Issuu on Google+

61a

edição

Notícias da Semana

Órgão de divulgação do mandato do deputado estadual Valdeci Oliveira (PT) - abril 2012

Este é o ano da militância do PT

C

onvidado pelo PT de Porto Alegre para debater a conjuntura política nacional e estadual nesta semana, o líder do governo na Assembleia, deputado Valdeci Oliveira mobilizou os petistas para mais uma vez conquistarem vitórias importantes no Rio Grande e derrotarem os projetos conservadores: “Esse é o ano da militância do PT. Temos que sair para a rua e mostrar que nós somos Lula,

Dilma e Tarso e que o nosso projeto muda o Brasil e muda o Rio Grande”, disse ele ao lado do presidente do PT de Porto Alegre, vereador Adeli Sell,e do chefe de gabinete do governador Tarso Genro, Vinícius Wu. Na atividade promovida pela zonal 160 do PT de Porto Alegre, no bairro Camaquã, zona sul da cidade, Valdeci confirmou que vai percorrer o Estado para motivar e auxiliar os candidatos petistas a vereador e

a prefeito. “Onde o PT governa, dá certo. Nossos adversários sabem disso e por isso tentam desastabilizar a todo custo nossos governos no Estado e no país. Vamos com muita força e afiados para o debate político que se avizinha. Vamos mostrar que o PT tem gestão, política e que governa para quem mais precisa”, ressalta Valdeci, que na sua trajetória de mais de 20 anos na política disputou sete eleições e venceu as sete.


ESTADO

Camila Domingues/Palácio Piratini

Acordo entre Estado e MP garante avanço no pagamento do Piso do Magistério

O

líder do governo na Assembleia, deputado estadual Valdeci Oliveira, afirmou, na que o acordo firmado entre o governo do Estado e o Ministério Público, anunciado em entrevista coletiva, na manhã de quinta (27), no Palácio Piratini, representa mais um avanço para o pagamento do Piso do Magistério no Estado. Pelo acordo, nenhum professor da rede estadual receberá salário inferior a R$ 1.451 no Rio Grande do Sul. Para isso, o Estado pagará uma parcela completiva ao vencimento básico dos professores ativos e inativos que hoje recebem menos que o Piso Nacional, a fim de que atinjam o valor mínimo de R$ 1.451,00. O pagamento da parcela completiva retroage integralmente ao mês de abril de 2012 e será pago em folha complementar no dia 15 de maio. O benefício atingirá cerca de 20 mil professores. “É um avanço. É mais um passo firme que o governo dá em direção ao cumprimento integral do Piso do Magistério. O Estado já concedeu reajuste acumulado de 2011 a 2012 de mais de 30% e agora firma este acordo com Ministério Público que demonstra o comprometimento político do governo Tarso

com a valorização dos professores. Enquanto nossos adversários fazem demagogia, o governo trabalho para valorizar de fato o magistério gaúcho, que no passado tinha de enfrentar os cassetetes e os cães de guarda da polícia para dialogar com o governo”. O acordo parcial neste sentido foi formalizado com o Ministério Público pelo chefe da Casa Civil, Carlos Pestana, o Procurador do Estado, Evilázio Carvalho da Silva, e pelo Procurador-Geral de Justiça, Eduardo de Lima Veiga. O chefe da Casa Civil explicou que a parcela completiva não servirá como base de cálculo de vantagens temporais, gratificações e demais vantagens que incidam sobre o vencimento básico da carreira e, da mesma forma, não repercutirá no escalonamento de classes e níveis do plano de carreira do Magistério. Pestana ressaltou que o acordo possibilita o atendimento à reivindicação da categoria: “Não estamos mexendo no plano de carreira e estamos cumprindo o compromisso de pagar o Piso Nacional a todos os professores, além de oferecer ao magistério o maior reajuste já oferecido para a categoria por um Governo, de 76,64% até 2014”, enfatizou. 2

Diferença Valdeci rebate forte a afirmação da oposição que o acordo feito entre o Estado e o MP para garantir o pagamento do piso para mais de 20 mil professores se assemelha com a proposta feito no governo Yeda. “O governo Yeda iria explodir o plano de carreira dos professores com sua proposta. O acordo feito não afeta o plano de carreira. O governo Yeda beneficiaria 3 mil professores. Já o acordo atual com MP contempla mais de 20 mil professores. Onde está a similaridade das iniciativas? A oposição quer simplificar o debate e igualar as gestões para justificar o atraso que proporcionou à educação gaúcha no passado recente. O governo anterior é o das escolas de lata e da enturmação. O nosso valoriza o magistério, avança dia a dia rumo ao Piso e fortalece a Uergs”, completou Valdeci.


PARLAMENTO

Marcelo Bertani | Ag. AL

Aprovado projeto que amplia gestão democrática nas escolas

P

or 38 votos a 12, os deputados estaduais aprovaram, na sessão desta terça (24) da Assembleia Legislativa, o projeto de lei de autoria do Executivo que amplia a participação da comunidade na administração das escolas estaduais do Rio Grande do Sul. Conforme o líder do governo, deputado estadual Valdeci Oliveira (PT), o projeto aprovado consolida e fortalece a Lei de Gestão Democrática do Ensino Público, aprovada pelo Parlamento em 1995. Entre as principais alterações aprovadas pelo projeto de lei encaminhado pelo governo do Estado, estão a eleição por chapa de diretor e vice-

-diretor nas escolas, a limitação da reeleição de diretores a uma recondução sucessiva e a proporcionalidade no voto dos pais e alunos com o dos professores e funcionários nos pleito das escolas. O projeto também reforça o Conselho Escolar das instituições, que passa a ser responsável também pela administração das escolas junto com diretores e vices. “A democratização na gestão escolar é um caminho irreversível porque a sociedade exige transparência e participação na condução das nossas escolas. Isto traz melhorias e mais qualidade no processo do ensino gaúcho”, ressaltou.

Líder do governo em Passo Fundo e região

Escola técnica para Paraíso do Sul

Marcha da Quarta Colônia acontece em junho

Valdeci realizará uma série de agendas em Passo Fundo e região neste final de semana. No sábado (28), às 9h30min, participa do Encontro Municipal do PT de Passo Fundo, que acontece na Câmara de Vereadores e contará com a presença do prefeito Airton Dipp e do vice Rene Cecconello, além dos pré-candidatos do PT a vereador e lideranças políticas locais. Depois do encontro em Passo Fundo, Valdeci vai a Marau participar da festa de 25 anos do PT local, no CTG Sentinelas do Pago. À tarde, visitará as obras de revitalização da Av. Júlio Borella. Na sequência, Valdeci visita Vila Maria, Nova Alvorada e Camargo onde faz reuniões com lideranças do partido e a militantes. No domingo (29), às 9h, estará em Casca, na Plenária do PT da região da Encosta Superior do Nordeste, que acontece na Câmara de Vereadores. Toda a agenda na região norte de Valdeci foi articulada pelo vereador Evando Consalter.

Na quinta-feira (26), Valdeci recebeu uma comitiva de Paraíso do Sul que veio pedir apoio do parlamentar para a instalação do curso técnico Agrícola na Escola Estadual de Ensino Fundamental Alfredo Schlesner. Valdeci entrou em contato com a Secretaria de Educação do Estado e recebeu a informação de que a Escola está no segundo lote de implantação dos pólos do E-tec Brasil e que a partir de agosto devem iniciar as vistorias nas instalações e análises dos projetos. Durante a reunião, ficou acordado que, em maio, o deputado realizará uma agenda para tratar do tema com a 24a Coordenadoria de Educação e com representantes da escola no município. Estavam presentes a vereadora de Paraíso do Sul, Deise Silva, a diretora da escola Maria Jonia Schlesner, o professor Emerson Ferreira e o presidente do Círculo de Pais e Mestres, Darci Mundt.

As lideranças da região Central do Estado já começaram os preparativos para a 7ª Marcha de Vereadores da Quarta Colônia de Imigração Italiana e Alemã, que acontece anualmente em Porto Alegre. Na manhã de quarta (25), o deputado Valdeci Oliveira recebeu no seu gabinete o presidente da Câmara de Nova Palma, Jossandro Marion, e o vereador João Alberto Ghisleni para tratar da organização d a atividade. Ficou acertado na reunião que a marcha ocorrerá no dia 8 de junho, no Plenarinho da AL, a partir das 9h. No próximo dia 3 de maio, Valdeci irá a Nova Palma em uma reunião ampliada, para a qual serão convidados todos vereadores e também lideranças da região, onde se definirão os temas prioritários e os detalhes da mobilização. “A marcha sempre encaminha conquistas para a região justamente por ser uma ação coletiva e pluripartidária”, ressaltou Valdeci .

3


ARTIGO Artigo do deputado estadual Valdeci Oliveira publicado no jornal A Razão de sexta-feira (27/4/2012)

Uma feira que magnetiza

A

chegada do mês de maio sempre é especial para Santa Maria pela comemoração do aniversário de emancipação política do município. Mas antes do aniversário, começa a Feira do Livro local, um espetáculo que faz nossa cidade mergulhar no mar da cultura, da história e do conhecimento. Mais antiga feira em praça pública do Brasil, ouso dizer que o evento de Santa Maria é praticamente inigualável em termos da relação direta que consegue estabelecer com o conjunto da cidade e seus moradores. Por estar enraizada no coração do município, na simbólica Praça Saldanha Marinho, dificilmente alguém que more ou mesmo visite a cidade entre o final de abril e em maio consegue ficar alheio ao espírito da feira. São tantas atrações, umas estática, outras móveis, umas em preto e branco, outras coloridas, outras infantis, outras adultas, que simplesmente magnetizam o conjunto das pessoas. Ouso dizer que mesmo quem não cultiva o saudável hábito da leitura pode repensar seus conceitos a respeito ao frequentar o local mesmo que “a passeio”. Naquela arena cultural, o gosto pelo conhecimento impresso vem por osmose. Já

aqueles que apreciam com ardor o convívio com os livros se esbaldam na variedade propiciada, no preço acessível e na qualidade do material exposto. Além das obras, os debates promovidos com os autores e a programação cultural mantém o público completamente imerso na literatura. Essa relação Feira do Livro-cidade tem que ser cada vez mais ampliada e cultuada. Há consenso hoje de que a educação é o caminho mais rápido para uma sociedade atingir patamares significativos de desenvolvimento e inclusão. Mas nenhuma sociedade pode ser considerar bem educada, se for refratária ao hábito da leitura e se não estimular adequadamente esta ação na forma de políticas públicas. Em uma época que o livro enfrenta a concorrência das novas tecnologias e das redes sociais é preciso impedir o enfraquecimento dele. Nada substitui o toque nas folhas e o cheiro da história, mas o livro hoje é adaptável para netbooks, tablets e até mesmo para telefones celulares. Não há desculpa para não ler. Ainda mais em Santa Maria, onde se dispõe de uma Cesma e seu acervo diversificado com custos mais em conta do que os praticados no mercado tradicio4

nal. Mas não adianta buscar inserir esse hábito em cabeças já feitas. Junto com uma bola e o videogame, seria pertinente os pais presentearem cada vez mais seus filhos com livros. O Brasil tem uma tradição na literatura infantil e excelentes escritores sempre atentos ao mundo dos pequenos leitores. Temos de aproveitar isso e fazer que nossas crianças sejam os grandes leitores do amanhã. O Brasil lê muito pouco ainda e nós gaúchos, por mais que tenhamos um hábito maior, também temos que ampliar nossa prática. Ler é desenvolver, é criar, é imaginar, é viajar por lugares desconhecidos, é aprender e é ensinar ao mesmo tempo. Quem lê é mais tolerante e tem menos preconceitos. Por tudo isso, nada melhor do que aproveitar bem, de amanhã até o dia 13 de maio, a Feira do Livro de Santa Maria na Praça Saldanha Marinho. Neste ano, o patrono é o professor, pesquisador e batalhador da literatura Pedro Brum Santos, a quem tenho a honra de ser amigo e admirador. Os homenageados são o historiador Romeu Beltrão e a professora Maria Luiza Ritzel. Boa feira e boas leituras a todos!


REGISTROS DA SEMANA Principais agendas no mandato durante a semana

Valdeci recebeu a camiseta da Feira do Livro de Santa Maria

Com Policiais Civis e Militares de Santiago

Com companheiros em Rolante

Com o diretor do Cientec, Henrique Schuster

No Esporte Clube Cruzeiro de Santiago

No Esporte Clube Riachuelo de Santiago


120427 61