Page 1

Edição II / 2014

Caso de sucesso que atravessou o país Família que planta milho sequeiro no agreste paraibano colhe os resultados de cinco anos de agricultura de precisão.

Superintendente participa de Seminário internacional Senar-PB realiza visita técnica para comissão do Tocantins

Senar leva o Ensino Técnico de nível médio ao campo

Registros do RURALFEST que aconteceu em Agosto


palavra do presidente

E

stamos próximos de mais um final de ano, época de renovar as energias e esperanças e criarmos expectativas para o ano que se inicia. Certos de que tivemos um ano de conquistas e desafios, estamos confiantes do nosso trabalho a favor da melhoria do agronegócio paraibano e brasileiro. Este ano, o Sistema Faepa/Senar-PB desempenhou uma extensa agenda de trabalho e assumiu responsabilidades frente aos produtores rurais do estado, o que nos deixa com o sentimento de dever cumprido, mas não nos isenta de tamanha responsabilidade que ainda virá. Através dos nossos treinamentos e cursos chegamos a lugares ainda não alcançados, nos meios de comunicação conquistamos espaços que mostraram a potencialidade dos produtores rurais e, juntos, com muita luta e garra, atingimos alguns de nossos objetivos. Sei da importância de que não podemos parar e devemos persistir na busca de melhores condições para o campo e produtor. Confio na força que vocês possuem para vencer os obstáculos e juntos, buscaremos as melhores respostas para crescer com tecnologia e inovação. Um ótimo e produtivo 2015!

expediente Presidente do Conselho Administrativo Mário Borba Conselho Administrativo Rosanne Curi Zaratine – CNA Raimundo Nonato Siqueira – Asplan Damiana Daniel dos Santos – Faepa Liberalino Ferreira de Lucena – Fetag Conselho Fiscal Samuel Francisco Cordeiro – CNA Tiburtino Cartaxo de Sá Filho – Fetag Antônio de Freitas Araújo - Faepa Superintendente Sérgio Martins Redação - Assessoria de Comunicação Social Tayná Alexandre (DRT/PB 3163) Luciana Nobre - estagiária Editoria de arte, tratamento de imagem, capa e projeto visual Agência Sopa Club Comunicação Fale com a redação imprensa@senarpb.com.br www.senarpb.com.br www.faepapb.com.br www.facebook.com/faepasenarpb Sede Rua Engenheiro Leonardo Arcoverde, 320 Jaguaribe - João Pessoa/PB CEP 58015-660 Telefone: (83) 3048-6050 / 6073 Impressão Perfil Gráfica - Rua Alameda das Hortências, 62 Imbiribeira - Recife/PE

Mário Antônio Pereira Borba Presidente do Sistema FAEPA/Senar-PB

Tiragem 4000 exemplares


ín10 6 di ce ruralfest reúne visitantes do Brejo Paraibano

Caso de sucesso que atravessou

o país

senar leva o ensino técnico de nível médio ao campo

04 faepa recebe candidatos a governador da Paraíba

05 Ações sindicais

08 Ações do sistema faepa/ senar-pb

12 senar-pb realiza visita técnica para comissão do Tocantins

13 Ações sertão empreendedor

14 De onde vêm os recursos financeiros?


O que queremos do próximo governador?

FAEPA recebe candidatos a governador da Paraíba

A

Federação da Agricultura e Pecuária da Paraíba (Faepa) recebeu no mês de setembro, os três candidatos a governador do estado com maior intenção de votos. Durante os encontros, foram apresentadas as potencialidades da região e as maiores demandas do setor agropecuário para serem utilizadas nas propostas de governo dos candidatos. O presidente da Faepa, Mário Borba, propôs medidas viáveis e compatíveis com a realidade da Paraíba. Nas apresentações, foi entregue o documento “O que queremos do próximo governador”, que apresenta as principais propostas de ações que devem ser realizadas em prol do desenvolvimento e fortalecimento da agropecuária no estado. Em seu discurso, o candidato Cássio Cunha Lima falou sobre o seu compromisso de manter a luta junto ao Congresso e com o futuro presidente da República em prol do setor rural e garantiu nomear um secretário de

Durante os encontros, foram apresentadas as potencialidades da região e as maiores demandas do setor agropecuário

4

Canal Rural - Edição II/2014

Agricultura que dialogue e tenha ligação com o segmento. Além disso, o atual senador reforçou o planejamento para os recursos do estado e para educação no meio rural. “Temos um estado com 100 mil vagas a menos no meio rural e milhares de escolas que foram fechadas. Escolas não se fecham”, revelou. O segundo candidato a participar do evento “O que queremos do próximo governador?”, foi Ricardo Coutinho. No encontro, o atual governador reforçou as obras que foram realizadas durante o seu mandato e falou sobre as dificuldades pela falta de recursos que enfrenta para implantar novas mudanças. Em seu discurso, Ricardo ainda dialogou sobre a construção e revitalização de barragens como a de Camará. “Apesar de todas as dificuldades, houve um esforço muito grande em relação à água. Nós fizemos uma grande caminhada na área de investimentos públicos e da segurança hídrica, tema que não era privilegiado desde a década de 80”, falou. O último encontro aconteceu com o candidato Vital do Rêgo Filho que intensificou seu discurso nas perdas que o produtor rural possuiu ao longo dos períodos de estiagem. Segundo Vital, é preciso dar visibilidade ao setor agropecuário. “No meu governo, a Secretaria de Agricultura terá a mesma importância que as outras secretarias da Paraíba. Temos uma vocação agrícola e daremos mais importância

a atividade que gera desenvolvimento para a região”, disse. Ao final da sua fala, elogiou o Programa Sertão Empreendedor, operacionalizado pelo Senar-PB em parceria com o Sebrae. Além da Faepa, também participaram do evento instituições ligadas ao setor agropecuário, como: Sebrae, Sistema OCB Sescoop/PB, IFPB, Embrapa, Asplan, Sindalcool, UFPB, UEPB, Associações e Comissões.


Ação sindical

Senar-PB realiza treinamento de Agricultura orgânica em Uiraúna Pela primeira vez, o Senar-PB em parceria com o Sindicato realizou um Treinamento de Agricultura Orgânica na Associação dos Pequenos Agricultores do Sítio Guerrilhas (APASGU-PB), em Uiraúna. Com pouco tempo de atuação, alguns membros participaram do curso e conheceram as ações da instituição. Um dos alunos, José Santana, escreveu para equipe do Senar-PB para agradecer a oportunidade de participação. “Foi muito proveitoso e estamos colocando em prática as técnicas desenvolvidas pelo instrutor Oliveiros Freire, na ocasião. Conseguimos ainda, unir a Comunidade”, disse o associado.

Treinamento gera aumento da produção em Solânea O Sindicato dos produtores rurais de Solânea realizou o primeiro treinamento na Associação Pedrinha d´ Água, em Casserengue. A capacitação do Senar-PB de Fabricação de polpa de frutas reuniu 17 associados que se prepararam para produzir o produto em escala comercial. Hoje, com produção mensal de 600 kg, a Associação comercializa para instituições na região, como Senai, Prefeitura e comércio local. Além disso, os mais de 45 associados já adquiriram equipamentos tecnológicos para melhoria da qualidade do produto.

Faepa apresenta importância do CAR a produtores rurais Para apresentar a importância do Cadastro Ambiental Rural (CAR), a Federação da Agricultura e Pecuária da Paraíba (Faepa), promoveu um encontro com produtores rurais de João Pessoa, Campina Grande, Patos e Sousa. O evento foi apresentado pelo assessor técnico da Comissão Nacional do Meio Ambiente da Confederação da Agricultura e

Pecuária do Brasil (CNA), João Carlos Dé Carli Filho e teve a intenção de alertar para adesão dos produtores rurais paraibanos, já que o cadastro passou a ser obrigatório em 2014. Todo proprietário rural deverá realizar o CAR, registro público eletrônico de âmbito estadual, obrigatório para todos os imóveis rurais, com a finalidade de integrar

as informações ambientais e compor uma base de dados para controle, monitoramento, planejamento ambiental, econômico, registro declaratório da Reserva Legal, Áreas de Preservação Permanente e combate ao desmatamento ilegal. Além de permitir o conhecimento das áreas cultivadas e preservadas no estado.

Canal Rural - Edição II/2014

5


MAtéria principal

Caso de sucesso que atravessou o país

E

les saíram da região Sudeste e Centro-Oeste com a intenção de expandir o agronegócio para o Nordeste, com foco na Paraíba e Bahia. Há quase 30 anos, as famílias Reami e Weisheimer possuem vivência no setor rural e novas gerações tomam a frente da WR Agronegócios, empresa da família. A empreitada começou na Bahia, mas há cinco anos eles se instalaram em Mulungu, município há pouco mais de 90 km da capital, João Pessoa. A experiência no setor e a agricultura de precisão utilizada fazem da empresa caso de sucesso na Paraíba. A primeira tentativa positiva foi com a plantação de 200 hectares de milho sequeiro no município que possui índices pluviométricos de 1000 milímetros de chuvas por ano. Através da análise do solo e pesquisas pluviométricas na região, o negócio deu certo. Como diferencial, a WR investiu em tecnologia no campo e fez um planejamento do negócio. “Em 2010, trouxemos parte do maquinário utilizado na Bahia para fazer o teste com a plantação de milho sequeiro, o que para a WR é pequeno, mas para o estado é muito. Afinal, não temos produção deste porte aqui. Além disso,

Abaixo: A WR realiza silagem do milho como forma de estocar a produção. À direita: Toda a produção é comercializada na Paraíba

6

Canal Rural - Edição II/2014

Família que planta milho sequeiro no agreste paraibano colhe os resultados de cinco anos de agricultura de precisão. Por Tayná Alexandre | tayna@senarpb.com.br

começamos com um plano empresarial com a meta de em 10 anos, atingirmos 10 mil hectares”, disse um dos sócios, Maurício Reami. Ainda segundo a empresa, a produção mensal é de oito mil quilos de milho por hectare. Hoje, a área total plantada é de 1120, o que gera a fabricação de 120 sacas. Os maiores compradores do produto da WR são indústrias paraibanas que a cada ano aumentam suas demandas sob o produto primário. “Já temos o feedback destas empresas e o quanto formos capazes de produzir, elas possuem interesse em adquirir nosso produto. Por exemplo, por enquanto só conseguimos oferecer 10% de milho para um de nossos clientes do montante de 100% que ele precisa”, disse Jonatan Weisheimer, sócio do negócio.

Empresa possui 1120 hectares de plantação de milho


“Além disso, começamos com um projeto empresarial com a meta de em 10 anos, atingirmos 10 mil hectares” Maurício Reami

Atividade muda realidade do município Além de possibilitar o aumento do PIB da cidade, o agronegócio encabeçado pelos Reami e Weisheimer, gera renda direta para mais de 20 famílias da região durante a safra e mantém 10 funcionários

fixos nos demais períodos do ano. Segundo Jonatan Weisheimer, a produção não só aumentou o nível econômico da cidade, como trouxe mais renda para o estado. ”Só de Mulungu produzir em torno de 100 mil sacas de milho, você imagina como o agronegócio mudou a realidade da cidade no termo de produtividade, arrecadação e emprego. O município não era conhecido por produção na agricultura”, falou. Este ano, o Senar-PB realizou em parceria com a WR Agronegócios o 3º Dia de Campo para colheita do milho. O evento que acontece há dois

anos na Fazenda Bonança, uma das propriedades da família, reuniu mais de 500 produtores rurais da região para demonstrar a colheita utilizando tecnologias avançadas. O objetivo anual do encontro é divulgar a cultura do milho sequeiro na Paraíba e mostrar que é possível produzir em larga escala mesmo na região do agreste, que possui irregularidades pluviométricas. A cada edição, o Dia de Campo reúne mais produtores interessados em conhecer a lavoura e técnicas que melhoram a qualidade do produto final e se antecipam às adversidades climáticas.

Canal Rural - Edição II/2014

7


ações do sistema FAEPA/senar-pb Outubro Rosa

Sistema Faepa/SenarPB promove ações no Outubro Rosa

Prêmio de jornalismo Com o intuito de se aproximar cada vez mais da população, o Sistema Faepa/Senar-PB realizou no mês de outubro a distribuição de 350 rosas cor de rosa em prol da conscientização da prevenção do câncer de mama. Além da distribuição, o Sistema promoveu ao longo do mês, ações em prol da Campanha, como a iluminação da fachada da instituição na cor rosa, entrega do laço que simboliza a luta contra o câncer de mama e realização de palestras. Outubro Rosa é uma campanha de conscientização voltada para a mulher, realizada por diversas entidades durante o mês de outubro. A mobilização tem como objetivo alertar a sociedade sobre a importância da prevenção e do combate ao câncer de mama.

Procampos

Senar-PB realiza distribuição de mudas no Dia da árvore O Sistema Faepa/Senar-PB, em parceria com o Sistema Correio, realizou no Dia da Árvore 21 de setembro, uma ação do Programa Campo Sustentável (Procampos), na qual foram distribuídas mudas de árvores nativas para a população pessoense. O evento aconteceu no Busto de Tamandaré. Além da distribuição de 600 mudas, a ação também contou com uma oficina que ensinou

8

Canal Rural - Edição II/2014

sobre o devido plantio de cada planta. Foram distribuídas mudas de moringa, ipê rosa, ipê roxo, urucum, jatobá, nim e algodão da praia. O Procampos propõe o desenvolvimento econômico aliado à sustentabilidade e preservação do meio ambiente e engloba ações de conscientização como palestras educativas, treinamentos, cursos e ações práticas.

Faepa/SenarPB promove 2ª edição do Prêmio de Jornalismo O Sistema Faepa/ Senar-PB, promove a segunda edição do seu Prêmio de Jornalismo. A premiação visa estimular a divulgação de trabalhos jornalísticos sobre o setor agropecuário. O tema deste ano é “Empreendedorismo no meio rural”. Além das categorias impresso, rádio, fotografia e televisão, o concurso conta também com o Prêmio Especial para o melhor trabalho, independente da mídia veiculada. As inscrições aconteceram até o dia 10 de novembro. Este ano, foram 28 trabalhos inscritos, superando o número de inscrições da última edição.


Encontro de gestores

Senar-PB participa de encontro nacional em SP O Senar reuniu de 22 a 24 de outubro, em São Paulo, os gestores e técnicos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). O objetivo do evento foi debater a primeira fase do projeto e apresentar às regionais a estratégia do Ministério da Educação para a segunda fase. A gestora do Pronatec do Senar-PB, Véra Figueiredo, participou do evento e ressaltou a importância do encontro como uma grande oportunidade para que as 24 regionais participantes troquem informações entre si. “Um dos nossos objetivos foi discutir os alinhamentos do programa e trocar experiências. Também fizemos uma avaliação de tudo o que foi realizado durante o ano”, falou.

Superintendente participa de Seminário internacional Durante os dias 03 a 14 de novembro, o superintendente do Senar-PB, Sérgio Martins, participou do Seminário “Visión Territorial y Sostenible del Desarollo. Métodos e instrumentos para la acción institucional desde el enfoque local”, em Valência, na

Sérgio Martins e o professor Joan del Alcàzar Garrido, catedrático da Universidade de Valência.

Cna jovem

Selecionados paraibanos participam do CNA Jovem Com a intenção de formar líderes no meio rural no Brasil, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), lançaram o Programa CNA Jovem – Jovens liderando o Agro. Durante seis meses, 135 participantes selecionados em todo país, realizam atividades e oficinas de formação presenciais e à distância. Na Paraíba, foram selecionados sete candidatos para

Espanha. A viagem, realizada em parceria com o Sebrae, levou uma comitiva de 30 gerentes regionais do Nordeste, gestores, técnicos e analistas, com o objetivo de apresentar estudos de casos, oficinas de discussão e visitas técnicas voltadas para o apoio as micro e pequenas empresas, com a intenção de aprofundar os conhecimentos sobre ferramentas e instrumentos de gestão relacionados ao desenvolvimento territorial. Segundo Sérgio Martins, durante o Seminário a equipe fez visitas técnicas e

representar o estado. O programa prepara jovens com idade entre 22 e 35 anos para impulsionar ainda mais o setor empresarial rural brasileiro. Através de capacitações com aproximadamente 300 horas/ aula e uma metodologia inovadora, os candidatos terão seu desenvolvimento pessoal e profissional trabalhados como líderes. Ao final, os cinco candidatos que se destacarem durante o processo formativo serão indicados como Líderes Jovens da CNA e farão uma visita técnica à China para conhecer instituições de pesquisa, modelos de empreendedorismo e prospectar negócios.

conheceu casos de empreendedorismo de empresas familiares e turismo. “Nossa intenção agora é incluir este modelo na missão do Senar-PB de desenvolver o setor com parcerias com órgãos competentes”, disse. Durante a estadia, o grupo visitou Utiel, Requena, Cullera, Gandia, Alcoy, Ibi e Benidorm, para conhecer produtos de origem destas regiões. Em Valência, o superintendente teve ainda a oportunidade de dialogar com professores doutores das áreas de Engenharia Industrial, Mercados, Ciências Políticas e Economia.

O superintendente conheceu o Centro Tecnológico Canal Rural - Edição II/2014 9 parceiro da Universidade.


Ruralfest

Ruralfest reúne visitantes do brejo paraibano

Evento que acontece há três anos reúne inovação tecnológica, organização rural com noções de associativismo, divulgação de práticas racionais de convivência com a seca, turismo rural, comercialização e lazer Por Tayná Alexandre | tayna@senarpb.com.br

O

Ruralfest 2014 aconteceu no último final de semana de agosto em Alagoa Grande, com a intenção de apresentar inovação tecnológica, lazer, cultura, gastronomia e noções de associativismo para os produtores rurais do município e arredores. O evento foi uma realização do Sindicato dos Produtores Rurais de Alagoa Grande em parceria com o Sistema Faepa/Senar-PB, Sebrae e Sescoop/PB. Como inovação para este ano, o Ruralfest aconteceu na Praça do Coreto com a intenção de reunir tanto a população urbana quanto a rural. Segundo o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Alagoa Grande, Vanildo Pereira, é importante despertar a atenção da classe produtora rural para este tipo de evento que

registros ruralfest

traz conhecimento e mudança de atitude. “É imprescindível para o setor participar do Ruralfest para que eles possam melhorar o nível da produção, de conhecimento e de vida”, disse. Durante o Ruralfest, o Senar-PB desenvolveu palestras e oficinas nas áreas de flores tropicais, bonsais e ornamentação. Segundo o superintendente do SenarPB, Sérgio Martins, a intenção é apresentar novidades e atingir um novo público. “Já trabalhamos forte em várias cadeias em Alagoa Grande, por isso, inovamos inserindo novos treinamentos para atingir outros públicos, como os jovens e as mulheres”, disse. A edição contou com uma maior participação das instituições com a intenção de oferecer serviços em prol

do bem estar da população. Foram oferecidos serviços como: emissão de carteira de trabalho e cadastro para o seguro desemprego, através do Ministério do Trabalho e Emprego (MTR); vacinas, realização de teste de glicemia, aferição de pressão; através da Secretaria de Saúde do município de Alagoa Grande e retirada de dúvidas sobre financiamentos para produtores rurais, através do Banco do Nordeste do Brasil (BNB). No último dia, aconteceu a tradicional Cavalgada de Alagoa Grande. Em torno de 1200 cavaleiros e amazonas do município e de outras cidades vizinhas percorreram cerca de 14 km de paisagens urbanas e rurais. A homenagem este ano foi a Vila São João, comunidade localizada a 3 km do centro de Alagoa Grande.


Rede e-tec brasil

Senar leva o Ensino Técnico de nível médio ao campo Entra no ar o novo portal de ensino a distância do Senar

N

o mês de novembro, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) assumiu um nível mais elevado de responsabilidade na missão de levar a educação profissional ao campo. Aderindo à Rede e-Tec Brasil, do governo federal, o Senar passou a oferecer também cursos técnicos de nível médio à distância. O portal da Rede e-Tec Brasil Senar (www.senar.org.br/ etec) foi lançado no dia 17 de novembro, já com inscrições abertas para o processo seletivo do Curso Técnico em Agronegócio. Daniel Carrara explica que Rede e-Tec Brasil/SENAR vai assegurar um ensino diferenciado, com os conteúdos didáticos direcionados à realidade do campo. “O jovem com formação adequada pode encontrar excelentes oportunidades de trabalho no meio rural e com a educação à distância vamos atender aqueles brasileiros que não podem deixar as atividades do dia a dia para frequentar um curso presencial, e nem se deslocar para aprender. A possibilidade de aprender, de graça, no horário e local que o próprio aluno escolhe é uma verdadeira democratização do conhecimento, que não pode ficar guardado” afirma.

Rede e-TEC Senar na Paraíba No estado, serão dois polos, sendo um localizado na sede do Senar-PB, em João Pessoa e outro no Sindicato dos Produtores Rurais, em Alagoa Grande. Ao total, forão oferecidas 120 vagas para o curso Técnico em Agronegócio: 80 em João Pessoa e 40 em Alagoa Grande. Para o superintendente do Senar-PB, Sérgio Martins, é um desafio para a Paraíba trazer esta iniciativa que vai elevar

Polos de apoio presencial em todas as regiões O início das aulas está previsto para fevereiro de 2015. Foram abertas ao total, nesse primeiro curso, 1310 vagas. Com 1.420 horas/aula, ele terá duração de dois anos e, embora seja à distância, inclui uma parte presencial, que deverá ser cumprida em polos de apoio, montados em diversas regiões do país. A meta do Senar, em um futuro próximo, é formar uma rede de cobertura nacional com mais de 100 polos de apoio presencial e garantir 20 mil vagas somente no curso Técnico em Agronegócio. Inicialmente, 20 unidades foram estruturadas em nove estados: Amazonas, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Sergipe. Todas já com infraestrutura física, tecnológica e professores, prontas para o início das atividades e contando com salas de aula e videoconferência, laboratórios de informática, bibliotecas e todos os requisitos de acessibilidade para portadores de necessidades especiais.

o nível da educação dos jovens. “Somos um dos estados pioneiros a apostar e trazer este curso, pois acreditamos que a capacitação e a abertura de novas oportunidades são capazes de gerar mudanças positivas no setor rural. E é este novo público que queremos formar: jovens comprometidos e que possuam novos olhares para o agronegócio”, falou.

Canal Rural - Edição II/2014 11


visita da Comissão do Tocantins

Senar-PB realiza visita técnica para comissão do Tocantins Técnicos, produtores, gestores do Senar-TO e analistas do Sebrae-TO vieram conhecer o Programa Sertão Empreendedor

Por Tayná Alexandre | tayna@senarpb.com.br

O

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural da Paraíba (Senar-PB), realizou visita técnica para uma comissão do Senar-TO com o objetivo de apresentar o Programa Sertão Empreendedor no estado. Durante a visita, que aconteceu no mês de novembro, os produtores, técnicos e gestores do Senar-TO e analistas do Sebrae-TO, conheceram as tecnologias que estão sendo implantadas na Paraíba com o Programa. A comissão foi recebida pelo presidente da Federação da Agricultura e Pecuária da Paraíba (Faepa/PB), Mário Borba. Na sede em João Pessoa, Borba apresentou o Sertão Empreendedor, sua metodologia e a capacidade de mudança

que o Programa vem despertando nos produtores rurais paraibanos. Segundo o presidente, em apenas um ano o Senar-PB acumula resultados positivos para os que fizeram adesão ao Sertão Empreendedor. “É um Programa em que tenho dado toda minha dedicação, porque somos o projeto piloto e não podemos falhar. A intenção é que este Programa sirva de multiplicador no estado”, disse o presidente. O grupo teve a oportunidade de conhecer ainda o plantio de palma na Estação Experimental da Emepa, estratégia de baixo custo aplicada no estado e que faz parte das premissas do Sertão Empreendedor. Resistente à falta de chuvas, a planta armazena uma

grande quantidade de água e possui fácil digestão, o que proporciona alternativa ao produtor para alimentar os seus animais principalmente no período da estiagem. Segundo a diretora técnica do Senar Tocantins, Rayley Luzza, o Programa em seu estado ainda está em fase de diagnóstico nas propriedades dos produtores e acompanhamento dos técnicos. “Temos apenas três meses de implantação do Sudeste Empreendedor - Travessia Seca, mas estamos vendo que a Paraíba com tão poucas condições climáticas e financeiras faz acontecer muito e é isto que queremos mostrar aos nossos produtores quando retornarmos”, disse.


Ações Sertão Empreendedor

Senar-PB participa do XII ENEL A XII Edição do Encontro Nordestino do Setor de Leite e Derivados (ENEL), aconteceu dos dias 05 a 07 de novembro na cidade de AracajuSE. O evento foi realizado no Centro de Convenções de Sergipe com o objetivo de buscar aproximar os mais variados elos dessa cadeia produtiva para trocar informações, disseminar tecnologias e gerar novos negócios. O Senar-PB participou do evento e levou 66 produtores que participam dos programas Balde Cheio e Sertão Empreendedor. Durante o encontro, pesquisadores, empresários, estudantes e produtores rurais tiveram a oportunidade de debater as perspectivas do setor na região para os próximos anos. O ENEL contou com a participação de sete estados do Nordeste. Além dos sergipanos, também estavam presentes empreendedores rurais da Bahia, Alagoas, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Ceará, totalizando 26 caravanas.

Encontro sobre a cultura do sorgo em Itaporanga Cerca de 60 produtores do Vale do Piancó, Cajazeiras e Catolé do Rocha, participaram do Dia de campo sobre a cultura do sorgo forrageiro, promovido pelo Senar-PB. O evento, que contou com o apoio da Emepa, Emater e Sebrae, mostrou aos produtores rurais a importância do sorgo para alimentação animal. O encontro aconteceu no mês de agosto, na Estação Experimental Veludo, localizada em Itaporanga. Foi apresentado aos produtores rurais o potencial de produção da planta, demonstrando as técnicas adotadas no cultivo desde a retirada de amostras de solo para análise da fertilidade, corte da terra, adubação, plantio, irrigação, controle de pragas e doenças, até a colheita. Também foi destacado, de forma detalhada, o custo de produção da lavoura, a produtividade esperada e as diversas formas de uso da planta para alimentação.

Plantio de milho em mulungu O Senar-PB em parceria com o Sebrae-PB, levou participantes do Sertão Empreendedor para conhecer o 3º Dia de Campo da Cultura do Milho, que aconteceu no mês de outubro na Fazenda Bonança, em Mulungu. Cerca de 60 produtores rurais de Juazeirinho, Santa Luzia e Campina Grande, participaram do evento e tiveram a oportunidade de ver uma propriedade que utiliza alta tecnologia para produção em larga escala, além de vivenciar uma experiência desde o preparo adequado do solo e plantio utilizando sementes e fertilizantes de boa qualidade, até o trato cultural para efetivo controle de doenças e ervas daninhas, e por fim a colheita mecanizada.

Encontro sobre a produção de silagem e feno em Juazeirinho Em julho, aconteceu em Juazeirinho mais um Dia de campo, para os produtores rurais do município e regiões vizinhas. O evento contou com a participação de 50 pessoas, entre técnicos, produtores rurais, dirigentes de sindicatos e estudantes. Lá, foram mostradas as técnicas para implantação de barragem

subterrânea e realizados os processos de silagem e feno. A capacitação ocorreu na propriedade do produtor rural José Odon de Macedo, membro do programa Sertão Empreendedor no município. O encontro reuniu produtores rurais para o aprendizado de métodos de convivência com o semiárido, e foi mais uma parceria

do Senar-PB com o Sebrae. O Dia de campo integra uma das linhas de ação do Sertão Empreendedor sobre a utilização de reserva estratégica de água das chuvas e reserva de alimentação animal para o período de estiagem. Em Juazeirinho, o programa conta com 20 produtores cadastrados.

Canal Rural - Edição II/2014 13


Funcionários

De onde vêm os recursos financeiros?

O Josane Mamede Coordenadora de Arrecadação Senar-PB josane@senarpb.com.br

A Arrecadação tem a função de levar o conhecimento aos produtores rurais e orientação sobre a legislação previdenciária rural e do Senar-PB, tanto sobre suas obrigações como seus benefícios, realizando visitas, palestras e participando de eventos e reuniões com os produtores de todo estado.

14

Canal Rural - Edição II/2014

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural da Paraíba (Senar-PB), tem como missão desenvolver ações de Formação Profissional Rural (FPR) e atividade da Promoção Social (PS) voltadas para as famílias do meio rural, contribuindo para mudanças de comportamento, geração de renda, melhoria de qualidade de vida e pleno exercício da cidadania no estado. Para a execução destas atividades, o Senar-PB conta com recursos financeiros previstos na legislação, através da contribuição mensal compulsória que incide sobre o valor bruto da comercialização da produção rural, através do produtor pessoa física ou jurídica. Essa contribuição previdenciária está diretamente relacionada com a contribuição rural de custeio para o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) ante a aplicação das alíquotas de 2,3% (pessoa física) ou 2,85% (pessoa jurídica), cabendo ao Senar apenas o percentual de 0,2% ou 0,25%, respectivamente, a partir da competência novembro/2001 (Lei n.º 10.256/01). Os objetivos básicos que norteiam todas as ações do Senar-PB são:

organizar, administrar e executar em todo o território nacional a FPR e PS do trabalhador rural; assistir as entidades empregadoras na programação e elaboração de programas de treinamento no próprio emprego; estabelecer e difundir metodologias de Formação Profissional Rural; coordenar, supervisionar e fiscalizar a execução dos programas e projetos de Formação Profissional Rural e Promoção Social; assessorar o governo em assuntos de FPR e PS; assistir o pequeno produtor rural, ensinando novos métodos para a execução de seu trabalho; estimular a permanência do homem no campo, despertando o seu interesse e incentivando-o a produzir mais e trabalhando melhor. Com os recursos arrecadados, o Senar investe em todo o estado, em benefício do desenvolvimento do homem do campo, através de cursos, treinamentos e palestras. Além disso, fazemos um trabalho de orientação quanto ao recolhimento das contribuições previdenciárias para terceiros, incidentes sobre a folha de pagamento e na comercialização da produção rural e levamos conhecimento sobre os seus benefícios.


Canal Rural - Edição II/2014 15


CHEGOU CNA CARD, O CARTÃO DO PRODUTOR. ECONOMIA NO BOLSO, FARTURA NO CAMPO E BENEFÍCIOS PARA MELHORAR A PRODUÇÃO.

SOLICITE SEU CARTÃO! ATENDIMENTO 24h ACESSE: WWW.CNACARD.COM.BR LIGUE: 0800 7230299 PRODUTOR RURAL, O CNA CARD FACILITA A SUA VIDA. COM ELE VOCÊ GANHA:

*Somente para estados integrados ao CNA Card (Módulo Guias de Transito). **Somente para estados integrados ao CNA Card e Módulo Pré-Pago.

IMPRESSÃO DE GUIAS

-GTA*

Onde você pode imprimir a Guia de Trânsito Animal (GTA) junto aos órgãos estaduais de Sanidade Agropecuária, pagar tarifas, impostos e outras taxas de forma facilitada. É O CNA Card trabalhando por você! MÓDULO PRÉ-PAGO CNA CARD** Que, ao manter crédito em seu cartão, você pode pagar a GTA automaticamente, economizando seu tempo. O CNA Card oferece maior conforto e agilidade para você, Produtor Rural. IDENTIDADE DO PRODUTOR RURAL Que agora traz seu nome, sua propriedade e localização oferecendo para você, Produtor Rural, um atendimento diferenciado. É o CNA Card valorizando você!

CLUBE DE BENEFÍCIOS CNA CARD Traz para você uma série de vantagens como ampla rede de parcerias credenciadas por todo o país, com fornecedores de produtos diretamente ligados ao Agronegócio, ou não, mas que oferecem descontos e vantagens especiais para você, produtor rural titular cadastrado no CNA Card. Acesse o site e veja a lista de parceiros. NOVOS NEGÓCIOS E NOVAS TECNOLOGIAS AGREGADOS Para integrar Produtores Rurais, Sindicatos Rurais, Federações e Estabelecimentos Comerciais com todo o Sistema Sindical Rural. É o CNA Card unindo o setor!

MAIS INFORMAÇÕES: ENTRE EM CONTATO COM A FEDERAÇÃO DE AGRICULTURA E PECUÁRIA DO SEU ESTADO, SINDICATO RURAL DO SEU MUNICÍPIO OU CNACARD@CNACARD.COM.BR | 0800 7230299

Informativo Canal Rural - Edição II/2014  

Publicação que apresenta os casos de sucesso da agropecuária paraibana, resgata histórias de empreendedores (produtores rurais) e mostra o t...

Advertisement