Page 1

polícia

CADERNO A7 Segunda-feira, 24 de março de 2014

E-mail: jornalimpactoms@hotmail.com

HEDIONDO

Preso homem que estuprou menina em Campo Grande Investigadores da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) prenderam, na madrugada de sexta-feira (21), Richard Rubens Virgínio de Campos, 27 anos, apontado como estuprador de uma menina de 12 anos na Vila Belo Horizonte, região do Taveirópolis, em Campo Grande. Ele estava escondido em uma chácara de uma igreja localizada na saída da Capital para São Paulo. O crime aconteceu no dia 2 de fevereiro. A jovem estava sozinha na casa quando Richard invadiu o local. A vítima foi amarrada com um cadarço de tênis e teve a boca amordaçada antes de ser violentada pelo agressor. Antes de fugir, ele levou o celular da vítima e dois anéis de ouro da dona da casa. Conforme informou um investigador, Richard foi preso em uma chácara de uma igreja que funciona como local de

recuperação de dependentes químicos. “Ele estava lá há 25 dias e os responsáveis não tinham conhecimento desse estupro que ele cometeu”, informou. O acusado procurou abrigo na chácara assim que soube que o crime estava sendo investigado. Para a polícia, ele queria se esconder, mas para os gestores do local, o acusado disse que queria se livrar do vício das drogas. Richard trabalhou como serviços gerais, mas ultimamente vivia do crime. Ele tem diversas passagens por roubos, roubos a mão armada e furtos. Ele será submetido ao reconhecimento da vítima. À polícia, ele confessou o crime com detalhes. Disse que estava sob efeito de substâncias químicas e que se arrepende do que fez. Ele ainda afirma que foi a primeira vez que cometeu um estupro. (Com informações do Campo Grande News.)

EXECUÇÃO

Adolescente de 14 anos é morto com três tiros

Osvaldo Duarte

Um crime em plena luz do dia chocou a população da Vila Hilda na periferia de Dourados. Um adolescente de apenas 14 anos foi morto com disparos de arma de fogo por um homem que estava na garupa de uma Adalberto da Silva Lemos não tinha registro de motocicleta. ocorrência policial Populares disseram que Adalberto da Silva Lemos, mas quando os socorristas passava de bicicleta pela cal- chegaram Adalberto já estava çada do Parque Rego D’Água morto. Ele estudava em uma quando dois homens se apro- escola da rede estadual e não ximaram dele em uma moto tinha passagens por delegaTitan vermelha. A pessoa que cias de Dourados. No local do crime o comenestava na garupa sacou de uma arma e atirou contra o tário era de que um dos irmãos adolescente que atingido por da vítima tinha vários inimigos três tiros ficou agonizando e que estaria jurado de morte. por alguns minutos. Os dois Investigadores da Polícia Civil homens fugiram logo depois deram inicio as buscas dos criminosos, mas até o começo do crime. Testemunhas acionaram da noite ninguém tinha sido o SAMU (Serviço de Atendi- preso. (Com informações do mento Móvel de Urgência), site MSEMFOCO)

Nota A Prefeitura Municipal de Corguinho, através do Departamento de Imprensa informa: À partir do dia 01 de abril de 2014, a publicação e divulgação dos atos oficiais dos poderes Executivo e Legislativo do Município serão realizadas exclusivamente no Diário Oficial Eletrônico, disponível no website: http:// www.publicacoesmunicipais.com.br/eatos/#corguinho. Assina esta nota: Aluizio Ferreira Alves Diretor do Departamento de Imprensa Portaria: 021/2013

APREENSÃO

A última incineração da DENAR aconteceu em 3 de outubro do ano passado, quando foi montada uma mega operação

DENAR confirma para o mês de abril 1ª incineração de drogas A

DENAR (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) realiza no próximo dia 15 de abril, na Unidade II do frigorífico JBS Friboi, localizado na BR-060, na saída para Sidrolândia, a primeira incineração de drogas de 2014. Para enviar drogas para serem destruídas, as delegacias da Polícia Civil de Campo Grande e do interior do Estado devem entrar em contato com o investigador José Fábio, na DENAR através do número (67) 3345-0000, ou pelo celular 9648-0079. A última incineração de drogas da DENAR aconteceu em 3 de outubro do ano passado, quando foi montada uma mega operação, que contou com o apoio do Exército Brasileiro, através do Comando Militar do Oeste, para a destruição de mais de 36 toneladas de maconha, cocaína, crack, haxixe e drogas sintéticas, como o “ecstasy”, “XTC”, “Adam” e “droga do amor”. Apreensões Em visita recente a Campo Grande, Regina Miki, Secretária Nacional de Segurança Pública, afirmou que os números do Ministério da Justiça mostram que Mato Grosso do Sul é o brasileiro com maior apreensão de drogas, tirando de circulação 80% do total de entorpecentes apreendidos no país. Para se ter uma ideia, os números da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), mostram que em 2012 foram apreendidos 87 toneladas e 608 quilos de drogas em todo o Estado, já em 2013 esse número subiu para 136 toneladas e 197 quilos de drogas. No ano passado foram tirados de circulação no Estado 1 tonelada e 194 quilos de cocaína, 134 toneladas e 831 quilos de maconha e mais de 200 quilos de outras drogas, como as sintéticas por exemplo. Na Capital foram apreendidos ao longo de 2013, 544 quilos de cocaína e derivados, 53 toneladas e 804

Fotos: Divulgação

Jorge Razanauskas Neto e Wantuir Jacini participaram da última incineração

O volume de apreensões é reflexo da união de forças da polícia contra o crime

quilos de maconha e derivados e 9,3 quilos de outras drogas, totalizando 54 toneladas e 804 quilos de drogas. Para o secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, o expressivo número de apreensões de drogas do Estado se deve especialmente a atuação dos policiais. “Nossas polícias são eficientes e desenvolvem um excelente trabalho na prevenção e repressão a todos os crimes, com destaque para as apreensões de drogas, esclarecimento de homicídios e prisões”, afirma.

Apreensões realizadas pela DENAR (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico), DOF (Departamento de Operações de Fronteira), Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira) e Polícia Militar Rodoviária comprovam as afirmações do secretário Wantuir Jacini. Só nos primeiros 70 dias deste ano as três unidades juntas já apreenderam em operações realizadas em todo o Estado quase 8 toneladas de drogas. De acordo com o secretário

do total de drogas apreendidas, mais de 7 toneladas e 600 quilos são de maconha, mais de 73 quilos de cocaína e o restante de outras drogas, como por exemplo, haxixe, pasta base de cocaína, crack e as sintéticas. O DOF e a Defron ainda retiraram de circulação 25 frascos de lança perfume e apreenderam 6 veículos que estavam sendo utilizados para o transporte de drogas. A DENAR também já apreendeu nestes primeiros meses de 2014, 10 carros e 31 motos que estavam sendo utilizados para o tráfico.

7__  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you