Page 1

Junho 2017 - Edição nº 213 - Ano XVII - Av. Coronel Marcos Konder, 1207 – 6º andar - sl 68 - Centro Empresarial Embraed - Centro - Itajaí/SC - 88301-303


INFORMATIVO DOS PORTOS /

2


www.informativodospor tos.com.br

3


EDITORIAL

INFORMATIVO DOS PORTOS /

EXPEDIENTE

É HORA DE CONFIAR NO BRASIL!

PUBLICAÇÃO / PUBLICATION Perfil Editora DIRETORA / DIRECTOR Elisabete Coutinho elisabete@informativodosportos.com.br DIRETORA ADMINISTRATIVA / ADMINISTRATIVE DIRECTOR Luciana Coutinho luciana@informativodosportos.com.br JORNALISTA RESPONSÁVEL / JOURNALIST IN CHARGE Luciana Zonta (SC 01317 JP) luzonta@informativodosportos.com.br REPORTAGEM / COVERAGE Adão Pinheiro, Alessandro Padin, Érica Amores e Luciana Zonta

Nos últimos anos, crise talvez tenha sido a palavra mais utilizada para se referir à economia brasileira. No entanto, uma olhada mais apurada dos indicadores econômicos é suficiente para assegurar que o Brasil começa a sair da turbulência. O pior já ficou para trás. A recente notícia de que maio registrou o melhor resultado da balança comercial do País nos últimos anos, por exemplo, é um sinal evidente de que estamos no caminho da retomada da economia, como mostra reportagem especial desta edição do Informativo dos Portos. O superávit de US$ 7,661 bilhões foi resultado de US$ 19,792 bilhões em exportações e US$ 12,131 bilhões em importações. O resultado deste ano é o melhor para o mês desde 2012, tendo superado o teto das expectativas do mercado. A mediana das estimativas apontava um saldo positivo de US$ 2,450 bilhões.

FOTOS / PHOTOS Ronaldo Silva Jr./Divulgação Flávio Roberto Berger/Fotoimagem REVISÃO / PROOFREADING Izabel Mendes

Embora seja preciso reconhecer que a retomada levará um bom tempo, ela é consistente e trará profundas mudanças para uma nação duramente prejudicada pela instabilidade política e pela fragilidade de sua gestão econômica. É neste ambiente de otimismo renovado que nós, do Informativo dos Portos, entendemos que chegou a hora de confiar no Brasil, e somos presença confirmada na edição 2017 da WCA, maior rede independente de Networking Freight Forwarders com mais de 6 474 empresas afiliadas em 190 países, que será realiza nos Estados Unidos.

TRADUÇÃO / TRANSLATION Janete Bridon COMERCIAL / COMMERCIAL Thaísa Michelle Santos comercial@informativodosportos.com.br PROJETO GRÁFICO / GRAPHIC PROJECT Elaine Mafra

A revista também tem presença confirmada na Port Finance International Rio 2017, evento reunirá peritos em finanças portuárias, marítimas, transporte, infraestrutura e industrial para avaliar os desafios e oportunidades das promissoras perspectivas de mercado marítimo e portuário do Brasil.

DIAGRAMAÇÃO E CAPA / TYPESET AND COVER Elaine Mafra (serviço terceirizado) elaine@informativodosportos.com.br PERFIL EDITORA Fone: (47) 3348.9998 | (47) 3344.5017 www.informativodosportos.com.br informativodosportos@informativodosportos.com.br *Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da revista. * The signed articles are the sole responsibility of the authors and do not represent the opinion of the magazine.

35 anos

Experiência e inovação à serviço de seus clientes www.cattaliniterminais.com.br - 0800 601 8672 - Paranaguá – Paraná – Brasil 4

• Píer privativo opera até quatro navios simultaneamente • Maior parque privado do Brasil • 116 tanques distribuídos em quatro parques de tancagem • 520 mil m³ de capacidade estática de armazenagem • Certificações ISO 14001, ISO 9001 e OHSAS 18001

4


www.informativodospor tos.com.br

5


INFORMATIVO DOS PORTOS / EDITORIAL

IT’S TIME TO TRUST IN BRAZIL! Over the last years, crisis may have been the most used word to refer to the Brazilian economy. However, a closer look at economic indicators is enough to ensure that Brazil begins to emerge from the turmoil. The worst is already behind. The recent news that May recorded the best result of the country’s trade balance in recent years, for example, is a clear sign that we are on the way to economic recovery, as shown in this special issue of Informativo dos Portos. The surplus of US $ 7,661 billion was a result of US $ 19,792 billion in exports and US $ 12,113 billion in imports. The result of this year has been the best, for the month, since 2012, having surpassed the ceiling of market expectations. The median estimates indicated a positive balance of US $ 2,450 billion. Despite acknowledging the necessity that the resumption will take a long time, it

6

is consistent and it will bring profound changes for a nation severely hampered by political instability and the fragility of its economic management. It is in this environment of renewed optimism that we, from Informativo dos Portos, understand that the time has come to trust in Brazil, , and we are confirmed presence in the 2017 edition of WCA, the largest independent Networking Freight Forwarders with more than 6,474 affiliated companies in 190 countries, to be held in the United States.

The magazine also has confirmed presence at Port Finance International Rio 2017, an event that will bring together experts in port, maritime, transportation, infrastructure and industrial finances to evaluate the challenges and opportunities of Brazil’s promising maritime and port market prospects.


www.informativodospor tos.com.br

7


INFORMATIVO DOS PORTOS

ÍNDICE ESPECIAL Superávit na balança comercial dá sinais de recuperação na economia SPECIAL Trade surplus shows signs of recovery in the economy

22

EVENTO INTERNACIONAL WCA Americas Regional Conference debate os novos desafios da logístical INTERNATIONAL EVENT WCA Americas Regional Conference discusses new logistics challenges

DEMANDA INTERNA Marcelo Salles, superintendente do Porto de Itajaí

DOMESTIC DEMAND Demand for flowers boosts i mports from Colombia 8

34

14


www.informativodospor tos.com.br

DIÁRIO DE BORDO/LOOKBOOK.........................................................10 Confira as novidades dos principais setores que movimentam o mercado Check the novelties of the main sectors that move the market forward BOAS PRÁTICAS/GOOD PRACTICES.....................................................24 Prêmio Antaq de Sustentabilidade contempla quatro categorias Antaq Sustainability Award includes four categories EVENTO INTERNACIONAL/INTERNATIONAL EVENT..................................26 Prêmio Antaq de Sustentabilidade contempla quatro categorias Antaq Sustainability Award includes four categories EXPORTAÇÕES DE CARROS/CAR EXPORTS...........................................28 Volumes vendidos para o exterior têm desempenho histórico Volume sold abroad has historical performance INFRAESTRUTURA PORTUÁRIA/PORT INFRASTRUCTURE...........................30 Volumes vendidos para o exterior têm desempenho histórico Private terminals lead cargo handling in Brazil CONHECIMENTO CIENTÍFICO/SCIENTIFIC KNOWLEDGE...............................32 Simpósio destaca hidrografia portuária brasileira Symposium highlights Brazilian Port Hydrography

INFRAESTRUTURA PORTUÁRIA Porto do Açu anuncia condomínio logístico e industrial PORT INFRASTRUCTURE Port of Açu announces logistic and industrial complexand industrial in the economy

CASE EMPRESARIAL/BUSINESS CASE.................................................36 Tecadi conquista sucessivos prêmios em 10 anos de atividade Tecadi wins successive awards in 10 years of activity ARTIGO/ARTICLE..........................................................................38 O mantra da cabotagem: confiabilidade, economia e segurança, por Marcus Voloch The mantra of cabotage: reliability, economy and safety COLUNA DE TECNOLOGIA/COLUMN OF TECHNOLOGY................................40 Tudo sobre o mercado tecnológico All about the technological market TECNOLOGIA APLICADA/APPLIED TECHNOLOGY......................................40 Terminais de Santos debatem Portal Único de Comércio Exterior Santos Terminals debate Foreign Trade Single Portal SUPLEMENTO ITAJAÍ/ITAJAÍ SUPPLEMENT.............................................48 Tudo sobre os terminais e a logística do Complexo Portuário Everything about the terminals and logistics of the Port Complex EDUCAÇÃO & CIDADANIA/EDUCATION & CITIZENSHIP................................48 Livros são alternativas de compensação ambiental Books are alternatives to environmental compensation DESENVOLVIMENTO PORTUÁRIO/PORT DEVELOPMENT............................50 Porto de Itajaí terá nova versão do seu plano mestre Port of Itajaí will have a new version of its master plan ARTIGO/ARTICLE..........................................................................52 O dilema do escâner no comex The scanner dilemma in foreign trade

46

AGENDA DE EVENTOS/EVENT SCHEDULE.............................................56 Informações sobre as principais feiras, congressos e palestras Information on the main fairs, congresses and lecture

9


DIÁRIO DE BORDO

s

O Porto Itapoá recebeu no final de maio o navio Hyundai Loyalty, o maior porta-contêiner a operar em portos brasileiros. Com 340 metros de comprimento e 46 metros de largura, a embarcação do armador Hyundai Merchant Marine (HMM), tem capacidade total de armazenagem de 8,6 mil TEUs. O Hyundai Loyalty compõe o serviço Ásia/América do Sul e, por suas dimensões, operou em poucos portos brasileiros, incluindo Itapoá. O terminal começou a operar em junho de 2011 e hoje é o sexto maior terminal de contêineres do país, segundo a Antaq. Somente no primeiro trimestre deste ano. registrou um aumento de 40% no volume das importações, comparado com o mesmo período de 2016.

10

s

MAIOR NAVIO DE CONTÊINER EM ITAPOÁ


www.informativodospor tos.com.br

AEROPORTO SILENCIOSO EM BH

NOVA GERAÇÃO DE NAVIOS

A BH Airport, concessionária do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, reduziu a menos da metade o número de chamadas sonoras para os voos nas salas de embarque e desembarque. A estimativa é que o número de mensagens executadas na sala de embarque caia de aproximadamente 22,5 mil para 9 mil por mês, uma redução de 60%. Experiência inédita em aeroportos brasileiros, o projeto Aeroporto Silencioso pretende melhorar o conforto acústico para cerca de 10 milhões de passageiros que passam pelo aeroporto ao longo do ano e para toda a comunidade aeroportuária.

Os turistas brasileiros devem ganhar novas opções de navios para curtir as férias em alto mar a partir do ano que vem. O anúncio foi feito pelo presidente da MSC, Pierfrancesco Vago, durante a inauguração do MSC Meraviglia, em Le Havre, no litoral da França. O navio, que nesta temporada operará apenas no Mar Mediterrâneo, ainda levará algum tempo para visitar a América do Sul. No entanto, um navio da geração ‘Seaside’, o Seaview, deverá atracar no Porto de Santos em novembro do ano que vem. Já nesta temporada, o número de navios atracados no Brasil crescerá. Além de Santa Catarina entrar na rota da empresa, a armadora terá dois navios que partirão de Santos e um do Rio de Janeiro, aumentando a oferta em mais de 40%.

MODERN LOGISTICS A Modern Logistics assinou o contrato de concessionária de serviços públicos de transporte aéreo regular com a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). Com isso, passa a oferecer voos comerciais com aeronaves próprias. “Vamos começar atendendo as demandas de fretamento e, em seguida, abriremos as rotas regulares para atender os grandes contratos da indústria”, afirmou o CEO da Modern Logistics, Gerald Blake Lee. “A proposta de contar com uma frota própria de aeronaves cargueiras é justamente complementar um serviço que hoje é subutilizado, mas tem enorme potencial por causa das dimensões continentais do Brasil”, esclarece.

11


INFORMATIVO DOS PORTOS /

LOGBOOK LARGEST CONTAINER SHIP IN ITAPOÁ At the end of May, Itapoá Port received the Hyundai Loyalty, the largest container ship to operate in Brazilian ports. With a length of 340 meters and width of 46 meters, the vessel of the shipowner Hyundai Merchant Marine (HMM) has a total storage capacity of 8,600 TEUs. Hyundai Loyalty makes up the Asia/ South America service, and, due to its size, has operated in a few Brazilian ports, including Itapoá. The terminal began its operations in June 2011 and, today, it is the sixth largest container terminal in the country, according to Antaq. Only in the first quarter of this year, a 40% increase in the volume of imports was registered, compared to the same period in 2016.

NEW GENERATION OF SHIPS Brazilian tourists are expected to gain new options for ships to enjoy vacation on the high seas from next year onwards. The announcement was made by the president of MSC, Pierfrancesco Vago, during the inauguration of the MSC Meraviglia, in Le Havre, coast of France. The ship, which will operate only in the Mediterranean Sea this season, will still take some time to visit South America. However, a ship of the ‘Seaside’ generation, Seaview, is expected to dock in Port of Santos next year (November 2018). This season, the number of ships docking in Brazilian ports will also grow. In addition to Santa Catarina State entering the route of the company, the shipowner will have two ships that will leave Santos and Rio de Janeiro, increasing the supply by more than 40%.

12

SILENT AIRPORT IN BELO HORIZONTE BH Airport, concessionaire of the Belo Horizonte International Airport, has reduced to less than half the number of sound calls for flights in the departure and arrivals lounges. It is estimated that the number of messages in the departure lounge will be reduced from approximately 22,500 to 9,000 per month, a reduction of 60%. An unprecedented experience in Brazilian airports, the Silent Airport project aims to improve the acoustic comfort for approximately 10 million passengers passing through the airport throughout the year as well as for the entire airport community.

MODERN LOGISTICS Modern Logistics signed the concession contract for regular public air transport services with Anac (National Civil Aviation Agency). With this, the company starts to offer commercial flights with its own aircrafts. ‘We will start by meeting the charter requirements, and then we will open the regular routes to attend the major contracts of the industry’, Modern Logistics CEO, Gerald Blake Lee, said. ‘The proposal to have our own fleet of cargo aircrafts is to complement a service that is currently underutilized, but it has enormous potential because of the continental dimensions of Brazil’, he explains.


CONHECIMENTO LOCAL

ESTRUTURA GLOBAL

08 42 07

FORTALEZA

PAÍSES COUNTRIES

BLU LOGISTICS

BRASIL

ESCRITÓRIOS OFFICES

71 99730-2160

RECIFE SALVADOR

ITAJAÍ

ESCRITÓRIOS NO BRASIL OFFICES IN BRAZIL

CURITIBA

SÃO PAULO SANTOS ITAJAÍ

TRANSPORTE

INTERNACIONAL

DRY AND REEFER CARGO

SINCE 1995

SOLUÇÕES LOGÍSTICAS AJUSTADAS ÀS SUAS NECESSIDADES

TRANSPORTE INTERNACIONAL - MARÍTIMO E AÉREO

SÃO PAULO - SP RECIFE - PE SALVADOR - BA CURITIBA - PR ITAJAÍ - SC +55 (11) 5671-8382 +55 (81) 3031-5402 +55 (71) 3506-8666 +55 (41) 3324-5059 +55 (47) 3349-3771 SANTOS - SP FORTALEZA - CE +55 (13) 3301-1471 +55 (85) 3261-3388

Blu logistics Brasil

Blu logistics

Blu logistics SAS


INFORMATIVO DOS PORTOS /

ESPECIAL SPECIAL

SUPERÁVIT NA BALANÇA COMERCIAL DÁ SINAIS DE RECUPERAÇÃO NA ECONOMIA TRADE SURPLUS SHOWS SIGNS OF RECOVERY IN THE ECONOMY Nos cinco primeiros meses do ano, o saldo supera os US$ 29 bilhões, valor 47,5% acima do alcançado no mesmo período de 2016. MDIC mantém a previsão de alcançar US$ 55 bilhões em 2017 In the first five months of the year, the balance surpasses US$ 29 billion, 47.5% more than in the same period of 2016. MDIC expects to reach US$ 55 billion in 2017

Pelo menos um comportamento do comércio exterior dá sinais de que a economia brasileira possa estar se recuperando, mesmo em meio às turbulências políticas do país. Com exportações de US$ 19,792 bilhões e importações de US$ 12,131 bilhões, o mês de maio teve o maior superávit mensal já registrado na história do Brasil: US$ 7,661 bilhões, segundo dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). 14

At least one foreign trade behavior shows signs that the Brazilian economy may be recovering even in the midst of the country’s political turbulence. With exports of US$ 19.792 billion and imports of US$ 12.113 billion, May had the highest monthly surplus registered so far in the Brazilian history: US$ 7.661 billion, according to data provided by the Ministry of Industry, Foreign Trade and Services (MDIC).


Nos cinco primeiros meses do ano, o saldo comercial supera os US$ 29 bilhões, valor 47,5% acima do alcançado no mesmo período de 2016 (US$ 19,682 bilhões). O superávit do período também é recorde histórico. O diretor do Departamento de Estatística e Apoio à Exportação do MDIC, Herlon Brandão, atribui o resultado ao crescimento tanto das exportações quanto das importações no mês. Na avaliação de Brandão, “é um resultado bastante significativo e reforça o bom desempenho que a balança comercial vem apresentando ao longo do ano”.

In the first five months of the year, the trade balance surpassed US$ 29 billion, 47.5% more than in the same period of 2016 (US$ 19.682 billion). The surplus of the period is also a historical record. The Director of the Statistics and Export Support Department of MDIC, Herlon Brandão, attributes the result to the growth of both exports and imports in the month. In Brandão’s perspective, ‘this is a very significant result and reinforces the good performance that the trade balance has been presenting throughout the year’.

Com esse resultado, o Ministério mantém a previsão de saldo superior a US$ 55 bilhões para 2017. De janeiro a maio de 2017, as exportações já somam US$ 87,932 bilhões, o que representa crescimento de 18,5% sobre o mesmo período de 2016 pela média diária. Nas importações (US$ 58,9 bilhões) houve aumento de 8,4%, no mesmo comparativo. A corrente de comércio alcançou US$ 146,832 bilhões, um aumento de 14,2% sobre o mesmo período anterior, também pela média diária.

With this result, the Ministry maintains a balance forecast of over US$ 55 billion for 2017. From January to May 2017, exports already sum up total US$ 87.932 billion, representing a growth of 18.5% compared to the same period of 2016 according to daily average. In imports (US$ 58.9 billion) there was an increase of 8.4%, in the same comparison. Trade flow reached US$ 146.832 billion, an increase of 14.2% over the same previous period, according to daily average.

Brandão destaca o impacto positivo do índice de preços, no período, sobre os produtos brasileiros exportados: 19,7%. Nessa análise, foram observadas altas nos preços de produtos como minério de ferro (94,1%), petróleo (68%), soja (8%), veículos de carga (5%) e automóveis (1,8%). Já o índice quantum, que mede o desempenho dos volumes exportados, retraiu 0,8%. “Primeiramente, é importante destacar que este é um excelente resultado da balança comercial. E essa pequena retração do índice quantum foi impactada pelos embarques de milho, que foram 78,6% menores que os verificados nos cinco primeiros meses de 2016, por conta de quebra da safra brasileira do grão”, avalia. Por mercados compradores, em maio deste ano, ampliaram-se os embarques, principalmente para a América Central e Caribe (+36,8%, por conta, principalmente, de petróleo em bruto, óleos combustíveis, suco de laranja congelado, celulose e carne de frango), África (+23,9%, em decorrência de açúcar, minério de ferro, soja em grão, carne de frango, zinco em bruto) e Estados Unidos (+21,6%, por conta de semimanufaturados de ferro e aço, petróleo em bruto, máquinas para terraplanagem, celulose, carne bovina). Por mercados fornecedores, na comparação com maio de 2016, aumentaram as compras originárias da Oceania (+241%, por conta de carvão, sulfato de amônio, laminados planos, aparelhos transmissores e receptores), Mercosul (+17%, sendo que as importações da Argentina cresceram, 20,5%, por conta de veículos de carga, trigo em grão, cevada em grão, alhos comuns e ônibus) e Ásia (+9,7%, sendo que as compras da China cresceram 7,3%, por conta de produtos como dispositivos semicondutores, circuitos integrados e máquinas automáticas).

Brandão highlights the positive impact of the price index, in the period, on Brazilian exported products: 19.7%. In this analysis, increase in prices of products such as iron ore (94.1%), petroleum (68%), soybeans (8%), cargo vehicles (5%) and automobiles (1.8%) were observed. The quantum index, which measures the performance of exported volumes, fell by 0.8%. ‘Firstly, it is important to note that this is an excellent result of the trade balance. And this small decrease in the quantum index was impacted by shipments of corn, which were 78.6% lower than the one observed in the first five months of 2016, due to the Brazilian grain harvest”, he evaluates. Purchasing markets increased in May, mainly to Central America and the Caribbean (+ 36.8% mainly on crude oil, fuel oil, frozen orange juice, cellulose and chicken meat), Africa (+ 23.9%, as a result of sugar, iron ore, soybeans, chicken, raw zinc) and the United States (+21.6%, on account of iron and steel semimanufactured, crude oil, earthmoving machinery, cellulose, beef). By supplying markets, in comparison with May 2016, purchases from Oceania increased (+241%, on account of coal, ammonium sulphate, flat laminates, transmitters and receivers), Mercosur (+17%, with imports from Argentina growing by 20.5% on account of cargo vehicles, wheat, barley grains, garlic and buses) and Asia (+9.7%, with purchases from China growing by 7.3%, mainly on products such as semiconductor devices, integrated circuits and automatic machines).


INFORMATIVO DOS PORTOS /

ESPECIAL SPECIAL

EXPORTAÇÕES DE SC

Exports of Santa Catarina

Acompanhando o bom momento nacional, as exportações catarinenses acumulam alta de 16,8% (US$ 3,4 bilhões) até maio deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado. Os produtos responsáveis pelo desempenho positivo foram soja, com crescimento de 40,5%, carne suína com alta de 45,8% e carne de aves, com expansão de 10,7%.

Following the good national moment, the exports of Santa Catarina accumulate a 16.8% increase (US$ 3.4 billion) up to May this year, compared to the same period last year. The products responsible for the positive performance were soybeans, with growth of 40.5%, pork meat with an increase of 45.8% and poultry meat with a 10.7% expansion.

Os destinos dos embarques que mais avançaram no período foram os Estados Unidos, com aumento de 40,8%, e Rússia, com alta de 137,1%, este último puxado pelas vendas de carne suína. De janeiro a maio, o montante importado pelo estado alcançou US$ 4,7 bilhões, aumento de 20,4% na comparação com o mesmo período de 2016, conforme dados divulgados pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc).

The shipment destinations that advanced the most during the period were the United States with an increase of 40.8%, and Russia with na increase of 137.1%, the latter being driven by pork sales. From January to May, the amount imported by the State of Santa Catarina reached US$ 4.7 billion, an increase of 20.4% compared to the same period in 2016, according to data released by the Federation of Industries of Santa Catarina (Fiesc).

“As exportações catarinenses apresentam trajetória de crescimento em 2017, com desempenho positivo mês a mês. A economia do país começou a se movimentar e outros indicadores também avançaram, como é o caso do Índice de Atividade Econômica, que registrou alta de 2,7%, e a produção industrial, com alta de 5,2% no período”, diz o presidente da Fiesc, Glauco José Côrte. “Agora o ambiente é diferente, mas se as reformas forem aprovadas, como é o caso da trabalhista, previdenciária e a simplificação tributária, tendem a consolidar a retomada do crescimento”, avalia.

‘The exports of Santa Catarina show a growth trajectory in 2017, with a positive performance every month. The economy of the country began to move and other indicators also advanced, as is the case of the Economic Activity Rate, which registered an increase of 2.7%, and the industrial production with a 5.2% higher rate in the period’, the President of Fiesc, Glauco José Côrte, says. ‘Now the environment is different, but if the reforms are approved, as in the case of labor, social security and tax simplification reforms, they tend to consolidate the resumption of growth’, he evaluates.


INFORMATIVO DOS PORTOS /

ESPECIAL SPECIAL

COMÉRCIO EXTERIOR PRECISA DE MUDANÇAS PARA AMPLIAR NEGÓCIOS FOREIGN TRADE NEEDS CHANGES TOWARDS BUSINESS EXPANSION

Essenciais na recuperação da economia brasileira, exportações e importações demandam ações governamentais para a sustentabilidade do desenvolvimento Essential in the recovery of the Brazilian economy, exports and imports demand governmental actions for sustainability development

18

Relevante na retomada do crescimento econômico brasileiro, o comércio exterior vem se destacando com saldo positivo da balança comercial de aproximadamente US$ 47 bilhões no ano passado e previsão de US$ 55 bilhões para 2017. A projeção é melhor do que a expectativa anterior do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), de US$ 50 bilhões. O número foi revisto após o primeiro quadrimestre do ano registrar superávit de US$ 21,4 bilhões, o melhor resultado da série histórica, iniciada em 1989.

Relevant in the resumption of Brazilian economic growth, foreign trade has proved its importance through a positive trade balance of approximately US $ 47 billion last year and a forecast of US $ 55 billion for 2017. The projection is better than the previous expectation of the Ministry of Industry, Foreign Trade and Services (MDIC) of US $ 50 billion. The number was revised after the first four months of the year had recorded a surplus of US $ 21.4 billion, the best result reached since 1989.

Sua força, no entanto, não exclui a necessidade de políticas para fortalecer ainda mais o seu potencial. Entidades como a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), por meio do Conselho de Comércio Exterior, têm defendido junto ao Poder Público ações para aprimorar o intercâmbio comercial brasileiro. “Podemos destacar redução da carga tributária; melhorias para o cumprimento de suas obrigações acessórias; aumento dos investimentos em infraestrutura de transportes e logística com o objetivo de facilitar o escoamento da produção e, consequentemente, tornar o frete mais barato; redução da excessiva burocracia para uma empresa atuar no comércio exterior;

Its strength, however, does not exclude the need for policies to further strengthen its potential. Entities such as the Federation of Commerce of Goods, Services and Tourism of the State of São Paulo (FecomercioSP), through the Foreign Trade Council, have advocated, along with the Government, actions to improve Brazilian trade. ‘We can highlight a reduction in the tax rates; improvement in the fulfillment of its ancillary obligations; increase of investments in transportation and logistic infrastructure with the objective of facilitating the production flow and, consequently, turn freight cheaper; reduction of excessive bureaucracy for companies interested in acting in the foreign trade area, among others’, Euclides


www.informativodospor tos.com.br

19


INFORMATIVO DOS PORTOS /

ESPECIAL SPECIAL

entre outras”, exemplifica o presidente do conselho, Euclides Carli, sobre a necessidade de desembaraços para maior presença brasileira no cenário internacional.

Carli, President of the Council, exemplifies about the need for clearances towards a greater Brazilian presence in the international scenario.

No ano passado, o Conselho passou a levantar a bandeira. “A sustentabilidade do setor como instrumento para o desenvolvimento do país”. Com isso, priorizou debates sobre relações diplomáticas e comerciais, política internacional e globalização. “Entendemos que hoje o mundo está conectado e, nesse sentido, as relações entre nações, por meio da diplomacia, e entre particulares das nações – empresas, empresários, outros – devem ser mantidas e aperfeiçoadas”, explica Carli.

Last year, the Council started to raise the motto ‘The sustainability of the sector as an instrument for the development of the country’. With this, he prioritized debates on diplomatic and trade relations, international politics and globalization. ‘We understand that today the world is connected, and, in that sense, the relationship between nations through diplomacy and between individuals of nations - companies, businessmen, among others - must be maintained and perfected’, Carli explains.

Em suas reuniões, o Conselho discutiu, no ano passado, o futuro do Mercosul, incluindo as mudanças políticas e econômicas da Argentina, um dos principais parceiros comerciais do Brasil, pelo governo de Mauricio Macri. “O Mercosul havia perdido seu papel de bloco comercial e se tornado um campo de discussões políticas. Após as mudanças de governo, tanto no Brasil quanto na Argentina, o bloco parece ter resgatado sua essência e já vemos até notícias de avanço nas negociações de um acordo com a União Europeia”, assinala. Para este ano, o Conselho de Comércio Exterior da FecomercioSP está debatendo temas como o acordo Mercosul-União Europeia e ações governamentais brasileiras para o setor, além da política de comércio exterior dos Estados Unidos após a posse do presidente Donald Trump, de olho nos reflexos para o mercado internacional. Além disso, a Federação seguirá atuante para fortalecer o comércio exterior de São Paulo, bem como do país, como cita o vice-presidente do Conselho, Rubens Medrano, que é também coordenador da Câmara Brasileira de Comércio Exterior (CBCex) da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). “Em conjunto com a Câmara da CNC temos realizado eventos e discutido com autoridades brasileiras as demandas originadas do Conselho de Comércio Externo. Levamos questões como a burocracia diária enfrentada pelo empresário, exportação de serviços, melhorias nos sistemas utilizados pelos empresários que atuam no comércio exterior, entre outras. Os dados da balança comercial são uma amostra da relevância do comércio exterior nesse processo de retomada do crescimento da economia brasileira.” 20

In its meetings, last year, the Council discussed the future of Mercosur, including the political and economic changes of Argentina, one of the main trading partners of Brazil, made by Mauricio Macri’s government. ‘Mercosur had lost its role as a trade bloc and became a field of political discussions. After the governmental changes, both in Brazil and Argentina, the bloc seems to have rescued its essence and we have already seen news of progress in negotiations for an Agreement with the European Union’, he pointed out. For this year, the Foreign Trade Council of FecomercioSP is debating topics such as the Mercosur-European Union agreement and the Brazilian governmental actions for the sector, as well as the US foreign trade policy upon Donald Trump’s presidency, drawing attention to the reflections on the international market. In addition, the Federation will continue to work to strengthen São Paulo’s foreign trade, as well as Brazil’s, as mentioned by the Vice-President of the Council, Rubens Medrano, who is also the coordinator of the Brazilian Chamber of Foreign Trade (CBCex) of the National Confederation of Trade of Goods, Services and Tourism (CNC). ‘In conjunction with the CNC Chamber we have held events and discussed with Brazilian authorities the demands of the Foreign Trade Council. We discussed issues such as the daily bureaucracy faced by the entrepreneur, export services, improvements in the systems used by companies acting in the foreign trade areas, among others. The trade balance data are a sample of the relevance of foreign trade in this resumption process of the Brazilian economic growth.’


GUANACO. Produtos químicos e biocombustíveis. GUANACO. Chemicals and biofuels.

NORSUL. Mais de meio século pra lá e pra cá pela costa, viabilizando projetos, incentivando novos negócios, montando logísticas inovadoras e, claro, entregando o nosso habitual: confiança, agilidade e flexibilidade.

NAVIOS QUE LEVAM CARGAS, DEIXANDO TRANQUILIDADE E ENTREGANDO CONFIANÇA.

VITORIA BAY 19 mil toneladas de qualquer tipo de carga seca. 3 guindastes para içar até 120 toneladas. 73 metros de porão com compartimentação de cargas.

NORSUL. More than half a century back and forth along the coast, enabling projects, encouraging new businesses, developing innovative logistics and, of course, delivering our usual business: reliability, agility and flexibility.

Único bandeira brasileira desse porte no mercado. VITORIA BAY 19 thousand tons of any type of dry cargo. 3 cranes able to lift up to 120 tons. Hold of 73 meters with cargo segregation possibility.

Agilidade e flexibilidade: PIO GRANDE. Agility and flexibility: PIO GRANDE.

The only Brazilian flag of this size in the market.


INFORMATIVO DOS PORTOS /

EVENTO INTERNACIONAL

INTERNATIONAL EVENT

WCA AMERICAS REGIONAL CONFERENCE DEBATE OS NOVOS DESAFIOS DA LOGÍSTICA WCA AMERICAS REGIONAL CONFERENCE DISCUSSES NEW LOGISTICS CHALLENGES Evento que será realizado em Miami (EUA) de 27 a 30 de junho promete reunir em torno de 600 participantes de 78 países do mundo Event to be held in Miami (The USA), from June 27th to 30th, promises to bring together around 600 participants from 78 countries around the world

As oportunidades logísticas oferecidas pela rápida expansão do eCommerce em todo o mundo – o B2C e B2B – e as novas soluções tecnológicas que proporcionam ganhos de eficiências e visibilidade em toda a cadeia de suprimento são alguns dos temas que a WCA Americas Regional Conference abordará de 27 a 30 de junho, em Miami, nos Estados Unidos. O evento promete reunir em torno de 600 participantes de 78 países. Cada integrante deve participar de cerca de 20 reuniões individuais com parceiros de negócios em potencial. No total, serão mais de 20 mil reuniões – agendadas por meio do próprio software da WCA, o One-on-One. Além de executivos de frete e logística, o evento também atrairá líderes de companhias aéreas, portos, aeroportos e linhas de navegação. Segundo Dan March, Diretor Executivo da WCA, a WCA Americas Regional Conference busca fornecer ferramentas para que milhares de empresas de logística desenvolvam seus negócios e expandam o alcance em todo o mundo. “O objetivo principal é garantir que os participantes tenham sucesso tangível e mensurável em novos negócios, desenvolvam novas cadeias de suprimentos e criem novas parcerias comerciais”, observa. Dan explica que o setor de logística passa por uma série de desafios, mas também de oportunidades no cenário atual. “A explosão das compras pela internet é um desafio real à medida que a atividade cresce exponencialmente. Criando as cadeias de abastecimento mais eficientes, os resultados serão ainda melhores”, diz. Recentemente, a WCA criou uma rede chamada WCA eCommerce, dedicada a fornecer ferramentas e dados para as empresas associadas. Desde o seu lançamento, em setembro do ano passado, a rede já atraiu uma associação de mais de 250 empresas de todo o mundo e realizará sua própria conferência específica, após a conferência regional. “Outros desafios incluem a segurança da carga, à luz do aumento da ameaça do terrorismo, bem como a necessidade urgente de atualizar muitos dos processos manuais na indústria para alcançar uma maior automatização e eficiência”, finaliza. The logistical opportunities offered by the rapid expansion of eCommerce around the world - B2C and B2B - and the new technological solutions that provide gains of efficiency and visibility throughout the supply chain are some of the themes that the WCA Americas Regional Conference will tackle from June 27th to June 30th in Miami - The United States of America. The event promises to bring together around 600 participants from 78 countries. Each visitor should attend about 20 individual meetings with potential business partners. In total, there will be more than 20,000 meetings - scheduled through the 22

Dan March, Diretor Executivo da WCA

own WCA’s software - One-on-One. In addition to freight and logistics executives, the event will also attract leaders from airlines, ports, airports and shipping lines. According to Dan March, WCA Executive Director, the WCA Americas Regional Conference seeks to provide tools for thousands of logistics companies to grow their businesses and expand across the globe. ‘The main objective is to ensure that participants have tangible and measurable success in new business, develop new supply chains and create new business partnerships’, he points out. Dan explains that the logistics sector faces a number of challenges, but also opportunities in today’s scenario. ‘The boom in online shopping is a real challenge as activity grows exponentially. By creating the most efficient supply chains, the results will be even better’, he says. Recently, WCA has created a network called WCA eCommerce, dedicated to providing tools and data for affiliated companies. Since its launch in September last year, the network has already attracted an association of more than 250 companies from around the world and will hold its own specific conference following the regional one. ‘Other challenges include cargo security in light of the increased threat of terrorism as well as the urgent need to update many of the manual processes in the industry to achieve greater automation and efficiency’, he concludes.


www.informativodospor tos.com.br

23


INFORMATIVO DOS PORTOS /

BOAS PRÁTICAS

GOOD PRACTICES

PRÊMIO ANTAQ DE SUSTENTABILIDADE CONTEMPLA QUATRO CATEGORIAS Objetivo é reconhecer iniciativas que se destaquem por sua contribuição na melhoria da prestação de serviços de transportes aquaviários à sociedade

• Modelagem numérica computacional para ambiente oceânico, costeiro, estuarino e fluvial.

The objective is to recognize initiatives that stand out for their contribution in improving the provision of water transport services to society

• Previsão de dados meteo-oceanográficos através de modelagem numérica. • Simulação de processos ambientais dinâmicos. • Estudo e análise de risco ambiental (EAR ambiental). • Assessoria em licenciamento ambiental.

www.grupoacquaplan.com.br/acquadinamica

imagen s reais do equipam ento

www.acquasim.com.br PARCEIROS

24

ANTAQ SUSTAINABILITY AWARD INCLUDES FOUR CATEGORIES

• Análises e simulações de manobrabilidade de navios, para fins de engenharia naval, capacitação e treinamento de práticos, em cenários reais de alta precisão.

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários acaba de lançar o 2º Prêmio Antaq 2017 de Sustentabilidade Aquaviária. A proposta é reconhecer iniciativas que se destaquem por sua contribuição na melhoria da prestação de serviços de transportes aquaviários à sociedade, fomentar a pesquisa e a produção acadêmica e disseminar as boas práticas na operação e gestão do setor. As inscrições seguem até 9 de agosto.

The National Waterway Transportation Agency (Antaq) has just launched the 2nd Antaq 2017 Waterway Sustainability Award. The proposal is to recognize initiatives that stand out for their contribution in improving the provision of water transport services to society, foster research and academic production and disseminate good practices in the operation and management of the sector. Entries continue until August 9.

Este ano o Prêmio Antaq contemplará quatro categorias: Desempenho Ambiental, Iniciativas Inovadoras, Artigo Técnico e Acadêmico, e Padrão de Atendimento ao Usuário. Os três melhores em cada categoria receberão um troféu com a respectiva classificação. Na categoria Artigo Técnico e Acadêmico, além do troféu, os melhores trabalhos serão publicados na Revista da Antaq. No Desempenho Ambiental, serão premiadas as autoridades portuárias dos portos organizados que se destacarem na avaliação do índice de Desempenho Ambiental (IDA), em duas modalidades: Maior Índice de Desempenho Ambiental 2017 e Maior Evolução Anual do IDA.

This year Antaq Award will include four categories: Environmental Performance, Innovative Initiatives, Technical and Academic Paper, and Customer Service Standard. The top three in each category will receive a trophy with the respective ranking. In the Technical and Academic Paper category, besides the trophy, the best works will be published in Antaq Journal. In Environmental Performance, the port authorities of the organized ports that stand out in the evaluation of the Environmental Performance Rate (IDA) will be awarded in two modalities: Higher Environmental Performance Rate 2017; and IDA’s Highest Annual Evolution.

Na categoria Iniciativas Inovadoras, serão premiadas as empresas que tenham adotado iniciativas geradoras de melhorias operacionais, ambientais ou de gestão, contribuindo para o aprimoramento do atendimento das demandas da sociedade e para o aumento da eficiência e sustentabilidade na prestação de serviços. Na categoria Artigo Técnico e Acadêmico, serão premiados trabalhos que apresentem relevância acadêmica e institucional em conformidade com as áreas de atuação de competência da Antaq.

In the category of Innovative Initiatives, companies that have adopted initiatives which generate operational, environmental or management improvements, and contribute to the improvement of social demands and increase of the efficiency and sustainability in service provision will be awarded. In the category Technical and Academic Paper, works that present academic and institutional relevance will be awarded in accordance with Antaq’s areas of expertise.

Saiba mais As regras para participação em cada uma das quatro categorias do Prêmio Antaq 2017 estão disponíveis no portal da Agência na internet, no link http://portal.antaq.gov.br

Learn more The guidelines for participation in each of the four categories of the Antaq 2017 Award are available on the Agency’s website at the following link: <http://portal.antaq.gov.br/>.

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K


www.informativodospor tos.com.br

Foco em qualidade. Qualidade é um valor presente em todas as nossas operações. Sua origem está em nosso treinamento continuo e rigoroso. Todos os indicadores-chave de performance são monitorados de perto, incluindo – pontualidade, velocidade e precisão na expedição de documentação, segurança no ambiente de trabalho e responsabilidade ambiental. Possuímos Certificação ISO/ISM completa – de modo geral atuando acima e além dos parâmetros estabelecidos, com uma coleção de prêmios como testemunhas de nossa busca pela excelência. Qualidade nós temos. Isso significa que você também terá!

No matter what. www.hamburgsud-line.com

25


INFORMATIVO DOS PORTOS /

EVENTO INTERNACIONAL

INTERNATIONAL EVENT

TRANSPORT LOGISTIC 2017 DESTACA REVOLUÇÃO DIGITAL NO SETOR TRANSPORT LOGISTIC 2017 HIGHLIGHTS DIGITAL REVOLUTION IN THE SECTOR

A maior reunião mundial do setor atraiu um número recorde de participantes: foram 60.726 visitantes de 123 países – um aumento de 9,5% The largest global meeting of the sector attracted a record number of participants: 60,726 visitors from 123 countries - a 9.5% increase

26

A revolução digital foi o tópico número um da Transport Logistic 2017, em Munique, na Alemanha. A maior reunião mundial do setor atraiu um número recorde de participantes: foram 60.726 visitantes de 123 países – um aumento de 9,5% em relação à edição anterior - que tiveram contato com as novidades apresentadas por 2.162 expositores internacionais. A revista Informativo dos Portos foi o único veículo de comunicação do Brasil a cobrir e participar do evento.

The digital revolution was the number one topic of Transport Logistic 2017 in Munich, Germany. The World’s largest meeting of the sector attracted a record number of participants: 60,726 visitors from 123 countries - a 9.5% increase since the previous edition – had access to novelties presented by 2,162 international exhibitors. The magazine Informativo dos Portos was the only media vehicle in Brazil to cover and participate in the event.

Novos expositores de diferentes países participaram desta edição da Transport Logistic, entre eles China Railway Container Transport, DP World, Heathrow Airport, Kerry Logistics e Maersk. O evento contou ainda com 17 pavilhões nacionais, entre eles Países Baixos, Itália, Bélgica, França, Áustria, Espanha, Reino Unido, República Tcheca, Polônia e China.

New exhibitors from different countries participated in this edition of Transport Logistic, among them China Railway Container Transport, DP World, Heathrow Airport, Kerry Logistics and Maersk. The event also offered 17 national pavilions, among them Netherlands, Italy, Belgium, France, Austria, Spain, United Kingdom, Czech Republic, Poland and China.

“O intercâmbio internacional de bens, conhecimento e ideias é um fator essencial na prosperidade”, disse Stefan Rummel, diretor gerente da Messe München. O CEO da Flexport, Ryan Petersen, explicou em uma mesa redonda que “toda empresa deve se tornar uma empresa de software, porque este é um fator-chave”. “Para melhor ajudar os clientes, estes também devem estar preparados para compartilhar seus dados “, acrescentou Stefan Karlen, CEO do Grupo Panalpina.

‘International exchange of goods, knowledge and ideas is an essential factor in prosperity’, Stefan Rummel, Managing Director of Messe München, said. Flexport CEO, Ryan Petersen, explained at a panel discussion that ‘every company should become a software company because this is a key factor’. ‘To better assist customers, they must also be prepared to share their data’, Stefan Karlen, CEO of the Panalpina Group, added.


www.informativodospor tos.com.br

27


INFORMATIVO DOS PORTOS /

EXPORTAÇÕES DE CARROS

CAR EXPORTS

VOLUMES VENDIDOS PARA O EXTERIOR TÊM DESEMPENHO HISTÓRICO VOLUME SOLD ABROAD HAS HISTORICAL PERFORMANCE Faturamento da indústria automobilística com exportações subiu 56,9% em maio, na comparação com igual período de 2016, chegando a US$ 1,47 bilhão Export revenues of automotive industry increased by 56.9% in May, compared to the same period in 2016, reaching US$ 1.47 billion

As exportações brasileiras de carro atingiram 307,6 mil unidades em maio, quantidade que representa uma alta de 61,8% na comparação com o mesmo período de 2016. Em maio, o melhor mês das exportações de veículos da história, as montadoras embarcaram nada menos que 73,4 mil carros de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus, uma alta de 51,1% na comparação com igual período do ano passado. Frente a abril, os volumes exportados subiram 21%. Os números foram divulgados pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), entidade que representa as montadoras instaladas no país. O faturamento da indústria com exportações subiu 56,9% em maio, na comparação com igual período de 2016, chegando a US$ 1,47 bilhão. Em relação a abril, houve alta de 19,9% no montante obtido pelo setor com embarques ao exterior. O resultado leva para US$ 6,04 bilhões alta de 52,7% no comparativo interanual - o total faturado nos cinco primeiros meses do ano. Além de veículos, o balanço inclui as exportações de autopeças feitas pelas montadoras, assim como as vendas externas das fábricas de máquinas agrícolas, também associadas à Anfavea. Apesar do desempenho recorde, o presidente da Anfavea, Antonio Megale, disse que o crescimento das exportações é insuficiente para compensar a fragilidade do mercado interno, o que faz a indústria automobilística seguir operando com ociosidade superior a 50%. Só nas fábricas de caminhões, a ociosidade gira ao redor de 80%. 28

Brazilian car exports reached 307.6 thousand units in May, amount that represents a 61.8% increase compared to the same period in 2016. In May, the best month of vehicle exports in history, automakers shipped no less than 73,400 light utility vehicles, trucks and buses, an increase of 51.1% compared to the same period last year. The figures were released by the National Association of Automobile Manufacturers (Anfavea), an entity that represents the automakers located in the country. Industry revenues with exports rose 56.9% in May, reaching US$ 1.47 billion. The result sums up a total amount of US$ 6.04 billion in the first five months of the year. Despite the performance record, Anfavea’s President, Antonio Megale, said that export growth is insufficient to compensate the fragility of the domestic market, which makes the automobile industry continue to operate with an idleness rate of more than 50%. Only in the factories of trucks, idleness is of approximately 80%.


www.informativodospor tos.com.br

29


INFORMATIVO DOS PORTOS /

INFRAESTRUTURA PORTUÁRIA

PORT INFRASTRUCTURE

TERMINAIS PRIVADOS LIDERAM MOVIMENTAÇÃO DE CARGAS NO BRASIL PRIVATE TERMINALS LEAD CARGO HANDLING IN BRAZIL Cinco das 10 primeiras instalações portuárias que tiveram maior desempenho na movimentação de cargas são associadas da ATP 5 of the top 10 port facilities with highest performance in cargo handling are ATP members

A movimentação total de cargas nos portos brasileiros em 2016 atingiu 997 milhões de toneladas. Levantamento realizado pela Associação de Terminais Portuários Privados (ATP), com base nos dados oficiais da Antaq, identificou que somente os Terminais Portuários Privados (TUPs) movimentaram 654 milhões de toneladas frente aos portos organizados, cuja movimentação chegou a 343 milhões de toneladas. Segundo os dados, desse total, 57% da movimentação realizada no ano passado é fruto do trabalho das empresas associadas a ATP.

30

The total cargo handling in Brazilian ports in 2016 reached 997 million tons. A survey carried out by the Association of Private Port Terminals (ATP), based on Antaq’s oficial data, identified that the Private Port Terminals (TUPs) alone moved 654 million tons compared to the organized ports, whose handling reached 343 million tons. According to the data, of this total, 57% of last year’s cargo handling volume is the work result of the ATP affiliated companies.

O fato ganha destaque também no ranking nacional do sistema portuário. Das 10 primeiras instalações portuárias que mais movimentaram mercadorias em 2016, cinco são associadas da ATP. A liderança é ocupada pelo Terminal Marítimo de Ponta da Madeira/MA, seguido do Terminal de Tubarão/ES, ambos da Vale.

The fact also stands out in the national ranking of the port system. Among the top 10 port facilities that handled goods in 2016, 5 are ATP affiliates. The leadership is occupied by the Maritime Terminal of Ponta da Madeira/Maranhão, followed by the Tubarão Terminal/Espírito Santo, both belong to Vale.

Os gráficos produzidos pela ATP subdividem a movimentação por natureza da carga e por contêineres. Nesse último caso, o ano de 2016 fechou com 8,80 milhões de TEUs, somando TUPs e Porto Público. Na navegação de longo curso foram movimentados 741 milhões. Analisando o cenário nas operações de comércio exterior, constata-se um volume expressivo nas exportações mesmo em tempos de crise econômica. Por meio dos TUPs saíram do Brasil 469,811 milhões de cargas. As importações atingiram uma movimentação de 184,667 milhões.

The infographics produced by ATP subdivide the handling by nature of the cargo and by containers. In the latter case, the year of 2016 closed with 8.80 million TEUs, adding TUPs and Public Port. In the long haul navigation, 741 million were handled. When analyzing the scenario in foreign trade operations, there is a significant volume of exports even in times of economic crisis. Through the TUPs, 469,811 million cargoes left Brazil. Imports reached a volume of 184,667 million.

Segundo o diretor presidente da entidade, Murillo Barbosa, se comparado com o ano de 2015, o desempenho das exportações e importações sofreu retração em virtude da queda da safra do milho e cabotagem de combustíveis. “No entanto, mesmo diante de um cenário de instabilidade da economia, os portos têm cumprido seu papel, gerando receitas de modo a manter o Brasil no rumo do desenvolvimento”, avalia.

According to the President of the organization, Murillo Barbosa, when compared to the year of 2015, the performance of exports and imports suffered a downturn due to the fall of the maize harvest and fuel cabotage. ‘However, even within a scenario of economic instability, the ports have fulfilled their role, generating revenues in the scope of keeping Brazil on the path to development’, he says.


www.informativodospor tos.com.br

31


INFORMATIVO DOS PORTOS /

CONHECIMENTO CIENTÍFICO SCIENTIFIC KNOWLEDGE

SIMPÓSIO DESTACA HIDROGRAFIA PORTUÁRIA BRASILEIRA SYMPOSIUM HIGHLIGHTS BRAZILIAN PORT HYDROGRAPHY

Evento ocorrerá dentro da programação do 17º Congresso Latino-Americano de Ciências do Mar – Colacmar, em novembro, em Balneário Camboriú Event will take place within the schedule of the 17th Latin American Congress of Marine Sciences Colacmar, in November, in the city of Balneário Camboriú O 17º Congresso Latino-Americano de Ciências do Mar – Colacmar’2017, que será realizado de 13 a 17 de novembro, em Balneário Camboriú (SC), é o mais importante evento técnico-científico de ciências do mar da América Latina. Terá em sua extensa programação diversos temas sobre Ciências do Mar e Oceanografia, tendo como um de seus maiores destaques a primeira edição do Simpósio Brasileiro de Hidrografia Portuária.

The 17th Latin American Congress of Marine Sciences – Colacmar’2017, to be held from 13 to 17 November in Balneário Camboriú (SC), is the most important technical-scientific event in the marine sciences of Latin America. The extensive schedule of the congress will count on a big range of subjects related to Sciences of the Sea and Oceanography, being the first edition of the Brazilian Symposium of Port Hydrography, one of its most highlighted subjects.

“O evento atende a demandas urgentes do setor portuário, que precisa ter um panorama atual da hidrografia brasileira para aprimorar-se frente aos novos desafios da gestão da logística portuária nacional”, explica o presidente do Colacmar’2017, oceanógrafo Fernando Luiz Diehl.

‘The event meets the urgent demands of the port sector, which needs to have a current overview of Brazilian hydrography in order to improve itself in the face of the new challenges of national port logistics management’, the President of Colacmar’2017, oceanographer Fernando Luiz Diehl, explains.

Divulgar e incentivar o uso da pesquisa hidrográfica para ampliar o conhecimento técnico e científico e sua aplicabilidade na logística será o propósito do 1º Simpósio Brasileiro de Hidrografia Portuária, que terá foco em aspectos náuticos e operacionais. As inscrições para o evento já estão abertas no site www.colacmar2017.com.

Spread and encourage the use of hydrographic research to increase technical and scientific knowledge and its applicability in logistics will be the purpose of the 1st Brazilian Symposium on Port Hydrography, which will focus on nautical and operational aspects. Registration for the event is already open on the website: <www.colacmar2017.com>.

Mesas redondas do 1º Simpósio Brasileiro de Hidrografia Portuária 1 - Procedimentos de avaliação da qualidade e de aproveitamento de levantamentos hidrográficos multifeixe. 2 - Oceanografia operacional aplicada à operação e gestão portuária: panorama do brasil no cenário mundial. 3 - Ferramentas disponíveis no brasil para a simulação de manobrabilidade de embarcações e tendências mundiais. 4 - Desafios à aplicação do conceito de fundo náutico em vias navegáveis. 5 - Regulação ambiental portuária: situação atual, perspectivas e desafios ao setor. 6 - Uso de tecnologias aplicadas à supervisão ambiental de obras de dragagem e derrocamento submarino.

Round table discussions in the 1st Brazilian Symposium on Port Hydrography 1 - Procedures of quality evaluation and performance of multibeam hydrographic surveys. 2 - Operational oceanography applied to port operation and management: brazil’s overview in the global scenario. 3 - Available tools in brazil for the simulation of vessel maneuverability and world trends. 4 - Challenges to the application of the nautical depth concept on waterways. 5 - Port environmental regulation: current situation, perspectives and sector challenges. 6 - Use of applied technology for environmental supervision of dredging works and underwater blasting.

32


www.informativodospor tos.com.br

Contato Comercial Rafael R. Gonzalez rafael_gonzalez@thermoking.com Mobile : +55-47-996191444 Contato Vendas peças Maristeli Osiouvey Office: +55 41 3211-4263 maristeli.osiouvey@irco.com Rua Cyro Correia Pereira, 2400 Cidade Industrial – Curitiba – PR CEP: 81460-050 Brasil

33


INFORMATIVO DOS PORTOS /

DEMANDA INTERNA DOMESTIC DEMAND

DEMANDA POR FLORES IMPULSIONA IMPORTAÇÕES DA COLÔMBIA DEMAND FOR FLOWERS BOOSTS IMPORTS FROM COLOMBIA

Dados da gerência de importação da Allog International Transport mostra que certas datas geram demanda de importação do produto para o Brasil, em especial das rosas colombianas Data provided by the import management of Allog International Transport show that the date generates import demand for the product by Brazil, especially Colombian roses

A demanda nacional está ajudando a impulsionar a importação brasileira de flores. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Floricultura (Ibraflor), o faturamento com as vendas do produto vem crescendo significativamente nos últimos anos. O mercado nacional gerou nada menos que R$ 5,7 bilhões em negócios em 2014, R$ 6,2 bilhões em 2015 e, em 2016, registrou crescimento de 6% em relação ao ano anterior. De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o mercado de flores potencializa as vendas em datas como Dia das Mães e Dia dos Namorados, devido à simbologia que carrega. Dados da gerência de importação da Allog International Transport mostram que essas datas gera demanda de importação de flores para o Brasil, em especial das rosas colombianas. Embora contínua, a compra de flores estrangeiras - por tratar-se de uma carga perecível e muito delicada - precisa de uma logística especial; embalagem e etiquetas adequadas; cuidados com manuseio e armazenagem (em local refrigerado com baixa temperatura de 2º a 8º) e agilidade na liberação da carga pelos órgãos intervenientes. “Além disto, toda a logística, desde a colheita das flores até o embarque no aeroporto de origem, precisa ser realizada no mesmo dia para manter a qualidade do produto”, observa a analista de Operações Aéreas da Allog, Sanny Thays Gonçalves.

The national demand is helping to boost the Brazilian import of flowers. According to data presented by the Brazilian Institute of Floriculture (Ibraflor), revenues from product sales have grown significantly in recent years. The national market generated no less than R$ 5.7 billion in business in 2014, R$ 6.2 billion in 2015 and, in 2016, registered growth of 6% in relation to the previous year. According to the National Confederation of Commerce of Goods, Services and Tourism (CNC), the flower market boosts sales on dates such as Mother’s Day and Valentine’s Day due to their symbology. Data provided by the import management of Allog International Transport show that the date generates demand for flowers imported by Brazil, especially Colombian roses. Despite being continuous, the purchase of foreign flowers - because it is a perishable and very delicate cargo - needs special logistics; appropriate packaging and labeling; handling and storage care (in a refrigerated place with a low temperature of 2° C to 8° C) and a prompt release of the load by the intervening parties. ‘In addition, all logistics, from the point where the flowers are picked to the boarding point at the airport of origin, need to be carried out on the same day in order to maintain the product quality’, Sanny Thays Gonçalves, analyst of Allog Air Operations, says.

Mesmo tendo prioridade de embarque, o maior entrave logístico das flores é a disponibilidade nos aviões no período da alta no comércio internacional. Outra dificuldade enfrentada pelo setor é o fato de existirem poucas opções de companhias áreas com rotas para embarque direto, sem conexão.

Even with shipping priority, the biggest logistic struggle related to flowers import is the air freight availability during periods of high international trade. Another difficulty faced by the sector is the fact that there are few options of airlines with direct routes, with no connections.

Atualmente a média per capita do consumo de flores no Brasil é de R$ 26,68 por habitante por ano. O valor é considerado baixo pelo Ibraflor, se comparado à Europa, onde o consumo médio por habitante é R$ 150.

Currently, the average consumption of flowers per capita in Brazil is of R$ 26.68 yearly. The value is considered low by Ibraflor when compared to European rates, where the average consumption per inhabitant is of R$ 150 per year.

TRANSPORTE AÉREO TRANSPORTE MARÍTIMO

www.kpmlogistica.com.br comercial@kpmlogistica.com.br +55 47 3046-1090 RUA SAMUEL HEUSI, 178 SALA 702 E 703 ITAJAÍ / SC / BRASIL

34

TRANSPORTE RODOVIÁRIO NACIONAL TRANSPORTE RODOVIÁRIO INTERNACIONAL S EGURO INTERNACIONAL DE CARGAS CARGAS DE PROJETO

C onu unst ! o


www.informativodospor tos.com.br

XXIII Fórum

Seja um

Supply Chain

Expositor | Patrocinador

Internacional

Expo.Logística 2017 19 a 21. Setembro Tivoli Mofarrej, SP

Visibilidade e networking de alto nível junto às maiores empresas do Brasil

Informações

Apoio

Realização

(11) 3847.1909 foruns@ilos.com.br www.forum.ilos.com.br 35


INFORMATIVO DOS PORTOS /

CASE EMPRESARIAL BUSINESS CASE

TECADI CONQUISTA SUCESSIVOS PRÊMIOS EM 10 ANOS DE ATIVIDADE TECADI WINS SUCCESSIVE AWARDS IN 10 YEARS OF ACTIVITY

O bom momento da empresa é resultado da combinação entre visão de mercado e uma gestão com lideranças arrojadas e com uma veia empreendedora The good moment of a company is the result of the combination of market vision with management of bold leadership and entrepreneurial vein

36

A Tecadi, empresa catarinense de logística com matriz em Itajaí (SC), espera crescer 12% este ano e ampliar sua participação no mercado de transportes, armazenagens e projetos especiais. A projeção é impulsionada pela recente conquista do prêmio Destaque na Prestação de Serviço, concedido pela Associação Empresarial de Itajaí (ACII). De acordo com o diretor administrativo, Daniel Kenig, e o diretor comercial, Rafael Dagnoni, o prêmio é um reconhecimento pelos 10 anos de empenho e dedicação de todo o time Tecadi junto aos seus clientes.

Tecadi, a logistics company from Santa Catarina headquartered in Itajaí, expects to grow 12% this year and expand its participation in the transportation, warehousing and special project market. The projection is driven by the recent achievement of the Outstanding Service Delivery Award, awarded by the Business Association of Itajaí (ACII). According to the Managing Director, Daniel Kenig, and the Commercial Director, Rafael Dagnoni, the award is a recognition for the 10 years commitment and dedication of the entire Tecadi team with its clients.

“Cada um de nós sempre busca atender todas as expectativas, por mais simples ou complexas que elas sejam. Sinal disso é a dedicação de toda a equipe do Tecadi em suas atividades. Dedicamos esse prêmio a todos os colaboradores da empresa”, pontuam. O momento vivido pela empresa também motivou a realização de alguns investimentos, como a recente ampliação de sua frota, com a compra de novos veículos Volvo BI-Trem para realizar o transporte de contêineres. “Nesse momento desafiador, precisamos pensar fora da caixa e buscar soluções”, defendem os executivos.

‘Each one of us has always sought to meet all expectations, no matter how simple or complex they may be. A sign of this is the dedication of the entire Tecadi team in their activities. We dedicate this award to all employees of the company’, they pointed out. The company’s momentum also led to the realization of some investments, such as the recent expansion of its fleet, with the purchase of new Volvo BI-Trem vehicles, for container transport. ‘At this challenging moment, we need to think outside the box and seek solutions’, the executives said.


www.informativodospor tos.com.br

Esse não é o primeiro prêmio que a Tecadi conquista. A empresa também conquistou os prêmios Toyota e o certificado Green Card da KPMG, tudo isso pela qualidade na prestação do serviço. “Buscamos sempre nos atualizar e não estar fechados às mudanças. Acreditamos que isso tenha sido fundamental para que tenhamos atingido tal nível de satisfação juntos aos clientes, e consequentemente, o recebimento desses reconhecimentos”, enfatizam Daniel e Rafael.

This is not the first prize that Tecadi wins. The company also won the Toyota Prizes and the Green Card Certificate from KPMG, for the quality in service delivery. ‘We have always striven to update ourselves and not be closed to change. We believe that this has been fundamental for us in order to achieve this level of satisfaction before our clients, and, consequently, receive these recognitions’, Daniel and Rafael emphasized.

Os diretores explicam que ano após ano a Tecadi vem buscando se aprimorar em seus processos internos e em melhorias contínuas. No final de 2016, a diretoria buscou uma empresa especializada no mapeamento de todos os processos internos, quando foi levantada atividade por atividade. No ano passado, também foi realizado o planejamento estratégico dos próximos cinco anos e definidos os projetos e expectativas de onde a empresa almeja estar. “Buscamos estar atualizados com os acontecimentos logísticos ao redor do mundo, indo a feiras e trocando experiências com outros operadores de fora”, acrescentam.

The directors explain that year after year Tecadi has been seeking to improve its internal processes and continuous improvements. At the end of 2016, the board sought a company specialized in mapping out all internal processes, when activities were raised one by one. Last year, the strategic planning for the next five years was also carried out and the projects as well as the desires the company wants to achieve by then were defined. ‘We seek to be updated with logistic events around the world going to fairs and exchanging experiences with other international operators’, they added.

GERENCIAMENTO DE ESTOQUE

Inventory management

A Tecadi também investiu na aquisição de uma nova ferramenta de Warehouse Management System (WMS) para gerenciamento de estoque. A solução foi adquirida depois de oito meses de levantamento de mercado, com análise de 10 empresas em vários quesitos. Com a ferramenta da estadunidense High Jump, os clientes Tecadi terão diversos ganhos, como aumento na velocidade de separação, melhora na performance do processo, entre outros benefícios, e tudo isso com a possibilidade de medição em tempo real de seus pedidos.

Tecadi has also invested in the acquisition of a new Warehouse Management System (WMS) tool for inventory management. The solution was acquired after eight months of market survey, with an analysis of 10 companies in various aspects. With the North American tool High Jump, Tecadi customers will have several gains, such as increase in the separation speed, improvement in the process performance, among other benefits, all with the possibility of real-time measurement of orders.

O investimento soma-se ao sistema trilateral importado da Alemanha, que permite em um mesmo armazém aumentar o estoque em 50%. “Neste caso, mais uma vez fomos pioneiros na região”, completam os executivos. Novidades como as apresentadas pelo Tecadi, na realidade, são resultados da combinação entre visão de mercado e uma gestão com lideranças arrojadas e uma veia empreendedora.

The investment joins the trilateral system imported from Germany, which allows a 50% stock increase in the same warehouse. ‘In this case, once again we were pioneers in the region’, the executives pointed out. Novelties such as those presented by Tecadi, in fact, are the result of the combination between market vision and management with bold leadership and entrepreneurial vein. 37


INFORMATIVO DOS PORTOS /

ARTIGO

O MANTRA DA CABOTAGEM: CONFIABILIDADE, ECONOMIA E SEGURANÇA por Marcus Voloch

Com a crise, as organizações estão revendo conceitos e revisitando cada oportunidade de otimização, seja no fluxo inbound de matérias-primas para produção, transferência de mercadorias entre plantas e centros de distribuição (CDs) até a expedição de produtos acabados. O ciclo de venda da cabotagem é longo e requer um trabalho de convencimento constante. À primeira vista, o modal parece complicado e inacessível. Os lead-times, eventualmente mais longos se comparados ao rodoviário, afugentam as equipes comerciais dos clientes, que querem ver seus produtos nas prateleiras o quanto antes. A cadência semanal ou bissemanal exige um maior planejamento da expedição; o estoque em trânsito precisa ser melhor gerenciado, já que o lead-time mais longo significa mais capital de giro empenhado em estoque em trânsito.

Comemoramos, recentemente, o recorde de utilização de um de nossos navios da cabotagem, que saiu de Sepetiba com mais de 50 mil toneladas a bordo. Nunca o mantra da redução de custos, segurança e confiabilidade proporcionados pelo modal marítimo foi tão utilizado. Após um período de recessão que gerou instabilidade no mercado, empresas de todos os setores passaram a reavaliar sua cadeia de distribuição à procura de eficiência e fazer mais com menos. Nesta busca, muitas acabaram substituindo o modal rodoviário pelo marítimo, seja pela redução de custos – que pode ultrapassar 20% -, seja pelos outros benefícios da cabotagem, como menor índice de sinistralidade, regularidade e sustentabilidade. Em 2016, a Aliança registrou 7% de crescimento no modal, chegando a 210 mil contêineres movimentados - 15 mil a mais do que no ano anterior. Para este ano, a expectativa é manter o ritmo de crescimento, já que no primeiro trimestre percebemos uma maior movimentação dos clientes.

38

Vencidas as resistências iniciais, é hora de agendar um piloto para que conheçam de perto os benefícios do transporte marítimo. A mudança do caminhão para o contêiner requer alguns estudos para que tudo se encaixe durante a coleta e a entrega. Desde o layout da fábrica, uso de docas e rampas, tipo e tamanho de embalagem, modo de estufagem do contêiner, mão de obra e tempo de trânsito até o terminal portuário ou ferroviário. Uma miríade de variáveis é analisada in loco para garantir que tudo corra bem. Todo esse trabalho traz um resultado visível e inquestionável: cerca de 70% dos contêineres movimentados pela Aliança foram na modalidade porta a porta, na qual a empresa é responsável por todas as etapas do transporte. Nesses 70%, o índice de pontualidade nas coletas e entregas está acima de 90%. Já o de avarias e roubos não chegou a 0,1% em 2016. No primeiro trimestre de 2017, constatamos um significativo aumento da penetração da cabotagem em clientes que já faziam uso do modal. Setores que foram afetados pela crise, com diminuição significativa em suas vendas, viram na cabotagem uma maneira de dar mais ênfase à economia, sempre aliada à confiabilidade do serviço. Ainda assim, a renovação é grande, com quase uma centena de novos clientes que experimentaram a cabotagem no período. O crescimento no volume total transportado ficou acima do esperado, o que nos estimula a ampliar as novidades, combinando inovação e segurança.

O autor é gerente geral de Mercosul e Cabotagem da Aliança


ARTICLE

www.informativodospor tos.com.br

THE MANTRA OF CABOTAGE: RELIABILITY, ECONOMY AND SAFETY

Marcus Voloch

We have recently celebrated the usage record of one of our cabotage vessels, which left Sepetiba with more than 50,000 tons on board. The mantra of cost savings, safety and reliability provided by the maritime mode had never been that much used before. After a period of recession that generated instability in the market, companies from all sectors began to re-evaluate their distribution chain in search of efficiency and doing more with less. In this search, many have ended up replacing the road transport mode by the sea mode, either because of cost reductions - which can exceed 20% - or because of other benefits of cabotage, such as lower accident rates, regularity and sustainability. In 2016, the Alliance registered 7% growth in the modal, reaching a movement of 210 thousand containers – that is, 15 thousand more than the previous year. For this year, the expectation is to maintain the rhythm of growth, as in the first quarter we perceived a larger movement of clients. With the crisis, organizations are reviewing concepts and revisiting every opportunity for optimization, either in the inbound flow of raw materials destined for production, transfer of goods between plants and distribution centers (DCs) or dispatch of finished products. The sales cycle of cabotage is long and requires work of constant persuasion. At first

glance, the modal seems complicated and inaccessible. Lead times, eventually longer compared to road lead times, drive away customers’ business teams who want to see their products on the shelves as soon as possible. Weekly or bi-weekly cadence requires a higher expedition planning; the stock in transit needs to be better managed, as longer lead time means more working capital engaged in the stock in transit.Once the initial resistances are over, it is time to schedule a pilot so they get aware of the benefits of sea transportation, closely. Moving from a truck to a container requires some studies so that everything fits together throughout collection and delivery. From the layout of the factory, use of docks and ramps, type and size of packaging, stowage mode of the container, labor and transit time to the port or rail terminal. A myriad of variables is analyzed on the spot to ensure that everything runs smoothly. All this work brings a visible and unquestionable result: about 70% of the containers handled by Alliance were in door-to-door mode, in which the company is responsible for all transportation stages. In these 70%, the punctuality rate in collections and deliveries is above 90%. The number of malfunctions and thefts did not reach 0.1% in 2016. In the first quarter of 2017, we noticed a significant cabotage usage incWrease among customers who had already used the modal in the past. Sectors that were affected by the crisis, with a significant decrease in sales, saw in cabotage a way of giving more emphasis to the economy, always allied with the reliability of the service. Thus, the renovation is great, with almost a hundred new customers who have tried the cabotage modal during this period. The growth in total volume transported was higher than expected, which consequently encourages us to expand the novelties, combining innovation and safety.

The author is head manager of Alliance Mercosur and Cabotage.

Embarque sua carga LCL com o melhor NVOCC do Brasil

ásia RIO GRANDE SERVIÇOS DIRETOS E SEMANAIS DE IMPORTAÇÃO!

Consulte nosso time comercial!

47 3349.5220

allink.com.br

SHANGHAI SHENZHEN NINGBO HONG KONG BUSAN

-

46dias 37dias 41dias 37dias 53dias

Allink NVOCC é uma divisão de negócios

39


INFORMATIVO DOS PORTOS /

TECNOLOGIA

TERMINAIS DE SANTOS DEBATEM PORTAL ÚNICO DE COMÉRCIO EXTERIOR SANTOS TERMINALS DEBATE FOREIGN TRADE SINGLE PORTAL

O processo de exportação do portal busca simplificar as vendas externas, com a eliminação de documentos e a redução de exigências governamentais The export process of the Portal seeks to simplify international sales by eliminating documents and reducing government requirements Um encontro organizado pela Associação Brasileira de Terminais e Recintos Alfandegados (Abtra) reuniu equipes da Receita Federal e do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC), para debater a implantação do Portal Único de Comércio Exterior com os terminais do Porto de Santos. O encontro - que contou com representantes de 35 recintos alfandegados, Redex, Clias e portos secos – colheu considerações dos terminais sobre o novo processo de controle da exportação de cargas por via marítima. O processo de exportação do Portal Único do Comércio Exterior busca simplificar as vendas externas dos produtos brasileiros, com a eliminação de documentos e a redução de exigências governamentais. A expectativa é encurtar o prazo médio das operações de venda externa de 13 para 8 dias. Para isso, o sistema adota um único documento - a Declaração Única de Exportação (DUE) – no lugar dos antigos Registro de Exportação (RE), Declaração de Exportação (DE) e Declaração Simplificada de Exportação (DSE). O coordenador-geral de Relações Internacionais da Subsecretaria de Aduana, Marco Antonio Siqueira, acrescentou que a Receita está identificando as redundâncias no sistema e que, durante a fase de testes, a participação dos terminais foi significativa, somando 80% das operações. A exemplo da conexão estabelecida desde 2014 dos sistemas utilizados pelos órgãos anuentes, entre os quais, a Alfândega no Porto de Santos, com a Janela Única Portuária, criada e mantida pela Abtra, a aposta da entidade é de uma futura integração eletrônica entre essa sua plataforma adotada pelos recintos alfandegados com o portal. Por iniciativa das empresas associadas, a Abtra tornou-se referência no desenvolvimento de soluções tecnológicas destinadas a integrar a comunidade portuária e contribuir para aprimorar os processos no porto, entre as quais, a Janela Única Portuária (janelaunicaportuaria.org.br).

40

A meeting organized by the Brazilian Association of Terminals and Customs Areas (Abtra) brought together teams from the IRS (Internal Revenue Service) and the Ministry of Development, Industry and Commerce (MDIC) to discuss the implementation of the Foreign Trade Single Portal with the terminals of the Port of Santos. The meeting - which was attended by representatives of 35 customs areas, Redex, Clias and dry ports - gathered considerations of the terminals on the new process of control of sea freight exports. The export process of the Foreign Trade Single Portal seeks to simplify international sales of Brazilian products, by eliminating documents and reducing government requirements. The expectation is to reduce the average time needed of the international sale operations from 13 to 8 days. Towards this, the system adopts a single document - Single Export Declaration (DUE) - in place of the former Export Registration (RE), Export Declaration (DE) and Simplified Export Declaration (DSE). The Head Coordinator of International Relations of the Customs Subsecretariat, Marco Antonio Siqueira, added that IRS is identifying the system redundancies and that, during the testing phase, the participation of the terminals was significant, resulting to a total of 80% of the operations. Based on the example of the connection established since 2014 of the systems used by the consenting entities, among which the Customs in the Port of Santos with the Janela Única Portuária (Single Port Window), created and maintained by Abtra, the bet of the entity is on a future electronic integration between its platform, adopted by the customs areas, with the portal. Through the initiative of the associated companies, Abtra became a reference in the development of technological solutions aiming at the integration of the port community and contribution towards an improvement of the processes in the port, among which the Janela Única Portuária (janelaunicaportuaria.org.br).


www.informativodospor tos.com.br

PESSOAS E EXPERIÊNCIA GLOBAL

Esses são fundamentos que fazem do Grupo Jan De Nul um sucesso fenomenal. Graças a funcionários altamente capacitados e a mais moderna frota, o Grupo jan De Nul é o maior especialista em atividades de dragagem e construção naval, bem como em serviços especializados para a indústria offshore de petróleo, gás e energia renovável. A combinação das atividades de engenharia civil e ambientais torna o Grupo completo. Jan De Nul do Brasil Dragagem Ltda Av. das Américas, 3500, Edifício Londres, Bloco 1, Salas 515 e 516 22640-102 Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - RJ I Brazil T +55 21 2025 18 50 I F +55 21 2025 18 70 I E brasil.office@jandenul.com

Nossas soluções modernas e inovadoras já conquistaram a confiança de todos nesse negócio. Seja com relação à construção das novas comportas no Canal do Panamá ou um novo complexo portuário no oeste da Austrália, juntos com nossos clientes, contribuímos para o desenvolvimento econômico responsável.

www.jandenul.com 41


INFORMATIVO DOS PORTOS /

TECNOLOGIA s

O Banco do Brasil anunciou um novo recurso para que seus clientes deem ainda mais uma utilidade ao WhatsApp. A novidade vai utilizar o aplicativo de bate-papo para transferências de dinheiro. Segundo a empresa, a função chega para evitar ao máximo que seus correntistas precisem fornecer informações sigilosas como números de sua agência e de sua conta pela internet. Para acessar o recurso, o usuário só precisa abrir o aplicativo do próprio banco. Logo na tela inicial ele verá um código que representa as informações do seu número da agência e da conta corrente. A partir daí, só é necessário enviar essa imagem para outras pessoas por meio do WhatsApp e a pessoa que receber esse código deverá escaneá-lo. O aplicativo será automaticamente aberto, já com as informações da conta bancária preenchidas.

s

TRANSFERÊNCIA DE DINHEIRO PELO WHATSAPP

PROJETO BRASILEIRO NA NASA s

Estudantes de engenharia do interior de São Paulo estão contribuindo com a Nasa, a agência espacial norte-americana, no desenvolvimento de protótipos de uma colônia humana na Lua. Os alunos do curso de Engenharia da Computação e Jogos Digitais da Faculdade de Engenharia de Sorocaba (Facens) criaram as habitações que, no futuro, poderão abrigar os astronautas em missões espaciais. Com a aparência de um iglu, as moradias têm o formato circular para resistir à diferença de pressão, sistema de distribuição de oxigênio e podem abrigar até quatro astronautas cada uma. O projeto foi apresentado aos cientistas da Nasa por uma equipe que viajou até os EUA. O grupo brasileiro é o único da América Latina a participar da missão, que reúne outras 13 equipes de universidades de todo o mundo.

f re i g h t fo r w a r d e r s we b s o f t w a re “TI INTELIGENTE, PENSADA PARA AGENTES DE CARGAS INTERNACIONAIS”

comercial@metavirtual.com.br | Fone: (47) 3268-1780 42

www.metavirtual.com.br


www.informativodospor tos.com.br

s

A companhia aérea JetBlue, dos EUA, começou a substituir os cartões de embarque pela tecnologia de reconhecimento facial e de biometria. Os passageiros que optarem por essa alternativa deverão utilizar um totem que tirará uma foto para verificar sua identidade junto às autoridades de fronteira. O totem se comunica automaticamente com as autoridades para conferir a foto registrada com a impressa no passaporte do passageiro e verificar detalhes do voo. Se tudo estiver nos conformes, o cliente então será notificado em uma tela integrada que pode seguir para a aeronave. Segundo a JetBlue, agentes de aeroporto estarão à disposição para ajudar os consumidores.

s

EMBARQUE COM RECONHECIMENTO FACIAL

TV DE 100 POLEGADAS s

A Sony apresentou no Brasil seus novos produtos para 2017 durante um evento realizado recentemente em São Paulo, entre eles a XBR Z9D. Com 100 polegadas, o modelo reúne as melhores tecnologias que a Sony tem nas mãos: o chamado Backlight Master Drive, que divide a tela em microzonas e leva pontos de luz a todas as áreas da TV, o XDR PRO que funciona como um HDR, aumentando o contraste das imagens e realçando as diferenças entre os tons de pretos e brancos, além do processador 4K HDR X1 Extreme, responsável por gerenciar todas essas otimizações e aplicar upscalling às imagens – técnica na qual as resoluções menores passam por um processamento que busca simular uma qualidade maior –, trabalhando na palheta de cores de 14 bits.

43


INFORMATIVO DOS PORTOS /

TECHNOLOGY MONEY TRANSFER THROUGH WHATSAPP Banco do Brasil has announced a new feature for its customers to make WhatsApp even more useful. The novelty will use the chat application for money transfers. To access the feature, the user needs to open his/her bank mobile app, where a code representing the information of the agency and bank account number will be available. The user should then send that image through WhatsApp to other people. The person receiving that code should scan it.

BOARDING WITH FACIAL RECOGNITION JetBlue, a US airline, has started replacing boarding passes with facial recognition and biometrics technology. Passengers who opt for this alternative must use a totem pole that will take a photo to have their identity verified by the authorities. The totem pole automatically communicates the authorities to check the photo and compare it with the photo printed on the passenger’s passport along with details of the passenger’s flight.

BRAZILIAN PROJECT AT NASA Engineering students from the interior of São Paulo are contributing to NASA in the development of prototypes of a human colony to be used on the Moon. The students in the Computer Engineering and Digital Games course at the Faculty of Engineering of Sorocaba (Facens) have created homes that, in the future, will be able to shelter the astronauts in space missions. With the appearance of an igloo, the shelters have a circular shape, to withstand the pressure difference, oxygen delivery system and can accommodate up to four astronauts each.

100-INCH TV Sony introduced in Brazil its new products for 2017, among them XBR Z9D. With 100 inches, the model brings together Sony’s best technologies: the Backlight Master Drive, which divides the screen into micro zones and covers all TV areas with points of light; the XDR PRO that works as an HDR, enhancing the contrast of the images and highlighting the differences between black and white tones, as well as the 4K HDR X1 Extreme processor, responsible for managing all these optimizations and applying upscalling to images.

SERVIÇOS

A JCV ADUANEIROS, É UMA EMPRESA SÓLIDA QUE FORNECE SOLUÇÕES EM SERVIÇOS DE IMPORTAÇÃO, EXPORTAÇÃO E ASSESSORIAS A EMPRESAS DE GRANDE, MÉDIO E PEQUENO PORTE.

Av Marcos Konder, 805, Centro, Itajaí/SC Edif. Centro Empresarial Marcos Konder Business 10º andar / Salas 1002-1003 - CEP 88301-303 Telefone +55 47 3348-5322 / +55 47 99900085 44

LEVANDO, BUSCANDO E LIBERANDO DE ONDE OU PARA ONDE VOCÊ QUISER...

•Fretes e Seguros Internacionai •Processos Ex-Tarifários •Drawback, •Trading •Desembaraço aduaneiro •Registro de Licença de Importação •Registro de Declaração de Importação •Admissão temporária

•Prospecção de fabricantes no Exterior •Bagagem desacompanhada •Siscoserv •Imp de veículos •Habilitação no Radar •Tendo agilidade e flexibilidade em anuências e confecção de documentos, e entre outros serviços.

www. jcvaduaneiros.com jcv@jcvaduaneiros.com


www.informativodospor tos.com.br

51 45


INFORMATIVO DOS PORTOS /

INFRAESTRUTURA PORTUÁRIA

PORT INFRASTRUCTURE

PORTO DO AÇU ANUNCIA CONDOMÍNIO LOGÍSTICO E INDUSTRIAL

PORT OF AÇU ANNOUNCES LOGISTIC AND INDUSTRIAL COMPLEXAND INDUSTRIAL

Projeto contará com investimento inicial de R$ 30 milhões e deve gerar 500 empregos no início da operação, no primeiro semestre de 2018 The project will have an initial investment of R$ 30 million and will generate 500 jobs at the beginning of the operation, in the first half of 2018

O Porto do Açu, terminal localizado no litoral norte do Rio de Janeiro, ganhará um condomínio logístico e industrial. A Prumo Logística, empresa que desenvolve e opera o Porto do Açu, divulgou ao mercado a assinatura de um contrato com a TRX para a implantação do empreendimento. Desenvolvido em parceria pelas duas empresas, o condomínio irá oferecer pátios e galpões modulares, além de espaços para projetos built to suit, com oferta de serviços compartilhados e opções de serviços pay-per-use. Com terreno de 208.321 m², o condomínio estará instalado a apenas três minutos dos terminais portuários e contará com estrada de alta capacidade, preparada para transportar equipamentos dos mais diversos tamanhos. A previsão é que sejam investidos R$ 30 milhões no desenvolvimento da primeira fase do empreendimento, com potencial crescimento conforme a ocupação da área. O condomínio logístico deve começar a operar no 1º semestre de 2018 e cerca de 500 empregos serão gerados na primeira fase. O condomínio poderá atender a demanda dos fornecedores e subfornecedores da indústria de O&G, assim como operadores logísticos e empresas de equipamentos industriais. Para o gerente comercial da TRX, Ralph Annicchino, o condomínio é uma oportunidade para investidores e futuros clientes. “Esse conceito de oferta de galpões e pátios modulares, com serviços compartilhados, irá dar ainda mais competitividade, além de oferecer uma grande possibilidade de redução de custos para os atuais clientes”. Fundada em 2007, a TRX é uma das principais empresas no setor de Real Estate com R$ 5,6 bilhões de ativos sob gestão, mais de 14 mil investidores e 1,5 milhão de metros quadrados em área bruta locável (ABL), desenvolvidas no Brasil e nos Estados Unidos. The Port of Açu, terminal located in the North coast of Rio de Janeiro, will gain a logistical and industrial complex. Prumo Logística, a company that develops and operates the Port of Açu, has announced to the market the signing of a contract with TRX for the implementation of the project. Developed in partnership between the two companies, the complex will offer modular patios and warehouses, as well as built-to-suit project spaces, with shared services offering and pay-per-use service options.

46

With an area of 208,321 m², the complex will be installed just three minutes from the port terminals and will have a high capacity road, prepared to carry equipment of various sizes. It is expected that R$ 30 million will be invested in the development of the first phase of the project, with potential growth depending on the occupation of the area. The logistic complex should start operating in the first half of 2018 and about 500 jobs will be generated in the first phase. The complex will be able to meet the demand of suppliers and sub-suppliers of the O&G industry, as well as logistics operators and industrial equipment companies. According to the commercial manager of TRX, Ralph Annicchino, the complex is an opportunity for investors and future clients. ‘This concept of offering modular warehouses and patios, with shared services, will increase competitiveness, and will offer a great possibility of cost reduction for current customers.’ Founded in 2007, TRX is one of the leading real estate companies with R$ 5.6 billion in assets under management, more than 14,000 investors and 1.5 million square meters in Gross Leasable Area (GLA), developed in Brazil and the United States.


www.informativodospor tos.com.br

47


INFORMATIVO DOS PORTOS / INFORMATIVO DOS PORTOS /

SUPLEMENTO ITAJAÍ ITAJAÍ SUPPLEMENT

LIVROS SÃO ALTERNATIVAS DE COMPENSAÇÃO AMBIENTAL BOOKS ARE ALTERNATIVES TO ENVIRONMENTAL COMPENSATION

A região da foz do Itajaí-Açu ganha um atlas socioambiental e um livro infantil patrocinados por empreendimentos, no âmbito dos processos de licenciamento The region of the Itajaí-Açu mouth receives a socio-environmental atlas and a children’s book, both sponsored by companies, in the scope of the licensing processes

48

Impactos associados à implantação de grandes empreendimentos industriais são inevitáveis. Por isso, os órgãos ligados à proteção do meio ambiente criam mecanismos e diretrizes para prevenir e, de alguma maneira, controlar e minimizar esses impactos. Entre essas maneiras estão medidas mitigadoras e compensatórias que podem ser implementadas de diversas formas, incluindo programas de educação ambiental e comunicação social, sempre em benefício das comunidades do entorno e mais diretamente afetadas pelo empreendimento.

Impacts associated with the deployment of large industrial enterprises are inevitable. Therefore, the bodies related to the protection of the environment create mechanisms and guidelines to prevent and, in some way, control and minimize these impacts. These include mitigating and compensatory measures that can be implemented in a variety of ways, including environmental education and social media programs, in order to benefit the surrounding communities and the ones most directly affected by these companies.

Na região da foz do rio Itajaí-Açu, que abriga dois dos principais portos catarinenses dentro do Complexo Portuário de Itajaí, dois empreendimentos investiram em publicações editoriais que beneficiam diretamente estudantes. Uma dessas publicações está no prelo. É o “Atlas Ambiental da Foz do Rio Itajaí-Açu”, financiado pelo Estaleiro Itajaí S/A, como medida compensatória pelo uso de Área de Preservação Permanente (APP).

In the region of the Itajaí-Açu mouth, which is the home of the two main Santa Catarina ports within the Itajaí Port Complex, two companies have invested in editorial publications that directly benefit students. One of these publications is in printing process. It is the Atlas Ambiental da Foz do Rio Itajaí-Açu (Environmental Atlas of Itajaí-Açu River Mouth), financed by Estaleiro Itajaí S/A (Itajaí Shipyard Inc.), as a compensatory measure for the use of the Permanent Preservation Area (APP).

A outra, recém-lançada, é o livro infantil “Quem é você, lontra?”, produzido por jovens que participam do PPL (Projeto de Proteção às Lontras), uma iniciativa do Programa de Educação Ambiental da Huisman, em atendimento às condicionantes da Licença Ambiental de Operação (LAO) da Fundação Estadual de Meio Ambiente (Fatma). Ambas as publicações têm projeto gráfico e edição da Chilicom Filmes & Design, de Itajaí.

The other, recently released, is the children’s book ‘Who are you, otter?’, produced by young people who participate in the PPL (Otter Protection Project), an initiative of the Environmental Education Program of Huisman, in compliance with the Environmental Operating License (LAO) of the State Environment Foundation (Fatma). Both publications were graphically designed and edited by the company Chilicom Filmes & Design, located in Itajaí.

ATLAS AMBIENTAL DA FOZ DO RIO ITAJAÍ-AÇU

Environmental Atlas of the Itajaí-Açu River Mouth

Considerada a maior de Santa Catarina, a bacia hidrográfica do rio Itajaí-Açu, com cerca de 15.500 km2, tem na sua foz a origem histórica da colonização do Vale do Itajaí e dois dos mais importantes portos catarinenses. A região ganhará em julho o “Atlas Ambiental da Foz do Rio Itajaí-Açu”, um contundente documento técnico-científico que aborda aspectos socioambientais e econômicos das duas principais cidades que a compõe. Proposta e financiada pelo Estaleiro Itajaí S/A, a publicação apresenta diversos estudos em mais de 300 páginas, realizados por profissionais do Grupo Acquaplan e de instituições de ensino e pesquisa, que prestam consultoria ao empreendimento.

Considered to be the largest in Santa Catarina, the watershed of the Itajaí-Açu River, with about 15,500 km2, has in its mouth the historical origin of the colonization of the Itajaí Valley and two of the most important ports in Santa Catarina. The region will gain in July the Atlas Ambiental da Foz do Rio Itajaí-Açu (Environmental Atlas of Itajaí-Açu River Mouth), a technical-scientific document that addresses socio-environmental and economic aspects of the two main cities that compose it. Proposed and financed by Estaleiro Itajaí S/A (Itajaí Shipyard Inc.), the publication presents several studies in more than 300 pages, made by professionals from the Acquaplan Group and by teaching and research institutions, which provide consultancy to the venture.


www.informativodospor tos.com.br

Saiba mais: medidas compensatórias As medidas compensatórias exigidas pelos órgãos ambientais são destinadas a compensar os impactos ambientais gerados durante o processo de desenvolvimento e execução de um projeto. Essas medidas devem ser tomadas pelo empreendedor e podem ser aplicadas antes, durante e após as obras. A forma como a medida será aplicada é livre e dependerá da Análise de Impactos Ambientais, que determinará as formas de controle e mitigação dos impactos, assim como de compensação ambiental. No caso do atlas e do livro infantil, os empreendedores atenderam a sugestão da consultoria do Grupo Acquaplan, que tem como prática incentivar seus clientes à produção de material editorial de enfoque educacional e comunitário.

Learn more: Compensatory measures The compensatory measures required by environmental bodies are intended to compensate for the environmental impacts generated during the process of developing and executing a project. These measures must be taken by the entrepreneur and can be applied before, during and after the works. There is no predefined format on the way the measure will be applied as it will depend on the Environmental Impact Analysis, which will determine the forms of control and mitigation of impacts, as well as the environmental compensation to be applied. In the case of the atlas and the children’s book, the entrepreneurs followed the suggestion of the Acquaplan Group consultancy, whose practice is to encourage its clients to produce editorial material

with an educational and community focus.

PARANAGUÁ-PR Matriz – Unidade Comercial Rua João Eugênio, 922 Centro, CEP 83203-630 +55 (41) 3420-2300

CURITIBA-PR Unidade Comercial Av. Comendador Araújo, 143, Centro, CEP 80420-900 – Conj. 144/145 +55 (41) 3221-5600

SÃO FRANCISCO DO SUL-SC Porto Seco Rocha – EADI - Terminal de Conteineres Vazios - DEPOT Rodovia Duque de Caxias, s/n – Km 2,5 Iperoba, CEP 89240-000 Tel: 55 (47) 3471-1800

GUARUJÁ-SP Terminal Contêineres Vazios – DEPOT Rodovia Cônego Domenico Rangoni, 5525 – Km 07 Paecara Distrito Vicente Carvalho, CEP 11454-630 Tel: 55 (13) 3347-9400

49


INFORMATIVO DOS PORTOS /

SUPLEMENTO ITAJAÍ ITAJAÍ SUPPLEMENT

PORTO DE ITAJAÍ TERÁ NOVA VERSÃO DO SEU PLANO MESTRE

PORT OF ITAJAÍ WILL HAVE A NEW VERSION OF ITS MASTER PLAN texto 210 caracteres

Entre os temas destacados pelo projeto estão os setores de gestão, economia, demandas, logística e capacidade sobre os acessos terrestres Among the themes highlighted by the project are the sectors of management, economy, demand, logistics and land access capacity

A nova versão do plano mestre do Complexo Portuário de Itajaí está sendo elaborada por um grupo de trabalho liderado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Laboratório de Transportes e Logística (LabTrans), com acompanhamento da Secretaria Nacional dos Portos (SNP). O plano mestre é um instrumento de planejamento de um porto, com projeções de seu desenvolvimento e de suas operações. O objetivo é melhor operacionalizar os portos brasileiros e garantir o escoamento de toda a produção nacional.

50

The new version of the master plan of the Port Complex of Itajaí is being elaborated by a team led by the Federal University of Santa Catarina (UFSC) and Laboratory of Transport and Logistics (LabTrans), with a follow-up of the National Secretariat of Ports (SNP). The master plan is an instrument for planning a port, with projections of its development and operations. The objective is to achieve a better operation level of the Brazilian ports and guarantee the disposal of all national production. According to Rodrigo Paiva, technical coordinator of the work, the master plan is


www.informativodospor tos.com.br

Segundo Rodrigo Paiva, coordenador técnico do trabalho, o plano mestre é atualizado a cada quatro anos. No Complexo do Itajaí está sendo realizado o terceiro ciclo de planejamento, ou seja, será revisado e assim um novo plano será disponibilizado. Além de Itajaí, este estudo está sendo realizado em outros 35 portos do país. A ideia é que, em Itajaí, o trabalho possa determinar não só o potencial de crescimento do cais e das instalações, mas também o tipo de carga a ser movimentada em cada parte do complexo. Durante esta fase dos trabalhos, os técnicos da Secretaria Nacional dos Portos, Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil (MTPAC) estiveram em Itajaí para ouvir as necessidades e demandas dos representantes dos TUPs (Terminais de Uso Privado) que estão situados no complexo.

updated every four years. In the Itajaí Complex, the third planning cycle is being carried out, which will be revised, and thus a new plan will be made available. In addition to Itajaí, this study is being carried out in 35 other ports in the country. The idea is that, in Itajaí, the work can determine not only the growth potential of the wharf and its facilities, but also the type of cargo to be handled in each part of the complex.

A expectativa é de que o trabalho seja concluído no segundo semestre deste ano. Entre os temas destacados pelo projeto estão os setores de gestão, economia, demandas, logística, cálculo da demanda e capacidade sobre os acessos terrestres. O escopo das análises também envolve estudos sobre as operações, infraestrutura, meio ambiente e Porto-Cidade.

During this phase of the work, technicians from the National Secretariat of Ports, Ministry of Transport, Ports and Civil Aviation (MTPAC) were in Itajaí to listen to the needs and demands of the representatives of the TUPs (Private Use Terminals) located in the complex.

O planejamento portuário inserido no modelo aplicado atualmente identifica quatro módulos, sendo todos eles voltados à unidade portuária com base na PNLP (Plano Nacional de Logística Portuária), PGO (Plano Geral de Outorgas), Planos Mestres e o PDZ (Plano de Desenvolvimento e Zoneamento dos Portos Organizados). Em todos os encontros realizados com base no plano mestre, destaca-se a solicitação por parte de todo o efetivo que atua nas atividades do complexo portuário, buscando de fato identificar as necessidades do local e assegurar sua validação no futuro. Assim como o Porto de Itajaí, que passa por desafios, também outros portos do país já identificaram diversos embates. Com as reuniões voltadas para o plano mestre, cabe à SNP/MTPA uma visão detalhada a respeito da situação atual dos portos brasileiros, destacando suas limitações e potencialidades e ainda indicar as diretrizes para a eliminação dos gargalos e déficits de capacidade identificados pelo estudo, tanto no que se refere às instalações portuárias quanto aos acessos terrestres e aquaviário. “Em específico para o Porto de Itajaí, o plano mestre passa a ser uma ferramenta estratégica de planejamento macro de nossa região, essencial para os terminais e estaleiros a montante para que sejam evidenciados e que efetivamente se tenha uma radiografia de nossa região”, acrescenta o superintendente do Porto de Itajaí, engenheiro Marcelo Werner Salles.

The expectation is that the work is completed in the second half of this year. Among the themes highlighted by the project are the sectors of management, economy, demand, logistics, demand calculation and land access capacity. The scope of the analysis also involves studies about operations, infrastructure, environment and City-Port. The port planning currently inserted in the applied model identifies four modules, all of them focused on the port unit based on the PNLP (National Plan of Port Logistics), PGO (General Concession Plan), Master Plans and PDZ (Plans of Development and Zoning of Organized Ports). In all meetings held on the basis of the Master Plan, it is worth mentioning the request from all the staff that works in the port complex, in order to identify the needs of the premises and ensure its validity in the future. Just like the Port of Itajaí, which goes through challenges, other ports in the country have already identified several conflicts. With the meetings focused on the master plan, SNP / MTPA is in charge of a detailed view on the current situation of Brazilian ports, in order to highlight their limitations and potentialities and also indicate the guidelines for eliminating struggles and capacity deficits identified by the study in both port facilities and land/waterway access. ‘Specifically for the Port of Itajaí, the master plan becomes a strategic macro planning tool for our region, essential for the terminals and shipyards so that they are highlighted and we effectively get and x-ray of our region’, the Port of Itajaí Superintendent, Engineer Marcelo Werner Salles, added.

51


INFORMATIVO DOS PORTOS /

ARTIGO

O DILEMA DO ESCÂNER NO COMEX por Wagner Antônio Coelho Um dos temas bastante discutidos nas últimas semanas diz respeito à situação que levantou entidades representativas da indústria nacional a questionar a Anatq sobre a cobrança de tarifas relacionadas ao controle aduaneiro de mercadorias por intermédio da utilização de inspeção não invasiva (escaneamento) de contêineres, realizada pelos operadores portuários nas operações de exportação e importação de mercadorias, quando selecionada para verificação da mercadoria no processo de despacho aduaneiro. A inspeção física de mercadorias passou a ser uma exigência feita pela Secretaria da Receita Federal para os recintos de zona primária e secundária já alfandegados e para os que buscam o alfandegamento. A administradora do local ou recinto deve disponibilizar, sem ônus para a RFB, inclusive no que concerne à manutenção e operação de equipamentos de inspeção não invasiva (escâneres) de acordo com os tipos das cargas, bens de viajantes internacionais, veículos e unidades de carga movimentados no local ou recinto, durante a vigência do alfandegamento, com a disponibilização de pessoal habilitado para a operação dos referidos equipamentos, sob o comando da RFB. A reclamação dos representantes da indústria consiste no sentido de que a fiscalização aduaneira é um serviço público e obrigatório e que deve estar incluída no pacote de serviços pago pelos empresários aos terminais. Por sua vez, alguns representantes de associações de terminais de contêineres defendem que os terminais tiveram de adquirir escâneres, contratar equipes especializadas para atender as demandas do comércio exterior brasileiro e a imposição realizada pela Secretaria da Receita Federal. O dilema originado dessa exigência legal formalizada pela Aduana brasileira e imposta tanto aos operadores portuários prestadores de serviço público federal quanto aos contribuintes importadores e exportadores obrigados à utilização desse serviço, ressalta questões originárias do setor

portuário e de comércio exterior brasileiro, inerentes ao repasse das taxas, então cobradas pelo Tesouro Nacional, pelo serviço público obrigatório de movimentação, armazenagem e guarda fiscal, para as companhias de docas no final do século XIX, em contrapartida aos investimentos realizados pela construção dos portos no Brasil. Aliás, justamente, por se enfrentar esse modelo de exigência de investimento em infraestrutura para aperfeiçoar o comércio exterior brasileiro por intermédio da modernização dos portos e ao mesmo tempo permitir uma cobrança justa de valores remuneratórios pelos serviços públicos obrigatórios a que todo importador e exportador deve pagar para poder desenvolver sua atividade econômica por intermédio da utilização do transporte marítimo e por consequência do serviço portuário, foi que se criou naquela época a fixação das tarifas portuárias por intermédio de negociação entre os usuários, as companhias de docas e a administração pública, exatamente o modelo que vigorava no Brasil, e, na década de 1930, foi incorporado como uma das funções dos Conselhos de Autoridade Portuária, até ser extinto pela Anatq, diante da suposta autorregulação do mercado, e, posteriormente, materializada na Lei 12.815/2013, com a utilização da liberdade de preços e livre concorrência, desde que respeitada a modicidade tarifária pelos terminais. O dilema ora implementado por conta de um equipamento de alta tecnologia exigido com o principal objetivo de auxiliar no controle aduaneiro obrigatório realizado nas atividades de importação e exportação, apenas ressalta a complexidade do setor e como se tornava mais fácil a resolução dos conflitos por intermédio do Conselho de Autoridade Portuária, com análise das demandas dos portos, levando em consideração as peculiaridades do comércio exterior e da atividade portuária de cada local, com uma tomada de decisão mais célere e justa, realizada por representantes das partes envolvidas na operação, com homologação pelo ente público competente.

Wagner Antonio Coelho, advogado inscrito na OAB/SC 19654, especialista em Direito Aduaneiro e Comércio Exterior, sócio do escritório Guero e Coelho Advogados Associados – OAB-SC 1042-2005, Consultor de Tradings Companies e empresas ligadas ao Comércio Exterior, Membro fundador da Comissão de Direito Aduaneiro, Marítimo e Portuário da OAB/SC Itajaí-SC, Membro fundador da Comissão Estadual de Direito Portuário, Marítimo e Aduaneiro da OAB/SC, Professor da UNIVALI: no Curso de Gestão Portuária, nas disciplinas de Legislação Aduaneira e Direito Marítimo; nos Cursos de Especialização - MBA em Importação e Internacionalização de Empresas; Direito Aduaneiro e Comércio Exterior; Direito Marítimo e Portuário; e, na Faculdade Avantis na Especialização em Direito Aduaneiro, Marítimo e Portuário.

52


www.informativodospor tos.com.br

DMX uma década de sucesso Seu operador logístico, transportando para o Brasil com segurança e qualidade!

53


INFORMATIVO DOS PORTOS /

ARTICLE

THE SCANNER DILEMMA IN FOREIGN TRADE Wagner Antônio Coelho One of the topics discussed during the last few weeks is the situation of national industry repre-

In fact, it is precisely because this model of investment in infrastructure is required to improve

sentatives questioning ANTAQ about the tariffs related to the customs control of goods through

Brazilian foreign trade through the modernization of ports and, at the same time, allow a fair

the use of non-invasive inspection (scanning) of containers, carried out by port operators in the

collection of remuneration values ​​by the compulsory public services that every importer and

export and import operations of goods, when selected for verification during customs clearance

exporter must pay in order to develop its economic activity through the use of maritime transport,

process.

and, as a consequence, of the port service, it was created, at that time, the establishment of port tariffs through negotiation between users, dock companies and public administration, exactly

The physical inspection of goods has become a requirement made by the IRS for the primary

the model that was into force in Brazil. In the 1930’s, it was incorporated as one of the functions

and secondary zone areas already collected by customs and for those who seek customs col-

of the Port Authority Councils until it was extinguished by ANTAQ, due to the supposed self-regula-

lection. The administrator of the premisses or venue must make available, without any charge to

tion of the market, and later, it took effect through Law 12.815/2013, with the use of free pricing

the IRS, and this includes the maintenance and operation of non-invasive inspection equipment

and competition, provided respect of terminals for the tariff modality.

(scanners) according to the types of cargo, international travelers’ goods, vehicles and cargo units passing through these areas, during the validity of the customs process, through a qualified

The dilemma implemented on account of a high-tech equipment required with the main objec-

personnel for the operation of such equipment, under the command of the IRS.

tive of assisting in the mandatory customs control carried out in import and export activities, only highlights the complexity of the sector and how it became easier to resolve conflicts through the

Industry representatives claim that customs supervision is a public and mandatory service and

Port Authority Council, analyzing the demands of the ports, taking into account the peculiarities

must be included in the package of services paid by the entrepreneurs to the terminals. In turn,

of the foreign trade and port activity of each location, with a faster and fairer decision-making,

some representatives of container terminal associations advocate that the terminals had to ac-

made by representatives of the parties involved in the operation, homologated by the competent

quire scanners, hire specialized teams to meet the demands of Brazilian foreign trade and the

public entity.

imposition made by the IRS. The dilemma arising from this legal requirement formalized by Brazilian Customs and imposed on both the port operators and the importing/exporting taxpayers obliged to use this service, highlights issues originated in the port sector and the Brazilian foreign trade, inherent to the transfer of these taxes, collected by the National Treasury, for the mandatory public service of handling, warehousing and tax guard, for dock companies in the late nineteenth century, in con-

Wagner Antonio Coelho, lawyer specialized in Customs Law, Logistics and Transport, member of the Guero and Coelho Law firm - OAB-SC 1042-2005, Founder member of the Commission of Customs, Maritime and Port Law of OAB/SC Itajaí-SC, Founder member of the State Commission of Port, Maritime and Customs Law of the OAB/SC, Professor in the Courses of Graduation in Foreign Trade and Port Management, in the disciplines of Special Customs Regimes and Maritime Law; in the Specialization Courses - MBA in Import and Internationalization of Companies; Customs Law and Brazilian Foreign Trade; Maritime and Port Law; and at Avantis College in the Specialization in Customs, Maritime and Port Law.

trast to investments made by the construction of ports in Brazil.

AUMENTAMOS A NOSSA PRODUTIVIDADE. E A LUCRATIVIDADE DE NOSSOS CLIENTES. Maior terminal de contêineres do Sul do país, e o único com integração ferroviária, o TCP é responsável por um dos maiores programas de investimentos no setor portuário privado do Brasil. Com a ampliação do cais de atracação e dispondo dos mais avançados equipamentos voltados à movimentação de cargas, o TCP ampliou a capacidade do terminal e está preparado para receber os maiores navios porta-contêineres que atuam na América Latina. Na prática, isso significa muito mais agilidade e lucratividade para os negócios de nossos clientes.

tcp.com.br

54


www.informativodospor tos.com.br

Revisão de textos Tradução Português –Inglês Translation English - Portuguese www.deolhonotexto.com.br - deolhonotexto@gmail.com Tel: 55 (47) 3365-6947 - 55 (47) 99155-7733

55


INFORMATIVO DOS PORTOS /

GUIA DE SERVIÇOS

AGENDA DE EVENTOS HDO ARMAZÉNS GERAIS Rua: Alfredo Eick Júnior, 900 - Imaruí - Itajaí/SC Fone: (47) 3348.4518 - 3348.1436 www.hdogerais.com.br hdogerencia@hdoagerais.com.br

EVENT SCHEDULE

Evento: Port Finance International Data: 21 e 22 de junho de 2017 Local: Rio de Janeiro/RJ Mais informações: www.portfinanceinternational.com/pfibrazil2017 Email: cathy@portfinanceinternational.com ITACEX COMISSÁRIA DE DESPACHOS ADUANEIROS LTDA. Rua: Gil Stein Ferreira, 100 - Sala 602 - Centro - Itajaí/SC Fone: (47) 2104.2000 - 2104.2001 www.itacex.com.br edson@itacex.com.br

Evento: WCA Americas Regional Conference Data: 27 a 30 de junho de 2017 Local: Miami - Estados Unidos Mais informações: www.wcaworld.com Email: info@wcaworld.com Evento: Marintec South America Data: 15 a 17 de agosto de 2017 Horário: 13h às 20h Local: Centro de Convenções SulAmérica - Rio de Janeiro/RJ Mais informações: www.marintecsa.com.br Fone: +55 11 4878-5990

SEATRADE SERVIÇOS PORTUÁRIOS E LOGÍSTICOS LTDA Rua Prof. Joaquim Santiago, 157 - São Francisco do Sul/SC Fone: (47) 3471.3037 www.seatrade.com.br seatrade@seatrade.com.br

Evento: XXIII Fórum Internacional Supply Chain - Expo. Logística 2017 Data: 19 a 21 de setembro de 2017 Local: Tivoli Mofarrej - São Paulo/SP Mais informações: www.forum.ilos.com.br Evento: IV CIDESPORT Data: 25 a 27 outubro de 2017 Local: Majestic Palace Hotel - Florianópolis/SC Mais informações: www.cidesport.com.br Evento: XXVI Congresso Latino-Americano de Portos AAPA Data: 6 a 9 de novembro de 2017 Local: Punta del Este - Uruguai Mais informações: http://aapalatinoamerica.com/pt/ Email: info@aapalatinoamerica.com

SUL AMÉRICA LTDA. Rua: Lauro Muller, 325 - Centro - Itajaí/SC Fone: (47) 3348.1495

56

Evento: NT EXPO – Negócios nos Trilhos Data: 7 a 9 de novembro de 2017 Horário: 13h às 20h Local: Expo Center Norte - São Paulo/SP Mais informações: www.ntexpo.com.br Fone: 11 4878-5990


www.informativodospor tos.com.br

G uarante e your space in the

Year book 2018

DOWNLOAD THE APP ISSUU FOR ANDROID AND IOS AND BROWSE THE MAGAZINE. ALSO ACCESS OUR APP ON YOUR COMPUTER OR TABLET THROUGH OUR WEBSITE.

www.informativodosportos.com.br • comercial@informativodosportos.com.br • +55 (47) 3348.9998 | 3344.5017


INFORMATIVO DOS PORTOS /

A Multilog é uma empresa de operações logísticas completas, com soluções pensadas para oferecer sempre o melhor para as necessidades da sua empresa. Conta com operações de nacionalização, captação externa, gerenciamento de estoque, centros de distribuição e transportes.

Entre em contato com a Multilog e veja como podemos fazer seu negócio ir além. www.multilog.com.br

58

Revista Informativo dos Portos 213  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you