Page 1

P A A N P E L P A D D E

C O N C U R S

U O R N S A S S R P E

P P R E N T A R L T E M E N T O S E N I T O V O N T A DE G O N J O S T

Para anunciar: 8234.1852 (Vivo) / 9979.4724 (Tim) Acesse: www.impressometropolitano.com.br ......................................................................................................................................................................................................................................... PÁG. 03

CDs na

PÁG. 10

Tecnologia

PÁG. 15

Lazer

P P

Leia e divirta-se

U

E

R

T

N

A

PÁG. 04

R

T

E

AGENDA CULTURAL

O

S

Sua Empresa na Rede Show de P A C OO N A M E NE ON T A D EN S S T O N T O Recife/Olinda Mundial de Computadores A E N Piadas V E S G C P L P DA S R J O A S N U ......................................................................................................................................................................................................................................... A C E J E R S

B

P

O

A

B

L

P

R

E

U

R

F

A

L

O

L

N A

B

O E

L X

V

M H I

C

M

A

A

O

A

N S

R

U

E

B

R

R

G T

V I

S A

I L

R

R

A

U A

O

I

M

D N

Z

A

A

A

2/t R

D

A

ROTEIRO MENSAL DE CULTURA, NEGÓCIOS E LAZER DE PERNAMBUCO 45

Distribuição GRATUITA / DIRIGIDA

.........................................................................................................................................................................................................................................

Por Walter Eudes

Estreia do quadro “Artigo”, inaugurado com a colaboração do cineasta e comunicador social Walter Eudes. ............................................................................................................ SAÚDE Pág. 13

O principal objetivo da massagem estética corporal é a oxigenação das células através da circulação sanguínea

............................................................................................................ OPINIÃO Pág. 07

MARKETING, POLÍTICA E ELEIÇÕES Por Sérgio Jardelino

............................................................................................................ HISTÓRIA Pág. 05

MEMÓRIAS

Com Plínio Victor

Como seríamos se, a cada dia, acordássemos com a memória zerada? ............................................................................................................ TURISMO Pág. 11

TURISMO EM PAUTA

Com Sylvia Wolfenson

Os serviços são bastante acessíveis e até irrisórios dentro dos gastos gerais. Pág. 08 e 09 .........................................................................................................................................................................................................................................

.)

BEM ESTAR A Estética e o Esteticista

a durada alizntura i a c op.) (p

“Sou o típico representante Olindense”

ARTE ALÉM DO ESPETÁCULO

ro hei Din pop.) (

Di Farias

Leia ainda nesta edição:

............................................................................................................ ARTIGO Pág. 03 , em pai s Pa inglê

Entrevista com

e iqu ido r ma na e A ena l Bo

Pernambuco, outubro de 2012 - ano 01 n° 02

e.

a h P)

D

E

ão

D

I

N

luç

P

T

L

So

Praça

R


02 Editorial /

Saulo de Tarso

Pernambuco, outubro de 2012 ..........................................................................................................................................

Mote:

Metamorfose Ambulante

S

audação pernambucana! É impossível descrever a alegria que sinto por participar do editorial deste roteiro. Vamos ao mote: “Eu prefiro ser esta metamorfose”... Remetemos este momento à música “Metamorfose Ambulante” de Raul Seixas, o saudoso “Maluco Beleza”. Acreditamos que o poeta, entre outras coisas, referia-se à necessidade da constante evolução ideológica, do desapego ao que um dia pode se tornar padrão. O roteiro olindense Impresso Popular, hoje Impresso Metropolitano, compartilha do mesmo pensamento. Diante disso, é com grande satisfação que comunico o fato do nosso jornal estar passando por uma necessária reformulação, contando, agora, com a ajuda de dois novos integrantes em sua diretoria. A partir de então, iremos aumentar o número de páginas, bem como a tiragem de nossas edições, com a finalidade de ampliar a cobertura para a cidade do Recife. Apresentamos, já neste mês, uma reformulação de boa parte do conteúdo. Nesta nova fase iremos contar com mais de 10 colunistas nas mais variadas áreas, inclusive com blogs especializados. Da mesma forma, o jornal on-line passou por uma série de restruturações, a fim de possibilitar o atendimento aos leitores e clientes da melhor forma possível. Esperamos, até o final do ano, atingir pelo menos 05 municípios do Estado de Pernambuco. Toda nossa equipe está fortemente empenhada no crescimento do nosso jornal e esperamos atender à todas as expectativas depositadas em nós por parte dos leitores e clientes. Conscientemente preferimos mudanças constantes do que ter “aquela velha opinião formada sobre tudo”.

............................................................................................................

Confira nesta edição: Artigo do cineasta e comunicador social Walter Eudes - Arte Além do Espetáculo, onde o autor retrata com êxtase a particularidade de se conceber uma obra de arte. O quadro Opinião - Marketing, Política e Eleições, do publicitário e radialista Sérgio Jardelino. Forte abraço e boa leitura.

EXPEDIENTE

Edição e Diagramação: Emanuel Sacramento Desenvolvedor Web e Arte: Saulo de Tarso Administração e Comunicação: Natália Borba Diretor Executivo: Felipe Borba Revisão: Rubens Sacramento Agenciador: Lion Antônio Site: www.impressometropolitano.com.br Cartas à Redação: impressometropolitano@gmail.com Colaboradores desta Edição: Plínio Victor / Walter Eudes / Taís Brenner / Aida / Samuel Calado / Taís Brenner / Mateus Ramos / Cacau Rivas / Sylvia Wolfenson / Sérgio Jardelino

PONTOS DE DISTRIBUIÇÃO - Em bancas de revista localizadas nos bairros:

RECIFE - Bairro da Boa Vista / Bairro de São José / Recife Antigo / Av. Caxangá / Imputinga / Cordeiro / Aflitos / Espinheiros / Jaqueira / Casa Amarela / Encruzilhada / Casa Forte / Boa Viagem OLINDA - Peixinhos / Varadouro / Sítio Histórico / Carmo / Bairro Novo / Bultrins / Ouro Preto / Jardim Atlântico / Casa Caiada / Rio Doce

FALE CONOSCO

E-mail: impressometropolitano@hotmail.com PARA ANUNCIAR Fones: (81) 8787.0020 (Vivo) - 8234.1852 (Vivo) 9979.4724 (Tim) VISITE O SITE - www.impressometropolitano.com.br


Artigo ....................................................................................................... Por Walter Eudes - Comunicador Social

CDs na Praça

03

Título: O COCO ORIGINAL Autor: Zé de Teté Trabalho autoral do mestre limoeirense Zé de Teté. Ritmado com vocal, ganzar, zabumba, padeiro, e palmas, o disco conta com a participação especial da cantora Kátia Rodrigues.

Arte além do espetáculo

P

or ser condição inerente ao ser humano, seja em sua individualização ou em sua socialização, por surgir junto ao primeiro ato “mais-que-animal” da humanidade, portanto primordial na epopeia civilizatória Terrena, é (ou parece ser) a Arte, das conceitualizações mais complexas que há no arcabouço surgido há mais de 30.000 (trinta mil) anos de nossa jornada simbólica/técnica. Nunca cessou a Arte de transformar-se e de transformar a todos indivíduos indiferentemente de suas especificidades pessoais. Assim que ao artista, a artista cabe uma tarefa colossal que poucos de fato a alcançam... Está muito mais além que o mero espetáculo e sua meta é muito mais que efêmeros aplausos calorosos e/ou fugazes holofotes potentes. Do nascedouro de uma obra de arte, à tarefa de arquiteta-la, concebe-la, exibi-la e vivenciar seus desdobramentos, em cada etapa é posta a prova todo um referencial de vida de quem faz Obras de Arte: noções de mundo, ideologias, conceitos e pré-conceitos, religiosidades (se houver), objetivos pessoais, base teórica, experiência prática e etc. E junto com este “universo paradigmático” do Artista, da Artista está também na obra de arte concretizada as características específicas de uma antropologia determinada, de uma sociologia, economia e política a qual está quem cria vinculado, embasado - seja o artista consciente ou não disto. Ainda: estruturas universais coletivas humanas, antiquíssimos ou recentes, a exemplo dos arquétipos que,

diga-se, ao jovem artista confunde-se consigo mesmo, as vezes atribuindo este jovem artista a si unicamente certa originalidade e maestria que na verdade não lhe é exclusiva ( foi a Arte que lhe concedeu a permissividade ao usufruto de milênios, séculos de construções estéticas, não lhe pertence, é coletivo!). Então que o ato de “fazer obras de arte” é tarefa para poucos. Muita gente se arvora em ser e se intitular de artista profissional, geralmente confunde Arte com outros objetivos e atividades humanas que a nada ou quase nada levam o público espectador da obra no âmbito estético, sendo raro aquela vivência do público a experimentar e perceber uma totalidade complexa do ser e da obra, daquilo que o artista vivenciou com profundidade. O que vemos muitas vezes, geralmente são talentos admiráveis que ainda não romperam este limiar da pseudoarte... Mas é a Arte uma atividade humana intrínseca a todos os indivíduos, que a experimentam constantemente em sua dimensão estética.... Assim que, há um Artista uma Artista em cada um de nós e à grande maioria não cabe o rigor e a exigência da crítica e da sociedade quanto ao nosso proceder estético. Porém, ao profissional da arte, lhe é devida obrigação, entre outras, de profundo vivenciar com seu tempo, sua gente, bem como outras épocas e outras formações culturais quando está a criar. O artista e a artista consciente de suas implicações sociais, busca bem além que fugazes e efêmeros aplausos simplórios.

Título: COM AMOR Autor: Caetano Xavier O autor remete este trabalho às apresentações típicas de barzinho explorando clássicos da nossa MPB como: Memória da Pele (João Bosco) e Céu de Santo Amaro (Flávio Venturini).

Título: CORAÇÃO NORDESTINO Autor: Aracílio Araújo Com músicas autorais e participações de peso como: Alceu Valença, Genival Lacerda, Paulinho Leite, Cristina Amaral e Arlindo dos Oito Baixos, este trabalho de Aracílio Araújo destáca-se no gênero.


04

AGENDA CULTURAL RECIFE / OLINDA

.......................................................................

.......................................................................

.......................................................................

.......................................................................

....................................................................... Em cartaz - Além da Liberdade

.......................................................................

Matador | 19 à 23 de Setembro Com direção de Herson Capri e Susana Garcia, a peça encenada pelos atores Gustavo Falcão e Daniel Dias narra o encontro entre um toureiro e o seu oponente, um touro bravio em plena arena. O toureiro (El Niño) é gravemente ferido no começo do embate e, a partir daí, inicia-se um diálogo entre os dois. Ambos foram preparados a vida inteira para este confronto, em nome de uma grande arte. Entretanto, eles passam a questionar os valores que lhes foram repassados e até mesmo o sentido dessa grande arte para o mundo de hoje, levando-os a um embate de idéias e a um final emocionante e poético. Horário:19 à 23/09/2012, de quarta-feira ao sábado, das 20h e no domingo às 19h Ingressos: 20 (inteira) / 10 (meia) Informações:(81) 3216-1708 Local: Teatro Marco Camarotti / Sesc Santo Amaro

.......................................................................

Menopausa Conjugal | Adulto – Até Novembro Chupingole e Jurema Fox se conhecem no mundo dos shows noturnos, se apaixonam e decidem se casar. Convidam um padre que é atrapalhado pela dama de honra na hora da cerimônia. Entrada: Até novembro. R$ 40 e R$ 20 (meia). Horário: Sábados, às 21h. Domingos, às 20h. Informações: (81) 3222-1200. Local: Teatro Valdemar de Oliveira – Praça Oswaldo Cruz, 412, Boa Vista.

Título Original: The lady, 2011, FRA, ING Direção: De Luc Besson Elenco: Com Michelle Yeoh, David Thewlis Gênero: Drama Duração: 132 min Classificação Etária: 14 anos A história de Aung San Suu Kyi, como ela se transformou em um ícone da democracia e sua relação com seu marido, o escritor Michael Aris.

....................................................................... Em cartaz - Caravaggio Título Original: Caravaggio, 1986 – Reino Unido Direção: De Derek Jarman Elenco: Nigel Terry, Sean Bean, Michael Gough Gênero: Drama Duração: 93 min Filme artístico que mostra de uma forma pessoal a vida e obra do de Caravaggio.

....................................................................... Em cartaz - Em Busca do Ouro Título Original: The gold rush, 1925 Direção: De Charles Chaplin Elenco: Com Charles Chaplin e Henry Bergman Gênero: Romance Duração: 1h 14min Clássico de Charles Chaplin tem exibição especial no Cine São Luiz. Na trama, Carlitos se aventura em meio à corrida do ouro de 1898, e junto ao gordo McKay, passa por confusões, tempestades de neve e até uma paixão por uma bailarina.

As Mulheres de Benício – 18 de setembro até 21 de outubro A exposição ‘As Mulheres de Benício’, traz 65 obras originais do artista, mas em outra vertente de seu trabalho: o de ilustrador de capas de livros. Benício trabalha com tinta guache sobre papel algodão e ficou conhecido pelas mulheres sensuais que retratava, tendo sido um dos principais ilustradores da época das pornochanchadas.

....................................................................... Mostra Minha Cabeça Nossa Natureza | Até 14 de Outubro As obras é uma produção dos pacientes psiquiátricos do Hospital Ulisses Pernambucano (HUP), do bairro da Tamarineira, usuários dos Centros de Apoio Psicossocial (CAPs), e as peças de Christina Machado. Nas obras são utilizados objetos de barro, instalação, pinturas, vídeos e fotografias retratam os sentimentos das pessoas.

....................................................................... Museu do Mamulengo – Todos os dias O Museu do Mamulengo – Espaço Tiridá apresenta acervo de mais de 1,5 mil bonecos em uma estrutura de sete salas para exposição, além de auditório para 50 pessoas, sala de aula, biblioteca, área para oficina e jardim.

Envie o material de divulgação da sua exposição, peça de teatro, livro ou disco, para o e-mail (impressometropolitano@gmail.com) da curadoria deste impresso e faça parte da Agenda Cultural. É totalmente gratuito! Informações: (81) 8787.0020


Memórias

..................................................................................................................................... Por Plínio Victor

05

........................................................... Pernambuco, outubro de 2012

Memória serve pra que?

C

omo seríamos nós se a cada dia ao acordarmos com a memória zerada, tivéssemos, ainda assim que dar continuidade ao que, ontem, foi deixado para continuar hoje? Não precisa tanto, digamos, se a cada dez anos zerássemos a memória ? Como iríamos somar, multiplicar, torcer pelo time de futebol, reconhecer o pai a mãe o filho? A nossa memória, a de cada um de nós, foi acumulada dentro de nós, no nosso “disco rígido”, à medida que fomos vivendo, e ela, a memória de cada um é indivizivel e intransferivel, pois é fruto da dor que só doi de uma só vez em cada um de nós, da alegria, medos, momentos felizes. Não há como sentir a dor ou a alegria na mesma intensidade com a qual são sentidas a dor e a alegria por seus donos. Todavia, nos queremos torcendo pela Seleção Nacional de Futebol, Admirando ou odiando Lula. Como, se para gostar, odiar, é preciso recorrer à minha memória própria e de lá tirar as motivações que são só minhas, que me levam a odiar ou amar, advindas de segredos tambem que jamais contarei a quem quer que seja? São 7 bilhões de cofres de memórias, seguramente mais individuais e díspares do que as impressões digitais. Ora, como então torcer pela Seleção se somos tão individualmente indivíduos? Como posso então gostar ou odiar Lula, em comum com tantos, os que gostam, ou os que odeiam? O que une os indivíduos, díspares, dentro de um e dos dois grupos? A nossa vivência, mesmo do ponto de vista individual, é vivida em encontro ou confronto com outros,

em casa , na rua, no trabalho, nas eleições, no futebol, no carnaval. Essa vivência dos indivíduos, em perene necessidade dos outros, e se se falar no campo da libido então, constrói uma memória que, apesar de vista por pontos únicos e individuais de visão, tece um fio, mesmo que tênue entre todos os membros de uma mesma comunidade. É então uma memória coletiva. Todos sabem mutuamente, os motivos que levam uns a odiar e a outros a admirarem Lula, pois Lula é uma construção memorial que funciona no coletivo, para um lado ou para o outro. Todos sabem se posicionar apaixonadamente sobre Lula por ser uma memória nacional, não recente, mas, mais, contemporânea, imbricada com as nossas vidas. E a memória nacional, ou seja, aquela que não foi acumulada não por mim durante o meu tempo de vida, mas por outros que não vivem mais, e que, no entanto, me foi repassada para que eu hoje saiba porque eu devo ou não me sentir brasileiro? Onde estão os elementos palpaveis não só por especialistas, os quais sabem onde acha-los, mas pela população, pela massa que se querem educar, politizada, não alienada? Em que museu ou equipamento cultural, como se diz hoje, estão expostos os elementos documentais que deixem explicitados aos pernambucanos que Frei Caneca foi o herói que os discursos ufanistas dizem que foi? Eu não poderia tirar as minhas conclusões construindo assim minha memória? Ou o que me resta é tão somente responder a um turista que é porque é, foi porque foi? Se criaram um feriado é porque foi. Durante muito tempo se engoliu que a Casa Vermelha da praça de São Pedro em Olinda,

uma casa de estilo eclético, por ser algo germânico, fantasia arquitetônica do início do século XX, ou fins do XIX, tinha sido a residência de Maurício de Nassau, o Governador alemão da Companhia das Índias Ocidentais, que ocupara o Nordeste no século XVII, fincando sua sede administrativa no porto de Olinda, no arruado dos Arrecifes dos Navios, para tirar o prejuizo causado pela guerra na Europa, quando a Espanha, dominando Portugal e o Brasil, estancara os investimentos de seu inimigo, os Paises Baixos - Holanda, no Brasil, no financiamento holandeses do tráfico de escravos, montagem de engenhos e importação do açúcar nordestino bruto, que escoava pelo porto de Olinda para refina-lo e distribui-lo na Europa. A invasão se deu quando o Nordeste e notadamente Pernambuco já elaborava uma identidade sócio cultural de um século, 1535 - 1630, carregada de todo o ódio desenfreado à época entre calvinistas, luteranos,e católicos, ainda com a inclusão do judeu, os quais, para os dois grupos de cristãos, eram rejeitados porque haviam matado Cristo.O choque da invasão para a população de mazombos, como eram conhecidos os lusos brasileiros, os nascidos aqui, foi violentamente de natureza cultural, provocado pela arrogância racial e nenhuma habilidade de comerciantes em busca do que lhe haviam roubado, ou seja os seus investimentos financeiros empregados aqui, emprestados a Portugal que a Espanha, agora dona de tudo não reconhecia mais. Olinda ardeu em chamas mas não se rendeu. Estes eventos não fazem parte dos nossos acúmulos individuais mas de um acúmulo coletivo formado

Foto: Convento São Francisco / Olinda - PE pelo conjunto daqueles que passaram por salas de aula e tiveram que decorar esses fatos para passarem de ano. E como fica a cobrança sobre a população com relação à sua obrigação em preservar aquilo que lhe dizem ser patrimônio seu, memória sua, se aquilo não faz parte do seu acúmulo memorial? O choque cultural fez a população atender aos interesses do senhores de engenho em armas contra os invasores, e a enfileirarse em seus terços militares e na novidade , à época, para os holandeses, da guerra de guerrilhas, emboscadas, diuturnas. Pernambuco comandou a guerra e garantiu a integridade territorial nacional. Em 2010, o presidente Lula assinou o decreto que determina Olinda Capital Simbólica do Brasil a cada 27 de janeiro, o dia da expulsão dos holandeses. Em recente achado fortuito, durante obras no pátio do convento franciscano (foto), encontrou-.se os restos do convento primitivo destruido pelo incêndio ateado à cidade pelos holandeses. Essas ruinas

são documentos palpaveis à vista permanentes de todos, elucidativas, formatadoras de discurso e de memória coletiva que se quer que exista para tecer os fios imprescindiveis ao sentimento coletivo de Nação. Quando quizerem. Atualmente relegadas, essas ruinas servem para os conhecidos “guias das Olindas” ganharem o pão de cada dia, transmitindo aquilo que eles têm como acúmulo memorial para os outros,formatando memórias noutros, são agentes de arrumação de uma memória nacional de apelo turístico. Tanto o título e a condição de Olinda como Capital do Brasil a cada 27 de janeiro, como as ruinas do São Francisco, são documentos, instituido um, recuperado o outro, solenemente sonegados ao acúmulo da memória individual e coletiva dos brasileiros, dos quais se cobram compromisso, entendimento e obrigação em preservar um dito tal patrimônio nacional seu, que ele não identifica nem sabe onde acha-lo, alem do casario mudo da cidade.


06 Bom Gosto Mateus Ramos

Empresário do ramo imobiliário

Moda em

Evidência Cacau Rivas

Formada em Gestão de Empresas, Dona da marca Cereja Glam e blogueira.

Cozinhas Compactas NEON FEVER Ambientação do espaço trás um tom de modernidade ao imóvel.

A

cada dia os imóveis construídos estão cada vez mais compactos e as cozinhas estão seguindo o mesmo padrão, as cozinhas de apartamentos são super pequenas e o que fazer na hora de decorar e organizar? Uma opção são as cozinhas planejadas, pois são feitas para caber todos os utensílios necessários ao dia-dia, os móveis são desenhados conforme o tamanho do ambiente e o desejo do cliente.

Há empresas renomadas neste tipo de serviço e há também quem prefira utilizar os serviços de um marceneiro vai a critério de cada um, mais o importante mesmo é a funcionalidade do local e organização de quem vai usufruir do local, pois não há nada mais complicado do que na hora de fazer algo na cozinha e não saber onde estão os utensílios. Uma interessante observação é que imóveis que possuem cozinha planejada na hora da venda são mais atraentes ao comprador, estar alinhado com as novidades do mercado para a ambientação do espaço trás um tom de modernidade ao imóvel.

Veja mais dicas no blog: www.capibaribeimoveis.blogspot.com.br

T

odas às vezes que o Verão começa a se aproximar, as cores neon já começam a aparecer. Nas passarelas, nas ruas e Academias, o neon tem predominado. Algumas dicas que podem lhe ajudar na hora de compor o look:

Para as mais ousadas, use neon com neon, mas se você é mais discreta, Combine o neon com cores neutras como: branco,preto,off white e tons terrosos. Os terrosos ficam lindos ao lado do neon!!! Se você quer que o look fique discreto, mas não quer ficar de fora dessa tendência, pode deixar o neon apenas no acessório. Aproveite os maxi colares, eles estão em alta e os modelos com pedras neon dão um up numa T-shirt ou camiseta básica. Aposte também nas lingeries. As de rendas são as mais lindas! Mas é na praia que você pode e deve abusar dessas cores! Invista nos biquínis, bolsas e chinelos. O neon é a cor do Verão! Se joga nessa tendência...

Leia mais sobre este artigos no blog: www.blogdacacaurivas.com.br

MODA Por Taís Brenner

Jornalista e empresária

Promessa de Cores

A

vontade de ousar nesta próxima estação vai ser uma oportunidade para todas as mulheres que gostam de estar na moda. E a estação primavera/verão é para quem gosta de estar no estilo. E as coleções para a primavera/verão – 2013. Promessas de cores, materiais, texturas e estilos que vão ganhar espaço nos looks femininos na estação mais “caliente” do ano. O nosso inverno já se foi agora é só calor, mas não poderia deixar de dar o meu pitaco sobre o que rolou nas passarelas e fazer um resuminho pra vocês! Sei que as mais antenadinhas, já sabem de cor o que vai ser hit no próximo verão, e as adiantadinhas já estão incorporando algumas peças no armário, desde já! Mas, pra quem ainda não está por dentro, aqui estão as dicas e tendências do que vai ser moda no próximo verão! As mais fortes e maiores tendências são: estampas florais, estampas de pássaros, as estampas de lenços estão invadindo todas as peças, desde vestidos até shorts, saias e blusas! O verão continuará ultra colorido as cores que predominarão serão: laranja, amarelo, verde, e azul Royal. O volume do Peplum e a sensualidade das saias mullet estarão em alta no verão 2013. Algumas peças, já estão causando sensação nesta temporada, outras, serão repaginadas, as peças artesanais virão mais sofisticadas, com mais estilo. Os plissados; os tops cropped; a cintura alta; o mix de estampas; os decotes e fendas profundas, as saias e vestidos longos, materiais metalizados e brilhantes, os conjuntos de blusa e saia ou calça, com a mesma cor ou estampa e as hot pants, continuarão presentes no verão 2013.


Opinião Sérgio Jardelino

Publicitário e Radialista.

E

ra o início dos anos 1970 e no Recife apareceu um jovem carroceiro, com sua simpátia e imenso tino político veio a se tornar um mito na cidade, elegeu-se Vereador por várias vezes e por fim disputou e perdeu um cargo de Deputado Estadual. Estou falando de Braz Batista, um negro forte e alto, que simplesmente num tempo em que não se falava em Marketing, em Propaganda Politíca , foi um doutor na arte da própria divulgação. Braz, depois de eleito, optou por uma prática clientelista e com uma ambulancia dedicou varios anos da sua vida ao povo do Recife, sempre nos momentos difíceis da cidade , lá estava Braz sempre pronto a atender ao povo e praticar (ainda que

não soubesse disso) o mais puro Marketing. A maioria das pessoas não sabe o verdadeiro significado do termo Marketing Politico, confunde com Marketing Eleitoral e muitas vezes credita ao profissional de Marketing o sucesso ou o fracasso de candidatos a cargos eletivos. Não é verdade que o Marketeiro, como são conhecidos esses profissionais, sejam os responsáveis pelo sucesso eleitoral dos candidatos, alguns vindos de famílias tradicionais com irmãos, tios e parentes próximos que já ocuparam cargos públicos. Chamados sempre na úlitma hora, o Marketeiro simplesmente esboça um planejamento de campanha, emite um ‘’ briefing ‘’ para a Agência de Propaganda responsável pela criação

Pernambuco, outubro de 2012

07

MARKETING, POLÍTICA E ELEIÇÕES das peças promocionais da campanha e por fim em alguns casos assessora o candidato no dia-a-dia da campanha e em debates em veículos de comunicação. Não raramente aparecem correndo de um lado para o outro em comícios, nos debates, nas carreatas em todos os locais por onde passa o candidato, algumas vezes até escreve discursos, analisa e traduz números de pesquisas e elege metas a serem perseguidas pelos candidatos. Mas, dai a se dizer que são os respnsáveis pela qualidade dos políticos que se elegem no pais, para mim é exagero. O Ex Presidente Fernando Collor de Melo, um alagoano de familia tradicional, dono de vários veículos de comunicação, acostumado a lidar com pu-

blicitários, jornalistas e artistas plásticos é o mais claro exemplo de que o Marketing não faz o político. Quem viveu o inicio dos anos 1990 conheceu um jovem arrojado, caçador de marajás, pronto a defender os interesses nacionais acima de tudo, só não imaginava que por tras dele havia todo um aparato de profissionais de marketing ajudando-o a cristalizar toda essa imagem. Não foi o Marketing Politico que fez Collor, mas sim ele próprio que soube mais do que ninguem naquela época usar todas as ferramentas necessárias a consolidação de sua imagem. Como não tinha conteúdo, era fruto da propaganda política, logo saiu de cena, na mais degradante situação a que pode ser submetido um político.

Essa crença no Marketeiro foi alimentada por alguns profissionais da propaganda que em pouco tempo viraram gurus de alguns candidatos, se mostraram mais ao publico e se venderam com infaliveis criadores de politicos vencedores. Esses profissionais, hoje estão em decadencia. Uma nova geração de bons profissionais está assumindo o marketing dos mais diversos candidatos sem interferir no conteúdo político dos mesmos, sem apresentar uma aura de semi-deuses e sobretudo aconselhando seus clientes a agir honestamente no mais legitimo interesse público. Esse sim, o melhor marketing que um candidato pode ter.


Entre

Por Emanuel Sacramento

E-mail: impressopopular@gmail.com

Di Farias

Um mundo fascinante se descortina em cada pincelada. .

I

O pintor pernambucano Di Farias, com seu estilo marcante, fez com que espectadores de todo o mundo observassem nossa cultura ao ser premiado no “Sfogato Festival de Arte de Cracóvia”, na Polônia, sendo o único representante brasileiro no evento.

mpresso Metropolitano -

Você é natural de Olinda? Di Farias - Sou recifense de nascimento e olindense de coração. Na verdade, eu considero Olinda com uma tia já que Recife é minha mãe. (risos)

IM - Quanto tempo faz que você

tem atelier montado em Olinda? DF - Faz oito anos que estou em Olinda e já me sinto olindense por isso.

IM - Quantos anos de vida e de arte você tem? DF - Dos 42 anos bem vividos que tenho, vinte deles foram dedicados à arte...

IM - Em relação à identidade?

DF - Hoje tenho uma identidade artística, as pessoas reconhecem minha obra sem ter que ler a assinatura. Isso é bom, na verdade todo artista busca por isso. A minha identidade artística se dá por conta das cores, pelo aparente geometrismo encontrado nas figuras, mas sobretudo na evidência do escorço, técnica que cria uma perspectiva oblíqua e que projeta a figura na direção do observador. Isso no meu trabalho é marca registrada.

IM - Fale-nos mais do escorço....

DF - O escorço é uma técnica de desenho que acentua a perspectiva. Foi muito utilizada no classicismo do século XV, depois voltou a ter grande visibilidade na Escola Mexicana através de um dos seus representantes, David Alfaro Siqueiros. Os americanos e japoneses também o divulgaram pelo cartoon e pelo mangá. Foi também popularizado mundialmente pelo grafite. Daí a relação da minha obra com o grafite. Porém fui buscar “na fonte”, no escorço.

DF - O foco mesmo é a pintura, porém não dá pra separar uma coisa da outra. Quando percebi que os personagens do meu trabalho começavam a sair do quadro, simplesmente resolvi tirá-los. (risos)

IM - E sobre sua fase atual?

IM - Como foi sua última viagem pra

DF - No momento eu crio um efeito onde se tem a impressão tridimensional, ainda que continue sendo manchas coloridas sobre uma superfície plana. Essa é minha fase atual e vocês irão ver com mais frequência.

IM - Pode falar sobre algumas influ-

ências do seu trabalho? DF - Estudei desenho no GAM (Grupo Aloísio Magalhães de Arte e Ofício) e fiz história da arte. Conheci e experimentei vários estilos, pesquisei museus e galerias. Estudei arte contemporânea no berço do Impressionismo. Desses estudos e experiências surgiu essa mistura que junta vários estilos e tendências formando minha linguagem e me

IM - Que técnica você geralmente

utiliza para confeccionar as esculturas? DF - Eu utilizo bronze, alumínio, concreto resinado e chapa de aço. As obras são projetadas para durar muito tempo.

fazendo crer que é possível encontrar um caminho. Pra isso é preciso aprender um pouco mais a cada dia.

IM - O que você chama de linguagem é um estilo? DF - Eu não rotulo como estilo nem defino como maneirismo mas, se tiver que ter um “ismo”, posso ver como um intencionismo que é uma forma de tentar fazer diferente o que tantas vezes já foi feito.

IM - Qual sua relação com as esculturas?

Europa? DF - Excelente! Levei trinta trabalhos desta fase, fui muito bem recebido, meu trabalho foi alvejado pela mídia e me rendeu matérias em jornais de expressão na França, Suíça e Portugal. Até fui premiado! Eles vibraram com minha proposta e isso, pra mim, foi muito gratificante. . IM - Quantos países, na Europa, receberam a exposição? DF - Inicialmente seria apenas Lisboa e Thoiry (sudeste da França). Porém surgiram outras exposições como a da Interhyve, no Cartier da ONU, em Genebra. O Sfogato Festival em Cracóvia, na Polônia e convite para a Bienal de Arte Brasileira de Bruxelas.


evista

IM - Como surgiu essa recente pre-

miação? DF - Estando em Barcelona, conheci o produtor do Sfogato Festival que se identificou com o meu trabalho e me convidou. Pra mim foi uma honra, já que eu seria o único representante brasileiro no evento.

IM - Pode citar um momento marcante nessa tournée? DF - Dentre tantos, na Espanha conheci a obra de Gadi, Pintei um quadro de frevo, ao vivo, em frente à sede da ONU em Genebra, que me gerou o convite para expor no Cartier por dois meses.

IM - Fale sobre as paradas da via-

gem. DF - De Lisboa, após conhecer o Castelo de São Jorge e comer pastel de Belém, segui pra Espanha. Em Madri visitei o museu Del Prado, depois, em Barcelona, a Igreja Sagrada Família, Las Ramblas e, é claro, a sede do “Barça”. Daí, segui para a França, .especificamente para Lyon e Thoiry. Em seguida , fui para a Suíça, onde visitei o museu

Pernambuco, outubro de 2012

Grogger e o Castelo de Gruyeres. No roteiro, a República Tcheca, para conhecer a arquitetura de Praga, e a Polônia, para participar do Festival de Arte de Cracóvia. Logo após, viajei para a Alemanha e depois de paradas em Berlin, Hamburgo, Bremmer e Dulseldorf, já estava na Holanda. Em Amsterdan tinha que conhecer o Rijksmuseum,o Museu Van Gogh e o burburinho noturno holandês. Dali fui pra Bélgica, parando na Antwuerpia e, em seguida, Bruxelas pra conhecer o Museu Bosart e la Avenue Louise. Então voltei pra França e após visitar o topo da Torre Eiffel, Museu D`osair,Georges Centre Pompidou, Museu Picasso e Salvador Dali, Montmartre e Notre Dame, passar um dia no Museu do Louvre e jantar às margens do Rio Sena, resolvi voltar para Olinda. Tá bom, né? Afinal de contas, ninguém é de ferro.

IM - Algum trabalho atual?

DF - No momento há convite para participar da Expo New York. Também fui convidado para expor na feira do Carrossel do Louvre (uma galeria subterrânea localizada em frente ao Museu do Louvre). Mas o que realmente estou focando nesta nova fase é uma exposição que pretendo realizar no Brasil, uma mostra individual onde apresentarei o que ainda não foi visto por aqui.

IM - Fale dos prêmios que você tem

em sua coleção. DF - Percebo que estou no caminho certo por conta do reconhecimento aos vinte anos dedicados à arte. Nesse período acumulei 22 prêmios.

À esquerda: obra pertencente a uma série exclusiva da construtora Guerra Rocha, foi encomendada para o edifício Praça do Aveiro/ Recife-PE. À direita: tela registra a fase atual do artista.

IM - Quando e qual foi o primeiro?

DF - O primeiro foi em 2000, com o Jubileu, num concurso de nível internacional promovido pela UNICAP.

IM - E o mais importante?

DF - Todo prêmio é importante, porém, o primeiro lugar no The Best Art Show in London me surpreendeu bastante.

IM - Tem noção de quantas obras

você já concebeu? DF - Totalizam 3.675 obras registradas, com trabalhos em 36 países. SERVIÇO: Contato do artista: (81) 9192.3265 E-mail: difariasatelier@bol.com.br


10

Tecnologia Por Saulo de Tarso

Desenvolvedor web, fotógrafo, editor de jornal e sócio diretor do Roteiro Impresso Metropolitano

Por Natália Borba

Sócia diretora do site www.caesdeclasse.com. br, bacharela em direito e sócia diretora do Roteiro Impresso Metropolitano

Sua Empresa na Rede Mundial de Computadores

Kennel Club PE

Exposição especializada da raça Rottweiler

A

equipe do site Cães de Classe se fez presente em mais um grande evento organizado pelo Kennel Club Pernambucano, sob direção do seu renomado presidente – Luiz Alexandre de A. Almeida. O local do evento foi o Parque Cinófilo Silvio Azevedo, Paulista-PE, tendo como árbitro a prestigiada Carla Lensi (Especializada da Raça) – Itália. Também contamos, mais uma vez, com a atenção do diretor do Kennel Club – Miguel Gondim, que nos recebeu com toda classe e também apresentou o evento do início ao fim, com maestria e elegância, traduzindo e repassando de forma impecável as palavras da árbitro italiana. O evento foi um show de beleza, com apresentações de cães belíssimos da raça Rottweiler, demonstrando a excelente qualidade genética mantida por parte dos criadores presentes ao evento. A árbitro foi bastante criteriosa em seu julgamento, observando todos os detalhes dos parâmetros da raça. Alguns cães se destacaram por sua perfeita qualidade genética, forma física e desempenho em pista, angariando diversos prêmios. A árbitro repetiu por diversas vezes o fato de alguns cães serem belos, mas que se encontravam um pouco acima do peso ideal para raça. Ela en-

fatizou que os cães da raça Rottweiler são cães de trabalho, portanto, tendo que haver disciplina por parte dos seus criadores em manter estes animais em constante movimento, bem como ter atenção máxima no que tange à alimentação, para que os mesmos tenham condicionamento físico ideal e disposição, consequentemente se portando da forma ideal em pistas de exposições. Também deram um show a parte os cães Cidra Paquito Von Peretzam, Lara Rack Carajás I e Thor Von Villa do Sol, todos do canil Von Villa do Sol, de propriedade do competente criador Jacques Fenelon Neto, que também faz parte da diretoria do Kennel Club Pernambucano. Não podemos deixar de mencionar os belíssimos exemplares da raça pertencentes ao canil Monteiro Toscano, mais uma vez se destacando em parceria com o Handler Jefferson Galdino e também os do canil Von Peretzam, que deram um show de beleza e porte altivo. Um cão que também nos chamou atenção foi o Tauros, o qual ficou entre os quatro melhores cães da exposição. Ele pertence ao canil Recanto do Monjope, dos proprietários Fabiana Rafaela e Silvio Cesar. Em breve o Kennel Club de PE realizará novos grandes eventos, onde a nossa equipe se fará presente prestigiando e cobrindo todo o espetáculo.

“O Brasil é o país que apresenta

maior crescimento, atualmente, no que toca a usuários de Internet.”

Um site na internet não é mais um luxo para poucos, e sim uma regra geral para empresas que querem sobreviver em um mercado cada vez mais agressivo e um mundo globalizado. O Brasil é o país que apresenta maior crescimento, atualmente, no que toca à usuários de Internet. Relativamente, este crescimento é maior até mesmo que o dos Estados Unidos. Com o aumento da interatividade, segurança e velocidade, aliado à redução dos preços cobrados pelo acesso à rede, a Internet deixou de ser um mero instrumento de pesquisa para tornar-se uma ferramenta de marketing e vendas muito poderosa. Ter uma página na internet se tornou indispensável para empresas de todos os tamanhos: grande, médio ou pequeno porte. Esta ferramenta possibilita comunicação junto ao seu cliente sobre os seus produtos e serviços, apresentando seus diferenciais. Mas

não basta ter um site “bonitinho” e esperar que chova clientes! Pelo contrário, ter um site na internet é apenas o primeiro passo para a empresa que está “engatinhando” no mundo virtual, é o começo de muito trabalho para que essa ferramenta seja utilizada de forma inteligente, que possa corresponder positivamente ao tempo e dinheiro investidos. Não é mais possível pedir ao “sobrinho de seu amigo que entende de computador” para fazer um site para sua empresa. Um site é a imagem de sua empresa na internet e, assim como você não compareceria à uma reunião de bermuda e camiseta, seu site deve ser o mais bem elaborado possível. Pessoas ligadas a área de comunicação afirmam, hoje, que as empresas que não aderirem logo a esta nova mídia tendem a perder mercado e, no futuro, podem vir a ter seus negócios seriamente prejudicados.


Turismo em Pauta Sylvia Wolfenson

Assistência de Viagens

X Seguro

E

Qual a diferença?

m primeiro lugar gostaria de agradecer aos editores deste jornal a oportunidade de transmitir um pouco do meu modestos conhecimento e experiência nesta área tão interessante e maravilhosa que é o turismo. Gostaria de esclarecer um pouco sobre um tema muito pouco debatido e que tanta confusão e transtornos já trouxe a alguns de nossos amigos viajantes. A grande maioria das pessoas desconhece o fato de haverem inúmeras diferenças entre a assistência de viagens vendida através das agências de turismo, e os seguro de viagem ofertados pelos bancos, corretoras de seguros e cartões de crédito de forma pouco clara (refiro-me às letrinhas miúdas contidas nas apólices e muito raramente lida pelos incautos). Os seguros oferecem sim uma garantia total quanto às despesas imprevistas realizadas em suas viagens sejam por problemas de saúde, jurídicos ou mesmo simples extravio definitivo de bagagens. Estes cumprem muito bem a sua obrigação de repor os gastos (dentro dos limites contratados) através de reembolso das despesas efetuadas após a devida comprovação no país de contratação. Por outro lado, a Assistência de Viagens, como bem expressa o nome, cuida de apoiar o viajante durante a sua viagem, seja através do envio de assistência médica adequada à necessidade apresentada, acompanhamento de um profissional da área jurídica ou mesmo suporte para aquisição de novos itens para utilização durante a viagem em caso de extravio de bagagens sem que haja necessidade do viajante efetuar desembolsos a serem reembolsados em seu retorno e os quais nem sempre estão disponíveis. Os custos destes serviços são bastante acessíveis e até irrisórios dentro dos gastos gerais de uma viagem bem planejada e os benefícios são, sem dúvida alguma, de extrema valia nos imprevistos.

www.swviagens.com.br

Recife Antigo: (81) 3224 1343 Boa Viagem: (81) 3325 9005

Literatura de Cordel

11

Com Sérgio Ramos

A MULHER DO CAPÃO Eu conheço uma matuta Capa macho de montâo Todo frango do puleiro Vai virar um bom capâo

No lugar que ela mora Já tem fama de dedão Quem pertuba nessa rua Ela mete um socão

Pra fazer esse ofício Tem que ter a boa mão Com o dedo mais comprido Chega até tirar o grão

A mulher ficou bem triste O seu dedo está durão A danada da artrite Vai parar a profissão

MOLEZA / DUREZA Quando é tempo de criança Só se vive na moleza Não espera que um dia Vai ficar tanta dureza

Já na fase de adulto Só aumenta a dureza E nem sonha que um dia Vai voltar para moleza

Chega agora a juventude Se descobre a dureza Fica tudo animado Não quer mais tá na moleza

Agora é a velhice Acabou toda dureza O seu corpo não aguenta Tudo agora é moleza

VELHO MILIONÁRIO Quando eu era criança De valor não entendia Moeda de chocolate O dinheiro eu só comia

Já na vida de adulto Muita coisa eu fazia Mas o pobre do porquinho De dinheiro não enchia

Quando chego a juventude O valor me agonia E atraz de um trabalho Pro dinheiro eu corria

Já na fase da velhice Um milhão me aparecia Tendo a vida tão regrada Ter dinheiro eu não sabia

Leia esses e outros artigos no site: www.impressometropolitano.com.br Conteúdo pernambucano original na Net é no site Impresso Metropolitano


Leia na próxima edição:

Kitesurf

Chave na Mão

É só vir escolher a cor da motocicleta Registramos aqui um bate-papo com o Sr. Luiz Fernando, gerente da F1 Motos autorizada Suzuki em Olinda, sobre a nova campanha que o Grupo Especial Chave na Mão traz para os pernambucanos.

A ONDA DO MOMENTO

O Kitesurf, cada vez mais popular em OLinda, faz a alegria dos banhistas e dos visitantes.

Kitesurf, kiteboarding ou mesmo flysurf é um esporte aquático que utiliza uma pipa, também conhecida como papagaio, e uma prancha com uma estrutura de suporte para os pés. A pessoa, com a pipa presa à cintura, coloca-se em cima da prancha e, sobre a água, é impulsionada pelo vento que atinge pipa. Ao controlá-lo, através de uma barra, consegue-se escolher o trajeto e realizar saltos incríveis. Este esporte, relativamente recente, encontra-se de momento com grande popularidade e uma prática crescente no litoral pernambucano. O kitesurf foi inventado em 1985 por dois irmãos franceses: Bruno e Dominique Legaignoux, mas apenas atingiu popularidade em 1990. O nome resulta da junção de duas palavras inglesas: “Kite”, que significa pipa e “Surf”, do verbo inglês “to surf”, que significa “navegar”.

Impresso Popular - Sr. Luiz Ferxima assembleia. nando, do que exatamente se trata IP – Além do Consórcio Nacional esta novidade? Suzuki, quais são os serviços ofeLuiz Fernando – Trata-se de um recidos pela loja F1 Motos? plano exclusivo para o modelo LF – A F1 Motos, atualmente, vem “Suzuki Yes 125cc SE” (Uma mopassando por uma transformação. tocicleta equipada com Além de oferecer toda lirodas de liga leve,freio a nha Suzuki de motocicleLuiz disco dianteiro, marcador tas tem uma oficina multiFernando de marchas e combustível marca, com profissionais além de outros opcionais), pilota desde qualificados e dotados de com um ano de garantia e 1972 e faz uma ótima estrutura física sem limites de Km. e ferramental. Temos tamparte do IP – Como funciona? bém um departamento de Motoclube motocicletas seminovas LF – São apenas 36 parBodes do celas de R$ 208,49. No com garantia. pagamento da primeira IP – A oficina da F1 Motos Asfalto parcela o cliente já particioferece descontos para pa da próxima contemplaquem participa de motoção, na terceira parcela é só vim e clubes? escolher a cor da motocicleta. Se LF – Claro! É só o presidente de quiser mais rapidez também pode, motoclube procurar a concessionáno pagamento da primeira parcela, ria F1 Motos, cadastrar seus filiaofertar a segunda e terceira para dos e terá o desconto de 15% em garantir a contemplação já na própeças e serviços.


Corpo & Saúde

13

Pernambuco, outubro de 2012 ........................................................................................................................................................................................................................ Por Aida El Deir

A ESTÉTICA EO ESTETICISTA

A

lém de fazer um trabalho preventivo, ele atua também, no aspecto social, importantíssimo, pois adequa a pessoa a padrões que pede o momento sócio cultural. A ação desse profissional vai mexer com o mais íntimo da pessoa, pois conseguirá minimizar as deficiências estéticas, fazendo eles se sentirem melhores de possíveis problemas psicológicos.

Estética: Ciência que trata do belo em geral e do sentimento que ele faz nascer em nós; filosofia das belasartes. Esteticista: Profissional que se dedica ao tratamento da pele, removendolhe defeitos e assegurando-lhe saúde e beleza.

Normalmente elas ficam desinibidas e felizes. Por que cada vez mais mulheres e homens procuram os serviços de um profissional esteticista? De acordo com a Clínica Santa Lúcia, “a massagem é o produto principal mais procurado, pois possui várias finalidades tais como relaxamento, estimulação, correção da postura e melhora da sexualidade”. A maioria das massagens tem como base melhorar a saúde do massageado. Ela é aplicada na medicina para problemas oncológicos; respiratórios; digestivos e de reumatologia além de outras. Os principais objetivos da massagem estética corporal são a oxigenação das células através da circulação sanguínea que provoca aos resíduos metabólicos mais velocidade na saúde do corpo. Percebese a diurese após a massagem e também a melhora do intestino lento ou com mau funcionamento; Desintoxica músculos e tecidos; É sedativo nas dores musculares do corpo em geral, relaxante e descongestionante; Mantém a normalidade da pele, devido à melhora da circulação cutânea, a hidratação e nutrição através de bons produtos cosméticos. Recomenda-se evitar fazer uma refeição pesada e ingerir bebida alcoólica até 1 hora antes da mas-

sagem; Grávida deve consultar seu médico antes; Usar roupas de banho ou peça íntima para massagem com cremes e óleos; Não faça massagem se estiver com febre, doença contagiosa, pós- operatório específico, infecção de pele e câncer. É preciso saber que a massagem não substitui regime; não acaba com a celulite, é sim um grande auxiliar na eliminação dos resíduos e na melhora da circulação que ajudam a prevenir a celulite; Trás um bem estar geral; Elimina dores de cabeça ou mal- estar com a massagem, procure um médico se os sintomas persistirem; A massagem estética como princípio técnico, deve ser feita somente em pessoas sadias. Qualquer anormalidade solicite autorização médica; A relaxante pode ser feita em qualquer pessoa, pois só traz descanso para o corpo e para mente; A massagem é relaxante, confortante, aumenta o nível de energia fazendo com que pessoas não fiquem estressadas e com depressão, tão comuns hoje em dia. Foto – Como fator relaxante a massagem tem um poder muito valioso. Deve ser feita em silêncio, com atenção, carinho, música suave e luz indireta. Consulta ao material didático do Centro de Formação de Profissionais em Estética.

.........................................................................................................................................................................................................................................


14

CLASSIFICADOS METROPOLITANO PRATO CHEIO SELF-SERVICE - SEM BALANÇA, DUAS

OPÇÕES DE CARNE, CAFÉ DA MANHÃ E ALMOÇO, SOPA A PARTIR DAS 16H, EM BREVE TEREMOS PIZZA - RUA 1° DE JANEIRO, 531, PEIXINHOS / OLINDA - F. (81) 3426.2417 OU 8691.7807

SERVIÇOS

De Melo Motos Peças e Serviços

NEGÓCIOS

XANDE SOM EQUIPADORA - PROMOÇÃO DE PELÍCU-

LA / A PARTIR DE R$ - 49,90 / BLOQUEADOR R$ 39,99 / SENSOR DE ESTACIONAMENTO R$ 99,99 / INSTALAÇÃO INCLUSA / VALORES A VISTA EM ESPÉ

DE MELO MOTOS - PEÇAS E SERVIÇOS - AV. CHICO SCIENCE, 92, OLINDA F. 3494.6668 / RUA AURORA CAÇOTE S/N, RECIFE F- (81) 3251.1411

GRÁFICO DESIGNER - FA-

ZEMOS CARTÕES DE VISITA, ARTE FINAL, IMÃS, SANTOS, DE MISSA, TALÕES DE NOTA FISCAL, PANFLETOS, BANERS, FACHADAS, CONVITES EM GERAL, ESTAMPA DE CAMISETAS E MUITO MAIS / AV. NACIONAL, 248, PEIXINHOS / OLINDA FONE: (81) 3426.0824 / E-MAIL: GRAFICODESIGNER2009@ HOTMAIL.COM

S & P MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO - TELHA, TI-

JOLO, CIMENTO, ESQUADRIA DE ALUMÍNIO, TODO MATERIAL ELÉTRICO, HIDRÁULICO E TINTAS / AV. CHICO SCIENCE, 173, BULTRINS - OLINDA / F. (81) 3439.2733

DR. RESOLVE - MANUTEN-

ÇÃO PREDIAL, ENCANAÇÃO, ELETRICIDADE MONOFÁSICO, INSTALAÇÃO DE BOMBA D’AGUA, INFILTRAÇÃO PREDIAL E PINTURA - F. (81) 8442.5272 / 8759.5989 / 9663.0011

MSG - MARCOS SERVICE GÁS - SERVIÇOS GNV / INJEÇÃO ELETRÔNICA / E MECÂNICA EM GERAL / AV. PRESIDENTE KENNEDY, 793, PEIXINHOS - OLINDA / F. (81) 3429.1765 OU 8814.5531

MOISÉS PISCINAS - TUDO

QUE VOCÊ PRECISA PARA SUA PISCINA / PRODUTOS, CONSTRUÇÃO E MANUTENÇAO / LEVAMOS O PRODUTO ATÉ A SUA CASA - AV. CHICO SCIENCE, 125, LOJA 03 - BULTRINS, OLINDA -PE / F.: 3429.3755 / 8796.5588 / EMAIL: MOISES72@OI.COM.BR

TERRENOS EM GRAVATÁ

- OS MELHORES LOTES DE GRAVATÁ / EM CONDOMÍNIO E FORA DE CONDOMÍNIO / FACILITADO EM 60 MESES! / CORRETOR: CASSIUS SACRAMENTO / CRECI: 7372 / F.(81) 9654.9845 / 9116.6144

CONJUNTO COMBAT POR APENAS R$ 800,00 EM 10X DE 80,00. VISITE O SIT WWW.ESTOFADOSMORAIS.COM.BR AV. PRESIDENTE KENNEDY, 1827, PEIXINHOS - OLINDA-PE (SENTIDO SUBURBIO). / FONE: 3241-9O46 / 3375-1475 (PRAZERES) / 3266-7155 (CASA AMARELA) / 3458-1345 (CAMARAGIBE) / 3437-2740 (PAULISTA) / 3254-6381 (CAVALEIRO)

PROMOBÍLIA

FAZEMOS MÓVEIS SOB MEDIDA / AV. GETÚLIO VARGAS, 927, BAIRRO NOVO - OLINDA / F. (81) 3439.0260

DELIVERY KIT FESTA EM OLINDA NOVA PAN DELICATESSEN

MICROMÁTICA - ASSISTÊN-

CIA TÉCNICA PARA MICROS / MONITOR / IMPRESSORAS / VENDA DE EQUIPAMENTOS E SUPRIMENTOS / LINUX / UBUNTU / INSTALAMOS E CONFIGURAMOS O SEU EQUIPAMENTO / AV. GETÚLIO VARGAS, 275, LOJA 05, BAIRRO NOVO - OLINDA / F.: (81) 3429.2904 - 8854.8498

ASSIST. TÉCN. PARA PC, NOTEBOOK E IMPRESSORAS - RECARGA DE CARTUCHOS / DIAGNÓSTICO RÁPIDO / AV. PRESIDENTE KENNEDY, 1209, SALA 01 - PEIXINHOS, OLINDA / F. (81) 3012.5271 CEL. 8729.9499

- SABOROSOS KITS PARA MOMENTOS INESQUECÍVEIS PELO FONE: (81) 3431.6701 / (81) 3439.6458 ÁGUA MINERAL STA. CLARA, ALDEIA, PRATA DO VALE ABRIMOS DE SEGUNDA A SÁBADO DE 7H. ATÉ 18H. / NÃO FECHAMOS PARA ALMOÇO / ENTREGAMOS EM TODO BAIRRO DE PEIXINHOS E JARDIM BRASIL / rUA 25 DE DEZEMBRO, 495, PEIXINHOS OLINDA. F - 3426.6736

MAGAIVER CONSERTA COMPUTADORES EM DOMICÍLIO - ASSISTÊNCIA TÉCNICA COM MAIS DE 10 ANOS / ORÇAMENTO SEM COMPROMISSO F. (81) 8426.4046

COMEDORIA

CAFÉ DO CARMO - VENHA PROVAR O NOSSO CUSCUZ RECHEADO E A MACAXEIRAGRATINADA - ALMOÇO, JANTAR E LANCHES - PRAÇA DO CARMO, 5, CARMO - OLINDA / ABRIMOS DE SEGUNDA A SÁBADO, DE 8hs A 20hs - F. (81) 8824.7221 - 8856. 4196

TERRENOS EM GRAVATÁ

OS MELHORES LOTES DE GRAVATÁ / EM CONDOMÍNIO E FORA DE CONDOMÍNIO / FACILITADO EM 60 MESES! / CORRETOR: CASSIUS SACRAMENTO / CRECI: 7372 / F.(81) 9654.9845 / 9116.6144

ANUNCIE NO CLASSIFICADOS METROPOLITANO A PARTIR DE 20,00

AGENDE UMA VISITA

(VIVO) 8787.0020, (TIM) 9702.2609 - E-MAIL: IMPRESSOMETROPOLITANO@GMAIL.COM

R$


Aturar; aguentar (alguém) Ficar sem entender (gíria) Queijo branco pouco calórico usado em dietas

Bagunça; baderna (pop.) (?) da manhã: primeira refeição

Órgãos que filtram o sangue Perversão (?) Benta, a avó de Narizinho (Lit. inf.) Juro alto sobre o empréstimo

Corrige; aperfeiçoa "(?) de Saudade", sucesso de Tom Jobim

Com um telefonema em andamento

Soberano do antigo Egito Novembro (abrev.) Negrinho do Folclore Via navegável de grande extensão

(?) chi chuan, arte marcial chinesa Astro que inspira os apaixonados

Extensão de arquivos do Word

O "PIS" dos servidores públicos

Cômodo da casa anexo à cozinha

L

U A

Setor do prédio hospitalar Primeira vogal Medida agrária

O molho feito com ketchup e maionese

Emitir som pelo nariz Convicção

Que se reduziu a migalhas

O disco que foi substituído pelo CD

BANCO

Amapá (sigla) Cerveja inglesa

Sufixo de "dermatose" 26

Solução

T A R A A Z A R

MANGUEBOY - Samuel Calado

Consoantes de "rifa" Grito de dor

D E F E S A C I V I L

O homem fala para o garçom: — Garçom, tem uma mosca no meu prato! E o garçom, distraído: — E quantas o senhor pediu?

É acionada em calamidades públicas Naipe considerado superior aos outros

R O SE

O menininho chegou na padaria e perguntou para o padeiro: — Moço, tem pão de ontem? — Tem sim! — Bem feito, quem mandou fazer muito!

Falta de sorte Elba Ramalho, cantora

E N T R R A U R I N A F D O A O N O S A C A U A P A L A L A D E O

Durante a guerra o capitão repara que um soldado está recuando, e o questiona: — Soldado, por que está recuando? O soldado justifica: — Capitão, a Terra não é redonda? Pois então vou dar a volta e atacar eles por trás!

© Revistas COQUETEL 2011

Musical Sétimo Regra planeta do Sistema consSolar titucional

Cantor que foi homenageado em enredo da escola de samba Beija-flor, em 2011 A tinta que tem muito brilho

P A S E P

Na cama o marido pergunta à jovem esposa: - Querida, diz-me que sou o primeiro homem da tua vida… Ela olha para ele e responde: - És capaz de ser… A tua cara não me é estranha!

www.coquetel.com.br

M E L U L E R O I A D N I C O OC A F A H E G I I C O U A N A F A R E L E

Curtas e Boas

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

R T O B E R RE T O C T A R L O E S

Vinha pela estrada uma caravana de motociclistas fortes, bigodudos, em suas poderosas motos, quando de repente eles vêem uma garota a ponto de saltar de uma ponte em um rio. Eles param e o líder deles, particularmente corpulento e de aspecto rude, salta, se dirige a ela e pergunta: — Que diabos você está fazendo? — Vou me suicidar. Responde suavemente a delicada garota com a voz cadenciada e ameaçando pular. O motociclista pensa por alguns segundos e finalmente diz: — Bom, antes de saltar, por que não me dá um beijo? Ela acena com a cabeça, bota de lado os cabelos compridos encaracolados e dá um beijo longo e apaixonado na boca do motociclista parrudão. Depois desta intensa experiência, a gangue de motoqueiros aplaude o líder que depois de recuperar o fôlego, alisa a barba e admite: — Este foi o melhor beijo que me deram na vida. É um talento que se perderá caso você se suicide. Por que quer morrer? — Meus pais não gostam que eu me vista de mulher!

15

Pernambuco, outubro de 2012

3/ale — doc. 4/rosé. 5/pasep. 6/ricota — trunfo.

Show de Piadas

LAZER

MANDE A SUA PIADA E FAÇA TODO MUNDO RIR Participe deste quadro enviando sua colaboração para o e-mail: impressometropolitano@gmail.com


PARA ANUNCIAR: (81) 8234.1852 (vivo) / 99794724 (tim) / E-Mail: impressometropolitano@gmail.com / Site: www.impressometropolitano.com.br

S

Os artigos assinados ou declarações aqui veiculadas, não refletem necessariamente a opinião deste roteiro.

Um empreendimento da

ACRAMENTO

REPRESENTAÇÕES E PUBLICIDADES LTDA.

Fone: (81) 9702.2609 / 8787.0020

CNPJ: 35.386.150/0001-60 www.impressopopular.com.br / impressopopular@gmail.com

Reservamo-nos o direito de não aceitar publicações que, ao nosso critério, julguemos inadequadas ou inconvenientes.

Roteiro Impresso Metropolitano nº 01  

Roteiro de Cultura - Entretenimento - Negócios - Lazer - Pernambuco - Brasil

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you