Page 1

FARROUPILHA

|

ANO X

| EDIÇÃO 482

| 2 0 D E A B R I L D E 2 017 |

R$ 3,00

Jogo em favor da Amafa Juliana Inês Casa Barbieri

Bingo ocorreu na quarta à noite, no Centro Luterano, e contou com habitual solidariedade farroupilhense - Cidade, página 8


2

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

INFRAESTRUTURA

Telhado do Hospital São Carlos em reforma Previsão é de que a obra, iniciada na semana passada, seja concluída ainda em maio para que a comunidade participe dos eventos promovidos pelas Voluntárias. “O hospital é de todos e nós precisamos ajudar a mantê-lo”, relembra. No dia 7 de maio, as Voluntárias irão promover um almoço beneficente no salão Nossa Senhora da Saúde da Linha Vicentina, ao custo de R$ 50,00. Também está programado, para o dia 9 de junho, missa e show com o padre Osmar Coppi, às 19h, na Associação de Desportos Saturno. Os ingressos custam R$ 20,00 e podem ser adquiridos com as Voluntárias, nos Clubes de Mães ou na sede do Jornal Informante (Jaime Romeu Rössler, 348, bairro Planalto). Outro evento, que está previsto para o dia 8 de julho, é o Bazar Beneficente. Todo dinheiro arrecadado será revertido para melhorias no Hospital São Carlos.

Fabiano Gasperin

A

reforma do telhado do hospital São Carlos já está em andamento. Os trabalhos foram iniciados no dia 12 de abril e a previsão é que sejam concluídos dentro de 30 dias. Será feita a troca de uma extensão de dois mil metros quadrados do telhado, que estava em condições precárias. O montante necessário para executar a obra foi arrecadado ainda no ano passado, quando uma rifa, que teve um carro zero como prêmio, foi organizada pelas Voluntárias da Saúde. Segundo a presidente do grupo, Lourdes Refosco, parte desse dinheiro já foi utilizada na reforma de oito leitos. Depois que a obra do telhado for concluída, a ideia é pintar o prédio do Hospital. Lourdes enfatiza o convite

Obras no hospital Reforma foi possível graças a dinheiro arrecadado com rifa organizada pelas Voluntárias da Saúde


3

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

SOLIDARIEDADE CONTAGIA

Faça uma assinatura solidária e ajude as Voluntárias da Saúde Divulgação

A

partir de agora o Jornal Informante passa a contar com uma nova modalidade de assinatura. Além da convencional, a solidária. Nela, parte dos recursos, seja da nova assinatura ou mesmo da assinatura renovada, é destinada diretamente para as Voluntárias da Saúde, que realizam um trabalho elogiável de colaboração com as demandas mais urgentes do Hospital Beneficente São Carlos (HBSC). Para contribuir, no ato da realização da assinatura ou da renovação da mesma, o Departamento Comercial do Tabloide irá informar sobre a nova modalidade, cabendo ao cliente optar por ela. Da mesma forma, será informado o novo modelo para os que entrarem em contato com o Informante para realização de assinaturas novas. Cumpre destacar que o valor arrecadado vai direto para as Voluntárias da Saúde, que terão total autonomia para decidir como empregar os recursos no atendimento das necessidades do São Carlos. Uma ótima maneira de ficar bem informado e ainda contribuir com uma causa que é de interesse de toda comunidade farroupilhense.

Abnegadas Voluntárias da Saúde desenvolvem um trabalho elogiável em prol do Hospital Beneficente São Carlos


4

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

Solidariedade contagiante Há algum tempo, o Jornal Informante cogitava trabalhar alguma ação que pudesse contribuir com as Voluntárias da Saúde. Isso além da divulgação regular das inúmeras atividades desenvolvidas pelo grupo, que conseguiram, em tempo recorde, ganhar o apreço e consideração de praticamente toda comunidade farroupilhense, justamente por atuarem uma causa tão nobre, que é o atendimento de demandas urgentes do Hospital Beneficente São Carlos (HBSC). Em rápida conversa mantida com a presidente Lourdes Refosco e com Beatriz Regina Tartarotti Folle, dias

atrás, foi possível dimensionar de maneira ainda mais precisa o trabalho desenvolvido e o engajamento de comerciantes, empresários e autônomos com a causa. A grande maioria das demandas foi atendida ou contemplada a preço de custo, sem qualquer ganho para os envolvidos, justamente por entenderem a abnegação e o desprendimento do time com uma questão que é tão cara a todos. Desta forma, a partir de agora o Informante passa a contar com uma nova modalidade de assinatura, chamada de solidária. Optando por ela no pedido para realização ou no contato

mantido pelo Departamento Comercial para assinaturas novas ou até mesmo nas renovações, parte dos valores será revertida para as Voluntárias da Saúde, que empregarão os recursos obtidos no atendimento das necessidades da instituição hospitalar. Para isso, basta fazer a opção pela modalidade de assinatura solidária. Ela não tem qualquer tipo de acréscimo, ou seja, tem o mesmo valor da assinatura convencional, apenas uma parcela dos recursos acaba destinada às Voluntárias. Uma forma de você, caro leitor, se informar sobre tudo que acontece em Farroupilha e, por tabe-

la, contribuir com um trabalho que já fez muito pelo São Carlos e ganha corpo a cada nova iniciativa. Independente da ação, as iniciativas do grupo seguem sendo destacadas nas páginas do Tabloide, como a reforma do telhado do HBSC, o 3º Almoço Beneficente, que ocorre no próximo dia 7 e o show com o padre Osmar Coppi, na Associação de Desportos Saturno, em Caravaggio, que está programado para o dia 9 de junho (veja mais na Matéria Especial, página 2). Enfim, sobram oportunidades para contribuir com a nobre causa que, em última análise, é de todos nós.

Opinião

A era é pós-moderna. E a sociedade, será que é? Mosar Mateus Brusamarello * Com o fenômeno da globalização econômica, fez com que acelerasse a disputa, a competitividade entre a indústria e o comércio por mais mercado, talvez isso atingisse também as pessoas. Está evidente que para aumentar o lucro ou obter alguma vantagem financeira não importa os riscos, as consequências, o que importa é ganhar mais. Com a evolução das tecnologias e da ciência, acreditava-se que a sociedade acompanhasse estes avanços em sua conduta ética, moral e de boas práticas, virtudes essenciais de um ser humano. Pois a ética orienta o comportamento que deveria servir para toda a

sociedade em suas atividades. Talvez o apego às coisas materiais, a ganância, a inveja e o consumismo sem limite estão levando as pessoas a terem uma conduta deplorável. Nos últimos tempos, os noticiários foram fartos sobre atos de má conduta praticados por pessoas no exercício de sua atividade profissional, seja como detentor de cargo público, seja como servidor público, seja como funcionário da iniciativa privada ou como empresário. Foram inúmeras ações e operações realizadas pelas autoridades policiais em diversos setores industriais e comerciais: a fraude do leite e seus derivados, fraude nos combustíveis, fraude nas licitações de obras públicas

Índice

Editorial

Matéria Especial .................................... Páginas 2 e 3 Editorial e Opinião................................ Página 4 Economia .................................................. Página 7 Cidade ........................................................ Páginas 8 e 9 Política ..................................................... Página 10 Educação .................................................. Página 11 Esporte ..................................................... Páginas 12 a 15

Inside

Especial..................................................... Capa Cinemas ..................................................... Página 2 Exposição ................................................. Página 3 Crônicas da Redação ............................. Página 4 Agenda....................................................... Página 4 Moda .......................................................... Páginas 5 e 8 Paulo Roque Gasparetto ..................... Página 5 Social ........................................................ Páginas 6 e 7 Fabrício Oliboni ..................................... Página 8 Música ....................................................... Página 9 Dolores Maggioni .................................. Página 9 Sétima Arte .............................................. Páginas 10 e 11 Horóscopo ............................................... Contracapa Saúde, Beleza & Estética...................... 4 páginas

Classificados .......................................... 8 páginas

que deu origem a operação “Lava-Jato”, fraude da carne com a operação “Carne Fraca”, entre outras várias praticadas contra os consumidores de um modo geral nos tempos recentes. A sociedade deve repugnar condutas que alimentam a corrupção em qualquer esfera, pública ou privada. Não podemos aceitar que tais desvios alcance patamares ainda maiores aos que já são de conhecimento público. A expressão “deixa de ser bobo, se você não aceita o outro aceita”, não poder prosperar. O senso comum não serve de baliza orientadora para o melhor caminho a seguir. Os princípios éticos e de boas práticas não podem ficar em segundo plano. Infelizmente estamos vi-

REDAÇÃO - REDACAO@JORNALINFORMANTE.COM.BR ALANA BOF ALANA@JORNALINFORMANTE.COM.BR DANIEL RUFATTO DANIEL@JORNALINFORMANTE.COM.BR JULIANA INÊS CASA BARBIERI JULIANA@JORNALINFORMANTE.COM.BR RAMON CARDOSO RAMON@JORNALINFORMANTE.COM.BR ROCHELI CAMARGO ROCHELI@JORNALINFORMANTE.COM.BR

venciando o declínio moral da sociedade pós-moderna. O caráter deveria ser o principal revestimento dos cidadãos. Os crimes de corrupção descobertos na operação Lava-Jato não levaram em conta o grau de instrução, a posição social e nem a cor da pele dos envolvidos. Triste constatação, só o tempo é pós-moderno, a conduta é antiga e desastrosa. E você? Como é sua conduta no dia a dia do seu trabalho? De que forma contribuiremos para que tenhamos amanhã uma sociedade mais humana, ética e menos corrupta? Acredito em uma sociedade formada de pessoas de valor e não de pessoas com preço. * Ex-vereador

FINANCEIRO - FINANCEIRO@JORNALINFORMANTE.COM.BR KELI DE ALMEIDA MACIEL KELI@JORNALINFORMANTE.COM.BR

LOGÍSTICA - LOGISTICA@JORNALINFORMANTE.COM.BR LUIZ CARLOS DE ANDRADE LUIZ@JORNALINFORMANTE.COM.BR

ASSINATURAS - ASSINATURAS@JORNALINFORMANTE.COM.BR

COMERCIAL - COMERCIAL@JORNALINFORMANTE.COM.BR

ASSINATURA BIENAL: R$ 220,00 ASSINATURA ANUAL: R$ 120,00

TELEFONES

FABIANO LUIZ GASPERIN GASPERIN@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARCOS MARTINS MARTINS@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARIA DA GRAÇA POTRICOS LEITE MARIA@JORNALINFORMANTE.COM.BR PAULA ANDRESSA DOS SANTOS LAGO PAULA@JORNALINFORMANTE.COM.BR VALÉRIA GASPERIN VALERIA@JORNALINFORMANTE.COM.BR

(54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203

ENDEREÇO RUA DR. JAIME ROMEU RÖSSLER, 348, BAIRRO PLANALTO

COLUNISTAS

ANUNCIOS - ANUNCIOS@JORNALINFORMANTE.COM.BR ALEXANDRE FRANCISCO MACHADO ALEXANDRE@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARCELO BORTAGARAY MELLO MARCELO@JORNALINFORMANTE.COM.BR TIAGO RODRIGUES DA SILVA TIAGO@JORNALINFORMANTE.COM.BR

ARMANDO WARTHA CRÔNICAS DA REDAÇÃO DOLORES MAGGIONI FABRÍCIO OLIBONI GUILHERME MACALOSSI GUSTAVO PIMENTEL LAURO EDSON DA CÁS PAULO ROQUE GASPARETTO

@PaperInformante www.jornalinformante.com.br

/jornalinformante


5

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

Reforma da Previdência: atividades especiais e trabalhadores de hospitais e entidades congêneres Alexandre Triches *

A

reforma da Previdência apresentada pelo Governo Federal (PEC n° 287/16) trás, entre seus inúmeros equívocos, mudanças nas regras das aposentadorias daqueles trabalhadores que exercem atividades agressivas à saúde e à integridade física. Estas mudanças, se aprovadas, configurarão um grande retrocesso social. É fundamental destacar que me refiro aos eletricitários, metalúrgicos, mineiros, vigilantes armados, trabalhadores em hospitais e uma enorme gama de outros profissionais que ganham a vida em atividade laboral com desgaste e risco acima do considerado normal pelas normas trabalhistas. Para demonstração do desastre que configurará a mudança proposta na PEC n° 287/16, com relação às categorias referidas, elencarei apenas uma delas – a dos trabalhadores de hospitais, bem como trabalharei com a principal mudança: o requisito da efetividade do prejuízo à saúde e à integridade física. Os trabalhadores em hospitais transitam por diversos setores, dentre eles as UTIs, transplantados, emergência, lixo hospitalar, depósito industrial, almoxarifado, pós-operatório, dentre outros locais e, nestes ambientes, estão sujeitos à contaminação biológica. Não raro, contraem vírus, como o HIV, desenvolvem meningite e tuberculose, ou morrem contaminados por superbactérias. Ônus de ganhar a vida trabalhando em ambiente arriscado e, justamente por isso, a legis-

lação prevê a aposentadoria aos 25 anos de contribuição. Pensar que o trabalhador de hospitais não está, independente do setor, em potencial risco de contaminação biológica, é desconhecer o óbvio. A proposta de emenda constitucional altera a condição para que estes trabalhadores se aposentem mais cedo, pois propõe que, para usufruir dessa condição, a atividade seja exercida sob condições especiais que efetivamente prejudiquem a saúde. A inclusão do termo “efetivamente” significa a exigência da certeza do prejuízo à saúde como requisito para o benefício e não mais o risco ou probabilidade que ele venha a ocorrer. Como comprovar que um trabalhador de hospital trabalha com efetivo prejuízo à saúde se o risco da contaminação é apenas potencial? A ocorrência da contaminação é justamente o que o benefício da aposentadoria especial visa evitar, de modo ser difícil compreender o requisito da “efetividade” trazida pela proposta de Reforma da Previdência. A mudança da proposta impossibilitará que os trabalhadores em hospitais garantam sua condição de atividade especial por trabalharem em ambiente hospitalar com risco de contaminação, pois a postulação do benefício é para que a saída precoce do ambiente hospitalar evite contaminação. Para comprovarem o direito ao benefício, somente se estiverem contaminados? Neste caso, muito provavelmente, ao invés de postularem a aposentadoria especial, requererão a aposentadoria por invalidez. * Advogado (OAB/RS 65.635), especialista em Direito Previdenciário


7

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

NOVIDADE GASTRONÔMICA

Para matar a fome de mundo Com inspiração na culinária de diferentes Países, El Viajero Hamburgueria & Pub inaugura na quarta

A

“A ideia é difundir um pouco da crescente cultura cervejeira. As torneiras não serão fixas, vão estar sempre girando, com chopes de diferentes estilos e cervejarias”, assinala Ricardo que, formado em Design Gráfico, sempre teve a gastronomia como hobby. Em 2015, optou por deixar a agência de publicidade em que trabalhava e viajar no estilo mochilão pela Europa por dois meses. No retorno ao Brasil, resolveu começar a colocar em prática um antigo sonho: o de ter um restaurante com temática de viagem e pratos de diversos lugares do mundo. Para tanto, buscou formação na área da Gastronomia, com cursos e workshops, ao mesmo tempo em que fazia pesquisas para viabilizar o negócio. O resultado poderá ser conferido a partir da próxima quarta, quando o estabelecimento abrirá para o público. O horário de atendimento do El Viajero será das 18h30min às 24h de terças a quintas, das 18h30min à 1h nas sextas, das 16h à 1h nos sábados e das 16h às 24h nos domingos.

Ambiente temático Como sugere o nome, espaço gastronômico é inspirado em viagens e terá horário de atendimento estendido

Sabores do mundo Cardápio do El Viajero conta com seis hambúrgueres inspirados na gastronomia de diferentes Países

Fotos: Fabiano Gasperin

união de sabores de diversas partes do mundo combinada à cultura cervejeira. Esta é a proposta do novo espaço gastronômico de Farroupilha, o El Viajero Hamburgueria & Pub, que inaugura na próxima quarta. Localizado na Arcângelo Chiele, 23, o espaço atenderá com horários estendidos de terça a domingo. “Vamos ter seis hambúrgueres fixos, com a possibilidade do cliente montar outras combinações com os ingredientes que temos aqui”, antecipa Ricardo Magnabosco, proprietário do estabelecimento. As opções são inspiradas nas culinárias mexicana, libanesa, argentina, americana, italiana e francesa. Outro destaque do cardápio, que inclusive será apresentado no formato de um passaporte, são as sobremesas, com tradicionais guloseimas de Jamaica, Espanha e Brasil. Além disso, o El Viajero contará com seis opções de petiscos e seis torneiras de chope artesanal.


8

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

FILANTROPIA

Jogada do bem Comunidade acompanhou, na noite de quarta, Bingo em prol da Amafa

Obituário 13 de abril José Osmar Machado, 66 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza. 16 de abril Vicente Ferrarini Moroni, 1 ano. Memorial Crematório São José, de Caxias do Sul. 17 de abril Júlio José Szcepkowski, 62 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza. 18 de abril Maicon Junior de Oliveira, 21 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal.

Juliana Inês Casa Barbieri

P

or meio do trabalho do Rotary, a Associação de Pais e Amigos do Autista de Farroupilha (Amafa) estará recebendo mais recursos na próxima semana. É que na noite de quarta foi realizada a 6ª edição do Bingo em prol da instituição, no Salão Comunitário Luterano. O intuito foi o de obter recursos para aplicar na Escola de Educação Especial Sonho Azul, mantida pela instituição. Foram cerca de 50 brindes entregues, entre poltronas, malas, jogos de panelas, cafeteira, notebook e outros, todos obtidos junto ao comércio e parceiros da entidade. A cartela foi comercializada a R$ 10,00 e, para complementar os recursos, teve ainda venda de pipoca,

Para ajudar Público prestigiou mais uma edição do Bingo na noite de quarta

cachorro-quente e bebidas. A expectativa é de que o evento tenha superado os valores obtidos em 2016 que foi de R$ 10.043,00. A aplicação é direta para a escola, bancando as despesas diárias da instituição que atende 34 alunos. O número de cartelas co-

mercializadas ainda está sendo contabilizado, bem como os dados gerais do evento que serão divulgados nos próximos dias. O Bingo é realizado pelo Rotary Club de Farroupilha, Rotary Club Farroupilha Nova Vicenza, Rotaract, Interact Club e Amafa.

Alguém quer me adotar? ONG dos Peludos

Esdras aguarda por adoção. Castrado, tem 2 anos e se relaciona bem com outros gatos. Interessados em conhecê-lo podem manter contato com a ONG dos Peludos pelos fones 992.122.466 ou 999.386.360 (WhatsApp).


9

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

SOLIDARIEDADE

Agasalhos para doar calor Campanha teve início nesta semana, com coleta de roupas e cobertores, seguindo até 4 de junho

J

á está na hora de arrumar o guarda-roupa e separar as peças que estão sem serventia, afinal, o inverno se aproxima e tem muita gente precisando de ajuda. Cobertores e roupas em bom estado e já limpos estão sendo coletados pela Campanha do Agasalho que teve início na última segunda. São 30 pontos de coleta pela cidade e as entregas podem ser feitas até 4 de junho. As doações passarão por triagem e serão entregues a famílias em situação de vul-

nerabilidade social. O repasse dos donativos também já está marcado: 13, 21, 27 de maio e 4 de junho, no Centro de Atendimento ao Cidadão (Ceac), das 8h às 11h. A campanha “Aqueça Este Inverno: Doe Calor” é realizada pela prefeitura, por meio do Gabinete da Primeira Dama e Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação. O lançamento oficial da ação será no próximo dia 7, durante o Encontro Municipal de Clubes de Mães, em São Miguel (4º Distrito), convocando a população a se engajar na causa.

Programe-se O que: Campanha do Agasalho Quando: doações até 4 de junho Onde: são 30 pontos de entrega (confira relação ao lado)

Pontos de entrega da Campanha * Prefeitura * Secretaria de Educação * Ceac * Casa de Cultura * Padaria Alici’s * Supermercado Imec * Multi Mercados * Crippa Supermercado * Mercado Turchetto * Mercado De Cesaro * Farmácia Farmativa * Foto Pavan * Farrapos Materiais de Construção * Polli Materiais de Construção * Lojas Colombo (Centro Administrativo)

* Sindicato dos Trabalhadores Agricultores Familiares * Soprano * Trombini * Banco do Brasil * Banrisul * Sicredi * Centro Espírita Os Samaritanos * Escola Municipal Angelo Chiele * Escola Municipal Santa Cruz * Colégio Nossa Senhora de Lourdes * Colégio Estadual São Tiago * Instituto Federal (IFRS) * Faculdade CNEC Farroupilha * UCS Campus Farroupilha * Wizard Idiomas


10

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

GESTÃO PÚBLICA

Ecofar com novas atribuições Câmara de Vereadores aprova projeto que permite à empresa de economia mista ampliar área de atuação atividades da Ecofar, tanto para diminuir despesas do município como para qualificá-los. De outro, a oposição alegando, que, mais uma vez, não tinha acesso a informações básicas, como, por exemplo, o número de novos funcionários que serão contratados e quantos deles serão cedidos pelo município, outro ponto contemplado na proposição. “É lamentável que a gente tenha de se submeter a uma análise superficial de uma coisa tão importante”, resumiu o vereador Tadeu Salib dos Santos (PP). No final, prevaleceu a maioria governamental e o projeto passou por 8 votos a 7, após voto de minerva do presidente da Câmara, Fabiano Piccoli (PT). Entre os novos serviços que a Ecofar está autorizada a realizar, destaque para usinagem de asfalto e execução de pavimentações, bem como de obras e serviços de construção civil em geral. Confira a lista completa abaixo.

Rol de atividades ampliado Usinagem de asfalto; Execução de pavimentação em geral; Execução de obras e serviços de drenagem em geral; Execução de obras e serviços rodoviários e em vias públicas em geral; Execução de obras e serviços de construção civil em geral; Execução de obras e serviços elétricos em geral; Projetos, execução e administração de serviços e obras em geral; Execução de obras e serviços de conservação e manutenção em geral; Serviços de apoio operacional; Extração e beneficiamento de saibro, basalto, pedras e outros materiais associados; Obras e serviços de terraplenagem, escavações e detonações de rochas; Vigilância e zeladoria; Indústria de artefatos de cimento; Indústria e comércio de materiais da construção civil; Projetos e serviços topográficos em geral; Projetos, obras e serviços de conservação e preservação da flora, fauna e do meio ambiente

Adroir Fotógrafo/Prefeitura de Farroupilha

C

riada como alternativa “caseira” para execução de serviços de limpeza urbana no município, a Empresa Farroupilhense de Saneamento e Desenvolvimento Ambiental (Ecofar), após pouco mais de um ano de atividades, terá sua área de atuação ampliada. Conforme autorizado nesta semana pelo Legislativo municipal, a empresa de economia mista poderá prestar serviços para outros órgãos e entidades públicas ou privadas, assim como desenvolver novas atividades. Protocolado sob o nº 25/2017, o projeto de lei, no entanto, causou polêmica. Após a primeira discussão da proposta na última semana, a matéria voltou à pauta na sessão de terça e dividiu as opiniões dos parlamentares. De um lado, a ala situacionista defendendo a importância da ampliação do rol de

Made in Farroupilha Ecofar foi criada em 2016 para substituir antiga concessionária

Boca de Urna

Fecovinho na Câmara

Presidente da Federação das Cooperativas Vinícolas do Rio Grande do Sul (Fecovinho), Hélio Marchioro explanou na sessão de segunda sobre os R$ 450 mil obtidos junto ao Ministério da Agricultura, por meio do Pisacoop. Conforme ele destacou, os recursos serão utilizados em modelos de produções agrícolas, com trocas de experiências, produções orgânicas e biodinâmicas realizadas em Farroupilha e região. O recurso auxiliará também a estimular a permanência dos jovens no meio rural. A participação de Marchioro atendeu a um requerimento do presidente da Casa, Fabiano Piccoli (PT).

Reajuste salarial

Após acordo entre prefeitura e Sismuf, a Câmara autorizou na terça reajuste de 6,5% nos salários dos servidores públicos municipais. O índice será repassado de forma escalonada, sendo 1,3% a partir de 1º de abril, 1,3% a partir de 1º de julho, 1,5% a partir de 1º de outubro e 2,25% a partir de 1º de janeiro de 2018. A revisão de valores será aplicada também nos vencimentos dos agentes políticos dos Poderes Executivo e Legislativo municipais e dos conselheiros tutelares, assim como aos proventos da inatividade e às pensões. A proposta foi aprovada por unanimidade pelos parlamentares.


11

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

CONTRATURNO

Turbinando o currículo escolar Programa Novo Mais Educação oferece ampliação da jornada de ensino para reforçar o aprendizado

P

ara reforçar o ensino na rede municipal, diversas escolas contam com o Programa Novo Mais Educação, do governo federal. São atividades oferecidas no contraturno escolar para complementar os estudos. Conteúdos que vão de música, capoeira até Português e Matemática. Na Escola Municipal Presidente Dutra, do bairro Medianeira, a atividade está implantada há três anos e os resultados têm sido positivos: maior dedicação e interesse dos estudantes e melhora nos resultados em sala de aula. Neste ano atende uma turma de 20 alunos do 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental, com idades entre 10 e 14 anos. “Beneficiou alunos com maiores necessidades por melhorar a aprendizagem. Eles mesmos já estão percebendo melhoras de maneira significativa, principalmente em Português e Matemática, além de termos um retorno positivo dos pais”, expõe Glória Maria De Souza, orientadora pedagógica da Presidente Dutra, articuladora e coordenadora do Programa na instituição. Uma empolgação que se espelha nas alunas Emily Dewes da Silva e Danielly Leite, ambas de 10 anos. Para as

estudantes, o complemento curricular tem sido de grande valia, com novos aprendizados e oportunidades. Há música, danças tradicionalistas, capoeira, leitura, artes, teatro, Língua Portuguesa, Educação Física e Matemática. “Ao invés de ficar em casa sem fazer nada, ficamos na escola com atividades muito legais, por isso eu gosto”, frisa Danielly.

Juliana Inês Casa Barbieri

Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br

Programa acontece pelo voluntariado Para ampliar a jornada escolar, também a sociedade contribui. Os educadores do Programa, que são chamados de mediadores e facilitadores, se caracterizam como voluntários, já que recebem apenas auxílio para alimentação e transporte. Ajuda valiosa que na maioria dos casos vem de acadêmicos que também recebem oportunidade de iniciar uma carreira profissional. Na Presidente Dutra, as aulas extras acontecem às segundas, terças e quintas à tarde, dias em que os estudantes também almoçam na própria instituição, sendo atendidos até às 17h. A intenção é de aumentar o número de alunos beneficiados nos próximos anos, mas para isso é necessário contar com espaço físico adequado, ampliação que também é pleiteada pela Presidente Dutra.

Batucada Para melhorar o rendimento escolar, também a música entrou em sala de aula

Outras escolas com o Programa

Além da Presidente Dutra, outras sete escolas municipais contam com o Novo Mais Educação: Nossa Senhora de Caravaggio (1º Distrito); Senador Teotônio Vilela e Angelo Venzon Neto, localizadas no bairro Industrial; Zelinda Pessin, no Centenário; Santa Cruz, em Nova Milano (4º Distrito); João Grendene e 1º de Maio, ambas no bairro 1º de Maio. Entre todas as instituições são 457 estudantes beneficiados pelo programa. A intenção é de ampliar esse número nos próximos anos.

Objetivos do Novo Mais Educação

* Alfabetização, ampliação do letramento e melhoria do desempenho em Língua Portuguesa e Matemática; * Redução da evasão escolar, reprovação, distorção idade/ano; * Melhoria dos resultados de aprendizagem do Ensino Fundamental; * Ampliação do período de permanência dos alunos na escola


12

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

AUTOMOBILISMO

Aprendizado acelerado em casa Márcio Campos corre neste fim de semana, na 2ª etapa da Stock Car, no Velopark, em Nova Santa Rita Shooters Photofiles

A

inda se adaptando à nova categoria, Márcio Campos está com boas perspectivas para a 2ª etapa da Stock Car. Ela acontece neste fim de semana, no Autódromo Internacional do Velopark, em Nova Santa Rita, um circuito que o piloto farroupilhense conhece bem e que foi palco de seu primeiro título no Mercedes-Benz Grand Challenge, quando competia ao lado do pai, João Campos, em 2011. “Estou animado para a corrida no Velopark. Correr em casa é sempre bom por ter o apoio da torcida gaúcha”, destaca Campos, que faz sua estreia na categoria com a também estreante equipe Blau Motorsport. “Estamos desenvolvendo o carro e aprendendo etapa por etapa. Então, nesta eu acredito que estaremos mais competitivos. Estamos dando um passo de cada vez”, frisou o farroupilhense. Os treinos livres começam na sexta à tarde e seguem no sábado pela manhã. No sábado à tarde ocorre o treino classificatório para a corrida 1 de domingo, marcada para as 13h. A 2 acontece na sequência, com a inversão dos 10 primeiros ao final da prova 1 na composição do grid. O canal SporTV 2 anuncia a transmissão das provas.

Para evoluir Campos tem o fato de conhecer bem o circuito do Velopark como trunfo na sequência da temporada

Stock Car O que: 2ª etapa da temporada 2017 Quando: de sexta a domingo Onde: Autódromo Internacional do Velopark, em Nova Santa Rita (RS) Treinos livres: sexta, às 12h30min (Grupo 1) e 13h40min (Grupo 2); sábado, às 9h (Grupo 1) e 9h45min (Grupo 2) Treino classificatório: sábado, das 13h às 14h Prova 1: domingo, às 13h (40 minutos mais uma volta) Prova 2: domingo, às 14h10min (40 minutos mais uma volta) Na TV: ao vivo pelo SporTV 2


13

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

COPA FARROUPILHA

Confrontos que abrem 2ª rodada reúnem as líderes de A e B Retornando após o recesso de Páscoa, a Copa Farroupilha de Futsal Feminino promete uma abertura quente de 2ª rodada, neste sábado, no Ginásio de Esportes do Colégio Nossa Senhora de Lourdes. Isso porque das seis participantes que vão à quadra, cinco venceram na rodada de abertura. Ou seja, teremos dois duelos entre as líderes, nas Chaves A e B. Na abertura dos trabalhos da noite, a Abala, de Bento Gonçalves, derrotado pela Juventus na estreia, mede forças com a Fura Bola, de Nova Petrópolis, atual vice-campeão, que venceu na rodada inaugural, em duelo válido pela Chave C. Na sequência, os confrontos que valem a liderança, com os quatro times que triunfaram na rodada de abertura da competição regional, começando pela Chave B, onde a caxiense Napoli desafia a BGF, de Bento, atual campeã. Por fim, no encerramento da noite, a farroupilhense 1º de Maio encara a caxiense Olimpia/AABB. O complemento da 2ª rodada ocorre no dia 6. A competição é organizada pela Liga Farroupilhense de Futsal.

Copa Farroupilha de Futsal Feminino (abertura da 2ª rodada da 1ª fase)

X Chave C (sábado, às 19h)

X Chave B (sábado, às 19h45min)

X Chave A (sábado, às 20h30min)

LIGA PARCERIA DA SERRA

Rodada simplificada

Preliminar

Apahand em quadra

Apenas dois jogos acontecem neste sábado, na Vila Jansen, e definem última vaga entre Gaúcho e LSC

C

om três times habilitados na Chave A (Jansen, Parceria e Lyon) e os quatro na B (Titanium, Oliveira Santana, Amigos da Bola e Barcelona), a Liga Parceria da Serra (LPS) optou, também em virtude do feriadão, de realizar apenas dois jogos nesta rodada final de fase classificatória, quando Gaúcho e LSC decidem a última vaga da A para as quartas de final da disputa (veja confrontos ao lado). Como não há vantagem nos cruzamentos da etapa eliminatória, a ordem de posição na B permanece, podendo ocorrer alterações apenas na A. O Lyon, que enfrentaria o eliminado Atlético PN, terá computada

a vitória por 1 a 0 e, portanto, chegará aos 17 pontos, obtendo uma das vagas. Os duelos entre Borussia e Parceria e Tandera e Sapucaia não serão realizados.

Duelos da 9ª rodada

x

Sábado, às 14h

x

Sábado, às 16h

Campo da SERC Jansen, em Vila Jansen

A Associação dos Pais e Amigos do Handebol (Apahand), que recentemente fechou uma parceria com a prefeitura e Grendene, estreia na 1ª fase do Campeonato Gaúcho neste fim de semana, em Caxias do Sul. A Apahand/ UCS/Farroupilha encara a UFRGS nesta sexta, às 18h30min, no Ginásio do Santa Catarina; a Ulbra no sábado, às 9h, no Ginásio do Sest/Senat; e o Clube de Handebol Capão da Canoa (CHCC), também no sábado, às 19h30min, no Ginásio do Santa Catarina.

Juventus em Caxias

Classificação (Chave A) Equipe

P

J

V

E

D

GM

GS

SG

1) Jansen *

18

8

5

3

0

32

10

22

2) Parceria FC *

16

8

5

1

2

20

12

8

3) Gaúcho

14

8

4

2

2

28

14

14

4) Lyon *

14

8

4

2

2

11

9

2

5) LSC

13

8

3

4

1

18

14

4

6) Borussia

11

8

3

2

3

17

14

3

7) Paysandu

10

8

3

1

4

11

18

-7

8) Sapucaia

9

8

3

0

5

9

27

-18

9) Tandera

4

8

1

1

6

9

22

-13

10) Atlético PN **

-1

8

1

0

7

9

24

-15

Legenda: P (pontos), J (jogos), V (vitórias), E (empates), D (derrotas), GM (gols marcados), GS (gols sofridos) e SG (saldo de gols)

Classificação (Chave B) Equipe

P

J

V

E

D

GM

GS

SG

1) Titanium *

21

8

7

0

1

23

12

11

2) Oliveira Santana *

20

8

6

2

0

30

10

20

3) Amigos da Bola *

16

8

5

1

2

29

15

14

4) Barcelona *

15

8

4

3

1

18

6

12

5) Pôr do Sol

12

8

4

0

4

18

19

-1

6) Olimpíacos

11

8

3

2

3

11

11

0

7) Real Rizzo

8

8

2

2

4

12

17

-5

8) ABGF

7

8

2

1

5

11

32

-21

9) Mundo Novo

4

8

1

1

6

12

26

-14

10) Tigre **

-4

8

0

0

8

7

23

-16

Legenda: P (pontos), J (jogos), V (vitórias), E (empates), D (derrotas) e GM (gols marcados), GS (gols sofridos) e SG (saldo de gols)

* Classificados às quartas de final da competição ** O caxiense Atlético PN e o bento-gonçalvense Tigre foram eliminadas, perderam quatro pontos e em seus confrontos é contabilizada a vitória do adversário pelo placar de 1 a 0

Além de estar envolvida na Copa Farroupilha, a equipe farroupilhense de futsal feminino também participa do Citadino de Caxias do Sul. A estreia da Juventus ocorre neste domingo, quando encara a Guerreiras Futebol Clube (GFC), no ginásio do Enxutão, a partir das 9h. São duas chaves com sete times cada. Os quatro primeiros avançam à etapa eliminatória.

Grêmio São Luiz

A equipe entra em campo pela Liga Serrana nesta sexta, no 3º Distrito, contra o Santos, nas categorias Sub-11 e Sub-13, a partir das 9h. À tarde, coordenadores das categorias de base do Avaí estarão fazendo uma avaliação dos jogadores de 13 a 16 anos do Grêmio Esportivo São Luiz, além do Boll Planalto, de Veranópolis, e do Juvenil, de Garibaldi.

Atletismo do JEF

As provas da modalidade dos Jogos Estudantis de Farroupilha (JEF) acontecem na próxima terça e quarta, pela manhã e à tarde, no Serviço Social da Indústria (Sesi) de Caxias do Sul.


14

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

SEGUNDONA GAÚCHA

Sequência caseira para encaminhar Brasil tem sua pior atuação na competição estadual, é goleado pelo Lajeadense na Arena Alviazul, na quarta à noite, mas tem três dos últimos quatro compromissos em Farroupilha e conta com a força das Castanheiras para subir na tabela já na próxima semana, diante de Glória e Panambi

O

Brasil

rubro-verde tinha uma semana como visitante na Segundona Gaúcha e ela começou muito bem. No domingo de Páscoa, no Rubro-Negro, em Crissiumal, o Brasil venceu o Tupi com tranquilidade, por 2 a 0, com gols do meia Willian Bones e do centroavante Aldir, mas a meta, de voltar com pelo menos quatro pontos para Farroupilha, não se concretizou na quarta à noite, em Lajeado. Na Arena Alviazul, diante de um desesperado Lajeadense, a equipe farroupilhense teve sua pior perfomance na competição e acabou superada com facilidade pela rival. Mesmo assim, quem teve a primeira chance foi Aldir, que chutou por cima bola que sobrou após bate-rebate na área, aos 15 minutos. O Lajeadense chegou com perigo em um cabeceio de Saldanha, defendido por Ismael, aos 25 minutos. Aos 32, Dudu abriu o marcador para o alviazul de cabeça, após cruzamento de Saldanha. Não demorou muito, o placar foi ampliado por Flávio Torres. O centroavante recebeu de Dudu e marcou o 2 a 0, aos 39 minutos. Logo após a saída de bola, nova carga ofensiva que resultou em gol e novamente com Flávio Torres, que completou para as

redes o cruzamento de Saldanha: 42 minutos e 3 a 0 para o time de Lajeado. A situação ficou ainda mais complicada quando o árbitro deu sequência a um lance irregular do Lajeadense, após o jogador não respeitar a distância em uma cobrança de falta. O zagueiro Douglas reclamou da jogada e acabou sendo expulso. No intervalo, o técnico Paulo Matos sacou o atacante Raphael Alemão e colocou o volante Filipe, com Maiquel recompondo o setor defensivo ao lado de Lucena. O ritmo foi menos intenso na etapa final, mesmo assim, o Lajeadense tirou proveito da vantagem numérica e ampliou. Após cruzamento de Josué, o zagueiro Du subiu mais alto e cabeceou. A bola bateu na trave antes de entrar: 4 a 0, aos 25 minutos. Aos 37, foi a vez do outro zagueiro, Danilo Mendes, ex-Brasil, também de cabeça, marcar o 5 a 0. Foi o terceiro gol sofrido em jogada aérea pela zaga rubro-verde. A situação só não foi pior porque o Esportivo não passou de um empate diante do União, em casa, o que derrubaria o Brasil para o limite da zona de classificação. Mesmo assim, a equipe farroupilhense acabou superada pelo São Luiz, que assumiu a vice-liderança. Resta ao rubro-verde esquecer do tropeço, concentrar a atenção na reta final da 1ª fase e fazer bom uso do fator local. Dos quatro últimos jogos, três são em Farroupilha e dois em sequência, na próxima semana, contra o Glória, na segunda, e Panambi, na quinta. Fazendo a lição de casa, a classificação é certa.

Segundona Gaúcha (resultados 10ª rodada do Grupo B)

4x2

0x0

19 de Outubro (Ijuí)

Montanha dos Vinhedos (Bento Gonçalves)

3x0 Altos da Glória (Vacaria)


15

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

Diogo Botti/O Informativo do Vale

Segundona Gaúcha (10ª rodada do Grupo B)

vaga nas quartas

5x0 Vanderlei Mano Du Danilo Mendes Germano Índio (Josué, 10/2º) Mateus Santana Gabriel Deivis (Anderson Ijuí, 17/2º) Dudu Saldanha Flávio Torres (Padu, 23/2º) Técnico Rodrigo Bandeira

Ismael Thomas Lucena Douglas Gustavinho Maiquel Capinha Willian Bones (Marquinhos, 26/2º) Michel Raphael Alemão (Filipe, intervalo) Aldir (Dinei, 25/2º) Técnico Paulo Matos

Arbitragem: Peterson Regert, auxiliado por Henrique Soares e Daniel Fraga Local/Data: Arena Alviazul, em Lajeado / Quarta, 19 de abril de 2017

Segundona Gaúcha – Classificação do Grupo B Equipe

Noite para esquecer Capitão Michel tenta jogada cercado por atletas do Lajeadense: Brasil sofre goleada

Segundona Gaúcha (confrontos da 11ª rodada do Grupo B)

P

J

V

E

D

GM GS SG

1)

Glória

22

10 6

4

0

10

2

8

2)

São Luiz

17

10 4

5

1

14

10 4

3)

Brasil

16

10 5

1

4

18

16 2

4)

Esportivo

16

10 4

4

2

15

8

7

5)

Lajeadense

14

10 4

2

4

15

9

6

6)

União

13

10 3

4

3

7

6

1

7)

Tupi

6

10 1

3

6

5

23 -18

8)

Panambi

3

10 0

3

7

6

16 -10

Legenda: P (pontos), J (jogos), V (vitórias), E (empates), D (derrotas), GM (gols marcados), GS (gols sofridos) e SG (saldo de gols)

x

x

x

Segunda, às 20h Castanheiras (Farroupilha)

Sábado, às 15h30min Rubro-Negro (Crissiumal)

Domingo, às 15h30min Vermelhão da Colina (Frederico Westphalen)

x Domingo, às 16h João Marimon (Panambi)


Ezequiel Neitzke/Jornal A Hora

ESPORTE

Brasil é goleado e foca recuperação em série caseira Rubro-verde é facilmente batido pelo Lajeadense, na Arena Alviazul, mas ainda segue na zona de classificação e tem sequência de partidas em Farroupilha para superar revés e encaminhar vaga às quartas de final da Segundona Páginas 14 e 15

MATÉRIA ESPECIAL

ECONOMIA

SÉTIMA ARTE

EDUCAÇÃO

A nova frente de ação das Voluntárias da Saúde e a opção de assinatura solidária do Informante Páginas 2 e 3 e Editorial

Hamburgueria & Pub abre as portas com cardápio também focado em sobremesas e chopes artesanais Página 7

Amy Adams e Jake Gyllenhaal protagonizam o impactante, dramático, triste e, sobretudo, reflexivo “Animais Noturnos” Páginas 10 e 11 do Inside

Novo Mais Educação oferece complementação de ensino regular e novos aprendizados no contraturno escolar Página 11

Shooters Photofiles

Solidariedade que, de fato, contagia

Os sabores do mundo estão em El Viajero

Tom Ford dirige um dos Reforço em estudos e grandes filmes do ano também em diversão

ESPORTE

Campos em nova estreia, agora em casa Piloto farroupilhense corre pela primeira vez em solo gaúcho na Stock Car, na 2ª etapa da temporada, que acontece neste fim de semana, no Autódromo do Velopark, em Nova Santa Rita Página 12


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

TRATAMENTO ODONTOLÓGICO

Megatriagem no Dia do Sorriso Programa Dentista do Bem avalia saúde bucal de estudantes do Vivian Maggioni no próximo dia 28 odontológica do mundo, realizada numa parceria entre Oral-B e Turma do Bem, cujo maior projeto é o Dentista do Bem. Acontecerá simultaneamente em 300 municípios brasileiros, em 10 Países da América Latina e em Portugal. Mundialmente, será a quinta vez que a ação acontece, sendo que o processo é simples e rápido. Há um exame visual, o preenchimento de ficha com informações sobre a saúde bucal e condição socioeconômica da família. A seleção prioriza crianças e adolescentes carentes, com problemas bucais mais graves e os mais velhos, por estarem próximos ao primeiro emprego. Em seguida, os selecionados recebem correspondência com o nome e endereço do dentista voluntário que será responsável pelo seu tratamento. Há ainda o cuidado em direcionar as crianças e jovens para o consultório mais próximo de sua residência. Para que o benefício seja concedido, também é necessária a autorização do pais ou responsáveis.

Saiba mais O que: Megatriagem da Turma do Bem no Dia Mundial do Sorriso Quando: próximo dia 28, às 8h e às 15h Onde: Escola Estadual Vivian Maggioni (Alexandre Bartelle, s/nº, no bairro São José) Quanto: avaliação gratuita, por meio de projeto social

Arquivo Jornal Informante

C

omo tradicionalmente já acontece em Farroupilha, no próximo dia 28 tem a Megatriagem do Programa Dentista do Bem. Desta vez será na Escola Estadual Vivian Maggioni, do bairro São José, quando jovens de baixa renda serão avaliados para receber tratamento odontológico gratuito. A ação acontece no Dia Mundial do Sorriso e em Farroupilha será às 8h e às 15h, na própria escola, avaliando a saúde bucal de 134 estudantes, do 4º ao 9º ano, com idades que variam entre 11 e 17 anos. “É muito importante porque conseguimos identificar problemas bucais dessas crianças e jovens carentes e colaborar para que a saúde bucal de Farroupilha melhore ainda mais”, salienta Paulo Roberto Bertocchi que é coordenador regional do Dentista do Bem. Em Farroupilha são 32 profissionais que integram o projeto. Esta é considerada a maior triagem

Triagem de saúde bucal Bertocchi realiza as avaliações bucais que, neste ano, serão na Escola Vivian Maggioni

Turma do Bem (TdB) e Dentista do Bem A TdB gerencia a maior rede de voluntariado especializado do mundo, com 16 mil dentistas atuando em 14 Países. Oferece atendimento odontológico gratuito à população de baixa renda em condição de vulnerabilidade social. Mantém o projeto Dentista do Bem que conta com o trabalho voluntário de profissionais que atendem crianças e adolescentes carentes, proporcionando tratamento odontológico gratuito até os 18 anos.


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

Por que optar pela d Equipe Espaço da Beleza *

C

onsiderado padrão ouro na remoção de pelos, o Light Sheer emite um feixe de luz que atravessa a pele e é absorvido pela melanina da haste do pelo. O calor gerado pela absorção da luz se difunde e danifica o folículo piloso. O laser atua diretamente na raiz, enfraquecendo-a e reduzindo o crescimento de novos pelos na região. Pessoas com todos os tipos de pele podem recorrer ao método, inclusive as negras, que sofrem mais de foliculite, e bronzeadas. Efeitos do método e recomendações * Atua na redução permanente de pelos indesejáveis e no tratamento definitivo da foliculite; * Além disso, por ter um aplicador maior, o equipamento trata grandes áreas de uma só vez; * O número de sessões varia de acordo com o tipo de pele, do pelo, sexo, região tratada e fluência utilizada do laser. Em média, são cinco sessões, com exceção dos pelos finos da face, que pedem mais tempo; * As sessões são realizadas a cada quatro a seis semanas. O intervalo varia de acordo com a velocidade de crescimento dos pelos de cada região do corpo; * Não fazer depilação com cera ou pinça durante os intervalos das sessões e 15 dias

antes da primeira sessão; * As áreas a serem depiladas devem estar limpas, sem creme, perfumes ou maquiagem; * Evite exposição solar, bronzeamento artificial e cremes autobronzeadores 15 dias antes e depois da aplicação (durante esse período, usar FPS 30 em toda a área tratada); * Se o local a ser depilado estiver constantemente exposto aos raios solares, como a face, é necessário usar, diariamente, o filtro solar; * Regiões tratadas: virilha, axila, barba, perna, face e dorso masculino são áreas de excelentes resultados; * Pelos grossos são os que se consegue um melhor resultado; * Algumas alterações hormonais (causadas pela gravidez, o início da menstruação e o uso de medicações) podem estimular essas células a originar novos pelos; * Após uma sessão de depilação a laser, ocorrerá uma leve vermelhidão na área do tratamento durante as primeiras horas, ocasionada por um inchaço do folículo. Este fato é positivo, pois indica que o pelo respondeu ao tratamento; * Se você ainda tiver alguma dúvida, se é indicado ou não para o seu tipo de pele ou pelo, ligue e agende sua avaliação sem custo. * Espaço da Beleza Centro Estético Independência, 555 – Centro de Farroupilha Fone (54) 3268-5511


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

depilação a laser? Fotos: Divulgação

Resultados comprovados Técnica é cada vez mais utilizada, inclusive por homens


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

OLHAR GAÚCHO

Farroupilha terá Centro de Referência Teleoftalmologia

A

Convênio envolve Secretarias Municipal e Estadual de Saúde, Ministério da Saúde, UFRGS e Hospital Moinhos de Vento

prefeitura aderiu ao projeto Teleoftalmologia como Estratégia de Atenção Integral à Saúde Ocular, o Teleoftalmo Olhar Gaúcho. Ele será desenvolvido entre as pastas Municipal e Estadual da Saúde, Ministério da Saúde, Associação Hospitalar Moinhos de Vento e Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Integrado por sete municípios gaúchos, o projeto dispõe de oito consultórios remotos. O convênio consiste na instalação de um Consultório Oftalmológico na Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro América e permitirá a realização de até 500 exames de acuidade visual

por mês, atendendo toda a Região Nordeste do Estado. Durante as consultas, uma equipe de médicos e enfermeiros irá transmitir os exames para uma central, em Porto Alegre. O oftalmologista irá realizar o diagnóstico das imagens e definir o procedimento e o tratamento a serem seguidos. Como no local será feito apenas o diagnóstico, pacientes poderão ser encaminhados para consultas pre-

senciais com oftalmologistas. Entre as funções do laboratório está a capacidade de rastrear a retinopatia diabética, determinando o estágio da doença, rastrear o glaucoma, diagnosticar catarata e identificar erros de refração ocular. A opção pelo América, além da moderna estrutura do local, também foi feita por conta do fácil acesso à Estação Rodoviária e à ERS122, já que atenderá toda a Serra Gaúcha.

R$ 800 mil em mobiliário para a UPA A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) deve começar a funcionar em breve. A prefeitura anunciou recursos na ordem de R$ 800 mil para aquisição de mobiliário. São R$ 100 mil de uma emenda parlamentar do deputado federal Renato Molling (PP/RS) e R$ 700 mil do governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde.


Festimalha

Evento tradicional de Nova Petrópis inicia nesta quinta com a participação de 47 malharias Página 5

Inside

Tributo a Joplin

Banda Cheap Thrills homenageia a rainha do rock em apresentação nesta sexta, no República Página 9

EXPOSIÇÃO

Sentimentos Basálticos em cartaz na Casa de Cultura Fotos: Alana Bof

E

sculturas do artista Mauri Valdir Menegotto já foram expostas em espaços culturais de renome como o MARGS (Museu de Arte do Rio Grande do Sul) e a Galeria Iberê Camargo, e agora chegam à Casa de Cultura de Farroupilha, em exposição que segue até dia 31 de maio. Confira a matéria completa e entrevista com o artista na página 3 do Inside.


Inside

2

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

Cinemas Shopping Iguatemi (RST-453, quilômetro 3,5) Cinemas

Imagem: Reprodução

GNC 1: O Poderoso Chefinho (dublado) - às 13h30min e 17h30min GNC 1: Os Smurfs e a Vila Perdida (dublado) - às 15h30min GNC 1: Central: O Filme - às 19h30min e 21h20min GNC 2: A Bela e a Fera - às 14h (dublado) e 19h20min (legendado) GNC 2: A Cabana - às 16h30min (dublado) e 21h50min (legendado) GNC 3: A Cabana (dublado) - às 14h10min GNC 3: Paixão Obsessiva - às 16h45min e 21h (legendado), 18h50min (dublado) GNC 4: Velozes e Furiosos 8 - às 13h20min e 18h40min (dublado e em 3d), 16h e 21h30min (legendado e em 3d) GNC 5: Os Smurfs e a Vila Perdida (dublado e em 3d) - às 14h20min GNC 5: Vida - às 16h10min (dublado), 19h e 21h10min (legendado) GNC 6: Velozes e Furiosos 8 - às 13h40min e 19h10min (legendado), 16h20min e 22h (dublado) Ingressos: segunda, quarta e quinta (exceto feriado) a R$ 20,00 e R$ 26,00 (salas 3d); terça (exceto feriado) R$ 14,00 e R$ 18,00 (salas 3d); sexta a domingo e feriado a R$ 25,00 e R$ 32,00 (salas 3d). Meia entrada todos os dias para menores de 18 anos e maiores de 60 (mediante apresentação de identidade), estudantes (mediante apresentação de Carteira de Identificação Estudantil) e para o Movie Club Preferencial.

Shopping San Pelegrino (Avenida Rio Branco, 425) Cinépolis 1: Velozes e Furiosos 8 (legendado e em 3d) - às 13h15min, 16h, 19h e 22h Cinépolis 2: Vida - às 13h30min e 18h30min (dublado), 15h50min e 21h20min (legendado) Cinépolis 3: A Cabana - às 13h45min e 19h20min (dublado), 16h20min e 22h15min (legendado) Cinépolis 4: Os Smurfs e a Vila Perdida (dublado) - às 12h30min e 14h30min Cinépolis 4: Velozes e Furiosos 8 (dublado) - às 17h e 20h Cinépolis 5: Velozes e Furiosos 8 - às 12h, 15h e 18h (dublado e em 3d), 21h (legendado e em 3d) Cinépolis 6: O Poderoso Chefinho (dublado e em 3d) - às 12h45min, 15h15min, 17h25min e 19h35min Cinépolis 6: A Bela e a Fera (dublado e em 3d) - às 21h50min Ingressos: nas salas tradicionais, segunda a R$ 20,00; terça e quarta (exceto feriado) a R$ 14,00; quinta a R$ 24,00; sexta a domingo e feriado a R$ 25,00. Nas salas 3d, segunda a R$ 27,00; terça e quarta (exceto feriado) a R$ 18,00; quinta a R$ 30,00; sexta a domingo e feriado a R$ 31,00.

Sala de Cinema Ulysses Geremia (Luiz Antunes, 312) Matinê às 3: Água para Elefantes - nesta quinta, às 15h Documentário: Sarau Jazz: Onde a Música Acontece - quarta, às 20h Matinê às 3: Tomates Verdes Fritos - próxima quinta, às 15h Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (estudantes e sênior)

Clássico No mês em que completa 25 anos de lançamento, o ótimo “Tomates Verdes Fritos”, de Jon Avnet, tem exibição na Sala de Cinema na próxima quinta à tarde


FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

Exposição

Inside

3

As inspirações artísticas de Mauri Menegotto Mostra com esculturas do artista de Bento Gonçalves está aberta para visitação na Casa de Cultura farroupilhense Adroir Fotógrafo/Prefeitura de Farroupilha

E

sculturas em basalto ocupam a Casa de Cultura de Farroupilha (República, 172) até o dia 31 de maio. As 24 peças que integram a exposição Sentimento Basáltico são de autoria do artista Mauri Valdir Menegotto, o Gotto. Nascido em Bento Gonçalves, Gotto teve seu primeiro contato com arte há mais de 30 anos. Ele trabalhou para o artista João Bezz Bati, que o inspirou a seguir carreira na área artística e é a sua principal influência. Alguns temas recorrentes na obra de Gotto são as sementes, os pássaros e figuras humanas. A mostra que está em cartaz em Farroupilha reúne um pouco de cada uma dessas temáticas, fazendo um apanhado das criações do artista. “A natureza me inspira, animais e seres humanos. Eu uso o minimalismo para retratar isso. Eu passo 10, 11 horas trabalhando, estou sempre em contato com a arte e isso estimula a criatividade”, comenta Gotto. Para ele, arte é sentimento e expressão. O principal material utilizado pelo escultor é o basalto, que existe em abundância na região. Ele relata que, em alguns finais de semana, sai com amigos para coletar pedras, especialmente onde há construções. “É um material muito lindo e variado. A cada trabalho eu descubro cores novas e isso me fascina”, comenta. Com curadoria de Alexandre Broilo, a exposição Sentimento Basáltico pode ser visitada de segunda a sexta, das 9 às 21h. A entrada é franca.

Programe-se O que: Exposição Sentimento Basáltico Quando: até 31 de maio Onde: Casa de Cultura (República, 172) Quanto: entrada franca

Mauri Valdir Menegotto Artista tem a natureza como inspiração


Inside

4

Crônicas da Redação Ramon Cardoso

ramon@jornalinformante.com.br

Um Estado igualitário não serve à esquerda

Agenda

QUINTA

Lactobacilos Vivos – Rock N’Roll República Beer, às 23h Paulinho e Cristiano Boteco Antonielle, às 22h

SEXTA Opera Lis Boteco Antonielle, às 22h

SÁBADO Beat On Me – 2 anos Muinho, às 23h59min Atrações: DJ’s Juliano Cortiana, Ney Faustini, Benjamim Sallum , Vermelho e GeekBass

Acústico Cris e Rafinha Di Roma, às 20h Gervasoni Trio Boteco Antonielle, às 22h Divulgação

A esquerda implementou, e de forma hábil (certamente a única coisa que fizeram bem, embora para atender interesses da própria agenda, claro), ramificações do discurso da luta de classes. Não eram só empregados contra patrões, mas as mulheres contra o machismo, o homossexualismo contra a homofobia, os negros contra o racismo. E ai de quem não comprar essa briga. Essa legislação pró Feminismo, esses termos como o feminicídio, não tenho a menor dúvida, mais atrapalham do que ajudam a causa. É algo sem fundamento. É como a legislação que enquadrou o tráfico de drogas como crime hediondo. Resolveu pra caramba. Uma recente pesquisa da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) apontou o Brasil como o segundo maior consumidor de cocaína do mundo. Na certa o pessoal está mandando vir a droga diretamente da Colômbia e da Bolívia, já que os traficantes daqui estão borrados de medo com o aumento da pena para o tráfico. Se lei servisse pra alguma coisa no Brasil, nós tínhamos o IDH da Noruega. Em Farroupilha, há poucos dias, tivemos dois casos de mulheres que assassinaram os companheiros. Isso se enquadraria como machinicídio? Ou seria machismicídio? O que a esquerda não quer é um Estado igualitário, porque um Estado que a lei é igual para todos, que seja aplicada e que os transgressores dela sejam punidos, elimina o discurso capenga e põe por terra as bandeiras nas quais a esquerda se apoia, seja a do feminismo, do racismo, do homossexualismo e por aí vai. Aqui na cidade, no Centro, adesivos foram colados no chão com dizeres como “mulher merece respeito”. Pergunto: só a mulher? Homem não merece? E negro? E pobre? E azul? E amarelo? E homossexual? Todos merecem respeito. Eu até sei que tem uma sábia que dividiu a raça humana em dois: a homo sapiens e a mulher sapiens. Mas acreditem, a raça humana é uma só. E quem não respeitar ou cometer algum tipo de crime, seja contra homem, mulher, homossexual, heterossexual, branco, negro, pobre ou rico, merece ser punido na forma da lei. Pessoal, está na hora de acordar e derrubar essa agenda ridícula de vitimização. O que falta nesse País é uma coisa só: educação. Diga-se de passagem, algo que a esquerda abomina. Para começo de conversa, tem um líder que se orgulha de ser iletrado, que fez uma sucessora que saúda a mandioca, fala mulher sapiens e queria estocar vento. Não bastasse isso, no período Lula/Dilma os índices educacionais despencaram em uma velocidade mais rápida do que o rombo fiscal deixado pela catastrófica dupla de pseudo gestores. A queda nos índices só não foi mais efetiva que a corrupção praticada no período. A bandeira que necessita ser levantada é uma só: da educação contra a ignorância. O problema é que essa patrulha ideológica de esquerda acha que tem influência e poder. Não tem nada. O Estado não está mais na mão deles e não vai estar, para o nosso bem, pelos próximos 30 anos, chutando baixo. Mas a patrulha segue ditando os rumos da grande mídia, que fica toda afetada e pisando em ovos para não receber crítica desse pessoal. Como se isso fosse demérito. Não vamos avançar em nada como sociedade enquanto a imprensa comprar essa agenda e ela continuar sendo enfiada goela abaixo da população. x-x-x-x-x-x Iria falar sobre a nojeira da delação da Odebrecht, mas como vai dar muito pano pra manga, vamos esperar Lula e Dilma serem presos, o que deve ocorrer em breve.

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017


FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

Inside

Moda

5

Paulo Roque Gasparetto prgasparetto@terra.com.br

Festimalha inicia nesta quinta em Nova Petrópolis

Testemunho Quando olhamos um braseiro percebemos

Evento vai reunir 63 expositores em 25 dias de feira e espera 100 mil visitantes que ele só existe se as brasas permanecem Alana Bof

Prévia Lançamento do evento aconteceu há quase um mês, no dia 21 de março

A

28ª edição do Festimalha inicia nesta quinta e segue até o dia 28 de maio. A feira no Centro de Evento de Nova Petrópolis poderá ser visitada de quinta a domingo, além do feriado do dia 1º de maio. Serão 63 expositores, 47 desses do setor malheiro, cinco de acessórios e 11 pontos gastronômicos. A estimativa, nos 25 dias de evento, é atrair cerca de 100 mil visitantes. Tendo como tema o slogan Moda é Para Todos, a ideia da feira é trazer modelos de malhas para todas as idades e tamanhos. Além da feira em si, o Festimalha vai contar com desfiles de moda nos dias 30 de abril e 14 de maio, às 15h, e o Encontro das Rainhas, que vai reunir sobera-

nas de festas da região em um desfile no dia 7 de maio às 15h, no Espaço Malha. Outra atração será o Festimalha Bier Festival, nos dias 27 e 28 de maio, que vai oferecer menu degustação de cervejas artesanais. O valor do ingresso para o Festimalha é de R$ 7,00, com meia entrada para a terceira idade. Menores de 11 anos têm entrada franca. A programação está disponível no site festimalha.com.br.

Programe-se O que: 28º Festimalha Quando: até 28 de maio, de quinta a domingo Onde: Centro de Eventos de Nova Petrópolis Quanto: R$ 7,00

juntas. Uma brasa vai aquecendo a outra, isto é, uma parte está aí para a outra. É neste conjunto das brasas que surge o braseiro. Juntas elas dão “testemunho” e cumprem sua função de aquecerem a casa, assam um bom churrasco. No entanto, quando cada brasa busca seus próprios interesses ou forem separadas, perdem a vitalidade. Viver e conviver, eis o grande segredo da vida. Não basta viver. Ninguém é feito para viver somente, mas para conviver. Nesta comparação com o braseiro podemos compreender a nossa vida de fé. Uma comunidade cristã não pode sobreviver sem o “testemunho” e a “vida em comunidade”. O livro dos Atos dos Apóstolos testemunha como começaram a viver os primeiros cristãos e como haveremos, também nós, de viver até a volta do Senhor. Sabemos que, logo no início da Igreja cristã, os discípulos de Jesus foram proibidos de dar o seu testemunho e falar de sua fé. Houve perseguição e morte. Mas o apóstolo Pedro diz que “não podemos deixar de falar das coisas que vivos e ouvimos”. A distância entre aquilo que falamos e fazemos deve ser a menor possível. Assim, comunidade cristã é compromisso de pessoas reunidas pelo Espírito Santo que aquecem sonhos de uma sociedade mais justa, em que a vida esteja em primeiro lugar. Essa ideia de comunidade como um braseiro deve nos confrontar com o nosso testemunho de lutar pela vida que Deus quer para todas as pessoas. A fé é algo que não se toca com as mãos, mas precisa ser cultivada e testemunhada através do nosso modo de ser e viver com os outros. Ela pode conduzir a nossa vida e nossas ações na construção de uma sociedade pautada pela justiça em nossas relações, pela ética em nosso Brasil, pela vida presente em nossa casa comum. Em Jesus nascemos para sermos vitoriosos. Há um grande desejo de vencer dentro de nós. Mesmo sabendo que a cruz faz parte da nossa caminhada. O dia não é feito somente de luz, também existem horas de escuridão. Jesus caminha a nossa frente. Grandes foram as dúvidas dos discípulos perante Ele na cruz. Porém, foi dali que surgiu a vitória da ressurreição, da vida. Uma coisa é certa: no meio de tantas vitórias, também serei vencedor quando estivermos no “braseiro da comunidade”, dando testemunho. * Pároco da Paróquia Sagrado Coração de Jesus e doutor em Comunicação


O

Arquivo Pessoal

Reggaeton

Bulls inicia o feriadão com a festa Despacito, nesta quinta. Na noite sobe ao palco o músico Edu Savi, comemorando dois anos de carreira solo. Nas cabines os DJ’s Lancini & Lilo Lorandi fazem o agito.

Encontro

A Unisinos Serra Gaúcha promove, na próxima quinta, uma Aula Magna para marcar o início do ano letivo. O encontro conta com a presença de Amyr Klink, maior navegador do Atlântico Sul, que proferirá uma palestra sobre seu novo livro “Não Há Tempo a Perder”. O evento ganhará espaço no Teatro São Carlos, a partir das 19h30min, com entrada franca.

Vagas na EPM

Aline Caron e Juliano Dal Ponte curtiram o feriado na Cidade Maravilhosa do Rio de Janeiro

Diretor criativo e fundador da Riva Brazilian Luxury Design, Rubens Simões abre as portas de sua fábrica para a instalação da primeira loja conceito da marca. A Boutique Riva (Abel Postali, 445, bairro Cidade Nova, em Caxias do Sul) será um espaço dedicado para que o cliente possa entrar em contato com as peças da marca, em um ambiente que valoriza a produção artesanal e a beleza de cada objeto. O lançamento ocorre na próxima quarta, a partir das 18h.

Eloisa Fag 15 anos n familiares

Cristiano de Oliveira

Inauguração

Fabio Campelo

Cristiano de Oliveira

Os farroupilhenses que desejarem participar das aulas do segundo semestre na Escola Pública de Música podem se inscrever, de segunda a sexta da próxima semana, na Casa de Cultura. Os inscritos irão participar de um processo seletivo, no dia 6 de maio, no Colégio Estadual Farroupilha. Serão abertas 100 novas vagas.

Juliana Biasibetti marcou presença na festa de véspera de feriado no Boteco do Chá

Ro marcar Angela Fanton Ornaghi colaborou nas honras para a inauguração de “A Casa: Objetos de Design”, empreendimento liderado por Priscila Cappelletti


Daniela De Rocco

Éder Tondello

Arquivo Pessoal

Os pais Antonio Luiz Pisoni e Sônia Battistin Pisoni felizes ao comemorar os 2 aninhos da filha Julia, na semana passada, na Pilim Pim Pim

gherazzi Hockele celebrou seus no último dia 8, recepcionando s e amigos no Clube 1º de Maio

odrigo Castagnera esteve entre os que ram presença no Boteco do Chá, na quinta

Rafael Dai Prá, Daniela Cristina Menti e Matheus Verona na Cidade do Cabo, durante recente trip pela África

Fique por Dentro

Pães e grostolis

Sábado é dia das Milanesas colocarem a mão na massa, literalmente, em Nova Milano. A venda de grostolis (R$ 7,00 o pacote com 10 unidades) inicia às 9h e de pães (R$ 6,00) a partir das 11h, na Praça da Imigração Italiana.

Festimalha

Inicia nesta quinta a 28ª edição do Festimalha. A abertura oficial, no entanto, é no sábado, às 10h, no Centro de Eventos de Nova Petrópolis. O evento segue até o dia 28 de maio, de quinta a domingo, e espera atrair 100 mil visitantes.

Centro Aquático

O Recreio da Juventude inaugurou, no último dia 11, a mais nova opção de lazer para associados: o Centro Aquático da Sede Guarany. A estrutura conta com três piscinas externas com água aquecida, uma piscina térmica e uma piscina olímpica coberta.


Inside

8

Fabrício Oliboni fabrioliboni@gmail.com

Sobre Jornalismo

* Agente de intercâmbio e bacharel em Relações Internacionais

Moda

Fashion Revolution chega a Farroupilha Movimento, que busca gerar conscientização em torno da indústria da moda, terá programação no Nômade Coletivo Divulgação

Não sou jornalista. Nada de graduação na área, tampouco trabalho em algo relacionado ao ofício e suas diversas ramificações. Escrevo para o Jornal Informante há oito anos, mas frequentei a Redação pouquíssimas vezes, além de não ter contato direto com a equipe. Tenho pauta livre (o que é excelente e ruim ao mesmo tempo), então finalizo a coluna e envio a mesma para o editor. Simples assim. No início de abril me mudei para Porto Alegre, e no momento divido um apartamento com dois jornalistas, fora a galera que circula por aqui e também é do ramo. Antes eu tinha uma percepção do Jornalismo, mas isso mudou consideravelmente nos últimos dias. Por essas e por outras, a pauta do dia é essa: Jornalismo. Comecei a pensar seriamente em faculdade no ensino médio. Antes era algo que parecia distante demais, sei lá. Muitas opções de cursos e nenhuma certeza, algo comum para a grande maioria do pessoal nessa fase. Contudo, lembro de que o Jornalismo sempre chamou a minha atenção, pois eu já escrevia um pouco na época e lia muito, além de achar muito bacana esse lance de pesquisa para uma matéria, trabalho na rua como repórter e ser reconhecido por textos, livros, colunas, etc. Um tanto quanto ingênuo, eu sei, mas admito que um pouco disso ainda me fascina. No final das contas eu acabei finalizando um curso técnico de Publicidade e Propaganda e alguns anos adiante me formei em Relações Internacionais na faculdade. Mesmo assim, ao assistir filmes como “Todos os Homens do Presidente”, “Spotlight”, “Zodíaco” e séries como “House of Cards” bate uma certa dúvida se não deveria ter investido no Jornalismo. Aprendi muito sobre Jornalismo nesse mês. Da rotina longe do glamour imaginado pela maioria, do trabalho oculto por trás das matérias, de como envolve o trabalho de tantos profissionais para que cada coisa se encaixe e, principalmente, como o Jornalismo é importante no dia a dia de todos, direta ou indiretamente. Em tempos onde o Jornalismo é colocado em xeque pelo seu sensacionalismo, exagero e a busca mais constante por “cliques” ao invés de qualidade e conteúdo, é de vital importância exaltar os pontos positivos, que não diminuem a baixa qualidade que joga contra a categoria, mas serve para que seja feita uma análise buscando uma revisão de várias práticas recentes. Ou é isso ou a credibilidade que antes se tinha no Jornalismo como um todo seguirá caindo. Não é raro saírem notícias falsas, e isso não somente em veículos de comunicação pequenos, mas em grandes redes. Cabe a todos nós valorizarmos o bom Jornalismo e desconsiderar o que visa mais a polêmica, o conflito e meros jogos de interesses. A imparcialidade é o almejado, mas mesmo sendo parcial o bom senso deve estar presente. O Jornalismo de opinião é parcial, expressa, bem, opiniões, e não é por isso que não tenha de ser coerente em suas análises e incite o debate e reflexão. O Jornalismo tá aí pra tanta coisa que eu paro por aqui. É uma coluna, e o Jornalismo também pede que respeite o espaço dela, se não vou invadir a página do lado. Tá aí um exemplo de bom senso no Jornalismo.

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

The True Cost Documentário será exibido em sessão gratuita

C

om o objetivo de criar uma conscientização mundial em torno dos impactos sociais e ambientais causados pela indústria da moda foi criada a Fashion Revolution Week, que acontece entre 24 e 30 de abril. São diversos eventos culturais e palestras que ocorrem em cidades de 92 Países, incluindo o Brasil. Este ano, a semana tem como tema central Money Fashion Power, para falar sobre o dinheiro que envolve a cadeia da moda. Pela primeira vez, Farroupilha estará engajada no movimento, com um evento na próxima quinta, no Nômade Coletivo. A programação inclui troca de roupas (até três peças por pessoa), bate-papo e uma sessão de cinema. Será exibido o documen-

tário The True Cost. O filme tem como foco os trabalhadores da indústria da moda e faz um questionamento, diante das peças com valores baixos: quem realmente paga o preço pelas nossas roupas? O evento inicia às 19h30min e a entrada é franca. Na internet, uma campanha está sendo promovida, com o objetivo de gerar conscientização. Para participar basta tirar uma foto vestindo uma roupa pelo lado avesso, com a etiqueta aparecendo, publicar nas redes sociais e marcar a página da marca com o questionamento: #quemfezminhasroupas? O movimento Fashion Revolution foi criada em 2013 após um desastre em Bangladesh, quando um edifício que abrigava confecções de moda desabou, deixando 1.134 trabalhadores mortos e mais de 2.500 feridos.


Inside

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

Música

9

Dolores Maggioni doloresmaggioni@terra.com.br

Vitrais de Outono: vitral primeiro

Banda faz tributo a Janis Joplin nesta sexta Show da Cheap Thrills será às 23h no República Beer Natane Areze

Banda Tributo Grupo tem Taís Carpeggiani Gelain como vocalista

Í

cone da música mundial e considerada a Rainha do Rock, Janis Joplin vai ser homenageada nesta sexta no República Beer (República, 445). O show da banda Cheap Thrills – Janis Joplin Tribute será às 23h e vai apresentar alguns dos maiores sucessos da cantora. Natural de Flores da Cunha, a Cheap Thrills foi fundada em agosto do ano passado. A vocalista do grupo, Taís Carpeggiani Gelain, que está no universo musical há mais de 20 anos, comenta que o desejo de montar um grupo que fizesse um tributo a Janis Joplin já existia há algum tempo. “Ela sempre foi referência pra mim, sempre gostei muito dela. Então, conversando com o meu marido, que é o guitarrista da banda, decidimos colocar em prática esse projeto”, relata. Além de Taís, o grupo é formado por Jean Gelain (guitarra), Acácio Chinatto (baixo), Paulinho Pradella (bateria) e Rodrigo Calleari (guitarra). O nome do grupo é uma referência ao álbum homônimo da banda, o Big Brother and the

Holding Company, da qual Joplin era vocalista. “Ela teve uma carreira curta, porém brilhante. A voz dela é única, é um timbre praticamente impossível de se imitar. Mas o que a gente tenta passar nas apresentações é o sentimento que ela tinha no palco, a intensidade com que ela cantava”, explica a vocalista. Em 2017, comemora-se 50 anos do lançamento do primeiro álbum do qual Janis Joplin participou, o Big Brother and the Holding Company. Taís relata que esse é o seu álbum preferido entre os quatro que contaram com a participação da americana. A apresentação vai trazer músicas de sucesso como Try e Ball and Chain. A entrada custa R$ 15,00.

Programe-se O que: show da Cheap Thrills – Janis Joplin Tribute Quando: nesta sexta, às 23h Onde: República Beer (República, 445) Quanto: R$ 15,00

A tarde vai morrendo sobre o mar. Coloco minha saudade no pombo-correio. O sol, que incendeia as águas deste mar revolto, acorda a criança que um dia fui. O mar se assemelha a um espelho veneziano partido em mil pedaços, com seus versículos de arco-íris. Votiva branca virgem, brinca na areia a elegante garça, desenhando um doce poema para a distância. Não se contém, porém, a palavra escondida sob o calor do indeciso sol de hoje, serpenteando os tapetes da incógnita em que me encontro. Entre o ontem e o agora, entre o aqui e o além, pende o sonho igual ao pescoço de um cisne. E eu? Para onde? Para quando? Para que? Para o longe... para o além... para onde o nada não me alcança... para onde não haja formas, nem fórmulas de amar, mas onde o amor se respira no ar. Para onde a música escorra como uma ausente valsa e navegue transportando a esperança... para onde haja ramagens no perfume da noite... para onde haja nuvens cheias de pássaros... para onde eu possa ouvir a ingente canção do eco do meu sonho... para onde haja a poesia superlativa perdida nesta saudade que se faz, de mármore. Caminha a hora. A paisagem se organiza. Leve é o pássaro e mais leve a sua sombra voante. O tempo me devora e me consome em detalhismo e pérfido surrealismo. Vitrais de Outono. Cristais azuis, barrocos arabescos, promessas de estrelas, de ouro, incenso e mirra. Plumagens vaporosas, anjos anêmicos embalsamados de melancolia. Cansaço enorme desta forma enlouquecida de espírito e matéria. Vitrais de Outono! Naus sem destino... clangor de sinos silenciados... amor lançando chispas pela imensa solidão da praia. Vitrais de Outono. Néctar dos deuses do Olímpio da Poesia. Deslumbramento, mas para quem? Azuis totais e luas vazias... embarcações de gestos largos, quase bailados... orgia de algas e de liquens entre as estalactites da saudade (sem cartas de alforria) Poesia e solidão. Ardor e anseio. Paz e loucura escorrendo no suor do rosto. A tarde olha o rosa choque deste sol que morre no alumínio de mel e mercúrio deste inquieto mar. Tessitura vaga, com seus dentes de mistério... prefácio que escrevo para livro nenhum... barcos barcarolando pensativas paixões! Imponderavelmente! Só resta a palavra. E este desencanto de nem saber quem sou. Eternidade vislumbrada no exato segundo que o olhar da lua promete indolor poema, alentando e destruindo o coração embrulhado em seu próprio nada. Vitrais de Outono! Tarde acabando, lâmpada votiva moendo estrelas por azuis moendas. A névoa vai subindo; vai levando os balões das luzes que não estão dormindo. Vai chegando? Vai partindo? Ah, a névoa de pedra do meu coração se partindo. * Escritora


Inside

10

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

Fotos: Divulgação

Sétima Arte

O peso de escolhas equivocadas Arrebatador, violento e triste ao extremo, “Animais Noturnos” aborda os caminhos que tomamos ao longo da vida e arrependimentos desencadeados por atitudes impensadas, mas também a possibilidade de redenção pela dor

Digressões dolorosas A leitura de Animais Noturnos faz Susan (Amy Adams) confrontar fantasmas do passado: catarse necessária para dimensionar sua existência

Ramon Cardoso ramon@jornalinformante.com.br

E

vidente que a vida é feita de escolhas, mas poucos filmes conseguiram demonstrar o peso de opções equivocadas de forma tão contundente quanto o impactante “Animais Noturnos”. O

filme, escrito e dirigido por Tom Ford, consegue extrair beleza da miséria, o que não é nada fácil, especialmente porque sua obra é altamente violenta, tanto no aspecto físico quanto no psicológico, uma dor que dilacera os personagens centrais e deixa o espectador desconcertado em vários momentos da trama. Para começo de conversa, a nar-

ração não é linear, uma tendência na atualidade em thrillers psicológicos. Ela começa no presente, quando Susan Morrow (Amy Adams), uma conceituada curadora de arte que vive em Los Angeles, recebe um manuscrito de um livro dedicado a ela e escrito por seu ex-marido Edward Sheffield (Jake Gyllenhaal), com quem não tem contato desde uma abrupta ruptura, que

ela deu causa, há mais de 19 anos. Com um casamento infeliz e muito desconfiada da traição do marido Hutton Morrow (Armie Hammer), Susan mergulha na leitura da obra, que a reconecta com seu passado. A história mostra o trágico destino da família Hastings, quando o patriarca Tony (também interpretado por Gyllenhaal) acaba atacado, junto com a


Inside

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

11

Sétima Arte psicológico do que no físico. “Para mim, essa história é realmente sobre não descartar as pessoas. Vivemos em uma cultura em que jogamos tudo fora, é tudo tão descartável. Descartamos as pessoas. Quando você tem alguém importante, alguém que você ama, não o descarte. Não o deixe ir”, destaca o cineasta nos extras. Em 11 minutos de material de apoio, a história, o figurino e cenário de Animais Noturnos e o olhar do diretor, que já havia causado certo impacto em sua estreia com “Direito de Amar”, de 2009.

Ford faz um trabalho muito sólido a partir da obra “Tony & Susan”, do escritor americano Austin Wright, e as boas interpretações de Amy, Gyllenhaal, Aaron Taylor-Johnson e Michael Shannon dão vigor à trama. O filme fala abertamente sobre o peso de traumas e de relações fraturadas, sobre escolhas convenientes e fáceis que geram decisões equivocadas e muitos arrependimentos. Mas a obra também mostra que é possível a redenção, ainda que pela dor. Não resta a menor dúvida, Animais Noturnos é um dos grandes filmes do ano.

Imagem: Reprodução

esposa Laura (Isla Fisher) e a filha India (Ellie Bamber), no meio da noite, no deserto texano, por uma gangue. O texto é repleto de ilações pontuais sobre momentos traumáticos da relação de Susan com Edward. Fragilizada por sua miséria, a leitura de Animais Noturnos (o livro dá nome ao filme) desmonta as últimas barreiras de resistência de Susan e a faz relembrar seu passado ao lado de Edward. Justamente neste ponto o impacto da obra é sentido de maneira mais literal. Enquanto no presente a vida da curadora é enfadonha e mecanizada, ela é cheia de luz quando inicia sua relação com Edward. Há um brilho sem seu olhar em uma história colorida e vibrante e aqui vai muito do apuro visual do estilista Tom Ford, que apenas com o ambiente consegue contrapor os dois mundos de Susan, o alegre e exultante do passado, com o seco e sombrio do presente. À medida que avança na obra, a curadora consegue compreender melhor sua trajetória e as escolhas equivocadas que fez. Emocionalmente ela já estava abalada antes mesmo de receber o livro. Confessa a uma amiga, logo no início da trama, que estava infeliz, mas que se sentia mal-agradecida porque sua vida estava alicerçada em uma estrutura de bem-estar financeiro e social que a grande maioria procurava, algo que Susan, embora tivesse nascido em berço de ouro, refutava no passado, mas que acabou buscando. Ou seja, seu conflito é, antes de mais nada, interno. “Já sentiu como se a vida mudasse de um jeito que nunca quis?”, questiona Susan a uma jovem colega em sua galeria de arte. Animais Noturnos, de certa forma, lhe fornece, ainda que de forma extremamente dolorosa, a oportunidade de confrontar seus demônios particulares e mergulhar em um processo catártico. A vida destruída na perturbadora e violenta ficção encontra correspondente na vida real, ainda que mais no plano

Título original Nocturnal Animals Título traduzido Animais Noturnos Direção e Roteiro Tom Ford Gênero Suspense/Drama Duração 116 minutos País Estados Unidos Ano de produção 2016 Estúdio Focus Features Fade to Black Distribuição Universal Pictures

Sede de vingança O policial Bobby Andes (Michael Shannon) e Tony Hastings (Jake Gyllenhaal): à procura dos responsáveis pelo hediondo crime que conduz a obra de Tom Ford


12

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Temos a Lua minguante que torna favorável a resolução de pendências pessoais e profissionais. O Sol passa a atuar no setor de talentos e recursos, valorizando suas habilidades. É hora de rever a forma como você lida com o dinheiro, ariano.

Touro - 21/04 a 20/05

Boa nova aos taurinos, o Sol ingressa o seu signo. A fase lunar minguante indica o momento oportuno de você encerrar em definitivo certos assuntos. Momento positivo de reavaliações dos seus pontos de vista, projetos, emoções e relacionamentos.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

Fase lunar minguante indicando um momento propício para resolver situações. O Sol passa a atuar no signo anterior ao seu, o que é o indicativo de um período de maior interiorização e reflexão. É hora de refletir sobre o que é realmente valioso.

Câncer - 21/06 a 20/07

A Lua minguante ocorre no setor de relacionamentos e parcerias. Percepção da necessidade de acabar com velhos padrões emocionais nas suas relações. O Sol passa a atuar no setor relacionado às amizades, grupos e projetos institucionais.

Leão - 21/07 a 22/08

O Sol, regente leonino, passa a atuar no setor de realização e carreira. Reavaliações sobre suas ideias, projetos e prioridades em termos pessoais e profissionais. A fase lunar minguante indica um momento oportuno para resolver situações.

Vírgem - 23/08 a 22/09

A Lua minguante recai sobre o setor afetivo dos virginianos. Um excelente momento para finalizar questões pendentes na vida afetiva e nos relacionamentos. O Sol passa a atuar no setor de viagens e conhecimentos, estimulando estes temas.

Libra - 23/09 a 22/10

A Lua minguante indica um período oportuno de reflexão, aprimoramento e correção de antigos erros. O novo movimento do Sol enfatiza questões financeiras, emocionais e necessidade de desapego. Início de um movimento que pode ser interessante.

Escorpião - 23/10 a 21/11

O Sol passa a atuar no signo oposto ao seu, enfatizando os relacionamentos. Momento oportuno para ter uma percepção diferente das pessoas que estão em sua vida. A fase lunar minguante é interessante para completar atividades pendentes.

Sagitário - 22/11 a 21/12

A Lua minguante atua sobre o setor material, de valores e recursos. Bom momento para resolver dívidas e questões financeiras pendentes. O novo movimento do Sol enfatiza a capacidade de ser disciplinado e ter foco no cotidiano, especialmente no trabalho.

Capricórnio - 22/12 a 20/01

É em seu signo que ocorre a Lua minguante. É um bom momento para você finalizar pendências e se conscientizar do que precisa ser deixado para trás. O novo movimento do Sol traz luz para questões afetivas e para a necessidade de se expressar .

Aquário - 21/01 a 19/02

Fase lunar minguante é um período naturalmente dedicado à interiorização e resolução de erros e pendências. O Sol passa a atuar no setor doméstico e familiar. Ressaltando as questões íntimas. É hora de olhar para dentro e resolver as pendências.

Peixes - 20/02 a 20/03

A fase lunar minguante é favorável para resolver assuntos do cotidiano. O novo movimento do Sol enfatiza contatos, estudos, informações e movimentação cotidiana. Cuidado com a teimosia e com a repetição insistente de velhos condicionamentos.

Inside

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017


FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

VENDE-SE CONSÓRCIO CONTEMPLADO DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. Crédito de R$ 240.000.00. Prestações de R$ 1.656,00. Já tem pago R$ 18.600,00. Este crédito pode ser usado para COMPRA DE IMÓVEL, CONSTRUÇÃO e REFORMA URBANA E RURAL. Aceito carro na entrada. Contatar: (51) 3523.3351 / WhatsApp (51) 99902-0829 /(51) 99226-2112. VENDO TERRENO central em Arroio do Sal a uma quadra do mar. F.99118-1642.


2

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

Aluga-se apartamento no Centro da cidade com área privativa de 105m², com três quartos, sala, cozinha, área de serviço, despensa, água quente, dois banheiros, sacada, excelente posição solar e com dois boxes de garagem. Tratar diretamente com o proprietário pelo fone (54) 3261-3263, pela manhã.


VENDO TERRENO de esquina com 1.377m² a uma quadra da rodoviária e do centro de compras. F. 99118-1642. ALUGA-SE APARTAMENTO semi-novo, direto com proprietária. Configurado por três dormitórios. Box de garagem com portão eletrônico. Sala, banheiro, cozinha, escritório e duas sacadas. Localizado na Av. Independência no Bairro São Luiz. Neste mesmo endereço ALUGO SALA COMERCIAL com 168 m².Telefone para contato: 99951-3583 / 3268-1062. VENDO terreno de Cooperativa com área definida. Valor R$ 35.000,00. F.: 991181642.


5

FARROUPILHA, 20 DE ABRIL DE 2017

VENDE-SE CAFETERIA no Centro, clientela feita. Dois anos

em

funcionamento.

Toda equipada e planejada por arquiteto. Motivo da venda: Mudança de Estado. Telefone: 3035-3320 à tarde. VENDE-SE TERRENO de Cooperativa com 106 parcelas pagas. Área de terra comprada. Localizada na saída para o Salto Ventoso. APENAS R$ 9.300,00 Tratar com José, fone (54) 99925-2068.


Edição 482  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you