Issuu on Google+

GERAL SOLIDARIEDADE

CADERNO C4 Segunda-feira, 16 de junho de 2014

E-mail: jornalimpactoms@hotmail.com

Os leites irão ajudar muito no tratamento dos pacientes e no apoio que damos para suas famílias”, comenta a atual presidente da Rede, Cleuza Vasconcellos

Campanha arrecada 2.220 litros de leite para Hospital de Câncer A

Fundação Manoel de Barros (FMB), em parceria com a Universidade AnhangueraUniderp e o DCE-Uniderp, arrecadaram 2.220 litros de leite oriundos da III Campanha “Doe Longa Vida”, que foram doados para a Rede Feminina de Combate ao Câncer, instituição que atende o Hospital do Câncer Alfredo Abrão. “Estamos muito contentes com o resultado desta campanha, pois ultrapassamos o número de doações dos anos anteriores, o que mostra que estamos conseguindo atingir nosso propósito que, além de ajudar na melhoria da qualidade de vida das pessoas, é estimular a solidariedade na sociedade”, declara o diretor da FMB, Marcos Henrique Marques. A Rede, que é mantida por meio de doações, mantém a cozinha do Hospital do

FMB

Câncer, repassando doações de leites e alimentos não perecíveis para uso diário dos pacientes, onde o consumo de leite é grande, tanto para os pacientes internados, quanto para os pacientes em tratamento de quimioterapia, que utilizam o leite em sua dieta, pois necessitam de alimentação pastosa, e do uso de leite para tomar medicações. “Esta é a primeira campanha que participo e fico emocionada por este apoio da Fundação. Os leites irão ajudar muito no tratamento dos pacientes e no apoio que damos para suas famílias”, comenta a atual presidente da Rede, Cleuza Vasconcellos. Estiveram presentes também na entrega dos leites a promotora de justiça Paula Volpe e o diretor-presidente do Hospital do Câncer, Carlos Coimbra que revelou estar

feliz pelo apoio da FMB e ver que a sociedade começou a acreditar novamente no trabalho do Hospital. “Uma doação deste tamanho mostra que a população está confiante em nosso trabalho. Apesar de estarmos a pouco mais de um ano na administração do hospital, fazemos o possível para realizar um ótimo atendimento e agradecemos o apoio da Fundação por nos ajudar neste propósito”. “Trabalhar com o terceiro setor é uma dos meus maiores prazeres, pois trabalhamos com as instituições que estão envolvidas em ajudar o próximo, e fico muito contente ao ver que a Fundação Manoel de Barros desempenha isso muito bem. Com certeza esses leites irão contribuir muito no tratamento dos pacientes com câncer, e acredito que o Hospital do Câncer neste momento está tendo uma ad-

A campanha deste ano teve o apoio direto dos cursos de Engenharia Civil e Veterinária da Universidade Anhanguera-Uniderp

ministração muito transparente” declarou a promotora de justiça Paula Volpe. A campanha deste ano teve o apoio direto dos cursos de Engenharia Civil e Veterinária da Universi-

dade Anhanguera-Uniderp. “É muito importante estimularmos nos alunos o interesse em apoiar as causas sociais, pois uma caixa de leite, por exemplo, envolve direta e indiretamente muitos pro-

fissionais, ou seja, qualquer ação faz a diferença na vida de uma pessoa ou em uma causa”, finalizou Ivo Busato, pró-reitor de extensão da Universidade AnhangueraUniderp.

TRÂNSITO

Arquivo

Rotatória da Mato Grosso será substituída por semáforo A Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação, de acordo com o titular da pasta Semy Alves Ferraz, já dispõe de um projeto para resolver de forma paliativa o congestionamento nos horários da Avenida Mato Grosso com a Avenida Nely Martins (Via Parque). O projeto elaborado pela engenheira Kátia Castilho (adjunta da Seintrha) consiste na retirada da rotatória e implantação de semáforo de três tempos. A execução da mudança deve começar dentro

de aproximadamente 30 trintas, assim que o convênio entre a Prefeitura e o Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul for assinado. O valor do investimento previsto está orçado em R$ 1,6 milhão. Ainda sobre a assinatura do convênio, Semy acredita que o prefeito Gilmar Olarte e o diretor-presidente do DETRAN Carlos Henrique dos Santos Pereira deverão formalizar a parceria nesta segunda-feira (16) ou terça-feira (17), para que os processos de licitação e

implantação da obras possam sair do papel. De acordo com o secretário, a substituição da rotatória por sistema semaforizado não representa a solução do problema. “O problema somente será resolvido com a implantação de um viaduto”, admite Semy, embora a mudança anunciada faça com que o tráfego flua melhor. Apesar da medida de reordenamento do sistema viário (semáforo de três tempos e alças laterais) no cruzamento das avenidas Mato Grosso e Via

Park, o secretário assegurou que a administração municipal vai continuar buscando o apoio do Governo Federal para assegurar a construção do viaduto. Fluxo intenso - Levantamento realizado pela Agência Municipal de Transporte e Trânsito, segundo Semy Ferraz, constatou que o movimento na principal via de acesso ao Parque dos Poderes já não comporta mais a rotatória. São, de acordo com o secretário, mais de 5 mil veículos trafegando por hora no momento de pico.

PECUÁRIA

Índice do Cepea anima criadores de bezerros no MS Denilson Rodrigues

Desde 2000, o Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada) da ESALQ/USP, realiza uma pesquisa que aponta o preço dos bezerros, isto é, quanto está o valor do animal no mercado. Resultados animadores indicam que 2014 tem apresentado recorde no valor pago pelo produto nos últimos dez anos, alcançando a cifra de R$ 1.056,23. A última vez que o Cepea registrou esta crescente foi em 2008, quando a média do Indicador ficou em R$ 1.026,29. E é justamente este crescimento que chama a atenção de quem acredita no trabalho da genética de ponta na produção de bezerros capazes de superar esses valores, como Rubinho Catenacci, proprietário da Fazenda 3R em Figueirão, Norte

de Mato Grosso do Sul. O criador investe em melhoramento genético por saber que não há trabalho eficiente sem genética boa, manejo e alimentação adequada. Razão pela qual os bezerros da fazenda 3R atingem maturidade para o abate antes mesmo dos doze meses de idade, garantindo assim valor agregado na hora da venda. “A minha paixão pela pecuária é o que move o trabalho da 3R. Aqui não tem feriado ou dia santo, se é pra produzir qualidade, então tem que trabalhar e investir. Nossos leilões só comprovam isso, nós tivemos a melhor média do Mato Grosso Sul no leilão da Expogrande, e eu acredito que também seja a melhor média do Brasil, isso porque era bezerro de qualidade, resultado do nosso trabalho di-

Mato Grosso do Sul era até bem pouco tempo o maior produtor de carne bovina do país

ário” enfatiza Rubinho. Na temporada de maio dos leilões realizados pela fazenda, os valores dos lotes superaram cerca de 600 reais o valor considerado recorde pelo CEPEA. Segundo o gerente da 3R, Rogério Rosalin, a valorização do mercado só comprova que a luta incessante da 3R em busca de qualidade traz excelentes resultados. “Fizemos o maior e melhor

leilão de todas as edições da Expogrande, no dia 30 de abril, com mais de R$ 1.600,00 a média para bezerros e em Camapuã, berço da história do bezerro de qualidade, não foi diferente, a média para machos foi R$ 1.450,00, uma prova de que o mercado não só precisa, mas principalmente valoriza quem investe em uma produção diferenciada”. Qualidade em oferta - E mais uma vez a oportunidade de adquirir os bezerros da 3R chega. Agora Figueirão/ MS será palco de mais um show de qualidade e genética. É o Megaleilão Produção da Fazenda 3R e Parceiros da Região do Figueirão, que acontece no dia 21 de junho, sábado, no recinto de leilões da 3R, a partir das 12h, e com transmissão do Canal do Boi. Em oferta, 4 mil animais para cria, recria e engorda, sendo 700 bezerros com a marca e garantia da 3R. Denílson Rodrigues


12_