Page 1

FARROUPILHA

|

ANO XI

| EDIÇÃO 529

| 16 DE MARÇO DE 2018 |

R$ 3,00

CICS abre cardápio do ano Juliana Inês Casa Barbieri

Como tradicionalmente ocorre, prefeito Claiton Gonçalves foi o responsável por inaugurar mais um ano do Almoçando com a CICS, quinta, no Parque dos Pinheiros Política, página 12


2

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

BOLA AO ALTO

Etapa Farroupilha da LSB: Taça Informante 10 Anos em disputa Onze equipes estão envolvidas na competição que abre calendário do basquete amador serrano neste sábado e domingo com o triangular do Feminino, a partir das 9h30min (veja tabela de jogos na página ao lado). No Masculino, a Associação de Basketball de Caxias do Sul (Abacs) atua com dois times, o Adulto e o Sub17, na parceria com a UCS, além do Farroupilha Ballers, Old Boys de Taquara, Os Barrigas de Bento Gonçalves, AGB Richmond de Guaporé, San Luís Spartans de Canoas e Texas Prado de Ipê e Antônio Prado. No Feminino, Abacs Master, Sogipa Master, de Porto Alegre, e o Ceat/Bira, de Lajeado. A coordenação e organização do evento está a cargo do professor Flávio Manara, da LSB e Abacs. A Etapa Farroupilha conta com apoio da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude, TGA, Pizzetti Engenharia Estrutural, Power Mídia e Rivelare.

Ramon Cardoso

O

começo da temporada do basquete amador na Serra Gaúcha acontece neste fim de semana. A Etapa Farroupilha: Taça Jornal Informante 10 Anos, a primeira do ano organizada pela Liga Serrana de Basquete (LSB), movimenta o sábado e domingo do Complexo Esportivo do Parque Cinquentenário. Ao todo, 11 times participam da disputa: oito no Masculino e três no Feminino. Entre os homens, as partidas iniciam no sábado à tarde, a partir das 13h, com a fase classificatória, disputada em dois quadrangulares e jogos dentro de cada grupo. Os dois primeiros avançam para a fase semifinal com cruzamento olímpico (1º de A x 2º de B e 1º de B x 2º de A), que ocorre no domingo, intercalado

Abnegado da causa basqueteira Professor Flávio mobilizou equipes desde fevereiro para a etapa que inaugura a temporada


3

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

Fase classificatória da Etapa Farroupilha (Masculino)

X

1ª Rodada Grupo B

1ª Rodada Grupo A

Sábado, a partir das 13h, no Complexo Esportivo do Parque Cinquentenário

X

X

Semifinais e finais da Etapa Farroupilha (Masculino) Domingo, a partir das 9h30min, no Cinquentenário

X

Confronto

1º de A x 2º de B 1º de B x 2º de A

3º lugar

Perdedores dos duelos acima

2ª Rodada Grupo B

X X

3ª Rodada Grupo B

3ª Rodada Grupo A

2ª Rodada Grupo A

X

X

Triangular da Etapa Farroupilha (Feminino) Domingo, a partir das 10h30min, no Cinquentenário

X

Final

X

Vencedores dos duelos acima

X X X X

X


4

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

Da Improbidade Partilha de Bens Grupo de Direito Atividade que inaugurou calendário aconteceu na última terça, no Instituto dos Advogados do Rio Grande do Sul

O

tradicional Grupo de Estudos de Direito de Família do Instituto dos Advogados do Rio Grande do Sul (IARGS) realizou a abertura de suas atividades de 2018 com palestra de uma de suas diretoras, a advogada Liane Bestetti. Ela explanou o tema “Da Improbidade Conjugal na Partilha de Bens”. Liane destacou, inicialmente, que no Brasil os homens ainda são os detentores da pessoa jurídica com causa lesa à mulher na partilha de bens. Conforme apontou a advogada, a maior parte das fraudes é originada por maridos ou companheiros. Em um relacionamento que se aproxima do fim, as partes começam a contrabalançar suas colaborações para a aquisição dos bens partilháveis. A diretora do IARGS advertiu que o artigo 978 do Código Civil (CC) permitiu ao empresário alienar os imóveis que integram o patrimônio da empresa ou gravá-los sem a necessidade da outorga marital ou uxória, qualquer que seja o regime de casamento, facilitando, assim, a administração empresarial. No entanto, preveniu que a permissão deste artigo alcança expressamente o inciso I, do artigo 1.647 do CC e, implicitamente,

o inciso II, dispensando a presença do cônjuge para pleitear (como autor/réu) acerca de bens imóveis e direitos decorrentes, não alcançando os outros dois incisos. No que se refere à fraude, Liane frisou que, juridicamente, trata-se de uma lesão causada por uma conduta desleal. No plano conjugal, a fraude é geralmente praticada por um dos cônjuges em momento anterior ao divórcio, fazendo desaparecer bens comuns para, durante a partilha, restar poucos para dividir. A advogada aponta que é um ato ardiloso, de má-fé e uma afronta direta ao princípio da igualdade na partilha de bens, sustentando o posicionamento alicerçado no artigo 2.017 do CC. Explanou que o cônjuge fraudador abusa de uma sociedade já existente ou de uma empresa criada exclusivamente com o objetivo de desenvolver a fraude. “Um dos fatores que obstaculiza a evidência da fraude é a possibilidade dos bens comunicáveis saírem do patrimônio de forma legítima”, informou Liane. Em relação aos tipos de fraudes societárias, a advogada citou os seguintes: transformação do tipo de sociedade (exemplo de quotas anônimas); fraude empresarial na sucessão (quando há a transmissão de bens a determinados herdeiros na forma so-


5

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

Conjugal na abre ano do de Família

Divulgação IARGS

Largada de 2018 Liane realizou a palestra inaugural do Grupo de Estudos de Direito de Família

cietária de forma oculta); interposta pessoa (exemplo da compra de imóvel em nome de um terceiro por meio de contrato particular sem escritura e registro imobiliário); alteração no estatuto social com a redução das quotas/ patrimônio da sociedade (alienação é materializada em dinheiro, tornando-se fácil sua ocultação ou aquisição de bens em nome de terceiros); e retirada do cônjuge da sociedade (utiliza-se meio ilícito e inidôneo exclusivamente para lesar o meeiro). Por fim, destacou ainda a fraude

por formação de dívidas contraídas após a separação de fato e especificou que somente as dívidas comuns são exigíveis aos cônjuges, desde que comprovadas que foram contraídas em prol da família. Como soluções possíveis para detectar a fraude, Liane mencionou a prova pericial e desconstituição da personalidade jurídica como os mais eficazes meios para detectar as fraudes perpetradas e recuperar os bens comunicáveis. Nesse sentido, referiu o artigo 50 do CC.


6

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

Quando o poder público auxilia No Brasil, via de regra, o poder público quase sempre é sinônimo de lerdeza, incompetência e má vontade na prestação de qualquer tipo de serviço. E isso é particularmente dramático à medida que o Estado é gigante, ou seja, se depende e muito dele para uma série de atividades. A burocracia é uma chaga que assola o País e o joga num cenário de atraso onde todos saem perdendo, inclusive o próprio Estado que, com sua inércia, deixa de arrecadar recursos. Porém, o sistema parece tão vi-

ciado que é difícil até mesmo conceber que o simples seja feito. Quando é, vira um acontecimento. Em resumo: o que deveria ser a regra passa acaba por ser a exceção. O momento de retomada econômica que o Brasil parece estar ingressando poderia ser muito mais célere se o poder público contribuísse. No município, a implantação de procedimentos objetivos e rápidos na emissão de alvarás, por exemplo, permitiu que, somente em janeiro e fevereiro, 190 empresas iniciassem

suas atividades, conforme os dados da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda (veja matéria na Editoria de Economia, na página ao lado). Ainda que parte significativa seja de Micro Empreendedores Individuais, os MEIs, o número é altamente positivo e, não resta dúvida que os processos de desburocratização servem como uma espécie de cartão de visita para atrair novos investimentos ao município. Farroupilha, por si só, conta com inúmeros atrativos. Sua localização,

uma matriz econômica altamente diversificada, mão de obra qualificada, índices de violência praticamente nulos, boa qualidade de vida, apenas para citarmos os mais considerados por quem pretende aqui investir. São atributos que já pesam a favor da cidade. Se a eles for acrescida uma prestação de serviço público sem amarras e destravada, a tendência natural é que os positivos números verificados no bimestre sejam permanentes. Uma realidade que trará benefícios a toda comunidade.

OPINIÃO

Viva com gratidão! Ezequiel Dal Pozzo * Gratidão tem a ver com reflexão e pensamento. Quem pensa percebe que a vida tem muitas coisas boas. Posso ser agradecido por tantas realidades. Perceber pequenas coisas, um gesto de um amigo, um feliz encontro, uma palavra que toca e conforta o coração. Mas, o que ganho com a gratidão? Mesmo diante de coisas não tão boas, o que me traz a gratidão? Quando somos agradecidos vamos nos dando conta que não somos uma ilha. Somos um conjunto de relacionamento com

muitas outras pessoas. Delas recebemos muitas coisas e também doamos daquilo que somos aos outros. Quando percebemos isso tomamos consciência de nós mesmos e percebemos que não podemos viver sozinhos. É através das outras pessoas que nosso “eu” toma forma. Sem os outros não poderíamos viver. Ao reconhecermos o outro, também podemos reconhecer a Deus. Diante de Deus a melhor oração que pode existir é a gratidão. Reconhecer Nele o fundamento de tudo o que existe, do amor e do bem e a Ele dizer: “muito obrigado”. A pessoa ingrata fica diminuída. Ela não

Índice

Editorial

Matéria Especial..........................................Páginas 2 e 3 Editorial e Opinião.....................................Página 6 Economia ........................................................Páginas 7 e 8 Cidade ..............................................................Páginas 9 a 11 Política ...........................................................Páginas 12 e 13 Educação ........................................................Página 14 Esporte ...........................................................Páginas 15 e 17 a 19

Inside

Especial........................................................... Capa Cinemas ........................................................... Páginas 2, 8 e 9 Beleza ..............................................................Página 3 Gustavo Pimentel ........................................ Página 4 Agenda............................................................. Página 4 Dia da Mulher ...............................................Página 5 Guilherme Macalossi .................................Página 5 Social .............................................................. Páginas 6 e 7 Armando Wartha......................................... Página 8 Lauro Edson Da Cás....................................Página 9 Sétima Arte .................................................... Páginas 10 e 11 Horóscopo..................................................... Contracapa Saúde, Beleza & Estética ..........................4 páginas Guia dos CEPs ...............................................4 páginas Classificados ................................................8 páginas Dia da Mulher Farroupilhense ..............8 páginas

consegue perceber as possibilidades importantes que existem. Pessoas ingratas são desagradáveis. Melhor não ter nada para tratar com elas. Com elas nos sentimos mal. Parece que nada vai satisfazê-las, porque elas não são agradecidas por nada. A gratidão, ao contrário, transforma a vida. A pessoa passa a perceber a vida com outros olhos. Em todas as situações enxerga motivos para agradecer. Claro, o que não se pode é exigir gratidão dos outros como um dever. Também não se pode agradecer as coisas ruins que existem no mundo. O que é ruim é ruim. Devemos

REDAÇÃO - REDACAO@JORNALINFORMANTE.COM.BR JULIANA INÊS CASA BARBIERI JULIANA@JORNALINFORMANTE.COM.BR RAMON CARDOSO RAMON@JORNALINFORMANTE.COM.BR ROCHELI CAMARGO ROCHELI@JORNALINFORMANTE.COM.BR

combater o mal e não agradecer por ele. A gratidão não ignora o mal. Percebe o mal e o combate, mas não se fixa nele. Quem é grato vai alargando o campo de percepção para perceber o bem que há na vida. No bem, na beleza, no pôr do sol, no sorriso da criança, na mão estendida, vai encontrando motivos para viver e se alegrar. Seja grato por acordar, por poder respirar ar puro, pela saúde, pela família e trabalho. Seja agradecido especialmente por poder reconhecer a presença de Deus e contar com seu amor. * Padre

LOGÍSTICA - LOGISTICA@JORNALINFORMANTE.COM.BR LUIZ CARLOS DE ANDRADE LUIZ@JORNALINFORMANTE.COM.BR

ASSINATURAS - ASSINATURAS@JORNALINFORMANTE.COM.BR

COMERCIAL - COMERCIAL@JORNALINFORMANTE.COM.BR FABIANO LUIZ GASPERIN GASPERIN@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARIA DA GRAÇA POTRICOS LEITE MARIA@JORNALINFORMANTE.COM.BR VALÉRIA GASPERIN VALERIA@JORNALINFORMANTE.COM.BR

ASSINATURA BIENAL: R$ 240,00 ASSINATURA ANUAL: R$ 140,00

TELEFONES (54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203

ENDEREÇO

ANÚNCIOS - ANUNCIOS@JORNALINFORMANTE.COM.BR ALEXANDRE FRANCISCO MACHADO ALEXANDRE@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARCELO BORTAGARAY MELLO MARCELO@JORNALINFORMANTE.COM.BR TIAGO RODRIGUES DA SILVA TIAGO@JORNALINFORMANTE.COM.BR

RUA DR. JAIME ROMEU RÖSSLER, 348, BAIRRO PLANALTO

COLUNISTAS ARMANDO WARTHA CRÔNICAS DA REDAÇÃO DOLORES MAGGIONI FABRÍCIO OLIBONI

FINANCEIRO - FINANCEIRO@JORNALINFORMANTE.COM.BR KELI DE ALMEIDA MACIEL KELI@JORNALINFORMANTE.COM.BR

GUILHERME MACALOSSI GUSTAVO PIMENTEL LAURO EDSON DA CÁS PAULO ROQUE GASPARETTO

A manifestação dos colunistas é livre e independente e não necessariamente reflete a opinião do Tabloide sobre os temas abordados nas colunas

@PaperInformante www.jornalinformante.com.br

/jornalinformante


7

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

NÚMEROS PROMISSORES

Bimestre com 190 novas empresas Facilidades na emissão de alvarás faz com que muitos empresários optem por estabelecer negócios em Farroupilha Conforme aponta, praticamente todo dia a pasta recebe alguém prospectando algum tipo de negócio. A parceria da prefeitura com o Sebrae, por exemplo, auxilia na obtenção de números altamente positivos e recordes para o recorte em questão. A grande maioria são de Micro Empreendedores Individuais (MEIs) que acabaram criando seu próprio negócio por verem nele uma alternativa viável ou pelo fato de terem perdido o emprego no período de crise e enxugamento do quadro funcional das empresas. “Mesmo assim é um número que nos surpreendeu. A diversificação na matriz econômica farroupilhense também ajuda e muito neste processo. Não há setor da indústria, comércio ou serviço que não seja oferecido no município”, avalia Roque. Os números ao lado (veja quadro) são atualizados diariamente na Secretaria, o que permite uma análise e avaliação mais precisa do cenário na cidade.

Inaugurando na cidade nesta sexta sua 10ª filial no Rio Grande do Sul, a Kinho Modas, do empresário Odair Cechin, iniciou os trabalhos antes mesmo do prazo inicialmente previsto por conta das facilidades na obtenção da documentação necessária. “Tivemos uma surpresa muito agradável com a agilidade. Nos surpreendeu. Foi tudo muito fácil, prático e rápido. Pela experiência em outros municípios, imaginávamos que seria mais difícil”, apontou o empresário, que comanda o empreendimento, que

tem sede em Anta Gorda, desde sua fundação, em 1991. No município vai gerar cerca de 10 empregos diretos e possui 100 no quadro total. “Fizemos uma pesquisa de mercado e Farroupilha tem um potencial ótimo. Claro que o comércio é muito forte, mas estamos chegando à cidade para buscar nosso espaço e ser mais uma opção para o consumidor”, destacou Cechin. A Kinho Modas está instalada na Júlio de Castilhos, 771, antiga Lojas Colombo, no Centro, e trabalha com moda adulto.

Fotos: Ramon Cardoso

S

e ainda restava alguma dúvida de que 2018 será um ano de retomada na economia, os números apresentados pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda reforçam a tendência que aponta para uma saída definitiva do período de recessão que se arrastou ao longo dos últimos três anos. “No ano passado já tivemos números animadores comparando Farroupilha com outros municípios da região, o Estado e o País, mas os dados deste início de ano sinalizam para uma plena recuperação. O mercado está mais otimista e claro que um serviço ágil na abertura de empresas, um serviço desburocratizado, de emissão de alvarás mais rápido do País, como o que temos aqui, contribui para este cenário”, comentou o secretário Roque Severgnini. Foram 190 empresas abertas em janeiro e fevereiro.

Desburocratizado Serviços oferecidos facilitam vida de quem deseja empreender

Dados de janeiro e fevereiro

Alvarás de baixo e médio risco emitidos em 24h: 95,3% Total de alvarás em 24h (incluindo alto risco): 88,3% Total de alvarás em 48h (incluindo alto risco): 93,9% Empresas abertas no primeiro bimestre de 2018: 190 MEIs abertos no primeiro bimestre de 2018: 118 (62%) Baixas no primeiro bimestre de 2018: 36 (12 MEIs) Saldo de abertura de empresas no primeiro bimestre de 2018: 154 Total de empreendimentos ativos em 2018: 6205 Empresas da cidade com mais de 3 anos de atividade: 72% Empresas da cidade com mais de 5 anos de atividade: 50%

“Foi uma surpresa muito agradável” Sem transtornos Empresário celebrou rápido trâmite para registro de seu comércio na cidade


8

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

GASTRONOMIA

Praça volta a ser das Milanesas Edição abre temporada de venda de pães e grostolis do Clube de Mães que, em 2018, completa 25 anos de fundação Divulgação

V

ai ter cheirinho bom por Nova Milano, no 4º Distrito, neste sábado. Aquele aroma de pão quentinho e grostoli fresquinho que estarão sendo comercializados na praça da localidade, numa iniciativa do Clube de Mães As Milanesas. É a primeira edição do ano do “El dì del pan e dei grostoli”, depois do período de férias. A comercialização será das 9h às 18h, sendo que os pães serão vendidos a partir das 11h. A iniciativa acontece sempre no terceiro sábado de cada mês. Parte do valor arrecadado no ano é revertido para instituições, sendo que em 2017 foram beneficiados o Hospital São Carlos, projeto Mão Amiga, Recanto das Borboletas, Escola Santa Cruz, entre outras entidades e famílias. O Clube tem 32 integrantes e em agosto completará 25 anos de fundação, sendo que um evento especial está sendo planejado. A presidente é Maria Inês Bampi e a vice é Clara Pasqual.

Mães Milanesas Grupo vende seus produtos neste sábado, na Praça de Nova Milano

Programe-se O que: El dì del pan e dei grostoli – venda de pães e grostolis Quando: neste sábado, das 9h às 18h, sendo que a venda de pão é a partir das 11h Onde: Praça da Imigração Italiana de Nova Milano (4º Distrito) Quanto: pão é R$ 6,00 e o pacote de grostoli R$ 7,00 (com 10 unidades)


9

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

PARCERIA SEDIMENTADA

Por um Sistema S fortalecido Serviços Social do Comércio e da Aprendizagem Comercial buscam estreitar laços para atuação comunitária mais próxima Alto Feliz, Antônio Prado, Boa Vista do Sul, Carlos Barbosa, Coronel Pilar, Feliz, Garibaldi, Imigrante, Ipê, Nova Pádua, Nova Roma do Sul, São Vendelino, Vale Real e Westfália. O Sesc Farroupilha iniciou suas atividades na cidade em 29 de junho de 2005. “Temos muitos objetivos em comum. Quanto mais conseguirmos estreitar esse relacionamento, melhor. Com a graduação no ensino a distância, passamos a oferecer todos os níveis de educação”, salientou Evandra, que atua no Senac Farroupilha há 14 anos, sendo os últimos cinco na direção. A nova sede da entidade, inaugurada em maio do ano passado, possibilitou melhora considerável na prestação dos serviços ofertados pela unidade que atende, além de Farroupilha, outros cinco municípios: Alto Feliz, Bom Princípio, Feliz, São Vendelino e Vale Real.

Fabiano Gasperin

G

erente do Serviço Social do Comércio (Sesc) e diretora do Serviço Nacional da Aprendizagem Comercial (Senac), Grasiela Maria Savi e Evandra Scottá possuem uma amizade de longa data, fortalecida nos diversos encontros em que a agenda do Sistema S é debatida de maneira conjunta. Neste início de 2018, a dupla pretende estreitar ainda mais esses laços. “Nossa meta é de aproximar Sesc e Senac. Somos entidades prima-irmãs e quanto mais unirmos forças, mais forte será o Sistema S. Nosso trabalho está voltado a aproximar a comunidade dos serviços oferecidos”, salientou Grasi, que está no Sesc desde seu estabelecimento no município. A Unidade Farroupilhense é responsável por atender 14 municípios:

Cooperação Grasi, do Sesc, e Evandra, do Senac, buscam aproximar as entidades que representam


10

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

TECNOLOGIA MÓVEL

Agora no Transit Aplicativo detalha rotas e mapeia transporte público municipal Divulgação

Q

uem utiliza transporte coletivo em Farroupilha agora conta com uma facilidade: o aplicativo Transit, que é gratuito, e disponibiliza os horários das linhas, previsão de chegada e saída, roteiros e outras informações. Foi desenvolvido por projeto coletivo encabeçado pela ONG norte-americana Caravan Studios e seus parceiros: Instituto Federal, Biblioteca Pública Municipal Olavo Bilac, Secretaria Municipal de Educação e Bento Transportes. O aplicativo está disponível para os sistemas iOS e Android. Farroupilha é a primeira

Palma da mão Consulta facilitada permite que usuários tenham informações completas

cidade do Brasil e América do Sul a estar no Transit, presente em diversos Países. O lançamento do aplicativo foi na noite de terça, no salão nobre da prefeitura. O foco da ONG é desenvol-

Obituário

Alguém quer me adotar? Grandão tem um ano e meio e já conheceu as dificuldades das ruas. Abandonado, foi recolhido, mas precisa de um lar e de atenção. Interessados em adotá-lo podem manter contato pelo fone 981.663.349.

ONG dos Peludos

10 de março Luciano Lima da Silva, 74 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal; Maria da Glória Dutra Ribeiro, 77 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 11 de março Manoel Henrique De Souza, 90 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 12 de março Idalino Ferri, 75 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza. 13 de março Luiza Pagnussat, 87 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza. 14 de março Jenny Colombo, 91 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de Forqueta, em Caxias do Sul.

ver Apps de demandas oriundas da comunidade, sendo que alunos do Instituto Federal coletaram as informações que foram compiladas pela empresa americana Trillium Transit Solutions.

Importante: a ONG dos Peludos informa que não serão doados cães para ficarem presos e correntes.


11

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

PAGAMENTO

IPTU tem 1ª parcela para maio Os 35 mil carnês serão distribuídos no próximo mês, mas é importante manter-se atento às datas de vencimento do imposto Arquivo Jornal Informante

Q

uem quer aproveitar o desconto de até 17% e pagar o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) em cota única a data limite é 7 de maio, quando vence também a primeira parcela. Os carnês estão em fase de produção e começarão a ser distribuídos no próximo mês. Já para quem parcelar, a data dos vencimentos ficarão ainda para 7 de junho, 6 de julho, 7 de agosto, 6 de setembro e 8 de outubro. A correção monetária do imposto neste ano foi de 2,59%, seguindo a inflação. Os carnês do IPTU poderão ser pagos pela internet, caixas eletrônicos do Banco do Brasil, Banrisul, Sicredi, Santander e Caixa Econômica Federal, estabelecimentos conveniados com a Caixa, lotéricas e outros sistemas, dependendo do valor da guia. Vale ressaltar que é importante manter atualizado o cadastro imobiliário, sendo que a prefeitura já iniciou o levantamento e recadastramento do setor, atingindo cerca de 1,2 mil imóveis. As vistorias resultaram num aumento de 73,5 mil metros quadrados a mais na base de dados. O recadastramento está tendo continuidade em 2018.

IPTU em dia Índice de reajuste foi de 2,59% e o vencimento da cota única será em 7 de maio

IPTU Solidário é novidade

A partir deste ano os contribuintes de Farroupilha poderão destinar até 5% do imposto devido a uma entidade sem fins lucrativos da cidade, por meio do IPTU Solidário. Entidades como o Hospital Beneficente São Carlos, instituições culturais, desportivas e outras sem fins lucrativos poderão ser beneficiadas. Pela média de arrecadação dos últimos anos, o recurso pode chegar a R$ 500 mil divididos pelas entidades pré-aprovadas pelo município e indicadas pelos contribuintes.


12

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

ALMOÇANDO COM A CICS

“Qual o futuro que queremos?” Saúde, educação, habitação, turismo e economia foram citadas pelo prefeito para formar a sociedade do amanhã Farroupilha um ano antes do início da campanha nacional. Reforçou a importância de garantir para as crianças uma alimentação de qualidade, uma nutrição balanceada nas escolas, além de bons professores e ensino de referência. “Quase 70% das habitações de Farroupilha não tem regularização do Habite-se, é preciso fazer justiça tributária”, reforçou ainda o chefe do Executivo. “Precisamos pensar Farroupilha sempre de forma sustentável. O futuro está dentro de nós”, considerou. Papel do turismo e economia no cenário local “Farroupilha tem o alvará mais rápido do Brasil, com 95% dos casos liberados em 24 horas”, frisou o prefeito, como um dos grandes ganhos para investir na cidade (veja matéria na Editoria de Eco-

Juliana Inês Casa Barbieri

“O

meu é importante quando ele está contido dentro do nosso, é assim que vivemos em sociedade. Então qual o futuro que queremos, quais são os seus sonhos?”, questionou o prefeito Claiton Gonçalves no evento Almoçando com a CICS, no Restaurante Parque dos Pinheiros, na quinta, que reuniu lideranças políticas e empresariais. Claiton falou sobre investimentos contínuos na saúde, educação, economia, em infraestrutura, habitação e turismo que alicerçam o desenvolvimento do município. Lembrou as seis unidades básicas construídas, o aporte mensal para o Hospital São Carlos, o Telecentro de Oftalmologia e a vacina contra o HPV que foi aplicada em

Desafio Claiton propõe mudar de conceito e avançar na construção da cidade do futuro

nomia, na página 7). Citou a remodelação da festa símbolo, a Festa Nacional do Kiwi (Fenakiwi), atualizando as potencialidades do município que tem pouco de sua economia pautada na produção da fruta, mas que é a maior pro-

dutora de uvas moscatéis do Brasil. Lembrou a finalização do projeto Caminhos de Caravaggio que é uma proposta diferenciada e que atrairá inúmeros visitantes. “O que estamos fazendo que não estamos construindo

aqui um grande shopping que tenha cinema, supermercado, lojas, agência de veículos? A gente está esperando o que?”, provocou os empresários presentes, garantindo que a economia local é sólida o bastante para receber o investimento.


13

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

Clóvis Tartarotti recebeu uma visita especial na semana passada. Prefeito do município pela Arena de 1973 a 1976, recebeu um trio de secretários. Sezínio Portolan (Obras), Zenei Bertolazzi Cardoso (Educação) e Basílio Pasa (Fazenda) e Romeo Rigo, que era líder do partido na Câmara de Vereadores. O encontro foi pautado pela emoção e o ex-prefeito não segurou as lágrimas ao rever sua linha de frente do Executivo e Legislativo. Tartarotti está com 96 anos e fará 97 em maio. Seu filho Renato apropriadamente registrou o momento.

O sucesso de sempre na justa homenagem

Fotos: Ramon Cardoso

Sessão mais concorrida do ano na Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton, a solene em homenagem à Mulher Farroupilhense mais uma vez lotou as dependências da Câmara de Vereadores no início desta semana. Se quase faltou espaço para o público, sobrou emoção entre as homenageadas. Caderno Especial que circula nesta Edição traz a cobertura completa da festa.

Lotado Poder Legislativo Farroupilhense ficou pequeno para a sessão solene mais prestigiada do ano

Renato Tartarotti

‘Velha Guarda’ da Arena em visita ao prefeito

Recordar é viver Portolan, Cardoso, Pasa e Rigo em visita a Tartarotti: um dia para relembrar os áureos tempos da clássica política farroupilhense

Partido Novo firma pé na cidade

O economista Frederico Cosentino esteve na Câmara de Vereadores na quarta à noite, em evento aberto ao público para uma apresentação do Partido Novo. O resultado, segundo Frederico (que irá concorrer a deputado federal pela legenda, assim como o caxiense Mauricio Marcon, também presente no encontro) foi positivo. “Tivemos novas filiações e o grupo está bastante motivado para trabalhar para consolidar o Novo na cidade. Já estamos agendando um novo encontro e marcando agenda para nosso pré-candidato Mateus Bandeira”. O ex-CEO da Falconi Consultores e ex-presidente do Banrisul deve concorrer ao Palácio Piratini. Também no evento, o advogado Maurício Bianchi sugeriu a vinda de Bandeira em um Almoçando com a CICS.

Propostas Frederico falou sobre as diretrizes gerais que norteiam a recente sigla, que busca se diferenciar da grande maioria das legendas


14

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

MÚSICA

Ensino no embalo do Ticalatum Aulas iniciam segunda e intenção é montar uma Orquestra Jovem com alunos do 3º ano do Fundamental ao Ensino Médio experimental é gratuita. “Surgiu para atender diversas crianças e jovens que não têm acesso a aulas de música com profissionais qualificados, tendo o objetivo de formar uma Orquestra Estudantil que é muito conhecida nos colégios dos Estados Unidos e Europa. Acredito que será a primeira orquestra com este formato na Serra”, considera Marcelo Freitas, criador do projeto e professor da Escola Pública de Música. Serão disponibilizados violão, contrabaixo, flauta doce, flauta transversal, saxofone, clarinete, piano, escaleta, bateria, percussão, entre outros instrumentos para uso dos participantes. Não é necessário ter experiência com música. Contato pelo e-mail ticalatum@gmail.com ou via WhatsApp (51) 999.979.749, com Marcelo.

Divulgação

N

inguém questiona a importância da música na formação das crianças e jovens. É com esse entendimento que surge a proposta do Colégio Nossa Senhora de Lourdes (CNSL), juntamente com os músicos Marcelo Freitas, Rodrigo Ziliotto e Maurício Farinon, por meio do Projeto Ticalatum. São aulas de música para alunos do 3º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio, sendo abertas a estudantes de todas as escolas. Inicia na próxima segunda, com opção de três horários: às 11h, às 13h30min e às 17h45min. Para participar o curso é R$ 30,00 a matrícula e R$ 75,00 a mensalidade e será uma hora por semana. A aula

Para crianças e jovens Músicos Rodrigo, Maurício e Marcelo são os professores do projeto

Programe-se O que: Ticalatum – Educação Musical com Arte Quando: aulas às segundas, às 11h, às 13h30min e às 17h45min Onde: Colégio Nossa Senhora de Lourdes (CNSL) Quanto: matrícula R$ 30,00 e mensalidade R$ 75,00


15

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

CBF Divulgação

No Quadrangular Final

Com a Seleção Brasileira Sub-17 em San Juan, na Argentina, Rafaela Levis Marostica passou a 1ª fase do Sul-Americano da categoria. A equipe venceu o Equador por 1 a 0, a Argentina por 2 a 0 e assegurou a classificação ao triunfar sobre o Peru por 3 a 0, com duas assistências da atleta farroupilhense. No último jogo da fase, o Brasil perdeu para a Colômbia por 1 a 0. Agora, aguarda a definição das finalistas do outro pentagonal para a disputa do Quadrangular Final. A estreia na fase decisiva é na próxima segunda. Rafa atuou em todas as partidas e contra o Peru saiu no time titular. Detalhe, a jovem tem 15 anos.

Bocha Tiro e Ponto

Com cinco equipes, o Torneio Roque Líris Ornaghi (em memória) inicia neste sábado. Os times jogam em turno e returno e os quatro melhores avançam às semifinais. A rodada de abertura marca os duelos entre Sócios do Aldeia x Vinhedos e Rancho de Gaudérios x Aldeia Farroupilha. Os confrontos iniciam às 13h30min. O Veteranos do Rancho folga nesta rodada inaugural.

Bochas 48 mais tarde

Já às 16h começa o Torneio Zeno Pessin (patrono) de Bochas 48, que conta com 11 equipes. São seis times na Chave A e cinco na B. Os duelos ocorrem dentro de cada divisão, em turno e returno, habilitando os quatro primeiros para os cruzamentos da fase de quartas de final. A 1ª rodada assinala, na Chave A, os enfrentamentos entre Nik’s Bar x Bar do Galo, Bar do Alemão x Bar do André e, por fim, Amigos da Bocha x Bar Belvedere. Pela B, Bar do Radinho x Bar do Muth e Nossa Senhora de Fátima x Turchetto’s Bar. O Veteras Bar é quem folga na rodada de abertura.

Buscando um lugar no time Rafa, em pé, ao lado da goleira, foi titular contra a Seleção Peruana e pifou duas companheiras para a construção da goleada por 3 a 0 que assegurou a classificação do Brasil: a partir da próxima segunda começa a etapa decisiva do Sul-Americano

Trilhas e Montanhas

O município recebe, neste sábado, cerca de 1,2 mil atletas, mais precisamente na localidade de Linha Müller, no 3º Distrito, para a 1ª etapa do Campeonato Gaúcho de Corrida em Trilhas e Montanhas, que a qualifica como a maior prova de corridas de percursos não urbanos do Sul e uma das maiores do Brasil. A disputa ocorre em três distâncias: 6, 12 e 26 quilômetros. Em todos os trajetos os atletas passarão por baixo da Cascata do Salto Ventoso.

Trilhas e Montanhas II

Quem desejar prestigiar os atletas e acompanhar a concentração, ela acontece no ginásio da comunidade de Linha Müller, que contará com estacionamento, segurança e serviço de bar durante todo o dia. A primeira largada acontece às 13h30min e a última às 14h30min. A premiação ocorre a partir das 16h. A prova é uma realização da L&E Eventos, com patrocínio da Caixa Econômica Federal e apoio da Secretaria de Turismo, Corsan, Comunidade de Linha Müller, AFEI e Polli Materiais de Construção.


16

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

SAQUE E VOLEIO

CTSG chega ao Giovana com a 10ª Copa Hermelu de Tênis Clube farroupilhense é o anfitrião da 2ª etapa da temporada e busca chegar à liderança do Circuito da Serra Gaúcha

C

erca de 190 tenistas são esperados na cidade para a disputa da 2ª etapa do Circuito de Tênis da Serra Gaúcha: 10ª Copa Hermelu de Tênis. O Giovana Campo Clube é o anfitrião da sequência da competição, que acontece neste e no próximo final de semana. Metade dos tenistas vai à quadra a partir desta sexta até o domingo. No fim de semana de abertura serão disputadas as categorias Infantis, 2ª e 4ª Classe Masculino, Sênior 35-A, 55 Anos e 2ª Classe do Feminino. O município estará representado por 45 tenistas, divididos entre os dois finais de semana da disputa. O Giovana tem trabalhado nos últimos dias para bem receber os atletas.

Classificação do CTSG (cinco primeiros)

1º) Caça e Pesca Santo Humberto, de Bento Gonçalves: 5.075 pontos 2º) Giovana Campo Clube, de Farroupilha: 4.850 pontos 3º) Recreio da Juventude, de Caxias do Sul: 3.225 pontos 4º) Tênis Santa Teresa, de Vacaria: 3.200 pontos 5º) Clube Integração, de Garibaldi: 2.375 pontos “A etapa é sempre uma das mais prestigiadas do calendário e, justamente por isso, muito disputada, com tenistas vindos de toda a Serra e até mesmo contando com competidores avulsos de cidades como Carazinho e Porto Alegre”, relata Daniel Travi Pandolfo, responsável pelo Departamento de Tênis do clube farroupilhense. A meta do Giovana é chegar à liderança. Está em 2º após a etapa inicial, realizada no Clube Caça e Pesca Santo Humberto, de Bento Gonçalves, justa-

mente atrás do mandante, ou seja, o fator local sempre pesa (veja classificação do CTSG acima). “Devido à importância do Circuito, precisamos contar com uma estrutura adequada, não somente física, onde hoje temos cinco quadras em perfeitas condições, mas principalmente de pessoas responsáveis pela organização e andamento do torneio. Para isso, contaremos com seis pessoas em tempo integral, para manutenção das quadras, atualização on-

line dos resultados e programação dos jogos”, explica Daniel. O ano é especial, já que o Giovana está completando 35 de história e o CTSG irá mostrar aos visitantes, sejam atletas ou espectadores, a revitalização pela qual o clube está passando. Os jogos são abertos ao público em geral e iniciam nesta sexta, a partir das 18h, e conta novamente com a Hermelu Esportes como patrocinadora. “É nosso papel sempre desenvolver e incentivar as diversas práticas esportivas realizadas na cidade, ainda mais as disputas de tênis realizadas no Giovana, que primam pela organização. É importante também para sedimentar ainda mais a marca junto à comunidade”, citou o empresário André Bisol, diretor da Hermelu.


18

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

Reagir SEGUNDONA GAÚCHA

é preciso Brasil encara o Passo Fundo na segunda, às 20h, nas Castanheiras, em busca da primeira vitória na Segundona

A

Brasil

pós uma estreia que deixou boa impressão na torcida, a performance do Brasil em seu primeiro jogo como visitante não foi das melhores. A equipe não teve boa atuação diante do Esportivo, na Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves, e além de tudo contou com uma infelicidade. Ao tentar cortar um escanteio, o centroavante Hamílton acabou marcando contra o gol do triunfo do alviazul pelo placar mínimo. Na próxima segunda o rubro-verde volta a campo, quando recebe o Passo Fundo, às 20h, nas Castanheiras, em busca do primeiro triunfo na competição estadual, em um período em que iniciam as partidas no meio de sema-

na, já que pela 4ª rodada, o duelo é novamente em casa, contra o Glória, na próxima quinta. Ou seja, uma sequência que deve ser bem aproveitada se o time quiser deixar a incômoda posição atual, na vice lanterna do Grupo B. “Contamos com um elenco muito jovem, com média de idade de 22 anos, mas temos que absorver a pressão. Estamos trabalhando com honestidade, lealdade e esperamos logo a conquista dos três pontos”, comentou o técnico Fernando Agostini. A vantagem que terá em relação à rodada anterior é a manutenção da equipe, já que muitos atletas acabaram ingressando no BID para o duelo em Bento Gonçalves. Por conta disso, uma melhora no entrosamento é esperada. “Vamos encarar o Passo Fundo, que é um time muito experiente e também vem de um resultado negativo (derrota para o União em Frederico Westphalen), ou seja, vem a Farroupilha em busca de pontos. É uma partida que certamente vai ser decidida no detalhe, talvez em um confronto individual. Todas as equipes estão muito niveladas”, salientou Agostini.


19

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

Ramon Cardoso

Segundona (resultados da 2ª rodada – Grupo B)

Para desencantar Ataque do Brasil, com o centroavante Hamílton e o ponta João Pedro, foi praticamente inoperante em Bento Gonçalves, ainda não chegou às redes e precisa encontrar o caminho delas se quiser avançar na tabela

1X0

0X1

Montanha dos Vinhedos (Bento Gonçalves)

Altos da Glória (Vacaria)

2X0

2X0

Arena União (Frederico Westphalen)

19 de Outubro (Ijuí)

Segundona Gaúcha (confrontos da 3ª rodada – Grupo B)

X

X Time base Jean Léo Vacaria Benhur Vinícius Diego Santos Vanderson Júlio César Juninho Botelho Gustavo Moura João Pedro Hamílton Técnico Fernando Agostini

Time base Villa Diogo Bahia Ludwig Miller Alan Bald Thiago Costa Nattan Paim Juninho Chimbica Léo Guerreiro Técnico Rodrigo Ferrari

Sábado, às 16h Montanha dos Vinhedos (Bento Gonçalves)

X Sábado, às 16h Colosso da Lagoa (Erechim)

X

Local/Data/Hora: Castanheiras, em Farroupilha, segunda, às 20h

Domingo, às 14h Carlos Schwingler (Igrejinha)

Segundona Gaúcha – Classificação do Grupo B Equipe

P

J

V

E

D

GM GS SG

1)

União

4

2

1

1

0

2

0

2

2)

Ypiranga

4

2

1

1

0

1

0

1

Esportivo

4

2

1

1

0

1

0

1

4)

Tupi

3

2

1

0

1

3

2

1

5)

Glória

3

2

1

0

1

1

1

0

6)

Passo Fundo

3

2

1

0

1

2

3

-1

7)

Brasil

1

2

0

1

1

0

1

-1

8)

Igrejinha

0

2

0

0

2

0

3

-3


Imagem: Reprodução

Sessão solene mais prestigiada do ano no Legislativo abriu semana de reverência às farroupilhenses Caderno Especial

Foco na final do Miss RS

Renata Ester Agazzi representa Farroupilha na eliminatória do principal concurso de beleza do Estado Inside, página 3

Divulgação

Piquenique musical

Tenor Alexandre Borges e soprano Liziane Rufatto se apresentam no Parque Inside, página 5

ECONOMIA

Números apontam para um bimestre de retomada

Dados da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda registram a abertura de 190 empresas no período Página 7 e Editorial

Tradição de volta

Milanesas abrem temporada de venda de pães e grostolis Editoria de Economia, página 8

Basquete movimenta o fim de semana Etapa Farroupilha: Taça Jornal Informante 10 Anos, organizada pela LSB, agita o Cinquentenário neste sábado e domingo Matéria Especial, páginas 2 e 3

Silas Abreu

Mulheres homenageadas


CEPs

Parte integrante da Edição 529. Não pode ser vendido separadamente

16 de março de 2018

Os novos CEPs farroupilhenses Como ocorreram muitos pedidos de informação sobre a mudança no Código de Endereçamento Postal do município, que deixou de contar com 1 e passou a ter 825, decidimos republicar o Caderno Especial que circulou em dezembro passado

A

95178-226 A (Industrial) 95181-486 A (M. Verde) 95178-346 Abramo Dal Molin (M. Pasqual) 95173-292 Abramo Feltrin (Belvedere) 95181-178 Achylles Fernando Bonfanti até 669/670 (1º de Maio) 95181-212 Achylles Fernando Bonfanti de 671/672 ao fim (1º de Maio) 95176-296 Adelina Ângela Faé Guerra até 269 - lado ímpar (Cruzeiro) 95176-170 Adelina Ângela Faé Guerra até 270 - lado par (S. Catarina) 95176-250 Adelina Ângela Faé Guerra de 271 ao fim - lado ímpar (Cruzeiro) 95176-234 Adelina Ângela Faé Guerra de 272 ao fim - lado par (S. Catarina) 95170-798 Adolfo Bartelle (São Luiz) 95171-066 Adolfo Bartelle (S. Francisco) 95181-476 Afonso Fernandes de Mattos até 899/900 (M. Verde) 95181-624 Afonso Fernandes de Mattos de 901/902 ao fim (M. Verde) 95176-306 Agostinho Rossi (Cruzeiro) 95174-132 Ajuricaba até 109/110 (N. Vicenza) 95174-202 Ajuricaba de 111/112 ao fim (Cinquentenário) 95177-400 Alberto F. dos Reis (Ipanema) 95179-036 Alberto Matte até 299/300 (América) 95179-088 Alberto Matte de 301/302 ao fim (América) 95173-044 Albino João Fetter (B. Vista) 95180-152 Albino Melotto (Imigrante) 95171-140 Alceu Rufatto (S. Francisco) 95181-410 Alcides Bartelli (M. Verde) 95174-130 Alecrim (N. Vicenza) 95174-210 Alecrim (Cinquentenário) 95178-174 Alegrete (Industrial) 95179-030 Aléssio Cauduro até 303/304 (América) 95179-038 Aléssio Cauduro de 305/306 a 699/700 (América) 95178-224 Aléssio Cauduro de 701/702 ao fim (Industrial) 95180-408 Alexandre Bartelle até 619/620 (São José) 95180-366 Alexandre Bartelle de 621/622 ao fim (São José) 95177-046 Alexandre José Tróglio (Medianeira) 95174-042 Alexandre Sachet (N. Vicenza) 95176-168 Alexandre Sachet (S. Catarina) 95176-294 Alexandre Sachet (Cruzeiro)

95170-778 Alfonso Menegotto (São Luiz) 95172-078 Alfonso Menegotto (Vicentina) 95170-228 Alfredo Klein (Parque) 95177-390 Alfredo Raimundo Horn (Ipanema) 95181-590 Alice Gasperin (M. Verde) 95174-354 Alício Octávio Maioli (Cinquent.) 95174-128 Alpestre (N. Vicenza) 95171-124 Altamir Carlos Nervo (S. Francisco) 95173-280 Amadeu Cotta (Belvedere) 95178-035 Amadeu Dalla Riva (Industrial) 95174-230 Amandio Mendes Maciel (Cinquent.) 95178-158 Amantino Bonetto (Industrial) 95178-170 Amaro Azevedo (Industrial) 95179-032 Ambrósio Crippa até 299/300 (América) 95179-090 Ambrósio Crippa de 301/302 ao fim (América) 95178-322 Ambrósio Pasqual até 729/730 (M. Pasqual) 95178-402 Ambrósio Pasqual de 731/732 a 99997/99998 (M. Pasqual) 95173-296 Amélia Bampi (Belvedere) 95171-148 Amélia Grendene (S. Francisco) 95177-354 Ana Lúcia Turra (Ipanema) 95181-480 André Antônio Pezzi até 899/900 (M. Verde) 95181-620 André Antônio Pezzi de 901/902 ao fim (M. Verde) 95178-212 André Colombo (Industrial) 95179-034 André Colombo (América) 95171-030 André de Conto (S. Francisco) 95174-046 André Pezzi (N. Vicenza) 95176-314 André Pezzi (Cruzeiro) 95170-492 Angelo Antonello (Centro) 95172-012 Ângelo Bartelle (Vicentina) 95177-202 Ângelo Damiani (Centenário) 95176-298 Angelo Faé até 259/260 (Cruzeiro) 95176-260 Angelo Faé de 261/262 ao fim (Cruzeiro) 95178-480 Angelo Fanton (Alvorada) 95173-316 Ângelo Felix Mugnol, Dom (Belvedere) 95180-478 Ângelo Ferronatto (São José) 95180-020 Angelo Gardini lado ímpar (V. Grande) 95181-014 Angelo Gardini lado par (S. Antônio) 95170-782 Ângelo Mário Schenatto (São Luiz) 95172-072 Ângelo Mário Schenatto (Vicentina) 95179-148 Ângelo Pezzi (América) 95179-264 Ângelo Rebelatto (América) 95180-054 Ângelo Rigatti (V. Grande) 95178-330 Ângelo, Santo até 699/700 (M. Pasqual) 95178-406 Ângelo, Santo -

de 701/702 ao fim (M. Pasqual) 95177-116 Ângelo Venzon (Medianeira) 95178-040 Anibal Zanfelice (Industrial) 95174-226 Ansélio Sachet (Cinquentenário) 95172-033 Anselmo Quaresmin (Vicentina) 95176-020 Antão de Jesus Batista (São Roque) 95174-352 Anthenor Ornaghi (Cinquent.) 95178-206 Antônio Benevenutti (Industrial) 95170-098 Antônio Corte (Pio X) 95180-484 Antônio Covolan (São José) 95180-394 Antônio Feltrin (São José) 95181-340 Antônio Fioravante Pedó (M. Verde) 95181-172 Antônio Grendene até 669/670 (1º de Maio) 95181-214 Antônio Grendene de 671/672 ao fim (1º de Maio) 95179-260 Antônio Guerra (América) 95181-478 Antônio Henkemaier até 899/900 (M. Verde) 95181-622 Antônio Henkemaier de 901/902 ao fim (M. Verde) 95181-332 Antônio Minella (M. Verde) 95177-026 Antônio Nervo (Medianeira) 95181-168 Antônio Sachet até 669/670 (1º de Maio) 95181-202 Antônio Sachet de 671/672 ao fim (1º de Maio) 95176-106 Antônio Tedesco (S. Catarina) 95176-162 Aquilino Negri (S. Catarina) 95174-124 Aratiba (N. Vicenza) 95170-460 Arcangelo Chiele até 269/270 (Centro) 95170-608 Arcangelo Chiele de 271/272 a 749/750 (São Luiz) 95170-718 Arcangelo Chiele de 751/752 ao fim (São Luiz) 95178-326 Arcangelo Milesi até 699/700 (M. Pasqual) 95178-404 Arcangelo Milesi de 701/702 ao fim (M. Pasqual) 95174-092 Arcides Gardini (N. Vicenza) 95171-006 Arciso Silvestrin (S. Francisco) 95179-006 Arcolino Andrea Foresti (América) 95170-062 Ardelino Pozza (Pio X) 95170-110 Ardelino Sabóia Courtois até 69/70 (Pio X) 95180-068 Ardelino Sabóia Courtois de 71/72 ao fim (V. Grande) 95172-003 Argens de Medeiros (Vicentina) 95171-144 Ari Reginatto (S. Francisco) 95170-810 Armando Antonello, Av. (São Luiz) 95172-063 Armando Antonello, Av. (Vicentina) 95174-325 Armando Cláudio Hansen (Cinquent.) 95177-392 Arminio Avelino Bortolossi (Ipanema) 95176-292 Armiro Antônio Palavro (Cruzeiro)

B

95174-134 Arno Domingos Busetti, Prefeito, Av. (N. Vicenza) 95174-200 Arno Domingos Busetti, Prefeito, Av. (Cinquentenário) 95181-066 Arquimedes Perottoni (S. Antônio) 95181-170 Arquimedes Perottoni (1º de Maio) 95179-188 Arsídio Dionysio Somacal (América) 95178-190 Arthur Perottoni (Industrial) 95174-232 Arthur Weirich Sobrinho (Cinquent.) 95180-398 Ary Zanonatto (São José) 95176-024 Assis Brasil (São Roque) 95170-452 Atílio Zaniol (Centro) 95181-378 Attilio Biaggio Massignan (M. Verde) 95177-248 Attilio Sebastião Todesco (Centen.) 95181-180 Augusto Crippa até 677/678 (1º de Maio) 95181-204 Augusto Crippa de 679/680 ao fim (1º de Maio) 95174-214 Augusto Lino Breitembach (Cinquent.) 95173-022 Augusto Pessin (B. Vista) 95174-122 Augusto Pestana (N. Vicenza) 95178-334 Augusto, Santo até 699/700 (M. Pasqual) 95178-408 Augusto, Santo de 701/702 ao fim (M. Pasqual) 95181-336 Aurora Argentina Dalla Riva Tartarotti - até 619/620 (M. Verde) 95181-370 Aurora Argentina Dalla Riva Tartarotti - de 621/622 ao fim (M. Verde) 95181-046 Avelino Viero (S. Antônio) 95181-062 Avelino Viero, Travessa (S. Antônio) 95179-186 Baldizar Maggioni (América) Barão - Veja pelo nome seguinte 95174-120 Barracão (N. Vicenza) 95176-026 Bassano (São Roque) 95170-156 Baumgartner, Prefeito (Parque) 95180-314 Bazílio Chiele (Imigrante) 95177-114 Beluno até 549/550 (Medianeira) 95177-036 Beluno de 551/552 ao fim (Medianeira) 95171-136 Benito José Fattori (S. Francisco) 95171-060 Bento Geraldo Pigozzi (S. Francisco) 95180-162 Bento Gonçalves (Imigrante) 95176-410 Bernardo Sipp (S. Rita) 95178-144 Bom Jesus (Industrial) 95178-214 Bom Princípio (Industrial) 95177-242 Bonorino Butelli, Doutor (Centen.) 95170-113 Borges de Medeiros (Pio X) 95178-336 Borja, São - até 699/700 (M. Pasqual) 95178-410 Borja, São de 701/702 ao fim (M. Pasqual) 95180-180 Bortolo Grendene (Imigrante)


2

C

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

95173-042 Brasília (B. Vista) 95177-108 Bruno Broilo (Medianeira) 95180-488 Cacequi (São José) 95174-048 Cachoeirinha (N. Vicenza) 95176-176 Cachoeirinha (S. Catarina) 95176-258 Cachoeirinha (Cruzeiro) 95178-045 Caetano Feltrin (Industrial) 95177-104 Caetano Grendene (Medianeira) 95177-152 Caetano Grendene (Centenário) 95170-086 Camilo Brasileiro (Pio X) 95174-110 Campo Bom (N. Vicenza) 95174-224 Cândido Acauan (Cinquent.) 95178-198 Canela (Industrial) 95181-414 Canguçu (M. Verde) 95171-022 Canoas (S. Francisco) 95171-120 Carazinho (S. Francisco) 95181-166 Carlos Alberto Rovatti (1º de Maio) 95178-146 Carlos Barbosa (Industrial) 95179-050 Carlos Baretta (América) 95170-456 Carlos Beltrami (Centro) 95170-616 Carlos Beltrami (São Luiz) 95172-069 Carlos Beltrami (Vicentina) 95177-204 Carlos Buscaino (Centenário) 95170-101 Carlos Egger (Pio X) 95180-480 Carlos Fanton (São José) 95170-464 Carlos Fetter (Centro) 95172-042 Carlos Fetter (Vicentina) 95180-250 Carlos Fetter (Imigrante) 95170-790 Carlos Maggioni (São Luiz) 95181-338 Carlos Nelson Bach (M. Verde) 95179-016 Carlos Pacini (América) 95180-410 Casca (São José) 95170-218 Castro Alves (Parque) 95173-032 Catarina, Santa até 669/670 (B. Vista) 95173-056 Catarina, Santa de 671/672 ao fim (B. Vista) 95171-063 Catuípe (S. Francisco) 95177-180 Caxias do Sul (Centenário) 95171-028 Celestina Arsego (S. Francisco) 95179-082 Celestino Tomazo Signori (América) 95170-308 Cenira Eunice Cambruzzi (Planalto) 95171-020 Cerro Largo (S. Francisco) 95176-164 Cézar José Francischini até 449/450 (S. Catarina) 95176-232 Cézar José Francischini de 451/452 ao fim (S. Catarina) 95170-332 Cibelli, Vereador (Planalto) 95173-366 Clemente Ângelo Moroni (Belvedere) 95173-054 Colorado (B. Vista) 95173-314 Colorado (Belvedere) 95173-050 Condor (B. Vista) 95173-364 Condor (Belvedere) 95173-046 Constantina (B. Vista) 95177-350 Constantino Firmino Concatto (Ipanema) 95178-112 Constantino Gomes (Industrial) Coronel - Veja pelo nome seguinte 95174-034 Cosme Fiorini, Padre (N. Vicenza) 95174-090 Craudino Fontanella (N. Vicenza) 95176-350 Craudino Fontanella (S. Rita) 95173-058 Cristiano Antônio Frederico Fetter (B. Vista) 95173-306 Cristiano Antônio Frederico Fetter (Belved.) 95170-104 Cristóvão Faria de Lima até 219/220 (Pio X) 95180-064 Cristóvão Faria de Lima de 221/222 ao fim (V. Grande) 95180-066 Cruz Alta (V. Grande)

D

95181-184 Dalcy Ferrari de Andrade até 669/670 (1º de Maio)

E

95181-242 Dalcy Ferrari de Andrade de 671/672 ao fim (1º de Maio) 95176-430 Dalva Leonilla Cesca Ruaro (S. Rita) 95179-144 Damião Colombo (América) 95179-142 Dante Pedro Malinverno até 559/560 (América) 95179-080 Dante Pedro Malinverno de 561/562 ao fim (América) 95176-302 Dante Sérgio Maccari (Cruzeiro) 95173-284 Darci Luiz Venzon (Belvedere) 95181-162 Delmo Kerber (1º de Maio) 95170-276 Deodoro da Fonseca, Mal. (Parque) 95170-300 Deodoro da Fonseca, Mal. (Planalto) 95170-412 Deodoro da Fonseca, Mal. (Centro) 95176-018 Deodoro da Fonseca, Mal. (S. Roque) 95176-070 Deodoro Weissheimer, Av. (S. Roque) 95177-038 Deodoro Weissheimer, Av. (Median.) 95173-300 Deolindo Varisco (Belvedere) 95170-053 Dionísio Massignani, Padre (Pio X) 95180-056 Dionísio Massignani, Padre (V. Grande) Dom - Veja pelo nome seguinte 95174-030 Domênico Fin (N. Vicenza) 95176-002 Domênico Fin (São Roque) 95176-100 Domênico Fin (S. Catarina) 95176-304 Domênico Fin (Cruzeiro) 95177-040 Domênico Fin (Medianeira) 95171-075 Domingo Silvestrin (S. Francisco) 95174-206 Domingos Bridi Filho (Cinquenten.) 95173-026 Domingos Mazzoco (B. Vista) 95181-596 Domingos Pedro Buttelli (M. Verde) 95178-228 Domingos Roncatto (Industrial) Dona - Veja pelo nome seguinte Doutor - Veja pelo nome seguinte 95171-128 Dyonisio Balthassar Maggioni (S. Francisco) 95181-032 Edgar João Antônio Malinverno (S. Antônio) 95181-334 Edgide Alquatti Fagherazzi (M. Verde) 95174-218 Edmundo Fuhr (Cinquentenário) 95174-300 Edmundo Hilgert (Cinquentenário) 95178-192 Eduardo Pratti (Industrial) 95180-332 Edwino Blauth (Imigrante) 95172-105 Egídio Zamboni (Vicentina) 95181-482 Elisa Weissheimer Fetter até 899/900 (M. Verde) 95181-602 Elisa Weissheimer Fetter de 901/902 ao fim (M. Verde) 95173-038 Emílio Fetter (B. Vista) 95170-762 Emílio Theodomiro Denicol (S. Luiz) 95174-272 Emílio Tisatto (Cinquentenário) 95170-770 Emílio Weissheimer (São Luiz) 95178-200 Encantado (Industrial) 95173-430 Ênio Joaquim Beltrami de 1/2 a 369/370 (Belvedere) 95173-362 Ênio Joaquim Beltrami de 371/372 ao fim (Belvedere) 95176-174 Erechim (S. Catarina) 95176-112 Ernesto Fetter (S. Catarina) 95177-028 Ernesto Fetter (Medianeira) 95170-068 Ernesto Tonet (Pio X) 95170-065 ERS-122 (Pio X) 95170-260 ERS-122 (Parque) 95177-130 ERS-122 (Medianeira) 95177-150 ERS-122 (Centenário) 95177-330 ERS-122 (Ipanema) 95178-000 ERS-122 (Industrial) 95178-300 ERS-122 (M. Pasqual) 95179-000 ERS-122 (América) 95180-010 ERS-122 (V. Grande) 95181-010 ERS-122 (Sto Antônio) 95181-530 ERS-122 (M. Verde) 95176-160 Erval (S. Catarina)

F

95176-114 Esmeralda (S. Catarina) 95176-104 Espumoso (S. Catarina) 95176-110 Esteio (S. Catarina) 95180-490 Eugênio de Nardi (São José) 95174-212 Eugênio Valentini (Cinquent.) 95173-424 Eulália Olympia Zamboni (Belvedere) 95180-402 Eulalia Rovatti (São José) 95181-210 Evandro Casagrande (1º de Maio) 95173-422 Ezelino José João Beria (Belvedere) 95180-166 Faustino Gomes (Imigrante) 95178-204 Faustino José Paese (Industrial) 95173-144 Faustino Soprana (B. Vista) 95178-194 Felipe Tomas Chesini (Industrial) 95180-288 Felisbino Franschini (Imigrante) 95178-220 Feliz (Industrial) 95177-042 Ferdinando Jaconi (Medianeira) 95178-030 Fernando João Bartelle (Industrial) 95178-196 Fioravante Bonetto (Industrial) 95173-428 Firmino Dalzochio (Belvedere) 95179-140 Florentino Luiz Perottoni até 539/540 (América) 95179-084 Florentino Luiz Perottoni de 541/542 ao fim (América) 95180-284 Flores da Cunha (Imigrante) 95170-420 Floriano Peixoto, Marechal (Centro) 95176-050 Francisco Balbinot lado ímpar (São Roque) 95177-000 Francisco Balbinot lado par (Medianeira) 95179-020 Francisco Baretta até 529/530 (América) 95179-046 Francisco Baretta de 531/532 ao fim (América) 95170-758 Francisco de Cesaro (São Luiz) 95173-132 Francisco Frozi (B. Vista) 95181-282 Frederico Antônio Gandolfi (1º de Maio) 95180-316 Fridolino Althaus (Imigrante)

95176-300 Giovani Zanonatto (Cruzeiro) 95177-184 Giruá (Centenário) 95170-794 Giusepe Garibaldi (São Luiz) 95174-032 Godofredo Santoro (N. Vicenza) 95180-244 Gonçalves Dias lado ímpar (Imigrante) 95170-528 Gonçalves Dias lado par (Centro) 95178-218 Gramado (Industrial) 95179-040 Gramado (América) 95177-100 Gravataí (Medianeira) 95177-062 Guaíba (Medianeira) 95178-156 Guaporé (Industrial) 95177-024 Guerino Antônio Giuliatto (Medianeira) 95177-398 Guerino de Momi (Ipanema) 95173-124 Guerino Pola (B. Vista) 95177-208 Guerino Tartarotti (Centenário) 95170-348 Guido Lovatto (Planalto) 95180-266 Guilherme Attílio Montovani Neto (Imigrante) 95172-051 Guilherme Engers até 759/760 (Vicentina) 95172-144 Guilherme Engers de 761/762 ao fim (Vicentina) 95170-320 Guilherme Tartarotti (Planalto) 95180-154 Guilherme Tomaz Vedovelli (Imigrante)

H

G

95180-164 Gabriel Puhl (Imigrante) 95178-412 Gabriel, São até 699/700 (M. Pasqual) 95178-338 Gabriel, São de 701/702 ao fim (M. Pasqual) 95173-052 Garibaldi (B. Vista) General - Veja pelo nome seguinte 95179-002 Generino Romani (América) 95171-002 Generoso David (S. Francisco) 95177-356 Gentil Avelino Borsoi (Ipanema) 95171-072 Genuíno Fontanella (S. Francisco) 95180-326 Geoachino Silvestrin (Imigrante) 95178-344 Germano Crippa (M. Pasqual) 95181-154 Germano Osmarini (1º de Maio) 95181-484 Gerônimo Franceschini (M. Verde) 95170-116 Getúlio Vargas até 199/200 (Pio X) 95180-070 Getúlio Vargas de 201/202 ao fim (V. Grande) 95170-220 Giacomo Brutomezzo (Parque) 95172-030 Giacomo Fiorencio Broilo (Vicentina) 95174-204 Giacomo Mandelli Sobrinho (Cinquentenário) 95178-494 Giacomo Valentin Luchese, Prefeito (Alvorada) 95181-160 Gilberto Broilo (1º de Maio) 95174-002 Giocondo Luiz Damin (N. Vicenza) 95180-320 Giovani Chies até 109/110 (Imigrante) 95180-390 Giovani Chies de 111/112 ao fim (São José) 95174-038 Giovani Zanonatto (N. Vicenza) 95176-166 Giovani Zanonatto (S. Catarina)

I

95179-004 Heitor Fontanella (América) 95174-220 Henrique Venzon (Cinquentenário) 95177-352 Herbert Curt Haupt (Ipanema) 95171-024 Hilário Hilgert (S. Francisco) 95180-354 Honorino Pandolfo até 599/600 (São José) 95180-334 Honorino Pandolfo de 601/602 ao fim (Imigrante) 95170-710 Horácio Madalosso (São Luiz) 95172-156 Horácio Madalosso (Vicentina) 95177-056 Horizontina (Medianeira) 95178-430 Hortêncio Maioli (M. Pasqual) 95177-052 Humaitá (Medianeira) 95178-142 Humberto Bertuol (Industrial) 95170-272 Humberto de Alencar Castelo Branco (Parque) 95174-006 Humberto Jaconi até 889/890 (N. Vicenza) 95174-040 Humberto Jaconi de 891/892 ao fim (N. Vicenza) 95177-058 Ibiaçá (Medianeira) 95177-112 Ibiraiaras (Medianeira) 95176-014 Ibirubá (São Roque) 95170-264 Ijuí (Parque) 95181-560 Imigrantes, Av. dos (M. Verde) 95170-166 Independência (Parque) 95170-436 Independência (Centro) 95170-774 Independência (São Luiz) 95178-070 Indústrias, Av. das (Industrial) 95173-030 Isabel, Princesa (B. Vista) 95170-714 Isidoro Alfredo Marchetto (São Luiz) 95172-154 Isidoro Alfredo Marchetto (Vicentina) 95181-244 Isidoro Farinon (1º de Maio) 95173-120 Isidoro Marcos Chiele (B. Vista) 95181-186 Itacyr Raimundo Zatti até 659/660 (1º de Maio) 95181-246 Itacyr Raimundo Zatti de 661/662 ao fim (1º de Maio) 95177-402 Itália (Ipanema) 95181-030 Ítalo Germano Bergamo (S. Antônio) 95172-006 Ítalo Zanella (Vicentina) 95170-266 Itaqui (Parque) 95172-108 Itto Fetter (Vicentina)


3

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

J

95171-132 Ivanor Felicetti (S. Francisco) 95170-268 Ivoti (Parque) 95173-282 Izabel Italina Gramilha Faé (Belvedere) 95170-858 Jacinto Capeletti (São Luiz) 95177-244 Jacob Alberto Brentano (Centenário) 95170-352 Jacob Zucco (Planalto) 95181-174 Jacomina Veronese até 669/670 (1º de Maio) 95181-208 Jacomina Veronese de 671/672 ao fim (1º de Maio) 95178-492 Jacomo Calabria (Alvorada) 95177-034 Jaguari (Medianeira) 95170-356 Jaime Rossler, Doutor (Planalto) 95170-080 Jerônimo, São (Pio X) 95170-766 João Abílio Werner (São Luiz) 95172-057 João Albino Bender até 639/640 (Vicentina) 95172-075 João Albino Bender de 641/642 ao fim (Vicentina) 95173-090 João Antônio Letti Júnior (B. Vista) 95173-342 João Barbizan (Belvedere) 95177-396 João Batista Minella (Ipanema) 95178-230 João Batista Molon (Industrial) 95180-292 João Batista, São (Imigrante) 95180-370 João Batista Scalabrini, Dom (São José) 95170-162 João Beux (Parque) 95173-420 João Calabria, São até 359/360 (Belvedere) 95173-344 João Calabria, São de 361/362 ao fim (Belvedere) 95174-118 João Carlos Frederico Fetter (Nova V.) 95175-410 João Cônego Cordeiro (S. Marcos) 95178-176 João Fabbro Filho (Industrial) 95178-434 João Fabbro Filho (M. Pasqual) 95178-450 João Fabbro Filho (Alvorada) 95170-746 João Farinon (São Luiz) 95171-004 João Farinon (S. Francisco) 95172-148 João Farinon (Vicentina) 95181-040 João Gardini (S. Antônio) 95178-490 João Grendene, Prefeito (Alvorada) 95171-012 João Luiz Cauduro (S. Francisco) 95179-008 João Maggioni (América) 95173-128 João Milesi (B. Vista) 95170-520 João Nervo (Centro) 95176-006 João Risson (São Roque) 95179-022 João Roso - até 299/300 (América) 95179-018 João Roso - de 301/302 ao fim (América) 95176-226 João Settin (S. Catarina) 95170-532 João XXIII, Papa até 449 - lado ímpar (Centro) 95170-854 João XXIII, Papa até 620 - lado par (São Luiz) 95180-280 João XXIII, Papa de 451 a 943 - lado ímpar (Imigrante) 95170-866 João XXIII, Papa de 622 a 944 - lado par (São Luiz) 95180-494 João XXIII, Papa de 945 ao fim - lado ímpar (São José) 95171-000 João XXIII, Papa de 946 ao fim - lado par (S. Francisco) 95180-132 João Zanonatto (V. Grande) 95180-184 João Zanonatto (Imigrante) 95172-087 Joaquim Beal (Vicentina) 95170-312 Joaquim Nabuco (Planalto) 95174-270 Jorge Zanatta (Cinquentenário) 95176-030 José Achiles Colombo (São Roque) 95177-394 José Alexandre Gazzoni (Ipanema) 95179-184 José César Mantovani (América) 95170-408 José Dalla Riva até 599/600 (Centro) 95170-214 José Dalla Riva -

L

de 601/602 ao fim (Parque) 95171-069 José Eugênio Trubian (S. Francisco) 95181-042 José Fitarelli (S. Antônio) 95170-328 José Francischini (Planalto) 95170-224 José Gasperin (Parque) 95180-318 José Gildo Pereira Dias (Imigrante) 95170-468 José Hilghert (Centro) 95170-726 José Hilghert (São Luiz) 95172-102 José Leão Zamboni (Vicentina) 95178-340 José Maioli até 699/700 (M. Pasqual) 95178-414 José Maioli de 701/702 ao fim (M. Pasqual) 95181-474 José Olinto Volpini até 899/900 (M. Verde) 95181-626 José Olinto Volpini de 901/902 ao fim (M. Verde) 95177-358 José Pegoraro (Ipanema) 95174-208 José Pergher (Cinquentenário) 95170-270 José Reginatto (Parque) 95180-282 José Rizzo - até 471 lado ímpar (Imigrante) 95180-392 José Rizzo - até 470 lado par (São José) 95180-350 José Rizzo - de 472 ao fim lado par (São José) 95180-322 José Rizzo - de 473 ao fim lado ímpar (Imigrante) 95170-722 José Sachet (São Luiz) 95171-018 José Sachet (S. Francisco) 95172-152 José Sachet (Vicentina) 95177-206 José Tossin (Centenário) 95173-312 Josué Antônio Minella (Belvedere) 95181-374 Josué Valandro (M. Verde) 95180-160 Júlio de Castilhos até 547 - lado ímpar (Imigrante) 95170-504 Júlio de Castilhos até 692 - lado par (Centro) 95170-508 Júlio de Castilhos de 549 a 691 - lado ímpar (Centro) 95170-480 Júlio de Castilhos de 693/694 a 1089/1090 (Centro) 95170-424 Júlio de Castilhos de 1091/1092 a 1399/1400 (Centro) 95170-448 Júlio de Castilhos de 1401 a 1871 - lado ímpar (Centro) 95170-364 Júlio de Castilhos de 1402 a 1570 - lado par (Planalto) 95172-009 Júlio de Castilhos de 1572 a 1872 - lado par (Vicentina) 95172-039 Júlio de Castilhos de 1873/1874 a 2349/2350 (Vicentina) 95172-084 Júlio de Castilhos de 2351/2352 ao fim (Vicentina) 95177-200 Júlio Sonaglio (Centenário) 95177-050 Lajeado (Medianeira) 95176-222 Léo José Travi (S. Catarina) 95180-262 Leonardelli, Santo (Imigrante) 95176-178 Leôncio Prestes dos Santos (S. Cat.) 95181-038 Leopoldo David Malinverno (S. Ant.) 95181-470 Leopoldo dos Santos (M. Verde) 95178-154 Leopoldo, São (Industrial) 95178-172 Libres Gaviraghi (Industrial) 95177-246 Lidia Freitas Travi (Centenário) 95181-070 Lino Zanonatto (S. Antônio) 95181-164 Lino Zanonatto (1º de Maio) 95170-316 Lombardia, Travessa (Planalto) 95170-786 Loreno Gasperin (São Luiz) 95180-328 Lourdes Guerra (Imigrante) 95173-294 Luciano Courtois até 379/380 (Belvedere) 95173-310 Luciano Courtois -

de 381/382 ao fim (Belvedere) 95181-286 Lucindo Lodi (1º de Maio) 95181-300 Lucindo Lodi (M. Verde) 95170-730 Ludovico Merlin (São Luiz) 95171-016 Ludovico Merlin (S. Francisco) 95172-150 Ludovico Merlin (Vicentina) 95173-024 Luigi Gaviraghi (B. Vista) 95173-034 Luigi Sperafico (B. Vista) 95170-862 Luiz Busetti até 185/186 (São Luiz) 95170-612 Luiz Busetti de 187/188 a 599/600 (São Luiz) 95172-060 Luiz Busetti de 601/602 ao fim (Vicentina) 95179-262 Luiz Caetano Brambilla (América) 95174-228 Luiz Chies (Cinquentenário) 95174-116 Luiz Fagherazzi (N. Vicenza) 95177-210 Luiz Giacomel (Centenário) 95179-146 Luiz Onzi (América) 95170-536 Luiz Ornaghi (Centro) 95170-814 Luiz Ornaghi (São Luiz) 95171-026 Luiz Ornaghi (S. Francisco) 95173-290 Luiz Pigozzi (Belvedere) 95178-116 Luiz Roso (Industrial) 95176-108 Luiz Rufatto (S. Catarina) 95180-310 Luiz Sebben (Imigrante) 95181-380 Luiz Zanfelice (M. Verde) 95181-592 Luiz Zangalli (M. Verde)

95180-470 Muçum (São José)

N

95170-336 Napoli (Planalto) 95176-308 Natal João Cesca (Cruzeiro) 95170-122 Nataly Valentini (Pio X) 95170-150 Nataly Valentini (Parque) 95170-500 Nataly Valentini (Centro) 95176-116 Navílio Gasperin (S. Catarina) 95180-352 Nisio Lumbieri (São José) 95178-202 Nonoai (Industrial) 95180-252 Nova Petrópolis (Imigrante)

O

M

95180-220 Machadinho (Imigrante) 95180-294 Machadinho, Travessa (Imigrante) 95178-110 Manoel Pasqual (Industrial) 95178-416 Manoel Pasqual (M. Pasqual) 95178-484 Manoel Pasqual (Alvorada) 95170-092 Manoel Zangalli (Pio X) 95178-152 Marau (Industrial) 95181-068 Marcelino Mauri (S. Antônio) 95180-260 Marcilio Rizzon (Imigrante) 95176-004 Marcos Benvenutti (São Roque) 95176-102 Marcos Tonin (S. Catarina) 95177-044 Marcos Tonin (Medianeira) Marechal - Veja pelo nome seguinte 95172-066 Maria Alquatti Zanella (Vicentina) 95181-152 Maria Higina Gardini (1º de Maio) 95172-045 Maria Mocellini até 649/650 (Vicentina) 95172-146 Maria Mocellini de 651/652 ao fim (Vicentina) 95178-114 Maria, Santa (Industrial) 95178-400 Maria, Santa (M. Pasqual) 95181-344 Marilice Pessin Haubert (M. Verde) 95180-360 Marina Zini Soprana (São José) 95170-056 Marino Chiele (Pio X) 95174-320 Mário Ely (Cinquentenário) 95177-022 Martim Ramgrab (Medianeira) 95173-304 Martins de Cesaro (Belvedere) 95180-178 Mata (Imigrante) 95180-358 Maximiliano Thomaz Dorigon (S. José) 95179-190 Miguel, Estrada para São (América) 95178-488 Millo Ornaghi (Alvorada) 95173-040 Minas Gerais (B. Vista) 95180-176 Miraguaí (Imigrante) 95181-372 Moacir José Bassotto (M. Verde) 95179-026 Modesto Piccoli até 303/304 (América) 95179-096 Modesto Piccoli de 305/306 ao fim (América) Monsenhor - Veja pelo nome seguinte 95174-010 Monte Grappa até 99/100 (N. Vicenza) 95176-008 Monte Grappa de 101/102 ao fim (São Roque) 95178-148 Montenegro (Industrial)

P

95173-136 Odila L. Malinverno Tartarotti (B. Vista) 95174-012 Odilon Pratti até 911 - lado ímpar (N. Vicenza) 95176-000 Odilon Pratti até 912 - lado par (São Roque) 95174-036 Odilon Pratti de 913 ao fim - lado ímpar (N. Vicenza) 95176-312 Odilon Pratti de 914 ao fim - lado par (Cruzeiro) 95173-048 Olavo Bilac (B. Vista) 95173-302 Olavo Bilac (Belvedere) 95179-048 Olavo Cavalcanti (América) 95173-340 Olga Ramos Brentano (Belvedere) 95176-016 Olmate (São Roque) 95173-308 Onorino Faé (Belvedere) 95170-524 Onze de Dezembro (Centro) 95181-376 Orlando Victor Varaschini (M. Verde) 95174-094 Orlindo Meneghel (N. Vicenza) 95176-230 Orlindo Pedro Faé (S. Catarina) 95176-256 Oscar Bertholdo até 449/450 (Cruzeiro) 95176-224 Oscar Bertholdo de 451/452 ao fim (S. Catarina) 95170-059 Osório, General (Pio X) 95180-170 Pacífica, Dona (Imigrante) 95177-054 Padova (Medianeira) Padre - Veja pelo nome seguinte 95180-168 Paim Filho até 335 - lado ímpar (Imigrante) 95170-516 Paim Filho até 370 - lado par (Centro) 95180-240 Paim Filho de 337 a 979 - lado ímpar (Imigrante) 95180-256 Paim Filho de 372 a 980 - lado par (Imigrante) 95180-264 Paim Filho de 981/982 a 1849/1850 (Imigrante) 95180-406 Paim Filho de 1851/1852 ao fim (São José) Papa - Veja pelo nome seguinte 95173-036 Paraná (B. Vista) 95179-110 Pascoal Crippa (América) 95181-200 Pasqual Paraboni (1º de Maio) 95170-540 Paulo Broilo, Av. (Centro) 95170-600 Paulo Broilo, Av. (São Luiz) 95172-048 Paulo Broilo, Av. (Vicentina) 95180-254 Paulo Broilo, Av. (Imigrante) 95177-182 Paulo Ferrari (Centenário) 95180-482 Paulo Radaelli (São José) 95172-096 Paulo, São (Vicentina) 95173-148 Paulo Tartarotti (B. Vista) 95173-250 Paulo Tartarotti (Belvedere) 95180-134 Pedro Antonello (V. Grande) 95180-186 Pedro Antonello (Imigrante) 95181-158 Pedro Antonello (1º de Maio) 95179-024 Pedro Arrosi até 399/400 (América) 95179-042 Pedro Arrosi -


4

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

de 401/402 ao fim (América) 95180-130 Pedro Fagherazzi (V. Grande) 95180-182 Pedro Fagherazzi (Imigrante) 95180-072 Pedro Gardini lado ímpar (V. Grande) 95180-156 Pedro Gardini lado par (Imigrante) 95174-114 Pedro Giacomet (N. Vicenza) 95170-119 Pedro Grendene (Pio X) 95180-052 Pedro Grendene (V. Grande) 95180-158 Pedro Grendene (Imigrante) 95170-089 Pedro II, Dom (Pio X) 95176-236 Pedro José Dalsóchio (S. Catarina) 95176-252 Pedro José Dalsóchio (Cruzeiro) 95180-412 Pedro Koff até 625/626 (São José) 95180-368 Pedro Koff de 627/628 ao fim (São José) 95180-362 Pedro Mandelli (São José) 95173-060 Pedro Marchetto (B. Vista) 95173-298 Pedro Marchetto (Belvedere) 95181-044 Pedro Osório (S. Antônio) 95176-010 Pedro Padovan (São Roque) 95178-320 Pedro Pasqual Filho (M. Pasqual) 95173-346 Pedro Rigatti (Belvedere) 95173-426 Pedro Roberto Pergher até 369/370 (Belvedere) 95173-360 Pedro Roberto Pergher de 371/372 ao fim (Belvedere) 95170-806 Pedro Troes (São Luiz) 95171-010 Pedro Troes (S. Francisco) 95170-154 Pena de Moraes, Cel. (Parque) 95170-488 Pena de Moraes, Cel. (Centro) 95170-850 Pena de Moraes, Cel. (São Luiz) 95171-032 Pena de Moraes, Cel. (S. Francisco) 95181-412 Perimetral, Av. (M. Verde) 95170-432 Pinheiro Machado (Centro) 95181-064 Piratini (S. Antônio) 95170-074 Planalto (Pio X) 95180-330 Plínio Bartelle, Padre (Imigrante) 95176-228 Plínio Sonaglio (S. Catarina) 95176-254 Plínio Sonaglio (Cruzeiro) 95179-028 Plínio Trevisan até 299/300 (América) 95179-094 Plínio Trevisan de 301/302 a 99997/99998 (América) 95174-044 Policarpo Corteletti (N. Vicenza) 95176-172 Policarpo Corteletti (S. Catarina) 95176-290 Policarpo Corteletti (Cruzeiro) 95170-071 Portão (Pio X) 95178-210 Porto Alegre (Industrial) 95178-482 Porto Alegre (Alvorada) Prefeito - Veja pelo nome seguinte 95179-182 Primo Binda (América) 95180-174 Primo Postali (Imigrante) Princesa - Veja pelo nome seguinte

Q R

95170-010 Quaraí (Pio X) 95170-212 Quatorze de Julho (Parque) 95170-416 Quatorze de Julho (Centro) 95170-734 Quatorze de Julho (São Luiz) 95177-060 Rafael Maccari (Medianeira) 95170-262 Raimondo Paschero (Parque) 95180-050 Raineri Petrini (V. Grande) 95181-060 Raineri Petrini (S. Antônio)

S

95181-176 Raineri Petrini (1º de Maio) 95181-510 Raineri Petrini (M. Verde) 95179-044 Raymundo Arrosi até 299/300 (América) 95179-086 Raymundo Arrosi de 301/302 ao fim (América) 95170-152 Reamo Gazzoni (Parque) 95179-014 Reinaldo Scherner (América) 95181-156 Remigio Tartarotti (1º de Maio) 95177-250 Renato Luiz Chiele (Centenário) 95181-330 Reny Donde de Morais (M. Verde) 95170-476 República, da até 269/270 (Centro) 95170-484 República, da de 271/272 a 749/750 (Centro) 95170-160 República, da de 751/752 ao fim (Parque) 95181-280 Rialdo Danilo Damin (1º de Maio) 95179-012 Ricieri Anghinoni (América) 95170-158 Rio Branco, Barão do (Parque) 95170-404 Rio Branco, Barão do (Centro) 95172-099 Rio de Janeiro (Vicentina) 95170-077 Rio Grande (Pio X) 95172-000 Rita, Av. Santa (Vicentina) 95170-360 Rita, Av. Santa (Planalto) 95181-600 Roberto Antônio Biondo (M. Verde) 95178-324 Roca Sales (M. Pasqual) 95181-342 Rodolpho Abraham Felicetti (M. Verde) 95178-342 Rolante (M. Pasqual) 95170-344 Roma (Planalto) 95173-020 Romeiros, Rodovia dos (B. Vista) 95173-390 Romeiros, Rodovia dos (Belvedere) 95174-180 Romeiros, Rodovia dos (N. Vicenza) 95174-350 Romeiros, Rodovia dos (Cinquent.) 95170-496 Romulo Noro (Centro) 95178-222 Ronda Alta (Industrial) 95178-328 Rondinha (M. Pasqual) 95181-284 Rosa Beltrame de Aguiar (1º de Maio) 95180-476 Rosa, Santa (São José) 95177-106 Rovigo até 199/200 (Medianeira) 95177-102 Rovigo de 201 ao fim - lado ímpar (Medianeira) 95177-154 Rovigo de 202 ao fim - lado par (Centenário) 951 70-274 RSC-453 (Parque) 95170-304 RSC-453 (Planalto) 95172-090 RSC-453 (Vicentina) 95173-000 RSC-453 (B. Vista) 95174-000 RSC-453 (N. Vicenza) 95176-032 RSC-453 (São Roque) 95177-020 RSC-453 (Medianeira) 95170-440 Rui Barbosa (Centro) 95180-242 Rui Barbosa (Imigrante) 95181-899 Rural - A R de Farroupilha 95170-750 Rústico Gobbato (São Luiz) 95180-404 Ruy Rosado de Aguiar até 587/588 (São José) 95180-364 Ruy Rosado de Aguiar de 589/590 ao fim (São José) 95178-332 Sananduva (M. Pasqual) Santa - Veja pelo nome seguinte 95181-216 Santiago (1º de Maio) Santo - Veja pelo nome seguinte São - Veja pelo nome seguinte 95170-604 Schneider, Prefeito -

T

95178-216 Tapejara (Industrial) 95172-036 Taquari (Vicentina) 95180-492 Tercílio de Mello (São José) 95179-150 Tereza Reginato Binda (América) 95180-396 Theodoro Portolan, Padre até 539/540 (São José) 95180-356 Theodoro Portolan, Padre de 541/542 ao fim (São José) 95180-172 Theodoro Sosa (Imigrante) 95172-081 Thiago Bombardelli, Mons. (Vicentina) 95170-472 Thomas Edison (Centro) 95180-248 Thomas Edison (Imigrante) 95181-598 Thomas Peroni (M. Verde) 95177-240 Thomaz José Martins (Centenário) 95170-444 Tiradentes (Centro) 95180-246 Tiradentes (Imigrante) 95170-226 Tommaso Radaelli (Parque) 95178-208 Torres (Industrial) 95174-008 Toscana (N. Vicenza) 95176-012 Toscana (São Roque) 95177-110 Trento (Medianeira) 95176-028 Três Coroas (São Roque) 95170-216 Três de Outubro (Parque) 95170-324 Três de Outubro (Planalto) 95170-400 Três de Outubro (Centro) 95177-048 Treviso (Medianeira) 95170-210 Treze de Maio (Parque) 95170-428 Treze de Maio (Centro) 95170-754 Treze de Maio (São Luiz) 95170-340 Trieste (Planalto) 95180-290 Trinta e Um de Março (Imigrante)

U V

95178-418 Vacaria (M. Pasqual) 95176-310 Vacylly Brambilla (Cruzeiro) 95174-004 Valdir Varisco (N. Vicenza) 95174-050 Vêneto (N. Vicenza) 95176-330 Vêneto (Cruzeiro) 95176-370 Vêneto (S. Rita) 95177-118 Veneza, Av. até 579/580 (Medianeira) 95177-030 Veneza, Av. de 581/582 a 791/792 (Medianeira) 95176-053 Veneza, Av. de 793 ao fim - lado ímpar (São Roque) 95177-032 Veneza, Av. de 794 a 950 - lado par (Medianeira) 95176-056 Veneza, Av. de 952 ao fim - lado par (São Roque) 95179-092 Venicio Strada (América) 95178-150 Veranópolis (Industrial) Vereador - Veja pelo nome seguinte 95176-022 Viamão (São Roque) 95181-036 Vicenso Calábria (S. Antônio) 95174-112 Vicente Dal Molin (N. Vicenza) 95179-010 Vicente de Cesaro (América) 95181-382 Vicente Rodolpho Farinon (M. Verde) 95174-126 Vicente, Av. São (N. Vicenza) 95174-274 Vicente, Av. São (Cinquentenário) 95170-164 Vicente Zamboni (Parque) 95172-093 Vicentina até 189/190 (Vicentina) 95172-140 Vicentina de 191/192 ao fim (Vicentina) 95174-222 Victório Fagherazzi (Cinquentenário) 95173-286 Victório Firmino Casali (Belvedere) 95173-140 Victório Tartarotti até 779/780 (B. Vista) 95173-288 Victório Tartarotti de 781/782 ao fim (Belvedere) 95180-474 Vilson Sandoval (São José) 95180-060 Vinte e Cinco de Julho até 149/150 (V. Grande) 95170-095 Vinte e Cinco de Julho de 151/152 ao fim (Pio X) 95180-400 Vitalina Farias de Lima (São José) 95179-180 Vitória Stella Biason Vieceli (América) 95170-738 Vitório Dal Monte (São Luiz) 95171-014 Vitório Dal Monte (S. Francisco) 95172-142 Vitório Dal Monte (Vicentina)

até 649/650 (São Luiz) 95172-054 Schneider, Prefeito de 651/652 ao fim (Vicentina) 95181-206 Seberi (1º de Maio) 95170-083 Serafin Sperafico (Pio X) 95180-286 Serafina Corrêa (Imigrante) 95177-158 Serapião Floriano do Prado (Centen.) 95178-496 Sérgio Luiz Cignachi (Alvorada) 95180-312 Sete de Setembro (Imigrante) 95176-220 Severino Braga Varela, Prefeito (S. Catarina) 95178-486 Severino Cândido Lodi (Alvorada) 95181-440 Severino José Fontanella (M. Verde) 95181-034 Silvana Luiza Balbinot (S. Antônio) 95180-062 Silveira Martins até 451 - lado ímpar (V. Grande) 95170-107 Silveira Martins até 450 - lado par (Pio X) 95170-050 Silveira Martins de 452 ao fim - lado par (Pio X) 95180-058 Silveira Martins de 453 ao fim - lado ímpar (V. Grande) 95180-200 Sílvio Vicente Soprana (Imigrante) 95181-150 Sílvio Vicente Soprana (1º de Maio) 95180-486 Sobradinho (São José) 95180-472 Soledade (São José) 95173-028 Stefano Crippa (B. Vista)

95174-216 Ubaldo Zanellato (Cinquentenário) 95177-156 Ulderico Cesare Lodi (Centenário) 95170-512 Ulysses João Castagna (Centro) 95178-140 Vacaria (Industrial)

W

Z

95170-802 Waldemar José Dal Monte lado ímpar (São Luiz) 95171-008 Waldemar José Dal Monte lado par (S. Francisco) 95170-742 Waldemar Ramgrab (São Luiz) 95170-222 Willy Fetter (Parque) 95180-100 Willy Trost (V. Grande) 95180-150 Willy Trost (Imigrante) 95181-182 Wilson Tartarotti até 659/660 (1º de Maio) 95181-240 Wilson Tartarotti de 661/662 ao fim (1º de Maio) 95178-118 Zélia Pratti (Industrial) 95180-258 Zeno Eugênio Vizentin (Imigrante) 95181-472 Zilá Luiz D’Ávila (M. Verde) 95180-324 Ziraldo Prezzi (Imigrante) 95181-594 Zulmir Toso (M. Verde)


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

SAÚDE BUCAL

Sorrifácil com serviços diferenciados Clínica disponibiliza atendimento qualificado e equipe profissional completa para atender seus pacientes selantes e aplicação de flúor. Oferece ainda implantes (protocolos, overdenture e unitários). Também executa cirurgias com extração de sisos, frenectomia, gengivoplastia, tratamentos de canal, sendo que neste último o profissional utiliza um mecanismo que, quando o caso permitir, pode ser feito em sessão única. Realiza ainda próteses, dentaduras e parciais com dentes nacionais e importados, bichectomia, lipo papada enzimática, botox, preenchimento facial, clareamentos (importados e nacionais, sessão única, a laser e com moldeiras) e lentes de contato dentais. A clínica está localizada na Coronel Pena de Moraes, 347, no Centro. Atende de segunda a sexta, das 8h às 20h e aos sábados das 8h às 14h. “Todas especialidades em um único local, preço acessível, localidade central, profissionais qualificados e com técnicas avançadas”, reforça. Atuam na clínica também os dentistas Adilson Cardoso Tiossi Júnior, Indimara Rech, Álvaro Marca, Letícia Matina, Edson

Ramon Cardoso

H

á sete anos atuando em Farroupilha, a Sorrifácil Clínica Odontológica presta diversos serviços na área atuando com equipe qualificada e métodos avançados. Na unidade farroupilhense os atendimentos são executados por oito profissionais que atuam em todas as áreas da Odontologia, uma técnica e uma auxiliar em saúde bucal. “A Sorrifácil tem uma séria luta contra a Odontologia inacessível. Aqui os clientes têm um bom atendimento, serviço de qualidade e clínica equipada com o que há de melhor e atual no mercado se tratando de saúde bucal. Tudo ao alcance, acessível e fácil”, considera Natálie Zanetti de Paula, dentista e proprietária da Sorrifácil de Farroupilha. A clínica atua na área de aparelhos ortodônticos (tradicional, estético, autoligado, aparelhos para crianças e alinhadores invisíveis). Na área de clínica geral realiza limpeza, restaurações dentárias,

Nunes, Morgana Zambiasi e Solivan Vargas Cardoso. “Não somos meros dentistas, assistentes e recepcionistas, somos pessoas cuidando de pessoas. Nossa busca não é apenas por dentes bonitos, queremos que nossos pacientes sorriam sem medo, sorriam confiantes”, reforça Natálie.

Equipe Sorrifácil Clínica preza pela qualidade e técnicas modernas de tratamento

Sobre a Sorrifácil

É uma rede de clínicas odontológicas que há 12 anos está no mercado brasileiro. Já são mais de 100 unidades espalhadas pelo Rio Grande do Sul, sendo a que mais cresce no Estado e uma das maiores do País. A visão é ser referência como modelo em rede de serviços odontológicos que promovam a saúde e a autoestima das pessoas.


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

Reconstrução total com Microblading fi

Técnica inovadora está cada vez mais sendo procurada pa Adeline Stein *

E

sta técnica pode ser uma ótima alternativa para as pessoas que têm a sua autoestima afetada devido ao problema com as sobrancelhas. A correção pode ser feita tanto em mulheres quanto em homens. Além de corrigir já com a coloração da região onde há as falhas, a agulha usada no processo ainda auxilia para a melhora da circulação sanguínea no local, melhorando também o crescimento dos fios. Nem sempre é possível atingir o traçado ideal de uma sobrancelha somente com um design de pinça, principalmente quando ela apresenta muitas falhas, diferenças no comprimento e problemas de simetria, sendo nestes casos indicado a micropigmentação. A sobrancelha ideal para cada rosto é aquela com a qual naturalmente nascemos. O que se deve fazer é apenas delinear melhorando o traçado, dando uma harmonia melhor aos olhos e à face. Embora haja padrões de desenho e visagismo, não há necessidade de segui-los. O objetivo é a busca pela harmonia do traçado. É possível fazer melhorias nas diferenças assimétricas que deixam a aparência triste e envelhecida. Em muitos casos acaba-se adiando o uso do botox pelo aspecto jovial obtido com esse simples procedimento. Quando jovens as sobrancelhas são quase sempre perfeitas

e simétricas, mas com o passar os “tiques” e até as modelagen dando a simetria natural das so

Como funciona a Micropigm A reconstrução da sobrancel consiste na adaptação de uma pelos japoneses e chineses na aplicação mecânica faz desnec elétricos, tirando de cena o ba contato com a pele. Esta técnica pode durar de 8 somente a primeira camada d renovando, o pigmento vai clar em torno de 1 a 2 anos. Sua aplicação é superficial p dos pigmentos e menos agress desconforto e um resultado mu Com esta técnica podemos brancelhas quando não há pel pelos ou por cicatrizes, refazer simplesmente corrigir pequena O tempo de duração depend pessoa. A forma como se desen cada pessoa. Por isso é sempre


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

l das sobrancelhas fio a fio Fotos: Divulgação

ara corrigir imperfeições

dos anos as expressões faciais, ns mal realizadas acabam muobrancelhas.

mentação fio a fio? lha com a técnica Microblading a técnica milenar desenvolvida a arte de adornar o corpo. Sua essário o uso de equipamentos arulho sibilante da agulha em

8 meses até 2 anos, pois atinge da pele e, conforme ela vai se reando, precisando de retoque

promovendo uma fixação suave são à pele, menos dor, menos uito satisfatório. s reconstruir totalmente as solos, corrigir falhas por falta de o design adequado ao rosto ou as falhas. de da pele e de hábitos de cada nha os fios também depende de e feito uma avaliação antes do

procedimento, para fazer simulação e avaliar a pele. No procedimento é feito o design da sobrancelha antes, aplicação de pomada anestésica e, por fim, a técnica fio a fio. * Micropigmentadora e Designer de Cílios


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

OPINIÃO

O obeso intoxicado e o obeso lúcido Divulgação

Marcelo Kessler *

H

á pouco acabei de ler um artigo no qual uma nutricionista orientava as pessoas em férias na praia, e ainda com esperanças em emagrecer, levar com elas comidinhas saudáveis como mini cenourinhas, pepinos e palmitos em vez de se “auto injuriar” na barraquinha do pastel e da cervejinha. Fiquei pensando: o obeso aproveita toda esta informação? Se ele sabe de alimentos e calorias com absoluta propriedade, porque ele opta pelos alimentos nutricionalmente não recomendáveis como os hipercalóricos ou industrializados como farinhas brancas, frituras, salgadinhos ou doces em vez dos leves, naturais e ricos em nutrientes essenciais como frutas e verduras naturais, algumas proteínas magras, como queijos ou ovos e até outros orgânicos? E me respondi: certamente não é por falta de conhecimento ou informação. Tenho para mim que a resposta combine o fisiológico com o psicológico: as pessoas, de modo geral, quando lidam com desejos, carências e ansiedades se deparam com sentimento de frustração. Estes, muitas vezes, podem ser confortados com a autocompensação, que proporciona alívio ou prazer. É da natureza do ser humano este tipo de funcionamento.

Desviar para alguma solução alternativa, às vezes saudável e normativa, como uma psicoterapia, um esporte, uma conversa com amigos; e às vezes disfuncional, dependendo dos recursos internos de cada pessoa. Os obesos passam também por isso, e se bem focados, nunca procuram engordar. Essa população aprendeu a extrair o mais intenso prazer, saciedade e outras substâncias químicas produzidas por alguns alimentos. E em especial da comida menos recomendada. Para lidar com o mesmo funcionamento psicobiológico algumas pessoas desenvolveram outras adições com os mesmos propósitos como o tabaco, o alcoolismo, a jogatina, as compras compul-

sivas, a dependência de substâncias diferentes, etc. Outras pessoas só sabem que têm esta tendência na hora que ela se manifesta. O obeso, quando tem dificuldades, procura o alívio prazeroso de uma comida rápida em vez de enfrentar “fomes” muito mais complicadas de resolver. Como por exemplo: a fome de amor, a sede de intimidade, a inveja da fulana de lá, que passa o tempo inteiro comendo e tem um corpo escultural, a angústia de não saber o que seu marido está fazendo na cidade, a ansiedade de sempre. Todos temos nossos mecanismos de defesa, o problema é que o obeso dissocia o comer de suas consequências, e ele não consegue obter de um pepino em conserva o que extrai de um doce. Existem explicações fisiológicas neste sentido, porém é assunto para outro artigo. Portanto, os que não aceitam e tratam suas verdadeiras necessidades são normalmente os que acharão absurda a proposta da nossa incauta nutricionista. Mas, os que aceitam, se tratam, escolhem sentir essas fomes emocionais e não cedem nem se “intoxicam” comendo. Buscam alternativas para resolver seus problemas com uma cabeça lúcida e desintoxicada. * Fundador e diretor do Centro de Recuperação e Estudo da Obesidade


Cinema

Curta que teve farroupilhense Matheus Butzke Piccoli como assistente de direção participa do 30º Festival de Toulouse Páginas 8 e 9

Inside

Sétima Arte

A armadilha do tempo e o seu poder inquestionável de fazer os personagens humanizarem suas ações Páginas 10 e 11

MÚSICA

Festa verde para Saint Patrick

O

padroeiro da Irlanda, São Patrício, é festejado com música e atrações especiais no mundo inteiro. Vestida de verde e branco, a população comemora numa espécie de carnaval de rua. Inicialmente apenas Países de idioma inglês seguiam a tradição, mas o evento caiu no gosto e a cada ano a festividade aumenta. Patrick’s Day já tem presença forte também em Farroupilha, que promove três festas neste final de semana. No sábado rola música na Blauth Bier Cervejaria Artesanal com show a partir

das 15h com o Bando Celta, grupo que resgata canções tradicionais dos velhos pubs irlandeses, além de músicas autorais e a mistura de ritmos. A banda The Hawks também anima o público que poderá degustar chopp, inclusive verde, num clima autêntico da festa. Gastronomia especial com o chef Pessali e o Gran Churros Gourmet, espaço kids e até os pets são bem-vindos. Também no sábado, o República Beer festeja com a Banda Hard Rockets, num Tributo a AC/DC, a partir das 23h. No domingo os músicos Caio Haag (voz e bodhran), Leonardo Bueno (voz e violão), Renato Velho (banjo

Divulgação

Tem festejo triplo na cidade neste final de semana para marcar a tradição irlandesa

e mandola) e Tales Melati (flautas e gaita de foles), do Bando Celta, voltam à cidade com apresentação às 17h, no

Boteco Antonielle. Também aqui terá o chopp verde em homenagem a Saint Patrick, da cervejaria Blauth Bier.

Bando Celta Grupo comanda duas festas na cidade com repertório típico dos pubs irlandeses

Programe-se O que: 2º St. Patrick’s Day na Blauth Bier Quando: neste sábado, das 13h30min às 20h Onde: Blauth Bier (Desvio Blauth, 3º Distrito) Quanto: R$ 20,00 (ganha caneco e chopp 300ml)

O que: Saint Patrick’s Day Quando: neste sábado, às 23h Onde: República Beer (República, 445, subsolo) Quanto: R$ 15,00

O que: St. Patrick’s Day Quando: neste domingo, às 17h Onde: Boteco Antonielle (14 de Julho, 741) Quanto: R$ 20,00


Inside

2

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

Cinemas Shopping Iguatemi (RST-453, quilômetro 3,5) Cinemas

Imagem: Reprodução

GNC 1: Os Farofeiros - às 14h30min (com legenda descritiva), 17h, 19h35min e 21h50min GNC 2: A Maldição da Casa Winchester - às 13h50min (dublado) e 18h40min (legendado) GNC 2: 12 Heróis - às 16h (dublado) e 21h (legendado) GNC 3: Duda e os Gnomos (dublado) - às 13h10min GNC 3: Cinquenta Tons de Liberdade - às 15h10min GNC 3: O Passageiro - às 17h15min GNC 3: Três Anúncios para um Crime - às 19h20min GNC 3: Operação Red Sparrow - às 22h GNC 4: Tomb Raider: A Origem - às 13h40min e 18h50min (dublado e em 3d), 16h e 21h20min (legendado e em 3d) GNC 5: Pantera Negra - às 13h30min e 19h (dublado e em 3d), 16h20min e 21h40min (legendado e em 3d) GNC 6: Maria Madalena - às 14h10min e 19h10min (dublado), 16h40min e 21h30min (legendado) Ingressos: segunda e quinta (exceto feriado e Carnaval) a R$ 22,00 e R$ 28,00 (salas 3d); terça e quartas (exceto feriado e Carnaval) todos pagam meia entrada; sexta a domingo e feriado a R$ 26,00 e R$ 32,00 (salas 3d). Meia entrada todos os dias para menores de 18 anos e maiores de 60 (mediante apresentação de identidade), estudantes (mediante apresentação de Carteira de Identificação Estudantil), pessoas com deficiência (com documento que a comprove) e para o Movie Club Preferencial.

Shopping San Pelegrino (Avenida Rio Branco, 425) * Obs: o novo site do Cinépolis traz os horários dos filmes, mas não informa em qual sala serão exibidos A Forma da Água - às 22h A Maldição da Casa Winchester (dublado) - às 17h15min Duda e os Gnomos (dublado) - às 12h40min Maria Madalena - às 13h50min e 19h (dublado), 16h20min e 21h40min (legendado) O Passageiro - às 19h45min Os Farofeiros - às 13h40min, 16h, 18h30min e 21h Pantera Negra - às 12h15min, 15h15min e 21h20min (dublado e em 3d), 18h10min (legendado e em 3d) Pedro Coelho (dublado) - às 15h Tomb Raider: A Origem (dublado e em 3d) - às 12h, 14h45min, 17h30min e 20h30min Tomb Raider: A Origem (legendado e em 3d) - às 14h10min, 16h40min, 19h20min e 22h10min Ingressos: nas salas tradicionais, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 23,00 e R$ 11,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 25,00 e R$ 11,50 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 26,00 e R$ 13,00 (meia). Nas salas 3d, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 14,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 15,00 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 32,00 e R$ 16,00 (meia).

Sala de Cinema Ulysses Geremia (Luiz Antunes, 312) Com Amor, Van Gogh - sexta a domingo, às 19h30min Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (estudantes e sênior)

Estreia mundial A bela Alicia Vikander interpreta a célebre Lara Croft em novo filme da franquia


Inside

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

3

Beleza Silas Abreu

Toda torcida por Renata no Miss RS Jovem representa a beleza da mulher farroupilhense na fase eliminatória do maior concurso do Estado

P

rincesa da Festa Nacional do Kiwi (Fenakiwi), Renata Ester Agazzi, 22 anos, é a representante farroupilhense no Miss Rio Grande do Sul Be Emotion 2018. O maior concurso gaúcho define, neste domingo e segunda, quem vai para a final da disputa, no dia 14 de abril, em evento que terá transmissão da Bandeirantes, emissora promotora do evento no País. “Representar Farroupilha no maior concurso de beleza do Estado é uma grande honra, motivo de muito orgulho e felicidade. Tenho mais uma vez a oportunidade de levar a cultura, a riqueza e a beleza da nossa cidade para todo o Rio Grande do Sul. E para conquistar este objetivo venho me preparando há meses com aulas de dicção, desinibição e oratória, passarela, postura e também com a prática diária de atividade física e alimentação saudável”, revela Renata, que

cursa o 8º semestre de Relações Públicas na UCS e trabalha na área de Comunicação e Marketing da empresa Mercanet. Cerca de 70 candidatas participam desta fase eliminatória e serão avaliadas pelo júri técnico em entrevista, desfile de gala e de biquíni. Na segunda à noite, no Canoas Parque Hotel, serão selecionadas as 20 candidatas para a final do concurso. Todos os bastidores da etapa, bem como o desfile serão divulgados através das redes sociais oficiais do concurso. “Como Miss, busco representar a beleza com propósito. Quero inspirar mulheres e jovens a buscar seus objetivos com força, comprometimento e fé. Aos farroupilhenses, a minha gratidão por todo o carinho e apoio recebido até aqui, e peço que continuem enviando muita energia positiva e torçam com fé para que juntos tenhamos o melhor resultado possível para nossa cidade”, finaliza a bela Renata.

Bem representada Farroupilha conta com a beleza de Renata para avançar à fase decisiva do concurso


Inside

4

Gustavo Pimentel

gustavospimentel@yahoo.com.br

Como todos sabem, dia 8 de março foi o Dia Internacional da Mulher. Mas será que as homenagens e o reconhecimento às mulheres devem mesmo se esgotar em um mero dia no ano, perdido em meio a outros 364? Embora a resposta pareça óbvia, parafraseando o grande Lauro Quadros, o óbvio também precisa ser dito. No Gre-Nal do último domingo tivemos diversas notícias e imagens de mulheres sendo alvo de misoginia e preconceito por parte de torcedores – e aqui não interessa a cor da camiseta que vestiam – pelo simples fato de serem mulheres e de estarem frequentando um estádio de futebol. Causa-me muita tristeza, em plena Semana da Mulher e apenas três dias após o 8 de março, ter visto cenas desse tipo. Esses episódios, que devem ser punidos com o máximo rigor, também devem servir como um alerta: quantos desses ofensores não são professores, médicos, empresários ou outra profissão qualquer, mantêm contato direto com dezenas de mulheres e praticam, no seu dia a dia, atos como esses? Ou, ainda, quantos desses não fazem pior, chegando até mesmo a praticar abusos, valendo-se de uma pretensa superioridade machista, de uma posição hierárquica superior ou do simples medo e vergonha da mulher em denunciar esses atos? Quantos desses nunca serão descobertos? É por isso que situações como essas precisam ser divulgadas mais e mais, pois somente assim comportamentos machistas e inaceitáveis como esses deixarão de ser encarados como algo normal, como piada ou como uma conversa de mulherzinha, com todo o preconceito velado que o tema traz consigo. Eu ainda sonho com o dia em que a Lei Maria da Penha simplesmente deixe de existir, não porque algum senador ou deputado proponha a sua revogação, mas porque a nossa sociedade tenha evoluído a tal ponto que não seja mais necessária uma lei de proteção às mulheres. Eu torço para que a minha afilhada Maria Eduarda, que vai nascer daqui a dois meses, encontre um mundo mais feminino e menos preconceituoso. Tive o privilégio de ter sido criado em meio a mulheres e isso não fez de mim menos homem, tampouco melhor ou pior do que ninguém. Conheço também várias mulheres que, embora tenham que enfrentar muitas vezes uma jornada dupla, no trabalho e em casa, desempenham com maestria o papel de mães zelosas e de profissionais competentes, com a força de verdadeiras heroínas gregas. Aliás, tenho certeza que se você olhar ao seu redor também vai encontrar, mais perto do que imagina, outros tantos exemplos assim. Por fim, eu espero que nós, homens, entendamos de uma vez por todas que o objetivo do feminismo não é colocar a mulher em uma posição de superioridade em relação a nós, nada disso. Aliás, essa é uma bandeira de pequenos e barulhentos grupos que se apropriaram dessa nobre causa, mas estão longe de representar a maioria das mulheres. O que o feminismo busca, na verdade, é apenas uma igualdade de condições, sem preconceito ou pré-conceitos, algo que, a julgar pelos recentes acontecimentos, infelizmente ainda está longe de acontecer. * Advogado

Agenda SEXTA

Pop Rock Acústico com Maurício Santos Boteco Antonielle, às 22h

Cassius Prado e Banda Boteco do Chá, às 23h45min Divulgação

Conversa de mulherzinha

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

SÁBADO Republik Bierfest Esporte Clube União Forquetense, em Caxias do Sul, a partir 10h Movment Muinho, a partir das 16h Wine Movie Peterlongo Vinícola Peterlongo, em Garibaldi, às 19h Jevi&Jeferson Boteco Antonielle, às 22h Baile da Izibida New Disco, Clube Santa Rita, às 23h

DOMINGO Orquestra Municipal de Sopros de Caxias do Sul Lagoa do Rizzo, Caxias do Sul, às 16h


Inside

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

Dia da Mulher

Café Colonial e piquenique marcam encerramento do Jornadas da Mulher Divulgação

Festa pelos 18 anos de fundação Clube de Mães Sagrada Família comemora data com Café Colonial neste sábado

O

Guilherme Macalossi cisperter@hotmail.com

Festa para as farroupilhenses

sábado vai ser de festividade com um delicioso Café Colonial promovido pelo Clube de Mães Sagrada Família, do bairro 1º de Maio. Será às 20h, no CTG Aldeia Farroupilha e a comemoração marca os 18 anos da entidade e o Dia da Mulher Farroupilhense. Serão servidos 10 tipos de doces e 17 salgados, sendo que parte do lucro será destinado a entidade assistencial. Haverá rifão, pesca com brindes e baile com os músicos Claudinho & Leandro. Ingressos podem ser adquiridos com as integrantes da entidade ou pelos fones 3261-4659 ou 3261-4446. Já no domingo o convite é para preparar uma cesta de delícias, levar cadeira e chimarrão para uma grande confraternização. O Dia da Mulher Farroupilhense será festejado com Piquenique no Parque dos Pinheiros, a partir das 13h30min. Na programação estão atividades de alongamento e caminhada, exposição sobre hortas comunitárias com ênfase em

5

ervas medicinais e feira ecológica. Às 15h terá show com o tenor Alexandre Borges e a soprano Liziane Rufatto e às 16h10min dança do ventre com Carla Wask. Em caso de chuva, o evento será cancelado.

Programe-se O que: Café Colonial do Clube de Mães Sagrada Família Quando: neste sábado, às 20h Onde: CTG Aldeia Farroupilha Quanto: R$ 35,00 ingresso adulto e R$ 15,00 infantil O que: Piquenique do Dia da Mulher Farroupilhense Quando: neste domingo, das 13h30min às 17h30min Onde: Parque dos Pinheiros Quanto: evento gratuito

Os 10 anos desta coluna Dez anos atrás, o jornalista Egui Baldasso, então atuando como repórter aqui no Jornal Informante, convidou-me para escrever um texto para o periódico que ia para sua segunda edição. Estreei no jornal com o artigo intitulado “A quem o Brasil se agacha”, no qual criticava a política externa petista. Segue um trecho abaixo. “Um desejo antigo da política externa brasileira é integrar, em caráter permanente, o Conselho de Segurança da ONU. Na opinião de diplomatas brasileiros, seria uma oportunidade única para o Brasil desempenhar seu suposto papel de liderança continental. Em minha opinião seria uma oportunidade única para o Brasil desempenhar sua função de acobertamento indiscriminado de ditaduras, genocídios e grupos terroristas”. Desde então, redigi inúmeros outros comentários para o Tabloide, até que o editor Ramon Cardoso me convidou para assinar uma coluna fixa publicada quinzenalmente. Confesso que nunca parei para contar o número de artigos meus que já foram publicados nas páginas do Informante. Deve haver em quantidade suficiente para juntar no formato de um livro. Não o faço por considerar que compêndios de textos não inéditos são uma forma estelionato intelectual. Neste espaço já falei mal de Lula, de Dilma, dos arquitetos funcionalistas, de leis inócuas, de alguns políticos da cidade e até de arroz com açafrão. Escrever continuamente despertou meu gosto pelo Jornalismo. Foi a coluna no Informante que possibilitou o surgimento do meu programa diário na rádio Sonora, bem como as atividades subsequentes que hoje mantenho em outros veículos de comunicação. O Jornalismo imprenso continua ocupando o topo na hierarquia de importância entre os variados tipos de mídia que existem. A palavra publicada em material físico é aquela que fica registrada para a história. É triste observar que esse segmento jornalístico é alvo de uma severa crise. Por todo o mundo, grandes publicações e reconhecidos diários fecham ou se convertem exclusivamente em versões digitais. Ainda que reconheça e atue muito no ambiente da internet, não posso deixar de lamentar esse contexto. Assim como livros físicos continuam sendo infinitamente mais interessantes que E-Books, páginas de jornal são mais vivas que documentos em PDF. Na última semana, Ramon Cardoso e Fabiano Gasperin me presentearam como placa comemorativa em agradecimento ao aniversário do Tabloide e de minhas contribuições a ele. Reitero meu apreço por fazer parte deste time, e agradeço ao Jornal e seus responsáveis por acolherem minhas opiniões possibilitando que elas se difundissem para outros meios. Que o Informante continue por muitos anos ajudar o Jornalismo impresso a se manter vivo. * Redator e radialista


Eduardo de Moraes Foto

O

Lançamento

Espaço Scarpe, comandado por Claudia Pedó e Gabriela Bortolosso, realiza na próxima quinta o evento de lançamento de sua Coleção Outono/Inverno com o tema Woman Power. Na data, através do Street Art, realizado pelo artista Pedro EMCB, será trazido para pauta o empoderamento feminino. Para recepcionar os convidados em grande estilo, o evento conta com DJ, mesa de drinks e personalização de bolsas pelo artista STANG.

Solidariedade

A fotógrafa Priscila Arsego está na linha de frente do Páscoa Solidária. O projeto consiste em uma corrente entre amigos e empresas que se juntaram para transformar a Páscoa de pessoas carentes. Por algumas empresas da cidade estão espalhados pontos de coleta, onde todos podem doar doces e contribuir com a ação. Júnior Pelissari

Fabiano Vuelma

Cristiano de Oliveira

As formandas Jaqueline Longareti Lazzari e Nadiele Barbosa celebraram a formatura no curso de Direito pela Faculdade CNEC Farroupilha no sábado, com festa no Salão da Comunidade de São Luiz. O cerimonial da noite foi assinado por Aline Barbosa Alves

Jonas Lumi curtiu o Festival de Verão que agitou o Clube Santa Rita no último final de semana

Jordana Thaís Silvestrin se formou pelo curso de Pedagogia no final de semana e celebrou a conquista ao lado de familiares e amigos

No sábado a Letícia Picolot Ela receb


ografia

Multifotos Studio

Renata Specht, formanda do curso de Recursos Humanos, comemorou conquista ao lado dos convidados no Clube 1º de Maio Multifotos Studio

A aniversariante Raissa Cristine Schmitz, ao centro, celebrou a troca de idade com a amiga e enteada de seu irmão Bruno, Nicole Morello Zanco, com a cunhada Lilian Morello, o pai João Carlos Schmitz, a mãe Silvia C. Schmitz, o sobrinho Bernardo Morello Schmitz, o irmão Bruno V. Schmitz, a cunhada Juliane Bernardi e, por fim, o irmão Carlos V. Schmitz. O agito ocorreu no Parque dos Pinheiros

Daniela De Rocco

aconteceu a formatura em Direito da tto, pela Faculdade CNEC Farroupilha. beu seus convidados na Ticabum

Caroline Macedo Perin feliz da vida em sua noite de festejos pela conquista do diploma no curso de Administração, pela Faculdade CNEC Farroupilha, realizada no Clube Bela Vista

Show

Fique por Dentro

Os músicos da banda Blackbirds gravam seu DVD de 21 anos história em um formato especial. O show chamado “Daqui para Sempre” acontece no Wine Garden da Vinícola Miolo, no dia 8 do próximo mês, a partir das 15h. Os ingressos poderão ser adquiridos por meio da doação de um material escolar que será destinado a entidades carentes. Em Farroupilha o ponto de troca é a Akustica Musical.

Inauguração

Marta Lorandi e Fernanda Bartelle Deimomi estão na linha de frente da nova unidade da Malharia Vira Arte, que inaugurou no empreendimento Golden Center Shopping Atacadista, na última terça.


Inside

8

Armando Wartha armandowartha@yahoo.com

Nas entrelinhas do vício Eu quero relatar dois momentos, comigo acontecidos, que, à primeira vista, podem parecer insignificantes, mas que, no entanto, se analisados a fundo, refletem o surto de desonestidade que nós brasileiros vivemos. O primeiro diz respeito à banalização do plágio na educação, e o segundo trata de como o pequeno furto no comércio se tornou popular. Iniciando pelo alto grau de plágio na educação, principalmente na educação superior, vou trazer um fato vivido durante a minha graduação. Na ocasião cursávamos uma cadeira denominada Estética, na qual o professor pediu que estudássemos três autores para a prova. A mesma haveria de ser a construção de um texto, em sala de aula, sobre um pensador, dentre os três, por ele no dia escolhido. Determinado o autor (o mesmo para todos), o texto foi construído e entregue. Passados alguns dias, este professor, em particular, me confessou que havia posto a minha prova em um teste virtual (muito comum no contexto acadêmico), para provar a sua autenticidade. Após verificar que não se tratava de plágio, disse que se sentiu na obrigação de me revelar tal fato e me parabenizar. Ou seja, nem é preciso mergulhar tão fundo assim nas entrelinhas para concluir que chagamos ao ponto em que uma prova, mais ou menos bem elaborada (a prova não foi merecedora de nota máxima), gera desconfiança sobre sua autenticidade. Isso por si só não é sinal de que estamos viciados em plagiar provas?... Quanto ao segundo relato: eu esperava no carro uma pessoa que entrara em uma farmácia para comprar certo medicamento. Vendo que ela demorava, resolvi verificar o motivo. Ao entrar no pequeno comércio, e após perceber o motivo da demora (longa fila no caixa), passei a examinar preços de alguns produtos de uso cotidiano. Não tardou para uma atendente me perguntar: “posso ajudar?” Agradeci e respondi que estava esperando alguém, e segui com as consultas. Contudo, o que me deixou perplexo foi perceber, com o canto do olho, que, na realidade, a suposta atendente nada mais era que alguém designado para cuidar de clientes com intenções supostamente “duvidosas”. Não que essa atitude tenha me ofendido (consciência limpa não pesa nem grita...). Contudo, pelo fato de saber que aquele pequeno estabelecimento tem de designar uma pessoa para evitar pequenos furtos, confesso que, como cidadão brasileiro, me senti triste e envergonhado. Expus as duas situações, nessa ordem, para demonstrar que o pequeno vício do plágio pode ser a semente do vício do furto, e que este pode ser a raiz do vício do grande crime. Assim sendo, não importando o tamanho, todo e qualquer vício não deveria ser eliminado no estágio ainda potencial? Pensem nisso! * Escritor e bacharel em Filosofia

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

Cinema

A estreia internacional: Trabalho, que teve o farroupilhense Matheus Butzke Piccoli como montador e assistente de direção, participa da Mostra Panorâmica do Cinelatino do tradicional festival francês

V

encer o Curtas Gaúchos no Festival de Cinema de Gramado abriu portas para “Secundas”. O curta-metragem que teve participação farroupilhense, com o jovem Matheus Butzke Piccoli como montador e assistente de direção de Cacá Nazario, já participou do Festival de Tiradentes (MG) e, na próxima semana, realiza sua primeira incursão internacional. “A participação do Secundas num festival importante como o de Toulouse é essencial não só pelo reconhecimento internacional da causa secundarista levantada no filme, mas também como expressão da qualidade do cinema que vem se fazendo no Estado e no Brasil, como demonstrou o Tinta Bruta (Márcio Reolon e Filipe Matzenbacher), premiado no Festival de Berlim no mês passado, o mesmo prêmio que lançou Almodóvar. É mais uma prova da relevância da nossa produção nacional e de que vale a pena lutar por ela”, destacou Matheus. O curta retratou o movimento das ocupações das escolhas gaúchas no acompanhamento da rotina dos estudantes do Comitê das Escolas Independentes (CEI), entre julho e outubro de 2016. A conquista gramadense possibilitou a inscrição em outros festivais, como o de Berlim, onde por pouco não foi selecionado. A participação, contudo, envolve muitos custos porque, além do pagamento da inscrição, a obra necessita ser legendada no idioma do País que sedia o evento. “Há uma tendência mundial de abertura para este tipo de filme com temática política e de diversidade sexual, isso pode ter contribuído, mas evidente que não basta. É preciso mostrar diferenciais

estéticos e temáticos e isso o Secundas fez muito bem. O espectador é jogado dentro do filme, é parte integrante da obra. O trabalho do Matheus foi fundamental nesse processo e essa participação é importante pela visibilidade, não apenas da produção nacional, mas deste tipo de tema”, destacou Cacá.


FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

Inside

9

Lauro Edson Da Cás

Cinema

ldacas@hotmail.com

Secundas em Toulouse Divulgação

Secundas concorreu com cerca de 300 curtas e foi selecionado para a Mostra Panorâmica de Curtas-Metragens de Documentário do 30º Festival Cinelatino de Toulouse junto com outras 11 obras, sendo duas brasileiras. O diretor viaja a Toulouse com a filha Sofia. Seu trabalho será exibido em três sessões:

Pauta em voga Temática política e abordagem do curta chamaram a atenção e contribuíram para que fosse selecionado

neste sábado, às 19h40min, na próxima quinta, às 13h45min, que contará com a presença de Cacá, e no dia 24, às 16h10min, no fuso horário local.

A gestão emocional com o uso da internet O mundo virtual captado pelas redes sociais está em plena erupção. Não tem dia e não tem horário para se viver o movimento emocional. Através da internet se vive constantemente esta complexa situação sentimental. Perpassamos, em mínimas frações de tempo, por inusitados momentos de intensa provação existencial, misturando então, amor e indiferença, paixão e ódio, alegria e tristeza e, assim por diante. Augusto Cury nos adverte para tal situação-problema. O psiquiatra, na sua trivial experiência, nos adverte sobre o uso exagerado da internet. Com o uso exagerado (e descontrolado), estamos convivendo com novas doenças e vícios. Dentre as ‘novidades’, eis que se convive, atualmente, com a síndrome do Pensamento Acelerado, no qual está afetando mais de 80% das pessoas no mundo. E, por consequência, tudo deve ser acelerado, tudo deve ser resolvido para ontem. Estão sacrificando o tempo presente (que para muitos, este período de tempo já não deve nem existir). A nossa inteligência emocional não está vinculada e/ou enraizada no código genético e nem pode ser herdada, somente poder ser aprendida. Eis que com o uso frequente da internet, principalmente na conectividade das redes sociais, temos, além da expansão de acessibilidade, da democratização das informações, uma gama de efeitos colaterais que são graves. De alguma forma, a intoxicação digital, por si só, já é uma situação de perigo. De outra, a questão da própria inteligência emocional que, da mesma forma, nos proporciona uma implosão de sentimentos, conforme aquilo que vamos acompanhando (curtindo, conectando, visualizando, etc). Segundo pesquisas (estatísticas), existe um conjunto percentual de indivíduos que está ultrapassando limites psíquico-sociais, pois em seus perfis se percebe explicitamente que já não estão preparados a pensar antes de agir, já não conseguem trabalhar perdas e frustrações, muito menos filtrar estímulos estressantes. Os consultórios estão agradecendo pela preferência! A busca para combater estes e tantos sintomas próximos é algo notório em nosso tempo. Por cuidados e por ações complementares muitos buscam (querem) ter o seu autocontrole, ou seja, estão reiniciando o gerenciamento da ansiedade, estão se reinventando do caos instalado no íntimo (psíquico), estão procurando trabalhar a generosidade e, assim, buscam reconstruir o seu próprio estado emocional. Cury afirma ainda que o (seu) próprio celular pode viciar como qualquer droga estimulante, ou ainda, pode apresentar sintomas da Síndrome de Abstinência como a cocaína. Assim, ele exemplifica este parecer: o que acontece quando você retira por um ou dois dias o celular de um jovem que o utiliza o tempo todo, talvez, mais de 15 ou 16 horas diárias? O resultado desta ação: ele vai ter Síndrome de Abstinência. Como assim? Basta reparar os sintomas dele: excesso de irritabilidade; tédio incompreensível; transtorno de sono; humor depressivo; etc. Eis um problema a mais para não ser escondido e/ ou despretensiosamente ignorado. Temos, sim, uma geração minuto. Essa geração, por si mesma, conseguiu aumentar os níveis de ansiedade numa velocidade nunca vista antes. Cá estamos, enfim, sempre vivendo e aprendendo a lidar com as emoções! * Mestre em Letras, Cultura e Regionalidade


Inside

10

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

Sétima Arte

Déjà vu que

humaniza

“A Morte Te Dá Parabéns” aborda temática já retratada no Cinema e que se concentra basicamente na mudança comportamental da protagonista

E

m uma faculdade americana, Tree (Jessica Rothe) chama a atenção por vários aspectos. Da sua beleza desconcertante, passando pela popularidade e chegando até o jeito esnobe e egoísta que fazem parte de seu comportamento. Invejada pelas colegas de irmandade e desejada pelos de fraternidade, sua rotina começa a mudar no dia em que toma um porre homérico e acorda em um minúsculo dormitório em que reside Carter (Israel Broussard) com um colega. O fato, por si só, já poderia manchar sua reputação, mas esse era o menor problema que iria enfrentar, justamente no dia do seu aniversário. Sua rotina segue sem muitas alterações. Vão das evasivas nos questionamentos da líder da irmandade Danielle (Rachel Matthews), passam por grosserias com a colega de quarto Lori (Ruby Wylder Rivera Modine) e chegam até um novo encontro secreto com o professor Gregory (Charles Aitken). À noite, contudo, Tree é assassinada por um mascarado. Após o incidente, ela acorda na cama do dormitório de Carter, novamente com uma absurda dor de

cabeça, seu celular toca com seu pai desejando um encontro para reatar laços com ela no dia de seu aniversário, enfim, a rotina acaba se repetindo. Até onde acreditar que tudo não passou de um sonho? O que chama a atenção é que todos os fatos, vividos ou sonhados, são repetidos. Uma sensação de déjà vu que se estende ao longo do dia e, embora sua rotina seja um pouco diferente, o desfecho é o mesmo. À noite, Tree acaba assassinada pelo mascarado e segue sem conhecer sua identidade. Quando ela acorda pela terceira vez no mesmo local, ela tem certeza de que não está delirando e que não terá condições de sair deste caótico dia a menos que consiga, ou se livrar da tentativa de assassinato ou descobrir quem realmente é o assassino, fato que torna sua tarefa um tanto quanto inglória à medida que é muito mais odiada do que amada na faculdade. Os dias vão se sucedendo e seu trágico destino acaba ocorrendo da mesma forma, de uma ou outra maneira. É o momento em que ela resolve procurar ajuda, especialmente de Carter, que é o único que parece disposto a auxiliá-la. O que é interessante perceber é o compor-

tamento de Tree. Ele é humanizado a cada nova ‘morte’. De certa forma, reflete um pouco daquilo que muito se fala sobre as pessoas que viveram uma experiência de quase morte, ou seja, que os conceitos e valores mudam e que a humanidade é aflorada de uma forma ainda

mais potente. A situação é similar à vivida por Bill Murray no clássico “Feitiço do Tempo” ou em “Meia-Noite e Um”, ambos filmes de 1993. Embora com pequenas variações na temática, o romance está presente nas três obras. O trabalho do jovem diretor


Inside

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

11

Sétima Arte Imagem: Reprodução

Divulgação

Título original Happy Death Day Título traduzido A Morte Te Dá Parabéns Mais sociável A deslumbrante Tree (Jessica Rothe) fica presa em armadilha do tempo e não resta outra alternativa a não ser confiar em Carter (Israel Broussard), o moço de bom coração que passa de ignorado a parceiro

Direção Christopher Landon Roteiro Scott Lobdell Gênero Suspense Terror Duração 96 minutos País Estados Unidos

americano Christopher Landon com roteiro de Scott Lobdell custou cerca de US$ 5 milhões e faturou US$ 120 milhões. É um filme de terror que remete às franquias do final dos anos 90, como “Pânico” e “Eu Sei o que Vocês Fizeram no Verão Passado”, mas

sua aceitação se deu especialmente pelo fato de não ser pretensioso demais. A narrativa é comum a essas obras. Atores jovens, bonitos, com potencial para o futuro, mas com o diferencial de apresentar uma situação que atormenta e prende o espectador até o desfecho.

No material de apoio, há o final alternativo da obra que, para muitos, é tão bom ou melhor do que o original. Um suspense/terror para assistir sem grandes expectativas, mas para curtir e refletir sobre muitos aspectos, principalmente quando nos colocamos no papel da protagonista.

Ano de produção 2017 Estúdio BlumHouse Productions Distribuição Universal Pictures


12

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

O momento pede mais silêncio, interiorização e reflexão. É uma fase ideal para completar tarefas e para perceber as suas pendências emocionais e espirituais. Reavaliação de investimentos e também de seu comportamento emocional.

Touro - 21/04 a 20/05

É um momento interessante para se conectar mais com os seus sonhos e sua essência. Reavaliações sobre relacionamentos e sobre como você tem sido amigo e companheiro das pessoas. Este é um momento em que é necessário se entregar e fluir para evoluir.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

Um momento importante de reorientação dos rumos e do significado da sua vida. Acontecimentos significativos envolvendo carreira, realizações e emoções. Um belo momento para rever como você está trabalhando e se realmente cuida da sua saúde.

Câncer - 21/06 a 20/07

Reavaliações afetivas, nos relacionamentos e em projetos criativos estão em pauta. Este é um momento muito profundo para aspectos interiores que representam feridas emocionais. A espiritualidade, a contemplação e o silêncio podem operar milagres.

Leão - 21/07 a 22/08

Atenção com ilusões que envolvam os sentimentos, a sexualidade e as finanças. É um momento em que você tem potencial interno para superar adversidades e situações que se repetem. Não se deixe enganar ou seduzir pelo que não tem valor.

Vírgem - 23/08 a 22/09

É necessário ser solidário com as pessoas, mas também saber dizer ”não”, evitando o comportamento de mártir ou vítima. Momento interessante para avaliar o que você quer conhecer com mais profundidade.

Libra - 23/09 a 22/10

Reavaliações sobre seus talentos, valores, habilidades e recursos internos. Questões de saúde ou de trabalho podem servir para uma grande reorientação e balanço de vida. O que importa é o que lhe toca emocionalmente e instiga seu desenvolvimento espiritual.

Escorpião - 23/10 a 21/11

Júpiter retrógrado em seu signo indica a necessidade de reavaliar seus ideais, crenças, conhecimentos e valores. Não pense que você tem todas as respostas, porque a dúvida pode ser importante para reavaliar o significado de sua vida.

Sagitário - 22/11 a 21/12

É um momento de se recolher, se interiorizar e de ter importantes insights sobre suas emoções. Acontecimentos importantes sobre a família podem despertar a empatia e a necessidade de auxílio. É preciso estar bem consigo para auxiliar os outros.

Capricórnio - 22/12 a 20/01

A arte, a espiritualidade e o autoconhecimento são essenciais para a travessia que esse momento representa. É uma fase em que você precisa superar questões repetitivas da sua vida, e isso acontece por meio do autoconhecimento.

Aquário - 21/01 a 19/02

Agradeça por tudo que a vida tem lhe proporcionado, mesmo em relação aos desafios. É um momento importante de redefinição de questões ligadas a valores pessoais, recursos e talentos. Reavaliação do que significa se sentir realizado e ter sucesso na vida.

Peixes - 20/02 a 20/03

A Lua ingressa em seu signo, indicando um momento de interiorização. Em breve, teremos a Lua nova em seu signo, que indicará uma nova etapa. Por enquanto é importante fechar pendências e compreender a natureza psicológica de certas situações.

Inside

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018


FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

Excelente oportunidade! Loja em ótimo ponto da cidade para você que está começando ou querendo ampliar seu negócio. Sala ampla e com 2 andares. Venda da loja com o estoque ou somente o mobiliário. Carta completa de clientes já estabelecidos. Motivo da venda: aposentadoria. Mais informações através do fone: 54 9 9127-8869. CUIDADORA com experiência! TÉCNICA DE ENFERMAGEM, com Carteira de motorista categoria B, DISPONÍVEL PARA TRABALHAR, em tempo integral, dia e noite, nesta cidade, na colônia ou em outros municípios. (54) 9 9602-8821 Whats. MÃE MARIA / CONSELHEIRA ESPIRITUAL. Para você que sofre, nada dá certo, está infeliz no trabalho, foi traído ou abandonado! Não sofra! A MÃE MARIA TEM a SOLUÇÃO para os seus problemas, quer seja, no comércio, no amor, na família ou na lavoura! Faz e desfaz trabalhos na presença do cliente. Usa também recursos das CARTAS, TARÔ e BUZIOS. Discrição e sigilo absoluto! ATENDE COM HORA MARCADA. (54) 99656-0428. R. Adolfo Brum, 133. B. Humaitá. Bento Gonçalves – RS. Próximo à rodoviária.


2

EXCELENTE PREÇOS em ÓTIMA LOCALIZAÇÃO! Vendo Chácaras. Linha Ely - Confira agora! Ligue: (54) 9 9925-2068. VENDO TERRENO de esquina com 1.377m² a uma quadra da rodoviária e do Shopping Centro de compras. F. 9 9118.1642. VENDO TERRENO, localização central em Arroio do Sal a duas quadras do mar F. 9 9118.1642. ALUGUE SALA COMERCIAL DIRETAMENTE COM A PROPRIETÁRIA, bem localizada e ensolarada, na Independência, com 168m² no Bairro São Luiz. Fones: 9 9951.3583 / 3268-1062.

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

VENDO 4 terrenos de Cooperativa já com área comprada. F.: 9 9118.1642. VENDO CASA MISTA localizada no Bairro Pio X, ao lado da Igreja. (A mesma já está alugada através de imobiliária pelos valores de R$ 1.000,00 por mês). Tratar: (54) 9 9118 1642. VENDE-SE CONSÓRCIO CONTEMPLADO DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. Crédito R$ 280.000,00 – Prestações R$ 2.067,32 – Já pagos R$ 14.500,00, e créditos de R$ 432.000,00 - Prestações R$ 3.122,31 – Já pagos R$ 25.000,00. Estes créditos podem ser usados na COMPRA DE IMÓVEL, CONSTRUÇÃO E REFORMA URBANA E RURAL. Aceitamos carro de entrada. Contate: (51) 9 9569 8765/WhatsApp:(51) 9 8055 5703.


FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

3

Excelente oportunidade. Apartamento à VENDA, diretamente com a proprietária. Semimobiliado, ensolarado, dois dormitórios, sala integrada com a cozinha, banheiro, área de serviço, churrasqueira, uma vaga de garagem. Fino acabamento em gesso. Painel com pedra decorativa. Edifício com elevador e circuito interno de vigilância. Bairro Planalto. Agende sua visita! (54) 9 9631 3493. VENDO: AREA DE TERRAS C/ 4.1 HEC. LINHA PAESE – ROD. ASFALTADA - FARROUPILHA/GARIBALDI ÓTIMA P/ INDÚSTRIA, POSTO OU LOTEAMENTONEG. DIRETO, FINANCIO PARTE. TRATAR – 99971.28.01 – RENATO. ALUGO CASA NA PRAIA, Município Arroio do Sal, balneário Atlântico, a uma quadra do mar, toda em alvenaria, com duas suítes mais um banheiro completo. Acomoda 7 pessoas. Pátio grande, fechado e com muita sombra. Perto de super, sorveteria, restaurante, posto de saúde. Direto com proprietário Olavo. (54) 9 9972.6708. ALUGA-SE APARTAMENTO de 2 e 3 dormitórios em ITAPEMA / MEIA PRAIA, Santa Catarina. 150 metros do mar. A partir de 15/01. Tratar. F. (54) 9 9118 1642. EXCELENTE INVESTIMENTO! Compre por apenas R$ 45.000,00 terreno plano de 1000m², com água e luz! Asfalto chegando no local. A 3,5km de Farroupilha. Saída para o Salto Ventoso.Tratar: (54) 9 9925-2068.


Dia da Mulher Farroupilhense

Parte integrante da Edição 529. Não pode ser vendido separadamente

16 de março de 2018

As grandes farroupilhenses Ramon Cardoso

Sessão mais concorrida do ano foi pautada pela emoção na Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton

O trabalho social de Sandra de Almeida

A construção familiar, O espírito comunitário foco de Rejane Comin de Diles Turquetto Página 3

Página 4

O amor às tradições de Elenice Girelli

O viver para servir de Nair Todeschini

A abnegação à CICS de Carla Macalossi

O empreendedorismo de Gissela Colombo

Página 5

Página 2

Página 6

Página 7

Contracapa


2

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

Sandra de almeida

Voluntariado para mudar a realidade Presidente da Associação de Moradores do São José, conduz ações sociais para crianças e mães em vulnerabilidade social Bairros (UAB), que permitiu que fossem realizadas melhorias na localidade, e a todos colaboradores. É idealizadora da Associação de Escolinhas de Farroupilha e oferta ainda aulas de Inglês, Informática, Natação, Yoga, suporte escolar e outros. Natural de Muçum, preside a Associação de Moradores do Bairro São José pelo segundo mandato, é conselheira fiscal da UAB, integra o Conselho Municipal de Saúde e o Conselho da Juventude. O trabalho social com os pequenos de famílias de baixa renda dos bairros São José, Industrial, Alvorada, São Francisco, 1º de Maio e Bela Vista é realizado desde 2015. Atende cerca de 80 crianças e adultos e conta com uma média de 30 voluntários de diversas áreas. É deste jeito que o mundo de Sandra muda, com o olhar atento e voltado ao cuidado com o outro, oferecendo um futuro de melhores oportunidades.

Ramon Cardoso

“P

eço desculpas, eu sei que a situação pedia traje social, mas eu vim assim, vestida de eu mesma”, iniciou seu pronunciamento Sandra de Almeida, que subiu ao palco para receber o Certificado Mulher Destaque entregue pela Câmara de Vereadores, numa homenagem do PDT. Sandra não pensou em transformar o mundo, mas em melhorar a realidade de famílias que estavam ao seu redor e deu início a um projeto que beneficia crianças e jovens com esporte e outras atividades. Tudo pela rede de voluntariado, além de oferecer às mães formação para o mercado de trabalho. “Auxiliando para um futuro com mais oportunidades na sociedade farroupilhense”, explicou, agradecendo ainda o apoio dos parceiros do projeto, à União das Associações de

Homenagens para Sandra Raul Herpich e Aldir Toffanin, do PDT, entregam Certificado junto ao presidente Thiago Brunet


3

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

REJANE COMIN

Amor que vai muito além do DNA Não presente em virtude de internação hospitalar de seu pai, psicóloga foi representada pela amiga Vanusa Tavares de Oliveira o trabalho dos que integram o grupo de apoio à adoção, principalmente o presidente, Jorge Bonalume. Rejane é psicóloga graduada pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). Cursou Teoria Psicanalítica no Instituto Contemporâneo de Psicanálise, em Porto Alegre, e é especialista em Atendimento Clínico pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Atualmente estuda Direito de Família na Universidade de Caxias do Sul (UCS). Atua em clínica com atendimento a adolescentes e adultos, sendo também psicóloga da Casa Lar Padre Oscar Bertholdo. Para Rejane, um dos grandes presentes da vida é justamente a família e, por todos os valores que aprendeu com a sua, quer atuar permitindo que mais crianças desfrutem do aconchego de um lar, de laços de carinho que vão muito além da genética, passam mesmo é pela alma.

Ramon Cardoso

F

arroupilha é referência no Brasil quando o assunto é agilidade e competência no processo de adoção. Esse reconhecimento deve-se principalmente à atuação do DNA da Alma, grupo fundado há seis anos pela psicóloga Rejane Comin. Mesmo não presente na homenagem por motivos de saúde de seu pai, enviou uma carta de agradecimento e foi representada pela assistente social Vanusa Tavares de Oliveira, parceira de fundação da entidade e que também atua diariamente em prol da causa. “Hoje escolhi ficar ao lado de minha família que está passando por um momento difícil e família é isso, é afeto”, considerou a homenageada, cuja indicação foi feita pela bancada do PT. “Eu apenas represento o DNA da Alma, mas essa homenagem é compartilhada”, frisou, destacando

Certificada pelo Partido dos Trabalhadores Vanusa, representando Rejane, recebe distinção do presidente Brunet e do vereador Fabiano Piccoli


4

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

DileS Terezinha TurqueTTo

Tudo por sua comunidade Zeladora de Capelinha há 18 anos, disponibilizou até mesmo o porão de casa para realização de missas no Santa Catarina gou a disponibilizar o porão de casa para a celebração das missas, já que na localidade não há Igreja. Após dois anos e conversas com a Associação de Moradores, passaram a utilizar o salão da camunidade, tendo em vista a necessidade de um espaço maior. Fez ainda curso de Teologia, é ministra da Eucaristia e leva comunhão a acamados e doentes de seu bairro, além de palavras de conforto e esperança. Com a forte marca da religiosidade, Diles está sempre disposta a servir sua comunidade e preparada para motivar os outros moradores a se unirem pela causa. De coração simples e ideais que querem beneficiar a coletividade, ajuda em projeto para erguer a Igreja de seu bairro que está sendo construída por meio de doações e com valores arrecadados pela festa realizada em honra à Santa Catarina. Dedicada à família e à fé, é nesses dois pilares que Diles estrutura sua vida.

Ramon Cardoso

O

projeto agora é obter recursos, patrocínio e auxílio para erguer a Igreja do Bairro Santa Catarina. Este é um dos envolvimentos de Diles Terezinha Turquetto, figura conhecida por sua atuação junto à comunidade. Homenageada pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) com o Certificado Mulher Destaque, é natural de Ronda Alta, casada com Augustinho Turquetto, mãe de Paulo Roberto e Carlos Daniel. Reside em Farroupilha há 22 anos, sendo que há 18 atua também como zeladora de Capelinha. “NossoS braços são nossas asas, mas quem voa para buscar nosso trabalho e valores é a nossa humildade”, considerou, destacando ainda que se considera muito feliz por representar a mulher farroupilhense, agradeceu a indicação e ainda o apoio de sua família. Bem conhecida onde mora, che-

Distinção entregue pelo PSB Diles é homenageada pelos vereadores Sandro Trevisan e Odair Sobierai, junto ao presidente


5

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

ElEnicE GirElli

Prenda de muitos valores Com vocação para a docência, amante das tradições e cultura gaúcha, a pedagoga é diretora da Escola Infantil Planeta Criança profissão que escolhi desde muito cedo. Percebo que nada sei, mas que posso compartilhar tudo o que até aqui aprendi”, enfatizou Nice, como é conhecida pelos amigos e alunos. Agradeceu aos pais Olivo e Santa, às irmãs Cristiane e Josiele pelo costumeiro carinho e apoio. Aos filhos Pedro Luiz e Maria Luiza com quem compartilha as conquistas, sonhos e inquietações diárias. A pedagoga entoou até trechos da linda canção de Renato Teixeira e Almir Sater: “é preciso amor para poder pulsar, é preciso paz para poder sorrir, é preciso a chuva para florir”. É ainda diretora da Escola de Educação Infantil Planeta Criança que tem 16 anos de fundação e atua no Projeto Farroupilha Bem Gaúcha, que leva danças tradicionalistas, declamações e música às escolas. É dessa forma que a prenda, que faz questão das vestes típicas, mantém os passos no ritmo certo para acompanhar os embalos da vida, ensinando e renovando aprendizados.

Ramon Cardoso

E

lenice Girelli encontra nas tradições gaúchas a sua paixão, seu desafio e muitas de suas realizações. Integra a diretoria do CTG Ronda Charrua como capataz, que equivale a vice-patroa, e desde bem jovem esteve envolvida com atividades do Departamento Cultural. Foi campeã com o Grupo de Dança do Fegart, 1ª Prenda da entidade e 1ª Prenda da 25ª Região Tradicionalista. Presidiu o Lions Clube Farroupilha Imigrante, o Conselho Escolar da Escola Municipal Angelo Chiele e o Conselho de Ética da 25ª Região Tradicionalista, onde também já foi 1ª Sota Capataz. Para reconhecer essa trajetória de alma gaudéria com o Certificado Mulher Destaque, a indicação da homenagem foi do PRB. “Amo estar com as pessoas, estejam elas no ventre de suas mães ou com 100 anos. Amo ensinar, amo a

Prenda, professora e Mulher Destaque Ao lado do presidente Thiago Brunet, Elenice é reconhecida pelo vereador Tiago Ilha, do PRB


6

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

NaiR Salete todeSchiNi

Atuação social como lema de vida Dedicada às famílias em situação de vulnerabilidade social, prestou 27 anos de serviços públicos em diversas frentes de trabalho com o reconhecimento pelo Dia da Mulher Farroupilhense que lotou o plenário da Câmara de Vereadores. Entre os trabalhos desenvolvidos em sua atuação profissional está a urbanização da primeira favela de Farroupilha, na época denominada Núcleo Sfan. Salete realizou o cadastramento, remoção e realocação dessas famílias. Implantou ainda projeto com os recicladores, desde a construção de pavilhão no bairro Industrial até a organização das equipes de trabalho. Coordenou ainda o assentamento da Tribo Indígena Caingangue. Por diversos anos trabalhou no Plantão Social, entidade que precedeu a criação do Centro de Referência da Assistência Social e coordenou a ação voluntária de confecção de enxovais para gestantes carentes. É aposentada e participa do Grupo de Mulheres Universo Feminino, do bairro Cinquentenário, onde atua como secretária.

Ramon Cardoso

A

lguns dos projetos sociais mais importantes de Farroupilha têm as mãos de Nair Salete Todeschini e é justamente por sua atuação marcante que ela foi uma das homenageadas com o Certificado Mulher Destaque, conferido pela Rede Sustentabilidade, na última segunda, na Câmara de Vereadores. Formou-se em Serviço Social pela Universidade de Caxias do Sul (UCS) em 1984 e por 27 anos atuou junto ao poder público em ações voltadas à população de baixa renda. Salete é natural de Veranópolis, tem 68 anos, é casada com Vicente Todeschini e mãe da psicóloga Carolina Todeschini. “Me sinto muito feliz hoje em receber essa homenagem pelo trabalho de assistente social por 27 anos no município. Me sinto grata e honrada”, considerou Salete, emocionada

Pela Rede Sustentabilidade Salete recebe certificado entregue pelo vereador Alberto Maioli e presidente Thiago Brunet


7

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

Carla MaCalossi

Dedicação ao crescimento da CICS Há 27 anos secretariando a entidade, auxiliou 10 diretorias e acompanhou transformações sociais e econômicas da cidade no planejamento que Carla contribui para o crescimento da instituição. “A CICS é uma extensão da minha casa”, reconhece a homenageada que cursa Direito na Universidade de Caxias do Sul. É nesta sua participação junto à classe empresarial que vivenciou também diversos projetos que foram gestados e colocados em prática, com destaque para a Festa Nacional do Kiwi (Fenakiwi). “Na CICS aprendi que não existe outra forma de desenvolvimento que não seja pela parceria. Fica aqui a máxima: nada se faz sozinho”, arremata Carla que se vê diante de bons exemplos quando o assunto é unir forças para o crescimento da cidade. Secretariou ainda 10 presidentes, numa trajetória de muito trabalho e diversas amizades pelo caminho. O cargo de comando da CICS hoje é ocupado pelo empresário Daniel Bampi, cujo dinamismo, afirma Carla, oxigena com jovialidade a instituição.

Ramon Cardoso

M

ais do que Carla Macalossi, esta é a Carla da CICS, tamanha sua marca junto à entidade em que atua. Trabalhando há 27 anos, é gerente administrativa da Câmara de Indústria, Comércio, Serviços e Agronegócios de Farroupilha. Esta foi a homenageada pela bancada do PMDB com o Certificado Mulher Destaque. Mãe de Júlia Macalossi Gubert, a quem descreve como sendo sua melhor obra e a grande companheira, iniciou a carreira profissional no Banco Bradesco, em 1987. Chegou à CICS quatro anos depois, por meio de convite do então presidente, o empresário Adelino Miotti (em memória). “Essa é a primeira vez que ocupo a tribuna, trabalho nos bastidores”, declarou de início, acostumada aos serviços internos da entidade para que grandes projetos, ações e eventos tomem forma. É na assessoria e

reconhecimento do PMDB Vereadores Arielson Arsego, Eleonora Broilo, que ocupou tribuna em nome da bancada, Carla, presidente da Casa, Thiago Brunet, além de Jorge Cenci, José Mário Bellaver e Jonas Tomazini


8

FARROUPILHA, 16 DE MARÇO DE 2018

Gissela Franke Colombo berlaver

Missão à frente da Lojas Colombo Sucedendo o pai na administração da empresa, a nova presidente da corporação segue com a tradição de bons negócios casada com Olivar Antonio Berlaver, mãe de Gustavo e Bruno. É bacharel em Direito pela Universidade de Caxias do Sul, integra o Conselho de Administração da Crediare, é vice-presidente do Conselho de Família AR Colombo e da Holding AR Colombo. É sócia da Gio Consultoria Empresarial e acionista majoritária da Holding GGB Participações. Durante sua trajetória profissional fez ainda parte da área comercial e da gestão da Calzare Comércio de Calçados e envolvida com questões sociais, integra o grupo Voluntárias da Saúde. “O mesmo amor que tu sentes por essa empresa eu também sinto e farei de tudo para levá-la até a terceira e quarta geração”, declarou Gissela a seu pai que ocupava o plenário da Câmara de Vereadores durante a homenagem. A filha mais velha de Adelino Colombo tem como grande missão manter o legado e o negócio da família que está prestes a completar 60 anos.

Ramon Cardoso

S

ua trajetória na Lojas Colombo teve início há 27 anos, o que a permitiu conhecer diversos segmentos da empresa, principalmente na área de compras, vendas e de Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC). Desde o mês passado à frente da presidência de um dos maiores grupos varejistas do Brasil, Gissela Franke Colombo Berlaver foi uma das homenageadas com o Certificado Mulher Destaque. “Gostaria de homenagear as mulheres que através dos séculos lutaram para que pudéssemos ter hoje nossos direitos civis”, considerou a empresária durante a solenidade. “A igualdade social da mulher vai acontecer”, acredita a homenageada da bancada do PP, que também agradeceu a deferência recebida e citou o apoio da família em todas as horas. Natural de Farroupilha, Gissela é

reconhecimento à veia empreendera Homenagem prestada por Tadeu Salib dos Santos e Kiko Paese, do PP, junto à Thiago Brunet

Edição 529  
Edição 529  
Advertisement