Issuu on Google+

CADERNO A7 Segunda-feira, 14 de abril de 2014

E-mail: jornalimpactoms@hotmail.com

ESTUPRO DE VULNERÁVEL

Neto chama a polícia para prender avô tarado Um homem de 58 anos foi preso na manhã da última sexta-feira (11), acusado de estuprar o próprio neto, de 12 anos, em Corumbá a 444 km de Campo Grande. O crime foi descoberto no fim do mês de março, após a própria criança chamar a polícia e denunciar que sofria abusos desde 2010. De acordo com a Polícia Civil, o homem que é soropositivo foi preso na casa da mãe dele, após ser indiciado por estupro de vulnerável. Ainda conforme a Polícia Civil, a prisão foi efetuada

durante uma ação realizada em conjunto por policiais civis da Delegacia de Atendimento à Infância, Juventude e Idoso (Deaij) e da Delegacia Regional de Polícia Civil de Corumbá. O menino passou por exames de corpo de delito que comprovaram os abusos. Com os laudos, a delegada responsável pelo caso, Ana Paula Trindade Ferreira representou pela prisão preventiva do acusado, que foi decretada pela 2ª Vara Criminal de Corumbá. (Com informações do Midiamax)

LICENÇA VENCIDA

PMA apreende 58 mil litros de diesel e aplica multa Policiais Militares Ambientais de Costa Rica realizavam fiscalização na rodovia MS 306, no km 24, próximo ao local denominado “Trevo do Gaúcho Pobre” quando apreenderam uma carreta com reboque tanque bitrem transportando combustível ilegalmente. O transporte do material perigoso era feito da cidade de Paulínia (SP) para Cuiabá (MT) com a licença ambiental vencida. O veículo carregado com 56.000 litros de óleo diesel, pertencente a uma empresa transportadora que tem do-

micílio jurídico em São José do Rio Preto (SP) foi apreendido e a empresa multada em R$ 28.000,00. O produto e o veículo foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Costa Rica. Os responsáveis pela empresa poderão responder por crime ambiental de funcionar atividade potencialmente poluidora sem a licença ambiental, que prevê pena de prisão de três a seis meses. Também poderão responder por crime ambiental de transporte de produto perigoso, que prevê pena de um a quatro anos de reclusão.

polícia OUTRA VÍTIMA

Uma menina de três anos morreu, após uma colisão entre três carretas, no quilometro 661, da BR-163

Menina de dois anos morre presa as ferragens em acidente na BR-163 U ma menina de três anos morreu, após uma colisão entre três carretas, por volta de 22h10min, da última sextafeira (11), no quilometro 661, da BR-163, entre Rio Verde e São Gabriel do Oeste. A menina e sua irmã (de um ano e três meses) eram passageiras da Scania câmara fria, placas: NDH-5579 de Vilhena (RO), conduzida pelo pai delas Adaílton Gonçalves da Rocha, que colidiu na traseira da carreta Volvo FH, placas: KFB-7878 de Várzea Grande (MT) que estava com defeito e que com o impacto acabou colidindo na carreta Volvo, placas: KAC-9193 de Cuiabá (MT) que estava a frente. O condutor da primeira carreta atingida, Edson Carlos Pertuzatti, de 37 anos, contou ao Coxim Agora que o seu veículo apresentou defeito e que ele parou na beira da estrada, sinalizou com galhos e em seguida a outra carreta, conduzida pelo colega de

PC de Souza

Apesar dos esforços empreendidos para salvar a menina, ela não resistiu

trabalho André Querobino Rodrigues, de 36 anos, parou para auxiliá-lo, quando aconteceu o acidente. As vítimas foram socorridas por terceiros, Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Ur-

gência) de Coxim. Adaílton e a filha de um ano e meio foram encaminhados ao Hospital Municipal de Rio Verde, eles estão fora de perigo. A menina de três anos sofreu um corte profundo no rosto e TCE (Traumatismo

Craniano Encefálico), morrendo no local do acidente. Peritos do Núcleo de Perícias de Coxim estiveram no local averiguando as causas do acidente. (Com informações do site Coxim Agora)

COLISÃO FATAL

FATALIDADE

Motorista morre carbonizado em acidente na BR-060

Disparo acidental mata jovem 22 anos

Acidente envolvendo um carro e uma carreta, na manhã de sexta-feira (11), por volta das 8h20, resultou na morte de uma pessoa, carbonizada. A colisão ocorreu na altura do km 400 da BR-60, entre Campo Grande e Sidrolândia, município distante 70 quilômetros da Capital. Segundo informações colhidas no local, a carreta bitrem estava carregada com 46 toneladas de pedra. O carro, uma picape Fiat Strada placas HNN-9140, pegou fogo na hora e o motorista, Ademir Rodrigues de Souza, morreu carbonizado. Consta que o carro ia

Fotomontagem: Jucyllene Castilho

O motorista da picape, Ademir Rodrigues de Souza, morreu carbonizado

sentido Campo Grande-Sidrolândia, quando invadiu a pista contrária. Ao notar a manobra irregular, o motorista da carreta, que fazia o trajeto Jardim-Ribas do Rio Pardo, tentou desviar, tirando o veículo da pista. Ainda assim, a Strada acertou o canto direito do caminhão e rodou na

pista, pegando fogo logo em seguida. O delegado de Sidrolândia, Enilton Zalla, responsável pelo caso, diz que, a princípio, o motorista do Fiat Strada foi o causador do acidente, já que invadiu a pista sem motivo aparente. (Com informações do site Midiamax)

Um jovem de 22 anos, identificado como Tiago Guimarães, morreu após ser atingido por um disparo acidental, que teria acertado a região do tórax do jovem. O fato ocorreu em um sítio no Assentamento Estrela do Sul, no município de Angélica. De acordo com o site Ivinotícias, o disparo ocorreu quando o autor, um homem de 36 anos, estaria limpando uma espingarda Winchester calibre 22 semiautomática. A vítima chegou a ser socorrida até o Hospital Municipal de Angélica, mas não resistiu e morreu minutos depois. O autor foi levado até a Delegacia de Polícia Civil de Angélica para possíveis esclarecimentos. O caso segue sob investigação policial.


7__