Page 1

so

do

on

r Ca

m

Ra

FARROUPILHA

|

ANO X

| EDIÇÃO 485

| 1 2 D E M A I O D E 2 017 |

R$ 3,00

Largada para a Fenakiwi

Trio de soberanas, Renata Agazzi, Leticia Capelezzo e Lizandra Toso iniciou, na quarta, campanha de divulgação da 22ª edição da Festa - Inside, capa e página 3


2

FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017

DIA DAS MÃES

Coração que sempre cabe mais um Angelina e Débora contam suas histórias numa homenagem a todas as mães, das quase centenárias às jovens lutadoras juliana@jornalinformate.com.br

F

alar das mães não é tarefa fácil. Cada uma com suas vivências, exemplos de vida e duas dessas histórias o Jornal Informante traz para homenageá-las nesta quase véspera de Dia das Mães. Na vida de Angelina ou Débora estão representadas todas as outras, numa confirmação de que amá-las nunca é demais. É por essas histórias de vida que chegamos à família Bonett, onde cinco gerações se encontram. Tudo começa pela tataravó, Maria Angelina Bonett Bellaver, mais conhecida como Nonna Angelina, 92 anos. A comemoração do Dia das Mães tem muitos motivos: nove filhos, 21 netos, 12 bisnetos e uma tataraneta. Moradora da comunidade de São Marcos, no 1º Distrito, passou a vida na agricultura, no cuidado com a família e por 60 anos foi voluntária no Santuário Nossa Senhora de Caravaggio, fritando pastel para ser comercializado aos romeiros.

Viúva, foi casada com Talvino Bellaver por quase seis décadas. É pelo filho mais velho, Gelsomino Bonett, de 73 anos, que segue a árvore genealógica: este é pai de Rosecler Bonett (Nega), 42, que é mãe de Janaina Ziolkoski, 23, que tem a pequena Helena Santuari, 1 ano. Histórias de sangue que se entrelaçam numa diferença de 91 anos de vida, entre Nonna Angelina e a tataraneta. “Sempre admirei a evolução das gerações da nossa família. Temos a sorte dela estar presente em nossas vidas”, considera Janaina sobre a bisavó. Mesmo com pouca conversa, Nonna Angelina lembra dos tempos em que fazia polenta no fogolaro para alimentar os filhos. Trabalhava no plantio do trigo, milho, uva e sempre teve muitas flores, gostava principalmente dos girassóis. “Vutu saver i rabaltoe di un’olta?” (Queres saber as confusões de uma vez?), questiona a Nonna Angelina, bem humorada. Religiosa, as filhas contam que sempre mantém as rezas em dia e, se no coração de mãe sempre cabe mais um, imagine então o quanto há de amor numa tataravó.

Juliana Inês Casa Barbieri

Juliana Inês Casa Barbieri

Cinco gerações dos Bonett Angelina, o filho Gelsomino, neta Rosecler, bisneta Janaina e a tataraneta Helena


3

FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017

SUPERAÇÃO

Um sonho que se chama Manuela Juliana Inês Casa Barbieri

V

alentia. Talvez seja essa a palavra que melhor descreva a história de Débora de Aranha Haupt, 36 anos, e o seu desejo de ser mãe. A moradora do Desvio Blauth (3º Distrito) é tetraplégica há 10 anos. Perdeu parte dos movimentos após um acidente de trânsito. Mas aí é que nasceu uma Débora ainda mais determinada. Foi ao lado do marido Jair Antônio Angelin, com quem é casada há 13 anos, que outros sonhos passaram a ser gestados. No Hospital Sarah, em Brasília, realizou sua reabilitação e foi lá que soube que poderia ser mãe. “Isso foi como uma luz que se acendeu e ficou guardada. Precisei um bom tempo para cuidar de mim e retomar minha vida. Tive que reaprender a fazer quase tudo que a gente faz sem se dar conta no dia a dia”, considera Débora, que devido à grave lesão, tem poucos movimentos de braço preservados. Com as orientações necessárias e os cuidados devidos, o desejo se concretizou. Manuela nasceu com 39 semanas de gestação e de parto normal, realizando o sonho não somente de Débora e Jair, mas de toda a família. Hoje com cinco anos e com “olhos de boneca”, como descreve a mãe, até já inspirou um livro “Um Ipê Para Manuela”, da escritora farroupilhense Tânia Perotti. “A vinda da Manu foi o maior presente que a vida poderia me dar. Minha vida mudou de cor, ela é minha maior estrela, me ilumina. Ser mãe faz a gente redescobrir os sonhos, as brincadeiras, os verda-

Sonho concretizado Mesmo tetraplégica, Débora não abandonou o desejo de ser mãe e tem em Manuela a sua realização

deiros valores da vida e nos transforma em alguém melhor do que éramos antes”, considera Débora, orgulhosa dessa relação de cumplicidade. Sua história já foi contada inclusive em rede nacional, no Programa Hoje em Dia, com Ana Hickmann, na TV Record. Foi publicada também na

revista Marie Claire, da editora Globo. Débora, que é formada em Letras Português-Espanhol e pós-graduada em tradução, ainda preside a Associação Municipal de Deficientes Físicos (Amdef) e continua lutando por um mundo mais acessível e por mais sonhos realizados.


4

FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017

Ações para o futuro da cidade Estudo realizado pelo Instituto de Longevidade Mongeral Aegon, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas, apontou os melhores municípios do Brasil para se envelhecer. O levantamento levou em consideração quesitos variados, que vão de indicadores gerais à saúde, da habitação a finanças (veja matéria na Editoria de Política, página 11). Farroupilha aparece no estudo

como a 40ª melhor cidade a oferecer condições para a terceira idade, mas não é somente a posição de destaque que merece consideração. A pesquisa disponibiliza dados importantes sobre os quesitos avaliados e que servem de diretriz para gestores municipais terem condição de melhor compreender suas próprias realidades e, a partir dos apontamentos, realizarem correções de rumo para

projetarem as cidades do futuro, claro, dos gestores que estiverem interessados em algo que vá além de um ou dois mandatos, que é, infelizmente, difícil de encontrar. Com a qualidade e a expectativa de vida melhorando cada vez mais, é fundamental um olhar atento para a população idosa e os municípios que tiverem esse foco certamente se destacarão dos demais.

Da mesma forma, isso também serve de grife para as cidades que foram citadas. Veranópolis, há duas décadas, figurava como o município com a maior expectativa de vida do País e usou isso muito bem, tanto que hoje, mesmo não aparecendo mais entre as líderes, é ainda conhecida como a “Terra da Longevidade”. Dados positivos sempre são bem-vindos para vender a imagem de uma cidade.

Opinião

As perguntas me fazem bem? Ezequiel Dal Pozzo * O ser humano se faz perguntas. Elas possibilitam a descoberta da verdade da vida. Simplesmente seguir a onda; viver por viver; estar jogado no mundo não deixa o ser humano feliz. Ele precisa ser protagonista de sua história. Não somente deixar-se levar pela vida e sobremaneira pelos outros. As perguntas fundamentais são: de onde vim? Para onde vou? O que posso esperar? O que devo fazer? Se nos concentrarmos na última, já temos muito o que pensar. Ela pode ser desmembrada em outras perguntas. O que devo fazer para que a minha vida tenha sentido? Qual é mesmo minha missão nesse mundo? O que preciso fazer para deixar um legado as pessoas? Essas perguntas me tiram da

periferia da vida e me fazem pensar naquilo que é central, no fundamental. Muitas pessoas se perdem no periférico e permanecem nele vivendo uma vida vazia. Só quem é impulsionado pelas perguntas se conecta com aquilo que a alma quer. Na alma está a verdade. Nela vamos descobrindo o essencial. Isso traz paz e verdadeira alegria ao coração. Como surgem essas perguntas? Devemos nos fazê-las diariamente? Não creio que seja assim que acontece. As perguntas estão como que na base de fundo que fazem com que a vida seja vivida com verdade. Elas me impulsionam a não me contentar com uma vida pobre de sentido. Com elas não vivo simplesmente, mas dou rumo a minha vida. Vou percebendo que o sentido profundo da vida não está somente naquilo que posso ver

Índice

Editorial

Matéria Especial .................................... Páginas 2 e 3 Editorial e Opinião................................ Página 4 Economia .................................................. Páginas 6 e 8 Cidade ........................................................ Páginas 9 e 10 Política ..................................................... Página 11 Educação .................................................. Página 12 Esporte ..................................................... Páginas 13 a 15

Inside

Especial..................................................... Capa Cinemas ..................................................... Página 2 Fenakiwi .................................................... Página 3 Gustavo Pimentel ................................... Página 4 Agenda....................................................... Página 4 Música ....................................................... Página 5 Guilherme Macalossi ............................ Página 5 Social ........................................................ Páginas 6 e 7 Armando Wartha.................................... Página 8 Moda .......................................................... Página 8 Gastronomia............................................ Página 9 Lauro Edson Da Cás ............................... Página 9 Sétima Arte .............................................. Páginas 10 e 11 Horóscopo ............................................... Contracapa Saúde, Beleza & Estética...................... 4 páginas Classificados .......................................... 8 páginas

e agarrar. Passa por tudo o que faço, mas vai além de tudo isso. O sentido, a partir das perguntas, abre a vida para uma dimensão transcendente. Vivo, trabalho, me encontro com pessoas, descanso, usufruo de tudo e em tudo percebo uma dimensão mais profunda. Isso porque a pergunta que me move me faz pensar o que devo fazer para que aquilo que faço não seja apenas para manter a minha vida, mas faz parte de uma missão maior. O sentido está acima, além de tudo e perpassa tudo. Nasce uma alegria no coração de perceber que tudo o que fazemos vale a pena, porque vai além das coisas. Vai além do simples fazer. Em tudo devemos nos fazer perguntas. Por que faço isso? Por que costumo reagir assim diante das contrariedades? Por que tenho esse com-

REDAÇÃO - REDACAO@JORNALINFORMANTE.COM.BR ALANA BOF ALANA@JORNALINFORMANTE.COM.BR DANIEL RUFATTO DANIEL@JORNALINFORMANTE.COM.BR JULIANA INÊS CASA BARBIERI JULIANA@JORNALINFORMANTE.COM.BR RAMON CARDOSO RAMON@JORNALINFORMANTE.COM.BR ROCHELI CAMARGO ROCHELI@JORNALINFORMANTE.COM.BR

portamento com as pessoas ou na família? Se me perguntar vou entender, crescer e melhorar. Assim serei mais feliz. Quem simplesmente diz: eu sou assim e pronto; que me aceitem assim; os outros têm que se adaptar comigo. Se afirmo isso não estou disposto a crescer. Parei no tempo. Não estou sendo protagonista de mudanças transformação. A vida não terá o sentido que ela é chamada a ter. Estou jogado na existência, sendo levado pela vida. Deixa a vida me levar, vida leva eu, como canta a canção só vale no sentido de deixar a vida fluir. Não vale se for na intenção de simplesmente viver sem se empenhar e sem perseguir os sonhos. A vida precisa de objetivos definidos que são como que forças propulsoras no caminho. * Padre

FINANCEIRO - FINANCEIRO@JORNALINFORMANTE.COM.BR KELI DE ALMEIDA MACIEL KELI@JORNALINFORMANTE.COM.BR

LOGÍSTICA - LOGISTICA@JORNALINFORMANTE.COM.BR LUIZ CARLOS DE ANDRADE LUIZ@JORNALINFORMANTE.COM.BR

ASSINATURAS - ASSINATURAS@JORNALINFORMANTE.COM.BR

COMERCIAL - COMERCIAL@JORNALINFORMANTE.COM.BR

ASSINATURA BIENAL: R$ 220,00 ASSINATURA ANUAL: R$ 120,00

TELEFONES

FABIANO LUIZ GASPERIN GASPERIN@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARCOS MARTINS MARTINS@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARIA DA GRAÇA POTRICOS LEITE MARIA@JORNALINFORMANTE.COM.BR PAULA ANDRESSA DOS SANTOS LAGO PAULA@JORNALINFORMANTE.COM.BR VALÉRIA GASPERIN VALERIA@JORNALINFORMANTE.COM.BR

(54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203

ENDEREÇO RUA DR. JAIME ROMEU RÖSSLER, 348, BAIRRO PLANALTO

COLUNISTAS

ANUNCIOS - ANUNCIOS@JORNALINFORMANTE.COM.BR ALEXANDRE FRANCISCO MACHADO ALEXANDRE@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARCELO BORTAGARAY MELLO MARCELO@JORNALINFORMANTE.COM.BR TIAGO RODRIGUES DA SILVA TIAGO@JORNALINFORMANTE.COM.BR

ARMANDO WARTHA CRÔNICAS DA REDAÇÃO DOLORES MAGGIONI FABRÍCIO OLIBONI GUILHERME MACALOSSI GUSTAVO PIMENTEL LAURO EDSON DA CÁS PAULO ROQUE GASPARETTO

@PaperInformante www.jornalinformante.com.br

/jornalinformante


5

FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017

Principais pontos da Reforma Trabalhista proposta pelo Projeto de Lei 6.787/16 (parte I) Daniela Vasconcellos Gomes *

O

Projeto de Lei 6.787/16, aprovado pelo Plenário da Câmara dos Deputados no último dia 27 de abril de 2017, e que seguirá para votação do Senado Federal, pode modificar diversos pontos da legislação trabalhista vigente. Entre os principais pontos que o Projeto prevê está a possibilidade de negociação entre empresas e trabalhadores para questões como: jornada de trabalho, com limitação de 12 horas diárias e 220 horas mensais; horas in itinere; intervalo intrajornada, com limite mínimo de 30 minutos; banco de horas, garantido o acréscimo de 50% na hora que exceder a jornada normal; registro da jornada de trabalho; prestação de serviços na modalidade de teletrabalho; remuneração por produtividade; participação nos lucros e resultados; plano de cargos e salários; parcelamento das férias em até 3 vezes, sendo que um dos períodos não deve ser menor que 14 dias; e extensão de acordo coletivo após sua expiração. No entanto, não podem ser objeto de negociação questões como: normas relativas à segurança e saúde do trabalhador; FGTS; 13º salário; seguro-desemprego; salário-família; remuneração da hora extra 50% acima da hora normal; aviso prévio proporcional ao tempo de serviço; e licença-maternidade de 120 dias. O Projeto de Lei 6.787/16 regulamenta a prestação de serviços pelo empregado pelo regime de teletrabalho, assim considerado aquele prestado pre-

ponderantemente fora das dependências do empregador, com a utilização de tecnologias de informação e de comunicação que, por sua natureza, não se constituam como trabalho externo. A prestação de serviços na modalidade de teletrabalho deverá constar expressamente do contrato individual de trabalho, especificando as atividades que serão realizadas pelo empregado, a responsabilidade pela aquisição, manutenção ou fornecimento de equipamentos e gastos com infraestrutura, tais como energia elétrica e internet, e o reembolso de despesas arcadas pelo empregado. O projeto prevê ainda a possibilidade do chamado trabalho intermitente, que é a modalidade em que os trabalhadores são pagos por período trabalhado, imediatamente após a prestação dos serviços, com a remuneração estipulada – em que o valor da hora de trabalho não pode ser inferior ao valor horário do salário mínimo ou àquele devido aos demais empregados que exerçam a mesma função – acrescido de férias proporcionais acrescidas de 1/3, 13º salário proporcional, repouso semanal remunerado e demais adicionais legais. Com o Projeto de Lei 6.787/16 a contribuição sindical passa a ser optativa, necessitando de autorização prévia e expressa do trabalhador para seu desconto. Atualmente, o pagamento é obrigatório para empregados sindicalizados ou não, feito uma vez ao ano, por meio do desconto equivalente a um dia de salário do trabalhador. * Advogada (OAB/RS 58.090)


6

FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017

ALMOÇANDO COM A CICS

“Precisamos de líderes que representem a classe produtiva” Fala da presidente da Federasul Simone Leite fez parte de palestra em evento promovido pela CICS soas que nem conhecem a realidade do município, fazem uma gestão ineficiente desses recursos. A gente teria menos corrupção se o dinheiro ficasse aqui e aqui fosse melhor gerido. Seria mais fácil para nós fiscalizarmos o que está sendo feito com o dinheiro que nós pagamos através da carga tributária”, comentou. Outro problema que, segundo a palestrante, levou o País à situação atual, é o baixo engajamento da sociedade na luta pelas causas em que acredita, formando uma maioria silenciosa e desorganizada. Para ela, essa situação precisa ser alterada e a classe produtiva deve ocupar espaços de protagonismo a fim de enfrentar e

resolver os problemas. “O nosso silêncio, a nossa omissão, geraram a maior crise que o Brasil e o Rio Grande do Sul já viveram. Nós precisamos sair de trás da mesa, sair de trás do balcão, ocupar um espaço de decisão, para que nós sejamos protagonistas do futuro”, opina. Para a presidente, a classe empreendedora não tem representação política atualmente e essa situação precisa ser alterada, buscando líderes engajados, nas entidades de classe, que tenham a mesma base de valores. Presidente do Movimento Empresarial Gaúcho, Rodrigo Costa, que também participou do encontro, concorda com esse ponto de vista. Segundo

Juliana Inês Casa Barbieri

O

p r ota g on i smo da classe produtiva nas decisões e ações que podem ajudar a melhorar a sociedade foi o tema central da palestra da presidente da Federasul Simone Leite, que participou do Almoçando com a CICS desta quinta, no Restaurante Parque dos Pinheiros. Ela também falou sobre mudanças necessárias para que o Brasil e o Estado voltem a prosperar, como as reformas política, tributária, trabalhista e da previdência, com destaque para a reforma no pacto federativo. “Não é possível que toda a riqueza que a gente gera aqui, na cidade de Farroupilha, vá direto para Brasília. Lá, pes-

Presidente da Federasul Denise palestrou sobre necessidade de protagonismo da classe produtiva

ele, só será possível uma mudança a curto e médio prazo na situação econômica se a classe produtiva tiver uma atuação dentro da política e dos partidos, ao invés de se

distanciar deles. “É necessário colocar as pessoas certas nos lugares certos, articuladas entre si e com norte definido”, concluiu Costa.


8

FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017

Marciele Scarton

AFAVIN

Taffarel reeleito Entidade celebrou 12º aniversário em jantar na quarta

O

jantar comemorativo ao 12º aniversário de fundação da Associação Farroupilhense de de Produtores de Vinhos, Espumantes, Sucos e Derivados (Afavin), realizado na quarta, marcou também a eleição e posse da diretoria para a gestão 2017/2018. Por unanimidade, João Carlos Taffarel, da Cave Antiga Vitivinícola, foi escolhido para comandar a entidade pela quarta vez, sendo a segunda consecutiva. “Estar à frente da Afavin exige grande dedicação, mas tenho o compromisso de entregar uma grande obra iniciada, a reforma da Casa Padre Oscar Bertholdo, que irá abrigar a sede da Afavin. E seguiremos nesses próximos dois anos com a promoção da Seleção de Vinhos, do Festival do Moscatel e da Indicação Geográfica,

multiplicando no mercado os vinhos e espumantes com o selo da IP Farroupilha”, destaca Taffarel. Mas, talvez, a principal novidade fique por conta da representatividade feminina da nova diretoria executiva. Fernanda Tonini, da Vinícola Tonini, será a 2ª tesoureira. Já Rosane Meggiolaro Cappelletti, dos Vinhos Cappelletti, que já vinha se destacando nos últimos anos como colaboradora em eventos e promoções da entidade, ficou com a vice-presidência. “É uma grande satisfação para mim ser uma voz feminina atuante dentro do grupo e poder influenciar de forma positiva na realização das ações e eventos, com o objetivo de obter resultados que enalteçam a vitivinicultura farroupilhense”, assinala Rosane. A diretoria executiva tem ainda Ricardo José Chesini (Adega Chesini) como 1º secretá-

Espaço para elas Representatividade feminina é principal destaque da nova diretoria da Afavin

rio, Paulo Tesser (Cooperativa São João) como 2º secretário e Rafael Marchetto (também da São João) como 1º tesoureiro. Outra definição foi a permanência de Leandro Bianchi Santini (Vinícola Perini) como presidente/coordenador do Conselho Técnico e de Pesquisa, que terá a participação de outros

sete integrantes. E que o Conselho Fiscal terá Antonio Colombo (Vinícola Colombo), Natalino Tonini (Vinícola Tonini) e Magnos Basso (Basso Vinhos e Espumantes) como titulares e Daniel Cappelletti (Vinhos Cappelletti), Marco Cappelletti (Vinhos Cappelletti) e Leandro Bianchi Santini (Vinícola Perini) como suplentes.


9

FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017

Gabriel Venzon

TRÂNSITO

Legislativo propõe recuo nas faixas de segurança Objetivo é melhorar visibilidade dos motoristas e garantir de fato a segurança dos pedestres em cruzamentos do Centro de Farroupilha

P

essimamente posicionadas, as quase nunca respeitadas faixas de segurança das esquinas do Centro podem estar com os dias contados. A Câmara encaminhou nesta semana ao Executivo requerimento para que seja adotado recuo mínimo de cinco metros nas faixas situadas em cruzamentos onde não há semáforos. A proposta contempla ainda a colocação de canteiros nas esquinas para impedir a travessia de pedestres em locais inadequados. “As faixas de segurança nas esquinas do Centro onde não há semáforos são utópicas. Para fazer uma conversão ou mesmo seguir em frente, o motorista inevitavelmente vai avançar em cima da faixa para

poder ter visão”, analisa o vereador Odair Sobierai (PSB), responsável pela autoria do requerimento junto aos outros dois integrantes da Comissão de Obras, Serviços Públicos e Trânsito, José Mário Bellaver (PMDB) e Aldir Toffanin (PDT), e ao colega de bancada Sandro Trevisan. Cruzamentos como o da Independência com a Thomas Edson e o da Pinheiro Machado com a 14 de Julho são alguns dos que poderiam sofrer alterações. Caso a ideia seja colocada em prática pelo Executivo municipal, será necessária também a adequação das rampas de acessibilidade. E, principalmente, a conscientização tanto dos motoristas, que em grande parte pouco respeitam as faixas, como dos pedestres, que, via de regra, atravessam a rua em qualquer lugar.

Problema antigo Péssima localização das faixas gera insegurança em cruzamentos

Esquina

Lançamento do Dia do Desafio

O Sistema Fecomércio-RS/Sesc lança oficialmente o Dia do Desafio (DDD) 2017, na Serra Gaúcha, na próxima terça, a partir das 9h30min, no Sesc Caxias do Sul (Moreira César, 2462). Realizado sempre na última quarta de maio, a iniciativa desafia as pessoas a interromperem suas atividades rotineiras e praticarem por no mínimo 15 minutos consecutivos qualquer tipo de atividade física. O DDD propõe ainda uma competição saudável entre duas cidades, em que, a que mobilizar mais pessoas, é a vencedora.


10

FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017

CAMPANHA

Mais solidariedade Grupo Escoteiro Guaracy coleta roupas e alimentos neste sábado

Obituário 5 de maio Gelma Maria Somacal, 87 anos. Memorial Crematório São José, de Caxias do Sul; Conceição da Maia, 74 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 6 de maio Claudio Paulino Neis, 79 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal; Ines Tonet Tolotti, 90 anos. Memorial Crematório São José, de Caxias do Sul. 7 de maio Edilia Maria Martins De Souza, 72 anos. Memorial Crematório São José, de Caxias do Sul. 9 de maio José dos Santos, 56 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 10 de maio João Vitalin Neves da Silveira, 43 anos. Sepultamento no cemitério da cidade de Lagoão.

Divulgação

M

oradores do Centro que queiram doar roupas, cobertores ou alimentos não perecíveis, podem fazer a entrega neste sábado. O Grupo Escoteiro Guaracy 78 estará passando nas residências, entre as ruas Júlio de Castilhos, Tiradentes e Thomas Edson. O recolhimento será das 14h às 16h. “Em toda campanha que fazemos mostramos para as crianças a importância de ajudar”, considera Claudemir Sachet, presidente do Grupo Guaracy. Quem não reside no Centro e tem contribuições a fazer pode deixar as doações até este sábado em caixas coletoras na Faculdade CNEC Farroupilha, Chocolate&Cia, Supermercado Crippa e CNA. Os que residem em outros bairros também podem solicitar a coleta, neste sába-

Pelas famílias carentes Grupo Escoteiro Guaracy 78 coleta doações

do, pelo fone 3268-0478, das 13h30min às 17h. Todas as doações serão entregues à Igreja Evangélica Rosa de Saron, que repassará à comunidade carente.

Programe-se O que: Campanha do Agasalho do Grupo Escoteiro Guaracy 78 Quando: neste sábado, das 14h às 16h Onde: coleta das ruas Júlio de Castilhos a Thomas Edson, também podem ser entregues na sede (José Dalla Riva, 41) Quanto: recolhimento gratuito, podem ser doadas roupas, cobertores e alimentos não perecíveis

Alguém quer me adotar? ONG dos Peludos

Moa tem 1 ano, é castrada e de porte pequeno. Se relaciona bem com outros cães. Interessados em adotá-la podem manter contato pelos fones 999.386.360 ou 992.122.466 Importante: a ONG dos Peludos informa que não serão doados cães para ficarem presos em correntes.


11

FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017

QUALIDADE DE VIDA

Envelhecendo em Farroupilha Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade aponta cidade como uma das melhores no atendimento às necessidades da terceira idade, em estudo realizado com 384 municípios de porte médio, com população entre 50 e 100 mil habitantes

E

laborado pelo Instituto de Longevidade Mongeral Aegon, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade (IDUL) avaliou 384 municípios brasileiros de porte médio, com população entre 50 e 100 mil habitantes, a partir de sete variáveis: Indicadores Gerais, Cuidados de Saúde, Bem-Estar, Finanças, Habitação, Educação e Trabalho e Cultura e Engajamento. Esses quesitos receberam pesos específicos a partir da necessidade da população de terceira idade. O IDUL apontou 50 cidades que se destacam por oferecer as melhores condições de vida para a população com idade a partir dos 60 anos e Farroupilha entrou na lista, como o 40º melhor município para se envelhecer. Ela está ao lado de outros seis municípios gaúchos (veja lista ao lado). “O aumento da participação de idosos exige estratégias diferentes na formação de políticas públicas. Tornar as cidades mais acessíveis e bem providas de recursos traz benefícios gerais e é, inclusive, um fator de atração de investimentos”, destacou Antônio Leitão, gerente do Mongeral Aegon. A líder na avaliação é São João da Boa Vista, um município do interior

paulista com 88 mil habitantes. São Paulo é o Estado que concentra o maior número de cidades melhor classificadas na pesquisa. Das 50, 29 são paulistas. O Rio Grande do Sul vem na sequência, com sete. Paraná aparece com cinco municípios, Minas Gerais conta com quatro representantes, Santa Catarina com três e Goiás com dois. Nenhuma cidade das regiões Norte e Nordeste aparece no levantamento. Sobre Farroupilha, o estudo aponta que, nos Indicadores Gerais, o município figurou entre os 10 de melhor desempenho e aparece entre os 20 melhores quando a variável é Finanças. Em compensação, no quesito Habitação o município sequer está entre os 250 primeiros. Por fim, a avaliação ressalta que o número de leitos e de médicos por habitante também compromete a performance farroupilhense no quesito Cuidados de Saúde.

Os mais populosos

A mesma avaliação foi feita com os 150 municípios brasileiros mais populosos. A liderança também é paulista, com a litorânea Santos na ponta, seguida por Florianópolis e Porto Alegre fechando o pódio, a única cidade gaúcha a integrar a lista. O estudo pode ser acessado pelo site idl.institutomongeralaegon.org.

Boca de Urna

Defesa Civil remodelada

Em reunião realizada na segunda, Gilberto Amarante foi nomeado pelo prefeito Claiton Gonçalves como novo coordenador da Defesa Civil de Farroupilha. Ênio Gregory Ferreira será o responsável pela coordenadoria técnica, José Henrique Magagnin pela coordenadoria operativa e Eder Sandro da Silva será o secretário. Ainda foram incorporados mais 10 membros ao conselho, que passa a ter um total de 30 participantes. Outro ponto tratado no encontro foi a definição de um plano de trabalho, que contempla, por exemplo, o cadastramento de voluntários e a possibilidade dos integrantes da Defesa Civil passarem por treinamentos. Também está sendo estudada a aquisição de um kit de emergência, que conteria, entre outros itens de primeira utilidade, lonas, telhas e cestas básicas.

Reforço na fiscalização

A fiscalização de trânsito do município ganhou um reforço importante nesta semana, com a disponibilização de uma viatura para atuar especificamente nesta área. Adesivado e equipado com um giroled, ao custo de R$ 5,4 mil, um Sandero foi adaptado para a função. Entre outras vantagens, o uso do veículo deverá trazer mais agilidade à atuação dos fiscais de trânsito.

As 50 melhores cidades de porte médio para se envelhecer Posição/Cidade 1º) São João da Boa Vista 2º) Vinhedo 3º) Lins 4º) Fernandópolis 5º) Tupã 6º) Votuporanga 7º) Lajeado 8º) Itapira 9º) Rio do Sul 10º) Bebedouro 11º) Pato Branco 12º) Jaboticabal 13º) São José do Rio Pardo 14º) Paulínia 15º) Olímpia 16º) Videira 17º) Jaguariúna 18º) Mogi Mirim 19º) Batatais 20º) Avaré 21º) Matão 22º) Capivari 23º) Lavras 24º) Pirassununga 25º) Mirassol 26º) Taquaritinga 27º) Marechal Cândido Rondon 28º) Concórdia 29º) Alfenas 30º) São Roque 31º) Cruzeiro 32º) Ijuí 33º) Esteio 34º) Ibitinga 35º) Montenegro 36º) Itajubá 37º) Francisco Beltrão 38º) Cianorte 39º) Andradina 40º) Farroupilha 41º) Itumbiara 42º) Nova Lima 43º) Campos do Jordão 44º) Nova Odessa 45º) Mococa 46º) Santo Ângelo 47º) Porto Ferreira 48º) Cruz Alta 49º) União da Vitória 50º) Catalão

Estado São Paulo São Paulo São Paulo São Paulo São Paulo São Paulo Rio Grande do Sul São Paulo Santa Catarina São Paulo Paraná São Paulo São Paulo São Paulo São Paulo Santa Catarina São Paulo São Paulo São Paulo São Paulo São Paulo São Paulo Minas Gerais São Paulo São Paulo São Paulo Paraná Santa Catarina Minas Gerais São Paulo São Paulo Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul São Paulo Rio Grande do Sul Minas Gerais Paraná Paraná São Paulo Rio Grande do Sul Goiás Minas Gerais São Paulo São Paulo São Paulo Rio Grande do Sul São Paulo Rio Grande do Sul Paraná Goiás

Nota 99.82 99.49 96.61 95.70 94.78 93.92 92.69 92.21 92.15 91.11 89.87 89.13 89.05 89.01 88.82 88.49 88.08 87.96 87.37 87.01 86.96 86.61 85.22 84.47 84.28 83.95 83.75 83.50 83.47 83.25 83.24 82.90 82.67 82.48 82.02 81.09 80.83 80.80 80.74 80.72 80.46 80.29 80.20 79.93 79.57 79.32 79.29 79.24 78.79 78.57


12

FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017

CONTRATURNO

Três décadas de integração social Centro Ocupacional Senador Teotônio Vilela, do bairro Industrial, comemora data com festividades nesta semana a crianças carentes. Para lembrar a data, nesta semana teve homenagem na Câmara de Vereadores, visitação das famílias para prestigiarem produções dos filhos e ainda as fotos da instituição ao longo desses 30 anos. Teve também produção de maquetes, resgate histórico com cartazes e textos, além de apresentações teatrais. Os alunos ainda produziram uma cápsula do tempo com pinturas e redações. O material será lacrado nesta sexta e aberto daqui a 10 anos. Entre as diversas ações que oferece, há atividades educativas e recreativas, café da manhã, almoço e lanche. São 25 profissionais que atuam no local e há previsão de ampliação de espaço no próximo semestre, ocupando as dependências do Posto de Saúde do bairro que está desativado.

Juliana Inês Casa Barbieri

M

uito se fala na importância de oferecer às crianças e jovens atendimento de contraturno e há 30 anos isso é uma realidade no bairro Industrial. O Centro Ocupacional Senador Teotônio Vilela celebrou na última terça seu aniversário e durante esta semana os alunos tiveram atividades especiais. Para a diretora Adriana Langanz Danelon, a proposta foi envolver os estudantes com a história da instituição, atraindo o olhar atento das crianças e jovens. O Centro atende 260 alunos, dos 5 aos 14 anos, oferece taekwondo, coral, teatro, capoeira, música, artes, artesanato, conta com a Banda Integração e o Projeto Atitude Cidadã, da Secretaria Municipal de Educação. Tudo é gratuito e voltado

Aniversário do Centro Ocupacional Alunos acompanharam as festividades da instituição e fizeram resgate histórico


13

FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017

COPINHA

Mais três equipes classificadas na Copa Farroupilha de Futsal Feminino Complemento da 2ª rodada habilita, à fase de quartas de final, Juventus, 1º de Maio e Olimpia/AABB

D

uas goleadas e um jogaço. Foi assim que terminou a 2ª rodada da Copa Farroupilha de Futsal Feminino, competição organizada pela Liga Farroupilhense de Futsal (LFF) e disputada no último sábado, no Ginásio de Lourdes. Na abertura da noite, a Poko Pika, de Carlos Barbosa, não tomou conhecimento do AFF, de Bento Gonçalves, em partida válida pela Chave A, e venceu por 8 a 0, obtendo sua primeira vitória na competição. Na sequência, no duelo entre farroupilhenses, pela Chave C, após uma etapa inicial equilibrada, a Juventus deslanchou na final e venceu o Estrela por 3 a 0, mantendo os 100% e garantindo a classificação antecipada às quartas de final da Copinha. No duelo de encerramento da noi-

te, a melhor partida. Realizada pela Chave B, a Valente foi superada pela Unidas, de Canela, que venceu por 4 a 3 e deixou a farroupilhense em posição delicada na tabela, necessitando de vitória na rodada final. Com os resultados, mesmo sem entrar em quadra, a farroupilhense 1º de Maio e a caxiense Olimpia/ AABB, da Chave A, garantiram vaga nas quartas, onde já está assegurado o trio BGF (Chave B) e Fura Bola e Juventus (C). Ou seja, restam três vagas na fase eliminatória (veja ao lado). A competição inaugura sua rodada decisiva neste sábado. Na abertura da noite, pela C, a partida das desesperadas Estrela e Abala, que seguem sem pontuar. Na sequência, a atual campeã BGF encara o Unidas, pela B. Por fim, o duelo válido pela A, quando o Olimpia/AABB duela contra a também desesperada AFF.

Classificação da Copa Farroupilha Chave A

Equipe 1) 1º de Maio 2) Olimpia 3) Poko Pika 4) AFF

Chave B Equipe 1) BGF 2) Napoli 3) Unidas 4) Valente

Chave C

Equipe 1) Fura Bola 2) Juventus 3) Abala 4) Estrela

P 4 4 3 0

J 2 2 2 2

V 1 1 1 0

E 1 1 0 0

D 0 0 1 2

GM 7 3 8 0

GS 1 1 2 14

SG 6 2 6 -14

P 6 3 3 0

J 2 2 2 2

V 2 1 1 0

E 0 0 0 0

D 0 1 1 2

GM 10 6 4 5

GS 3 6 8 8

SG 7 0 -4 -3

P 6 6 0 0

J 2 2 2 2

V 2 2 0 0

E 0 0 0 0

D 0 0 2 2

GM 7 7 1 0

GS 0 1 7 7

SG 7 6 -6 -7

FUTEBOL

Equilíbrio na abertura das quartas de final da Liga Parceria da Serra

A

fase de mata-mata da Liga Parceria da Serra (LPS) foi aberta no último sábado à tarde e mostrou o equilíbrio da etapa. Apenas uma equipe deixou o campo vitoriosa, enquanto ocorreram três empates, todos pelo mesmo placar. Foi no confronto entre os times de Bento Gonçalves que tivemos o único vencedor. O Barcelona venceu o Parceria por 2 a 1 e passa a ter a vantagem do empate para chegar à semifinal. No duelo entre farroupilhenses Titanium e Lyon ficaram no 1 a 1. O marcador foi repetido nos embates entre as equipes de Farroupilha e Bento, nos confrontos Gaúcho e Olivei-

ra Santana e Jansen e Amigos da Bola. Como apresentaram melhor campanha na fase classificatória, Jansen, Titanium e Oliveira Santana jogam por novo empate para avançar à semifinal. Amigos da Bola, Lyon e Gaúcho precisam da vitória para conseguir a vaga entre os quatro melhores. O Parceria, que também tinha vantagem, teve ela derrubada pelo Barcelona, que joga pelo empate. O Parceria, por sua vez, necessita de qualquer vitória para assegurar sua passagem à semifinal da competição. As partidas acontecem neste sábado à tarde, com as sedes invertidas em relação ao último sábado. Confira os confrontos ao lado, que valem vaga na semifinal da LPS.

Quartas de final (confrontos de volta) Linha Sertorina

X

X

Sábado, às 14h

Sábado, às 16h

Vila Jansen

X Sábado, às 14h

X Sábado, às 16h


14

FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017

Rasgando o regulamento Francisco Novelletto, felizmente presidente egresso da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), fez picadinho do regulamento da Segundona e do Estatuto do Torcedor nesta semana. Ele permitiu não apenas ao Esportivo, mas outras equipes, inscreverem atletas fora do prazo final, que era dia 13 de abril de 2017, conforme artigo 51, § 3º (veja ao lado). Por meio de um decreto, Novelletto autorizou a prorrogação do prazo, algo que não pode ser feito pelo que determina o Estatuto do Torcedor, em seu artigo 9º, § 5º, incisos I e II (ao lado). O meia Cleiton, do Esportivo, contratado junto ao Brasil de Pelotas, teve seu registro publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) apenas no dia 17 (veja recorte ao lado).

Rasgando o regulamento II A questão, obviamente, bagunçaria com toda competição, já que a pena seria a perda de 6 pontos por cada partida em que os atletas irregulares tivessem atuado. O Jurídico do Brasil ingressou com uma Notícia de Infração Disciplinar na terça, que foi rejeitada pelo TJD por motivos óbvios. Se desse prosseguimento à questão, oferecendo denúncia, a Segundona teria que ser paralisada. Evidente que o rubro-verde não fez sua parte no campo e era quase certo que o Tribunal rejeitaria o pedido, mas a iniciativa foi válida para mostrar bem a conduta de quem comanda a FGF. Novelletto cansou de fazer lambança no Gauchão, não teria comportamento coerente na Segundona, certo? Convenhamos, seria ingenuidade pensar de maneira diversa. Evidente que tem gente que não vai gostar, um clube em específico, mas pelo bem da imensa maioria do futebol gaúcho é o último ano desse dirigente à frente da Federação.

São Tiago fatura JEF

AFA Saturno domina

O Colégio Estadual São Tiago foi o grande vencedor da etapa de Atletismo dos Jogos Estudantis de Farroupilha (JEF). Ele obteve 12 ouros, seis pratas e dois bronzes, e finalizou a modalidade com 50 pontos. Em 2º lugar ficou a Antônio Minella, com 41 pontos (10 ouros, cinco pratas e um bronze) e, fechando o pódio, a Santa Cruz, com 30 pontos (três ouros, sete pratas e sete bronzes). As disputas reuniram 20 instituições de ensino das redes municipal, estadual e particular da cidade e cerca de 900 alunos. Elas aconteceram no Sesi caxiense.

A Associação Farroupilha Atlética (AFA) do Saturno foi bem na 5ª edição do Municipal das Categorias de Base de Futsal. O núcleo venceu na Sub-9 (com o ICAA em 2º e o DMEL em 3º) e Sub11 (com o Bola no Pé em 2º e o CNSL em 3º). Já na Sub-13, quem levou o caneco foi o Bola no Pé, com o Chute Inicial em 2º e o DMEL em 3º.

Líder Giovana no CTSG A 4ª etapa do Circuito de Tênis da Serra Gaúcha começa neste fim de semana, na Sociedade Recreativa Aquarius, em Flores da Cunha. Líder do CTSG, com 16.355 pontos, o farroupilhense Giovana Campo Clube contará com 10 tenistas na disputa em solo florense, que segue até o próximo dia 21.

Juventus em quadra Após estreia com vitória sobre a Guerreiras Futebol Clube, a Juventus volta à quadra pelo Citadino de Futsal de Caxias do Sul neste domingo. A partir das 8h30min, o time farroupilhense encara a Ruana, no ginásio do Enxutão. No sábado passado, a equipe assegurou, de maneira antecipada, vaga nas quartas de final da Copa Farroupilha de Futsal Feminino ao derrotar o Estrela pelo placar de 3 a 0 (veja mais sobre a competição regional na página 13).


15

FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017

SEGUNDONA GAÚCHA

Eliminação precoce e foco em 2018 Comitê Gestor do Brasil começa, a partir de segunda, a planejar a próxima temporada do rubro-verde farroupilhense Ramon Cardoso

A

Brasil

vitória era imprescindível e um resultado paralelo ajudou, mas apesar do empate entre São Luiz e Esportivo, o Brasil não passou da igualdade em 1 a 1, diante do já eliminado União, nas Castanheiras, com um gol de Aldir (seu nono na disputa), nos descontos, e deu adeus à classificação às quartas de final da Segundona Gaúcha. A eliminação precoce frustrou torcedores, atletas, comissão técnica e direção, já que nos três últimos anos a equipe farroupilhense havia chegado às fases decisivas da competição estadual. “A cada ano temos menos recursos para fazer futebol. Agradecemos muito a todos os patrocinadores que apoiaram o Brasil neste ano. Começamos muito bem, mas tivemos uma queda de rendimento no returno que não nos permitiu chegar às quartas. Agora é o momento para avaliarmos essa temporada e projetarmos a próxima”, destacou o presidente Elenir Bonetto, que entrega o cargo ao final do ano, colocando um ponto final na parceria com Luiz Fernando De Cesaro, na gestão compartilhada do clube nas temporadas 2016/2017. A reunião do Comitê Gestor da última segunda foi especificamente para tratar de um recurso contra a inscrição irregular de um atleta do Esportivo (veja mais no Preliminar). O pedido

Pelo caminho Brasil, do atacante Raphael Alemão, não conseguiu superar o União, nas Castanheiras, e ficou na 1ª fase da Segundona Gaúcha

foi indeferido pelo Tribunal de Justiça Desportiva. A partir do próximo encontro do grupo, que sempre é realizado às segundas à noite, o processo sucessório estará em discussão, bem como o fortalecimento do trabalho feito na base do rubro-verde. “Nosso objetivo também está em focar nas categorias de base. Não há futuro para o Brasil se não tivermos um forte trabalho na base. Estamos estudando a aquisição de

uma área que sirva para utilização das categorias e, quem sabe, para o profissional, mas também vamos direcionar a atenção para o futebol profissional. A ideia é conseguir antecipar muitas questões, com definição da comissão técnica e do elenco mais cedo do que fizemos neste ano”, pontuou Bonetto, que avaliou como positivo seu trabalho no clube. “Foi uma experiência válida. Sempre conseguimos tirar coisas boas. A

parte ruim do futebol é que a politicagem acaba vencendo. Temos consciência de que não fizemos nosso papel dentro de campo, mas é claro que houve irregularidade no registro (do atleta Cleiton do Esportivo). Isso acaba desanimando um pouco. Mas deixamos o clube como recebemos, com contas em dia, sanado financeiramente. Esse é um compromisso do Comitê Gestor, de pensar nas futuras gestões do clube”, finalizou o presidente.


MATÉRIA ESPECIAL

Fotos: Juliana Inês Casa Barbieri

Gerações de mães

ECONOMIA

Com inédita representação feminina na diretoria, Taffarel é reeleito presidente da Afavin para biênio Conclusão da obra de reforma da Casa Padre Oscar Bertholdo é o grande desafio do mandato Página 8 POLÍTICA

Farroupilha entre os melhores do País no atendimento às necessidades da terceira idade Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade aponta município como um dos mais adequados para se envelhecer Página 11 e Editorial

No clima do Dia das Mães, conheça histórias que demonstram a intensidade do amor materno Páginas 2 e 3

SAÚDE

Sábado de Intensificação da Campanha de Vacinação contra a Gripe: confira roteiro no município

Postos de saúde estarão abertos e equipes atenderão em diversas comunidades do interior Capa e contracapa ESPORTE

Após eliminação precoce na Segundona Gaúcha, Brasil volta atenções para temporada 2018

Depois um turno promissor, rubro-verde teve queda de rendimento no returno e acabou ficando de fora da fase de quartas de final Página 15 Atendendo 260 alunos, Centro Ocupacional Senador Teotônio Vilela é referência no Industrial Página 12

EDUCAÇÃO

Trinta anos de inclusão


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017

VACINAÇÃO

Sábado tem Dia de Intensificação Postos de saúde estarão abertos e haverá equipes atendendo em diversas comunidades do interior na contracapa de Saúde). A campanha teve início em 10 de abril e são 7,6 mil imunizados, sendo que é preciso atingir a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde, que é de 90% de cada grupo prioritário. O que teve maior adesão à campanha foram os indígenas, com 57%, seguido pelas puérperas e trabalhadores da área da saúde que chegaram a 56,2%. Idosos com impossibilidade de locomoção cadastrados no Programa de Atendimento Domiciliar (PAD) serão vacinados a domicílio. Para os que não estão cadastrados, a visita pode ser agendada pelo 3268-1284.

Arquivo Jornal Informante

Q

uem ainda não foi imunizado contra a gripe tem prazo até o próximo dia 25 para ser atendido pela Campanha Nacional, do Ministério da Saúde. A dose é gratuita e está disponível em todos os Postos de Saúde de Farroupilha, de segunda a sexta, das 7h30min às 11h30min e das 13h às 17h. Já para quem tem dificuldades em ir aos Postos de Saúde durante a semana, tem a oportunidade de contar com a intensificação neste sábado, que atenderá ainda as comunidades do interior (confira o roteiro completo

Quem pode receber a dose da vacina * Trabalhadores da área da saúde * Crianças de 6 meses a menores de 5 anos (apresentar carteirinha de vacinação) * Grávidas (devem apresentar carteirinha da gestante) * Puérperas até 45 dias após o parto (apresentar certidão de nascimento do bebê ou carteirinha da gestante) * Idosos a partir dos 60 anos * Indígenas * Pessoas entre 5 e 59 anos portadoras de doenças crônicas (receita médica com indicação para o recebimento da dose e justificativa) * Professores das redes pública e privada (contracheque, carteira de trabalho, carteirinha sindical ou declaração da diretoria da escola) * População privada de liberdade e funcionários do sistema prisional * Jovens de 12 a 21 anos sob medida socioeducativa

Prazo para receber a dose Campanha segue até dia 25, mas neste sábado tem roteiro especial de atendimento

Programe-se O que: Dia D de Intensificação da Campanha de Vacinação contra a Gripe Quando: neste sábado (confira roteiro e horários na contracapa de saúde) Onde: Postos de Saúde e comunidades do interior Quanto: dose gratuita, mas atende apenas os grupos prioritários


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017

Saiba tudo sobre a técnica pelas mulheres para corri Ivanise Stein *

M

icroblading é uma técnica milenar adaptada aos novos tempos que produz resultados ainda mais surpreendentes. O que é? A técnica microblading fio a fio é uma expansão da técnica de micropigmentação convencional. Consiste na implantação de pigmentos orgânicos exógenos (externos) na primeira camada da pele, de forma que o pigmento possa desbotar juntamente com a descamação de células mortas, provenientes do processo de renovação celular. Como o procedimento microblading funciona? Por meio de instrumentos adequados, o profissional implanta o pigmento na pele com a ajuda de agulhas, no sentido dos fios que o cliente já tem, ou criando uma trama de fios nos clientes que não possuem mais pelos. Por que a micropigmentação/microblading desbota com o tempo? Como a micropigmentação/microblading não é uma tatuagem, o pigmento fica alojado nas camadas mais superficiais da pele, mais precisamente entre a epiderme e a derme. Entre essas duas camadas, encontra-se a camada basal, responsável por produzir novas células, as quais substituirão as células da epiderme, no processo conhecido como renovação celular. Essas novas células passam a ocupar o lugar das células antigas, as quais se descamam naturalmente a cada 28 dias. Por este motivo, a micropigmentação/microblading tende a desbotar com o tempo, uma vez que parte do pigmento é levado camada acima com as células novas. Quais os cuidados que devo ter após o procedimento? Os cuidados após o tratamento devem ser seguidos rigorosamente para que o resultado final seja satisfatório. Os cuidados são: aplicar a pomada indicada na frequência necessária, lavar a região de forma adequada, não se expor ao sol de forma demasiada, não frequentar mar/piscina/sauna por 15 dias após o procedimento, e alguns outros cuidados que visam a prevenção de contaminação da pele do paciente. Quanto tempo dura a micropigmentação/microblading? O procedimento tende a durar, na pele, de 12 a 18 meses. As peles são

diferentes entre um cliente e outro, po tempo exato o qual o pigmento perma sível, porém, nota-se que peles oleosa peles secas e maduras, assim como a pigmento que a pele clara. O retoque d que o cliente estiver insatisfeito com a um retoque por ano para que a cor e o f Como a cor do pigmento é escolhi A cor do pigmento é escolhida de a los, se aproximando o máximo da cor por sobrancelhas mais claras ou escu o paciente escolher a cor. Dentro das prepara a cor adequada. Como o formato é elaborado? O formato das sobrancelhas é elab nariz e boca. As proporções do rosto ta Quanto à espessura, é apresentado o optar por sobrancelhas mais grossas profissional informar se o formato pref o cliente insista em um formato que o o procedimento não será realizado. Quais os cuidados que devem ser Por se tratar de uma técnica que deix dado com a higiene do local e do rosto. O c nas sobrancelhas, e lavar a região adequa de aplicar a pomada indicada, não se exp tar mar/praia/piscina/sauna por 15 dias to das orientações pode resultar em resul O que pode ocorrer durante o pr ao pigmento? É natural que o pigmento desbote. E em peles normais, que aceitam o pigm


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017

a mais procurada igir as sobrancelhas

or este motivo não podemos garantir o anecerá na pele. É algo muito imprevias tendem a desbotar mais rápido que a pele morena clara tende a reter mais deve ser realizado a partir do momento a cor das sobrancelhas. Recomenda-se formato estejam sempre em evidência. ida? acordo com a cor da pele e dos cabenatural dos fios. O cliente pode optar uras, porém o profissional nunca deixa expectativas do cliente, o profissional

borado a partir do tamanho dos olhos, ambém são levadas em consideração. que seria ideal, porém o cliente pode ou finas. Lembrando que é dever do ferência do cliente é o adequado. Caso profissional sabe que não ficará bom,

tomados após o procedimento? xa a pele aberta, deve-se tomar muito cuicliente deve lavar as mãos antes de tocar adamente e na frequência indicada, além por a sol demasiadamente e não frequenapós o procedimento. O não cumprimenltados negativos não esperados. rocesso de cicatrização em relação

Estima-se o desbotamento de até 50% mento de forma positiva. O metabolismo

Fotos: Divulgação

Microblading Reconstituição da sobrancelha pode ser feita por meio da moderna técnica

de cada paciente influencia muito neste processo. Pode ser também que os fios desapareçam na primeira semana e, com o passar dos dias, reapareçam. Assim como a pele pode expelir totalmente o pigmento por identificá-lo como um corpo estranho. Necessidade de retoques Por estes motivos é necessário realizar um retoque após 40 dias, para que a pele possa responder adequadamente à implantação do pigmento. Algumas peles necessitam de um terceiro retoque, após 30 dias do segundo retoque, mas isso é comum acontecer em alguns pacientes. Sendo assim, essas reações da pele em relação ao pigmento são imprevisíveis, sendo o profissional isento de culpa. Homens podem fazer a microblading ou a micropigmentação? Sim, porém, a procura é muito pequena. Homens que possuem falhas


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017

CONTRA A GRIPE

Roteiros nos bairros e interior Confira os 43 locais com pontos de vacinação no município neste sábado Das 7h às 11: Feira Livre do Produtor Rural, no Centro Das 8h às 17h: Postos de Saúde: Central, São José, 1º de Maio, América, Medianeira e Cinquentenário Das 8h às 8h20min: Santo André Avelino (Machadinho), no salão da comunidade Das 8h às 8h40min: Linha República, na escola Eugênio Ziero; Santo Inácio, no salão da comunidade Das 8h às 10h: UBS de Vila Esperança Das 8h às 17h: Acamados Das 8h40min às 9h20min: Linha São João, no salão da comunidade Das 9h às 9h40min: Linha Jacinto (Santo André), no salão da comunidade Das 9h às 10h40min: Rio Burati, no Posto de Saúde Das 9h às 11h30min: Santuário Nossa Senhora de Caravaggio Das 9h30min às 10h15min: Linha Ely, no salão da comunidade Das 10h às 10h30min: Linha Jacinto (São Luiz), na escola Luiz Busetti Das 10h15min às 10h45min: Capela São José, no salão da comunidade Das 10h30min às 11h: Linha Müller, no salão da comunidade Das 11h às 11h40min: Linha 47, na escola 13 de Maio; Monte Bérico (3º Distrito), no salão da comunidade; Monte Bérico (2º Distri-

to), no salão da comunidade; Das 11h20min às 11h45min: Mundo Novo, no salão da comunidade Das 13h às 13h30min: São Miguel, no salão da comunidade Das 13h às 13h40min: Vila Jansen, na escola Júlio Mangoni; Linha Sertorina, no salão da comunidade; Nova Sardenha, na escola Nova Sardenha; Linha Caçador, na escola Maria Bez Chiele Das 14h às 14h30min: São Luiz (3º Distrito), no salão da comunidade Das 14h às 14h40min: São Marcos, na escola Isabel Venzon; Vila Rica, na escola José Chesini; Caravagetto, no salão da comunidade Das 14h às 17h: Casa de Repouso Recanto das Borboletas, no bairro Medianeira; Casa Bela Morada, no bairro Pio X; Caravaggio, no hall de entrada do Santuário Nossa Senhora de Caravaggio Das 15h às 15h40min: Capela Todos os Santos, no salão da comunidade; Linha Paese, na escola Carlos Paese; Nova Milano, na escola Santa Cruz Das 15h10min às 15h40min: São Roque, no salão da comunidade Das 16h às 16h40min: Nossa Senhora das Dores, no salão da comunidade; Desvio Blauth, no salão da comunidade; Linha Boêmios, no salão 1º de Janeiro; Nossa Senhora da Salete, no salão da comunidade


Música

Banda Municipal Cinquentenário realiza Concerto Especial de Dia das Mães no domingo Página 5

Inside

Moda

2ª edição do Brechó Desapega Menina segue nesta sexta e sábado, no Nômade Coletivo Página 8

FESTA

Começa a divulgação da 22ª Fenakiwi Soberanas visitam instituições em Farroupilha e cidades da região e convidam a comunidade para o evento Ramon Cardoso

O

trio de soberanas da 22ª Festa Nacional do Kiwi (Fenakiwi), composto pela rainha Leticia Capelezzo e pelas princesas Renata Agazzi e Lizandra Toso começou oficialmente, na quarta, o período de divulgação da festa. “A partir das próximas semanas, estaremos nas cidades vizinhas para convidar a todos para conhecer o que Farroupilha tem de melhor”, comenta a princesa Lizandra Toso. “As Secretarias Municipais estão empenhadas na organização de uma grande festa. Nós contamos com a presença de toda comunidade para prestigiar esse evento que foi preparado com carinho e dedicação”, complementa a rainha Leticia Capelezzo. Esta edição será a última no formato que a Fenakiwi tem adotado até então. “É uma festa de transição. A próxima festa estará repaginada, mostrando a diversidade cultural de Farroupilha. Nós queremos fazer uma ótima divulgação dessa edição, já deixando o convite para as festas seguintes”, finaliza a princesa Renata Agazzi.

Visita das soberanas Trio composto por Renata Agazzi, Leticia Capelazzo e Lizandra Toso esteve no Jornal Informante para divulgar a Fenakiwi na quarta


Inside

2

FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017

Cinemas Shopping Iguatemi (RST-453, quilômetro 3,5) Cinemas

Imagem: Reprodução

GNC 1: Ninguém Entra, Ninguém Sai - às 14h20min, 17h, 19h20min e 21h10min GNC 2: Velozes e Furiosos 8 - às 13h40min (legendado) e 19h10min (dublado) GNC 2: Guardiões da Galáxia Volume 2 - às 16h30min (legendado) e 21h50min (dublado) GNC 3: Rock Dog: No Faro do Sucesso (dublado) - às 14h GNC 3: O Poderoso Chefinho (dublado) - às 16h GNC 3: Os Smurfs e a Vila Perdida (dublado) - às 18h GNC 3: A Autópsia - às 20h (dublado) e 22h (legendado) GNC 4: Guardiões da Galáxia Volume 2 - às 13h30min (dublado e em 3d) e 19h (legendado e em 3d) GNC 4: Velozes e Furiosos 8 - às 16h10min (dublado e em 3d) e 21h40min (legendado e em 3d) GNC 5: Alien: Covenant - às 13h50min e 18h50min (dublado), 16h20min e 21h30min (legendado) GNC 6: A Cabana - às 13h15min (dublado) e 21h20min (legendado) GNC 6: Alien: Covenant - às 15h50min (dublado) e 18h40min (legendado) Ingressos: segunda, quarta e quinta (exceto feriado) a R$ 20,00 e R$ 26,00 (salas 3d); terça (exceto feriado) R$ 14,00 e R$ 18,00 (salas 3d); sexta a domingo e feriado a R$ 25,00 e R$ 32,00 (salas 3d). Meia entrada todos os dias para menores de 18 anos e maiores de 60 (mediante apresentação de identidade), estudantes (mediante apresentação de Carteira de Identificação Estudantil) e para o Movie Club Preferencial.

Shopping San Pelegrino (Avenida Rio Branco, 425) Cinépolis 1: Guardiões da Galáxia Volume 2 (legendado e em 3d) - às 13h10min, 16h, 19h e 22h Cinépolis 2: Ninguém Entra, Ninguém Sai - às 13h45min e 15h45min Cinépolis 2: A Cabana (dublado) - às 18h10min Cinépolis 2: A Autópsia (dublado) - às 21h10min Cinépolis 3: Alien: Covenant (dublado) - às 12h45min, 15h30min, 18h30min e 21h30min Cinépolis 4: Velozes e Furiosos 8 - às 13h30min e 19h20min (dublado), 16h20min e 22h15min (legendado) Cinépolis 5: Alien: Covenant - às 14h15min, 17h, 19h45min e 22h25min Cinépolis 6: Rock Dog: No Faro do Sucesso (dublado) - às 13h Cinépolis 6: Guardiões da Galáxia Volume 2 (em 3d) - às 15h, 17h50min e 20h50min Ingressos: nas salas tradicionais, segunda a R$ 20,00; terça e quarta (exceto feriado) a R$ 14,00; quinta a R$ 24,00; sexta a domingo e feriado a R$ 25,00. Nas salas 3d, segunda a R$ 27,00; terça e quarta (exceto feriado) a R$ 18,00; quinta a R$ 30,00; sexta a domingo e feriado a R$ 31,00.

Sala de Cinema Ulysses Geremia (Luiz Antunes, 312) O Apartamento - sexta às 19h30min, sábado e domingo às 20h Matinê às 3h: Ruth & Alex - quinta, às 15h Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (estudantes e sênior)

Últimas sessões Dirigido pelo iraniano Asghar Farhadi, “O Apartamento” venceu o Oscar de Filme Estrangeiro neste ano


FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017

Inside

3

Fenakiwi

Cerca de 90% dos estandes para o evento já foram comercializados Imagem: Reprodução

E

ste ano, a Fenakiwi tem como tema “Os Sabores da Diversidade”. O evento vai ser realizado de 20 de julho a 6 de agosto, nas sextas, sábados e domingos, nos pavilhões do Complexo Esportivo do Parque Cinquentenário. A abertura na quinta, dia 20, será para toda a comunidade, sem a cobrança de ingresso. Nas demais datas, o valor da entrada é R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia). Até então, foram comercializados cerca de 90% dos estandes da festa, sendo que a grande maioria são renovações da edição de 2014. Mais da metade dos espaços serão ocupados por comerciantes do município. Os Pavilhões 1 e 2 serão dedicados a produtos de moda, calçados e móveis em sua grande maioria. A agroindústria terá lugar no Pavilhão 3, que vai abrigar máquinas e equipamentos. Já o Pavilhão 4 será dedicado aos pontos gastronômicos. Os farroupilhenses que desejarem alugar os espaços restantes têm desconto de 10% ao metro quadrado. O evento também vai contar com shows e apresentações culturais, integrando a programação que será divulgada em breve. A última edição da Fenakiwi, realizada em 2014, atraiu 100 mil visitantes. A festa de 2017 será a última que terá o kiwi como protagonista. A mudança de foco no ano que vem se deve à diminuição considerável no cultivo da fruta em Farroupilha. No evento de lançamento das datas desse ano, realizado em março, o secretário de Turismo e Cultura, Francis Casalli explicou que a feira projetada para 2018 vai prezar pela variedade. Um dos produtos de destaque será o moscatel.

Campanha Lema da 22ª festa preza pela diversidade de produtos


Inside

4

Gustavo Pimentel

gustavospimentel@yahoo.com.br

O fenômeno da divisão do Brasil em duas metades, muito fomentado nas últimas eleições presidenciais, tem aparecido novamente quando o assunto é a reforma trabalhista. Esse discurso bipolar, do certo contra o errado, do nós contra eles ou do sul contra o norte tem, de certa forma, deixado as pessoas cegas e empobrecido diversas discussões muito relevantes para o futuro do País. Com a reforma trabalhista, recém-aprovada na Câmara dos Deputados, a divisão foi feita novamente: de um lado aqueles que concordam com a reforma, os que se autointitulam salvadores de milhares de empregos; de outro lado os que não concordam com a reforma, taxados de pessoas com preguiça de trabalhar ou de sindicalistas que vivem às custas da contribuição sindical. Pelo teor da divisão é nítido que esse discurso bipolarizado reduziu e muito a qualidade dos debates sobre o assunto. Tenho visto pessoas esclarecidas com opiniões absolutamente infundadas e equivocadas sobre diversos aspectos da reforma. E falo isso com a propriedade de alguém que é plenamente favorável à modernização e reforma das leis trabalhistas, principalmente com a modificação do falido modelo sindical que existe atualmente no Brasil. A atual legislação trabalhista data de 1943. Ao longo desses mais de 70 anos, a velha CLT passou por várias reformas, sendo que na maior parte delas as emendas ficaram pior que o soneto. Portanto, a sua reforma é mais do que necessária! Além da CLT, existem outras dezenas de leis esparsas que regem alguns tipos de contratos, ritos processuais, recursais e algumas profissões especiais. Existem ainda centenas de súmulas, orientações jurisprudenciais e até mesmo instruções normativas editadas por Tribunais Superiores tentando conferir uma orientação à aplicação da lei trabalhista. Por fim, como se não bastasse tudo isso, para concluir essa verdadeira colcha de retalhos falta a cereja do bolo: os patamares básicos dos direitos trabalhistas estão previstos como direitos fundamentais, com um capítulo inteirinho só para eles na Constituição da República. Como se percebe, há um grande arcabouço normativo e muita complexidade por trás daquilo que para muitos é apenas uma conversa de boteco. Portanto, parece-me bem claro que o debate acerca da reforma trabalhista não deve ser visto como uma polarização ou como um mero duelo entre capital e trabalho, mas sim como uma modernização mais do que necessária, que precisa ser discutida de verdade, amadurecida e, sobretudo, observar e preservar alguns direitos sociais conquistados a duras penas ao longo de séculos e que agora estão sendo indiretamente suprimidos. * Advogado

Agenda

SEXTA

Maurício Santos Boteco Antonielle, às 22h

SÁBADO Punk Rock Para Sempre República Beer, às 23h Atração: Muzeus Maicon & Pontel Boteco Antonielle, às 22h

DOMINGO Concerto de Dia das Mães Centro de Eventos Mário Bianchi, às 19h Díalogos: Corpo, Arte, Performance Centro de Cultura Ordovás (Caxias do Sul), às 17h

Divulgação

A reforma trabalhista e a bipolarização do país

FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017


FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017

Inside

Música

Tenor Dirceu Pastori e mezzo soprano Caroline Gobbato participarão do espetáculo Assessoria Prefeitura de Farroupilha

Banda Municipal Grupo farroupilhense tem a regência do maestro Vanderlei Fontanella

A

Guilherme Macalossi cisperter@hotmail.com

Banda Municipal apresenta Concerto de Dia das Mães

s mães vão receber uma homenagem especial neste final de semana com o Concerto de Dia das Mães, promovido pela Secretaria de Turismo e Cultura de Farroupilha. A apresentação será no domingo, às 19h, no Centro Municipal de Eventos Mário Bianchi (junto ao Complexo Esportivo do Parque Cinquentenário). Vão subir ao palco os membros da Banda Municipal Cinquentenário, sob regência do maestro Vanderlei Fontanella. O grupo foi fundado há mais de 30 anos e atualmente conta com 19 músicos. O concerto também vai contar com as participações especiais do tenor Dirceu Pastori e da mezzo soprano Caroline Gobbato. Entre o repertório que será apresentado pela

5

banda estão músicas brasileiras como Anos Dourados, de Tom Jobim, Emoções, de Roberto Carolos, e Marvin, dos Titãs, além de canções internacionais. Também serão tocadas músicas temáticas de filmes como A Pantera Cor de Rosa e Piratas do Caribe. O tenor e a mezzo soprano participam das interpretações de canções que vão da popular Amigos Para Sempre até a clássica O Brinde, da ópera La Traviata. A entrada é franca.

Programe-se O que: Concerto de Dia das Mães Quando: Domingo, às 19h Onde: Centro de Municipal de Eventos Mario Bianchi Quanto: entrada franca

O governo Temer deu um norte ao país, apesar da fúria dos vanguardistas do atraso Passado um ano e meio do fim do pior governo da história do Brasil, é claro que o país continua sob os efeitos da depressão econômica e da crise institucional de proporções inéditas. Só um sonhador dos mais tolos imaginaria que em tão pouco tempo um novo governo conseguiria resolver os problemas que foram metodicamente armados ao longo de mais de uma década em nome de um projeto político de hegemonia. Mesmo assim, é preciso fazer o devido reconhecimento: Michel Temer lidera uma gestão que deu norte ao país. Agora temos uma agenda que, se bem-sucedida, pode nos levar a um novo ciclo de crescimento e desenvolvimento, dessa vez ancorado na probidade e no controle de gastos, não no populismo desavergonhado e eleitoreiro. Temer não será popular, e creio que o presidente sabe disso. O contexto lhe impede. Com 14 milhões de desempregados na rua da amargura construída pelo PT e a Lava Jato emparedando políticos de todos os partidos, não haveria como ele estar à margem. É natural que o governo de turno seja responsabilizado aos olhos do povo, até porque parte dele também é identificado como continuidade do que esteva lá antes, ainda que não seja de modo algum. Sim, o PMDB era aliado do PT durante as passagens de Lula e de Dilma, mas sempre foi o seu contrapeso revolucionário e a voz da ortodoxia, por assim dizer. Faz muito tempo que o Brasil precisava enfrentar as reformas. O momento ideal de fazê-las, vejam vocês, foi depois do governo Fernando Henrique, quando o país terminou o longo trabalho de solidificação de suas bases macroeconômicas. É preciso lembrar os incautos e oportunistas que até então não havia moeda, não havia responsabilidade fiscal mínima, não havia sistema bancário saneado e não havia política cambial adequada. Em entrevista à Rede TV, Temer afirmou que poderia passar dois anos confortavelmente sentado no Palácio do Planalto, tratando de amenidades e empurrando os problemas nacionais com a barriga. Preferiu enfrentá-los, tocando projetos que, ele sabia, acabariam com qualquer chance de ele ser bem visto e paparicado. Mas eis aí o espírito do estadista que estava em falta. Temer está governando para além de seu tempo. As reformas trabalhista e previdenciária, o controle de gastos públicos, a lei das terceirizações, a política de combate à inflação, as privatizações, as negociações das dívidas dos Estados para com a União, além de outras medidas pontuais, constituem um verdadeiro arcabouço de ações não paliativas, mas estruturantes de médio e longo prazo, que trarão maior estabilidade para governos futuros. A esquerda, na sua tentativa oportunista de inviabilizar o país, sabe que o sucesso de tais proposituras pode selar o seu fracasso político. É por isso que eles foram, com fúria e perdigotos, para as ruas do país. No último dia 28, na famigerada e pretensiosa “greve geral”, vimos um dos maiores espetáculos de truculência e ódio à democracia já registrados. Não houve adesão das “massas”, mas uma tática de guerrilha urbana para impedir a população de trabalhar, se deslocar e exercer suas liberdades. Uma minoria de radicais raivosos se arvorou representar um povo que nunca esteve ao seu lado. O povo de verdade estava trancado nas vias, sendo obrigado a não trabalhar por quem não trabalha por livre opção. De modo que parece evidente que a rejeição ao governo Temer e a oposição ao governo Temer são fenômenos de ordem distinta, ainda que um acabe se alimentado do outro. Enquanto o primeiro é uma reação desinformada e revoltada de conjuntura, o segundo é uma tática de ação política orquestrada por quem quer fazer do atraso o modus operandi do seu avanço. * Redator e radialista


Tamara Badran

G

Mães

ostaria de desejar a essas mulheres que se dedicam à maternidade, que não medem esforços para cuidar e educar seus filhos, um Feliz Dia das Mães. Que o carinho e admiração que temos por elas possa ser demonstrado todos os dias em atos de amor, não somente nesta data. À minha mãe Neide, um Feliz Dia das Mães mais que especial. <3

Praieira

Com o repertório no maior estilo praieiro, a banda farroupilhense Long John sobe ao palco do Zero54, em Caxias do Sul, nesta sexta. Nomes como Sublime, Donavon Frankenreiter, Jack Johnson. Skank e Charlie Brown são confirmados no set list da noite. Confirmando a presença no Facebook, o ingresso fica R$ 10,00.

Programe-se

Promovido pela Risoteca, o show “Alcemar e a Mascada Perdida” acontece no próximo dia 28, no Centro Municipal de Eventos Mário Bianchi. O valor para a venda antecipada, válido até meia hora antes do espetáculo, tem 50% de desconto e custa R$ 40,00. Os ingressos limitados para a Plateia Iluminati saem por R$ 60,00. Eles podem ser adquiridos na CNA Idiomas.

A empresária Suellen Samara Gutteres, da Silva ladeada pelas amigas Paula Bellaver e Maiara Vettorazzi, na reinauguração de sua loja, a Lulu Acessórios

Jessie Zanatta Fotografia

Natália Soprana D’Arrigo D’Arrigo Júnior, reuniu amigo de seus 15 anos, sábado n aniversariante surpreendeu a valsa coreografada com amigos, preparada para a da Schaider. Denise Balbinot Co foi a responsável pela or

Inauguração

Fique por Den

A fotógrafa farroupilhense Cy Severo re para seu novo espaço. Na próxima quart clientes e amigos para um coquetel de in na rua Thomas Edson, 630. Sucesso!

Reculuta Farroupilha

A 6ª edição do evento tradicionalista p randa, de Passo Fundo, teve participação fa rua foi vice no Adulto e Mirim e terminou em Gaudérios foi vice-campeão na Juvenil e Mirim.

Aline Caroline Meotti e Samuel Da Silva Andreazza confirmaram seu amor no sábado passado com bela cerimônia no Espaço Nobre, em Caxias do Sul. Os convidados foram recepcionados no mesmo local

Maria e João Zilli comemoraram 50 anos de união no último sábado, na Capela Sagrado Coração de Jesus, Linha 80, 2º Distrito de Farroupilha. Familiares e amigos foram recepcionados no salão da mesma comunidade, com recepção da equipe da D&C Cerimoniais

Baby

O empresário Maurício Giacomoni e fot tão felizes da vida com a notícia de que sua Augusto ganhará uma irmãzinha. O nascim cio de outubro.


Candida PhotoArt

o, filha de Silvane e Odair os e familiares para festejos no Parque dos Pinheiros. A a todos quando apresentou seu pai, e também com os ata pela instrutora Franciele olombo, da D&C Cerimoniais, rganização e cerimonial

ntro

Fabio Campelo

As artistas Marinês Busetti e Beatriz Balen Susin prestigiaram a inauguração da Cubo Galeria de Arte, comandada por Claudete Matias, no último sábado

Wines of Brazil

As vinícolas que integram o grupo, entre elas a farroupilhense Casa Perini, estão neste mês nos Estados Unidos, participando de cinco eventos organizados pelo projeto setorial Wines of Brazil, desenvolvido pelo Instituto Brasileiro do Vinho, o Ibravin. O destaque do fim de semana é a participação no Brooklyn Crush Wine & Artisanal Food Festival, que ocorre neste sábado, em Nova Iorque. Diferente de outros Países, onde houve retração, o consumo de vinhos em território estadunidense cresceu 13% na última década.

Multifotos Studio

ealiza os últimos preparativos ta ela e sua equipe recebem nauguração a partir das 17h,

promovido pelo CTG Lalau Mifarroupilhense. O Ronda Charm 8º na Juvenil. O Rancho de finalizou em 5º na categoria

tógrafa Daniela De Rocco esa família irá aumentar. O mano mento está previsto para o iníA pequena Isadora ganhou os parabéns de seus pais Karine Menegat e Valdecir Del Pizzol pela passagem de seu aniversário, no último domingo


Inside

8

Armando Wartha armandowartha@yahoo.com

Brasil, um paciente psicossomático

* Escritor e bacharel em Filosofia

Moda

Nômade Coletivo recebe brechó no fim de semana Segunda edição do Desapega Menina segue nesta sexta e sábado

C

om o objetivo de incentivar o consumo consciente e a sustentabilidade, segue até sábado a 2ª edição do brechó Desapega Menina. Promovido pela produtora de moda Joice Oliveira e pela maquiadora Thaíse Benacchio, o brechó será no Nômade Coletivo (Coronel Pena de Moraes, 715), com atendimento das 14h às 19h. Estarão disponíveis peças de moda inverno e verão, adulto e infantil. “A ideia do Desapega Menina surgiu no ano passado quando percebemos que tínhamos roupas demais e pouco espaço para estocar”, comenta Joice, que ficou surpresa com o grande público da edição inaugural, realizada em 2016. Com o slogan “Não vendemos roupas, vendemos histórias”, o brechó reúne peças de diversas pessoas que aceitaram a ideia de desapegar. “Toda pessoa tem histórias no dia a dia, e se existe uma coisa que nos acompanha em todas as histórias é a peça que estávamos usando em determinada ocasião. A ideia de vender histórias é que, levando para casa uma roupa que já foi de alguém, você está dando continuidade para a história da mesma”, explica a produtora. Outro objetivo é estimular o consumo consciente não só com discursos, mas também com ações. “Precisamos enxergar que não existe mais ‘jogar fora’ as peças de roupa. Tudo o que jogamos no lixo fica no planeta, e se a oportunidade de usar algo que já está em circulação aparece, não existe motivo para não se aproveitar disso”, finaliza Joice.

Divulgação

Após o quadro vergonhoso, vexatório, deprimente, doentio visto no dia 28 de abril de 2017, em praticamente todo o Brasil, o diagnóstico não poderia ser outro senão o de que o nosso País está gravemente enfermo. E, o que é perigosamente pior, não se trata apenas de uma moléstia física, tratável com um remédio qualquer, ou, em última instância, uma simples cirurgia. A “coisa” vai muito além: a parte mental também está afetada. Ou seja, não bastassem os problemas já diagnosticados na parte física (parte do povo que saiu às ruas), a parte pensante (tonteira do Executivo, mão grande do Legislativo, lerdeza do Judiciário), também está comprometida. Não? Reflitamos, então. O discurso daqueles que saíram às ruas na referida data, provocando quebradeira, desordem, invasão de propriedades tanto pública quanto privada, interrupção de ruas e estradas, ferindo mortalmente o sagrado direito de ir e vir, não era o de que tudo se faz necessário para reagir e rejeitar à tentativa de injetar remédios amargos (reformas da previdência, trabalho, etc.), receitados pela parte pensante? Visto assim, unilateralmente, poderíamos ter a enganadora ideia de que a parte psíquica (três Poderes) a que comanda, goza de boa saúde. O que é um erro: diante de tantos abusos (perdas econômicas, medo, encarceramento domiciliar), causados pela “parte física doente”, acarretando sérios prejuízos às partes, ainda, sãs (aqueles que realmente produzem nesse País) não seria o caso de que esta parte (governo) deveria ter agido com mais rigor e ter se imposto diante da violenta crise de abuso, e ter injetado, sem relutância, remédios emergenciais (pôr o Exército nas ruas, por exemplo, com ordens de limpar a sarjeta...), para acalmar a febril convulsão? Ou seja, sendo que a parte psíquica (a que deveria comandar...) não dá ordem de comando, na hora certa e com a firmeza necessária para frear a parte subalterna, doentia, conclui-se que: ou é porque também está convalescente, ou se receitou a dose de remédio foi tão insignificante que sequer foi notada pela parte doente... Caso este “descompasso” entre a mente (comandantes) e a parte doente dos comandados persista no organismo do Brasil, este poderá, em curto espaço de tempo, vir a sofrer, devido ao enfraquecimento da espinha dorsal (Democracia), graves e irreversíveis fraturas. E, é sabido por experiências de outros corpos (Venezuela, por exemplo), que, feridas profundas, deixadas abertas por muito tempo, sem tratamento firme, adequado, as bactérias ali alojadas tornaram-se resistentes, levando o corpo hospedeiro, irremediavelmente, a óbito... Pensem nisso!

FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017

Consumo consciente Ideia do evento é estimular o reaproveitamento

Programe-se O que: 2º Brechó Desapega Menina Quando: sexta e sábado, das 14h às 19h Onde: Nômade Coletivo (Pena de Moraes, 715)


FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017

Gastronomia

Inside

E postam desesperadamente para serem observados...

Evento com food trucks e apresentações culturais é promovido pelo Muinho Divulgação

Food trucks Destaque do evento são os pontos gastronômicos em ambiente descontraído

A

Lauro Edson Da Cás ldacas@hotmail.com

Food sessions será neste domingo

edição Veranico de Maio do Food Sessions, promovido pelo Muinho Farroupilha (Marechal Floriano Peixoto, 190), já tem data confirmada. O evento vai ser realizado neste domingo, a partir das 13h, na sede do Muinho, e segue até às 21h. O encontro ao ar livre vai contar com os food trucks La Gran Madre Street Food, de hambúrgueres, La Barca Sushi Truck, de comida japonesa, e Lov Brigadeira Gourmt e Cia, de brigadeiros gourmet. Também haverá comercialização de roupas com as lojas Repenso, A Louca do Brechó e Brechó da Carol, além de arrecadação de peças

9

para a campanha do agasalho. O evento vai contar com atrações musicais, como o DJ farroupilhense Caike Sebben, espaço infantil com brinquedos infláveis e apresentação do grupo de capoeira da escolinha São José. Animais de estimação também podem participar. A entrada é franca.

Programe-se O que: Food Sessions Quando: domingo, às 13h Onde: Muinho Quanto: entrada franca

Assunto bom é aquele que não termina. Logo, temas que nos envolvem diariamente, principalmente no mundo virtual, através das redes sociais (podemos escolher qual), parece que norteiam sentimentos, dúvidas, incompreensões, exageros e tantas outras derivações para tal. Entretanto, haveremos de aprender no manejo e no uso adequado deste grande sistema, onde curtimos tantas coisas e, por vezes, deixamos de curtir a nossa própria vida. Percebendo ou não, a exibição nas redes sociais sobre algum fato ou mesmo sobre alguma circunstância, pois hoje tudo se tornou algo a ser postado, carrega consigo um peso enorme de ‘utilidade’. A postagem traz consigo outros tantos objetivos indiretos, bem mais que o simples fato de postar. Toda postagem tem algum interesse ou se quisermos, um objetivo maior. De fato, Clóvis de Barros Filho consegue fazer esta observação. Como desde cedo aprendemos o valor da ‘utilidade’, quando nos deparamos com tantas e diversificadas postagens, deveríamos, então, ter a condição de perceber qual é a sua real finalidade/objetivo. Se verificarmos, já quando éramos crianças, ao se aprender naquele momento, pesava o fator futuro. Pois bem, a postagem de agora, poderá ser recordada no futuro. Mas é preciso estar ciente que quando o futuro chegar, outros objetivos se farão presentes, na lida e na vida movimentada que temos. Postar algo não é o problema. O problema se dá no fato de transferir o valor da própria vida, no âmbito reducionista de curtidas e/ou compartilhamentos do que se vai postando seguidamente. Por isso, diante das mais ilimitadas postagens, uma certeza: querem ser observados. As postagens se multiplicam em inúmeros episódios, em infinitas situações e temáticas. É o aparecer (se multiplicar) em todos os lugares/locais. Incrível, não? Diante disso, um alerta que se faz importante: a vida, para ser bem vivida, deverá ser curtida por quem a tem e nem tanto pelos outros (conhecidos, e tantos outros desconhecidos, mas presentes nas redes sociais). Ainda será possível, quem sabe, em ter ou a redescobrir que existe uma felicidade off-line tão desafiadora e possível de ser alcançada. x-x-x-x-x-x Mês de maio, mês das mães, que bom podermos festejar a vida e a missão de cada mãe. Primordialmente, é tempo de conjugar ações de amor, bondade, gratidão e generosidade para com elas que nos deram a vida, independente de qualquer coisa. Parabéns para todas as mães, especialmente, para todas as mães que acompanham e fazem parte da grande família do Jornal Informante. * Mestre em Letras, Cultura e Regionalidade


Inside

10

Sétima Arte

Um debate que tende a ser recorrente “Invasão de Privacidade” é previsível, não apresenta grandes reviravoltas, mas aborda questões relevantes que envolvem tecnologia da informação

M

ike Regan (Pierce Brosnan) é um bem-sucedido empresário do ramo da aviação. Com uma frota expressiva de jatos privados, ele busca, junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), autorização para abrir o capital da sua companhia e oferecer o uso a partir de um aplicativo, como uma espécie de Uber de taxi aéreo. A questão não envolve apenas avaliações de mercado, mas também requer um alto investimento, já que a oferta seria de 15 mil jatos comerciais, ou seja, muito além da frota de Regan. Porém, o primeiro passo para ele conquistar clientes interessados em prestar serviço para ele passa pela aprovação da CVM. Fã de tecnologia, que utiliza em larga escala em sua mansão, Regan fica incomodado quando a apresentação do projeto para investidores trava e quem o socorre é Ed Porter (James Frecheville),

um contratado temporário. Necessitando de melhorias na internet em casa, o empresário solicita ao técnico se ele não pode verificar a questão. Porter se apresenta como um ex-contratado da Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos, destacando que inclusive prestou serviços para o órgão de inteligência no exterior. Mas o que mais chama a atenção de Regan é o conhecimento de Porter sobre a área, a ponto de efetivar sua contratação. Fascinado pela riqueza e pela vida com que o empresário leva, o técnico não demora a mostrar outros propósitos, que vão muito além da relação patrão/empregado e faz uso de sua vasta capacidade na área para conseguir acesso à informação de pontos relevantes sobre a vida de Regan, da esposa Rose (Anne Friel) e da filha adolescente Kaitlyn (Stefanie Scott). “Invasão de Privacidade” tem o mesmo nome do notório filme do australiano Phillip

Noyce, e pontos convergentes com a trama de 1993 em muitos aspectos. Não chega a ser uma grande obra. É o clássico jogo de gato e rato, do bem contra o mal, do mocinho contra o bandido, mas esse não é o ponto chave. O que parece fundamental e relevante é o tema a ser abordado no longa. Com um mundo voltado à tecnologia, até onde vai a nossa privacidade e até onde estamos seguros? Há ações desencadeadas no filme que dificilmente podem ser concebidas, um exagero permitido para fins cinematográficos, mas não é isso que o futuro nos reserva? O irlandês Pierce Brosnan tem uma atuação meramente protocolar e o australiano James Frecheville encarna bem o papel de psicopata na história criada e roteirizada por Dan Kay. Mesmo assim, o filme do irlandês John Moore apenas tem o mérito de levantar um debate sobre segurança. No mais, é altamente previsível.

FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017


FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017

Inside

11

Sétima Arte Divulgação

Imagem: Reprodução

Título original I.T. Título traduzido Invasão de Privacidade Direção John Moore Roteiro Dan Kay William Wisher Gênero Suspense Duração 95 minutos País Estados Unidos Ano de produção 2016 Estúdio Voltage Pictures Distribuição Imagem Filmes Relação conturbada Mike Regan (Pierce Brosnan) demora a perceber quais os reais interesses de Ed Porter (James Frecheville), o que coloca sua vida em risco


12

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Temos o seu planeta regente, Marte, em contato desafiador com Netuno. Pode haver uma dificuldade de harmonizar a razão com a emoção, as expectativas com a realidade. Preste atenção com a sua tendência de dissipar suas ações e motivações.

Touro - 21/04 a 20/05

É um momento que pede uma concentração nos seus objetivos e propósitos essenciais. Nas finanças, evite tomar atitudes impulsivas ou baseadas em uma necessidade momentânea. Semana para observar mais as suas atitudes e refletir.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

Temos o movimento de Marte em seu signo que faz aspecto desafiador com Netuno. Atenção com ilusões e idealizações ligadas com a vida pessoal e o trabalho. É o momento em que você deve estar mais atento com a sua sensibilidade e intuição.

Câncer - 21/06 a 20/07

Procure se proteger e resguardar de energias negativas. Observe o que está ocorrendo nos bastidores, bom momento para estudos. A tarde possui um astral mais positivo para o trabalho.

Leão - 21/07 a 22/08

Cuidado com confusões envolvendo amigos ou grupos. Tenha muito discernimento ao lidar com as finanças e as emoções. No período da tarde, uma energia mais criativa e positiva tende a se manifestar.

Vírgem - 23/08 a 22/09

Momento de conflitos entre interesses ligados à carreira e aos relacionamentos. Evite atitudes precipitadas ou baseadas em uma ilusão. Tende a se sentir mais desvitalizado e desmotivado neste momento.

Libra - 23/09 a 22/10

Atenção para as emoções que interferem na sua saúde. Deve respeitar seu ritmo e limitações, evitando desgaste excessivo. Observe as coisas que estão ocorrendo por trás das aparências.

Escorpião - 23/10 a 21/11

Cuidado com a tendência para a ambivalência e ambiguidade nas suas atitudes. O momento pode envolver ilusões e situações nebulosas no campo emocional. É preciso ter discernimento em relação aos seus sentimentos e relacionamentos.

Sagitário - 22/11 a 21/12

Pode haver confronto entre interesse dos relacionamentos e ligado à família. Cuidado com a dificuldade em dizer não em situações que lhe fragilizam. Pela manhã, você tende a se sentir mais desmotivado, mas à tarde, temos uma energia mais assertiva.

Capricórnio - 22/12 a 20/01

Momento que pode ser de confusão e ilusão aos capricornianos. Procure ter discernimento sobre as ações e projetos em que quer empreender. A parte da tarde contém uma energia mais positiva para iniciativas.

Aquário - 21/01 a 19/02

Cuidado com a tendência para algumas atitudes infantis e ilusórias no terreno emocional. Preste atenção em negociações e questões financeiras. Cuidado com a tendência de valorizar algo que não tem o valor que você o atribui.

Peixes - 20/02 a 20/03

Netuno, em movimento pelo seu signo, faz contato com o planeta Marte. Pode haver um clima de confusão ou indefinição neste momento. Importante ouvir mais a voz interior e estar atento à cada passo que você dá.

Inside

FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017


FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017

VENDE-SE MERCADO no Bairro Volta Grande, possui ótimo espaço, perto de empresa de grande porte e malharias. Contato: 54 9 9908.6701. VENDE-SE CONSÓRCIO CONTEMPLADO DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. Crédito de R$ 240.000.00. Prestações de R$ 1.656,00. Já tem pago R$ 18.600,00. Este crédito pode ser usado para COMPRA DE IMÓVEL, CONSTRUÇÃO e REFORMA URBANA E RURAL. Aceito carro na entrada. Contatar: (51) 3523.3351 / WhatsApp (51) 99902-0829 / (51) 99226-2112.


2

VENDE-SE TERRENO de Cooperativa com 106 parcelas pagas. Área de terra comprada. Localizada na saída para o Salto Ventoso. APENAS R$ 9.500,00 Tratar com José, fone (54) 99925-2068. Ofereço-me para fazer FAXINAS. Tenho experiência e referências. Contate pelo telefone 99995-6448 ( WhatsApp) ou 98103-7988.

FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017


OPORTUNIDADE: VENDE-SE APARTAMENTO NOVO, dois dormitórios, 62,94 m², com um box de garagem. R$ 170.000,00. Tratar através dos telefones: 3261 2691 ou 99974 2745. CRECI 41503. VENDO TERRENO de esquina com 1.377m² a uma quadra da rodoviária e do Shopping Centro de compras. F. 99118-1642. VENDO DOIS TERRENOS com duas casas, localização central em Arroio do Sal a uma quadra do mar. F.99118-1642. ALUGO SALA COMERCIAL, localizada na Independência, Bairro São Luiz, com 168m². Telefone para contato: 99951-3583 / 3268-1062. VENDO terreno de Cooperativa com área definida. F.: 99118-1642.


FARROUPILHA, 12 DE MAIO DE 2017

5


Edição 485  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you