Page 1

FARROUPILHA

|

ANO X

| EDIÇÃO 504

| 2 2 D E S E T E M B RO D E 2 017 |

R$ 3,00

Referência de ensino há 80 anos Juliana Inês Casa Barbieri

Escola Estadual de Ensino Médio Júlio Mangoni, de Vila Jansen, comemora oito décadas de fundação domingo, quando festeja data com almoço no salão da comunidade para confraternizar com quem faz parte desta história Matéria Especial, páginas 2 e 3

CIDADE Novo canal para demandas

Prefeitura investe em tecnologia e disponibiliza aplicativo “Fala, Cidadão!” para se comunicar com comunidade Página 10

CRÔNICAS DA REDAÇÃO Uma cidade para a Queermuseu Com pequena mudança conceitual, sugerimos um novo local para abrigar a exposição com sua ‘refinada arte’ Página 4 do Inside

EDUCAÇÃO Disputa pelo conhecimento

8º Rally Científico ocorre neste sábado, na UCS Farroupilha, e mobiliza sete escolas e 70 alunos do Ensino Médio Página 14


2

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

Juliana Inês Casa Barbieri

ESCOLA JÚLIO MANGONI

Legado de 80 anos de educação Instituição de ensino de Vila Jansen tes terá início. Recursos obtidos por meio de celebra data com festa no domingo e emenda parlamentar e auxílio da prefeitura. “A escola tem muito de mim, me dedico a comemora forte atuação comunitária Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br

U

ma das maiores referências em qualquer localidade é a escola. Em Vila Jansen, 2º Distrito, não poderia ser diferente. É por isso que a Júlio Mangoni comemora oito décadas de vida com aplausos dos moradores e o reconhecimento de quem passou por seus bancos escolares. Se a escola marca gerações é porque há muitos que se dedicam e fazem acontecer. Uma das figuras mais presentes é a diretora Nelva Raimundi, que foi aluna da Júlio Mangoni e que há 34 anos ingressou como professora de Matemática. No posto diretivo pela terceira vez, destaca que muito lutou e continua buscando melhorias para a instituição. Já avisa que dentro dos próximos dias a construção de um ginásio de espor-

ela. Também posso dizer que sempre contamos com a ajuda dos pais e de toda comunidade. O CPM é muito participativo. Sinto orgulho daqui”, frisa. Outra que foi aluna e hoje é docente de História é Simone Girelli Trubian que há 16 anos atua na instituição. Ela lembra inclusive dos jardins que a escola possuía na sua época de menina e do quanto gostava de circular para apreciar as flores durante o recreio. “É gratificante ter estudado aqui e ver que muitas melhorias têm acontecido. Saber que acompanhou a evolução dos tempos”, expõe. Tem ainda a merendeira Clara Giacomoni, que há 22 anos prepara delícias para os alunos, e diz que formou praticamente uma rede de amizades para a vida toda. Outra figura expressiva na instituição é Zita Dalló Dal Pizzol, responsável pela limpeza, que está prestes a completar três décadas de atividades. Mulheres referências na história do educandário que tem parceria forte com a comunidade e recebe confiança total das famílias por sua significativa atuação.

Um pouco de quem faz a história Clara, Nelva e Simone recordam os bons momentos na instituição

Histórico da escola

Criada em 24 de setembro de 1937 com o nome de Grupo Escolar de Linha Jansen. Iniciou as atividades no Salão do Clube Recreativo Farroupilha sob direção de Joana Maria Dal Ponte e das docentes Elidia Biasioro e Amanda Mangoni. Em 1941 transferiu-se para a ex-subprefeitura da localidade. Em 23 de junho de 1958 foi inaugurado o prédio atual, sob direção da professora Adinha Ana Mandelli. Em 1970 passou a denominar-se Grupo Escolar Júlio Mangoni em homenagem ao imigrante italiano que fundou a Vila Jansen. Em 1979 trocou o nome para Escola Estadual de 1º Grau Júlio Mangoni. Em 2001 passou a oferecer Ensino Médio, obtendo credenciamento em 2005, com o nome de Escola Estadual de Ensino Médio Júlio Mangoni. Conta com 25 colaboradores entre professores e funcionários e 280 alunos a partir da Educação Infantil.


3

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

VIVÊNCIAS DE FAMÍLIA

Escola formando gerações Juliana Inês Casa Barbieri

D

ejanira Giacomelli, de 69 anos, lembra com carinho das professoras Adinha Cavalca e Ernilda Tochetto. Aluna da Escola Estadual Júlio Mangoni, concluiu os estudos primários na instituição. Moradora da Vila Jansen, foi neste mesmo local que conheceu e começou a namorar Eleo Giacomelli (in memoriam), com quem casou anos mais tarde. Foi também nesta escola que os dois filhos estudaram. Um deles, Sandro Alberto Giacomelli, hoje com 45 anos, guarda inclusive os boletins de 1980, quando cursou a 2ª série do Ensino Fundamental, até 1987, quando finalizou o 8º ano. Agricultor, diz que sempre levou muito a sério os estudos, o que é comprovado pelas boas notas e pela diretora Nelva que foi sua docente de Matemática. A história da família com a escola não para por aí. Sandro tem a filha Alessandra, de 20 anos, que sentou nas mesmas classes e José, de 13, que é aluno do 7º ano e prova de que o educandário vem passando por evoluções, sempre mantendo o seu papel de fomentador do saber. “Acho uma história bonita, que liga toda a família”, complementa Sandro, que sente-se orgulhoso por essa vivência que une as gerações. Ainda mais motivos para a celebração dos 80 anos da instituição, uma festa também dos Giacomelli.

Avó, filho e neto Família Giacomelli formada pela Júlio Mangoni: Sandro exibe os boletins escolares que guarda com carinho, como lembrança

Festejos dos 80 anos neste domingo

As oito décadas da Escola Estadual de Ensino Médio Júlio Mangoni serão festejadas neste domingo em grande estilo. Um almoço para cerca de 600 pessoas está sendo organizado no salão da comunidade de Vila Jansen. Os festejos iniciam com missa, às 10h, na Igreja São João Batista. A festa segue após com o seguinte cardápio: macarronada, maionese, saladas, pão, churrasco, galeto, refrigerante, vinho San Diego e São Victor, café e torta. Ingressos custam R$ 40,00 para adultos e R$ 20,00 para crianças. Ainda restam algumas unidades que podem ser adquiridas pelo fone 3260-3121. Também haverá rifão com diversos prêmios.


4

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

Grupo de Estudos Família do IARGS de alimentos com Maria Berenice Dias abordou o tema “E a fome não acabou”

A

véspera de feriado foi movimentada no Grupo de Estudos de Direito de Família no Instituto dos Advogados do Rio Grande do Sul (IARGS). A palestra foi proferida pela desembargadora aposentada Maria Berenice Dias e teve como anfitriã a advogada Gisele Cabral, sócia do Instituto e membro do Grupo de Estudos. Com o tema “E a fome não acabou”, a abordagem foi relacionada à cobrança dos alimentos no novo Código de Processo Civil (CPC). Para Maria Berenice, esse é um dos temas mais negligenciados pelos legisladores. Ela comentou que jamais houve qualquer adequação relacionada a alimentos, tanto na ação e, especialmente, em sua cobrança. O conflito legislativo é, para a desembargadora, a base das controvérsias doutrinárias e jurisprudenciais. Para justificar sua posição, citou alguns exemplos. No CPC de 1973 foram elaborados quatro artigos destinados à execução de alimentos (os de 732 a 735), com previsão de prisão de um a três meses. A Lei de Alimentos, a 5.478, de 1968, também dedicou quatro artigos, os de número 16 a 19, com prisão de até 60 dias. A reforma no processo de execução,

de 2006, referente ao cumprimento da sentença, ampliou o rol dos títulos executivos extrajudiciais (artigo 585, II. Por fim, o artigo 733 do CPC de 73 refere-se à sentença ou decisão sem mencionar prisão. No novo CPC, destacou que foi dedicado um capítulo às ações de família (artigos 693 a 699), extinguindo alimentos provisionais, regulamentando a cobrança dos alimentos, determinando o cumprimento da sentença e decisão interlocutória (528 a 533), além da execução de título executivo extrajudicial (911 a 913) e da revogação dos artigos 16 a 18 da Lei de Alimentos. A desembargadora lembrou ainda que a eleição da modalidade de cobrança depende tanto da sede em que os alimentos estão estabelecidos (título judicial ou extrajudicial) como do período que está sendo cobrado (se superior ou inferior a três meses). Ainda referiu que são previstos dois procedimentos: cumprimento de sentença ou decisão interlocutória de alimento definitivo ou provisório, com rito da prisão (CPC 528) e rito da expropriação (CPC 530). Contudo, advertiu que ambos não são definitivos, ou seja, há decisão recorrível (sem prisão). Já o título executivo extrajudicial, explanou, é uma ação judicial que pode ser fei-


5

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

de Direito de debateu questão desembargadora Divulgação IARGS

Imbróglio jurídico Para Maria Berenice, questão que envolve alimentos nunca teve devida atenção dos legisladores

ta pelo rito da prisão (CPC 911) ou pelo rito da expropriação (CPC 913). Maria Berenice citou ainda que não há restrição ao uso da via executiva pelo rito da prisão: título executivo judicial, sentença definitiva ou em decisão interlocutória irrecorrível e acordo extrajudicial – processo executório autônomo (CPC 911). Na avaliação dela, a lei mudou, e até avançou em alguns pontos, mas dei-

xou de dar uma resposta mais célere e eficiente para cobrança da verba alimentar. Por fim, observou que o fato de o legislador abrigar em capítulos distintos as duas modalidades de executar alimentos não significa que seja necessário o uso de procedimentos distintos: um para a cobrança do encargo vencido até três meses e outro para o pagamento das prestações anteriores.


6

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

Reforma para blindar bandidos Depois que a Câmara dos Deputados desfigurou por completo as 10 Medidas Contra a Corrupção, o projeto de lei de iniciativa popular, na madrugada do dia seguinte à tragédia com o voo da Chapecoense, é possível se esperar tudo do Congresso Nacional. Convenhamos, difícil imaginar que

alguma outra ação desça a um nível mais baixo de degradação e nojeira do que a feita no final do ano passado. Ali ficou manifestadamente comprovado que os legisladores de Brasília estão se lixando para a opinião pública. Está em curso a discussão que tratará da Reforma Política. São muitas as

frentes de debate, mas há um ponto em comum entre elas: invariavelmente têm o objetivo de salvar ou garantir novos mandatos aos criminosos, ou seja, a maioria do Congresso. Embora não seja possível evitar o monstrengo que deve ser aprovado, é possível tomar conhecimento dele. Le-

gislativo e OAB Farroupilha preparam uma audiência pública para tratar do tema. Ela acontece no próximo dia 19, na Câmara (veja matéria na Editoria de Política, página 13). Torçamos para que, pelo voto, ainda seja possível fazer uma mínima e necessária depuração.

OPINIÃO

Queermuseu: até onde vai nossa liberdade de expressão? Ezequiel Dal Pozzo * Foi fechada em Porto Alegre uma exposição de mais de 200 obras de arte, de mais de 80 artistas, que havia começado no dia 15 de agosto, promovida pelo Banco Santander Cultural, com benefícios da Lei Rouanet. A exposição foi encerrada devido a uma enxurrada de protestos e reações pela internet. A repercussão foi mundial através dos meios de comunicação. Algumas obras faziam alusão à pedofilia com frases em crianças como: “criança viada, deusa das águas”; outra criança com arco-íris cobrindo o rosto, símbolo da diversidade sexual, e a palavra love ou amo, em inglês; outras ainda sugeriam a zoofilia ou sexo com animais e ainda partículas usadas na consagração da missa, com nomes de órgãos sexuais. Quem protestou não gostou do que viu e quem expôs não gostou da reação de quem protestou. Quem estará com a razão? Fala-se em liberdade de expressão. Ainda, se defende que a arte transgrida

o senso comum para suscitar reflexão. A repercussão criou o debate. Se ele vai buscar razões profundas para compreender essa questão, isso não se sabe. Eu também gostaria de fazer algumas perguntas: primeiro gostaria de saber do autor da exposição o que ele pretende dizer ao escrever vagina e língua num plástico que continha dentro partículas de missa? Que debate ele quer suscitar? Será que isso é respeitoso com a religião católica ou mesmo cristã que faz da ceia ou da comunhão o seu momento mais sagrado? Ou quem fez isso não sabia que para nós, cristãos, isso é sagrado? Até onde a arte pode transgredir para provocar a reflexão? Pode ser desrespeitosa com valores do outro? Ou talvez o autor da exposição tenha tido em sua intenção o máximo de respeito com esse símbolo religioso e todos os que viram interpretaram errado? Estariam esses visitadores enganados? Quanto à pedofilia: se eu coloco um arco íris escondendo o rosto de uma criança, colocando na boca da criança a palavra amo, estou eu respeitando a criança ou estou dizendo algo por ela,

Índice

Editorial

Matéria Especial .................................... Páginas 2 e 3 Editorial e Opinião................................ Página 6 Economia .................................................. Página 8 Cidade ........................................................ Páginas 10 a 12 Política ..................................................... Página 13 Educação .................................................. Páginas 14 a 21 Esporte ..................................................... Páginas 22 e 23

Inside

Especial..................................................... Capa Cinemas ..................................................... Página 2 Palestra .................................................... Página 3 Crônicas da Redação ............................. Página 4 Agenda....................................................... Página 4 Música ....................................................... Página 5 e 9 Paulo Roque Gasparetto ..................... Página 5 Social ........................................................ Páginas 6 e 7 Fabrício Oliboni ..................................... Página 8 Teatro ........................................................ Página 8 Dolores Maggioni .................................. Página 9 Sétima Arte .............................................. Páginas 10 e 11 Saúde, Beleza & Estética...................... 4 páginas Pets & Cia ................................................. 8 páginas 12ª Seleção de Vinhos........................... 12 páginas Classificados .......................................... 12 páginas

antes que ela mesma tenha consciência disso? Será isso respeito à diversidade ou incentivo e promoção da diversidade? Respeitar e acolher a diversidade, atitude fundamental e necessária em nosso tempo, não é o mesmo de promover. A diversidade não precisa de marketing ou promoção. A diversidade existe, está aí. Ou alguns consideram que ela precisa de propaganda? Não bastaria termos atitudes de acolhida e respeito humano com a diversidade? Quem expôs essas pinturas de crianças pensou em criar mais acolhida ou promover a diversidade? Se a arte é livre, mas uma grande parcela da sociedade a considera desrespeitosa e ofensiva, esses têm o direito de livremente considerá-la ofensiva ou desrespeitosa? Ainda, em nome da liberdade de expressão, se pode ir até onde ou o que me é permitido dizer? Aqueles que interpretaram que algumas imagens promoviam a possibilidade do sexo com animais teriam se enganado? Mas, o que mesmo o autor quis dizer? Gostaria ele de promover a discussão para vermos o quanto decente é fazer sexo com ani-

REDAÇÃO - REDACAO@JORNALINFORMANTE.COM.BR DANIEL RUFATTO DANIEL@JORNALINFORMANTE.COM.BR JULIANA INÊS CASA BARBIERI JULIANA@JORNALINFORMANTE.COM.BR RAMON CARDOSO RAMON@JORNALINFORMANTE.COM.BR ROCHELI CAMARGO ROCHELI@JORNALINFORMANTE.COM.BR

mais? Ou quis dizer que o sexo com animais é algo perverso? Se quis dizer que é perverso, porque sua arte não deixou isso mais claro? E se quis promover a discussão sobre a possibilidade de zoofilia, será esse um tema discutível ou estará indicando uma perversão do humano e o fim dos limites do próprio pensamento? Será decente pensar nisso ou algumas coisas não são passíveis de discussão? Vejam que essa polêmica dá o que pensar. Muitas outras perguntas seriam possíveis. Certamente quem expôs teria outras perguntas a fazer à sociedade que protestou. O fato é que a discussão deveria levar o pensamento a perceber o que nos torna mais humanos, respeitosos da diversidade, livres e ao mesmo tempo responsáveis com a diversidade e com o futuro. Vítor Franklin, um grande psicólogo do sentido da vida, disse um dia: “ao lado da Estátua da Liberdade construída nos Estados Unidos se devia construir a Estátua da Responsabilidade. Uma sem a outra não dá certo”. * Padre

LOGÍSTICA - LOGISTICA@JORNALINFORMANTE.COM.BR LUIZ CARLOS DE ANDRADE LUIZ@JORNALINFORMANTE.COM.BR

ASSINATURAS - ASSINATURAS@JORNALINFORMANTE.COM.BR ASSINATURA BIENAL: R$ 220,00 ASSINATURA ANUAL: R$ 120,00

COMERCIAL - COMERCIAL@JORNALINFORMANTE.COM.BR FABIANO LUIZ GASPERIN GASPERIN@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARIA DA GRAÇA POTRICOS LEITE MARIA@JORNALINFORMANTE.COM.BR VALÉRIA GASPERIN VALERIA@JORNALINFORMANTE.COM.BR

TELEFONES (54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203

ENDEREÇO RUA DR. JAIME ROMEU RÖSSLER, 348, BAIRRO PLANALTO

ANUNCIOS - ANUNCIOS@JORNALINFORMANTE.COM.BR

COLUNISTAS ARMANDO WARTHA CRÔNICAS DA REDAÇÃO DOLORES MAGGIONI FABRÍCIO OLIBONI

ALEXANDRE FRANCISCO MACHADO ALEXANDRE@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARCELO BORTAGARAY MELLO MARCELO@JORNALINFORMANTE.COM.BR TIAGO RODRIGUES DA SILVA TIAGO@JORNALINFORMANTE.COM.BR

FINANCEIRO - FINANCEIRO@JORNALINFORMANTE.COM.BR KELI DE ALMEIDA MACIEL KELI@JORNALINFORMANTE.COM.BR

GUILHERME MACALOSSI GUSTAVO PIMENTEL LAURO EDSON DA CÁS PAULO ROQUE GASPARETTO

A manifestação dos colunistas é livre e independente e não necessariamente reflete a opinião do Tabloide sobre os temas abordados nas colunas

@PaperInformante www.jornalinformante.com.br

/jornalinformante


8

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

DECISÃO FINAL

Justiça julga regular reajuste do IPTU

O

colegiado pleno do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ/RS) avaliou como regular a lei que resultou no reajuste dos valores do Imposto Territorial e Predial Urbano (IPTU) em Farroupilha. A Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) contra a Lei Municipal nº 4.284/2016 foi considerada improcedente por 24 dos 25 desembargadores (Carlos Eduardo Zietlow Duro declarou-se impedido de avaliar a questão), em sessão realizada na última segunda, em Porto Alegre. Com isso, a polêmica relacionada ao reajuste do imposto encerra com

um desfecho favorável à administração municipal. O caso começou em dezembro do ano passado, com a aprovação da Câmara de Vereadores de projeto que alterou os zoneamentos fiscais e determinou a adequação da avaliação venal dos imóveis de Farroupilha. E ganhou maior proporção a partir de fevereiro, quando começou a cobrança do IPTU. Em março, uma ADI foi impetrada pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), pelo Partido Progressista (PP), pela União das Associações de Bairros (UAB) e pelo Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias do Calçado e do Vestuário de Farroupilha, que, no julgamento de segunda, acabou sendo considerado parte ilegítima do processo. Na época, a liminar que pedia a suspensão do aumento e cobrança do imposto no município também foi indeferida por unanimidade pelo TJ/RS.

Neimar De Cesero

Ação Direta de Inconstitucionalidade contra lei foi considerada improcedente pelo TJ/RS

Vitória da prefeitura Votação do pleno do TJ/RS encerra polêmica relacionada ao reajuste do IPTU na cidade


10

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

NOVIDADE DIGITAL

Prefeitura adere ao app “Fala, Cidadão!”

O

s farroupilhenses têm um novo meio para apresentar sugestões, encaminhar reivindicações ou mesmo fazer reclamações à prefeitura. Trata-se do aplicativo “Fala, Cidadão!”, que pode ser baixado gratuitamente nos smartphones com os sistemas operacionais Android e iOS ou ser acessado pelo site www.falacidadaoapp.com.br. “O aplicativo vai aproximar o cidadão da prefeitura, nos permitindo rastrear e identificar onde estão e quais são os principais problemas e dificuldades, para planejarmos as ações e buscarmos as

Divulgação

Ferramenta está disponível para download gratuito nos sistemas Android e iOS, além de poder ser acessada pelo computador, soluções”, destaca o secretário municipal de Planejamento, Deivid Argenta. Através da ferramenta, os usuários podem reportar situações do cotidiano, como, por exemplo, buracos em vias públicas, postes e fios caídos e potenciais focos de dengue. Desenvolvida por uma startup de Novo Hamburgo, a plataforma já foi adotada por diversos municípios do Estado, como, por exemplo, Gramado, São Sebastião do Caí e Veranópolis. Em Farroupilha, ela estará ligada à Ouvidoria Municipal, que, a partir do recebimento das demandas, as enviará para o setor responsável e, após, dará um retorno ao cidadão sobre a resolução do pedido.

Como utilizar a ferramenta

Primeiramente, é necessário baixar gratuitamente o aplicativo para smartphones no Google Play (sistema Android) ou na APP Store (sistema iOS), ou, ainda, acessar o site Fala, Cidadão! Farroupilha. A partir da identificação de um problema ou irregularidade, o cidadão pode criar uma ocorrência pela plataforma. Também é possível apresentar sugestões ou fazer reclamações.

A ocorrência é então recebida pela equipe da Ouvidoria Municipal, que a repassa ao setor responsável dentro da prefeitura para análise. Após avaliação do problema, a demanda entra na lista de tarefas a fazer. Assim que houver uma resolução da demanda, o cidadão recebe um aviso no aplicativo.

Sem burocracia Aplicativo proporciona canal direto de comunicação entre a comunidade farroupilhense e a prefeitura


11

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

AÇÃO BENEFICENTE

Ron Ron dominical na Praça da Emancipação Grupo de voluntários promove evento para arrecadar ração para gatos

S

e você quer colaborar com tutores de animais que necessitam de ajuda, uma boa dica é participar do evento deste domingo, na Praça da Emancipação. Serão coletadas doações de ração para gatos e quem colaborar recebe um vale fotos de Carla Romagna. As atividades iniciam às 14h. Às 14h30min haverá show com a banda Overcustic e às 16h30min aula do movimento Yoga Para Todos. A promoção é de um grupo de voluntários independente que mantém auxílio a 80 gatos e 11 cães que, embora tenham tutores, necessitam de ajuda.

Programe-se O que: Ron Ron Evento Beneficente Quando: neste domingo, das 14h às 18h Onde: Praça da Emancipação (em frente à prefeitura) Quanto: evento gratuito que estará coletando doação de ração para gatos

Obituário 16 de setembro * Alex Sandro Campos da Silva, 41 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 19 de setembro * José Elias Knebel, 78 anos. Memorial Crematório São José, de Caxias do Sul; * Danilo de Oliveira, 66 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza. 20 de setembro * Oracio Bet, 76 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza.

Alguém quer me adotar? Bil procura um lar feliz e definitivo. De porte grande, é saudável e tem cerca de 4 anos. Castrado, se relaciona bem com pessoas e com outros animais. Interessados podem manter contato com a ONG dos Peludos pelos fones 999.515.440 ou 999.386.360 ou ainda 981.663.349 (WhatsApp). Importante: a ONG dos Peludos informa que não serão doados cães para ficarem presos em correntes.

ONG dos Peludos


12

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

LEGISLATIVO EM AÇÃO

Por mais respeito no trânsito Daniel Rufatto daniel@jornalinformante.com.br

C

omo parte da Semana Municipal do Trânsito, a Câmara de Vereadores promove na segunda, às 19h, uma nova edição do projeto Legislativo em Ação para abordar questões relacionadas à área. A principal delas é uma solução para a cultura do desrespeito à faixa de segurança, que parece estar enraizada em Farroupilha. Proponente da realização do evento, que acontece no plenário do Legislativo municipal (Júlio de Castilhos, 420), o vereador Odair Sobierai (PSB) também é o responsável pela coordenação da campanha “Respeitem a Faixa”, lançada nesta semana. A ação, que conta com o apoio dos grupos de escoteiros e está sendo divulgada em pontos estratégicos, como ônibus, escolas e ruas centrais, tem como principal objetivo propor um debate sobre o problema. “É uma parte do trânsito que pouquíssimas pessoas respeitam. Os pedestres quase nunca utilizam a faixa, atravessando em qualquer ponto e colocando a própria segurança em risco. E, os condutores, por sua vez, dificilmente param na faixa”, lamenta o parlamentar. Em maio, Sobierai apresentou um requerimento sugerindo ao Executivo o recuo em até cinco metros das faixas de segurança no município. Diretor do Departamento Municipal de Trânsito, Daniel Troes destaca que a proposta já vinha sendo estudada há algum tempo e aos poucos será implementada. O primeiro ponto

a ser modificado será na esquina da 14 de Julho com a Pinheiro Machado (próximo ao Bradesco) e, em breve, também será contemplada na revitalização da rua Júlio de Castilhos. “O nosso maior problema, no entanto, é o excesso de velocidade nas ruas centrais. Isso é um fator diretamente proporcional ao problema do desrespeito à faixa de segurança. Se o condutor manter a velocidade certa da via, que seria em torno de 40km/h, ele terá maior facilidade em parar nas áreas destinadas à travessia de pedestres”, aponta Daniel, salientando que os pedestres também têm de se conscientizar do papel deles no trânsito. Prefeitura estuda implementação de videomonitoramento com radares Ele ainda ressalta que está em estudo a implementação de um sistema de videomonitoramento integrado, com radares fixos. A proposta, que está sendo trabalhada junto com os órgãos de segurança farroupilhenses, deve ser colocada em prática no primeiro semestre de 2018. Daniel também explica que a Semana Municipal do Trânsito deste ano, que iniciou no último sábado e tem como tema “Te Liga na Faixa”, visa abrir um diálogo com a comunidade. “Não queremos impor nada, quereremos achar uma fórmula para as pessoas se conscientizar sobre aquilo que estão fazendo errado no trânsito e o que pode ser melhorado”, frisa o diretor. Confira, no quadro ao lado, o programa do Legislativo em Ação, que tem entrada franca e contará com a participação de diversas entidades de Farroupilha.

Daniel Rufatto

Câmara de Vereadores promove evento na segunda, às 19h, para debater questões relacionadas à área

Blitz da Faixa Ação realizada na tarde de quinta é uma das diversas que integra a Semana Municipal do Trânsito, que neste ano tem como tema “Te Liga na Faixa”

Programa do Legislativo em Ação Eixo Políticas Públicas, às 19h * Departamento Municipal de Trânsito * Legislativo com a campanha “Respeitem a Faixa” Eixo Educação, às 19h30min * CFC Farroupilha e o músico Caleb * Samu com o projeto Samuzinho e ações de resgate Eixo Segurança, às 20h * Polícia Rodoviária Estadual com ações de prevenção * Brigada Militar com fiscalização e o projeto “Brigada de Bicicleta” Eixo Fiscaliza Cidadão, às 20h30min * Lions Club Centro com a “Multa Moral” * Grupos de escoteiros com a Fiscalização Cidadã

Esquina

Evento de educação, natureza e família

O Chalé da Xilo e o Atelier Cultura Infantil promovem para o próximo dia 30 uma vivência unindo arte, natureza e família. A partir das 14h será realizado um passeio com brincadeiras, trilhas ecológicas e exploratórias, além de um piquenique. A ação acontece no Chalé da Xilo, que fica localizado no Desvio Blauth (3º Distrito). O valor é R$ 50,00 para família de até quatro pessoas. Informações gerais pelo e-mail atelier.culturainfantil@gmail.com.


13

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

MUDANÇAS À VISTA

Futura Reforma Política em pauta Legislativo e OAB Farroupilha promovem audiência pública para que população em geral tenha conhecimento das novas regras especialmente no que se refere ao processo eleitoral. “Nós, que estamos no meio, temos muitas dúvidas, tanto no campo político como no jurídico. Por isso, acho importante esclarecer para a população o que será decidido”, explicou o presidente do Legislativo, Fabiano André Piccoli. Por conta disso, a parceria com a OAB Farroupilha, já exitosa no debate que envolveu a Reforma da Previdência, ocorrido em março, será reeditada. “Há uma necessidade de ampliar a conscientização sobre o que vai acontecer na nossa política. Temos a possi-

bilidade de ter duas visões do tema, por isso vamos contar com professores da área política e jurídica”, destacou Rafael Gustavo Portolan Colloda, presidente da OAB. João Ignácio Pires Lucas, mestre e doutor em Ciência Política pela UFRGS, e Francieli de Campos, advogada e professora de Direito Eleitoral são os convidados para debater o tema com a população. O evento é aberto à comunidade e inicia a partir das 19h. Ao final das explanações o público poderá fazer perguntas aos debatedores. Para quem não puder comparecer, o Legislativo dis-

Legenda

ponibilizará transmissão ao vivo pelo canal do Legislativo no YouTube e um link ficará disponível no site da Câmara com a íntegra da discussão.

Velha parceria, novo tema Após debater a Reforma da Previdência, presidentes Colloda, da OAB, e Piccoli, da Câmara, abrem a discussão sobre mudanças da Reforma Política

Boca de Urna

Assis acredita que modelo deveria ser mantido

Em visita à Redação, onde fez questão de destacar as emendas parlamentares destinadas ao município, com destaque para os R$ 500 mil para a Revitalização do Parque Centenário da Imigração Italiana e outros R$ 500 mil para o Hospital São Carlos, o deputado federal Assis Melo (PCdoB/RS) tratou dos debates que envolvem a Reforma Política, que centralizaram as atenções nesta semana, em Brasília. “Diante da falta de um consenso, e ele realmente não existe porque o tema é muito complexo e envolve várias discussões, é muito difícil a aprovação de uma Reforma Política, até mesmo porque trata-se de uma emenda à Constituição e precisa de 308 votos para ser aprovada. Eu acho que a Reforma Política deveria ser adiada e, pelo menos para esta próxima eleição, permanecer tudo como está”, declarou.

Fotos: Ramon Cardoso

E

la ainda está em discussão. Na verdade, monopoliza as atenções do Congresso Nacional. Necessitando ser aprovada até o próximo dia 6 para valer na próxima eleição, a Reforma Política é o assunto do momento em Brasília. Foi pensando em inteirar a população sobre o tema que a Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Subseção Farroupilha promovem, no dia 19 do próximo mês, uma audiência pública para tratar das novas regras,

Educação Sem Machismo

A deputada estadual Manuela d’Ávila (PCdoB) participa nesta sexta, no Campus Farroupilhense do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), do seminário “Educação Sem Machismo”. O evento, que acontece a partir das 13h30min, terá também a presença da professora do Núcleo de Gênero do IFRS, Daniela Campos. O seminário é uma realização da Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul (AL/RS).

Stédile inaugura obra na cidade

Reforma em discussão Acompanhado do vice-presidente do PCdoB na cidade, Eleonir Pelicioli, Assis não vê chance de uma Reforma Política ampla passar pelo Parlamento federal

Também nesta sexta, às 17h, o deputado federal Jose Stédile (PSB), estará em Farroupilha para o ato de entrega do asfaltamento da rua Papa João XXIII. A obra, que liga a região central da cidade ao bairro São José e e à VRS-813, foi viabilizada por uma indicação de emenda do parlamentar no valor de R$ 750 mil, além de contrapartida do Executivo municipal.


14

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

RALLY DA UCS

Provas para desenvolver vocação científica Evento acontece neste sábado, no Campus Farroupilha, com participação de sete escolas da região Farroupilha, duas de Carlos Barbosa, uma de Garibaldi e outra de Nova Prata. No último ano a vencedora foi a Escola Estadual Júlio Mangoni, da Vila Jansen, 2º Distrito. “Inicialmente o trabalho em equipe, a união com um mesmo objetivo, identificando as possibilidades de aplicação do conhecimento e identificação do viés profissional a ser seguido”, considera Fernanda Maria Francischini Schmitz, diretora do Campus Farroupilha, sobre a importância de promover essa ação e proporcionar aos jovens a experiência do Rally. Também houve aumento de escolas inscritas, passando de cinco em 2016 para sete neste ano. Fernanda considera que isso demonstra a confiança dos estudantes e professores no projeto e que as atividades do Rally têm, além do aspecto lúdico, o enfrentamento da realidade contribuindo para a estruturação não só do aluno, mas do cidadão.

Provas científicas Participam 70 alunos do Ensino Médio

Escolas participantes do Rally Científico

* Colégio Nossa Senhora de Lourdes (Farroupilha) * Colégio Estadual Farroupilha (Farroupilha) * Escola Estadual de Ensino Médio Júlio Mangoni (Farroupilha) * Instituto Estadual de Educação Professora Irmã Teofânia (Garibaldi) * Escola Estadual de Ensino Médio São Roque (Carlos Barbosa) * Escola Estadual de Ensino Médio Elisa Tramontina (Carlos Barbosa) * Instituto Estadual de Educação Tiradentes (Nova Prata)

Aprovação

Torneio de Xadrez aberto para participação da comunidade

Quem aprecia xadrez pode participar da competição promovida pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRS) Campus Farroupilha que acontece no próximo dia 30. Aberto ao público em geral, as inscrições são gratuitas e podem ser realizadas até quarta pelo e-mail augusto. horiguti@gmail.com. É preciso informar nome completo, idade, CPF e telefone. As partidas terão início às 9h, no campus.

Inscrições abertas para Simulado da UCS

A Universidade de Caxias do Sul (UCS) promove, no próximo dia 8, o “Vestibulum: Simulado UCS 2017”, que acontece em todos os campi universitários. As inscrições seguem até o próximo dia 2 pelo site www.ucs.br, são gratuitas e as vagas são limitadas. O objetivo é dar uma oportunidade para aplicar os conhecimentos e ter o primeiro contato com o Vestibular, numa forma de familiarizar o aluno com o processo. São quatro tipos de provas, de acordo com o curso que o estudante deseja ingressar. Quem participar do Vestibulum e realizar cadastro com antecedência para o Vestibular de Verão 2018 da UCS terá 50% de desconto na inscrição.

Claudia Velho

S

etenta alunos do Ensino Médio terão um desafio diferente neste sábado. É o 8º Rally Científico proposto pela Universidade de Caxias do Sul (UCS), que objetiva desenvolver a vocação para os estudos por meio de atividades de aprendizagem voltadas à ciência da tecnologia. As ações acontecem no Campus Farroupilha, a partir das 7h30min. A organização é do projeto Engenheiro do Futuro, em parceria com a 4ª Coordenadoria Regional de Educação. A competição é constituída por tarefas práticas e teóricas, além de provas culturais e recreativas. É voltada a estudantes de escolas públicas e privadas e a atividade seguirá até às 15h. Cada equipe é formada por 10 alunos do 3º ano do Ensino Médio ou do 4º ano de escolas integradas. Estão inscritas três instituições de


16

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

CONCURSO ESTUDANTIL

Os melhores do Farroupilha Bem Gaúcha Fotos: Ramon Cardoso

Já tradicional na época da Semana Farroupilha, o concurso que mobiliza as escolas do município movimentou, mais uma vez, milhares de estudantes. Confira nesta e nas próximas páginas, os vencedores do Farroupilha Bem Gaúcha com os prêmios entregues pelo vice-prefeito Pedro Pedrozo, pelo secretário de Turismo e Cultura, Francis Casali, por Rodrigo Tibica e Miguel Ângelo Silveira de Souza, respectivamente, coordenador e vice do Acampamento Farrapo, pelo professor Vinicius Grazziotin de Cezaro, diretor geral da Secretaria Municipal de Educação, e por Elenice Girelli, 1ª sota capataz da 25ª Região Tradicionalista

O Colégio São Tiago ficou com o 1º lugar na Danças Tradicionais Adulto

A Escola Oscar Bertholdo ficou com o 1º lugar na Modalidade Danças Tradicionais Juvenil

A Escola 1º de Maio ficou com o 2º lugar na Modalidade Danças Tradicionais Juvenil

O Colégio São Tiago ficou com o 3º lugar na Modalidade Danças Tradicionais Juvenil


17

Fotos: Ramon Cardoso

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

A Escola 1º de Maio ficou com o 1º lugar na Modalidade Danças Tradicionais Mirim

A Escola 1º de Maio ficou com o 1º lugar na Modalidade Danças Tradicionais Pré-Mirim

A Escola Presidente Dutra ficou com o 2º lugar na Modalidade Danças Tradicionais Mirim

A Escola Zelinda Pessin, representada pelos jovens alunos, ficou com o 2º lugar na Modalidade Danças Tradicionais Pré-Mirim

Na categoria Adulto, o Colégio São Tiago ficou com a Melhor Coreografia de Saída

A Escola Oscar Bertholdo ficou com o 1º lugar na Modalidade Danças Tradicionais Infantil

A Escola Ângelo Venzon Neto ficou com o 3º lugar na Modalidade Danças Tradicionais Mirim

A Escola Planeta Criança ficou com o 2º lugar na Modalidade Danças Tradicionais Infantil


18

Fotos: Ramon Cardoso

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

Na categoria Juvenil, a Escola Oscar Bertholdo ficou com a Melhor Coreografia de Saída

Na categoria Adulto, o Colégio São Tiago ficou com a Melhor Coreografia de Entrada

A professora Heloísa Heis da Silva representou o aluno Felipe Sosnoski, do Colégio São Tiago, 1º lugar na Modalidade Chula Adulto A professora Heloísa Heis da Silva representou o aluno Guilherme Lazzari de Moraes, do Colégio São Tiago, 2º lugar na Modalidade Chula Adulto

Na categoria Juvenil, o São Tiago ficou com a Melhor Coreografia de Entrada

Na categoria Mirim, a Escola Presidente Dutra ficou com a Melhor Coreografia de Entrada

Makley Nunes, do Colégio São Tiago, 3º lugar na Modalidade Chula Adulto


19

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

Fotos: Ramon Cardoso

Pedro Kauã dos Santos, da Escola Zelinda Pessin, 1º lugar na Modalidade Chula Mirim

A diretora Salete Gasperin representou o aluno Pedro Henrique Fagherazzi, do Colégio Nossa Senhora de Lourdes, 1º lugar na Modalidade Instrumental Adulto

César Augusto Bet, da Escola Padre Rui Lorenzi, 1º lugar na Modalidade Instrumental Juvenil

Guilherme Susin, da Escola Cinquentenário, 2º lugar na Modalidade Instrumental Juvenil

A professora Ana Cláudia, representando o aluno Vitor Mingotti, da Escola Presidente Dutra, e Renan Marchetto, da Escola Carlos Fetter, ambos ficaram em 3º lugar na Modalidade Instrumental Juvenil

Luís Fernando da Rosa Júnior, do Centro de Educação Complementar 1º de Maio, 1º lugar na Modalidade Instrumental Mirim

João Miguel Peglow Ávila, da Escola Nossa Senhora de Caravaggio, 2º lugar na Modalidade Instrumental Mirim

Lucas do Nascimento Jardim, do Centro de Educação Complementar 1º de Maio, 3º lugar na Modalidade Instrumental Mirim

Letícia Lopes, do Colégio São Tiago, 1º lugar na Modalidade Intérprete Vocal Adulto Feminino

Luiza Toquetto Dias, do Instituto Cenecista Ângelo Antonello, 2º lugar na Modalidade Intérprete Vocal Adulto Feminino

Mariana Peglow Ávila, do Instituto Cenecista Ângelo Antonello, 3º lugar na Modalidade Intérprete Vocal Adulto Feminino

Teylor Ferreira, da Escola Presidente Dutra, 1º lugar na Modalidade Intérprete Vocal Juvenil Masculino

Klaiton Tasquetto, da Escola Cinquentenário, 2º lugar na Modalidade Intérprete Vocal Juvenil Masculino

William de Souza Tomkiel, da Escola Ângelo Venzon Neto, 3º lugar na Modalidade Intérprete Vocal Juvenil Masculino

A vice-diretora Elisângela Regina Piccoli representou o aluno Gabriel Peruzzo, da Escola 1º de Maio, 1º lugar na Modalidade Chula Juvenil


20

Fotos: Ramon Cardoso

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

Sabrina Rosina, da Escola Presidente Dutra, 1º lugar na Modalidade Intérprete Vocal Juvenil Feminino

Gabriela Mognon Moleri, da Escola Carlos Fetter, 2º lugar na Modalidade Intérprete Vocal Juvenil Feminino

Caroline Maria Silveira, da Escola Zelinda Pessin, 3º lugar na Modalidade Intérprete Vocal Juvenil Feminino

João Miguel Ávila, da Escola Nossa Senhora de Caravaggio, 1º lugar na Modalidade Intérprete Vocal Mirim Masculino

João Vitor do Amaral, da Escola Zelinda Pessin, 2º lugar na Modalidade Intérprete Vocal Mirim Masculino

Angélica de Britto Jukoski, da Escola Cinquentenário, 1º lugar na Modalidade Intérprete Vocal Mirim Feminino

Isabela Maggioni Morari, da Escola Presidente Dutra, 2º lugar na Modalidade Intérprete Vocal Mirim Feminino

Isadora Baggio, da Escola Júlio Mangoni, 3º lugar na Modalidade Intérprete Vocal Mirim Feminino

Giácomo Soares Filho, da Escola Oscar Bertholdo, 1º lugar na Modalidade Intérprete Vocal Pré-Mirim Masculino

Ana Lívia Pereira Pinto, da Escola Oscar Bertholdo, 1º lugar na Modalidade Intérprete Vocal Pré-Mirim Feminino

A professora Jéssica da Costa representou Kelli de Bittencourt Rodrigues, do São Tiago, 1º lugar na Declamação Adulto Feminino

Gabriela Adriana da Silva e Souza, da Escola Olga Ramos Brentano, 2º lugar na Declamação Adulto Feminino

Guilherme Susin, da Escola Cinquentenário, 1º lugar na Declamação Juvenil Masculino

Maurício Adriano Ambrósio, da Escola Cinquentenário, 2º lugar na Declamação Juvenil Masculino

Kaian Vieira, da Escola Pio X, 3º lugar na Declamação Juvenil Masculino


21

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

Fotos: Ramon Cardoso

Vitória Terezinha Bartelle, da Escola Carlos Fetter, 1º lugar na Declamação Juvenil Feminino

Alíssia Almeida Damiani representando a colega Pâmela Maria da Silva, da Escola Antônio Minella, 2º lugar na Declamação Juvenil Feminino

Larissa Almeida Damiani, da Escola Antônio Minella, 3º lugar na Declamação Juvenil Feminino

Leonardo Villa, da Escola Zelinda Pessin, 1º lugar na Declamação Mirim Masculino

Samira Albuquerque, do Colégio Nossa Senhora de Lourdes, 1º lugar na Declamação Mirim Feminino

Georgia Luiza Inocêncio, do Centro de Educação Complementar 1º de Maio, 2º lugar na Declamação Mirim Feminino

Jamile Haskel, da Escola Presidente Dutra, 3º lugar na Declamação Mirim Feminino

Murilo Sbrussi Nunes, da Escola Cinquentenário, 1º lugar na Declamação Pré-Mirim Masculino

Felipe Gabriel Pacheco Neuhaus, da Escola Zelinda Pessin, 2º lugar na Declamação Pré-Mirim Masculino

Guilherme Nolli Bernardi, da Escola Zelinda Pessin, 3º lugar na Declamação Pré-Mirim Masculino

Pâmela da Silveira Ramos, da Escola Oscar Bertholdo, 1º lugar na Declamação Pré-Mirim Feminino

Alíssia Almeida Damiani, da Escola Antônio Minella, 2º lugar na Declamação Pré-Mirim Feminino

Carolina Heinen Lima, da Escola Oscar Bertholdo, 3º lugar na Declamação Pré-Mirim Feminino

Vinicius de Quadros Menti Demutti, da Escola Cinquentenário, 1º lugar na Declamação Infantil Masculino

Veridiana Borges Gonçalves, da Escola Zelinda Pessin, 1º lugar na Declamação Infantil Feminino

Manuela Reiter, da Escola Cinquentenário, 2º lugar na Declamação Infantil Feminino

Martina Cremone, da Escola Presidente Dutra, 3º lugar na Declamação Infantil Feminino


22

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

Divulgação

Rede Mestre com troca de faixas

A Rede Mestre Farroupilha realizou, na semana passada, troca de faixas de Taekwondo em diversas categorias da modalidade que é a especialidade da escola (foto ao lado).

Lyon vence mais uma na Copa Caxias

A equipe farroupilhense encarou o Bom Pastor, no feriado de quarta, na Escola da Natureza. O duelo foi adiado no último domingo, em virtude do mau tempo, e encerrou com vitória do Lyon por 3 a 1, com gols de Didi (2) e Diogo Oliveira. O time farroupilhense segue líder do Grupo 2 da Copa Caxias Série B, agora com 19 pontos, e permanece invicto. No domingo enfrenta o Real Rizzo, às 13h30min, no campo do São Pedro da Terceira Légua.

1º de Maio, outra vez campeã e invicta

Novamente, a Associação 1º de Maio conquistou um título. A atual campeã do Citadino triunfou no torneio organizado pela SER Cruzeiro, de São Gotardo, em Flores da Cunha. Na fase classificatória, venceu três duelos e empatou dois. Na semifinal, vitória sobre o Antônio Prado por 4 a 1 e, na decisão, triunfo diante do Baliska, por 3 a 1. Em sete jogos foram 21 gols marcados e nove sofridos. A pivô Tuca foi a artilheira da disputa com 12 gols e as goleiras Rosana e Daniela levaram o troféu de menos vazadas da competição.

Marques de volta em Meia Maratona

O fundista Rudinei Marques participou, no último domingo, da 3ª Meia Maratona de Caxias do Sul. Ele ficou em 3º lugar na categoria H (50 a 54 anos) e foi 45º no geral. Finalizou os 21 quilômetros com seu melhor tempo, em uma hora e 34 minutos.

DMEL em domingo de Municipal de Vôlei

O Departamento Municipal de Esporte e Lazer (DMEL) promove o Campeonato Municipal de Vôlei neste domingo, a partir das 9h, no Complexo Esportivo do Parque Cinquentenário. Jogos de todos contra todos nos dois naipes. São quatro equipes no Feminino: Anselmi Vôlei, DMEL, Sfinge e Vôlei Farroupilha; e cinco no Masculino: DMEL, Farlley A e B, Farrapos Vôlei e Serra Vôlei Clube.

Estrela em quadra nesta sexta à noite

O time volta à disputa do Aberto do Soberano de Futsal, de Presidente Lucena, nesta sexta, às 21h50min, quando encara o Continental/AZ Barber, de Morro Reuter. A equipe venceu o Lindolfo Collor por 8 a 4 na estreia e busca se manter na liderança do Grupo D da competição. Na terça, pelo Citadino de Caxias do Sul, o Estrela ficou no 3 a 3 com o Kayser. Para avançar, precisa apenas de uma vitória nos dois confrontos que restam, contra Brothers, no dia 28, e MGA, no dia 5.

AFA/Grendene perde e se complica

Já a outra equipe farroupilhense no Aberto do Soberano, a AFA/Grendene, foi derrotada por 5 a 1 para o Parobé Futsal. Encerra sua participação na 1ª fase precisando da vitória para ainda buscar a classificação no duelo contra a UJR, no próximo dia 29.

Tiro e Ponto retorna após duas semanas

O Campeonato Municipal de Bochas Tiro e Ponto parou durante os Festejos Farroupilha mas retorna neste sábado, com os duelos entre Rancho de Gaudérios e Sócios do Aldeia e Aldeia Farroupilha e Veteranos do Rancho. No último sábado, em partida isolada e antecipada, o Vinhedos derrotou o Tavares, fora de casa, por 3 a 0. Os duelos iniciam a partir das 13h45min.

Municipal de Bochas 48 continua nivelado

Já o Municipal de Bochas 48 segue muito equilibrado. No encerramento do turno, o Bar do Muth, de Linha Paese, reassumiu a liderança ao vencer o Retcha’s Bar, no bairro Alvorada. Antes líder, o Nik’s Bar perdeu duas posições ao ser superado pelo Veteras Bar. No Burati, o Nossa Senhora de Fátima acabou derrotado pelo Bar do Radinho. Muth lidera com 5 vitórias vencendo nos critérios o Veteras, que também conta com 5 vitórias. Em 3º está o Nik’s com 4 vitórias. Com 3 aparece o Bar do Alemão e com 2 o Radinho e o Retcha’s. Fátima segue sem vencer. Na abertura do returno, neste sábado, no bairro Centenário, o Radinho enfrenta o Nik’s, no Burati o Fátima mede forças com o Veteras e, por fim, em Linha Paese, o Muth encara o Alemão. O Retcha’s folga na rodada. Os duelos iniciam às 16h.

Copa Serra de Kart agita o Kartódromo

A 1ª etapa acontece neste fim de semana, no Kartódromo César Francischini, e valerá pontos para o Campeonato Gaúcho. As provas ocorrem nas categorias Mirim, Cadete, Fórmula 125 (Sprinter e Master), Super 4T (Sprinter e Master), Speed Kart, Júnior, Fireball e Tag (Super Tag e Tag). Os treinos oficiais ocorrem no sábado e, no domingo, as tomadas de tempos e as duas baterias. Farroupilha sediará mais uma etapa, que acontecerá nos dias 18 e 19 de novembro.

Citadino de Futsal tem início neste sábado

Neste sábado começa o Citadino de Futsal. Serão quatro jogos, a partir das 19h, no Ginásio de Esportes do Colégio Nossa Senhora de Lourdes: 1º de Maio x BGF, J.A. Flores da Cunha x Valente Futsal/Máquinas Sazi, Alvorada x Bento FC e, por fim, Estrela x Burati Lanches/Soberanas. O ingresso custa R$ 3,00.


23

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

HANDEBOL SOLIDÁRIO

Parceria em prol do São Carlos Apahand/UCS/Farroupilha repassa mil ingressos às Voluntárias da Saúde e doará R$ 7,00 ao Hospital para cada torcedor que comparecer portando o ticket da promoção na partida de despedida da Liga Nacional

P

rocurando se integrar ainda mais à comunidade farroupilhense, a Associação de Pais e Amigos do Handebol (Apahand) prepara uma grande ação solidária no duelo que encerra a participação da Apahand/UCS/Farroupilha na Liga Nacional de Handebol Feminino, diante do time de Cascavel, e que acontece no Ginásio da Associação de Desportos do Saturno, em Caravaggio. Técnico da equipe, Gabriel Citton repassou às Voluntárias da Saúde mil ingressos para o confronto contra as paranaenses. Para cada torcedor que comparecer portando um desses ingressos, a Apahand/UCS/Farroupilha doará R$ 7,00 ao Hospital Beneficente São Carlos. Porém, vale lembrar que o ingresso é individualizado. Não

Bandeira única Equipe de handebol feminino e entidade filantrópica unem forças em benefício do São Carlos

vale um torcedor comparecer com cinco entradas porque o objetivo, além do repasse dos valores, é de levar um bom público a prestigiar o handebol. “Queremos, cada vez mais, ter

uma inserção comunitária e nada melhor do que fazer isso auxiliando o São Carlos. Mas esperamos mais do que esses mil torcedores”, destacou Citton. A entrada para o duelo contra

Cascavel é franca e será o primeiro em uma competição oficial na cidade desde que a Apahand fechou a parceria com o município, que envolve a prefeitura, por meio de oficinas de handebol nas escolas e arbitragem nos Jogos Estudantis, e a Grendene, como patrocinadora oficial da equipe. Os ingressos para o confronto da Apahand/UCS/Farroupilha e Cascavel podem ser adquiridos com as Voluntárias da Saúde. O duelo acontece no próximo dia 5, às 20h, no Saturno e é válido pela última rodada da Conferência Sul/Sudeste da Liga Nacional. Embora não tenha chances de classificação, a Apahand, que atuou na quinta à noite, diante do Pinheiros, em São Paulo, após o fechamento desta Edição, merece total apoio pela nobre atitude em prol do HBSC.

Bate Pronto

Reconhecimento Público à selecionável

A jovem Rafaela Levis Marostica, 14 anos, frequentemente convocada para a Seleção Brasileira Sub-17 recebeu, das mãos do prefeito Claiton Gonçalves, o Certificado de Reconhecimento Público, destinado a farroupilhenses que se destacam nas mais diversas áreas, entre elas, a esportiva. Ao lado dos orgulhosos pais Luciano e Olga, a atleta falou um pouco sobre sua trajetória e os dois períodos de treinamento realizados na Granja Comary, em Teresópolis. “Esse é uma pequena distinção para que tu jamais esqueças da tua origem e leve o nome de Farroupilha por este Brasil e mundo afora. Temos muito orgulho de contarmos com profissionais de destaque da cidade em diversas áreas, como é o teu caso na esportiva”, citou o prefeito. Rafa ainda deve participar de mais duas séries de treinamentos na Comary até o final do ano. As Seleções Brasileiras Sub-17 e Sub-19 intensificam a preparação para a disputa do Sul-Americano, que acontece no próximo ano.

Filha da terra Ao lado dos radiantes pais Olga e Luciano, Rafa recebeu do prefeito Claiton a distinção que reconhece seu papel de destaque na área esportiva

Ramon Cardoso


Imagens: Reprodução

NESTA EDIÇÃO

Cadernos Especiais da semana A histórica e dourada noite da 12ª Seleção de Vinhos de Farroupilha e nova edição do Pets & Cia, com dicas importantes de saúde e cuidados com os bichanos

EDUCAÇÃO

Mérito aos melhores Adroir Fotógrafo/Prefeitura de Farroupilha

A cada ano mais consolidado, concurso estudantil Farroupilha Bem Gaúcha sedimenta tradição da terra nas instituições de ensino da cidade Páginas 16 a 21


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

DOAÇÃO DE ÓRGÃOS

Para salvar mais vidas Município se volta ao tema para despertar consciência na comunidade e propõe ações para desmistificar a temática Divulgação

A

pesar de ser um assunto que ganha respaldo e que a cada ano é mais discutido, a doação de órgãos e tecidos ainda é vista como um tabu. Há receio por parte da sociedade, mas para muitas famílias é o único meio de salvar vidas de entes queridos. Justamente abordando essa pauta é que diversas ações serão realizadas na Semana de Conscientização à Doação de Órgãos e Tecidos para lembrar a importância de colaborar e como proceder. A intenção é esclarecer a população e motivar o debate comunitário. As atividades são propostas pela Secretaria Municipal de Saúde, Hospital Beneficente São Carlos (HBSC), Grupo de Voluntários Anjos da Esperança e Hermelu Esportes. A programação segue até o próximo dia 30 com mateada, missa, exposição de fotos, pedágio educativo e duas caminhadas pelas ruas centrais. O último levantamento da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO) mostra que a taxa de doadores no País teve um aumento de 11,8% no primeiro semestre, mas sabe-se também que os números poderiam ser ampliados caso houvesse maior esclarecimento da população. Entre 2010 e 2016 houve um aumento de 19% no número de transplantes, com destaque para quatro órgãos, além do coração: rim, fígado, medula óssea e pulmão. O Brasil possui o maior sistema público de transplantes do mundo. Em 2016 mais de 90% dos procedimentos realizados no País foram financiados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Um ajudando o outro Semana propõe debater a importância da doação de órgãos e tecidos

Programação da Semana de Conscientização à Doação de Órgãos e Tecidos

Sexta * 9h30min: Encontro de pacientes transplantados e capacitação sobre captação de córneas, no auditório do HBSC. Palestra com representante do Banco de Olhos do Hospital Pompéia destinada a funcionários do HBSC, pacientes transplantados e familiares Sábado * 9h: Entrevista Anjos da Esperança, na Rádio Spaço FM * 14h: Mateada, no Parque dos Pinheiros Domingo * 11h: Missa no Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio com exposição de fotos do trabalho realizado pelos Anjos da Esperança e Comissão Intra-hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos do HBSC

* 19h: Missa na Igreja Matriz com exposição de fotos dos Anjos da Esperança e Comissão Intra-hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos do HBSC Segunda * Manhã e tarde: Pedágio educativo na Praça da Matriz Terça * 19h: Caminhada em Prol da Semana de Conscientização à Doação de Órgãos e Tecidos promovida pelo Grupo de Corrida Hermelu. Saída na rua Júlio de Castilhos (em frente à Croassonho) Dia 30 * 10h: Caminhada em Prol da Semana de Conscientização à Doação de Órgãos e Tecidos promovida pelo Grupo Anjos da Esperança. Saída da Praça da Matriz


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

Liposhock: Dê um na sua gordura ou

Tratamento revolucionário para gordura localizada, ce Equipe Espaço da Beleza *

O

que é Liposhock: é um tratamento que alia cosmiatria, ou seja, cosméticos específicos, aparelhos de grande profundidade, manobras de massagem e drenagem manual. O nome do tratamento refere-se a choque térmico, ou seja, a variação do quente e frio através de uma ciclotermia proporcionada pelos produtos aplicados durante a sessão. A ciclotermia é uma técnica que associa variações de temperatura – térmica e crioterápica – a princípios ativos liporedutores. Quando o nosso metabolismo é submetido a variações de temperatura, rapidamente irá buscar energia para garantir a homeostase e é justamente nos adipócitos que estão nossa maior reserva energética. Sendo assim, com a variação da temperatura quente e fria, haverá constante estímulo e gasto enérgico, promovendo a velocidade da lipólise, diminuição da gordura armazenada e redução de medidas.

uma cosmiatria complementar e nas células de gordura, promove riação entre o quente e o frio.

Se parar de fazer o tratamen É importante ressaltar que tu gia no seu organismo. Se essa e da sua rotina diária ou atividade é depositada em alguma parte dômen ou culote). Portanto, ass tratamento, para que você man seguir algumas recomendações beber muita água e fazer ativida

Qual a duração da sessão? A sessão de Liposhock dura em torno de 1 hora e 15 minutos, é totalmente indolor e o resultado é imediato.

Quantas sessões precisam s O resultado de LipoShock em endente e garantido. O tratamen por semana e o número de sess cada cliente e o resultado obtid nenhum tratamento milagroso no tratamento proporciona resultad resultado depende de você!

Por que o Liposhock promove tanto resultado em apenas uma sessão? O diferencial do tratamento está nos produtos utilizados. É

Saiba mais Dúvidas, estamos à disposi maiores esclarecimentos sobre o


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

m choque u celulite

elulite e flacidez reduz medidas e modela o corpo já na primeira sessão Imagem: Reprodução

específica que atua diretamente endo tal resultado através da va-

nto, engorda de novo? udo o que você come vira enerenergia não é consumida através e física, vira gordura localizada e do seu corpo (normalmente absim como em qualquer dieta ou ntenha o resultado é importante s, como: alimentação saudável, ade física.

ser feitas? m apenas uma sessão é surprento pode ser feito até duas vezes sões varia com a necessidade de do em cada sessão. Não existe o mercado, aliás, nem cirurgia. O dos excelentes, mas manter esse

ição. Agende seu horário para o tratamento.

* Espaço da Beleza Centro Estético Independência, 555 – Centro de Farroupilha Fone (54) 3268-5511 / (54) 981.115.645 Fan Page: Espaço da Beleza


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

OPINIÃO

Coaching de Emagrecimento: treinando a mente para um emagrecimento consciente Tisiane de Souza Pinto *

C

oaching é uma metodologia nova que busca atender as seguintes necessidades humanas: atingir metas, solucionar problemas e desenvolver novas habilidades. É um processo que tem por objetivo levar você do estado atual para o estado desejado em um curto espaço de tempo e com resultados extraordinários. Dentre os diversos nichos de Coaching existentes, está o Coaching de Emagrecimento. Nele, o coach é o profissional que auxiliará o coachee (cliente) a analisar questões que influenciam na conquista do seu objetivo: a perda de peso. Fato-

res como gestão de tempo, disciplina, comprometimento, crenças e valores, e motivação serão trabalhados durantes as sessões do coaching. É importante que o coachee tenha em mente as respostas para as seguintes perguntas abaixo. * Por que você acredita que precisa emagrecer? * O que conquistará ao emagrecer? Disposição física? Autoestima? * Terá uma vida social mais ativa? O coach lhe conduzirá a descrever esses motivos, e eles serão sua motivação para alcançar seus resultados. Além disso, serão trabalhados fatores comportamentais e emocionais, onde os aspectos positivos de suas atitudes serão

sempre levados em conta e será realizada uma programação mental para que você possa verdadeiramente se comprometer a alcançar seu objetivo. Você adquirirá uma visão sistêmica de todo seu processo de emagrecimento, o que terá que eliminar de sua vida, e hábitos que terá que adquirir, sendo assim também enxergará a possibilidade de procurar profissionais especializados: nutricionista, fisiologista, personal trainer, médicos, etc. Importante dizer que o coaching te ajudará a ter disciplina, foco e comprometimento com o seu objetivo. Não deixe de ter um acompanhamento médico/ nutricional para fazer as devidas avaliações.

Quais os benefícios do Coaching de Emagrecimento?

* Eliminar as barreiras que te impedem de emagrecer; * Modificar os comportamentos que você sabe que te levam a engordar, mas não consegue mudar sozinho(a); * Evitar a auto sabotagem, muito comum no processo de emagrecimento; * Desenvolver competências e habilidades importantes para emagrecer e permanecer magro; * Aumentar a determinação para não abandonar o processo; * Estabelecer e atingir suas metas; * Mudar a forma de enxergar o processo de emagrecimento, sem se sentir sofrendo, punido(a) e injustiçado(a) o tempo todo; * Identificar e aprender a controlar seus pensamentos em relação ao seu corpo, peso e emagrecimento, minimizando recaídas; * Aprender a controlar a fome emocional (comer movido pelos sentimentos, como: ansiedade, tristeza, frustração, comemoração, etc); * Aumentar sua autoestima, não somente pelo emagrecimento, mas também pelo resgate da confiança em si através do sucesso do processo; * Aprender a lidar com a comida de forma saudável; * Reestruturar crenças que o levam a ganhar peso e você nem sabe. * Psicóloga (CRP 07/18477) e Coach Fone (54) 991.388.899 / E-mail: tisi.psi@gmail.com


Música

Fred’s Project, nesta sexta, e Madalena Rock Band, no sábado, garantem o fim de semana roqueiro do República Página 9

Inside

Para celebrar a Primavera

Casa de Cultura farroupilhense promove recital com Jackie dos Passos nesta sexta, às 19h30min

P

ara celebrar a chegada da Estação das Flores, nesta sexta, a Casa de Cultura realiza um recital com o violonista farroupilhense Jackie dos Passos. O Concerto de Primavera acontece às 19h30min, no auditório, e tem entrada franca. No palco, o músico apresenta canções de seu álbum “Dois Horizontes”, utilizando a técnica fingerstyle. “É um estilo que, apesar de ser já existente há bastante tempo, ainda é novidade para as pessoas. Ao contrário de outros estilos, como clássico, gaúcho, flamenco, etc., em que se usa o instrumento reproduzindo um som mais purista, o fingerstyle vem com combinações de efeitos, efeitos percussivos, o que acaba impressionando por não parecer que é possível fazer tudo em um único instrumento”, destaca o músico, que já soma 13 anos de dedicação ao violão.

Para o concerto, Jackie prepara um repertório que compreende canções autorais, composições próprias de fingerstyle e música pop internacional, como Coldplay e David Guetta. “É comum, no violão fingerstyle, os violonistas fazerem arranjos em cima de músicas pop nacional e internacional, usando todos os recursos sonoros possíveis, para mostrar essa ideia de unir melodia, baixos, acompanhamento e percursões, ferramentas que estão todas disponíveis ali no violão”, aponta, frisando que, além deste estilo, ele também possui um show baseado exclusivamente no violão clássico.

Programe-se O que: Concerto de Primavera Quando: nesta sexta, às 19h30min Onde: Casa de Cultura (República, 172) Quanto: entrada franca

Na ponta dos dedos Jackie dos Passos prepara recital baseado na técnica fingerstyle

Professora Eulália Isabel Coelho revisita “Paris, Texas”, numa homenagem póstuma ao ator Harry Dean Stanton Páginas 10 e 11

César Andreatta

MÚSICA

Sétima Arte


Inside

2

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

Cinemas Shopping Iguatemi (RST-453, quilômetro 3,5)

Imagens: Reprodução

Cinemas GNC 1: Divórcio - às 14h10min, 16h10min (com legenda descritiva), 18h40min e 21h GNC 2: Mãe! - às 14h20min e 19h35min (dublado), 16h45min e 22h (legendado) GNC 3: Emoji: O Filme (dublado) - às 13h20min (com legenda descritiva) e 15h20min GNC 3: O Sequestro - às 17h20min (dublado) e 21h20min (legendado) GNC 3: Amityville: O Despertar (dublado) - às 19h30min GNC 4: It - às 13h50min e 19h10min (dublado), 16h30min e 21h50min (legendado) GNC 5: O Assassino: O Primeiro Alvo - às 14h30min e 21h40min (dublado), 19h20min (legendado) GNC 5: Annabelle 2: A Criação do Mal - às 17h GNC 6: Polícia Federal: A Lei é Para Todos - às 14h GNC 6: Feito na América - às 16h10min e 21h30min (dublado), 18h50min (legendado) Ingressos: segunda, quarta e quinta (exceto feriado) a R$ 20,00 e R$ 26,00 (salas 3d); terça (exceto feriado) R$ 14,00 e R$ 18,00 (salas 3d); sexta a domingo e feriado a R$ 25,00 e R$ 32,00 (salas 3d). Meia entrada todos os dias para menores de 18 anos e maiores de 60 (mediante apresentação de identidade), estudantes (mediante apresentação de Carteira de Identificação Estudantil) e para o Movie Club Preferencial.

Shopping San Pelegrino (Avenida Rio Branco, 425) Cinépolis 1: Divórcio - às 14h30min, 17h, 19h15min e 21h30min Cinépolis 2: Lino - às 12h, 14h e 16h Cinépolis 2: O Assassino: O Primeiro Alvo - às 18h15min (dublado) e 20h45min (legendado) Cinépolis 3: Mãe! - às 13h45min, 16h30min e 19h30min (dublado), 22h (legendado) Cinépolis 4: Polícia Federal: A Lei é Para Todos - às 13h30min e 16h15min Cinépolis 4: It (dublado) - às 19h e 21h45min Cinépolis 5: It - às 12h15min, 15h e 18h (dublado), 21h (legendado) Cinépolis 6: Emoji: O Filme (dublado) - às 12h30min, 14h45min e 17h15min Cinépolis 6: Em Defesa de Cristo (dublado) - às 19h45min Cinépolis 6: Feito na América - às 22h15min Ingressos: nas salas tradicionais, segunda a R$ 20,00; terça e quarta (exceto feriado) a R$ 14,00; quinta a R$ 24,00; sexta a domingo e feriado a R$ 25,00. Nas salas 3d, segunda a R$ 27,00; terça e quarta (exceto feriado) a R$ 18,00; quinta a R$ 30,00; sexta a domingo e feriado a R$ 31,00.

Sala de Cinema Ulysses Geremia (Luiz Antunes, 312) Afterimage - de sexta a domingo, às 19h30min Matinê às 3: Colcha de Retalhos - quinta, às 15h Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (estudantes e sênior)

Tensão no ar Os oscarizados Jennifer Lawrence e Javier Bardem estrelam thriller psicológico e perturbador “Mãe!”, no retorno do grande cineasta Darren Aronofsky à sua temática predileta


Inside

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

3

Palestra

Repensando a vivência em família Adroaldo Lamaison aborda a temática na próxima quinta, em encontro que arrecada doações para o Hospital São Carlos tantes, mas está afastando as próximas. Cita que valores como a fé, oração e valorizar o que se tem foram trocados pelo consumismo, pelo ter, pelas distrações, isolamento e individualismo. “Com isso cresce a depressão, as separações, a falta de respeito, falta de limites. Em muitas casas são os filhos que mandam. Na escola eles não respeitam os professores, nem os mais velhos. Quantos idosos estão só. Precisamos recuperar as

coisas simples da vida”, considera Lamaison. “Quais são os valores da juventude de hoje? Fama, vaidade, ter várias curtidas no Face?”, questiona ainda o palestrante.

Momento de reflexão Lamaison propõe recuperar as coisas simples da vida para reforçar laços familiares

Sobre o palestrante Adroaldo Lamaison é formado em Filosofia e Teologia, foi padre da Igreja Católica, sendo que mais tarde deixou o sacerdócio e atualmente reside em Caxias do Sul. Frequentou por quatro anos o curso de Psicologia, sem concluir a formação. Em 2011 se formou em Marketing. Atuou em áreas de Recursos Humanos e vendas de grandes organizações. Continua desenvolvendo atividades na Igreja Católica, ministrando palestras para casais, seminários de formação pessoal e crescimento espiritual.

Programe-se O que: Palestra “Renovar os valores da família e da espiritualidade num mundo em transformação”, com Adroaldo Lamaison Quando: próxima quinta, às 19h30min Onde: igreja da comunidade do bairro São Luiz Quanto: gratuito, podendo contribuir com doação de leite ou café para o Hospital Beneficente São Carlos

Divulgação

P

ara refletir sobre os valores da sociedade e a formação espiritual, acontece palestra na próxima quinta, às 19h30min, na Igreja do bairro São Luiz. A organização é do Clube de Mães Arte de Viver e o encontro será conduzido por Adroaldo Lamaison. A palestra é gratuita e aberta à comunidade em geral. A organização solicita que quem puder contribuir, faça doação de café ou leite que será repassado ao Hospital Beneficente São Carlos. Para participar não é necessário fazer inscrição, basta comparecer no dia do evento. “Essa temática é muito envolvente: família, valores, espiritualidade. Achei oportuno num momento com tantas turbulências, para que nunca se perca a fé, a espiritualidade e esperança nas pessoas”, considera Veridiana Argenta Scapinelo, tesoureira do Clube de Mães. De acordo com o palestrante, a importância em discutir os valores com a família está no fato dela ser a primeira grande escola da vida. Considera ainda que a internet aproximou as pessoas dis-


Inside

4

Crônicas da Redação Ramon Cardoso

ramon@jornalinformante.com.br

A agenda esquizofrênica da esquerda com dias contados

Agenda SEXTA

Show com Jorge Flores Boteco Antonielle, às 22h Fred’s Project República Beer, às 23h

SÁBADO 1ª Copa Resenha de Futebol 7 Giovana Campo Clube, às 8h30min A Chegada da Primavera no Nômade Nômade Coletivo, a partir das 10h 36º Baile da Primavera Clube 1º de Maio, às 20h Show com Sandro Sans Boteco Antonielle, às 22h Show com The Madalena Rock Band República Beer, às 23h Tributo a Led Zeppelin com a banda Presence Muinho Club, às 23h

Boteco dos Apertados Boteco do Chá, às 23h30min

DOMINGO

Domingo Farroupilha Cidade Universitária, em Caxias do Sul, às 13h Festival Brasileiro de Música de Rua Praça Loureiro da Silva, em Garibaldi, às 14h Show com Luan Santana Festa Nacional do Moranguinho, em Bom Princípio, às 20h Divulgação

Vamos ser honestos? É isso que a coluna propõe. Acho que é um momento importante após a exposição no Santander Cultural ser comparada ao 11 de Setembro (única coisa em comum é o dia mesmo), em alguns casos, sem meias palavras, o que é de uma desonestidade grosseira e repugnante. Então, vamos derrubar alguns dogmas? Primeiro: não houve qualquer tipo de censura à exposição. O que houve foi um boicote, que é algo democrático e, como tal, algo que a esquerda, por óbvio, abomina. A única democracia que vale é a deles. A democracia que enfia goela abaixo da população uma agenda esquizofrênica. Discordam? Vejam a forma como Arthur do Val, do “Mamãe, Falei”, foi recebido no protesto a favor da exposição. Segundo: o que motivou o boicote e revoltou a população foi o fato de não haver qualquer tipo de restrição etária. Eu não entendo nada de arte, mas acredito que o quadro de um cabrito sendo currado ou um ménage à trois entre integrantes do mesmo sexo (o negro no papel de maior submissão, embora nenhuma entidade que combata o racismo tenha se manifestado, em um silêncio constrangedor, incriminatório e que fala por si só) não seja um conteúdo apropriado para crianças. Terceiro: somente um Estado criminoso, comandado por criminosos como o nosso, tem condição de financiar, por R$ 800 mil, este tipo de ‘arte’. Se ela é tão maravilhosa assim, simples: que busque patrocínio na iniciativa privada. Aí fica difícil, né? Essa galera só tem condição de se financiar via Estado. A exposição não foi idealizada como forma de arte, mas como uma panfletagem baixa e rasteira da esquerda. Não ver conteúdo ideológico ou político/partidário na exposição do Santander é ter uma visão obliterada da realidade. É justamente esse o discurso que a esquerda quer emplacar. “Julguem a arte pela arte”, dizem os esquerdistas. Se escondem atrás de bandeiras que subvertem valores caros à sociedade para disseminar sua agenda a todo custo. Pelo jeito, a população cansou. A grande imprensa, exceção feita a elogiável “Gazeta do Povo”, de Curitiba, não cansou e segue defendendo cegamente essa turma. Assim como um monte de gente que está envolvida com arte. Muitos destes jamais vão ver R$ 1,00 da Lei Rouanet, mas defendem ferrenhamente esses usurpadores dos recursos do Estado. Aqui a esquizofrenia atinge patamares estratosféricos. É mais ou menos como o cara que joga futebol no interior do Rio Grande do Sul e recebe um salário mínimo protestar por um atraso de salário do Neymar no PSG. Esse pessoal nem percebe, mas acaba sendo massa de manobra dessa turma que acha que o Estado é deles. Ouvi dizer que a “Queermuseu” está buscando uma nova cidade para sediar sua refinada arte. Tenho uma sugestão: Raqqa, o reduto do Estado Islâmico na Síria. Mas ao invés de ofensas ao Cristianismo, utilizem imagens que insultem o profeta Maomé. Aí, quando o pessoal do ISIS visitar a exposição, aproveitem e tentem um diálogo com eles, algo que foi proposto pela ‘presidenta’ que vocês votaram nas duas últimas eleições. Que tal? Ótima ideia, né? Afinal de contas, a arte não é pra romper barreiras? Transgredir? Tenham um excelente bate-papo com a turma do Estado Islâmico. Por fim, eu achava que com a peça “Macaquinhos”, em que meia dúzia de ‘artistas’ (???) ficam enfiando o dedo no ânus uns dos outros, tínhamos atingido o nível mais baixo de degradação. Me enganei. Nunca subestimem a esquerda.

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017


FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

Inside

Música

5

Paulo Roque Gasparetto prgasparetto@terra.com.br

Para festejar um ano de Barberia Resenha

Eu sou doador de órgãos Meu viver é partilhar. Esse é um programa de

Estabelecimento comemora 1° aniversário com torneio de futebol 7 vida que deveria estar presente em todos os moe festa para clientes neste sábado, no Giovana Campo Clube mentos da nossa vida, inclusiva, na hora da nosLucas Dal Pizzol

Conceito inovador Ao unir barbearia com área de convivência, Resenha se tornou referência no segmento de estética masculina da região

A

Barbearia Resenha celebrará o 1º aniversário de atividades em grande estilo, com direito a torneio de futebol 7 e festa de confraternização. Ambos os eventos acontecem neste sábado, no Giovana Campo Clube. Motivos para comemorar não faltam. Com uma proposta inovadora, o estabelecimento já se tornou uma referência no segmento em toda região. “A avaliação deste 1º ano de atividades é muito positiva. Conseguimos atender o número de clientes que esperávamos e, graças a Deus, estamos crescendo cada vez mais. Começamos com dois barbeiros e já estamos com seis, sempre com o objetivo de disponibilizar um serviço de alta qualidade para nossos clientes”, comenta o proprietário Jurandir da Silva, que recentemente inaugurou a primeira filial da Resenha em Nova Prata.

Conforme ele explica, a ideia de promover os dois eventos neste sábado surgiu justamente a partir da cultura da integração defendida pela barbearia. A 1ª Copa Resenha de Futebol 7, por exemplo, reunirá 10 equipes formadas exclusivamente por clientes do estabelecimento. Na primeira fase, os times foram divididos em dois grupos de cinco. Os quatro primeiros de cada grupo avançam para a fase eliminatória. A equipe campeã receberá como prêmio 30 litros de chope, a segunda colocada 20 litros e, a terceira, 10 litros. Os jogos iniciam às 8h30min e seguem ao longo da manhã e da tarde. Já a festa, que também visa prestigiar os clientes da Resenha, começa às 23h30min. O som ficará a cargo de DJs e do grupo de pagode Sem Razão. Clientes têm direito a uma pulseira (que deve ser retirada previamente na Barbearia) e mulheres têm entrada free. Mais informações pelo fone 3401-3787.

sa partida. O tempo não é meu, devo colocá-lo à disposição das pessoas que nós amamos: nossa família, nossas comunidades e nosso mundo. Eu o recebi de graça e por isso devo pô-lo a serviço do bem-estar das outras pessoas. O meu corpo, meus órgãos não são meus. Eu não me comprei. Não me fiz existir. Sou uma graça para a humanidade. Quando já não vou mais precisá-los devo ser uma graça, um dom para os outros. Assim vai acontecendo a partilha da vida. É por tudo isso que eu posso dizer que sou doador de órgãos. Que tudo aquilo que pode ser aproveitado seja partilhado. Nessa direção, o município de Farroupilha promove Semana de Conscientização à Doação de Órgãos e Tecidos. O último levantamento da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO) mostra que a taxa de doadores no País registrou um crescimento de 11,8% no primeiro semestre deste ano, mas existe ainda um longo caminho a ser percorrido. A programação iniciou nesta quinta e segue até o dia 30. Nela estão incluídas palestras, encontros de pacientes transplantados, mateada, exposição de fotografias, pedágio educativo, caminhada de conscientização e, no domingo, uma celebração na Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus, às 19h. O que a Palavra de Deus nos diz sobre a Doação de Órgãos: “O Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos” (Mc 10,45). Assim, guiados pela luz do evangelho, vemos na doação voluntária de órgãos um gesto de amor fraterno em favor da vida e da saúde do próximo. É uma prova de solidariedade, grandeza de espírito e nobreza humana. Nessa direção, a Igreja Católica tem se manifestado favorável à doação voluntária de órgãos. O próprio catecismo da Igreja afirma: “a doação gratuita de órgãos após a morte é legítima e pode ser meritória” (n. 2301). Já a encíclica Evangelium Vitae ensina: “merece particular apreço a doação de órgãos feita segundo normas eticamente aceitáveis para oferecer possibilidades de saúde e de vida a doentes, por vezes já sem esperança” (n. 86). Como lembra São João Paulo II: “a doação de órgãos é o maior gesto de amor ao próximo que pode ser feito por todos nós”. Diante de tudo isso, podemos afirmar que a doação de órgãos não contraria à fé cristã na ressurreição final, pois “Deus dá vida aos mortos e chama à existência o que antes não existia” (Rm 4,17). Sabemos que Deus se partilhou em totalidade. Entregou sua vida na pessoa de Jesus. Deus, que tudo partilhou, nos ensina a partilhar a nossa vida, por isso, vamos conversar nas nossas famílias sobre a decisão de ser um doador, pois, por inúmeras vezes, a família deixa de autorizar a doação, por não conhecer o desejo do seu ente querido. * Pároco da Paróquia Sagrado Coração de Jesus e doutor em Comunicação


Daniela De Rocco

A

Outubro

Casa Perini promove o evento Wine & Burguer – Outubro ou Nada, com o objetivo de apoiar o Outubro Rosa, no dia 30 deste mês. A ocasião contará com a venda hambúrgueres MariBurguer e Vinho Casa Perini, onde parte da verba será revertida ao Imama e à Federação de Hemofílicos. Participe!

Fashion

As empresárias Regina Bellini, Cristina Bellini Albé e Flavia Bellini, mãe e filhas, realizam na próxima quarta o desfile benemerente, que apresenta a coleção 2018 da boutique que comandam. Essa será a 14ª edição, e tem início às 19h30min, no complexo Fabbrica, em Caxias do Sul. Para promover a solidariedade, o ingresso solicitado aos convidados é de alimentos não perecíveis.

União

A jovem Lu aniversário de sábado passa teve assin

Arquivo Pessoal

Diego Frigo

Os grupos de entretenimento Rox e WRS se uniram a partir deste mês para promover o melhor do sertanejo na Serra Gaúcha, comandando juntos a Woods Caxias. O espaço, em novo formato, já abre este final de semana com festas na sexta e no sábado, trazendo para os clientes uma nova estrutura que promete agradar todos os gostos!

As amigas de longa data Denise, Ione, Dolores, Judith, Silvia, Ivania, Gilce e Eliana, que se conhecem desde 1969, promoveram seu tradicional encontro de amizade na semana passada

Albert Caravaca e Ângela Onzi Rizzi confirmaram sua união na Capela do Espaço Nobre Eventos com festa para familiares e amigos no mesmo local. A cerimônia e decoração tiveram curadoria de Tahís Fabbro Madeira

Lurdes Crespi, Daicir Crespi, Kelly Crespi, Rodrigo Crespi, Gilberto Broilo e Scheila Ferri curtiram recente férias pelo Peru, onde visitaram Machu Picchu

Affonso Sc esbanjaram be


Juliane Deliberalli

Multifotos Studio

uana Niesvald comemorou seu e 15 anos no Clube 1º de Maio, no ado. O cerimonial da celebração natura de Aline Barbosa Alves

Rafael Sartor

Os pais Cristiano dos Santos Matos e Aline Dalzochio felizes da vida na celebração do terceiro aninho de sua filha Emanuela, na Ticabum Festas

Neimar De Cesero

chneider Neto e Letícia Deon eleza no Baile da AFEI, no sábado

Patrícia e Sandra Anselmi ladeiam a arquiteta Jéssica De Carli no lançamento de seu livro “Treze”, na semana passada

Reencontro

Fique por Dentro

Ocorre no próximo dia 6 a festa Century, no Clube do Comércio. O evento visa reunir todos os ex-formandos do Colégio Nossa Senhora de Lourdes e seus amigos. Para animar a noite está confirmado o DJ Cris D. e o projeto Funk-Se de Porto Alegre.

Celebração

A Unicesumar comemora um ano de seu polo caxiense e apresenta uma novidade: o ensino híbrido, ou seja, além do presencial, também a modalidade a distância para os cursos de Engenharias e Arquitetura e Urbanismo. A apresentação será feita pelo fundador e reitor, Wilson de Matos Silva, na reunião almoço da CIC Caxias do Sul, na segunda. À noite, às 20h, na sede da instituição (Os Dezoito do Forte, 2494), um coquetel para amigos, parceiros e imprensa celebra o aniversário e a novidade.


Inside

8

Fabrício Oliboni

Teatro

fabrioliboni@gmail.com

Respeito

* Agente de intercâmbio e bacharel em Relações Internacionais

Pequeno Príncipe pousa em Farroupilha Ingressos para espetáculo teatral, no dia 22 de outubro, já estão à venda no Sesc Adriana Marchiori

Há alguns dias vem sendo discutida uma questão envolvendo homossexualidade, e que isso poderia ser tratado como doença. A Justiça Federal permitiu em liminar que psicólogos possam tratar pessoas com terapias de “reversão sexual”, algo nessa linha. Pelo que li em diversas fontes, essa prática está suspensa desde 1999, e a grande maioria dos profissionais da área a consideram um retrocesso, principalmente por tratar homossexualidade como uma patologia. Por outro lado, também parece que isso seria algo voluntário de quem ache que precise de um tratamento terapêutico, ou seja, não seria compulsório, e tal liminar seria apenas para permitir que as pessoas pudessem buscar algum tipo de ajuda de psicólogos, caso desejem fazê-lo. Independente de leis, tratamentos ou o eterno embate que isso gera com “agenda de direita x agenda de esquerda”, o que acho importante aqui é a discussão em cima desses temas. Não são mais tabus, eles estão expostos, na vida de todos e, acredito e espero, deixem de ser algo excepcional em pouco tempo. Na maioria dos casos é uma questão apenas de respeito. Opção sexual, time de futebol, partido político, forma de se vestir, cor do cabelo, religião, cor... seja o que for, respeite. Só isso. Não está invadindo o seu espaço e prejudicando os outros? Então respeite. Eu não consigo entender a fixação das pessoas com a vida sexual dos outros. Não muda nada, cada um faz o que quer, desde que não interfira nos direitos individuais dos outros. Homossexualidade é algo que existe desde sempre, inclusive entre animais, já prevendo algum argumento de que não é algo natural, aberração, etc. E mesmo que não fosse, qual o problema? Fora o fato de diminuir os outros por isso, como se ser gay fosse algo negativo. Eu confesso que já falei muito esses termos, na inocência mesmo, sem parar para pensar em como isso complica a vida de tanta gente. Mas vejo que isso está mudando, e para melhor, felizmente. Hoje é muito mais fácil alguém se assumir homossexual, embora ainda esteja longe de ser visto como algo banal, que realmente não faça diferença para as pessoas e possam ser tratadas normalmente mesmo após informarem a sua opção sexual. O preconceito é ainda muito presente no Brasil, e isso tende a ser mudado aos poucos. Já mudou consideravelmente para melhor, mas ainda há um longo caminho. Educação, respeito, empatia. Gira em torno disso, e se esse texto servir para alguém pensar melhor a respeito já terá valido a pena. Repito, é apenas uma questão de respeito. Todos querem ser respeitados, sejam lá quais forem as suas escolhas. Podemos ter ideias e opiniões diferentes, mas mesmo assim manter o respeito e conviver normalmente. Como dizia Voltaire “eu discordo do que você diz, mas defenderei até a morte o seu direito de dizê-lo”.

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

De outro planeta Jeferson Rachewsky, Manu Goulart e Letícia Paranhos encenam “As Aventuras do Pequeno Príncipe” mês que vem

J

á estão à venda os ingressos para o teatro “As Aventuras do Pequeno Príncipe”. Apesar de ainda faltar um mês para o espetáculo, promovido pelo Serviço Social do Comércio (Sesc) Farroupilha, muita gente já quer garantir presença no evento, que ocorre no dia 22 de outubro, no auditório da UCS Farroupilha (Rodovia dos Romeiros, 567), às 17h. Conhecido mundialmente pela obra literária de Antoine de Saint-Exupéry, o Pequeno Príncipe é um

aventureiro intergaláctico, que adora conhecer novos planetas e fazer amigos. Com seu jeito inocente e sincero de ser, o menino promove profundas reflexões em pessoas de todas as idades. Os ingressos podem ser adquiridos no Sesc por R$ 11,00, para funcionários do Comércio e Serviços com Cartão Sesc/Senac, R$ 12,00 para estudantes, professores, classe artística e pessoas acima de 60 anos, R$ 15,00 para empresários com Cartão Sesc/Senac e R$ 24,00 para os demais.


FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

Inside

Música

Ulemar Fotografia

Fred’s Project e The Madalena Rock Band tocam nesta sexta e sábado, respectivamente Fred’s Project Luciano Dal Bó, Tiago Marcon e Fred Rocha preparam setlist agitado para abrir o final de semana

S

Dolores Maggioni doloresmaggioni@terra.com.br

Dose dupla de rock no República

how recheados com o melhor do rock. Esta é a aposta do República Beer (República, 445) para o fim de semana. Nesta sexta o trio da Fred’s Project sobe ao palco para fazer o público vibrar ao som de Ramones, Green Day e Nirvana. A banda caxiense se apresenta às 23h. Já no sábado, no mesmo horário, é a vez da The Madalena Rock Band. O quinteto, liderado por Fernanda Pereira, vem de Bento Gonçalves para tocar pela primeira vez no bar. Sucessos de Roxette, Janis Joplin, Pink e Blind Melon serão alguns dos en-

9

toados pela cantora, que conta com Enio Detoni na guitarra, David Cainelli no baixo e Enio Guimarães na bateria. Ingressos para ambos os shows podem ser adquiridos no local por R$ 15,00.

Programe-se O que: Fred’s Project e The Madalena Rock Band Quando: nesta sexta e sábado, respectivamente, às 23h Onde: República Beer (República, 445) Quanto: ingressos a R$ 15,00 no local

Canção para o fim de setembro Permanência da poesia. Calada, na geografia descomunal das vias paralelas. Gesto mudo. Força que suaviza a ordem insinuante do caos. Ternura! Igual ao equilíbrio do passeio da lagarta sobre a linha do trem, embriagando o olhar, os sentidos. O trem... sobre trilhos silenciosos, feito filmes mudos. Setembro! A vontade de espargir tudo que emudece e petrifica a busca da existência além corpo. Igual ao trem... com seu velho convite... seu eterno convite... gritando apelos, despedidas, distâncias que vão crescendo... imagens que se vão apagando... ritmo binário... tempo forte seguido de tempo fraco... de dor o primeiro... de resignação o segundo. O trem... lagarta mecânica à procura de si mesma... desafiando ventos e cometas... serpente metálica carregando fatias separadas de um todo que ficou para trás. O trem... com seu tenor apito sibilando a ária que nenhum músico compôs. Soluço irreprimível, costurado de melancolia. E eu nem sei porque o trem veio se instalar no meu domingo que agoniza. Talvez por que ele guarde a conotação da volta, de uma canção? De um abraço? De um olhar? Ou das palavras ditas com o olhar? Esta, a minha canção para este fim de setembro. Assoviando igual ao trem pelas vias paralelas de cada dia. Anímico, meu relógio acessa as coisas pretéritas, trazidas pelo cinemático desdobrar de trôpegas brisas. A espera engatinha sonolenta. Deita-se na cama horizontal da tarde e reedita sonhos com todas suas carências, sem remissão da agonia. No alto, o azul esticado e côncavo não faz nenhum ruído e, assim silente, parece desabar esmagando a tarde. O olhar parado da tarde se parece a um saqueador de sonhos; a tísica aragem sequer perturba a sesta das orquídeas. Fecham-se as pálpebras da alma; esvaziam temporariamente o bornal cheio de anseios que adormecem no cristal das retinas. Possante como cirandas sem rostos, a calmaria da tarde avança por sobre setembro. O pensamento explode em questionamentos. Quantos frêmitos da alma fingimos esquecer, enquanto a vida segue em sua contagem regressiva? Quantos sonhos deixamos escapar, volatilizando-se em fantasmas, nos bastidores da ópera cotidiana? Eu quero de novo a reinvenção de um tempo vestido com o aroma das papoulas acetinadas de candura. Eu quero pendurar um balanço à sombra da saudade e embalar todo esse início de Primavera. Eu quero uma varanda com lambrequins rendados, para o instante que me ficou eterno. Tudo quieto. Adormecido. Tão parado de ficar. Apenas este meu coração, igual aos bem-te-vis, fere de súbita morte este silêncio e canta uma canção de estrelas, exibindo seus raios geométricos nesta tarde feita de saudade e de assombro. * Escritora


Inside

10

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

Sétima Arte

Harry Dean Stanton: o eterno O ator, que possuía rara sensibilidade em sua interpretação, teve uma carreira com emblemáticos filmes nos seus 60 anos dedicados ao cinema, tendo trabalhado com os mais notáveis diretores Eulália Isabel Coelho * Especial para o Jornal Informante

F

oi com “Paris, Texas” (1984), do cineasta alemão Wim Wenders, que o público “descobriu” esse brilhante ator que, ironicamente, trabalhou mais em papéis secundários. O filme, roteirizado por Sam Shepard e premiado com a Palma de Ouro em Cannes, conta a história de Travis, um homem solitário e desmemoriado, que busca compreender seu passado e a relação amorosa destrutiva com a mulher, Jane (Nastassja Kinski). Esse foi o mais memorável papel de Stanton, que teve morte natural aos 91 anos, na última sexta. Sobre a obra ele disse à época: “Depois de todos esses anos, eu finalmente consegui o papel que queria interpretar. Se eu nunca fizesse outro filme após ‘Paris, Texas’ eu seria feliz”. A Paris do filme de Wenders é o oposto da original europeia, sem glamour, situa-se em um lugarejo no meio do Texas. É árida, áspera, inóspita. É nesse ambiente hostil que transita Travis em seu dilema existencial. Depois de vagar por mais de quatro anos, Travis surge caminhando em uma autoestrada. Nessa imagem, temos toda a força da interpretação de Stanton. Não há dúvida sobre a melancolia e sofrimento desse andarilho. Wim Wenders consegue mostrar, em nuances e detalhes delicados, o amargo e o belo. O enredo, relativamente simples, parece dar mais espaço para a elaboração dos personagens.

É em torno do núcleo familiar desfeito que gira a história. Ao ser encontrado pelo irmão, Walt (Dean Stockwell), que cria seu filho, agora com 7 anos, Travis tem a chance de reaproximar-se da família. Percebemos que ele deseja isso, embora não consiga demonstrar. Diante disso, rever Jane se faz necessário, afinal, ele precisa exorcizar sua dor. A pungente trilha sonora de Ry Cooder e a fotografia de Robby Müller, que intensifica contrastes, conferem à obra uma textura melancólica. Stanton, que transparecia vulnerabilidade e honestidade nas telas, nasceu em 1926, em West Irvine, em Kentucky, nos Estados Unidos. Durante a II Guerra Mundial, foi cozinheiro das tropas americanas em Okinawa, no Japão. Estudou Jornalismo, mas não concluiu o curso, preferindo tornar-se ator. Seu primeiro papel foi em “O Homem Errado” (1957), de Alfred Hitchcock, mas seu nome não apareceu nos créditos. O ator deixou um legado de filmes e amizades históricas. Seu último trabalho, “Lucky” (2017), que será lançado no final de setembro, é considerado como a “performance de uma vida”. A história de um nonagenário em confronto com a morte que se aproxima, foi escrita para ele por Logan Sparks e Drago Sumonja. A produção independente e de baixo orçamento, aclamada no Sundance Festival em janeiro desse ano, torna-se agora um filme-testamento, no qual a face mais intensa do ator é mostrada. No filme está também seu grande amigo, o cineasta David Lynch, com

quem trabalhou em três episódios da terceira temporada da série “Twin Peaks” (2017), tendo participado do filme “Twin Peaks: Os Últimos Sete Dias de Laura Palmer” (1990). A convite do diretor atuou também de “Coração Selvagem” (1990), “História Real” (1999) e “Império dos Sonhos” (2006). Lynch o considerava um excelente ator e um grande ser humano. Por discordar do tipo de violência em “Veludo Azul” (1986), Stanton não aceitou o importante papel oferecido pelo amigo Lynch. Dennis Hopper o substituiu como o instável vilão Frank. Em seus 60 anos de carreira, iniciados em 1957, Stanton trabalhou com alguns dos diretores mais notáveis de Hollywood. Com Francis Ford Coppola, atuou em “O Poderoso Chefão II” (1974) e “O Fundo do Coração” (1982). Com Sam Peckinpah fez “Pat Garrett & Billy The Kid” (1973). Foi o apóstolo Paulo em “A Última Tentação de Cristo” (1988), polêmico filme de Martin Scorsese baseado na obra do escritor grego Nikos Kazantzakis. Esteve em “Alien: O Oitavo Passageiro” (1979), de Ridley Scott, e em “Wise Blood” (1979), de John Huston. No documentário “Harry Dean Stanton: Partly Fiction” (2012), de Sophie Huber, a vida e a carreira do ator são esmiuçadas como uma espécie de olhar testamentário. Suas ideias e sua peculiar filosofia de vida foram abordadas no filme. O amigo David Lynch pergunta, em uma das cenas, como ele gostaria de ser lembrado. Depois de um breve silêncio, a resposta: “Não importa”. Segundo o roteirista Logan

Sparks, Stanton era completamente zen e costumava dizer: “Adoro não fazer nada e depois descansar um pouquinho”. Budista e esotérico, o ator era tido como levemente excêntrico. Ao jornal inglês Observer, Stanton revelou, em 2013, não se importar com sua posição na indústria cinematográfica. “No final, acaba-se por aceitar tudo na vida – sofrimento, horror, amor, perda, ódio – tudo isso. É tudo um filme, de qualquer maneira”. Para


Inside

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

11

Sétima Arte Imagem: Reprodução

Travis de “Paris, Texas” Divulgação

Aridez da alma A desesperança estampada no rosto de Travis no clássico de Wim Wenders: papel mais marcante da carreira de Harry Dean Stanton

Paris, Texas

ele, cantar e atuar eram coisas muito similares. Stanton também era músico e na sua primeira banda, a Harry Dean Stanton Band, foi vocalista e guitarrista. Mais tarde, criou a Tex-Man Band. Na entrevista ao Observer, ele afirmou que qualquer um pode cantar e qualquer um pode ser ator. “Tudo o que você precisa fazer é aprender”, disse. Em 2012, Stanton fez uma rápida aparição em “Os Vingadores”, da Marvel. Em 2004, participou do primei-

ro episódio da série “Two and a Half Men”. Em 2007, foi indicado no Satellite Awards, na categoria de Melhor Ator Coadjuvante, por sua atuação na série “Big Love” (2006/2010), na qual interpretava o patriarca de uma família adepta à poligamia. Em 1988, fez parte do júri do Festival de Cinema de Veneza. Em “À Espera de um Milagre” (1999), dirigido por Frank Darabont e baseado na obra de Stephen King, o ator interpreta um condenado e parece

ter recebido uma homenagem do autor, pois há na trama um personagem chamado Harry e outro Dean Stanton. Querido entre os atores, era conhecido por ter um admirável círculo de amigos que incluía Jack Nicholson (desde a década de 60), Sean Penn, Johnny Depp e Kris Kristofferson. * Jornalista, escritora e professora de Cinema bibacoelho10@gmail.com

Direção Wim Wenders Roteiro Sam Shepard L. M. Kit Carson Gênero Drama Duração 147 minutos País Alemanha França Inglaterra Ano de Produção 1984 Estúdio Argos Films Westdeutscher Rundfunk (WDR) Road Movies Filmproduktion Pro-Ject Filmproduktion Channel Four Films Distribuição 20th Century Fox


12

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Semana desafiadora para os relacionamentos e carreira dos arianos. É preciso agir com equilíbrio, evitando atitudes extremistas. O Sol está encerrando a passagem anual pelo setor de trabalho dos arianos.

Touro - 21/04 a 20/05

O equilíbrio emocional é fundamental para o bom andamento da vida profissional. Cuidado com opiniões dogmáticas e inflexíveis que podem dificultar a cooperação nas relações. Esta é uma fase importantíssima para os seus sentimentos e relacionamentos.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

Semana de desafios na vida afetiva e também na intimidade dos geminianos. Desafios ligados ao desapego e à percepção do que lhe é essencial. Cuidado com o radicalismo, controle e possessividade.

Câncer - 21/06 a 20/07

Grandes desafios entre a individualidade e os relacionamentos cancerianos. É preciso estar centrado emocionalmente para que seus vínculos sejam mais profundos. Grandes transformações nas relações, associações e parcerias.

Leão - 21/07 a 22/08

O Sol, astro regente leonino, está finalizando o movimento pelo signo de Virgem. Semana importante para refletir sobre suas prioridades e valores essenciais. Cuidado com a forma como expressa suas ideias, saiba respeitar as opiniões alheias.

Vírgem - 23/08 a 22/09

O Sol está se despedindo do movimento anual em seu signo, virginiano. Semana que pede mais tato e diplomacia em questões emocionais e materiais. Cuidado com gastos desnecessários e com a valorização do que não é tão importante assim.

Libra - 23/09 a 22/10

A Lua em seu signo faz contato desafiador com Plutão. Semana em que as pessoas tendem a ter uma atitude extremista, especialmente no convívio familiar. Preste atenção no que você precisa eliminar, findar e solucionar.

Escorpião - 23/10 a 21/11

Semana de reflexões sobre fatores psicológicos e espirituais que envolvem os relacionamentos. Boa semana para se dedicar a projetos que exigem foco e objetividade. É preciso agir com praticidade, sem esquecer dos seus sentimentos e questões subjetivas.

Sagitário - 22/11 a 21/12

Semana em que pode haver situações delicadas, envolvendo amigos ou grupos. Reconstrução da forma como você lida com as finanças e expressa seus talentos. Cuidado com atitudes extremistas que podem acentuar as dificuldades.

Capricórnio - 22/12 a 20/01

Semana de grandes desafios na carreira e nos relacionamentos. Cuidado com a tendência a querer controlar os acontecimentos e as pessoas. É preciso que esteja mais ciente de suas verdadeiras motivações psicológicas e emocionais.

Aquário - 21/01 a 19/02

Semana que testa o equilíbrio e a maturidade emocional dos aquarianos. Período desfavorável para questões jurídicas ou estudantis. É um momento em que pode contar com o apoio psicológico e terapêutico para superar suas dificuldades.

Peixes - 20/02 a 20/03

Semana em que pode haver dificuldades de acordos materiais ou emocionais. Cuidado com o extremismo nas suas opiniões, que dificulta o equilíbrio emocional. Não é uma semana favorável para negociações, pisciano.

Inside

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017


FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

VENDE-SE CONSÓRCIO CONTEMPLADO DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. Crédito R$ 280.000,00 – Prestações R$ 2.067,32 – Já pagos R$ 14.500,00, e créditos de R$ 432.000,00 - Prestações R$ 3.122,31 – Já pagos R$ 25.000,00. Estes créditos podem ser usados na COMPRA DE IMÓVEL, CONSTRUÇÃO E REFORMA URBANA E RURAL. Aceitamos carro de entrada. Contate: (51) 99569 8765/WhatsApp:(51) 98055 5703.


2

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017


FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

3

EXCELENTE investimento! VENDO em lugar aprazível, com vista panorâmica! Área de terras na Linha Peroni (4° Distrito Nova Milano), são 3 hectares, com luz trifásica, água natural e da Corsan (4 km da RS 122) Aproveite! Apenas R$ 170.000,00. Agende já sua visita: (54) 3401.3822 | (54) 99925.2068 whats. VENDE-SE apartamento de 2 dormitórios, com vaga de estacionamento. Todo reformado! Localizado no condomínio Bela Itália. F. (54) 9 9947-2120. VENDO TERRENO de esquina com 1.377m² a uma quadra da rodoviária e do Shopping Centro de compras. F. 99118.1642.


ALUGO CASA NA PRAIA A UMA QUADRA DO MAR no município de Arroio do Sal, com 3 banheiros, sendo 2 suítes mais um banheiro completo, casa com laje, toda em alvenaria, garagem, pátio grande fechado, churrasqueira, com muita sombra, a uma quadra do restaurante, sorveteria, supermercado e dunas. Tratar com o proprietário Olavo, fone: (54) 999726708, Bento Gonçalves. Vendo ótimo TERRENO plano, localizado no bairro Santa Catarina em Farroupilha, RS. Medindo 12,00m²x30,00m². CRECI 47706.Tratar: (54) 99625-5755. VENDE-SE terreno! Localização privilegiada no coração do bairro Monte Verde! Rua asfaltada, medindo 12,00 m² x 30,00 m². Valor R$ 105.000,00. Interessados tratar através dos telefones: (54) 3401.3822 | (54) 99925.2068 whats.


FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

9


10

VENDO TERRENO, localização central em Arroio do Sal a duas quadras do mar F. 99118.1642. DIRETAMENTE com proprietário, ALUGUEL de SALA COMERCIAL! Muito ensolarada e bem localizada! São 168m², na Independência, Bairro São Luiz. Faça já seu agendamento nos fones: 99951.3583 / 3268-1062. VENDO 4 terrenos de Cooperativa já com área comprada. F.: 9 9118.1642. VENDO CASA MISTA localizada no Bairro Pio X, ao lado da Igreja. (A mesma já está alugada através de imobiliária pelos valores de R$ 1.000,00 por mês). Tratar: (54) 9 9118 1642.

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017


Pets & Cia

Farroupilha, 22 de Setembro de 2017

Point dos Bichos: focada no bem-estar dos pets Página 3

As vantagens de adotar um pet adulto Página 4

A ração adequada para os cães

Página 5

Importância de brincar para os pets

Página 7

Os inúmeros benefícios da castração

Contracapa

Dez sinais para saber se o gato está saudável

Página 2


2

Farroupilha, 22 de Setembro de 2017

Dez sinais de gatos saudáveis Tutores devem ficar atentos para saber se está tudo bem com eles

E

l e s e st ã o s e mpre aprontando alguma peripécia e quando o comportamento muda é sinal de alguma coisa não vai muito bem. Gatos, por característica, escondem um eventual problema e quando o o tutor percebe o estágio de uma doença pode estar avançado, dificultando o tratamento.

Por isso, observar alguns detalhes poderá ajudar a identificar se está tudo bem. Uma regra básica é que todo gato quando está bem de saúde mantém as brincadeiras pela casa e está sempre alerta, pronto para atacar suas “vítimas”. Então, se ele ficar retraído e sem dar atenção para as brincadeiras que estava

acostumado a gostar, é hora de procurar um veterinário. Existem vários outros sinais que podem indicar que é hora de procurar um especialista. Ele deve estar com os olhos brilhantes, com as orelhas limpas e se alimentando bem, por exemplo. Veja abaixo 10 dicas para saber se está tudo bem com seu gato.

Saiba o que conferir  Olhos brilhantes: os olhos do seu gato devem estar sempre alertas e sem demonstrarem manchas ou sombras na parte colorida. Excesso de secreção ou sujeira ao redor dos olhos também podem ser maus sinais. Além disso, a terceira pálpebra não deve estar visível.  Orelhas limpas: orelhas saudáveis não devem apresentar sujeiras, odores, machucados ou desgastes na pele ou pelagem.  Focinho limpo: o focinho de um gato saudável também deve estar limpo e livre de desgastes ou machucados. Espirros ou corrimento em excesso podem ser sinais de que é hora de levar o seu felino ao veterinário.  Pele e pelagem saudáveis: sarnas, manchas vermelhas ou sinais de pulgas e carrapatos devem ser analisadas com muito cuidado, assim como falhas na pelagem. Pelos brilhantes e macios são sinais de boa nutrição e saúde!

 Apetite bom: é interessante observar os hábitos alimentares do seu gato em um período saudável para que você possa fazer comparações futuras. Saber quanto de ração para gatos seu bichano consome diariamente poderá te ajudar a detectar perda ou excesso de apetite no futuro, e o mesmo deve acontecer com o consumo diário de água.  Peso ideal: ainda que um gato obeso não seja um bom sinal, um gato muito magro tamb ém pode estar apresentando problemas de saúde. Converse com seu veterinário sobre o peso ideal para a idade e porte do seu felino e, em seguida, analise a melhor dieta para mantê-lo dentro de uma margem saudável.  Temperatura e batimentos cardíacos normais: os batimentos cardíacos de um gato podem variar entre 110 e 240 por minuto, enquanto um gato adulto possui temperatura média de 37ºC. Visitas fre-

quentes ao seu veterinário de confiança podem assegurar que os sinais vitais do seu gato estão dentro do normal!  C ompor tamento e rotina normais: como está a caixa de areia do seu felino? Ele está urinando ou defecando em quantidades e intervalos regulares? Ele tem brincado, cochilado e participado da rotina normal da casa? As variações destas atividades básicas podem indicar problemas.  Bastante disposição: um gato feliz é brincalhão, atlético e alerta. Você sabe como é o comportamento do seu gato, não sabe? Saiba que qualquer variação no comportamento dos gatos pode ser sinal de que algo está errado, portanto não hesite em contatar seu veterinário a qualquer momento que você julgar necessário!  Vacinação em dia: importante certificar se seu felino está em dia com as vacinas básicas.


Farroupilha, 22 de Setembro de 2017

3

O Point dos Bichos é aqui rocurando banho e tosa na cidade? A Point dos Bichos Estética Animal oferece ser viço completo para cães e gatos, incluindo tosa higiênica, hidratação, corte de unha e limpeza de ouvido. Atende todas as raças e oferece preços especiais de acordo com os pacotes contratados. “Tudo aqui foi pensado para o bem-estar animal, em oferecer um ambiente tranquilo, com bastante cuidado com a higienização. Tudo pensado para ser aconchegante para o bichinho”, considera Naiana Tres, esteticista e proprietária do espaço junto ao marido Rodolfo Chiele Neto. A profissional conta com qualificação na área e realiza constantemente cursos de aperfeiçoamento. Utiliza produtos de primeira linha, todos da Hydra Pet Society, garantindo a

qualidade e cuidados que os bichinhos merecem. Um grande diferencial é que para cada animal dispõe de uma toalha higienizada, evitando assim qualquer tipo de contaminação. A lavagem é feita inclusive por empresa especializada. Naiana, que já atuava no ramo há seis anos, abriu o seu próprio negócio há oito meses. Localizado na Avenida Paulo Broilo, 422, atende às segundas, das 13h30min às 18h30min, de terça a sexta, das 9h às 11h30min e das 13h30min às 18h30min e aos sábados, das 8h30min às 13h. Os atendimentos são feitos com horário marcado e o proprietário também pode acompanhar o banho, já que o espaço é aberto. Comercializa ainda artigos para pets como shampoos, brinquedos, roupinhas, coleiras, camas, petiscos e outros itens.

Juliana Inês Casa Barbieri

P

Serviços especializados com profissional experiente garante os cuidados com o bem-estar animal


4

Farroupilha, 22 de Setembro de 2017

É melhor adotar pet adulto? Seja cão ou gato, há várias vantagens em adotá-lo nesta fase

F

ilhotes de cães e gatos são facilmente adotados, enquanto que os adultos ficam à espera de um novo lar por bastante tempo. O que muitas pessoas podem não perceber é que adotar um animal adulto tem uma série de vantagens. Um cachorro já maduro, por exemplo, não vai destruir almofadas, tapetes e até comer os pés do sofá. Com muita energia, os filhotes aprontam a todo o instante, exigindo uma certa atenção do seu tutor. Com os gatinhos, embora eles sejam mais independentes, não é muito diferente. Eles exigem muita atenção nos primeiros meses de vida. Especialistas apontam que adotar um pet adulto tem uma gama de benefícios. O principal deles é que já estão com a personalidade definida. Em geral, protetores de animais sabem como se comportam os bichinhos que estão sob seus cuidados aguardando um novo lar e podem orientar os candidatos a tutores adotivos na escolha de um animal que seja adequado ao seu perfil. Outra vantagem é que já se sabe o tamanho real deles. Um filhote, especialmente vira-latas, vai continuar crescendo sem que o dono saiba que tamanho será, podendo se transformar em um problema, ainda mais se for criado dentro de um apartamento. Confira a seguir algumas das vantagens em adotar um animal adulto.

1 - Cães e gatos adultos já têm uma personalidade definida e conversando com o doador é possível saber como é seu comportamento: se é brincalhão, quais são os seus medos e se possui alguma restrição a crianças, por exemplo. 2 - Um animal já adulto não vai ficar destruindo tudo o que achar pela frente para brincar e descarre-

gar toda a energia. O tutor não corre o risco de chegar em casa e encontrar o sofá virado em frangalhos ou um chinelo completamente destroçado. Alguns casos até podem acontecer, mas convenhamos, é bem menos provável na comparação com um filhote. 3 - O cão adulto aprende. É possível ensiná-lo, por exemplo, a fazer xixi em

determinado lugar se for ser criado dentro da casa ou apartamento. Segundo especialistas, dá menos trabalho do que ensinar um filhote. 4 - Cachorros e gatos resgatados das ruas, segundo tutores e especialistas, passado o tempo de adaptação ao novo lar, costumam ter um comportamento que demonstra gratidão pelo

gesto de seu novo dono. Até animais mais bravos tendem a assumir uma conduta mais calma. 5 - No caso de cachorros e vira-latas é possível não ser surpreendido com o tamanho do animal. Os cães maduros já têm um tamanho definido. 6 - Os gastos com animais adultos são relativa-

mente menores. Não há despesas com a série de vacinas necessárias para os filhotes. Eles, geralmente, já estão castrados e vermifugados, o que ajuda a reduzir as despesas. 7 - Cães e gatos adultos são mais independentes, especialmente os felinos. Eles requerem menos atenção na comparação com os filhotes.


Farroupilha, 22 de Setembro de 2017

Como escolher a ração?

Tutores devem levar em conta, principalmente, a idade do pet

U

m cachorro saudável é reflexo da boa alimentação que lhe é proporcionada. Assim como os humanos, os cães necessitam de nutrientes que são essenciais à sua saúde, entrando aí a importância de se escolher uma ração de qualidade. Quem tem um cachorro, ou até mesmo um gato em casa, entende muito bem todo o amor que dispensamos ao nosso pet, afinal, para os tutores, eles são considerados parte da família. Os cães, conforme especialistas do Vet Quality Centro Veterinário, de São Paulo, possuem necessidades nutricionais que variam de acordo com sua idade, porte e até mesmo o modo como são criados. Por isso, é importante escolher uma ração para cachorro que esteja de acordo com a atual realidade do pet. Há três tipos de ração: standard, premium e super premium. A diferença entre elas está basicamente na qualidade, sendo que as duas últimas são mais completas e com maior nível de digestibilidade e aproveitamento se comparadas a primeira. Quando filhotes, os cachorros necessitam de alto nível de proteína para que tenham um desenvolvimento saudável. Esse nutriente contribui para o fortalecimento da imunidade do filhote e formação dos tecidos corporais. A partir do momento em que o cachorro entra na vida adulta, suas necessidades nutricionais mudam: são nutrientes diferentes e níveis de exigência nutricional variado. A dieta

Leve em conta  Considere a idade e o porte do seu cão  Leve-o à clínica veterinária para saber possíveis deficiências nutricionais e poder fornecer a ele a ração e quantidade específica  A ração deverá ser de boa digestibilidade ao cão  Também deverá suprir as necessidades energéticas do cachorro, suprindo o seu gasto de energia  Dê preferência por uma ração para cachorro super premium sempre que possível, pois os benefícios costumam compensam o custo mais elevado dos adultos também deve conter antioxidantes, como a Vitamina E, que combate os radicais livres. Por fim, já na fase sênior, eles necessitam de uma ração com menos fósforo e proteínas. Outro importante fator é o porte do cachorro. Um animal pequeno, normalmente é mais ativo, exigindo uma ração que lhe forneça energia. Para um cachorro grande, a ração deve conter glicosaminoglicanos, como a condroitina. Esses polímeros atuam nas articulações desses animais, que devido ao seu tamanho tendem a desenvolver doenças ortopédicas. O estilo de vida também influencia no momento de comprar a ração para cachorro. Isso porque se eles levam uma vida ativa, deverão ser alimentados com ração que lhes forneça bom valor energético. Devido a sua importância para a nutrição dos cachorros, é necessário que a proteína seja de boa digestibilidade, pois somente

assim o organismo desses pets aproveitará os nutrientes de forma satisfatória. Não há dúvidas de que uma alimentação adequada é essencial para manutenção da saúde de um cão. Afinal, a ração para cachorro deve atender as exigências nutricionais do animal, que deve ser levado regularmente ao veterinário. Assim, serão diagnosticadas possíveis alergias ou problemas que exijam o consumo de ração específica. Certas raças apresentam predisposição a determinadas doenças. O Golden, por exemplo, tem tendência a desenvolver problemas ortopédicos. O Yorkshire, por sua vez, apresenta problemas relacionados ao estômago. O dono deve estar atento a esses detalhes no momento de escolher a ração para cachorro. A alimentação proporcionada ao cão influencia em sua qualidade de vida, pois assim tem-se um animal forte, resistente e livre de inúmeras doenças.

5


6

Farroupilha, 22 de Setembro de 2017

Qual a idade humana do pet? Não há uma fórmula exata para fazer o cálculo comparativo

A

expectativa de vida de cães e gatos, embora tenha aumentando nas últimas décadas, fica muito longe da dos humanos. E é comum tutores de pets buscarem uma comparação de idades entre eles e os seres humanos. Não há uma fórmula para apurar com precisão a idade deles. No caso dos cães, a idade canina varia conforme conforme o seu porte. Os pequenos tendem a viver mais na comparação com os de grande porte. Os cães são considerados adultos quando completam 2 anos. Até aqui, a relação entre a idade canina e humana é a mesma. Com um ano, ele terá 15 anos caninos. Com dois, 24. A partir daqui, a idade canina varia conforme o porte do animal. Para as raças pequenas, até 9 quilos, e médias, com até 22,7 quilos, deve ser adicionado 5 anos. Para cães grandes,

até 45,3 quilos, deve ser adicionado 6 e para cães gigantes, acima deste peso, deve ser somado 7. Seguindo esta fórmula, um cão médio que tenha 6 anos terá, na comparação com a idade humana, 24 anos relativo aos primeiros dois e mais 5 anos para cada um dos 4 anos (descontados os 2 primeiros). A idade dele, então, será de 24 anos mais 20 anos (5 x 4), totalizando 44 anos caninos. E os gatos? O veterinário americano especialista em felinos, Arnold Plotnick, elaborou uma tabela. Os gatinhos amadurecem mais rápido na comparação com cachorros. Quando eles chegam a seis meses, idade na qual já podem reproduzir, a idade é equivalente a 10 anos humanos. Com um ano, a idade é de 15. Com dois, de 24 anos. A partir daqui, para cada ano de gatinho

deve ser somado 4 anos de humanos para ter a idade equivalente. Com base em seus estudos, Plotnick definiu seis ciclos de vida dos felinos. Até os seis meses, são considerados filhotes. De 7 meses a d ois anos , são considerados júnior. Deste ponto até 6 anos são considerados desenvolvidos e de 7 a 10, maduros. De 11 a 14 ficam na faixa sênior e acima dos 15 são considerados idosos.


Farroupilha, 22 de Setembro de 2017

7

Brinquedos têm sua função Eles ajudam no desenvolvimento de cachorros e gatos

F

ilhotes de cachorros e gatos precisam brincar para desenvolver a personalidade afetiva e também um físico saudável. As brincadeiras são essenciais, pois, trazem para o filhote um desenvolvimento cardiovascular ideal, coordenação motora, equilíbrio, lubrificação nas articulações e, além disso, desenvolve o instinto de caça e proteção. Além disso, é uma maneira de mantê-lo distraído quando ele tiver que ficar sozinho. Para os filhotes, bolinhas macias, mordedores específicos e ossos flexíveis são os mais indicados, pois ajudam a aliviar a coceira dos dentes. Já para os adultos, os ossos de nó, palitos de nylon e os brinquedos de borracha são ótimos para distraí-los. Os animais de grande porte podem engolir brinquedos muito pequenos e é preciso se atentar a isso na hora de fazer esco-

lhas. E, em contrapartida, os pequenos podem não conseguir brincar se o presente for muito grande. Por isso, não é qualquer um que serve para o seu pet. É preciso avaliar as características físicas dele para ver qual brinquedo se encaixa melhor. Na dúvida, a melhor alternativa é aproveitar a visita ao veterinário para obter algumas indicações. Para quem tem um animal bem agitado, conforme especialistas da Petix, fabricante de brinquedos, o melhor são os mais resistentes, e sem barulho, pois isso pode deixá-lo ainda mais agitado. E para os animais quietinhos, os brinquedos com sons são os mais aconselhados, pois, conseguem desenvolver uma curiosidade do animal. É importante lembrar que brincadeiras violentas e que assustam os filhotes estão fora de cogitação, pois podem gerar um trauma no animal.


8

Farroupilha, 22 de Setembro de 2017

Castração só traz benefícios Ela previne câncer e diminui agressividade dos animais

A

lém de ser um método largamente utilizado para o controle da população de cães de rua, a castração não tem nesta sua única vantagem. Ela também garante uma vida mais saudável para os animais, segundo veterinários. No Brasil, uma pesquisa interna da fabricante de rações Royal Canin aponta que cerca de 2 a cada 5 cães são castrados, índice bastante próximo ao encontrado na Europa, que já é de 1 a cada 3 cães. Segundo a veterinária e gerente de comunicação científica da empresa no Brasil, Sandra Nogueira, a castração evita ninhadas indesejadas, fugas, reduz a demarcação de território, controla a reprodução, reduz a disseminação de determinadas doenças, impossibilita o cio, ajuda a prevenir tumores de mama, diminui a agressividade, dentre outros benefícios.

A esterilização consiste na remoção dos ovários nas fêmeas e dos testícu-

los nos machos. Apesar das vantagens, o animal castrado tem tendência

duas vezes maior de apresentar ganho de peso do que os cães não castrados,

já que há mudanças no comportamento alimentar e alterações metabólicas que reduzem a necessidade energética. Além disso, o estilo de vida moderno, com espaços cada vez mais reduzidos e falta de tempo dos proprietários para passeios, dificulta a prática de atividades físicas e os cães castrados frequentemente se tornam obesos. “A castração aumenta em duas vezes o risco da obesidade, mas continua sendo muita vantajosa para o bem-estar do animal”, reforça Sandra. Segundo a especialista, o ganho de peso ocorre devido à mudança no comportamento alimentar com o aumento da ingestão voluntária de alimentos e pela alteração no metabolismo que leva à redução da necessidade energética. “Diminuir a ingestão calórica, oferecendo um alimento adequado a esta nova condição, e aliar a

prática de atividade física, evita o sobrepeso e dá mais qualidade de vida ao cão” afirma. A veterinária reforça a importância de alimentos diferentes para cada porte (tamanho) de animal, em especial em situações específicas, como a castração. “Existem cães que atingem no máximo 7 quilos quando adultos e aqueles chamados de gigantes, que ultrapassam tranquilamente os 70 quilos. Fica fácil entender que o metabolismo deles é diferente e, com isso, as exigências nutricionais são bastante distintas”, explica. Já há no mercado produtos específicos para cães e gatos castrados e devem ser escolhidos conforme a idade e porte do animal. O recomendado é consultar o veterinário para que ele oriente sobre quais rações e quantidades são mais adequadas.


12ª Seleção de Vinhos

Par te integrante da Edição 504. Não pode ser vendido separadamente

22 de setembro de 2017

Com recorde de 49 ouros, Seleção de Vinhos reforça a excelência do setor vitivinícola farroupilhense Ramon Cardoso

Brinde aos premiados em uma noite de gala: representantes das vinícolas associadas à Afavin celebram edição muito especial do concurso, que atesta a qualidade dos espumantes, sucos e vinhos elaborados pelo município


2

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

BRINDE AO SETOR

Enaltecendo a vitivinícola local Discursos reforçaram importância do setor dentro da economia farroupilhense e na divulgação da cidade por meio dos produtos parcerias são fundamentais no crescimento e valorização do setor e que a Seleção de Vinhos é mais um importante passo no reconhecimento do potencial vitivinícola de Farroupilha. “A empresa que receber esta distinção que explore ao máximo esse reconhecimento”, aconselhou João Carlos Taffarel, presidente da Afavin, com relação à importância da premiação. Lembrou ainda que foi um evento iniciado em 2006 para conhecer e divulgar as potencialidades de Farroupilha e que, apesar dos vários questionamentos durante o caminho, a Afavin e o poder público acreditaram juntos no setor. Considerou que até final do ano o selo de Indicação de Procedência (IP) de Farroupilha atingirá um milhão de garrafas, o que representa a grande qua-

lidade da produção local. “Estamos felizes por contarmos uma grande história do ponto de vista da vitivinicultura”, ressaltou o prefeito Claiton Gonçalves no pronunciamento que antecedeu a revelação dos vencedores. “É um momento também para dizermos muito obrigado a cada plantador de uvas. Farroupilha é esta potência também na vitivinicultura porque há inovação na produção dos melhores moscatéis”, frisou. Já o deputado federal Henrique Fontana (PT/RS) trouxe a boa nova de que em breve Farroupilha será oficialmente reconhecida como a Capital Nacional do Moscatel. Informou que encaminhou projeto de lei na Câmara Federal, obteve parecer favorável e ele deverá ser votado em breve.

Fotos: Ramon Cardoso

A

ntes mesmo da revelação dos premiados, os discursos que abriram os trabalhos da noite festiva da 12ª Seleção de Vinhos de Farroupilha enalteceram a qualidade dos espumantes, sucos e vinhos elaborados no município. De certa forma, uma espécie de vaticínio, confirmando o que viria na sequência: a premiação com o maior número de ouros da história do concurso. “A Seleção destaca a busca da excelência dos vinhos. É uma valiosa ferramenta na evolução do segmento”, declarou Ricardo Bicca Ferrari, secretário municipal de Desenvolvimento Rural que, ao lado da Secretaria de Turismo e Cultura e da Afavin, promovem o evento. Ferrari considerou ainda que as

Motivos para celebrar Taffarel, Claiton, Ferrari e Fontana renderam elogios ao pujante segmento


4

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

OS VENCEDORES

Premiados de uma noite dourada Recorde de medalhas de ouro na 12ª Seleção de Vinhos comprova excelência do setor vitivinícola farroupilhense boa, especialmente para os vinhos de mesa, e isso se refletiu no resultado do concurso”, acredita João Carlos Taffarel, presidente da Afavin. Pelas regras do concurso há um limitador em que podem ser premiadas até 30% das amostras. Nas medalhas de ouro, esse percentual ficou bem próximo do limite, atingindo 27,5%. Para Taffarel, a Seleção tem justamente esse papel, de provocar a elaboração de produtos de excelência. “O concurso é uma ferramenta ótima para o produtor aferir a qualidade de seus produtos. A Seleção é uma vitrine, que dá oportunidade para as vinícolas conquistarem prêmios e venderem seus produtos. Esperamos que resultados como os deste ano se repitam mais vezes e que mais vinícolas, mesmo as não associadas à Afavin, participem”, destacou Taffarel. Confira, desta página até a 10, os vencedores.

Distinção Especial Moscatel Premium Ramon Cardoso

A

té então, 37 havia sido o maior número de medalhas de ouro em uma edição da Seleção de Vinhos de Farroupilha. O resultado foi verificado em 2015, na 10ª edição, em que também foi registrado o recorde de participantes do concurso: 178. Neste ano, o número de concorrentes foi igualado, mas o de ouros suplantou e muito o de dois anos atrás. A 12ª Seleção registrou 49 medalhas de ouro. Ainda foram conferidas 11 medalhas de prata e as duas Distinções Especiais Moscatel Premium, para os produtos elaborados com uvas moscato com a maior pontuação entre todos os concorrentes. Os 62 prêmios também igualam a 10ª edição. “Ficamos muito satisfeitos com o resultado, que nos surpreendeu positivamente. Tivemos uma safra muito

Taffarel, presidente da Afavin, e o prefeito Claiton entregaram a principal honraria da noite a Ricardo Chesini (Adega Chesini) e Fabiano Basso (Basso Vinhos e Espumantes)

Medalha Moscatel Premium Adega Chesini (Vinho Branco Fino Seco Moscato Tanque Fi 01) Basso Vinhos e Espumantes (Espumante Moscatel Branco Monte Paschoal 2016)


6

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

Espumante Brut Charmat Taffarel e Claiton repassam prêmios a Rafael Basso (Basso Vinhos e Espumantes), Michele Gugel (Cave Antiga Vitivinícola), Luciano Sgarabotto (Vinícola Perini) e Antônio Augusto Colombo (Vinícola Colombo)

Adroir Fotógrafo/Prefeitura de Farroupilha

Fotos: Ramon Cardoso

Espumante Moscatel

Medalha de Ouro Basso Vinhos e Espumantes (Branco Monte Paschoal 2017) Cave Antiga Vitivinícola (Cave Antiga 2017) Vinícola Colombo (Antonio Augusto Colombo) Vinícola Perini (Casa Perini e Rosado Casa Perini Aquarela)

Espumante Brut Champenoise

Vice-prefeito Pedro Pedrozo e Rosane Cappelletti, vicepresidente da Afavin, entregam prêmios a Gisele Scopel (Vinícola Perini), Carla Galvão (Basso Vinhos e Espumantes) e os irmãos Jair e Guilherme Slaviero (Vinhos Cappelletti) Medalha de Ouro Basso Vinhos e Espumantes (Rosé Monte Paschoal Virtus) Vinhos Cappelletti (Cappelletti e Rosé Cappelletti) Vinícola Perini (Casa Perini e Rosé Casa Perini)

Vinho Frisante Moscatel

Pedrozo e Rosane entregam prêmios a Marcelo Boreli (Vinícola Perini), Jorge Feil (Adega Chesini) e Saiury Baú (Basso Vinhos e Espumantes) Medalha de Ouro Adega Chesini (Tradicional Cave Del Vêneto) Basso Vinhos e Espumantes (Monte Paschoal Dedicato 2012) Vinícola Perini (Casa Perini Tradicional)

Taffarel e Claiton com os prêmios repassados a Fabiano Basso (Basso Vinhos e Espumantes) e Adriano Luchini (Vinícola Perini)

Medalha de Ouro Basso Vinhos e Espumantes (Rosé Suave Monte Paschoal) Vinícola Perini (Branco Suave Perini Macaw Tropical)


7

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

Vinho Tinto Fino Seco Ramon Cardoso

Rafael Marchetto, 1º tesoureiro da Afavin, e Ricardo Bicca Ferrari, secretário de Desenvolvimento Rural entregam as distinções para Marcos Vian (Vinícola dos Plátanos), Rosane Cappelletti (Vinhos Cappelletti), Ângela Marcon Taffarel e José Luiz Dors (Cave Antiga Vitivinícola), Francesca Pastori e Leandro Bianchi Santini (Vinícola Perini), Gelson Basso (Basso Vinhos e Espumantes), Leonarda Dellalibera (Adega Chesini), Ismar Pasini (Cooperativa Vinícola São João) e Edson Antônio Cembrani com o filho Anselmo Cembrani (Vinhos Don Giusepp)

Medalha de Ouro Basso Vinhos e Espumantes (Cabernet Sauvignon Monte Paschoal Dedicato 2013 e Tannat Monte Paschoal Dedicato 2013) Cave Antiga Vitivinícola (Merlot Cave Antiga 2013) Cooperativa Vinícola São João (Cabernet Sauvignon Castellamare) Vinhos Don Giusepp (Cabernet Sauvignon Don Giusepp) Vinícola dos Plátanos (Cabernet Sauvignon Plátanos e Merlot Plátanos) Vinícola Perini (Cabernet Sauvignon Casa Perini 2016 e Marselan Arbo) Medalha de Prata Adega Chesini (Chesini Gran Vin 2011) Cave Antiga Vitivinícola (Cabernet Sauvignon Cave Antiga Il Vino Venerabile 2012) Cooperativa Vinícola São João (Tannat Castellamare) Vinhos Cappelletti (Cabernet Sauvignon Cappelletti) Vinhos Don Giusepp (Merlot Don Giusepp)


8

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

Vinho Branco Fino Seco Moscatel Tranquilo (engarrafado ou a granel) Ramon Cardoso

Presidente da Afavin, Taffarel, e o prefeito Claiton Gonçalves repassam os prêmios a Fabiano Demoliner (Cooperativa Vinícola São João), Fernando Tonini e Natalino Tonini (Vinícola Tonini), Milton Pruinelli (Adega Chesini), Anselmo, Cícero, Dalila e Bárbara Cembrani (Vinhos Don Giusepp) e Rosane Cappelletti (Vinhos Cappelletti)

Medalha de Ouro Adega Chesini (Moscato Tanque Fi 15) Cooperativa Vinícola São João (Moscato San Diego e Moscato Tanque 22) Vinhos Cappelletti (Moscato Giallo Cappelletti) Vinhos Don Giusepp (Moscato Don Giusepp) Vinícola Tonini (Moscato João Tonini, garrafa 750ml) Medalha de Prata Vinícola Tonini (Moscato João Tonini, garrafão de 4,6 litros)


9

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

Rafael Marchetto, 1º tesoureiro da Afavin, e Ricardo Bicca Ferrari, secretário de Desenvolvimento Rural, ladeiam os premiados Cínthia dos Santos (Vinícola Perini), Paulo Adolfo Tesser (Cooperativa Vinícola São João e Adrivan Cumerlato (Basso Vinhos e Espumantes) Medalha de Ouro Basso Vinhos e Espumantes (Chardonnay Monte Paschoal Dedicato 2014) Cooperativa Vinícola São João (Chardonnay Castellamare) Vinícola Perini (Chardonnay Casa Perini Fração Única 2016)

Vinho Tinto de Mesa Suave

Vinho Tinto de Mesa Seco Fotos: Ramon Cardoso

Adroir Fotógrafo/Prefeitura de Farroupilha

Vinho Branco Fino Seco (exceto moscatéis)

Ricardo Chesini, 1º secretário da Afavin, e Francis Casali, secretário de Turismo e Cultura repassam prêmios a Fernando Tonini (Vinícola Tonini), Dalila Cembrani (Vinhos Don Giusepp) e Milena Cappelletti (Vinhos Cappelletti) Medalha de Ouro Vinhos Cappelletti (Bordô Cappelletti e Cappelletti) Vinhos Don Giusepp (Bordô Don Giusepp) Vinícola Tonini (João Tonini)

Vinho Branco de Mesa Seco

Francis e Chesini entregam prêmios a Natalino Tonini (Vinícola Tonini) e Marcos Cappelletti (Vinhos Cappelletti)

Medalha de Ouro Vinhos Cappelletti (Bordô Cappelletti e Cappelletti) Vinícola Tonini (João Tonini)

Francis e Chesini com as distinções repassadas a Marcos Cappelletti (Vinhos Cappelletti), Valderiz Pozza (Cooperativa Vinícola São João) e Carla Chesini Fraporti (Adega Chesini) Medalha de Ouro Adega Chesini (Lorena Adega Chesini) Medalha de Prata Cooperativa Vinícola São João (Lorena San Diego e Niágara San Diego) Vinhos Cappelletti (Moscato Embrapa Cappelletti)


10

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

Vinho Branco de Mesa Suave

Suco de Uva Fotos: Ramon Cardoso

Francis e Chesini repassam prêmios a Fernando Tonini (Vinícola Tonini) e Jucelene Schwantes (Vinícola Perini) Medalha de Ouro Vinícola Perini (Jota Pe) Vinícola Tonini (Niágara João Tonini)

Vinho Rosado Fino Seco

Marchetto e Ferrari conferem outorga a Edemar Basso (Basso Vinhos e Espumantes)

Medalha de Prata Basso Vinhos e Espumantes (Merlot Rosé Monte Paschoal Virtus 2017)

Francis e Chesini conferem premiação a Rafael Basso (Basso Vinhos e Espumantes), Antônio Augusto Colombo (Vinícola Colombo), Diana Dickel (Vinhos Cappelletti), Agostinho Benacchio (Irmãos Benacchio) e Silvia Tiburski (Vinícola Perini) Medalha de Ouro Basso Vinhos e Espumantes (Tinto Integral Del Grano e Tinto Integral Monte Paschoal) Irmãos Benacchio (Tinto Integral Benacchio) Vinhos Cappelletti (Tinto Integral Cappelletti) Vinícola Colombo (Tinto Integral Don Guilherme) Vinícola Perini (Tinto Integral Perini 100% Uvas Bordô) Medalha de Prata Vinícola Perini (Branco Integral Jota Pe)


11

FARROUPILHA, 22 DE SETEMBRO DE 2017

PARCEIROS DE SEMPRE

A base para o sucesso do evento Fotos: Ramon Cardoso

Como tradicionalmente ocorre, Seleção de Vinhos homenageia patrocinadores, apoiadores e avaliadores do concurso

Os patrocinadores Agrimar e Sotrima Produtos e Máquinas Agrícolas, Amazon Group, BiotecSul Tecnologia em Alimentos, Corticeira Paulista, Cromo Gráfica, Ever Intec Produtos Enológicos, Facchin Import&Export, Guaresi, Irmãos Luvison, Juntos Para Competir (Farsul/Senar/Sebrae), Scholle IPN, Tramontina, Vêneto Mercantil e Verallia Embalagens.

Os apoiadores Associação dos Engenheiros Agrônomos da Encosta Superior do Nordeste, Confraria Feminina do Vinho e do Espumante de Farroupilha, Embrapa Uva e Vinho, Escritório Municipal da Emater/RS/Ascar, Instituto Brasileiro do Vinho, Laboratório de Referência Enológica (Laren), Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação (Seapi) do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, IFRS Campus Bento Gonçalves, Seminário Apostólico Nossa Senhora de Caravaggio, Sindicato dos Trabalhadores Agricultores Familiares de Farroupilha e UCS Farroupilha.

Os avaliadores Anderson Luiz Gervasoni, Anderson Schmitz, Angela Rossi Marcon, André Peres Júnior, Bruno Cisilloto, Carlos Abarzua, Cristhian Ferrari Ambrosi, Daniel Dalla Vale, Darci Dani, Éder Caldart, Eduardo Rech, Fabiano Demoliner, Fausto Filippon, Fernanda Spinelli, Fernanda Tonini, Firmino Splendor, Gabriel Tavares, Iolanda Marques Trujilo, Jair Slaviero, Giseli Scopel, Heleno Facchin, Hélio Buffon, Irineo Dall’Agnol, Júlio Meneguzzo, Laércio Spadari, Leandro Bianchi Santini, Lucindo Copat, Magnos Basso, Nelson Randon, Plínio Manosso, Samuel Servi, Sérgio de Costa, Silvério Salvati, Tânia Bortoli e Valmor Pozza.


Edição 504