Page 1

política

CADERNO A3 Quarta-feira, 14 de maio de 2014

E-mail: jornalimpactoms@hotmail.com

PROTEÇÃO DO PATRIMÔNIO

Os novos investimentos anunciados pelo governador para ampliar as ações das polícias Militar e Civil

Rachid Waqued

Willams Araújo

“Queremos ter um trabalho ainda mais intenso até o final do ano”, destacou Puccinelli

Coronel Ociel Ortiz recebeu das mãos do governador as chaves do ônibus

André anuncia mais investimentos na segurança

A

o entregar nessa terçafeira (13) mais 15 viaturas e um ônibus escola ao Corpo de Bombeiros do Estado, o governador André Puccinelli destacou “o proficiente trabalho” de todas as instituições ligadas à segurança pública na redução da criminalidade e proteção do patrimônio, reafirmando que o governo continuará investindo no setor com equipamentos, aumento do efetivo e capacitação. ”Queremos ter um trabalho ainda mais intenso até o final do ano, reforçando a prioridade dada à segurança desde que assumimos o governo, para que não se diga que em término de mandato não se trabalha mais”, afirmou Puccinelli durante o ato realizado no pátio da Governadoria, no Parque dos Poderes. Ele adiantou que até dezembro o Estado investirá mais R$ 10 milhões com a compra de 150 viaturas.

Mais estrutura Os novos investimentos anunciados pelo governador para ampliar as ações das polícias Militar e Civil, dentro do plano estratégico de segurança pública, beneficiarão os 35 municípios situados fora da faixa de fronteira com o Paraguai e a Bolívia. Em parceria com a União, o Estado destinou R$ 43 milhões em viaturas e equipamentos aos 44 municípios fronteiros, entre novembro de 2013 e março de 2014. “Estamos trabalhando para dar maior estrutura possível às nossas unidades de segurança nos 79 municípios, não só em viaturas, equipamentos modernos e armamentos, mas aumentando o efetivo, capacitando os policiais e construindo e ampliando os prédios das corporações”, disse André Puccinelli. Citou que os investimentos do governo somente em viaturas, desde 2007, somam mais de R$ 83 milhões.

Ação dos bombeiros Com a entrega de 15 viaturas, o caminhão contra incêndios e o ônibus escola, nesta terça-feira, o governo cumpre mais uma ação do plano de investimento no Corpo de Bombeiros, totalizando 41 viaturas e R$ 6 milhões de recursos públicos. Esta etapa atende aos municípios de Campo Grande, Bonito, Fátima do Sul, Paranaíba, Amambai, Caarapó, Coxim, Aparecida do Taboado, Jardim, Porto Murtinho e Ivinhema. “O Corpo de Bombeiros tem realizado um trabalho extraordinário, onde, além dos investimentos em equipamentos e estrutura, o Estado tem priorizado a capacidade permanente do efetivo, cuja multiplicação tem proporcionado um atendimento cada vez mais eficiente, inclusive na prevenção de acidentes”, explicou o secretário estadual de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Brasil Jacini. A corporação hoje atende,

em média, a nove mil ocorrências em todo o Estado, as quais somam 100 mil por ano, em ações de salvamento ao patrimônio, às pessoas e ao meio ambiente. “É uma instituição profissional, que realiza um trabalho diferenciado reconhecido por toda a sociedade”, completou Jacini. Ele adiantou que mais R$ 3 milhões serão investimentos no Corpo de Bombeiros até o final do ano. Marcas importantes A solenidade de entrega das viaturas contou com a presença da vice-governadora Simone Tebet, da secretária Extraordinária de Articulação, de Desenvolvimento Regional e dos Municípios, Edna de Moura Antonelli; deputado estadual Eduardo Rocha; coronel Walter Godoy, comandante da Polícia Militar; coronel Ociel Ortiz, comandante do Corpo de Bombeiros, prefeitos, vereadores e representantes dos

municípios. Falando em nome dos prefeitos, o chefe do Executivo de Coxim, Aluizio São José, destacou o trabalho do Corpo de Bombeiros e disse que a viatura destinada a seu município é de vital importância, considerando ser uma região ribeirinha que requer maior atenção no quesito de salvamento de pessoas e proteção ambiental. “Os bombeiros tem exercido um trabalho eficaz, inclusive na parte de fiscalização”, disse. Ao destacar a gestão de André Puccinelli, o prefeito coxinense disse que este governo deixará marcas importantes em todas as áreas. “Se não fosse o equilíbrio financeiro e o fortalecimento da economia, metas do governador, os municípios estariam quebrados e inviabilizados. O governo deixará um legado para os municípios, que conseguiram se planejar confiando no braço amigo do Estado”, completou.

MOBILIDADE URBANA

Projeto prevê 62 km de recapeamento, viaduto e 4 terminais Ernesto Franco

O projeto da mobilidade urbana que começará a sair do papel com assinatura do contrato de financiamento neste sábado (17), aprovado pelo Ministério das Cidades em 2011, prevê uma série de intervenções para dar maior fluidez aos ônibus do transporte coletivo que contará com o sistema BRT (sigla em inglês de trânsito rápido para ônibus). São R$ 180 milhões, sendo R$ 120 milhões financiados junto à Caixa Econômica e R$ 60 milhões em recursos do Orçamento Geral da União. Está previsto o recapeamento de 62 quilômetros de vias que servirão de itinerário para os ônibus ou onde está planejada a implantação de corredores do transporte que serão delimitados por uma mureta, com sistema de radares para multar os motoristas dos veículos que invadirem a pista exclusiva dos coletivos. Estão reservados recursos para construção de quatro terminais (Tiradentes, Parati, São Francisco e Avenida dos Cafezais na saída para São Paulo) e R$ 30 milhões para a

construção de um viaduto na rotatória das avenidas Gury Marques e Interlagos. Segundo o secretário de Infraestrutura, Semy Ferraz, a Prefeitura espera autorização da Caixa Econômica para licitar ainda em junho o primeiro dos corredores – o sudoeste com 21,73 km de extensão – que ligará os terminais Aero Rancho/Bandeirantes com os altos da Avenida Afonso Pena proximidades do Shopping Campo Grande. Com o tombamento dos canteiros centrais da Afonso Pena, será necessário proibir estacionamento para implantar o corredor de transporte entre a Rua Guia Lopes até a Avenida Rubens Gil de Camilo. O corredor de transporte previsto inicialmente para a Rua 13 de Maio foi transferido para a Avenida Calógeras (entre as avenidas Mato Grosso e Salgado Filho). O projeto da Mobilidade urbana Sudoeste - 21,73 km - Esse corredor exclusivo terá início no Terminal Aero Rancho, seguindo pela Avenida Marechal Deodoro. Continuará pela

projeto de mobilidade urbana está orçado em

Avenida Bandeirantes, entra na Afonso Pena e segue até o Shopping Campo Grande, onde retorna pela outra pista, seguindo até em frente do Circular Militar, na Rua Guia Lopes. De lá, passará pela Rua Brilhante até atingir o Terminal Bandeirante e o Aero Rancho (pela Avenida Marechal Deodoro).

R$ 180 milhões

Corredor Sul – 16,94 kmAvenida Gury Marques (sentido bairro-centro) Avenida Costa e Silva (sentido bairro-centro) Rua Rui Barbosa (entre Hélio Castro Maia e Avenida Mato Grosso) Avenida Calógeras (entre Mato Grosso e Salgado Filho) Corredor Norte – 19,50 km- Rua Bahia (entre Afonso

Pena e Coronel Antonino)Av. Coronel Antonino (Rua Bahia/ Terminal General Osório), Avenida Cônsul Assaf Trad (Terminal Nova Bahia/Terminal General Osório) Rua Alegrete (Entre Avenida Mascarenhas de Moraes/25 de Dezembro) Rua Antonio Maria Coelho (entre a 14 de Julho e a Ceará).

CONFIRMADO

Figueiró é convidado a participar do Dia Nacional dos Defensores Públicos O senador Ruben Figueiró (PSDB-MS) recebeu em seu gabinete ontem (13) o presidente da Associação dos Defensores Públicos de Mato Grosso do Sul (ADEP-MS), Carlos Eduardo Bruno Marietto, e o 1º Secretário da ADEP, Cahuê

Duarte e Urdiales. Eles vieram convidar o senador a participar das homenagens ao Dia Nacional dos Defensores Públicos, comemorado em 19 de maio. O senador ressaltou a importância da categoria e o seu

respeito aos profissionais cuja atividade é de cunho social, pois ajuda a garantir os direitos da população de baixa renda. “É imprescindível que o Brasil possa garantir Justiça e Defensores Públicos a quem não pode pagar. Assim

daremos igualdade e condições de dignidade a toda população”, disse o senador tucano. Figueiró ainda lamentou que os governantes até hoje não tenham reconhecido a importância social da Defensoria

Pública. Espero que essa realidade mude com os novos gestores públicos eleitos em 2014. Tenho ouvido do deputado Reinaldo Azambuja que o fortalecimento do órgão está entre suas intenções de governo”, comentou Figueiró.

Mais livre Quem mais ganha com a candidatura de Reinaldo Azambuja (PSDB) ao Parque dos Poderes é a peemedebista Simone Tebet. Ele era a pedra em seu sapato na luta pela vaga ao Senado, onde ambos despontavam como favoritos. Sem o tucano no páreo, ela começa a projetar um caminho menos tortuoso para chegar lá. Isso, porém, não á garantia de vitória e ela sabe disso. A luta pela vaga está aberta e ela leva a vantagem de estar a mais tempo na estrada. Tendência É quase de praxe o vencedor da disputa pelo governo eleger o candidato ao Senado de sua chapa. Pelo menos é o que tem registrado a história política de Mato Grosso do Sul. Como a eleição deste ano tem forte tendência a um confronto de segundo turno, a luta pelo Salão Azul do Congresso fica mais equilibrada. Nesse caso, três fortes nomes vão tentar se sobressair nas urnas e garantir a vaga no dia 5 de outubro. Nova opção A campanha de Reinaldo Azambuja deve vir com inovação na disputa pelo governo. Sem a tradicional polarização PMDB/ PT, de cuja fórmula o eleitor está cansado, o tucano dá essa opção ao eleitor e abre espaço aos aliados na construção do seu projeto para Mato Grosso do Sul. Sem citar nomes, por enquanto, Reinaldo disse apenas que os cargos de vice e senador serão abertos àqueles que vierem a compor sua chapa. Propositivas Prevendo uma campanha de ferozes ataques, o candidato petista ao Parque dos Poderes, Delcídio do Amaral, disse que não vai seguir por esse caminho. Antes mesmo de ser deflagrado o processo eleitoral, reclamou da baixaria que, segundo ele, começa a pipocar. Disse que vai levar sua mensagem ao povo com propostas e sem ataques pessoais. Entretanto, espera que seus adversários também façam o mesmo e enveredem por esse caminho. Surpresas As pesquisas de intenção de voto para o governo daqui pra frente começam a mudar radicalmente seus resultados. A entrada de Reinaldo Azambuja na disputa vai alterar os percentuais hoje divididos apenas entre Delcídio do Amaral (PT) e Nelsinho Trad (PMDB). Portanto, a próxima consulta popular deverá trazer um quadro mais real e mostrar qual vai ser a tendência do eleitorado. A próxima pode se transformar numa ‘caixa de pandora’.

3__  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you