do

Projeto Empreender em 2016 e 2017, desenvolvido pela CICS, e tem continuidade em 2018. Neste projeto foi implementada uma metodologia empresarial das artesãs e contou com consultoria e assessoria da empresa Somar Facilitadora de Soluções e Treinamento. “Com uma mentalidade empreendedora, artesãos e artesãs se organizam em grupos valorizando as habilidades artísticas de cada indivíduo e construindo o fortalecimento desta atividade”, destaca a coordenadora do grupo, Ana Maria Cerioli Gasperin. As inscrições para as oficinas podem ser feitas pelos fones 999.896.772 ou 999.608.014, no Artesanando Atelier (Júlio de Castilhos, 1140) e na Chocolates e Delícias da Serra (Mal. Deodoro da Fonseca, 804, sala 1).

Oficinas oferecidas

* Feltro, confecção de peças em feltro e guirlanda: 14h às 17h (R$ 65,00) * Fuxico, flores de tecido: 14h às 17h (R$ 45,00) Quinta * Feltro, flores: 8h30min às 11h30min (R$ 40,00) * Tapeçaria, capa de celular: 8h30min às 11h30min (R$ 50,00) * Feltro, confecção de alfineteiro: 14h às 17h (R$ 55,00) * Decoração garrafas de vidro: 14h às 17h (R$ 35,00) Sexta, dia 10 * Crochê, cabide porta trecos: 8h30min às 11h30min (R$ 60,00) * Crochê, flores: 8h30min às 11h30min (R$ 45,00) * Tricô, roupa para boneca: 14h às 17h (R$ 45,00) * Laços para embalagens de presente: 14h às 17h (R$ 30,00) Sábado, dia 11 * Madala com Fio Barbante: 8h30min às 11h30min (R$ 60,00)

Segunda * Técnica Falso Mosaico em MDF: 8h30min às 11h30min (R$ 35,00) * Técnica Falsa Pedra em MDF: 14h às 17h (R$ 45,00) * Cartonagem, confecção de caixa e forração com tecido: 8h30min às 11h30min e 14h às 17h (R$ 65,00). Oficina inicia pela manhã e finaliza à tarde Terça * Crochê, enfeite árvore de natal e mini guirlanda: 8h30min às 11h30min (R$ 45,00) * Crochê, descanso de panelas: 14h às 17h (R$ 45,00) * Pintura sobre tela com tinta acrílica: 8h30min às 11h30min e outra turma das 14h às 17h (R$ 85,00) Quarta * Crochê, roupa para boneca: 8h30min às 11h30min (R$ 50,00) * Caixa, embalagem presente e decoração: 8h30min às 11h30min (R$ 45,00)

Guilherme Macalossi cisperter@hotmail.com

Semana para a arte

O

5

O Facebook e a censura subjetiva A remoção de centenas de páginas e perfis que seriam ideologicamente alinhados com a direita para escancarar os métodos nebulosos usados pelo Facebook para aplicar suas “regras da comunidade”. A ação, despida de qualquer transparência, gerou inúmeras acusações de censura. O Movimento Brasil Livre, que teve até membros de sua coordenadoria atingidos, prometeu ingressar na Justiça e mobilizar os parlamentares que lhe são simpáticos para fazer pressão. No último dia 28 de junho, o Facebook assinou um acordo de cooperação com o Tribunal Superior Eleitoral. O objetivo é trabalhar conjuntamente para impedir a disseminação de fake news nas eleições. Em última instância, a rede social trabalha junto a um braço do Estado para regular o fluxo de informações no país. Alguns liberais, perdidos em abstrações idealísticas, criticaram os grupos de direita que buscaram na Justiça e no Congresso Nacional a reparação e o suporte pelo dano causado. Na opinião deles, tais grupos estariam em contradição, já que agora se apoiariam na burocracia para se intrometer nas decisões de um ente privado. A leitura de Mises não obsta a necessidade de se prestar atenção na política real. O Facebook não trabalha com a venda de cachorro quente, mas sim com a livre expressão. Seu produto é o exercício da liberdade, que é garantida pela Constituição Federal. De modo que não se trata de uma relação comum entre consumidor e prestador de serviços. Empresa privada alguma é representante do livre mercado. É, quando muito, resultado dele. Isso não significa que obrigatoriamente irá operar em favor do regime de liberdades ou do próprio capitalismo. Empresas não estão isentas de atos autoritários ou ilegais. Ainda mais as que têm características monopolistas ou que se associam ao Estado. Se uma empreiteira como a Odebrecht ajudou o PT a saquear o país, por que uma rede social não poderia ajudar um aparelho governamental a relativizar o direito de opinião? A ação do Facebook se deu no início da campanha eleitoral. As exclusões efetuadas atingiram alguns dos principais grupos que participam do debate público brasileiro. Imaginar que tudo se trata de uma querela privada e que não deveria envolver pressão política é racionar sob o prisma de uma ingenuidade ideológica imbecilizante. Não se pode prescindir das ferramentas de reação. Se, por pureza principiológica, a direita preferir a autocastração, acabará concedendo aos seus inimigos a possibilidade de calá-la para sempre. * Redator e radialista


Juliano Conci/Colours

A

Eles na Cozinha

Associação de Prevenção e Combate ao Câncer de Farroupilha comanda o 22º Jantar Baile Homens na Cozinha, que ocorre no dia 18 deste mês. O evento, que tem cunho beneficente, já está com ingressos disponíveis para compra na sede da entidade e promete lotar o Centro Municipal de Eventos Mário Bianchi. Participe!

Ritmo Latino

Os guris da banda Los Fabulosos Capellaris promovem uma noite caliente no República Beer neste sábado, com o evento Latinidad. O show já é conhecido por seus hits em espanhol que animam o público. Na data, o bar estará aberto a partir das 23h30min e os ingressos estarão disponíveis na hora.

Para celebrar 10 anos de atividade, o Muinho Club promove um evento com line-up de peso no próximo dia 10. A festa contará com duas pistas temáticas e sete DJ’s. Entre as atrações da noite está destacada a presença do DJ Fabrício Peçanha.

Janine Gonçalves

Bday

Elisa Rich, Denieli Henz Broilo e Júlia Deboni Reginatto marcaram presença na festa Colours, que movimentou o Jockey Clube no último sábado

E

Arquivo Pessoal

O serta A dis Cris das

In

A mais gura resta Igua marc

P

Os amigos Anderson Perin e Vinicius Treviso fizeram uma recente trip pelo Chile seguindo a Carretera Austral. Na foto visitam o Parque Nacional Queulat

Isabelly de Almeida celebrou seu aniversário entre amigos no Boteco Antonielle, no domingo passsado

O pass ming nova é rel 200 inicia


Éder Tondello

Fique por Dentro

Empreendimento

O Boteco do Chá traz para seu palco o anejo do músico Dênis Braatz e banda. scotecagem da noite fica por conta do DJ Pacheco. Como já é tradicional, a partir 23h rola o aquece especial para elas.

Cristiano de Oliveira

Carolina Colombo Tedesco, filha de Karin e Elton Tedesco, festejou sua formatura em Engenharia Química, juntamente com familiares e amigos, no Espaço Lounge do Quinta Estação, em Caxias do Sul

nauguração

A cena gastronômica da região ganhou s uma opção nesta semana com a inauação do primeiro Madero Container. O aurante está localizado no Shopping atemi e recepcionou convidados para car o abre portas na quinta.

Para o domingo

O Clube Santa Rita está saudosista na sagem dos seus 90 anos. A clássica “Dogueira” foi retomada em 2018 e uma a edição acontece no dia 12. O intuito lembrar o repertório dos anos 70 até os 00 em uma reunião dançante. A atividade a na Sede Social, a partir das 16h.

Renan Reiter curtiu a balada do Boteco do Chá no sábado


Inside

8

Egui Baldasso e.baldasso@gmail.com

Cada esquina, uma chance

* Jornalista e escritor

Literatura

História dos Chiele registrada em livro 2ª edição da obra, que contém documentos e história da tradicional família, será lançada neste domingo em almoço de confraternização Imagem: Reprodução Yasmin Signori Andrade

Essa semana andou atrapalhada. Mais sem graça do que pesada. Dias se juntando, passando. Nada de muito novo. Nem meu time, que anda me ajudando nos últimos anos depois de outros tantos a rir da minha cara, fez a parte dele. Pelo contrário, ajudou foi a enterrar meu humor com um gol canalha sofrido nos acréscimos. Quer algo mais canalha do que um gol sofrido aos 49 minutos do 2º tempo? Nem aos 50 dói tanto. O minuto 49 deveria ser extirpado do cronômetro, do planeta, das nossas vidas, pra que ninguém mais fosse infeliz nesse fatídico espaço. O frio persistente dessa terra também contribuiu. Vem cá, alguém mostra a saída pra ele, por favor? Coisa mais chata. Vestir-se e comer bem pode ser vantajoso em Roma, Veneza. Aqui pelo Rio Grande a novela não é a mesma. E meu italiano ficou limitado a pouco mais do que porco cane, pra pegar leve na ‘bestêmia’. Cansei. A junção julho-agosto aumentou a lista de contratempos. Saber que temos pela frente 14 meses até setembro dá um desânimo de fazer inveja a qualquer música do Radiohead. Enfim, inventei motivos aos montes pra reclamar dessa vida, que nem o café e o chimarrão resolviam. O que, claro, tirou minha inspiração pra escrever até essa coluna. Acordei ontem com a mensagem do editor do Informante me cobrando o texto. É óbvio que estava atrasado. Se a vida, na minha opinião, está, quem dirá eu que a levo para todos os cantos. E foi levando-a para todos os cantos que ela me deu mais um tapa na cara. Costuma fazer isso, safada, inclusive. E bastante. Pra que eu saiba quem manda nessa joça. Ela, claro. Num desses cantos maravilhosos do planeta, esbarrei com uma banda de rua. Cartas na Rua, o nome. Tocavam uma música que me lembrava o tempo em que vivi na Irlanda, e tanto fôlego que eu perdi por lá. Nota depois de nota, foram me dando razões para recordar que os detalhes são muito maiores que gigantes problemas inventados. O Grêmio logo volta a ganhar, o cheque especial provavelmente vai ser um amigo que nunca me deixa, melhor pegar logo o WhatsApp pra ao menos encher o saco dele com meme de bom dia. O frio nasceu pra ser chato, agosto também. E vão sempre voltar, sempre mais cedo do que desejado. E não fui eu que inventei o cronômetro para poder arrancar o 49 dele. Eu preciso entender meus motivos para rir. Sorrir. Seguir. Aos poucos, sozinho, aqui dentro. Ir a todos os cantos, escutar todas as músicas. Saber que cada esquina reserva uma chance. Uma aposta. Uma sorte. Andar mais do que correr. Ajudar mais do que sofrer. Vibrar mais do que saber. E comemorar um gol aos 49 do 2º. Porque não existe nada mais fantástico do que um gol aos 49 minutos do segundo tempo.

FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018

Dedicação Joel é o autor que colheu grande parte das informações e capitaneou projeto que resgatou a árvore genealógica da família

A

obra “História da Família Chiele e Afins”, escrita por Joel Nardi Chiele com as coautoras Lyndsai Kelen Chiele e Janete Maria Viero Chiele, reúne documentos e histórias dos membros da família. O lançamento da 2ª edição acontecerá com almoço de confraternização, na comunidade de São Luiz, 3º Distrito, no valor de R$ 25,00. Na 1ª edição, lançada em 2007 e escrita apenas por Joel, foram resgatados documentos e contada brevemente a história da conhecida família descendente dos italianos. Já na 2ª edição,

foram atualizadas e adicionadas informações e obtidos mais documentos. Tudo que está presente na obra é oficial e não apenas histórias contadas de geração em geração. “Nas primeiras 40 páginas do livro enaltecemos Farroupilha, para todos conhecerem um pouco da história da cidade, depois o foco é apenas da Família Chiele”, enfatiza o autor. O objetivo da obra é perpetuar as memórias desde aqueles que vieram da Itália até os dias de hoje. Mais informações para compra do livro ou de ingressos para a confraternização podem ser obtidas com Janete nos telefones 3261-1584 ou 996.966.932.


FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018

Fotografia

Inside

9

Lauro Edson Da Cás ldacas@hotmail.com

Arte em preto e branco Farroupilhense Vanessa Wisintainer está participando da 30ª Bienal Brasileira de Arte Fotográfica, que está acontecendo na vizinha Caxias do Sul

O

Clube do Fotógrafo de Caxias do Sul, juntamente da Confederação Brasileira de Fotografia, está sediando em Caxias do Sul o maior evento fotográfico interclubes do País: a 30ª Bienal Brasileira de Arte Fotográfica em Preto e Branco. Todas as atividades são gratuitas e abertas ao público em geral, estabelecendo interação dos fotógrafos com a comunidade. A farroupilhense Vanessa Tartarotti Wisintainer, participante do Clube caxiense, está concorrendo com quatro fotografias. “Estar em um fotoclube ou simplesmente encontrar pessoas que gostam de Fotografia é o grande incentivo para participar de eventos como este, independente do resultado. O Clube, por estar próximo e de portas abertas, gera interesse e desperta as pessoas de nossa cidade que admiram a fotografia como um todo”, comenta a concorrente. O evento teve início nos dias 12 a 14 de julho, na Faculdade da Serra Gaúcha (FSG), onde aconteceu o julgamento, seleção e classificação das fotos concorrentes, bem como das palestras e saída fotográfica com os jurados. A segunda fase do evento vai acontecer na Casa de Cultura de Caxias do Sul (Dr. Montaury, 1333, Centro) neste sábado, onde terá um passeio fotográfico com os visitantes e a cerimônia de premiação das fotos vencedoras e dos fotoclubes de melhor desempenho. Neste momento, também acontecerá a abertura da exposição das 150 fotos classificadas, que ficará em cartaz até o dia 30. As Bienais são uma mistura de concurso e fes-

Élio Abe

Representante da cidade Vanessa tem quatro fotografias concorrendo na Bienal Brasileira de Arte Fotográfica e a premiação acontece neste sábado, em Caxias do Sul

tival que envolve todos os 106 fotoclubes brasileiros. Sâo escolhidas as 150 melhores imagens produzidas dentro dos fotoclubes do Brasil e, dentre elas, destacadas as medalhas de Ouro, Prata e Bronze, além de 17 Menções Honrosas. Também são promovidas palestras, workshops e lançamentos de livros sobre o tema.

O tempo passa e nossos pais também crescem Chegamos em agosto (o que não deixa de ser um bom sinal). E quem diria que, com o passar do tempo, nós iríamos crescer e nossos pais envelheceriam? Eis um grande desafio para quem apenas se preparou para cuidar e estar atento à educação dos seus filhos! Agora, ser pai dos pais, quem imaginou isso (ainda mais, se levarmos em conta quando se era criança ou jovem)? De tantas leituras sobre a temática do Dia dos Pais, vê-se que aqueles que nos contavam estórias fantásticas, talvez até nos contando sobre um mundo fantástico, de princesas, de incríveis personagens, estórias bonitas e tristes ao mesmo tempo, entre outras, hoje, possivelmente já não caminham e, acomodados em seus leitos, estão, quem sabe, aguardando alguém para conversar, mesmo que sejam coisas banais ou algumas das estórias recontadas e compartilhadas gratuitamente, ou ainda, das coisas importantes da vida. O psicólogo Alejandro Schujman, que há décadas trata de temas sobre filhos, adolescentes e famílias, procedendo orientação ao pais, nos adverte que “os filhos têm a possibilidade de acompanhar e serem protagonistas dos últimos anos de vida dos pais (...), administrar a dor com amor e integridade, e talvez um dia, a ideia de morte torna-se menos tortuosa se conseguirmos fechar de forma saudável os duelos e desafios que a vida está colocando no caminho”. De fato, algo a ser pensado e repensado! Diante disso, vê-se que o tempo passa e nossos pais crescem e envelhecem. Lembram daquela máxima de que somos crianças quando nascemos e voltamos a ser quando envelhecemos? Em outras palavras, somos cuidados e podemos retribuir este cuidado, cuidando de quem nos cuidou! Estamos preparados para isso? O que fazer e como agir diante desta situação natural da vida? A verdade é que, com tantos avanços na Medicina, da própria luta pela qualidade de vida e no avanço de políticas públicas, se estendeu a expectativa de vida, especialmente para nós brasileiros (dados importantes e exclamativos que foram divulgados por estes dias). Assim sendo, temos que repensar a vida e a nossa convivência com os pais (ou se quisermos, com os idosos). Existem receitas para esta ‘nova’ situação natural de vida? Talvez, mas com tamanho efeito será preciso se resguardar de paciência (aquela mesma que os pais tiveram conosco em tempos idos); buscar na criatividade (rever estratégias para uma nova e sadia convivência); valorizar, ainda mais, o amor e a empatia, entre outras atitudes. Amor, que supera tudo! Enfim, nesta semana que antecede o Dia dos Pais, uma singela reflexão para todos nós e, desde já, antecipando as homenagens para todos os pais que acompanham o Jornal Informante. * Mestre em Letras, Cultura e Regionalidade


Inside

10

FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018

Sétima Arte

Os extremos da vida na ótica Em “Submersão”, consagrado cineasta alemão aborda temática por meio de romance entre cientista e espião

D

a origem ao desfecho. A vida pode ser analisada sob diferentes perspectivas. O diretor alemão Wim Wenders une esses dois pontos em seu mais novo filme, a partir de dois personagens completamente dedicados ao trabalho, com ares de missão, e que parece pautar suas existências. Danny Flinders (Alicia Vikander) é uma biomatemática que busca explicar a origem da vida a partir de um estudo desenvolvido nas profundezas do oceano. James More (James McAvoy) é um espião britânico que busca desmantelar um atuante braço armado da Al-Qaeda na Somália, que prepara uma série de atentados na Europa. Às vésperas de um capítulo decisivo de suas jornadas, de mergulho no Oceano Atlântico próximo ao Círculo Polar Ártico e de infiltração como engenheiro no Continente Africano, a dupla acaba se encontrando em um resort francês e o tempo, que deveria ser dedicado à reflexão, acaba ocupado em um arrebatador e tórrido relacionamento. Até mesmo a história de cada um é preservada, como se um envolvimento mais forte e efetivo fosse desconectar os personagens de seus propósitos, mas ainda assim a química é muito intensa e essa falta de conhecimento sobre o passado ou perspectivas futuras é relegada a segundo plano. Porém, o abalo emocional é facilmente perceptível. Mas a trama de Wenders, roteirizada por Eric Dignam a partir do romance do escritor britânico J. M. Ledgard, não é linear. Ela mostra tanto Danny sendo designada para a exploração que tanto desejou como James capturado por jihadistas somalis. As histórias se entrelaçam no longa, bem como o período em que se conheceram na França. A falta de conexão e impossibilidade de contato entre a dupla é angustiante e abre uma porta para questionamentos maiores. Será que vale a pena mesmo dedicar a vida a uma causa? Essa barreira de proteção contra sentimentos, criada para não tirar o foco do trabalho, é colocada à prova justa-

mente no momento mais importante da jornada de Danny e James. O filme aborda até mesmo a relação de maneira sutil. Ela é muito mais baseada em flertes e mesuras, do que propriamente física. Da mesma forma há poucas informações sobre as missões, exceção feita a seu grande risco, o que só reforça a impres-

são de que apenas uma devoção cega e completa ao trabalho justificaria o esforço. É claro que o romance faz a dupla perceber a vida de uma outra maneira e isso é o que mais perturba, justamente porque a causa a que se dedicam tem uma grande chance de resultar infrutífera. Esses dilemas, sejam existenciais ou profissionais, vem à


FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018

Inside

11

Sétima Arte Imagem: Reprodução

de Wim Wenders Divulgação

Título original Submergence Título traduzido Submersão

tona a todo instante e levam o espectador à reflexão. Os extremos são eviscerados. De um lado, a busca por justificar a origem da vida, nem que seja arriscando a própria para isso. De outro, ver ela por um fio, sempre no limite. Danny e James estão prestes a desbravar um território inóspito. Não fosse seu encontro, certamente não seria problema algum.

Sem flerte prolongado Relação entre Danny (Alicia Vikander) e James (James McAvoy) é instantânea e ocorre justamente em um momento chave da trajetória profissional da dupla

Direção Wim Wenders Roteiro Erin Dignam Gênero Drama Romance Duração 111 minutos País França Alemanha Espanha Ano de produção 2017 Estúdio Embankment Back Up Media Lila 9th Distribuição California Filmes


12

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Se desapegue de posturas controladoras que prejudicam o seu desenvolvimento. Você está num ciclo de transformações profundas e encontra desafios para transformar o ciclo atual. Mas o momento é excelente para o namoro e para colocar em movimento atividades que lhe proporcionem autoestima.

Touro - 21/04 a 20/05

Atenção com regras e normas rígidas, porque prejudicam experiências com documentos, estudos ou a sua atuação no campo filosófico ou religioso. Avalie a experiência, colocando em prática a ética e a sua consciência. Apesar dos desafios manifestados, você recebe uma orientação de uma pessoa próxima.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

Os amigos ou as atividades em grupo vêm passando por transformações profundas e é preciso entender essa experiência para desapegar de controles prejudiciais. Apesar dos desafios, há boas relações com pessoas do seu convívio ou parentes. Expressar o que pensa com objetividade lhe favorece grandiosamente.

Câncer - 21/06 a 20/07

Para você, é desafiador lidar com o cônjuge, sócios ou com uma pessoa importante. Avalie as condições que se apresentam, porque pode haver desafetos profundos e o desejo de controle prejudica. Porém há bons movimentos para articular investimentos e oportunidades profissionais.

Leão - 21/07 a 22/08

Há um cenário favorável para articular informações importantes que envolvem estudos ou caminhos filosóficos. Você está num ambiente desafiador para realizar pequenas mudanças, porém é possível articular os movimentos. Atenção com a sua rotina e a forma como vem articulando regras e normas que se relacionam com o trabalho. Não controle o incontrolável.

Vírgem - 23/08 a 22/09

Atenção com crises emocionais que tocam a autoestima ou experiências com filhos e romances. Avalie o cenário e desapegue de posturas rígidas. A semana favorece o entendimento emocional por meio da troca de ideias. Se você as mantiver bloqueadas, pode acabar gerando medos inconscientes.

Libra - 23/09 a 22/10

O cônjuge, sócio ou uma pessoa importante vem passando por transformações profundas. A pessoa tocada precisa desapegar-se de posturas rígidas, para que seja possível conduzir os planos com maior habilidade e foco na realização pessoal. O céu favorece a articulação de projetos ou a interação com amigos.

Escorpião - 23/10 a 21/11

Atenção com as relações com as pessoas do trabalho, que vêm exigindo de você sabedoria e entendimento profundo da experiência. Apesar dos desafios, há ideias favoráveis que envolvem objetivos profissionais. Uma notícia é positiva e lhe promove excelentes movimentos.

Sagitário - 22/11 a 21/12

Você encontra desafios para lidar com a sua autoestima e realização pessoal, principalmente para tratar de investimentos e ganhos materiais. Reflita sobre as transformações necessárias. Mas o momento está excelente para seguir em frente com flexibilidade e articular ideias e estudos.

Capricórnio - 22/12 a 20/01

A experiência atual vem exigindo de você transformação profunda e desapego. A situação familiar deve ser regenerada e depende muito de sua postura. Mas o céu favorece os movimentos para realizar movimentos com flexibilidade e promover mudanças em família.

Aquário - 21/01 a 19/02

Você está passando por transformações profundas nas relações com pessoas próximas. Atenção com as crises que são geradas por emoções reprimidas. Mas você encontra um cenário favorável para expressar o que sente com o cônjuge ou com uma pessoa importante para a experiência.

Peixes - 20/02 a 20/03

A sua relação com o dinheiro deve ser transformada, para que seja possível transpor os desafios que vêm sendo enfrentados, principalmente em atividades em grupo. Apesar dos desafios, há favorecimento para conduzir o trabalho com flexibilidade e realizar movimentos. Esteja aberto para expressar informações e realizar acordos favoráveis no campo material.

Inside

FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018


FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018

VENDO CHÁCARA de 2.105 m² localizada em SETE COLONIAS, incluindo uma casa de 95m², com água, luz e árvores frutíferas. Proximidades da BR 122. Tratar no fone/ Whats (54) 9 9643.1067. ALUGO PAVILHÃO de 600m² no loteamento América, entrada para a Linha São Miguel, perto da Multi Nova. Altura interna de 8 metros, sem colunas. Amplo espaço para estacionamento. Tratar: (54) 3268-0522. Melhor negócio! 2 TERRENOS PELO PREÇO DE 1! 613m² em rua toda asfaltada no Monte Verde. Apenas R$ 140.000,00! Confira! (54) 9 9925-2068. SALA COMERCIAL. Alugue direto com a proprietária! 168m², na Independência, Bairro São Luiz. Fones: 9 9951.3583 / 3268-1062.


2

CHÁCARA em ALTO FELIZ. 2,5 hectares, com casa, água, luz e demais benfeitorias. 21km de asfalto e 1000 metros de acesso com estrada de chão. Somente R$ 135.000,00. Ligue agora! (54) 9 9925-2068. VENDO TERRENO de esquina com 1.377m² a uma quadra da rodoviária e do Shopping Centro de compras. F. 9 9118.1642. VENDO TERRENO, localização central em Arroio do Sal a duas quadras do mar. F. 9 9118.1642. VENDO 4 terrenos de Cooperativa já com área comprada. F.: 9 9118.1642. VENDO CASA MISTA localizada no Bairro Pio X, ao lado da Igreja. (A mesma já está alugada através de imobiliária pelos valores de R$ 1.500,00 por mês). Tratar: (54) 9 9118 1642.

FARROUPILHA, 3 DE AGOSTO DE 2018


Profile for Informantef Informantef

Edição 549  

Edição 549  

Advertisement