Page 1

2011

Votorantim Cimentos Américas S.A. CNPJ/MF nº 06.276.009/0001-06 Demonstrações Financeiras

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO

Prezados(as) Acionistas: Abaixo, para sua informação, seguem as Demonstrações Financeiras do exercício encerrado em 31 de dezembro de 2011. São Paulo, 30 de março de 2012. Demonstrações do resultado dos exercícios findos em 31 de dezembro - Em reais

Balanços patrimoniais em 31 de dezembro - Em reais Ativo Circulante Caixa e equivalentes de caixa Não circulante Realizável a longo prazo Partes relacionadas

Nota

2011 100 100

3

Total do ativo

599.633.037 599.633.037 599.633.137

2010 Passivo e patrimônio líquido Patrimônio líquido 100 Capital social 100 Reserva de capital Prejuízos acumulados

Nota 4

599.633.037 599.633.037 599.633.137 Total do passivo e patrimônio líquido

2011

2010

220 220 709.695.880 709.695.880 (110.062.963) (110.062.963) 599.633.137 599.633.137 599.633.137

Despesas operacionais Despesas gerais e administrativas Resultado financeiro líquido Prejuízo do exercício Prejuízo por ações do capital social no fim do exercício

599.633.137

Em 31 de dezembro de 2009 Prejuízo liquído do exercício Em 31 de dezembro de 2010 Em 31 de dezembro de 2011

220 220

709.695.880 709.695.880

Prejuízos acumulados (110.045.870) (17.093) (110.062.963) (110.062.963)

Patrimônio líquido 599.650.230 (17.093) 599.633.137 599.633.137

As notas explicativas da administração são parte integrante das demonstrações financeiras. Notas explicativas da administração às demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2011 - Em reais 1. Contexto operacional Considerações gerais A Votorantim Cimentos América S.A. (“Companhia” ou “VCA”) é uma sociedade anônima de capital fechado, com sede em São Paulo - SP. A Companhia foi constituída em 12 de maio de 2004 e tem como atividade preponderante a administração de sociedades de participação, exceto holdings. A Companhia pertence à Votorantim e tem estruturas e custos administrativos, gerenciais e operacionais compartilhados. A emissão dessas demonstrações financeiras foi aprovada pela Administração da Companhia em 28 de março de 2012.

5 6

2010 (20.031) 2.938 (17.093) (77,70)

Demonstrações do valor adicionado dos exercícios findos em 31 de dezembro - Em reais

Demonstrações das mutações do patrimônio líquido - Em reais Reserva de capital 709.695.880

2011

As notas explicativas da administração são parte integrante das demonstrações financeiras.

As notas explicativas da administração são parte integrante das demonstrações financeiras.

Capital social 220

Nota

2. Base de preparação As demonstrações financeiras foram preparadas considerando o custo histórico como base de valor. 2.1. Caixa e equivalentes de caixa Caixa e equivalentes de caixa incluem o caixa, os depósitos bancários e outros investimentos de curto prazo de alta liquidez, que são prontamente conversíveis em um montante conhecido de caixa e que estão sujeitos a um insignificante risco de mudança de valor. 2.2. Capital social As ações ordinárias são classificadas no patrimônio líquido.

Fluxo de caixa das atividades operacionais Prejuízo do exercício Ajustes para reconciliar o resultado Juros sobre ativos financeiros

Nota

2011

2010

(17.093) 6

(2.938) (20.031)

Variações nos ativos e passivos Partes relacionadas Caixa e equivalentes de caixa no início do exercício Caixa e equivalentes de caixa no fim do exercício

20.031 100

100

100

100

As notas explicativas da administração são parte integrante das demonstrações financeiras. 4. Patrimônio líquido (a) Capital social O capital social, totalmente subscrito e integralizado em 31 de dezembro de 2011 e de 2010 é representado por 220 ações ordinárias, sem valor nominal. 5. Despesas por natureza

3. Partes relacionadas

  Votorantim Industrial S.A. Votorantim Cimentos S.A. (i)

2011    599.633.037  599.633.037 

Mútuos ativos 2010    599.633.037  599.633.037 

2011        

Resultado financeiro Despesa com anúncios e publicações 2010 2.938 2.938 6. Resultado financeiro líquido

(i) Em 31 de maio de 2006 a Companhia assinou contrato de venda de 100 ações ordinárias do capital social da St. Bárbara Cement Inc. para Votorantim Investimentos Internacionais S.A. incorporada em 30 de junho de 2009 pela Votorantim Cimentos Brasil S.A. a qual foi incorporada em 30 de julho de Receitas Juros sobre ativos financeiros 2010 pela Votorantim Cimentos S.A.

2011    

2010 20.031 20.031

2011

2010 2.938

Diretoria Raul Calfat Diretor Presidente

Alexandre Silva D’Ambrósio Diretor

João Carvalho de Miranda Diretor

Moacir Felizari CRC SC 019715/O-3 “S”. Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras

Aos Administradores e Acionistas Votorantim Cimentos Américas S.A. Examinamos as demonstrações financeiras da Votorantim Cimentos Américas S.A. (“Companhia”) que compreendem o balanço patrimonial em 31 de dezembro de 2011 e as respectivas demonstrações do resultado, das mutações do patrimônio líquido e dos fluxos de caixa para o exercício findo nessa data, assim como o resumo das principais políticas contábeis e as demais notas explicativas Responsabilidade da administração sobre as demonstrações financeiras A administração da Companhia é responsável pela elaboração e adequada apresentação dessas demonstrações financeiras de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, assim como pelos controles internos que ela determinou como necessários para permitir a elaboração dessas demonstrações financeiras livres de distorção relevante, independentemente se causada por fraude ou por erro. Responsabilidade dos auditores independentes Nossa responsabilidade é a de expressar uma opinião sobre essas demonstrações financeiras com base em nossa auditoria, conduzida de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria. Essas normas requerem

o cumprimento de exigências éticas pelo auditor e que a auditoria seja planejada e executada com o objetivo de obter segurança razoável de que as demonstrações financeiras estão livres de distorção relevante. Uma auditoria envolve a execução de procedimentos selecionados para obtenção de evidência a respeito dos valores e das divulgações apresentados nas demonstrações financeiras. Os procedimentos selecionados dependem do julgamento do auditor, incluindo a avaliação dos riscos de distorção relevante nas demonstrações financeiras, independentemente se causada por fraude ou por erro. Nessa avaliação de riscos, o auditor considera os controles internos relevantes para a elaboração e adequada apresentação das demonstrações financeiras da Companhia para planejar os procedimentos de auditoria que são apropriados nas circunstâncias, mas não para expressar uma opinião sobre a eficácia desses controles internos da Companhia. Uma auditoria inclui também a avaliação da adequação das políticas contábeis utilizadas e a razoabilidade das estimativas contábeis feitas pela administração, bem como a avaliação da apresentação das demonstrações financeiras tomadas em conjunto. Acreditamos que a evidência de auditoria obtida é suficiente e apropriada para fundamentar nossa opinião.

Opinião Em nossa opinião, as demonstrações financeiras acima referidas apresentam adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posição patrimonial e financeira da Votorantim Cimentos Américas S.A. em 31 de dezembro de 2011, o desempenho de suas operações e os seus fluxos de caixa para o exercício findo nessa data, de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil. Ênfase Chamamos atenção para a Nota 3 às demonstrações financeiras, que descreve que a Companhia mantém saldos e realiza transações com sua controladora em montantes significativos em relação à sua posição patrimonial e financeira e aos resultados de suas operações. Nossa opinião não está ressalvada em relação a esse assunto. São Paulo, 28 de março de 2012 PricewaterhouseCoopers Auditores Independentes CRC 2SP000160/O-5 Carlos Eduardo Guaraná Mendonça Contador CRC 1SP196994/O-2

Cimentos_America_Diario  

Cimentos_America_Diario