Issuu on Google+

ESCOLA SECUNDÁRIA BRAAMCAMP FREIRE Língua Portuguesa 10º1 FICHA DE LEITURA ASPETOS GERAIS Titulo do livro: O escândalo Modigliani Nome do autor: Ken Follett Editora: Editorial Presença Local: Lisboa Data: março de 2014 PERSONAGENS Quais são: Dee Sleign, Charles Lampeth, Mike, Samantha Winacre, Tom Copper, Julian Black e Lipsey. Papel que desempenham na narrativa: São os narradores dos capítulos existentes no livro. Descrição da personagem principal: Dee Sleign é uma jovem londrina a acabar o seu curso em História da Arte, bonita, entusiasmada e feliz. Descrição de uma outra personagem: Mike é um homem cínico, com um bom sentido de humor e com “estilo de pirata”. É mais velho que Dee. LOCAL Onde se passa a história: Em Londres, Paris, Livorno e Poglio. Descrição desse local: Paris – solarengo e com pessoas interessantes e excêntricas. Livorno - uma cidade com docas, fábricas, uma siderurgia e atrações turísticas. Com um grande porto mediterrâneo e uma estância de férias. Poglio – com pequenas casas caiadas, com apenas uma loja, uma pequena igreja renascentista e um edifício público. Quando se passa a história: Possivelmente na década de setenta, apesar de não haver nenhuma frase que o comprove, apenas descrições de roupas utilizadas. Expressões que o comprovem: “Mais perto do centro da cidade, belos rapazes italianos exibiam-se nos passeios nos seus jeans apertados à boca de sino e camisas justas, os espessos cabelos pretos cuidadosamente penteados.” ENREDO Pequeno resumo da história: Tudo começa quando Dee é informada de uma pista sobre um quadro desconhecido do pintor Modigliani. Dee decide seguir a pista, o que a leva até Paris e a Itália, às cidades de Livorno e Poglio. No entanto, mais duas outras pessoas são informadas dessa pista, o seu tio Charles, dono de uma galeria, que manda um homem à procura do quadro e Julian, também um dono de uma galeria falida, que descobre do paradeiro do quadro através de um postal que Dee envia à sua amiga Samantha, uma conhecida de Julian. Ambos os homens seguem até Itália. Ao mesmo tempo que isto acontece, Peter Usher, um antigo trabalhador de Charles, planeia enganar várias galerias londrinas com um esquema de falsificação de quadros. Em simultâneo, Samantha e o seu namorado planeiam roubar os quadros da galeria do tio de Dee. No final de tudo, aparecem três quadros Modigliani iguais e é revelada uma incrivel conexão entre todas as histórias. Acaba-se por descobrir que Mike pede a Peter Usher que faça duas imitações do quadro de Modigliani anteriormente desaparecido e vendeu cada uma das falsificações a Lispsey e a Julian Black, após um encontro entre todos eles, mas sem que ambos soubessem do sucedido. Parte preferida e justificação: Gostei bastante de todo o mistério em que o quadro estava involto, pois é algo que não estou acostumada a ler. Parte menos apreciada e justificação: Não gostei da constante mudança de narrador todos os capítulos, pois causa um pouco de confusão ao leitor.


COMENTÁRIOS Achaste o título adequado? Porquê?: Mais ou menos, pois no final acaba por não haver nenhum escândalo sobre o quadro Modigliani, mas, no entanto, é um bom título para atrair um leitor. Inventa outro título: O Modigliani desaparecido. ANÁLISE DO PROCESSO DE ESCRITA Escolhe cinco palavras cujo significado desconheces e procura no dicionário: 1. “op-art” - Forma de arte que, a partir de 1965, tem aplicado aos vestuários e aos tecidos de mobiliário os princípios da arte cinética. 2. “matutino” - Diário que é publicado de manhã. 3. “vespertino” - Diário que é publicado à tarde ou à noite. 4. “periclitante” – que corre perigo. Procura, transcreve os seguintes recursos estilísticos expressividade: 1. Comparação – “Julian era como uma centelha...”

e

explica

a

sua

2. Metonímia ou Sinédoque – “As montras estavam caiadas de branco...” 3. Adjetivação expressiva – “Julian era como uma centelha: um iclonasta que desprezava as tradições do mundo da arte, apaixonadamente interessado em pintura, embora nada valesse como pintor.”

4. Sensação visual – “Tem pinceladas próprias dele, está assinado e conhecemos a sua história.”

5. Sensação auditiva – “Puseram um disco de Jimmy Hendrix e ouviram em silêncio o estertor da guitarra durante algum tempo.”


Ficha de leitura 3º Período