Issuu on Google+

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul apresenta:

4

a

Teatro de de Rua, Rua, Intervenções Intervenções Teatro Performances a a céu céu aberto, aberto, Performances Oficina e e Seminários. Seminários. Oficina 24 de Outubro a 1º de Novembro. É só chegar!!!

REALIZAÇÃO

APOIO

INVESTIMENTO


OFICINA 24.10.13 - QUINTA-FEIRA Oficina «Pegadas dos Andarilhos» Grupo Tibanaré (Cuiabá - MT) Praça Ary Coelho, das 9h às 12h A proposta da oficina é criar um ambiente de experimentação e exercícios cênicos, focado na presença e ação do ator criador na rua através de treinamentos físicos e vocais. Nela, os participantes, junto com o coletivo Tibanaré, se relacionarão através do jogo cênico, partindo do canto, dança e ação poética, manifestando um fluxo de vida, permeada pela técnica e organicidade, a procura do brincante pessoal. A oficina ocorre em um espaço a céu aberto, para ocupá-lo e experimentá-lo como espaço cênico das ações. Ministrante: Jefferson Jarcem Vagas: 15 alunos Faixa Etária: acima de 15 anos


APRESENTAÇÕES 24.10.13 - QUINTA-FEIRA 12h30 - Cortejo de Abertura Teatro Imaginário Maracangalha (Campo Grande - MS) Praça Ary Coelho 17h Intervenção «Andarilhos das Estrelas» Grupo Tibanaré (Cuiabá- MT) Praça Ary Coelho o grupo de atores entrelaça uma relação brincante com a plateia, para juntos desarmar a urbanidade com poesia, representação de danças típicas de Mato Grosso, contações de histórias e cantigas e cantos de roda. Texto: Poetas de Mato Grosso Adaptação e Direção: Jefferson Jarcem Elenco: Jefferson Jarcem, Viviane Dourado, Valter Lara e Vini Hoffmann


24.10.13 - QUINTA-FEIRA 20h Espetáculo «Saltimbembes Mambembancos» Grupo Rosa dos Ventos (Presidente Prudente- SP) Orla Morena Saltimbembe é um espetáculo brincante, com interpretação livre de artistas cômicos populares e verborrágicos, improvisadores por opção, influenciados pelo teatro, circo, palhaço de circos pequenos e principalmente pelos artistas de rua, puladores de arco da faca, vendedores de pomadas milagrosas, telepatas e repentistas que viajam de cidade em cidade vivendo de sua arte.

Elenco: Antônio Sobreira, Fernando Ávila, Gabriel Mungo, Luis Valente, Robson Toma, Tiago Munhoz Música original e sonoplastia: Robson Toma


25.10.13 - SEXTA-FEIRA 11h Performance «Esperar» Grupo Coli$ão (Campo Grande - MS) Paço Municipal eu espero, tu esperas, ele espera, ela espera, nós esperamos, vós esperais, eles esperam, elas esperam. Performers: Cícero Rodrigues, Maira Angélica Chiang, Mariana dos Santos Pacheco e Thiago Moraes

19h Espetáculo «João Pé de Chinelo» Grupo Teatral Manjericão (Porto Alegre - RS) Feira Mª Apª Pedrossian O espetáculo mostra o universo de João Pé-de-Chinelo, um papeleiro que vive nas ruas, praças e parques com o seu carrinho catando papelão e outros materiais recicláveis, na busca de sobrevivência e sustento da família. João é mais trabalhador fruto do êxodo rural que procura reagir com dignidade diante da mazelas dos grandes centros urbanos. O personagem apresenta sua casa e família ao público, narra histórias e aventuras vividas e sonha com dias melhores. Dramaturgia: Anelise Camargo Garcia Diretor e ator: Marcio Silveira dos Santos


26.10.13 - SÁBADO 12h Espetáculo «Qualquer Canto por um Conto» Circo Le Chapeau (Rio de Janeiro - RJ) Calçadão da Barão Dois artistas de um grande circo decidem parar com a vida dos espetáculos, porém após alguns dias percebem que estavam errados e decidem voltar ao circo, mas o circo já foi embora… Mas como artistas não desistem e tentam abrir o próprio circo, mas percebem que faltam algumas coisas e alguns artistas, mas mesmo assim vão em frente pois precisam de dinheiro! Artistas Circenses: Junior De Oliveira, Nicole Rodrigues Música: Coletivo Le Chapeau Cenário e adereços: Coletivo Le Chapeau Artista Convidado: Pepa Quadrini, Luiz Cesar Gonzaga

17h «Aborto - Medida Performativa #2» Projeto Qual o Real da Poesia (Aquidauana –MS) Praça do Papa ABORTO pretende ser a segunda medida performativa do projeto “Qual o real da poesia?” contemplado pelo Prêmio Rubens Corrêa de Teatro – 2013 da Fundação de Cultura do Mato Grosso do Sul. Pretendemos com essa ação performativa discutir publicamente as relações entre violência contra mulher, política e economia através de uma pesquisa corporal que transitará entre as noções de SAGRADO e PROFANO e a contaminação de um pelo outro buscando traçar reflexo(e)s desse duplo na vida cotidiana. Performer: Lígia Marina


27.10.13 - DOMINGO 11h Espetáculo «A Princesa Engasgada» Teatral Grupo de Risco (Campo Grande-MS) Feira das Moreninhas Uma história irônica de uma princesa que se engasga com uma espinha de peixe e o rei determina que seja encontrado um médico para curar sua filha. Uma camponesa cansada de apanhar do marido, resolve se vingar e diz ao fidalgo que ele é médico, mas só trata seus pacientes quando apanha. O camponês, sem direito de recusa, é levado ao rei e assim começa seu castigo. Com suas peripécias consegue ganhar a simpatia do rei. Produção: Fernanda Kunzler Elenco: Marcos Alexandre e Yago Garcia Música: Leonardo Augusto Madureira Cenário: Márcia Gomes Adereços: Emmanuel Mayer e Roma Román Figurino: Anderson Bernardes Preparação Corporal: Aline Duenha Arte gráfica: Breno Benetti Texto: Márcia Frederico Contra-regra: Paulo Matoso


15h Intervenção «Ferro em Brasa» Teatro Imaginário Maracangalha (Campo Grande - MS) Centro Comunitário Indubrasil Ferro em Brasa tem aborda a questão do extermínio indígena esde o período do descobrimento do Brasil até os dias atuais, a partir da Carta de Pero Vaz de Caminha, de escritos do Frei Bartolomé de las Casas, poemas de Oswald de Andrade e noticias de violências contra os povos indígenas. Direção: Fernando Cruz Elenco: Fernando Cruz, Fran Corona, Moreno Mourão, e Renderson Valentim.

19h Intervenção «O Cortejo do Divino Senhor» Grupo Abequar (Campo Grande-MS) Praça do Peixe Trabalho teatral idealizado como cortejo baseado nas procissões religiosas do catolicismo popular e traz como um dos seus personagens a enigmática figura do Sinhozinho, um místico que fez sua passagem na década de 1940 pelo município de Bonito/MS. Figurino: Patrícia Rodrigues Produção e maquiagem: Carol Alencar Sonoplastia: Celso Petit Convidada musical: Lenilde Ramos Diretor e autor do texto: Dagô Elenco: Saulo Conde Fernandes, Lício Castro, Kássia Rosa, Thayene Esquivel, Carlos Anunciato, Isis Beatriz Anunciato e Larissa Lopes


28.10.13 - SEGUNDA-FEIRA 10h Espetáculo «Areôtorare» Teatro Imaginário Maracangalha (Campo Grande - MS) Horto Florestal O espetáculo de rua revisita as obras "Areôtorare" (1935) e "Sarobá" (1936) do escritor modernista Lobivar Matos, nascido em Corumbá (MS), aborda as relações humanas e sociais do seu tempo. Desta forma, questões como desigualdade, preconceito e desenvolvimento econômico são desveladas sob a ótica dos trabalhadores, índios e negros que até hoje "refletem os anseios, as revoltas, as durezas amargas da época e do meio em que vivem" (MATOS, L.). Direção e dramaturgia: Fernando Cruz Texto: Poemas de Lobivar Matos Elenco: Alê Moura, Camilah Brito, Fran Corona, Fernando Cruz, Kássia Rosa, Mariana Cabreira, Moreno Mourão, Renderson Valentim e William Hennenze. Pesquisa: Salim Haqzan, Fernando Cruz e Rogéria Castro Preparação e Direção musical: Jonas Feliz Preparação Vocal: Maria Cláudia Adereços: Patrícia Rodrigues, Lício Castro e Dagô Costuraria: Maria Viveiros Contrarregra: Ednéia Santos Assessoria de Imprensa: Brasa Comunicação Produção: Ana Capilé, Rogéria Castro Costa


28.10.13 - SEGUNDA-FEIRA 19h30 Intervenção «O Ônibus» Grupo Foco Sem Norma (Corumbá - MS) Praça Aquidauana Um ônibus coletivo é assaltado e no ndecorrer deste assalto um imprevisto está para acontecer. Em Abril de 2013 a diretora de teatro Bianca Machado recebeu um convite da APAE de Corumbá, para preparar um esquete no festival regional de Talentos da APAE. A paixão foi imediata, talento, disposição, diversão e empenho fez com que o esquete" O onibus " arrancasse risada de mais de 700 pessoas, despertando no grupo o desejo de ir mais longe. Direção: Bianca Machado Assistente de Direção: Will Oniser

20h Performance «Artaud» Grupo Uruato (Campo Grande-MS) Praça Aquidauana Intervenção de rua. Diretor e ator: Isac Zampieri


29.10.13 - TERÇA-FEIRA 11h30 Intervenção «Urbana In Transito» Grupo Flor e Espinho (Campo Grande - MS) Calçadão da Barão Um personagem na rua livre para agir a partir de estímulos que a rua proporcionar. Intervenção que busca um olhar reflexivo sobre as problemáticas que a cidade apresentam aos seus cidadãos. Diretor e ator: Anderson Lima

17h30 Espetáculo «Contos Para Flores Roxas e Murchas» Trupe Arte e Vida (Naviraí- MS) Cemitério Santo Antônio A trupe trata de tema muito "velado" por todos: a MORTE. O assunto surgiu constantemente nas diversas pesquisas que o grupo realizou durante os 6 meses deste projeto: tanto na análise de fatos históricos recentes de nossa região quanto nos relatos orais colhidos através de entrevistas com moradores da cidade, formando assim uma trama dramatúrgica tecida coletivamente a partir de diversas vozes. Texto: Trupe Arte e Vida Direção: Eduardo Gasperin Elenco: Aline Santos, Dianaline Neto, Mariana Brito, Naiton Silva e Romário Gonçalves Sonoplastia: Marcos Chaves Figurinos e adereços: Isis Anunciato


29.10.13 - TERÇA-FEIRA 19h30 Espetáculo «Tekoha – Ritual de vida e morte do Deus Pequeno» Teatro Imaginário Maracangalha (Campo Grande - MS) E.E. Hércules Maymone O espetáculo narra a trajetória do líder guarani Marçal de Souza e sua resistência histórica na luta pela terra e direitos dos povos indígenas. A palavra que dá nome ao espetáculo, Tekoha, tem um significado peculiar. “Teko” significa modo de estar, sistema, lei, hábito, costume. Tekoha, assim, refere-se à terra tradicional, ao espaço de pertencimento da cultura guarani. É no Tekoha que os guaranis vivem seu modo de ser. O Teatro Imaginário Maracangalha faz da rua a representação tão sagrado aos guaranis. Diretor: Fernando Cruz Dramaturgia: Fernando Cruz em processo colaborativo com o grupo Elenco: Camilah Brito, Fernando Cruz, Fran Corona, Moreno Mourão e Renata Cáceres. Figurino: Ramona Rodrigues Cenografia: Zé Eduardo Calegari Paulino Adereços: Lício castro Contrarregra: Ana Capilé Sonoplastia: o Grupo


30.10.13 - QUARTA-FEIRA 11h30 Intervenção «Operário em Construção» Teatro Imaginário Maracangalha (Campo Grande - MS) Antiga Rodoviária Intervenção baseada no poema de Vinícius de Moraes: O Operário em Construção Direção: Fernando Cruz em processo colaborativo com o grupo Elenco: Fernando Cruz, Fran Corona e Moreno Mourão

18h Espetáculo «Circo Micróbio» Coletivo M’Boitatá (Dourados-MS) Praça Seu Luziano dos Santos (Próx. à Igreja São Francisco) O pequeno circo, andarilho, que insiste em sobreviver aos novos tempos, à tecnologia, às guerras. Inspirado no movimento hippie alimenta-se de músicas dos anos 70 para apresentar números e personagens tradicionais circenses, acrobacias, malabarismos, o palhaço, o domador, a cigana advinha, o homem forte, a bailarina... Roteiro e Direção: Breno Moroni Figurino: Lourdes Martins Sonoplastia, Grafic Designer e Participação Especial: Aristeo Serra Negra Atores: João Rocha, Michel Stevan e Sorrayla Acosta Parra Fotografia: Fabi Fernandes Preparação Corporal: Társila Bonelli Assistente de Direção Artística: Angela Romano Assistente de Direção Técnica: Kathiellen Lomba


31.10.13 - QUINTA-FEIRA 11h30 Intervenção «SIntervenção - Atenda» Salin Haqzan (Corumbá - MS) Paço Municipal Ator e diretor: Salin Haqzan

18h Espetáculo «O Palhaço no ½ da rua» Grupo Circo do Mato (Campo Grande - MS) Praça Seu Luziano (São Francisco) •ABERTURA PARA O SEMINÁRIO• O Palhaço no ½ da Rua é um espetáculo de circo-teatro de rua. Através da chegada de uma charanga (banda circense) os palhaços invadem o espaço com pequenos números de baile e mescla de quadros, esquetes e números circenses. Um resgate da manifestação circense genuinamente brasileira. Autoria e direção: Circo do Mato Elenco: Aline Duenha, Mauro Guimarães e Yago Garcia Produtora: Laila Pulchério Assistentes de Produção: Luciana de Bem e Daynara Loubet


01.11.13 - SEXTA-FEIRA 12h Espetáculo «Varre Dor de Vadiagem» Clara Trupi de Ovos y Assovios (Mogi das Cruzes - SP) Camelódromo Um varredor de rua vive seu ofício num contato íntimo, grotesco, lírico, com seus espectadores-personagens, que aqui vivenciaram e participaram com significância de todo uma reinventada passagem de vida desse brincante varredor. Direção e texto: Rodrigo Romão Batista Elenco: Rodrigo Romão Batista (Varredor) e Daniel de Barros Dias (músico) Cenário: Rodrigo Romão Batista e Thalita Benigno Franco Figurino: Thalita Benigno Franco


01.11.13 - SEXTA-FEIRA 18h Espetáculo «Areôtorare» Teatro Imaginário Maracangalha (Campo Grande - MS) Praça Seu Luziano dos Santos (Próx. Igreja São Francisco) •ABERTURA PARA O SEMINÁRIO• O espetáculo de rua revisita as obras "Areôtorare" (1935) e "Sarobá" (1936) do escritor modernista Lobivar Matos, nascido em Corumbá (MS), aborda as relações humanas e sociais do seu tempo. Desta forma, questões como desigualdade, preconceito e desenvolvimento econômico são desveladas sob a ótica dos trabalhadores, índios e negros que até hoje "refletem os anseios, as revoltas, as durezas amargas da época e do meio em que vivem" (MATOS, L.). Direção e dramaturgia: Fernando Cruz Texto: Poemas de Lobivar Matos Elenco: Alê Moura, Camilah Brito, Fran Corona, Fernando Cruz, Kássia Rosa, Mariana Cabreira, Moreno Mourão, Renderson Valentim e William Hennenze. Pesquisa: Salim Haqzan, Fernando Cruz e Rogéria Castro Preparação e Direção musical: Jonas Feliz Preparação Vocal: Maria Cláudia Adereços: Patrícia Rodrigues, Lício Castro e Dagô Costuraria: Maria Viveiros Contrarregra: Ednéia Santos Assessoria de Imprensa: Brasa Comunicação Produção: Ana Capilé, Rogéria Castro Costa


SEMINÁRIOS Seminários GRATUITOS sobre Teatro de Rua e Arte Pública. De Quarta (30.10) a Sexta (01.11) na Sede do Teatro Imaginário Maracangalha Rua Júlio Dittmar, 26A - Bairro São Francisco Próximo ao Comper São Francisco

30.10.13 - QUARTA-FEIRA, 20h «Teatro de Rua em Movimentos» Palestrantes:

Fernando Cruz ator, diretor, dramaturgo, contador de história. Articulador da Rede Brasileira de Teatro de Rua.(MS)

Marcio Silveira dramaturgo, diretor, ator e professor. Mestre em Artes Cênicas PPGAC/UFRGS. representante da Sociedade civil no Colegiado Setorial de Teatro no CNPC , e articulador da RBTR. (RS)

Natália Siufi Atriz,diretora, dramaturga. Licenciatura em Artes Cênicas na UNESP , Integrante do Movimento de Teatro de Rua de São Paulo, do Movimento de Trabalhadores da Cultura, e articuladora da RBTR. (SP) Mediador

Prof. Dr. Paulo Paes Coordenador do curso de Artes Visuais da UFMS/ Teatro Popular e Performance.(MS)


31.10.13 - QUINTA-FEIRA, 20h «Teatro de Rua e a Academia» Palestrantes:

Licko Turle Pesquisador, Professor, Ator e Diretor Teatral, Letras (UERJ), possui os títulos de Mestre e Doutor e Pós-doutorando em teatro , grupo de teatro Tá na Rua e articulador da RBTR - Rede Brasileira de Teatro de Rua. (RJ)

Roberta Ninin atriz e diretora teatral, professora do curso de Artes Cênicas da UFGD, Mestra em Artes Cênicas UNESP/ SP (2009) (MS)

Toni Edson dramaturgo, diretor, compositor e ator, É licenciado em Artes Cênicas,mestre em Literatura Brasileira, professor universitário de Prática Teatral (UDESC). pósgraduando, nível doutorado no PPGAC da UFBA (BA) Mediadora:

Carin Louro Atriz, palhaça, produtora cultural e pesquisadora na área de Teatro, Mestre em Estudos Literários pela UFMS (MS)


01.11.13 - SEXTA-FEIRA, 20h «Arte Pública» Amir Haddad, Ator, Diretor do grupo Tá na Rua,um dos principais pesquisadores de Teatro de Rua no Brasil, e articulador da RBTR - Rede Brasileira de Teatro de Rua. (RJ) Mediador: Leandro Mendonça Barbosa, Doutorando em história pela Universidade de Lisboa em Portugal Conselheiro Titular do Conselho Municipal de Cultura. (MS) Conselheiro titular do Conselho Municipal de Cultura

Todos os palestrantes dos seminários são ligados à

Rede Brasileira de Teatro de Rua


Cortejo e Festa de Encerramento 01.11.13, às 23h Local: Casa Vai Ou Racha Cortejo com Teatro Imaginário Maracangalha Pepa Quadrini Irene & Irany - As Irmãs Vai Ou Racha

Homenageado da Temporada

Paulo do Radinho


COMPARSAS

CAETÊ SORVETES NATURAIS

3026-3000 8152-2200 9230-8484

MASSAS CAPIVARA {

Will H N Z .com {

{

literatura • ilustração

{


REALIZAÇÃO

Teatro Imaginário Maracangalha • Rua Júlio Dittmar, 26A São Francisco • (67) 3356 7689 • Campo Grande - MS

f

Facebook.com/Imaginario.Maracangalha

@ teatroimaginariomaracangalha@gmail.com

b

imaginariomaracangalha.blogspot.com

APOIO

INVESTIMENTO


4a Temporada do Chapéu - Programação Virtual