Page 1

FARROUPILHA

|

ANO X

| EDIÇÃO 498

| 1 1 D E AG O S T O D E 2 017 |

R$ 3,00

Observatório Social de Farroupilha, que terá palestra de apresentação na noite de terça, exercerá importante papel no monitoramento das ações do poder público Matéria Especial, páginas 2 e 3, e Editorial

Neimar De Cesero

A sociedade atenta aos gastos públicos


2

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

MOBILIZAÇÃO COMUNITÁRIA

Observatório Social: pela melhoria da qualidade nos gastos públicos Daniel Rufatto daniel@jornalinformante.com.br

A

indignação em relação a como os recursos públicos são despendidos é inerente à grande parte dos brasileiros. A maioria fica apenas na reclamação, enquanto outros querem fazer algo mas não sabem exatamente de que modo. Uma alternativa é colaborar de forma voluntária com o Observatório Social (OS). O projeto, que nasceu em Maringá (PR) em 2006, já está presente em cerca de 100 cidades brasileiras e está prestes a se tornar realidade em Farroupilha. Em fase de gestação no município, o OS terá uma importante etapa a ser cumprida na próxima terça, quando, às 20h, no auditório da UCS Farroupilha, acontece um encontro para apresentação de como funciona a ONG. O encontro, que terá a presença do vice-presidente do Observatório Social do Brasil, Pedro Gabril Kenne da Silva (confira entrevista na página ao lado), tem como um dos objetivos mobilizar a comunidade a participar do projeto.

“A ideia do OS é que se pense realmente naquilo que tem de ser feito, sem a influência político-partidária”, destaca Daniel Bampi, presidente da CICS, que, em conjunto com outras entidades, tem dado o suporte necessário para criação do OS de Farroupilha. Entre as ações já desenvolvidas esteve a visita do presidente do Conselho Deliberativo da CICS, Maurício Bianchi, ao OS de Maringá, a realização de dois treinamentos e a formação de uma pré-comissão que, conforme padrão dos observatórios, é composta por voluntários não-filiados a partidos políticos. “É importante que tenhamos um grande número de pessoas para que consigamos iniciar esse projeto a todo vapor. Queremos pessoas com vontade de auxiliar Farroupilha a evoluir, de forma saudável e idônea”, frisa João Pedro Fernandes, um dos integrantes da pré-comissão. Posição compartilhada por José Henrique Magagnin, que também faz parte do grupo. “Não adianta só reclamar, a comunidade tem de começar a participar mais das coisas. O OS não é uma entidade de “caça às bruxas”, mas sim para monitorar a aplicação dos recursos públicos, evitando que ocorram equívocos”, assinala Magagnin.

Fotos: Daniel Rufatto

Palestra de apresentação da ONG em Farroupilha acontece na terça

Participação ativa Nova diretoria da CICS tem apoiado criação do OS de Farroupilha

Engajamento social João Pedro, Magagnin, Bampi e Bianchi ressaltam importância do OS


3

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

ENTREVISTA

“A Sociedade Civil é que deve ser protagonista do sistema sociopolítico”

Benefícios do Observatório

Um OS traz benefícios em pelo menos quatro eixos. O primeiro é na melhoria da qualidade da gestão pública, pelo acompanhamento principalmente de licitações e execuções de contratos. O segundo eixo diz respeito à Educação Fiscal, que é uma ação voltada a explicar aos cidadãos a importância social dos tributos e da participação. O terceiro é a capacitação de

empresas locais para participar das licitações, aumentando assim o nível de concorrência e diminuindo os preços. E, o quarto eixo, é a Transparência, por meio do acompanhamento do Portal de Transparência e interação com os Conselhos Municipais.

OS versus prefeitura?

O OS não é contra a administração. Pelo contrário, o OS tem uma atuação proativa. Quando se encontra alguma desconformidade, se avisa o prefeito, sem estardalhaço, para que o erro seja corrigido. O OS só conta o que fez a cada quatro meses, nas suas prestações de contas. Isso é atuação proativa, e preventiva, porque se atua no que está acontecendo no momento para evitar que os problemas aconteçam.

Tópicos da palestra

Vamos começar com uma contextualização sobre a estrutura do sistema sociopolítico que vivemos nos países democráticos, especialmente no Brasil, que é composto por três subsistemas: Estado, Mercado e Sociedade Civil. A Sociedade Civil é que deve ser protagonista deste sistema, devemos despertar para isto. Em seguida, faremos uma descrição geral sobre o que é controle social e como é possível exercê-lo no Brasil. E, depois, entramos na descrição de que é o OS, como ele funciona, como ele é criado, e os resultados que vêm sendo verificados pelo Brasil, mostrando a eficácia e importância do OS para qualidade da gestão pública.

Funcionamento do OS

Um exemplo está no eixo da qualidade de gestão pública. O OS acom-

panha todas as licitações que são expedidas pela prefeitura, com os editais sendo analisados por grupos de voluntários especializados em cada área. Se, por exemplo, há algum direcionamento para determinada marca, sobrepreço nos preços de referência estabelecidos ou alguma desconformidade em relação às normas, se notifica a prefeitura para que corrija o edital. Corrigindo, o processo segue. Não corrigindo, o OS então encaminha para os órgãos institucionais de controle. Essa situação, no entanto, raramente acontece, como vou exemplificar durante a palestra.

Perfil dos voluntários

São pessoas que têm responsabilidade social, que despertaram para o fato que não somos uma ilha, que precisamos de harmonia e ordem para viver bem. Cito aqui Augusto Comte, que dizia que as causas da desordem eram a miséria, a ociosidade e a ignorância. Quem tem a obrigação de combater essas causas é o Estado. Nós, Sociedade Civil, que sustentamos o Estado, precisamos perceber que isso não está acontecendo e cobrar providências. Quando o Estado combater a miséria com políticas de assistência social, a ociosidade com fomento ao desenvolvimento para criar empregos e a ignorância com educação, vamos ter ordem que leva ao progresso.

Papel do OSB

O papel do Observatório Social do Brasil (OSB) é fundamental. Ele foi criado em 2008 para coordenar a rede de observatórios, fomentando a troca de informações e, principal-

Divulgação

E

xperiência quando o assunto é Finanças Públicas não falta a Pedro Gabril Kenne da Silva, palestrante do seminário de sensibilização que acontece na próxima terça, às 20h, no auditório do Campus Farroupilhense da UCS. Graduado em Ciências Contábeis pela UFSM, ele é especialista em Auditoria e Finanças Governamentais pela UFRGS e em Auditoria Governamental pelo National Audit Office, da Inglaterra, bem como mestre em Ciências Sociais pela PUC/RS. Auditor aposentado do Estado, trabalhou na área de Gestão e Controle da Administração Pública de 1986 até 2011, tendo atuado como Contador e Auditor-Geral do Rio Grande do Sul. Atualmente é presidente do Conselho Consultivo do Observatório Social de Porto Alegre, vice-presidente do Observatório Social do Brasil e vice-presidente de Relações Institucionais do Conselho Regional de Contabilidade do RS. Em entrevista concedida ao Jornal Informante na tarde de quarta, Pedro Gabril antecipou alguns tópicos que serão abordados durante o evento. Confira.

Seminário de sensibilização Pedro Gabril palestra na terça, às 20h

mente, manter um padrão de funcionamento, sempre com esse espírito proativo e preventivo. E, também, para zelar pelas importantes cláusulas iniciais, de não ter política partidária dentro dos observatórios, de não receber recursos do município observado, de observar o Código de Ética. Este é o grande papel do OBS, bem como auxiliar na criação de novos observatórios em todo Brasil.

Programe-se O que: palestra de apresentação e implementação do Observatório Social de Farroupilha, com Pedro Gabril Kenne da Silva Quando: terça, às 20h Onde: auditório da UCS Farroupilha (Rodovia dos Romeiros, 567) Quanto: um quilo de alimentação não perecível, que será destinado ao Hospital Beneficente São Carlos


4

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

IARGS tem série em agosto, mês aniversários dos Instituto dos Advogados do Rio Grande do Sul sedia encontros que versam sobre Trânsito, Direito de Família e Tributário, além de debater questões jurídicas atuais

D

esde o dia 1º, quando promoveu a solenidade de abertura das atividades alusivas ao mês de aniversário de criação dos cursos jurídicos no Brasil, o Instituto dos Advogados do Rio Grande do Sul (IARGS) segue com agenda movimentada e em diversas áreas jurídicas. Na referida data foi apresentada a obra “Reforma Política”, que foi editada pelo Colégio de Presidentes do IARGS, apenas o início de um mês repleto de questões das mais variadas frentes. O Curso Processo Administrativo de Trânsito, por exemplo, segue nas próximas duas quartas, dias 16 e 23, das 19h às 22h, no 5º andar do Instituto. A coordenação é feita por André Luís de Moura, diretor do Departamento de Trânsito do IARGS. As terças são dedicadas ao Grupo de Estudos de Direito da Família e contará com palestra de Ana Lúcia Piccoli, na próxima terça, com o tema Testamento e Testamento Vital. Dentro do Ciclo de Palestras do Grupo de Estudos e do Departamento de Direito Tributário, no dia 23, a vice-presidente do IARGS, Alice Grecchi falará

sobre “Voto de Qualidade e a Tese do In Dubio Pró Contribuinte”, às 12h. Na próxima sexta, dia 18, das 9h às 18h, a 5ª edição do Simpósio de Processo Civil será realizada no Auditório do Palácio da Justiça (Mal. Deodoro, 55, Centro Histórico de Porto Alegre). A coordenação da atividade é realizada pela diretora do Departamento de Direito Processual Civil do Instituto, Maria Isabel Pereira da Costa. Mais para o fim do mês, no Grupo de Estudos de Temas Jurídicos Atuais, duas palestras estão previstas. No dia 30, a partir das 18h, Mauro Loeffler falará sobre “Energia elétrica: uma abordagem jurídica, ambiental, social e tributária”, e André Augusto Tavares de Mello Soalheira Moreira tratará do tema “Regime cidadania e regime fiscal do residente eventual em Portugal”. Encerrando agosto, no dia 31 acontecerá o Encontro do Grupo de Estudos sobre a Reforma Política, às 18h30min, sob a coordenação de Avelino Alexandre Collet e Eduardo Kroeff Machado Carrion, com o objetivo de mobilizar a sociedade civil a pressionar os segmentos políticos a procederem às reformas indispensáveis para a reestruturação do País.


5

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

de atividades que celebra o cursos jurídicos Imagem: Reprodução


6

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

Ponte entre sociedade e governos A implantação do Observatório Social (OS) em Farroupilha vai ao encontro do que a sociedade civil organizada, em última análise, deseja: uma participação mais ativa na tomada de decisões na comunidade e, especialmente, um papel mais fiscalizador do que é feito com o di-

nheiro do contribuinte, sempre uma questão nebulosa quando se fala em gestão pública no Brasil. Na próxima terça à noite, na UCS Farroupilha, Pedro Gabril Kenne da Silva, especialista na área e vice-presidente do Observatório Social do Brasil, fará uma palestra de conscientiza-

ção e esclarecimento sobre os pontos de funcionamento do Observatório. A ótima entrevista concedida por ele, na página 3 da Matéria Especial, já fornece uma ideia da importância e relevância do OS para a sociedade quando bem implementado. A iniciativa, que é capitaneada

pela CICS e outras entidades, necessita do envolvimento da comunidade para que logre êxito. É uma excelente oportunidade para que os farroupilhenses se mobilizem, participem e façam a tão necessária ponte entre a sociedade civil e a gestão pública. A cidade só tem a ganhar com isso.

OPINIÃO

A transformação das relações humanas pelas mídias sociais Jocimar Romio * O ser humano é relacional. Nós somos um “nó de relações”, carentes de afeto, de atenção e de aceitação. De fato, a vida social é uma necessidade para a saúde psíquica, ainda mais quando nos deparamos com fortes tendências à solidão ou isolamento ou mesmo diante de indivíduos narcísicos, egoístas e autossuficientes. É de se destacar também a importância da vida social para as pessoas que não tem tempo, que estão sobrecarregadas e esgotadas física e psiquicamente pelo excesso de trabalho ou responsabilidade. Smartphones e mídias sociais revelam-se, então, uma possibilidade fantástica para encontros reais, mesmo que por um meio virtual. O virtual é real! Está aí, basta olhar para o lado e consta-

tar. Conversas, desabafos, opiniões, sentimentos, protestos, futilidades, amor, ódio, etc. É a possibilidade do “encontro” com o outro para romper com a indiferença ou mesmo para fugir da carência solitária. Todavia, este que parece um “já” do encontro mostra-se por vezes um “ainda não” bem real. O risco é o de “já” se ter muitos mil “amigos” no Facebook, muitas mil “curtidas” no Instagram, muitos mil “seguidores” no Twitter e vários bons “super like” no Tinder, mas “ainda não” um encontro real e maduro fora da rede. Isso só para citar algumas redes sociais. E quando não ocorre o contrário, ou seja, um afastamento daqueles que estão perto para uma proximidade supérflua com aqueles que estão longe. Podemos nos tornar indiferentes com relação àqueles que estão fisi-

Índice

Editorial

Matéria Especial .................................... Páginas 2 e 3 Editorial e Opinião................................ Página 6 Economia .................................................. Página 7 Cidade ........................................................ Páginas 10 e 11 Política ..................................................... Página 12 Educação .................................................. Página 13 Esporte ..................................................... Páginas 14 e 15

Inside

Especial..................................................... Capa Cinemas ..................................................... Página 2 Moda .......................................................... Página 3 Crônicas da Redação ............................. Página 4 Agenda....................................................... Página 4 Artes Visuais ........................................... Página 5 Paulo Roque Gasparetto ..................... Página 5 Social ........................................................ Páginas 6 e 7 Fabrício Oliboni ..................................... Página 8 Cultura ..................................................... Página 8 Festa ........................................................... Página 9 Dolores Maggioni .................................. Página 9 Sétima Arte .............................................. Páginas 10 e 11 Horóscopo ............................................... Contracapa Saúde, Beleza & Estética ..........................4 páginas Classificados ................................................12 páginas Construção, Decoração & Reforma .....12 páginas

camente diante de nós e despudorados com aqueles que estão “do outro lado”, tornando público o que deveria permanecer privado, talvez por termos “deletado” o limite que separava justamente público e privado. Então a ética aristotélica do bom senso pode vir em nosso socorro, sendo muito útil no que diz respeito ao uso das mídias sociais. A virtude está justamente na mediania entre dois vícios, um por falta e outro por excesso. E como ninguém nasce virtuoso, é preciso tornar-se virtuoso. A razão certamente é valoroso auxílio para se chegar ao meio termo entre a falta e o excesso, para se chegar à virtude. Como úteis instrumentos, que as mídias sociais promovam belos encontros, boas amizades, sinceras curtidas. Que as relações humanas sejam duradouras e fortalecidas tam-

REDAÇÃO - REDACAO@JORNALINFORMANTE.COM.BR ALANA BOF ALANA@JORNALINFORMANTE.COM.BR DANIEL RUFATTO DANIEL@JORNALINFORMANTE.COM.BR JULIANA INÊS CASA BARBIERI JULIANA@JORNALINFORMANTE.COM.BR RAMON CARDOSO RAMON@JORNALINFORMANTE.COM.BR ROCHELI CAMARGO ROCHELI@JORNALINFORMANTE.COM.BR

bém pelo diálogo com o diferente, e não apenas com quem pensa como nós. A intimidade com o outro será tanto mais forte quanto mais estivermos conscientes da nossa identidade real, e não meramente aparente ou estética. Um brinde à vida social, real, sem filtros, com seus encantos e desencantos, suas surpresas e grande alegria, um dia após o outro. Ah! Desativei o perfil no Facebook e nunca tive Twitter. Tinder, nem pensar. Instagram, isso sim: @padreromio. Para conversar face a face, em algum confessionário no Santuário de Caravaggio (é bom confessar-se pelo menos uma vez ao ano). Sempre bem-vindos! * Padre auxiliar do Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio e mestre em Teologia

LOGÍSTICA - LOGISTICA@JORNALINFORMANTE.COM.BR LUIZ CARLOS DE ANDRADE LUIZ@JORNALINFORMANTE.COM.BR

ASSINATURAS - ASSINATURAS@JORNALINFORMANTE.COM.BR ASSINATURA BIENAL: R$ 220,00 ASSINATURA ANUAL: R$ 120,00

TELEFONES

COMERCIAL - COMERCIAL@JORNALINFORMANTE.COM.BR

(54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203

ENDEREÇO

FABIANO LUIZ GASPERIN GASPERIN@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARIA DA GRAÇA POTRICOS LEITE MARIA@JORNALINFORMANTE.COM.BR VALÉRIA GASPERIN VALERIA@JORNALINFORMANTE.COM.BR

RUA DR. JAIME ROMEU RÖSSLER, 348, BAIRRO PLANALTO

COLUNISTAS

ANUNCIOS - ANUNCIOS@JORNALINFORMANTE.COM.BR ALEXANDRE FRANCISCO MACHADO ALEXANDRE@JORNALINFORMANTE.COM.BR MARCELO BORTAGARAY MELLO MARCELO@JORNALINFORMANTE.COM.BR TIAGO RODRIGUES DA SILVA TIAGO@JORNALINFORMANTE.COM.BR

FINANCEIRO - FINANCEIRO@JORNALINFORMANTE.COM.BR

ARMANDO WARTHA CRÔNICAS DA REDAÇÃO DOLORES MAGGIONI FABRÍCIO OLIBONI

GUILHERME MACALOSSI GUSTAVO PIMENTEL LAURO EDSON DA CÁS PAULO ROQUE GASPARETTO

A manifestação dos colunistas é livre e independente e não necessariamente reflete a opinião do Tabloide sobre os temas abordados nas colunas

KELI DE ALMEIDA MACIEL KELI@JORNALINFORMANTE.COM.BR

@PaperInformante www.jornalinformante.com.br

/jornalinformante


7

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

GASTRONOMIA

Nono Giuseppe com novos gestores Restaurante, que tem 20 anos de tradição, agora conta com direção renovada e cardápio reformulado é, em breve, abrir as portas também às sextas e sábados à noite para oferecer bauru e acompanhamentos. A nova gerência realizou mudanças no cardápio, com menu diferenciado diariamente e tudo preparado no local, pela equipe de cozinha. Além da mudança no buffet, o ambiente ainda está passando por reformas, aperfeiçoando a estrutura para oferecer melhores acomodações aos clientes. O espaço ainda realiza festas fechadas. O restaurante serve cerca de 30 tipos de saladas, 12 pratos quentes e como cortesia tem sobremesa, chá e café. Serve buffet livre e a quilo e também entrega viandas. A boa localização, situado na entrada da Avenida Santa Rita, é outra aposta das empresárias para conquistar a clientela.

Juliana Inês Casa Barbieri

A

proposta é oferecer comida caseira, bem saborosa e ter um atendimento de excelência. É assim que o Restaurante Nono Giuseppe, localizado na Júlio de Castilhos, 1.554, no Centro, abre as portas de segunda a sábado, das 11h15min às 13h30min. Com 20 anos de atuação no ramo gastronômico, agora é gerenciado pelas irmãs Daiane Pontes Magnaguagno, que é responsável pela parte administrativa, e Daysi Laismann que comanda a cozinha e tem experiência de oito anos na área. “Nossa prioridade é oferecer uma comida de qualidade, com aquele gostinho caseiro e sempre ter um bom atendimento”, salienta Daiane, adiantando que o planejamento do restaurante

Comida com gostinho caseiro é o diferencial Daysi e Daiane são as novas administradoras do Restaurante Nono Giuseppe


10

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

SEMANA DA FAMÍLIA

Mesa redonda debate uso de redes sociais Bate-papo será realizado na quarta, às 19h30min, na Igreja Matriz

A

contece na próxima quarta, às 19h30min, um interessante debate sobre como as redes sociais podem interferir na convivência familiar. Evento integrante da Semana da Família (confira programação no quadro ao lado), o bate-papo “Família e bate papo: privacidade versus publicidade” reunirá o psiquiatra Caetano Fenner Oliveira, o psicólogo Dornelis Benato e o padre Jocimar Romio. Conforme o religioso, que aborda o assunto também em artigo na Editoria de Opinião, na página 6, o contato virtual é real, mas não necessariamente é encontro. Para ele, as redes sociais, se não utilizadas adequadamente, podem gerar um afastamento daqueles que estão perto em favor de uma proximidade aparente via internet. “Por vezes se de um lado não há encontro nem sequer na família, de outro há uma perda de intimidade, um tornar ‘público’ o que deveria permanecer no ‘privado’. É a privacidade versus a publicidade. Ou isso seria apenas a amargura das gerações mais velhas que não conseguem nem entender e muito menos interagir com as modernas redes ou aplicativos?”, indaga o padre.

Confira programação da Semana da Família Promovida em parceria entre as paróquias farroupilhenses, a Semana da Família iniciou na quinta, com palestra de Gustavo Balbinot, no bairro Cinquentenário. A programção tem sequência nos próximos dias. Confira abaixo. Sexta, às 19h30min: ultreia do Movimento Cursilho de Cristandade no Seminário Apostólico N. Sr.ª de Caravaggio Segunda, às 19h30min: palestra com o padre Osmar Coppi e o nativista Paullo Costa, na comunidade São Vicente Mártir Quarta, às 19h30min: Mesa redonda “Família e redes sociais: privacidade versus publicidade”, na Igreja Matriz Quinta, às 19h30min: palestra com Giovanni Mattiello, na comunidade Sagrado Coração de Jesus, em Rio Caçador Quinta, às 19h30min: palestra com o padre Osmar Coppi, na igreja do bairro Monte Pasqual Sexta (dia 18), às 19h30min: palestra com o padre Osmar Coppi, na igreja do bairro 1º de Maio Sábado (dia 19), às 15h: Romaria das Famílias ao Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio Até o dia 20: visita da imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida à Paróquia Santa Cruz, de Nova Milano

Alguém quer me adotar? ONG dos Peludos

Maravilha tem 2 anos, é de porte médio e está castrada. Dócil, se relaciona bem com outros cães. Quem puder dar uma chance a essa peludinha terá a certeza de uma amizade verdadeira. Informações pelos fones 999.386.360 ou 992.122.466. Importante: A ONG dos Peludos informa que não serão doados cães para ficarem presos em correntes.


11

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

Esquina

PRÊMIO QUALIDADE RS

Sesc Farroupilha fatura Troféu Prata

Juvenart: Ronda em 9º Nova turma do Proerd

Distinção será entregue no dia 5 de setembro, em Porto Alegre

A

unidade farroupilhense do Serviço Social do Comércio (Sesc) será agraciada com o Troféu Prata da 22ª edição do Prêmio Qualidade RS. Os vencedores da distinção, conferida pelo Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade (PGQP) como forma de promover boas práticas de gestão, foram divulgados nesta semana. “Este prêmio é o resultado de anos de trabalho, esforço e dedicação de toda equipe Sesc Farroupilha, buscando sempre a melhoria em nossos processos e serviços. Ficamos muito felizes por este reconhecimento no ano em que completamos 12 anos de atuação no município. Gratidão é a palavra que resume meu sentimento”, comemora a

Divulgação

O CTG Ronda Charrua foi o 9º melhor do Juvenart, realizado em Santa Maria, no último fim de semana. A Invernada Juvenil é composta por 30 dançarinos, sob responsabilidade técnica de Aline e Mateus Dal Magro. O grupo teve ainda a 6ª melhor coreografia tanto de saída como de entrada. No início do mês, a Invernada Mirim do Ronda já havia ficado em 3º no Festmirim.

Encabeçado pela Brigada Militar, o Proerd terá mais uma turma concluindo a formação neste sábado. O evento será às 9h45min, no ginásio do Colégio Nossa Senhora de Lourdes. O curso formará 350 alunos, que receberam capacitação conduzida pelo soldado Narciso Trevisol. O propósito do Proerd é repassar informações preventivas e de valorização à vida.

Obituário

Esforço reconhecido Prêmio evidencia qualidade da gestão na unidade

gerente da unidade, Grasiela Maria Savi. Antes da Prata, a unidade já havia conquistado o Troféu Bronze por duas vezes, em 2010 e 2011. A entrega da premiação ocorre no dia 5 de setembro, no Centro de Eventos da PUC/RS, em Porto Alegre.

3 de agosto * Severina Gelsemina Frá Sachet, 88 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza. 4 de agosto * Maria Edilla Lotterman, 76 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal (CPM); * Osmar Heineck, 75 anos. Sepultamento no cemitério de Marques de Souza. 5 de agosto * Antonio Lima Dornelles, 68 anos. Sepultamento no CPM;

* Antonio Hoeckele, 79 anos. Sepultamento no CPM; * Itlia Pandolfo Zwirtes, 100 anos. Sepultamento no cemitério de Linha Machadinho (4º Distrito). 7 de agosto * Melani Von Muhlen, 69 anos. Sepultamento no CPM; * José Luiz Bristot, 74 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de São José (1º Distrito). 9 de agosto * Aline Maria Farias Zanonato, 91 anos. Sepultamento no CPM.


12

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

CONSULTA POPULAR

Mobilização garante recursos para o HBSC Com maior número de votantes da região, Farroupilha elegeu Saúde como prioridade Arquivo Jornal Informante

O

Hospital Beneficente São Carlos (HBSC) será um dos contemplados pela Consulta Popular 2017/2018. Isso graças à mobilização de toda comunidade farroupilhense, que teve grande colaboração para eleger a demanda relacionada à Saúde como prioritária para Serra Gaúcha. No total, os hospitais de alta complexidade e microrregionais da região receberão R$ 762.857,15, referentes a 50% do total previsto pela Consulta Popular para a Serra. A divisão dos valores por instituição deverá ser definida até o fim do mês, em assembleia do Corede Serra. A expectativa, no entanto, é que boa parte dos recursos venha para o São Carlos, já que Farroupilha teve a maior votação absoluta da região, superando até mesmo Caxias do Sul e Bento Gonçalves, e a 9ª maior do Estado. No total, foram registrados no município 6.994 votos, sendo 6.893 para a Saúde.

Recursos para Saúde São Carlos será um dos beneficiados pela Consulta Popular 2017/2018

No somatório dos 32 municípios que compõem o Corede Serra, a Consulta Popular teve participação de 5,18% do total de eleitores, o que equivale a 34.673 votos. Além da Saúde, os outros dois projetos escolhidos como prioritários foram os para implantação de internet na zona rural e para regionalização do turismo, que receberão, respectivamente, R$ 457.714,29 (30% do total) e R$ 305.142,86 (20% do total). No entanto, para estas duas demandas, Farroupilha não foi classificada.

As cidades com mais votantes na região 1) Farroupilha: 6.994 2) Caxias do Sul: 6.421 3) Nova Prata: 3.742 4) Bento Gonçalves: 3.556 5) Marau: 2.965 6) Guaporé: 2.250 7) Salvador do Sul: 1.841 8) São Marcos: 1.398 9) Paraí: 1.320 10) Veranópolis: 1.163

Boca de Urna

Pedido encaminhado

A direção do campus farroupilhense do IFRS busca viabilizar a construção de uma quadra de esportes. Por intermédio de deputado Álvaro Boessio (PMDB), o pedido foi encaminhado nesta semana ao Secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Márcio Biolchi, que se comprometeu em analisar o projeto. A questão também será tratada junto ao governo federal.

Agricultor Destaque

O produtor Marcelo Bicca Ferrari, proprietário da Puro Sabor do Interior, recebe nesta segunda o Certificado Agricultor Destaque do Ano. A solenidade de outorga da comenda acontece na Câmara de Vereadores, às 18h30min.

Nestor Feltrin Emérito

Já o Título de Cidadão Emérito ficará com Nestor Feltrin. Com importante trabalho frente à Patne, a aprovação do nome de Feltrin, sugerida pelo vereador Beto Maioli (Rede), foi unânime. A data da entrega da comenda ainda não foi divulgada.


13

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

ENSINO ESPECIAL

Olhar de carisma sobre a Amafa Aline da Rosa assume coordenação da entidade que completou 15 anos na última quarta e atende 42 autistas dera a coordenadora, apontando como um dos maiores desafios ter que driblar as dificuldades financeiras. Atendimentos e nova sede A entidade festejou 15 anos de fundação na quarta e atende na área da educação com atividades de contraturno e assistência social. Conta com 42 alunos com idades entre cinco e 51 anos. São autistas de Farroupilha, Carlos Barbosa e Caxias do Sul. Oferece atividades da vida diária, equoterapia, natação, atendimentos com psicóloga, assistente social, orientação em grupos de família. Todos os serviços são prestados gratuitamente e conta com uma equipe de 17 funcionários. Aline explica que a instituição se mantém com repasses da prefeitura de Farroupilha e Carlos Barbosa, contribuição espontânea das famílias aten-

didas, auxílio de empresas e promoções beneficentes. A Amafa tem sede em São Luiz, no 3º Distrito, mas por meio de trabalho capitaneado pelo Rotary Club Farroupilha e contribuição de empresas, um novo espaço está em construção no bairro Vicentina. “Contaremos com um local mais adequado e teremos como ampliar o número de vagas”, comemora Aline. Contribuições Interessados em colaborar podem conhecer o trabalho por meio das reuniões com as famílias. Os encontros são no Shopping Omar Valentini, 5º andar, às segundas e quartas segundas-feiras de cada mês. O próximo será em 18 de setembro, das 14h às 16h. É possível manter contato pelo fone 996.730.819 ou e-mail amafasonhoazul@gmail.com.

Juliana Inês Casa Barbieri

E

la é jovem e tem uma missão e tanto pela frente: coordenar a Associação de Pais e Amigos dos Autistas de Farroupilha (Amafa). Aline Isabel Daros da Rosa tem 25 anos e é assistente social. Há três anos atua na entidade e agora assume o cargo anteriormente ocupado por Vânia Fitarelli, que faleceu há um mês. O desafio é manter as atividades da Amafa e da Escola de Educação Especial Sonho Azul, as ações planejadas para o semestre e ainda organizar a nova sede que deverá ser inaugurada em novembro. “Ainda estou me interando do funcionamento, mas sou realizada com o meu trabalho. Minha expectativa maior é estudar muito sobre o autismo, realmente me especializar nessa área”, consi-

Conduzindo os trabalhos Aline assume coordenação com aval de toda presidência da entidade

Aprovação

Senac forma 25 alunos em Aprendizagem Profissional Comercial

Na próxima quinta haverá formatura do Senac. São 25 alunos que concluem o curso de Aprendizagem Profissional Comercial em Serviços Administrativos. Será às 19h, no Salão Nobre da Prefeitura. O grupo é do Programa Senac de Gratuidade, que atende empresas que desejam contratar jovens para o comércio de bens, serviços e turismo.


14

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

Rafa e a Seleção

Arquivo Pessoal

Convocada para um período de treinamentos com a categoria Sub-17, mesmo estando com 14 anos, a farroupilhense Rafaela Levis Marostica agradou o técnico Luizão, tanto que deve retornar à Granja Comary, em Teresópolis, no final deste mês para mais uma série de treinos. “Sem palavras para descrever o que foi a convocação. É tudo diferente, muito bom. O lugar é maravilhoso, a comissão técnica também, as minhas colegas são muito legais. Fiz grandes amizades lá”, celebrou a jovem. Os treinamentos são em preparação à disputa do Sul-Americano do ano que vem.

Performance e azar

Lyon estreia com vitória

Com dois gols de Paulo Cipó, um de Rodrigo China e outro de Rogério Alemão, o time farroupilhense do Lyon estreou com vitória por 4 a 2 sobre o caxiense Atlético Carmelo na abertura da Copa Caxias Série B. Com o resultado, ocupa a vice-liderança do Grupo 2 pelos critérios, já que quatro das 10 equipes venceram. Neste sábado, o Lyon enfrenta o caxiense Divino FC, que empatou na rodada inaugural da competição, no campo da Escola da Natureza, no Desvio Rizzo.

Bom resultado em Panambi

Aprovada Farroupilhense deve iniciar nova série de treinamentos na Granja Comary a partir do próximo dia 28

Na 5ª etapa do Gaúcho de Rally de Velocidade, disputada no último fim de semana, em Panambi, a dupla formada pelo piloto farroupilhense Felipe Krindges e pelo navegador caxiense Igor Marcanti dos Santos finalizou em 2º lugar na categoria RCR. Lisandro Garcia

Márcio Campos admite que teve seu melhor fim de semana desde que iniciou na Stock Car, nesta temporada. No segundo treino livre, o piloto farroupilhense terminou em 3º e na classificação ficou em 12º. Nas corridas, porém, deu tudo errado. O carro de Campos levou uma pancada na traseira logo na primeira volta e o piloto teve que abandonar a prova. Na segunda corrida, apesar de largar em último, fez uma prova de recuperação, chegou a estar em 18º, mas teve de abandonar após quebra de parte do assoalho traseiro. A 8ª etapa da Stock acontece em Londrina, no dia 10 de setembro.

Bochas Tiro e Ponto

Já o Municipal de Bochas Tiro e Ponto teve disputada sua 2ª rodada, que registrou novo triunfo do CTG Rancho de Gaudérios, que derrotou o Sócios do Aldeia, fora de casa, por 3 a 0. Os demais confrontos tiveram vitórias dos mandantes. O Vinhedos aplicou 3 a 0 no Tavares e o Veteranos do Rancho derrotou o Aldeia Farroupilha por 2 a 1. O Rancho é líder com 6 pontos, seguido pelo Vinhedos com 5, Aldeia, Sócios do Aldeia e Veteranos do Rancho estão com 2 e o Tavares ocupa a lanterna com 1 ponto. A 3ª rodada começa nesta sexta com o duelo entre o lanterna Tavares que recebe o líder Rancho, às 19h. No sábado, a partir das 13h45min, mais dois jogos: o Veteranos do Rancho recebe o Vinhedos e o Aldeia Farroupilha encara o Sócios do Aldeia.

Mandantes no Bocha 48

No Municipal de Bocha 48, os mandantes fizeram valer o fator local e venceram na rodada de abertura. O Nik’s Bar derrotou o Bar do Radinho, o Bar do Alemão triunfou sobre o Bar do Muth e o Veteras Bar conquistou a vitória diante do Nossa Senhora de Fátima. A vitória vale 3 pontos. A 2ª rodada segue neste sábado, às 16h. O Retcha’s Bar, que folgou na rodada de abertura, recebe o Bar do Alemão, o Nossa Senhora de Fátima atua em casa diante do Nik’s Bar e, finalizando a rodada, o Bar do Muth recebe o Veteras Bar. O Bar do Radinho folga.

No pódio Dupla farroupilhense/caxiense chegou em 2º lugar na RCR


15

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

SEQUÊNCIA CASEIRA

Para fazer valer o fator local Apahand/UCS/Farroupilha inicia série de duelos como mandante na Liga Nacional de Handebol Feminino

Apahand/UCS/Farroupilha

A

pós duas derrotas em solo catarinense (para a UnC Concórdia por 25 a 24 e Abluhand/Blumenau por 27 a 24), a Apahand/UCS/Farroupilha precisa de urgente recuperação na Conferência Sul/Sudeste da Liga Nacional de Handebol Feminino. Única representante gaúcha na competição, a equipe farroupilhense/caxiense tem uma série caseira para começar a pontuar e buscar uma vaga na 2ª fase do nacional, que classifica os quatro melhores para o pentagonal semifinal. A Conferência é disputada por oito times em turno

único. O primeiro dos três compromissos como mandante ocorre diante do Guarulhos. “Esta partida, por ser a estreia em casa, tem um significado grande para as atletas que este ano são de uma média de idade baixa. Porém, contamos com nossa torcida para chegarmos à primeira vitória na competição”, ressaltou o técnico Gabriel Citton. A partida contra a rival paulista acontece no domingo, às 10h, no Ginásio Poliesportivo da Universidade de Caxias do Sul (UCS) e tem entrada franca. Após este duelo, a equipe ainda recebe o paranaense Maringá, no dia 19, e outro time paulista, o Unip São Bernardo, no dia 11 de setembro. Todos confrontos ocorrem no Poliesportivo da Universidade. Equipe segue absoluta e favorita à conquista no Campeonato Gaúcho Na 2ª etapa do Campeonato Gaúcho de Handebol, disputada no último fim de semana, em Campo Bom, a Apahand não deu chances

Liga Nacional de Handebol Feminino 2017 Conferência Sul/Sudeste (3ª rodada da 1ª fase)

X Horário: Domingo, às 10h Local: Ginásio Poliesportivo da UCS Ingressos: a entrada é franca às rivais, vencendo seus três duelos: 36 a 6 sobre a Handebol Feminino de Santa Maria (HFSM), 40 a 18 na Associação Esportiva Campo Bom (AECB) e, por fim, 27 a 15 na Liga Hamburguense de Handebol (LHH). O time encerrou a fase classificatória com seis vitórias sem seis jogos, única invicta entre as par-

ticipantes, ficando com o melhor ataque (215 gols) e defesa menos vazada (66 gols sofridos), que resultou em um saldo positivo de impressionantes 149 gols. Classificada com sobras à semifinal, que ocorre no início de dezembro, a equipe enfrentará o Canoas por um lugar na decisão estadual.


Alana Bof

INSIDE

Na passarela, um desfile histórico

Alunos da escola Oscar Bertholdo usam a criatividade para estampar camisetas com temas relacionados à disciplina de História Página 3

SAÚDE E SÉTIMA ARTE

Importância da paternidade, em palestra e também no Cinema Evento acontece na OAB Farroupilha e filme cubano “Viva” trata sobre o tema Capa e páginas 10 e 11 do Inside

CADERNO ESPECIAL

CIDADE

Confira a nova edição do tradicional Construção, Decoração & Reforma

Reconhecimento do Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade evidencia boas práticas de gestão na unidade Página 11

Imóveis, aluguéis, dicas de reforma e ótimas opções para decorar seus ambientes

Amafa celebra 15 anos com nova coordenação Aos 25 anos, Aline da Rosa assume direção dos trabalhos educativos e assistenciais da entidade, que atende 42 autistas Página 13

Juliana Inês Casa Barbieri

EDUCAÇÃO

Prata para o Sesc Farroupilha


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

REFLEXÃO PÓS DIA DOS PAIS

Importância da presença paterna na formação de bons cidadãos Evento proposto pela Elo Psi e OAB acontece na próxima segunda, voltado a psicólogos, advogados e educadores sam impactar na redução dos delitos, como é o caso do registro do nome do pai na certidão de nascimento, como levantado pela ONG Brasil sem Grades, pode nos proporcionar uma vida em sociedade mais segura”, considera Rafael Gustavo Portolan Colloda, presidente da OAB Farroupilha. Também a presidente da Elo Psi, Vanessa De Cesero Holuigue, explica que a reflexão é importante para entender o quanto um pai representa na vida de seu filho, uma vez que estudos da ONG apontaram que em muitos casos de delinquência há uma relação direta com a ausência da figura paterna. O encontro é direcionado a estudantes e profissionais de Psicologia, Direito e Educação. É gratuito, podendo fazer contribuição em dinheiro para a ONG por meio do site www.brasilsemgrades.org.br ou diretamente no dia do evento.

Programe-se O que: reflexões sobre a paternidade Quando: próxima segunda, das 19h30min às 21h30min Onde: OAB Farroupilha (Prefeito Schneider, 321) Quanto: entrada franca, aceita contribuição em dinheiro para a ONG Brasil sem Grades

Divulgação

C

om a intenção de chamar a comunidade para discutir temáticas relevantes e aproveitando a data comemorativa ao Dia dos Pais, acontece, na próxima segunda, bate-papo com o empresário Luiz Fernando Oderich, presidente da ONG Brasil sem Grades. O evento será na sede da OAB Farroupilha, das 19h30min às 21h30min, numa iniciativa da Psicólogos Associados de Farroupilha (Elo Psi). Abordará dados da criminalidade e a importância de se ter uma figura paterna na formação. Também falará sobre o projeto “Pai? Presente!”, criado em 2009, numa parceria com a Defensoria e o Ministério Público, em São Sebastião do Caí. “No momento de insegurança que nos encontramos, entendo que refletir sobre possíveis causas de criminalidade e buscar soluções que pos-

Combate à criminalidade Oderich estará conduzindo conversa com profissionais

ONG Brasil Sem Grades e Projeto “Pai? Presente!”

A ONG foi fundada pelo empresário Luiz Fernando Oderich após seu único filho ter sido assassinado durante um assalto em Porto Alegre. Tem a missão de despertar a consciência da população por meio do desenvolvimento social e de ações voltadas ao combate da criminalidade, enfrentando a falta de planejamento familiar, buscando a paternidade responsável e tentando alterar a legislação penal, considerada muito liberal no País. Uma das atuações é o projeto “Pai? Presente!”, que identifica crianças que não têm o nome do pai no registro de nascimento. As mães são procuradas para determinar a identidade e a confirmação é feita por teste de paternidade. Após há a inclusão no registro, além da solicitação de ajuda financeira e do incentivo para que haja convivência com a criança ou adolescente. A intenção é evitar evasão escolar, uso de drogas, delinquência e prostituição, demonstrando a importância da figura paterna no desenvolvimento do ser.


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

Como usar a Crio a flacidez nas co Equipe Espaço da Beleza *

A

Crioterapia, que consiste no uso da temperatura fria para fins terapêuticos. É uma ótima forma de acabar com a flacidez da pele porque a baixa temperatura aumenta o tônus e aumenta a produção de colágeno, que é responsável por dar firmeza e sustentação à pele. Como é feita a Crioterapia nas coxas e bumbum? Os principais benefícios contra flacidez incluem os listados abaixo. * Aumenta a produção de colágeno que dá firmeza à pele; * Melhora o tônus da pele no local que é aplicado; * Melhora a circulação sanguínea porque, com a baixa temperatura, o corpo tenta se reaquecer, aumentando a ação das células. Por causa disso, a Crioterapia é uma excelente forma de tratamento contra a flacidez nas coxas e no bumbum, mas para que o resultado seja satisfatório pode-se associar o uso de cremes com cafeína, castanha da índia ou centella asiática, além equipamentos como ultrassom. Assim, o tratamento pode ser feito através

da aplicação de um gel frio na pele, realização de massagem redutora, seguido do uso de um aparelho como ultrassom, respeitando o sentido da drenagem linfática. Se a pessoa tiver celulite, pode-se aliar ao protocolo lipocavitação e a radiofrequência, por exemplo, já que a região que tem celulite tende a ser fria e pouco vascularizada. Como melhorar os resultados do tratamento Para que o tratamento tenha o efeito esperado no combate à flacidez da pele também é necessário seguir uma alimentação isenta de doces, gorduras e praticar algum tipo de atividade física, para drenar o excesso de líquidos e para fortalecer os músculos, melhorando a aparência da pele. Lembrando sempre de ingerir bastante água. Em casa, deverá aplicar um creme com ação lipolítica para ajudar na queima da gordura ou com ação reafirmante para tonificar a pele novamente. Dica Hábitos de vida saudáveis, refletem na sua aparência e saúde. * Espaço da Beleza Centro Estético Independência, 555 – Centro de Farroupilha Fone (54) 3268-5511


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

oterapia contra oxas e bumbum Fotos: Divulgação

Antes e depois Aumento na produção de colágeno e melhora no tônus da pele e na circulação sanguínea estão entre os benefícios


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

OPINIÃO

Conheça a Quiropraxia Divulgação Imagem: Reprodução

Jeferson Morandi *

D

e acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a Quiropraxia é uma profissão na área da saúde que lida com o diagnóstico, tratamento e prevenção de problemas do sistema neuro-músculo-esquelético, ou seja, trata articulações, tendões, músculos e nervos. É uma profissão nova no Brasil que há mais de 100 anos vem beneficiando pessoas nos Estados Unidos, país de sua origem e outros Países do mundo. O foco principal da Quiropraxia é realizar o alinhamento da coluna através de técnicas de ajuste articular, tendo em vista que, ao longo da vida, muitas atividades acabam gerando desalinhamentos na coluna, impedindo que o corpo funcione perfeitamente e cause dores. Com a coluna devidamente alinhada, além da melhora dos sintomas de dor, estudos comprovam que a Quiropraxia pode ser capaz de melhorar também o desempenho no trabalho e/ou em atividades esportivas, aumentar a mobilidade corporal e a resistência física e imunológica, evitando o surgimento de várias doenças. Além disso, há estudos que comprovam que a Quiropraxia é mais eficaz que medicamentos anti-inflamatórios para dores na coluna. Qual a formação de um quiropraxista? A Quiropraxia necessita de uma graduação de, no mínimo, cinco anos, com disciplinas como Anatomia, Fisiologia, Imaginologia e Avaliações Musculoesqueléticas, finalizando com dois anos de atendimentos supervisionados a pacientes em Unidades

Múltiplos benefícios Além de tratar a causa dos sintomas de dor, dr Morandi ressalta que não há necessidade de ter dor para procurar um quiropraxista, pois a mesma é preventiva, e melhora a qualidade de vida como um todo.

Básicas de Saúde (UBSs), hospitais, empresas e na área do esporte. No Brasil existem apenas duas Universidades que formam quiropraxistas: a Feevale (RS) e a Anhembi Morumbi (SP). O que a Quiropraxia trata? Dores na coluna, hérnia de disco, dor ciática, tendinites, bursites, dores articulares, lesões esportivas, dores de cabeça, entre outros.

A Quiropraxia é segura? Sim. A Quiropraxia é segura se realizada por um profissional devidamente graduado. Quem pode fazer Quiropraxia? A Quiropraxia é para todas as idades, desde crianças a idosos, apresentando técnicas variadas e específicas, respeitando cada fase da vida. * Quiropraxista (ABQ 0531)


Arte

Projeto Paredes Vivas está com inscrições abertas para artistas e grafiteiros Página 5

Inside

Evento

Encerramento da Semana da Juventude terá atrações culturais e food trucks na Praça da Emancipação Página 8

Música

Tributo a Amy Winehouse será no sábado Cantora britânica será homenageada na apresentação do grupo Etiene e Black Souls, que inicia às 23h, no República Beer

C

om uma carreira breve e marcante, ela conquistou inúmeros admiradores por todo o mundo. Amy Winehouse, a diva do soul, será a homenageada deste sábado, no República Beer. O tributo será feito pela cantora Etiene Nadine, acompanhada por Rick Hierofante (guitarra e vocal), Will Monteiro (baixo), Jean Paul Deitos (teclado) e Alisson Seben (bateria), da banda Black Souls. Com estilo inconfundível e uma voz única, a britânica Amy começou a fazer sucesso em 2006, quando lançou seu segundo (e último) disco de estúdio, intitulado Back to Black. Em 2007, o álbum foi o mais vendido do mundo, com seis milhões de cópias comercializadas. Foi nessa época que Etiene, que ainda não

cantava profissionalmente, virou uma grande fã de Amy. “Logo que ela começou a aparecer, enlouqueci com aquela voz e disse pra mim mesma: preciso cantar Amy Winehouse! Foi muito sincero esse sentimento, imediato”, relembra a cantora. A morte precoce de Amy em 2011, com apenas 27 anos, deixou muitos fãs órfãos. Mas o legado da música produzida pela britânica continua até hoje. Etiene, que canta profissionalmente há seis anos, conseguiu realizar o desejo de cantar Amy. “A palavra é admiração... ao trabalho, à voz, à intensidade, ao amor pela música, ao que ela transmite com o talento dela, ao âmago exposto. Isso me encanta”, explica. Sábado, no República, ela vai entoar canções de sucesso como Rehab, Tears Dry On Their Own e Back to Black. A apresentação inicia às 23h e o ingresso custa R$ 15,00.

William Cabra

Alana Bof alana@jornalinformante.com.br

Programe-se O que: Etiene e Black Souls em tributo a Amy Winehouse Quando: sábado, às 23h Onde: República Beer Quanto: R$ 15,00

Homenagem Etiene e Black Souls entoam canções de Amy Winehouse


Inside

2

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

Cinemas Shopping Iguatemi (RST-453, quilômetro 3,5) Cinemas

Imagem: Reprodução

GNC 1: Malasartes e o Duelo com a Morte - às 13h45min, 16h, 18h40min e 21h (com legenda descritiva) GNC 2: Planeta dos Macacos: A Guerra - às 13h30min e 19h10min (legendado), 16h20min e 22h (dublado) GNC 3: O Filme da Minha Vida - às 14h30min e 19h30min GNC 3: Dunkirk - às 17h e 21h45min GNC 4: Planeta dos Macacos: A Guerra - às 13h e 18h50min (dublado e em 3d), 16h e 21h40min (legendado e em 3d) GNC 5: Meu Malvado Favorito 3 (dublado e em 3d) - às 14h10min GNC 5: Valerian e a Cidade dos Mil Planetas - às 16h30min (dublado e em 3d), 19h e 21h30min (legendado e em 3d) GNC 6: O Reino Gelado: Fogo e Gelo (dublado) - às 13h20min e 15h20min (com legenda descritiva) GNC 6: Meu Malvado Favorito (dublado) - às 17h20min GNC 6: Valerian e a Cidade dos Mil Planetas - às 19h20min (dublado) e 21h50min (legendado) Ingressos: segunda, quarta e quinta (exceto feriado) a R$ 20,00 e R$ 26,00 (salas 3d); terça (exceto feriado) R$ 14,00 e R$ 18,00 (salas 3d); sexta a domingo e feriado a R$ 25,00 e R$ 32,00 (salas 3d). Meia entrada todos os dias para menores de 18 anos e maiores de 60 (mediante apresentação de identidade), estudantes (mediante apresentação de Carteira de Identificação Estudantil) e para o Movie Club Preferencial.

Shopping San Pelegrino (Avenida Rio Branco, 425) * Programação não informada até o fechamento desta Edição Ingressos: nas salas tradicionais, segunda a R$ 20,00; terça e quarta (exceto feriado) a R$ 14,00; quinta a R$ 24,00; sexta a domingo e feriado a R$ 25,00. Nas salas 3d, segunda a R$ 27,00; terça e quarta (exceto feriado) a R$ 18,00; quinta a R$ 30,00; sexta a domingo e feriado a R$ 31,00.

Sala de Cinema Ulysses Geremia (Luiz Antunes, 312) A Última Lição - de sexta a domingo, às 19h30min Matinê às 3: Saneamento Básico, o Filme - quinta, às 15h Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (estudantes e sênior)

Última semana Dirigido pelo cineasta britânico Christopher Nolan, “Dunkirk” trata do cerco das tropas nazistas aos aliados nas praias de Dunquerque, na França


FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

Inside

3

Moda

Estudantes criam camisetas históricas

Idade de Ouro no Brasil e Revolução Industrial foram os temas trabalhados pelos alunos da escola Oscar Bertholdo Fotos: Alana Bof

Alana Bof alana@jornalinformante.com.br

U

m projeto diferenciado envolvendo criatividade, design, moda e história tomou a quadra da Escola Municipal Oscar Bertholdo. O desfile Camisetas Históricas foi realizado na manhã de quinta, como resultado do projeto idealizado pelo professor Fabrício Gomes. Durante algumas aulas de história, 46 alunos do 8º ano criaram estampas para camisetas com assuntos históricos. Enquanto os estudantes da turma 801 trabalharam com o tema Idade de Ouro no Brasil Colonial, a 802 teve como inspiração a Primeira Revolução Industrial. “O objetivo é possibilitar aos alunos e alunas uma forma criativa de apresentar os conhecimentos adquiridos através da pesquisa dos conteúdos de História”, explica o professor. Utilizando materiais como canetas para tecido, tintas e tecidos coloridos, os alunos customizaram as camisetas com os temas propostos. A atividade despertou o interesse dos estudantes pelo conteúdo. “Meu tema foi a mulher no mercado de trabalho durante a Revolução Industrial. Aprendi muitas coisas que não sabia”, comenta a aluna Manuella Cousseau. “É um jeito diferente de aprender, aprofundar conteúdo”, complementa a estudante Marina Cavinato. As 23 camisetas produzidas foram apresentadas para as outras turmas da escola no desfile de quinta. A atividade fez parte das comemorações pelo Dia do Estudante, celebrado em 11 de agosto.

O desfile Criações foram apreciadas pelos demais estudantes da escola


Inside

4

Crônicas da Redação Ramon Cardoso

ramon@jornalinformante.com.br

A patética direita que ajuda a esquerda

Agenda SEXTA

Show Vitor Henrique e Gabriel Favorita Beer Store, às 20h Jus e Diogo Boteco Antonielle, às 22h Lactobacilos vivos República Beer, às 23h Show Grupo Sem Razão Boteco do Chá, às 23h45

SÁBADO Pista Certa: Funk, Reggaeton, Pop Muinho, às 23h Denny Oliver Acoustic Music Favorita Beer Store, às 22h

DOMINGO Encerramento da 1ª Semana da Juventude Praça da Emancipação, às 12h Atrações culturais e food trucks Divulgação

Não faz muito tempo, escrevi neste espaço que a direita no País, em muitos momentos, se comportava como a esquerda se comporta. Se alguém ficou com alguma dúvida de que isso ocorria, a absolvição do criminoso presidente Michel Temer fala por si só. Mais que isso, o raciocínio dessa direita é tão curto e inconsequente que ela sequer consegue perceber que sua atitude colabora e contribui para o ressurgimento da esquerda no Brasil. Em primeiro lugar, boa parte dessa direita dizia aos quatro ventos que não tinha político bandido de estimação. Ah, é. E Temer é o que, então? Mentira, tem sim. Em segundo lugar, a absolvição do presidente revela a odiosa e recriminável indignação seletiva, ou seja, diziam e ainda dizem os direitistas: “corrupto só existe na esquerda”. Outra mentira. Pode até ter em escala maior nesta ou naquela legenda, mas tem em todas. Em terceiro lugar e o mais grave, essa míope direita está descriminalizando os atos praticados pelos recentes e catastróficos governos de esquerda do País. Ao darem um salvo conduto a Temer, a direita endossa uma tese do PT, de que a meta não era acabar com a corrupção, mas tão somente retirar do poder um governo de esquerda. Claro que não era isso. Dilma não tinha apenas que ser deposta, mas estar presa a esta altura, assim como Lula, que vai para o xilindró logo, mas a vista grossa feita para a igualmente criminosa gestão atual confere munição ao argumento da esquerda e, não tenham dúvidas, um monte de gente vai embarcar e comprar essa tese. Havia falado, também neste espaço, que dificilmente seria novamente governado por um partido de esquerda, porque acreditava que, diante da catástrofe que foram as gestões petistas, seja no Rio Grande do Sul, seja no Brasil, não seria possível que essa turma voltasse a comandar os Palácios Piratini ou do Planalto pelas próximas décadas. Hoje já não tenho tanta certeza disso. Só não imaginei que revisaria o meu ponto de vista por conta de uma direita seletiva e que se comporta com a mesma hipocrisia que pauta o discurso da esquerda. Um dos alvos dessa direita (que eu nem sei se é direita mesmo porque o comportamento, convenhamos, é esquizofrênico) foi, claro, a família Bolsonaro. Pai e filho votaram contra Temer e aí esse pessoal raivoso apareceu espumando pela boca, dizendo que eles estavam do lado do PT e da esquerda, porque votaram como os petistas e esquerdistas. A argumentação é tão imbecil e pobre que eu não tenho sequer ânimo de comentar. Bolsonaro incomoda demais. Ainda falarei sobre ele em uma coluna. Continuo não desejando um governo de esquerda pelas próximas décadas, mas da mesma forma não quero uma direita que endosse criminosos no poder. Essa direita não percebe porque não enxerga dois metros adiante, mas ela está abrindo espaço para que a esquerda retorne. Quero um governo de direita e que seja intransigente com a corrupção. Espero que a maioria pense desta forma na eleição do ano que vem.

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017


FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

Artes Visuais

Inside

5

Paulo Roque Gasparetto prgasparetto@terra.com.br

Projeto Paredes Vivas está com inscrições abertas Concurso promovido pela Tonin Imóveis quer levar arte para rua, por meio do grafite

T

ransformar muros comuns e sem vida em verdadeiras obras de arte. Essa é a ideia do projeto Paredes Vivas, promovido pela empresa Tonin Imóveis, de Farroupilha, com curadoria de Mona Carvalho. “Nas construções, quase sempre sobram paredes cegas. E em viagens que realizamos, a gente sempre curtiu muito os murais de grafite presentes em algumas cidades. Então, a gente resolveu criar um concurso cultural para fazer um mural desses, para trazer a arte para a rua”, explica o idealizador do projeto, Rodrigo Tonin. O concurso para selecionar o artista que vai dar vida a uma parede com 10 metros de altura, localizada na rua Sinimbu, em Caxias do Sul, está com inscrições abertas até o dia 5 de setembro. Os interessados podem enviar suas ideias para o e-mail paredesvivas@toninimoveis.com.br. O tema proposto é “Equilíbrio na Cidade Contemporânea” e o edital completo pode ser acessado em toninimoveis.com.br. No dia 19 de setembro será revelado o vencedor, que terá seu trabalho custeado pela empresa. Segundo Rodrigo, a ideia é expandir o projeto. “Temos imóveis em Caxias e Farroupilha e a ideia é dar continuidade sempre que surgir uma oportunidade”, ressalta. Edifício receberá grafite Prédio esta localizado na rua Sinimbu, em Caxias do Sul, entre a Guia Lopes e a Andrade Neves

Rodrigo Tonin

Família, uma luz para a vida em sociedade De domingo, dia 13 ao dia 19 deste mês, a Igreja no Brasil celebra a Semana Nacional da Família, que este ano tem como tema: “Família, uma luz para a vida em sociedade”. A intenção é que a Semana Nacional da Família seja um momento de aprofundar as grandes questões que envolvem a família no mundo de hoje. O papa Francisco pediu para que todas as comunidades se envolvessem com a família, fizessem dela o centro da ação evangelizadora. Então, o melhor jeito da gente se preparar é aproximando os nossos grupos e as nossas pastorais em atividades na mesma direção. Nessa direção, para animar este momento de valorização da instituição familiar, a Pastoral Familiar, em conjunto com as paróquias da Região Pastoral de Farroupilha, propõe um conjunto de atividades: nesta sexta, dia 11 de agosto, Ultréia do Movimento do Cursilho de Cristandade no Seminário Apostólico; neste final de semana, homenagem aos pais em todas as celebrações; domingo à tarde a 2ª Mateada da Família, promovida pelo Encontro de Casais com Cristo (ECC), a partir das 15h, em frente à Igreja Matriz; na segunda, dia 14 de agosto, palestra com o padre Osmar Coppi e nativista Paulo Costa na comunidade São Vicente Mártir. Na quarta, dia 16, mesa redonda “Família e redes sociais”, com Caetano Fenner Oliverira (psiquiatra), Dornelis Benato (psicólogo) e Jocimar Romio (padre) na Igreja Sagrado Coração de Jesus; na quinta, dia 17 de agosto palestra com Giovanni Mattiello na comunidade Sagrado Coração de Jesus, Rio Caçador, e palestra com o padre Osmar Coppi na Igreja do bairro Monte Pasqual; na próxima sexta, dia 18 de agosto, palestra com o padre Osmar Coppi na Igreja do 1º de Maio. Todas as atividades acontecem às 19h30min. Já no dia 19, ocorre a Romaria das Famílias no Santuário de Caravaggio, às 15h e, do dia 10 a 20 de agosto, visita da imagem peregrina de nossa Senhora Aparecida à Paróquia Santa Cruz de Nova Milano. Na Exortação Apostólica Amoris Laetitia, o papa Francisco nos ilumina na caminhada eclesial das comunidades para que as famílias do Brasil cheguem à vida plena em Cristo e participem na construção do Reino de Deus vivendo a alegria do amor e reza conosco dizendo: “Sagrada Família de Nazaré, que nunca mais haja nas famílias episódios de violência, de fechamento e divisão; e quem tiver sido ferido ou escandalizado seja rapidamente consolado e curado. Sagrada Família de Nazaré, fazei que todos nos tornemos conscientes do caráter sagrado e inviolável da família, da sua beleza no projeto de Deus. Jesus, Maria e José, ouvi-nos e acolhei a nossa súplica. Amém”. * Pároco da Paróquia Sagrado Coração de Jesus e doutor em Comunicação


Éder Tondello

sexta será de muito pagode no Boteco do Chá, com o grupo Sem Razão. Os músicos, já conhecidos na região, prometem agitar a noite dos presentes na festa. A discotecagem fica por conta do DJ Gui Correa. Os ingressos antecipados já estão à venda.

Pizza

O Intercity Caxias do Sul recebe o primeiro Clube da Pizza neste sábado. O evento vai explorar a gastronomia de nove renomadas pizzarias da Serra Gaúcha. A atividade ocorre das 11h às 18h com entrada franca. A partir das 13h, o cantor Alexon Mendes entoará seu repertório musical em show de voz e violão.

Comédia

Nathália Chies diploma no curs lado de famil

Cristiano de Oliveira

No dia 27 deste mês o projeto Arte Sesc realiza o evento Stand Up Bagual do Gaudêncio. O show de comédia é fundamentado em piadas e histórias que geram identificação com o público, por tratar de um personagem gaúcho, que lembra parentes, amigos e conhecidos. Os ingressos estão à venda no Sesc Farroupilha.

O pequeno Bernardo comemorou seu aniversário de um aninho ao lado do mano Vinicius e dos pais Fernando e Fátima Tomasi

Franciele Dal Monte

A

No Pagode

Bazar

Fique po

No sábado, a marca Helmet ci, organiza um bazar de inver loja Calçados Cenci, no bairro S

Pista

A já tradicional festa Pista Ce bado. O evento reúne muito fu promoção de bebidas. A entrad confirmar presença no evento d

Prateado

Junior Bigolin e Crissie Corti circularam pela festa sertaneja do Boteco do Chá, no sábado

Kelyn Lutz linda, durante a festa em comemoração à sua formatura em Medicina, pela Universidade de Caxias do Sul, que aconteceu no sábado, no Restaurante Parque dos Pinheiros

O Sesc Farroupilha celebra a Prêmio Qualidade RS, na disti Gaúcho de Qualidade e Produ prêmio ocorre no próximo dia 5, RS, em Porto Alegre. A unidade Bronze em 2010 e 2011.


Diego Frigo

s e Thiago Brambilla conquistaram o so de Fisioterapia e comemoraram ao liares e amigos no final de semana

Juliano Conci

Otávio Feltrin foi presença confirmada da festa Colours, que agitou o Muinho no sábado

Multifotos Studio

or Dentro

SW, assinada por Charles Cenrno. O evento acontece junto à São José, a partir das 9h.

erta do Muinho ocorre neste sáunk, pop e reggaeton, além de da é franca até à 0h para quem do Facebook.

a conquista do Troféu Prata no inção conferida pelo Programa utividade (PGQP). A entrega do , no Centro de Eventos da PUC/ e já havia conquistado o Troféu

Dioneia Rita Pedrolo e Marcos Specht felizes da vida no primeiro aniversário da Helena, comemorado na sede da Tramontina, no domingo


Inside

8

Fabrício Oliboni fabrioliboni@gmail.com

Ditaduras

* Agente de intercâmbio e bacharel em Relações Internacionais

Cultura

Atrações culturais na praça Encerramento da Semana da Juventude será domingo, com música, dança e food trucks Marilise Pedroso Cesa

Há alguns dias estive no Museo de la Memória y los Derechos Humanos, em Santiago, Chile. O museu consiste em quatro andares de longas salas onde tudo gira em torno da de um tema: o regime ditatorial chileno. Este período teve início no golpe de estado comandado pelo general Augusto Pinochet, em 1973, quando os militares atacaram o Palácio La Moneda (sede do governo), o que acabou resultando na morte de Salvador Allende (suicídio, de acordo com a exumação do seu corpo feita em 2011), o presidente vigente na época. A partir daí seguiu-se um governo autoritário, voltado a satisfazer os interesses dos Estados Unidos e a caçar (quase em sentido literal) opositores e nacionalistas de viés ideológico de esquerda. O governo de Pinochet se encerrou em 1989, após a votação de um plebiscito em 1988, que convocava eleições democráticas (tema retratado no filme “No”, de 2012, que esclarece melhor esse episódio), para que um ano depois o Chile tivesse o seu primeiro presidente eleito pelo povo em quase duas décadas. Nesses 16 anos de ditadura, não faltaram mortes, sequestros, perseguição, censura e meios de tortura para os oposicionistas do regime. Diferentemente do que se passou em países como Argentina e Brasil, no Chile só houve Pinochet no comando durante os anos da ditadura. Mesmo após deixar o cargo de presidente, Pinochet seguiu como chefe do exército, de onde saiu, por fim, em 1998. Desde então o Chile tem passado por uma fase de redemocratização, além de denúncias referentes a crimes políticos e aos abusos do governo ditatorial. Estima-se que mais de 60 mil pessoas foram mortas ou desapareceram durante o regime, sem contar os que deixaram o País após o ingresso de Pinochet ao poder, que passam dos 200 mil. É considerada pela grande maioria como a ditadura mais sangrenta da América do Sul. O que passei até aqui é apenas uma pequena parte do que vi nesse museu que citei no início. Há diversas entrevistas com envolvidos, áudios originais do período, relatos dos que sofreram torturas durante o regime, fotos e histórico dos desaparecidos, contexto histórico geral e suas implicações e muito mais. Não é uma visita agradável, não há como ficar impassível com tudo que está exposto e é apresentado. Passei em silêncio a maior parte do tempo, e confesso que ainda não digeri por completo muitas coisas. O pior, na minha opinião, são as cartas escritas pelos filhos de presos políticos, endereçadas aos seus pais enquanto estavam escondidos ou de fato presos pelos militares. É pesado demais. No momento ainda estou no Chile, e tive a oportunidade de falar com alguns chilenos a respeito desse tema tão delicado, que é a ditadura para quem a viveu. É complicado fazer qualquer pergunta, e pior ainda deve ser ter de respondê-las. Cada palavra tem gravidade, pesar e é repleta de significado. Independente da mensagem, algo fica implícito, que é uma das seções do museu, onde em vários idiomas está simplesmente escrito o seguinte sobre ditaduras: “não mais”. Que assim seja.

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

Pijama Membro do grupo Renascença Crew vai ministrar um Workshop de Dança

A

Semana da Juventude, que iniciou na segunda, será finalizada neste domingo, com diversas atrações culturais. A mateada de encerramento será realizada na Praça da Emancipação, com início às 12h, seguindo até às 18h30min. Haverá a presença de food trucks. A programação cultural, durante a tarde, vai contar com a Banda Municipal, DJ Natário Júnior, Douglas Rapkiewicz, Calebe Coelho, Overcustic, Victor Henrique e Gabriel, Veleiro Velho, além de Workshop de Dança com Pijama, do grupo Renascença Crew. Também haverá improviso, poesia e pocket show com o grupo Batalha da Ferrovia. A

entrada é franca. Em caso de chuva, o evento será transferido para o Pavilhão 1 do Complexo Esportivo do Parque Cinquentenário. A Semana da Juventude é uma promoção da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude de Farroupilha e esse ano teve como tema “Juventude e o Mercado de Trabalho”.

Programe-se O que: Mateada de Encerramento da Semana da Juventude Quando: domingo, às 12h Onde: Praça da Emancipação Quanto: entrada franca


FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

Festa

Inside

Balanço da edição 2017 foi apresentado na quarta pelo Executivo Municipal Ramon Cardoso

Público da festa Mais da metade dos vivitantes vieram de outros municípios e o domingo de encerramento da festa foi de movimento intenso

E

Dolores Maggioni doloresmaggioni@terra.com.br

Fenakiwi atraiu mais de 70 mil pessoas

ncerrada no último final de semana, a Fenakiwi 2017 apresentou bons resultados, segundo o prefeito de Farroupilha, Claiton Gonçalves, e o Secretário de Turismo e Cultura do município, Francis Casali. O balanço, apresentado na quarta à tarde, revelou que cerca de 71 mil pessoas participaram dos três finais de semana da festa (10 dias ao todo), e mais da metade do público veio de fora de Farroupilha. Entre as 70 atrações culturais, as de maior sucesso foram o show de Humberto Gessinger, realizado no dia 29 de julho, e as apresentações do Guri de Uruguaiana (no dia 30) e Thomas Machado (no último domingo). Cada uma reuniu mais de 2 mil pessoas no Espaço Cultural. Em termos econômicos, a receita da festa fe-

9

chou em R$ 1.223.748,00 enquanto a despesa foi de R$ 1.227.543,00. Segundo o prefeito, a pequena diferença será coberta com pagamento dos patrocinadores. Ele também afirma que a realização do evento só foi possível neste ano, após três anos sem Fenakiwi, porque o modelo foi alterado. “Seguindo o modelo anterior nós não conseguiríamos realizar a festa, por causa da crise econômica. Esse ano fizemos uma festa sustentável”, comentou Claiton. Segundo ele, a Fenakiwi fez circular, por meio do consumo indireto, R$ 40 milhões em Farroupilha. A ideia é que o evento se torne anual. Em 2018, o nome Fenakiwi será mantido e complementado. O foco da próxima edição será a produção de espumantes e a inovação tecnológica, além de um espaço dedicado ao kiwi.

Ciclos da Vida! A tarde está com ares de sonolência. Parece triste. Mesmo assim, busco coragem para incorporar ao olho ansioso e ao coração fragilizado, uma saia de veludo, uma sandália branca, uma blusa verde água e sair para a orla, engolindo a solidão, fantasiando de cor as palavras, conjugando a poesia, entrando no acaso e amando o transitório. Sei: apesar da vespertina grisalha hora, o sol voltará a brilhar, a chuva continuará a cair, a primavera surgirá após o inverno, antecedido pelo outono. Obedecendo o Ciclo das Estações. Li algo que dizia mais ou menos assim: “Que a gente cresça e não envelheça simplesmente. Que tenhamos dores nas costas e o afago de mãos amigas que as massageiem... que tenhamos rugas e que cada uma delas seja o mapa geográfico dos momentos vividos em plenitude... que tenhamos juízo sem perder uma pitada de humor e de ousadia... que sejamos racionais, mas lutemos galhardamente pelos nossos sonhos”. Sonhamos quando adormecidos, sonhamos quando despertos, somos reféns dos sonhos o tempo todo. Sonhamos com um rosto que será... uma companhia que será... uma relação que será... uma felicidade que será... um acaso que será. Sonhos! Fantasmas da ópera esbarrando os corredores da alma. Sonhamos mas... acordamos. Caímos na real. Amadurecemos, tentando o equilíbrio. Buscamos nos conter, ponderar, raciocinar e, com isso, perdemos a espontaneidade. Quando sonhamos acordados, parecemos quase em paz, quase serenos, espreguiçando-nos sob uma tênue claridade, ludibriando as agonias do presente... apenas ninando o coração, delicadamente, como se fora louça fina de quebrar. Mas precisamos voltar à lógica dos fatos, à capacidade de organização das nossas ações. E seguimos amadurecendo pelas esquinas das avenidas da vida. Inevitavelmente deixamos a infância para trás. Os banhos de chuva só existem na memória... trocamos a gargalhada solta pelo riso contido... já não lambemos os dedos quando os lambuzados de chocolate... logo perdemos a adolescência... nos diplomamos. Com o diploma ganhamos reconhecimento, títulos honorários, novos amigos, salários e, sobretudo, a chave do nosso futuro. Mas também seguimos perdendo. Perdemos a felicidade de soltar pipas, de pular no pescoço de quem amamos, de tascar aquele beijo estalado, de pular amarelinha ou jogar cinco-marias. Por outro lado, também ganhamos: ganhamos peso, ganhamos algumas rugas, dores nas costas, celulite e até estrias. E perdemos: perdemos cabelos, perdemos o brilho dos olhos, a espontaneidade dos nossos risos, a voluptuosidade dos nossos sonhos. Ciclos da Vida! Perdas fazem parte dela. Delas não escapamos. Vou até a cozinha. Tomo um chá gelado, ligo o som (Maria Callas e o Babino Caro) deito no sofá e cuido de conservar aquela perplexidade de quem faz do sonho sua trajetória. Por que, afinal, como diz a canção, “amanhã será um novo dia, onde certamente eu vou ser mais feliz”. * Escritora


Inside

10

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

Sétima Arte

A resiliência que abre o Como domingo é Dia dos Pais, o triste “Viva” mostra o poder da relação entre pai e filho, ainda que ela seja ausente, complexa, fraturada e ressurja em meio à brutalidade do criminoso regime castrista Ramon Cardoso ramon@jornalinformante.com.br

O

jovem Jesus (Héctor Medina) teve uma vida difícil. Sua lembrança do pai Ángel Gutiérrez (Jorge Perugorría), um promissor boxeador que se perdeu na vida e acabou na prisão, é vaga. Ainda jovem, ficou órfão de mãe e teve que aprender a se virar. Adapte essa história a uma brutal Havana, esfacelada pela penúria e violência da tirania castrista, e o cenário é ainda mais desolador. Jesus trabalha como cabeleireiro e cuida de perucas em um clube de drag queens comandado por Mama (Luis Alberto García), sonhando com o dia em que deixará os bastidores e assumirá o papel de protagonista na casa de espetáculo. Sua opção sexual, claro, é conhecida apenas por seu círculo de convivência e por seus clientes, já que não raro necessita se prostituir nas ruas da Capital cubana para sobreviver. Evidente que não é fácil assumir a condição de homossexual em uma ditadura. Contudo, o jovem parece ficar indiferente à barbárie que o cerca. Sempre disposto a ajudar os que estão à sua volta, como sua amiga de infância, a aproveitadora, bela e

provocante Cecilia (Laura Alemán). Seu mundo parece ganhar novas cores quando finalmente recebe uma chance para se apresentar no cabaré e é justamente nesta hora que um novo obstáculo surge à sua frente, como se a miséria fosse, obrigatoriamente, seu destino. Neste exato momento, em que Jesus consegue uma rara oportunidade, seu pai deixa a cadeia. O convívio entre os dois, claro, é dos mais complicados. Ángel sufoca o filho com a sua presença no decrépito e imundo apartamento em que vive num bairro central de Havana e passa a impor sua vontade, que vai de encontro aos singelos sonhos de Jesus. Ele, por sua vez, se vê atrelado ao pai, como se lhe devesse obediência e respeito, mesmo sendo invariavelmente destratado nos acessos de fúria movidos a doses de rum consumidas por Ángel. A situação de Jesus é comovedora e triste ao extremo. O que causa uma espécie de desconforto no espectador, que tanto pode virar carisma, como empatia ou piedade, é a capacidade de resiliência do jovem. Ele resiste a tudo com uma serenidade assombrosa, como se sua função fosse realmente servir de sparring da vida. A cada novo tombo, e não foram poucos, como atesta sua

história, Jesus parece ficar mais forte. E essa força é arrebatadora. Ela se choca frontalmente com a brutalidade do pai, no paralelo que se pode traçar com o progenitor durão e macho ou com o próprio boxe, mas também com uma Havana, e num plano além, Cuba, estraçalhada pela pobreza de um criminoso regime, onde a meta maior, talvez a única, ao acordar pela manhã, é tentar subverter a lógica e sobrevi-

ver por mais um dia. Na condição de Jesus, isso não é pouca coisa. O que é mais desesperador nem é tanto o flagelo econômico, driblado desde sempre pelo jovem, embora igualmente seja dramático e opressor, mas o flagelo afetivo e emocional. Mesmo sem expor sentimentos, o personagem central transmite em seu semblante, seu comportamento comedido, sua passividade diante do caos, um pedido desesperado


Inside

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

11

Sétima Arte

caminho para redenção Divulgação

Imagem: Reprodução

Viva Direção Paddy Breathnach Roteiro Mark O’Halloran Gênero Drama Duração 99 minutos País Cuba Irlanda Ano de produção 2016 Estúdio Relação retomada Ángel (Jorge Perugorría) e Jesus (Héctor Medina) precisam reaprender a viver como pai e filho, nem que para isso o preço seja remexer em feridas, dores e traumas do passado

por afeição e carinho, algo simples mas para ele extremamente necessário, urgente e tragicamente desconhecido. Aos poucos, esse cenário familiar agressivo começa a ser distensionado, o que torna a trama ainda mais interessante. Produção irlandesa adaptada em Havana, com direção de Paddy Breathnach e roteiro de Mark O’Halloran, “Viva” é um dos grandes filmes do ano justamente por abor-

dar uma série de questões complexas como paternidade, aceitação, desejo, sexualidade e a conquista de metas simples, mas que em um ambiente hostil parecem improváveis de se tornarem reais. O filme também é carregado de simbolismo. Viva, que dá nome à obra, não é só um personagem, mas traduz o desejo do protagonista, que precisa, mesmo, viver. Não à toa também é chamado de Jesus

e enfrenta seu calvário particular. A atuação da dupla Héctor Medina e Jorge Perugorría merece um destaque à parte. O jovem por ter uma performance densa em seu primeiro grande papel, o que de certa forma se assemelha à jornada de Perugorría, que havia vivido um homossexual também em sua estreia, no longa “Morango e Chocolate”, de Tomás Gutiérrez Alea e Juan Carlos Tabío, produzido em 1993.

Irish Filme Board Treasure Entertainment Distribuição Flashstar Filmes

Medina e Perugorría empregam um vigor extra à história, um sopro de vitalidade, uma humanidade que aproxima o espectador da catástrofe. Ao mesmo tempo que se descobrem como pai e filho, se revelam de forma plena, expondo dramas, admitindo culpas, confessando arrependimentos e exorcizando demônios. Em resumo, tornam a miséria algo permeável e, o mais importante, redentor.


12

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Você pode se sentir melancólico e sem esperanças. É preciso que esteja mais atento à sua voz interior e que tenha mais consciência de sua espiritualidade. Fica claro agora a diferença entre o que você idealizou e o que está ocorrendo na prática.

Touro - 21/04 a 20/05

Momento em que envolve uma necessária reorganização em termos materiais. É por meio de conhecimentos que você pode consolidar seus recursos. Reflexões sobre a forma como você está utilizando o poder emocional, material e profissional.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

Semana de importantes desafios envolvendo os relacionamentos e a carreira. Semana de natureza delicada que pode levar a sensação de uma falta de perspectivas. É preciso rever os seus conceitos e também as atitudes em seus relacionamentos.

Câncer - 21/06 a 20/07

Desafio de colocar em prática as suas ideias inspiradas e intuitivas. Sinais, sincronicidades e intuição estão enfatizadas neste momento. A reorganização dos seus objetivos de trabalho está em pauta no momento.

Leão - 21/07 a 22/08

Um momento de fortes desafios de maturidade emocional. Lições de autoestima, amor-próprio e da necessidade de evitar excesso de expectativas. Se as pessoas lhe frustram, é porque você esperou demais delas, mais do que elas são capazes de dar.

Vírgem - 23/08 a 22/09

Momento que apresenta desafios na vida doméstica e na esfera dos relacionamentos. Você está reconstruindo suas bases e alicerces, e este momento é muito importante para o seu futuro. Cuidado com posturas vitimistas nos relacionamentos.

Libra - 23/09 a 22/10

Momento em que você tende a se sentir sobrecarregado emocionalmente ou em relação ao trabalho. A saúde pode apontar questões emocionais que você não está conseguindo lidar. É um momento de reestruturação de conhecimentos.

Escorpião - 23/10 a 21/11

O momento pede uma atitude mais coerente e madura em relação às finanças. Podem ocorrer decepções na vida afetiva, com fortes lições de amor-próprio. Expressar a sua sensibilidade de um modo criativo pode gerar resultados positivos.

Sagitário - 22/11 a 21/12

Momento bastante delicado nos relacionamentos e nas questões familiares. É preciso que tenha mais autonomia e esteja muito centrado e estruturado internamente. Não pode exigir dos outros o que não seja capaz de fazer por si.

Capricórnio - 22/12 a 20/01

Semana em que é preciso agir com maturidade, sem se esquecer da sua criança interior. Pode ter algum tipo de decepção em que o propósito é o seu amadurecimento. Dificuldades de comunicação e entendimento com as pessoas podem se fazer presentes.

Aquário - 21/01 a 19/02

Procure não misturar amizades com questões financeiras. É preciso que esteja consciente do que realmente é prioritário e valioso em sua vida. Reestruturação de projetos para o futuro e também de objetivos que envolvem outras pessoas.

Peixes - 20/02 a 20/03

Temos a Lua em seu signo, em contato desafiador com Saturno. O comportamento carente e infantil pode levar a problemas profissionais. Você está reestruturando seus projetos de vida e a relação com a carreira.

Inside

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017


FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

VENDE-SE CONSÓRCIO CONTEMPLADO DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. Crédito R$ 280.000,00 – Prestações R$2.067,32 – Já pagos R$ 14.500,00, e, Crédito de R$ 432.000,00 – Prestações R$ 3.122,31 – Já pagos R$ 25.000,00. Estes créditos podem ser usados na COMPRA DE IMÓVEL, CONSTRUÇÃO E REFORMA URBANA E RURAL. Aceitamos carro de entrada. Contate: (51) 9 9569 8765 / WhatsApp:(51) 9 8055 5703. OPORTUNIDADE! Apartamento com 2 dormitórios, sala e cozinha conjugados, sacada fechada, banheiro mobiliado, uma vaga de garagem coberta, 58m² de área privativa, com elevador, no 10º andar, condomínio com segurança 24h, 2 salões de festas, quiosque, academia, quadra de esportes. Ótima localização. R$ 140.000,00. Interessados tratar (54) 98112-4918.


2

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017


FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

3


ALUGA-SE PAVILHÃO com 250m², no Bairro Santa Catarina, em Farroupilha RS. Tratar fone (54) 9 9158-0380. ALUGO no centro, APARTAMENTO de 3 dormitórios, sendo um suíte. Banheiro social, sala dois ambientes, cozinha e área de serviço com churrasqueira. Amplo terraço de uso do apartamento. Vaga de garagem (condomínio não permite animais de estimação). Tratar: (54) 3261-2525 – (54) 9 9996.0049. ALUGO apartamento de dois dormitórios com uma vaga de garagem. Configurado de sala com dois ambientes, banheiro, sacada, cozinha e área de serviço com churrasqueira. Localizado no centro de Farroupilha. R$ 850,00 (condomínio não permite animais de estimação). Tratar (54) 30351610 – (54) 9 9170-4326. OPORTUNIDADE ÚNICA! Vende-se uma BELÍSSIMA CHÁCARA, de 10 mil metros m², com riacho, luz e devidamente escriturada! Situada em Nova Sardenha, à 800 metros da VRS-313. Aproveite! Agende já sua visita: (54) 3401.3822 | (54) 9 9925.2068 whats. VENDO 4 terrenos de Cooperativa já com área comprada. F.: 9 9118.1642.


FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

9


10

VENDE-SE apartamento de 2 dormitórios, com vaga de estacionamento. Todo reformado! Localizado no Condomínio Bela Itália. F. (54) 99947-2120. VENDO TERRENO de esquina com 1.377m² a uma quadra da rodoviária e do Shopping Centro de compras. F. 99118.1642. VENDO DOIS TERRENOS com duas casas, localização central em Arroio do Sal a uma quadra do mar. F. 99118.1642. ALUGO SALA COMERCIAL, localizada na Independência, Bairro São Luiz, com 168m².Telefone para contato: 9 9951.3583 / 3268-1062. VENDE-SE TERRENO de Cooperativa com 106 parcelas pagas. Área de terra comprada. Localizada na saída para o Salto Ventoso. APENAS R$ 9.500,00 Tratar com José, fone (54) 9 9925.2068.

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017


2

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

IMÓVEL

Investimento garantido e rentável Valorização do bem e segurança jurídica ao longo do tempo fez com que muitos resolvessem aplicar no setor pre garantiam aos compradores, além da segurança jurídica de manutenção do bem, uma valorização constante e progressiva. Com uma procura cada vez mais intensa na área, aumentou também a oferta, estimulou a concorrência e os preços despencaram. Atualmente, muito por conta da expansão rápida no setor, ele está estagnado, mas segue sendo muito atraente para quem deseja investir. Embora fundos de renda fixa ou vinculados ao Tesouro Nacional, via de regra, rendam mais do que imóveis, muitos não têm conhecimento na área e não veem no mercado financeiro algo tão sólido quanto o segmento da construção civil. Evidente que não há um percentual preciso quanto à valorização de imóveis. Se ele estiver em localizado em um bairro periférico que passará a contar com uma grande aveni-

da em breve, a tendência é de que valorize, ao mesmo tempo que pode depreciar se estiver situado em uma região degradada, que registrou, ao longo dos anos, um aumento expressivo de violência. Em resumo, não há uma regra geral. O investimento deverá ser analisado em suas particularidades, desde idoneidade, histórico e reputação da construtora, passando pelo material empregado na obra, sua localização e o propósito da aquisição, se para aluguel ou posterior venda pós valorização. O certo é que na maior parte dos casos, investir em imóveis é um bom e lucrativo negócio. Aposta nacional Setor da construção civil teve impulso na metade final dos anos 90 e conquistou a preferência de boa parte dos brasileiros, que passaram a investir pesado na área

Imagem: Reprodução

A

instabilidade sempre fez parte da economia brasileira. Justamente por isso, a caderneta de poupança, embora conferisse um juro baixo, sempre foi uma aposta da esmagadora maioria dos brasileiros. O confisco realizado na gestão do ex-presidente Fernando Collor de Mello, no entanto, mudou essa realidade. A expansão imobiliária, sustentada pela oferta de crédito para quem desejasse adquirir um imóvel, promoveu uma alavancagem no setor da construção civil, especialmente na metade final dos anos 90. Muitos brasileiros, receosos com planos econômicos do governo, decidiram investir no setor como uma forma de gerar renda. De fato, as vantagens eram muitas. Alheio a crises e oscilações do mercado financeiro, os imóveis quase sem-


4

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

MERCADO IMOBILIÁRIO

“Inflação dos aluguéis” em queda livre Com quarto recuo consecutivo registrado em julho, IGP-M acumulado dos últimos 12 meses está negativo em 1,67%

R

eferência na maioria dos contratos de locação de imóveis, o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) está negativo. O indexador, que é apontado a partir de levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV), já acumula quatro meses consecutivos de recuo, resultando em uma queda de 1,67% no acumulado dos últimos 12 meses. Na prática, o cenário deflacionário, que não era verificado desde 2009, representa mais um argumento

em prol do locatário na hora de renegociar os valores do aluguel. Contexto, aliás, que vem sendo favorável desde o segundo semestre de 2014, quando, por conta da crise econômica, passou-se a perceber retração na demanda e aumento na oferta de imóveis. Se até então os locadores tinham mais espaço para elevar os preços, agora o poder de negociação está com o inquilino, que, em tempos de instabilidade econômica, pode trocar facilmente um imóvel com aluguel caro por outro mais em conta. Desta forma, mais do que nunca, o que deve prevalecer é o bom senso.

Comparação de uma década Confira como ficou o IGP-M em julho ao longo dos últimos 10 anos, sempre considerando-se o acumulado dos 12 meses anteriores

15,11%

11,65% 8,35% 6,96%

6,67%

5,79%

5,17%

5,32%

-1,67%

-0,65% 2008

2009

2010

2011

2012

2013

2014

2015

2016 2017


6

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

Obras

Reforma sem complicação

Q

uem cogita fazer uma reforma em casa ou local de trabalho, logo se desanima ao pensar no estresse que isso pode ocasionar. Mas uma reforma sem complicação é possível, seguindo alguns passos. O primeiro ponto importante é fazer um planejamento da reforma e dos gastos que ela vai dispender. É necessário colocar isso no papel e especificar todos os itens e materiais que serão necessários. Fazer uma pesquisa de orçamento do material e dos serviços pode gerar uma considerável economia. Os profissionais necessários para realizar a obra devem ser procurados com antecedência, especialmente se há uma data específica para a obra ser finalizada. É interessante buscar profissionais especiali-

zados, que ofereçam um serviço de qualidade e duradouro. Outro ponto importante é montar um cronograma, questionando os profissionais envolvidos sobre o tempo necessário para cada serviço e organizando uma logística para a realização de cada parte da reforma. É importante ter, desde o início, ciência de que uma obra pode gerar alguns transtornos, como poeira, e de que os prazos podem atrasar devido a condições externas como o clima e atraso no fornecimento dos materiais. A limpeza no decorrer da reforma também é um fator importante, não só para o bom andamento dos trabalhos, mas também para a segurança de todos. Planejar Pesquisa de orçamento e contratação de profissionais qualificados tornam a execução da reforma mais tranquila

Getty Images/Divulgação

Planejamento e orçamento são pontos essenciais no processo


7

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

CONFORTO VISUAL

Luzes para harmonizar ambientes A iluminação é um dos elementos mais importantes da arquitetura e, se bem planejada, valoriza qualquer projeto indireto provoca o relaxamento, um ambiente mais iluminado favorece a concentração. Tanto a entrada de luz natural, que vem sendo cada vez mais explorada na arquitetura contemporânea, quanto a artificial não podem ser negligenciadas. Se planejar uma boa iluminação para o ambiente é essencial, pensar em soluções práticas de economia é ainda mais urgente. O uso de lâmpadas leds é um recurso interessante que permite reduzir a conta de energia elétrica. Outra ação simples e de grande efeito, é desligar as luzes quando o espaço estiver vazio. Além dos ambientes internos, também as fachadas se enriquecem com este recurso. É a luz que permite criar sensações diferenciadas num único espaço, estimulando percepções e proporcionando uma interação direta do sujeito com a arquitetura.

Divulgação

A

falta de luminosidade compromete a utilização dos espaços, tanto em termos de funcionalidade quanto de destaque decorativo. Nada mais baixo-astral do que um ambiente escuro, com penumbra, que prejudique a visão ou que não esteja de acordo com o seu propósito. Muita luz direta também pode causar estranhamento ou intimidar quem chega ao local. É preciso planejar para que o espaço esteja de acordo com a necessidade do morador ou do profissional que atuará no ambiente. Seja um projeto residencial, comercial ou corporativo, ter uma iluminação adequada é primordial. As lâmpadas também possuem diferentes cores e é preciso levar isso em consideração, não abrindo mão do conforto visual. O jogo de luzes

Iluminação e diferentes percepções A utilização de luzes adequadas nos ambientes ajuda na funcionalidade dos espaços


8

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

PERSONALIZADOS

Ambientes com a sua assinatura Setor de decoração é um dos que mais cresce e permite deixar a residência única, com a identidade dos proprietários mofadas com temática específica, que podem ir do Rock, Cinema, Literatura ou dar destaque para o retrô, os simples objetos podem dizer muito sobre o estilo de vida dos proprietários e, evidente, aumentam a sensação de bem-estar e conforto a partir do momento que a decoração remete às preferências dos moradores, quase sempre motivo de orgulho diante de visitas. Certo é que hoje existe uma liberdade muito maior para compor os ambientes e o setor de decoração está, mais do que atento, preparado para atender esta necessidade. Enfim, o que resta é escolher objetos que ajudem a mostrar um pouco da personalidade dos proprietários e tornar os espaços ainda mais aconchegantes e, fundamentalmente, assinados, com a marca registrada dos moradores. Veja mais dicas e opções com os parceiros deste Caderno Especial nas próximas páginas.

Divulgação

A

ntes pautado pelo conservadorismo e sobriedade, o setor que envolve a decoração, especialmente na última década, talvez tenha sido o que teve o maior impulso em termos de vendas e, principalmente, em inovação. Não há ambiente que não tenha a seu dispor objetos que tenham condição de deixá-lo com a assinatura e identidade dos proprietários. De utensílios de cozinha aos tradicionais adornos em salas de estar, sobram opções para deixar os ambientes mais alegres, despojados e vibrantes. Outro fator que, sem dúvida, contribuiu para o avança na área, é o tamanho dos imóveis. Hoje muito mais compactos do que em anos pregressos, eles ganham um outro aspecto quando passam a contar com uma decoração atraente e chamativa. Do papel de parede a quadros e al-

Literatura e um pouco do passado Livros expostos dão vida a ambientes e combinam com uma decoração retrô


9

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

PRODUTOS PECATTO MODA CASA

Decor democrático O segmento de decoração oferece cada vez mais opções para agradar todos os estilos Fabiano Gasperin

S

imples ou sofisticada, além de inspirar beleza aos ambientes, a decoração pode transmitir diversas sensações. A escolha certa dos objetos, das cores e das texturas, imprime conforto e praticidade e melhora a distribuição dos espaços. Importante ressaltar que atualmente não é necessário escolher apenas um estilo para decorar. Uma mistura bem dosada dos elementos é sinônimo de criatividade, personalidade e bom gosto. Na hora de eleger os itens que irão dar vida aos seus ambientes, a Pecatto Moda Casa tem as melhores opções em cama, mesa, banho e decoração. E para quem gosta de notícias boas, a loja, que está há mais de 10 anos no mercado, promete muitas novidades para o próximo mês. Tudo está sendo pensado com muito amor e carinho para os clientes de Farroupilha e região.


10

MÓVEIS TELLES

A alta grife do rústico

FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017


FARROUPILHA, 11 DE AGOSTO DE 2017

MF GLASS

Uma moldura para cada imagem

11


498 capa