Page 1

FARROUPILHA

|

ANO X

| EDIÇÃO 486

| 1 9 D E M A I O D E 2 017 |

R$ 3,00

Duas semanas para festejar o vinho Gilmar Gomes

Com Menarosto do Vinho nesta sexta, Piquenique no Parque no domingo e diversos outros atrativos, Farroupilha integra programação alusiva ao Dia do Vinho, que terá mais de 200 atividades espalhadas por três regiões do País - Páginas 2 e 3


2

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

DIA DO VINHO

Piquenique festeja 142 anos da imigração Comemoração acontece na tarde deste domingo, no Parque Centenário da Imigração Italiana, em Nova Milano daniel@jornalinformate.com.br

O

domingo será de comemoração em dose tripla no Parque Centenário da Imigração Italiana, em Nova Milano (4º Distrito). Um dos festejos do Piquenique no Parque, que acontece das 14h às 17h, é o dos 142 anos da Imigração Italiana no Rio Grande do Sul. Outro é o dos 5 anos do Grupo DNA da Alma. E, o terceiro, é o do Dia do Vinho, que cada vez mais vem se consolidando no calendário de eventos vitivinícolas (detalhes na página ao lado). Entre os destaques do Piquenique, que é organizado pela Secretaria Municipal de Turismo e Cultura e tem entrada gratuita, são as atrações musicais. A programação inicia às 14h30min, com Liziane Rufatto, e segue, às 15h15min, com o Coral Il Romano, e às 16h, com a Banda Municipal Cinquentenário. De forma itinerante, também ocorrerão os Jogos Coloniais e apresentações dos grupos Nánni e Nei Tempi Del Filó.

Ainda ao longo de toda a tarde, serão comercializados produtos típicos da gastronomia italiana, como grostoli, pão colonial, chimia, sfregolá e quentão, bem como vinhos, espumantes e sucos produzidos pela Afavin. Quem preferir, também pode levar de casa alimentos e bebidas, além, é claro, de toalha, cadeira ou almofada. Outro destaque do evento será um espaço específico para bater fotografias antigas, com trajes e acessórios típicos dos imigrantes e, de fundo, um banner com a Casa De Bona e utensílios da época. Quem for ao evento também poderá conferir o Varal de Fotografias e a exposição Panos que Falam, organizada pelo Círculo Cultural Ítalo-Brasileiro de Farroupilha. O DNA da Alma, grupo de adoção que celebra meia década de atividades na próxima quinta, também terá presença marcante, com diversas atrações voltadas às crianças, como distribuição de balões e algodão doce. Em caso de mau tempo, o Piquenique será cancelado. Mais informações podem ser obtidas pelo fone 3261-6963.

Tatiana Cavagnolli

Daniel Rufatto

Piquenique no Parque Tarde de domingo em Nova Milano será repleta de atrações musicais e culturais

Programe-se O que: Piquenique no Parque Quando: neste domingo, das 14h às 17h Onde: Parque Centenário da Imigração Italiana Quanto: a entrada é franca. No local estarão sendo comercializados produtos típicos da gastronomia italiana e artesanato


3

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

DIA DO VINHO

Programação diversificada em Farroupilha pelo fone 2109-7300) e, no domingo, com o Piquenique no Parque (confira na página ao lado). Já na quarta, será realizado o Jantar Harmonizado no Bistrô Milano (reservas pelo fone 999.906.041). Entre os dias 1º e 3 de junho, ocorre a Feira do Vinho, no Largo Carlos Fetter. No dia 3, o Farina Park Hotel promove curso de degustação de vinhos (informações pelo fone 3458-7033). E, no dia 4 de junho, está programada a 2ª edição da Caminhada do Vinho, seguida de almoço na Vinícola Perini, organizada pelo grupo Fiéis Escudeiros (informações pelo fone 999.277.418). Ao longo de todo período, varejos e vinícolas de Farroupilha que participam do evento comercializarão vinhos com preços promocionais, assim como alguns restaurantes e hotéis parceiros oferecerão taças de vinhos e sucos e pacotes promocionais. Detalhes da programação podem ser conferidas no site www.diadovinho.com.br.

Daniel Rufatto

A

lém do Piquenique no Parque, a programação alusiva ao Dia do Vinho reserva uma série de atrações em Farroupilha, desta sexta até o dia 4 de junho. A começar pelo Menarosto do Vinho, que acontece nesta sexta, às 20h, na comunidade de Santos Anjos (4º Distrito). Organizado em parceria pela Confraria Feminina do Vinho e do Espumante de Farroupilha e pela Afavin, o lucro do jantar será destinado às obras de restauração da Casa Padre Oscar Bertholdo, que futuramente abrigará a sede das duas entidades. Os ingressos para o evento estão sendo comercializados por R$ 70,00. Mais informações podem ser obtidas pelo fone 981.155.612. A programação comemorativa ao Dia do Vinho prossegue no sábado, com um curso de degustação de vinhos na Vinícola Perini (informações

Preservação de patrimônio Menarosto do Vinho, que acontece nesta sexta, tem como objetivo arrecadar recursos para restauração da Casa Padre Oscar Bertholdo

Dia do Vinho integra regiões

Com mais de 200 atividades espalhadas pelas regiões Sul, Sudeste e Nordeste do Brasil, a programação alusiva ao Dia do Vinho promete movimentar o enoturismo nacional. Há atrações para todos os gostos e bolsos. Algumas chamam a atenção pela excentricidade, como os tombos de polentas de 800 quilos, que acontecem neste fim de semana, em Monte Belo do Sul. Outras por proporcionar momentos especiais, como o evento que marca o encerramento do Dia do Vinho, que será realizado no dia 4 de junho, em Veranópolis, com orquestra de sopros, apresentações de teatro e circo e city tour a bordo de carros antigos. Fomentado pelo Ministério do Turismo, a promoção é realizada em parceria pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação do Rio Grande do Sul (Seapi/RS) e pelo Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria (SEGH) da Região Uva e Vinho.


4

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

A capacidade de se reinventar Adaptação. Em tempos de crise, como o atual, é uma palavra de ordem para sobrevivência no mercado. Se há um setor que conhece bem o termo em Farroupilha é o da indústria calçadista. Pilar da economia farroupilhense nos anos 80, o segmento sofreu com políticas cambiais e econômicas equivocadas, abertura de mercado, alto custo de produção... enfim, fatores que, nos anos 90, quase inviabilizaram o setor. Se tivermos um olhar mais macro, a crise foi benéfica ao permitir que o Setor

Secundário do município ampliasse sua gama de atuação, algo que acabaria por acontecer mais cedo ou mais tarde, mas um processo que foi acelerado diante da necessidade premente de se empreender, no sentido mais vital do termo, como forma de sobrevivência mesmo. Em resumo, a crise fez surgir novas possibilidades de negócio, como cadeias produtivas que estão fortemente sedimentadas na economia farroupilhense. Algo similar ocorreu no Setor Primário, quando anos de quebra sucessiva na

safra da uva, praticamente no mesmo período, fomentou o desenvolvimento de novas culturas, que faz com que Farroupilha seja, na atualidade, possivelmente o município que tenha a fruticultura mais variada do Rio Grande do Sul. Essa capacidade de extrair da crise algo positivo e utilizar ela como a chance de uma nova oportunidade é uma grife da cidade, caráter empreendedor pelo qual o município é altamente reconhecido. Voltando ao setor calçadista. Se parte dele sucumbiu, outra subsistiu não ape-

nas aprimorando a qualidade do produto, mas com uma mudança significativa: voltando atenções ao público feminino. Na próxima semana, de segunda a quarta, empresas farroupilhenses participam da 26ª edição do Salão Internacional do Couro e Calçado (SICC), que acontece em Gramado, no Serra Park, e mostram o que o município produz de melhor na área. Confira, no Caderno Especial, o processo de retomada do setor que, esperamos, seja acompanhado por outros segmentos econômicos.

Opinião

Mordidas! Ah, mordidas!!! Aline Lorencetti * Mais do que uma reação de raiva, as mordidas dadas pelas crianças pequenas, com até 2 ou 3 anos de idade, são uma forma de comunicação e de expressão de sentimentos. Nessa primeira etapa da vida, a criança ainda não domina a linguagem. Então, a forma que ela tem para se expressar, para se comunicar e interagir com os outros é pelos meios físicos, como morder, bater, puxar o cabelo. A criança, ao morder, deseja de forma rápida algum objeto ou chamar a atenção. As mordidas são usadas em situações diversas, e a criança vai avaliando quais efeitos que as mordidas têm: ela morde, conforme a reação, morde novamente. A criança não faz isso para machucar, tanto que ela também fica assustada quando o outro começa a chorar. As mordidas são comuns nessa idade e devem ser encaradas como uma etapa do desenvolvimento

normal em que a criança aprende a conquistar e dividir seu espaço. Sem dúvida é uma manifestação agressiva que machuca e intimida, porém pode ser entendida também como uma ação de exploração, reconhecimento e experimentação. O que não quer dizer que seja aceitável que a criança saia por aí distribuindo dentadas e é claro que esse comportamento deve ser desestimulado. É importante ressaltar que não há regras quando se fala de mordidas. Cada caso é um caso. Deve-se pensar na situação que desencadeou a mordida e avaliar o que pode ser feito para que a situação possa ser evitada. Deve-se pensar na criança que mordeu e na que foi mordida: quem são elas? Em que momento isso aconteceu? Como estavam hoje antes da situação? Como estão em casa? Deve-se cuidar dos dois lados, pois ambas necessitam de ajuda. Auxiliar a criança que mordeu a encontrar outras maneiras de manifestar

Índice

Editorial

Matéria Especial .................................... Páginas 2 e 3 Editorial e Opinião................................ Página 4 Economia .................................................. Páginas 6 e 7 Cidade ........................................................ Páginas 8 e 10 Política ..................................................... Página 11 Educação .................................................. Página 12 Esporte ..................................................... Páginas 13 a 15

Inside

Especial..................................................... Capa Cinemas ..................................................... Página 2 Música ....................................................... Páginas 3, 5, 8 e 9 Crônicas da Redação ............................. Página 4 Agenda....................................................... Página 4 Paulo Roque Gasparetto ..................... Página 5 Social ........................................................ Páginas 6 e 7 Fabrício Oliboni ..................................... Página 8 Dolores Maggioni .................................. Página 9 Sétima Arte .............................................. Páginas 10 e 11 Horóscopo ............................................... Contracapa Saúde, Beleza & Estética...................... 4 páginas Pets & Cia ................................................. 8 páginas XXVI SICC ................................................... 8 páginas Classificados .......................................... 8 páginas

suas vontades ou frustrações. Ajudar a que foi mordida a encontrar outras maneiras de se posicionar e se defender, envolvendo-a também na situação. Se o seu filho for mordido, nunca incentive a fazer o mesmo com outra criança. Mostre que o coleguinha não fez por mal e sugira que ele brinque com outras crianças e converse sempre com a professora. Os pais devem sempre procurar a professora e a direção da escola para que todos possam entender o que houve e ajudar a pensar soluções. Acontece algumas vezes que os pais brincam com os filhos usando a boca, dando pequenas mordidas nos mesmos, fazendo barulhos, etc. Essas atitudes não são erradas, mas podem confundir as crianças, que reportam para outras crianças as mesmas brincadeiras, porém podendo machucá-las, já que ainda não possuem domínio da força da mandíbula. Essas brincadeiras, apesar de trazerem

REDAÇÃO - REDACAO@JORNALINFORMANTE.COM.BR ALANA BOF ALANA@JORNALINFORMANTE.COM.BR DANIEL RUFATTO DANIEL@JORNALINFORMANTE.COM.BR JULIANA INÊS CASA BARBIERI JULIANA@JORNALINFORMANTE.COM.BR RAMON CARDOSO RAMON@JORNALINFORMANTE.COM.BR ROCHELI CAMARGO ROCHELI@JORNALINFORMANTE.COM.BR

sentimentos positivos, podem causar atitudes de agressividade na criança sem que percebam, pois ainda não controlam seus impulsos e não sabem distinguir o certo e o errado. Agora, fique atento se a criança tornar esse comportamento um hábito. Nesse caso, morder pode ser sinal de problemas de relacionamento, ciúmes, um irmãozinho chegando ou recém-nascido, pai e mãe se separando, mudança de casa ainda não assimilada, sentimento de rejeição, ansiedade ou outra situação emocional. Neste caso, procure ajuda. A escola também pode auxiliar. Aos poucos, as crianças vão apreendendo a se conhecer e vão descobrindo outras formas de sentir prazer e brincar, adaptando-se ao ambiente e se socializando, melhorando a convivência em grupo. * Psicóloga especialista em Infância e Adolescência

FINANCEIRO - FINANCEIRO@JORNALINFORMANTE.COM.BR KELI DE ALMEIDA MACIEL KELI@JORNALINFORMANTE.COM.BR

LOGÍSTICA - LOGISTICA@JORNALINFORMANTE.COM.BR LUIZ CARLOS DE ANDRADE LUIZ@JORNALINFORMANTE.COM.BR

ASSINATURAS - ASSINATURAS@JORNALINFORMANTE.COM.BR

COMERCIAL - COMERCIAL@JORNALINFORMANTE.COM.BR

ASSINATURA BIENAL: R$ 220,00 ASSINATURA ANUAL: R$ 120,00

TELEFONES

FABIANO LUIZ GASPERIN GASPERIN@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARCOS MARTINS MARTINS@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARIA DA GRAÇA POTRICOS LEITE MARIA@JORNALINFORMANTE.COM.BR PAULA ANDRESSA DOS SANTOS LAGO PAULA@JORNALINFORMANTE.COM.BR VALÉRIA GASPERIN VALERIA@JORNALINFORMANTE.COM.BR

(54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203

ENDEREÇO RUA DR. JAIME ROMEU RÖSSLER, 348, BAIRRO PLANALTO

COLUNISTAS

ANUNCIOS - ANUNCIOS@JORNALINFORMANTE.COM.BR ALEXANDRE FRANCISCO MACHADO ALEXANDRE@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARCELO BORTAGARAY MELLO MARCELO@JORNALINFORMANTE.COM.BR TIAGO RODRIGUES DA SILVA TIAGO@JORNALINFORMANTE.COM.BR

ARMANDO WARTHA CRÔNICAS DA REDAÇÃO DOLORES MAGGIONI FABRÍCIO OLIBONI GUILHERME MACALOSSI GUSTAVO PIMENTEL LAURO EDSON DA CÁS PAULO ROQUE GASPARETTO

@PaperInformante www.jornalinformante.com.br

/jornalinformante


5

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

Principais pontos da reforma trabalhista proposta pelo Projeto de Lei 6.787/16 (parte II) Daniela Vasconcellos Gomes *

O

Projeto de Lei 6.787/16 aumenta a multa a que o empregador está sujeito em caso de contar com empregados não registrados, que atualmente é de um salário mínimo por empregado, passando para R$ 3.000,00 por empregado não registrado, e R$ 800,00 quando se tratar de microempresa ou empresa de pequeno porte. Em relação às horas extras, o tempo despendido pelo empregado para deslocamento entre sua residência até o local de trabalho ou para seu retorno, por qualquer meio de transporte, não será mais computado na jornada de trabalho, pois não será mais considerado tempo à disposição do empregador. Hoje, a CLT contabiliza como jornada de trabalho o deslocamento fornecido pelo empregador para locais de difícil acesso ou não servido por transporte público. Do mesmo modo não será considerado como hora extra à jornada de trabalho, por não ser tempo à disposição do empregador, o período que o empregado adentrar ou permanecer nas dependências da empresa para exercer atividades particulares, seja para realização de práticas religiosas, de descanso, lazer, estudo, alimentação, atividade social de integração entre colegas, higiene pessoal, troca de roupa quando não houver obrigatoriedade de realizar a troca na empresa, ou mesmo por insegurança nas vias públicas ou por más condições climáticas. Em relação ao banco de horas, atualmente este pode ser estipulado por acordo ou convenção coletiva, e a compen-

sação do excesso de horas deve ocorrer no período máximo de um ano; já pela redação do Projeto 6.787/16 este também poderá ser pactuado por acordo individual escrito, desde que a compensação ocorra no período máximo de 6 meses. O regime de tempo parcial atualmente não deve exceder 25 horas semanais, e pela proposta contida nesse projeto de lei é que o trabalho em regime de tempo parcial seja aquele com duração de até 30 horas semanais, sem a possibilidade de horas extras por semana, ou de 26 horas por semana, com a possibilidade de acréscimo de 6 horas extras semanais. Em relação ao intervalo intrajornada, atualmente, se este não for concedido pelo empregador, deverá ser remunerado o período com acréscimo mínimo de 50% sobre o valor da remuneração da hora normal de trabalho. Pela redação do Projeto de Lei 6.787/16, a não concessão ou a concessão parcial do intervalo intrajornada implicará o pagamento apenas do período suprimido com acréscimo de 50% sobre o valor da remuneração da hora normal de trabalho. Com o Projeto de Lei 6.787/16 a reparação de danos extrapatrimoniais decorrentes da relação de trabalho deverá seguir alguns parâmetros, e se a ofensa for considerada de natureza leve, a reparação será fixada em até três vezes o último salário contratual; se a ofensa for considerada de natureza média, até cinco vezes o último salário contratual; se a ofensa for de natureza grave, até 20 vezes o último salário contratual; e se a ofensa for considerada gravíssima, a reparação deverá ser fixada em até 50 vezes o último salário contratual do ofendido. * Advogada (OAB/RS 58.090)


6

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

PROGRAMA MINIEMPRESA

Asas ao empreendedorismo Promovida em Farroupilha pela CICS Jovem, atividade proporciona a estudantes experiência prática em negócios go e do Estadual Farroupilha, que se encontra todas as terças. No total, serão 15 encontros em que os jovens terão a oportunidade de experimentar na prática os desafios do empreendedorismo. Presidente da CICS Jovem, Rodrigo Vettorazzi faz uma avaliação positiva da atividade até o momento.

Ilumina-Tchê

Número de colaboradores: 15 Colégio: Olga Ramos Brentano Produto: luminária de cordão de lã Matérias-primas: recortes de MDF, linhas de diferentes cores, parafusos, bocal para lâmpada, interruptor de acionamento, plug macho e fio paralelo de eletricidade Preço: R$ 29,90

Fotos: Juliana Inês Casa Barbieri

O

rganização, responsabilidade, criatividade, conhecimento de mercado. Características fundamentais para empreendedores de sucesso e que vêm sendo colocadas em prática por estudantes do 2º ano do Ensino Médio dos Colégios Estaduais Farroupilha, São Tiago e Olga Ramos Brentano. Desde o início de abril, eles participam do programa Miniempresa, que possui metodologia internacional desenvolvida pela Junior Achievement e, em Farroupilha, é promovido pelo Núcleo de Jovens Empresários da CICS. Foram montados dois grupos: um formado por alunos do Olga, que se reúne semanalmente nas segundas, e outro integrando alunos do São Tia-


7

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

“O trabalho está surpreendendo tanto em matéria de organização como de responsabilidade. Os dois grupos estão se dedicando bastante”, elogia Rodrigo. Cada grupo é acompanhado por quatro profissionais voluntários, os advisers, que orientam os estudantes nas áreas de Marketing, Finanças, Recursos Humanos e Produção. Os resultados inclusive já estão aparecendo, com ambas miniempresas atualmente em fase de comercialização dos produtos. Estudantes do Olga Ramos Brentano criaram luminária de cordão de lã A Ilumina-Tchê, miniempresa formada pelo grupo do Olga Ramos Brentano, optou pela produção de luminárias de cordão de lã. Os alunos são responsáveis por todo o processo, desde o recorte de sobras de MDF até a confecção da parte elétrica. Até o momento, já foram produzidas 44 luminárias e comercializadas 31, ao custo de R$ 29,90 cada. “Pensamos em produzir um produto sustentável, de baixo custo, esteticamente diferenciado e para

todas as idades”, explica a presidente da miniempresa, Jaqueline Oliveira, que conta com o apoio de 14 colegas. Interessados em adquirir as luminárias podem entrar em contato pelos fones 996.207.941 e 999.248.518 até 19 de junho. Opção de alunos do São Tiago e CEF foi por quadros decorativos Já a Decorcest, miniempresa integrada por 18 estudantes do São Tiago e do Estadual Farroupilha, aposta suas fichas em quadros decorativos. O presidente Lucas Giuliato explica que a definição foi por conta do preço elevado do item, que o torna inacessível à grande parte da população, e a dificuldade de encontrá-lo na região. “O nosso quadro, além de ser muito barato pelo seu tamanho e qualidade, oferece diversas opções de escolha. Além de diferentes cores, temos quadros para guardar tampinhas de garrafas, direcionado a quem gosta de cerveja, para guardar rolhas, para os admiradores de vinhos, e também os quadros cofre, para quem gosta de viajar”, elenca Lucas.

Até o momento, a Decorcest já comercializou cinco unidades e tem mais 35 encomendadas. Interessados em adquirir o produto, que está sendo vendido ao preço de R$ 80,00, podem entrar em contato pela página www. facebook.com/decorcest ou pelos fones 996.278.456, 996.647.668, 996.356.119 e 999.220.441.

Decorcest

Número de colaboradores: 18 Colégios: São Tiago e Estadual Produto: quadros decorativos Matérias-primas: MDF, cola para madeira, tinta acrílica, verniz, vidro e adesivos Preço: R$ 80,00

FISA CENTER MED

LifeDay: Serra Gaúcha ganhará novo hospital Sul e região um novo e moderno Hospital”, assinala Everton De Boni Santos, presidente da Fisa. A estimativa é de que, em todo complexo, sejam investidos cerca de R$ 100 milhões. “Os processos médico-assistenciais terão certificação internacional e as especialidades médicas estarão organizadas de acordo com as necessidades de saúde identificadas através do estudo epidemiológico da região”, indica o médico Claudio Seferin, diretor da Seferin&Coelho, que será responsável pela gestão e operação do Hospital. A previsão é que a estrutura seja inaugurada em 2020.

Divulgação

A região em breve ganhará um novo hospital. Trata-se do LifeDay, que integrará o Fisa Center Med, moderno centro médico que será erguido no Centro da vizinha Caxias do Sul. O empreendimento será viabilizado por meio de uma parceria entre a Fisa, maior construtora de alto de padrão de Caxias do Sul, e a Seferin&Coelho, empresa portoalegrense especialista em gestão de hospitais e planos de saúde. “Unimos a nossa experiência e credibilidade em empreendimentos imobiliários a profissionais da saúde com mais de 40 anos de experiência para garantir à comunidade de Caxias do

Investimento em Saúde Parceria entre Fisa e Seferin&Coelho viabilizará construção de novo hospital


8

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

Esquina

Valdemar homenageado em evento do CTG Rancho de Gaudérios

Com 31 anos dedicados ao Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Rancho de Gaudérios, o ex-patrão Valdemar José Busetti recebeu, ao lado da esposa Inês, das mãos do atual patrão, Douglas Pascoetti, esposa Vanessa e patronagem, o título de Sócio Benemérito da entidade. A entrega aconteceu na noite de sábado, durante o tradicional Jantar Baile das Rosas, que celebrou sua 26ª edição. Divulgação

PATRIMÔNIO

Prédio da Olavo Bilac será restaurado Serviços e livros serão transferidos para outro local enquanto durarem obras Adroir Fotógrafo/ Prefeitura de Farroupilha

Para a história Inês, Valdemar, Douglas e Vanessa: uma noite de festa e de reconhecimento pelos serviços prestados à entidade tradicionalista

Bingo arrecada R$ 9.735,00 para aplicar em ações da Amafa

O 6º Bingo promovido em prol da Associação de Pais e Amigos do Autista de Farroupilha (Amafa) teve sucesso em mais uma edição. A ação arrecadou R$ 9.735,00 com a venda de cartelas, comercialização de lanches e bebidas. O evento foi realizado no dia 19 de abril, no Salão Comunitário Luterano. Os valores já foram repassados à instituição que aplicará na manutenção dos serviços que atendem 34 autistas de Farroupilha e outros municípios da região. A realização do Bingo é anual, numa promoção do Rotary Club de Farroupilha, Rotary Club Farroupilha Nova Vicenza, Rotaract, Interact Club e Amafa. O evento reuniu cerca de 400 participantes.

Em obras Edifício de 1940, tombado pelo Patrimônio Histórico, vai passar por manutenções em sua estrutura

A

Biblioteca Pública Municipal Olavo Bilac vai passar por reformas em sua estrutura. Para isso, os 20 mil livros, os móveis e o atendimento ao público serão transferidos para outro local, que ainda não foi definido. Por enquanto, o atendimento no local segue parcialmen-

te suspenso, aberto apenas para renovações e devoluções de livros. No dia 5 de maio, foi realizada uma vistoria no edifício, que é de 1940. O piso, os beirais, o reboco interno e externo e as redes elétrica e pluvial passarão por manutenção. Por ser um edifício tomado pelo Patrimônio Histórico e Cultural, alguns cuidados precisam ser tomados na realiza-

ção das obras, “Quando se trata de um prédio tombado a gente não faz uma reforma, e sim um restauro, que segue critérios internacionais para manter a originalidade do prédio”, explica o arquiteto da Secretaria de Planejamento, Pablo Uez. Depois de iniciada, a obra está prevista para durar de 6 a 8 meses. O orçamento previamente calculado é de R$ 200 mil.


10

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

CONFRATERNIZAÇÃO

Sábado Solidário no IFRS Alunos e professores promovem celebração com crianças de escola municipal Arquivo Jornal Informante

E

ste fim de semana vai ser para celebrar a solidariedade em Farroupilha. Alunos e professores do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) vão realizar o Sábado Solidário. A ação vai promover um dia de festa para 50 crianças da Escola Municipal Zelinda Rodolfo Pessin. Será uma celebração com comidas e brincadeiras e, no final, as crianças serão presenteadas com um brinquedo. As atividades iniciam às 8h30min na sede do Campus Farroupilha do IFRS.

Campus do IFRS Local vai sediar a ação solidária com alunos da Zelinda neste sábado

Obituário 11 de maio Lodovina Mauri, 83 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de Nova Milano (4º Distrito); Joiceli Barbosa, 45 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 12 de maio Rosa Inês de Conto, 90 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal;

Dilma da Silva Macedo, 62 anos. Sepultamento no Cemitério da comunidade de Nova Milano (4º Distrito); José Graliki, 62 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 13 de maio Wally Clara Schmidt, 64 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal; Norma Flores Farias, 76

anos. Sepultamento no cemitério da Capela São José (4º Distrito). 15 de maio Maico De Souza Marques, 33 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza. 18 de maio Jacinto Luiz Klosinsk, 39 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal.

Alguém quer nos adotar? ONG dos Peludos

Diversos gatinhos estão em busca de um lar. Fêmeas, que estão com 50 dias, já comem ração e fazem as necessidades na caixinha de areia. Interessados em adotar podem manter contato com a ONG dos Peludos pelos fones 999.386.360 (WhatsApp) ou 992.122.466.


11

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

Daniel Rufatto

DE OLHO NAS ELEIÇÕES

Antecipe-se para evitar filas Eleitores devem ficar atentos ao cadastramento biométrico

A

mais de três anos das próximas eleições municipais, a contagem já é regressiva no Cartório Eleitoral de Farroupilha. Isso devido a projeção de que, a partir de 2020, a identificação biométrica será obrigatória para votar. Até o momento, dos 54.544 eleitores farroupilhenses, apenas 7.391 realizaram o recadastramento, o que corresponde a 13,55% (dados atualizados às 10h de quinta). “Temos cerca de 620 dias úteis até maio de 2020, quando fecha o cadastro para as próximas eleições municipais, e faltam quase 48 mil pessoas para serem recadastradas. Para evitar filas, precisaríamos atender de 70 a 80 pessoas por dia. No entanto, estamos atendendo apenas 45 em média”, explica Alexandre Bohrer, chefe do Cartório Eleitoral de Farroupilha. Como forma de alertar a população

sobre a importância de se antecipar para evitar a formação de filas nos últimos dias, o juiz eleitoral Mario Maggioni realizou o recadastro na terça. Na ocasião, ele conclamou os eleitores a comparecem o quanto antes ao Cartório. “As pessoas que deixarem para as últimas semanas podem enfrentar filas gigantescas, como aconteceu em Caxias do Sul. Se vierem parceladamente, será muito melhor”, destacou o magistrado. O horário de atendimento do Cartório Eleitoral é de segunda a sexta, das 12h às 19h. Confira, abaixo, os documentos necessários para efetuar o recadastro.

Documentos necessários Documento de identificação com foto (atualizado e em bom estado) Título de eleitor Comprovante atual de residência no nome do eleitor

Exemplo do magistrado Juiz Mario Maggioni compareceu ao Cartório Eleitoral na terça para efetuar o recadastro

Boca de Urna

Battisti Honorífico

Natural de Barros Cassal, o músico Alexandre Battisti será condecorado com o Título de Cidadão Honorífico neste ano. A indicação, do vereador Tiago Ilha (PRB), foi aprovada por unanimidade pelo Legislativo municipal na terça. Deficiente visual de nascença, Battisti encontrou na música a sua vocação, já tendo sido agraciado com diversas premiações em todo Estado. A outorga da comenda está prevista para o dia 10 de julho.

Piccoli Prefeito

Com Claiton na Marcha dos Prefeitos, em Brasília, e Pedrozo em Foz do Iguaçu, em missão especial na Receita Federal, coube ao presidente da Câmara de Vereadores, Fabiano André Piccoli (PT), assumir a chefia do Executivo municipal entre segunda e quarta. No período, o Legislativo foi comandado por Thiago Brunet (PDT), vice-presidente da Casa.


12

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

INICIATIVA

Projeto incentiva participação feminina na área científica Meninas do 9º ano da Rede Municipal de Ensino participam de aulas práticas de Química e Física no IFRS alana@jornalinformante.com.br

C

om o objetivo de incentivar a participação das meninas em áreas científicas como Química e Física, a professora do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) Tânia Bertholdo iniciou, em abril desse ano, em Farroupilha, o projeto Praticando Ciência no 9º ano. “O objetivo é despertar nas meninas o gosto pela área das ciências. Foi observado um histórico de decrescimento do interesse das meninas nessa área”, comenta Tânia. Conforme pesquisa realizada pela diretora do Instituto de Física da UFRGS, Marcia Barbosa, que avaliou bolsistas de

CNPq entre 2001 e 2011, a participação de mulheres no nível 2 na área de Física, por exemplo, era de apenas 10 %, com diminuição da taxa nos níveis mais elevados. Em um trecho do relatório da pesquisa intitulado “Mulheres na Física: por que tão poucas? Por que tão lentamente?”, Marcia explica um dos motivos que levam a tal resultado. “A ausência das mulheres em posições de liderança científica e acadêmica exibidas nos gráficos representam um problema para um País como o Brasil, que pretende se desenvolver rapidamente e de maneira inclusiva. Quando uma jovem não vê pesquisadora no topo, recebe uma mensagem de que este universo não é para ela”.

Foi pensando em reverter esse cenário que o projeto realizado pelo IFRS Farroupilha foi criado. As escolas municipais foram convidadas a participar e cada uma indicou duas meninas com bom rendimento escolar. Em encontros quinzenais, na sede do IFRS, a professora Tânia ensina duas turmas de 15 meninas. São trabalhados conteúdos na área da Química, como soluções, densidade e destilação, e da Física, como hidráulica, calor e eletricidade. O projeto despertou a curiosidade das alunas do 9º ano. “Eu me interessei porque queria aprofundar os conteúdos e fazer coisas diferentes”, relata a estudante Eduarda Barcellos. “Sempre gostei de Química e Física, mas na es-

Alana Bof

Alana Bof

Química na prática No 3º encontro do ano, meninas tiveram aula no Laboratório de Química

cola a gente aprende mais os conceitos teóricos, e aqui é a prática”, complementa Maria Eduarda Teixeira. EM 2017, o projeto segue

até outubro. Segundo Tânia, uma das ideias para o final do ano é promover uma visita das meninas ao Instituto de Física da UFRGS.


13

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

COPA FARROUPILHA DE FUTSAL FEMININO

Hora de conhecer as classificadas Três jogos, que encerram a fase de habilitação da Copa Farroupilha, acontecem neste sábado à noite, no Ginásio de Lourdes, e definem últimas duas vagas na fase de quartas de final da competição regional

A

abertura da última rodada da fase de classificação da Copa Farroupilha de Futsal Feminino teve apenas um dos três jogos e mais um time garantido nas quartas de final. Por contratempos, as equipes de Bento Gonçalves, BGF, atual campeã, e AFF, não compareceram aos confrontos contra a canelense Unidas e a caxiense Olimpia/AABB, que venceram os duelos pelo placar de 2 a 0. Com isso, a equipe de Canela também se garantiu na etapa eliminatória, ficando com a segunda vaga assegurada da Chave B. Ela está classificada ao lado de Olimpia/AABB e 1º de Maio (Chave A), BGF (B) e Fura Bola e Juventus (Chave C). No único duelo da noite, a farroupilhense Estrela fez 2 a 1 na bento-gonçalvense Abala e ainda tenta uma vaga como um dos melho-

res terceiros colocados. A noite começa com o embate mais decisivo. Ao caxiense Napoli basta uma igualdade contra a farroupilhense Valente, que necessita vencer e tirar uma diferença no saldo para buscar a classificação, duelo da Chave B. Na sequência, a farroupilhense Juventus e a Fura Bola, de Nova Petrópolis, lutam pelo 1º lugar da C. Por fim, a Poko Pika, de Carlos Barbosa, encara o 1º de Maio. Por ora, com um empate avança, mas talvez nem seja necessário dependendo dos resultados preliminares. O ingresso custa R$ 3,00. Os duelos iniciam às 19h, no Ginásio de Esportes do Colégio Nossa Senhora de Lourdes e, ao final dos confrontos, a posição das classificadas é nivelada, independente do grupo. O time de melhor campanha enfrenta o habilitado de pior campanha e assim por diante. Ou seja, 1º x 8º, 2º x 7º, 3º x 6º e 4º x 5º.

LIGA PARCERIA DA SERRA

Mau tempo adia quartas da LPS

O

fim de semana de chuva e instabilidade climática provocou o cancelamento das partidas de volta da fase de quartas de final da Liga Parceria da Serra (LPS). Os duelos que definem os semifinalistas acontecem neste sábado, na Linha

Sertorina e na Vila Jansen. No campo do Gaúcho, o Parceria necessita da vitória sobre o Barcelona, que só precisa de um empate para avançar. Na partida de fundo, ao Titanium basta uma nova igualdade com o Lyon. Na Jansen, Jansen e Oliveira Santana jogam por empates contra Amigos da Bola e Gaúcho para avançarem.

Classificação da Copa Farroupilha Chave A

Equipe 1) Olimpia 2) 1º de Maio 3) Poko Pika 4) AFF

Chave B Equipe 1) BGF 2) Unidas 3) Napoli 4) Valente

Chave C

Equipe 1) Fura Bola 2) Juventus 3) Estrela 4) Abala

P 7 4 3 0

J 3 2 2 3

V 2 1 1 0

E 1 1 0 0

D 0 0 1 3

GM 5 7 8 0

GS 1 1 2 16

SG 4 6 6 -16

P 6 6 3 0

J 3 3 2 2

V 2 2 1 0

E 0 0 0 0

D 1 1 1 2

GM 10 6 6 5

GS 5 8 6 8

SG 5 -2 0 -3

P 6 6 3 0

J 2 2 3 3

V 2 2 1 0

E 0 0 0 0

D 0 0 2 3

GM 7 7 2 2

GS 0 1 8 9

SG 7 6 -6 -7

Quartas de final (confrontos de volta) Linha Sertorina

X

X

Sábado, às 14h

Sábado, às 16h

Vila Jansen

X Sábado, às 14h

X Sábado, às 16h


14

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

RS Esportes

Vaga antecipada

Após um empate em 4 a 4 com a Afusca, de Cachoeirinha, e uma vitória por 5 a 2 sobre o Estylus Futsal, de Esteio, o farroupilhense Estrela está classificado à fase eliminatória da XIII Copa dos Campeões de Futsal, que é disputada em Esteio, no Ginásio Municipal. O time local tem seu último compromisso pela fase classificatória da competição marcado para a próxima quinta, quando enfrenta o Kamaradas Futsal, de Canoas, em busca do 1º lugar no grupo. São 24 equipes divididas em seis quadrangulares. Os dois primeiros e os quatro melhores terceiros avançam para as oitavas de final da disputa. A partir daí, as campanhas são niveladas (1º x 16º, 2º x 15º até o 8º x 9º).

Citadino de Caxias

Duas equipes farroupilhenses estão envolvidas no Citadino de Futsal de Caxias do Sul. Pelo Feminino, a Juventus atropelou a Ruana, no último domingo, por inapeláveis 15 a 0. Foi o segundo jogo e a segunda vitória da equipe na competição. São 12 times, divididos em dois hexagonais, e os quatro primeiros se classificam. Já pelo Masculino, o Estrela, após estrear com empate diante do anfitrião Pumas, por 1 a 1, voltou a atuar nesta quinta. Enfrentou o também caxiense Unidos Futsal, em confronto realizado após o fechamento desta Edição. São 11 times em chave única, que duelam entre si. Os oito melhores avançam às quartas.

Garantido nas oitavas Estrela está classificado à etapa eliminatória da Copa dos Campeões de Futsal, que é realizada em Esteio

Peneirão colorado

Neste domingo será realizada uma avaliação técnica pelo Sport Club Internacional no campo do São Paulo, em Nova Sardenha. As peneiras acontecem a partir das 8h para os atletas das categorias 2002 a 2004. No turno da tarde, a partir das 13h, serão avaliados os nascidos entre 2005 a 2008. A inscrição é gratuita e os documentos necessários para o cadastro são o preenchimento da ficha, cópia de RG e atestado médico liberando o atleta para a atividade. A organização é da Associação Atlética de Bento Gonçalves, em parceria com a Associação das Escolinhas de Farroupilha. Informações pelo e-mail contato.aabg@gmail.com ou pelo fone (54) 981.450.935.

Trabalho a ser valorizado

Com a bagunça promovida pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF) e seu péssimo presidente, não sobrou muito espaço para falar do Brasil na semana passada, mas cabe um reconhecimento ao trabalho desenvolvido pela direção e Comitê Gestor em mais uma temporada de muita luta para manter o futebol profissional na cidade. O rubro-verde foi um dos últimos a iniciar as atividades e mesmo assim fez frente a equipes que contavam com um investimento muito maior. Claro que foi um pouco frustrante, após três temporadas, verificar uma desclassificação precoce, ainda mais depois de um turno muito bom, mas é necessário avaliar todo o contexto. O foco está voltado a 2018 e uma das pretensões é de antecipar ações, seja na busca de recursos e até mesmo na definição da comissão técnica e montagem de elenco que, não resta dúvida, fará toda a diferença.

Sábado no campo e salão

A Liga Parceria da Serra tem, neste sábado à tarde, a definição de seus semifinalistas, com partidas realizadas na Linha Sertorina e Vila Jansen. À noite, no Ginásio de Esportes do Colégio Nossa Senhora de Lourdes, é a vez do futsal feminino, com as últimas partidas classificatórias da Copa Farroupilha e a definição dos cruzamentos, com as campanhas niveladas, para a fase de quartas de final da disputa. Confira mais na página 13.


15

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

AUTOMOBILISMO

Evolução, a palavra de ordem de Márcio Campos em Santa Cruz do Sul Piloto farroupilhense espera que problemas verificados nas duas primeiras etapas da temporada da Stock Car sejam sanados na 3ª etapa da temporada, a segunda em território gaúcho, que tem provas no domingo comentou Campos. A segunda etapa em solo gaúcho é um novo passo nesta caminhada. “A ideia é de buscar evolução. Estamos dando um passo de cada vez. Santa Cruz é uma pista muito técnica e todo piloto gosta de guiar lá, além de ser um Autódromo que recebe muito bem o público nas arquibancadas e acampamentos”, comentou. O fato de correr em casa também ajuda, já que a prova deve levar um bom contingente de torcedores até o município do Vale do Rio Pardo. Campos é o 28º na classificação da Stock, com 4 pontos, conquistados com o 17º lugar na primeira prova disputada no Velopark. Os treinos livres acontecem a partir desta sexta à tarde e seguem no sábado pela manhã, com o classificatório à tarde. As corridas ocorrem no domingo à tarde. Veja programação do fim de semana da Stock abaixo.

Stock Car O que: 3ª etapa da temporada 2017 Quando: desta sexta até domingo Onde: Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul Treinos livres: sexta, das 13h às 14h (Grupo 1) e das 14h05min às 15h05min (Grupo 2); sábado, das 9h05min às 9h45min (Grupo 1) e das 9h50min às 10h30min (Grupo 2) Treino classificatório: sábado, das 13h às 14h Prova 1: domingo, às 13h (40 minutos mais uma volta) Prova 2: domingo, às 14h10min (40 minutos mais uma volta) Na TV: ao vivo pelo SporTV 2

Shooters Photofiles

A

no de estreia, equipe recém-criada, adaptação à nova categoria. Dificuldades eram esperadas por Márcio Campos em sua primeira temporada na Stock Car. Competindo pela Blau Motorsport, o piloto farroupilhense enfrentou problemas nas duas primeiras provas da temporada, no Autódromo Ayrton Senna, em Goiânia, e no Velopark, em Nova Santa Rita. A expectativa é que parte deles esteja sanado para a 3ª etapa da temporada, que ocorre neste fim de semana, no Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul. “Projeto uma melhora. Encontramos alguns problemas nas duas primeiras etapas e a performance não foi a que gostaríamos. Mas acredito que tudo que vem acontecendo seja normal. A equipe é nova, então estamos aprendendo juntos”,

Mão na massa Equipe Blau Motorsport trabalha para sanar problemas e ajustar o carro de Campos


Imagens: Reprodução

1 º To r n e i o d e Fu t e b o l 7 C o l o r a d o s d e Fa r r o u p i l h a

ECONOMIA

Juliana Inês Casa Barbieri

Estímulo à livre iniciativa

Fotos: Ramon Cardoso

Pets & Cia e XXVI SICC, Cadernos Especiais da semana

CONFRATERNIZAÇÃO VERMELHA

Sucesso marca evento colorado Consulado da cidade organizou 1º Torneio de Futebol 7 Colorados de Farroupilha

N

em mesmo a chuva, que caiu de maneira insistente durante todo o domingo, foi capaz de estragar o 1º Torneio de Futebol 7 Colorados de Farroupilha. O evento, organizado pelo Consulado Colorado Farroupilhense, movimentou o Giovana Campo Clube. Foram 12 os times participantes na disputa. Divididos em quatro triangulares, eles jogavam dentro de cada grupo, avançando à fase de quartas de final os dois melhores e, a partir daí, confrontos eliminatórios até a decisão (confira resultados nas páginas centrais, junto às fotos do pódio e dos destaques individuais da competição). As partidas iniciaram às 8h e o caneco foi levantado pelo time Colorados do Giovana lá pelas 19h. Um almoço de confraternização também ocorreu no evento que teve a participação do ex-

-zagueiro Índio, o atleta com o maior número de títulos na história do Internacional. Além disso, o colorado Elias Figueroa dos Reis também expôs parte de sua coleção de camisetas na festividade. Confira, nas páginas centrais e na contracapa, fotos dos times envolvidos no torneio, que agitou o Consulado da cidade, agora comandado por Felipe Brentano.

Taça no armário Em casa: Colorados do Giovana ficaram com o título após vencerem competição na cobrança de pênaltis

Por pouco Trago Compressor saiu na frente, mas cedou empate e ficou com o vice

Fechando o pódio Academia do Povo parou na semi, mas triunfou na disputa do 3º lugar

CIDADE

Biblioteca Pública será transferida por problemas estruturais em prédio Prefeitura busca novo local para abrigar acervo, ao mesmo tempo em que tenta viabilizar os recursos para executar restauro na edificação Página 8 INSIDE

Dia do Desafio é lançado oficialmente em evento no Sesc

Encontro em Caxias reuniu representantes dos municípios da Serra, promoveu jogos coloniais e divulgou ações para DDD 2017 Capa POLÍTICA

De olho em 2020, Cartório Eleitoral quer agilizar recadastro biométrico

Objetivo do órgão é ampliar, de 45 para 70, a média de atendimentos diários no município Programa Miniempresa, promovido em Farroupilha pela CICS Jovem, oportuniza estudantes a vivenciarem na prática os desafios de empreender para evitar formação de filas futuramente Páginas 6 e 7 Página 11


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS

Foco na gestão preventiva Saúde da mulher foi uma das pautas do encontro que aconteceu na quinta, na Faculdade CNEC Farroupilha Juliana Inês Casa Barbieri

C

om o propósito de reunir a comunidade para avaliar, apresentar informações e debater melhorias, aconteceu a 9ª Conferência Municipal de Saúde, 1ª Conferência Municipal da Saúde da Mulher e 1ª Conferência Municipal da Vigilância em Saúde. Realizada no auditório da Faculdade CNEC Farroupilha na quinta, reuniu gestores, profissionais da área e comunidade em geral. Foi o médico de família, diretor do Departamento de Ações e Serviços da Secretaria Estadual de Saúde e professor da Escola de Saúde da Unisinos, Elson Romeu Farias, o primeiro palestrante. “Não há política sem ter a identificação de um problema e o foco na solução”, considerou Farias, ressaltando que a conferência é um canal aberto para diagnosticar as situações que precisam ser aperfeiçoadas no município. Quanto à saúde da mulher considerou que está caindo no município o número de gestantes assistidas com pré-natal, enquanto no Estado este índice vem aumentando, o que requer uma análise geral para elencar estratégias mais eficazes. Ainda de acordo com o médico, essa é uma das condições que acaba prejudicando também o sistema de saúde que recebe

Visão de especialista Farias foi palestrante nas Conferências e ressaltou que é preciso analisar dados da saúde local para desenvolver estratégias eficazes

demandas de doenças que facilmente poderiam ser prevenidas, como casos de sífilis congênita. Já os partos na cidade são 65% de cesáreas, outro dado que poderia ser melhorado a partir de políticas públicas, incentivando o parto normal. O mesmo

acontece com a mortalidade infantil, que está estável em Farroupilha, mas que deveria estar diminuindo. “Hospital forte é o que não tem internação desnecessária”, apontou, lembrando que o impacto inicial começa pelas medidas preventivas, evi-

tando ou retardando mortes de maneira precoce. Destacou que a saúde pública precisa levar em consideração os problemas das doenças crônicas, o aumento da população acima de 60 anos, a mortalidade infantil e ter foco na atenção primária à saúde.


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

Massagem Relaxante Terapêutica: diferenç

A

Equipe Espaço da Beleza *

ntes de entregar seu corpo a uma massagem, procure saber pelo menos um pouquinho sobre os tipos existentes e seus resultados para decidir, junto com o seu massoterapeuta, qual é a melhor opção para o que você está procurando. Existem algumas dúvidas sobre qual é a diferença entre massagem relaxante e terapêutica? Então, nesse artigo, vamos esclarecer para vocês as diferenças e as indicações para cada uma delas. Massagem terapêutica e massagem relaxante são praticamente a mesma coisa. A diferença é que a massagem relaxante (ou antiestresse) tenta diminuir o estresse do dia a dia, aliviar um intestino preso ou acalmar uma pessoa antes de uma prova ou um discurso em público, etc. Ela normalmente é leve e agradável, traz um tipo de bem estar que acalma o sistema nervoso. A massagem terapêutica é uma massagem que tenta resolver um problema ou dor, por exemplo: torcicolo, dor de cabeça, dores nas pernas, etc. Vamos dizer que a massagem terapêutica, em geral, pode doer um pouco mais. Agora, é bom prestar atenção na dor. A massagem não deve gerar uma dor que incomode o cliente, o massagista tem que usar o bom senso e ter uma técnica boa e experiência para poder fazer uma massagem terapêutica. Existe um tipo de dor que muitos clientes definem como “uma dor gostosa”, no sentido de que dói, mas que ajuda a soltar a musculatura. Dói e depois relaxa. Isso é gostoso. Uma dica importante: não é recomendado fazer esse tipo de massagem em pessoas com dores nas costas ou pescoço depois de um acidente ou queda. Quem pode fazer este tipo de massagem? Qualquer pessoa pode e deve fazer massagem terapêutica ou relaxante. A maior vantagem dessas massagens é que, tanto uma quan-

to a outra são adaptadas à condi massagens são um cuidado preve devem ser aplicadas com frequên bebê até o idoso. Existem situações específicas logias) que requerem cuidados es comunicadas ao terapeuta. A mass cia deliciosa e inesquecível. Para s o resultado esperado é simples: v se sentindo bem, leve, respirando outra sessão).


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

x Massagem ças e indicações

(gravidez, lesões ou outras patospeciais e que devem ser sempre sagem tem que ser uma experiên-

Divulgação

massagem? fazer massagem terapêutica ou remassagens é que, tanto uma quanição e idade de cada paciente. As entivo para manutenção da saúde, ncia em todas as idades, desde o

Massagem relaxante Leve e agradável, é muito indicada para aliviar o estresse diário

cia deliciosa e inesquecível. Para saber se sua massagem alcançou o resultado esperado é simples: você tem que sair de uma sessão se sentindo bem, leve, respirando melhor (e com vontade de marcar outra sessão). Venha conhecer nosso espaço e agende a sua sessão de massagem conosco! * Espaço da Beleza Centro Estético Independência, 555 – Centro de Farroupilha Fone (54) 3268-5511


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

PROJETO

Sábado tem aula de Yoga Atividade é gratuita, aberta à comunidade e acontece no Ceac Divulgação

N

este sábado tem mais uma aula gratuita do “Yoga para Todos”. Aberta ao público em geral, será às 9h, no Centro de Atendimento ao Cidadão (Ceac). Podem participar desde crianças até idosos. São duas aulas mensais, integram projeto que conta com nove instrutores e teve início em fevereiro. A intenção é de oferecer à comunidade o acesso facilitado à prática, além de divulgar a yoga. No período de verão as aulas acontecem no Parque dos Pinheiros, ao ar livre, mas tendo em vista as baixas temperaturas passarão, até setembro, para o auditório do Ceac. De acordo com Eduardo Fetter, um dos instrutores do projeto, o objetivo tem sido alcançado com boa adesão da comunidade e são entre 25 e

Para relaxar Última sessão de maio acontece neste sábado, no Auditório do Ceac

30 participantes em cada aula. O trabalho é realizado de maneira voluntária com a proposta única de fomentar a yoga. Para participar não há necessidade de inscrição, basta comparecer no local. É reco-

mendado ainda o uso de tapete, esteira ou manta para que o aluno fique melhor acomodado, além do uso de roupas confortáveis para a prática. Em junho as aulas serão no dia 11, às 10h e no dia 24, às 9h.

Programe-se O que: Yoga para Todos Quando: neste sábado, às 9h Onde: Ceac (14 de Julho, 713, Centro) Quanto: aula gratuita


Música

Banda We Are Revolution lança single “O que não era Nosso” nesta sexta, e prepara novidades Página 3

Inside

Música

República Beer recebe tributo a Led Zeppelin, com banda Presence, de São Lepopoldo Página 5

VIDA SAUDÁVEL

Desafio está lançado! Sesc promove evento de lançamento do Dia do Desafio, que esse ano será realizado em 31 de maio envolver pessoas de todas as idades e classes sociais”, explicou a gerente do Sesc caxiense, Luciana Stello, anfitriã do encontro regional. Para estimular adesão, muitas cidades participam de uma competição saudável para verificar qual consegue mobilizar uma porcentagem maior da população. Todas as pessoas podem contribuir, individualmente ou em grupo. Ao praticarem um exercício no dia 31, devem ligar para o Sesc para que seja feito o registro, até às 20h. O resultado da cidade vencedora de cada disputa será divulgado no site diadodesafio.org.br. Para disseminar as práticas nas redes sociais, os participantes podem utilizar a hashtag #encareseudesafio. No evento de lançamento, foram divulgadas quais cidades iram duelar. Esse

Alana Bof

F

oi durante um dia frio de um inverno rigoroso, no ano de 1983, que o prefeito de uma cidade canadense tomou uma iniciativa que se tornaria popular no mundo inteiro. Ele convocou a população a se exercitar. E assim nasceu o Dia do Desafio (DDD). O lançamento oficial da edição 2017, que tem como slogan “você se mexe e o mundo mexe junto” ocorreu na última terça. Na Serra, o evento foi realizado no Sesc de Caxias do Sul. Esse ano, o DDD será realizado dia 31. Nessa data, a população é convidada a praticar no mínimo 15 minutos de atividades físicas ou esportivas. “A ideia é que o Dia do Desafio dê um pontapé inicial para a mudança de hábito, para a prática regular de exercícios físicos. Queremos

ano, Farroupilha disputa com o município venezuelano de Punta de Mata. Além disso, o encontro promoveu o desafio colonial, no qual os convidados participaram de jogos como corrida de saco e cabo de guerra. Em 2017, mais de 20 Pa-

íses aderiram ao DDD, que é coordenado, no Brasil, pelo sistema Sesc. O Rio Grande do Sul, que teve a data incluída no calendário oficial a partir de uma lei publicada em 2006, é o segundo Estado brasileiro com maior número de cidades participantes.

Desafio colonial Cabo de guerra foi um dos jogos propostos para os convidados do lançamento oficial do Dia do Desafio 2017, no Sesc Caxias


Inside

2

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

Cinemas Imagens: Reprodução

Shopping Iguatemi (RST-453, quilômetro 3,5) Cinemas GNC 1: O Rastro - às 14h30min, 17h, 19h20min e 21h10min GNC 2: Corra! - às 15h e 19h45min (dublado), 17h15min e 22h (legendado) GNC 3: O Poderoso Chefinho (dublado) - às 14h15min e 16h50min GNC 3: A Cabana - às 19h10min (dublado) e 21h50min (legendado) GNC 4: Rei Arthur: A Lenda da Espada - às 13h40min e 18h40min (dublado e em 3d), 16h e 21h20min (legendado e em 3d) GNC 5: Velozes e Furiosos 8 - às 13h20min e 16h (dublado e em 3d), 21h30min (legendado e em 3d) GNC 5: Guardiões da Galáxia Volume 2 (dublado e em 3d) - às 18h50min GNC 6: Alien: Covenant - às 14h e 19h (dublado), 16h30min (legendado) GNC 6: Guardiões da Galáxia Volume 2 - às 21h40min Ingressos: segunda, quarta e quinta (exceto feriado) a R$ 20,00 e R$ 26,00 (salas 3d); terça (exceto feriado) R$ 14,00 e R$ 18,00 (salas 3d); sexta a domingo e feriado a R$ 25,00 e R$ 32,00 (salas 3d). Meia entrada todos os dias para menores de 18 anos e maiores de 60 (mediante apresentação de identidade), estudantes (mediante apresentação de Carteira de Identificação Estudantil) e para o Movie Club Preferencial.

Shopping San Pelegrino (Avenida Rio Branco, 425) Cinépolis 1: Rei Arthur: A Lenda da Espada - às 14h e 19h30min (dublado e em 3d), 16h50min e 22h (legendado e em 3d) Cinépolis 2: O Rastro - às 14h20min, 16h30min, 18h45min e 21h Cinépolis 3: A Cabana (dublado) - às 13h e 18h20min Cinépolis 3: Alien: Covenant (dublado) - às 15h45min e 21h45min Cinépolis 4: Rei Arthur: A Lenda da Espada - às 15h e 20h50min (dublado), 17h50min (legendado) Cinépolis 5: Corra! - às 13h45min e 19h (dublado), 16h15min e 21h30min (legendado) Cinépolis 6: Velozes e Furiosos 8 (dublado e em 3d) - às 16h e 22h25min Cinépolis 6: Guardiões da Galáxia Volume 2 (dublado e em 3d) - às 13h10min, 16h, 19h e 22h Ingressos: nas salas tradicionais, segunda a R$ 20,00; terça e quarta (exceto feriado) a R$ 14,00; quinta a R$ 24,00; sexta a domingo e feriado a R$ 25,00. Nas salas 3d, segunda a R$ 27,00; terça e quarta (exceto feriado) a R$ 18,00; quinta a R$ 30,00; sexta a domingo e feriado a R$ 31,00.

Sala de Cinema Ulysses Geremia (Luiz Antunes, 312) Era o Hotel Cambridge - sexta às 19h30min, sábado e domingo às 20h Matinê às 3h: Conduzindo Miss Daisy - quinta, às 15h Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (estudantes e sênior)

Uma estreia e uma despedida Raro terror nacional dirigido por João Caetano Feyer, “O Rastro” ingressa no circuito comercial e divide atenções com “Alien: Covenant”, com o regresso do cineasta britânico Ridley Scott à bem sucedida franquia que criou em 1979


Inside

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

3

Música

Banda WAR lança single nesta sexta Música “O que não é Nosso” está disponível nas plataformas de streaming como Spotify Marlon Peres

WAR Grupo é formaodo por Mateus Kurmann, Gabriel Parisotto, Giovani Ramos e Evandro Valer

Alana Bof alana@jornalinformate.com.br

A

Banda WAR (We Are Revolution) está com muitos projetos saindo do forno. Os guris realizaram, na semana passada, o primeiro show do grupo em São Paulo. O guitarrista da banda, Mateus Kurmann, classificou a receptividade do público na Capital paulista como fantástica. A banda, natural de Farroupilha, é formada por Mateus Kurmann, Gabriel Parisotto, Giovani Ramos e Evandro Valer e completa três anos em 2017. Nesse tempo, o grupo já lançou um álbum (Catharsis), abriu shows de bandas como a Fresno e tem até um fã clube, localizado na cidade de Pelotas.

Eles também obtiveram sucesso nas plataformas de streaming. O último single, “Filme de Terror”, já conta com mais de 47 mil plays no Spotify. Nesta sexta, a banda lança a música intitulada “O que não é Nosso”, produzida por Pedro Ramos, das bandas Topáz e Supercombo. Com influências do indie rock atmosférico, o single é uma espécie de confissão de alguém com sentimentos confusos. Segundo Matheus, é como se os personagens da história contada na letra da música estivessem em uma sessão de psicanálise. “Gosto de pensar na dualidade da música. Tudo dá a entender que é um triângulo amoroso, pois parecem dois personagens masculinos e um feminino. Talvez os dois masculinos são a mesma pessoa querendo ser outra o tempo todo para não perder

a personagem que deseja outra coisa que não é o lado original do seu ‘amado’. Como se ele exercesse um alter ego para conseguir viver esse relacionamento”, comenta o guitarrista. Outra novidade do grupo é o novo clipe, que já foi gravado e será lançado em breve. Para o ano que vem, o projeto é apresentar o segundo álbum da banda.

Lançamento Faixa: O que não é Nosso Artista: Banda WAR Produtor: Pedro Ramos Local da gravação: Gritaria Mix Master (SP) Mixagem: Léo Ramos


Inside

4

Crônicas da Redação Ramon Cardoso

ramon@jornalinformante.com.br

Eu não votei em Temer. Votei no Aécio, outro criminoso. Ainda que mais por falta de opção do que por convicção. Por tabela, tampouco votei nos governos do PT, ainda que eles tenham descoberto o Brasil em 2003. Aliás, neste espaço e até mesmo no Editorial (veja excerto da Edição 483 abaixo, que circulou no último dia 28 de abril), a opinião institucional do Tabloide, o Jornal Informante sempre defendeu a cassação da criminosa chapa Dilma/Temer e a convocação de novas eleições. Nossa posição foi 100% coerente com os fatos. Por isso mesmo, falamos da pauta com propriedade e tranquilidade, não com o oportunismo barato e vazio verificado desde o episódio que sacudiu Brasília.

Agenda

SEXTA

Veleiro Velho República Beer, às 23h Jorge Flores Boteco Antonielle, às 22h

SÁBADO Acústico do Zé Boteco Antonielle, às 22h Muinho c/Gromma (Warung) Muinho, às 23h59min

DOMINGO Piquenique no Parque Parque da Imigração Italiana, às 14h

Por conta disso, não fiquei nem um pouco surpreso com o que ocorreu na quarta à noite. Claro que é desalentador ver o estado de podridão que guia a política brasileira, mas convenhamos: saúde em colapso, 60 mil homicídios por ano e índices de ensino vexatórios não são fruto do acaso, isso falando apenas do tripé saúde, segurança pública e educação. O que me causou surpresa foi a Globo golpista denunciar o Temer e ser celebrada. Para essa gente, que certamente sofre de transtorno bipolar, a emissora deixou de ser golpista assim que Lauro Jardim publicou sua coluna escancarando a tramoia. Ser ou não golpista é um estado de espírito. Se o tempo está nublado, a chance da Globo ser golpista é grande. Se está bom, ela certamente não é golpista e assim por diante. Outra coisa que me deixou impactado foi a nota de Temer, dizendo que não sabia de nada. Tenho a impressão que já ouvi essa manifestação de maneira recorrente desde que a Lava-Jato começou seus trabalhos. Lembrei. Foi com Lula e Dilma. Mas para esse pessoal citado, esse que sofre de transtorno bipolar, certamente a catastrófica e incompetente dupla de ex-presidentes está falando a verdade e, de fato, não sabe nada de coisa alguma. Temer, claro, está mentindo. O que é necessário no Brasil, e de maneira urgente, é um mínimo de bom senso. Não falo de sensatez de gente que foi comprada com Bolsa Família e virou massa de manobra eleitoral, falo de gente esclarecida. Essa grenalização na política é absurda. Vi uma frase circulando nas redes sociais e acho que ela sintetiza de maneira apropriada o momento. Dizia o seguinte: “corrupção existe em todo o mundo, mas só no Brasil existe fã clube de corrupto”. Perfeita, não? O governo Temer, felizmente, caiu. Ele não renunciou na quinta, mas o fará logo mais. Lula será preso em breve e a fila que segue é grande: Dilma, Temer, Aécio, Calheiros, Sarney... Para haver um mínimo de esperança no futuro do País, todos necessitam ir para o xilindró. O Brasil precisa, mais do que nunca, ser passado a limpo.

Josué Braun

0% de surpresa, 100% de coerência

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017


FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

Inside

Música

Apresentação do grupo de São Leopoldo, será neste sábado à noite Jean Prim

Presence Banda se dedica a homenagear o Led Zeppelin

P

Paulo Roque Gasparetto prgasparetto@terra.com.br

Presence faz tributo a Led Zeppelin no República Beer

ara quem gosta de rock e, principalmente, de Led Zeppelin, o República Beer (República, 445) vai promover uma apresentação especial nesse sábado. A Presence fará um tributo a Led Zeppelin, às 23h. Natural de São Leopoldo, a banda é formada pelos músicos Moatan Carvalho, Victor Thomas, Rafael Pereira e Maurício Mendes. Fundada em 2014, o nome é uma homenagem ao 7º álbum do grupo britânico, de 1976. Led Zeppelin é considerado um ícone do rock internacional. Fundado em 1968, o grupo era composto pelo guitarrista Jimmy Page, o vocalista Robert Plant, o baixista e tecladista John Paul Jones e o baterista John Bonham. A banda lançou nove discos no período de 13 anos e se separou em 1980, após a morte de Bonham. Para o músi-

5

co da Presence, Rafael Pereira, o grupo motivou uma reviravolta no cenário musical. “Representa uma virada na música mundial. Foi a que melhor representou o sentimento do final do ‘paz e amor’ dos hippies, indo em direção de algo mais malicioso que o blues carrega, algo mais visceral”, comenta. A apresentação da Presence no República vai trazer no repertório as clássicas Stairway to Heaven, Rock and Roll e Whole Lotta Love, além de No Quarter e Since I’ve Been Loving You.

Programe-se O que: Presence: Tributo a Led Zeppelin Quando: sábado, às 23h Onde: República Beer (República, 445) Quanto: R$ 15,00

Dia Mundial das Comunicações Como sabemos, o advento dos meios de comunicação de massa, há cerca de um século, deu início a uma dinâmica de mudança e de evolução dos modos de interação da sociedade mediadas por tecnologias midiáticas. Por um lado, produziu uma extrema fragmentação dos códigos culturais que se combinam à multiplicidade de estilos e formas de sociabilidades fluidas, efêmeras, dispersas, pouco comprometidas com os projetos coletivos. Por outro, assistimos ao ressurgimento de comunidades baseadas em etnias, religião ou enclaves culturais. Constata-se, assim, no âmbito da Igreja Católica, uma nova concepção frente aos processos de comunicação. Há quem propugne, justamente com base em tais constatações, que o ciberespaço é um lugar povoado por igrejas, mesquitas, templos, catedrais, sinagogas, locais de oração de toda espécie. Para as Igrejas, por detrás de um clique existe um homem ou uma mulher, buscando Deus e com muitas necessidades de encontrar um verdadeiro sentido para a existência. As redes sociais são hoje o espaço de uma infinidade de novas comunidades que vão sendo criadas e recriadas. Precisamos estar ali para fazer a diferença. É o grande espaço que se abre hoje para a sociedade se comunicar de fato. A qualidade dessa comunicação vai depender de nós. Trata-se aí do aparecimento de novas dinâmicas de interação social, ou seja, estamos falando de uma vida em sociedade perpassada pelo vínculo tecno-social, cujos laços presenciais dão lugar às estruturas de conexões. Nessa direção, como acontece todos os anos, na Celebração da Ascensão do Senhor, comemoramos o Dia Mundial das Comunicações Sociais, este ano, no dia 28 de maio. O tema desse ano é: “Comunicar esperança e confiança no nosso tempo”, nos diz o Papa Francisco. Assim, na mesma direção das últimas mensagens para esse dia, o papa encoraja a todos que trabalham neste campo da comunicação para que anunciem de modo construtivo a vida, isto é, rejeitando preconceitos e promovendo uma cultura do encontro. Em sua mensagem, Francisco destaca que “num sistema comunicador onde vigora a lógica de que uma notícia boa não desperta a atenção, e, por conseguinte não é uma notícia, e onde o drama do sofrimento e o mistério do mal facilmente são elevados a espetáculo, podemos ser tentados a anestesiar a consciência ou cair no desespero”, destaca o papa. Na verdade, vivemos numa sociedade do espetáculo e sensacionalismo que nos torna indiferente diante da realidade. Para nós, cristãos, em Cristo, Deus fez-se solidário com toda a situação humana, revelando-nos que não estamos sozinhos e, segundo o Papa Francisco, também hoje é o Espírito que semeia em nós o desejo do Reino, através de muitos canais vivos, através das pessoas que se deixam conduzir pela Boa Notícia no meio do drama da história, tornando-se como que faróis na escuridão deste mundo, que iluminam a rota e abrem novas sendas de confiança e esperança. * Pároco da Paróquia Sagrado Coração de Jesus e doutor em Comunicação


Daniela Xu

P

Figurino global

arceria firmada com a Rede Globo, ainda em 2015, o Golden Center Shopping Atacadista fornece parte dos looks para “A Força do Querer”, a novela das 21h, no horário nobre da emissora. A atriz Paolla Oliveira, que interpreta a personagem Jeiza na trama, utilizou recentemente uma peça confeccionada pela grife farroupilhense Miss Vallen.

Rumo a Caravaggio

O Grupo Soprano promove, neste sábado, sua tradicional Caminhada ao Santuário de Caravaggio. A atividade, além de contar com adesão dos colaboradores da empresa, é aberta ao público, que receberá água, café, chocolate quente e terá sessão de alongamento antes do início da atividade. Esta é a 9ª edição do evento e a saída está marcada para as 9h, do Complexo Esportivo do Parque Cinquentenário.

Startup Weekend

Franciele Dal Monte prestigiou o aniversário de sua amiga Regina Bellini, em seu 13º evento beneficente para Associação Criança Feliz e a Liga Feminina de Combate ao Câncer na terça, na Boutique comandada por Regina

Arquivo Pessoal

Equipe reunida para a inauguração do o Ateliê Cy Severo Fotografia Na foto, Mariane Mertins, Marcos Juliano Severo, Cy Rezzadori S

Franciele Dal Monte

Divulgação

A 3ª edição do evento acontece neste fim de semana, na Universidade de Caxias do Sul (UCS). Das 18h desta sexta até às 20h de domingo, 100 participantes deverão apresentar, desenvolver e validar produtos ou serviços inovadores. O Startup Weekend Caxias ocorre no auditório do Bloco J da UCS.

Look assinado pela grife Senplo, comandada pelos empresários farroupilhenses Daniel Bossle e Rafael Schneider, no desfile da Casa de Criadores, em São Paulo, na semana passada

Os pais Everson Biasio e Katiane De Conto Biasio comemoraram, em grande estilo, o segundo aninho da pequena Érika na última sexta, na Pilim Pim Pim

Sem desfocar da área do mais preparada para ate Madeira aprimora seus Itália, com um curso de foto, ela e o professor R Inferno, em Valtellin


Diego Frigo

os eventos, mas buscando estar ender seus clientes, Tahís Fabbro conhecimentos em Enologia na e 10 dias realizado no País. Na Roberto Rabachino, na Vinhedo na, na região da Lombardia

Cristiano de Oliveira

Daniela De Rocco

a, que aconteceu na última quarta. Severo e Michele Heinen Lima

Andressa Florencio esbanjou beleza na noite de sábado na festa Parador Pepsi Club, com o tema Neon Project, no Quinta Estação

A pequena Vitória ao lado de seus pais, Bruna Pozza Garibaldi e Gelson Antônio Garibaldi, na comemoração de 5 anos, na semana passada, na Ticabum Festas

E-music

Fique por Dentro

Neste sábado o DJ Gromma estreia em Farroupilha, no Muinho Club. O músico, que é residente do Warung Beach Club e Club Vibe, promete agitar a noite da cidade com o melhor da música eletrônica. Os ingressos antecipados já estão à venda.

Moda da UCS

Para celebrar os 25 anos do curso de Design de Moda, a UCS realiza a exposição “Walter Rodrigues: Histórias de um Atelier”, que retrata momentos marcantes na jornada do renomado estilista. A mostra, que foi aberta na quarta, segue até o dia 31, das 8h30min às 22h, com entrada franca, e pode ser conferida na Galeria de Artes do Campus 8.


Inside

8

Fabrício Oliboni fabrioliboni@gmail.com

Uber e taxistas

* Agente de intercâmbio e bacharel em Relações Internacionais

Música

Encontros semanais celebram o choro Músico João Seben inicia projeto para incentivar o gosto pelo ritmo brasileiro Denise Cavalca

Se esse texto fosse escrito há alguns meses a sua repercussão seria maior, assim como as pautas seriam diferentes, dado o imediatismo do serviço de Uber no Rio Grande do Sul e suas implicações. Agora já não é mais novidade, é algo bem estabelecido e, segundo passageiros (meu caso) e motoristas, vai muito bem e tende a seguir crescendo exponencialmente. Os motivos para isso são claros: bom atendimento, serviço de qualidade, segurança, valor justo e respeito ao cliente. Não há fórmula mágica, apenas uma carência suprida por algo de qualidade, que é avaliado justamente pelos seus clientes. Ridiculamente simples, e efetivo na mesma medida. Sim, sou um baita fã do Uber. Eu cheguei a um ponto que uso táxi se for a última opção disponível, e ainda assim vou pensar um pouco mais para ver se não há outra alternativa. Não gosto de generalizar, os bons sempre acabam pagando pelos ruins, e é justamente o que acontece com os taxistas. Diria que a cada cinco viagens de táxi uma tem o preço justo e um serviço de acordo. Carros longe de estarem em condições ideais, grosseria, má vontade e aquela malandragem de dar mais uma volta se você não deixar claro que sabe exatamente aonde quer ir. Sim, já passei por algumas dessas situações, e muitas delas acontecem por meramente mau caratismo, mas também porque não há quem os regula, eles não dependiam da satisfação dos clientes, eram a única opção. Agora não. A concorrência é sempre benéfica, pois melhora o produto/serviço, faz com que você melhore se quiser se manter no mercado, e é isso que vem ocorrendo desde a chegada do Uber. Houve muita discussão na época que o Uber chegou no Brasil. Protestos de taxistas, agressões a motoristas do Uber, pressão para que o serviço não fosse regulamentado nas cidades e mais choro. Falo em choro mesmo, porque de imediato o que mais se viu foi isso, mas nada que representasse uma melhora do serviço de táxi. O caminho mais fácil é tentar desqualificar o outro, claro. Mas quem vai ser o juiz disso é o cliente, nós, os passageiros. E por isso mesmo o Uber, Cabify e similares são um sucesso. O que tenho percebido é que os bons taxistas têm migrado para o Uber. Melhores condições de trabalho, remuneração e liberdade de horários. Acredito que a tendência seja essa, dessa migração seguir aumentando. Por outro lado, em cidades que ainda não tem Uber o jeito é pegar táxi, e tenho notado uma melhora significativa, talvez reflexo da concorrência e necessidade oferecer um serviço melhor. O Uber conseguiu dar uma opção de transporte individual conveniente e de qualidade, uma grande lacuna da maioria das cidades. Se o serviço dos taxistas fosse bom, dificilmente seria criado o Uber. É uma lacuna deixada por eles mesmos, que certamente é positiva para todos, seja na forma de melhorar o que se fazia antes e competir com o Uber, ou ser um dos motoristas do aplicativo, o que parece ser algo mais vantajoso atualmente. Para quem acha sacanagem com os taxistas “tradicionais”, a questão é se adaptar. Profissões são criadas e extintas, da mesma forma que produtos e serviços. Alguém lamenta pelas vídeolocadoras enquanto escolhe o seu filme no conforto de casa pelo Netflix? Pois é.

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

Música daqui João Seben (à direita) estuda música na Oficina de Choro do Santander Cultural

M

ais um projeto com o objetivo de fomentar as atividades culturais na cidade iniciou na última terça. As práticas de choro em conjunto são uma iniciativa do músico João Seben, estudante e pesquisador da cultura do choro. A ideia é reunir pessoas em uma roda musical que vai acontecer todas as terças, das 20h às 22h, no Nômade Coletivo (Cel. Pena de Moraes, 715). “O motivo principal é fazer este gênero musical se expandir aqui na Serra, onde não temos muitos chorões (músicos de choro) e também formar um público e levar o choro ao alcance de toda a comunidade”, explica. O choro é considerado a primeira música urbana oriunda do Brasil, e nasceu da mistura de danças europeias com ritmos afro-brasileiros. João, que foi aluno da Escola Pública de Música de Farroupilha entre 2013 e

2016, estuda atualmente na Oficina de Choro do Santander Cultural, em Porto Alegre. “A música do nosso País é uma das mais ricas do mundo, mas infelizmente ela ainda não chega a todos os lugares e ao acesso de todos. Porém, me sinto otimista com a mudança deste cenário pois, com o acesso à internet hoje em dia, o pessoal pode procurar referências, desde músicas até material para estudo, e também se comunicar com colegas e amigos interessados na música brasileira”, complementa. Os encontros semanais no Nômade são gratuitos e abertos ao público interessado.

Programe-se O que: Práticas de Choro em conjunto Quando: Todas as terças, das 20h às 22h Onde: Nômade Coletivo (Pena de Moraes, 715)


FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

Música

Inside

9

Dolores Maggioni doloresmaggioni@terra.com.br

Concerto homenageia 120 anos de Pixinguinha Orquestra Municipal de Sopros de Caxias toca clássicos do músico nesta sexta Daniel Bianchi

Orquestra de Sopros Maestro Fernando Berti assumiu a regência do grupo no início do ano

O

músico e compositor Pixinguinha será homenageado pela Orquestra Municipal de Sopros de Caxias do Sul. O concerto intitulado Pixinguinha 120 anos, que lotou o Teatro Pedro Parenti (Casa da Cultura de Caxias do Sul) no dia 23 de abril, será reapresentado nesta sexta, às 20h, no mesmo local. Com regência do maestro Fernando Berti Rodrigues, o espetáculo conta com participação especial do cantor Rafa Gubert. Instrumentista, cantor e compositor, Alfredo da Rocha Viana Filho, o Pixinguinha, nasceu em 1898, no Rio de Janeiro. Com apenas 12 anos fez sua primeira apresentação musical profissional e ainda muito jovem foi tocar na Orquestra do Teatro Rio

Branco. Foi autor de diversas valsas e sambas, mas ficou conhecido como mestre do chorinho e como o maior flautista brasileiro. A apresentação de sexta vai ter no repertório, além dos clássicos Carinhoso e Lamentos, músicas das várias fases e facetas de Pixinguinha. Os ingressos custam R$ 5,00.

Programe-se O que: Concerto Pixinguinha 120 anos Quando: sexta, às 20h Onde: Teatro Municipal Pedro Parenti (Dr. Montaury, 1333, em Caxias do Sul) Quanto: R$: 5,00

Vitrais de Outono: vitral terceiro O infinito acende sua última lágrima. Parece extrair a raiz quadrada dos silêncios, por entre as multiplicações do mistério. Caminho no vazio que a onda beija. Cresce a tristeza na pele desta tarde outonal. Adiante, o barco, qual peixe perdido brilhando disperso sobre a superfície deste irônico oceano. Um vento submisso avança cantando pelas peles bronzeadas, incendiadas de verão. Há sinais de adeuses nas memórias, gemendo presságios desorbitados. O entardecer me embrulha de um gigantesco “não estar em mim”. Logo mais, vestir-se-ão de luto as estrelas e uma ferida amarga crescerá até os olhos; haverá um silêncio tão fundo, mais fundo até que a dor do Réquiem de Mozart. Rondando os crepúsculos, luas redondas golpearão de purpurina a fronte enrugada da ternura. A noite começa a mostrar seus pés na paisagem amordaçada de recordações. Logo mais a Via Láctea cunhará o céu; então, mãos invisíveis, reatadas de mil luzes, acariciarão o princípio deste escuro. Mesmo assim, há uma lágrima no espaço; engastada na fronte do sonhar. Tem, a minha solidão, a angústia das barcas vazias... a herança dos olhos ausentes... o mutismo das gargantas sem canções... o fremir dos ventos sirocos... Rego de cinzas a epiderme aberta de uma chaga que persiste até a agonia das vísceras. Rendo-me à noite, vestida toda em sombras e de tantas tardanças. Vigia-me o indecifrável nêutron da saudade, com sua carne sofrida e desenfreada. Curva-se a pálpebra da estrela que a escuridão da noite ainda não devorou. Derrama sobre mim seus olhos amarelos e sobre os enigmas fugazes dos tempos órfãos. Sei. Sonhos desvanecidos perdem-se nas rotas sem volta do firmamento, surpreendendo-me na margem de outro mundo convertido em súplicas. Tento multiplicar os momentos nos quais o coração escava novos sóis. Inútil. Os versos anoitecem com a noite. Que importância tem o jardim ou a flor? O sol ou o luar? A aragem ou a gaivota? Se há mãos blindadas de silêncio? Transcende-me este lento coração! Em seu próprio embrião, o alento recolhe auroras, todas naufragadas. Onde está a ardente fruição do beijo amante? Onde está o abraço descalço e quente, com trejeitos de alquimia? O calendário outonal chora no seu ventre... soma lágrimas ocultas... gestos tardios... solidões desprevenidas... transes límpidos desenhando uma estação de silêncios. Outono golpeia... reprime... convoca galáxias... acende noites sem trégua... interroga o mito e atinge, como navalha aberta, a brisa de todos os desejos que teimam em me assombrar. Só uma herança... minha alma, vencida de saudade. Por isso, tento acostumar-me à ausência de mim mesma. * Escritora


Inside

10

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

Sétima Arte

O luto que aproxima, desarma e humaniza “Manchester à Beira-Mar” tem uma tragédia que remete à outra, ainda mais surreal e impactante, mas sobretudo provoca muita reflexão a partir de sua tristeza devastadora

Q

uando recebe a notícia de que seu irmão mais velho, Joe Chandler (Kyle Chandler) faleceu, Lee Chandler (Casey Chandler) sequer consegue dimensionar o tamanho da tragédia, ainda mais quando Joe deixa, em testamento, a incumbência de que seja o tutor de seu filho adolescente Patrick (Lucas Hedges). Ao espectador, Lee demonstra não sentir a perda e até certo ponto parece ficar indiferente, mas à medida que a história de “Manchester à Beira-Mar” avança é possível compreender seu comportamento. Lee, na verdade, sente o luto à sua maneira, e o impacto dele é

fulminante justamente por remetê-lo a um passado que ele tenta, a todo custo, deixar para trás. Pivô de uma trágica perda familiar, Lee deixou Manchester para trás e também a vontade de viver. Trabalhando como um zelador na periferia de Boston, ele está imune a praticamente tudo, não deixa transparecer qualquer tipo de emoção e leva uma vida mecanizada e infeliz, como uma autopunição por conta de seu drama particular. Em resumo, voltar a Manchester é uma colisão frontal com o episódio mais devastador de sua jornada, que lhe abriu um buraco no coração e na alma. O encargo legal com o sobrinho não deixa a ele outra al-

ternativa do que retomar uma rotina de vida na cidade que lhe traz as piores memórias e para onde nunca mais gostaria de ter regressado. O tenebroso inverno de Massachusetts acaba por criar um cenário ainda mais desolador, mas nada que se compare à tristeza que emana do comportamento de Lee. A trama do cineasta nova-iorquino Kenneth Lonergan, que produziu

o roteiro e dirigiu o filme a partir de uma história solicitada pelos produtores Matt Damon e John Krasinski, é construída com maestria, alternando momentos do passado de Lee, como alguns plenos e repletos de felicidade, ao lado da esposa Randi (Michelle Williams), com o presente, em que parece desabar sobre ele, por circunstâncias que só o destino explica, uma espécie de cobrança e


Inside

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

11

Sétima Arte Divulgação

Globo de Ouro

Imagem: Reprodução

Venceu * Ator em Drama (Casey Affleck) Concorreu * Filme em Drama * Direção (Kenneth Lonergan) * Roteiro (Kenneth Lonergan) * Atriz Coadjuvante (Michelle Williams)

Oscar

Venceu * Ator (Casey Affleck) * Roteiro Original (Kenneth Lonergan) Concorreu * Filme * Direção (Kenneth Lonergan) * Ator Coadjuvante (Lucas Hedges) * Atriz Coadjuvante (Michelle Williams)

Luto diverso Histórias de vida entrelaçadas por uma tragédia: enquanto Lee Chandler (Casey Affleck) tem dificuldade para lidar com a questão, seu sobrinho Patrick (Lucas Hedges) supera a perda do pai com facilidade e ajuda, de certa forma, o tio a confrontar seus dramas

ajuste de contas pela tragédia a que deu causa no passado. Manchester à Beira-Mar tem o luto como eixo central e trata, sobretudo, das imensas dificuldades em lidar com ele. Um longa que aborda a perda em seu alcance mais pleno e contundente, mas que evidencia questões como arrependimento, aceitação, culpa, remorso e a necessidade de transpor barreiras e con-

frontar fantasmas. Uma brutal espécie de expiação de pecados terrenos, necessário para um mínimo de paz e redenção. Poucos filmes tiveram a capacidade de evocar uma tristeza tão visceral e é justamente nisso que reside a beleza singular da trama. “Espero que a plateia sinta que vivenciou um pouco da realidade de algumas pessoas e que se sinta instigada a refletir sobre como a

tragédia, o triunfo, a alegria e a tristeza se misturam e fazem parte da vida”, destacou Casey Affleck, de atuação monstruosa, consagradora e premiada, no making of da trama. Não há a menor dúvida que sua expectativa foi concretizada com sobras. No material de apoio, o diretor, atores e equipe de produção falam do filme e as particularidades de um drama tão pungente.

Título original Manchester By the Sea Título traduzido Manchester à Beira-Mar Direção e roteiro Kenneth Lonergan Gênero Drama Duração 137 minutos País Estados Unidos Ano de produção 2016 Estúdio Stage 6 K. Media The Farm B Story Distribuição Sony Pictures


12

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

É um momento de muitas reavaliações emocionais e também em seus relacionamentos. A Lua minguando indica um período propício para resolver pendências e observar suas atitudes. Esta é uma fase em que você é desafiado a equilibrar a tensão.

Touro - 21/04 a 20/05

Momento importantíssimo de reavaliações profissionais, emocionais e vinculadas à saúde. A fase lunar minguante indica um período oportuno para resolução de questões ligadas à carreira. Cuidado com as indulgências, preguiça e excesso de expectativas.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

Uma etapa muito importante para questões vinculadas ao amor e à amizade. A fase lunar minguante indica um momento de interiorização, reflexão e de fechamento de ciclo. Possibilidade do retorno de questões importantes vinculadas a relacionamentos.

Câncer - 21/06 a 20/07

É importante que haja um balanço entre dedicação à carreira e às questões pessoais. Possibilidade de contatos muito positivos na esfera da carreira. A fase lunar minguante indica um momento de desapego e de finalização de situações.

Leão - 21/07 a 22/08

É no setor de relacionamentos que temos a Lua minguante neste momento. Reflexões sobre os princípios, ideais e valores que regem os seus relacionamentos. É preciso que haja respeito às diferenças e à individualidade.

Vírgem - 23/08 a 22/09

Uma fase de importantes decisões e atitudes vinculadas às finanças. É um momento em que há a necessidade de harmonizar os próprios valores. A fase lunar minguante indica uma semana positivo para resolução de pendências no trabalho.

Libra - 23/09 a 22/10

Momento de importantes reavaliações emocionais. A fase lunar minguante indica um período de eliminação de antigas pautas emocionais. Cuidado com o excesso de expectativas e com a tendência a se considerar dono da verdade.

Escorpião - 23/10 a 21/11

Um momento importante para as questões profissionais e ligadas à saúde. A Lua minguante indica um período de interiorização e finalização de pendências. Questões éticas e vinculadas à justiça e relacionamentos estão em pauta.

Sagitário - 22/11 a 21/12

É importante respeitar a própria vontade e individualidade. Período de importantes reflexões sobre amizade, amor e atitudes emocionais. A Lua minguando indica um momento de observar suas atitudes, corrigir erros e resolver pendências.

Capricórnio - 22/12 a 20/01

Momento importante para a resolução de pendências materiais e emocionais. É uma fase em que deverá equilibrar a atenção dada à carreira e às questões pessoais. Reavaliações sobre seus objetivos de vida e, principalmente, aqueles vinculados ao trabalho.

Aquário - 21/01 a 19/02

Retorno de situações importantes relacionadas a viagens, estudos e justiça. É em seu signo que temos neste momento a Lua minguante. Uma fase de observar mais as próprias atitudes e buscar o aprimoramento.

Peixes - 20/02 a 20/03

Importantes questões financeiras estão se definindo neste momento, pisciano. É uma fase em que deverá utilizar mais a intuição e a sensibilidade na tomada de decisões. Cuidado com o egoísmo que poderá levar a dificuldades emocionais ou materiais.

Inside

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017


FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

VENDE-SE MERCADO no Bairro Volta Grande, possui ótimo espaço, perto de empresa de grande porte e malharias. R$ 70.000,00 Contato: 54 9 9908.6701 VENDE-SE CONSÓRCIO CONTEMPLADO DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. Crédito de R$ 240.000.00. Prestações de R$ 1.656,00. Já tem pago R$ 18.600,00. Este crédito pode ser usado para COMPRA DE IMÓVEL, CONSTRUÇÃO e REFORMA URBANA E RURAL. Aceito carro na entrada. Contatar: (51) 3523.3351 / WhatsApp (51) 99902-0829 / (51) 99226-2112.


2

OPORTUNIDADE: VENDE-SE APARTAMENTO NOVO, dois dormitórios, 62,94 m², com um box de garagem. Localizado à 2 minutos do centro. R$ 170.000,00. Tratar através dos telefones: 3261 2691 ou 99974 2745. CRECI 41503. VENDO TERRENO de esquina com 1.377m² a uma quadra da rodoviária e do Shopping Centro de compras. F. 99118-1642.

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017


FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

5

VENDO DOIS TERRENOS com duas casas, localização central em Arroio do Sal a uma quadra do mar. F.99118-1642. ALUGO SALA COMERCIAL, localizada na Independência, Bairro São Luiz, com 168m². Telefone para contato: 999513583 / 3268-1062. VENDO terreno de Cooperativa com área definida. F.: 99118-1642. VENDE-SE TERRENO de Cooperativa com 106 parcelas pagas. Área de terra comprada. Localizada na saída para o Salto Ventoso. APENAS R$ 9.500,00 Tratar com José, fone (54) 99925-2068.


Pets & Cia

Parte integrante da Edição 486. Não pode ser vendido separadamente

1 9 d e m a i o d e 2 017

AQUECIDOS

TRADIÇÃO

IMUNIZAÇÃO

LEGISLATIVO

ADESTRAMENTO

Página 2

Página 4

Página 5

Página 6

Página 7

Os cuidados com Pioneirismo e os A importância da Medidas e ações Centro Canino os pets para as 20 anos da Pet vacinação para protetivas estão Vale da Neblina estações frias Dog no município a saúde dos pets em discussão oferece serviço


2

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

CONTRA O FRIO

Pets merecem cuidado especial no inverno Prioridade para essa época do ano é manter o animal aquecido com roupas ou pelagem natural o animal para não criar fungos. As tosas devem ser evitadas, pois a pelagem normal do animal ajuda a protegê-lo do frio. Outra dica é aumentar a frequência da escovação pois eles tendem a se lamber mais nessa época do ano, especialmente os gatos. Se tiverem muitos pelos soltos, eles acabam engolindo uma quantidade elevada, formando bolas de pelo que podem acarretar em prisão de ventre. As doses de alimentação devem ser mantidas normalmente, pois apesar de gastarem mais energia para se aquecer, os animais costumam ficar mais sedentários nessa época do ano. A casinha do pet também merece uma atenção especial no inverno, como forrar o chão com cobertor, papelão ou jornal. Outra dica é colocá-la em um lugar sem correntes de ar.

Divulgação

A

ssim como mudamos alguns hábitos com a chegada do frio, os pets também merecem uma atenção especial no inverno. Para que se mantenham aquecidos, é indicado o uso de roupinhas, especialmente para animais de pequeno porte e com pouca pelagem. São recomendados tecidos como algodão e malhas macias, pois lãs e tecidos sintéticos podem causar alergia. Já os calçados devem ser usados apenas em caso de neve ou geada. No caso do banho, o mais adequado nessa época é levar o animal para um pet shop, onde serão adequadamente escovados e secados. Se o banho for feito em casa, a recomendação é utilizar água morna e secar bem

Protegidos Cuidados básicos devem ser realizados a fim de evitar complicações nas estações mais frias


4

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

PET DOG

Pela qualidade de vida animal Pioneira em banho e tosa no município, oferece atendimento clínico e hospedagem para cães e gatos eficácia às cirurgias. “Nos procedimentos cirúrgicos/ anestésicos há monitoramento cardíaco, controle da pressão arterial, da temperatura, oximetria e todo acompanhamento necessário para garantir maior segurança durante o procedimento”, destaca Cristina, lembrando que cada vez mais as técnicas se igualam aos cuidados mantidos com os humanos. Outro diferencial da clínica é o conhecimento sobre comportamento animal, oferecendo orientações e consultas específicas. Quanto às vacinas, disponibiliza doses que previnem a leishmaniose e giardíase, além das tradicionais contra a raiva, gripe e a polivalente. O banho também conta com sistema de monitoramento por câmeras e quanto à hospedagem, o espaço é coberto e há pátio, atendendo a necessidade de cada pet para que ele se sinta realmente em casa.

Juliana Inês Casa Barbieri

A

Pet Dog tem 20 anos de atuação em Farroupilha. Com serviços completos na área, a clínica conta com equipamentos de ponta no atendimento a cães e gatos. Coordenado pela médica veterinária Cristina Prause, oferece consultas, inclusive dermatológicas, vacinas, cirurgias, anestesia para animais idosos, limpeza dentária, monitoramento cardíaco, ultrassom, eletrocardiografia, exames de sangue, pele, além de farmácia. São exames e serviços que garantem um melhor e mais ágil diagnóstico, encaminhando ao tratamento correto. De acordo com a veterinária, a anestesia para idosos, por exemplo, tão temida em anos passados por representar risco de vida ao animal, evoluiu de maneira significativa, possibilitando ainda maior segurança e

Serviços da Pet Dog Veterinária Cristina, junto aos mascotes da clínica, mostra instalações de hospedagem


5

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

VACINAÇÃO

Fundamental para proteger Imunizar cães e gatos é garantir um desenvolvimento saudável e uma vida mais longa para os pets

A

imunização é imprescindível para proteger o animal e também quem convive com ele, já que muitas doenças podem ser transmitidas para o homem. Prevenção que vai das enfermidades mais corriqueiras até as que podem ser fatais. Toda vacinação deve ser iniciada quando é filhote e também é preciso estar atento aos reforços anuais. O médico veterinário é o único profissional legalmente habilitado a fazer a aplicação, dar todo o suporte e esclarecimentos necessários. Também é importante que seja um estabelecimento confiável, que armazene as doses de maneira correta, em temperatura adequada e aplique de acordo com as instruções. Entre as principais vacinas para cães está a Polivalente que previne Cinomose,

Coronavirose, Hepatite infecciosa canina, Adenovirose, Leptospirose e Parvovirose. Deve ser aplicada em três doses e o reforço é anual. Há ainda a vacina contra a raiva, aplicada a partir dos 3 meses de vida, que também é repetida anualmente, e a proteção contra a giardíase, que pode ser feita a partir dos 60 dias e reaplicada a cada ano. Além dessas, há a imunização contra a leishmaniose e para os cães também é importante a dose contra a gripe. Para os gatos, entre as principais está a Quíntupla que previne Rinotraqueíte, Calicivirose, Panleucopenia, Clamidiose e Leucemia, sendo que é administrada em duas ou três doses. Há ainda a antirrábica que é anual. A recomendação é não expor os pets ao contato com outros não vacinados até completar o ciclo das imunizações, quando estarão realmente protegidos.

ão

lgaç

Divu

Com mais saúde É preciso ficar de olho nas imunizações necessárias e repetir as doses anualmente


6

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

CÓDIGO DE CONDUTA

Amparados por políticas públicas Frente Parlamentar do Legislativo cria medidas de conscientização e ações protetivas para os animais A microchipagem, esterilização de animais em situação de vulnerabilidade, tendo em vista o controle populacional, também integram os objetivos do Código. Medidas de proteção às zoonoses, que são as doenças que podem contaminar os humanos, também integram a pauta. Em fase de construção, ainda não há data para que os vereadores apresentarem o conteúdo do documento. Posteriormente, o projeto será encaminhado para o setor jurídico da Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton e apresentado à Secretaria Municipal de Meio Ambiente que responde pelo segmento em Farroupilha. O material será ainda apresentado para ONGs de proteção animal.

Gabriel Venzon

A

Frente Parlamentar de Apoio ao Bem-Estar à Vida Animal está trabalhando na criação e melhoramento de políticas públicas na área. Presidida pela vereadora Eleonora Broilo (PMDB), atua também na confecção de um Código de Conduta para tutores de animais domésticos de pequeno porte. “São vários objetivos, mas os mais importantes dizem respeito à conscientização da comunidade farroupilhense para adoções, mostrando a importância da responsabilidade com o seu animalzinho de estimação”, explica Eleonora, reforçando ainda que visa, a curto e longo prazo, a erradicação de maus-tratos e situações de abandono.

Em discussão Vereadores elaboram Código de Conduta que aborda desde esterilização, microchipagem e controle de zoonoses


7

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

COMPORTAMENTO ANIMAL

Adestramento para relação harmoniosa Centro Canino Vale da Neblina oferece serviços completos na área, além de hospedagem que é adestrador há oito anos. O Vale da Neblina ainda oferece hospedagem e comercializa animais da raça Pastor Belga Malinois, que é o cão de trabalho mais empregado pela polícia no mundo. Vende filhotes geneticamente selecionados e também os adultos treinados. Como grande diferencial do Centro de Adestramento Canino, Cesar aponta que é a flexibilidade com relação à necessidade do cliente, podendo fazer o treinamento do cão em casa ou em modo de internato no próprio local, que conta com ampla área verde, proporcionando bem-estar e segurança. Além de Cesar, atuam ainda os adestradores Marcelo Ferreira, Janaina Ganzer e um auxiliar. Nesta sexta e sábado também sedia um Seminário Internacional de Mantrailing, que é uma metodologia de busca de pessoas desaparecidas com cães. Contará com participantes gaúchos, de Santa Catarina, Paraná, Uruguai e Argentina.

Divulgação

U

ma das referências na região quando se fala em adestramento canino é o Vale da Neblina. Há cinco anos instalado na Linha 30, 2º Distrito de Farroupilha, entre Mato Perso, em Flores da Cunha, e Forqueta, em Caxias do Sul, trabalha com adestramento de obediência, guarda e defesa, detecção, terapia e assistência. Atua com cães para se comportarem corretamente em casa, junto à família, até proteção pessoal ou patrimonial, terapia em clínicas e assistência de pessoas com necessidades especiais. Há ainda grupos de treinos em algumas modalidades, como busca de pessoas perdidas com cães. “O mais procurado é o adestramento de obediência básica, já que as pessoas sentem a necessidade de ter um companheiro fiel e feliz dentro de sua casa, evitando conflitos indesejados”, considera Cesar Augusto Beux,

Com obediência O adestramento canino garante uma melhor relação, evitando conflitos comportamentais


XXVI SICC

Parte integrante da Edição 486. Não pode ser vendido separadamente

1 9 d e m a i o d e 2 017


2

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

APRESENTAÇÃO

Expectativa de bons negócios Reunindo principais marcas e lançamentos do setor, 26º SICC acontece de segunda a quarta, em Gramado retor da empresa promotora da Feira, a Merkator. O clima geral é de otimismo. Após dois anos de dificuldades por conta da crise, que refletiu diretamente no volume de vendas do setor, a expectativa é de reaquecimento do mercado interno. Assim como de manutenção do ritmo de exportações, que no ano passado teve ampliação de 4%, sendo que o desempenho foi acentuado no último trimestre. “O mercado internacional está cada vez mais atento ao produto brasileiro e precisamos utilizar esse potencial para fechar bons negócios”, frisa Pletsch. Tradicionalíssima no segmento, a indústria farroupilhense estará representada na Feira por Grendene, L’Hombre, Terra&Água e Tonin. Confira, nas próximas páginas, detalhes sobre a participação das empresas.

Dinarci Borges/FlashTOP

G

rande vitrine nacional das coleções primavera/verão, o Salão Internacional do Couro e do Calçado (SICC) será decisivo para a comercialização efetiva do ano. Tanto é que as principais marcas estarão presentes e apresentarão novidades durante o evento, que será realizado de segunda a quarta, no Serra Park, em Gramado (rua Henrique Belotto, a dois quilômetros do Centro da cidade). “As feiras são cruciais para o setor. São aqueles poucos momentos em que todos se olham nos olhos, relações são construídas e consolidadas. Algumas palavras definem o SICC, como sinergia, contemporaneidade, entretenimento, turismo e negócios. São as bases que nos farão seguir na trilha do crescimento”, assinala Frederico Pletsch, di-

Casa cheia Corredores lotados do Serra Park demonstram importância da Feira para o setor


3

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

HISTÓRIA

Tradição na produção de calçados Apesar das dificuldades, indústria farroupilhense segue sendo sinônimo de qualidade e confiabilidade no setor Arquivo Jornal Informante

O

desenvolvimento de Farroupilha está intimamente atrelado à sua vocação para produção de calçados e artefatos em couro. Uma trajetória que inicia antes mesmo da emancipação política, com algumas pequenas fábricas de calçados, e chegou ao auge nas décadas de 70 e 80. Naquela época, o setor era o motor da economia farroupilhense, chegando a empregar mais de 9,5 mil funcionários com carteira assinada. As empresas iam buscar trabalhadores em um raio de 60 quilômetros para ter mão de obra suficiente, colaborando decisivamente para o crescimento populacional da cidade. No entanto, fatores como a instabilidade econômica do País no início dos anos 90 e a concorrência chinesa, aos poucos, foram mudando este cenário. Hoje são aproxi-

Vocação antiga Crescimento de Farroupilha nas décadas de 70 e 80 teve forte relação com pujança do setor coureiro-calçadista no período

madamente 2,5 mil os empregados no setor, que ocupa a 8ª colocação entre os mais importantes para a economia do município. Mesmo que os números não sejam

mais os mesmos, a indústria farroupilhense segue tendo grande representatividade. Design e inovação, aliada a qualidade e tradição, são características inerentes à produção local, que,

mais uma vez, apresentará todo o seu potencial em Gramado, durante a 26ª edição do Salão Internacional do Couro e do Calçado (SICC), de segunda a quarta, no Serra Park.


4

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

GRENDENE

Ditando as tendências da estação Maior exportadora de calçados do Brasil, empresa apresentará no SICC Gramado 2017 novidades de suas marcas Marcas que são referência no mercado, Cartago, Grendene Kids, Grendha, Ipanema, Ipanema Kids, Rider e Zaxy terão estandes próprios no evento. Todas referendadas pela qualidade e tradição da Grendene, que manteve em 2016, pelo 14º ano consecutivo, a liderança nacional nas exportações de calçados, com 31,8% do total do mercado.

Conheça mais da Grendene

Fundada em Farroupilha em 1971, a Grendene inicialmente atuou no mercado de telas para garrafões de vinho. Passou a produzir calçados injetados no final daquela década e, hoje, é uma das maiores do mundo, com capacidade de produção de 250 milhões de pares/ano e mais de 20 mil funcionários. Forte tanto no mercado interno, como no externo, onde está presente em mais de 100 Países, a empresa, cuja sede administrativa fica em Farroupilha, é uma das principais referências do setor.

Divulgação

P

raticidade. Conforto. Estilo. Características notórias dos calçados produzidos pela Grendene, que deverá ter presença marcante na 26ª edição do SICC, em Gramado. A empresa farroupilhense levará à Feira diversas novidades, sempre aguardadas com ansiedade pelo segmento por ditarem as tendências da estação.

Conforto e estilo Cartago, marca da Grendene voltada à produção de sandálias masculinas, é uma das que marcará presença no SICC 2017


5

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

NOVO FOCO

L’Hombre: do clássico ao casual çã lga

nobres e está sempre em busca de atualização. Este ano, a L’Hombre vai trazer algumas novidades. Além dos calçados tradicionais, reconhecidos pela elegância, a empresa também vai apresentar sapatos com design mais casual. “São produtos focados principalmente nos jovens de 18 a 30 anos, os jovens empreendedores”, explica Dal Pizzol. Os modelos das mais de 10 coleções, que vão do executivo ao dance, também podem ser conferidos no site lhombre.com.br.

Div u

C

om 45 anos de história, a L’Hombre Calçados também vai estar presente na edição de 2017 do SICC em Gramado. O diretor da empresa, Ademir Dal Pizzol, considera importante a participação no evento. “Traz visibilidade, para que nós possamos prospectar novos negócios a nível de Brasil e também para exportação”, comenta. Atualmente, a L’Hombre exporta para 15 Países e tem representantes em diversos Estados brasileiros. A empresa é especializada em calçados masculinos de couro feitos com materiais

o

Empresa farroupilhense especializada em sapatos masculinos investe também em coleção casual

Despojado Novidades da tradicional grife farroupilhense buscam atingir um público mais jovem


6

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

MODA VEGANA

Inovação com Terra & Água Referência em calçados femininos, marca remodela cartela de cores e apresenta novos adereços novos negócios e conhecer novos clientes, além disso, apresentar a marca Terra & Água e as suas novidades na coleção de Primavera-Verão 2017/2018”, considera Vadis Sinhor, diretor da empresa. Outro diferencial da marca é que utiliza matéria-prima de maneira consciente, também reduzindo resíduos e produzindo calçados que são totalmente recicláveis. Não utiliza nenhum produto de origem animal, o que faz com que os pares sejam 100% veganos, a partir de injetados à base de PVC, num mix com outros materiais como tecidos e EVA. A empresa é ainda certificada pelo Programa Origem Sustentável e comercializa para cerca de 30 Países entre América, Europa, Oriente Médio, África e Ásia, levando sua moda para mulheres de outras culturas, mas que buscam pela mesma qualidade e design.

Divulgação

A

tendendo da moda praia ao conforto do dia a dia, a Terra & Água preparou para o SICC Gramado os solados flatforms, slides, estampas florais com toda a cartela de cores remodelada e ainda promete algumas surpresas especiais para os visitantes da Feira. A constante preocupação com a qualidade, conforto e inovação é que tornam a Terra & Água referência no segmento. Na coleção Primavera/Verão, a excelência da marca fica ainda mais evidente com apostas em novos enfeites, diferenciando as peças com um toque sofisticado e elegante, presentes nas Linhas Estilo Conforto, Urban Design até as estampas e tendências em cores alegres da Moda Praia. “Participar do Salão Internacional do Couro e do Calçado é um importante momento para prospectar

Diferencial Terra & Água aposta em material de qualidade para garantir conforto e durabilidade


7

FARROUPILHA, 19 DE MAIO DE 2017

TONIN

Design diferenciado em carteiras Com 13 modelos disponíveis em diferentes cores, nova coleção da M. Valentin alia qualidade e valores acessíveis

C

om 35 anos de história, a Tonin é outra farroupilhense que marcará presença no Salão Internacional do Couro e do Calçado (SICC) de Gramado. Um dos atrativos que a empresa levará para o evento é a nova coleção de carteiras da marca M. Valentin. São 13 diferentes modelos de carteiras, disponíveis nas cores preto, cinza,

azul, vermelho e marrom. “Esta marca atinge um público que procura a qualidade e carteiras com um valor mais acessível”, destaca Bruna Tonin, designer da empresa. O estande da Tonin no SICC é o de número 345, no Corredor C (esquina com a Rua 6), onde também será possível conferir lançamentos em outras linhas de produtos, como malas com estampas exclusivas e mochilas com design prático.

Conheça mais da Tonin

Fundada há 35 anos em Farroupilha, a Tonin começou as atividades em um pequeno porão produzindo capangas e tiracolos e hoje é uma das principais fabricantes de malas, carteiras e acessórios para informática do Brasil. Atualmente sediada no quilômetro 117,2 da RSC-453, na Linha Vicentina (3º Distrito), a empresa se destaca por produzir artigos que unem qualidade e design, além de contar com pontualidade na entrega e bom relacionamento com toda a cadeia como outras características de destaque.

Divulgaçã

o

Novidade para o SICC Tonin lança, durante a Feira, nova coleção de carteiras da marca M. Valentin, além de novas linhas e mochilas


Edição 486  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you