Page 1

FARROUPILHA

|

ANO X

| EDIÇÃO 493

| 7 D E J U L H O D E 2 017 |

R$ 3,00

Nove décadas de boa educação Rafaela Fabro

Programação especial celebra 90 anos da fundação do Colégio Estadual Farroupilha - Matéria Especial, páginas 2 a 4 e Editorial

SAÚDE, BELEZA E ESTÉTICA

CIDADE

POLÍTICA

Projeto Baby Affetto traz orientações sobre gestação e cuidados com bebês Páginas 2 e 3

Estrutura na Rodovia dos Romeiros será ampliada e ganhará novo status Página 14

Ordem judicial suspende comissão que apura comentários de vereadora Página 16

Para futuros papais e mamães

PA da Unimed virará hospital

Comissão de Ética paralisada


2

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

TRADIÇÃO EM ENSINO

Colégio Estadual Farroupilha celebra Homenagem da Câmara de Vereadores na noite de segunda marcou início da programação comemorativa à data Daniel Rufatto daniel@jornalinformante.com.br

A

s paredes do Colégio Estadual Farroupilha (CEF) guardam histórias. Contadas de um modo diferente por cada um dos milhares de alunos que já passaram pelo educandário, que completou nove décadas de fundação na quarta (confira histórico na página 4). Algumas delas foram rememoradas durante a homenagem que a Câmara de Vereadores prestou à instituição de ensino na noite de segunda, abrindo a programação especial comemorativa à data. Com passagens pelo CEF como aluno e professor, o ve-

reador Sandro Trevisan foi o primeiro a se manifestar, representando a bancada do PSB, proponente da solenidade. Também tiveram a oportunidade de se pronunciar Eleonora Broilo (PMDB), Tadeu Salib dos Santos (PP), Raul Herpich (PDT), Beto Maioli (Rede), Tiago Ilha (PRB) e Fabiano Piccoli (PT), bem como o prefeito Claiton Gonçalves. Diretora do Colégio, Elezita Ferrari discursou em nome da instituição. “O CEF brinda seus 90 anos de história na educação conduzindo mentes humanas a serem mais fortes, perseverantes e proativas. Para, com isso, serem protagonistas na construção de um futuro novo e brilhante em suas vidas. Este brinde vai também aos nossos tantos funcionários, alunos, seus pais e a toda comunida-

Justo reconhecimento Placa alusiva à data, que será fixada no educandário, foi entregue pelo Legislativo durante solenidade

de, que nestas nove décadas de atividades, participaram direta ou indiretamente do gratificante sucesso que foi e é preparar pessoas mais solidárias, autênticas e felizes”, destacou. Em seguida, ela ressaltou a preocupação do educandário

em, além de transmitir conhecimentos, formar cidadãos. “Hoje olhamos com orgulho os inúmeros homens e mulheres competentes e responsáveis com princípios de dignidade que tiveram a oportunidade de estudar neste colégio e,

agora, engrandecem o quadro de profissionais nas mais diversas áreas da atividade humana. Estes 90 anos do CEF só foram possíveis pela dedicação e empenho dos professores e funcionários que por aqui passaram”, frisou Elezita.


FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

3

Fotos: Daniel Rufatto

90 anos Programação alusiva aos 90 anos do CEF segue com jantar baile e missa

Além da homenagem na Câmara de Vereadores na segunda e do Sarau Literário na quinta, a programação alusiva aos 90 anos da instituição de ensino terá mais dois eventos neste fim de semana. O primeiro deles é um jantar baile na noite desta sexta. A confraternização acontece no Restaurante Caminho do Trem, a partir das 20h. O ingresso custa R$ 60,00. Reservas pelo fone 3261-2681. O cardápio é composto por 18 saladas diversas, maionese, lasanha de abacaxi, filé de frango ao molho mostarda, arroz, risoto de rúcula e tomate seco, massa sálvia e nozes, batatas ao parmesão, crepe sem carne, filé de peixe ao molho de amêndoas, bife à parmegiana, canelone de ricota e espinafre, além de sobremesas variadas. Já no domingo, às 19h, será celebrada missa alusiva à data na Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus. Além disso, os alunos do CEF participarão de uma gincana cultural ao longo da próxima semana.

Ontem, hoje e sempre Ex-professores (acima) e integrantes do atual corpo docente prestigiaram solenidade na Câmara de Vereadores


4

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

90 ANOS DO ESTADUAL

Mais antigo que o próprio município Instituição de ensino foi criada em 5 de julho de 1927, quando Farroupilha ainda era denominada Nova Vicenza Acervo CEF

A

história do Colégio Estadual começa ainda quando Farroupilha era 2º Distrito de Caxias do Sul, sob a denominação de Nova Vicenza. A instituição foi oficialmente criada no dia 5 de julho de 1927, por meio do Decreto nº 3.867, com o nome de Grupo Escolar. Surgiu a partir da fusão de duas escolas isoladas. Uma delas, estabelecida em 1916, no entorno da Estação Férrea. E a outra, fundada em 1899, próxima à Igreja Matriz. Em 1936, dois anos após a emancipação de Farroupilha, o Governo do Estado determinou a construção de um novo prédio para o Colégio. Inaugurado em 1938, a edificação, que fica na rua Thomas Edson, até hoje abriga o educandário. Já em 1945, no centenário da Guerra dos Farrapos, a instituição passou a chamar-se Grupo Escolar Farroupilha. No início da década de 70, foi instituído o Ginásio Estadual Farroupilha. A unificação entre o Giná-

sio e o Grupo Escolar ocorreria em 1978, gerando a Escola Estadual de 1º Grau Farroupilha. Nesta mesma década, a escola foi ampliada, ganhando um anexo de dois andares. Em março de 1990, ocorreu a inclusão do curso de 2º Grau, constituindo a Escola Estadual de 1º e 2º Graus Farroupilha. Denominação que permaneceu

até 29 de maio de 2000, quando, com os Ensinos Fundamental e Médio, o educandário passou a se chamar Colégio Estadual Farroupilha. Já em 29 de abril de 2002, foi instituída a Educação de Jovens e Adultos (EJA) do Ensino Médio. Atualmente, entre Ensino Médio e EJA, a escola atende 785 alunos, distribuídos em 26 turmas.

Primórdios de Farroupilha Situado na rua Thomas Edson, histórico prédio que até hoje sedia o educandário teve construção determinada pelo Governo do Estado em 1936, com a inauguração sendo realizada dois anos depois


6

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

Entendendo a (parte I) Daniela Vasconcellos Gomes *

A

remuneração é gênero, do qual o salário e as gorjetas são espécies. Além do salário, outras parcelas de natureza salarial são as comissões, percentagens, gratificações, diárias para viagens e abonos. O 13º salário deve ser pago com base na remuneração integral. Havendo encerramento do contrato de trabalho, é devido de forma proporcional, com exceção na dispensa por justa causa. O 13º salário integral, se já adquirido o direito, é devido em qualquer hipótese. As horas extras habituais integram o salário para fins de cálculo do 13ª salário (Súmula 45/TST), pois esta incide sobre a remuneração integral (artigo 7º, VIII/CF). O 13º salário é computável para efeito de cálculo de indenização (Súmula 148/TST). A quebra de caixa possui natureza salarial integrando o salário do prestador de serviços (Súmula 247/TST). Os prêmios, se recebidos com habitualidade, possuem natureza salarial (Súmula 209/STF). O fato de ser o valor variável e condicionado a certos eventos (assiduidade, alcance de metas, etc.), não afasta a natureza salarial, quando pago de forma habitual. Em regra, os abonos integram o salário, significando valores como adiantamento ou antecipação salarial, de acordo com o artigo 457, §1º, da CLT. Os adicionais ao salário são devi-

dos em razão do trabalho em certas condições especiais. O entendimento atual é no sentido de reconhecer sua natureza salarial ou remuneratória, o que tem relevância para fins de incidência do FGTS, de contribuições sociais e outros reflexos. O adicional de horas extras, de acordo com o artigo 7º, XVI, da Constituição Federal, estabelece o mínimo de 50% sobre a remuneração da hora normal (o que afasta a possibilidade de ser fixado em nível inferior, ainda que por meio de negociação coletiva). De acordo com a Súmula 264/TST, o valor das horas extras deve ser calculado sobre a globalidade salarial recebida pelo


7

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

remuneração Di

vu

lga

çã

empregado (artigos 64 e 457/CLT). Adicionais pagos em caráter permanente, tais como adicional de periculosidade (Súmula 132/TST), adicional de insalubridade (Orientação Jurisprudencial 47 SBDI-I/TST), adicional noturno (Súmula 60 e Orientação Jurisprudencial 97 SBDI-I/TST) e tempo de serviço (Súmula 226/TST) integram o cálculo das horas extras. O adicional noturno é devido ao trabalhador urbano que executa o trabalho noturno, aquele considerado entre 22h de um dia e as 5h do dia seguinte (art. 7º, IX/CF), 20% sobre a hora diurna (art. 73, caput/CLT). A hora de trabalho noturno urbano é computada

o

como 52 minutos e 30 segundos, não havendo tal previsão para o trabalho rural. O trabalho noturno rural tem adicional de 25%, e é assim considerado o executado entre as 21h e 5h na lavoura e 20h e 4h na pecuária. O adicional noturno, pago com habitualidade, integra o salário para todos os efeitos (Súmula 60, I/TST). O adicional de transferência é de, no mínimo, 25% de salário (art. 469, § 3º/CLT), calculado sobre o salário que recebia no local em que estava trabalhando. Esse adicional é devido no caso de transferência provisória. * Advogada (OAB/RS 58.090)


8

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

Sobram razões para celebrar Na quarta, o Colégio Estadual Farroupilha completou 90 anos de vida. Uma trajetória dedicada ao ensino e que começou a ser escrita antes mesmo da emancipação política farroupilhense. Porém, o que chamou a atenção e merece ser destacado,

foi a intensa mobilização de alunos, professores e direção nas intensas atividades promovidas para resgatar e preservar essa história. São milhares de farroupilhenses que passaram pelos bancos escolares e, como bem destacou a diretora, em

sua manifestação na homenagem recebida no Poder Legislativo, na última segunda, estão espalhados por todo o estrato social do município, contribuindo para seu desenvolvimento nas mais variadas esferas. Que as ações realizadas não ape-

nas reforcem a importância do educandário na jornada educacional da cidade, mas também sirvam de modelo para que as comemorações futuras tenham essa preocupação em valorizar os que ajudaram a escrever a história do Estadual.

OPINIÃO

Se Deus só sabe amar, como pode ser violento, castigar e até matar? Ezequiel Dal Pozzo * Precisamos admitir que as imagens de Deus que existem na Bíblia são contraditórias. No Antigo Testamento, especialmente, há inúmeras passagens bíblicas onde Deus se mostra vingativo e violento, chegando a matar povos inteiros. Essa noção não pode mais ser contestada. Temos autores sérios de teologia bíblica que afirmam que não podemos mais passar por cima destes trechos ou negá-los para defender a imagem de Deus como amor. Se o Deus da Bíblia é contraditório é porque o ser humano é contraditório. Se Deus aparece como violento é porque temos aí autores que assim compreendiam. O autor bíblico compreendia que Deus estava ao lado do povo fiel e matava os inimigos. Essa compreensão, naturalmente, evoluiu. O fundamentalismo bíblico ainda

pode sustentá-la. Mas nenhuma teologia séria sustenta a verdade das afirmações, uma vez que não passam de interpretações do autor bíblico. Ele mesmo interpretava os fatos e colocava Deus do lado dos justos, do povo fiel. Ocorre que para pensar que Deus está do lado do povo fiel não precisamos defender que ele é autor dos castigos e da morte. Deus sempre esteve do lado do ser humano, sofrendo a morte dos justos e dos injustos. Se sofresse somente a morte dos justos não seria amor. É característica do amor querer envolver a todos. Deus não está somente do lado dos justos dando-lhe a vitória contra os injustos. Essa ideia não se sustenta na imagem do Deus puro amor. A história dos povos traz milhares de conflitos em nome da fé. Conflitos entrincheirados por questões religiosas. A religião nunca foi isenta de

Índice

Editorial

Matéria Especial .................................... Páginas 2 a 4 Editorial e Opinião................................ Página 8 Economia .................................................. Página 9 Cidade ........................................................ Páginas 12 a 15 Política ..................................................... Página 16 Educação .................................................. Página 17 Esporte ..................................................... Páginas 18 e 19

Inside

Especial..................................................... Capa Cinemas ..................................................... Página 2 Artes Plásticas....................................... Página 3 Gustavo Pimentel ................................... Página 4 Agenda....................................................... Página 4 Guilherme Macalossi ............................ Página 5 Social ........................................................ Páginas 6 e 7 Armando Wartha.................................... Página 8 Músicas ..................................................... Páginas 8 e 9 Lauro Edson Da Cás ............................... Página 9 Sétima Arte .............................................. Páginas 10 e 11 Horóscopo ............................................... Contracapa Saúde, Beleza & Estética...................... 4 páginas

Classificados .......................................... 12 páginas

conflitos. E mesmo na Bíblia, cada conflito tem sua interpretação, apresentando Deus como autor da morte, da vingança e da vitória. Mas é já mais do que certo que a Bíblia não é um ditado divino, mas que os autores vão fazendo suas interpretações dos acontecimentos, tentando captar a ação de Deus. Essa compreensão naturalmente evolui. Eles tentaram mostrar onde Deus agiu, como agiu e porquê. Mas na interpretação não há pretensão de infalibilidade. A partir de Jesus temos uma palavra mais segura sobre o agir de Deus. Claro que se pode buscar argumentos para justificar as interpretações dos autores bíblicos. Mas, provavelmente, esse não é o melhor caminho. As passagens que mostram um Deus violento e castigador só se purificam a partir da imagem de Deus amor. E é nessa imagem que deve-

REDAÇÃO - REDACAO@JORNALINFORMANTE.COM.BR ALANA BOF ALANA@JORNALINFORMANTE.COM.BR DANIEL RUFATTO DANIEL@JORNALINFORMANTE.COM.BR JULIANA INÊS CASA BARBIERI JULIANA@JORNALINFORMANTE.COM.BR RAMON CARDOSO RAMON@JORNALINFORMANTE.COM.BR ROCHELI CAMARGO ROCHELI@JORNALINFORMANTE.COM.BR

mos permanecer. Nós precisamos submeter os textos à racionalidade, à interpretação moderna e a atualizações a partir da mensagem de Jesus. Para mim não há problema nenhum ao ler a Bíblia, perceber essas contradições e já repensá-las a partir da imagem que Jesus me mostra de Deus. Ao lê-las e ao perceber afirmações sobre o Deus violento, já sei que a palavra definitiva em Jesus não me deixa permanecer nessa ideia. Preciso olhar Deus a partir do amor, que morre e não que mata. Por isso, a interpretação da Bíblia também precisa ser atualizada com coerência. Não há como suportar as infinitas contradições e considerar tudo verdadeiro, só porque veio da Bíblia. O sentido profundo dos textos deve ser submetido à imagem de Deus a partir de Jesus. * Padre

LOGÍSTICA - LOGISTICA@JORNALINFORMANTE.COM.BR LUIZ CARLOS DE ANDRADE LUIZ@JORNALINFORMANTE.COM.BR

ASSINATURAS - ASSINATURAS@JORNALINFORMANTE.COM.BR ASSINATURA BIENAL: R$ 220,00 ASSINATURA ANUAL: R$ 120,00

TELEFONES

COMERCIAL - COMERCIAL@JORNALINFORMANTE.COM.BR

(54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203

ENDEREÇO

FABIANO LUIZ GASPERIN GASPERIN@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARIA DA GRAÇA POTRICOS LEITE MARIA@JORNALINFORMANTE.COM.BR VALÉRIA GASPERIN VALERIA@JORNALINFORMANTE.COM.BR

RUA DR. JAIME ROMEU RÖSSLER, 348, BAIRRO PLANALTO

COLUNISTAS

ANUNCIOS - ANUNCIOS@JORNALINFORMANTE.COM.BR ALEXANDRE FRANCISCO MACHADO ALEXANDRE@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARCELO BORTAGARAY MELLO MARCELO@JORNALINFORMANTE.COM.BR TIAGO RODRIGUES DA SILVA TIAGO@JORNALINFORMANTE.COM.BR

FINANCEIRO - FINANCEIRO@JORNALINFORMANTE.COM.BR

ARMANDO WARTHA CRÔNICAS DA REDAÇÃO DOLORES MAGGIONI FABRÍCIO OLIBONI

GUILHERME MACALOSSI GUSTAVO PIMENTEL LAURO EDSON DA CÁS PAULO ROQUE GASPARETTO

A manifestação dos colunistas é livre e independente e não necessariamente reflete a opinião do Tabloide sobre os temas abordados nas colunas

KELI DE ALMEIDA MACIEL KELI@JORNALINFORMANTE.COM.BR

@PaperInformante www.jornalinformante.com.br

/jornalinformante


9

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

EXAMES DE IMAGEM

Nova opção com a Verità Diagnóstico Cínica traz a Farroupilha tecnologia de ponta, com estrutura moderna e qualidade técnica isso disponibilizamos qualidade assistencial, segurança diagnóstica, conforto e praticidade. Contamos com estacionamento próprio, horários flexíveis, agendamento e resultados de exames pela internet, além de atendimento aos sábados”, explica o médico Felipe Teixeira Hertz que é sócio da Verità juntamente com Vívian Ragagnin Colombo. Como diferencial há ainda o Centro da Mulher Dr. Aliomar Andrade dentro da própria clínica. De acordo com Hertz, as salas de exames são totalmente equipadas e exclusivas ao atendimento do público feminino para realizar exames como mamografia, ultrassonografia mamária, ginecológica e obstétrica. É possível agendar ou retirar exames online pelo www. veritadiagnosticos.com.br. Também atende casos de urgência, entregando o resultado logo após a realização.

Divulgação

D

esde a última semana, a Verità Diagnóstico por Imagem está de portas abertas. Com estrutura moderna e adaptada, está localizada na Tiradentes, 133, anexo ao Hospital Beneficente São Carlos. O local passou por ampla reforma a fim de acomodar o novo centro de imagem. Oferece ultrassonografia com doppler colorido, obstétrica, vascular, cardíaca, mamária, geral, raio-x digital, tomografia computadorizada e mamografia. Em breve disponibilizará ainda equipamento de Densitometria Óssea. Atende diversos planos de saúde e particular, contando com alta tecnologia para qualificar os serviços prestados. “Oferece uma nova alternativa para exames de imagem. Nosso foco principal, sem dúvida, é o cliente. Por

A equipe é multidisciplinar e, além dos sócios, conta com os médicos Priscila Haas, Luciano Castilhos e Rafael Pret-

to. O atendimento é de segunda a sexta, das 7h às 12h e das 13h às 18h, e aos sábados, das 8h às 12h.

Moderna instalação Verità conta com a melhor tecnologia para obter precisão nos resultados


10

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

DIA DO PANIFICADOR

O pão nosso de cada dia Celebrada neste sábado, data homenageia aqueles que garantem os pães sempre fresquinhos à nossa mesa: os padeiros Divulgação

O

recheio, claro, é importante. Mas, no café da manhã ou no fim da tarde, o protagonismo é, via de regra, do pão. Do tradicional cacetinho aos tipos diferenciados, como baguete, integral ou de aipim, o alimento é presença indispensável na mesa dos farroupilhenses. Com diversas formas de preparo, acertar a massa não é para qualquer um. Por isso, o 8 de julho é dia de reverenciar os padeiros. A origem da data remete a 1333, época que Portugal passava por uma grande escassez de alimentos, com a fome atingindo todas as classes sociais. Na tentativa de solucionar o problema, a rainha Isabel, casada com o rei Dom Diniz e que mais tarde seria reconhecida como Santa, mandou empenhar suas joias para comprar trigo e produzir pães. Anonimamente, ela os distribuía aos mais necessitados. Em uma destas ocasiões, ela foi surpreendida pelo marido. Temendo

Início da manhã ou fim da tarde? Trazido ao Brasil pelos imigrantes italianos, o pão é presença indispensável na mesa dos farroupilhenses

ser censurada, escondeu os pães sob o avental. Desconfiado, o rei questionou o que ela levava, que respondeu dizendo que eram rosas. A afirmação não o convenceu, e Dom Diniz pediu para ver as flores. Ao abrir o avental,

caíram diversas rosas frescas e perfumadas, e todos no entorno começaram a gritar que era um milagre. Por conta do episódio, o Dia do Panificador é celebrado junto ao Dia de Santa Isabel, em 8 de julho.

Originário da antiga Mesopotâmia (atual Iraque), o pão e suas variações foi base da alimentação de diversos povos ao longo da história. Não é diferente na região, onde os imigrantes trouxeram a cultura do pão da Itália.


11

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

DIA DA PIZZA

A segunda vai acabar em pizza Transformada em ícone da gastronomia italiana pelos napolitanos, iguaria foi adaptada ao gosto dos brasileiros Divulgação

D

oce, salgada. Com borda, sem borda. Com massa fina ou grossa. Cada um tem as suas preferências, mas o certo é que a pizza é uma unanimidade praticamente no mundo todo. Uns atribuem às origens da iguaria aos egípcios, que, há 6 mil anos, foram os primeiros a misturar farinha com água. Outros argumentam que os pioneiros foram os gregos, que preparavam massas à base de farinha de trigo, arroz ou grão-de-bico, assando-as em tijolos quentes. Polêmica à parte, foi na Itália, mais precisamente em Nápoles, que a pizza começou a ser catapultada a ícone gastronômico. Isso tudo graças ao acréscimo do tomate, proveniente da América do Sul e levado ao Velho Continente no século XVI pelos conquistadores espanhóis. O alimento, naquela época, era dobrado ao meio e consumido como se fosse um san-

Que tal uma fatia? Com mais de uma dezena de pizzarias, Farroupilha oferece opções para todos os paladares

duíche. A primeira pizza redonda surgiria apenas em 1889, idealizada por Rafaelle Esposito. Coberta com ingredientes alusivos às cores da bandeira italiana, – muçarela (branco), tomate (vermelho) e manjericão (verde) – a pizza foi oferecida ao rei Umberto I e à rainha Mar-

gherita, que, inclusive, emprestaria o nome à receita, hoje mundialmente famosa. O fato, ocorrido em 10 de julho daquele ano, mais tarde serviria de referência para comemoração do Dia Internacional da Pizza. Data propícia, é claro, para saudar e se deliciar com uma boa pizza.

Que, ao chegar ao Brasil, pelas mãos dos imigrantes italianos, aos poucos foi ganhando coberturas cada vez mais diversificadas. Em Farroupilha, não é diferente, com mais de uma dezena de estabelecimentos oferecendo opções para todos os gostos. É só escolher e aproveitar.


12

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

PARTO INUSITADO

Nascem bezerras trigêmeas Vaca deu à luz a três numa única gestação, o que é tido como algo muito raro segundo os especialistas Juliana Inês Casa Barbieri

Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br

A

propriedade de Vilson Martin Tonin, na Capela São José, de Linha República (2º Distrito), ganhou três bezerras. Trigêmeas, são filhotes de Preta, uma vaca que é cruza com a raça Zebu. O touro reprodutor, que já foi abatido, era Angus com Charolês. Com oito dias de vida, as bezerras pesam cerca de 30 quilos cada uma e tem sido a sensação da localidade. Diversos visitantes já chegaram para conhecer os animais, que são um tipo raro dentro dos casos de reprodução dos bovinos. A concepção foi natural, sem inseminação artificial. De acordo com Jerônimo Gonçalves da Silva Brum, veterinário da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural, que acompanha os animais da propriedade, o fato é realmente surpreendente, já que as terneiras nasceram grandes, com bom peso e todas passam bem. “Partos gêmeos são apenas 3% dos casos, trigêmeos são muito mais raros”, aponta o veterinário, que diz ter visto caso semelhante, mas de uma vaca que recebeu protocolo hormonal para a cria e mesmo assim, nasceram animais pequenos e fracos, diferentemente das trigêmeas de Linha República. “Sem o uso de hormônios, de forma natural como as de Farroupilha, creio que seja dificílimo acontecer novamente”, analisa. Esta é a segunda cria da vaca Preta e, até o momento, a mãe, que também não precisou de auxílio no momento do parto, está conseguindo amamentar os animais, mas o proprietário acredita que logo precisará complementar com mamadeiras. “Eu fiquei muito feliz com as três e quando vi que estava tudo bem. Para falar a verdade eu me emocionei porque não tinha visto nada igual”, revela Tonin. A alimentação de Preta também tem sido especial, complementada com ração apropriada para a fase de amamentação. Devido à raridade do caso, Tonin acredita que tenha sido o primeiro registro no município. A princípio, as trigêmeas devem permanecer na propriedade, que já conta com 26 animais.

Boa surpresa Bezerras nasceram com bom peso e passam bem, sendo que acontecimento raro chamou atenção da comunidade

Obituário 1º de julho Jacir João Picoli, 50 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal; Alziro Inácio dos Santos, 89 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 3 de julho Dario Pessini, 77 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 4 de julho Marinês Gonçalves Borsoi, 53 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de Linha Müller (3º Distrito). 5 de julho Francisco Gralik, 89 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal; Lourdes Ignez Ferri, 75 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal.


13

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

AÇÃO BENEFICENTE

Bazar pelo bem do Hospital Voluntárias da Saúde promovem venda de artigos para ajudar instituição Juliana Inês Casa Barbieri

C

om preços especiais, diversas roupas masculinas, femininas e infantis, calçados, artigos de decoração, cama, mesa e banho, bijuterias, bolsas e tapetes estarão sendo comercializadas no 3º Bazar das Voluntárias da Saúde. Será neste sábado, das 9h às 17h, na Júlio de Castilhos, 771, antiga Lojas Colombo, ao lado da Pompéia, no Centro. São cerca de 20 mil itens à venda e todos os recursos obtidos serão destinados ao Hospital Beneficente São Carlos (HBSC). Os produtos resultam de doações da comunidade, sendo que há inúmeros artigos novos repassados por lojas, malharias e confecções. As peças estarão sendo comercializadas com preços entre R$ 2,00 e R$ 50,00. Caso sobre itens, o Bazar deverá ter continuidade. De acordo com Lourdes Refosco, presidente das Voluntárias da Saúde, a intenção é de superar a edição do último ano, que destinou à Casa de Saúde cerca de R$ 37 mil. Outra ação desenvolvida em prol do Hospital é a que está sendo promovida pela Associação Luterana, que comercializará meio frango pelo valor de R$ 20,00. Já assado, deverá ser retirado no Centro Comunitário Luterano no próximo dia 29 e os ingressos já podem ser obtidos com as Voluntárias.

Preços bons e causa justa São cerca de 20 mil itens para serem comercializados

Programe-se O que: 3º Bazar Beneficente das Voluntárias da Saúde Quando: neste sábado, das 9h às 17h Onde: Júlio de Castilhos, 771, na antiga Lojas Colombo, ao lado da Pompéia Quanto: peças de R$ 2,00 a R$ 50,00

Alguém quer me adotar? Benji está há cinco anos no Lar da ONG dos Peludos, aguardando por adoção responsável. Dê uma chance, escolha Benji como o seu mascote! Macho, tem 9 anos, é castrado e se dá bem com outros animais. Contato para adoção pelos fones 999.386.360 ou 992.122.466. Importante: A ONG dos Peludos informa que não serão doados cães para ficarem presos em correntes.

ONG dos Peludos


14

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

RODOVIA DOS ROMEIROS

Unimed transformará PA em hospital Com investimento estimado em R$ 2,5 milhões, estrutura receberá 30 leitos de internação e ganhará novo status A estimativa de investimento é de R$ 2,5 milhões, com geração de cerca de 100 novos postos de trabalho. A hipótese da criação de um centro obstétrico, que chegou a ser discutida nas reuniões, foi descartada no momento, já que a cooperativa em breve inaugurará uma ala materno-infantil no Hospital Unimed Caxias do Sul, com condições de atender pacientes de cidades vizinhas. “Ainda estamos ampliando o Hospital Unimed, cuja primeira etapa foi inaugurada neste ano (os trabalhos devem prosseguir no mínimo até 2019). Até não concluirmos o prédio em Caxias do Sul, o projeto de Farroupilha permanecerá no papel, para que não tenhamos obras concomitantes”, explica o presidente da cooperativa, Marcelo Fonseca Frigeri. Para ele, a convergência do PA em hospital faz jus aos mais de 35 mil clientes que a cooperativa tem em Farroupilha. “Ao colocar em questão a transformação do Pronto-Atendimento Farroupilha em um hospital, a cooperativa

Daniel Rufatto

C

om mais da metade da população farroupilhense como cliente, a Unimed Nordeste/ RS anunciou, nesta semana, que transformará o Pronto-Atendimento localizado na Rodovia dos Romeiros em hospital. A ampliação de estrutura e de serviços foi aprovada pela cooperativa tanto na Assembleia Geral Extraordinária, realizada no dia 26 de junho, como pelo Conselho de Administração, em reunião na última segunda. “Quando a Unimed adquiriu o que seria o Hospital Caravaggio, uma parte da estrutura foi transformada no Pronto-Atendimento, enquanto outras alas apenas receberam ajustes para ficarem protegidas das intempéries, à espera de, no futuro, virarem leitos. Esse futuro chegou”, destaca o vice-presidente da Unimed Nordeste, Carlos Castellano Silveira. Serão construídos 30 leitos de internação, conforme necessidade apontada por um estudo de demanda.

Unimed Caravaggio Ampliação foi aprovada pela Assembleia e pelo Conselho de Administração da cooperativa

dá continuidade a uma série de benefícios já implementados na localidade há muito tempo”, avalia Frigeri. A obra, no entanto, ainda não tem data prevista para começar, já que, somen-

te agora, após aprovação, que serão iniciados os trabalhos de liberações nos órgãos competentes, de projetos, de escolha de empreiteira, entre outras tramitações necessárias.


15

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

TURISMO

Passo adiante pela Maria Fumaça

S

secretário municipal de Turismo e Cultura. Com história intimamente ligada à cultura ferroviária, a localidade de Desvio Blauth surge como favorita para sediar a parada farroupilhense, caso as tratativas tenham um desfecho positivo. Caminhos do trem: proposta prevê remodelação de trecho da linha férrea Outro projeto que ganha força com a transferência é o da implantação de uma pista de caminhada e de uma ciclovia entre o bairro São José e a RS-122, com extensão de cerca de 4,4 quilômetros. Dividida em três etapas de R$ 500 mil cada, a proposta inclusive já foi cadastrada junto ao Ministério do Turismo na tentativa de captar recursos para viabilizá-la. Conforme Francis, a partir da obtenção de uma parte dos valores, a ideia é que a obra seja executada de forma gradativa, partindo da região central da cidade em direção aos bairros.

Locomotiva do turismo Roteiro da Maria Fumaça até o 3º Distrito traria grande número de visitantes ao município Imagem: Reprodução

e tudo der certo, em um futuro não tão distante, o trem poderá voltar a passar por Farroupilha. Não como transporte de passageiros, mas sim como atrativo turístico. Já há algum tempo o município está em tratativas para tentar viabilizar a extensão do percurso da Maria Fumaça, que atualmente sai de Bento Gonçalves e passa por Garibaldi e Carlos Barbosa, até o 3º Distrito farroupilhense. Um dos principais entraves para que isto aconteça está prestes a ser solucionado, já que na última semana o município recebeu da União a concessão de uso de toda a extensão da rede ferroviária que passa pela cidade. A prefeitura trabalha, agora, para que a área, que soma aproximadamente 70 hectares, se torne propriedade definitiva. “Essa transferência nos auxiliará bastante, já que vamos ganhar mais autonomia para negociar com os investidores”, afirma Francis Casali,

Acervo Giordani Turismo

Transferência da linha ferroviária deve facilitar negociações para estender roteiro do atrativo turístico até Farroupilha

Linha férrea Proposta prevê implantação de pista de caminhada e ciclovia entre o São José e a RS-122


16

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

CASO ELEONORA

Liminar suspende Comissão de Ética

N

ovo capítulo no caso Eleonora Broilo. A peemedebista conseguiu na Justiça, liminarmente, a suspensão das atividades da Comissão Temporária de Ética que está apurando o comentário alusivo a nordestinos proferido por ela na sessão de 22 de maio. A determinação vale até o julgamento do mérito do mandado de segurança impetrado recentemente pela vereadora. Na decisão, a juíza Claudia Bampi esclarece, inicialmente, que não cabe ao Poder Judiciário adentrar no mérito do processo administrativo, mas sim sobre a legalidade dos procedimentos para instaurá-lo. A magistrada ressalta a inobservância do Decreto-Lei Federal nº 201/67, que trata sobre o rito para processos que possam resultar na cassação de mandato de vereador e prevalece sobre normativas locais. “Inicialmente, mostra-se questionável se o Requerimento nº 71/2017

e Justificativa (utilizados como base para instauração da Comissão) são aptos a serem caracterizados como denúncia escrita da infração, com exposição dos fatos e indicação de provas, exigido para o procedimento”, analisa a juíza, no despacho relativo ao pedido de liminar. Na sequência, ela ressalta que um vereador pode até ser o denunciante, porém ficará impedido de votar a denúncia e de integrar a comissão processante. “Na ausência de qualquer outro documento que possa ser considerado como denúncia, tem-se que vários dos vereadores que assinaram o requerimento e, portanto, foram os denunciantes, são os mesmos que integram a comissão. No caso, comissão processante e acusação se confundem, o que não é admitido pela lei”, frisou Claudia. Após tomar conhecimento da decisão, a Câmara de Vereadores comunicou, em nota, que manterá suspensos os trabalhos da Comissão enquanto não houver uma segunda determinação judicial.

Gabriel Venzon

Determinação da juíza Claudia Bampi vale até julgamento definitivo de mandado de segurança impetrado pela vereadora

Em stand by Câmara acatou decisão e manterá trabalhos da Comissão de Ética suspensos enquanto não houver uma segunda determinação judicial

Boca de Urna

A vez de Battisti

O músico Alexandre Battisti recebe na próxima segunda o Título de Cidadão Honorífico de Farroupilha. A solenidade de outorga da honraria inicia às 18h30min, no plenário do Poder Legislativo municipal. Natural de Barros Cassal, Battisti veio para Farroupilha antes de completar um ano de vida e, apesar da deficiência visual de nascença, se tornou uma das principais referências artísticas do município.

Parlamento regional

Farroupilha sediará a próxima reunião do Parlamento Regional. O encontro, que reúne representantes dos Poderes Legislativos de toda Serra Gaúcha, acontece na segunda, às 14h, no plenário da Câmara de Vereadores. Em pauta, assuntos como a regulamentação da Região Metropolitana da Serra Gaúcha e a inserção do estudo da Constituição Federal nas grades escolares dos municípios.


17

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

PROJETO INTERDISCIPLINAR

Para ler o mundo Ação envolve estudantes da escola Presidente Dutra com Feira, apresentações artísticas e exposição de trabalhos bém chegam às famílias ou ficam expostos para que os colaboradores tenham acesso. “É legal porque faz a gente querer ler e quanto mais se lê, mais se aprende”, considera Nicolle Bondan, de 10 anos, enquanto escolhia títulos para serem adquiridos na Feira do Livro. Um cofrinho também foi utilizado e trabalhou os conceitos financeiros em sala de aula e com os pais. Com as economias, os alunos compraram seus próprios títulos. O ponto alto foi a noite artística, na quarta, reunindo dança, música, declamação, teatro e outras atividades apresentadas aos pais e professores, construindo aprendizado a partir do conhecimento de cada um. “Queremos alunos mais conscientes e críticos”, considera Glória Maria de Souza, orientadora pedagógica, enfatizando o envolvimento da equipe diretiva e professores para que o projeto, que será permanente, possa continuar a interpretar o mundo e a propagar saberes.

Aprovação

Feira de Ciências nesta sexta, no CNSL

Cerca de 90 trabalhos com o tema Biomas Brasileiros estarão expostos nesta sexta, no Ginásio de Esportes do Colégio Nossa Senhora de Lourdes (CNSL). A Feira de Ciências será das 17h30min às 19h30min, com entrada gratuita, sendo que a visitação é aberta aos pais, familiares e comunidade. Envolve alunos do 5º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio.

Fotos: Juliana Inês Casa Barbieri

N

os corredores a referência é para a leitura que envolve todas as disciplinas. O assunto entre crianças e jovens também é de histórias e outros arranjos formados pelas letras. É que nesta semana a Escola Municipal Presidente Dutra vive o “Eu Sou...”, um projeto multidisciplinar que faz menção às inúmeras possibilidades de compreender e aprender a ler o mundo. Teve início com a proposta de desenvolver habilidades para formação mais crítica e reflexiva, a partir de uma aprendizagem significativa. As ações trabalham desde educação fiscal, inclusão, consciência negra e sustentabilidade. Envolve alunos da Educação Infantil ao 9º ano, tendo a metodologia adaptada às idades. Há as Sacolas de Leitura com obras que vão para casa e são compartilhadas com os pais. Recortes de jornais tam-

Incentivo Escola sediou Feira do Livro e alunos tiveram oportunidade de adquirir obras

Propagação Recortes estão disponíveis para que pais e colaboradores tenham acesso


18

Preliminar

Rafa agora é Seleção

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

STOCK CAR

No lucro com a evolução Na Corrida do Milhão, Márcio Campos faz prova de recuperação e reforça a melhora de desempenho e competitividade da equipe Blau Motorsport

Observada por uma olheira da Seleção Brasileira Feminina de Base, durante a disputa da fase final do Gauchão Sub-15, onde defende o Mundo Novo, de Três Coroas, a farroupilhense Rafaela Levis Marostica (foto) acabou convocada para a Seleção Brasileira Sub-17 pelo técnico Luiz Antônio Ribeiro, o Luizão. A atleta fará um período de treinamento na Granja Comary, em Teresópolis, de 18 a 30 deste mês. O trabalho é focado na preparação para a disputa do Sul-Americano de 2018, competição que habilita para a Copa do Mundo da categoria.

Shooters Photofiles

E

ra, por motivos óbvios, a prova mais aguardada e disputada da temporada da Stock Car. Única a ocorrer sem rodada dupla, a Corrida do Milhão movimentou o Autódromo Internacional de Curitiba no último domingo. Márcio Campos não levou o prêmio, que ficou com Daniel Serra, novo líder do campeonato, mas o lucro do piloto farroupilhense foi em comprovar a melhora de performance e aumento da competitividade da Blau Motorsport na temporada. “A prova foi de um ritmo muito forte, não houve muitos acidentes, e largando lá de trás, em P27 (27º lugar), tive que vir escalando o pelotão. Algumas equipes arriscaram fazer uma parada de box mais curta, para ganhar tempo, contando que aconteceria um Safety Car, o que faria com que a prova tivesse menos voltas. Mas não houve Safety Car, e nas últimas duas voltas vários carros ficaram sem gasolina. Terminamos a corrida em

Tendência de evoluir Carro de Márcio Campos está mais ajustado e rendimento tem sido percebido na pista

P13 (13º), fazendo bons pontos para o campeonato”, analisou Campos. Com o resultado, ele subiu para o 27º lugar na classificação, com 21 pontos. Já a estreante Blau Motorsport, na disputa por equipes, saltou

para o 12º, com 64. Com a prova de Curitiba, a temporada da Stock encerra a primeira metade. A final inicia a partir do próximo dia 23, com a 6ª etapa, a ser disputada no Circuito dos Cristais, em Curvelo, Minas Gerais.


19

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

JOGOS ESTUDANTIS DE FARROUPILHA

JEF Basquete conhece quase todos campeões da temporada Modalidade será encerrada apenas na próxima quarta e sexta, com as partidas da categoria Juvenil Masculino Fotos: Ramon Cardoso

A

semana foi de muito basquete no Ginásio de Esportes de Lourdes, palco da etapa da modalidade nos Jogos Estudantis de Farroupilha. Organizado pelo Departamento Municipal de Esporte e Lazer, a competição reúne 1,2 mil atletas de 20 instituições de ensino do município. As partidas iniciaram na segunda pela manhã e se estenderam até a quinta à tarde, com a disputa do Mini Basquete na quarta. A única categoria ainda não iniciada é a do Juvenil Masculino, que será definida na próxima quarta pela manhã (fase classificatória) e sexta pela manhã (finais).

Quinta pela manhã Pódio do Juvenil Feminino formado por Antônio Minella, Colégio São Tiago e Santa Cruz

Pódio JEF Basquete Mirim Feminino Campeã: CNSL Vice: Santa Cruz 3º lugar: Ângelo Chiele Mirim Masculino Campeão: Ângelo Chiele Vice: Zelinda Pessin 3º lugar: CNSL Infantil Feminino Campeã: Santa Cruz Vice: Ângelo Chiele 3º lugar: Nova Sardenha Infantil Masculino Campeão: Teotônio Vilela Vice: Nova Sardenha 3º lugar: Santa Cruz Juvenil Feminino Campeã: Antônio Minella Vice: São Tiago 3º lugar: Santa Cruz

Quinta à tarde Na última categoria da semana, Infantil Masculino teve pódio com Teotônio Vilela, Nova Sardenha e Santa Cruz


CIDADE

INSIDE

Bezerras trigêmeas Trinta anos de arte Fotos: Juliana Inês Casa Barbieri

Alana Bof

Animais nasceram na última semana, na propriedade de Vilson Tonin, em Linha República, no 2º Distrito Página 12

ESPORTE

Marinês Busetti celebra três décadas como artista e vai participar de Bienal Internacional Capa e página 3

CIDADE

Arquivo Jornal Informante

Rafa, a selecionável Bazar pelo São Carlos Farroupilhense foi observada por olheira da Seleção Brasileira Feminina de Base, acabou convocada para a Seleção Sub-17 e fará treinamento neste mês, na Granja Comary, em Teresópolis Preliminar

Voluntárias da Saúde organizam venda de diversos artigos neste sábado e recursos serão destinados ao Hospital Página 13


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

CLÍNICA INFANTIL E JUVENIL

BB Kids para fisioterapia pediátrica Quatro profissionais atuam no espaço que é referência na prestação de serviços especializados na área Fotos: Juliana Inês Casa Barbieri

F

arroupilha conta com clínica especializada no atendimento de fisioterapia pediátrica e neuropediátrica. A BB Kids possui espaço físico adequado, amplo, utilizando a ludicidade e diversos recursos terapêuticos, além de inúmeros brinquedos para abranger todas as faixas etárias e condições neuropsicomotoras. Localizada na rua Independência, 1.080, sala 2, bairro do Parque, a clínica atende individualmente crianças e adolescentes de zero a 18 anos. Utiliza o Conceito Neuroevolutivo Bobath, além de recursos como a Integração Sensorial, Wii Terapia, onde é utilizando o videogame, treino de marcha com suspensão parcial de peso corporal e terapia de contensão induzida. Há ainda a Cãoterapia e os atendimentos de fisioterapia respiratória. Na clínica atuam três profissionais da saúde, sendo as fisioterapeutas Roberta Bernardi e Liciê Bassani, além de Deise Lima, que é terapeuta ocupacional. Há ainda Jader Poletto que é adestrador profissional de cães terapeutas utilizados nas sessões de fisioterapia. De acordo com Roberta, suas atividades iniciaram com consultório em 2010 para atendimentos fisioterapêuticos pediátricos e neuropediátricos. Devido à demanda de pacientes e visando sempre inovar, em março deste ano surgiu a BB Kids, quando a profissional se uniu à colega Liciê. “Dependendo da necessidade de cada criança pode haver atendimentos em conjunto da fisioterapeuta com a terapeuta ocupacional na mesma sessão”, destaca Liciê. Já as sessões de cãoterapia são realizadas junto ao adestrador do cão que é devidamente treinado para a atividade. O atendimento da Clínica é particular para que haja qualidade e individualidade.

Atendimento qualificado Fisioterapeutas Roberta e Liciê, que estão à frente da BB Kids

Ludicidade e recursos terapêuticos Clínica conta com estrutura completa e oferece atendimento especializado


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

Curso para preparar f

Projeto Baby Affetto oferece formação para gesta

A

tenção papais e mamães que aguardam a chegada de seu bebê. Há Curso de Gestantes para esclarecimentos gerais e para atender as questões apresentadas pelos casais. Será no próximo dia 15, no Círculo Operário de Farroupilha, por meio do Projeto Baby Affetto. “O propósito é o de esclarecer dúvidas sobre o pré e pós-parto, incentivando o aleitamento materno. Promover a integração da família no processo da gestação, momento do parto e cuidados ao recém-nascido”, esclarece Vanessa Bellaver, enfermeira e coordenadora da formação, em parceria com Mônica Dalla Corte, da Affetto Farroupilha. O curso será das 7h45min às 18h e terá a participação do obstetra Paulo Dal Ponte e pediatra Milton Brechane. Na aula prática haverá material individual para cada casal, além de dinâmicas e surpresas para os participantes. As inscrições estão abertas e podem ser realizadas pelos fones 996.332.882 ou 991.294.891. O valor é R$ 250,00 podendo ser parcelado em duas vezes, incluindo gestante e um acompanhante. Será o primeiro curso oferecido pelo Projeto Baby Affetto e em seguida haverá uma edição no terceiro sábado de cada mês. O projeto também oferece consultoria para amamentação a domicílio e para o banho, demonstrando as melhores técnicas a serem utilizadas pelos pais. O Baby Affetto conta ainda com diversos parceiros: psicóloga Francieli Santos da Costa, nutricionista Elisa Colombo, dentista Amanda Cignachi, fonoaudióloga Cláudia Farinon e massoterapeuta Marindia Dalmolin. A equipe se completa ainda com a fisioterapeuta Roseli Frá, com a quiropraxista Morgana Felli, a biomédica Graciela Zankoski, com Izabel Cristine, do Banco de Células-Tronco (Hemocord), com a coaching de mães Cristiane Valério e as enfermeiras Vanessa Bellaver e Carolina Vargas Barbanti.

Temas a serem a

* Vínculo mãe/pai/bebê * Sexualidade na gestação e pó * Primeiros-socorros ao recém* Alimentação na gestação e no * Cuidados com a dentição no * Atividades físicas, cuidados com


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

futuros pais e mães

antes no próximo dia 15 e a intenção é de orientar os casais e esclarecer dúvidas Divulgação

Orientação Profissionais também oferecem consultoria a domicílio para amamentação e banho

apresentados no curso

ós-parto -nascido como engasgo e febre o período da amamentação recém-nascido m o corpo na gestação e pós-parto

* Tipos de parto e anestesias * Checklist para enxoval e maternidade * Pega correta na amamentação * Aula prática de banho, cuidados com o coto umbilical * Preparo da mama na gestação e cuidados durante a amamentação


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

OPINIÃO

Qualidade de vida requer ambiente equilibrado Isnar Amaral *

P

ara fins de análise, criei o conceito do Ambiente Básico, que é o meio onde a vida acontece. É o espaço físico onde se permanece por mais tempo – como a casa e o local de trabalho. A partir da descoberta da eletricidade, o Ambiente Básico passou a receber radiações eletromagnéticas geradas pelos aparelhos elétricos. Atualmente, estas podem ser consideradas poluentes ambientais e em pleno crescimento. Nos últimos 30 anos, os cientistas estimam que tenham aumentado em 250 mil vezes. Vale lembrar que estas radiações antrópicas vieram somar com outras radiações e energias sutis de emissão natural já existentes neste ambiente. Fatores aparentemente inexistentes – como as radiações e

as energias sutis – são extremamente danosos para a saúde das pessoas por agirem silenciosamente e de forma constante. Classifico em 10 as principais fontes de origem das radiações não-ionizantes e energias sutis que permeiam o Ambiente Básico, envolvendo as pessoas ali presentes. Alguns fatores físicos podem causar a concentração destas energias sutis, tornando-as nocivas para a saúde e promovendo o desequilíbrio dos sistemas corpóreos. Qualidade de vida requer o equilíbrio de todos os setores que contribuem para o bem-estar das pessoas, como saúde, família, amizades, profissão, lazer e, logicamente, o Ambiente Básico. A função da casa é abrigar e proteger. O ventre materno é a primeira morada. As mamães se preocupam em manter saudável esta primeira morada para que o bebê seja também saudável. No entanto, a partir do momento

em que o bebê nasce, ele é introduzido em um ambiente novo, permeado de radiações e energias sutis. Prudente é analisar este ambiente, por precaução. Algumas situações nocivas são constatadas a todo momento, como o roteador próximo da cabeça da criança, o dormitório construído sobre fossa séptica ou tubulação de água, desorientação do fluxo geomagnético e outras mais complexas. Contudo, na prática, o mais comum é solicitar uma Análise de Impacto no Ambiente Básico, em função de um câncer, depressão, esclerose múltipla degenerativa e outras. Ou seja, correr atrás do prejuízo. Em resumo, a qualidade de vida também está correlacionada com o ambiente onde se permanece por mais tempo, o Ambiente Básico, que, obrigatoriamente, deve permanecer em equilíbrio. * Consultor ambiental


Música

Evento no Nômade Coletivo celebra a música latina com apresentação do grupo Los Fabulosos Capellaris Página 8

Inside

Sétima Arte

Tranformado em filme, A Bela e a Fera traz reflexões contemporâneas sem deixar de ser fiel à animação Páginas 10 e 11

Celebração

Três décadas dedicadas à arte A farroupilhense Marinês Busetti completa 30 anos de carreira como artista e comemora a internacionalização de suas obras

A

casa azul e branca, em meio ao verde de árvores e plantas e ao lado de um lago transmite uma sensação de paz. No entanto, o local poderia ser apenas mais uma residência do Desvio Blauth, em Farroupilha, se o seu interior não estivesse repleto de arte. O chamado Chalé da Xilo é o atelier da farroupilhense Marinês Busetti que, em 2017, completa 30 anos de carreira como artista profissional. Tudo começou na infância, com o gosto pelo desenho e o incentivo da mãe, que a levava para visitar museus e galerias de arte em Porto Alegre. Isso fez com que Marinês optasse pela faculdade de Educação Artística e fosse em busca de cursos com profissionais da pintura, escultura, desenho, gravura e história

da arte. Em 1984, ela se uniu com um colega músico para montar uma escola de artes em Farroupilha nomeada Transforma Centro de Artes. “A gente trabalhava com as crianças a partir dos 4 anos, todas as faixas etárias, até os adultos. Com as crianças a gente trabalhava musicalização, teatro e artes visuais”, explica. O espaço manteve suas atividades por cerca de três anos. Depois dessa fase, a artista decidiu dedicar-se à produção artística em si, e em 1987 fez sua primeira exposição individual, composta por trabalhos em dobradura de papel que remetiam à ideia de pandorgas. A partir de então, realizou mais de 20 exposições, individuais e coletivas, não só em municípios da Serra, mas também em capitais como Porto Alegre, São Paulo e Rio de Janeiro. Ao longo de sua carreira, a artista trabalhou com diversos Segue na página 3

Alana Bof

Alana Bof alana@jornalinformante.com.br

Chalé da Xilo Atelier da artista, no Desvio Blauth, é aberto a visitas da comunicdade


Inside

2

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

Cinemas Shopping Iguatemi (RST-453, quilômetro 3,5) Cinemas GNC 1: Um Tio Quase Perfeito - às 13h40min e 17h40min GNC 1: O Jardim das Aflições - às 15h40min e 21h45min GNC 1: O Círculo - às 19h40min GNC 2: Meu Malvado Favorito 3 (dublado) - às 14h10min, 16h10min, 18h e 20h (com áudiodescrição) GNC 2: Mulher Maravilha (dublado) - às 21h50min GNC 3: Meus 15 Anos - às 14h30min, 16h50min, 19h e 21h10min GNC 4: Homem Aranha: De Volta ao Lar - às 13h20min e 18h40min (dublado e em 3d), 16h e 21h20min (em 3d) GNC 5: Meu Malvado Favorito 3 (dublado e em 3d) - às 13h30min, 15h30min, 17h30min e 19h30min GNC 5: Mulher Maravilha (em 3d) - às 21h30min GNC 6: Homem Aranha: De Volta ao Lar - às 14h e 19h20min (em 3d), 16h40min e 22h (dublado e em 3d) Ingressos: segunda, quarta e quinta (exceto feriado) a R$ 20,00 e R$ 26,00 (salas 3d); terça (exceto feriado) R$ 14,00 e R$ 18,00 (salas 3d); sexta a domingo e feriado a R$ 25,00 e R$ 32,00 (salas 3d). Meia entrada todos os dias para menores de 18 anos e maiores de 60 (mediante apresentação de identidade), estudantes (mediante apresentação de Carteira de Identificação Estudantil) e para o Movie Club Preferencial.

Imagem: Reprodução

Shopping San Pelegrino (Avenida Rio Branco, 425) Cinépolis 1: Homem Aranha: De Volta ao Lar - às 13h, 16h e 19h (dublado e em 3d), 22h (em 3d) Cinépolis 2: Meus 15 Anos - às 13h45min e 16h30min Cinépolis 2: A Múmia - às 18h45min (dublado) e 21h30min (legendado) Cinépolis 3: Meu Malvado Favorito 3 (dublado) - às 14h, 16h15min, 18h30min e 20h45min Cinépolis 4: Um Tio Quase Perfeito - às 14h15min e 16h45min Cinépolis 4: Mulher Maravilha - às 19h15min (dublado) e 22h15min (legendado) Cinépolis 5: Homem Aranha: De Volta ao Lar - às 14h30min e 20h30min (dublado e em 3d), 17h30min (em 3d) Cinépolis 6: Meu Malvado Favorito 3 (dublado e em 3d) - às 12h45min, 15h, 17h15min, 19h30min e 21h45min Ingressos: nas salas tradicionais, segunda a R$ 20,00; terça e quarta (exceto feriado) a R$ 14,00; quinta a R$ 24,00; sexta a domingo e feriado a R$ 25,00. Nas salas 3d, segunda a R$ 27,00; terça e quarta (exceto feriado) a R$ 18,00; quinta a R$ 30,00; sexta a domingo e feriado a R$ 31,00.

Sala de Cinema Ulysses Geremia (Luiz Antunes, 312) Mulher do Pai - sexta a domingo às 19h30min Matinê às 3 Rock of Ages - quinta, às 15h Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (estudantes e sênior)

De Volta ao Lar Dirigido pelo jovem cineasta americano Jon Watts, Homem Aranha retorna às telonas


Inside

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

3

Artes Plásticas Alana Bof

materiais e técnicas passando pela pintura, escultura e desenho. Para ela, isso se deve a sua inquietação e constante vontade de experimentar. “O papel da arte mesmo é isso: a gente estar sempre buscando novas soluções e problematizando para poder achar novas soluções. A arte mostra como existem possibilidades para solucionar um problema, que é o que se leva pra vida. Tem que desenvolver justamente a criatividade, para encontrar outros caminhos”, comenta. Desde 2003, a artista trabalha especialmente com a xilogravura. A técnica consiste em gravar figuras em madeira para depois estampá-las em superfícies diversas. O método, que mais tarde daria origem à tipografia e aos sistemas de impressão, foi criado no Oriente, ainda no século VI. Marinês confecciona as matrizes de madeira com figuras originais e aplica em direções diversas, fazendo colagens e usando lápis de cor, criando trabalhos únicos. “Assim como desde 87, em todo o meu processo, eu fui experimentando materiais e técnicas. Na xilogravura eu também estou experimentando. A xilogravura em si é uma técnica antiga, mas eu uso ela para ter um resultado de um trabalho mais contemporâneo”, esclarece. A artista, que tem seu trabalho voltado especialmente para a corrente geométrica e do concretismo, também gosta de explorar as possibilidades da ilusão de ótica, com o objetivo de provocar diferentes emoções. “Tu está olhando pra um trabalho, tu enxerga uma coisa e de repente outra coisa está surgindo porque tu fixou teu olhar naquilo (...). A ideia é prender a atenção das pessoas e, através dessa atenção, fazer com

Xilogravura Artista farroupilhense utiliza a técnica milenar para a produção de obras contemporâneas

que elas percebam outras formas. Tem haver também com esse sentido da vida, de ver além, enxergar além do primeiro momento”, explica. Além da produção em si, Marinês desenvolve outros projetos. No Chalé ela recebe pessoas da comunidade, turistas e, principalmente, estudantes que queiram conhecer o processo de produção da artista. As escolas interessadas podem levar os alunos até o Chalé e lá eles têm a oportunidade de ouvir sobre a técnica, observar a artista trabalhando e fazer uma atividade prática no atelier. Ela

também promove workshops para a comunidade em geral. Outra iniciativa, lançada em junho desse ano, em parceria com Fernanda Soares, é o Consórcio de Gravuras. Três artistas convidados (Anico Herskovits, Lurdi Blauth e Cavalcanti) realizam uma imersão de três dias no Chalé e criam xilogravuras exclusivas para o consórcio. Os interessados em se associar pagam, a partir deste mês, seis parcelas de R$ 50,00 e recebem, durante três meses, uma xilogravura de cada um dos artistas convidados. A ideia é movimentar o Chalé e ajudar

a mantê-lo financeiramente. Sobre os projetos da vida profissional da artista, ela revela que no ano que vem vai participar da Bienal Internacional de Gravura, em Portugal. “Eu estou num momento profissional bem feliz. Acho que isso é o resultado natural, se tu é persistente. O bom é que eu sempre tive essa tranquilidade de produzir e agora chegou o momento de levar para fora daqui. Acho que o papel da arte também é esse: não ficar só local, mas também levar para o mundo, se possível”, conclui.


Inside

4

Gustavo Pimentel

gustavospimentel@yahoo.com.br

Um dos políticos mais afetados com as gravações de Joesley Batista foi Aécio Neves. O senador e também presidente do PSDB, além das gravações ambientais, teve o seu sigilo telefônico quebrado, com autorização judicial. Uma dessas conversas interceptadas levou a Procuradoria-Geral da República a pedir a prisão do senador, da sua irmã Andrea e do primo Frederico de Medeiros, seu fiel escudeiro. Apesar de ter tido os familiares presos, o Supremo indeferiu o pedido de prisão de Aécio, determinando apenas o seu afastamento do cargo de senador da República. Porém, na última semana houve uma constrangedora reviravolta no caso. Enquanto que a Primeira Turma do Supremo transformou as prisões preventivas de Andrea e Fred em prisão domiciliar, o ministro Marco Aurélio, em decisão monocrática, autorizou o retorno do senador às suas funções. Eu compreendo e é, de fato, inadmissível que um senador da República implicado de tal maneira em dezenas de casos de corrupção possa exercer um mandato parlamentar. Contudo, por mais indignação que isso possa causar, infelizmente essa circunstância é autorizada pela nossa Constituição. Aliás, abrindo mão da moralidade e sendo puramente técnico, sequer o afastamento cautelar de Aécio poderia ter sido determinado. Na verdade, a Constituição Federal somente autoriza a prisão de membros do Congresso Nacional na hipótese de flagrante delito de crime inafiançável e, recentemente, a partir de 2013, com o caso Natan Donadon, em caso de condenação irrecorrível. Uma das exceções, que é o flagrante por crime inafiançável, aconteceu no caso Delcídio do Amaral, quando o então parlamentar foi considerado pelo STF em situação de flagrância em crime continuado, quando as gravações de Bernardo Cerveró revelaram que o senador planejava um roteiro de fuga para Nestor Cerveró. Infelizmente, nenhuma das hipóteses é o caso de Aécio Neves. Aécio praticou crimes, quanto a isso não há dúvidas, no entanto, quando as autoridades tomaram conhecimento disso, os fatos já estavam consumados. Sendo assim, não há na Constituição hipótese para que a prisão de Aécio seja autorizada nesse momento. Por fim, há quem argumente que o Código de Processo Penal autorizaria a prisão preventiva do senador. Devo alertar, contudo, que o Código de Processo Penal é norma hierarquicamente inferior à Constituição. Assim, a imunidade prevista na Carta Constitucional prevalece frente ao conteúdo de uma legislação infraconstitucional. Dessa forma, resta-nos esperar a boa vontade dos nossos deputados e senadores para alterar a Constituição por meio de uma Emenda Constitucional, passando a permitir a prisão preventiva de parlamentares. Venhamos e convenhamos, a probabilidade disso acontecer é praticamente zero. Enquanto esse milagre não acontece, Aécio continua gozando de seu mandato e de sua liberdade. É injusto, eu sei, mas é legal. * Advogado

Agenda SEXTA Show Tudo B Tudo A República Beer, às 23h Acústico Sasha e Rodrigo Boteco Antonielle, às 22h

SÁBADO Daqui 01 Muinho, às 23h59min Atrações: DJ’s Dalkio, DBeat, Mauricio Maioli, Guil Oliveira e Elim Anderson e Everton Boteco Antonielle, às 22h

4ª Festa à Fantasia Boteco do Chá, às 23h30min Carol Soul Rock Favorita Beer Store, às 22h Divulgação

A liberdade de Aécio é injusta, mas é legal. Como assim?

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017


FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

Inside

5

Guilherme Macalossi cisperter@hotmail.com

O direito a greve não pode ser confundido com o esbulho ao direito alheio Na sexta passada, sindicatos e movimentos sociais de esquerda tentaram novamente parar o país como forma de pressionar o governo Temer a recuar em sua agenda de reformas econômicas. No Confronto, programa que ancoro na Rádio Sonora, comentei que o fracasso do intento evidenciou a incompreensão que muitos desses grupos têm da democracia. A população brasileira quer produzir, trabalhar, ganhar seu sustento e tocar a vida adiante, a despeito da crise política. A maioria dela não está interessada em cruzar os braços na sexta para brincar de revolução bolchevique. E isso vale tanto para empregadores quanto para empregados, para a infelicidade dos crédulos do marxismo e da luta de classes. Como os operários se recusaram a aderir ao movimento, houve quem se mobilizou no sentido de obrigá-los a tanto. “Se não param por bem, vão parar por mal”. E é nesse contexto que, em diversas cidades do país, surgiram piquetes, pneus pegando fogo, marchas em horário de pico, entre outras ações que só tem o efeito prático de atrapalhar a vida da própria população. Aqui em Farroupilha, o Sindicato dos Empregados no Comércio pretendia impedir a circulação do transporte coletivo. Felizmente, a Justiça foi rápida e concedeu um interdito proibitório em favor das empresas, determinando que manifestantes fossem proibidos de chegar a uma distância de 500 metros das garagens dos ônibus. Na rádio Spaço FM, a presidente da entidade, Cristiane Colombo, teve a pachorra de reclamar: “Eu fui intimada por um interdito proibitório duma multa muito elevada se caso eu chegasse 500 metros perto da empresa (...) Então a gente já tá numa situação difícil e ainda os juízes caneteiam que a gente não pode fazer greve”. Esta senhora acha que fazer greve é esbulhar o direito alheio de ir e vir. Se ela e seus companheiros querem parar, que parem por conta própria. Se reúnam na sede campestre do sindicato e fiquem lá vociferando à vontade contra as pautas que considerem injustas. O problema é que essa gente não se conforma com sua própria irrelevância. Como não tem substrato social verdadeiro, fazem da ameaça à normalidade cotidiana um modus operandi. Por muito tempo, aceitou-se que grupos sequestrassem a vida nacional em detrimento de suas pautas particulares. A decisão judicial tomada aqui e reproduzida também em outras cidades da Serra, mostra que esse tempo vai ficando para trás. O despertar da consciência de massa, completamente independente do pensamento de esquerda que historicamente monopoliza a chamada “sociedade civil organizada”, acabou estabelecendo o divórcio definitivo entre os supostos representantes e os supostos representados. * Redator e radialista


Fábio Grison

P

Daqui

ara dar visibilidade e valorizar os DJ’s farroupilhenses, o Muinho realiza a festa “Daqui 01” neste sábado. O line up conta com Dalkio, Dbeat, Mau Maioli e Gui Oliveira em formato b2b com Elim. Os ingressos já estão à venda com os promotores e nos pontos de comercialização.

Food

A doceria Pão de Ló, localizada no Centro da cidade, traz como programação, para o sábado, a Noite do Hambúrguer. O evento é realizado em parceria com o projeto Los Compadres e contará com três sabores do sanduíche, sobremesas e chopp. Mais informações estão disponíveis no Facebook do evento.

Novidade

Jeferson Deboni

Fernan primavera Parque do pais Evandr

Thaila Pedron

Desde a semana passada Farroupilha conta com mais uma opção de entretenimento com a inauguração do Wild Beer. O pub está localizado na rua Gonçalves Dias, 73, no Centro. A proposta da casa é oferecer um espaço de descontração com lanches rápidos e bebidas.

O clã Letti prestigiou a Feijoada do Pulita que aconteceu no sábado, no Intercity Premium. Na foto, Larissa Letti, Fábio Letti, João Pulita, Karen Letti e Jair Basotti

Fernanda Paglioli e Luiz Oscar Rauber Filho, felizes da vida no aniversário de seu caçula Angelo, que também recebeu o carinho do mano Fernando, durante sua festinha na Bambolino

Gislaine Maffei e Daiana Oliboni conferiram o lançamento da Associação de Designers de Interiores da Serra Gaúcha, no Espaço Fabbrica, em Caxias do Sul

Os gêmeos Vitório e Vicente celebraram seu primeiro aninho na ao lado da mãe Daniela Chiele Spinelli, da mana Carolina Chiele


Tânia e Roberto Bertol Fotografias

Cristiano Oliveira

Felicità Filmes

Tiago Bet e Luciano Comin na festa que rolou no Boteco do Chá, na sexta

nda Lins completou suas 15 as no último sábado, em festa no Pinheiros. Na foto, ladeada pelos ro e Luciana e o mano Rafael Lins Daniela De Rocco

Pilim Pim Pim, no sábado passado, e Spinelli e do papai Joarez Spinelli

Daicir Kunzler e Nícia Kunzler entraram no clima descontraído da Feijoada do Pulita, no sábado

Fique por Dentro Tradicionalista

O Paiol Espaço Nativo de Caxias realiza o show com o cantor tradicionalista gaúcho Luiz Marenco na próxima quinta, dia 13. Os ingressos antecipados estão à venda por R$ 25,00 para elas e R$ 30,00 para eles.

E-music

No dia 15 deste mês rola a festa Colours, comandada pelo DJ Francisco Bortolossi. Esta edição conta com a participação do renomeado club palista D-EDGE. O espaço escolhido para o evento foi o Jockey Clube. As atrações principais da noite são os DJs German Brigante, da Espanha e Renato Ratier, proprietário da D-EDGE.

Diversão

Brinquedos gigantes serão a atração do evento Quarto do Andy: Um Mar de Bolinhas que inicia no Iguatemi Caxias a partir desta sexta. A ação é inspirada no desenho Toy Story e conta com diversas brincadeiras para divertir a criançada.


Inside

8

Armando Wartha armandowartha@yahoo.com

Possíveis perdas

* Escritor e bacharel em Filosofia

Música

Sábado será de música latina Banda Los Fabulosos Capellaris apresenta covers no Nômade Coletivo Divulgação

Antes de iniciar, quero deixar claro que penso que o ser humano não se define pela cor da pele. Antes disso, acredito que é o caráter que define o homem. Dito isso, faço questão de reproduzir um famoso poema de Jorge de Lima, escrito em 1928, para demonstrar o quanto as pessoas de pele negra, e o próprio contexto literário, perdem, ao sermos forçados (sob pena) a sacrificar a liberdade de expressão, dentro deste contexto. Essa Negra Fulô Ora, se deu que chegou/(isso já faz muito tempo)/no bangüê dum meu avô/uma negra bonitinha,/chamada negra Fulô./Essa negra Fulô!/Essa negra Fulô!/Ó Fulô! Ó Fulô!/ (Era a fala da Sinhá)/— Vai forrar a minha cama,/ pentear os meus cabelos,/vem ajudar a tirar/a minha roupa, Fulô!/Essa negra Fulô!/Essa negrinha Fulô/ficou logo pra mucama,/pra vigiar a Sinhá/pra engomar pro Sinhô!/Essa negra Fulô!/Essa negra Fulô!/Ó Fulô! Ó Fulô!/(Era a fala da Sinhá)/vem me ajudar, ó Fulô,/vem abanar o meu corpo/que eu estou suada, Fulô!/ vem coçar minha coceira,/vem me catar cafuné,/vem balançar minha rede,/vem me contar uma história,/que eu estou com sono, Fulô!/ Essa negra Fulô!/“Era um dia uma princesa/ que vivia num castelo/que possuía um vestido/com os peixinhos do mar./Entrou na perna dum pato/saiu na perna dum pinto/o Rei-Sinhô me mandou/que vos contasse mais cinco.”/ Essa negra Fulô!/Essa negra Fulô!/Ó Fulô? Ó Fulô?/Vai botar para dormir/esses meninos, Fulô!/“Minha mãe me penteou/minha madrasta me enterrou/pelos figos da figueira/que o Sabiá beliscou.”/Essa negra Fulô!/Essa negra Fulô!/Ó Fulô?Ó Fulô?/(Era a fala da Sinhá/ Chamando a negra Fulô.)/Cadê meu frasco de cheiro/Que teu Sinhô me mandou?/—Ah! Foi você que roubou!/Ah! Foi você que roubou!/O Sinhô foi ver a negra/levar couro do feitor./A negra tirou a roupa./O Sinhô disse: Fulô!/(A vista se escureceu/que nem a negra Fulô.)/Essa negra Fulô!/Essa negra Fulô!/Ó Fulô! Ó Fulô!/ Cadê meu lenço de rendas,/Cadê meu cinto, meu broche,/Cadê o meu terço de ouro/que teu Sinhô me mandou?/Ah! foi você que roubou./ Ah! Foi você que roubou./Essa negra Fulô!/Essa negra Fulô!/O Sinhô foi açoitar/sozinho a negra Fulô./A negra tirou a saia/e tirou o cabeção,/de dentro dele pulou/nuinha a negra Fulô./Essa negra Fulô!/Essa negra Fulô!/Ó Fulô! Ó Fulô!/ Cadê, cadê teu Sinhô/que Nosso Senhor me mandou?/Ah! Foi você que roubou,/foi você, negra Fulô?/Essa negra Fulô! Pergunto: Jorge de Lima teria coragem de publicar essa joia literária, hoje? Se a resposta é não, esse vazio de expressão não acarreta perdas, tanto para o homem de pele negra, quanto para a Literatura?... Pensem nisso!

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

A

sonoridade latina vai embalar o sábado no Nômade Coletivo (Coronel Pena de Moraes, 715). O evento denominado “Um Carnavalito em el Invierno” terá como atração a banda Los Fabulosos Capellaris. O grupo fará covers de diversos cantores e bandas da América Latina. O repertório diversificado vai da música pop de Shakira ao rock de Maná, passando também pelo argentino Fito Paéz e a banda uruguaia No Te Vá Gustar, além de reggaeton e músicas folclóricas. A Los Fabulosos Capellaris é formada por Ma-

Los Fabulosos Capellaris Grupo musical é focado nos estilos reggaeton e cumbia

thias Capellari, Fafa Capellari, Pedro Capellari, Vinni Biazzus e Jorge Benhur. Criado em 2015, o grupo traz os estilos reggaeton e cumbia (música típica colombiana) para um formato próprio. A apresentação inicia às 18h e o ingresso custa R$ 10,00.

Programe-se O que: Um Carnavalito en el Invierno com Los Fabulosos Capellaris Quando: sábado, às 18h Onde: Nômade Coletivo (Pena de Moraes, 715) Quanto: R$ 10,00


Inside

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

Música

9

Lauro Edson Da Cás ldacas@hotmail.com

Tributo ao rock neste sábado Bandas Drop Inside e Peter 27 homenageiam Blink 182 e CPM 22, no República Drop Inside

Valdeir Lima

D

Drop Inside Banda vai homenagear Blink 182

uas banda de rock serão homenageadas com show tributo neste sábado, no República Beer (República, 445). O grupo americano Blink 182 terá suas músicas tocadas pela banda Drop Inside. Enquanto isso, os sucessos da brasileira CPM 22 vão integrar o repertório do grupo Peter 27. As apresentações iniciam às 23h. A Drop Inside é uma banda com integrantes de Caxias do Sul e Farroupilha. Ela nasceu de outro grupo, o BjOB, que foi formado em 2008 e durou até 2013. No final do ano passado, alguns membros resolveram retomar a banda que recebeu o nome de Drop Inside e atualmente é formada por Bo, Vini, Alex, Will e Richard. No República, eles farão um show cover de Blink 182,

Peter 27 Grupo fará tributo a CPM 22

com músicas como Carousel, Everytime I Look For You e All The Small Things. A Peter 27 tem uma história semelhante. Dois integrantes do grupo Hymans, que não está mais em atividade, se juntaram com outros dois músicos e formaram uma nova banda. Os integrantes são Douglas Correa, Tiago Correa, Alessandro Almeida e Maurício Boeira. No sábado ele vão tocar músicas famosas do CPM 22 como Regina Let’s Go, Um Minuto Para o Fim do Mundo e Irreversível.

Programe-se O que: Tributo a Blink 182 e CPM 22 Quando: neste sábado, às 23h Onde: República Beer (República, 445) Quanto: R$ 15,00

A vida irrefletida de cada dia Não precisamos chegar ao leito da morte para buscar uma reflexão sobre a vida. De fato, algo nos impulsiona em cada amanhecer, ou seja, nossas escolhas diárias nos conduzem. Vivenciamos um tempo onde muitos vivem por viver, seja por preceitos fictícios do mundo capitalista, seja por mera tradição, seja por outros aspectos que interferem o viver. Por inúmeras vezes, entretanto, assumimos algo como contrário à felicidade e, se quisermos, contrário aos nossos sonhos e desejos. O que a sociedade nos apresenta, seja nos flashes comerciais, seja nos ditames de vitória em todo tempo, lugar e em toda hora, é o autoengano. Afinal, o mundo, como canta Gilberto Gil, nos mostra, ao mesmo tempo, “de um lado esse Carnaval, de outro essa fome total”. Pois bem, vale a reflexão sobre qual tipo de leitura deve-se ser feita da realidade. É simples, o homem, se quiser, pode viver a fantasia de viver ou poderá viver intensamente a sua existência. São escolhas diárias que nos movimentam. Contudo, o que se vê, é que quando se está bem de saúde, por exemplo, muitos levam a vida de forma descontraída, fantasiada, inconsequente e inconsciente. Quando acontece o contrário, no exemplo de alguma debilidade de saúde, aí se tenta refletir o quanto a forma e a maneira vivida deixou a desejar, seja no aspecto da sua própria saúde, seja no âmbito existencial, principalmente em relação ao outro e também ao aspecto de vida em sociedade. São momentos de intensa reflexão, como se fosse um autoexame do que significa viver. Por vezes, no quesito de acúmulo de trabalho (e de alienação), se percebe também, que a vida e a existência passam despercebidas. Não é por nada que, nos dias atuais, muitos já não veem mais o tempo passar, isto é, para o homem considerado moderno, o tempo é o ‘kronos’ (tempo cronológico, tempo do trabalho, do quantitativo, etc). Assim, se compreende o porquê que esse tipo de tempo foi interiorizado pelo homem. É como diz a canção, “a gente quer crescer e quando cresce, se quer voltar ao início”. Agora o tempo está contra você... Outro aspecto que o homem está deixando de lado (e não é por causa do inverno) é o de não ter ficado com os amigos. É que o tal ritmo alucinante da vida fez com que esse homem se afastasse dos outros, ocasionando esse deixar de lado amizades verdadeiras e despretensiosas. Vejam que na hora da morte, pela experiência detectada, é que todos sentiram falta dos amigos. Para tanto, a vida está mais, em buscar novas conquistas (riquezas materiais), do que fomentar novas amizades. Oxalá que se possa compreender que a vida é bem mais daquela que se vive diariamente. * Mestre em Letras, Cultura e Regionalidade


Inside

10

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

Sétima Arte

Um clássico contemporâneo Ao ser transformado em Live-Action pela Disney, A Bela e a Fera encanta com figurinos e cenários e traz reflexões contemporâneas, sem deixar de ser fiel à animação Alana Bof alana@jornalinformante.com.br

E

ste já é o terceiro desenho de princesas que a Disney resolve transformar em filme. Depois de Malévola (2014) e Cinderella (2015), a mais famosa empresa de animações do mundo trouxe de volta a história de A Bela e a Fera. Lançado nos cinemas em janeiro de 2017, o filme, com direção de Bill Condon, arrecadou U$ 1 bilhão em bilheteria, se consolidando como o maior musical com cantores de todos os tempos. Mais do que um conto clássico como os outros, o desenho que deu origem ao filme se tornou marcante por diversos aspectos. Quando foi lançado, em 1992, ele fez história sendo a primeira animação a ser indicada ao Oscar de Melhor Filme. Além disso, pode-se dizer que Bela foi uma divisora de águas no universo das princesas da Disney. Diferente das outras, Bela é protagonista da própria história. Ela não é um ser passivo, não fica à espera de um príncipe salvador. Pelo contrário, ela é a heroína, salvando, primeiramente, o seu pai de ser prisioneiro da Fera e, mais tarde, a própria Fera que é ameaçada pelo vilão Gaston e pela maldição da feiticeira. Outro grande diferencial dessa animação é a mensagem transmitida, a moral da história. Até então, os desenhos de princesa passavam mensagens

que se limitavam a busca por um amor e a bondade extrema que é recompensada com um “felizes para sempre”. Mas em A Bela e a Fera a mensagem principal vai além disso, e já é revelada no início do filme, quando a feiticeira diz para o até então príncipe “não se deixar levar pelas aparências, pois a beleza está no interior das pessoas”. Talvez por já ser um desenho tão diferenciado, a Disney decidiu não fazer grandes modificações na história, ao transformá-la em filme, diferente do que aconteceu, por exemplo, com a transformação de A Bela Adormecida no filme Malévola. No entanto algumas adaptações foram feitas, com o objetivo de enriquecer a história e até trazer um ar de contemporaneidade. Exemplo disso é uma cena, exibida no início do longa, que faz uma referência direta ao empoderamento feminino, quando Bela tenta ensinar, por conta própria, uma menina da aldeia onde mora a ler, em pleno século XVII. Ao observar o ato, o diretor da escola responde: “mas o que está fazendo? Ensinando outra garota a ler? Uma já não é o bastante?”. Outro aspecto que traz ao filme reflexões contemporâneas é a inserção, pela primeira vez na história da Disney, de um personagem assumidamente gay: ele é Lefu, o braço direito do vilão Gaston. O longa também traz algumas cenas extras para revelar um pouco mais do passado, mostrando o que aconteceu com a mãe de Bela e a

origem da mesquinhez da Fera. Além disso, o live-action traz de volta um detalhe da história original. A que deu origem à animação da Disney é baseada em um livro do século XVIII, escrito por Madame de Villeneuve. Quando foi transformado em desenho, o conto sofreu inúmeras modificações. No entanto, o filme recupera um aspecto do livro. No início da história, o

que leva o pai de Bela a ser trancado no calabouço pela Fera não é o fato de ele ter invadido o castelo, como no desenho, mas sim a atitude de ele ter ‘roubado’ uma rosa do jardim da Fera, com o objetivo de presentear Bela. Apesar dessas pequenas modificações, o enredo em si é muito parecido. A estética do filme tem uma semelhança incrível com o desenho. É como as-


Inside

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

11

Sétima Arte Divulgação

Fantasia virou realidade Cenário, figurinos e efeitos especiais encantam pelas cores, detalhes e semelhança com a animação Imagem: Reprodução

Título original Beauty and the Beast Título traduzido A Bela e a Fera Direção Bill Condon Roteiro Stephen Chbosky Gênero Fantasia, Romance, Musical Duração sistir ao mundo mágico das animações se transformando em algo real e palpável. As músicas são praticamente idênticas às da animação, além de trazer algumas canções extras. A atuação de Emma Watson como Bela é boa, e se torna melhor quando ela se põe a cantar. No entanto, dado a qualidade extrema da produção, figurinos, roteiro e efeitos especiais,

a personagem fica um pouco apagada, principalmente se considerarmos as atuações excepcionais de personagens secundários, que acabam ‘roubando a cena,’ como é o caso de Luke Evans interpretando Gaston e Josh Gad no papel de Lefu. No papel de Fera, Dan Stevens também se sai bem ao retratar a transformação de um personagem frio e mal humorado

em um ser cordial e carinhoso. Como produto final, o filme é surpreendente e, como quase todas as produções da Disney, encantador. Ele consegue abarcar e agradar uma extensa faixa etária: desde as crianças de hoje até os adultos que eram crianças nos anos 90 e que esperaram mais de uma década para ver o sonho ganhar características de realidade.

129 minutos País Estados Unidos Ano de produção 2017 Estúdio e distribuição Walt Disney Pictures


12

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Semana muito interessante para estudos e reflexões sobre ética e justiça. Há o desejo de ampliar horizontes mentais e culturais. Cuidado com exageros em situações que envolvem relacionamentos e também fatores familiares.

Touro - 21/04 a 20/05

Semana importante para o reconhecimento de suas necessidades emocionais e sentimentos. A reestruturação material e emocional é uma tendência muito importante do atual momento. Semana que lhe desafia a colocar em prática as suas ideias.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

A presença da Lua no signo oposto ao seu indica uma semana marcante para os relacionamentos. Cuidado com ilusões, excessos de fantasias e idealizações que pode levar a problemas. Procure não misturar questões financeiras e afetivas.

Câncer - 21/06 a 20/07

O Sol, em movimento pelo seu signo, faz contato com o planeta Júpiter. A fase é de expansão de horizontes pessoais e também vinculados com a família e o trabalho. Momento em que você se sente mais motivado a lutar pelos seus sonhos e ideias.

Leão - 21/07 a 22/08

Momento muito importante para as emoções e a vida afetiva. Atenção com a tendência de confusões emocionais, com o papel de vítima e o sentimento de culpa. Evite julgamentos equivocados e apressados em situações que envolvam outras pessoas.

Vírgem - 23/08 a 22/09

Semana importante para as situações familiares e o centramento emocional. A busca de algo a mais pode levar a um exagero e negligências que podem acabar custando caro. É um momento de desafios envolvendo as amizades e os projetos materiais.

Libra - 23/09 a 22/10

Júpiter, em movimento pelo seu signo, está em contato com o Sol. Pode haver uma desavença entre seus propósitos pessoais e os ligados com a carreira. A semana é interessante para estudos, viagens e abertura de mentalidade.

Escorpião - 23/10 a 21/11

Semana importante para ter uma consciência maior de seus talentos. Intuição e sensibilidade estão em um momento marcante. Cuidado com a tendência de atitudes exageradas em questões que envolvem os relacionamentos.

Sagitário - 22/11 a 21/12

Temos a Lua se movendo em seu signo, enaltecendo as emoções dos sagitarianos. Atenção com a tendência de julgar de forma equivocada as situações emocionais. Exageros, imprudências e excessos são bastante prejudiciais no momento.

Capricórnio - 22/12 a 20/01

A presença do Sol no signo oposto ao seu, caracteriza um momento com ênfase em todo tipo de relacionamento. A Lua está no signo anterior ao seu, pedindo reflexão, interiorização e favorecendo estudos e leituras.

Aquário - 21/01 a 19/02

Semana que favorece as amizades, estudos e as viagens. A ênfase atual está no aprimoramento da forma como você lida emocionalmente com as situações. Negociações e questões profissionais podem ser bem-sucedidas nesta fase.

Peixes - 20/02 a 20/03

Momento que ressalta o afeto, a arte e a criatividade, pisciano. Semana positiva para investir em estudos e viagens relacionados à carreira. Forte anseio de liberdade, aventura e de novos horizontes.

Inside

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017


FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

VENDE-SE CONSÓRCIO CONTEMPLADO DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. Crédito R$ 250.000,00 – Prestações R$ 1.630,00 – Já pagos R$ 16.500,00, e, Crédito de R$ 405.000,00 – Prestações R$ 2.850,00 – Já pagos R$ 25.000,00. Estes créditos podem ser usados na COMPRA DE IMÓVEL, CONSTRUÇÃO E REFORMA URBANA E RURAL. Aceito carro na entrada. Contatar: claro e WhatsApp (51) 98055-5703. Vivo (51) 99569-8765.


2

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017


FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017

3


VENDO CASA no bairro BELVEDERE, em alvenaria, com dois pisos, 02 quartos, sala, cozinha conjugada, área de serviço, 02 banheiros, garagem com churrasqueira. Porteiro eletrônico. Pátio grande cercado e com canil. Espaço na frente para construção de outra residência. + Terreno 12mx30m. F. WhatsApp (51) 99966-0894 ou (51) 999949527. VENDO TERRENO de esquina com 1.377m² a uma quadra da rodoviária e do Shopping Centro de compras. F. 99118.1642. VENDO DOIS TERRENOS com duas casas, localização central em Arroio do Sal a uma quadra do mar. F. 99118.1642.


10

COMERCIAL, localizada na Independência, Bairro São Luiz, com 168m².Telefone para contato: 99951.3583 / 3268-1062. VENDO terreno de Cooperativa com área definida. F.: 99118.1642. VENDE-SE TERRENO de Cooperativa com 106 parcelas pagas. Área de terra comprada. Localizada na saída para o Salto Ventoso. APENAS R$ 9.500,00 Tratar com José, fone (54) 99925.2068.

FARROUPILHA, 7 DE JULHO DE 2017


Edição 493  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you