Issuu on Google+

C

Terça-feira, 27 de maio de 2014

E-mail: jornalimpactoms@hotmail.com

Rodovia MS-080 - KM 71 Rochedo - MS

BR-163

polícia

José Marcos conduzia um veículo Prisma e tinha como passageiro Enício, Toldo e o adolescente, quando foi atingido

EXECUÇÃO Reprodução

Ultrapassagem em local proibido mata três e deixa dois feridos

T

rês pessoas ficaram gravemente feridas e foram encaminhadas para a Santa Casa de Campo Grande no acidente entre uma carreta bitrem e um carro de passeio, que matou três pessoas domingo (25) à noite, no quilômetro 418 da BR-163, próximo do distrito de Anhanduí. A colisão ocorreu durante uma ultrapassagem e o veículo foi arrastado por quase 40 metros. Os três homens que morreram foram identificados como José Marcos da Silva, 37, Enício André Silva de Assis, 32, e Todo Ribeiro. Foram encaminhados para a Santa Casa, Claudeir Alves Barreto, 50, uma pessoa que não foi identificada e o adolescente Marcos Júnior Santos da Silva, 15. De acordo com a Polícia Civil, José Marcos conduzia um veículo Prisma e tinha como passageiro Enício, Toldo

CG News/Arquivo

Jovem de 22 anos é assassinado em conveniência de Dourados Imprudência ao volante é apontado como a principal responsável pelos acidentes commortes nesse trecho da BR-163

e o adolescente, quando foi atingido por um caminhão, de placas de Paranaíba, conduzido por Claudeir e tinha como passageiro a pessoa que ainda não foi identificada. Ainda conforme registro po-

PANE ELÉTRICA

trado como homicídio culposo, quando não há intenção de matar, na direção de veículo automotor e será investigado pela Delegacia de Polícia Civil do município de Nova Alvorada do Sul.

DROGA CG News

Caminhão Volks com salgadinhos tem perda total em incêndio inesperado O caminhão Volks furgão, placas HRL-4730, de Campo Grande, teve perda total na manhã dessa segundafeira (26). Um princípio de incêndio iniciou no furgão, tomou conta da carga e não teve controle. O incidente aconteceu na rodovia, próximo ao residencial Dhama, região nordeste da Capital. O veículo, que pertence a uma distribuidora, seguia pela via no sentido Moreninhas a Três Lagoas, quando percebeu que as chamas saíam do furgão. De acordo com o site Mídia Max, o condutor identificado como Sérgio Alves, de 28 anos, parou o caminhão próximo ao acostamento e tentou apagar o fogo com o extintor do veículo. Mo-

licial, o acidente foi causado por Claudeir que ao tentar ultrapassar colidiu de frente com o carro de passeio o arrastando por 42 metros. De acordo com o site Campo Grande News, o caso foi regis-

toristas que passavam pelo local pararam e se solidarizaram com o rapaz, porém as chamas se alastraram. Sérgio ainda tentou salvar parte da carga que pertence a “Semalo Fábrica de Sabores”, que fabrica os salgadinhos jumbitos. Duas equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas e o empresa distribuidora avisada. O proprietário da empresa a qual pertence o veículo chegou ao local, mas não quis divulgar seu nome, apenas informou a equipe de reportagem que o caminhão passou por uma inspeção recente e não tinha segurado. As equipes dos bombeiros realizam o rescaldo já que houve perda total do veículo e da mercadoria.

Caminhão que saiu do MS é apreendido com uma tonelada de maconha A polícia apreendeu mais de uma tonelada de maconha na madrugada deste domingo (25) dentro de um caminhão com carga de soja estacionado no barracão da escola de samba da Gaviões da Fiel, no Bom Retiro, em São Paulo. O advogado da Gaviões, Davi Gebara, disse que o caminhão estava nas proximidades da escola e não dentro da propriedade. “A Gaviões é totalmente contra. As pessoas presas não têm nada a ver com a escola”, afirmou. De acordo com o site Globo.com, dois homens foram presos em flagrante no momento em que faziam o transbordo da droga de um caminhão bitrem proveniente do Mato Grosso do Sul para

um caminhão com placas de Barueri. A apreensão ocorreu após cinco meses de investigação realizada pelo Setor de Investigações Gerais da Delegacia Seccional de Carapicuíba. Segundo o delegado Ednelson de Jesus Martins, o terreno da escola era usado como porto seco para distribuição da droga, parte dela levada para oito municípios da região Oeste da Grande São Paulo. Ainda segundo o site, os homens foram indiciados por tráfico. A polícia apura se há envolvimento de integrantes da escola com a quadrilha. “Aparentemente, não tem nada a ver com a escola”, disse o delegado.

Jefferson Cano Mariano, de 22 anos, residente no acampamento Estrela Guassu, foi assassinado no início da madruga de segunda-feira (26), em Dourados. Segundo o site Dourados Agora, Jeffinho, como era conhecido, estava sentado ao redor de uma mesa em frente a uma conveniência na Rua Nelson de Araújo (antigo calçadão de Dourados), quando chegou um homem numa motocicleta, subiu na calçada com o veículo e disparou vá-

rias vezes, em direção a ele. A vítima foi atingida com quatro tiros de pistola, no abdome, braço esquerdo, cintura e peito. Ferido, ele ainda correu para dentro do estabelecimento e morreu. A equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou rápido, mas nada pôde fazer. Ainda de acordo com o site, familiares contaram à polícia que Jefferson vinha sofrendo ameaças de morte por parte de três pessoas.

ENFORCADO

Polícia tem suspeito de assassinato em presídio A Polícia já possui um suspeito de matar o detento Márcio Duarte Moraes, 36 anos. Ele foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (26), em Campo Grande, após a revista diária nas celas. Segundo o diretor do Instituto Penal, Erani Bueno, a vítima já vinha se desentendendo com outros presos desde que chegou ao presídio, em março, possivelmente pelo crime sexual cometido por ele. Ele então foi isolado em uma cela com mais quatro detentos, entre eles o suspeito

Gilberto Fernando Ramos, 30 anos, responsável pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte). “Este inclusive estava prestes a ser transferido, por conta de problemas de convívio, possivelmente para a Máxima”, afirma o diretor. De acordo com o site Campo Grande News, ao encontrarem o corpo de Márcio, Gilberto teria confessado aos agentes penitenciários a autoria do crime, acrescenta Bueno. O corpo foi encaminhado ao Imol (Instituto Médico e Odontológico) de Campo Grande).


9__