Page 1

FARROUPILHA

|

ANO X

| E D I Ç Ã O 476

| 10 D E M A R Ç O D E 2 017 |

R$ 3,00

Castanheiras

X Domingo, às 16h

Sobram motivos para o torcedor apoiar o Brasil no domingo: estreia em casa, clássico, apresentação do novo uniforme e necessidade de conquistar a primeira vitória antes de uma sequência como visitante na Segundona Editoria de Esporte, página 19 e Preliminar

Tabloide revitalizado

As novidades com a reforma do projeto gráfico do Informante Matéria Especial, páginas 2 a 5, e Editorial

Fenakiwi no forno

Prefeitura confirma última edição da tradicional festa do município entre 20 de julho e 6 de agosto Capa do Inside

Diversificar para crescer

Com foco em Turismo e Inovação, Claiton falou sobre o futuro da cidade no Almoçando com a CICS Editoria de Política, página 13

Ramon Cardoso

Lugar de rubro-verde é nas


2

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

TABLOIDE REVITALIZADO

Nasce um novo Jornal

Aniversário de 9 Anos e ingresso no Ano X marca a expressiva mudança no projeto gráfico

H

á algum tempo pretendíamos promover uma profunda reforma no projeto gráfico do Jornal Informante que, invariavelmente acabava protelada por conta de outras demandas do Tabloide. Porém, o aniversário de 9 Anos, celebrado na última terça, data da circulação da Edição 1 e, consequentemente, o ingresso no Ano X, acabou por determinar a mudança. Na verdade, até a última Edição, a 475, praticamente mantivemos o padrão gráfico adotado desde o começo dos trabalhos no Tabloide, em 7 de março de 2008, com poucas alterações, algumas inovadoras e

pioneiras, como um Jornal 100% colorido, no final de novembro de 2010, e reformulações sobretudo no Inside, com o acréscimo de novos colunistas e mudanças no logotipo do Caderno de Cultura a cada novo ano. Em uma reunião geral, ocorrida no final do ano passado, chegamos à conclusão de que era impreterível uma reforma, que garantisse nova apresentação ao Informante, mas que mantivesse sua essência, de

produção de 100% do conteúdo editorial e com um Jornalismo voltado aos interesses de Farroupilha e dos leitores farroupilhenses. Com a consolidação do Jornal, o primeiro passo foi criar uma nova logomarca, mas que preservasse sua identificação com a cidade. Por isso, o Informante ganha uma evidência ainda maior e nas cores da bandeira farroupilhense (veja acima), fato que permitiu a supressão do brasão do município, que

acompanhava o logotipo antigo, bem como o nome Jornal (confira abaixo). Da mesma forma o lema “Compromisso com a Cidade” foi ampliado, constando também o “Compromisso com Você”, que apenas reforça nosso propósito em produzir um Tabloide cada vez mais integrado às bandeiras, demandas e necessidades dos leitores. Nas próximas páginas, destacamos mais algumas mudanças que passam a fazer parte do novo Informante.

JORNAL

INFORMANTE COMPROMISSO COM A CIDADE


3

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

MUDANÇAS NO TEXTO

Letra maior, leitura facilitada Tamanho da fonte é aumentado com o objetivo de gerar comodidade a um público fiel do Jornal Informante

V

ia de regra, os Tabloides utilizam letra de tamanho 10 em seus textos, o que acaba por gerar alguns transtornos para a leitura para quem tem algum problema de visão e para uma população com idade mais avançada, que habitualmente é um público fiel do produto. Pensando nesses leitores, resolvemos aumentar o tamanho da letra utilizada no texto regular, de 10 para 11, sendo esta uma das principais alterações desse novo formato. Evidente que isso traz outras implicações, já que o entrelinhamento (a distância entre as linhas) acaba, naturalmente, sendo aumentado. Em resumo, dispomos de um mesmo

espaço, mas com a necessidade de produção de um texto menor, com menos caracteres, em relação ao texto que nos acostumamos a produzir. Isso acaba por gerar a produção de um conteúdo ainda mais conciso e direto, o que é positivo tanto para a Redação quanto para o leitor. Essa objetividade também se faz necessária tendo em vista que a nova política preza por uma valorização de fotos, gráficos e imagens, que serão cada vez mais constantes e deixarão o Informante com o visual mais atraente. Eventualmente, matérias que requisitarem um espaço maior poderão ser publicadas em páginas duplas, como ocorre na seção Sétima Arte do Inside (páginas 10 e 11) desta semana.

Modelo atual fonte 11

A

22ª e última edição da Festa Nacional do Kiwi de Farroupilha, a Fenakiwi, já tem data definida. O evento será realizado nas sextas, sábados e domingos, de 21 de julho a 6 de agosto, nos pavilhões do Complexo Esportivo do Parque Cinquentenário. Esse ano, o tema da festa será “Os Sabores da Diversidade”. A cerimônia de divulgação das datas foi realizada na quarta. Foi o primeiro evento que contou com a participação do trio de soberanas

Modelo antigo fonte 10

A

22ª e última edição da Festa Nacional do Kiwi de Farroupilha, a Fenakiwi, já tem data definida. O evento será realizado nas sextas, sábados e domingos, de 21 de julho a 6 de agosto, nos pavilhões do Complexo Esportivo do Parque Cinquentenário. Esse ano, o tema da festa será “Os Sabores da Diversidade”. A cerimônia de divulgação das datas foi realizada na quarta. Foi o primeiro evento que contou com a participação do trio de soberanas, composto por Letícia Capelezzo, Lisandra Toso e Renata Agazzi.


4

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

PONTO DE PARTIDA DA REFORMA

Inside, capitaneando as mudanças Caderno de Cultura foi o que mais sofreu alterações ao longo dos anos e serviu de base para o novo projeto gráfico Inside

10

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

Sétima Arte

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

Inside

11

Sétima Arte

Um universo de aparências Cineasta dinamarquês Nicolas Winding Refn faz crítica devastadora aos bastidores da indústria da moda e sua desconexão com a realidade, embora impactante, em última análise apenas traduz um mercado selvagem

Imagem: Reprodução

A

maior parte das adequações realizadas no Informante ocorreu no Inside, o Caderno de Cultura do Tabloide. Ele passou a ser 100% colorido antes mesmo do Jornal e, ao longo da história sempre procurou se adequar às novas demandas, seja com o acréscimo de colunistas ou incorporação de matérias ao seu conteúdo. Claro que, por tratar de temas mais leves, como os da área cultural, as alterações se tornavam mais fáceis de executar em relação a eventuais mudanças no Editorial. Por conta disso, foi justamente pelo Inside que nossa reformulação iniciou. Alguns pedidos de leitores, como o aumento do tamanho das Cruzadas (contracapa) e do Sudoku (página 4), estão presentes na nova formatação. Isso demandou um incremento do número de páginas do Inside, que saltou de 8 para 12, com valorização dos colunistas, que agora contam com

Ramon Cardoso ramon@jornalinformante.com.br

E

xceção feita a algumas particularidades, como o fato de ter os pais falecidos e mais nenhum outro parente no mundo, a vida de Jesse (Elle Fanning) não difere da grande maioria das meninas que chegam do interior americano a Los Angeles, em busca de fama, riqueza e sucesso, seja na indústria cinematográfica, seja no mundo da moda, que é a grande meta da jovem. “Eu não sei cantar, não sei dançar, não sei escrever, não tenho talento. Mas sou bonita. E posso ganhar dinheiro com a beleza”, fala abertamente a protagonista em um encontro com o fotógrafo amador Dean (Karl Glusman), que é apaixonado pela jovem e que foi o responsável por um ensaio que abriu caminho para que buscasse seu lugar ao sol na metrópole americana. A declaração pode até soar arrogante, mas não no contexto do filme. Em primeiro lugar porque a beleza de Jesse é realmente estonteante. Em segundo lugar porque a jovem é frágil, humilde, recatada e, até certo ponto, passiva demais. E é justamente essa passividade que enaltece a sua pureza e o grande trunfo para vingar em um mercado onde as fal-

sas aparências imperam. Em um de seus ensaios, Jesse conhece a maquiadora Ruby (Jena Malone), que logo percebe a beleza incomum da jovem e a indica para agências de modelos. Em pouco tempo, ela acaba contratada e passa a ser requisitada por grandes fotógrafos e estilistas, o que desperta a inveja e a ira de modelos mais experientes que conviviam com Ruby, como a dupla Gigi (Bella Heathcote) e Sarah (Abbey Lee). A fragilidade de Jesse a deixa ainda mais em evidência, mas ela está muito segura de onde quer chegar e sabe que tem condição para trilhar um caminho de sucesso nas passarelas. O universo que se descortina para a jovem é amplo e se contrapõe ao claustrofóbico e decadente quarto de motel onde ela reside, na periferia da cidade, no estabelecimento comandado pelo irascível Hank (Keanu Reeves). Essas realidades, apresentadas lado a lado, têm o poder de humanizar ainda mais Jesse. Mas sua humanização é escancarada nas conversas com Gigi e Sarah que, embora lindas, sabem não possuir os atributos que a recém-chegada possui, não importa quantas plásticas elas venham a se submeter ou com quantos agentes, fotógrafos ou estilistas venham a

transar. A beleza de Jesse é inata e isso, por si só, basta ao mercado. Natural que a jovem desperte fúria em colegas de trabalho. Enquanto elas fazem de tudo para projetar uma imagem desejada pelo meio onde atuam, Jesse já possui essa imagem e é facilmente percebida. Mas nada disso muda seu comportamento, muito pelo contrário. Seu caráter parece alheio ao ambiente superficial e de excessos que a cerca. Na verdade, há um momento em que a jovem, à primeira vista, parece se exceder. O único momento em que Jesse aparece não vestida como uma colegial, mas maquiada, de salto alto e em roupa de festa, onde é possível perceber a transformação da menina em mulher, onde se discute, justamente, a beleza e há uma leve desavença com Dean. Contrariado, ele logo a questiona se ela quer ser igual às outras modelos. Sua resposta é desconcertante. “Eu não quero ser como elas. Elas querem ser eu”, decreta a jovem, já mostrando a confiança imprescindível e necessária para almejar o estrelato. Contudo, o meio em que a jovem está inserida é predatório e sua relutância em se sub-

meter ao comportamento padrão a torna um alvo, alguém não bem-vinda, que pode subverter uma lógica em que conceitos éticos e morais não fazem parte do jogo. “Demônio de Neon” mostra o cuidado estético e visual do jovem diretor dinamarquês Nicolas Winding Refn, autor da história e que assina também o roteiro. Um longa com cores vibrantes, passagens em câmera lenta, mudanças abruptas de cenário, algo que já tinha sido feito, embora em escala menor, em “Drive”, seu trabalho mais notório até então, e igualmente rodado em Los Angeles. Sua crítica à superficialidade que rege o mercado da moda é direta e visceral, feita sem rodeios, algo que já foi abordado no universo da dança pelo cineasta holandês Paul Verhoeven, em “Showgirls”, e no universo hollywoodiano pelo diretor canadense David Cronenberg, em “Mapas Para as Estrelas”. A diferença é que o impacto de Demônio de Neon é ainda mais contundente.

igual espaço para seus textos (nas páginas 4, 5, 8 e 9), da seção Sétima Arte (que deixa a contracapa e passa a ocupar as páginas 10 e 11), e da programação de Cinemas (página 2). Além disso, uma Agenda de Fim de Semana também passa a integrar o

A linda Jesse (Elle Fanning) adornada com sangue: triste, embora possível vaticínio

conteúdo (página 4). As pautas culturais seguem na Capa, com possibilidade de ampliação da matéria para a página 3, além das páginas 5, 8 e 9. O Horóscopo foi realocado para a Contracapa e a Coluna Social, reformulada, segue nas

Título original The Neon Demon Título traduzido Demônio de Neon Direção Nicolas Winding Refn Roteiro Nicolas Winding Refn Mary Laws Polly Stenham Gênero Suspense Duração 117 minutos País Estados Unidos Ano de produção 2016 Estúdio Gaumont Wild Bunch Bold Films Space Rocket Distribuição Califórnia Filmes

Resenha em página dupla Sétima Arte ganha destaque em novo projeto gráfico

páginas centrais. Seções específicas, como a Volume Máximo e a Primeiro Parágrafo, respectivamente na penúltima e última Edição de cada mês, assim como a Sétima Arte, ocuparão página dupla, com resenhas distribuídas na 8 e 9.


5

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

PADRÃO DESDE A EDIÇÃO 1

Identidade visual preservada Ordem de apresentação das Editorias e manutenção de cores ajudam a sedimentar e aprimorar o novo projeto gráfico do Informante

U

ma reforma gráfica não obrigatoriamente necessita promover uma revolução total na apresentação de conteúdo. Por conta disso, o padrão estabelecido, especialmente no que se refere à disposição das Editorias, foi mantido, o que facilita a leitura do Jornal Informante. Assim, seguimos abrindo os trabalhos com a Matéria Especial, bem como fechamos o conteúdo com o Esporte. A visualização do conteúdo ficou mais prática a partir da adoção do full color nas páginas do Tabloide, algo pioneiro na cidade, mudança que foi introduzida no final de novembro de 2010. As Editorias passaram a ser identificadas por cores es-

pecíficas. Elas foram mantidas com incrementos importantes, como uma cartola, que faz um recorte sobre o tema a ser abordado, na cor da Editoria, assim como ocorre com a letra capitular. Um ícone também passa a identificar cada Editoria. As mudanças maiores, contudo, ficam no título, que passa a ser alinhado à esquerda da página, e pela linha de apoio, que é alinhada à direita. O título ainda ganha parte dele em evidência em negrito, o que garante um destaque ainda maior para a pauta. Tudo feito com o objetivo de deixar o Informante com um visual mais atraente e moderno, mas mantendo seu compromisso editorial de produção integral pela Redação e reforçando a tradição na apresentação de seu conteúdo. Boa leitura.

Economia em verde Editorias mantêm ordem e passam a contar com cartolas e capitular na cor específica da área


6

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

Mudando, mas nem tanto assim O Jornal Informante completou, na terça, 9 Anos de vida e, portanto, já ingressou em seu Ano X. É uma data marcante e, para celebrá-la, apresentamos a vocês, leitores, um novo e reformulado Tabloide, que começou a ser planejado ainda no final do ano passado.

Ele apresenta muitas alterações em relação ao que vinha sendo produzido até a Edição passada, a 475, e parte considerável das mudanças integram a Matéria Especial, páginas 2 a 5, que explica as principais alterações do novo Informante, mas muitas delas serão descobertas por

vocês, nobres leitores. Ainda que visualmente o Tabloide tenha apresentado muitas novidades, é importante frisar que ele segue com a mesma disposição de seu conteúdo editorial que, da mesma forma, continua sendo 100% produzido pela Redação,

algo que é uma diretriz do Jornal e pilar de consolidação de sua história que ruma para uma década de vida. Outras mudanças virão ao longo do ano. Por ora, curta a versão impressa do Informante, que reforça ainda mais seu compromisso com a cidade e com vocês.

Opinião

O assassinato do Ensino Médio Juliano Baumgarten * Nos últimos dias o Senado aprovou a reforma do Ensino Médio, literalmente algo absurdo, aprovado sem conhecimento de causa. Mais uma vez, é “estudado” um projeto e aprovado sem nenhuma noção. Com a reforma, muitas das disciplinas que até então eram obrigatórias viraram facultativas e tudo vai depender de como a base curricular vai montar a sua estrutura. O foco será no Ensino Técnico. A reforma, em síntese, terá vários aspectos absurdos em seu texto, entre eles: ser de obrigatoriedade apenas língua portuguesa, matemática, inglês, artes, educação física, filosofia e sociologia. Deixando de lado disciplinas fundamentais para a vida do estudante, como história, física, química, literatura, biologia, geografia, entre outras. A prioridade do governo será o ensino técnico, fato que não foi analisado e estudado. As pessoas que ministrarão as aulas, nem sequer precisarão possuir uma graduação em licenciatura. Aos professores formados e estudantes das disciplinas facultativas equivale jogar o seu diploma no lixo. Falta estrutura para ampliar a carga horária das aulas. Hoje temos superlotação em várias escolas, fato que dificulta o

aprendizado. Então imaginem agora, com o aumento de horas de aula. Será que quem propôs a reforma tinha conhecimento pleno sobre o assunto? Não! Muito pelo contrário. Existe um jogo de interesses. Para se ter uma noção da importância da história, de uma forma sucinta vou abordar alguns argumentos que provam a importância da disciplina para o desenvolvimento da cidadania e intelectualidade dos jovens. A história é uma ciência humana, responsável por compreender o presente, estudando o passado, e servindo de alerta para a sociedade não cometer os mesmos erros do passado. Através da história podemos conhecer o mundo e sobre os diferentes grupos étnicos e culturais existentes. Ela é responsável por estimular o pensamento crítico e auxilia na busca pela evolução humana. Talvez um dos pontos que chama atenção é no gasto do governo federal para fazer com que a juventude abrace o “novo” ensino médio. Tendo toda uma publicidade trabalhada em cima do tema. Já não basta falta de investimentos de dinheiro público em diversos segmentos de nossa sociedade que necessitem de atenção, eis que a solução está em produzir propagandas imbecis, gastando dinheiro desnecessário,

Índice

Editorial

Matéria Especial .................................... Páginas 2 a 5 Editorial e Opinião................................ Página 6 Economia .................................................. Páginas 8 e 9 Cidade ........................................................ Páginas 10 a 12 Política ..................................................... Página 13 Educação .................................................. Página 14 Esporte ..................................................... Páginas 16 a 19

Inside

Especial..................................................... Capa Cinemas ..................................................... Página 2 Cultura ..................................................... Página 3 Crônicas da Redação ............................. Página 4 Agenda....................................................... Página 4 Literatura ................................................ Página 5 Paulo Roque Gasparetto ..................... Página 5 Social ........................................................ Páginas 6 e 7 Fabrício Oliboni ..................................... Página 8 Música ....................................................... Página 8 Moda .......................................................... Página 9 Dolores Maggioni .................................. Página 9 Sétima Arte .............................................. Páginas 10 e 11 Horóscopo ............................................... Contracapa Formandos CESF ..................................... 4 páginas Saúde, Beleza & Estética...................... 4 páginas Classificados .......................................... 8 páginas

alimentando a imprensa, a fim de manipular a população que isso será importante para o progresso da nação e, acima de tudo, melhorar a educação. Na tal propaganda os alunos se posicionam perante a pauta e sorriem com a felicidade estampada no rosto. Mal sabem o que isso representa, um legítimo “conto do vigário”. A propaganda me causa náuseas. Uma lástima, algo triste, em um país que ainda engatinha no quesito educação. E, acima de tudo, onde durante a sua história passou por várias fases tentando avançar, evoluir e, no final de contas, regride novamente. A publicidade não parou por aí. Eis que nas vias de fato o objetivo é convencer o jovem a todo custo de aceitar e adotar tais medidas e numa tentativa esdrúxula, são contratados “youtubers” para tratarem do tema utilizando uma linguagem mais corriqueira, uma linguagem virtual. Local onde estes possuem grande popularidade e grande poder de influência. Oh! Viva a Ordem e o Progresso! De quem? A reforma do Ensino Médio é uma ilusão vendida, que nem o “ouro de tolo”. Ver isso ser aprovado nada mais nada menos serve para a formação de jovens apenas voltados para o mercado de trabalho e não cidadãos com autonomia e capacidade crí-

REDAÇÃO - REDACAO@JORNALINFORMANTE.COM.BR ALANA BOF ALANA@JORNALINFORMANTE.COM.BR DANIEL RUFATTO DANIEL@JORNALINFORMANTE.COM.BR JULIANA INÊS CASA BARBIERI JULIANA@JORNALINFORMANTE.COM.BR RAMON CARDOSO RAMON@JORNALINFORMANTE.COM.BR ROCHELI CAMARGO ROCHELI@JORNALINFORMANTE.COM.BR

tica. Sendo mais direto me lembro da cena de um clássico de cinema interpretado por Charles Chaplin, no filme “Tempos Modernos”, onde nos remete a uma linha de produção. Chaplin mostra a questão de que o local vive em torno de reprodução automática, ficando parado no tempo. Infelizmente esse é o resultado do processo esperado por esse governo. Nossos jovens comandarão o País daqui a algum tempo. A reforma está preocupada com a cidadania e autonomia? A reforma é tão patética quanto o governo de Temer. Tirar a disciplina de História do currículo é de fato para tentar não lembrar o que o presidente está fazendo. Sucateando cada vez mais a educação e, acima de tudo, desmantelando. Apresentando um discurso fácil e apócrifo. Torço para que isso seja revertido já no próximo pleito eleitoral, onde se reveja esse assunto. Acredito que precisamos ser mais ouvidos, em todos os sentidos. Mas a democracia é lembrada de praxe no período eleitoral. Afinal, a educação tem que ser discutida com educadores, professores e não por parlamentares que não têm conhecimento nenhum acerca do tema. * Professor de História

FINANCEIRO - FINANCEIRO@JORNALINFORMANTE.COM.BR KELI DE ALMEIDA MACIEL KELI@JORNALINFORMANTE.COM.BR

LOGÍSTICA - LOGISTICA@JORNALINFORMANTE.COM.BR LUIZ CARLOS DE ANDRADE LUIZ@JORNALINFORMANTE.COM.BR

ASSINATURAS - ASSINATURAS@JORNALINFORMANTE.COM.BR

COMERCIAL - COMERCIAL@JORNALINFORMANTE.COM.BR

ASSINATURA BIENAL: R$ 220,00 ASSINATURA ANUAL: R$ 120,00

TELEFONES

FABIANO LUIZ GASPERIN GASPERIN@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARCOS MARTINS MARTINS@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARIA DA GRAÇA POTRICOS LEITE MARIA@JORNALINFORMANTE.COM.BR PAULA ANDRESSA DOS SANTOS LAGO PAULA@JORNALINFORMANTE.COM.BR VALÉRIA GASPERIN VALERIA@JORNALINFORMANTE.COM.BR

(54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203

ENDEREÇO RUA DR. JAIME ROMEU RÖSSLER, 348, BAIRRO PLANALTO

COLUNISTAS

ARTES - ARTES@JORNALINFORMANTE.COM.BR ALEXANDRE MACHADO ALEXANDRE@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARCELO BORTAGARAY MELLO MARCELO@JORNALINFORMANTE.COM.BR TIAGO RODRIGUES DA SILVA TIAGO@JORNALINFORMANTE.COM.BR

ARMANDO WARTHA CRÔNICAS DA REDAÇÃO DOLORES MAGGIONI FABRÍCIO OLIBONI GUILHERME MACALOSSI GUSTAVO PIMENTEL LAURO EDSON DA CÁS PAULO ROQUE GASPARETTO

@PaperInformante www.jornalinformante.com.br

/jornalinformante


7

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

Imagem: Reprodução

Novas dinâmicas corporativas nas relações laborais Ambiente colaborativo Valorização da equipe quase sempre gera maior lucratividade e produtividade

Cristiane Bergamin Chiele *

C

om o objetivo de acompanhar o constate crescimento e evolução tecnológica que se percebe na sociedade contemporânea, é imprescindível que o empresário de sucesso tenha um olhar mais crítico às rotinas de sua empresa, tendências e formas de gestão, para viabilizar a sustentabilidade do negócio no tocante ao ambiente laboral proporcionado ao colaborador. Pode-se arriscar falar que, estão fadados ao fracasso aqueles que não se adaptarem aos novos moldes da sociedade. No Direito do Trabalho não é diferente. Atualmente, é indispensável ter um olhar mais atento ao departamento de gestão de pessoas de sua empresa, uma vez que, bons profissionais buscam por boas oportunidades, por empregadores que valorizam seus colaboradores, o que consequentemente proporciona um bom ambiente de trabalho com maior produtividade e lucratividade. Comprovadamente o bem-estar dos colaboradores nas empresas gera o

aumento da receita, com a criação de regras claras, baseadas na legislação vigente, acompanhado de fiscalização constante, até mesmo a criação de um código de conduta, a promoção de treinamentos eficientes, sem cunho de reprimir, mas com o fito de engajar o colaborador como parte fundamental daquele processo, para que o todo da instituição possa gerar bons resultados. É fato que, hoje, as empresas são oneradas pelos atos de seus gestores, por isto é tarefa primordial deste processo, a formação e desenvolvimento dos indivíduos que fazem a gestão da instituição, aqueles que atuam diretamente com os colaboradores, grandes responsáveis pela condução dos novos regramentos e aplicabilidade de tais normas. A adoção deste tipo de ferramenta pelas empresas, além de gerar um ambiente laboral mais saudável, diminui as demandas judiciais trabalhistas, bem como, previne o surgimento de penalidades na esfera administrativa, atuando de forma preventiva, proporcionando melhores resultados. * Advogada (OAB/RS 101.666)


8

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

Finanças Farroupilha na Fimec

Golden em festa

Para celebrar o aniversário de 3 anos, o Golden Center Shopping Atacadista preparou uma promoção especial. Entre segunda e sexta, clientes e guias que comprarem acima de R$ 5 mil ganharão um cupom para concorrer a R$ 10 mil em prêmios e diversos outros brindes. O horário de atendimento também será especial, das 5h às 17h.

Sob nova coordenação

Rodrigo Vettorazzi foi empossado na quinta como presidente do Núcleo de Jovens Empresários da CICS. Junto com ele, assumem Fernanda Silvestrin (vice), Angélica De Luca (coordenadora de projetos), João Pedro Fernandes (coordenador financeiro), Luis Paulo Campos (coordenador de quadro social) e Raquel Pereira (coordenadora administrativa).

Tecnologia como aliada Farroupilha foi sede, nesta quinta, do 2º Fórum Regional sobre o tema

M

esmo que a passos lentos, o poder público vem abrindo os olhos nos últimos anos para importância do uso da tecnologia como indutora do desenvolvimento. Como forma de trocar experiências acerca de iniciativas que vêm sendo promovidas em diferentes cidades da região, Farroupilha sediou nesta quinta o II Fórum de Cidades Digitais da Serra Gaúcha. “A Tecnologia da Informação é estratégica na busca de soluções para a Administração Pública. Nenhuma cidade pode se isolar das outras. Compartilhar experiências é fundamental, em especial para pequenos e médios municípios”, defendeu José Marinho, diretor da Rede Cidade Digital (RCD), promotora do Fórum. Primeiro palestrante do evento, que reuniu representantes de 23 cidades da região, Marinho falou sobre como a modernização da máquina pública, com programas de gestão, por exemplo, pode auxiliar no desenvolvimento

Daniel Rufatto

Considerada a maior feira do setor coureiro-calçadista da América Latina, a Fimec 2017 contará com a participação de quatro empresas farroupilhenses: ITM, Sazi, Multinova e Tecnomaq. O evento acontece entre terça e quinta, nos pavilhões da Fenac, em Novo Hamburgo.

CIDADES DIGITAIS

Compartilhar experiências Diretor da RCD, José Marinho destaca importância das cidades da região trocarem informações

econômico e social. Já Adriano Boff, Diretor de Promoção do Investimento e Sala do Investidor da Secretaria Estadual do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, abordou os instrumentos de fomento disponíveis para os municípios. O evento ainda contou com a apresentação de cases das cidades de Campo Bom, Vacaria, Caxias do Sul e Bento Gonçalves, assim como

de Farroupilha. Nele, foi destacada como a otimização das regras de negócios dentro do processo empresarial reduziu o tempo médio de abertura de empresas de 400 dias para 48 horas. E as ações que o município tem efetuado para, em breve, poder disponibilizar aos empresários um sistema para obtenção de alvarás digitais e também para inclusão digital de empreendedores.


9

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

Número de vagas criadas em janeiro nos últimos 10 anos

2014

2015

2016

58

116

2013

110

118

zado pela Indústria de Transformação, que, após cinco meses consecutivos com baixa, fechou com saldo positivo em 129 novos empregos. Divulgados nesta semana pelo Ministério do Trabalho, os dados são ainda mais alarmantes quando se analisa o acumulado dos últimos 12 meses. A retração no período é de 3,48% ou, em números absolutos, 896 postos de trabalho a menos. No mesmo recorte, o Rio Grande do Sul apresenta uma redução de 2,06%, enquanto, no País, o déficit é de 3,24%.

125

O

calendário mudou, mas o cenário continua o mesmo. E para lá de preocupante, em especial para quem está em busca de emprego. Em janeiro, foram criadas no município apenas 58 novos postos de trabalho, o que configura o pior desempenho em uma década (confira no gráfico). Respectivamente com 94 e 33 vagas a menos, Serviços e Comércio foram os setores que tiveram mais dificuldades. Déficit que foi ameni-

106

Com apenas 58 novas vagas criadas em janeiro, Farroupilha acumula retração de 3,48% nos últimos 12 meses

154

153

242

Pior início de ano em uma década

332

MERCADO DE TRABALHO

2008

2009

2010

2011

2012

2017

O desempenho por setor (janeiro/2017) Setor Extrativa Mineral Ind. Transformação Serv. Ind. Util. Pública Construção Civil Comércio Serviços Administração Pública Agropecuária Total

Admissões 0 363 29 50 178 116 0 57 793

Deslig. 1 234 5 28 211 210 0 46 735

Saldo -1 129 24 22 -33 -94 0 11 58

Variação -3,70% 1,18% 15,79% 3,20% -0,53% -1,55% 0,00% 1,55% 0,23%


10

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

Juliana Inês Casa Barbieri

MULHER REFERÊNCIA 2017

Coração voluntário Condecorada com distinção, Genair Morgenstern ensina a arte do crochê e tricô Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br

O

carisma de Genair de Freitas Morgenstern é uma de suas marcas registradas. Aos 67 anos é dona de um coração grande e de um olhar acolhedor. Quer ajudar mulheres, de maneira especial as de baixa renda, e é em grupos de crochê e tricô que reforça a autoestima, ensina um novo ofício e melhora a qualidade de vida de todas elas. “Além do crochê trago conselhos para as mulheres. A vida melhora quando temos um olhar para o outro”, compartilha a crocheteira que foi reconhecida na Câmara de Vereadores na quarta com o Certificado de Mulher Referência 2017, entregue pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim). O trabalho voluntário teve início há 16 anos, quando chegou a Farroupilha. Moradora do bairro América, se solidarizou à realidade de diversas mulheres cujas famílias passavam por dificuldades financeiras. Resolveu formar um grupo em sua casa para ministrar aulas gratuitas de crochê e tricô, uma maneira de elevar a autoestima e de gerar renda. O primeiro grupo teve 10 participantes, mas era preciso parceria na cedência do material. Encontrou na Malharia Anselmi essa ajuda e até hoje os retalhos e linhas provém da empresa. Montou ainda um grupo no bairro São José e ensinou na Aldeia Indígena Kaingang com a ajuda de Andréia Pedra e Gladis Ricardi. Hoje mantém três grupos: nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do Industrial, América e na Associação de Moradores do Industrial, por meio do Centro Educacional e Assistencial Fé e Ação (CEAFA). “É uma satisfação, é como estar com a família. Elas sentem todo amor que eu tenho”, sublinha. Resultados positivos que vem de Ilzi Gross, de 60 anos, que superou a depressão com a atividade terapêutica e Veronice dos Santos, 34, que não sabia pegar nas agulhas e hoje revende peças. Ou ainda como Madalena dos Santos, 45 anos, que passou a complementar a renda familiar. É o aprendizado como verdadeiro ganho.

Atuação Social Artesã promove oficinas gratuitas no Industrial e América

História de vida Natural de Três Passos, Genair está em Farroupilha há 16 anos, quando chegou atraída pelo mercado local, transferindo a sede da empresa da família, Porta Forte, de Caxias do Sul para o município. Chegou a morar também em Cuiabá, no Mato Grosso, buscando melhores oportunidades para os negócios de esquadrias metálicas em que atua junto ao marido. Casada há 49 anos com Clodoveu dos Santos Morgenstern, é mãe de Mônica, Sharon e Clodoveu. Tem cinco netos: Helen Viviane, Salomão Lucas, Sara, Samuel e Alana. Também é bisavó de Melissa, que tem um ano. Religiosa, frequenta a Assembleia de Deus e não deixa de passar às participantes dos grupos uma palavra de esperança e fé. Sua paixão pelas tramas começou aos 24 anos, quando cuidava das duas filhas e era dona de casa. Resolveu fazer algumas peças para as pequenas, foi copiando alguns pontos, sem ter aulas, só de olho. Descobriu ali uma habilidade a ser explorada. Passou a vender alguns itens e a ajudar no orçamento doméstico. “Enquanto puder respirar vou continuar. Vivo pelo outro”, garante. Chegou a concorrer à vereadora no último pleito, pela Rede Sustentabilidade, e obteve 62 votos, mas confessa que o seu lugar é ali, entre as mulheres, agulhas e linhas, nas palavras de incentivo e com o voluntariado que faz seu coração pulsar mais forte.

Obituário 3 de março Sebastiana Alves, 86 anos. Sepultamento no Cemitério da comunidade de Nova Sardenha (3º Distrito); Vitelio Parreira, 65 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 6 de março Bernardete Romanzini, 52 anos. Memorial Crematório São José. 23 de fevereiro 7 de março Catarina Odete Costa, 70 anos. Memorial Crematório São José. 8 de março Herculino Moroni, 84 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de Linha 47 (2º Distrito). 9 de março Edson Brasil Urbano de Farias, 62 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal.


11

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

BRINDE NA FOLIA

Carnaval do Moscatel está com ingressos à venda Evento será realizado no dia 25 de março no Centro de Eventos Mário Bianchi

O

Carnaval do Moscatel, anunciado pela prefeitura ainda no final do ano passado, finalmente vai sair do papel. No evento de divulgação da data, o prefeito Claiton Gonçalves destacou Farroupilha como o centro logístico da produção de Moscatel no Brasil. O Carnaval fora de época será no dia 25 de março, a partir das 20h, no Centro de Eventos Mário Bianchi. A animação vai ficar por conta das marchinhas da banda Inovação Arte e Show. Os participantes da festa poderão desfrutar de espu-

Arquivo Jornal Informante

mantes e pratos gastronômicos diversos. Os ingressos podem ser adquiridos na Secretaria de Turismo e Cultura de Farroupilha. O valor é R$ 150,00.

Moscatel à vontade O ingresso para a festa do dia 25, no valor de R$ 150,OO dá direito a consumação liberada

Alguém quer me adotar? ONG dos Peludos

Esse lindão precisa de uma família que o acolha. Julinho tem 6 meses, é de porte pequeno e se relaciona facilmente com outros cães. Interessados em adotá-lo podem manter contato pelos fones 999.386.360 ou 992.122.466. Importante: A ONG dos Peludos informa que não serão doados cães para ficarem presos em correntes.


12

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

AÇÃO BENEFICENTE

Pescaria para ajudar Amafa Divulgação

Evento acontece domingo, no Sítio Recanto Serrano

P

ara reunir pais e filhos em contato com a natureza e ainda colaborar com uma instituição surgiu o Campeonato de Pesca Infantil RS Park. O evento acontece domingo, no Sítio Recanto Serrano, e os recursos serão revertidos para a Associação de Pais e Amigos do Autista de Farroupilha (Amafa). As 23 vagas já foram preenchidas, mas é possível contribuir com a causa doando qualquer valor para a Amafa: conta 06.037569.0-3, agência 0215, Banrisul, e após comunicar para lairtoncd@icloud.com. O campeonato inicia às 8h30min com credenciamento e distribuição de material e a prova será às 9h30min. Haverá troféu para o menor e maior peixe e para o pescador com maior quantidade. A idade limite é 13 anos. “A ideia surgiu como uma maneira de integrar pais e filhos, tanto de nossos familiares como de diversos amigos. Neste ano resolvemos ampliar a ideia, transformando-o num evento beneficente”, salienta Lairton Souza, um dos organizadores. Será servido almoço e como atração acontece show com Victor Hugo & Samuel. Informações podem ser obtidas pelos fones 3268-6715 ou 981.158.115.

Pesca solidária Torneio incentiva a prática pelas crianças e ainda ajuda entidade

Programe-se O que: 2º Campeonato de Pesca Infantil – RS Park Quando: domingo, com credenciamento às 8h30min Onde: Sítio Recanto Serrano (RS Park), propriedade da família Souza, localizada em Linha São José (1º Distrito) Quanto: número de vagas preenchido, mas é possível realizar contribuições para a Amafa com depósito na conta 06.037569.0-3, agência 0215, Banrisul


13

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

Daniel Rufatto

ALMOÇANDO COM A CICS

Por uma vocação mais moderna de desenvolvimento Em encontro com classe empresarial, Claiton destacou foco no turismo e na atração de negócios voltados à área da inovação e tecnologia Daniel Rufatto daniel@jornalinformante.com.br

N

a primeira edição de 2017, o Almoçando com a CICS teve como principal atração Claiton Gonçalves. No encontro com a classe empresarial, o chefe do Executivo municipal abordou o tema “Farroupilha do Futuro: oportunidade e desafios para sua cidade cada vez melhor”, destacando o foco voltado ao fomento do turismo e à atração de empresas nas áreas da inovação e tecnologia. “Precisamos estabelecer uma vocação mais moderna de desenvolvimento”, defendeu o prefeito, prestigiado por grande público que compareceu ao evento realizado no Restaurante Parque dos Pinheiros nesta quinta. Para alcançar o objetivo, ele assinalou uma série de ações que vêm sendo promovidas nos últimos anos, como, por exemplo, a revitalização de parques municipais, o incentivo ao estabelecimento de redes hoteleiras e a criação de novos atrativos no município. “O momento de Farroupilha é trabalhar o turismo, que é fundamental para nossa economia”, afirmou Claiton, frisando o desafio de aproveitar melhor o potencial proporcionado pe-

las mais de 5,5 milhões pessoas que visitam anualmente a cidade. Outro ponto enfatizado por ele foi os diferenciais atualmente oferecidos a investidores no setor da inovação, que devem resultar, já a partir do segundo semestre, na instalação de novos empreendimentos no município. Sua cidade, seu futuro: “A cidade é o reflexo dos seus habitantes” Também durante o evento, foi apresentada a nova logomarca da administração municipal, que incorpora como slogan “Sua Cidade. Seu Futuro”. O conceito, inclusive, foi bastante abordado por Claiton durante a palestra, conclamando a todos a adotar um tom mais positivo em relação a Farroupilha. “A cidade é o reflexo dos seus habitantes, do que cada um pensa dela, faz dela. Temos que valorizar nossos destaques, aquilo que temos de bom”, pontuou. O discurso de otimismo foi estendido ainda à classe empresarial. “Temos que olhar firme para o futuro. Se declinarmos da condição de sermos protagonistas, estaremos declinando da condição de crescimento efetivo”, concluiu Claiton.

Na onda do momento Prefeito acredita que diversificação seja a chave para retomar crescimento

Boca de Urna

Noite das sete mulheres

A Câmara de Vereadores outorga, na próxima segunda, em solenidade que inicia às 18h30min, o Certificado Mulher Destaque 2017. Serão sete as homenageadas. Confira abaixo. Anita Maioli Pasqual, indicada pelo PMDB Claudia Bassanesi Maggioni, indicada pelo PT Devilda Marmentini Biazoli, indicada pelo PRB Eda Maria Bombardelli Malinverno, indicada pelo PSB Elaine Mareli Giuliato, indicada pelo PDT Kátia Maria Rössler Roncatto, indicada pela Rede Sustentabilidade Lourdes Maria Refosco, indicada pelo PP

Na moda das frentes

Por iniciativa do vereador Raul Herpich (PDT), a Câmara de Vereadores aprovou a criação de uma nova frente parlamentar nesta semana, desta vez para tratar da proposta de reforma da Previdência que tramita no cenário federal. O polêmico assunto, inclusive, será tratado em audiência pública promovida pelo Legislativo municipal em parceria com a subseccional farroupilhense da Ordem Advogados do Brasil (OAB) no próximo dia 24.

Continuidade garantida

Em audiência na quinta, o deputado Álvaro Boessio (PMDB) recebeu do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER) a garantia de que a a obra de recapeamento asfáltico da VRS-813 terá continuidade nos próximos dias, assim que houver liberação da segunda parte dos valores financiados junto ao Banco Mundial. Até o momento, aproximadamente cinco dos oito quilômetros previstos para primeira etapa já foram trabalhados.


14

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

Divulgação

PALESTRA

Economia pauta aula inaugural UCS Farroupilha promove encontro na quarta com a doutora Maria Carolina Rosa Gullo

“P

enso que é um ano para se reinventar. As empresas têm que buscar soluções para enfrentar a crise. Estudar o mercado e fazer um plano de negócios são ferramentas que ajudam a minimizar os riscos”, ensina a economista Maria Carolina Rosa Gullo, que estará palestrando na próxima quarta, no Campus Farroupilha da Universidade de Caxias do Sul (UCS). Uma análise sobre a situação econômica, política do País e o cenário mundial serão debatidos na aula inaugural que terá início às 20h. A atividade é gratuita, destinada aos acadêmicos e aberta à comunidade em geral. “A palavra de ordem é planeja-

mento. Penso que alguns hábitos mudaram em função principalmente da inflação alta, mas aos poucos os brasileiros foram se adaptando à nova realidade”, analisa a economista, que vê na crise um aprendizado para a população se reorganizar financeiramente. Para o ano a projeção é de que seja um período de recuperação, na busca por reverter a curva negativa de crescimento e colher bons frutos em 2018. Maria Carolina aponta ainda que a insegurança política e jurídica, a burocracia, corrupção e custos com a infraestrutura brasileira são os principais fatores que continuam impactando na economia do País. Adianta que a retomada do crescimento deverá chegar entre dois e três anos, se todas as reformas planejadas tiverem andamento.

Cenário econômico Maria Carolina fará uma análise sobre a situação brasileira e mundial

Apresentação da palestrante Maria Carolina Rosa Gullo é economista, mestre em Economia Rural pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e tem doutorado em Valoração Econômica dos Recursos Naturais, também pela UFRGS. É professora da UCS há 16 anos e diretora do Centro de Ciências Sociais da universidade. Possui ainda experiência como consultora na área de Economia Ambiental e de Planejamento Regional e Urbano.

Programe-se O que: Aula inaugural “Cenário Econômico Para 2017”, com a economista Maria Carolina Rosa Gullo Quando: próxima quarta, às 20h Onde: Campus UCS Farroupilha (Rodovia dos Romeiros, 567) Quanto: entrada franca, evento aberto a acadêmicos e comunidade


16

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

JOGOS ESTUDANTIS DE FARROUPILHA

Definido calendário dos JEF para o ano Tradicional competição disputada entre as instituições de ensino farroupilhenses chega à 33ª edição em 2017

U

ma reunião, ocorrida no início desta semana, no Salão Nobre da prefeitura, entre a Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude, diretores de escolas e professores de Educação Física definiu o calendário para a temporada 2017 dos Jogos Estudantis de Farroupilha (JEF). Tradicional, a competição acontece pela 33ª edição neste ano e é realizada anualmente desde 1985.

Serão seis as modalidades em disputa: Atletismo, Futsal, Basquete, Xadrez, Vôlei e Handebol, além da etapa municipal do Guri Bom de Bola, que abre oficialmente o ano esportivo com as partidas ocorrendo no próximo dia 30, provavelmente no Estádio das Castanheiras. Na sequência, em abril, a vez da disputa do Atletismo, modalidade que nos últimos anos têm sido realizada no Serviço Social da Indústria (Sesi) de Caxias do Sul. Como meta de integrar

cada vez mais os pequenos ao esporte, as práticas lúdicas das modalidades Mini acontecem no Futsal, Basquete, Vôlei e Handebol, onde não há a competição, mas sim o trabalho de desenvolver o gosto pela atividade esportiva nos que estão iniciando nas modalidades. A coordenação de todas as etapas fica a cargo do Departamento Municipal de Esporte e Lazer (DMEL) e a grande maioria é sediada no Complexo Esportivo do Parque Cinquentenário.

Temporada 2017 Modalidade

Inscrição

Realização

Guri Bom de Bola

Até o dia 22

Dia 30

Atletismo

Até 11/04

Dias 25 e 26/04

Futsal

Até 23/05

Dias 29/05 a 2/06

Basquete

Até 27/06

Dias 4 a 7 e 10/07

Xadrez

Até 8/08

Dia 23/08

Vôlei

Até 27/09

Dias 2 a 6/10

Handebol

Até 25/10

Dias 7 a 9 e 12/11

CIRCUITO DE TÊNIS DA SERRA GAÚCHA

Para ampliar vantagem

L

íder do Circuito de Tênis da Serra Gaúcha (CTSG), o Giovana Campo Clube sedia, a partir desta sexta, a 2ª etapa da disputa, a 9ª Copa Hermelu

de Tênis, que se estende até o domingo e é retomada na próxima sexta até o dia 19. A etapa será disputada por cerca de 170 tenistas, sendo 45 do farroupilhense anfitrião. Neste primeiro final de semana ocorrem os jogos na

2ª e 4ª Classe Masculina, 2ª Classe Feminina, Sênior 35-A, 55 Anos e 10 e 12 Anos Masculino e Feminino. As demais divisões: 1ª e 3ª Classe Masculina, 35-B, 45 Anos, 1ª Classe Feminina serão jogadas no segundo final de semana.

Classificação do CTSG 1º) Giovana Campo Clube, de Farroupilha: 5.475 pontos 2º) Clube Integração, de Garibaldi: 4.900 pontos 3º) Recreio Cruzeiro, de Caxias do Sul: 3.225 pontos 4º) Clube Caça e Pesca, de Bento Gonçalves: 3.000 pontos 5º) Recreio da Juventude, de Caxias do Sul: 1.825 pontos 6º) Scarparo Tênis, de Caxias do Sul: 1.050 pontos 7º) Clube Juvenil, de Caxias do Sul: 975 pontos 8º) Bohrer Sports, de Caxias do Sul: 825 9º) Associação dos Motoristas, de São Marcos: 525 pontos


17

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

LIGA PARCERIA DA SERRA

Brigas no topo da tabela

Resultados da 3ª rodada Chave A

Chave B

4x1

A

x

3x0

2x5

0x1

2x3

1x4

x

Sábado, às 14h

Sábado, às 16h

x

x

Sábado, às 14h

Sábado, às 16h

Campo do Flamengo, em Linha Amadeu

Campo do Gaúcho, em Linha Sertorina

Líder e vice do Grupo A se enfrentam, além de duelos entre os quatro primeiros do Grupo B em um sábado que promete fortes emoções na 4ª rodada da disputa Liga Parceria da Serra (LPS) segue com sua fase de classificação neste sábado e com três duelos que prometem fortes emoções, já que envolvem seis equipes que estão brigando diretamente pela liderança: duas do Grupo A e quatro do B. Parceria FC e SERC Jansen, líder e vice do A, abrem a 4ª rodada na Vila Jansen, que ainda reserva, como jogo de fundo, o confronto entre Barcelona, 4º, contra Titanium, vice do B. O líder e o 3º colocado, respectivamente, Oliveira Santana e Olimpíacos, também duelam na preliminar em Mundo Novo, no 3º Distrito. Disputada no último sábado, a 3ª rodada quebrou o recorde de gols, totalizando 51 em 10 partidas, superando com folga os 41 gols da rodada de abertura e os 44 da 2ª, com destaque para o espetacular 4 a 4 entre os farroupilhenses Gaúcho e Jansen. Vale lembrar que o número de gols marcados é critério de desempate. Veja resultados da última rodada, as partidas deste sábado e a classificação da disputa.

Confrontos da 4ª rodada

4x4

x

3x1

6x3

x

Sábado, às 14h

3x1

Sábado, às 16h

Campo do Saletino, em Nossa Senhora da Salete

x

Regulamento Na fase de classificação, as equipes se enfrentam dentro de cada Chave em turno único, habilitando-se à fase de quartas de final os quatro primeiros de cada grupo para definição do cruzamento olímpico (1º de A x 4º de B, 1º de B x 4º de A, 2º de A x 3º de B e 2º de B x 3º de A). A partir daí, duelos em jogo único até a decisão.

Classificação (Chave A)

x

Sábado, às 14h

Sábado, às 16h

Campo da SERC Jansen, em Vila Jansen

x

x

Sábado, às 14h

Sábado, às 16h

Campo do Mundo Novo, no 3º Distrito

Classificação (Chave B)

Equipe

P

J

V

E

D

GM

Equipe

P

J

V

E

D

GM

1) Parceria FC

9

3

3

0

0

13

1) O. Santana

9

3

3

0

0

13

2) Jansen

5

3

1

2

0

12

2) Titanium

9

3

3

0

0

10

3) LSC

5

3

1

2

0

10

3) Olimpíacos

9

3

3

0

0

7

4) Gaúcho

5

3

1

2

0

10

4) Barcelona

7

3

2

1

0

7

5) Borussia

4

3

1

1

1

8

5) Amigos da Bola 4

3

1

1

1

6

6) Atlético PN

3

3

1

0

2

6

6) ABGF

3

3

1

0

2

3

7) Tandera

3

3

1

0

2

5

7) Real Rizzo

1

3

0

1

2

5

8) Sapucaia

3

3

1

0

2

4

8) Mundo Novo 1

3

0

1

2

2

9) Lyon

2

3

0

2

1

3

9) Pôr do Sol

0

3

0

0

3

4

10) Paysandu

1

3

0

1

2

4

10) Tigre

0

3

0

0

3

4

Legenda: P (pontos), J (jogos), V (vitórias), E (empates), D (derrotas) e GM (gols marcados)

Legenda: P (pontos), J (jogos), V (vitórias), E (empates), D (derrotas) e GM (gols marcados)


18

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

Novos mantos

O domingo não marca somente a estreia do Brasil atuando em casa pela Segundona Gaúcha, mas também a do novo uniforme titular do rubro-verde. Produzido pela farroupilhense Clas’sport, ele mantém o padrão adotado pela Ícone nos dois últimos anos, com listras horizontais em verde e vermelho, com pequenas variações. O modelo, que foi utilizado a partir de 2015, agradou demais por resgatar o clássico uniforme que notabilizou o clube farroupilhense nos anos 70 e 80, quando atuava na Baixada. O uniforme 1 inclusive estará à venda neste domingo, nas Castanheiras, mas o reserva também ficou muito bonito. O terceiro já foi utilizado pelo clube na estreia, porém agora conta com todos os patrocinadores (veja ao lado).

Vitória pela tabela

A derrota em Frederico Westphalen para o União, no último domingo, aumentou a responsabilidade do Brasil em conquistar a vitória no clássico diante do Esportivo, tendo em vista que, na sequência, serão mais dois jogos como visitante, em Panambi, na quarta, e Vacaria, no dia 19.

Atento aos detalhes

O técnico Paulo Matos sabe da importância de uma vitória no domingo e também sabe que ela passa por atenção durante os 90 minutos mais os acréscimos. “Os jogos vão ser decididos em detalhes. A mínima desatenção pode causar um prejuízo grande e difícil de ser revertido”, considerou. E ele tem razão. Não somente pela derrota do Brasil em Frederico, onde a equipe teve atuação superior ao União, mas pelo conjunto da obra do Grupo B da Segundona Gaúcha. Nos três jogos até o momento, foram três vitórias por diferença de um gol: o Glória venceu o Lajeadense em casa e o São Luiz bateu o Esportivo fora, ambos pelo placar mínimo.

Apahand na cidade Fomento ao handebol

Fora da Liga Nacional Feminina no ano passado, a Associação dos Pais e Amigos do Handebol (Apahand/UCS) retorna à competição e numa parceria firmada com o município. A equipe terá a Grendene como patrocinadora master e será apresentada na próxima quarta, às 16h, no Salão Nobre. O acordo, realizado com a Secretaria de Esporte, prevê apoio estrutural e técnico da Apahand às escolinhas do DMEL.

Grupo reforçado

A equipe conta com seis reforços, incluindo alguns retornos, como as armadoras Kassiane e Stefanny, que estavam em Franca (SP), e a ex-goleira da Seleção Brasileira Maitê, que regressa após temporada em Campinas (SP). As estreias ficam por conta da ponta Thayane, que vem da Força Atlética de Goiânia, a armadora Evanise, que atuava no GAO, e a pivô Nadyne, que vem do Força Aérea de Taubaté (SP).

Artilharia pesada

A Apahand realizará eventos com atletas e comissão técnica na cidade, priorizando o ensino do handebol a professores da rede de ensino. Como forma de fomentar ainda mais o esporte, a equipe sediará suas partidas na Liga em Farroupilha, ainda que a maior parte dos treinos ocorra na UCS. Comissão técnica e atletas visitarão escolas do município para divulgar a novidade e estimular a participação da comunidade no projeto.

Como o primeiro critério de desempate, após vitória, é o número de gols marcados, as equipes da Liga Parceria da Serra estão se jogando ao ataque. Na última rodada foram 51 gols marcados em 10 partidas. Somando os 44 gols da 1ª rodada e os 41 gols da 2ª, são 136 em 30 duelos, média superior a 4,5 por confronto. E a rodada deste sábado reúne os líderes do Grupo A e os quatro primeiros do B. Certeza de bons jogos. Confira na página 17.

Formação de base

Giovana fator casa

Em última análise, a meta é aprimorar o desenvolvimento das escolinhas e criar uma categoria de base que possa servir para o time principal. Nesta temporada, 17 das 23 atletas que integram o plantel são residentes em Caxias do Sul. O time será comandado por Gabriel Citton, ex-técnico da Seleção Brasileira, e terá Rafael dos Santos como preparador físico.

Líder do Circuito de Tênis da Serra Gaúcha (CTSG), o Giovana Campo Clube tem o mando de quadra para ampliar sua vantagem na competição. A partir desta sexta, a disputa ocorre no clube farroupilhense pelos próximos dois finais de semana (se e quando o tempo permitir, claro). Fato é que o Giovana tem tudo para disparar na classificação. Veja mais na página 16.


19

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

SEGUNDONA GAÚCHA

Um clássico para a recuperação Fábio Pelinson/O Alto Uruguai

Brasil recebe o Esportivo domingo, em sua estreia em casa na competição estadual e em busca da primeira vitória

Brasil

O

primeiro compromisso oficial do Brasil diante de sua torcida, na Segundona Gaúcha, é justamente em um clássico. O duelo diante do Esportivo, neste domingo, ganha importância redobrada não apenas pelo fato do rubro-verde ter sido derrotado na estreia, diante do União, em Frederico Westphalen (2 a 1 com um gol de Aldir para os farroupilhenses), mas pela sequência do time farroupilhense, que encara Panambi e Glória fora antes de voltar a atuar nas Castanheiras. O rendimento na abertura do estadual agradou, o Brasil foi superior ao rival, mas não conseguiu converter as oportunidades criadas em gol. Técnico da equipe, Paulo Matos teceu críticas à arbitragem de Janvie Baroni, que marcou um pênalti no final da partida que foi muito contestado pelos farroupilhenses, que também reclamaram da não marcação de uma penalidade a favor. Mesmo assim, o time pecou nas finalizações e treinos foram dedicados à área ao longo da semana. “Tivemos problemas com o antijogo

Rivalidade em campo Lateral esquerdo Raone tenta impedir avanço do União: estreia com derrota aumenta ainda mais a importância do clássico dominical

A semana do Brasil na Segundona

x Domingo, às 16h Estádio das Castanheiras (Farroupilha)

x Quarta, às 20h João Marimon Jr. (Panambi)

do União. Nosso volume de jogo agradou, criamos situações para vencer, mas não tivemos um bom aproveitamento nas conclusões. Vamos corrigir para o duelo de domingo”, ressaltou Matos. O técnico esteve na quarta à noite na Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves, conferindo a estreia do rival serrano. O Esportivo foi superado pelo São Luiz por 1 a 0, gol do ponta Jean Dias, ex-Brasil, e chega a Farroupilha pressionado. “Eles jogam com dois pontas, o Vinícius e o Gustavo Sapeka, bem abertos, sempre procurando os cruzamentos para o Zulu. Temos que ter atenção muito especial a esta jogada. A equipe atua no 4-1-4-1 com variação para um 4-3-3. Nesta sexta à tarde realizaremos um coletivo baseado no que vi do Esportivo, mas é provável que o time que saia jogando seja o mesmo que começou em Frederico Westphalen”, projetou o técnico rubro-verde. Neste caso, o Brasil deve ir a campo com Ismael; Thomas, Douglas, Juninho e Raone; Maiquel, Filipe, Gustavinho e Michel; Matheus Laguna e Dinei. Badico, técnico do Esportivo, deve promover mudanças no time após o revés em casa. O confronto serrano inicia às 16h, nas Castanheiras. O ingresso custa R$ 20,00 o masculino, R$ 10,00 o feminino, idoso e estudante. Sócio-torcedor e menores de 12 anos têm entrada franca. A equipe farroupilhense também estreia o novo fardamento para a temporada 2017, que volta a ser confeccionado pela Clas’sport. O uniforme 1, o titular, inclusive estará à venda para os torcedores nas Castanheiras.


Gabriel Venzon

CIDADE

Genair, a Mulher Referência de 2017 Promotora de oficinas gratuitas nos bairros Industrial e América, artesã foi homenageada com distinção concedida pelo Comdim na noite de quarta, em evento que marcou a abertura da IX Jornadas da Mulher Página 10

CADERNO ESPECIAL

CINEMA

Elas comandam a Sétima Arte

No mês das mulheres, a emergente Elle Fanning (foto), a consagrada Penélope Cruz e a lendária Meryl Streep tomam conta da seção, começando pelo impactante “Demônio de Neon”, do cultuado Nicolas Winding Refn Páginas 10 e 11 do Inside


VACINAÇÃO

Ampliação do calendário vacinal Ministério da Saúde altera esquema de imunizações na rede pública, com incremento do público-alvo

ção

a Divulg

A

tenção pais, é preciso ficar de olho nas carteirinhas de vacinação e acompanhar as alterações do Ministério da Saúde com relação a seis doses: tríplice viral, tetra viral, dTpa adulto, HPV, meningocócica C e hepatite A. O objetivo é aumentar a proteção de crianças, adolescentes e do público adulto também, principalmente para eliminar o sarampo, rubéola, evitar novas contaminações de caxumba e coqueluche. De acordo com Paulina Guisso, coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Farroupilha, o aumento da cobertura vacinal é positivo para a população. “Melhora a qualidade de vida, visto que a prevenção é muito melhor e mais barata que qualquer intercorrência com doenças que podiam ser prevenidas”, considera Paulina, lembrando que todas as doses estão disponíveis nos Postos de Saúde. Também haverá vacinação nas escolas contra HPV e Meningo C para meninos de 12 anos a menores de 14 anos e para as meninas da mesma idade será apenas a da Meningo C, sendo que a outra elas já receberam. A vacinação inicia na segunda e encerra em 6 de abril (confira o roteiro completo na contracapa de Saúde).

Doses preventivas mudanças buscam aumentar cobertura e diminuir os sempre altos custos de utilização dos serviços da área em caso de doenças

Confira as alterações no calendário vacinal Hepatite A: era disponibilizada para crianças até 2 anos, agora passa a ser aplicada a menores de 5 anos

Tetra viral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela):

passa a ser administrada para crianças menores de 5 anos. Antes, a aplicação era até menores de 2 anos. HPV: vacina passa a incluir meninos de 12 anos a menores de 14 anos. Já era ofertada para meninas de 9 anos a menores de 14 anos. Será oferecida ainda para homens que vivem com HIV e Aids entre 9 e 26 anos, sendo que mulheres nesta mesma faixa etária e condição já eram atendidas.

Meningocócica C: à disposição para adolescentes de 12 anos a menores de 14 anos. dTpa Adulto (difteria, tétano e coqueluche acelular): para grávidas a partir da 20ª semana de gestação. Quem não foi imunizada durante este período gestacional pode receber a dose até 45 dias após o parto. Anteriormente estava disponível a partir da 27ª semana de gestação. Triviral (sarampo, caxumba e rubéola): introdução da segunda dose para população de 20 a 29 anos e uma dose para pessoas com 50 anos ou mais. No antigo esquema vacinal atendia até 49 anos e com apenas uma dose.


Tratamento de clareame e rejuvenescimento facia Equipe Espaço da Beleza *

A

s manchas na pele podem existir desde a nascença ou surgir ao longo da vida, devido a causas como exposição solar excessiva, envelhecimento da pele, alergia. A exposição solar excessiva pode contribuir, por exemplo, para o surgimento do Melasma, manchas escuras na pele, que normalmente aparecem no rosto, mas podem ocorrer em outras áreas expostas ao sol, como braços e colo. É mais comum em mulheres entre os 20 e 50 anos, porém também pode afetar os homens. Quando surgem na gravidez, as manchas são chamadas de cloasma gravídico. Tratamento O tratamento estético facial com ácidos específicos possui ingredientes que, juntos, proporcionam uma ação global no tratamento de hiperpigmentações de origem melânica com mecanismo de ação integrada e inteligente, que age na prevenção, tratamento, manutenção, controle da pigmentação cutânea e rejuvenescimento. É um tratamento despigmentante completo, que atua de maneira eficaz em todas as etapas da formação da melanina: da síntese à deposição da mancha. Promove o clareamento da pele, atua na prevenção, tratamento, manutenção e controle da repigmentação cutânea, além de estimular o rejuvenescimento. O tratamento é composto por uma gama de ativos que agem sinergicamente nas etapas da melanogênese, como Ácidos: Mandélico, Kójico, Fítico,.Tranexâmico e Retinol, entre outros.

Ação direta e Tratamento c específicos co prevenção, no c pigmentação e mesmo no rejuvene

Aplicação O tratamento ocorre com uma a de dermocosméticos que atuam intensiva da pele. A continuidade d O tratamento home care é in protocolo, requer o uso dos derm manutenção do tratamento, com facial intensivo que atua na dimi rando a pele.

Nutricosméticos aliados int Hoje há uma tendência na u minas para o tratamento do me plantas, muito eficazes em prote


ento al

Divulgação

e objetiva com ácidos ontribui na controle de auxilia até escimento

aplicação em cabine, com um mix no clareamento e na renovação do tratamento dar-se-á em casa. ndispensável para o sucesso do mocosméticos clareadores para mo creme clareador e hidratante inuição da sensibilidade, regene-

ternos utilização de fitoterápicos e vitaelasma. São ativos extraídos de eger a pele dos raios ultravioleta.

Este é um agente anti-inflamatório, que protege do dano celular e tem propriedades calmantes. Prevenção No entanto, para prevenir o surgimento de novas manchas na pele é importante passar sempre um protetor solar com fator de proteção alto antes de sair de casa, hidratar todos os dias a pele com cremes próprios para cada tipo, evitar a exposição solar excessiva e não espremer espinhas ou cravos, que podem deixar cicatrizes escuras na pele. * Espaço da Beleza Centro Estético Independência, 555 – Centro de Farroupilha Fone (54) 3268-5511


Roteiro

Vacinação nas escolas Doses contra Meningo C e HPV serão aplicadas a partir de segunda

S

erão vacinados meninos de 12 anos a menores de 14 anos contra HPV e Meningocócica C, as meninas da mesma idade recebem apenas Meningo C. São duas doses contra o HPV com intervalo de seis meses, já a outra vacina é de uma aplicação. Serão atendidas 27 escolas e, de acordo com o Ministério da Saúde, a meta é imunizar 2.026 adolescentes.

Roteiro de vacinação

Segunda: Ângelo Venzon Neto, das 7h45min às 7h55min e das 13h30min às 16h Ilza Molina Martins, das 8h às 11h15min e das 16h10min às 16h30min Terça: Zelinda Rodolfo Pessin, das 8h às 9h45min e das 13h30min às 16h45min Nossa Senhora Medianeira, 10h às 11h20min Quarta: Teotônio Vilela, das 8h às 11h15min e das 13h30min às 14h45min Nossa Senhora Medianeira, das 15h às 16h45min Quinta: Antonio Minella, das 8h às 11h15min José Fanton, das 13h30min às 16h30min Dia 17: João Grendene, das 8h às 11h15min Dia 20: Presidente Dutra, das 8h às 11h15min João Grendene, das 13h30min às 13h40min São Tiago, das 14h às 16h45min

Dia 21: CNEC, das 9h às 9h30min e das 13h30min às 14h Colégio Nossa Senhora de Lourdes, das 9h40min às 11h15min Carlos Fetter, das 14h5min, às 16h30min Dia 22: Vivian Maggioni, das 8h às 8h45min e das 13h30min às 16h30min Oscar Bertholdo, das 9h às 11h15min Dia 23: Cinquentenário, das 8h às 11h15min e das 13h30min às 16h45min Dia 24: Nossa Senhora de Caravaggio, das 8h às 11h15min Dia 27: Pio X, das 8h às 11h15min e 13h30min às 14h Oscar Bertholdo, das 14h15min às 16h30min Dia 28: Angelo Chiele, das 7h45min às 11h15min Júlio Mangoni, das 13h30min às 16h45min Dia 29: Padre Rui Lorenzi, das 8h às 11h15min Dia 30: Júlio Mangoni, das 8h às 11h15min 3 de abril: Carlos Paese, das 8h às 11h15min Padre Vicente Bertoni, das 9h às 11h15min 4 de abril: Maria Bez Chiele, das 7h50min às 8h Nova Sardenha, das 8h10min às 11h15min e das 13h30min às 13h40min 5 de abril: Santa Cruz, das 8h às 11h15min 6 de abril: 1º de Maio, das 8h às 10h e das 14h às 16h45min


Sarau literário

Poesias, contos, músicas e espetáculo circense ocupam o Muinho na próxima quarta à noite Página 5

Inside

Moda em pauta

Palestra gratuita com o estilista paulistano Alexandre Herchcovitch com inscrições abertas Página 9

Adroir Fotógrafo/Assessoria de Imprensa

DESPEDIDA

Fenakiwi tem datas definidas Última edição da Festa no formato atual será em julho e agosto, no Complexo Esportivo do Parque Cinquentenário

A

22ª e última edição da Festa Nacional do Kiwi de Farroupilha, a Fenakiwi, já tem data definida. O evento terá abertura no dia 20 de julho e será realizado nas sextas, sábados e domingos, de 21 de julho a 6 de agosto, nos pavilhões do Complexo Esportivo do Parque Cinquentenário. Esse ano, o tema da festa será “Os Sabores da Diversidade”. A cerimônia de divulgação das datas foi realizada na quarta. Foi o primeiro evento que contou com a participação do trio de soberanas, composto por Letícia Capelezzo, Lizandra Toso e Renata Agazzi. Na ocasião, o secre-

tário de Turismo e Cultura, Francis Casali, que também é presidente da Fenakiwi 2017, informou que 65% dos estandes da feira já foram comercializados, sendo 45% para empresas farroupilhenses. O lema da 22ª Fenakiwi, que ressalta a diversidade, já faz uma previsão para a nova festa do município, que será lançada em 2018. “Farroupilha não tem mais tanta produção de kiwi. Então, a gente entende que há uma necessidade de reformulação da nossa maior festa”, explica Casali. Segundo ele, o evento de 2018 será diversificado e economicamente viável. A Fenakiwi é realizada em Farroupilha desde 1991. Na última edição, a festa atraiu cerca de 100 mil visitantes

Soberanas A rainha Letícia Capelezzo (centro) e as princesas Renata Agazzi e Lizandra Toso


Inside

2

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

Cinemas Shopping Iguatemi (RST-453, quilômetro 3,5) Cinemas

Divulgação

GNC 1: Bugigangue no Espaço - às 14h e 15h50min GNC 1: Internet: O Filme - às 17h40min e 19h40min GNC 1: Logan - às 21h45min GNC 2: Monster Trucks (dublado) - às 14h15min GNC 2: Cinquenta Tons Mais Escuros - às 16h45min (dublado) e 19h10min (legendado) GNC 2: A Grande Muralha - às 21h30min GNC 3: Versões de um Crime - às 13h20min e 19h50min (legendado), 17h35min (dublado) GNC 3: Fome de Poder - às 15h20min e 22h GNC 4: Logan - às 13h40min e 19h (dublado), 16h20min e 21h45min (legendado) GNC 5: Kong: A Ilha da Caveira - às 14h30min e 19h20min (dublado e em 3d), 17h e 21h50min (legendado e em 3d) GNC 6: Logan - às 13h50min GNC 6: Moonlight: Sob a Luz do Luar - às 16h30min e 21h15min GNC 6: Lion - às 18h50min Ingressos: segunda, quarta e quinta (exceto feriado) a R$ 20,00 e R$ 26,00 (salas 3d); terça (exceto feriado) R$ 14,00 e R$ 18,00 (salas 3d); sexta a domingo e feriado a R$ 25,00 e R$ 32,00 (salas 3d). Meia entrada todos os dias para menores de 18 anos e maiores de 60 (mediante apresentação de identidade), estudantes (mediante apresentação de Carteira de Identificação Estudantil) e para o Movie Club Preferencial.

Shopping San Pelegrino (Avenida Rio Branco, 425) Cinépolis 1: Kong: A Ilha da Caveira (legendado e em 3d) - às 12h30min, 16h, 19h e 21h45min Cinépolis 2: Papa Francisco: Conquistando Corações (dublado) - às 14h e 16h15min Cinépolis 2: Fome de Poder - às 18h45min e 21h30min Cinépolis 3: Logan (dublado) - às 12h15min, 15h, 18h10min e 21h10min Cinépolis 4: Logan - às 13h40min, 16h30min, 19h20min e 22h10min Cinépolis 5: Kong: A Ilha da Caveira (dublado e em 3d) - às 12h30min, 15h, 17h50min e 20h30min Cinépolis 6: Lego Batman: O Filme (dublado e em 3d) - às 13h10min Cinépolis 6: A Grande Muralha (dublado e em 3d) - às 15h30min e 18h30min Cinépolis 6: Cinquenta Tons Mais Escuros - às 20h50min Ingressos: nas salas tradicionais, segunda a R$ 20,00; terça e quarta (exceto feriado) a R$ 14,00; quinta a R$ 24,00; sexta a domingo e feriado a R$ 25,00. Nas salas 3d, segunda a R$ 27,00; terça e quarta (exceto feriado) a R$ 18,00; quinta a R$ 30,00; sexta a domingo e feriado a R$ 31,00.

Sala de Cinema Ulysses Geremia (Luiz Antunes, 312) * Programação não informada até o fechamento desta Edição Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (estudantes e sênior)

Michael Keaton Quem melhor do que o ótimo ator para interpretar um gigante empreendedor do ramo de fast-food?


Inside

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

3

Cultura PROGRAMAÇÃO DEFINIDA

Doze horas de muita cultura Em abril, Maratona Cultural vai contar com apresentações de música e dança no Parque dos Pinheiros Nicolas Dalzochio

N

a quarta foi anunciada a data para a 5ª Maratona Cultural, que será realizada no dia 8 de abril. Esse ano, o evento terá um novo cenário: o Parque dos Pinheiros. Serão mais de 12 horas seguidas de apresentações de música e dança. Entre os destaques da programação está o Festival de Bandas, a partir das 20h. Os grupos farroupilhenses interessados em participar podem se inscrever até o dia 17 de março enviando vídeo e ficha de inscrição para o e-mail eventos@farroupilha.rs.gov.br. No dia 24 de março, os vídeos serão divulgados em um canal do YouTube. Os oito que receberem o maior número de curtidas, até o dia 31, participarão do Festival no dia 8 de abril. O regulamento completo vai estar disponível no site da prefeitura.

Long John Muita surf music com a banda farroupilhense, responsável por encerrar as atrações musicais no cartão postal do município

Programação da Maratona Cultural 11h: Escola Pública de Música 12h: Banda Municipal Cinquentenário 13h: Grupo de Capoeira do Contraturno 1º de Maio 13h30min: CTGs Aldeia Farroupilha, Chilenas de Prata,

Rancho de Gaudérios e Ronda Charrua) 15h30min: Grupo de Dança Sueca Svenska Kuturhuset 16h: Conjunto Folclórico Polonês Solidarnosc 16h30min: Ballet Lizete Teixeira 17h: Coro Infanto Juvenil Canarinhos de Farroupilha 18h30min: Show Ragazzi Dei Monti 20h: Festival de Bandas 22h: Banda Long John 23h30min: Sorteio de Prêmio do Festival de Bandas


Inside

4

Crônicas da Redação Alana Bof

alana@jornalinformante.com.br

Um debate sobre feminismo Recentemente, um debate sobre os prós e contras, as verdades e mitificações (e não mistificações) a respeito do feminismo esteve em pauta, em colunas publicadas aqui no Informante. De um lado, o colunista Guilherme Macalossi, apontando o feminismo como um movimento ‘desnecessário’ nos dias atuais, bandeira apenas das mulheres revolucionárias de esquerda. Do outro, na defesa do feminismo como um movimento de todos, a deputada estadual Manuela D’Ávila. Pois eu tenho alguns fatos e dados para sustentar a ideia de que o posicionamento de Manuela é muito mais consistente do que o de Guilherme. Diferente dela, não sou deputada ou mãe. Mas também sou mulher e formada em Jornalismo. E diferente do que possam pensar, por eu estar ‘defendendo’ uma deputada do PCdoB, não sou de esquerda (nem de direita). Mas sou a favor do feminismo. Comecemos por esclarecer o que é o feminismo. Segundo o dicionário Michaelis, é um “Movimento articulado na Europa, no século XIX, com o intuito de conquistar a equiparação dos direitos sociais e políticos de ambos os sexos, por considerar que as mulheres são intrinsecamente iguais aos homens e devem ter acesso irrestrito às mesmas oportunidades destes”. Ou seja, ao contrário do que muitos pensam, feminismo não é o contrário de machismo. Enquanto o machismo preza pela superioridade dos homens em relação às mulheres, o feminismo busca a igualdade de direitos entre os sexos. E, apesar das desigualdades de gênero terem sido reduzidas consideravelmente nos últimos anos (no Ocidente), o feminismo ainda tem inúmeras razões para existir. O assédio ainda é constante, a violência contra a mulher em 2014 chegou a marca de uma denúncia a cada sete minutos no Brasil, os estupros, no mesmo ano, chegaram a 47,6 mil, sendo que em 89% dos casos a vítima era do sexo feminino. Isso sem falar no machismo nosso de cada dia. Mas vamos ao assunto principal debatido por Manuela e Guilherme: a desigualdade salarial entre os gêneros. Confesso que acho um tanto complicado falar em salários de uma forma generalista, para cargos e formações diferentes. Sejamos mais específicos: ainda existe diferença salarial entre homens e mulheres com a mesma formação? Sim, e ela é bastante substancial. Segundo dados do Caged de 2015, homens chegam a ganhar 34% a mais do que mulheres com trajetórias profissionais semelhantes. E o mais arrebatador: quanto maior o grau de instrução, maior a diferença salarial. É verdade que ainda existe uma diferença na jornada (os homens trabalham, em média, 6 horas a mais por semana). No entanto, isso se deve a dupla jornada de trabalho das mulheres, que ainda são vistas por muitos como únicas responsáveis pelos serviços domésticos. Considerando a jornada total, segundo dados do IBGE, as mulheres trabalham 7,5 horas a mais que os homens, semanalmente. Vamos então a um caso mais concreto. Há alguns meses, uma colega de faculdade me contou que não conseguiu o emprego de repórter que desejava, apesar de ter mais experiência na área do que seu concorrente. O motivo alegado? A vaga tinha um perfil mais masculino! Parece que o nosso inimigo não é tão imaginário assim: ele se chama machismo. Então voltemos à pergunta: será que o feminismo não tem a ver com a vida de mulheres que só querem produzir, serem boas mães e boas profissionais? Fica a reflexão.

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

Agenda SEXTA

SÁBADO

Encontro Noturno de Clássicos e Antigos Praça da Emancipação, das 19h às 23h

Republik Bierfest Esporte Clube União Forquetense (Artur Perotoni, s/nº, Forqueta, Caxias do Sul), das 9h às 23h (veja mais na página 8)

Cine Muinho: Especial Volta às Aulas (Marechal Floriano, 190) Filmes: “Escola de Rock”, às 19h30min e “Curtindo a Vida Adoidado”, às 21h30min Rafael Moreira

Show com a banda Doc Jones: Especial Iron Maiden República Beer (República, 445), às 23h Show com Armandinho All Need Master Hall (Castelnovo, 13.351, Caxias do Sul), às 23h30min

Festa na Cascata Vila Rica (3º Distrito), às 23h Atrações: DJs Fernando Malaggi, Luiz Metz, Tetê Trevisol e Rodrigo Reis Festa eletrônica Soul Liberty Open Air Linha Sete de Setembro (3º Distrito), às 23h

DOMINGO Festa eletrônica After Hunter Club Linha Caçador (3º Distrito), das 9h às 17h 3º Sunset do Boteco Antonielle (14 de Julho, 741), às 16h Atrações: Andri & Hecor, Rodrigo Lorenzo, Sem Razão, Kathy & Rafael, Felipe & Michel e DJ Marcos Boni


Inside

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

Paulo Roque Gasparetto

Literatura

prgasparetto@terra.com.br

Arte e Cultura no Sarau do Muinho

A Caminho da Páscoa

Evento acontece na próxima quarta, a partir das 19h30min Acervo Cia Espicula

CIRCOlando por aí! Acrobacias e malabarismos são esperados com Timbico (Mikael Marques) e Pulguita (Micheli dos Santos)

U

ma homenagem às diversas manifestações de Arte e Cultura. Assim será o 1º Sarau Literário no Muinho (Marechal Floriano, 190), que acontece na próxima quarta, a partir das 19h30min. Poesia, conto, música, bate-papo cultural e espetáculo circense são algumas das atrações programadas para o evento. “Nos inspiramos nas diversas trupes circenses que viajam pelo mundo. Utilizamos gags clássicas da palhaçaria, improviso, malabares, acrobacia, de maneira lúdica, resgatando a tradição do universo circense e transformando cara triste em cara de gente faceira”, antecipa Micheli dos Santos, que interpreta a palhaça Pulguita no espetáculo “CIRCOlando por aí!”, da Cia Espicula.

5

O Sarau Literário é resultado de uma parceria entre o Muinho e o Grupo Sebo Virtual, que conta com mais de 1,7 mil leitores que trocam livros entre si. Segundo os organizadores, não haverá cobrança de ingresso, apenas de um item de material escolar para ser doado a crianças carentes do município.

Atrações confirmadas Abertura: Gustavo Covolan e Juliano Baumgarten Bate-papo cultural: professor Lauro Edson Da Cás Espetáculo: Cia Espicula com “CIRCOlando por aí!” Acústico: Douglas Rapkiewcz (rock) e Jéssica Fabro (pop) Poesia: Andressa Conterno Dal Magro Conto: Francieli Cristina Pigosso

Iniciamos o tempo Quaresmal e entramos no deserto com Jesus para tomarmos consciência de quem realmente somos. É hora de reconhecermos nossas fragilidades e de sentirmos o amor de Deus que é eterno. A palavra-chave, na preparação de toda festa religiosa a caminho da Páscoa, é a conversão. A Quaresma nos propõe a conversão de vida pela vivência dos exercícios espirituais da oração, jejum e caridade. O papa Francisco nos indica quatro tipos de jejum: o das palavras negativas e dizer só palavras boas; o jejum do descontentamento e encher-se de gratidão; o jejum da raiva e encher-se de mansidão e paciência e o jejum do pessimismo e encher-se de esperança e otimismo. No contexto quaresmal, todos os anos, a Igreja no Brasil propõe a Campanha da Fraternidade, que segundo ela “quer ajudar a construir uma cultura da fraternidade, apontando os princípios de justiça, denunciando ameaças e violações da dignidade e dos direitos, abrindo caminhos de solidariedade. A Campanha da Fraternidade tem como o tema: “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida” e o lema é inspirado no texto do Livro do Gênesis 2,15: “Cultivar e guardar a criação”. Já foram oito campanhas sobre a ecologia e meio ambiente, com os seguintes temas: preservar o que é de todos; terra e povos indígenas; Amazônia; água, a vida no planeta; saneamento básico e biomas brasileiros. Segundo o papa Francisco: “O Criador foi pródigo com o Brasil... concedeu-lhe uma diversidade de biomas que lhe confere extraordinária beleza”. No entanto, mesmo reconhecendo esse presente ele chama atenção para outra realidade: “Os sinais de agressão à criação e degradação da natureza também estão presentes no Brasil”.

Em tempo

Celebramos nessa semana o Dia Internacional da Mulher. Que Maria, modelo de Mãe e mulher, interceda junto a Deus para que nossa sociedade elimine toda forma de violência e discriminação contra as mulheres. Assim, as “Marias cheias de graça” dedicar-se-ão em fazer uma nova história, e seus gestos concretos multiplicar-se-ão como as estrelas do céu. E lado a lado, mulheres e homens, formarão a imagem de Deus, pois, foi nesta dimensão que ele – Pai e Mãe – criou o ser humano. No próximo domingo, às 19h, dentro das comemorações da “IX Jornadas da Mulher”, celebração na Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus. * Pároco da Paróquia Sagrado Coração de Jesus e doutor em Comunicação


C

Kleber Mauricio

Cine

omo parte do projeto Memorial Moinho Covolan, o Muinho Farroupilha promove cinema nesta sexta. A partir das 18h o espaço estará aberto e a primeira sessão inicia às 19h30min, com o filme Escola do Rock. Já às 21h30min, a vez do clássico Curtindo a Vida Adoidado. A entrada é free e a classificação é livre. Participe!

Moda

O lançamento da coleção outono/inverno da Associação dos Centros de Compras da Serra Gaúcha (Acecors) ocorre na próxima semana, na terça e quinta, com jantar e desfile de 19 grifes farroupilhenses, além do Centro de Compras Farroupilha, Golden Center e Premier. O evento acontece no Clube Santa Rita, a partir das 19h30min.

E-music

José Murias e Carine Soares (ao centro) receberam o carinho da esposa Patricia Cardoso e do namorado Nelson Molon Junior pela graduação no curso de Direito da Universidade de Caxias do Sul, no sábado

Juliana Heloisa Bassott graduação em Gestão de R pela UCS no sábado, no

Lucas Dal Pizzol

Cristiano de Oliveira

Jota Bertol

O DJ Fran Bortolossi, idealizador da festa Colours, promove mais uma edição do evento neste sábado. Dessa vez o agito comemora os 8 anos de existência no Jockey Clube, com um line-up à altura da celebração. Serão 11 DJ’s trazendo o melhor do cenário da música eletrônica.

Laura Ducati Pessin, ladeada pelos pais Regina Ducati e Marcelo Pessin, durante sua festa de 15 anos que ganhou espaço no Restaurante Parque dos Pinheiros. O cerimonial e decoração foram assinados pela profissional Tahís Fabbro Madeira e o buffet por Silvio Lucian Luisiane Evelise Silvestrin e Eduardo Kroll em clima de felizes para sempre durante seu casamento que aconteceu na Vínicola Monte Reale, em Flores da Cunha, no fim de semana

Rafael Cam que agi


Multifotos Studio

to celebrou sua Recursos Humanos o Bistrô Milano

mpeol marcou presença na festa itou o Boteco do Chá, na sexta

Bethina Baumgratz Fotografia

Taís Pastori reuniu amigos e familiares no último sábado para comemorar sua formatura em Enfermagem. Os convidados foram recepcionados no Villa Festas e Eventos e o cerimonial esteve a cargo de Denise Balbinot Colombo da D&C Cerimoniais

Fábio Grison

Daiane Mattos Anselmi e Mônica Mattos conferiram a primeira edição da Confraria da Mulher, realizada pela fotógrafa Paulla Segala, na noite de terça

Fique por Dentro

Lançamento

No dia 18 a Loja Limell, localizada no Centro da cidade, promove o lançamento da sua coleção Outono/Inverno, a partir das 10h. Na data haverá dicas de moda e tendências com a soberana da Fenakiwi Lizandra Toso e exposição de acessórios da marca Donna Li.

Sunset

O Boteco Antonielle promove neste domingo a 3ª edição do Sunset, a partir das 16h. O evento será realizado na sede do pub e conta com cinco bandas, trazendo os ritmos de pagode e sertanejo. O DJ Marcos Boni comanda as pick-ups.

Show

Nesta sexta o músico Armandinho traz a Caxias o melhor do reggae gaúcho. O show acontece na All Need Master Hall, com abertura dos portões às 21h. Os ingressos já estão à venda pelo site Blueticket.


Inside

8

Fabrício Oliboni fabrioliboni@gmail.com

Bodegas e mercadinhos Sou um fã de bodegas e mercadinhos. Não sei dizer se há uma diferenciação oficial, pois imagino que algumas pessoas considerem os dois a mesma coisa. Na minha humilde e irrelevante visão, bodega é algo mais rústico, com potes de conserva no balcão, não mais do que duas prateleiras e tendo uma vasta variedade de itens. Vai desde guaraná Fruki em garrafa a bichos de pelúcia, que sempre tem o seu lugar estratégico bem no alto – mas sempre no campo de visão – justamente para as crianças implorarem para os pais por um presente em meio às compras diárias. 83% dos donos de bodegas ostentam um respeitável bigode, combinado ao menos uma vez por semana com uma camisa amarelo claro, esta sempre parcialmente aberta no peito, para deixar a correntinha de ouro e os pelos à mostra. Se mais alguém trabalha na bodega, estes cidadãos são familiares ou o filho de alguém da rua, aquele guri que todos no bairro conhecem, com a função de desempenhar tarefas complexas, como sair correndo para pagar boleto antes que a lotérica feche. Fiado faz parte de uma bodega. Todos os clientes têm os seus nomes ou similares (“cunhado da Rosane” / “prima do Silveirinha”) anotados em um caderninho, que é acertado no dia do pagamento (ou não). Se fosse há alguns anos, teria fumo e bolacha Fominhas para vender, mas hoje receio que nem nas melhores bodegas possam ser encontradas tais especiarias. Por fim, as contas são feitas de cabeça, porque dono de bodega não precisa de calculadora, obviamente. Isso é uma bodega, ou ao menos a forma como eu idealizei uma. Sabe aquele calendário grande que a tua vó tem em casa? Ele é da paróquia da igreja ou de um mercadinho, que costumam estampar uma foto do filho dos donos ou um gato/cachorro dentro de um cesto. Se não for isso é falha do sobrinho que não mandou fazer certo o calendário na gráfica. Mercadinhos são mais organizados. Há uma certa resistência à milenar prática do fiado, mas ele ainda é liberado aos mais chegados, dessa vez em um caderno maior e sem capa de jipe ou de alguém andando de skate (o guri da bodega sempre escolhe essas), com a filha da dona passando tudo a limpo uma vez por semana, deixando tudo caprichado com canetas coloridas. Mercadinhos costumam ter padaria e açougue, e o atendente é o mesmo, que passa por trás do balcão e troca o boné. Na bodega se sabe das notícias através de fofocas das vizinhas e rádio, que sempre tem de estar sintonizado na Viva, com exceção dos jogos de futebol, que aí é na Gaúcha. Já no mercadinho é um pouco mais moderno, com uma TV que sempre está na Globo. Não importa a hora que feche o mercadinho, sempre ao baixar a grade chegará alguém querendo algo de última hora, geralmente sendo algum ingrediente de bolo ou uma carteira de cigarro. Uma notável diferença é que mercadinhos têm cestinhas para carregar as compras. As senhorinhas agradecem. Mercadinhos ou bodegas? Pelo folclore e pelos tipos que ali habitam, bodegas. Se você for observador e curtir os detalhes, as histórias e todo o charme que emana desses estabelecimentos, não tem como não curtir. Mercadinhos são melhores para compras mais elaboradas e um programa mais “família”. Sim, esse foi um texto focado em bodegas e mercadinhos. * Agente de intercâmbio e bacharel em Relações Internacionais

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

Música

A cultura cervejeira na vizinha Forqueta Republik Bierferst ocorre neste sábado, entre 9h e 23h, com entrada franca

A

cerveja artesanal é a estrela da festa deste sábado, em Forqueta. Promovida pelo Esporte Clube União Forquetense, a primeira edição da Republik Bierfest será realizada na Avenida Artur Perotoni, s/nº e tem entrada franca. Além da presença de 10 cervejarias, o evento, que acontece entre as 9h e as 23h, também contará com diversas atrações musicais e gastronômicas. “A cerveja artesanal está super em alta, então decidimos criar o evento para atrair mais pessoas para a região e também para que conheçam um pouco mais da cultura local. Abriremos às 9h com encontro de motos dos Barões de Aço, teremos o

Cervejarias confirmadas

Ronaldo Barber Shop, que fará a barba dos convidados gratuitamente e, para as mulheres, vamos ter uma cerveja especial sabor morango e framboesa, da marca Barbarella”, convida um dos organizadores, Eduardo Perottoni.

Atrações musicais 10h30min: OuTravila 13h45min: Big Bene Band 15h: Long John 16h30min: Malucos Mimordão 18h: Hot Pants 20h: Bando Celta 22h: Lennon Z Sickboys Trio


FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

Inside

9

Dolores Maggioni

Moda

Palestra à moda Herchcovitch

doloresmaggioni@terra.com.br André Schiliró

Senac Farroupilha promove evento com renomado estilista em abril

O

estilista paulistano Alexandre Herchcovitch virá a Farroupilha para ministrar uma palestra sobre cenários, perspectivas e tendências do mercado da moda. O evento será no dia 27 de abril, às 19h30min, no auditório do Sindilojas (Nataly Valentini, 75). A palestra é uma promoção do Senac Farroupilha, que começa a ofertar cursos na área da moda. Reconhecido nacional e internacionalmente, com mais de 20 anos de carreira, ele foi diretor de criação de marcas como Zoomp, Cori e Rosa Chá. Também cria produtos na área de acessórios, casa, mesa, banho e tapetes. Além disso, Herchcovitch foi o criador do vestido usado pela miss Brasil 2016 no desfile de gala do Miss Universo. Os interessados em participar do evento podem se inscrever pelo fone (54) 3268-3500. Os ingressos poderão ser retirados a partir do dia 10 de abril na nova Unidade do Senac (República, 617) mediante a entrega de um agasalho em bom estado.

Programe-se O que: palestra “Cenários, perspectivas e tendências do mercado da moda” Quando: 27 de abril, às 19h30min Onde: auditório do Sindilojas (Nataly Valentini, 75) Quanto: um agasalho em bom estado Inscrições: pelo fone (54) 3268-3500

Alexandre Herchcovitch Paulistano virá a Farroupilha falar sobre tendências da moda no fim do próximo mês

Dia Internacional da Mulher Meu afetuoso abraço e o reconhecimento de tudo que consta nas linhas e entrelinhas deste texto. Parabéns mulheres! Um olhar Feminino (muitos olhares em um só... impossível desvendar). Olhar de Aconchego... que inspira o abraço, pedaço que se dá. Olhar de paz anunciada, de ninho oferecido. É acalento dos prantos na redenção do encontro. Olhar de luta... que não embrutece na diferença. Que não recua. Que não desiste. Que persevera, porque assim faz crescer sua história. Que não cede ao silêncio das sobras e nem se permite violentar na veracidade de preconceitos da segregação profissional. Não se entrega, nem se deixa avassalar. Resiste. Olhar de dor... que não se furta às lágrimas. Que se transforma em força brotada das entranhas. Que avança, mesmo quando os estilhaços machucam os pés. Que não faz quedar ou prostrar o ânimo. Que encara o sofrimento, mas declara um sempre recomeçar. Olhar de saudade... que é nascida na sensibilidade, mas não se deixa consumir por ela. Que refuta a privação e faz altaneiros os sonhos perseguidos. É feito a própria palavra, quase indecifrável em outras línguas, mas tão alimentada nos olhos da mulher brasileira. Olhar de sedução... que surge feito jeito tímido e suave de dominação, de conquista. É audácia despindo o desejo. Faz despertar no outro a ousadia pelo magnetismo das vontades confessadas. Insinuação que exala perfume. É flerte da poesia, ou como diz o poeta, “o beijo de agora na boca de amanhã”. Olhar de cumplicidade... que explicita sintonia. É a simbiose do pertencimento, feito pacto da intimidade, onde já se sabe, do mais profano ao mais sagrado, no mais secreto dos mundos. Não há oposições ou contraposições, somente justaposições. Olhar de reprovação... que faz calar a voz no jeito de dizer não, sem gritar. É a recusa ante o fascínio da oferenda! É o jeito de dizer do pouco que a descontenta, sem contradizer sua grandiosa dádiva maternal. Olhar carente... que se passa por desamparado, largado e reclamando abraço, mas que no laço da sedução enfeitiça, só porque reclamou proteção. Olhar de carinho... que alcança a intimidade, oferecendo bonança ao desavisado. Não oprime, só sabe incluir. Não reivindica, só sabe dar. Não julga, antes sabe perdoar. Olhar de êxtase... que arrebata os sentidos, confundindo tato e paladar, olfato e audição, numa entrega infindável. Os olhos, mesmo sem perder o encanto, pausam movimentos. Semicerrados, não se apavoram e cedem seu brilho aos sussurros lânguidos. É o frenesi do instante. Olhar de prazer... que é confessado na intimidade, no alcance do delírio que excede, desmedido de si mesmo. Olhar de mulher... que na intensidade da emoção revela a fêmea consciente do que busca, nos seus múltiplos e maduros olhares. E, por conta de tantas mulheres habitarem uma só e de tantos olhares repousarem numa mesma mulher, não há olhar de homem que dê conta de decifrá-los. É legítimo então, se render a ela: à mulher e seu olhar... * Escritora


Inside

10

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

Sétima Arte

Um universo de aparências Cineasta dinamarquês Nicolas Winding Refn faz crítica devastadora aos bastidores da indústria da moda e sua desconexão com a realidade, embora impactante, em última análise apenas traduz um mercado selvagem Ramon Cardoso ramon@jornalinformante.com.br

E

xceção feita a algumas particularidades, como o fato de ter os pais falecidos e mais nenhum outro parente no mundo, a vida de Jesse (Elle Fanning) não difere da grande maioria das meninas que chegam do interior americano a Los Angeles, em busca de fama, riqueza e sucesso, seja na indústria cinematográfica, seja no mundo da moda, que é a grande meta da jovem. “Eu não sei cantar, não sei dançar, não sei escrever, não tenho talento. Mas sou bonita. E posso ganhar dinheiro com a beleza”, fala abertamente a protagonista em um encontro com o fotógrafo amador Dean (Karl Glusman), que é apaixonado pela jovem e que foi o responsável por um ensaio que abriu caminho para que buscasse seu lugar ao sol na metrópole americana. A declaração pode até soar arrogante, mas não no contexto do filme. Em primeiro lugar porque a beleza de Jesse é realmente estonteante. Em segundo lugar porque a jovem é frágil, humilde, recatada e, até certo ponto, passiva demais. E é justamente essa passividade que enaltece a sua pureza e o grande trunfo para vingar em um mercado onde as fal-

sas aparências imperam. Em um de seus ensaios, Jesse conhece a maquiadora Ruby (Jena Malone), que logo percebe a beleza incomum da jovem e a indica para agências de modelos. Em pouco tempo, ela acaba contratada e passa a ser requisitada por grandes fotógrafos e estilistas, o que desperta a inveja e a ira de modelos mais experientes que conviviam com Ruby, como a dupla Gigi (Bella Heathcote) e Sarah (Abbey Lee). A fragilidade de Jesse a deixa ainda mais em evidência, mas ela está muito segura de onde quer chegar e sabe que tem condição para trilhar um caminho de sucesso nas passarelas. O universo que se descortina para a jovem é amplo e se contrapõe ao claustrofóbico e decadente quarto de motel onde ela reside, na periferia da cidade, no estabelecimento comandado pelo irascível Hank (Keanu Reeves). Essas realidades, apresentadas lado a lado, têm o poder de humanizar ainda mais Jesse. Mas sua humanização é escancarada nas conversas com Gigi e Sarah que, embora lindas, sabem não possuir os atributos que a recém-chegada possui, não importa quantas plásticas elas venham a se submeter ou com quantos agentes, fotógrafos ou estilistas venham a

transar. A beleza de Jesse é inata e isso, por si só, basta ao mercado. Natural que a jovem desperte fúria em colegas de trabalho. Enquanto elas fazem de tudo para projetar uma imagem desejada pelo meio onde atuam, Jesse já possui essa imagem e é facilmente percebida. Mas nada disso muda seu comportamento, muito pelo contrário. Seu caráter parece alheio ao ambiente superficial e de excessos que a cerca. Na verdade, há um momento em que a jovem, à primeira vista, parece se exceder. O único momento em que Jesse aparece não vestida como uma colegial, mas maquiada, de salto alto e em roupa de festa, onde é possível perceber a transformação da menina em mulher, onde se discute, justamente, a beleza e há uma leve desavença com Dean. Contrariado, ele logo a questiona se ela quer ser igual às outras modelos. Sua resposta é desconcertante. “Eu não quero ser como elas. Elas querem ser eu”, decreta a jovem, já mostrando a confiança imprescindível e necessária para almejar o estrelato. Contudo, o meio em que a jovem está inserida é predatório e sua relutância em se sub-

meter ao comportamento padrão a torna um alvo, alguém não bem-vinda, que pode subverter uma lógica em que conceitos éticos e morais não fazem parte do jogo. “Demônio de Neon” mostra o cuidado estético e visual do jovem diretor dinamarquês Nicolas Winding Refn, autor da história e que assina também o roteiro. Um longa com cores vibrantes, passagens em câmera lenta, mudanças abruptas de cenário, algo que já tinha sido feito, embora em escala menor, em “Drive”, seu trabalho mais notório até então, e igualmente rodado em Los Angeles. Sua crítica à superficialidade que rege o mercado da moda é direta e visceral, feita sem rodeios, algo que já foi abordado no universo da dança pelo cineasta holandês Paul Verhoeven, em “Showgirls”, e no universo hollywoodiano pelo diretor canadense David Cronenberg, em “Mapas Para as Estrelas”. A diferença é que o impacto de Demônio de Neon é ainda mais contundente. A linda Jesse (Elle Fanning) adornada com sangue: triste, embora possível vaticínio


FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017

Inside

11

Sétima Arte

Título original The Neon Demon Título traduzido Demônio de Neon Direção Nicolas Winding Refn Roteiro Nicolas Winding Refn Mary Laws Polly Stenham Gênero Suspense Duração 117 minutos País Estados Unidos Ano de produção 2016 Estúdio Gaumont Wild Bunch Bold Films Space Rocket Distribuição Califórnia Filmes


12

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

O seu planeta regente, Marte, passa a atuar sobre o setor de talentos e recursos. É um momento em que deve agir com mais determinação, perseverança e consciente de seus valores. As questões financeiras ganham destaque neste período.

Touro - 21/04 a 20/05

O planeta da ação, motivação e energia, Marte, passa a atuar no seu signo. Você tende a se sentir mais energizado e determinado a realizar seus objetivos. Tende a haver um aumento da impaciência, cuidado com reações agressivas ou temperamentais.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

O planeta Marte passa a atuar no signo anterior ao seu. Energia voltada para questões nos bastidores e projetos criativos. É necessário ter mais consciência do modo como você usa sua energia física e sexual.

Câncer - 21/06 a 20/07

O novo movimento de Marte enfatiza os projetos que envolvem outras pessoas. As condições estão mais favoráveis para você realizar os seus objetivos. É preciso que tenha determinação para colocar em prática e desenvolver as recentes iniciativas.

Leão - 21/07 a 22/08

O planeta Marte passa a atuar no setor de carreira e realização dos leoninos. Ímpeto voltado para realizar projetos e metas. Você deve ter cuidado com a tendência a conflitos com chefes e superiores, leonino.

Vírgem - 23/08 a 22/09

A presença de Marte no signo de Touro é positiva aos virginianos. O momento compreende uma energia que se volta mais para estudos, conhecimentos e ampliação de horizontes. Cuidado com a teimosia e a inflexibilidade nos pensamentos e atitudes.

Libra - 23/09 a 22/10

O novo movimento de Marte tende a acentuar as emoções e o erotismo dos librianos. É um momento importantíssimo para questões emocionais, íntimas e financeiras. Percepção das situações que você deve finalizar, eliminar ou transformar.

Escorpião - 23/10 a 21/11

O planeta Marte passa a atuar no setor de relacionamentos escorpianos. Novas iniciativas com as pessoas e também envolvendo um público ou uma clientela. Cuidado com a tendência a confrontos e desavenças em suas relações.

Sagitário - 22/11 a 21/12

O novo movimento do planeta Marte é importante para o trabalho dos sagitarianos. Você tende a se sentir mais energizado para as atividades e interesses do dia a dia. É necessário cuidar mais da saúde e vencer a preguiça.

Capricórnio - 22/12 a 20/01

O novo trânsito astrológico de Marte favorece a afetividade dos capricornianos. Você tende a se sentir mais sensual, criativo e empreendedor. O momento favorece projetos criativos e que você faça com o coração.

Aquário - 21/01 a 19/02

Marte passa a atuar no setor doméstico e familiar dos aquarianos. É um momento em que a energia se volta para questões mais íntimas, privadas e emocionais. Cuidado com a tendência a desacordos e confrontos em família.

Peixes - 20/02 a 20/03

A nova movimentação de Marte favorece estudos e projetos mentais dos piscianos. Cuidado com a inquietação que pode levar a problemas de comunicação e relacionamentos. Projetos ligados a estudos e novos interesses ganham destaque neste momento.

Inside

FARROUPILHA, 10 DE MARÇO DE 2017


VENDO ASTRA 1999, único dono, 38.000Km. Originais. Pneus novos, bateria nova .Super inteiro. Único dono. Tratar pelo fone: 991782300. VENDO TERRENO de esquina com 1.377m2 a uma quadra da rodoviária e do centro de compras. F. 99118-1642.

CORSA 1.0 MPFI 8V 2004 VERMELHA

16.800,00

GOL 1.0 MI 8V FLEX 4P 2015 VERMELHA

31.800,00

PALIO WEEKEND 1.0 4P 2000 BRANCA

11.800,00

CERATO 1.6 EX2 SEDAN 4P 2013 PRETA

53.800,00

GOL 1.6 MI TRENDLINE 8V 2013 BRANCA

34.000,00

SILVERADO 4.2 DLX 4X2 1998 BRANCA ZAFIRA 2.0 MPFI CD 8V 4P 2003 AZUL

VENDE-SE dois TERRENOS de Cooperativa. Um com área de terra definida valor R$ 15.000,00, outro com 54 parcelas pagas e com área de terra à definir, valor R$ 6.500,00. Tratar F. 99982-0550.

consulte 23.800,00

COROLLA 1.8 SE-G 16V 2009 PRETA

consulte

GOL 1.0 MI 16V 4P 2003 VERMELHA

10.800,00

CELTA SUPER 1.0 VHC 4P 2003 BRANCA

12.800,00

DOBLÓ 1.8 MPI 16V FLEX 4P 2007 PRATA

consulte

CORSA 1.0 MPFI SUPER 4P 1997 VERDE

9.800,00

FOCUS 1.6 GL 8V FLEX 4P 2017 PRATA

consulte

CIVIC 1.8 LXS 16V FLEX 4P 2013 PRATA

consulte

CITY 1.5 LX 16V FLEX 4P 2010 PRATA

consulte

PALIO 1.0 MPI FIRE 8V 2P 2005 AZUL

13.800,00


VENDO TERRENO central em Arroio do Sal a uma quadra do mar.F.99118-1642. ALUGA-SE APARTAMENTO semi-novo, direto com proprietária. Configurado por três dormitórios. Box de garagem com portão eletrônico. Sala, banheiro, cozinha, escritório e duas sacadas. Localizado na Av. Independência no Bairro São Luiz. Telefone para contato: 99951-3583.


VENDO terreno de Cooperativa com área definida. Valor R$ 35.000,00. F.: 99118-1642. ALUGO CASA NA PRAIA NO MUNICÍPIO ARROIO DO SAL, BALNEÁRIO ATLÂNTICO, HÁ UMA QUADRA DO MAR, TODA EM ALVENARIA COM 02 SUÍTES, MAIS UM BANHEIRO COMPLETO, ACOMODA SETE PESSOAS, PÁTIO GRANDE FECHADO COM MUITA SOMBRA, PERTO DE SUPERMERCADO, SORVETERIA, RESTAURANTE, POSTO DE SAÚDE. DIRETO COM O PROPRIETÁRIO, OLAVO (54) 99972-6708 – BENTO GONÇALVES/RS. VENDE-SE TERRENO de Cooperativa com 106 parcelas pagas. Área de terra comprada. Localizada na saída para o Salto Ventoso. APENAS R$9.300,00 Tratar com José, fone (54) 99925-2068.


Edição 476  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you