Page 1

GERAL CANTEIRO DE OBRAS

Murilo confirma execução de projeto de asfalto em três localidades de Dourados Com a assinatura das ordens de serviço para asfalto em 21 bairros de Dourados, feita pelo prefeito Murilo Zauith (PSB) e o governador André Puccinelli (PMDB) no dia 28 de março, as obras já foram iniciadas em pelo menos três regiões da cidade. Nos próximos meses, conforme o prefeito Murilo, Dourados vai se transformar num canteiro de obras, com a execução de projetos de asfalto e construção de casas. As obras de asfalto já começaram na região da Vila Industrial e Jardim Oliveira, no Altos do Indaiá, beneficiando ruas localizadas entre a Avenida Guaicurus e José Roberto Teixeira. São quatro ruas já com obras em andamento nesse bairro. Na segunda-feira, o prefeito Murilo vistoriou as obras no Jardim Oliveira, onde conversou com moradores. Na região da Vila Cuiabá, vizinha à Vila Guarani, Jardim Brasília e Santa Clara, o asfalto também já está em andamento. Nessa região as obras estão sendo feitas na Rua Antonio Candido de Carvalho e várias transversais, entre Avenida Marcelino Pires e Filomeno João Pires. É mais um trecho que havia sido deixado para trás em outros projetos de pavimentação e que agora recebe o asfalto. Outras regiões como a da Vila São Brás, Parque das Nações II e Parque Nova Dou-

rados, incluídas no pacote dos R$ 21 milhões, fruto de emendas parlamentares e contrapartida do Estado e prefeitura, também serão contempladas. Na semana passada já teve movimentação nesses locais, com a implantação das placas que indicam o início das obras. Os projetos contemplam, além destes já citados, parte dos bairros Vila Vieira, Vila Martins, Vila Santa Catarina, corredor público, Canaã 4, distrito de Panambi, Vila União, Vila São Mateus, Poravy I e II, Jardim Guaicurus, Jardim Novo Horizonte, Parque do Lago II e Jardim Monte Alegre e Vila Valderez. MAIS BAIRROS Outros 23 bairros de Dourados serão contemplados com asfalto em breve. Estão em andamento os processos de licitação dos R$ 52 milhões anunciados em fevereiro pelo prefeito Murilo. São recursos de financiamento feito pela prefeitura com o governo federal, cujo contrato foi assinado com a Caixa Econômica Federal. Com esses recursos, Dourados vai dar um grande salto em infraestrutura e qualidade de vida, como planejou o prefeito Murilo assim que assumiu a prefeitura. A meta de Murilo é asfaltar 100% dos bairros. Mais recursos podem ser liberados em breve, para novos projetos de pavimentação. Divulgação

As obras de asfalto já começaram na região da Vila Industrial e Jardim Oliveira

ATRÁS DO ELEITOR

TRE-MS intensifica atendimentos itinerantes O TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) está intensificando diariamente o atendimento aos eleitores de todo o Estado com os chamados “atendimentos itinerantes”, tendo em vista o fechamento do cadastro que ocorre no dia 7 de maio. Seguindo o cronograma elaborado pelo Tribunal, nesta semana, entre os dias 07 e 13 de abril, a Justiça Eleitoral atenderá os municípios de Aquidauana, Coronel Sapucaia, Ponta Porã, Amambai, Antônio João, Ivinhema, La-

guna Carapã, Novo Horizonte do Sul, Angélica, Paraíso das Águas, Campo Grande, Jaraguari, Itaporã, Vicentina e Douradina. É necessário que todos aqueles que necessitem de serviços de atendimento eleitoral, transferência, emissão de segunda via do título de eleitor e revisão dos dados cadastrais, compareçam ao posto de atendimento de seu município tendo em mãos um documento pessoal com foto e um comprovante de residência expedido nos últimos doze meses.

PREVENÇÃO DE DOENÇAS

CADERNO A6 Quarta-feira, 9 de abril de 2014

E-mail: jornalimpactoms@hotmail.com

O prefeito Gilmar Olarte (PP) participou da ação promovida pela Secretaria de Saúde

Prefeito ressalta importância da atividade física para a saúde O prefeito Gilmar Olarte (PP) participou na segundafeira (7) da ação promovida pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), em alusão ao Dia Mundial da Saúde. Durante o evento, que ocorreu na Praça Ary Coelho, o chefe do Executivo Municipal ressaltou a importância da prática da atividade física na prevenção de doenças como diabetes e hipertensão. O prefeito esteve acompanhado pelo secretário Dr. Jamal Salem, titular da Sesau. A ação com o tema ‘Pequena mordida, grande ameaça’ tem como objetivo alertar a população sobre a importância dos cuidados com a boa saúde. Ao abrir o evento, o secretário municipal de Saúde Pública, Dr. Jamal destacou a necessidade de convocar a população para praticar atividade física. O tema central da ação é ‘Pequena Mordida, Grande Ameaça’, selecionado pela Organização Mundial da Saúde, o objetivo é destacar a proliferação de mosquitos, moscas, carrapatos e insetos podem ser uma ameaça para a população. Na mesma ocasião foi lembrado o Dia

Fotos: Divulgação

Gilmar Olarte conclama os campo-grandenses a praticarem atividades físicas

Mundial da Atividade Física, comemorado em 6 de abril. Durante a realização do evento foi possível encontrar informações e equipe multiprofissional prestando atendimento e orientação de como proceder em casos de combate aos insetos que geram ameaça e também a aferição de pressão e cálculo do Índice de Massa Corporal, que são as orientações primárias para o início de uma atividade física

saudável e moderada. Alerta - O secretário Municipal de Saúde Pública, Jamal Salem alertou para o aumento de casos de hipertensão arterial e diabetes, causados pela falta de exercícios físicos. “A população precisa ter a consciência dessa importância de se movimentar. Exercícios fazem bem não só para o corpo, mas também para a mente do ser humano”, finaliza. O prefeito Gilmar Olarte

afirmou durante a realização do evento que a Secretaria Municipal de Saúde, com este trabalho, dá início à ação de prevenção e cuidados que precisam ser levados para toda a população. “É fundamental a prática do exercício físico para a prevenção de doenças como diabetes e hipertensão, que levam à morte. Quero conclamar Campo Grande para a prática de atividades físicas”, manifestou Olarte.

ABRIGO PROVISÓRIO

Governo Federal licita construção da Casa da Mulher Brasileira A Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República anunciou no Diário Oficial da União de segunda-feira (7) a abertura de licitação para a contratação de empresa para a construção da Casa da Mulher Brasileira em Mato Grosso do Sul. De acordo com o aviso, a empresa deve ser especializada em construção civil e a licitação acontecerá no próximo dia 30 de abril, às 14 horas e 30 minutos. Os interessados deverão acessar o edital no site do Banco do Brasil, no endereço eletrônico http://www.bb.com.br/licitacoescasadamulher. A Casa A Casa da Mulher Brasileira que será construída na

Capital com a adesão do governo do Estado ao Programa “Mulher: Viver sem Violência” vai contar com uma ampla estrutura para o atendimento às mulheres vítimas de violência, que vão desde uma delegacia 24 horas a um alojamento de passagem, centro de convivência e até brinquedoteca. O investimento só em Mato Grosso do Sul será de R$ 3,4 milhões e a casa será edificada em um terreno de 12 mil m², em um terreno pertencente à União, localizado na Rua Brasília, s/n, no Jardim Imá. O empreendimento, considerado uma referência de segurança e justiça, concentrará serviços como defensoria pública, alojamento

temporário para mulheres, vara especializada ou juizado especial, ministério público, atendimento psicossocial, acesso ao microcrédito, acesso ao trabalho, acesso à qualificação profissional, central de transporte, espaço de convivência e brinquedoteca. O projeto foi idealizado pelo arquiteto João Filgueiras, o “Lelé”, amigo e parceiro de Oscar Niemeyer em muitas obras da Capital Federal. A casa é pré-moldada e segundo a equipe da SPM (Secretaria de Políticas para Mulheres) leva dois meses para ser levantada. O abrigo temporário terá capacidade para dez mulheres que poderão permanecer de três a quatro dias e depois serão

encaminhadas. A delegacia funcionará 24 horas e a central de transporte também, que através da central de denúncias terá o aval de ir até as mulheres vitimizadas, explica Tai Loschi, titular da Subsecretaria da Mulher e da Promoção da Cidadania. O objetivo da Casa da Mulher Brasileira é que as mulheres vítimas de violência tenham acesso integrado e facilitado aos principais serviços. Ao todo, no País serão implantadas 27 unidades - uma em cada Estado e uma no Distrito Federal. O investimento até o final de 2014 será de R$ 116 milhões na construção de casas e infraestrutura.

6__