Page 1

MUNICÍPIOS DOURADOS

Proposta é colocar o maior número de menores aprendizes no mercado de aprendizagem para o trabalho

CADERNO C2 Terça-feira, 10 de junho de 2014

E-mail: jornalimpactoms@hotmail.com

ANASTÁCIO Divulgação

Prefeitura busca parceira para inserir menores no mercado de trabalho A. Frota

São 150 menores aprendizes a espera de oportunidade no mercado de trabalho

O

esforço do prefeito Murilo Zauith (PSB) para capacitar pessoas para atender a demanda de emprego crescente em Dourados persiste. A Semdes (Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável) e o Ciat (Centro Integrado de Atendimento ao Trabalhador) estão intensificando as ações do projeto “Programando o Futuro”, voltado para o menor aprendiz. “A proposta é colocar o maior número de menores aprendizes no mercado de aprendizagem para o trabalho, fazendo parte de uma estratégia para garantir

pessoal qualificado para atender o comércio, indústria e serviços no futuro. Isso vai garantir um futuro melhor para esses jovens”, explica Neire Colman, secretária de Desenvolvimento Econômico Sustentável. De acordo com Dulcinéia Araújo, técnica da Semdes que atua no projeto, a secretaria tem em torno de 200 menores cadastrados para o projeto, dos quais 32 já estão trabalhando e fazendo cursos profissionalizantes pelo Senai ou Senac. Outros 27 vão participar do processo seletivo no dia 16. Para ser aceito como melhor aprendiz, é preciso passar por

um processo seletivo aplicado pelo Senai e Senac. Aprovados, eles precisam frequentar um curso nessas instituições e conseguir uma vaga de trabalho em alguma empresa, intermediação esta que é feita pelo Ciat. O menor precisa ainda estar matriculado e estudando uma escola regular, segundo Dulcinéia. A jornada semanal consiste em dois períodos para o curso de qualificação no Senai (área de indústria) ou no Senac (área de comércio e serviços) e os outros três atuando na empresa. O menor aprendiz recebe uma bolsa pelo trabalho na empresa

e frequenta gratuitamente o curso. Podem se candidatar a receber um menor aprendiz qualquer empresa. Estão obrigadas a oferecer vagas, conforme a Lei 10.097 de dezembro de 2000, empresas que com 100 ou mais funcionários. As empresas interessadas podem entrar em contato com Ciat, na Avenida Weimar Gonçalves Torres, 1.680-B, para a entrevista. Dulcinéia informa que o Ciat tem recebido diariamente currículos de menores aprendizes, que são pessoas com idades entre 14 e 17 anos. Há ainda um programa que contempla os aprendizes, que são aqueles com idades entre 18 e 24 anos. As empresas interessadas nessa modalidade também podem procurar o Ciat. Faz parte do projeto “Programando o Futuro” as ações, em parceria com a Secretaria de Assistência Social, nos Cras (Centros de Referência da Assistência Social), quando a equipe da Semdes orienta sobre temas como preparação para o emprego, como digitar um currículo e como se portar numa entrevista de emprego. Os adolescentes e jovens interessados nas palestras ou em se cadastrar no Ciat para concorrer a uma vaga de menor aprendiz podem fazê-lo no Ciat ou no Cras do bairro onde residem. O atendimento no Ciat é de segunda à sextafeira, das 8h às 11h e das 13h às 17h.

GASTOS COM SAÚDE

Municípios que não enviaram dados ao Siops terão repasses suspensos A Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta que os entes municipais que não homologaram os gastos em Saúde no Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde (Siops), referentes ao ano de 2013, terão repasses suspensos a partir de hoje, dia 10 de junho.

A medida atingirá 245 Municípios brasileiros. O prazo para envio dos dados ao Siops encerrou no último dia 30 de maio. E, conforme disposto no § 1º do art. 26 da Lei Complementar nº 141/2012, as transferências constitucionais da União podem ser con-

dicionadas ou suspensas por não cumprimento da aplicação dos percentuais mínimos de recursos em Saúde. Também quando ocorre ausência de homologação das informações no Siops. Dessa forma, os Municípios que ainda não enviaram os dados dei-

xarão de receber recursos como o Fundo de Participação dos Municípios (FPM), dentre outros. O repasse será condicionado para outros 24 Municípios que, pela norma, não teriam aplicado o mínimo constitucional de 15%.

Vander e Douglas buscam recursos para execução de obras Junto com o prefeito Douglas Figueiredo, o deputado federal Vander Loubet (PT) visitou a área conhecida como Praça de Esportes, na qual será construído o Estádio Municipal Rosalda Paim. O administrador anunciou que a obra está para ser iniciada. “O Vander e eu estaremos juntos na Superintendência da Caixa Econômica Federal para obter a autorização de licitação dessa obra de quase R$ 1,5 milhão”, afirmou. Do total a ser investido na construção do estádio, R$ 1 milhão se refere a emenda parlamentar do deputado Vander no Orçamento Geral da União (OGU) de 2013. “Estamos construindo uma cidade acolhedora, a mais acolhedora de MS, e o Vander é nosso parceiro de primeira hora, merece todo o nosso reconhecimento e apoio”, destacou Douglas. Infraestrutura e saúde – Além da visita à Praça de Esportes, Douglas e Vander estiveram na Rua Vanderlei, na Vila Afonso Paim, principal acesso à Ponte Boiadeira e aos frigoríficos Buriti e JBS. Vander garantiu apoio para a Prefeitura viabilizar os recursos para a pavimen-

tação asfáltica e drenagem dessa rua. “E de acordo com o prefeito, com o apoio do deputado Vander e do senador Delcídio do Amaral, a Prefeitura ainda vai pavimentar e fazer drenagem em cerca de 100 quadras da cidade. Dentre essas quadras estão ruas da Vila Maior até a Pedreira e do Jardim Campanário. A última agenda da visita de Vander a Anastácio foi uma reunião na qual o prefeito anunciou a recuperação de recursos para uma nova Unidade Básica de Saúde da Família e destacou o trabalho do parlamentar na liberação de recursos para saneamento básico. “O novo posto de ESF [Estratégia de Saúde da Família] que será construído na Vila Umbelina/ Aldeia Aldeinha, no valor de R$ 400 mil, é uma ação do deputado Vander, que nos ajudou a resgatar esse recurso, que estava perdido em Brasília. Além disso, pude mostrar para ele os córregos que cortam a nossa cidade. E pedi a ele que nos ajude a liberar na Funasa a verba de R$ 4,5 milhões para fazermos a Estação de Tratamento de Esgoto.

‘‘busão’’

Vereadores de Terenos tomam assento no ônibus de Delcídio

Adão Rodrigues/Jornal Impacto

Em reunião ocorrida ontem (09) pela manhã no Hotel Buriti, integrantes da Câmara de Vereadores de Terenos filiados o PR (Partido da República), PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro) PROS (Partido Republicano da Ordem Social) confirmaram apoio ao pré-candidato a governador Delcídio do Amaral (PT). Clayton Cleone Melo Welter (Caco – presidente da Câmara), Luiz Carlos Paulo da Silva (Luizão) e José Agostin da Costa Neto, cientes da responsabilidade da nova ordem administrativa que o Estado

de Mato Grosso do Sul terá a partir de 1º de janeiro de 2015, anunciaram o apoio após consulta realizada às bases. Caco, Luizão e Neto, mais 33 prefeitos e 16 vice-prefeitos estiveram com o senador Delcídio apontando quais são as mudanças que gostariam que fossem realizadas nas áreas da educação, saúde, segurança pública, geração de emprego e renda, além de moradia. Os três representantes da Câmara Municipal de Terenos reputam como sendo de grande importância a exe-

cução de um governo participativo, que saiba ouvir e transformar em ação as reivindicações oriundas das câmaras municipais. “Nós conhecemos a realidade do nosso município”, argumentaram. Além do compromisso assumido com o senador e pré-candidato a governador Delcídio do Amaral, Caco, Luizão e Neto vão defender no município do projeto de reeleição do deputado federal Vander Loubet (PT). “Vander um político que trabalha pelo Estado”, justificaram os vereadores.

Delcídio e Vander terão apoio dos vereadores de Terenos, Neto, Caco, Luizão

10_  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you