Page 1

FARROUPILHA

|

ANO XI

| EDIÇÃO 530

| 23 DE MARÇO DE 2018 |

R$ 3,00

Santa Cruz no Caldeirão Juliana Inês Casa Barbieri

Noventa estudantes da Escola Municipal participaram de gravação da Rede Globo comandada por Luciano Huck, que esteve no educandário na segunda, com o quadro “Árvore dos Desejos” Editoria de Educação, página 14

CIDADE ECONOMIA Sicredi inaugura agência Festival do Moscatel pioneira em Farroupilha tem as datas definidas Unidade é especializada no segmento de agronegócio Página 8

INSIDE Egui com a palavra

Escritor farroupilhense Evento define valor do ingresso apresenta “Sequência de e abre venda no próximo dia 16 Rabiscos” para alunos da EJA Capa Página 10


2

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

Renata garante vaga na final do Miss RS Representante de Farroupilha está habilitada à final junto com 29 concorrentes

O

correu na noite de segunda, no Canoas Parque Hotel, a 2ª fase do Miss Rio Grande do Sul Be Emotion 2018, que irá escolher a representante do Estado para o Miss Brasil. A 1ª fase com as 70 meninas selecionadas, aconteceu no dia 18, com entrevistas e coquetel com os jurados. A noite foi marcada por dois desfiles: o primeiro em traje de banho e o segundo com vestidos de gala, onde a jovem Miss Farroupilha Renata se apresentou com elegância em um belo vestido vermelho na frente da bancada de jurados. Com a presença da 2ª Vice Miss 2017, Aline Furtado, a 1ª Vice Miss 2017, Vitória Bisognin e a Miss 2017, Juliana Mueller, foram anunciadas as 20 candidatas que iriam para a grande final do concurso de beleza. Porém, com tantas belas candidatas, o júri optou por selecionar 30 para a grande final. A estudante de Relações Públicas farroupilhense, de 22 anos, acabou chamada para integrar o time de finalistas. “Quando anunciaram o nome de Farroupilha

foi uma emoção muito forte, difícil descrever as sensações de felicidade, alívio e de dever cumprido que senti naquele momento. Fazer parte de um grupo seleto de 30 candidatas finalistas é a realização de um sonho e considero uma grande conquista. Afinal eram 70 candidatas lindas e muito bem preparadas, vencedoras e destaques nas suas cidades”, afirma Renata, que já está em intensa preparação para a última etapa do concurso (veja mais na página ao lado). “Atividade física diária, alimentação saudável, ensaios de passarela, aulas de dicção, desinibição e oratória e inglês. As expectativas são as melhores possíveis, minha preparação vem sendo executada há meses e estamos confiantes para a próxima fase”, comenta a Miss, que está muito grata por todas as mensagens de carinho e apoio que vem recebendo dos farroupilhenses. Forte concorrente Além da beleza, Renata mostrou muita simpatia na passarela

Adroir Fotógrafo

BELEZA


3

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

CONQUISTA

À espera da tão aguardada final a coroa da atual Miss, Juliana Mueller. A escolhida será a representante do Estado no Miss Brasil 2018. Caso vença a etapa nacional, concorrerá ao título de Miss Universo. A representante da beleza farroupilhense concorre com outras 29 finalistas (abaixo).

Adroir Fotógrafo

A

última fase do concurso vai acontecer no próximo dia 14, com transmissão da Rede Bandeirantes, que promove o evento no País, dia em que a nova eleita receberá

Veja a lista completa das finalistas Miss Farroupilha: Renata Ester Agazzi Miss Alegrete: Flávia Menezes Tolfo Miss Arroio do Meio: Stephanie Rehfeldt Miss Arroio do Sal: Jheniffer Ev Miss Arroio do Tigre: Sancler Frantz Miss Camaquã: Milene Lobato Miss Capão da Canoa: Fabiana Santos Miss Caxias do Sul: Tauana Stieve Miss Eldorado do Sul: Leonora Weimer Miss Estrela: Bianca Beatriz Scheren Miss Gramado: Luana Schell Miss Guaíba: Bruna Pereira Miss Igrejinha: Vanusa Marschner Miss Itaara: Natália Fantinel Dias Miss Mampituba: Helen Pizzio Miss Minas do Leão: Caroline Escouto Miss Nova Petrópolis: Morgana Martins Miss Passo Fundo: Laura Martini Scipioni Miss Pelotas: Fernanda Rott Miss Porto Alegre: Vitória Brodt Miss Putinga: Karina Cossa Miss Santa Maria: Marcella Xarão Miss São Gabriel: Camila Balconi Marques Miss São Lourenço do Sul: Manuela Schein Miss São Nicolau: Tainá Barbosa Miss Tapes: Bárbara Boff Miss Teutônia: Thaís Horst Miss Tramandaí: Samen dos Santos Miss Uruguaiana: Ana Funguetto Miss Xangri-lá: Vitória Oliver

Elegância na passarela Renata desfilou em vestido de gala na segunda à noite, quando assegurou passagem à final


4

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

O benefício e a presunção miserabilidade Alexandre S. Triches *

O

benefício assistencial ao idoso e ao portador de deficiência, previsto na Lei nº 8.742/93, foi objeto de importante decisão judicial, neste início de 2018, junto ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região. O LOAS ou amparo social, como também é conhecida esta prestação, é devido a idosos e deficientes que comprovarem não possuir condições de prover seu próprio sustento, ou tê-lo suprido pela sua família. Tem como objetivo garantir condições mínimas de vida para pessoas idosas e deficientes em condição de miserabilidade. Para fazer jus ao benefício, o aspirante à prestação assistencial deve possuir idade mínima de 65 anos e ser portador de deficiência. Especificamente com relação ao critério socioeconômico, a renda familiar per capita não pode ser superior a 1/4 do salário mínimo nacional. A decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região analisou se a

renda per capita inferior a 1/4 do salário mínimo, que está prevista no art. 20, § 3º, da Lei 8.742/93 gera, para fins de concessão do benefício, uma presunção relativa ou absoluta de miserabilidade. A jurisprudência dos tribunais diverge sobre este tema há alguns anos. Em especial porque o Supremo Tribunal Federal, no ano de 2013, declarou a inconstitucionalidade do critério de renda (1/4 salário mínimo nacional) previsto nesta legislação, porém não trouxe indicativo de qual critério deveria ser adotado. Assim, há posicionamentos no sentido de que a presunção decorrente da renda mínima per capita pode ser afastada quando o conjunto probatório do processo, examinado globalmente, demonstrar que existe renda não declarada, ou que o requerente do benefício tem suas necessidades amparadas adequadamente por outra pessoa. Por outro lado, há entendimentos que permitem com que não se precise analisar de forma exaustiva a situação particularizada de cada cidadão. Bastaria o preenchimento dos requisitos legais para fazer jus ao benefício.


5

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

assistencial absoluta de A matéria chegou ao TRF4 justamente para dirimir o conflito de entendimentos sobre o assunto, e o posicionamento do tribunal foi no sentido de que o critério da renda de 1/4 do salário mínimo, para fins de reconhecimento do direito à percepção do benefício assistencial, acaba por gerar a presunção absoluta de miserabilidade. Dessa forma, o benefício não deverá deixar de ser concedido ao postulante por razões de índole subjetivas, tais como condições da casa em que reside, coabitação com pessoas que possuam renda, mas que não se enquadrem no grupo familiar, dentre outras hipóteses. Não raras vezes, se denegava o pedido do benefício em face das condições dos móveis da casa, os quadros que guarnecem a parede, o tamanho da televisão, as condições do jardim. Trata-se de uma decisão de elevado grau de importância dentro do Direito Previdenciário, especialmente porque o benefício assistencial refere-se ao contingente populacional de sensível condição social. Todavia, torna-se fundamen-

tal o conhecimento dos requisitos para fazer jus ao benefício, pois, somente assim, será viável afastar relativizações que não estejam em consonância com a legislação. Com a decisão do TRF4 foi fixada a tese de que o limite mínimo previsto no art. 20, § 3º, da Lei 8.742/93 (‘considera-se incapaz de prover a manutenção da pessoa com deficiência ou idosa a família cuja renda mensal per capita seja inferior a 1/4 do salário-mínimo’) gera, para a concessão do benefício assistencial, uma presunção absoluta de miserabilidade. O benefício assistencial possui previsão na Constituição Federal e integra a Seguridade Social. Aquele que postula seus benefícios não pede favor, mas sim um direito reconhecidamente devido às pessoas em condições de miserabilidade. Nesse sentido, a interpretação dada pelo Poder Judiciário Federal da 4ª Região ao tema permitirá maior racionalidade na análise dos casos concretos. * Advogado (OAB/RS nº 65.635), especialista em Direito Previdenciário


6

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

Trabalho, infelizmente, necessário O início do trabalho efetivo do Observatório Social (OS) de Farroupilha, após vencidos os trâmites e as barreiras burocráticas, é uma ótima notícia. A função do OS, de agente fiscalizador e despido de amarras políticas, certamente beneficiará toda a comunidade farroupilhense. Na quarta à noite, na UCS Farroupilha, um evento conjunto, promovido pelos OS de Farroupilha, Caxias do Sul e Bento Gon-

çalves, trouxe à cidade o procurador da República Fabiano de Moraes. Ele atua no Ministério Público Federal (MPF) de Caxias e falou sobre a parceria entre o órgão e as entidades de controle social (veja mais na Editoria de Política, página 12). Ao mesmo tempo em que devemos celebrar a formalização do OS Farroupilha, é de se lamentar que seja necessário a criação de Observatórios Sociais para controle

da atuação de agentes políticos, tendo em vista que os órgãos de repressão, sejam eles judiciais ou policiais, são insuficientes para inibir práticas delituosas com o dinheiro público, isso quando esses mesmos órgãos não são parte do problema. O Brasil é um campo vasto para a atuação de OS, dada a infindável série de falcatruas praticadas contra os cofres públicos. Se não há nada o que ser feito

no momento, que a criação do Observatório seja celebrada. O sonho de todos os brasileiros de bem é que, aos poucos, esses órgãos de controle social tenham a capacidade de inibir práticas delituosas com o dinheiro público a ponto delas escassearem e o trabalho do OS se tornar completamente inócuo. No Brasil ideal e desejado pela esmagadora maioria, os Observatórios Sociais sequer existiriam.

OPINIÃO

A tragédia educacional e os riscos anunciados às próximas gerações Celso Luiz Tracco * O Brasil tem ao menos três graves problemas estruturais: uma baixa qualidade escolar; uma enorme desigualdade social e o gigantismo da máquina pública. Neste artigo trataremos da baixa qualidade escolar. Apesar dos reconhecidos esforços de vários governos em um passado recente, investindo em campanhas para evitar evasão escolar, colocar mais alunos nas escolas, propor novos currículos escolares, aumentar as horas de permanência dos alunos em escolas públicas, buscar uma modernização dos métodos de ensino, um fato persiste: nossa qualidade de ensino é muito baixa. Em recente estudo largamente divulgado, o Banco Mundial chegou a conclu-

são, analisando os dados do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (PISA) por vários anos, que o Brasil demorará 260 anos – exatos, 260 anos – para alcançar a proficiência em Leitura e 75 em Matemática, comparando-se com os atuais níveis dos Países desenvolvidos. Mesmo na hipótese desses dados serem contestados, a nossa desigualdade é abissal e, por si só, uma vergonha. O Brasil nunca teve uma efetiva política de governo voltada para a educação básica, quer seja estadual ou municipal, as esferas de governo encarregadas desta etapa da educação. Seria muito lógico que a Educação Infantil (creche e pré-escola) e o Ensino Fundamental (9 anos de estudo), fossem responsabilidades dos municípios. A criança de-

Índice

Editorial

Matéria Especial..........................................Páginas 2 e 3 Editorial e Opinião.....................................Página 6 Economia ........................................................Página 8 Cidade ..............................................................Páginas 10 e 11 Política ...........................................................Páginas 12 e 13 Educação ........................................................Páginas 14 e 15 Esporte ...........................................................Páginas 16 a 19

Inside

Especial........................................................... Capa Cinemas ........................................................... Página 2 Meio Ambiente...............................................Página 3 Crônicas da Redação.................................. Página 4 Agenda............................................................. Página 4 Moda ................................................................Página 5 Paulo Roque Gasparetto ..........................Página 5 Social .............................................................. Páginas 6 e 7 Fabrício Oliboni........................................... Página 8 Teatro ..............................................................Páginas 8 e 9 Dolores Maggioni .......................................Página 9 Sétima Arte .................................................... Páginas 10 e 11 Horóscopo..................................................... Contracapa Saúde, Beleza & Estética ..........................4 páginas Especial Páscoa 2018..................................8 páginas Classificados ................................................12 páginas

veria estudar o mais perto de sua casa possível. Mas nossos municípios estão aparelhados para isso? O governo federal, a partir de Ministério da Educação, deveria ter um rígido programa de fiscalização escolar em todos os municípios brasileiros. Caso as metas estipuladas não fossem atingidas, o município deveria perder sua autonomia administrativa, ter uma intervenção. Simples assim. A escola básica deveria ser prioridade absoluta de governo. Os professores deveriam ter um preparo adequado e ter condições adequadas para o seu magistério. E este desempenho deveria ser sempre mensurado e cobrado. Por outro lado, um professor deveria ganhar sempre mais do que um vereador; afinal, ele,

REDAÇÃO - REDACAO@JORNALINFORMANTE.COM.BR JULIANA INÊS CASA BARBIERI JULIANA@JORNALINFORMANTE.COM.BR RAMON CARDOSO RAMON@JORNALINFORMANTE.COM.BR ROCHELI CAMARGO ROCHELI@JORNALINFORMANTE.COM.BR

o professor, lida com o componente social mais importante da nação: o futuro. Talvez assim consigamos reduzir aquele tempo que nos separa do desenvolvimento. Claro que parece difícil de acontecer, no entanto se acreditarmos nesse sonho, ele se tornará realidade. Façamos uma revolução silenciosa, vamos inundar as redes sociais falando do descaso com a educação. Façamos petições aos congressistas pedindo que a educação seja a prioridade de qualquer governo. Se nós não mudarmos, nada mudará e estaremos condenando as futuras gerações a um atraso sem fim. * Economista e autor do livro “Às Margens do Ipiranga: a esperança em sobreviver numa sociedade desigual”

LOGÍSTICA - LOGISTICA@JORNALINFORMANTE.COM.BR LUIZ CARLOS DE ANDRADE LUIZ@JORNALINFORMANTE.COM.BR

ASSINATURAS - ASSINATURAS@JORNALINFORMANTE.COM.BR

COMERCIAL - COMERCIAL@JORNALINFORMANTE.COM.BR FABIANO LUIZ GASPERIN GASPERIN@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARIA DA GRAÇA POTRICOS LEITE MARIA@JORNALINFORMANTE.COM.BR VALÉRIA GASPERIN VALERIA@JORNALINFORMANTE.COM.BR

ASSINATURA BIENAL: R$ 240,00 ASSINATURA ANUAL: R$ 140,00

TELEFONES (54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203

ENDEREÇO

ANÚNCIOS - ANUNCIOS@JORNALINFORMANTE.COM.BR ALEXANDRE FRANCISCO MACHADO ALEXANDRE@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARCELO BORTAGARAY MELLO MARCELO@JORNALINFORMANTE.COM.BR TIAGO RODRIGUES DA SILVA TIAGO@JORNALINFORMANTE.COM.BR

RUA DR. JAIME ROMEU RÖSSLER, 348, BAIRRO PLANALTO

COLUNISTAS ARMANDO WARTHA CRÔNICAS DA REDAÇÃO DOLORES MAGGIONI FABRÍCIO OLIBONI

FINANCEIRO - FINANCEIRO@JORNALINFORMANTE.COM.BR KELI DE ALMEIDA MACIEL KELI@JORNALINFORMANTE.COM.BR

GUILHERME MACALOSSI GUSTAVO PIMENTEL LAURO EDSON DA CÁS PAULO ROQUE GASPARETTO

A manifestação dos colunistas é livre e independente e não necessariamente reflete a opinião do Tabloide sobre os temas abordados nas colunas

@PaperInformante www.jornalinformante.com.br

/jornalinformante


8

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

BANCO

Sicredi Agro: a primeira da região Localizado na Thomas Edison, agência especializada abre na segunda, com proposta de fomentar o agronegócio regional nanceiras, cartões de crédito, entre outros serviços. A equipe de trabalho será composta por oito colaboradores e, ainda de acordo com o gerente, o atendimento será exclusivo para associados, empresas ligadas ao agronegócio e cadeia produtiva do setor. “Queremos que nosso associado tenha a melhor experiência quando fizer suas operações financeiras, oferecendo agilidade, segurança e transmitindo confiança nas relações”, destaca o gerente, considerando que Farroupilha foi escolhida para receber a agência tendo em vista a demanda dos associados e negócios do setor, diversidade do segmento produtivo e pelo expressivo crescimento da Cooperativa. “Solidificar esta agência como referência no agronegócio de Farroupilha e contribuir

Juliana Inês Casa Barbieri

C

om proposta de atuação especializada, a terceira agência da Sicredi Serrana em Farroupilha será inaugurada nesta sexta, às 19h30min. Localizada na Thomas Edison, 332, no Centro, a nova unidade é projeto piloto, sendo a primeira instalada na região com formatação específica para o agronegócio, com oferta de mais de 100 produtos e serviços. “O foco é oferecer todas as soluções financeiras que visam agregar renda para os produtores rurais e empresas com produtos específicos para este setor”, considera Clair Pedro Bertuzzo, gerente da nova unidade que ofertará linha de crédito, financiamento, investimento a longo prazo, seguros, aplicações fi-

para o desenvolvimento dos associados e sociedade”, considera o gerente como expectativa à frente da unidade. Esta será a 31ª agência da Sicredi

Serrana, sendo que a Cooperativa conta com 10,4 mil associados no município, representando 13% da população e 33% das empresas locais.

Casa para o agronegócio Agência é a pioneira da Sicredi Serra com este modelo de atuação


10

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

ENOGASTRONOMIA

8° Festival do Moscatel define datas e valor dos ingressos Comercialização das entradas será feita a partir do dia 16 e antecipação é devido à alta procura pelo tradicional evento

O

evento enogastronômico farroupilhense vai acontecer nos dias 31 de agosto, 1º, 7, 8, 14 e 15 de setembro, no Centro de Eventos Mário Bianchi, no Parque Cinquentenário. Com cardápio elaborado pela chef Janete Canello e bebidas fornecidas

pelas vinícolas integrantes da Associação Farroupilhense dos Produtores de Vinhos, Espumantes, Sucos e Derivados (Afavin). Os ingressos serão comercializados a partir do dia 16, na Secretaria de Turismo e Cultura de Farroupilha, nas vinícolas participantes, e também pelo site Sympla. O 1º lote, para as sextas, têm valor individual

de R$ 120,00, e para os sábados R$ 140,00, enquanto houver disponibilidade, até dia 15 de julho. Para o 2º lote, as sextas têm o valor de R$ 130,00 e os sábados R$ 150,00, enquanto houver disponibilidade. Para menores de idade, independente do lote, os valores são de R$ 85,00 de 12 a 17 anos, R$ 55,00 de 7 a 11 anos e crianças menos de 6

anos têm entrada franca. Os ingressos dão direito ao cardápio e bebidas servidas à vontade, além de uma taça personalizada. Esta será a 8ª edição do Festival do Moscatel. Na última edição, o evento recebeu público de seis Estados e 70 cidades. É possível fazer reserva de ingressos pelo e-mail turismo@farroupilha.rs.gov.br.

Parque na batida da música eletrônica O Parque dos Pinheiros terá agito eletrônico neste domingo, com batidas a partir das 16h. A ação terá participação especial de cinco DJs, todos farroupilhenses, num grande Festival. O evento integra a programação do Parque Musical que objetiva disponibilizar para a comunidade atrações no Parque dos Pinheiros. O foco é

divulgar os talentos locais e integrar a população. Estarão participando os DJs Caio Busetti, Caike, Cris D., Butzge e Mau Maioli. Para movimentar ainda mais o Parque, haverá foodtrucks. O Festival seguirá até às 21h e a promoção é da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura e Casa de Cultura.

Obituário 15 de março Cemitério Público Municipal. 16 de março Leda Maria Berwaldt Krause, 61 anos. Sepultamento no cemitério São Matheus, em Pelotas; Nelson Pegoraro, 74 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de São João (3º Distrito); Gilberto Lovison, 34 anos. Sepultamento no cemitério da Capela São Vitor, de Flores da Cunha

O que: Festival de Música Eletrônica Quando: neste domingo, às 16h Onde: Parque dos Pinheiros Quanto: entrada gratuita

Alguém quer me adotar? 18 de março Neiva da Silva, 49 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza. 19 de março Angela Maria Borghesan, 84 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza. 20 de março Lurdes de Andrade Silva, 79 anos. Sepultamento no cemitério de Linha Fé, em Nonoai; Homero Althaus, 75 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal.

Este lindão está vagando pelas ruas e precisa urgente de um lar. É manso, macho e assim que for adotado será castrado. É de porte grande. Interessados em adotá-lo podem manter contato pelo fone 981.663.349. Importante: a ONG dos Peludos informa que não serão doados cães para ficarem presos e correntes.

ONG dos Peludos

Salvador Comin, 75 anos. Sepultamento no

Programe-se


11

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

FÓRUM MUNICIPAL

Dia para pensar a água Câmara de Vereadores promoveu encontro na quinta para debater temática com profissionais e comunidade sidente da Câmara de Vereadores na abertura do evento. O 1º Fórum Municipal da Água teve participação do engenheiro ambiental Filipe Damin Filippi e do químico Leandro Souza, da empresa Terra&Água Consultoria e Assessoria Ambiental, que explanaram sobre formas de tratamento da água na utilização pela indústria, mantendo os índices de pureza e respeitando a legislação. Também o produtor rural Leandro Tamanini, da Linha Julieta, falou sobre as vantagens do cultivo hidropônico, método que utiliza em sua propriedade. “Na consciência de muitos

empresários o tratamento da água não está dando retorno porque não estão investindo na empresa, quando o retorno que se tem é muito grande”, citou Filipe, lembrando que apesar das exigências legais, há ainda muitas empresas até mesmo sem licença ambiental e que não são fiscalizadas. A programação teve ainda exibição do filme Wall-E para estudantes, participação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural referente à preservação dos mananciais, com a Secretaria de Planejamento e Corsan sobre água e esgoto, ações individuais e tratamento coletivo.

Juliana Inês Casa Barbieri

Q

uinta foi o Dia Mundial da Água e Farroupilha não ficou de fora dessa discussão que envolve órgãos públicos, iniciativa privada e comunidade. A Câmara de Vereadores recebeu profissionais e instituições que atuam no segmento para explanar sobre o assunto. “Este é um bem finito que deve ser cuidado com zelo por todos nós. A água é um bem universal, se for pura vai nos trazer saúde, se estiver contaminada pode causar a morte”, considerou Thiago Brunet, pre-

Visão profissional Químico Leandro e engenheiro ambiental Filipe participaram do Fórum


12

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

OBSERVATÓRIO SOCIAL

Importância do OS é reforçada Palestra do procurador da República Fabiano de Moraes tratou do tema em evento ocorrido na UCS Farroupilha líticos no emprego do dinheiro público. “Nos últimos anos evoluímos muito no que se refere à transparência. Os portais são importantes, mas a simples disposição desses dados não basta, há uma necessidade de filtragem. De nada adianta ser colocado um investimento de certo valor em uma nova rede de tubulação, por exemplo, se a obra sequer foi executada. O que está no site tem que ser real. Quanto mais gente estiver empenhada nessa verificação, melhor para a sociedade”, salientou o procurador, responsável pelos crimes de corrupção no MPF caxiense. Moraes começou sua explanação falando sobre as atribuições do órgão em que atua e da necessidade da sociedade de incentivar práticas que valorizem a honestidade, um pilar fundamental, na sua avaliação, para o combate à corrupção. Antes de sua palestra, Bruno Varisco, coordenador executivo do OS de Farroupilha, e Alexandre Ferreira, do OS de Caxias, falaram sobre o trabalho desenvolvido, além de apontarem dados apurados pelo OS de Bento.

Ramon Cardoso

P

romovido conjuntamente pelos Observatórios Sociais (OS) de Farroupilha, Caxias do Sul e Bento Gonçalves, a palestra com Fabiano de Moraes, procurador da República do Ministério Público Federal (MPF), de Caxias do Sul, levou um bom público ao auditório da UCS Farroupilha, na quarta à noite. Ele abordou o tema “Observatório Social do Brasil e Ministério Público Federal na defesa da transparência e qualidade na aplicação dos recursos públicos”. “Esse controle social feito pelos Observatórios Sociais é muito importante justamente por eles estarem mais próximos da realidade. Atuamos por representações e muitos fatos não chegam ao nosso conhecimento. Essa capilaridade dos Observatórios contribui com nosso trabalho, ainda que haja somente um indício, uma simples suspeita de irregularidade”, destacou Moraes. A atuação do OS também tem outro importante fator, que é o de inibir eventuais abusos cometidos por agentes po-

MPF e OS O procurador Moraes e o coordenador Bruno: possibilidade de atuação conjunta entre os órgãos

Vice-presidente de Assuntos Institucionais e de Alianças do OS Farroupilha, o advogado Maurício Bianchi apresentou um breve histórico da entidade. “Em agosto de 2016 começamos a discutir a possibilidade de criação do OS Farroupilha que hoje já conta com 50 voluntários. Obtivemos, junto ao

OS do Brasil, a liberação para acesso aos Sistemas RCC, de compras governamentais, que é uma base de dados para um acompanhamento das licitações. Enfim, os trâmites burocráticos foram, aos poucos, superados. Chegou a hora de colocarmos a mão na massa”, salientou Bianchi.


13

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

Abrindo os trabalhos do OS

Com as formalidades cumpridas, o Observatório Social (OS) de Farroupilha está pronto para iniciar suas atividades. O vice-presidente Maurício Bianchi, na quarta à noite, fez questão de agradecer às entidades, empresas parceiras e voluntários que estão envolvidos na entidade de controle. Também teceu um agradecimento especial à UCS Farroupilha, que cedeu uma sala para que o OS Farroupilha realize seus encontros e reuniões. Já na próxima semana, de segunda a quarta, um curso de formação será ministrado no local para voluntários associados, das 14h às 16h. Mão na massa Bianchi fez uso da popular expressão para apontar o início das atividades do OS na cidade

Obras por completo

A bancada do PMDB ingressou, nesta semana, com um projeto de lei que proíbe a inauguração e entrega de obras públicas incompletas ou, se concluídas, que não atendam ao fim inicialmente proposto. É uma boa iniciativa, tendo em vista que, no Brasil, a maior parte das obras é feita apenas com um propósito eleitoreiro e, por conta disso, inauguradas a toque de caixa numa infinidade de oportunidades. Se valesse na esfera nacional, certamente 90% das inaugurações sequer seriam realizadas. O projeto foi encaminhado para as comissões, para análise, na última terça.

Ramon Cardoso

Manifesto Popular

Os vereadores aprovaram, por unanimidade, o projeto de resolução que cria o Manifesto Popular do Legislativo. Ele consiste na possibilidade de explanação na Tribuna da Câmara de membros da comunidade que vierem a receber uma sessão ordinária em sua localidade. De autoria do presidente Thiago Brunet, a iniciativa é muito cara ao vereador, que sempre manifestou o desejo de descentralizar o trabalho do Parlamento municipal, possibilitando sua aproximação com as comunidades, especialmente do interior. As localidades agendadas para receberem as sessões itinerantes são bairro São Francisco (próxima segunda), Vila Jansen (23 de abril), Linha Ely (28 de maio), bairro Bela Vista (25 de junho) e Burati (30 de julho).

Derly em Farroupilha

O deputado federal pela Rede estará na cidade nesta sexta. Pela manhã no Poder Executivo, onde fará uma visita ao prefeito Claiton Gonçalves. Na oportunidade será apresentado o projeto da reforma da Piscina Pública, que teve emenda do deputado. À tarde, a partir das 13h30min, ele estará no IFRS Farroupilha, onde fará uma palestra para os alunos, seguida de visitas a empresas, entidades e órgãos de imprensa. Também no período, na Praça da Matriz, estará instalado o gabinete itinerante do parlamentar, onde eleitores poderão conhecer seus projetos, bandeiras e encaminhar solicitações. Por fim, à noite, Derly participará de um jantar de confraternização com filiados à sigla farroupilhense no Clube 1º de Maio.


14

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

CALDEIRÃO

Pedidos para Luciano Huck Apresentador gravou quadro do programa na escola Santa Cruz e pelo menos seis alunos tiveram desejos realizados tando o Futuro”. Outros pedidos foram atendidos pela produção, mas sempre com o máximo de sigilo. Artur Zimmer pediu um jantar para os avós, Emili Dosso quis uma festa de aniversário para o irmão, Marcos André Foschiera pediu para que toda a família assistisse ao Gre-Nal. Teve ainda o aluno Guilherme Periolo da Silva, de 9 anos, que pediu um dia de descanso para a mãe que cuida de trigêmeos (além de Guilherme, Helena e Gabriel) e também de Luiza, de 5 anos. As histórias poderão ser acompanhadas no programa que irá ao ar no próximo dia 7. Ação pelo planeta Sarah e Laura gravaram para o Caldeirão do Huck na quarta, na Praça da Matriz

Luciano Huck de perto Apresentador gravou com 90 crianças do 4º e 5º ano da escola Santa Cruz Juliana Inês Casa Barbieri

de mudas de árvores. “Venham, venham todos, estamos ajudando a salvar o planeta, estamos doando mudas de árvores. Ajudem!”, se revezavam no megafone Laura e Sarah que recebiam a ajuda dos colegas para a distribuição das mudas. Tudo foi gravado pela produção do programa. “Estamos muito felizes porque em menos de 30 minutos conseguimos doar mais de 50 plantas”, comemorou Sarah. Também a diretora Flávia Zanfeliz Zangalli afirmou que a ação orgulha a escola e é sinal de que estão indo pelo caminho certo, ajudando a pensar um planeta melhor. “Não é só para a gente, isso é para todos nós, precisamos do meio ambiente”, arrematou Laura, na ação que foi denominada “Plan-

Divulgação

A

semana foi movimentada para os alunos da Escola Municipal Santa Cruz, de Nova Milano, no 4º Distrito. Escolhidos pela produção do programa da Rede Globo, Caldeirão do Huck, para participarem do quadro “Árvore dos Desejos”, o próprio apresentador visitou o educandário e conversou com os estudantes na manhã de segunda. O quadro motiva as crianças a fazerem pedidos para ajudarem outras pessoas. Foi o que Sarah Hasstenteufel e Laura Hendler Balbinot, de 9 anos fizeram. Elas querem um planeta mais cuidado. Selecionadas pelo programa, na quarta à tarde a meninada invadiu a Praça da Matriz e surpreendeu a população com doação


15

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

AMPLIAÇÃO

Mais vagas no Centro Ocupacional Para aumentar número de alunos assistidos em turno integral, ganhou cinco novas salas para acomodar mais 80 estudantes

juliana@jornalinformante.com.br

“A

gora nosso espaço está mais adequado, ampliado, facilitou muito o trabalho e melhorou para os alunos”, cita Adriana Langanz Danelon, diretora do Centro Ocupacional Senador Teotônio Vilela, enquanto apresentava a nova estrutura. É que a instituição iniciou o mês com mais cinco salas para atender a lista de espera que aguardava por vaga no contraturno que atende alunos das escolas municipais Senador Teotônio Vilela, Angelo Venzon Neto e Ilza Molina Martins. Foi anexada à estrutura do antigo prédio as instalações antes ocupadas pelo Posto de Saúde da localidade, que foi desativado, e os atendimentos transferidos para a nova unidade do bairro América. Situação contestada por moradores na época de seu fechamento, há quase um ano, mas que garantiu a ampliação do Centro. Após reformas, passou a ser utilizado pela instituição, já que fica localizada ao lado, com acesso coberto nos fundos

para interligar os prédios. O novo espaço conta com sala multimídia, uma para aulas da Educação Infantil, atendendo crianças de 4 e 5 anos que anteriormente estavam fora do quadro do Centro Ocupacional justamente por falta de estrutura adequada. Outra para os alunos de 6 e 7 anos, além de uma sala de jogos, uma para atendimento psicológico e sanitários. “O poder público se preocupou muito com a comunidade que procura por mais vagas. No espaço anterior ficava mais difícil, mas agora essa fila de espera começa a diminuir. É uma preocupação com o atendimento integral e de qualidade”, salienta a diretora que há três anos dirige a instituição que integra a rede dos Centros de Atividades Complementares que, no município, é composta ainda pela Casa da Criança Odete Zanfeliz e pelo Centro 1º de Maio. Com as novas acomodações a estrutura que já existia também foi adequada, melhorando o próprio trabalho de ensino, as condições de aprendizagem e os atendimentos que englobam muito mais do que reforço escolar, mas que oferecem a essas crianças e jovens condições de cidadania, assistência e acompanhamento especializado.

Fotos: Juliana Inês Casa Barbieri

Juliana Inês Casa Barbieri

Mais espaço para estudo e diversão Diretora Adriana e professora Luciane Benini com os alunos da turma B1, em nova sala

Funcionamento da entidade

São 310 estudantes beneficiados das escolas da Rede Municipal. Atende no contraturno escolar alunos com idades entre 4 e 14 anos com reforço pedagógico, aula de Informática, Educação Física, jogos, atividades na brinquedoteca, teatro, coral, além de Banda Marcial, aulas de violão, percussão e escaletas. Tem 30 anos de atuação na localidade e oferece ainda café da manhã, lanche e almoço. Todo o atendimento é ofertado gratuitamente e a coordenação é da Secretaria Municipal de Educação.

Nova unidade integrada ao educandário Antigo Posto de Saúde do Industrial agora incorporado à estrutura do Centro Ocupacional


16

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

NO SALTO VENTOSO

Divulgação

Gaúcho de Trilhas e Montanhas prestigiado Etapa de abertura da competição estadual aconteceu ao longo do sábado e reuniu 1,2 mil atletas em cartão postal do município

O

e Jasieli Tagliari Dalla Rosa (Feminino). A farroupilhense Vanessa Borsoi, da BTR Trail Runners, foi a 4ª colocada na categoria. O grupo de corrida Hermelu Runners contou com a participação de muitos corredores (veja abaixo).

O evento foi realizado pela L&E Eventos e contou com patrocínio da Caixa Econômica Federal, apoio da Secretaria de Turismo de Farroupilha, Corsan, Comunidade de Linha Müller, AFEI e Polli Materiais de Construção.

Runners Grupo da Hermelu participou das provas com bom número de corredores Clic Run

Gaúcho de Trilhas e Montanhas prevê a realização de sete grandes etapas. A primeira delas ocorreu no município, no sábado. A prova reuniu um número recorde de participantes: 1,2 mil atletas, que competiram nos percursos de 6, 13,5 e 27 quilômetros. A prova percorreu estradas de chão batido, terrenos com altimetrias elevadas e trechos por mata fechada em Linha Müller, com direito a passagem pela cascata do Salto Ventoso. O calor, que chegou aos 35ºC, foi um grande adversário dos corredores. A prova principal, de 27 quilômetros, teve como vencedores Jéferson Dias (Masculino)

Hermelu Runners

Feminino (6 quilômetros) Manuela Onzi (1ª na categoria 23 a 27 anos) Patrícia Peroni (2ª na categoria 23 a 27 anos) Viane Moscone (4ª na categoria 53 a 57 anos) Masculino (6 quilômetros) Samir Dorss (5º na categoria 38 a 42 anos) Masculino (13,5 quilômetros) Gabriel Rossi (3º geral e na categoria 33 a 37 anos) Roque Graff (3º na categoria 63 a 67 anos) Ronaldo Spinelli (5º na categoria 33 a 37 anos) Masculino (27 quilômetros) José de Souza (3º na categoria 53 a 57 anos) Adilson Meert (3º na categoria 43 a 47 anos) Italiano Zanchetti (5º na categoria 43 a 47 anos)

Esforço Trechos, aliado ao forte e intenso calor, exigiram bastante dos corredores


17

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

Divulgação

REGIONAL

Giovana celebra sucesso no CTSG

Fim de semana de sol e calor contribuiu para boa presença de público na 2ª etapa do Circuito de Tênis da Serra Gaúcha

A

sequência do Circuito de Tênis da Serra Gaúcha (CTSG) teve a primeira parte da 2ª etapa disputada no último fim de semana, no Giovana Campo Clube. O tempo bom, com muito sol e calor, levou muitos espectadores a prestigiarem os jogos na tradicional agremiação farroupilhense. Os tenistas do Giovana conseguiram resultados expressivos. Jonathan Pessin sagrou-se campeão no Sênior 35-A, assim como Rafaela Veber, na 2ª Classe Feminino. Pedro Lotti Filho disputará a final da 2ª Classe Masculino contra Áureo Za-

notto, de Garibaldi. Já na 4ª Classe Masculino, uma final caseira reúne Ronan Pereira e Guilherme Generosi. No entanto, os resultados mais significativos foram alcançados pela nova geração do Giovana. Henrique Rattis e João Pedro Pessin Darrigo realizaram boas campanhas na categoria 12 Anos, apesar de não chegarem às finais. Mas o destaque ficou com a jovem Betina Dias Moraes, que venceu na 12 Anos Feminino, ao derrotar Júlia Polo Suzin na final, por duplo 6/1. Betina sintetiza a nova safra de tenistas do clube farroupilhense e recebeu o troféu das mãos de Valério Pfeiffer Lobato, precursor do esporte

em Farroupilha, mostrando que a modalidade se renova de maneira permanente no Giovana. Para Daniel Travi Pandolfo, responsável pelo Departamento de Tênis, o momento é de celebração. “Valério e Betina integram duas gerações bem distintas do esporte. Do passado, que precisa ser preservado e jamais esquecido, e o futuro, que necessita ser bem cuidado e incentivado”, destacou. A etapa segue neste fim de semana no Giovana, a partir desta sexta, se estendendo até o domingo, com as categorias de 1ª e 3ª Classes no Masculino, a 1ª Classe no Feminino, a 35-B e a 45 Anos Masculino. A entrada é franca.

A nova joia e o precursor Betina conquistou a categoria 12 Anos e recebeu o troféu das mãos de Valério: uma dupla unida pelo amor ao tênis


18

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

Desta vez, sem Brasil

Por conta da partida do rubro-verde, diante do Glória, ter sido remarcada para quinta, às 20h, não tivemos condição de cobrir o Brasil nesta Edição. O horário para envio do material para a gráfica acarretaria em um atraso considerável na impressão que acabaria gerando uma série de transtornos, tanto no que se refere aos encartes quanto na distribuição do Jornal Informante, o que resultaria em prejuízos para assinantes, leitores e anunciantes do Tabloide.

Cria do núcleo São Luiz

A jovem Tayla Roncatto, de 13 anos, atleta do Grêmio Esportivo São Luiz, se apresentou nesta semana em Porto Alegre e já está treinando com o time do Grêmio nas categorias de base do futebol feminino. A escolinha farroupilhense do 3º Distrito costuma enviar jovens promessas com frequência para períodos de treinamento e aproveitamento na base do Tricolor. Divulgação

Desta vez, sem Brasil II

Torneio Zeno Pessin

Optamos também por não colocar nenhuma informação relativa à Segundona Gaúcha, tendo em vista que os dados ficariam desatualizados. Desta forma, não temos a habitual cobertura do time farroupilhense nesta sexta, pelo menos da versão impressa, já que o site www.jornalinformante.com. br traz a matéria completa do duelo contra o time vacariano. Mas a cobertura volta ao normal na Edição 531, que circula excepcionalmente na próxima quinta, por conta do feriadão de Páscoa.

Alimentos arrecadados

As equipes que participaram da Etapa Farroupilha da Liga Serrana de Basquete: Taça Informante 10 Anos, realizada no último final de semana, também doaram alimentos não perecíveis. Foram mais de 100 quilos que acabaram repassados à Casa Lar Padre Oscar Bertholdo.

Bocha Tiro e Ponto

O Torneio Roque Líris Ornaghi (em memória) teve início no último sábado, com dois jogos. No CTG Aldeia Farroupilha, o Sócios do Aldeia perdeu por 4 a 0 para o Vinhedos. No CTG Rancho de Gaudérios, o Rancho venceu o Aldeia Farroupilha por 3 a 1. Neste sábado, às 13h30min, a 2ª rodada prevê os duelos entre os CTGs. O Aldeia mede forças com o Sócios e o Veteranos do Rancho faz a estreia na competição contra o Rancho. O Vinhedos folga.

Na base tricolor Tayla participa de treinamento no Grêmio após ser observada e selecionada no núcleo farroupilhense

Já na disputa do Bochas 48, que reúne 11 times, foram disputadas cinco partidas na abertura do Torneio Zeno Pessin. Pela Chave A, o Nik’s Bar fez 3 a 0 no Bar do Galo, no Centro; o Bar do Alemão ficou no 1 a 1 com o Bar do André, no Burati; e o Amigos da Bocha perdeu por 3 a 0 para o Bar Belvedere, no América. Pela B, o Bar do Radinho foi superado por 3 a 0 pelo Bar do Muth, no Centenário; e o Nossa Senhora de Fátima fez 3 a 0 no Turchetto’s Bar, no Burati. A 2ª rodada segue neste sábado, às 16h. Confira os duelos: pela Chave A, Bar do André x Amigos da Bocha (Santo Antônio), Bar Belvedere x Nik’s Bar (Belvedere) e Bar do Galo x Bar do Alemão (Centenário). Pela B, tem o estreante Veteras Bar x Bar do Radinho (Alvorada) e Bar do Muth x Fátima (Linha Paese). O Turchetto’s folga.


19

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

LIGA SERRANA DE BASQUETE

Taça Informante com domínio da Abacs Associação de Basketball de Caxias do Sul triunfa no Masculino e Feminino na Etapa Farroupilha da LSB foi da Associação de Basketball de Caxias do Sul (Abacs), que levou no Masculino e Feminino (resultados abaixo). Os jogos começaram com a fase classificatória do Masculino, ao longo da tarde de sábado, e seguiram com as finais no domingo, disputadas de maneira intercalada com o triangular do Feminino.

Fotos: Flávio Manara

O

sábado e domingo foi de muito basquete no Cinquentenário, com a realização da Etapa Farroupilha da Liga Serrana de Basquete (LSB), na disputa da Taça Jornal Informante 10 Anos. O predomínio na disputa

Taça Jornal Informante 10 Anos

Masculino Grupo A 1ª rodada Farroupilha Ballers 20x8 Abacs/UCS/Sub-17 Texas Prado 2x16 San Luís Spartans 2ª rodada Farroupilha Ballers 25x9 Texas Prado San Luís Spartans 9x3 Abacs/UCS/Sub-17 3ª rodada Abacs/UCS/Sub-17 17x10 Texas Prado Farroupilha Ballers 20x19 San Luís Spartans Grupo B 1ª rodada Abacs/UCS 31x14 Os Barrigas AGB Richmond 16x30 Old Boys 2ª rodada Abacs/UCS 26x14 AGB Richmond Os Barrigas 15x14 Old Boys 3ª rodada Os Barrigas 29x11 AGB Richmond Abacs/UCS 29x14 Old Boys Semifinais Farroupilha Ballers 43x17 Os Barrigas Abacs/UCS 36x26 San Luís Spartans Decisão de 3º lugar San Luís Spartans 27x17 Os Barrigas Decisão do título Abacs/UCS 44x38 Farroupilha Ballers Triangular do Basquete Feminino Abacs Master 34x30 Sogipa Sogipa 36x14 Ceat/Bira Ceat/Bira 28x32 Abacs Master

Masculino A Abacs levou a melhor sobre o Farroupilha Ballers e equipes confraternizaram no final da disputa, que movimentou o Complexo Esportivo do Parque Cinquentenário ao longo do último fim de semana

Feminino A disputa entre as mulheres aconteceu em formato de triangular e reuniu a Ceat/Bira, de Lajeado, a Sogipa, de Porto Alegre, e a Abacs Master que, assim como no Masculino, acabou ficando com a Taça Informante 10 Anos


Adroir Fotógrafo

Imagem: Reprodução

MATÉRIA ESPECIAL

Finalista

Renata se habilita à fase decisiva e representa beleza da mulher farroupilhense na final do Miss RS, que ocorre no próximo dia 14 Páginas 2 e 3

CADERNO ESPECIAL

Celebração

Maicon Douglas

A Páscoa se aproxima e material traz curiosidades sobre a data, receitas e dicas que mostram que a data vai muito além do tradicional chocolate

INSIDE

Respeitável público para celebrar o Dia do Circo

Companhia de teatro Cia1Péde2 se apresenta na próxima terça, na Praça da Prefeitura, com os palhaços Camomila e Quindim, no evento promovido pelo Sesc Farroupilha em comemoração à data nacional Página 8 e 9


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

CUIDADOS DA GESTANTE

Alterações na pele durante gravidez podem causar efeitos indesejados Evitar a exposição ao sol, fazer bom uso do filtro solar e de produtos adequados têm o poder de minimizar o desconforto

É

inegável que a gravidez proporciona intensas transformações no organismo da mulher. Durante a gestação, a pele requer um cuidado maior em consequência das alterações hormonais e deixam o corpo suscetível a acne, melasma, estreias e varizes. Esses efeitos podem ser evitados ou minorados com alguns cuidados e também com acompanhamento médico. Conforme explica a dermatologista Themis Hepp, é importante evitar a exposição ao sol durante o período, utilizar filtro solar e produtos específicos que diminuam o desconforto e há muitas opções no mercado. Eles começam com a adequação dos cosméticos e produtos de higiene pessoal com fórmulas específicas indicadas para gestantes. Assim como determinadas medicações não podem ser ingeridas, existem produtos tópicos que devem ser evitados. Quanto à exposição solar, o maior risco é o desenvolvimento do melasma, que são as manchas marrons na pele. Uso de filtro é essencial, bem como evitar o sol mais forte, no ho-

Divulgação

Momento especial Período também é delicado para a pele e, por isso, requer algumas medidas preventivas

rário entre as 10h e 16h. Themis ressalta que a remoção do melasma adquirido durante o período gestacional exige um tratamento longo e com muita disciplina já que as manchas podem reincidir e resultar em um problema para vida futura da paciente. A prevenção de estrias pode ser feita com a utilização de cremes desde o início da gestação. Ainda que o seu aparecimento esteja ligado à pré-disposição genética e da qualidade de elasticidade da pele, o uso regular de hidratantes contribui para a diminuição das estrias. O pós-parto também pode representar uma série de alterações no corpo da mulher. A queda de cabelo, chamada de eflúvio telógeno pós-parto, é uma das queixas das pacientes logo após o nascimento do bebê. Devido à brusca mudança hormonal, os fios ficam propensos a cair, mas geralmente voltam ao normal ao longo do tempo. Para os casos em que isso não acontece, podem ser feitos tratamentos com terapias capilares. Veja mais dicas e informações na contracapa do Saúde, Beleza & Estética.


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

Livre-se dos pelos, e do Equipe Espaço da Beleza *

J

á imaginou poder sair de casa sem se preocupar em se depilar? E os homens em poder dormir um pouco mais e não precisar fazer a barba? Pois então, isso já é realidade, e melhor ainda... bem acessível. Desde então uma revolução vem acontecendo. Estamos na Era da Depilação a Laser. Homens e mulheres têm aderido cada vez mais e se beneficiado dos resultados da depilação com o Light Sheer Duet.

Dúvidas frequentes O tratamento de foliculites ou pelos encravados com Light Sheer Duet traz excelentes resultados. Além de todos os benefícios da depilação a laser com Light Sheer Duet para efeitos estéticos, não poderíamos deixar de falar dos excelentes resultados no tratamento da foliculite, sendo eficaz desde a forma mais simples do problema quanto às mais complexas: pelos encravados, foliculite (inflamação no folículo), excesso de pelos ou irritação com outros métodos de depilação. A Depilação a Laser com Light Sheer Duet é para homens também? Sim, a depilação a laser masculina tem sido quase tão procurada quanto à feminina. Seja pela conveniência de não precisar fazer a barba ou para ficar com uma aparência mais atraente depilando as costas, peito, etc. Os homens têm aderido em números significativos à novidade! Quais regiões podem ser depiladas a laser com Light Sheer Duet? Praticamente todas as regiões do corpo como pés, pernas, virilha, peito, braços, axilas, costas, pescoço, queixo, nuca e face. Quantas sessões de Depilação a Laser com Light Sheer Duet são necessárias? Em média 3 a 5 sessões são suficientes, porém o número varia de pessoa a pessoa, podendo chegar em alguns casos a necessidade de 6 a 8 sessões. Na Espaço da Beleza disponibilizamos pacotes iniciando de 3 a 5 sessões. Assim, nossos clientes somente investem em sessões adicionais caso realmente seja necessário. As sessões são realizadas uma vez por mês e os resultados já são visíveis desde a primeira sessão. Quais os tipos de pele podem ser depiladas a laser? Com o Light Sheer Duet já é possível depilar quase todos os tipos e cores de pele com segurança e com resultados satisfatórios, incluindo peles negras e bronzeadas. O que não é possível com


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

os encravados também Divulgação

outros equipamentos como aparelhos de depilação por Luz Intensa Pulsada. A Depilação a Laser com Light Sheer Duet dói? O Light Sheer Duet conta com uma nova tecnologia e uma nova ponteira com sucção que diminuiu e muito a sensação de desconforto, que pode ser comparado com a depilação com cera, sendo que vai diminuindo a cada sessão com a redução dos pelos. Na Espaço da Beleza Agende a sua avaliação gratuita conosco e comprove os benefícios do Laser Light Sheer. * Espaço da Beleza Centro Estético Independência, 555 – Centro de Farroupilha Fone (54) 3268-5511 WhatsApp: 981.195.645 Fan Page: Espaço da Beleza


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

GRAVIDEZ

Confira dicas para uma pele saudável durante a gestação A dermatologista Themis Hepp destaca uma série de ações e medidas que podem ser seguidas para o delicado período gestacional Espinhas e produtos adequados O aparecimento de acne deve ser tratado com medicamentos ou sabonetes sem ácido salicílico e ácido retinóico. Já o ácido azeláico e o ácido glicólico, desde que em baixas concentrações, estão liberados. Estrias Os hidratantes das gestantes não podem conter ureia acima de 3%. Para aquelas que sentem enjoos com fragrâncias, também existem

opções sem perfume. As estrias costumam responder melhor ao tratamento enquanto ainda estão vermelhas. Dessa forma é extremamente importante consultar logo após o parto. Tratamentos a laser não interferem na amamentação e devem ser prontamente iniciados. Limpeza de pele e fotoproteção Diversos sabonetes, secativos e máscaras, especialmente os para peles acnéicas, podem conter ativos contraindicados para as gestantes. Sabonetes neutros ou para bebês são uma opção segura. Após a limpeza, o uso do filtro solar é imperativo para evitar manchas. Na gestação há preferência por filtros solares minerais e com Fator de Proteção Solar (FPS)

maior ou igual a 50 para a face. Manchas na pele As manchas na pele são provocadas pelas alterações hormonais e a exposição à radiação ultravioleta, presente também na claridade. Para evitá-las, a aplicação do filtro solar é essencial. O tratamento do melasma após o parto pode ser feito com lasers do tipo Q-switched, microagulhamento, peelings e clareadores. O tipo de clareador será definido se a paciente estiver amamentando ou não. Varizes Para evitar as varizes nesta fase deve-se cuidar com o ganho excessivo de peso e os longos períodos de pé ou sentada. O repouso noturno de

pelo menos 8h e os exercícios físicos como natação e hidroginástica são recomendados. Para quem tem tendência em formar varizes, devem-se evitar exercícios de musculação que aumentem a pressão abdominal e dos membros inferiores. Meias elásticas também são muito úteis. Exercícios físicos O tipo de exercício, intensidade e frequência pode variar dependendo do mês de gestação, histórico de atividade física da grávida, recomendações médicas, idade da gestante, tipo de gestação, entre outros. Sempre consulte o seu médico e um educador físico para o desenvolvimento de um programa adequado de atividades.


Moda

Desfile beneficente da LeMarché ocorre no sábado, já o da coleção outono/inverno do Shopping 585 é na terça Página 5

Inside

Sétima Arte

Denzel Washington e Colin Farrell brilham em grande história do igualmente talentoso Dan Gilroy Páginas 10 e 11

GOSTO POR LER

Autor e jornalista, Egui Baldasso fará palestra para alunos da EJA Incentivo à leitura é o objetivo da atividade, promovida pelo Sesi e direcionada à Educação de Jovens e Adultos

C

erca de 150 alunos irão assistir à palestra do autor do livro “Sequência de Rabiscos”, publicado pela Editora Viseu, que tem como objetivo incentivar a leitura, que está sendo cada vez mais esquecida por crianças e adolescentes. A convite do Sesi, Egui Baldasso irá conversar com os alunos da EJA (Educação de Jovens e Adultos) nos dias 28 e 29. Egui Baldasso nasceu em abril de 1986, em Farroupilha, atualmente trabalha como assessor de imprensa na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul e, inicialmente, publicava seus textos em um blog de mesmo nome do livro. O Sequência de Rabiscos, principal tema da palestra, reúne poesia, crônica e prosa que instigam e provocam o leitor. “Neste mundo idiotamente otimista que o livro propõe, assumi-

Divulgação

mos nosso papel de irremediáveis e competentes falhos. O rumo que se pretende é o desconhecido dentro de nós, que nos joga ao abismo de nós mesmos. Um impulso de apenas sermos”, comenta o jornalista sobre o universo da obra. O projeto, que também inclui palestras para empresas em diferente formatos, já está confirmado para apresentação na Feira do Livro do Colégio Nossa Senhora de Lourdes, que acontece no próximo mês. Egui também já palestrou na escola Santa Rosa, em Carlos Barbosa, e na Feira do Livro barbosense, sempre incentivando cada vez mais pessoas a ler e escrever. Rabiscando Egui apresentou obra de estreia na Feira do Livro de Carlos Barbosa


Inside

2

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

Cinemas Imagens: Reprodução

Shopping Iguatemi (RST-453, quilômetro 3,5) Cinemas GNC 1: Os Farofeiros - às 14h30min (com legenda descritiva), 17h, 19h35min e 22h GNC 2: Pantera Negra - às 13h30min e 19h (legendado), 16h20min e 21h40min (dublado) GNC 3: Pedro Coelho (dublado) - às 13h50min, 15h50min, 17h50min e 19h50min GNC 3: Tomb Raider: A Origem - às 21h50min GNC 4: Círculo de Fogo: A Revolta - às 14h e 19h (dublado e em 3d), 16h45min e 21h30min (legendado e em 3d) GNC 5: Tomb Raider: A Origem - às 13h40min e 18h50min (dublado e em 3d), 16h10min (legendado e em 3d) GNC 5: Pantera Negra (em 3d) - às 21h20min GNC 6: Maria Madalena - às 14h (dublado) e 19h20min (legendado) GNC 6: A Maldição da Casa Winchester - às 16h30min GNC 6: Círculo de Fogo: A Revolta (dublado) - às 21h45min Ingressos: segunda e quinta (exceto feriado e Carnaval) a R$ 22,00 e R$ 28,00 (salas 3d); terça e quartas (exceto feriado e Carnaval) todos pagam meia entrada; sexta a domingo e feriado a R$ 26,00 e R$ 32,00 (salas 3d). Meia entrada todos os dias para menores de 18 anos e maiores de 60 (mediante apresentação de identidade), estudantes (mediante apresentação de Carteira de Identificação Estudantil), pessoas com deficiência (com documento que a comprove) e para o Movie Club Preferencial.

Shopping San Pelegrino (Avenida Rio Branco, 425) * Obs: o novo site do Cinépolis traz os horários dos filmes, mas não informa em qual sala serão exibidos Círculo de Fogo: A Revolta (dublado e em 3d) - às 13h30min, 16h, 18h30min e 21h Círculo de Fogo: A Revolta - às 14h30min, 17h e 19h30min (dublado e em 3d), 22h (legendado e em 3d) Com Amor, Simon - às 18h50min Maria Madalena - às 21h15min Maria Madalena (dublado) - às 22h10min Os Farofeiros - às 14h e 16h30min Pantera Negra (dublado) - às 18h20min e 21h30min Pedro Coelho (dublado) - às 13h45min, 16h15min e 20h Pedro Coelho (dublado) - às 15h e 17h30min Tomb Raider: A Origem - às 14h15min, 16h45min, 19h (dublado e em 3d), 21h45min (legendado e em 3d) Ingressos: nas salas tradicionais, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 23,00 e R$ 11,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 25,00 e R$ 11,50 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 26,00 e R$ 13,00 (meia). Nas salas 3d, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 14,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 15,00 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 32,00 e R$ 16,00 (meia).

Sala de Cinema Ulysses Geremia (Luiz Antunes, 312) Lou - sexta a domingo, às 19h30min Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (estudantes e sênior)

Em cartaz A animação “Pedro Coelho” ingressa em sua segunda semana, já “Círculo de Fogo: A Revolta” estreia no circuito comercial


Inside

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

3

Meio Ambiente

Grupo Escoteiro Rouxinol da Serra se mobiliza para ajudar o planeta Grupo se envolve com a campanha “Hora do Planeta”, e convida todos a participarem da ação neste sábado Fernando Ariotti

“H

ora do Planeta” é um movimento que surgiu em 2007 e consiste em apagar as luzes por uma hora no dia proposto, para chamar a atenção da sociedade na luta contra o aquecimento global. Em 2017 a campanha atingiu 187 Países com mais de 3 mil monumentos que tiveram as luzes apagadas e, somente no Brasil, foram 145 cidades participantes com 250 mil envolvidos. Neste ano, a mobilização será neste sábado, às 20h30min, com uma proposta diferente: a campanha terá uma estratégia de três anos, até 2020, com foco na relação entre mudanças climáticas e a importância da biodiversidade. O Grupo Escoteiro Rouxinol da Serra desde 2014 resolveu aderir à ideia da maior mobilização mundial, ajudando a conscientizar o maior número de pessoas a se preocupar com as mudanças climáticas e com o futuro do planeta. O grupo realizará o Fogo de Conselho Hora do Planeta, e convida a comunidade a se envolver nessa ação, não apenas apagando as luzes e desligando equipamentos elétricos por uma hora, mas, também, participando da cerimônia que ocorre em sua sede (13 de Maio A, 229).

Programe-se O que: Hora do Planeta 2018 Quando: neste sábado, às 20h30min Onde: sede do Grupo Escoteiro Rouxinol da Serra (13 de Maio A, 229) Quanto: entrada franca

Tradição revivida Grupo farroupilhense e comunidade em volta do Fogo de Conselho, na Hora do Planeta do ano passado


Inside

4

Crônicas da Redação Ramon Cardoso

ramon@jornalinformante.com.br

Marielle, uma vítima da violência. Naiara, uma simples estatística

Agenda SEXTA

Rock nacional com Dipirona Trio República Beer, às 23h Garibaldi Vintage – 9ª edição Centro Histórico de Garibaldi, às 19h Levelflix La Casa de Papel Level Cult em Caxias do Sul, às 23h

SÁBADO Especial Raimundos & Charlie Brown Jr. com banda Long John Muinho, às 23h Show com Willian Netto e Banda Boteco do Chá, às 23h30min

TERÇA 1ª edição do Mulheres que Inspiram, no bate -papo com Laura Medina e Martha Medeiros Dall’Onder Vittoria Hotel, em Bento Gonçalves, às 20h Divulgação

Há mais de uma semana não se fala em outra coisa no País. O brutal assassinato da vereadora Marielle Franco, do Psol do Rio de Janeiro, monopoliza o noticiário. Evidente que o crime, uma execução covarde e sumária, é inaceitável e necessita ser apurado, com os responsáveis devidamente punidos, algo que é muito raro no Brasil, já que apenas 6% dos homicídios dolosos são solucionados, o que é um fator que contribui para os alarmantes índices de violência que assolam o País e fazem a cruenta Guerra Civil na Síria passar vergonha numa sanguinária escala de letalidade. Uma semana depois da execução de Marielle encontraram aqui ao lado, na vizinha Caxias do Sul, o corpo de Naiara Soares Gomes, desaparecida desde o dia 9, quando estava indo para a escola. Naiara, de apenas 7 anos, teve uma jornada curta e extremamente difícil. Órfã de pai, ela não vivia com a mãe, que mora em Vacaria, mas com os tios em Caxias. Naiara foi raptada, violentada e seu corpo abandonado na Barragem do Faxinal. A polícia rapidamente chegou ao responsável pelo bárbaro crime. Marielle e Naiara engrossam um número absurdo e surreal de homicídios que, no ano passado, no Brasil, chegou aos 59.103. Porém, o crime praticado contra a vereadora carioca tem mais peso. Marielle é uma vítima da violência, Naiara não passa de uma estatística. Ambos crimes são covardes, hediondos e revoltantes. Ambos não ofereceram qualquer chance de defesa à vítima. No entanto, seu impacto e alcance é muito diferente em uma sociedade altamente hipócrita e regida (inclusive por uma grande mídia adestrada e ignorante) pelo esperneio histérico de uma esquerda bipolar. O assassinato da vereadora carioca serviu como um ótimo palanque para meia dúzia de políticos que sequer vale a pena citar. Parte considerável da esquerda se regozija com um cadáver. Ele quase sempre é bem-vindo. Seja para promoção eleitoral às vésperas de um pleito, seja para colocar nele a culpa por uma infindável série de falcatruas na compra de um triplex. Mas nem sempre é assim. Há também cadáveres que incomodam, como o do prefeito petista de Santo André, Celso Daniel, e as sete, isso mesmo, sete queimas de arquivo que vieram na sequência, de garçons a agentes funerários, pessoas que estavam no local errado e na hora errada. Mas se Naiara está muito longe dessa turba (sim, a localização geográfica é um fator que determina, para essa galera, se o crime convém ser explorado ou não, lamentado ou não), eu gostaria de ver a mesma revolta e indignação com a morte do policial militar Jean Felipe de Abreu Carvalho, 29 anos, que morreu dois dias depois de Marielle, numa troca de tiros com bandidos, no mesmo Rio. Ah, espera, esqueci de um detalhe super importante. A polícia é fascista e violenta, certo? Jean, como a pequena e indefesa Naiara, também é uma estatística. O resultado dessa podridão hipócrita tem dia para acabar: 7 de outubro. Para o bem do Brasil.

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018


Inside

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

5

Paulo Roque Gasparetto

Moda

prgasparetto@terra.com.br

Desfiles abrem novas coleções de 2018 Le Marché e Shopping 585 apresentam muitas novidades para o inverno Divulgação

U

nindo moda e solidariedade, a loja Le Marché Outlet, da Anselmi, fará um evento beneficente onde irá arrecadar produtos que são necessidade atual da Casa Lar Padre Oscar Bertholdo e fazer a abertura do inverno 2018 para clientes da loja. O evento acontece no sábado com entrada franca, sendo opcional levar fraldas descartáveis ou materiais escolares para beneficiar a instituição, que abriga crianças e adolescentes entre 0 e 18 anos sob medida de proteção. Fundada em 2001, a Casa atende indivíduos que estão necessitando de acolhimento fora de seu núcleo familiar. Esta é a primeira edição do evento que conta com o apoio de Tieppo Calçados, Pizzaria Rota 453, Choperia Favorita, Castellamare, Reve e Lanced, João Menin, Daiane Suliane e Nair Luckamann. Já na terça, às 10h, com a presença do ator Bruno Cabrerizo, o Shopping 585 vai lançar a nova coleção de outono e inverno 2018. O shopping contém mais de 60 lojas, com marcas consagradas, além de contar com um restaurante e estacionamento amplo para atender seus clientes. Para participar do evento é necessário ter cadastro e confirmar a presença pelo fone 2109-3232.

Moda Anselmi Coleção será apresentada neste sábado

Programe-se O que: desfile beneficente da Le Marché Quando: neste sábado, às 16h Onde: loja Le Marché, rua Ernesto Fetter, 18 Quanto: entrada franca, podendo levar fraldas ou material escolar para serem doados O que: desfile Shopping de Atacado 585 Quando: na próxima terça, às 10h Onde: Shopping 585, ERS-122, nº 6533 Quanto: entrada franca

Páscoa, festa da Vida O que mudou da Páscoa do ano 33 D.C. para a Páscoa de hoje? O que muitos cristãos da época não imaginaram é que receber Cristo implicava mudança de valores. A pessoa hoje continua sendo e reagindo como àquelas que viveram e presenciaram a morte e ressurreição de Jesus. Assim, a celebração da Páscoa não é comemoração do passado, mas é celebração da vida, do presente, pois vivemos a festa do Ressuscitado. Essa celebração, além de nos despertar para o bem, nos impulsiona também para a fraternidade e a construção de uma cultura da paz, como a Campanha da Fraternidade desse ano nos desafia. Celebrar a Páscoa é renovar a esperança, a confiança; é prosseguir e perseverar no caminho da justiça e do bem, sabendo que, apesar de tudo, o nosso futuro é bom, pois não caminhamos sozinhos porque o Senhor está vivo e presente entre nós. A Ressurreição não é só uma doutrina, mas uma forma nova de ter esperança. Crer na ressurreição é ter a certeza de que, aos olhos de Deus, nenhum gesto de amor fica perdido, mesmo que ninguém tenha notado. Nenhuma luta pela justiça e pela vida é um fracasso, mesmo que pareça não ter dado certo. Nenhum gesto de paz fica sem efeito, mesmo vivendo num mundo inseguro marcado pela violência. Cada ato de generosidade está guardado para a eternidade, mesmo que nem sempre tudo saia como planejamos, pois o bem realizado permanece em Deus. É tempo de comemorar nova Páscoa. É tempo de permitir que Cristo viva em nós para que afastemos do nosso coração o rancor, o egoísmo, a ganância, a injustiça, os privilégios, a ostentação. Nessa direção, a última palavra não é da morte e nem do erro, mas do bem e da vida. Todos somos chamados a viver uma vida pascal, uma vida de ressuscitados, fazendo a passagem da morte para a vida. Cristo pede nossa ajuda, pois só assim poderá completar nossa redenção. Que possamos todos abrir o coração nesta Páscoa para receber a mensagem da libertação. Que Deus nos dê forças, ânimo e coragem para sermos servos fiéis a cada novo dia, na alegria de sermos construtores da paz. Em nome dos padres da região pastoral de Farroupilha, votos de uma abençoada e Santa Páscoa. * Pároco da Paróquia Sagrado Coração de Jesus e doutor em Comunicação


Arquivo Pessoal

O

Delícia

Programa Arte Sesc realiza, na próxima terça, o espetáculo “Ao Divagar se Vai Longe e de Bicicleta Mais Ainda”, da Cia. 1Péde2, para celebrar o Dia Nacional do Circo. A apresentação ocorre na Praça da Prefeitura, a partir das 18h, com entrada franca. Para mais comodidade os organizadores sugerem que os espectadores levem suas cadeiras. Em caso de chuva, o evento será cancelado. Veja mais nas páginas 8 e 9 do Inside.

Vintage

Diego Frigo

Mais um Garibaldi Vintage acontece nesta sexta, no Centro Histórico da cidade vizinha, com início às 19h. O evento contará com exposições de carros e itens antigos, música e gastronomia local. A atração já é tradicional da noite garibaldense e reúne diversos apreciadores em suas edições.

Renan Correia e Diana Tizotti em recente tour pela Europa

Luana Rossi comemorou no sábado Design de Moda, juntamente com am Os festejos aconteceram no Bistrô Balbinot Colombo, da D&C Cerim a cargo da recepção e cer

Priscila Arsego

Priscila Soares Palavro recebeu o carinho dos pais, Hilze Soares e Ademar Palavro, pela celebração dos seus 15 anos no Restaurante Parque dos Pinheiros

A Letícia Vargas se formou em Pedagogia e comemorou ao lado de familiares e amigos, no último dia 17, no Restaurante Top 5

Rafael Toffolo e Rocheli Verona cel e amigos, no final de semana com


Candida PhotoArt

Daniela De Rocco

A pequena Valentina comemorou seus 5 anos com o tema “A Bela e a Fera” na Villa Festas, junto com os pais Vanessa Suzin e Geronimo B. Duarte

Fique por Dentro

sua graduação em migos e familiares. Milano e Denise moniais, esteve rimonial

Inauguração

Tânia e Roberto Bertol

lebraram sua união, com familiares m cerimônia e festa no Altos do Vale

Na terça, a cidade vizinha de Caxias do Sul ganhou uma nova opção gastronômica com a inauguração da Le Petit Macarons Boutique, no Shopping Iguatemi. A empresária Izadora Hultmann Piccoli está na linha de frente do quiosque que traz a delícia francesa. Cristiano de Oliveira

Alexandre Moroni Grazziotin e Gabriela Mezzalira curtiram a festa Nostalgia, que agitou o Pepsi Club no sábado


Inside

8

Fabrício Oliboni fabrioliboni@gmail.com

Cinema argentino Faz duas semanas que estou morando em Buenos Aires. Tempo insuficiente para falar com propriedade sobre algo de forma aprofundada, mas acredito que já serve para falar superficialmente sobre algumas coisas que “cambian” em terras portenhas. Costumes, idioma, comida, hábitos, cultura... temas para abordar não faltam, mas vou me ater a apenas um hoje: cinema. Nesta semana resolvi ir ao cinema que tem na rua onde moro, o Cine Gaumont. Ali tem algo que eu nunca vi no Brasil: toda a programação é de filmes nacionais. Lembro que tinham nada menos que 14 filmes para escolher. Sim, acredito que poucos cinemas ofereçam um cardápio tão vasto de opções, ainda mais considerando que aqui tem a linha de corte de serem filmes locais, apenas produções argentinas. O preço é o equivalente há uns 5 pila, e se for estudante já baixa pra algo em torno de 2 e pouco. Barbada! Optei pelo filme “Los Territorios”, uma sessão às 19h30min, em uma segunda. Contei 42 pessoas na sala, o que achei muito relevante. Já vi filmes blockbuster, em finais de semana, em salas com a metade desse público. Ok, temos a diferença de valores e tudo mais, mas ao meu ver o que mais muda é o fator cultural. O incentivo ao cinema argentino é muito forte. As pessoas comparecem, prestigiam e valorizam. Não que os argentinos não assistam filmes estrangeiros, não é isso, mas sim que há uma atenção maior para o que é feito por aqui e eles se orgulham bastante disso. Não é à toa que o Cinema Argentino é – sem sobra de dúvida – o mais destacado da América do Sul. O pessoal presente na sessão era bem variado, mas me chamou a atenção a presença de idosos. Um senhor chegou de andador e, antes e depois do filme, falava empolgado sobre cinema com a moça que o acompanhava. Eu achei muito legal isso. Algo simples, um mero detalhe do cotidiano, mas que tem um grande significado. Outro ponto sobre os filmes argentinos é que eles são bem abrangentes. Não se limitam meramente a um gênero ou batem na mesma tecla. São temas daqui também, claro, mas trabalham em uma esfera mais global de temas. É algo que tem mudado no cinema brasileiro recentemente, com cada vez mais e variadas produções. É um caminho, que junto com ele tem que vir esse interesse maior do público pelo que é feito aqui, mas aí se envolvem muitos fatores e levarei o papo para muito longe. E essa é uma das lições aprendidas na semana com os “hermanos”. Valorizar, prestigiar e apoiar as coisas daqui. Ponto pro cinema, gol da Argentina. * Agente de intercâmbio e bacharel em Relações Internacionais

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

Teatro

Para comemorar o Dia A Cia1Péde2 traz a história de amor entre dois palhaços para alegrar a Praça da Prefeitura

S

urgida em 2008, em Porto Alegre, a partir da ideia de dois artistas, Mariana Ferreira e Mauro Bruzza, que já haviam viajado pela América latina através do circo, teatro e da música, a Cia1Péde2 já passou por 15 Estados brasileiros e 10 Países entre América Latina e Europa, encantando a todos com seus espetáculos. A companhia irá apresentar o espetáculo “Ao Divagar se Vai Longe e de Bicicleta Mais Ainda” na próxima terça, às 18h, na Praça da Prefeitura. A história é sobre dois palhaços, Camomila e Quindim, que adoram andar de bicicleta e acabam encontrando o amor um no outro. “O propósito deste espetáculo é divertir a plateia, mostrar a pureza do palhaço, trabalhar com as nossas verdades e transformar na rua, um espaço que antes poderia ser só um espaço comum, em um verdadeiro picadeiro e poder divertir a todo público que vai assistir ao espetáculo”, afirma Mauro, que convida a assistir a apresentação todos que estiverem passando pela rua. A história mostra o palhaço de dentro para fora, sem as piadas prontas que estamos acostumados, porém com muitas risadas. A performance mistura música, dança, malabarismo e acrobacias. “Trazer um pouco mais de amor, felicidade, levar a arte para as ruas e mostrar para as pessoas que, às vezes, com as coisas simples, a gente pode ser muito feliz”, garante Mauro. Além deste, a Cia1Péde2 também trabalha com os espetáculos “Homem Banda” e “E Lavo Eu!”. Em caso de chuva o evento será cancelado.

Programe-se O que: espetáculo “Ao Divagar se Vai Longe e de Bicicleta Mais Ainda” Quando: na próxima terça, às 18h Onde: Praça da Prefeitura Quanto: entrada franca


FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

Inside

9

Dolores Maggioni

Teatro

doloresmaggioni@terra.com.br

Nacional do Circo rindo

Cantiga outonal

Fabio Zambon

Teatro de Rua Mauro e Mariana atuam como o casal que se encontra em meio a suas aventuras

O outono traz em si mesmo uma conotação de tristeza, de separação, de coisas que caem, de belezas que findam, de vida que se esvai. Afinal, chegado o outono, as alegrias do verão já pertencem ao passado, o céu se tinge de ímpar coloração, desaparece o calor do sol e as folhas morrem. Ou seja, o outono tem tudo para ser doloroso, monótono e triste. Acho que Tom Jobim já tinha percebido isso quando compôs “Águas de Março” e, já prevendo a chegada do seu outono, canta os versos: “São as águas de março fechando o verão. São promessas de vida no meu coração”. A primavera é linda, cheia de cores, cios e odores. Mas não me comove. Não encontro nela lugar para a saudade. Por isso, lhe falta aquela gota de tristeza, que mora em toda obra de arte. É que ela existe na paradisíaca inconsciência do fim. O verão, por sua vez, é diferente. Excita meu lado de fora, e me transforma em sol, céu, mar. Misturo-me com seu universo luminoso, quente e suarento, cheio de cachoeiras e limonadas geladas. Tudo me convida a não pensar. A só rir, gozar e usufruir. Mas o outono me chama de volta. Devolve-me à minha verdade. Sinto então a dor bonita da nostalgia, pedaço de mim, de que não posso me esquecer. O céu, azul profundo, as árvores e grama de um outro verde, misturados com o dourado dos raios de sol inclinados. Tudo fica mais pungente ao cair da tarde, pelo frio, pelo crepúsculo, o que revela o parentesco entre o outono e o entardecer. O outono é o ano que entardece. É outono... a mágica estação do ano em que a natureza revela um especial esplendor. Calmamente vou adentrando a alameda de plátanos dourados. Um tapete amarelo-avermelhado espalha-se a meus pés, por onde sigo pisando tão calmamente, como num caminho perfeito, num vagar calculado, com o firme propósito de saborear esses momentos de pura e encantadora magia. Um cenário perfeito para reflexões e versos que me me vêm à mente. Imagino se existe um portal no paraíso. Então este deve ser o portal do paraíso. E vou-me ao vento que, num tormento, me transporta de cá para lá, como faz a folha morta. Folhas de outono. Nas árvores, nos ares, no chão. Folhas de outono em sua derradeira e incomparável glória, exalando um aroma adocicado, de flutuante despedida. E, Araújo Jorge assim rezava o outono: “O arvoredo transpira as carícias dos ninhos e o vento a cirandar na curva das estradas eleva o folharéu no espaço em redemoinhos. Há um córrego a levar as folhas secas em bando e a aragem que soluça entre as ramas curvadas parece que o arvoredo em coro está chorando!”. Prossigo, relembrando os melancólicos outonos que já vivi. As diferentes primaveras que vivenciei – ternas, intensas, fortes, coloridas. E os verões. Quantos verões ardentes, sedentos, apaixonantes. E novas reflexões me vêm à mente. Meu olhar repousa sobre uma dessas pequeninas folhas de outono, que insiste em permanecer no ar, como se ainda lhe restasse uma leve esperança de não esmorecer de vez no chão úmido, salpicado por centenas de outras folhinhas em decomposição, já se entregando ao ciclo implacável da natureza. As folhas ao cair, evocam a brevidade dos nossos dias. O outono das pinceladas de azul água, a coloração cinzenta do céu e a timidez e sofrimento das árvores despidas, imploram-nos uma introspecção e reflexão sobre este viver cíclico, sempre em transformação e numa velocidade alucinante. Folhas de outono a cair dolentes, num bailar dourado, esvoaçantes, ternas, doces, displicentes, espalhando pelos ares pingos multicores – pálidos, marrons, rubros, nacarados, cintilantes, diferentes e diversos como os sentimentos humanos, que transitam numa vasta gama – eterna e densa – que vai da apatia à paixão intensa. A folhinha, finalmente, repousa sobre o chão. De repente, não a percebo mais; ela misturou-se aos infinitos outros pontos amarelos do chão de outono... entregou-se a seu inevitável destino de participar do processo de transformação da natureza, para um dia retornar em alguma outra qualquer paisagem. * Escritora


Inside

10

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

Sétima Arte

Do idealismo ao ceticismo, Com performance notável de Denzel Washington e Colin Farrell como coadjuvante de luxo, Dan Gilroy faz profunda reflexão sobre ideais, propósitos, valores e, de quebra, detona o sistema jurídico criminal americano em “Roman J. Israel” Ramon Cardoso ramon@jornalinformante.com.br

“O

segredo de nossa existência é ter um propósito na vida”. A célebre frase do escritor russo Fiodor Dostoievsky se enquadra perfeitamente na jornada do advogado Roman J. Israel (Denzel Washington). Um ativo militante do movimento negro e das causas sociais, Roman cresceu durante os anos em que os Estados Unidos vivia uma espécie de apartheid não declarado, com a segregação racial fraturando a sociedade americana. Ou seja, o tema é muito caro a ele. Por conta disso, passa a trabalhar como sócio no escritório do conceituado advogado e professor William Henry Jackson, notável defensor dos direitos dos mais necessitados. No entanto, William sofre um derrame e acaba internado em estado grave. Precavido, ele havia conferido orientações à sua sobrinha, Lynn Jackson (Amanda Warren), para que, em caso de um infortúnio, repassasse o escritório aos cuidados de seu ex-aluno, o ambicioso Ge-

orge Pierce (Colin Farrell). Ele, na verdade, é a antítese de Roman. Enquanto este se empenha para auxiliar quem mais necessita, fazendo, na definição da sobrinha de William, com que o escritório praticasse mais caridade do que advocacia criminal, George gerencia dezenas de advogados em quatro escritórios espalhados por Los Angeles, e atua apenas com clientes grandes, que tenham condição de custear os caros honorários praticados por ele e seu sócio, Jessie Salinas (Tony Plana). Contudo, a determinação de Roman, de certa forma, chama a atenção de George. Advogado experiente, ele não se curva diante da situação e confronta Lynn e o próprio ex-aluno de William sobre o encerramento das atividades do escritório e, por tabela, seu consequente desemprego. Essa força de não se intimidar e falar o que pensa é algo que atrai George, que faz uma oferta para que Roman trabalhe para ele. Os métodos do velho advogado, que conta com uma memória formidável, também conquistam o jovem. Roman, a princípio, declina do convite, mas é difícil para um profissional que

está mergulhado nos anos 70 conseguir inserção no mercado na atualidade. Para George, o benefício é duplo. Ele acaba utilizando o mais novo contratado para popularizar seu escritório. Em resumo, repassava ao devotado e metódico advogado os casos que não queria se envolver. Na verdade, algo que já fazia no passado, direcionando ao professor uma clientela que não dispunha de grana para pagar por seu trabalho. Neste meio tempo, Roman acaba conhecendo a jovem Maya Alston (Carmen Ejogo), que comanda uma ONG que luta pelos direitos das minorias. Ela naturalmente sente uma atração pelo advogado, que está há muito mais tempo que ela militando pela causa que tanto ama. O grande problema é que Roman, aos poucos, começa a ser dominado por um ceticismo, um sentimento que criará uma barreira instransponível para seguir com sua batalha. “Estou cansado de fazer o impossível para os ingratos. Agora tenho preocupações mais práticas”, define Roman em conversa com George. Exausto de batalhar por uma causa na qual ninguém parece realmente se importar,

a fidelidade do advogado é colocada à prova quando ele é confrontado com um caso que abre a possibilidade de mudar sua vida por completo, ainda que correndo o risco de pagar um preço muito alto. Ceder à tentação seria um sinal de fraqueza ou a inevitável compreensão de que o sistema funciona dessa forma e não há mais espaço

para utopias? “Para mim, o oposto da pobreza não é a riqueza, mas a justiça”, declara o roteirista e diretor, o competente Dan Gilroy, no material de apoio. E essa é a nobre causa que o veterano advogado devotou uma vida inteira. Seu objetivo era o ingresso, em um tribunal federal, com um processo coletivo que buscava confe-


Inside

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

11

Sétima Arte

do comodismo à ganância Divulgação

rir um pouco de justiça ao sistema criminal americano, pautado, em boa parte, pelos acordos que enriquecem o currículo de promotores e o bolso de advogados e deixam acusados, a parte mais fraca na relação, à deriva. A crítica ao sistema jurídico estadunidense está no centro

da trama, mas são os dilemas éticos, morais e existenciais que pautam a obra de Gilroy, como ele deixa claro em suas considerações nos extras. Em pouco mais de 20 minutos, o material traz o making of da trama e esmiúça, com atores e equipe de produção, os papéis de Denzel Washington

Imagem: Reprodução

Admiração mútua Roman (Denzel) e George (Colin) conferem peso à história de Gilroy

(irreconhecível e soberbo na trama, indicado ao Globo de Ouro e Oscar) e do irlandês Colin Farrell, que tem se notabilizado como um dos mais talentosos da nova geração. Cada um à sua maneira, Roman e George são duas forças da natureza. É muito interessante perceber como os ideais de vida e posições, no início tão antagônicos, acabam se aproximando à medida que o longa avança. Há uma certa inveja que um nutre pelo outro, como se fosse impossível mesclar suas personalidades fugindo do propósito inicial de suas jornadas, qual seja, respectivamente, o de mudar o mundo ou enriquecer e ganhar fama e poder ao máximo. O conflito da dupla é, sobretudo, interno e uma batalha nem sempre fácil de ser lutada, todavia, necessária, seja para uma derrota acachapante ou para uma vitória redentora. Ao levantar uma infinidade de temas oportunos, que vão do campo existencial ao jurídico, provocar muitas reflexões e, especialmente, empurrar ao limite máximo à devoção a uma causa, “Roman J. Israel” se notabiliza como um dos grandes filmes da temporada. É raro um cineasta comandar um filme e também ser responsável pelo roteiro original. Gilroy, que já havia conquistado destaque também ao escrever e dirigir “O Abutre”, parece firmar posição em Hollywood.

Roman J. Israel Direção e roteiro Dan Gilroy Gênero Drama Duração 122 minutos País Estados Unidos Ano de produção 2017 Estúdio Macro Topic Studios Bron Distribuição Columbia Pictures


12

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Você deverá ter paciência redobrada no trânsito, na comunicação e em questões relacionadas a papéis e documentos. É um bom momento para repensar as suas atitudes e pensar muito antes de tomar uma decisão.

Touro - 21/04 a 20/05

Mercúrio inicia o movimento retrógrado que indica uma fase de mais reflexão e introspecção. Pode haver o retorno de algumas situações mal-resolvidas no passado. É importante estar atento à sua voz interior. É um momento de sabedoria.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

Mercúrio, seu regente, inicia o trânsito retrógrado. É um momento em que pode haver maior dificuldade de comunicação nos relacionamentos e nas questões do cotidiano. Evite a compra de aparelhos eletrônicos. Utilize este período para refletir.

Câncer - 21/06 a 20/07

Mercúrio retrógrado atua na área de carreira. É um momento em que podem retornar antigas ideias e projetos, e cabe a você desenvolvê-los de uma nova forma. É preciso ter paciência e respeitar o seu ritmo interno, sem atropelar as coisas.

Leão - 21/07 a 22/08

É o início do movimento retrógrado do planeta Mercúrio. Reavaliações, reconsiderações e reflexões estão em pauta. É um momento em que você pode retomar um antigo estudo ou plano de viagem.

Vírgem - 23/08 a 22/09

Seu planeta regente, Mercúrio, inicia o movimento retrógrado. É um momento de reavaliações emocionais sobre seus valores e sobre os recursos e sentimentos que compartilha. É hora de mergulhar mais fundo em processos terapêuticos e psicológicos.

Libra - 23/09 a 22/10

É no setor de relacionamentos que temos o início do movimento retrógrado de Mercúrio. Pode haver o retorno de questões mal-resolvidas nas relações, que é preciso reconsiderar. Pode haver o retorno de pessoas importantes na sua vida.

Escorpião - 23/10 a 21/11

Reavaliações no cotidiano, no trabalho e relacionadas à saúde. Mercúrio inicia o movimento retrógrado, indicando que é um período de paciência. Podem voltar antigas ideias relacionadas ao trabalho, e é um bom momento para reavaliá-las.

Sagitário - 22/11 a 21/12

Retorno de questões mal-resolvidas na vida afetiva. É um momento importante para olhar para os sentimentos e parar de repetir erros. Pode haver a retomada de conversas com pessoas de passado.

Capricórnio - 22/12 a 20/01

É preciso ter paciência redobrada em questões emocionais e familiares. Mercúrio inicia o movimento retrógrado, que indica um período de maior introspecção e reflexão. Reavaliar, reconsiderar e refletir são atitudes aconselhadas no momento.

Aquário - 21/01 a 19/02

Atenção com dificuldades na comunicação e na interpretação dos fatos. Aspectos ligados ao dia a dia, como papéis e documentos, ficam mais desafiados neste período. O trânsito retrógrado de Mercúrio pede muita reflexão antes de tomar decisões.

Peixes - 20/02 a 20/03

Mercúrio retrógrado atua no setor de valores, recursos materiais e potencialidades. É um momento em que podem retornar antigas ideias e talentos que estavam adormecidos. Não é um bom momento para estabelecimento de associações e assinatura de contratos.

Inside

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018


FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

Excelente oportunidade! Loja em ótimo ponto da cidade para você que está começando ou querendo ampliar seu negócio. Sala ampla e com 2 andares. Venda da loja com o estoque ou somente o mobiliário. Carta completa de clientes já estabelecidos. Motivo da venda: aposentadoria. Mais informações através do fone: 54 9 9127-8869. CUIDADORA com experiência! TÉCNICA DE ENFERMAGEM, com Carteira de motorista categoria B, DISPONÍVEL PARA TRABALHAR, em tempo integral, dia e noite, nesta cidade, na colônia ou em outros municípios. (54) 9 9602-8821 Whats. VENDO TERRENO de esquina com 1.377m² a uma quadra da rodoviária e do Shopping Centro de compras. F. 9 9118.1642.


2

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018


FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

3

VENDE-SE CONSÓRCIO CONTEMPLADO DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. Crédito R$ 280.000,00 – Prestações R$ 2.067,32 – Já pagos R$ 14.500,00, e créditos de R$ 432.000,00 - Prestações R$ 3.122,31 – Já pagos R$ 25.000,00. Estes créditos podem ser usados na COMPRA DE IMÓVEL, CONSTRUÇÃO E REFORMA URBANA E RURAL. Aceitamos carro de entrada. Contate: (51) 9 9569 8765/WhatsApp:(51) 9 8055 5703. ALUGA-SE APARTAMENTO de 2 e 3 dormitórios em ITAPEMA / MEIA PRAIA, Santa Catarina. 150 metros do mar. A partir de 15/01. Tratar. F. (54) 9 9118 1642. EXCELENTE INVESTIMENTO! Compre por apenas R$ 45.000,00 terreno plano de 1000m², com água e luz! Asfalto chegando no local. A 3,5km de Farroupilha. Saída para o Salto Ventoso.Tratar: (54) 9 9925-2068.


4

Excelente oportunidade. Apartamento à VENDA, diretamente com a proprietária. Semimobiliado, ensolarado, dois dormitórios, sala integrada com a cozinha, banheiro, área de serviço, churrasqueira, uma vaga de garagem. Fino acabamento em gesso. Painel com pedra decorativa. Edifício com elevador e circuito interno de vigilância. Bairro Planalto. Agende sua visita! (54) 9 9631 3493. VENDO: AREA DE TERRAS C/ 4.1 HEC. LINHA PAESE – ROD. ASFALTADA - FARROUPILHA/GARIBALDI ÓTIMA P/ INDÚSTRIA, POSTO OU LOTEAMENTONEG. DIRETO, FINANCIO PARTE. TRATAR – 99971.28.01 – RENATO. ALUGO CASA NA PRAIA, Município Arroio do Sal, balneário Atlântico, a uma quadra do mar, toda em alvenaria, com duas suítes mais um banheiro completo. Acomoda 7 pessoas. Pátio grande, fechado e com muita sombra. Perto de super, sorveteria, restaurante, posto de saúde. Direto com proprietário Olavo. (54) 9 9972.6708. VENDO TERRENO, localização central em Arroio do Sal a duas quadras do mar F. 9 9118.1642.

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018


6

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018


FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018

7


10

EXCELENTE PREÇO em ÓTIMA LOCALIZAÇÃO! Vendo Chácaras. Linha Ely - Confira agora! Ligue: (54) 9 9925-2068. ALUGUE SALA COMERCIAL DIRETAMENTE COM A PROPRIETÁRIA, bem localizada e ensolarada, na Independência, com 168m² no Bairro São Luiz. Fones: 9 9951.3583 / 3268-1062. VENDO 4 terrenos de Cooperativa já com área comprada. F.: 9 9118.1642. VENDO CASA MISTA localizada no Bairro Pio X, ao lado da Igreja. (A mesma já está alugada através de imobiliária pelos valores de R$ 1.000,00 por mês). Tratar: (54) 9 9118 1642.

FARROUPILHA, 23 DE MARÇO DE 2018


Parte integrante da Edição 530 do Jornal Informante | Não pode ser vendido separadamente Farroupilha, 23 de março de 2018

Páscoa

Especi al

2018

Criatividade na hora de presentear os pequenos

Dar chocolates é comum nesta época do ano, mas há outras possibilidades de presentear as crianças e ainda incentivar a criatividade e a imaginação Páginas 4 e 5

Páscoa para diabéticos Páginas 6 e 7

O que os coelhos têm a ver com a Páscoa? Contracapa


2

ESPECIAL PÁSCOA

Algumas

curiosidades sobre a Páscoa A Páscoa é uma festa cristã, que celebra a ressurreição de Jesus Cristo, que teria morrido para perdoar os pecados da humanidade e ressuscitado após três dias. É considerada a principal data comemorativa do calendário cristão, mais importante até do que o Natal. Mas a Páscoa não é celebrada apenas pelos cristãos. Para os judeus a festa da Páscoa celebra o  fim da escravidão dos hebreus no Egito e para os grupos pastoris da Antiguidade, a data era a festa que invocava a proteção de Deus durante a travessia de Canaã para a região das planícies mais férteis. Separamos abaixo algumas curiosidades sobre a Páscoa em todo o mundo. As informações são do livro Guia dos Curiosos. Confira!

1.

A origem da palavra “Páscoa” é hebraica. Vem de “Pessach”, que significa “Passagem”. Comemora um marco na história do povo judeu: a travessia do Mar Vermelho ao se libertar de um longo período de escravidão no Egito. Com este sentido, a Páscoa foi instituída no ano de 1513 A.C. Antes disso, a data era utilizada pelos povos que habitavam a bacia do Mediterrâneo para prestar sacrifícios de gratidão aos deuses pela colheita, que ocorria na primeira lua cheia da primavera.

2.

Os católicos acreditam que a ressurreição de Cristo ocorreu próximo ao equinócio da primavera no hemisfério norte, em um dia de lua cheia. Por isso, em 325 D.C., o Concílio de Niceia estabeleceu que a festividade sempre cairia no primeiro domingo depois que ambos os eventos ocorressem. Com a introdução

do calendário gregoriano em 1582, o cálculo da data passou a ser feito pelo calendário lunar, cujo mês tem 22 dias. A Páscoa é celebrada desde então no primeiro domingo depois da lua cheia eclesiástica pós-equinócio, que sempre acontece entre os dias 22 de março e 25 de abril.

3.

É a partir da Páscoa que todas as outras datas do calendário são estabelecidas. Os cristãos passaram a festejá-la no primeiro domingo depois da primeira lua cheia do outono (no hemisfério sul). Dois dias antes do domingo de Páscoa é a Sexta-Feira Santa. Quarenta dias antes é a Quarta-Feira de Cinzas e, portanto, 43 dias antes, o Carnaval.

4.

O Domingo de Ramos marca o início da Semana Santa. A data recebeu este nome em referência ao trecho bíblico que narra a visita de Jesus Cristo a Jerusalém poucos dias antes de sua crucificação. Ao saber que Cristo estava próximo da cidade, a população cortou ramos de árvores, ramagens e folhas de palmeiras para recebê-lo. Ele entrou no lugar no dia seguinte, montado em um jumento, e foi recebido com o abanar de folhagens e os clamores de “Rei dos Judeus”, “Hosana ao Filho de Davi” e “Salve o Messias”. A manifestação causou muita inveja nos poderosos da região, que começaram a se organizar para condenar Jesus à morte.

5.

Com a crucificação e ressurreição de Jesus Cris-

to, a Páscoa ganhou um terceiro significado: a passagem da morte para a vida. Os cristãos utilizam a comemoração para relembrar a imolação do Filho de Deus, que com seu sacrifício livrou os homens dos pecados. A libertação, que para os judeus foi física, se tornou também espiritual.

6.

A Páscoa judaica, ou Pessach, é comemorada no 14º Dia de Nissan (mês do calendário lunar, que é o seguido pelos judeus). Diferentemente da Páscoa cristã, a festa relembra a libertação dos hebreus de um longo período de escravidão no Egito. Uma série de rituais marcam a festa, celebrada durante 8 dias. Entre eles figura o Seder, um banquete no qual é recontada toda a história da fuga do Egito. Esta refeição inclui uma série de alimentos com função simbólica.

7.

O costume de se trocar ovos na Páscoa começou nos primórdios da tradição da data. Mas a substituição dos ovos de verdade pelos de chocolate veio só no Século XIX, primeiramente na Alemanha. O ovo é um símbolo de nascimento, de renovação da vida e o mote da celebração da Páscoa.


3

ESPECIAL PÁSCOA

Receitas

fáceis e para lá de especiais Que os chocolates são a atração principal do cardápio da Páscoa, todos sabem. Mas, para os cristãos que levam a data bem a sério, existe ainda a restrição de comer carne vermelha na Sexta-Feira Santa, dia em que o peixe ganha espaço na cozinha de muitas casas e restaurantes. E para ajudar você a conquistar o paladar da família nesta Páscoa, separamos duas receitas especiais de peixe e uma receita de um doce diferente para servir de sobremesa durante os festejos com a família. Confira!

Bacalhau com batatas Ingredientes • 1/2 kg de bacalhau • 1/2 kg de batatas • 2 cebolas • 1 xícara (chá) de azeite • 1/2 xícara (chá) de vinagre • Pimenta do reino a gosto • Salsa, pimenta verde e azeitona.

Modo de preparo

Deixe o bacalhau de molho na véspera. No dia seguinte, retire a água e leve para ferver em água. Escorra a água e retire as peles e espinhas. Arrume-o no fundo de uma panela, coloque por cima as cebolas cortadas em rodelas e depois as batatas, descascadas e cortadas em pedaços. Despeje o azeite misturado com o vinagre e a pimenta. Deixe-o cozinhar em fogo brando, sacudindo de vez em quando a panela, para não grudar no fundo. Sirva-o bem quente, enfeitando o prato com salsa, ovos cortados em rodelas e azeitonas.

Colomba de Páscoa

Ingredientes • 1/2 kg de farinha de trigo • 1/2 xícara margarina • 1/2 xícara de água • 1/2 xícara de açúcar • 200g de uvas passas • 200g de frutas cristalizadas • 5 gemas (uma para pincelar) • 1 colher de essência de panetone • 1/4 xícara de farinha de trigo • 1/2 xícara de água morna • 50g de fermento de pão

Modo de preparo

Junte 1/4 xícara de farinha com 1/2 xícara de água morna e o fermento e misture bem. Deixe descansar por 15 minutos (reserve). Em um recipiente coloque a farinha, a margarina, a água, o açúcar, as gemas e a essência de panetone. Misture bem. Acrescente a mistura do fermento, amasse e sove bem. Coloque as uvas passas e as frutas cristalizadas e misture bem. Divida a massa ao meio e coloque nas formas retangulares untadas. Deixe descansar por 30 minutos. Pincele com a gema e leve ao forno com a temperatura em 180ºC até dourar.

Salmão ao forno

Ingredientes • 500g de salmão em filés • 1 pimentão vermelho • 1 cebola • 1 xícara (café) de suco de limão • alcaparras a gosto • manteiga e sal a gosto • pimenta-do-reino branca a gosto • 1/2 colher (chá) de glutamato monossódico

Modo de preparo

Tempere o filé de salmão com sal, pimenta-do-reino e limão. Deixe descansar por 30 minutos. Coloque o filé de salmão envolto em papel alumínio, cobrindo-o com o pimentão e a cebola em rodelas finas, as alcaparras e um pouquinho de manteiga para dourar. Jogue por cima o tempero de limão em que estava o salmão. Feche o papel alumínio e leve ao forno médio por cerca de 20 minutos.


4

ESPECIAL PÁSCOA

Criatividade

é a palavra chave na hora de presentear os pequenos Todos os anos a rotina se repete: pais, avós, tios e padrinhos presenteiam os pequenos com cestas, ovos e muitas caixas de bombom. O saldo da Páscoa é chocolate em excesso para a garotada. Dar chocolates é comum nesta época do ano, mas há outras possibilidades de presentear as crianças e ainda incentivar a criatividade e a imaginação. No blog Mil Dicas de Mãe, a cirurgiã-dentista Nívea Salgado dá muitas dicas para os pais que querem deixar o chocolate de lado e investir em presentes originais para os pequenos. “Ao estimular a criatividade dos pequenos, fugimos do lugar comum, dos presentes repetidos e abrimos caminho para que os presentes sejam também uma forma de conhecimento do mundo”, comenta a blogueira. Para Nívea, que é mãe de uma menina de 7 anos de idade, a internet oferece muitas opções aos pais que querem presentear os filhos com outras coisas que não sejam chocolates. “Além disso, há opções no comércio como coelhos de pelúcia, livros sobre o

significado da Páscoa ou algo mais lúdico, e ainda fantasias de coelho, que as crianças adoram”, sugere. Na página ao lado separamos algumas dicas de presentes criativos para a Páscoa, que você pode encontrar no blog Mil Dicas de Mãe. Escolha a ideia de sua preferência e use a criatividade para fazer desta Páscoa um dia especial e memorável para seus filhos!

“Ao estimular a criatividade dos pequenos, fugimos do lugar comum, dos presentes repetidos e abrimos caminho para que os presentes sejam também uma forma de conhecimento do mundo”.


5

ESPECIAL PÁSCOA

Máscara de Coelho A ideia aqui é fazer uma máscara para cada criança e uma para você também, e promover momento de muita diversão com os pequenos. Vocês podem improvisar uma peça sobre coelhos depois que as máscaras estiverem prontas. Você vai precisar de cartolina branca e rosa (para as orelhas), tesoura, cola, algodão, elástico e um fio bonitinho para fazer o bigode. Veja o passo a passo no blog www.mildicasdemae.com.br

Família de Ovinhos Para este presente você vai precisar de ovos vermelhos cozidos, wraps de cupcakes ou mini copinhos de sorvete, para fazer as roupinhas dos ovos, e caneta esferográfica para fazer os detalhes do rosto. Você pode juntar as crianças para montar os personagens e depois criar brincadeiras divertidas com os pequenos.

Caça aos ovos no escuro A caça aos ovos é tradicional na Páscoa, mas geralmente as crianças procuram pelos ovos de chocolate. No blog, Nívea dá uma ideia diferente: um caça aos ovos no escuro. A brincadeira pode ser feita na noite de sábado para domingo. Você vai precisar de pulseiras de neon e ovos de plástico. Basta colocar as pulseiras dentro dos ovos e esconder pelo jardim. Se conseguir, peça a um adulto para se vestir de coelho e ajudar as crianças na brincadeira.

Coelho com copo de papel Ovos com glitter Estes ovinhos ficam lindos para decorar a casa. Você reúne as crianças para fazer e depois pode deixar que elas escolham onde colocar os ovinhos para deixar a casa em clima de Páscoa. Você vai precisar de ovos brancos cozidos, cola em spray, glitter, caixa de ovo e copo plástico. Depois de cozinhar o ovo por 10 minutos, coloque no copo plástico, passe o spray de cola, jogue o glitter e balance o ovo dentro do copo, para espalhar o glitter. Coloque o ovo na caixa de ovo e leve à geladeira para secar bem.

Essa atividade é bem fácil e vai ocupar o tempo da garotada. Depois, o copo pode ser usado como cestinha para colocar os doces que a criança ganhar dos avós e tios. Você vai precisar de copo de papel branco, cartolina branca e rosa, papel de seda rosa, olhos de plástico, algodão rosa e branco, tecido para o bigode, tesoura, grampeador e cola. Corte na cartolina branca duas orelhinhas de coelho. Recorte na cartolina rosa os detalhes da orelha e cole na cartolina branca. Cole ou grampeie as orelhas no copo de papel descartável. Cole os olhos no copo. Corte pedaços de tecido para fazer o bigode. Cole no copo, fazendo o acabamento com o algodão-bolinha rosa no lugar do focinho. Na parte de trás do copo, cole algodão branco para fazer o pompom do rabinho.


6

ESPECIAL PÁSCOA

Páscoa para quem não pode

comer chocolate

Basta falar em Páscoa que a imagem de diversos tipos de chocolate surge à mente e começa a dar água na boca até nos mais requintados paladares. Ovos, trufas, bombons especiais, branco, preto, meio amargo, puro ou com recheio. São muitas as opções disponíveis no mercado e a grande oferta do doce preferido dos brasileiros vira tentação para aqueles que não podem consumir gorduras, açúcares e carboidratos sem preocupações. Para enfrentar a vontade de sair degustando tudo o que é tipo de chocolate, os diabéticos precisam manter o controle e ingerir apenas produtos indicados para quem precisa manter o equilíbrio da alimentação em prol da saúde. A recomendação do médico endocrinologista Fadlo Fraige Filho é de que as pessoas com diabetes consumam apenas chocolates do tipo diet, mas não qualquer marca ou modelo, apenas os que possuem o selo de Qualidade e Confiança ANAD. “Existem produtos específicos para esta data, tais como ovos de páscoa diet, produzidos especialmente para esta data pela Kopenhagen, Brasil Cacau, Garoto e Nestlé, todos com Selo Qualidade e Confiança ANAD. Também há a Colomba Pascal da Village”, indica o especialista. Mas, nem sempre é possível evitar um pouquinho daquele chocolate irresistível que acaba de ser lançado no mercado, não é mesmo? Para aqueles que não conseguem deixar o sabor do chocolate tradicional de lado, a dica é equilibrar. Se o diabético controlar sua glicemia e levar em consideração os valores nutricionais do chocolate a fim de corrigir a glicemia depois, ele pode sim, comer um pouquinho do doce nesta época de Páscoa.

os c i t é b a i d a r a Dicas p sistem ao chocolate r de cacau que não re com alto teo os ou olates amarg c o h c ra fi re •P as ões pequen er alta • Coma porç emia já estiv c li g a se r e • Evite com

Diabéticos no Brasil Ao todo existem cerca de 11 milhões de portadores de Diabetes no Brasil, sendo cerca de 7 milhões e meio diagnosticados. “O restante ainda não sabe que tem a doença e não estão tratando, portanto, por ocasião do diag-

nóstico, já poderão apresentar complicações graves. Cerca de 90% desse montante é portador do diabetes DMT2, que aparece em adultos após os 40 anos. Outros 5% são portadores do diabetes tipo DMT1, que aparece na criança e no adolescente. E o restante de outras doenças que podem levar ao diabetes”, aponta o médico endocrinologista.


7

ESPECIAL PÁSCOA

Almoço

também merece atenção especial Se você vai receber um amigo, conhecido ou parente que é portador de Diabetes para o almoço de Páscoa, também é preciso prestar atenção no cardápio a ser servido. Nem todo tipo de alimento é indicado aos diabéticos, que devem consumir pratos com baixo teor de carboidratos simples, sem açúcar e com pouca gordura. Confira ao lado a dica do Prof. Dr. Fadlo Fraige Filho, médico endocrinologista e presidente da Associação Nacional de Assistência ao Diabético (ANAD), para acertar na receita especial de Páscoa.

Sobremesa Para a sobremesa, preferir as frutas, excluindo apenas as muito doces como uva, caqui, melancia, evitando também sucos de laranja e de uva. E para acompanhar o cafezinho adoçado artificialmente, pequenos pedaços de chocolate diet ou de colomba pascal.

Almoço Uma boa salada de entrada, um peito de peru com legumes, purê de maçã, podendo acrescentar alguns grãos como: arroz integral, ervilhas ou lentilhas são indicados para o almoço.

Restições alimentares para

crianças diabéticas No caso das crianças diabéticas, o médico endocrinologista Fraige Filho afirma que os cuidados são os mesmos sugeridos aos adultos, lembrando que está liberado o consumo de refrigerantes zero ou diet, que são isentos de açúcar. A recomendação é de que as crianças também ganhem de presente apenas ovos e chocolates certificados pela ANAD, garantindo assim que estarão consumindo produtos com baixo teor de açúcar. “Nunca se deve dizer não pode consumir, mas sim explicar o motivo pelo qual as crianças não podem ingerir guloseimas e doces com açúcar, evitando-se assim um sentimento discriminatório inadequado”, sugere o especialista.


8

ESPECIAL PÁSCOA

Afinal, o que os coelhos têm a ver com a Páscoa? Coelhinho da Páscoa, que trazes pra mim? Todo adulto, quando criança, um dia entoou ou ouviu esta tradicional canção. Mas, afinal, o que o coelho tem a ver com uma data que celebra a ressurreição de Jesus? Ao celebrar a ressurreição de Cristo, os cristãos celebram a vida. Para eles, Jesus teria morrido em lugar dos seus pecados, dando-lhes nova vida. Por isso, os símbolos da Páscoa estão sempre ligados à vida. Acredita-se que, por ser um dos animais mais férteis, no qual a fêmea gera mais de 400 filhotes ao longo de sua existência, é que o coelho acabou se transformando no representante popular da Páscoa. Há quem acredite que o coelho tenha se tornado símbolo da Páscoa pois a data é determinada pelo calendário lunar e, na Antiguidade, o mamífero sim-

bolizava a lua para algumas civilizações. Não há informações oficiais sobre a ligação do coelho com a Páscoa, o que está na história é que esta tradição foi trazida à América por imigrantes alemães em meados do ano 1.700. O coelhinho visitava as crianças, escondendo os ovos coloridos que elas teriam de encontrar na manhã de Páscoa. Há ainda uma lenda de que uma mulher pobre coloriu alguns ovos e os escondeu em um ninho para dá-los a seus filhos como presente de Páscoa. Quando as crianças descobriram o ninho, um grande coelho passou correndo e teria sido então que se espalhou a história de que o coelho é que trouxe os ovos.

Curiosidades O primeiro coelho da Páscoa da História de que se tem notícia data do Século XVI, e o primeiro conto sobre um desses animais trazendo ovinhos e escondendo-os em um jardim surgiu em 1680. As lendas sobre os coelhinhos começaram a chegar às Américas por volta do Século XVIII, quando os imigrantes europeus começaram a colonizar os Estados Unidos.

Edição 530  
Edição 530  
Advertisement