Issuu on Google+


EDIÇÃO 2 - ANO i A revista ABC Restaurantes é uma publicação bimestral www.abcrestaurantes.com.br EDITOR Clayton de Souza Leite ADMINISTRAÇÃO Rua Déa Fongaro, 54 – Sala 2 Rudge Ramos - 09623-060 SBC – SP revista@abcrestaurantes.com.br 11 2669-9055 COMERCIAL Rita de Cassia Moreira 11 9.9793-4241 ARTE, DIAGRAMAÇÃO E EDITORAÇÃO Mude Publicidade O conteúdo do anúncio é responsabilidade exclusiva do anunciante, por ele não respondendo a ABC Restaurantes perante terceiros, inclusive quanto a violação de direitos autorais, de imagem, de privacidade industrial, bem como informações que se referem a serviços e ainda tudo aquilo que possa ser interpretado como propaganda enganosa ou abusiva. As promoções contidas nos núncios são válidas no período de circulação da revista com exceção das datas constantes nas próprias publicidades.

Cervejas

Vai fazer um churrasco, almoço ou jantar? E quer saber qual tipo de cerveja combina melhor, leia as dicas de qual cerveja combina com cada prato.

P

ara se tirar o maior proveito da cerveja harmonizada com o prato, devemos identificar os ingredientes presentes na receita e as características base da cerveja, combinando-os de forma a que nenhum se sobreponha ao outro. As harmonizações são sempre por corte (quando, por exemplo, os elementos da cerveja como carbonatação e amargor, “quebram” a gordura presente no prato, limpando o paladar para a nova garfada), contraste (quando as características diferentes entre o prato e a cerveja acabam por valorizar ambos), e semelhança (quando prato e cerveja possuem elementos sensoriais que se assemelham e agregam sensações aos dois), de modo que as qualidades recíprocas sejam ressaltadas. Por exemplo, para acompanhar um prato de carne com molho intenso, deve-se buscar as bebidas mais encorpadas e complexas; se a preparação for rica em gordura, recomendase cervejas bastante lupuladas, carbonatadas e com alto teor alcoólico. Já para acompanhar pratos leves e frutos do mar, o ideal é recorrer às cervejas de trigo ou às tradicionais Pilsen. Cervejas leves acompanham comidas leves, enquanto cervejas mais fortes, intensas e en-

corpadas harmonizam melhor com comidas mais pesadas e gordurosas. Quanto mais escura a cerveja, mais escura deve ser a comida da harmonização. Cervejas escuras recebem essa cor dos maltes escuros, que normalmente têm um sabor mais tostado e algumas vezes mais adocicado, que combina bem com os mesmos sabores das comidas bem assadas ou grelhadas. Quanto mais picante for a comida, mais lupulada e amarga deve ser a cerveja. O lúpulo consegue cortar bem o efeito das pimentas, permitindo que você consiga sentir melhor os sabores tanto do prato quanto da cerveja. É importante ter atenção especial à sequência em que são servidas as cervejas. Se você planeja servir cervejas de diferentes estilos, prefira começar com as mais leves, tanto em sabores quanto em álcool, evoluindo para cervejas mais complexas e encorpadas no final. O mesmo vale para cervejas secas e doces. Comece pelas secas. O objetivo é que os sabores mais intensos não atrapalhem ou sobreponham os sabores mais leves. Também evita que as pessoas sintam-se pesadas ou sonolentas logo no início da harmonização.


Gastronomia e Cultura

Comida contemporânea de alto nível, em ambiente único no coração de SBC. Venha conhecer nosso surpreendente espaço e se encantar com um delicioso cardápio e selecionada carta de vinhos. Rua Dr. Fláquer, 571 4123 2799 www.franciscogastronomia.com.br


A verdadeira comida chinesa.



Abc Restaurante 2