Page 1

FARROUPILHA

|

ANO XI

| EDIÇÃO 531

| 29 DE MARÇO DE 2018 |

R$ 3,00

Novo lar para a Amafa Páginas 2 e 3 e Editorial

Juliana Inês Casa Barbieri

MATÉRIA ESPECIAL Elaine Bartelle, presidente da Amafa, e Aline da Rosa, coordenadora do Centro de Cultura e Arte, comemoram concretização da obra que será inaugurada neste sábado


2

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

CENTRO DE CULTURA E ARTE

Nova sede será inaugurada sábado, em investimento que soma R$ 1,6 milhão

Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br

F

oi de mãos dadas que a Associação de Pais e Amigos do Autista de Farroupilha (Amafa) venceu uma das suas maiores batalhas: a construção da sede própria. Com 615,59 metros quadrados de área construída, os 34 atendidos pela instituição, que têm idades entre 4 e 53 anos, contarão com espaço amplo e acomodações mais adequadas. Localizada na rua Afonso Menegotto, 919, no bairro Vicentina, o Centro de Cultura e Arte da Amafa mantém a Escola de Educação Especial Sonho Azul e o Serviço de Proteção Social de Média Complexidade para Pessoa com Deficiência, Idosos e suas Famílias. Foi construído por meio da Lei Rouanet, envolvendo entidades públicas, privadas e de voluntariado. A entrega oficial acontece neste sábado, às 10h. “Vai proporcionar atendimento de qualidade. Tem um peso muito importante no tratamento das crianças, adolescentes e adultos

Novo endereço No mínimo quatro vezes maior do que atual estrutura, tem área total de 1,6 mil m²

com Síndrome do Espectro Autista e também para suas famílias”, considera Aline Isabel Daros da Rosa, coordenadora do Centro. O terreno foi cedido pela prefeitura, sendo que a mudança para o novo local acontecerá de forma gradativa. Inicialmente os móveis em uso serão transferidos para a nova sede, o que

deve acontecer depois do próximo dia 10. Inclusive quem tiver mobiliário para doação, o contato pode ser feito pelo fone 996.730.819. “Até hoje foi um sonho acalentado por muitas pessoas. A partir disso esse sonho começou a ser trabalhado por muitas mãos. Hoje se torna realidade para proporcionar quali-

dade de vida”, festeja Elaine Zanella Bartelle, presidente da Amafa e uma das fundadoras da instituição. Instalada em São Luiz, o espaço atual, ao ser desocupado, volta para uso da comunidade do 3º Distrito. A inauguração é ainda mais significativa já que segunda é Dia Mundial de Conscientização do Autismo.

Juliana Inês Casa Barbieri

Casa dos sonhos da Amafa


3

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

PARCEIROS

Rotary repassa as chaves o número de vagas, mas para isso a equipe técnica precisa ser reforçada. A instituição atende autistas de Farroupilha, Caxias do Sul e Carlos Barbosa, sendo que conta com repasse das prefeituras, recursos obtidos em eventos e doações. Para as famílias o atendimento é gratuito. A estrutura conta com três salas para serviços de assistência social, três de aula, coordenação, atendimento psicológico e de assistente social, equipe técnica, de convivência, dois refeitórios, duas cozinhas (uma de preparo das refeições e outra de oficinas). Tem ainda sala de espera, de reuniões, informática, artes e terapia ocupacional, de Clube de Mães, para atendimentos gerais, de administração, lavanderia, despensa, duas para depósito, outra de atendimento individualizado, além de cinco sanitários. Há ainda espaço externo, mantendo a Equoterapia, já oferecida na sede atual.

Éder Tondello

U

m dos articuladores frente à mobilização comunitária para a viabilização do espaço foi o Rotary Club Farroupilha, que inclusive já promoveu a entrega das chaves à Amafa, numa pré-inauguração do espaço no último dia 19. A construção manteve o projeto inicial feito voluntariamente pela arquiteta Lisana Maggioni. São 26 salas, além dos sanitários, sendo os espaços projetados para atender necessidades dos autistas e equipe técnica que é composta por sete educadores sociais, coordenadora, psicóloga, assistente social, fonoaudióloga, merendeira, dois educadores físicos, três professores e um atendente de Equoterapia. O Centro funcionará das 13h às 17h nos mesmos moldes do que já atua. O próximo desafio é atender durante todo o dia, ampliando para 50

Chaves para Amafa Rotary oficializou entrega para a entidade que inaugura oficialmente neste sábado

Parceiros do projeto

Apoiadores: Lei Rouanet, Rotary Club Farroupilha e prefeitura de Farroupilha Patrocinadores: Lojas Colombo, Colombo Motors, Colombo Consórcio, Tramontina, Grendene, Feltrin Sementes, ITM, Grupo Sazi, Orquídea e Crediare Realizadores: Amafa, Ministério da Cultura e governo federal


4

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

Assédio moral: perspectivas e responsabilidades Alexandre Fistarol *

D

iversas são as questões referentes ao assédio moral que merecem considerações. A prática do assédio moral é fenômeno de múltiplas facetas, todas elas importantes para compreensão de sua problemática, tanto no que tange aos porquês de sua ocorrência, como no que se refere a suas consequências. Na especificidade das reclamatórias trabalhistas, ajuizadas frente à Justiça do Trabalho no Estado do Rio Grande do Sul, observa-se, por constatação do número de ações que se avoluma, o crescente aumento na demanda de processos indenizatórios, cujo mote apresentado é o assédio moral. O aumento no montante de ajuizamentos de processos trabalhistas nesse sentido é motivo de preocupação para os administradores, que se deparam com inúmeras despesas em razão desse fato. Em relação à empresa, frisa-se a necessidade de minimização dos prejuízos sofridos em face de decisões judiciais, prejuízos esses que são extremamente difíceis de serem quantificados, ante a valoração sub-

jetiva do dano, decorrente do assédio moral sofrido. Latente também para as empresas, a necessidade de caracterização do dano, a fim de evitar a propagação do mesmo, pois, por vezes, o assédio é decorrente de práticas de prepostos, que não são aprovadas pela empresa. Tal situação é preocupante não apenas pela elevação do valor das indenizações, mas também pela dificuldade de quantificação dessas despesas e da realização de uma previsão confiável do valor do passivo gerado com tais práticas, isso, sem considerar as consequências negativas da prática do assédio moral nos trabalhadores, tão amplamente já evidenciadas em inúmeros estudos. Pela ótica do trabalhador, é incontroversa a necessidade de geração de um ambiente de trabalho sadio, possível de ser controlado através das diversas comissões internas de empregados existentes dentro das instituições. No mesmo cerne, nenhum trabalhador tem interesse em sofrer qualquer ato gerador de assédio, mesmo em prejuízo de uma suposta indenização que viesse a receber, pois, por maior que seja a indenização recebida, o valor nunca irá eliminar a dor e o constrangimento sofridos pelo lesado.


5

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

Por não ser possível ou, ao menos, ser extremamente difícil quantificar e prever o possível prejuízo financeiro decorrente da prática de assédio moral, quando ele resta caracterizado e demonstrado dentro de um processo judicial, tal problema passou a figurar no topo das preocupações das empresas. O estudo do assédio, principalmente visando a sua prevenção, deve ser prática recorrente, sob pena de que o tema caia no esquecimento. O entendimento sobre o que é assédio moral vem tomando forma desde os estudos iniciais dos trágicos casos franceses que culminaram com a morte dos trabalhadores por suicídio. No tocante às implicações gerenciais, salta à vista a necessidade de uma política de prevenção dentro das empresas, sendo, ainda, a melhor forma de as mesmas humanizarem o trabalho e evitarem o pagamento de indenizações decorrentes da prática do assédio. Não é esquecida a problemática dos custos que sempre deve ser levada em consideração dentro do ambiente empresarial. Porém, entende-se como possível a prevenção do assédio com a utilização de recursos de baixo custo, ou ainda com a utilização de recursos já existentes, como, por exemplo, a utilização da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), ampliando sua função de prevenção de acidentes, para a prevenção de acidentes e de práticas de assédio. As atitudes da empresa devem ter realmente o intuito da prevenção, que visa à cessação da prática e, consequentemente, a não ocorrência do assédio moral. A prática do assédio moral não se encontra mais batendo nas por-

tas das empresas. Ela já entrou há muito tempo e, portanto, além, faz-se necessária a aplicação de uma medida imediata, que já produza efeitos interruptivos desta conduta. Várias práticas prejudiciais à sociedade ocorrem em face não da permissividade da legislação, mas da ausência de qualquer receio por descumpri-la. É adequado apropriar-se de Bauman para encerrar estas conclusões com sua afirmação, que diz: “Quando a crise chega e o novo desastre bate à porta, nem você nem eu temos o direito de pedir desculpas por não termos sido avisados”. Estamos todos cientes da existência do assédio e suas consequências. De nada adianta que se defina em uma norma o assédio moral, se não houver, juntamente a ela, o temor da sanção pelo seu descumprimento. Já a opção pela inércia é uma forma de aceitar a prática do assédio, e que tem e terá consequências graves. A gravidade, nesse caso é uma certeza, porque a prática do assédio e, em especial, a sua permissividade gera efeitos em um universo que abrange a todos, já que atingindo aqueles que são trabalhadores, atinge sua família e acaba por, direta ou indiretamente, atingir a sociedade como um todo. Desta feita, a busca da cessação dessas práticas deixa de ser uma opção e se torna uma necessidade, pois o raciocínio inverso também é verdadeiro: a continuidade da prática acaba por gerar seu aumento e aceitação, mesmo que sem concordância. Nessa hipótese não haverá possibilidade de qualquer discussão e nem de apontamentos de culpa, pois seremos todos responsáveis. * Advogado (OAB/RS 2.421)


6

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

Exemplo de conquista comunitária A entrega, neste sábado pela manhã, da nova sede da Associação de Pais e Amigos do Autista de Farroupilha (Amafa), é o resultado de uma força-tarefa que foi capitaneada pela perseverante entidade, mas que teve, ao seu lado, muitas mãos. E teve justamente pelo fato da Amafa ser um exemplo e referência no que tange ao tratamento de crianças,

adolescentes e adultos com Síndrome do Espectro Autista. O Rotary Club Farroupilha foi uma das entidades que mais trabalhou na mobilização comunitária que transformou um sonho de anos em uma feliz realidade. Foram muitos os envolvidos e parceiros no projeto (veja mais na Matéria Especial, páginas 2 e 3). Porém, não resta a menor dú-

vida que a idoneidade e o trabalho sério, que sempre pautou a jornada da Amafa, contribuiu de maneira decisiva para toda essa mobilização. A nova sede, quatro vezes maior do que a atual, e que custou cerca de R$ 1,6 milhão, permitirá um melhor atendimento e ainda a possibilidade de ampliação do número de vagas, atualmente em 34, para 50, isso sem

falar que sua localização, no bairro Vicentina, apresenta vantagens em relação à antiga sede, que ficava em São Luiz, no 3º Distrito. Aos envolvidos na nobre causa fica o reconhecimento de toda comunidade e a certeza de que a Amafa tem tudo para sedimentar ainda mais seu papel de relevância educacional e social a partir da nova estrutura.

OPINIÃO

Lixo orgânico e saúde pública: a mudança pode começar dentro de casa Yung K. Shin * Há um tempo, a matéria orgânica voltava aos ciclos naturais sem complicações, mas com o processo de industrialização, o aumento populacional e o crescimento desordenado das cidades, seu descarte passou a ser um sério problema. O Brasil tem uma produção de resíduos sólidos por habitante por ano semelhante à de Países desenvolvidos, mas ainda tem um padrão de descarte equivalente ao das nações pobres, com envio para lixões a céu aberto e pouca reciclagem, segundo pesquisa de 2016, da Associação Brasileira das Empresas de Limpeza Pública (Abrelpe). A destinação inadequada de resí-

duos contamina o solo, as águas, a flora e a fauna, e traz impacto a um grande número de pessoas, gerando uma série de doenças para o ser humano e custos para os tratamentos de saúde. É preciso pontuar, no entanto, que muitas vezes são ações simples que podem ajudar a reverter essa situação, atitudes que podem começar dentro de casa. Para promover uma mudança de hábitos e estabelecer um senso de responsabilidade e compromisso na aplicação dos 3 R’s (Reduzir, Reusar, Reciclar), as empresas devem investir na criação de novas ferramentas e tecnologias que agilizem e facilitem a vida das famílias brasileiras, ao mesmo tempo em que favoreçam o meio ambiente.

Índice

Editorial

Matéria Especial .................................... Páginas 2 e 3 Editorial e Opinião................................ Página 6 Economia .................................................. Página 8 Cidade ........................................................ Páginas 10 e 11 Política ..................................................... Páginas 12 e 13 Educação .................................................. Páginas 14 a 16 Esporte ..................................................... Páginas 17 a 19

Inside

Especial..................................................... Capa Cinemas ..................................................... Página 2 Música ....................................................... Páginas 3 e 5 Gustavo Pimentel ................................... Página 4 Agenda....................................................... Página 4 Guilherme Macalossi ............................ Página 5 Social ........................................................ Páginas 6 e 7 Armando Wartha.................................... Página 8 Primeiro Parágrafo............................... Páginas 8 e 9 Lauro Edson Da Cás ............................... Página 9 Sétima Arte .............................................. Páginas 10 e 11 Horóscopo ............................................... Contracapa Saúde, Beleza & Estética...................... 4 páginas Classificados .......................................... 12 páginas

Enquanto os resíduos descartados em lixões contaminam o solo e lençóis freáticos, poluindo o ar e atraindo ratos e insetos em geral, nas residências o acúmulo desse material ocasiona o mau cheiro e outros incômodos que podem afetar a saúde dos moradores. Uma das saídas para essa situação é apostar na compostagem que transforma os restos de comida em adubo que pode ser usado para cultivar uma pequena horta ou jardineira. A resposta urgente para os problemas de lixo não é apenas ambiental e de saúde pública, mas também um investimento econômico. No Brasil há exemplos de bom aproveitamento de lixo orgânico, como em Montanha (ES), em que a

REDAÇÃO - REDACAO@JORNALINFORMANTE.COM.BR JULIANA INÊS CASA BARBIERI JULIANA@JORNALINFORMANTE.COM.BR RAMON CARDOSO RAMON@JORNALINFORMANTE.COM.BR ROCHELI CAMARGO ROCHELI@JORNALINFORMANTE.COM.BR

população aderiu à coleta seletiva e há estrutura eficiente de reciclagem e aproveitamento dos resíduos orgânicos, encaminhados para a compostagem, gerando emprego e renda para os moradores, além de adubo de boa qualidade. O lixo orgânico é de grande relevância para o desenvolvimento sustentável do planeta. Sua reutilização – ou compostagem – é altamente recomendada a fim de trazer benefícios para o meio ambiente o processo de reciclagem rende um dinheiro para quem pratica. * Diretor da SmartCara, líder no mercado coreano de produtos de eliminação de resíduos alimentares

LOGÍSTICA - LOGISTICA@JORNALINFORMANTE.COM.BR LUIZ CARLOS DE ANDRADE LUIZ@JORNALINFORMANTE.COM.BR

ASSINATURAS - ASSINATURAS@JORNALINFORMANTE.COM.BR

COMERCIAL - COMERCIAL@JORNALINFORMANTE.COM.BR FABIANO LUIZ GASPERIN GASPERIN@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARIA DA GRAÇA POTRICOS LEITE MARIA@JORNALINFORMANTE.COM.BR VALÉRIA GASPERIN VALERIA@JORNALINFORMANTE.COM.BR

ASSINATURA BIENAL: R$ 240,00 ASSINATURA ANUAL: R$ 140,00

TELEFONES (54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203

ENDEREÇO

ANÚNCIOS - ANUNCIOS@JORNALINFORMANTE.COM.BR ALEXANDRE FRANCISCO MACHADO ALEXANDRE@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARCELO BORTAGARAY MELLO MARCELO@JORNALINFORMANTE.COM.BR TIAGO RODRIGUES DA SILVA TIAGO@JORNALINFORMANTE.COM.BR

RUA DR. JAIME ROMEU RÖSSLER, 348, BAIRRO PLANALTO

COLUNISTAS ARMANDO WARTHA CRÔNICAS DA REDAÇÃO DOLORES MAGGIONI FABRÍCIO OLIBONI

FINANCEIRO - FINANCEIRO@JORNALINFORMANTE.COM.BR KELI DE ALMEIDA MACIEL KELI@JORNALINFORMANTE.COM.BR

GUILHERME MACALOSSI GUSTAVO PIMENTEL LAURO EDSON DA CÁS PAULO ROQUE GASPARETTO

A manifestação dos colunistas é livre e independente e não necessariamente reflete a opinião do Tabloide sobre os temas abordados nas colunas

@PaperInformante www.jornalinformante.com.br

/jornalinformante


8

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

ALMOÇANDO COM A CICS

Finanças Agência Sicredi Agro inaugurada

Julio Dal Monte

100% Agro Até mesmo os ambientes da nova unidade, a terceira em Farroupilha, remetem ao agronegócio

Citolin palestra quinta Tradicional evento acontece no Restaurante Parque dos Pinheiros

O

encontro dos empresários locais terá como palestrante Marcos Antonio Citolin, gerente regional de Desenvolvimento e Negócios da Sicredi Serrana RS. O “Almoçando com a CICS” será nesta quinta, das 11h45min às 13h15min, no Restaurante Parque dos Pinheiros. No evento, Citolin abordará a temática “Cenário Regional e Oportunidades”, num apanhado geral, dando ênfase a setores e negócios que tendem a ser destaques no movimento de retomada econômica. “A temática principal é fazermos uma analogia entre o cenário econômico nacional e a força econômica de nossa região, evidenciado por números locais e regionais”, antecipa o palestrante. O evento é gratuito, aberto à comunidade.

Divulgação

Primeira agência da Sicredi voltada exclusivamente ao agronegócio e à agricultura familiar, a Farroupilha Agro inaugurou na última sexta, na Thomas Edison, 332. A unidade conta com um novo design ambiental, que faz parte de sete das 30 agências da Sicredi Serrana, com um layout projetado para proporcionar agilidade, comodidade e qualidade no atendimento. O ambiente é composto de elementos que remetem ao agronegócio e conta com uma equipe qualificada no segmento, preparada para atender necessidades dos trabalhadores ligados ao Setor Primário, reforçando o compromisso do Sicredi na região, onde possui mais de 100 mil associados, sendo 10,4 mil apenas em Farroupilha.

Com foco regional Citolin comanda palestra desta semana

Programe-se O que: “Cenário Regional e Oportunidades”: Almoçando com a CICS, com Marcos Antonio Citolin Quando: nesta quinta, das 11h45min às 13h15min Onde: Restaurante Parque dos Pinheiros Quanto: palestra gratuita, paga o que consumir


10

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

SOLIDARIEDADE

Doações ao Recanto das Borboletas Formandos de Nutrição da Faculdade Fátima promoveram ação solidária de Páscoa e coleta de donativos alimentos, produtos de higiene e outros itens. A turma ainda realizou campanha para coleta de donativos. A ação foi organizada pelas alunas Bianca Colombo, Nicole Silva, Mariele Hoffman, Gabriela Serafim, Ângela Spindola e Caroline Delgado, pela professora Denise Ribeiro e pela coordenadora do curso, Clarisse Zanette. A visita com o repasse à instituição aconteceu no último sábado.

Obituário

Ação para o bem Entrega dos donativos ao Recanto das Borboletas aconteceu no último sábado

Alguém quer me adotar? Maravilha tem 2 anos, é castrada, porte médio e se relaciona bem com outros cães. Interessados em conhecê-la podem manter contato pelos fones 999.386.360 ou 992.122.466. Importante: ONG dos Peludos informa que não serão doados cães para ficarem presos em correntes.

ONG dos Peludos

23 de março Gisele Oliveira Maidana, 34 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 24 de março Anna Lourdes Cesca Madalosso, 85 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal; Elvira da Costa Lopes, 78 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 26 de março Philomena Catharina Calabria, 87 anos. Sepultamento no cemitério da Capela de Todos os Santos (1º Distrito) 27 de março Ida Turcatti Brustolin, 95 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal.

Divulgação

P

ara tornar a Páscoa dos idosos da Casa de Repouso Recanto das Borboletas ainda mais feliz, formandos de Nutrição da Faculdade Fátima, de Caxias do Sul, promoveram uma ação solidária. Os acadêmicos realizaram um brechó na instituição de ensino e os valores arrecadados foram revertidos em


11

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

TRADIÇÃO

Feira do Peixe Vivo da Semana Santa encerra nesta quinta Os comerciantes estão desde terça, das 7h às 19h, sem parar ao meio dia, atendendo no Largo Carlos Fetter Yasmin Signori Andrade

C

om seis produtores farroupilhenses, a tradicional Feira do Peixe Vivo da Semana Santa iniciou na terça. Neste ano, há algumas mudanças em relação à última edição. “Devido à legislação vigente, não é mais permitido a limpeza do peixe no local a partir deste ano. Por conta disso, as vendas estão menores que o ano passado, pelo menos nestes primeiros dias”, explica o coordenador da feira, Rogir Centa. A baixa realmente é confirmada pelos comerciantes. “Esse ano as vendas estão um pouco mais fracas, devido à impossibilidade de limpeza dos pescados. Mas esperamos que até o final consigamos nos recuperar”, comenta o produtor Raul Chiele, que está há mais de 10 anos vendendo seus peixes no local. A tradicional Feira encerra nesta quinta, às 19h, portanto ainda há tempo de garantir o alimento para a Sexta-Feira Santa.

Programe-se O que: Feira do Peixe Vivo Quando: encerra nesta quinta, às 19h Onde: área coberta do Largo Carlos Fetter, ao lado da antiga Estação Férrea Quanto: de R$ 10,00 a R$ 14,00 ao quilo, dependendo da variedade

Produção local A tradicional feira reúne apenas produtores farroupilhenses


12

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

OS FARROUPILHA

Vigilantes das contas públicas Observatório Social forma primeira turma em Curso de Capacitação, realizado nesta semana, na UCS Farroupilha Ramon Cardoso

O

s primeiros voluntários do Observatório Social (OS) de Farroupilha estão devidamente habilitados para a função de fiscais do bom uso dos recursos públicos. De segunda a quarta, na UCS Farroupilha, o OS realizou seu primeiro Curso de Capacitação, que foi ministrado de maneira online, de segunda a quarta, das 14h às 15h30min, e foi capitaneado na cidade pelo coordenador executivo da entidade, Bruno Ruaro Varisco. Áubier Teccin Roncaglio Bagnara, José Henrique Magagnin, Paulo Azelar Schneider, Rudi Perini, Luiz Fernando Felicetti e Glediston Perottoni foram os farroupilhenses que participaram desta formação inicial. O horário em que a atividade foi realizada é um empecilho à participação, mas existe a possibilidade de, em breve, o curso ser oferecido também à noite, que permitiria o envolvimento de mais farroupilhenses. Conforme destacou Bruno, a intenção é de que o curso seja ofertado à medida que os voluntários mostrem interesse na capacitação. Para isso, porém, é necessário não ser filiado a nenhum partido político nem participar de atividades de nenhuma legenda. Caso o interessado possua a filiação é possível realizar a desfiliação com o próprio OS Farroupilha. Porém, há o compromisso do voluntário de que, a partir do desligamento da sigla, não exerça mais nenhuma atividade político/partidária.

Primeira turma Áubier, Magagnin, Schneider, o coordenador Bruno, Perini, Felicetti e Perottoni integraram o Curso de Capacitação ministrado nesta semana pelo Observatório Social de Farroupilha


13

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

Fabiano Gasperin

Chimarreada do Bolsonaro

Ao longo da tarde do último domingo, apoiadores e simpatizantes do deputado federal Jair Messias Bolsonaro (PSL/RJ) estiveram reunidos no Parque dos Pinheiros para uma Chimarreada. Foi o primeiro evento organizado pelo grupo, que mobiliza pessoal para participar da recepção ao parlamentar em Caxias do Sul, no próximo dia 5. Filiado ao Partido Social Liberal, o deputado carioca aparece bem colocado nas pesquisas de intenção de voto para a Presidência da República sustentando sua posição em dois pilares: uma agenda conservadora nos costumes e liberal na economia.

Miguel Ângelo no Meio Ambiente

Assessor da Secretaria de Turismo e Cultura, Miguel Ângelo Silveira de Souza vai assumir, na próxima segunda, a Secretaria de Meio Ambiente. Desde a saída de Rudmar Elbio da Silva, a pasta havia ficado vinculada à Secretaria do Planejamento. Porém, com a alta demanda de trabalho nesta e a necessidade de uma maior atenção com a questão ambiental, a Secretaria terá reativada sua autonomia com o novo titular.

Apresentado pelo deputado federal João Derly (Rede), o projeto de lei que criava uma Zona Franca do Vale dos Vinhedos terá sua denominação alterada para a Zona Franca da Uva e do Vinho. O projeto inicial contemplava apenas quatro municípios: Bento Gonçalves, Garibaldi, Monte Belo do Sul e Santa Tereza. O vereador Fabiano André Piccoli (PT) havia se manifestado na Câmara de Vereadores sobre o caráter restritivo da proposta.

Vinhedos lança apoio a Sartori

Em encontro realizado na Câmara de Vereadores de Garibaldi, no último sábado, a Coordenadoria Regional dos Vinhedos do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), que tem a ex-vereadora farroupilhense Maristela Pessin como coordenadora, definiu, por unanimidade, conferir apoio à reeleição do governador José Ivo Sartori ao Palácio Piratini.

Sessão prestigiada no São Francisco Ramon Cardoso

Apoio a Bolsonaro Grupo se reuniu no último domingo à tarde, no cartão postal farroupilhense

Zona Franca da Uva e do Vinho

Zona Franca da Uva e do Vinho II

Como esteve na Serra na última semana, Derly manteve contato com Piccoli em encontro no Legislativo caxiense e o parlamentar da Rede concordou com a mudança para Zona Franca da Uva e do Vinho, que englobaria todos os municípios serranos que atuam no setor vitivinícola. Caso o projeto de lei seja aprovado, ele pode criar isenções tributárias para baratear o custo da produção, conferindo mais competitividade às vinícolas.

Grande presença Moradores do São Francisco e bairros lindeiros compareceram em bom número à sessão legislativa de segunda: uma estreia bem sucedida

De autoria do vereador presidente Thiago Brunet (PDT), a Resolução do Manifesto Popular, que realiza sessões legislativas itinerantes pelos bairros da cidade e interior, fez sua estreia na última segunda, no salão comunitário do São Francisco. Um bom público, com 90 pessoas, compareceu à sessão. Adriano Turcatto, João Juarez Pereira Dias e Maria Cristina Bernardi foram os porta-vozes da comunidade e, além de falarem sobre o bairro, apresentaram uma lista de reivindicações. Sempre prevista para ocorrer na última segunda do mês, a próxima sessão ocorre no dia 30 de abril, na Vila Jansen.


14

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

IMPASSE ADMINISTRATIVO

Situação da José Fanton regularizada Após mobilização de pais, alunos e professores com relação à falta de diretora, nova titular, Cristiane Colombo, deve assumir nos próximos dias Divulgação

Pais compareceram em peso Mobilização das famílias e professores é que permitiu resolução do caso e continuidade das atividades da escola

A

compra de merenda, materiais e outras questões administrativas estão gerando problemas na Escola Estadual José Fanton, no bairro Santo Antônio, que está sem diretor desde janeiro. A escola atende 280 alunos. Por questões burocráticas, a antiga diretora, Luciana Zatti Roth, que tinha uma permuta com o município para atuar com parte da carga horária no Estado, teve que deixar o cargo por não haver mais consenso com relação à cedência. Luciana já atuava em funções diretivas da escola há cerca de 10 anos. A situação gerou mobilização por parte dos pais, alunos e professores que temiam

até mesmo o fechamento da escola, já que não havia posicionamento por parte da 4ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE). A Secretaria Estadual chegou a sinalizar que os prazos para que novo diretor assumisse já estavam esgotados, mesmo que já houvesse um nome disponível na instituição. “São várias dificuldades e a escola ficando sem direção, como vamos fazer?”, questionou Gilberto Taschin, vice-diretor do turno da tarde, apontando ainda que há falta de coordenador pedagógico e secretária, o que dificulta o andamento das atividades. Após reunião na noite de terça, que reuniu cerca de 200 participantes, teve presença de vereadores e representantes da 4ª CRE, o impasse chegou ao fim.

A Coordenadoria afirmou que a situação está regularizada e que deve ser aguardada apenas a publicação no Diário Oficial, o que acontecerá entre 10 e 15 dias, já podendo legitimar a posse. Cristiane Colombo assumirá a direção junto com os vices Patrícia Rotilli e Gilberto Taschin. Permanece a pendência com relação ao funcionário para a secretaria e coordenação pedagógica. “Se não tivesse tido essa mobilização nada teria se resolvido. A participação expressiva dos pais foi fundamental”, reconheceu Gilberto. Ainda na manhã de quarta uma comitiva da escola com a futura diretora, CPM e Conselho Escolar se deslocou até a 4ª CRE para verificar as pendências e colocar fim ao impasse.


15

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

CONSCIENTIZAÇÃO

Uma nova visão sobre o plástico Projeto sobre sustentabilidade pode gerar renda para escola Angelo Chiele e alunos tiveram capacitação nesta semana ceber que faltava a educação. As pessoas acabavam fazendo meio no piloto automático, sem pensar muito a respeito. Agora vamos buscar este avanço, porque queremos uma verdadeira mudança de comportamento”, comenta o diretor executivo do Simplás, Zeca Martins. Nas últimas semanas, o projeto foi apresentado para diretores, vice-diretores, orientadores pedagógicos e professores. Na terça à tarde foram feitas palestras para os alunos do Fundamental da escola Angelo Chiele, instituição de ensino que já conquistou dois prêmios nacionais com projetos de sustentabilidade.

Com o capacitador Rafael Lima, da Plastivida, as crianças aprenderam de onde vem o plástico, quais são suas características, para onde ele vai depois que jogamos fora e quantas vidas podem ser afetadas se descartarmos nosso lixo de forma indevida. Foram também treinados para coletar, separar e limpar o material consumido em suas próprias casas, e levar para a escola. Foram distribuídos livros didáticos, com histórias e atividades educativas, e big bags (recipientes para a destinação do material arrecadado), que incentivaram os alunos a ensinarem para os

aplicado é de R$ 250 mil provenientes de emenda parlamentar do deputado federal José Stédile (PSB/RS) e R$ 12.788,58 de contrapartida da prefeitura. A área construída é de 210,41 metros quadrados, muito esperados por toda a comunidade escolar, já que a obra demorou cerca de um ano e meio para ser finalizada. Todo o prédio da escola também está recebendo pintura e cercamento. De acordo com a diretora Ionara Radavelli dos Santos, essa é uma necessidade da

instituição que vinha sendo buscada pela direção e Círculo de Pais e Mestres (CPM) desde 2012. Com a obra não haverá aumento de alunos, mas as salas estarão mais adequadas, já que alguns estudantes estão em espaços improvisados. A atual cozinha se tornará sala de aula para o 6º ano, uma das turmas da Educação Infantil sairá da biblioteca e outra deixará o anexo da instituição que, pelas condições precárias, será demolido. A escola atende 280 alunos.

Yasmin Signori Andrade

A

iniciativa “Plástico do Bem”, idealizado pelo Simplás em parceira com a Plastivida, visa educar crianças, sobre como lidar com o plástico. O projeto propõe que os alunos do Ensino Fundamental levem garrafas plásticas, potes de shampoo, produtos de limpeza e outros materiais para as escolas. Assim, é possível separar e vender para uma empresa de reciclagem, gerando uma renda extra para a escola pública. “Já nos engajamos em outros projetos de reciclagem antes, mas começamos a per-

pais como devemos limpar e descartar o nosso lixo. Lembrando a todo o momento que o plástico não é o problema, e sim quem o descarta de maneira incorreta.

Plástico do Bem Alunos do Ensino Fundamental da Angelo Chiele receberam orientações dos palestrantes

Para atender a Educação Infantil Juliana Inês Casa Barbieri

O

s 28 alunos da Educação Infantil da Escola Municipal Nova Sardenha, no 3º Distrito, estão comemorando. Dentro de alguns dias estarão instalados em novas salas. Com a ampliação da instituição, os alunos terão ainda cozinha, sanitários e um refeitório, que será utilizado por todos os estudantes do educandário. A entrega oficial acontece na segunda, às 16h. O valor

Ampliação na Escola Nova Sardenha Obra tem duas salas de aula, sanitários, cozinha e refeitório


16

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

OURO, PRATA E BRONZE

Medalhas aos vencedores das Olimpíadas Estudantes foram reconhecidos nesta semana pelas premiações em Astronomia, Astronáutica e Matemática de 2017

A

Adroir Fotógrafo/Prefeitura de Farroupilha

lunos da Rede Municipal de Ensino premiados na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas e Olimpíada de Astronomia e Astronáutica foram reconhecidos pelo seu desempenho na tarde de terça, em ato realizado no Salão Nobre da prefeitura. A homenagem foi prestada pela Secretaria Municipal de Educação. Os alunos receberam medalha com o Brasão do município e o Selo do Marco Zero da Imigração Italiana. Professores e escolas foram contemplados com placa de reconhecimento. Confira premiados abaixo.

Olimpíada de Astronomia e Astronáutica

Medalhas de Ouro Amanda Paula Razzera Gabriela Hammes Feraboli Medalhas de Prata Larissa de Luca Lazaron Eduardo Ferreira Ludwig Lucas Patzlaff Eduarda Weber Medalhas de Bronze Kaien Claro Gonçalves dos Santos Joice Signor Diovana Muller Reus Menção Honrosa Anderson Daniel Pinheiro do Carmo Andressa Weber Bernardo Sipp Michel Bianca Lima de Mello Camila Fabro Eleandra Galvão Fernandes Fernanda Micoanski Fernando Werner Gabriel Pablo Rosolen Casarin Guilherme Althaus Gustavo Pegoraro Henrique Campeol Janaina Marques João Pedro Haupt Jonatan Mello Taparo Leandra Caroline Wendt Maria Helena Muniz Batista Ribeiro

Milena Arsego Guth Rafael Pacheco Emanueli Vitória Biriva da Silva Raíssa Mayer dos Santos Raquel Rodrigues Samira Pires de Lima Vinícius Savi

Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas

Medalhas de Ouro Mateus Matana (Santa Cruz) Mikael Fernandes Moreira (Santa Cruz) Medalha de Prata Arthur Colognese Busetti (Oscar Bertholdo) Eduardo Ernesto Piccoli (Nova Sardenha) Pietro de Oliveira Bortolini (Angelo Chiele) Tiago Zanella Pancotto (Oscar Bertholdo) Medalhas de Bronze Brenda da Veiga (1º de Maio) Isabelle Varaschini (Santa Cruz) Karina Marques Bianchi (Santa Cruz) Menção Honrosa André dos Santos (Angelo Chiele) Crislan Rossi (Nossa Senhora Medianeira) Diogo Cerentini (Cinquentenário) Eduarda Vaz de Teixeira (João Grendene) Eduardo Taparo (Angelo Chiele) Eduardo Vieceli (Nossa Senhora de Caravaggio) Enzo Daniel Zardo (Santa Cruz)

Homenagem pelo desempenho Alunos receberam medalha com Brasão do Município e Selo do Marco Zero da Imigração Italiana

Erick Xavier Trevisan (Angelo Chiele) Fábio Augusto Calgaro (Oscar Bertholdo) Gabriel Augusto Michel (Santa Cruz) Gabrielly Ruchel (Angelo Chiele) João Victor Giacomin (Angelo Chiele) Julia Tofolo (Santa Cruz) Laureen Piroli (Presidente Dutra) Leonardo Piran Peretti (Santa Cruz) Luana Clarice de Oliveira (Angelo Chiele) Lucas Piccinin Agnoletto (Maria Bez Chiele) Maiara Marcelli de Almeida (Antônio Minella) Marcelo Maggioni Bertuol (Santa Cruz) Maurício Tonin Verona (Cinquentenário) Moises Matheus Borges Gonçalves (Zelinda Pessin) Murilo Basanesi Maggioni (Santa Cruz) Natalia da Silva Pereira (Angelo Chiele) Nayane Rachel Leseux (Santa Cruz) Suelen Vitória Olszeski (Angelo Venzon Neto) Tiago Paese Moroni (Nossa Senhora Medianeira) Vitória de Proença Ruiz (Angelo Chiele) Willian Robson de Gois (Cinquentenário) Professoras homenageadas Paula Crocoli Sonza (Santa Cruz) Ivanice Boniatti Romagna (Angelo Chiele) Carla Alessandra Gardini (Angelo Chiele)


17

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

SUB-17 FEMININO

Caneco Sul-Americano, foco Mundial Farroupilhense Rafaela Levis Marostica fatura competição continental com a Seleção e projeta voos mais altos minha primeira pela Seleção Brasileira. Vamos comemorar muito. Com nossos familiares, com a comissão técnica e entre nós atletas porque esse título foi muito merecido. O Mundial está logo aí também. Agora vamos treinar forte nas convocações para chegarmos melhores e, se Deus quiser, conquistar o Mundial no Uruguai. Só tenho a agradecer a todos que me apoiaram na minha trajetória, especialmente a minha família e amigos”, declarou Rafa. A atleta farroupilhense não foi titular, mas entrou na maioria das partidas, com destaque para sua atuação diante do Peru, no pentagonal classificatório, onde deu duas assistências para a construção do placar de 3 a 0. A 6ª edição do Mundial da categoria ocorre no Uruguai, de 13 de novembro a 1º de dezembro, com 16 Seleções divididas em quatro grupos. Os duelos ocorrem nas cidades de Colônia, Maldonado e na capital Montevidéu. Confira ao lado a campanha da Seleção, que finalizou sua participação com cinco vitórias, duas derrotas, 11 gols marcados e apenas três sofridos.

CBF

E

m sua primeira competição oficial com a Seleção Brasileira, a farroupilhense Rafaela Levis Marostica saiu com medalha no peito e caneco no armário. Na disputa do Sul-Americano Sub-17, a jovem, de 15 anos, sagrou-se campeã no último domingo, na disputa realizada em San Juan, na Argentina. A equipe venceu a Venezuela, atual campeã, por 3 a 0, em sua despedida do Quadrangular Final da competição, e ficou na torcida para um empate entre Uruguai e Colômbia, que estavam com três pontos e também tinham chances de título. A igualdade em 1 a 1 entre uruguaias e colombianas garantiu à Seleção seu terceiro título em seis edições do torneio, já que havia vencido também em 2010 e 2012. O Brasil ainda foi vice em 2008 e 2016. As venezuelanas venceram a competição em 2013 e 2016 e as colombianas no ano de estreia da disputa, em 2008. “Estou muito feliz pela conquista,

Estreia promissora Rafa disputou primeira competição com a Sub-17 e conquistou o Sul-Americano na Argentina

Brasil no Sul-Americano Feminino Sub-17

Pentagonal da 1ª fase Brasil 1x0 Equador Brasil 2x0 Argentina Brasil 3x0 Peru Brasil 0x1 Colômbia

Quadrangular Final Brasil 1x2 Uruguai Brasil 1x0 Colômbia Brasil 3x0 Venezuela


18

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

Atacando o problema

Novo técnico do Brasil, Alex Xavier detectou logo o primeiro grande problema do time a ser atacado: a fragilidade do sistema defensivo. Muito embora o ataque também tenha sido improdutivo, afinal foram apenas três gols em cinco partidas, a equipe rubro-verde somente não levou gol no duelo de estreia. Para um time que vive situação delicada, estancar a sangria defensiva é a primeira e mais urgente providência a ser tomada.

Veteranos do Mundo Novo estreia uniforme

Divulgação

Crissiumal sem derrota

No confronto do rubro-verde, nesta quinta, contra o Tupi, o time farroupilhense necessita voltar de Crissiumal com pelo menos um ponto. Uma derrota faria o rival saltar para 10 pontos contra 2 do Brasil, ou seja, deixaria o Tupi praticamente livre do descenso. Não há outra análise de momento: a briga do rubro-verde é para permanecer na Segundona, o que acontecer além disso será lucro. Mas ainda há tempo para uma retomada.

Belvedere e Muth no 48

o Bar Belvedere, na Chave A, e Bar do Muth, na B, lideram a competição com duas vitórias em dois jogos. A 2ª rodada do Bochas 48 registrou os seguintes resultados: Belvedere 3x0 Nik’s Bar, Bar do André 3x0 Amigos da Bocha e Bar do Galo 0x3 Bar do Alemão, pela A; Muth 3x0 Nossa Senhora de Fátima e Vetera’s Bar 3x0 Bar do Radinho, pela Chave B. Por conta do feriadão de Páscoa, a 3ª rodada acontece somente no dia 7.

Rancho no Tiro e Ponto

Retomada do Mundo Novo Formado neste ano, time de Veteranos foi a campo no último domingo com novo fardamento

O time do Veteranos do Mundo Novo, fundado em 11 de fevereiro deste ano por velhos amigos, fez no último domingo a estreia do novo fardamento, no empate em 3 a 3 contra o Unidos, de Bento Gonçalves. Cilo, em duas oportunidades, e Cristiano, marcaram para o Mundo Novo. Na foto acima, a equipe do Veteranos que foi a campo: Verde, Luciano, Beto, Wilhian, Leonardo, Kleber, Cristiano, Ingo, Cherybin, Julio e Magno (em pé), Jorge, Mulita, Yuri, Edson, Paçoca, Cilo, Adilson e Cristiano (agachados).

Já no Tiro e Ponto, o Rancho de Gaudérios lidera. Na 2ª rodada, nos duelos locais, o Rancho fez 3 a 1 no Veteranos do Rancho e o Aldeia Farroupilha aplicou 4 a 0 no Sócios do Aldeia. O Rancho está com 6 vitórias, seguido do Aldeia com 5, Vinhedos (que folgou na rodada) tem 4, Veteranos aparece com 1 vitória e o Sócios ainda não venceu. Da mesma forma que o 48, o Tiro e Ponto para no feriadão e será retomado no próximo dia 7.


19

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

SEGUNGONA GAÚCHA

“Vamos reverter esta situação” Respaldado no que fez ano passado, no Esportivo, Alex Xavier aposta na recuperação do rubro-verde farroupilhense

om acerto alinhavado no domingo à noite, após novo revés do clube farroupilhense na Segundona Gaúcha, na derrota para o Igrejinha, por 2 a 1, que deixou a equipe na lanterna do Grupo B, Alex Xavier, o novo técnico do Brasil, foi apresentado oficialmente no final da segunda à tarde, no Estádio das Castanheiras. Ele atendeu a imprensa logo após comandar o primeiro treinamento no rubro-verde. Seu primeiro trabalho como técnico foi no Esportivo, no ano passado, e guarda, de certa forma, semelhanças com a situação do Brasil neste ano, fato que contribuiu para sua escolha como novo comandante rubro-verde. Auxiliar de Badico no alviazul, ele assumiu o clube de Bento Gonçalves após uma largada ruim, com derrota em casa para o São Luiz e para o Brasil nas Castanheiras. A partir daí, o Esportivo não perdeu mais até o final da fase de classificação e sua única derrota aconteceu no jogo de volta das quartas de final, diante do Avenida, em Santa Cruz do Sul, resultado que rendeu sua eliminação da Segundona Gaúcha. Ou seja, foi apenas uma derrota em 14 jogos. Evidente que a situação do Brasil é mais crítica, já que ocupa a

Ramon Cardoso

C

Brasil

lanterna do Grupo B, com apenas 2 pontos em cinco jogos, mas o técnico acredita que o quadro será revertido. Alex Xavier atuou como atleta profissional. O zagueiro iniciou na base do Internacional de Santa Maria, sua terra natal, e chamou a atenção do Grêmio, que o contratou. Atuou no Tricolor de 1999 a 2001 e a partir daí passou por uma série de clubes. Na entrevista abaixo, ele falou um pouco sobre suas primeiras impressões do rubro-verde e como pretende implementar sua filosofia de trabalho para que o Brasil melhore na competição estadual.

Situação do Brasil

Vamos reverter esse cenário, com certeza. Não faltará empenho, determinação para que a situação se reverta. Mas temos que pensar ponto a ponto, jogo a jogo.

Grupo do rubro-verde

Fiz um trabalho agora e sei que temos um elenco muito jovem e com pouca experiência na Segundona Gaúcha. Vou usar também o fato de ter sido ex-atleta. Somente de olhar eu sei o que o jogador sente e isso ajuda. Aos poucos vou explicar como gosto de trabalhar, tentar passar o que a gente quer.

Principal preocupação

A primeira providência é acertarmos o sistema defensivo. O fundamental, nesta hora, é não tomarmos gol. Depois vamos ajustando a equipe, construindo lá na frente. Mas a solidez defensiva é o primeiro passo para uma recuperação.

Como em 2017 Boa campanha na temporada passada credenciou Alex Xavier para cargo: que o final seja o mesmo

Postura da equipe

Uma coisa que faremos é não dar espaço para o adversário. Ele não pode jogar à vontade. Esse é o primeiro passo. Vamos fazer uma marcação baixa até ajustarmos melhor o time. O Brasil será uma equipe que marcará muito.

Início da carreira

Desde que eu parei de jogar, me preparei para seguir no futebol. Quando surgiu a oportunidade de atuar como auxiliar não pensei duas vezes e acabou surgindo uma nova oportunidade, desta vez de ser técnico. Não virei treinador de um dia para o outro. Quando chegou a hora eu estava preparado.

Estreia pelo time

Vamos a Crissiumal para pontuar. Precisamos fazer pelo menos quatro pontos contra o Tupi. Tínhamos que fazer isso com o Igrejinha também, mas agora só podemos igualar a pontuação com eles no jogo de volta.

Segundona Gaúcha 6ª rodada do Grupo B

X Nesta quinta, às 15h30min Rubro-Negro, em Crissiumal


Citolin palestra no Almoçando com a CICS desta quinta

Gerente de Negócios do Sicredi abordará cenário regional e oportunidades Página 8

CIDADE

Ainda há tempo de ir à Feira do Peixe Vivo da Semana Santa

Tradicional evento continua com comercialização nesta quinta, no Largo Carlos Fetter Página 11

ESPORTE

Novo comandante, foco na recuperação

Após saída de Agostini, Brasil contrata Alex Xavier como técnico para sequência da Segundona e primeiro desafio é nesta quinta, contra o Tupi, em Crissiumal. Rubro-verde busca pontos necessários para deixar incômoda lanterna Página 19 e Preliminar

INSIDE

EDUCAÇÃO

Dirceu Pastori, Carol Gobbato e Paulo Johann apresentam performance nesta quinta Capa

Alunos receberam medalhas nas Olimpíadas de Matemática e Astronomia e Astronáutica Página 16

Imagens: Reprodução

Tributo a Bocelli na Casa de Cultura

Estudantes destaque devidamente premiados

PRIMEIRO PARÁGRAFO E SÉTIMA ARTE

Leia o livro e assista ao filme mais tocante do ano Best-seller da escritora nova-iorquina R.J. Palacio ganha adaptação à telona pelas mãos do cineasta Stephen Chbosky, trabalhos de extrema relevância especialmente na atualidade, em que o preconceito e a intolerância estão cada vez mais presentes na sociedade Inside, páginas 8 a 11

Ramon Cardoso

ECONOMIA


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

SAÚDE E NUTRIÇÃO

Equilíbrio na alimentação Divulgação

Para se manter saudável, a grande estratégia continua sendo balancear as refeições, evitar industrializados e variar o prato

“O

grande desafio de hoje é conseguirmos fazer o link entre uma alimentação saudável x agrotóxicos x industrialização x praticidade. É o conjunto da obra que fará a grande diferença”, considera a nutricionista Veridiana Argenta Scapinelo. A profissional afirma que o grande segredo é o equilíbrio, manter uma alimentação mais tradicional e caseira, sem exageros e restrições, o que faz a saúde agradecer. A chamada vem justamente porque sábado é Dia da Saúde e Nutrição, numa mobilização mundial que chama a população para rever seus hábitos não somente à mesa, mas para pensar em saúde e bem-estar, reavaliando posturas diante da vida. “A nutrição é um dos pilares mais fortes da obra chamada ser humano. Temos uma carga genética e temos os fatores ambientais e sociais, mas se sua nutrição não estiver equilibrada,

os outros pilares ficarão ainda mais instáveis”, reforça. Saber o que é consumido é primordial, sendo que muitas vezes o comer é transtornado, restritivo ou compulsivo, principalmente pela busca de compensações. Vale lembrar que a boa saúde está além dos paradigmas e valores impostos pela sociedade e uma alimentação saudável não precisa ser complicada, mas variada. Veridiana ensina que a mudança do hábito nutricional está estruturada em três pilares: inicia pelo querer ter uma alimentação saudável, após vem a fase do ter a atitude para que essa evolução aconteça e, por último, mas não menos importante, a manutenção dessa mudança. “Volto a ressaltar que o equilíbrio é o que deve nos guiar e não simplesmente o valor de peso”, avalia, contestando padrões sociais que muitas vezes colocam em risco a saúde. É preciso estar atento para o cuidado com o corpo e a mente, entendendo o ser humano por completo.


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

Depilação egípcia Adeline Stein *

A

tualmente temos muitas técnicas que facilitam a vida das mulheres com relação à estética e beleza e que vêm melhorando a cada dia. Entre as inúmeras formas de depilação, a Depilação com Linha está sendo hoje em dia mais utilizada por muitas mulheres. A técnica surgiu há muito tempo, conhecida e utilizada pelos chineses, japoneses, tailandeses, egípcios, entre outros. A depilação com linha é um trabalho bem delicado e precisa ser feito com muito cuidado e atenção por um profissional habilitado. No rosto e principalmente no buço, deve se ter muito cuidado com técnicas de depilação, pois podem causar flacidez e manchas. Os métodos indicados são laser e a depilação egípcia, e como o laser não resolve aqueles pelinhos fininhos e mais claros, a depilação egípcia é a solução. É feita por um fio 100% algodão que desliza sobre a pele, enrola os pelos e remove-os. O método não corta os fios, mas arranca-os pela raiz sem estragar a estrutura. É capaz de eliminar até mesmo a penugem mais fina, o que a cera e o laser não conseguem. Por isso, é a escolha ideal para deixar o rosto livre de pelos. É especialmente indicada para buço, sobrancelha e lateral da face. É ótimo para remover aquela penugem da lateral do rosto, deixando a pele mais lisinha e clareando para quem tem pelos escuros. E pra quem está sempre maquiada, deixa um acabamento uniforme, sem parecer a maquiagem nos pelos. Deixando uma pele perfeita. Também é muito utilizada no contorno das sobrancelhas para definir e deixar sem penugens. Com a técnica elimina-se cerca de 96% dos pelos, não danifica a estrutura do mesmo e não causa nenhum tipo de agressão à pele. A depilação tem maior durabilidade e qualidade e o tempo de crescimento dos pelos é maior. Quando feita a depilação com linha em intervalos de 20/30 dias, diminui-se progressivamente o crescimento dos pelos, não tendo nenhum risco do pelo encravar ou engrossar. A técnica pode ser aplicada em todas as pessoas, independente da quantidade de pelos. * Micropigmentadora e Designer de Cílios


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

e seus benefícios

Fotos: Divulgação

Eficaz Método, que arranca os pelos pela raiz, é cada vez mais procurado, mas aplicação requer conhecimento profissional para evitar danos à pele


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

OPINIÃO

Tudo sobre implantes dentários Adilson Cardoso Tiossi Júnior *

É

implante nada mais é do que uma estrutura feita em titânio que substitui uma (ou mais) raiz perdida ou que não tem mais solução de reabilitação. Eles são instalados diretamente no osso, tendo assim estabilidade para suportar um ou mais dentes. Para a realização dos implantes é necessário uma boa higiene bucal e as estruturas ósseas com espessura mínima para sua instalação. Caso não tenha a última ainda podemos recorrer aos enxertos ósseos para assim devolver o seu sonho de recompor os dentes perdidos. Como funcionam os implantes dentários Por serem integrados ao osso, eles lhe oferecem um suporte estável para a instalação dos dentes, podendo ser desde unitários como múltiplos. Em caso de unitários o tratamento é bem simples, com anestesia local, realizando um procedimento rápido e eficiente. Em caso de próteses múltiplas, o paciente que usa próteses totais (den-

taduras) ou próteses removíveis e não está satisfeito com estética ou não se adaptou à prótese, ou ainda procura um tratamento que lhe ofereça melhor conforto e estabilidade, podemos realizar os chamadas de “protocolos” que nada mais é que a instalação de 4 a 6 implantes distribuídos no maxila ou na mandíbula, fazendo a reabilitação total dos dentes fixos nesses implantes (podendo ser em acrílico ou em porcelana), ou ainda a “over denture”, que é a instalação de 2 a 3 implantes com a prótese “abotoada” nesses implantes, podendo ser removidas pelo próprio paciente para sua higienização. Em caso de enxertos ósseos ainda podemos fazer os levantamentos de seio, que é quando a região do seio maxilar na maxila não oferece altura suficiente para instalação dos implantes e enxertos em bloco, quando há a necessidade de utilizar blocos ósseos para ganhar espessura, sendo eles sintéticos ou do próprio paciente e ainda o enxerto com osso granulado. Tempo de tratamento O tempo de tratamento varia de acordo com a necessidade de cada paciente, podendo ser desde imedia-

to, quando as estruturas ósseas favorecem e os implantes travam no ato cirúrgico com uma força considerada ideal, tendo assim a conclusão do seu tratamento em até 72h. Quanto tardio, em casos em que o osso não apresenta esse travamento, aguardamos o período de 3 meses de cicatrização para, a partir daí, confeccionar as próteses, sejam elas unitárias ou múltiplas. Em casos de enxertos ósseos o tratamento varia muito, podendo durar de 12 a 16 meses, dependendo de cada caso e tipo de enxerto. Necessidades básicas Para a realização dos implantes dentários é necessário que o paciente esteja com a saúde em geral em dia. Mesmo que seja um procedimento simples, não deixa de ser um ato cirúrgico, por isso tomamos todos os cuidados necessários para alcançar o sucesso. Cuidados pré cirúrgicos Para a realização dos implantes dentários, primeiramente agende sua avaliação para que possamos entender quais são suas necessidades e suas expectativas quanto ao resultado do tratamento. Depois realizaremos um planejamento com solicitação de

exames para avaliarmos, diante das imagens, quais as possibilidades de tratamento mais indicadas para cada caso. Diante de tudo isso, com as imagens, anamnese feito (ficha completa com todas as informações necessárias referentes à saúde em geral, como pressão arterial, diabetes, uso de repositórios hormonais ou até mesmo de alergia a alguma medicação), fazemos um planejamento minucioso para a realização do seu tratamento. Cuidados pós cirúrgicos O sucesso do seu tratamento, depois de concluído, depende única e exclusivamente de você. Os implantes são feitos para durar a vida toda, desde que você visite o dentista periodicamente para um acompanhamento. Assim como os dentes naturais, os implantes necessitam de uma boa higienização, para manter sempre as estruturas dentro da normalidade, evitando inflamações e problemas posteriores. Então, assim como na dentição permanente, os implantes necessitam de acompanhamento periódico para longevidade do tratamento. * Dentista


Colunas

Situação de Lula é tema de análise dos colunistas Gustavo Pimentel e Guilherme Macalossi Páginas 4 e 5

Inside

Música

We Are Revolution está envolvida em concurso que leva melhores bandas para tocar na Europa Página 5

TRIBUTO

Homenagem ao tenor Andrea Bocelli abre o feriadão na Casa da Cultura O consagrado artista será a inspiração para a apresentação do trio Dirceu Pastori, Caroline Gobbato e Paulo Johann Após se formar em Direito, Bocelli decidiu dedicar-se em tempo integral à música, treinando com os renomados Luciano Bettarini e Franco Corelli. Em 1994, o tenor conquistou seu primeiro disco de ouro, com a canção “Il Mare Calmo della Sera”. Em 1998 gravou “Vivo Por Ella”, com a cantora brasileira Sandy Lima, música que ganhou grande repercussão nas rádios. O evento de tributo ao tenor é aberto ao público e são solicitadas doações de alimentos, roupas ou material escolar que serão estregues para a assistência social. O repertório é composto basicamente de músicas de Bocelli, como “Con te Partirò”, “Canto de la Terra” e “Vivere”, além destas, serão reproduzidas músicas da missa criolla, de Ariel Ramírez, devido à Semana Santa.

Divulgação

O

tenor italiano dono de uma das vozes mais potentes da atualidade, será o grande homenageado nesta quinta à noite. O evento beneficente que vai acontecer na Casa de Cultura será comandado pelo tenor Dirceu Pastori, pela soprano Caroline Gobbato e pelo pianista Paulo Johann. Andrea Bocelli nasceu com evidentes problemas de visão, e foi desde cedo diagnosticado com glaucoma. Aos 12 anos, enquanto jogava futebol, foi atingido na cabeça e perdeu definitivamente a visão. Porém, seu amor pela música superou qualquer barreira, fazendo o tenor se dedicar ainda mais a tocar diversos instrumentos, além de treinar o vocal.

Programe-se O que: Especial Tributo a Andrea Bocceli Quando: nesta quinta, às 20h Onde: Auditório da Casa da Cultura de Farroupilha Quanto: doação de alimentos, roupas ou material escolar

Amantes do clássico Juntos, Paulo, Carol e Dirceu já fizeram inúmeras apresentações e homenagens como a desta quinta, que ressalta carreira do renomado tenor italiano


Inside

2

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

Cinemas Shopping Iguatemi (RST-453, quilômetro 3,5) Cinemas

Imagem: Reprodução

GNC 1: Os Farofeiros - às 13h40min (com legenda descritiva) GNC 1: Tomb Raider: A Origem (dublado) - às 15h45min GNC 1: Pantera Negra - às 18h40min (dublado) e 21h20min (legendado) GNC 2: Uma Dobra no Tempo - às 14h15min e 19h15min (dublado), 16h45min e 21h30min (legendado) GNC 3: Pedro Coelho (dublado) - às 13h15min, 15h20min e 17h20min GNC 3: Círculo de Fogo: A Revolta - às 19h30min (dublado) e 21h45min (legendado) GNC 4: Nada a Perder: Contra Tudo. Por Todos - às 13h30min, 16h20min, 19h10min e 22h GNC 5: Jogador Nº 1 - às 13h20min e 19h (dublado e em 3d), 16h10min e 21h50min (legendado e em 3d) GNC 6: Nada a Perder: Contra Tudo. Por Todos - às 13h10min, 16h, 18h50min e 21h40min Ingressos: segunda e quinta (exceto feriado e Carnaval) a R$ 22,00 e R$ 28,00 (salas 3d); terça e quartas (exceto feriado e Carnaval) todos pagam meia entrada; sexta a domingo e feriado a R$ 26,00 e R$ 32,00 (salas 3d). Meia entrada todos os dias para menores de 18 anos e maiores de 60 (mediante apresentação de identidade), estudantes (mediante apresentação de Carteira de Identificação Estudantil), pessoas com deficiência (com documento que a comprove) e para o Movie Club Preferencial.

Shopping San Pelegrino (Avenida Rio Branco, 425) * Obs: o novo site do Cinépolis traz os horários dos filmes, mas não informa em qual sala serão exibidos Círculo de Fogo: A Revolta - às 19h30min (dublado) e 22h10min (legendado) Com Amor, Simon (dublado) - às 13h30min Jogador Nº 1 (dublado e em 3d) - às 12h20min, 15h30min, 18h30min e 21h45min Jogador Nº 1 (legendado e em 3d) - às 17h45min e 20h45min Nada a Perder: Contra Tudo. Por Todos - às 12h, 15h, 18h e 21h Nada a Perder: Contra Tudo. Por Todos - às 13h, 16h, 19h e 22h Pedro Coelho (dublado) - às 13h15min e 15h30min Pedro Coelho (dublado) - às 14h30min e 17h Uma Dobra no Tempo - às 16h15min e 18h45min (dublado), 21h15min (legendado) Ingressos: nas salas tradicionais, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 23,00 e R$ 11,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 25,00 e R$ 11,50 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 26,00 e R$ 13,00 (meia). Nas salas 3d, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 14,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 15,00 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 32,00 e R$ 16,00 (meia).

Sala de Cinema Ulysses Geremia (Luiz Antunes, 312) Matinê às 3: Sim Senhor - nesta quinta, às 15h Lou - quinta a domingo, às 19h30min Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (estudantes e sênior)

Estreia do feriadão Cineasta Steven Spielberg volta à Ficção Científica com “Jogador Nº 1”, que entra em circuito comercial


FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

Inside

3

Música

Jackie dos Passos exibe música instrumental no Parque dos Pinheiros Com repertório autoral, e também com canções populares, o artista fará apresentação neste domingo Divulgação

C

om Especial de Páscoa, o artista farroupilhense fará show para o Parque Musical. Jackie dos Passos começou cedo sua carreira com o violão popular. Aos 7 anos teve seu primeiro contato e aos 14 entrou para uma escola clássica em Caxias do Sul, onde passou a estudar o Violão Erudito. Desde então, foram 13 anos de dedicação ao instrumento. Jackie teve diversas experiências com grandes violonistas que enriqueceram sua bagagem e conhecimento. Dentre eles estão, Anton Vandborguett (Bélgica), Lazhar Cherouana (França), Giuseppe Zinchirri (Itália), Jaime Velasco (Espanha) e também o brasileiro Thiago Colombo de Freitas. Em sua carreira, realizou inúmeros recitais e concertos de Violão Erudito pelo Estado, atuou em formações de duo e trio de violões, orquestra de violões e na orquestra Pró Música. No ano passado lançou seu primeiro CD de violão solo, chamado Dois Horizontes. Jackie fará show no Parque dos Pinheiros, das 16h às 17h de domingo. “O repertório que eu vou levar é especial por ser ao ar livre. Diferente de uma apresentação onde as pessoas estão indo lá para me assistir. Serão algumas músicas próprias do Violão Fingerstyle e músicas populares mais conhecidas e alguns temas de filme, que acredito que assim agrade as pessoas que vão estar por lá”, comenta o farroupilhense, que há três anos tem se dedicado a esse estilo. “É muito gratificante poder levar um pouco do meu trabalho, da minha arte, do meu tipo de som, para o público em geral. Geralmente não é muito comum apresentar um repertório todo instrumental, num País onde a cultura da música popular

cantada é muito mais evidente e expressiva. Então é um prazer poder estar divulgando esse estilo de música, em especial o meu instrumento, que é o violão. É gratificante também poder ver a cidade se empenhando em divulgar diversos estilos musicais, inclusive dando a oportunidade de músicos instrumentistas mostrarem o seu trabalho”, considerou ainda o artista, que atualmente leciona em Farroupilha, Caxias do Sul e prepara alunos para provas de vestibular das Universidades Federais em Música.

Violão Artista estuda o instrumeto que pode ser trabalhado em diferentes estilos

Programe-se O que: show instrumental de Jackie dos Passos Quando: domingo, das 16 às 17h Onde: Parque dos Pinheiros Quanto: entrada franca


Inside

4

Gustavo Pimentel

gustavospimentel@yahoo.com.br

Há algumas semanas escrevi sobre a condenação do ex-presidente Lula pelo Tribunal Regional Federal, em Porto Alegre, e das razões pelas quais eu acreditava que ele não seria preso e que a confirmação da sua condenação traria apenas consequências eleitorais, mais precisamente a impossibilidade dele concorrer à Presidência por se enquadrar nas hipóteses de inelegibilidade da Lei da Ficha Limpa. Pois bem, com os acontecimentos da última semana (me refiro ao julgamento do habeas corpus pelo STF) tive ainda mais certeza disso. É que a presidente do Supremo havia declarado que não cederia a pressões políticas e que nenhuma pessoa estaria acima da lei, ou seja, não daria nenhuma preferência ao ex-presidente em detrimento dos outros processos que tramitam no STF. O problema é que poucos dias após essa declaração, a própria ministra Carmen Lúcia pautou, com uma rapidez recorde, o julgamento em plenário do HC preventivo de Lula, habeas corpus esse que sequer deveria ser admitido, uma vez que o seu conhecimento contraria a jurisprudência pacífica do Supremo, sedimentada inclusive na forma de uma súmula. O que mais chama a atenção é que o HC de Lula é preventivo, ou seja, buscava evitar a prática de um ato futuro. Porém, existem milhares de habeas corpus repressivos aguardando pauta para julgamento no Supremo. Esses (os repressivos) sim urgentes, pois, como o próprio nome sugere, o ato constritivo de liberdade já fora praticado e os seus pacientes (que é a nomenclatura jurídica dada para quem se beneficia de um habeas corpus) se encontram presos. Inclusive, uma dessas pessoas “comuns” que está nessa fila inglória aguardando o julgamento do seu habeas corpus é o ex-companheiro Antônio Palocci que, depois da delação premiada, virou “persona non grata” nos quadros do Partido dos Trabalhadores. Palocci está preso preventivamente há mais de um ano e meio e os seus advogados já solicitaram quatro vezes que o seu HC fosse pautado para julgamento, porém, sem sucesso. Pois é, como bem se sabe, a lei no Brasil é uma para alguns e outra para tantos outros. Continuo mantendo a minha aposta de que o Supremo mudará mais uma vez a sua jurisprudência e não autorizará o início imediato do cumprimento da pena, beneficiando, com isso, o ex-presidente Lula. Por outro lado, acredito que após o pronunciamento do Tribunal Superior Eleitoral, o mesmo STF manterá a impugnação do registro de candidatura do ex-presidente, impedindo-o de disputar as eleições e, com isso, arrefecendo os ânimos daqueles que ficaram furiosos com o julgamento do seu habeas. Terá sido a decisão jurídica mais política já realizada pelo Supremo. Aguardemos as cenas dos próximos capítulos... * Advogado

Agenda QUINTA Banda Better Than Pizza Arctic Monkeys Tribute República Beer, às 23h

DOMINGO Maneva Fundaparque, Bento Gonçalves, às 15h

Elas Comandam o Boteco Boteco do Chá, às 23h30min

SEXTA Hitz 90/2k Zero 54, Caxias do Sul, às 18h30min

SÁBADO Disc Wars Showcase, com Fran Bortolossi e Mau Maioli Muinho, às 23h59min Vera Loca Portal Bowling, MartCenter, em Caxias do Sul, às 23h

Divulgação

O julgamento do habeas corpus de Lula

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018


FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

Inside

Música

Projeto seleciona bandas para tocar em um dos maiores festivais de música Marlon Peres

WAR Gabriel Parisotto e Mateus Kurmann estão na banda desde sua formação

E

Guilherme Macalossi cisperter@hotmail.com

WAR em concurso que pode levar grupo à Europa

m sua 3ª edição do concurso, o EDP Live Bands Brasil, promovido pelo EDP Brasil, ajuda bandas brasileiras independentes a tocarem em um dos maiores festivais de música da Europa, o renomado NOS Alive, que acontece anualmente em Portugal. Além de gravarem um CD produzido pela Sony Music Entertainment. No ano passado, foi uma banda gaúcha, a Gelpi, a ser contemplada com o projeto. A banda farroupilhense de Rock Alternativo We Are Revolution (WAR), dona de singles como “Filme de Terror” e “O Que Não é Nosso”, se inscreveu para participar da edição deste ano. Formada por Mateus

5

Kurmann e Gabriel Parisotto, a banda já tem dois EPS lançados e irá lançar CD ainda neste ano. A primeira seleção do concurso, que chegou ao Brasil em 2016, é feita através de votação do público, válida até domingo, e também da participação de jurados, que irão eleger as bandas que vão para a final. As selecionadas vão participar de workshop com especialistas na indústria da música para compartilhar experiências e entender mais sobre o universo da música. A decisão das bandas vencedoras é feita inteiramente por jurados. Já são mais de 2,9 mil bandas inscritas de todo o Brasil. Para votar na WAR e conhecer as demais concorrentes, o site é www.edplivebandsbrasil.edp.com/votacoes.

Aceite: Lula tem força política e venceria a eleição Subestimar a capacidade do adversário é o caminho mais certo para a derrota. Em 2005, depois do “Mensalão”, a oposição ao PT achou que seria bom negócio deixar Lula na presidência. Alvejado pelo escândalo, ele sangraria até a eleição, quando seria facilmente derrotado por qualquer outro candidato. O resultado foi o inverso: Lula se consagrou, humilhando o PSDB no segundo turno. A partir daquele momento, consolidou a imagem de mito e elegeu sua sucessora. A direita brasileira, formada em boa medida por liberais e conservadores que compensam a falta de prudência com o excesso de bile, comete o mesmo erro dos tucanos. Imagina que Lula, por ter sido condenado e ter uma penca de processos nas costas, está acabado do ponto de vista político. Ledo engano. Todas as pesquisas demonstram que ele possui alto percentual de intenção de voto. Lidera em todos os cenários de primeiro e segundo turno. Alguém dirá que as pesquisas mentem. Todas? Mas se elas mentem sobre Lula, porque estariam certas sobre Jair Bolsonaro? Os números de ambos vêm dos mesmos institutos. Não adianta separar os dados da realidade que nos interessam. É preciso aceitar o fato de que Lula continua conservando sua capacidade eleitoral. Ela é fruto do recall de seu governo, que é bem visto e bem lembrado entre as camadas populares, principalmente no norte e no nordeste do país. Também não adianta olhar para o entorno e tomar ele como o conjunto da realidade. Quem lê essa coluna reside em uma cidade francamente oposicionista ao PT. Se perguntar ao sujeito que está ao seu lado se ele é favor da prisão de Lula, é bem provável que você ouça um sim. Mas talvez ouvisse um não se morasse em Belágua, no Maranhão. A bolha onde vivemos não representa um país continental como o Brasil. O brasileiro médio, que dispõe de pouca informação, atribui a Lula a bonança econômica que perdurou entre 2005 e 2009. Ele não sabe e nem dá a mínima para quem era o presidente do Banco Central na época, muito menos se, no passado, Lula rejeitava as ações que viabilizaram os resultados positivos que acabou colhendo. Para o brasileiro médio, o que importa é que naquele período havia emprego, fartura, consumo e crédito fácil. As pessoas trabalhavam, compravam carros e se divertiam. A recessão que veio depois, mesmo que resultante do populismo praticado anteriormente, não foi associada a Lula, ainda que tudo tenha se dado em pleno governo petista. Do ponto de vista moral e ético, a Lava Jato tratou de equalizar os desiguais. Para a sociedade, todo o político não presta, e aqueles que entram na política o fazem com objetivos escusos. Sendo assim, Lula não seria diferente de ninguém, e não haveria razão para trocá-lo por outro. Tendo um monte de candidatos picaretas, o único critério de desempate seria o resultado das ações de governo. E é aí que reside a força do ex-presidente. Ainda que tenha sofrido inúmeras derrotas na Justiça, e sofrerá outras muitas nos próximos processos que serão julgados, o fato é que Lula ainda não foi derrotado politicamente. Sua oposição, seja ela de centro-esquerda ou de direita, jamais conseguiu construir um discurso alternativo ao dele. Devido à condenação pelo TRF-4, é difícil que o ex-presidente possa concorrer em 2018. Isso, entretanto, não anula o fato de que, se estivesse em condições, seria o amplo favorito do pleito. O Brasil é um país triste. Precisa que juízes apliquem a lei para que um sujeito como esse não se sagre vencedor da eleição. * Redator e radialista


Zeto Teloken

O

Lançamento

Expo Farroupilha, a nova feira do município, terá seu lançamento oficial realizado na próxima quarta, às 19h, no Salão Nobre da prefeitura. O evento promete destacar potencialidades farroupilhenses em diversas áreas, mostrando especialmente a diversificada matriz econômica, o potencial turístico e as inovações tecnológicas.

Cinema

Mais uma edição do Wine Movie Peterlongo ganha espaço no Vale dos Vinhedos no próximo dia 7. Na data será apresentado o filme “Do que as Mulheres Gostam”, exibido no espaço externo da vinícola. Os ingressos são limitados e dão direito a um pacote de pipoca e uma dose das bebidas oferecidas no local.

Elas

Nesta quinta o Boteco do Chá realiza a festa “Elas Comandam”, com aquece especial para mulheres a partir das 23h. Os DJ’s Cris Pacheco e Nathali comandam a pista no estilo open format. Fábio Silvestri

Daniela De Rocco

Andressa Florêncio celebrou sua formatura com amigos na festa do Boteco do Chá, no final de semana

O pequeno Bernardo celebrou seu aniversário de 3 anos ao lado dos pais Lindomar José Fontanella e Ana Paula Knorst Fontanella no dia 17, na casa de festas Ticabum

Ro Wo


Cristiano de Oliveira

Bruna Dallosbel e Cristiano Risson marcaram presença no Pepsi Club, no último sábado Priscila Arsego

Francieli Fachinelli Campana e Wilson Antônio Galafassi Júnior celebraram união no último sábado, no restaurante Parque dos Pinheiros. A cerimônia foi embalada pela voz de Laura Dalmas, e a festa ainda contou com apresentação de Fabiano Feltrin como Elvis Presley. A organização e cerimonial esteve a cargo de Denise Balbinot Colombo da D&C Cerimoniais.

Rafael Guerra

oger Cappelletti, promoter da oods Caxias, em noite de festa

Isabelli, na comemoração de seus 5 anos, com seu pai Rangel Roth, no domingo, na Casa de Festas Cupcake

E-music

Fique por Dentro

Os DJ’s farroupilhenses Fran Bortolossi e Mau Maioli invadem o Muinho Club para trazer o melhor da música eletrônica neste sábado. A noite é uma celebração do lançamento do EP “Percosi”, do músico Mau Maioli, e também conta com a presença da gravadora Disc Wars.

Dose Dupla

A casa sertaneja Wood’s tem rodada dupla neste final de semana, com a festa Holiday nesta quinta e a Pegada Sertaneja no sábado. Nesta véspera de feriado, o espaço conta com a dupla Sullivan & Matheus, que agita a noite. No sábado o show fica por conta do cantor Edu Farias, que traz o melhor do ritmo sertanejo para o público.


Inside

8

Armando Wartha armandowartha@yahoo.com

Reflexão sobre o caráter Muito embora estejamos passando por um, moralmente falando, lamentável período da história (história brasileira), no qual a esperteza, a segunda intenção, a trapaça, o levar vantagem estejam por trás de muitas das nossas ações e intenções, convém lembrar-nos de que a retidão de caráter (embora as infindáveis tentativas de sufocá-la) permanece viva dentro de cada um de nós. É possível, por exemplo, que um comerciante, ao tentar nos vender um determinado produto, sendo sabedor de que o que está nos oferecendo não é nem sombra daquilo que sustenta ser, ou seja, que está tentando nos vender gato por lebre, não sinta, lá no fundo da alma, culpa pelo que pretende fazer? É provável que sim, que sinta culpa, contudo, guiado tão somente pelo brilho da vantagem escusa, ele a sufoque. Podemos relatar inúmeras situações do dia a dia, nas quais distorcemos a boa conduta em troca de vantagens: o político que promete para a sociedade quando está pensando no pessoal; o assegurado do plano de saúde, que entra no consultório médico numa cadeira de rodas e, depois de conseguir o benefício, sai saltitando; do médico que implanta próteses, sem necessidade, movido pela comissão; do agente de trânsito que faz vista grossa em troca de uma pomposa quantia. Etc, etc, etc. A pergunta que aqui cabe é: externamente eu sei lidar muitíssimo bem com esses, e muitos outros tipos de vantagens mas, internamente, eu consigo dar conta disso? Sei enganar a mim mesmo da mesma forma que consigo enganar ao outro? Caso a resposta seja sim, eu sei me enganar tal qual o faço com o outro, parece que não terei problemas ao pôr a cabeça no travesseiro. Contudo, no quesito interno, segundo o que nos diz Kant (Immanuel Kant 1724-1804), isso parece ser impossível. Vejamos o que, em poucas palavras, ele nos diz a esse respeito: “diante de uma pessoa de condição humilde, em que percebo retidão de caráter, em uma medida tal que não tenho consciência de ter, meu espírito se inclina, queira eu ou não, por mais que mantenha elevada a cabeça para não lhe permitir que esqueça a superioridade da minha posição”. Se bem interpretadas as palavras deste pensador, parece não haver dúvidas de que, externamente eu posso me esforçar para não demonstrar os efeitos da minha atitude moralmente falha, mas o peso dela, internamente (no espírito), continua a ter a força só comparada à força gravitacional. Ou seja, o tempo pode passar, mas ela continua ativa. Sendo isso verdadeiro, não seria o caso de refletirmos sobre se vale a pena levarmos vantagens de dia e sermos continuamente esmagados à noite, por essa poderosa força gravitacional? Pensem nisso! * Escritor e bacharel em Filosofia

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

Primeiro Parágrafo

Uma história que nos com as diferenças Obra de escritora americana é uma grande lição de moral para aqueles que não compreendem que as pessoas não precisam seguir um padrão Yasmin Signori Andrade yasmin@jornalinformante.com.br

A

autora R.J. Palácio teve a inspiração para escrever o livro quando foi a uma sorveteria com seus filhos e lá havia uma garota com uma grave deformidade facial. Seu filho mais novo, de 3 anos, começou a chorar desesperadamente. Foi assim que percebeu a importância que seria escrever “Extraordinário”, em como devia ser difícil para a família e, especialmente, para a garota, passar por aquela situação diversas vezes por dia. Era preciso que as pessoas se familiarizassem com as diferenças do mundo. Um garoto de 10 anos, com uma rara deficiência facial, que desde sempre foi educado em casa pela mãe, vai começar o 5º ano em uma escola regular pela primeira vez. É assim que começa a história de Extraordinário. Todas as crianças, quando iniciam a escola, já lidam com diversas questões e enfrentam medos que incluem não ser aceito ou não gostar de seus novos colegas com quem terão que conviver diariamente. Então imagine todas essas inseguranças incluindo uma deficiência que faz com que o rosto de August Pullman pareça deformado. A Síndrome de Treacher Collins o acompanha desde que nasceu, e faz com que os outros o vejam e o tratem de forma diferente. Apesar de sua aparência não ser considerada comum, o garoto faz

tudo o que qualquer outro de sua idade faria. Com exceção de sua gentil família e de seu único amigo, Christopher, que o conhece desde que nasceu, todos o chamam de coisas terríveis e o olham como se fosse uma aberração, fazendo com que sua confiança e autoestima praticamente não existam. “Se eu encontrasse uma lâmpada mágica e pudesse fazer um desejo, pediria para poder andar na rua sem que as pessoas me vissem e depois fingissem olhar para o outro lado. Sabe o que eu acho? A única razão de eu não ser comum é que ninguém além de mim me enxerga dessa forma”, cita Auggie, logo no primeiro parágrafo do livro. Antes de entrar definitivamente para a escola, ele é convidado a fazer um passeio pela escola, junto de três alunos escolhidos pelo diretor. Neste dia já é possível perceber que o ano do menino não será nada fácil. Com perguntas que intimidavam, Auggie soube que teria que ter coragem para encarar todo o período escolar. Durante todo o desfecho, o personagem passa por diversas situações que o fazem querer desistir de tudo. É notório que figuras importantes são essenciais para que consiga superar todos os problemas: professores, novos amigos, amigos de longa data, família e até mesmo sua cachorra, Daisy, dão forças para que o menino consiga continuar. O livro de linguagem fácil e acessível é narrado por diferentes personagens, o que demonstra que todos têm seus problemas pessoais, sendo


FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

Inside

9

Lauro Edson Da Cás

Primeiro Parágrafo

ldacas@hotmail.com

ensina a conviver

O mundo que não queremos Imagem: Reprodução

eles grandes ou pequenos. Além de August, o livro traz a visão de sua irmã, Via, de seus colegas de classe que depois se tornam seus amigos, Summer e Jack, do namorado de Via, Justin, e da melhor amiga de sua irmã, Miranda. Apesar de se tratar de um assunto difícil, a obra é cômica e inocente, por se tratar, na maior parte do tempo, da visão de uma criança. No livro eleito um dos melhores de 2012 pelo The New York Times e pela Amazon, o garoto revela a todo momento uma grande vontade de levar uma vida comum, como qualquer outro de sua idade, e traz frases inspiradoras que nos fazem refletir sobre a vida. “Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil”, é um dos preceitos do Sr. Browne, professor de Auggie. A obra fez com que muitas pessoas que têm a mesma síndrome do personagem se sentissem acolhidas e inclusas na sociedade. R.J Palacio ensina adultos e crianças, que a aparência é apenas uma casca que nos envolve, e o que realmente importa é o que somos. Nossos ideais, nossa gentileza e nossa inteligência valem muito mais do que apenas beleza. “Não julgue um menino pela cara”, é o recado que vem estampado atrás do livro. Devido ao seu sucesso, Extraordinário fez com que a autora escrevesse mais três livros que complementam o primeiro: “365 Dias Extraordinários”, com frases inspiradoras citadas pelo professor preferido de Auggie, para todos os dias do ano; “Auggie e Eu: Três Histórias Extraordinárias”, contando a história pelo ponto de vista de outras crianças da escola; e o último, “Diário Extraordinário”, um convite para despertar o escritor que há dentro de nós. A autora dá uma lição de moral em todos os leitores, virando um grande símbolo de aceitação e luta contra o bullying.

Extraordinário Autora: R.J. Palacio Tradução: Rachel Agavino Gênero: Ficção Literatura Americana Ano de publicação: 2012 Editora: Intrínseca Nº de páginas: 320 Preço médio: R$ 30,00

Que a Páscoa nos impulsione para o bem e para esperança, uma vez que passamos estes últimos dias numa extrema comoção provocada pela barbárie contra a vida (e mais, contra a vida de Naiara, de 7 anos). Uma menina mulher, que logo após o Dia da Mulher, teve seu dia interrompido. Teve sua vida ceifada de maneira indecente e cruel. Por sinal, confirma-se aquele pensamento de que a bestialidade humana é a maior das tragédias. Não alongando comentários e nem levantando juízos de valor, percebe-se o quanto somos limitados, finitos e despreparados para este constante da vida. Em momentos, o ser humano consegue se diluir em imensas situações emocionais, deixando a sua tal racionalidade de lado. Na realidade, se comete toda a sorte de crimes e atrocidades contra a vida. Por vezes, apenas para consolidar, ainda mais, a sua afirmação, a sua cobiça, o seu ódio e assim por diante. Sublinha-se, sim, que todas estas situações e/ou expressões de covardia são desprezíveis, indignas e abomináveis perante o que é bom e que realmente condiz à dignidade humana, ou ainda, à valorização do dom único da vida. Por outro lado, em casos como este que acompanhamos, por exemplo, é preciso sempre ter cuidado ao falar, até mesmo ao externar a imensa decepção e/ou revolta, bem como, o desapontamento diante de tais fatos. É preciso um cuidado maior com a parte que nos cabe, mesmo sendo ela, uma mínima opinião ou uma fração comentada, diante de um olhar desatento. Ao acompanhar o que vinha sendo apresentado nesta insana ação muitos tiveram a sensação de que a angústia assolava, que a dor crescia e os sentidos se estremeciam. Por mais coerente que seja o mundo que a gente quer não é o mesmo que está por aí, por vezes, ao nosso redor e por outras, nas cercanias de nossa existência. Sim, nos deparamos com aquilo que contribuímos para formar tal realidade. Mesmo com a tal liberdade, conviver com aqueles que colocam as outras vidas na condição de abate e descarte, convenhamos, é sofrido, insuportável e reprovável. Ao mundo de amanhã, o nosso tempo de agora, direcionando nosso olhar para nossa família, para nossos amigos que queremos bem e para aqueles que ainda não gostamos muito. Convenhamos, o mundo que não queremos (e não se quer) é aquele recheado de injustiças, de rebeldia desenfreada e sem razão. Não se quer punhados de ganância e ignorância. Por mais conectado se esteja, não podemos ser meros propagadores de vingança (se é isso que não queremos para o amanhã!). Muito menos nos alienar diante das redes sociais, nos tornando alienados na vida, fazendo eco de desesperança em cada comentário. Que a Páscoa rompa toda e qualquer escuridão de nosso agir, de nosso pensamento e de nossa existência. Que esta transformação possa atingir nossos lares, bem como, os mais diversos ambientes em que nos encontramos. Feliz Páscoa abençoada para todos que acompanham e formam a grande família do Jornal Informante. * Mestre em Letras, Cultura e Regionalidade


Inside

10

Sétima Arte

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

O filme que batalha por um traz poderosa mensagem de Elenco renomado de “Extraordinário” conseguiu dar vida com graça a personagens complexos Yasmin Signori Andrade yasmin@jornalinformante.com.br

B

aseado na obra de R.J. Palacio (veja resenha na seção Primeiro Parágrafo, páginas 8 e 9 do Inside), o filme conta a história de August Pullman, que possui uma rara síndrome que causa deformação facial. A doença em si não é o problema, e sim como as pessoas ao seu redor reagem à sua aparência. Consagrados, Julia Roberts e Owen Wilson interpretam os pais de Auggie, como foi apelidado o garoto, que irá começar a estudar em uma escola regular pela primeira vez na vida. O protagonista do filme é Jacob Tremblay. Nascido em 2006, o garoto já interpretou o personagem do filme “O Quarto de Jack” e, mesmo sob uma pesada maquiagem, Jacob demonstra um grande potencial, cativando todos. A obra cinematográfica é capaz de arrancar lágrimas, pois em diversos momentos é possível ver o drama dos pais, Isabel e Nate, ao ver o filho sofrer preconceitos, sendo sempre muito fiel ao livro, retratando de forma espetacular a criança e seu imaginário. Em alguns momentos, o trama sai da realidade, para entrar no mundo imaginário de Auggie, onde Chewbacca, de Star Wars, e astronautas estão presentes ajudando o garoto a fugir do pesadelo que está vivendo. Assim como no livro, na trama a

avó de Auggie é brasileira, e foi a atriz Sônia Braga que deu vida ao papel, produzindo uma das cenas mais bonitas do filme em caráter memorialista, onde a já falecida avó tem um conversa com a irmã do personagem principal, Via (Izabela Vidovic). No diálogo, argumenta que já teriam muitos anjos olhando para a Auggie, portanto, ela estaria sempre olhando por Via, que na maioria das vezes é esquecida pela família, devido ao fato de seu irmão demandar mais atenção por sua particular condição. A história é contada por diversos pontos de vista, fazendo com que todos os personagens recebam a devida atenção, e mostrando que não é apenas Auggie que sofre com problemas pessoais. Dirigido pelo sensível cineasta Stephen Chbosky, “Extraordinário” ganhou indicação ao Oscar deste ano na categoria Maquiagem e Cabelo. Sem forçar o drama, é retratada com leveza uma história bonita e bastante real sobre superação e aceitação de todos os personagens. Com uma importante lição sobre gentileza e tolerância, o filme vai fazer você repensar em como está levando a vida, e como está tratando aqueles que estão à sua volta. Importância da família Isabel (Julia Roberts), mãe de Auggie (Jacob Tremblay), é uma das poucas pessoas que consegue ver o garoto através da aparência


FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

Inside

11

Sétima Arte

Imagem: Reprodução

mundo mais gentil aceitação e tolerância Divulgação

Título original Wonder Título traduzido Extraordinário Direção Stephen Chbosky Roteiro Steve Conrad e Jack Thorne Gênero Drama Duração 111min País Estados Unidos Ano de produção 2017 Estúdio Lionsgate Distribuição Paris Filmes


12

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Temos uma conjunção dos planetas Vênus e Urano em seu signo. Pode haver surpresas, novidades e situações não convencionais em seus relacionamentos. É um momento de despertar para novos valores, sentimentos e relações.

Touro - 21/04 a 20/05

Seu regente, Vênus, está em contato com Urano. É um belo momento para se libertar de antigos padrões e situações emocionais. Situações fora do seu controle podem ocorrer e pedem intuição e atitudes diferentes das habituais.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

Mudanças e novidades podem ocorrer nos relacionamentos e no envolvimento com amigos. Questionamentos sobre quem são seus verdadeiros amigos e qual é sua turma. É preciso estar receptivo às surpresas da vida.

Câncer - 21/06 a 20/07

Situações originais e diferentes no âmbito da carreira. Você poderá receber uma nova proposta de trabalho ou buscar um caminho mais independente. A autonomia, a liberdade e a inventividade são essenciais no trabalho.

Leão - 21/07 a 22/08

Poderá receber notícias inesperadas. É uma fase positiva para repensar os valores e crenças que possui sobre relacionamentos. Novidades envolvendo estudos, viagens e relacionamentos.

Vírgem - 23/08 a 22/09

Teste de autonomia e de amor-próprio aos virginianos. Situações não convencionais e inusitadas podem envolver a sexualidade e as finanças. A semana pode apresentar surpresas e você deve seguir a intuição.

Libra - 23/09 a 22/10

Vênus, seu planeta regente, está conjunto com Urano no setor de relacionamentos. É um momento de grandes mudanças na esfera das relações. Poderá ocorrer o rompimento de um vínculo, assim como a possibilidade de conhecer novas pessoas.

Escorpião - 23/10 a 21/11

Novidades relacionadas ao trabalho podem ocorrer. Técnicas alternativas podem ser interessantes para ter mais saúde e qualidade de vida. Surpresas que exigirão de você bastante flexibilidade e versatilidade.

Sagitário - 22/11 a 21/12

Novidades na esfera amorosa dos sagitarianos. Surpresas vinculadas aos seus sentimentos e também aos relacionamentos. É o momento em que situações peculiares e imprevisíveis podem ocorrer.

Capricórnio - 22/12 a 20/01

Novidades, surpresas e mudanças no âmbito familiar. É um momento em que você é testado na sua independência e autonomia. Esta é uma fase que evidencia situações muito diferentes das quais você está acostumado.

Aquário - 21/01 a 19/02

Urano, seu planeta regente, está junto ao planeta Vênus. Semana que pode ser de intensas surpresas, novidades e notícias inusitadas. Novos interesses, habilidades e possibilidades podem ocorrer.

Peixes - 20/02 a 20/03

Mudança de valores e em situações emocionais e financeiras. É um bom momento para expressar mais sua criatividade na expressão de seus talentos. Uma nova proposta material pode acontecer, mas utilize a intuição para ter a melhor atitude.

Inside

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018


FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

MESA DE SNOOKER - VENDO – Oficial e média. Tratar. Fone (54)9 9225.5761 – (54) 981514814. VENDE-SE CONSÓRCIO CONTEMPLADO DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. Crédito R$ 280.000,00 – Prestações R$ 2.067,32 – Já pagos R$ 14.500,00, e créditos de R$ 432.000,00 - Prestações R$ 3.122,31 – Já pagos R$ 25.000,00. Estes créditos podem ser usados na COMPRA DE IMÓVEL, CONSTRUÇÃO E REFORMA URBANA E RURAL. Aceitamos carro de entrada. Contate: (51) 9 9569 8765/ WhatsApp:(51) 9 8055 5703.


2

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018


FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

3

EXCELENTE INVESTIMENTO! Compre por apenas R$ 45.000,00 terreno plano de 1000m², com água e luz! Asfalto chegando no local. A 3,5km de Farroupilha. Saída para o Salto Ventoso. Tratar: (54) 9 9925-2068. EXCELENTE PREÇO em ÓTIMA LOCALIZAÇÃO! Vendo Chácaras. Linha Ely Confira agora! Ligue: (54) 9 9925-2068. VENDO TERRENO de esquina com 1.377m² a uma quadra da rodoviária e do Shopping Centro de compras. F. 9 9118.1642.


4

Excelente oportunidade. Apartamento à VENDA, diretamente com a proprietária. Semimobiliado, ensolarado, dois dormitórios, sala integrada com a cozinha, banheiro, área de serviço, churrasqueira, uma vaga de garagem. Fino acabamento em gesso. Painel com pedra decorativa. Edifício com elevador e circuito interno de vigilância. Bairro Planalto. Agende sua visita! (54) 9 9631 3493. ALUGA-SE APARTAMENTO de 2 e 3 dormitórios em ITAPEMA / MEIA PRAIA, Santa Catarina. 150 metros do mar. A partir de 15/01. Tratar. F. (54) 9 9118 1642. VENDO TERRENO, localização central em Arroio do Sal a duas quadras do mar F. 9 9118.1642.

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018


FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018

7


10

ALUGUE SALA COMERCIAL DIRETAMENTE COM A PROPRIETÁRIA, bem localizada e ensolarada, na Independência, com 168m² no Bairro São Luiz. Fones: 9 9951.3583 / 3268-1062. VENDO 4 terrenos de Cooperativa já com área comprada. F.: 9 9118.1642. VENDO CASA MISTA localizada no Bairro Pio X, ao lado da Igreja. (A mesma já está alugada através de imobiliária pelos valores de R$ 1.000,00 por mês). Tratar: (54) 9 9118 1642.

FARROUPILHA, 29 DE MARÇO DE 2018


Edição 531  
Edição 531  
Advertisement