Page 1

IL PICCOLINO DE SÃO PAULO do Ateliê Calcográfico Iole

Distribuição mensal gratuita

São Paulo- Brasil

Pág.1/24

Ano 1, Nº. 5, dezembro de 2012

Arrivederci! Grazie 2012!! Auguri 2013!!!

Anna Vieitas, Battufolino, 1999 , maneira negra.

Wolfgang Pfeiffer centenario della nascita.

Aldo Manuzio Il Michelangelo dei livri

Wolfgang Pfeiffer centenário do nascimento. Continuação da homenagem ao professor  

Aldo Manuzio O Michelangelo dos livros Inovações.


Il Piccolino de São Paulo

do Ateliê Calcográfico Iole

Ano 1 , N°.5, Pág.2/24

Aldo Manuzio, “Il Michelangelo dei Libri” Aldo Manuzio, “O Michelangelo dos Livros” ç da matéria publicada p no Nro 4. Continuação Por Iole Di Natale.

N

osso “Michelangelo dos Livros” como Alessandro Marzo define Aldo Manuzio em seu livro

L’ALBA DEI LIBRI é um personagem culto que para editar um livro preconiza antes de mais nada o seu conteúdo. Assim, o mundo da editoração distingue-se em antes e depois de dele. Suas edições eram adquiridas pelas personalidades de grande projeção do ReRe nascimento como: Isabella d´Este Gonzaga, Federico Gonzaga, Lucrecia Borgia, Papa Leão X, seu amigo Pico Della Mirandola, entre tantos outros. Seus seguidores não se restringiam somente à Itália, sendo que havia colecionadores em Oxford no Reino Unido. Nos primeiros anos de sua atividade dedica-se a imprimir em grego (Aristóteles). Sua inovação nas primeiras edições é o texto em duas colunas por página. á i Além Alé da d “Cursiva”, “C i ” também t bé introi t duz o “livro de bolso” – edições dos clássicos em pequeno formato que por serem econômicos eram acessíveis aos estudantes. Com estes pequenos livros nasce a atitude de se ler em momentos de lazer não apenas p para p estudo.

No livro “De Aetna” de Pietro Bembo introduz pela primeira vez a “vírgula, acentos e ponto e vírgula”. Renova com a encadernação ç de couro verde azeitona. Em 1512 faz publicações em Hebraico. Na época havia fora da Itália muitos falsários que copiavam seus textos editando-os com muitos erros. Aldo Manuzio se ocupava em fazer a relação dos erros cometidos nas obras de sua autoria que tinham sido falsificadas . O Príncipe dos impressores falece em 1515.


Il Piccolino de São Paulo

do Ateliê Calcográfico Iole

Ano 1 , N°.5, Pág.3/24

Non ci sono due arte, l’antica e la moderna. L’arte é soltanto una. Wolfgang Pfeiffer. Não há duas artes, a antiga e a moderna. A arte é uma só. Wolfgang Pfeiffer por Nelson N l M Maldonado ld d

A

frase que encabeça esta matéria foi discursada numa palestra em Salvador na Bahia em 1957 conforme publicado pelo   jornal A tarde daquela cidade, cidade conta o doutor   João Spinelli na matéria publicada no Jornal da USP (Ano XXVIII n° 82) de dezembro de   2012. “  Quem não conhece a arte antiga, claro que não pode conhecer a moderna. A arte é, em   resumo, a expressão das épocas e do espírito dos homens que nelas viveram e os seus   dramas e suas alegrias” completou na sua alocução o Professor Wolfgang Pfeiffer. Este   homem nascido na Alemanha em 1912,   padeceu os horrores da segunda guerra e a sua como tantas outras famílias, sofreu a investida   nazista que desgraçou suas vidas, perdendo seus pertences, objetos de artes e até a   biblioteca com obras raras. Na pesquisa   realizada por Spinelli, o jornalista Ivo Zanini do jornal Folha de S. Paulo registrou numa   entre entrevista ista sobre o Pfeiffer: “ Longe da guerra guerra, achou no Brasil os idéias da sua vida”.   O curriculum do Professor Wolfgang Pfeiffer   é extenso e as marcas da sua obra e contribuição para o desenvolvimento da   cultura e arte no Brasil deixou marcas nas instituições e nos que foram seus alunos e   seguidores, que dá testemunha do legado de   um homem das artes de fundamental importância no século XX para o pais.  

Iole Di Natale comentou enquanto préparávamos a matéria para o jornal: Pfeiffer “foi um ser humano muito especial, um homem de uma generosidade e dedicação pelo seu trabalho, como poucas vezes é visto”.Através dele e de sua apresentação escrita, se abriram as portas para a minha primeira exposição na Alemanha na UMWELT GALERIE em STUTTGART em 1981. ( vide imagem que ilustra esta matéria). O legado do professor Wolfgang Pfeiffer continuará sendo matéria de destaque de pro-

Prof. Wolfgang Pfeiffer, no discurso de abertura do 1 Salão Nacional de aquarela da Fasm, 1988


Il Piccolino de São Paulo

do Ateliê Calcográfico Iole

ximas edições do jornal IL PICCOLINO DE   SÃO PAULO do Ateliê Calcográfico Iole,   como programa de homenagem ao centenário do nascimento de este grande museólogo,   historiador do Barrocco responsável por uma parte importante da história em favor da arte   no Brasil.   Entre a pesquisa para elaboração deste grupo de   matérias, além da indiscutida contribuição do doutor João Spinelli professor da ECA –   Escola de comunicações e Artes, através de suas publicações em sites e no jornal da USP;   foram realizadas buscas na Sala Sergio Milliet da Biblioteca Mario de Andrade e em sebos da   cidade de São Paulo.   Numa destas pesquisas, pesquisas chegou nas nossas mãos um livro publicado com motivo da   comemoração dos 100 anos no Brasil do grupo   BAYER realizado no ano de 1995. Esta jóia das publicações da última década do século   XX é de autoria exclusiva do Professor g g Pfeiffer e leva ppor titulo “ Artistas Wolfgang   Alemães e o Brasil” Deutsche Kunstler und Brasilien, contando com um belíssimo e   minucioso mapeio da obra e artistas de origem   alemã na nossa história, ricamente ilustrado com desenhos, aquarelas, litografias, gravuras,   óleos , etc com textos em português e alemão escritos pelo professor Pfeiffer. ( vide   ilustração e dados bibliográficos anexos).   Acompanhem as próximas edições IL PICCOLINO DE SÃO PAULO do Ateliê   Calcográfico Iole para descobrirmos a vida e obra deste grande homem da cultura do Brasil. Brasil   Recomendações, contribuição de informação.   Escreva para ilpiccolino@outlook.com    

Ano 1 N°.5, Pág.4/24


Il Piccolino de São Paulo

do Ateliê Calcográfico Iole

Ano 1 , N°.5, Pág.5/24


Il Piccolino de São Paulo

do Ateliê Calcográfico Iole

Ano 1 , N°.5, Pág.6/24

Così è stata la festa Costellazione Gráfica nella ll FuncadiF di Istituto I tit t Carlos C l e Diva Di Pinho. Pi h Assim estava a festa Constelação Gráfica na Funcadi – InstitutoCarlos e Diva Pinho.


Il Piccolino de São Paulo

do Ateliê Calcográfico Iole

Ano 1 , N°.5, Pág.7/24


Il Piccolino de São Paulo

do Ateliê Calcográfico Iole

Ano 1 , N°.5, Pág.8/24


Il Piccolino de São Paulo

do Ateliê Calcográfico Iole

Ano 1 , N°.5, Pág.9/24


Il Piccolino de São Paulo

do Ateliê Calcográfico Iole

Ano 1 , N°.5, Pág.10/24


Il Piccolino de São Paulo

do Ateliê Calcográfico Iole

Ano 1 N°.5, Pág.11/24

Créditos fotográficos: Allyson Alapont


Il Piccolino de São Paulo

do Ateliê Calcográfico Iole

Ano 1 N°.5, Pág.12/24


Il Piccolino de São Paulo

do Ateliê Calcográfico Iole

Ano 1 , N°.5, Pág.13/24


Il Piccolino de São Paulo

do Ateliê Calcográfico Iole

Ano 1 , N°.5, Pág.14/24


Il Piccolino de São Paulo

do Ateliê Calcográfico Iole

Ano 1 , N°.5, Pág.15/24

Posta dei lettori. Bilhetes dos leitores.

... “sobre “ b o jjornall Piccolino, Pi li adorei, d i muito it interessante i t t e instrutivo”. i t ti ” Ariano Elon - Brasil.

“Il Piccolino e muito bonito e me permite seguir a vossa atividade, de fazer parte do vosso entusiasmo pela aquarela e a gravura”. Enzo –Itália.

“A iniciativa é muito interessante” . Filippo –Itália.

Compleanni del mese. Aniversários do mês. 02 dezembro. Carmen Seiler 11 dezembro. Patricia Saraceni 18 dezembro. Leticia Prata 26 dezembro. Rosemary Granata 27 dezembro. Cláudia Bhurkna. 28 dezembro. Anna Vieitas 17 janeiro. Nilmar Silveira


Il Piccolino de São Paulo

do Ateliê Calcográfico Iole

Ano 1 , N°.5 Pág.16/24

 

Pensieri. Frases. • “..tudo pode acontecer quando estamos com a mente e o coração abertos.” Iole Di Natale.

• “..O futuro pertence a aqueles que acreditam na beleza dos próprios sonhos.” Eleanor Roosevelt.

• “..A obra de arte é talvez, a iminência de uma revelação...” Jorge Luis Borges. Extraído do catálogo”Caos aparente” de Marcio Périgo, curadoria Sergio Pizoli.

• Se o cotidiano lhe parece pobre, não o acuse: acuse-se a si próprio de não ser muito poeta para extrair as suas riquezas. R i Rainer Maria M i Rilke. Rilk


Il Piccolino de São Paulo

do Ateliê Calcográfico Iole

               Opera d’arte del mese.             A gravura do mês.   

Autora: Marina Martinelli Título: “Caranguejos II ” Ano: 1990. Técnica: maneira negra.

Ano 1 , N°.5, Pág.17/24


Il Piccolino de São Paulo

do Ateliê Calcográfico Iole

Ano 1 , N°.5, Pág.18/24

Mappa d’Influenze Mapas de d Influências fl i por Nelson Maldonado

O projeto foi selecionado pelo Programa Rede Nacional Funarte Artes Visuais 8ª 8 edição e tem como objetivo reunir um material gráfico concentrando-se na produção    atual de alguns artistas na gravura em quatro   estados do Brasil: São Paulo – SP, Rio de JaneiroRJ, Recife – PE e Porto Alegre – RS.   “Envolver artistas das regiões sul, sudeste e   nordeste mostrando a diversidade na   linguagem gráfica que eles possuem, e ao mesmo tempo resgatando a memória da   gravura brasileira é a nossa proposta”, contam as artistas plásticas Maria Regina   Pinto e Maura de Andrade realizadoras do   projeto.  

A gravura brasileira tem características particulares de acordo com a região que se produz, pois ela é uma forma de expressão   muito ligada a historia, tradição e atmosfera local. A multiplicidade sempre foi a sua   aliada na divulgação de imagens e informação sem discriminação.     p “Expor obras de artistas descendentes das regiões sul, sudeste e nordeste mostrando a

diversidade na linguagem gráfica que eles possuem, e ao mesmo tempo resgatando a memória da gravura brasileira tem uma importância de preservação histórica” escreveram Maura e Maria Regina para IL PICCOLINO DE SÃO PAULO. Os artistas integrantes do Ateliê Calcográfico Iole participam do Mapa de Influencias como parte do mapeio da região Sudeste. Este importante mapeio da gravura já percorreu vários estados e foi mostrado em importantes espaços da arte do pais, citando por exemplo l a Graphias G hi Casa C da d Gravura G e a Oficina Cultural Oswald de Andrade em São Paulo e no Museu do Estado de Pernambuco em Recife. Onde encontrar informação sobre o mapa de influências: http://mapasdeinfluencias.wordpress.com/ http://mauraandrade.wordpress.com/ http://maregina-arte.blogspot.com/


Il Piccolino de São Paulo

do Ateliê Calcográfico Iole

Ano 1 , N°.5, Pág.19/24

Lucio Passerini Xilografie rubber prints e altre cose. cose por Nelson Maldonado

Um

leitor do jornal escreveu para a

redação solicitando informações sobre a obra do artista que está expondo na galeria   Triangolo Nero em Alessandria na Italia e que fora referenciado no número 4 da coluna   “Exposições recomendadas” deste jornal. A pergunta faz todo sentido e vem a tona com a   proposta da publicação de manter um vínculo   fraternal e colaborativo entre os espaços que são dos afetos dos integrantes do ateliê.   Repassamos o questionamento para Gianni   Baretta e Paolo Belletti, responsáveis pelo espaço situado na rua Cento Cannoni 16 em   Al Alessandria, d i que rapidamente id t se prontifitifi caram a nos ajudar e nos contar sobre a vida   e obra de Lucio Passerini.  

Estudioso da arte tipográfica, Passerini nasceu em Novara em 1954, atualmente vive e  trabalha em Milão Milão. Desde 1974 se dedica à gravura sendo particularmente conhecido por   dedicar-se a editar pequenos e refinados livros estampados em prensa calcográfica.   “Para a mostra na galeria Triangolo Nero de Alessandria se apresenta com a obra que    

representa em modo antológico vinte anos de atividade gráfica realizados em Xilografia”, escreveu na resenha de curadoria da mostra Fabrizio Parachini. Idealizador da marca editorial Buon Tempo, Lucio Passerini, publica em 1991 o título “ Xilografia, i materiali, le tecniche, la storia della stampa a rilie rilievo” o” (1991) e partir desta data edita diversos e breves textos poéticos estampados em prensa calcográfica e acompanhados de gravuras originais em tiragens reduzidas. O artista realizou exposições em diversas cidades entre as que se destacam: Roma (2010); Tokyo e Osaka (2009); Liège (2008); Lucca (2006) entre outras.

Lucio Passerini Passerini- Xilografie rubber prints e altre cose. Triangolo Nero,   Corso Cento Cannoni 16.                                                 Alessandria – Itália.   De 17/11/2012 a 20/12/ 2012. 


Il Piccolino de São Paulo

do Ateliê Calcográfico Iole

Mostre consigliate. Exposições recomendadas. • Mapa de Influências 2012. Graphias Casa de Gravura. Rua Joaquim Távora, 1605 - São Paulo. Periodo: 1/12/2012 a 22/12/2012. Museu do Estado de Pernambuco. Avenida Rui Barbosa, 960 - Graças, Recife Periodo: 14/12/2012 a 30/12/2012.

• Lucio Passerini- Xilografie rubber

prints e altre cose. Triangolo Nero, Corso Cento Cannoni 16. Alessandria – Itália. De 17/11/2012 a 20/12/ 2012.

• Com pasión. Paixão e arte Brasil - Argentina Com participação de Carola Trimano e Maria Perez Sola. Curadoria: Ângela Barbour e Patricia Moreira. Memorial de América Latina. Av. Auro Soares de Moura Andrade 664, SP. De 07/12/2012 a 27/01/2013. 27/01/2013

Ano 1 , N°.5, Pág.20/24


Il Piccolino de São Paulo

do Ateliê Calcográfico Iole

Mostre consigliate. Exposições recomendadas. • Luzes do norte. Museu de Arte de São Paulo-MASP. Avenida Paulista, 1578 - São Paulo – SP De 19/10/2012 a 13/01/2013.

• Paulo SAYEG- Mikron. Caixa Cultural de São Paulo. Praça da Sé,111 Sé 111 Centro - São Paulo – SP De 15/12/2012 a 24/02/2013.

• Marcio Périgo- Caos Aparente. Caixa Cultural de São Paulo. Praça da Sé,111 Centro - São Paulo – SP De 15/12/2012 a 24/02/2013.

Ano 1 , N°.5, Pág.21/24


Il Piccolino de São Paulo

do Ateliê Calcográfico Iole

Ano 1 , N°.5, Pág.22/24

A turma do ateliê.

Será que eles vão sentir falta da gente este número? Não escutei ninguém dizer nada...

Nota do editor: As opiniões expressa‐as neste jornal manifestam o pensamento de cada colunista, sendo deles a responsabilidade das mesmas e estas não obedecem necessariamente aos pensamentos e princípios do Ateliê e seus fundadores. Participe e faça parte: comentários, envio de matérias para as próximas edições,  pedidos, etc.  Envie o material para o e‐mail ilpiccolino@outlook.com


Il Piccolino de São Paulo

do Ateliê Calcográfico Iole

Ano 1 , N°.5, Pág.23/24

A turma do ateliê.


Il Piccolino de São Paulo

do Ateliê Calcográfico Iole

Ano 1 , N°.5, Pág.24/24

Colonna gialla. Policiais. Enviada: Quinta‐feira, 6 dezembro de 2012 02:38:23 ‐0200  De: Papai Noel   Para:  Iole Di Natale e Federico Panizza  C C: Expedito; Pedro C.C:  Expedito; Pedro.  Assunto: Resposta da Carta à Papai Noel 2012. Prezados Iole e Federico.    Desculpem a demora em responder, acontece que por estes dias realmente  aumenta muito Desculpem a demora em responder, acontece que por estes dias realmente aumenta muito o  o trabalho e fica difícil para mim redigir a mão a carta que vocês me enviaram, que estava  tão  bem manuscrita.  Em  relação ao pedido  da  vossa  carta  ”...  Pedimos que em 2013 os integrantes  do  ateliê,  ao  final do dia, esqueçam menos as coisas fora da ordem e assim não seja necessário escrever  tantos bilhetes  tantos  bilhetes (neste  (neste ano ano  de de  2012  2012 foram  foram 74  74 ) ...”,  informo que  que analisei analisei  as as  várias  várias possibilidades ao meu alcance e sinceramente acho que não vou dar conta da solicitação.   Para  tentar  ajudá‐los  estou  colocando  em  cópia  deste  e‐mail  ao  meu  colega    “Expedito  “  padroeiro  das  causas  urgentes  e  impossíveis,  certamente  ele  tem  melhores  recursos  que  os  meus  para  esta  façanha.  Se  por  acaso  não  der  certo,  por  favor  me  informem,  pois  assim  teremos que subir alçada e encaminhar o caso teremos que subir alçada e encaminhar o caso para o Pedro se ocupar do assunto.  se ocupar do assunto Meus maiores desejos de “Arte e criatividade para todos os integrantes do ateliê em  2013”.  Saudações corintianas.  Nicolas, ( vulgo : Papai Noel, Santa Claus, ...)  Enviado desde el  IPAD.  P.S: O Piccolino está lindo! 

Nota do editor: As opiniões expressa‐as neste jornal manifestam o pensamento de cada colunista, sendo deles a responsabilidade das mesmas e estas não obedecem necessariamente aos pensamentos e princípios do Ateliê e seus fundadores. Participe e faça parte: comentários, envio de matérias para as próximas edições,  pedidos, etc.  Envie o material para o e‐mail ilpiccolino@outlook.com

Il piccolino n˚5  

Il Piccolino de São Paulo do Ateliê Calcográfico Iole

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you