Page 1

FARROUPILHA

|

ANO X

| EDIÇÃO 513

| 24 D E N OV E M B RO D E 2 017 |

R$ 3,00

Feira do Livro da Escola Nossa Senhora de Caravaggio agita a sexta e o sábado com música e teatro Educação, página 16

MATÉRIA ESPECIAL

ECONOMIA

SAÚDE, BELEZA & ESTÉTICA

Em Farroupilha desde 1993, UCS recebeu homenagem na Câmara por seus 50 anos Páginas 2 e 3 e Opinião

Carlos Roberto Custodio presidirá entidade ao longo do próximo biênio Página 9

Laura Medina, jornalista da Band TV, comanda bate-papo na Faculdade CNEC Capa e contracapa

Universidade de toda região

CDL elege nova diretoria

Mulheres em conversa franca

Juliana Inês Casa Barbieri

Muito além da Literatura


2

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

HOMENAGEM NO LEGISLATIVO

UCS 50 anos: conhecimento que i Instituição de ensino superior tem sido um dos principais pilares para o desenvolvimento da Serra Gaúcha ao longo de sua história

P

és na região, olhos no mundo. O slogan traduz bem o que a Universidade de Caxias do Sul (UCS) representa para a Serra Gaúcha. Responsável por formar mais de 100 mil pessoas ao longo de sua trajetória cinquentenária, a instituição foi homenageada na segunda pela Câmara de Vereadores de Farroupilha. “Os princípios e valores que norteiam a instituição, juntamente com a excelência do ensino, puseram a UCS entre as melhores universidades do País, consolidando-a no panorama nacional e internacional”, destacou o vereador Raul Herpich (PDT), que, como proponente da solenidade em conjunto com o presidente Fabia-

no Piccoli (PT), foi o primeiro a se manifestar na sessão. Sandro Trevisan (PSB), Tiago Ilha (PRB), Beto Maioli (Rede), Tadeu Salib dos Santos (PP) e Eleonora Broilo (PMDB) o seguiram. Após, foi a vez do reitor da UCS, Evaldo Antonio Kuiava, utilizar a Tribuna. Em seu discurso, ele agradeceu o reconhecimento recebido e destacou que a data é propícia tanto para relembrar o passado glorioso da universidade como para projetar os próximos 50 anos. E, ainda, que a história da UCS se mistura com a da região, com a instituição sempre tendo buscado ser parceira no desenvolvimento social, econômico e cultural da Serra. Campus farroupilhense da UCS já formou 1,3 mil alunos desde 1993 “A UCS esteve e estará em permanente diálogo com a comunidade, mantendo desta forma o compromisso de promover a cultura do conhecimento”, afirmou o reitor. Conceito que, de certa forma, norteia as ações que vêm sendo implementadas pela instituição. “A Universidade é patrimônio da comu-


3

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

ilumina o futuro da região Daniel Rufatto

Justo reconhecimento UCS foi agraciada pela Câmara de Vereadores de Farroupilha com placa alusiva a seus 50 anos

nidade. Por isso, precisamos juntos, poderes público e privado e entidades, zelar pela sua continuidade”, complementou (veja artigo do reitor na página 6, na Editoria de Opinião). Kuiava ainda ressaltou a atuação da UCS em Farroupilha, que começou com a implantação de um núcleo universitário no segundo semestre de 1993, sob a direção de Raul Bampi, e já formou cerca de 1,3 mil alunos. Em 2015, a estrutura, à época sob o comando de Celso Ferrarini, foi elevada à categoria de Campus Universitário. Atualmente tendo Fernanda Maria Francischini Schmitz como diretora, o CFAR oferece os cursos de bacharelado em Administração, Ciências Contábeis e Direito e de tecnologia em Gestão Comercial, Gestão de Recursos Humanos e Marketing. A primeira sede da UCS em Farroupilha foi no endereço da rua 13 de Maio, 275. Em 1997, passou a funcionar em instalações próprias, na Rodovia dos Romeiros, 567. Inserido em um terreno de 12.662,15 m², com 5.876,15 m² de área construída, o Campus conta com 21 salas de aula, uma biblioteca setorial com 35.412

volumes, três laboratórios de informática e um auditório de 400 lugares equipado com recursos de audiovisual. Após a fala, Kuiava recebeu, das mãos de Piccoli e do prefeito Claiton Gonçalves, uma placa alusiva ao cinquentenário da UCS, contendo um pensamento do escritor uruguaio Eduardo Galeano: “Somos o que fazemos, mas somos principalmente o que fazemos para mudar o que somos”. Em seguida, ocorreu o pronunciamento do prefeito, que, além de destacar a importância histórica da UCS para região, citou o trabalho conjunto que vem sendo realizado em áreas estratégicas para Farroupilha. “A UCS tem caminhado nesse sentido e nos agrada por sermos uma cidade que prega o desenvolvimento, a inovação e a tecnologia. Estamos alinhados nesse quesito, buscando novas fronteiras que passam pelo conhecimento extremamente especializado. Como o da Indústria 4.0, da Internet das Coisas, da Nanotecnologia e outras coisas mais que a universidade está pronta a nos auxiliar”, ressaltou o chefe do Executivo municipal.


4

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

Tributação e as finaliza o ano do do IARGS na área Evento acontece na próxima quarta, na sede do Instituto, em Porto Alegre, e marca um 2017 especial para os que atuam na área

“A

procura pelas nossas palestras foi tamanha que tivemos que mudá-la de local, do 4º para o 5º andar do IARGS, que conta com um espaço maior para receber o público”. A citação é de Roberto Medaglia Marroni Neto. Coordenador do Departamento de Direito Tributário do Instituto dos Advogados do Rio Grande do Sul (IARGS), ele comemora o grande interesse pela área no segundo ano do Ciclo de Palestras do Direito Tributário, que organiza juntamente com o desembargador Francisco José Moesch, coordenador do Grupo de Estudos de Direito Tributário do IARGS. A cada quinzena, um nome de expressão dentro da área participa de uma palestra no Instituto e a grande procura pelos eventos comprova os capacitados profissionais que estiveram participando do Ciclo de Palestras neste ano, que também tem o apoio da Academia Brasileira de Direito Tributário de São Paulo. O sucesso deste ano já sinaliza que as atividades devem continuar no ano que vem, com destaque especial para a

VII Congresso de Questões Polêmicas no Direito Tributário, nos Tribunais e no Processo Administrativo, que deve ocorrer no segundo semestre. Na próxima quarta, às 12h, a palestra que encerra o Ciclo de 2017. Advogado, professor universitário do mestrado e doutorado em Direito Tributário, Tributação e Políticas Públicas da PUC/RS, Paulo Caliendo falará sobre “Tributação e Novas Tecnologias”. O evento é aberto ao público e acontece na sala de aula do IARGS (Travessa Engenheiro Acilino de Carvalho, 21, 5º andar, no Centro Histórico de Porto Alegre). A abordagem falará especialmente sobre a necessidade de atualização na complexa área. “Irei abordar o impacto das novas tecnologias na tributação. São muitos os desafios futuros: inteligência artificial, teletrabalho, moedas virtuais, e não estamos prontos para atender tantos desafios. Creio que uma das nossas prioridades é a simplificação, e talvez a tecnologia ajude, como já ocorreu em outros setores”, avalia Caliendo, que também participou do VI Congresso de Questões Polêmicas no Direito Tributário, realizado nos dias 14 e 15 de setembro deste ano.


5

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

Novas Tecnologias Ciclo de Palestras Tributária Arquivo Pessoal

Inovação em pauta Caliendo palestra na próxima quarta sobre novas tecnologias na área tributária, na atividade que encerra a segunda temporada do Ciclo de Palestras de Direito Tributário do IARGS


6

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

Por uma reinvenção industrial As informações acerca do grafeno, um produto originário do carbono, ainda são incipientes. Porém, muitos estudos na área o apontam como um material revolucionário, que pode trazer infindáveis benefícios, especialmente para a indústria em seus mais variados ramos. Foi pensando nisso que a Universidade Mackenzie inaugurou o primeiro

Centro de Pesquisas Avançadas em Grafeno, Nanomateriais e Nanotecnologias, o MackGraphe. Pioneiro na América Latina, o Centro será responsável por desenvolver estudos e pesquisas para um melhor aproveitamento do material. Participando de feiras de inovação tecnológica, a prefeitura criou um grupo de trabalho, com professores universi-

tários, pesquisadores e empresários de diversos segmentos da indústria para uma visita à Universidade paulistana, que ocorreu ao longo desta quinta (veja mais na Editoria de Política, página 14). No encontro pré viagem, que ocorreu no Poder Executivo, havia um consenso entre os empresários sobre a necessidade de aplicar tecnologia para agregar

valor aos produtos já que, na visão de muitos, a competição atual por mercado fica praticamente restrita a preço. Fez bem o poder público em capitanear uma comitiva para visitar o MackGraphe. E disso que se espera de administradores e gestores, que usem o ótimo canal da política como um indutor do desenvolvimento e da inovação.

OPINIÃO

UCS: a serviço da comunidade regional Evaldo Antonio Kuiava * Ao completar os seus 50 anos, a Universidade de Caxias do Sul se consolida como uma instituição de pesquisa e ensino voltada para a promoção de uma educação de qualidade e excelência. A marca da Universidade de Caxias do sul, impressa na história de sua região, faz parte da trajetória de sucesso de pessoas, empresas e comunidades que acreditaram e acreditam no conhecimento como fator de progresso e desenvolvimento social. Para nós é de suma importância o reconhecimento que nos é dado pelo poder público, enquanto uma Instituição Comunitária de Educação Superior, que vem, há meio século, produzindo conhecimento em prol do progresso da sociedade pertencente à região de sua abrangência. O Ensino Superior em Farroupilha iniciou em 1993, ano da aprovação do projeto de regionalização da UCS, com a oferta do curso de graduação em Administração – Habilitação em Comércio

Exterior, tendo como primeiro diretor o professor Raul Bampi. Em outubro de 2015, ocorreu a transformação do Núcleo de Farroupilha em Campus Universitário Farroupilha, fortalecendo o compromisso da Instituição com uma educação de excelência. Hoje, a UCS mantém, no Campus Universitário de Farroupilha, a oferta dos cursos de graduação em Administração, Ciências Contábeis, Direito e dos cursos de tecnologia em Gestão de Produção Industrial e em Gestão de Recursos Humanos, atendendo às demandas sociais desta região. A UCS, na cidade de Farroupilha, por meio de uma educação de qualidade, já formou cerca de 1.300 pessoas que carregam a luz do conhecimento e a marca da Universidade. Em meio século de atividades, a UCS marcou a vida de mais de 100 mil pessoas, que contribuem com o seu conhecimento para o progresso da região e do País. Cinquenta anos de história! Momento de celebrar um passa-

Índice

Editorial

Matéria Especial .................................... Páginas 2 e 3 Editorial e Opinião................................ Página 6 Economia .................................................. Páginas 8 e 9 Cidade ........................................................ Páginas 10 e 12 Política ..................................................... Página 14 Educação .................................................. Páginas 15 e 16 Esporte ..................................................... Páginas 17 a 19

Inside

Especial..................................................... Capa Cinemas ..................................................... Página 2 Aventura................................................... Página 3 Gustavo Pimentel ................................... Página 4 Agenda....................................................... Página 4 Tradicionalismo ..................................... Página 5 Guilherme Macalossi ............................ Página 5 Social ........................................................ Páginas 6 e 7 Armando Wartha.................................... Página 8 Primeiro Parágrafo............................... Páginas 8 e 9 Lauro Edson Da Cás ............................... Página 9 Sétima Arte .............................................. Páginas 10 e 11 Horóscopo ............................................... Contracapa Saúde, Beleza & Estética...................... 4 páginas Classificados .......................................... 12 páginas

do glorioso e um marco oportuno para planejar um futuro promissor. Nesses 50 anos, todos nós, comunidade acadêmica e entidades representativas da sociedade, sem dúvida, honramos e reafirmamos os valores e os ideais concebidos pelos fundadores da Instituição. A história da UCS se mistura com a história regional. Com a presença da Universidade de Caxias do Sul, Farroupilha e arredores alcançaram os desenvolvimentos econômico, social e cultural, pelos quais é reconhecida nacional e internacionalmente. As comunidades local e regional também honraram, valorizaram e acompanharam a história exitosa da sua Universidade. Hoje, temos profissionais, aqui formados, que estão atuando com sucesso no mundo todo. Estar aqui, hoje, é uma oportunidade para ressaltar que a UCS precisa desta casa e do poder público como pilares de apoio às estratégias e aos projetos promovidos pela Instituição que

REDAÇÃO - REDACAO@JORNALINFORMANTE.COM.BR DANIEL RUFATTO DANIEL@JORNALINFORMANTE.COM.BR JULIANA INÊS CASA BARBIERI JULIANA@JORNALINFORMANTE.COM.BR RAMON CARDOSO RAMON@JORNALINFORMANTE.COM.BR ROCHELI CAMARGO ROCHELI@JORNALINFORMANTE.COM.BR

visam ao desenvolvimento e progresso desta região. A união do poder público com a Instituição e o seu amparo se fazem imprescindíveis para potencializar as ações da UCS. É com orgulho que compartilho essa história de dedicação e comprometimento com a sociedade de Farroupilha. Aos professores, funcionários, alunos, familiares, amigos, colaboradores e comunidades de Farroupilha e arredores o meu agradecimento, em nome da UCS, por tornarem possível essa trajetória. Por fim, agradeço novamente a proposição desta Casa Legislativa em homenagem à UCS. Fico feliz junto à minha equipe e, aqui, particularmente com a professora Fernanda Maria Francischini Schmitz, que desenvolve um primoroso trabalho frente a direção do Campus. Venho agradecer ao poder público e reiterar o meu pedido para que continue valorizando a Universidade, que é de Farroupilha e de seus cidadãos. * Reitor da UCS

LOGÍSTICA - LOGISTICA@JORNALINFORMANTE.COM.BR LUIZ CARLOS DE ANDRADE LUIZ@JORNALINFORMANTE.COM.BR

ASSINATURAS - ASSINATURAS@JORNALINFORMANTE.COM.BR ASSINATURA BIENAL: R$ 220,00 ASSINATURA ANUAL: R$ 120,00

COMERCIAL - COMERCIAL@JORNALINFORMANTE.COM.BR FABIANO LUIZ GASPERIN GASPERIN@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARIA DA GRAÇA POTRICOS LEITE MARIA@JORNALINFORMANTE.COM.BR VALÉRIA GASPERIN VALERIA@JORNALINFORMANTE.COM.BR

TELEFONES (54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203

ENDEREÇO RUA DR. JAIME ROMEU RÖSSLER, 348, BAIRRO PLANALTO

ANUNCIOS - ANUNCIOS@JORNALINFORMANTE.COM.BR

COLUNISTAS ARMANDO WARTHA CRÔNICAS DA REDAÇÃO DOLORES MAGGIONI FABRÍCIO OLIBONI

ALEXANDRE FRANCISCO MACHADO ALEXANDRE@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARCELO BORTAGARAY MELLO MARCELO@JORNALINFORMANTE.COM.BR TIAGO RODRIGUES DA SILVA TIAGO@JORNALINFORMANTE.COM.BR

FINANCEIRO - FINANCEIRO@JORNALINFORMANTE.COM.BR KELI DE ALMEIDA MACIEL KELI@JORNALINFORMANTE.COM.BR

GUILHERME MACALOSSI GUSTAVO PIMENTEL LAURO EDSON DA CÁS PAULO ROQUE GASPARETTO

A manifestação dos colunistas é livre e independente e não necessariamente reflete a opinião do Tabloide sobre os temas abordados nas colunas

@PaperInformante www.jornalinformante.com.br

/jornalinformante


8

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

CARRINHO AGAS 2017

Alexandre Grendene Bartelle escolhido Empresário do Ano Supermercadistas também elegeram outro farroupilhense, o governador José Ivo Sartori, como Personalidade Pública do Ano Arquivo Jornal Informante

A

Associação Gaúcha de Supermercados (Agas) divulgou na manhã de terça os vencedores da edição de 2017 do Prêmio Carrinho Agas. Entre as 37 empresas e personalidades que serão agraciadas com a distinção na próxima segunda, em Porto Alegre, estão dois ilustres farroupilhenses. Um deles é Alexandre Grendene Bartelle, eleito o Empresário do Ano. “É um nome que dispensa apresentações, orgulho dos gaúchos por seu arrojo, empreendedorismo e sucesso. Grendene ganhou o mundo sem esquecer suas raízes, e levou a excelência dos produtos do Rio Grande do Sul para os cinco continentes”, destaca o presidente da Agas, Antônio Cesa Longo. O outro farroupilhense que será premiado é o governador José Ivo Sartori, como Personalidade Pública do Ano. “Entendemos que o prêmio é justo pelo combate ao corporativismo e pela coragem ao enfrentar problemas crônicos de caixa. Este troféu

Novo troféu para coleção Outorga da distinção a Grendene é nesta segunda

é um estímulo, um voto de confiança que o setor supermercadista dá ao governador do Estado, para que faça as mudanças que o Rio Grande precisa”, defende Longo. A escolha dos agraciados (lista completa abaixo) contou com votos dos 252 maiores supermercadistas do Estado.

Os melhores fornecedores

Anunciante do Ano Revista Agas: Fröhlich Biscoitos e Torradas: Isabela Bombonière: Neugebauer Frango: Cooperativa Languiru Higiene e Beleza: P&G Serviços e Tecnologia: Sysmo Sistemas Amaciantes: Girando Sol Café: Nestlé Carne Bovina: Best Beef Cerveja Premium e Artesanal: Heineken Conservas e Temperos: Conservas Oderich Equipamentos: AHT Equipamentos Espumantes: Cooperativa Garibaldi Farinhas e Grãos: Orquídea

Iogurtes: Cooperativa Piá Massas: Mosmann Alimentos Naturais e Integrais: Ritter Pães Congelados: Superpan Papéis: Mili Produtos de Limpeza: Unilever Produtos Zero Lactose: Coop. Santa Clara Rações Pet: Supra Refrigerante: Coca-Cola Suco em Pó: Parati Suco Pronto: Suvalan Utensílios: Mor Vinhos: Cooperativa Vinícola Aurora Queijos: Laticínios Steffenon

Categorias especiais

Produto Lançamento do Ano: Energético Elev (Fruki) Distribuidor do Ano: Decsul Destaque Agas Programa Juntos para Competir: Programa de Qualificação de FLV (Sebrae) Destaque Agas Jovem: Giovanni Jarros Tumelero (Jornal do Comércio) Gerente do Ano: Andrei Trindade (Isabela) Empresário do Ano: Alexandre Grendene Bartelle (Grendene) Mulher Supermercadista: Terezinha Zaffari Sonda (Grupo Master) Reconhecimento Agas: Alexandre Gadret (Rede Pampa) Personalidade Pública do Ano: José Ivo Sartori (Governador do Estado)


9

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

NOVA DIRETORIA

Gerente da Pizano Lar assumirá entidade de classe a partir de 1º de janeiro, substituindo a Jones Paviani

A

pós mais de três décadas, Carlos Roberto Custodio voltará a presidir a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Farroupilha. O gerente da Pizano Lar foi eleito, na último terça, por 26 votos favoráveis e nenhum contrário para comandar a entidade na gestão 2018/2019. Ele assumirá o posto em 1º de janeiro, em substituição a Jones Paviani. “A intenção é dar continuidade ao projeto e planejamento da CDL,

por isso colocamos nossos nomes à disposição. Ficamos muito contentes por termos recebido o aceite da maioria dos associados”, salienta Custodio, que presidiu anteriormente a entidade de 1982 a 1984 e participou também das últimas três diretorias. Cabeça da única chapa inscrita no pleito, Custodio terá Juliano Tofolo como 1º Vice Presidente e André Bisol como 2º Vice. Andréia de Andrade será a 1ª Diretora Financeira e, Diogo Tesch, o 2º. Já Douglas Frison será o 1º Diretor Secretário, com Guilherme Paesi Neto como 2º. Os titulares do Conselho Fiscal serão Sérgio João Bisol, Antônio De Cesaro e Gilmar Gasperin, tendo como suplentes Luiz Aquino, Alexandre Farinon de Aguiar e Lear Antônio Mauri.

Daniel Rufatto

Custodio eleito presidente da CDL

Retorno à presidência Gerente da Pizano Lar já havia comandado CDL Farroupilha entre 1982 e 1984

Diretoria da CDL - 2018/2019

Presidente: Carlos Roberto Custodio 1º Vice Presidente: Juliano Tofolo 2º Vice Presidente: André Bisol 1ª Diretora Financeira: Andréia de Andrade 2º Diretor Financeiro: Diogo Tesch 1º Diretor Secretário: Douglas Frison 2º Diretor Secretário: Guilherme Paesi Neto

Conselho Fiscal da CDL - 2018/2019

Titulares: Sérgio João Bisol, Antônio De Cesaro e Gilmar Gasperin Suplentes: Luiz Aquino, Alexandre Farinon de Aguiar e Lear Antônio Mauri


10

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

Juliana Inês Casa Barbieri

CAMPANHA

Ajudando o Papai Noel As doações de brinquedos, alimentos, livros e itens de higiene pessoal seguem até o próximo dia 14

A

campanha “Levando o Natal para onde o Papai Noel se esquece de passar” está recebendo donativos de brinquedos para mais um ano de atividades. Alimentos não perecíveis, material de higiene pessoal e livros também podem ser entregues. Esta é a 6ª edição da campanha e a Casa do Papai Noel, que sedia a oficina do Bom Velhinho, é na 14 de Julho, 878, ao lado do Albergue Municipal. É neste endereço que os voluntários se revezam na triagem e organização dos donativos. “Essa campanha é de todos, é importante a participação. Para o momento da entrega todos são convidados também”, avisa Henrique Piccoli, coordenador da ação. São cerca de 90 pontos de coleta,

entre eles: Rossi Materiais de Construção, Magazine Luiza, Tudo 1,2,3, Pintura Íntima, Copifar, Fruteira do Parque e Mercado Crippa. Também pode ser entregue diretamente na Casa do Papai Noel, de segunda a sexta, das 17h às 19h30min e aos sábados e domingos, das 15h às 17h. A entrega às crianças será nos dias 16 e 17, em nove localidades: bairros Industrial, São José, São Francisco, São Roque e 1º de Maio, Vila Esperança, Desvio Blauth, Aldeia Indígena e proximidades da Barragem da Julieta. A meta é ultrapassar 5 mil pacotes, girando entre 15 e 20 mil brinquedos. Serão beneficiadas crianças de zero a 10 anos, sendo que os alimentos serão repassados a famílias carentes e o excedente irá para o Hospital São Carlos. Os livros serão entregues a escolas. O grupo ainda aceita doações de pilhas.

Campanha a todo vapor Henrique convida população a colaborar, fazendo doações ou ajudando como voluntário

Programe-se O que: “Levando o Natal para onde o Papai Noel se esquece de passar”, que coleta brinquedos, alimentos, livros e materiais de higiene pessoal Quando: doações até o próximo dia 14 Onde: entrega num dos 90 pontos

Esquina Escolha do Rei e Rainha da Vila Esperança

A comunidade de Vila Esperança escolhe quem será seus representantes de beleza neste domingo, às 14h, na quadra de esportes próxima ao Posto de Saúde. Participam crianças e adolescentes. Esta será a 1ª edição do evento que conta com apoio da Associação de Moradores.


12

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

CONCURSO OSCAR BERTHOLDO

Vencedores revelados

P

Premiação foi entregue na noite de quinta, na Câmara de Vereadores

romovido pela Biblioteca Pública Municipal Olavo Bilac e Secretaria Municipal de Educação, o Concurso Regional de Contos, Crônicas e Poesias Oscar Bertholdo divulgou na noite de quinta os vencedores. A cerimônia de premiação foi realizada na Câmara Municipal de Vereadores e integrou a programação da Semana Literária. Foram 29 escritores reconhecidos, entre as quatro categorias, sendo que a divisão é por idade. Esta foi a 15ª edição do concurso cuja proposta é o incentivo à leitura, além de oportunizar a criatividade, valorizando o surgimento e o reconhecimento de novos talentos na arte da escrita.

Obituário 17 de novembro * Alceu Borges de Camargo, 41 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza. 19 de novembro * Paulo da Silva, 40 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 20 de novembro * Alvaro Augusto Pessin, 78 anos. Memorial Crematório São José, de Caxias do Sul. 22 de novembro * Lagarderi Gráss Lautert (Deco), 62 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal; Ivair da Cruz, 51 anos. Memorial Crematório São José, de Caxias do Sul; Nilva Flores Facchi, 56 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza; Ricardo dos Santos, 34 anos. Sepultamento no cemitério da Capela São Gabriel, de Rio Burati (3º Distrito).

Campeões por categoria Categoria 1 (nascidos a partir de 2002) Conto: Laura dos Santos Pereira Crônica: Vanessa Rodrigues de Oliveira Poesia: Jesiane Lutz de Carvalho Categoria 2 (nascidos de 1998 a 2001) Conto: Paula Caroline Werner Crônica: Ana Laura Romagna Poesia: Danieli Mützenberg Categoria 3 (nascidos de 1995 a 1997) Conto: Não houve classificados Crônica: Não houve participantes Poesia: Wiliam Saquett da Silva Categoria 4 (nascidos até 1994) Conto: Márcia Bastian Falkenbach Crônica: Francieli Cristina Pigosso Poesia: Armando Wartha

Alguém quer me adotar? ONG dos Peludos

Filhotes machos e fêmeas aguardam por adoção. Com dois meses, terão porte grande. Interessados em adotá-los podem manter contato pelos fones 981.663.349 ou 999.515.440. Importante: a ONG dos Peludos informa que não serão doados cães para ficarem presos em correntes


14

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

O MATERIAL DO FUTURO?

Ramon Cardoso

Visita para conhecer o grafeno Boca de Urna

Missão: recursos para o São Carlos Divulgação

De olho na inovação Comitiva da Serra, capitaneada por Farroupilha, esteve reunida na prefeitura antes da viagem a São Paulo

Força-tarefa capitaneada pela prefeitura visita MackGraphe, um Centro de Pesquisas Avançadas em Grafeno da Universidade Mackenzie

D

escoberto pelos físicos russos Andre Geim e Konstantin Novoselov, em pesquisas realizadas na Universidade de Manchester, o grafeno rendeu à dupla o Prêmio Nobel de Física em 2010, mas o conhecimento sobre o material, originário do carbono, ainda é incipiente, embora sua utilização possa ocorrer em larga escala em diversos ramos da indústria: da computação à médica, da eletrônica à aviação. No início do ano passado, a Universidade Mackenzie inaugurou o primeiro Centro de Pesquisas Avançadas em Grafeno, Nanomateriais e Nanotecnologias, o MackGraphe, com o objetivo de desenvolver estudos sobre o material e suas múltiplas e infinitas possibilidades de utilização, que pode revolucionar a indústria. Participando de feiras de inovação, a prefeitura manteve contato com o Mackenzie, criou um grupo de trabalho serrano com empresários e com instituições de ensino e pesquisa e, na quinta, visitou o Centro, em São Paulo. “Participamos de alguns encontros de inova-

ção, o último há cerca de 60 dias, e em contato com o pessoal do Mackenzie, verificamos a possibilidade de levar uma comitiva da Serra para ter contato com o trabalho de pesquisa desenvolvido e com esse novo mundo de descobertas e as múltiplas possibilidades de utilização do material”, destacou Roque Severgnini, secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, que representou o Poder Executivo na comitiva. Além dele, muitos empresários e professores ligados a instituições de ensino e pesquisa estiveram presentes na visita. Os últimos acertos antes da viagem aconteceram na terça pela manhã, em encontro na prefeitura que reuniu boa parte dos que integravam a comitiva. Para o prefeito Claiton Gonçalves, há uma necessidade premente do pujante setor industrial farroupilhense e serrano fazer bom uso de novas tecnologias e, com isso, conseguir agregar valor aos produtos. “Eu percebo a indústria muito vinculada à movimentação política e a política nacional não alcança horizontes novos, não fornece as condições para avançarmos para essa indústria inovadora, que utiliza a pesquisa para a maxi produção. O empresariado precisa estar inserido neste ambiente e, no grupo que criamos, notamos esse anseio. É uma mudança de paradigma. É hora de buscarmos essa inovação para aplicação de novas tecnologias na indústria”, conclamou Claiton.

Uma comitiva pluripartidária do Legislativo farroupilhense cumpriu extensa agenda em Brasília entre terça e quinta. Além de tentar conseguir emendas junto aos deputados gaúchos, os vereadores tiveram uma reunião no Ministério da Saúde para tratar da assinatura de dois contratos de serviços, que, somados, poderiam gerar cerca de R$ 250 mil por mês a mais para o Hospital Beneficente São Carlos (HBSC). A comitiva foi formada por Alberto Maioli (Rede), Fabiano Piccoli (PT), Jorge Cenci (PMDB), Odair Sobierai (PSB), Raul Herpich (PDT), Tadeu Salib dos Santos (PP) e Tiago Ilha (PRB). Detalhes da viagem serão divulgados na manhã desta sexta.

À frente dos gestores de juventude

Diretor do Departamento de Juventude de Farroupilha, Juliano Baumgarten (PSB) foi eleito na quarta o presidente do Fórum Estadual de Gestores de Juventude do Rio Grande do Sul. O pleito ocorreu durante o II Encontro de Gestores de Juventude, em Porto Alegre, que também contou com a participação do Secretário Municipal de Esporte, Lazer e Juventude, Sedinei Catafesta (PSD). Os demais integrantes da diretoria são o vice Renato Quintana (Viamão), a 2ª vice Ana Paula Silva (Santana do Livramento), a secretária Cristiane Ávila (Charqueadas) e o 2º secretário Lucas Guarnieri (Caxias do Sul).


15

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

AÇÃO DE GRAÇAS

Fotos: Juliana Inês Casa Barbieri

Para agradecer e pedir paz Aprovação

Biblioteca reabre em novo local Por um mundo melhor Jovens estimulam prática de boas ações e propagam gratidão

Alunos do CNSL realizaram caminhada pelo Centro da cidade, motivados pelo sentimento de amor à vida

P

ara espalhar boas energias e despertar a gratidão, num clamor pela paz, o Colégio Nossa Senhora de Lourdes (CNSL) realizou uma caminhada na manhã de quinta. A atividade lembrou o Dia de Ação de Graças e reuniu 180 estudantes que percorreram trechos da Thomas Edson, Coronel Pena de Moraes, Júlio de Castilhos e 13 de Maio. Os alunos portaram cartazes com os dizeres: “Você já elogiou alguém hoje?”, “Que nunca

falte amor e paz na sua casa” ou “Se todos nós dermos as mãos, quem sacará as armas?”. Teve até distribuição de abraços, além de mensagens desejando saúde, amor e felicidade. “Agradecemos a Deus por tudo que recebemos. A melhor maneira de agradecer é falar sobre a importância do abraço, do carinho, de dar as mãos, das gentilezas que podemos fazer um pelo outro”, destaca Fernanda Bortolini Souto, professora da disciplina de Formação Humana e Religiosa que propôs a ação. Complementando a atividade, padre Paulo Gasparetto participou ainda de um momento de reflexão e bênção aos jovens, juntamente com a direção da escola. Participaram estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio.

Os 77 anos de fundação da Biblioteca Pública Municipal Olavo Bilac foram festejados em casa nova. Após mudança da Coronel Pena de Moraes e reorganização do acervo, passa a atender na 13 de Maio, 10. A entrega oficial da nova acomodação aconteceu na segunda, durante a Semana Literária que encerra as atividades nesta sexta. Em ambiente único e com acessibilidade, oferece Sala de Leitura e Pesquisa, empréstimo de obras, Espaço Infantil e o do Escritor, além da Estação Digital. O acervo ainda foi reforçado com aquisição de 100 títulos. A antiga sede passará por reformas, já que é um prédio histórico. O atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 11h55min e das 13h às 16h55min.


16

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

ESCRITA AUTORAL

Viagem literária na João Grendene Por meio da plataforma digital Estante Mágica, alunos criaram suas próprias histórias e o lançamento das obras será na terça na escola, com temática e cenário lembrando a viagem que a Literatura proporciona a quem se deixa encantar por boas histórias. A aluna Gabrieli Santos de Menez criou “A Flor Diferente” para homenagear a professora Maria Cristina Maggioni, já Richard Vaz aproveitou o cenário da escola para desenvolver um enredo envolvendo assombração. “Gosto muito de ler e escrever. Leio de tudo. Criar uma história foi muito bom e vai ficar de lembrança”, explica Gabrieli, que tem 10 anos. A ideia foi apresentada pela professora de Informática, Valesca Domingues De Cezero, e teve todo o acompanhamento dos docentes da Educação Infantil que, na medida em que as crianças criavam os desenhos e narravam as histórias, iam registrando, além das professoras de Língua Portuguesa e Arte. “O que mais me emocionou é que

Fotos: Juliana Inês Casa Barbieri

A

proposta foi encantar os alunos a partir da Literatura com a autonomia de criar seu próprio enredo e ilustrações, tendo a escola como pano de fundo, já que a João Grendene completou 20 anos de fundação. Foi assim que 330 estudantes da Educação Infantil ao 7º ano do Ensino Fundamental se tornaram autores. Utilizando a plataforma digital Estante Mágica, os trabalhos foram desenvolvidos na própria instituição, com o acompanhamento dos professores e todo o material está disponível para as famílias de maneira online. Já para os 115 que optaram também pelo exemplar impresso, sendo que a aquisição foi feita pelos pais, haverá Noite de Autógrafos na próxima terça, a partir das 19h30min,

Autores mirins Alunos do 5º ano, como Gabrieli e Richard, participaram como escritores e ilustradores

também os alunos de inclusão puderam participar e criamos um livro contando a evolução de cada um na própria escola. Aqui realmente a inclusão

aconteceu”, explica a professora do 3º ano, Letícia Pereira dos Santos, entusiasmada com os belos resultados colhidos pelo projeto.

CARAVAGGIO

Livros com arte

J

untar a Literatura e outras artes para encantar. É assim que a Escola Municipal Nossa Senhora de Caravaggio, no 1º Distrito, aposta num formato de Feira do Livro que chama a comunidade para vivenciar histórias, música e teatro. Foram desenvolvidos trabalhos a partir das obras do grupo caxiense Ueba Produtos Notáveis. Os estudantes criaram bonecos, cartazes e o material estará exposto para apreciação.

Nesta sexta as atividades acontecem das 8h às 11h30min, das 13h20min às 17h, tendo teatro com Marreta, Grupo Ueba, conversa com o escritor Jonas Piccoli, outras apresentações teatrais e musicais dos alunos, além do Festival de Pipas. No sábado será das 8h30min às 11h. “Acredito que só amamos o que conhecemos. Precisamos enriquecer o repertório de vivência dessas crianças e dessa comunidade, o desafio é esse”, cita Vagner Peruzzo, coordenador pedagógico da escola.

Literatura, música e teatro Alunos se preparam para Feira


17

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

NA ELITE ESTADUAL

Dia para relembrar a história Celebração dos 25 anos da conquista da Segundona Gaúcha pelo Brasil emociona atletas, dirigentes e torcedores Fotos: Ramon Cardoso

N

ão há a menor dúvida que foi um sábado muito especial. A festividade que celebrou a maior glória da SERC Brasil, a conquista da Segundona Gaúcha, foi marcada por boas histórias, muito saudosismo e o reencontro de uma turma que, em boa parte, não se via desde 1992, quando colocaram o rubro-verde e Farroupilha no mapa do futebol gaúcho. “Esse foi o melhor grupo em que atuei. Joguei em outros times, alguns com mais qualidade técnica, mas em termos de amizade, de companheirismo e de dedicação, aquele Brasil de 1992 foi insuperável. Éramos uma família e construímos uma unidade muito forte. O Estádio das Castanheiras estava sempre lotado, a torcida viajava para nos acompanhar nos jogos longe de Farroupilha. Foi uma época muito boa e é ótimo poder relembrar isso. A estrutura do clube é invejável. Tomara que consiga novamente chegar à elite”, declarou o zagueiro Roger, que veio de Potirendaba, interior paulista, especialmente para a festa. A maior parte dos ex-atletas estava presente. Eles foram recebidos por aplausos de torcedores e do time rival na partida amistosa, formado por dirigentes, convidados e profissionais da imprensa. A vitória ficou com o time de 1992, por 3 a 0, com gols de Alexandre Menudo, Ari Lisboa e Baiano, mas o que valeu mesmo foi o congraçamento e o reencontro de um time histórico. Ao final da partida, Renato Texeira, o artilheiro da Segundona de 1992, com 23 gols, levantou a taça da conquista com o grupo, que recebeu, da direção do clube, medalhas comemorativas à célebre conquista. Um dos momentos mais emocionantes foi a homenagem a Edson Luís Tonin, o Tiliko. Falecido em 2015, o presidente à época do título esteve representado pelo pai e esposa.

Justo reconhecimento Heróis de 1992 foram recebidos por aplausos de torcedores e time que atuou na partida amistosa

Esquadrão rubro-verde A maior parte do grupo esteve presente no evento festivo, que relembrou a maior conquista esportiva farroupilhense

Acerto com a história Como em 1992 não houve taça na partida final porque o título ainda poderia ser conquistado pelo 14 de Julho, desta vez o caneco foi levantado no gramado do Estádio das Castanheiras


18

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

Assessoria de Imprensa SERC Brasil

Meninas rubro-verdes finalistas

A SERC Brasil Feminino não tomou conhecimento da Codeca e goleou a rival por 4 a 0 no último domingo, no campo do Enxutão, em Caxias do Sul. Os gols foram marcados pela meia Bruna Galiotto e pela atacante Elaine Pan, em três oportunidades. Com o resultado, a equipe rubro-verde está habilitada à final do Citadino caxiense, e espera a definição da rival, que sairá neste domingo, no duelo entre Cristóvão e Comando São Paulo. A decisão da competição acontece no próximo dia 3.

Título fica com o Vinhedos

Com um novo 2 a 1, sobre o Rancho de Gaudérios, fora de casa, o Vinhedos conquistou pela décima vez o título do Campeonato Municipal de Bochas Tiro e Ponto, que está em sua 15ª edição. Na disputa do 3º lugar, o Veteranos do Rancho ficou com o posto ao vencer por 2 a 1 o Aldeia Farroupilha, também nos dois confrontos. A entrega da premiação, que acontece junto com a do Municipal de Bochas 48, acontece no dia 9 de dezembro, às 19h30min, no CTG Rancho de Gaudérios, com jantar e baile e ingressos sendo comercializados a R$ 30,00. Informações adicionais com Juca, presidente da Liga Farroupilhense, pelo fone 996.323.443.

Nik’s e Muth na final do 48

Farra chega à última rodada

No último sábado, na 4ª e penúltima rodada do 19º Farra da Bola, o Manchester United e o Milan ficaram no empate em 2 a 2. No jogo de fundo, o River Plate venceu a Juventus por 3 a 2. A rodada decisiva acontece neste sábado. Peñarol e Juventus fazem o jogo preliminar, enquanto o River Plate encara o Milan na partida de fundo. O Manchester folga na rodada. Organizado pelo Clube Santa Rita, a competição é disputada na Sede Campestre.

Campos tem problemas na etapa goiana

Márcio Campos teve dificuldades na penúltima etapa da temporada da Stock Car, disputada no último domingo, no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia. O piloto farroupilhense teve que abandonar no meio da corrida 1 por conta de um problema na bomba de combustível. Ele não foi sanado a tempo e Campos não teve condição de competir na corrida 2. O farroupilhense está em 26º na classificação geral, com 43 pontos. A última corrida da temporada, em prova única e com pontuação dobrada, acontece no próximo dia 10, no Autódromo José Carlos Pace (Interlagos), em São Paulo.

Três campeões em Erechim

No último domingo, os atletas de Kung-Fu Wu-Shu-Tao e Boxe Chinês Team Giudici, da Academy of Martial Arts (unidade Boa Forma), participaram do Campeonato Gaúcho de Sanda (Boxe Chinês), na cidade de Erechim, obtendo excelentes resultados: Angelo Gabriel Laguna Cola foi 1º lugar na categoria Infanto Juvenil 75kg, Yuri Turchetto, 1º lugar na categoria 82kg e Johan Jardins também ficou em 1º lugar, na categoria 70kg (foto ao lado). O evento foi uma seleção para o Mundial que, em 2018, será realizado no Brasil, em local ainda a ser divulgado. Nesta seletiva foram selecionados atletas que vão compor a Seleção Gaúcha da modalidade. Sanda, conhecido como boxe chinês, é oriundo do kung fu, e contempla técnicas de socos e chutes com projeções. Além de esporte, a técnica é utilizada pelo exército e polícia chinesa.

Divulgação

Já no Campeonato Municipal de Bochas 48, a competição chega finalmente à final. O Nik’s Bar e o Bar do Muth estão na decisão ao despacharem, na semifinal, respectivamente, o Veteras Bar e o Bar do Alemão. O primeiro duelo da final é neste sábado, às 16h, no Centro, com mando do Nik’s. O confronto de volta é no dia 2, em Linha Paese, na casa do Muth. Ocorrendo empate em vitórias, o campeão será definido por pontos. Na disputa do 3º lugar da competição, nesta sexta, às 19h, no Burati, o Alemão encara o Veteras. A partida de volta é no dia 1º, no bairro Alvorada, no mesmo horário, com mando do Veteras.

Goleada e vaga na final Com hat-trick de Elaine Pan, Brasil despachou Codeca e chegou à decisão do Citadino de Caxias do Sul


19

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

É VENCER OU DAR ADEUS

Eliminatórias no Citadino e Copa Competições organizadas pela Liga Farroupilhense de Futsal têm fim de semana repleto de partidas decisivas União Farroupilhense e, quem vencer, encara nas quartas o Atômica Visual/Canarinho. O terceiro e último jogo desta sexta é entre Borussia e Celtic. Quem triunfar pega o Estrela Futsal na fase seguinte. O último jogo ocorre apenas na próxima terça, quando o Gringos mede forças contra o Flamengo e, quem levar, tem embate marcado com o Tigres EEG nas quartas. A noite de futsal no Cinquentenário será aberta com duas partidas do Veterano, a partir das 20h: Hotel Di Capri x Gringos e Industrial

x Fim de Carreira/Novo Estilo. Antes, porém, serão definidas as semifinais da Copa da Liga. Neste sábado, no Ginásio de Esportes de Lourdes, os confrontos de quartas de final da competição. O caxiense Comando São Paulo enfrenta o J.A. Flores da Cunha, o farroupilhense 1º de Maio encara o Bento FC, outro farroupilhense, a Valente Futsal/Máquinas Sazi mede forças com a bento-gonçalvense BGF e, por fim, o último farroupilhense habilitado, o Estrela Futsal duela contra o caxiense Napoli.

Ramon Cardoso

O

empate em cinco gols entre Celtic e Real Soccer, em duelo isolado, na terça à noite, no Cinquentenário, encerrou a fase classificatória do Citadino Livre, definindo os cruzamentos da fase eliminatória, que tem início nesta sexta. Eles iniciam a partir das 20h. No primeiro, o Só Parceria encara o Real Soccer e o vencedor enfrenta, na fase de quartas de final, a Mecânica Constantecar. Na sequência, a AFA/Grendene duela contra o

Equilibrado Celtic fez duelo nivelado com o Real Soccer, que empatou no último segundo


PRIMEIRO PARÁGRAFO

Divulgação

Às vésperas dos 40 anos de falecimento de nossa maior escritora, resenhamos “A Hora da Estrela”, a obra que humanizou a intelectual e a consolidou como uma gigante da Literatura Brasileira Inside, páginas 8 e 9

O inovador grafeno Universidade Mackenzie

O vaticínio que eternizou Clarice

POLÍTICA

Comitiva farroupilhense visitou MackGraphe, um Centro de Estudos da Universidade Mackenzie, na quinta, para conhecer as pesquisas desenvolvidas com o revolucionário material Página 14

EDUCAÇÃO

Um anseio de todos Juliana Inês Casa Barbieri

Estudantes do Colégio Nossa Senhora de Lourdes fizeram caminhada na quinta pela manhã, Dia de Ação de Graças, e espalharam fraternidade e humanidade pelo Centro Página 15


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

BATE-PAPO

O mundo delas, por Laura Medina

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

Divulgação

Jornalista da TV Band RS apresenta “Mulheres em Cena e Obscenas” na quarta, na Faculdade CNEC Farroupilha

A

complexidade do universo feminino pauta o bate-papo da jornalista Laura Medina com um grupo de convidados. A proposta é trocar ideias com a plateia num diálogo aberto, divertido e ao mesmo tempo profundo, como se fosse um programa de TV, ao vivo. O evento será na próxima quarta, às 20h, no auditório da Faculdade CNEC Farroupilha. “Mulheres em Cena e Obscenas é o título que escolhi para levar ao palco algumas histórias de mulheres que deixaram de lado seus medos e preconceitos para ganhar espaço no cenário dominado por homens. É resgatar a memória dessas figuras que expressaram suas inquietações e que muitas vezes provocaram a indignação da sociedade de uma época”, explica Laura, que por 12 anos esteve à frente do Programa Vida & Saúde, da RBS TV, e agora está na Band TV com informações sobre beleza, saúde e bem-estar.

Participam como convidados especiais no bate-papo a coach Marlise Dussin Bampi, as psicólogas Rita Rosa Baretta, Viviane Balbinot e Rejane Comin, além das empresárias Maria Anselmi e Susana Chies Galarza. A visão masculina será de Marcos Pretto, diretor da Faculdade CNEC Farroupilha. Rejane, uma das participantes, explica ainda que será uma roda de conversa, tratando dos mais variados temas, como relacionamentos, trabalho, família, sexo, saúde, política, filhos, entre outros, com naturalidade e bom humor. “A ideia foi sugerida pela própria Laura que nos convidou a pensar, refletir e debater questões contemporâneas, polêmicas e informativas, desde uma perspectiva feminina e a partir de nossa experiência enquanto mulheres, filhas, esposas, profissionais, mães, a partir de todos esses papéis que a mulher de hoje tem ocupado”, explica a psicóloga. Segue na contracapa

Falando sobre mulheres Jornalista Laura atua em televisão e mantém o canal “Mais Saudável” no YouTube


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

Bronzeamento a jato: Adeline Stein *

A

estação mais aguardada do ano está chegando e nada como conquistar aquele tom dourado em pouco tempo e sem precisar passar horas exposta ao sol, não é mesmo? Saiba que o bronzeamento a jato pode ser seu grande aliado nessa missão, garantindo a cor dos sonhos de forma segura e confiável. Trata-se de um spray autobronzeador que esguicha uma substância líquida em todo o corpo e reage com a melanina da pele, estimulando a epiderme a fixar a coloração. A aplicação dura cerca de uma hora, o produto é aplicado em todo o corpo uniformemente, e no rosto também é aplicado, mas em menor quantidade. A técnica é tão segura que pode ser aplicada em todos os tipos de pele, tem risco zero de câncer e não provoca o envelhecimento precoce. Também é indicada para mulheres que sofrem de sensibilidade ao sol, portadoras de alguma doença de pele ou qualquer outro problema que não permite que se exponham ao sol. Além de oferecer um bronzeado sem riscos à saúde, disfarça imperfeições da pele como estrias, celulites e manchas. O sol emite vários tipos de radiação, entre elas a ultravioleta A (UVA) e a B (UVB). Os raios solares não causam apenas problemas na estética, mas a saúde também é prejudicada. Pode acumular danos pré-cancerígenos e, com o passar do tempo, gerar um câncer de pele. Aliás, somente peles saudáveis conseguem a cor do verão, por isso o cuidado com a pele e com a alimentação de uma maneira geral é fundamental. Na maior parte do ano temos dias ensolarados, pois o Brasil é um País de clima tropical. A pele bronzeada expressa a ideia de algo saudável, bonito e atraente. Para muitas pessoas, no entanto, ficar bronzeada(o) é difícil, principalmente por falta de tempo. O bronzeamento solar demanda tempo de exposição prolongado e câmaras de bronzeamento necessitam de várias sessões. Além disso, promovem em maior ou menor grau, o envelhecimento cutâneo, e um risco maior para desenvolvimento do câncer de pele. O bronzeamento a jato é um procedimento rápido, no qual o produto é aplicado com uma pistola conectada a um compressor. Ele age apenas na camada mais externa da pele (onde o princípio ativo, a diclassroxiacetona, DHA, encontra a queratina e, juntos, produzem uma substância de tom marrom-dourado, a melanoclassina). Por isso não oferece o risco de câncer nem de envelhecimento precoce das máquinas de bronzeamento artificial. Qual é o produto utilizado? O produto é a base de DHA (dihidroxiacetona), um açúcar simples de três carbonos. É preparado pela fermentação do glicerol.

Este produto é prejudicial à pele? Não. O DHA é usado em preparaç e é autorizado pelo FDA (Food and D trola todos os produtos cosméticos e pelo órgão brasileiro Anvisa (Agência DHA é um princípio ativo seguro, não to colateral. Não há problemas em u absorvido no corpo. Quanto tempo uma sessão de bron Uma aplicação de corpo inteiro dura minutos para a aplicação e 15 para um Quando notarei meus resultados? Inicialmente já há um resultado, po três horas depois de sua sessão. A cor c Sempre notarei resultados imediat Depende de seu tipo de pele, você p Se sua pele é muito clara, você notará mais escuro, você pode não notar qualq Quanto tempo devo esperar depois para tomar banho ou fazer qualque Recomendamos esperar pelo meno são para tomar banho ou fazer qualqu a solução permaneça na sua pele por ado mais escuro. O calor e a transpira você não esperar este tempo. Quanto tempo meu bronzeado dura Seu bronzeado deve durar aproxima de seu tipo de pele e da hidratação. Dep portará depois da aplicação, pois há fat mento (facilitam a saída do produto da O que reduz o tempo de resultado? para conservar o bronzeado? Tudo que esfolia a pele reduz o tem ser de imersão e não devem ser muito palmente aquecida) e vários banhos ao depilar ou descolorir os pelos após a uti Depois da aplicação, o produto pod Geralmente não mancha, mas pode e sabão. Orientamos, no entanto, trazer leves, largas e de cor escura. Posso tomar sol?


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

técnica e benefícios

Divulgação

ções cosméticas há mais de 30 anos Drugs Administration), órgão que cone alimentícios nos Estados Unidos e a Nacional de Vigilância Sanitária). O o tóxico e sem qualquer risco de efeiutilizá-lo por longos períodos e não é

nzeamento a jato dura? a aproximadamente uma hora, sendo 45 ma secagem inicial.

orém nota-se melhor dentro de duas a continuará a escurecer até 8 horas. tos? pode ou não notar resultados imediatos. algum resultado, se seu tom de pele é quer cor imediatamente. s de minha sessão de bronzeamento er atividade física? os seis a oito horas depois de sua sesuer atividade física. Isto permitirá que r mais tempo, resultando num bronzeação podem alterar seus resultados se

ará? adamente sete a 10 dias, dependendo penderá também de como você se comtores que reduzem o tempo de bronzeapele). ? Quais orientações

mpo do resultado. Os banhos não devem o quentes. Evitar sauna, piscina (princio dia. Nunca utilizar óleo no corpo, não ilização do produto. de manchar a roupa? sujá-la. Neste caso é só lavar com água r um biquíni ou calcinha velhos, roupas

O bronzeamento não interfere nos banhos de sol. No entanto, mesmo com a pele bronzeada, nunca deixe de usar protetor solar. Além disso, evite o sol entre 11h e 15h. Se estiver na praia nesse horário, procure uma sombra, use chapéu e camiseta. O bronzeamento pode ser feito em casos de doenças da pigmentação, como, por exemplo, no vitiligo? Sim, pois promove efeito camuflador, com ótimos resultados em doenças que cursam com hipopigmentação. No caso do vitiligo, a DHA é considerada uma modalidade de tratamento prática e bem aceita pelos pacientes, pois não interfere na síntese de melanina, mas promove uma pigmentação cutânea na pele. Existem casos de reação alérgica? Desde que o produto foi criado, nunca houve registro de ocorrência de reações alérgicas. Pode ser aplicado também no rosto? Pode sim, desde que tomado alguns cuidados, como: fechar os olhos para que o produto não entre em contato com os olhos, a pulverização deve ser feita com uma maior distância e pulverizar menos vezes que o corpo. Como no corpo, deve-se fazer esfoliação antes do bronzeamento. * Micropigmentadora e Designer de Cílios Mais informações pelo fone (54) 3035.3577


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

Divulgação

A participação imediata do público também é fundamental para o sucesso do bate-papo que ainda terá sorteio de diversos brindes. Este mesmo evento já foi realizado em outros municípios, mas Laura explica que o formato é sempre renovado, tem um toque diferente. “O que eu gosto nisso tudo é a possibilidade de estar sempre em movimento e com novas ideias. Pensando e criando, trocando conhecimento e aprendendo com as pessoas que ficam comigo no palco e na plateia. Para cada público, um jeito especial de se comunicar”, destaca a jornalista. O evento é aberto ao público em geral, não sendo direcionado apenas a mulheres, mas a todos que queiram buscar informação. O valor do ingresso é R$ 30,00 e pode ser adquirido na Pefak Modas,

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

Interação Público é convidado a participar, como se fosse um programa de TV ao vivo

Academia La Bella Età, Loja Planeta Água, Maraschino Malhas e Pecatto Moda Casa. “Vivemos numa sociedade onde a figura da mulher foi reprimida por muitos séculos.

Programe-se O que: Mulheres em Cena e Obscenas Quando: próxima quarta, às 20h Onde: auditório da Faculdade CNEC Farroupilha (14 de Julho, 339) Quanto: ingressos a R$ 30,00 podem ser adquiridos na Pefak Modas, Academia La Bella Età, Loja Planeta Água, Maraschino Malhas e Pecatto Moda Casa

Vamos mergulhar no universo feminino baseado em histórias míticas e reais de personagens que estiveram à frente de seu tempo e refletir sobre o papel da mulher nos tempos

de hoje”, complementa. Sobre sua atuação de 30 anos em televisão, Laura explica que realmente pratica tudo o que ensina na telinha e nas plataformas digitais.

Sobre Laura Medina

“O programa é uma extensão do que sou e do que aprendo com os profissionais da área da saúde. Quem não gosta de viver bem, com saúde e bom humor?”, conclui.

É jornalista e atriz. Estudou Artes Cênicas na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e é formada em Jornalismo pela PUC/RS. Apresentadora de TV e especialista em saúde e bem-estar, durante 12 anos esteve no comando do programa Vida & Saúde, da RBS TV. Na mesma emissora já foi repórter, editora do Jornal do Almoço e diretora do Programa Ecologia. Por 11 anos atuou na TVE como atriz, produtora, repórter e editora. Hoje é apresentadora do quadro “Mais Saudável” na TV Band e está prevista para março a estreia de programa com o mesmo nome. Mantém o canal “Mais Saudável com Laura Medina” no YouTube e Facebook.


Tradicionalismo

Os farroupilhenses que brilharam em nova edição do Encontro de Artes e Tradição Gaúcha Página 5

Inside

Sétima Arte

“Frantz”, de François Ozon, faz uma abordagem delicada de pesado drama baseado na I Guerra Mundial Páginas 10 e 11

Moda

Looks farroupilhenses nas passarelas de São Paulo Rafael Schneider leva marca Senplo novamente para desfile da Casa de Criadores pela crítica como uma das principais marcas do line up, o que é importante também para o mercado local, pois poucas marcas gaúchas conseguem êxito no eixo Rio-São Paulo”, salienta Rafael, que teve seu primeiro contato com moda há 10 anos, quando trabalhou em uma serigrafia. O próximo passo da Senplo é desenvolver uma coleção colaborativa com a Reserva, ícone da moda masculina em âmbito nacional. As peças exclusivas serão comercializadas nas principais lojas da marca carioca. Segundo Rafael, a ideia é lançar a nova coleção no primeiro trimestre do ano que vem. “Esta parceria certamente vai contribuir muito para a divulgação da Senplo. Principalmente porque estamos iniciando o nosso negócio e já vamos estar associados a uma marca que hoje é considerada o case de moda do Brasil”, comemora o estilista.

Marcelo Soubhia/Fotosite

M

oda elegante e, ao mesmo tempo, despojada, com cores monocromáticas e shapes fluidos. Assim são as criações da Senplo, marca farroupilhense que foi destaque no desfile da 42ª edição da Casa de Criadores, no início do mês, em São Paulo. Comandada pelo designer Rafael Schneider e seu sócio Daniel Bossle, a Senplo atua na concepção de peças masculinas e femininas, que harmonizam a efervescência urbana com a leveza da natureza, proporcionando um estilo diferenciado a quem veste a marca. A dupla levou para o desfile 12 looks do preview de Outono/Inverno 2018. “Este ano foi muito especial para nós, e já começa a dar sinais de que o próximo será melhor ainda. Esta foi a nossa segunda participação na Casa de Criadores e já fomos eleitos

Entre as melhores criações Senplo recebeu avaliação positiva da crítica em desfile na Capital paulista


Inside

2

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

Cinemas Shopping Iguatemi (RST-453, quilômetro 3,5) Cinemas Imagem: Reprodução

GNC 3: Gosto se Discute - às 13h40min e 15h30min GNC 3: Pai em Dose Dupla 2 - às 17h20min e 19h30min (legendado), 21h40min (dublado) GNC 3: Depois Daquela Montanha - às 17h (dublado) e 21h20min (legendado) GNC 4: Liga da Justiça - às 14h e 19h10min (dublado e em 3d), 16h30min e 21h50min (legendado e em 3d) GNC 5: Big Pai, Big Filho (dublado) - às 14h15min GNC 5: Thor: Ragnarok - às 16h10min (legendado e em 3d), 18h50min (dublado e em 3d) e 21h30min (legendado) GNC 6: Liga da Justiça - às 13h20min e 18h30min (legendado), 15h50min e 20h50min (dublado) Ingressos: segunda, quarta e quinta (exceto feriado) a R$ 20,00 e R$ 26,00 (salas 3d); terça (exceto feriado) R$ 14,00 e R$ 18,00 (salas 3d); sexta a domingo e feriado a R$ 25,00 e R$ 32,00 (salas 3d). Meia entrada todos os dias para menores de 18 anos e maiores de 60 (mediante apresentação de identidade), estudantes (mediante apresentação de Carteira de Identificação Estudantil) e para o Movie Club Preferencial.

Shopping San Pelegrino (Avenida Rio Branco, 425) Cinépolis 1: Liga da Justiça (em 3d) - às 13h, 16h, 19h e 22h Cinépolis 2: Não Devore meu Coração - às 16h30min, 19h15min e 22h10min Cinépolis 3: Pai em Dose Dupla 2 - às 13h45min e 18h45min (dublado), 16h20min e 21h40min (legendado) Cinépolis 4: Gosto se Discute - às 13h30min, 15h40min, 17h40min e 20h20min Cinépolis 5: Liga da Justiça (dublado e em 3d) - às 12h10min, 15h, 18h e 21h Cinépolis 6: A Estrela de Belém (dublado) - às 12h30min Cinépolis 6: Thor: Ragnarok - às 15h20min e 21h20min (dublado e em 3d), 18h20min (legendado e em 3d) Ingressos: nas salas tradicionais, segunda a R$ 20,00; terça e quarta (exceto feriado) a R$ 14,00; quinta a R$ 24,00; sexta a domingo e feriado a R$ 25,00. Nas salas 3d, segunda a R$ 27,00; terça e quarta (exceto feriado) a R$ 18,00; quinta a R$ 30,00; sexta a domingo e feriado a R$ 31,00.

Sala de Cinema Ulysses Geremia (Luiz Antunes, 312) Invisível - sexta a domingo, às 19h30min Matinê às 3: Quero Ser Grande - quinta, às 15h Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (estudantes e sênior)

Os velhos comandam Sequência dirigida por Sean Anders conta com Mel Gibson e John Lithgow interpretando os pais de Mark Wahlberg e Will Ferrell


Inside

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

3

Aventura

Trilha com paisagem de cinema Hotel Casacurta, de Garibaldi, promove Caminhada do Salto Ventoso, neste domingo Fotos: Arquivo Jornal Informante

Trilha na mata Participantes poderão apreciar a natureza nos oito quilômetros de percurso

Cartão postal Encerramento da Caminhada terá vista para a belíssima cascata do Salto Ventoso

U

m domingo para se exercitar, apreciar belas paisagens e confraternizar com piquenique. Esta é a proposta de César Nicolini e Denise Nunes, do Hotel Casacurta, de Garibaldi, que organizam a Caminhada do Salto Ventoso. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail reservas@hotelcasacurta.com.br. A atividade inicia às 8h, com saída em frente ao Hotel (Luiz Rogério Casacurta, 510). Um transporte levará os participantes até a comunidade de São Luiz, em Farroupilha, onde serão realizados exercícios de aquecimento e alongamento. O trajeto, de aproximadamente oito quilômetros de estrada de terra e trilhas, será percorrido com o guia José Pedro Moraes, de forma que seja possível contemplar as paisagens do caminho. O encerramento da Ca-

minhada será na exuberante cascata do Salto Ventoso, local onde foram gravadas cenas dos filmes “O Quatrilho” (1995) e “Prova de Coragem” (2014). Os organizadores recomendam o uso de protetor solar, repelente, óculos escuros, boné ou chapéu, capa de chuva, mochila, tênis confortável, no mínimo 500ml de água, kit de primeiros socorros, celular, câmera fotográfica e sacola para o lixo. A idade mínima permitida é 12 anos, desde que acompanhado de responsável. As inscrições custam R$ 65,00 com direito a lanche, entrada no Parque do Salto Ventoso, transporte do local da saída da caminhada, retorno até o Hotel e seguro. Interessados devem entrar em contato pelo telefone 3462-2166 ou pela Fan Page facebook.com/hotelcasacurta.

Programe-se O que: Caminhada do Salto Ventoso Quando: neste domingo, às 8h Onde: saída do Hotel Casacurta (Luiz Rogério Casacurta, 510), em Garibaldi Quanto: a inscrição custa R$ 65,00 e inclui lanche, entrada no Parque do Salto Ventoso, transporte e seguro Informações: pelo telefone 3462-2166


Inside

4

Gustavo Pimentel

gustavospimentel@yahoo.com.br

Na tarde da última segunda, o canal ESPN divulgou uma matéria imputando ao Grêmio o uso de drones para espionar adversários. De acordo com a jornalista responsável pela matéria, após quase cinco meses de investigações, o canal concluiu que o Grêmio havia contratado uma pessoa para espionar, com o uso de drones e outras tecnologias, os treinamentos das equipes adversárias. Porém, ao analisar a matéria, não é possível verificar uma ligação sequer entre o clube e as supostas acusações. Não há qualquer prova concreta de que o clube de fato tenha contratado ou ao menos subsidiado despesas com hotéis e passagens aéreas para uma pessoa filmar os treinamentos de outras equipes. Tão grave quanto a acusação é o fato da jornalista Gabriela Moreira, responsável pela matéria, ter afirmado ao vivo que está resguardando as provas dos supostos fatos para usá-las no momento oportuno. A minha formação técnica é em Direito e confesso que não conheço a fundo as técnicas jornalísticas, mas certamente isso que a ESPN faz não se chama de Jornalismo. Eu não tenho dúvidas de que essa atitude de omitir supostas provas e proferir acusações sem qualquer embasamento probatório passa longe de qualquer recomendação ética que professores de Jornalismo devam ensinar para seus alunos. Aliás, falando em ética, devo ressaltar que o Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros, em seu artigo 14, dispõe que as partes envolvidas em uma reportagem devem ser ouvidas. Eis outro equívoco da matéria, que sequer ouviu a instituição Grêmio antes de veicular a reportagem. Trata-se de um princípio basilar do Jornalismo e que também foi desrespeitado pela emissora. Para evidenciar a absoluta má-fé e o oportunismo da jornalista e da emissora, em que pese supostamente a matéria ter sido fruto de meses de investigação, a data escolhida para a sua veiculação foi justamente a véspera da final de Copa Libertadores, competição que o clube envolvido disputa o título. Quem me conhece sabe muito bem o que eu penso do canal ESPN. Seus jornalistas, na grande maioria despreparados e desqualificados, comumente utilizam o veículo para levantar suas bandeiras políticas. Além disso, usam uma linha editorial em que pregam serem donos do último patamar ético e moral do Jornalismo esportivo nacional. O mais interessante de tudo isso é notar que essa mesma emissora, que nesse caso se mostrou tão preocupada com a ética, autorizou em julho deste ano um animado encontro entre alguns de seus jornalistas e um ex-presidente condenado pela justiça pela prática de diversos crimes. E tem mais, se a espionagem no futebol é um assunto tão imoral quanto a emissora prega, por que na Copa do Mundo de 2010 jornalistas da própria ESPN invadiram as dependências de uma empresa de limpeza sul-africana para fazer imagens clandestinas de um treinamento secreto da Seleção Brasileira? Esse é o padrão ético do Jornalismo da ESPN, no melhor estilo faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço... * Advogado

Agenda SEXTA

Mississipi Delta Blues Festival Largo da Estação Férrea, em Caxias do Sul, a partir das 18h10min

Show de rock com Peter 27 Favorita Beer Store, às 22h Festa Gás Total: Encontro de DJ’s dos anos 90 Boteco do Chá, às 23h Comunicação IFRS Campus Farroupilha

A (falta de) ética no Jornalismo do canal ESPN

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

Projetos musicais do IFRS com EntreTantos e DTG Raízes da Cultura Casa de Cultura, às 20h Tributo a Ramones com Commando República Beer, às 23h Show sertanejo com Cassius Prado e Banda Boteco do Chá, às 23h30min

SÁBADO 10º Universo Alegria com shows de Anitta, Zezé Di Camargo & Luciano, entre outros Parque da Expointer, em Esteio, a partir das 15h

DOMINGO Festa Eletrônica Sunday On: Open Air Sítio Rancho do Lago, a partir das 8h


Inside

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

Tradicionalismo

Farroupilha brilha no Enart Fotos: Arquivo Pessoal

Inês Busetti, do Rancho, e Nicolas Müller, do Ronda, sagraram-se campeões, respectivamente, na Poesia e na Gaita de Botão mais de Oito Baixos

Conquista histórica Poesia “O Tempo e a Taipa: Flor de Liz” rendeu o título a Inês Terezinha Busetti

C

om conquistas em modalidades inidividuais tanto do CTG Ronda Charrua como do CTG Rancho de Gaudérios, o 32º Encontro de Artes e Tradição Gaúcha (Enart) entrará para história como um dos mais vitoriosos do tradicionalismo farroupilhense. Considerado o maior festival de arte amadora da América Latina, o Enart 2017 foi realizado no último final de semana, no Parque da Oktoberfest, em Santa Cruz do Sul. Com “O Tempo e a Taipa: Flor de Liz”, Inês Terezinha Busetti, do Rancho, sagrou-se campeã do concurso de Poesia (o texto pode ser conferido em jornalinformante.com.br na Editoria Inside). Já os irmãos Nicolas e Luidhi Moro Müller, representando o Ronda, fizeram dobradinha na Gaita

Vitória em família Alceu Francisco e Iara Rejane Müller celebram as conquistas dos filhos Nicolas e Luidhi, na Gaita de Botão

de Botão mais de Oito Baixos, assegurando os troféus, respectivamente, de 1º e 2º lugar. “É um troféu diferente, porque os concorrentes disputaram eliminatórias para chegar até ali. O interessante é que as músicas são sorteadas em torno de quatro minutos antes de tocar, dentre os três ritmos apresentados por cada um. Aí está o brilho deste concurso”, comenta Nicolas, que também ficou na 2ª colocação na Gaita de Botão até Oito Baixos. Na Viola, o professor da Escola Pública de Música (EPM) de Farroupilha, Rodrigo Ziliotto, conquistou o 2º lugar, representando o CTG Negrinho do Pastoreio, de Caxias do Sul. Já a Invernada Adulta do CTG Ronda Charrua ficou com o 12º lugar no concurso Danças Tradicionais – Força A, vencido pelo CPF Piá do Sul, de Santa Maria.

5

Guilherme Macalossi cisperter@hotmail.com

Manuela, que defendia passe livre para criminosos, agora pretende dar lições de segurança pública Continuo convicto de que a pré-candidatura de Manuela D’Ávila a presidente não passa de um factoide útil ao seu verdadeiro objetivo de se reeleger como deputada estadual. Vale lembrar o que escrevi em artigo publicado portal de notícias Lócus: “A candidatura de Manuela D’Ávila é uma não notícia: o PCdoB, partido do qual ela é integrante, é apenas um satélite do PT. Não há a menor chance de ganhar autonomia e lançar um nome por conta própria. Assim como nas eleições anteriores, quando apoiou Lula e depois Dilma, o partido comunista se contentará com o mesmo espaço subalterno em 2018”. Ainda falei: “A candidatura da comunista só seria factível se ela tivesse buscado posições de maior destaque no ambiente político, como ser bem sucedida em uma eleição para o Senado ou até mesmo ganhado um dos pleitos em Porto Alegre. Como Deputada Estadual, mesmo obtendo o maior número de votos entre todos os candidatos, acabou restringindo sua atuação a um ambiente regional”. Os frutos da empreitada para inglês ver, entretanto, já surtem efeito, com matérias sobre a comunista pipocando pela mídia do centro do país. Na última, uma entrevista para a Folha de São Paulo, ela se aventurou em temas como economia, alianças políticas e até segurança pública. Manuela afirmou que “quer debater segurança pública de verdade”, e que para isso não se pode utilizar “jargão de internet”. A moça tem lastro na área, como evidenciam seus projetos. Em 2015, juntamente com outros parlamentares de esquerda como Pedro Ruas (PSOL) e Miriam Marroni (PT), ela subscreveu um projeto de lei que pretendia conceder passe livre em transporte coletivo para criminosos condenados. O PL 229/2015 beneficiava apenados do regime semiaberto que estivessem usufruindo do direito à saída temporária. A justificativa do PL 229/2015 informava que o objetivo da nova legislação era “atender à necessidade de contemplar determinado grupo de pessoas vulneráveis, como presos em saídas temporárias”. Vulneráveis são os cidadãos vitimados pela criminalidade endêmica. Enquanto pais de família são assassinados em pontos de ônibus, criminosos poderiam se deslocar para assaltos utilizando dinheiro público. Felizmente a reação da sociedade gaúcha foi grande e o PL foi para a gaveta. Essa é a forma que Manuela e seus colegas de esquerda pretendem debater segurança pública “de verdade”: concedendo benefícios financeiros para a bandidagem em nome do humanismo. Eu fico com os jargões de internet. * Redator e radialista


Jessica Hoffman

O

Show

Guilhierme e Daniela Bortoncello festejando aniver de dois aninhos Lorenzo, na Pilim Pim P

IFRS – Campus Farroupilha leva seus projetos artísticos para uma bela apresentação na Casa de Cultura de Farroupilha, nesta sexta. O evento inicia à 20h e conta com o show da banda EntreTantos e dos músicos do DTG Raízes da Cultura. A entrada é gratuita e o local está arrecadando brinquedos para a campanha Levando o Natal por onde o Papai Noel não passa.

Bazar

Franciele Dal Monte

No final de semana dos dias 16 e 17 de dezembro o Muinho promove Das Coisas Bazar, nesta vez em versão noturna. O evento que foi pensado para valorizar o consumo mais consciente e colaborativo, está com inscrições abertas para os empreendedores que quiserem expor seus produtos. E será ofercido espaço gratuito para entidades que prestem serviços sociais para a comunidade.

S c Dieg Regina Tramo

As empresárias Susana Chies e Maria de Lourdes Anselmi participaram do Projeto Artista Solidário 2017, em benefício da Associação Criança Feliz. O evento ocorreu no dia 20 de novembro, na Saccaro do Villagio Iguatemi, em Caxias do Sul. Susana Chies foi uma das madrinhas do projeto

Fique por Den Cinema

No dia 10 do próximo mês rola o do DNA da Alma, a partir das 16h Italiana. Na data será exibido, no fin Sonho Possível”. A entrada é franca pontâneas de fraldas e leite, que serã Lar Padre Oscar Bertholdo.

Lançamento

Marcus Braghini e Jéssica Madalosso Michelon trocaram alianças no sábado. O casal é radicado nos Estados Unidos e retornou exclusivamente para a cerimônia na Igreja São Francisco de Assis, em Caxias do Sul, celebrando ao lado de familiares e amigos

Jordana Silvestrin com o namorado Filipe Piaia, prestigiando o casamento de seu irmão Giovani, na Praia do Rosa, em Santa Catarina

A conhecida banda Blackbirds fa 5º CD, o “Ninguém é Mais Criança Aq nesta sexta, no Show Bar. O CD foi 2014 e meados de 2016, no estúd Elétrico, com produção executiva do ta, Marcio Possamai.


Multifotos Studio

o do filho Pim

ntro

evento Cinema Solidário no Parque da Imigração nal da tarde, o filme “Um e sugere-se doações esão entregues para a Casa

az o lançamento de seu qui”, em Carlos Barbosa, gravado entre o final de dio farroupilhense Jardim produtor e atual bateris-

As amigas Maikeli Melo e Priscila Pozzer curtiram a última edição da festa Pista Certa, no Muinho Schaiane Giacomelli

Edson Pereira

Júnior Machado

Sofia completou 2 anos com o carinho dos pais go Belegante e Taciane a Mandelli, na Sede da ontina, no último dia 15

Giovani Silvestrin e Gisele Telles Paz confirmaram sua união na Praia do Rosa, em Santa Catarina, com uma bela cerimônia ao ar livre


Inside

8

Armando Wartha armandowartha@yahoo.com

Livro físico ou livro virtual? Não é por acaso que o enunciado desse texto está posto, provocativamente, de forma disjuntiva, dado que temos, naturalmente, o impulso voltado a eliminar possibilidades. Ou seja, para o nosso entendimento, a opção por uma ou outra possibilidade, aparentemente, parece simplificar a vida. No entanto, devemos tomar cuidado de, sob pena de prejuízo ao conhecimento, não cedermos a essa tendência, pois, em ambas as partes, poderemos encontrar fortes argumentos prós e contra. Prós e contra o livro virtual: em favor deste modo de armazenar e divulgar conhecimento, é dito que este não produz lixo. Ou seja, o conteúdo armazenado desse modo poderá ser lido e apreendido infinitamente, sem o desgaste, por consequência, sem o descarte do material. Contra: se esse modo de texto não produz resíduo, a máquina que o reproduz, além de ser física, por tanto descartável, é dependente de energia elétrica. E, sendo que quase que diariamente o modelo dessas máquinas é modificado, produz em igual, ou em maior volume, o tão prejudicial lixo. Prós e contra o livro físico: contra o livro físico, talvez o maior argumento seja a matéria prima para a produção do papel (celulose), provinda do desmatamento, e o destino final deste material. Contra esse argumento, convém mencionar que o papel pode ser produzido através de florestas não naturais. Quanto ao descarte, esse pode ser totalmente reutilizado na produção de novo papel, sem grande prejuízo à natureza. Ainda a favor do livro físico, é bom que se diga que se o texto virtual é recebido apenas pelo sentido da visão, o mesmo texto, sendo físico, pode ser recebido pelo tato (manuseio), pelo olfato (cheiro da página, da tinta), e pela audição (ruído do folhear). Desse modo, o leque de possibilidade de apreensão pelo entendimento há de ser ampliado. Cabe ainda, nesse sentido, uma analogia: busquemos nos aquecermos numa lareira virtual, numa noite fria. Nesse caso, o sentido da visão ficará satisfeito, mas o sentido do tato do corpo inteiro não continuará à procura do calor da chama real?... Com tudo posto, e desse modo posto, pode passar a falsa ideia de que o livro físico deve prevalecer contra o livro virtual. Contudo, essa conclusão também pode acarretar num erro, pois, de que forma poderemos convencer a geração jovem (geração virtual), disso, sendo que o virtual é como que o ar que eles respiram? Talvez, a melhor solução para esse impasse seja substituir a disjunção “ou” pela conjunção “e”, transformando, com isso, o livro físico e o livro virtual em complementares. Ou seja, físico ou virtual, o importante é ler... Pensem nisso! * Escritor

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

Primeiro Parágrafo

A realidade brasileira Lançado há 40 anos, “A Hora da Estrela” aproximou a intelectual do povo e, para muitos, foi uma espécie de vaticínio particular, que completou a obra da maior escritora brasileira Ramon Cardoso ramon@jornalinformante.com.br

F

oi em 1977, ano de sua morte, que o maior nome feminino da Literatura nacional escreveu uma novela que acabou por aproximar sua obra do povo brasileiro em sua simplicidade, miséria e, sobretudo, pureza de espírito, aspectos que foram magistralmente sintetizados na nordestina Macabéa. “A Hora da Estrela” é uma obra que vai de encontro a tudo que foi produzido por Clarice ao longo de sua carreira. Nela não há dilemas existenciais, mas uma realidade nua e crua. Tampouco há fluxo de consciência, que foi utilizado no Brasil pela primeira vez pela escritora (e a que melhor fez uso da técnica narrativa), mas um relato direto e seco, sem rodeios. Clarice, no entanto, usa uma espécie de alter-ego para o relato, o narrador Rodrigo S.M. No início da obra há um demasiado preparo para a realidade que está prestes a ser apresentada. Como se fossem necessárias muitas e muitas ressalvas para relatar a miserável história de Macabéa, uma jovem de 19 anos, órfã de pais desde a infância no sertão de Alagoas, criada pela rígida tia beata em Maceió, e que, após perdê-la, decide tentar a vida no Rio de Janeiro, onde havia conseguido, por intermédio da parente, emprego de datilógrafa. “Quero antes afiançar que essa moça não se conhece senão através de ir vivendo à toa. Se tivesse a tolice de se perguntar ‘quem sou eu?’,

cairia estatelada e em cheio no chão”, explica o narrador. É impossível não se compadecer com a miséria de Macabéa. Ela não é só financeira, ela também é física e intelectual. Sua humildade é algo comovente e traduz, de certa forma, o dilema de milhares de nordestinos que migravam para o Sudeste e Sul em busca de oportunidade. Luxo para Macabéa era comer um ovo cozido ou tomar um café preto em pé em um botequim no pobre bairro em que vivia, vizinho à degradada zona portuária. Luxo era poder ficar em casa ouvindo a Rádio Relógio e tentar adivinhar o significado das palavras difíceis que eram faladas no programa radiofônico. Luxo era conseguir ir ao cinema uma vez por mês em sessões matinês. Sua simplicidade, ao mesmo tempo que comove, também é motivo para os outros se aproveitarem dela, como a colega de trabalho Glória, seu namorado Olímpico de Jesus, que chegou ao Rio fugido do sertão da Paraíba, ou como a cartomante Carlota, que a enche de esperanças de um futuro melhor. E bastava meia dúzia de palavras para tornar o dia da migrante cheio de luz. O narrador constantemente se irrita com Macabéa, com sua passividade, comodismo e inocência que, de certa forma, justificam com sobras essa irritação. Como se ele desejasse escrever uma jornada melhor para sua personagem. Se desculpa com o leitor pelo relato, como se ele fosse uma perda absoluta de tempo. Há uma torcida velada pela alagoana, muito embora ela não se ajude e o destino tenda sempre a atuar contra seus mais banais e singelos anseios. Mas é justamente isso que a torna especial.


FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

Inside

9

Lauro Edson Da Cás

Primeiro Parágrafo

ldacas@hotmail.com

de Clarice Lispector

Imagem: Reprodução

“Estou absolutamente cansada de Literatura; só a mudez me faz companhia. Se ainda escrevo é porque nada mais tenho a fazer no mundo enquanto espero a morte. A procura da palavra no escuro”, relata o narrador, em um dos muitos momentos em que Clarice parece assumir a narrativa e dialoga diretamente com o leitor, como uma espécie de vaticínio, já que viria a falecer meses depois da publicação. “Escrevo por não ter nada a fazer no mundo: sobrei e não há lugar para mim na terra dos homens. Escrevo porque sou um desesperado e estou cansado, não suporto mais a rotina de me ser e se não fosse a sempre novidade que é escrever, eu me morreria simbolicamente todos os dias. Mas preparado estou para sair discretamente pela porta dos fundos. Experimentei quase tudo, inclusive a paixão e o seu desespero. E agora só quereria ter o que eu tivesse sido e não fui”, assegura Rodrigo/Clarice. A Hora da Estrela não humanizou somente Macabéa, humanizou também Clarice. Com sua novela, deixou de ser vista apenas como uma intelectual, como uma escritora de densos romances psicológicos, para se tornar o maior nome feminino da Literatura Brasileira. Nem seu precoce falecimento, na véspera de completar 57 anos, em 9 de dezembro de 1977, diminuiu seu tamanho. Pelo contrário, Clarice estava devidamente imortalizada por sua refinada Literatura. “Esta história acontece em estado de emergência e de calamidade pública. Trata-se de livro inacabado porque lhe falta a resposta. Resposta esta que espero que alguém no mundo ma dê. Vós? É uma história em tecnicolor para ter algum luxo, por Deus, que eu também preciso. Amém para todos nós”, escreve Clarice na dedicatória ao autor Rodrigo, na verdade, a ela mesmo em seu livro de despedida.

A Hora da Estrela Autora: Clarice Lispector Gênero: Romance Literatura Brasileira Ano de publicação: 1977 Editora: Rocco Nº de páginas: 87 Preço médio: R$ 20,00

E você ainda consegue conjugar verbos no plural? Essa pergunta inicial torna-se provocativa. Não apenas pelo fato de se ter passado a maratona de provas do ENEM ou quem sabe das próximas maratonas de provas dos vestibulares (para quem fez e/ou vai fazer, evidentemente). Mas a pergunta se direciona, também, para novas interpretações, como por exemplo, nas situações onde somos dominados pela ditadura do ego. Para início de conversa, será difícil equacionar o tempo passado onde inúmeras gerações também fizeram história. Entretanto, esta em que estamos e nos situamos, de fato, chega a ser explícito o exercício de ego em muitos de nós, seres meramente, humanos. Dessa maneira, o que mais se percebe, indiferentemente de ambiente ou área específica, é uma enorme exaltação ao ‘eu’, ou seja, o verbo está sendo conjugado apenas no seu singular. Trazendo à tona este ‘eu’ (singular), por muitas vezes, superficial, a sociedade passa a conviver com a não percepção do outro, principalmente na maneira e na forma de enxergar este outro. Numa metáfora da vida, é possível considerar que neste mar truculento e bravo que todos precisam atravessar, existem, sim, muitos outros barcos, além do nosso, claro. E, desta maneira, muitas tormentas que você enfrenta (ou já enfrentou, venceu, superou, etc.), muitos outros, com inúmeras experiências tão iguais ou tão semelhantes, já passaram. Se recordarmos de Saramago, encontramos um pensamento que nos alerta e nos direciona para compreendermos melhor tal momento e tais atitudes: “É dessa massa que nós somos feitos, metade de indiferença e metade de ruindade”. Portanto, a cegueira parece reinar em diversos ambientes, provocando em muitos a perda da capacidade de percepção do mundo, dos outros e, por mais que se ignore, muitas vezes até da própria individualidade. Ao não conseguir perceber que o outro também sofre, chora, sente a dificuldade e que precisa de ajuda, a tirania do egoísmo (a tirania do ego), germina facilmente, perpassando vidas e anos. A humanidade padece de fraternidade, solidariedade, respeito. Agora, se nos adequamos a uma sociedade alicerçada no individualismo e no egoísmo, bem, aí nós passamos a estar doentes, também. Teremos a sensação, então, de nos tornarmos estranhos, perambulando em infinitos labirintos (e o pior, estando cegos dentro de imensos labirintos). Que bom que chegamos fervorosos até aqui. Que bom que é final de ano! Que bom que podemos nos penitenciar pelos meses e/ou pelas vezes que nos tornamos cegos diante do mundo, do outro e, assim, da humanidade em si. Muitas ações em favor do outro, do pequeno, do fragilizado está acontecendo. Quem sabe, motivado por outros, não possamos reaprender a conjugação de verbos no plural? * Mestre em Letras, Cultura e Regionalidade


Inside

10

Sétima Arte

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

As mentiras que “Frantz” relata história de combatente alemão morto em solo francês durante a I Guerra Mundial e como a verdade, em tempos de conflito armado, necessita ser omitida ou, na melhor das hipóteses, relativizada

A

té então o principal conflito da humanidade, a I Guerra Mundial deixou um nefasto saldo de 10 milhões de mortos, 30 milhões de feridos e redefiniu o mapa da Europa mais ou menos da forma como conhecemos atualmente, com o fim dos grandes Impérios: o Alemão, o Austro-Húngaro e o Otomano. Mas a nova geopolítica europeia tinha peso irrelevante quando o assunto entrava no drama das famílias. Nesse aspecto, a Alemanha foi a mais afetada e a grande derrotada do conflito. Uma das vítimas da barbárie foi a família Hoffmeister, que vivia em Quedlinburgo. A bucólica localidade, localizada na região central do País, perdeu muitos de seus filhos na guerra enviados ao combate na França. Frantz (Anton von Lucke) era um deles. Ele estava noivo da bela Anna (Paula Beer) quando partiu para o conflito para não mais retornar.

Filho do médico Hans (Ernst Stotzner) e da dona de casa Magda (Marie Gruber), ele perdeu a vida em território francês, o que acirrava a rivalidade entre os dois Países no pós-guerra. Anna passa a viver com os sogros, que a têm como verdadeira filha, mas sua vida é profundamente alterada quando ela percebe que flores foram deixadas no túmulo de Frantz. Fica ainda mais perturbada ao descobrir que um jovem francês, que combateu no conflito, é quem, assim como ela, faz visitas diárias ao cemitério. Adrien Rivoire (Pierre Niney) surge como uma espécie de reconexão com Frantz. Anna e Magda anseiam pelo contato, à medida que Hans, pelo menos em um primeiro momento, ainda vê os franceses como os assassinos de seu filho. Aos poucos, esse ambiente acaba sendo distensionado. Porém, partindo do próprio Adrien, há uma série de ressalvas que impedem,


Inside

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

11

Sétima Arte

amenizam a dor Divulgação

na por mostrar como a mentira ou, em alguns casos, a omissão da verdade, pode poupar muito sofrimento. Um filme que fala de aceitação, de entendimento, de nacionalismo, de ressentimentos, de perdão. Enfim, todos os grandes temas que envolvem a guerra são retratados na obra. O grande mérito do longa, contudo, é trabalhar de forma inteligente com a questão que envolve a verdade dos fatos. Se ela não é desvelada por inteiro, o comportamento dos protagonistas, da mesma forma, acaba revelado pela metade, o que torna difícil saber o que realmente buscam, justamente porque o tema é sensível e requer a máxima prudência. Não chega a ser um processo tão abrupto, definitivo e traumático como as perdas da guerra, mas por serem gerados a partir do conflito, são igualmente dolorosos.

Dor compartilhada O francês Adrien (Pierre Niney) e a alemã Anna (Paula Beer) têm as vidas conectadas a partir de Frantz: por motivos diferentes, a aproximação como uma sequela da guerra

Imagem: Reprodução

em um momento inicial, que seja relatado o que de fato aconteceu entre ele e Frantz. E isso se torna ainda mais difícil ao passo que as boas memórias inundam os corações dos familiares do soldado morto. Não há uma forma fácil de encarar a realidade, ainda mais com as feridas da guerra abertas. De fato, a compreensão do conflito exige tempo, especialmente por parte dos homens, os que lutaram ou tiveram relação com a guerra, embora Hans mostre uma maturidade elogiável diante da postura de seus conhecidos a partir do contato com Adrien. O filme, roteirizado e dirigido por François Ozon, é a maior parte do tempo filmado em preto e branco, mas apresenta passagens coloridas quando a vida parece emergir das sombras da guerra, mostrando a necessidade de seguir em frente. A abordagem do cineasta francês é delicada e oportu-

Frantz Direção e roteiro François Ozon Gênero Drama Duração 113 minutos País França Alemanha Ano de produção 2017 Estúdio Films Distribution Mandarin Production X Filme Creative Pool Foz Mars Films France 2 Cinema Distribuição California Filmes


12

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Semana desfavorável para decisões e resoluções profissionais. É melhor que se mantenha atento às suas responsabilidades e ao que precisa realizar. Evite atritos com superiores, que podem ter resultados desastrosos.

Touro - 21/04 a 20/05

A Lua está fora de curso. É um momento que valoriza a interiorização e a reflexão, mas desfavorece questões práticas. É hora de fazer um balanço do que ocorreu ao longo dos últimos meses.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

Semana desfavorável para aquisições e negociações. É um momento importante para a prática do desapego e para perceber a energia da impermanência. Cuidado com atitudes manipuladoras no âmbito emocional.

Câncer - 21/06 a 20/07

Não é uma boa semana para contatos e situações importantes vinculadas aos relacionamentos. A Lua está fora de curso no setor de relações. Procure refletir sobre suas atitudes em relação às pessoas.

Leão - 21/07 a 22/08

A semana não favorece procedimento relacionados à saúde. É um bom momento para refletir sobre como está se conduzindo no cotidiano. Hora de aprimorar conhecimentos para ter uma atitude mais efetiva no trabalho.

Vírgem - 23/08 a 22/09

Semana desfavorável para as questões afetivas, pois temos a Lua fora de curso. Momento importante para agir com mais autonomia, independência e cultivar a autoestima e o amor- próprio. Surpresas podem ocorrer, então evite a rigidez.

Libra - 23/09 a 22/10

Semana delicada para assuntos domésticos, familiares e emocionais. É possível que sinta uma maior necessidade de ficar sozinho para refletir. O momento desfavorece atitudes muito radicais ligadas a assuntos íntimos.

Escorpião - 23/10 a 21/11

A semana favorece as questões subjetivas, mas desfavorece os temas concretos e práticos. É preciso agir com responsabilidade, consciência e usar a energia para refletir. Algumas surpresas podem ocorrer, exigindo flexibilidade de você.

Sagitário - 22/11 a 21/12

A semana é desfavorável para questões financeiras, sagitariano. É possível que esteja se sentindo desvalorizado em relação à expressão dos seus talentos. Precisa agir com mais foco e resiliência para obter os resultados que almeja.

Capricórnio - 22/12 a 20/01

Temos a Lua em movimento fora de curso pelo seu signo durante toda a semana. É um momento desfavorável para questões concretas, mas que propõe uma reflexão sobre suas atitudes emocionais. Evite decisões muito importantes.

Aquário - 21/01 a 19/02

Talvez você se sinta mais desanimado e desorientado. É um bom momento para refletir sobre os padrões que têm se repetido em sua vida. O auxílio de terapias e a busca de autoconhecimento e da espiritualidade são essenciais nesta fase.

Peixes - 20/02 a 20/03

Momento especial para se dedicar a estudos e ao aprimoramento espiritual. Esta é uma fase de grandes transformações e descobertas. Temas tabu ligados à emoção e à sexualidade estão em pauta.

Inside

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017


FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

VENDE-SE CONSÓRCIO CONTEMPLADO DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. Crédito R$ 280.000,00 – Prestações R$ 2.067,32 – Já pagos R$ 14.500,00, e créditos de R$ 432.000,00 - Prestações R$ 3.122,31 – Já pagos R$ 25.000,00. Estes créditos podem ser usados na COMPRA DE IMÓVEL, CONSTRUÇÃO E REFORMA URBANA E RURAL. Aceitamos carro de entrada. Contate: (51) 9 9569 8765/ WhatsApp:(51) 9 8055 5703. COMPRO VEÍCULOS ano 2015 em diante, somente de particulares e sem restrições. Tratar: (54) 9 9651-3738.


2

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017


EXCELENTE INVESTIMENTO! Compre por apenas R$ 45.000,00 terreno plano de 1000m², com água e luz! Asfalto chegando no local. A 3,5km de Farroupilha. Saída para o Salto Ventoso. Tratar: (54)9 9925-2068. VENDE-SE: CASA de alvenaria com porão, em terreno de 15,00m² x 25,00 m² configurada de 3 quartos, sala, cozinha, 3 banheiros, garagem para 2 carros, com churrasqueira e lavanderia. Bairro Bela Vista, Interessados contatar pelo fone: (54) 9 9129-1167. VENDO dois terrenos de Cooperativa ambos com113 parcelas já pagas, um em frente a Bigfer e outro na Linha Machadinho, em direção ao Salto Ventoso. Tratar Telefone: (54) 9 9650-1353. VENDO por R$ 13.800,00! Terreno de Cooperativa com área de 360m² (115 parcelas pagas), Localizado na saída para Bento Gonçalves. Entrega agendada para 2018! Ligar: (54) 9 9619.3400 whats.


FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

7

ALUGO CASA NA PRAIA a uma quadra do mar, em Arroio do Sal, com 3 banheiros, sendo 2 suítes mais um banheiro completo, casa com laje toda em alvenaria, garagem, pátio grande fechado, churrasqueira, com todas as mobílias, cadeiras de praia, guarda-sóis, com muita sombra, à uma quadra de restaurantes, padaria, sorveteria, supermercado, dunas, posto de saúde. Lugar tranquilo. Alugo para o veraneio. Tratar com o proprietário, fone: (54) 9 99726708, Bento Gonçalves/RS. VENDE-SE apartamento de 2 dormitórios, com vaga de estacionamento. Todo reformado! Localizado no condomínio Bela Itália. F. (54) 9 9947-2120. VENDO TERRENO de esquina com 1.377m² a uma quadra da rodoviária e do Shopping Centro de compras. F. 9 9118.1642.


FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017

9


10

VENDO TERRENO, localização central em Arroio do Sal a duas quadras do mar F. 9 9118.1642. SALA COMERCIAL PARA LOCAÇÃO, na Independência, com 168m², bem localizada e ensolarada! Bairro São Luiz. Negocie diretamente com a proprietária nos Fones: 9 9951.3583 / 3268-1062. VENDO 4 terrenos de Cooperativa já com área comprada. F.: 9 9118.1642. VENDO CASA MISTA localizada no Bairro Pio X, ao lado da Igreja. (A mesma já está alugada através de imobiliária pelos valores de R$ 1.000,00 por mês). Tratar: (54) 9 9118 1642. COMPRO TERRENO nas proximidades do centro de Farroupilha. Tratar: (54)9 9707-3990.

FARROUPILHA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017


Edição 513  
Advertisement