Page 1

polícia

CADERNO C1 Segunda-feira, 28 de abril de 2014

E-mail: jornalimpactoms@hotmail.com

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA Foto PM de Rochedo

CARGA PERIGOSA

O produto e o veículo foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Costa Rica

Transporte de combustível sem licença ambiental geral multa de R$ 22,5 mil

PMA

P

Ação da polícia impediu que o ato de violência fosse praticado

Homem é preso em Rochedo por tentativa de agressão Paulo Sérgio de Menezes, 40, vulgo Batata, foi preso tentando invadir a casa da família onde sua esposa estava trabalhando. Policiais civis e militares de Rochedo foram ao local, onde ali foi possível impedir que a violência doméstica fosse consumada. Em contato com a vítima, esta informou aos policias que Paulo César tinha feito várias ameaças de morte e tentava invadir a casa para agredi-la. Houve grande desespero por parte dos moradores daquela residência, tendo em vista que ali mora

uma pessoa portadora de necessidades especiais. Por conta da confirmação da denúncia, Paulo Sérgio de Menezes foi autuado em flagrante por ameaça e encaminhado às celas da Delegacia de Polícia de Rio Negro. Ele foi enquadrado pela polícia rochedense com base na Lei Maria da Penha. A polícia apurou que Paulo Sérgio já respondeu a outros processos por violência doméstica, além de ter cumprido pena por furto qualificado nas comarcas de Campo Grande/MS e Tietê/ SP.

oliciais Militares Ambientais de Costa Rica realizavam fiscalização no município, no km 24 da rodovia MS-306 quando apreenderam uma carreta com reboque tanque bitrem transportando combustível ilegalmente. O transporte do material perigoso era feito da cidade de Paulínia (SP) para Tangará da Serra (MT) sem a licença ambiental. O veículo carregado com 22,5 mil litros de diesel e 22,5 mil litros de gasolina, pertencente a uma empresa de Tangará da Serra foi apreendido. A empresa foi multada em R$ 22.500,00. O produto e o veículo foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Costa Rica. Os res-

O caminhão bitrem e carga foram apreendidos pela PMA

ponsáveis pela empresa poderão responder por crime ambiental de funcionar atividade potencialmente polui-

dora sem a licença ambiental, que prevê pena de prisão de três a seis meses. Também poderão responder por crime

ambiental de transporte de produto perigoso, que prevê pena de um a quatro anos de reclusão.

NOITE DE TERROR

Bandidos encapuzados aterrorizam zona rural de Batayporã Fotos: Nova News

Um grupo de criminosos (formado por pelo menos três pessoas) invadiu uma propriedade rural localizada no Bairro Alegria, a cerca de 20 quilômetros da cidade de Batayporã. Os bandidos, que faziam uso de um veículo VW Gol branco, com placas de Nova Andradina, entraram no sítio pedindo ajuda e, em seguida, anunciaram o assalto. No momento da invasão, havia três pessoas na casa, sendo um homem de 25 anos, que conseguiu escapar, e uma mulher de 21 anos, acompanhada por um adolescente de 17 anos, que acabaram dominados pelos criminosos. Encapuzados e fazendo uso de armas de fogo, os ladrões roubaram uma TV de plasma, um aparelho de DVD, telefones celulares e diversos outros objetos. Ao deixar a propriedade, os criminosos fugiram por uma estrada vicinal que dá acesso ao Bairro União, já no município de Nova Andradina. O homem de 25 anos, que conseguiu escapar da ação dos bandidos, telefonou para familiares residentes em Batayporã, que foram até o Grupamento da Polícia Militar buscar ajuda. Forças policiais de Nova Andradina também foram acionadas.

Após algum tempo de fuga, os criminosos foram interceptados por militares de Nova Andradina. Na ação, houve troca de tiros e um policial militar, que não estava de serviço, monitorou os passos dos bandidos e logrou êxito em conseguir localizar o carro, que foi abandonado em uma construção existente no Jardim Universitário. O automóvel foi apreendido. Dentro do carro estavam os objetos roubados, as toucas usadas pelo bando e duas armas, sendo uma espingarda e um revólver. Durante diligências os policiais conseguiram localizar um suspeito que acabou encaminhado para a 1ª Delegacia de Polícia de Nova Andradina, onde as vítimas o reconheceram como sendo um dos assaltantes. O autor estava com a roupa suja de tinta, à semelhança de alguém que trabalha como pintor, o que, segundo as vítimas, facilitou o seu reconhecimento. A família residente no sítio chegou a afirmar que ele foi o criminoso que agiu com mais violência. Segundo a polícia, as diligências seguem no sentido de localizar os demais participantes do crime. Por volta das 23h45, um homem se apresentou à po-

O veículo Gol usado na ação dos bandidos foi apreendida pela PM

No interior do Gol a polícia encontrou os objetos que haviam sido roubados

lícia, dizendo ser o proprietário do automóvel e que havia emprestado o carro ao seu irmão. Os policiais o colocaram na situação de averiguado e iniciaram os traba-

lhos no sentido de chegar até o suposto irmão dele, que, na opinião da polícia, pode ser um dos envolvidos. Com informações do Nova News

9__  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you