Page 1

Editorial

OPINIÃO

Lembrete Os artigo assinados são de inteira responsabilidades de seus autores e não refletem a opinião do Jornal Impacto MS

CADERNO A2 Terça-feira, 10 de junho de 2014

E-mail: jornalimpactoms@hotmail.com

Bula de medicamento: Contraindicada aos consumidores

Já faz algum tempo que os consumidores (?) de medicamentos reclamam do acesso à informação contida nas bulas. A letra, por exemplo, é um verdadeiro exercício para saber se o leitor enxerga bem. As queixas continuam, apesar da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) exigir informações mais claras, linguagem objetiva, e conteúdos padronizados. Essas são algumas características que deveriam constar nas novas bulas de medicamentos, regulamentadas pela Anvisa por meio da resolução RDC 47/09. As novas normas eram (ou são) para contribuir e/ou pro-

mover o uso racional de medicamentos no país. A resolução da Anvisa era para facilitar o entendimento do consumidor, melhorar a visibilidade dos textos e evitar equívocos no momento da prescrição e utilização de medicamentos. As regras para bulas de medicamentos foram discutidas por meio da Consulta Pública 01/09. A previsão da Agência era de que todos os medicamentos fabricados a partir de 2011 chegassem ao mercado contendo as bulas com novo formato e conteúdo. Estamos em junho de 2014 e as bulas... Dentre os principais pontos enumerados pela Agência

Nacional de Vigilância Sanitária, destaco apenas um: Tamanho da letra – A letra Times New Roman, não condensada e não expandida, com tamanho mínimo de 10 pontos, torna-se obrigatória para todas as bulas. O espaçamento entre as letras deve ser de no mínimo 10% e, entre as linhas, de 12%. Já as colunas de texto devem conter, no mínimo, 80 mm, com texto alinhado à esquerda. Alguns fabricantes de medicamentos (uma minoria, diga-se de passagem) estão cumprindo o que determina a Anvisa. O problema são os que não estão respeitando a determi-

nação do órgão responsável pela vigilância e punição dos infratores. A preocupação em relação ao tamanho da letra da bula inexistiria se o sistema de saúde pública funcionasse, se não faltasse leito hospitalar, se os exames de alta complexidade fossem acessíveis aos trabalhadores de baixa renda, se os medicamentos considerados éticos não fossem tão caros, etc. Desassistido, a maioria do povo brasileiro recorre a automedicação para suprir suas necessidades medicamentosas, mesmo não conseguindo enxergar direito o que diz a bula por conta do tamanho da letra.

O Mato Grosso do Sul que sonhamos juntos

Reinaldo Azambuja* O “Pensando Mato Grosso do Sul” é um projeto que nasceu no começo de 2012, fruto de nossa percepção de que o jeito de fazer a velha política havia se esgotado. Foi como se antevíssemos os fatos que culminariam com as famosas “jornadas de junho” de 2013. Um ano antes, o PSDB percebeu que havia muitas demandas difusas, gerando inquietação na sociedade. Sempre acreditamos que mais do que oferecer propostas de cima para baixo, o caminho é ouvir e refletir sobre as expectativas gerais em torno de uma gestão de administração pública inovadora e verdadeiramente democrática, participativa. Compreendemos, naquele momento, que estava em curso um processo político diferenciado, no qual as pessoas queriam expressar seus sonhos e desejos

Expediente

ou especulações de cunho político-partidário e eleitoral. Não queríamos apenas fazer discurso; partimos efetivamente para a ação. Pensamos que quando se deseja construir um caminho solidário e coletivo para todos aqueles que desejam participar da construção de um Estado renovado, participativo e transparente não se pode partir da premissa da exclusão de qualquer segmento social, independentemente de sua cor partidária ou ideológica. É assim que acreditamos que se deve ser a boa política: inclusiva, aberta e pautada em princípios e valores. Foi essa energia que nos levou a percorrer todo o Mato Grosso do Sul, realizando 10 encontros regionais, mobilizando mais de 200 mil pessoas, diagnosticando e avaliando os potenciais econômicos, bem como suas carências nas áreas da saúde, da educação e da segurança pública. Uma equipe de pesquisadores realizou amplo levantamento em todos os municípios do Estado, identificou problemas e soluções que sedimentaram a base da interlocução que fizemos com todos os representantes de nossa sociedade. Nosso sentimento aponta que esse trabalho terá im-

Diretor: Eli Sousa diretorimpactoms@gmail.com Assessoria Jurídica

CNPJ. 04.591.386/0001-04

Editor

Dr. Wellington Coelho

Roberto Costa - DRT 174/MS

OAB-MS 15.475

rc.com@terra.com.br Gerente Diagramação Clayton Marcondes

Reincidente Harrison Ford vem com 12 pessoas de sua família, repetindo pela terceira vez a visita às belezas naturais de Bonito, que inclusive já figuraram como alvo de gravações em um de seus filmes. Fora do ar A partir de hoje todos os políticos que ocupam espaços nas rádios e TVs do Estado e que pretendem disputar as eleições de outubro, terão que se despedir dos ouvintes e telespectadores. A partir de amanhã está vedada às emissoras transmitir programas de pré-candidatos. Assediado Presidente regional do PRP, Dorival Betini revelou durante encontro estadual de seu partido na Assembleia, que a tendência é continuar mantendo o apoio à candidatura do petista Delcídio do Amaral. Porém, alertou aos militantes que há propostas tentadoras do tucano Reinaldo Azambuja, bem como do peemedebista Nelsinho Trad. Adiante Betini e o PRP decidiram então, deixar a palavra final sobre com quem irá caminhar para a convenção partidária que a princípio está agendada para a última semana deste mês.

Artigo olhando no olho daqueles que se propunham a gerir os destinos da cidade. E assim fizemos. Realizamos centenas de reuniões primeiramente do “Pensando Campo Grande”, com a finalidade de compreender as aspirações de nossos cidadãos, formulando propostas que poderiam vir a ser posteriormente executadas caso o eleitor nos escolhesse para comandar os destinos de Campo Grande. A história é conhecida por todos. Tivemos amplo reconhecimento do valor desse trabalho e, com isso, surpreendemos a classe política tradicional com uma votação expressiva, faltando um risco para disputar o segundo turno, numa das eleições mais paradigmáticas de nossa Capital. Foi assim que o “Pensando Mato Grosso do Sul” germinou. Logo após o pleito da Capital, decidimos implantar essa experiência em todo o Estado. O PSDB – é bom ressaltar – foi o único partido político neste quadrante histórico que adotou a prática de ampliar o campo democrático, abrindo inclusive espaço para que todas as representações partidárias pudessem fazer parte dessa espécie de caravana da cidadania, sem se preocupar com interesses localizados

Indiana Jones O ator Harrison Ford, famoso pela série Indiana Jones, reservou toda uma ala do Hotel Zagaia em Bonito, a partir do dia 16 deste mês. Fará de Bonito sua base para acompanhar os jogos dos Estados Unidos na Copa do Mundo do Brasil.

Luzia Helena Coutinho

portância fundamental porque permitirá a elaboração de planos de trabalho mais consistentes no âmbito das formulações de novas políticas públicas. Certamente, essas propostas deverão ser posteriormente permeadas e escrutinadas por todas as instituições e Poderes, visto que, como afirmei, a democracia é um processo que incluiu e incorpora todos os segmentos sociais com suas respectivas necessidades e aspirações. O “Pensando Mato Grosso do Sul” ultrapassa, portanto, o mero programa partidário para que o PSDB possa se colocar no próximo embate eleitoral. Isso é pouco e não traduz de maneira perfeita nosso anseio. Trata-se, na verdade, de mostrar nosso espírito, nossa motivação e nosso jeito de querer fazer as coisas acontecerem. Em síntese, queremos incorporar como fonte inspiradora as energias da sociedade, abrindo-nos na busca de outros caminhos para construir uma nova política e edificar um projeto de Estado, que ultrapasse governos e coloque os sulmato-grossenses no centro de todas ações do serviço público.

Os delegados O PMDB de Mato Grosso do Sul escalou seus delegados para convenção nacional do partido, que acontece nesta terça-feira em Brasília, quando será oficializado o apoio à reeleição de Dilma Rousseff. São eles o senador Waldemir Moka, os deputados federais Geraldo Resende, Marçal Filho e Fábio Trad, os deputados estaduais Carlos Marun, Eduardo Rocha, Júnior Mochi e Marquinhos Trad, além da vice-governadora Simone Tebet, o ex-prefeito Nelsinho Trad, o vice-presidente do PMDB, Esacheu Nascimento, ZellirMaggioni e Jesus Sulzer. Os votos Como cada parlamentar federal tem direito a dois votos, o total de Mato Grosso do Sul são 18, dos quais apenas dois estão contrários a reeleição de Dilma Roussef, que desta forma mantém os 16 votos prometidos pelo governador André Puccinelli. Festa Junina Aconteceu na última sexta-feira a festa junina do Centro Educacional Infantil – CeiZedu. A equipe do centro, sob a coordenação da diretora Jovelice Moretti, está de parabéns pela organização e cuidados impecável com as mais de 300 crianças que frequentam o CEI. O diretor geral da Secretaria de Estado de Educaçao (SED), JosimárioDerbli, esteve presente com a filha Júlia que venceu a eleição de rainha da festa.

Arriscando Depois de muito relutar, o cantor Adi Boniati, mais conhecido como Tostão, que formou dupla com Guarany, decidiu arriscar a carreira política e diz que vai disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa. Está apadrinhado por um conselheiro do Tribunal de Contas. Em comum Um amigo em comum do deputado federal Reinaldo Azambuja e do governador André Puccinelli conseguiu reunir ambos em sua residência durante a passagem do presidenciável tucano por Campo Grande. Frente à frente, Aécio pediu a Puccinelli seu apoio caso chegue ao segundo turno. Lembrando seu compromisso com Dilma, o governador explicitou que segundo turno é uma outra eleição.

(*) É Deputado federal e coordenador do Pensando Mato Grosso do Sul

Sucursal Região Norte Avenida Juscelino Kubistcheck, 842 - Centro São Gabriel do Oeste-MS - Fone: (67) 3295-6598 Representante Comercial Victor Luiz Martins Currales - (67) 9923-6684 E-mail: victorcurrales@gmail.com Sucursal Grande Dourados Jeferson Bezerra - 9817-5283 E-Mail: jornalimpactomsdiario@hotmail.com Sucursal Vale do Ivinhema John Lennon - Carlos Domingues

Rua Jamil Félix Nagles, 589 - Vila Nascente Parque dos Poderes - CEP 79036-110 Campo Grande - MS E-mail: jornalimpactoms@hotmail.com site: www.impactomsnews.com.br

Fone: (67) 3043-0044-0055

2__  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you