Issuu on Google+

MUNICÍPIOS CAMPO GRANDE

Iniciativa partiu dos técnicos da Semadur que atuam no CEA Anhanduí, devido à ocorrência frequente de animais peçonhentos

Semadur promove palestras sobre o manejo de animais peçonhentos

A

Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Semadur), por meio do Centro de Educação Ambiental Anhanduí – Parque Anhanduí, promoveu neste mês palestras com o objetivo de orientar e esclarecer quanto aos cuidados necessários para o manejo correto de animais peçonhentos que podem ser encontrados nos parques e áreas verdes da Capital. Participaram das palestras guardas municipais que atuam nos parques municipais, agentes da Defesa Civil Municipal, brigadistas da Brigada de Combate a Incêndio Florestal e técnicos da Semadur. A iniciativa em promover as palestras partiu dos técnicos da Semadur que atuam no CEA Anhanduí, devido à ocorrência frequente de animais peçonhentos na área urbana. Para ministrar o curso, foi convidada a professora doutora em Biociência da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Vanda Lúcia Ferreira. A professora explicou a importância em saber identificar as espécies e adotar os procedimentos necessários para que não ocorram acidentes “É importante identificar as espécies, uma vez que estes profissionais estão suscetíveis ao contato com as mesmas e

Reprodução

Durante as palestras foram abordados temas como: serpentes peçonhentas e não peçonhentas

desmistificar os mitos em relação aos animais”, destacou Vanda. Hélio Daher, coordenador da Defesa Civil Municipal, enfatizou relevância do tema tanto para a Guarda Municipal como para a Defesa Civil “O conhecimento em saber lidar com esses animais é de suma importância, pois muitas vezes necessitamos auxiliar

no manuseio das espécies evitando assim acidentes com a população”. Para Osmar Martins, professor e técnico da Semadur, as palestras esclarecem muitos mitos e verdades com relação a estes animais. “Primeiro, devemos conhecer sobre os animais e quais os cuidados necessários para a nossa segurança e segundo que devemos proteger

os mesmos, pois são importantes para o meio ambiente”, completou. Durante as palestras foram abordados temas como: serpentes peçonhentas e não peçonhentas; o reconhecimento, mitos e verdades; medidas necessárias para evitar acidentes; em caso de acidentes quais procedimentos devem ser tomados, entre outros.

SÃO GABRIEL DO OESTE

Prazo para a declaração anual do MEI acaba nesta semana A Prefeitura de São Gabriel do Oeste por meio da Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços alerta para o prazo para a Declaração Anual do Simples Nacional do MEI (DASN-SIMEI), que se encerra nesta semana. Em todo o Estado de Mato Grosso do Sul pouco mais da metade, 29.869 dos 56.252 empreende-

zefotograforochedo@gmail.com

dores individuais prestaram contas à Receita Federal, segundo o SEBRAE. Em São Gabriel do Oeste, de acordo com a Secretaria são 509 micro empreendedores individuais. Ainda segundo a secretaria, uma equipe do SEBRAE esteve em São Gabriel para dar orientação aos interes-

sados e ofereceu atendimento aos interessados. O processo é obrigatório e aquele que deixar de enviar a declaração dentro do prazo será multado em R$ 50, taxa gerada no ato da transmissão da declaração fora do período legal. No entanto, há um abatimento de 50% no valor caso

seja pago até o dia do vencimento da penalidade. Os interessados devem procurar a Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços, no prédio administrativo da Prefeitura Municipal, no bloco C sala 8. O horário de atendimento é das 8h às 17h. Mais informações através do telefone 3295-2111.

CADERNO C2 Terça-feira, 27 de maio de 2014

E-mail: jornalimpactoms@hotmail.com

DOURADOS

Murilo exalta potencial da Expoagro na economia douradense “Essa feira retrata a história de Dourados, o crescimento do município”, afirmou o prefeito Murilo Zauith, na abertura da 50ª Expoagro (Feira Agropecuária Industrial de Dourados). Ele lembrou o tempo em que exposição era pequena, num terreno na Avenida Marcelino Pires. “Hoje com toda a sua grandiosidade retrata a realidade do agronegócio em Dourados”, disse Murilo. A Prefeitura é parceira da exposição. O prefeito disse que a administração municipal está criando ambientes de confiança, que favorece os investimentos. “Os investimentos chegam porque hoje Dourados caminha com as suas próprias pernas e com a força dos empresários. Por isso cresce e quem investe em Dourados se dá bem”, afirmou. Murilo também falou da economia diversificada de Dourados hoje, que atrai negócios de todas as áreas todo dia. Ele destacou a força da classe empresarial. “Dourados está na ponta em todos os índices econômicos; isso é graças também ao esforço do empresário que trabalha e investe na cidade”, afirmou. Murilo citou o exemplo da Caixa Econômica Federal, que tem o município de Dourados como o seu maior cliente. A Caixa está aplicando em Dourados R$ 260 milhões em habitação e asfalto. Na gestão de Murilo a Caixa abriu mais duas agências em Dourados, uma na Avenida Marcelino

Pires e outra na Rua Hayel Bon Faker, com investimento de mais R$ 12 milhões. O superintende da Caixa, Paulo Antunes, informou ao prefeito, na feira, que o feirão de imóveis realizado na semana passada em Dourados foi um sucesso, gerando R$ 60 milhões em negócios. Ainda na solenidade, o prefeito foi cumprimentado pelo presidente do Sindicato Rural, Marisvaldo Zeuli, pela parceria da Prefeitura na realização da Expoagro. Murilo reafirmou a disposição de continuar apoiando sempre o setor produtivo de Dourados. Após a solenidade de inauguração, Murilo caminhou pelo parque com as autoridades, onde observou o crescimento no tamanho da feira. Também foi à Exposhopping, onde a Prefeitura mantém um estande para mostrar a produção dos pequenos agricultores e o artesanato da economia solidária. No estande, onde também há atendimento da Secretaria de Saúde e da Assistência Social, Murilo recepcionou os visitantes. A Expoagro acontece até o domingo, 1º de junho, no Parque de Exposições João Humberto de Carvalho, com exposições e comercialização de uma gama variada de produtos, de máquinas a artigos pessoais. É a feira mais diversificada do Estado e uma das maiores do Centro Oeste Brasileiro. São 140 expositores e previsão de público de 130 mil pessoas. A. Frota

De acordo com Murilo, “Dourados está na ponta em todos os índices econômicos”


10_